Prof. Oscar Capitulo 9

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prof. Oscar Capitulo 9"

Transcrição

1 Centro de Massa e Momento Linear (Colisões) Prof. Oscar Capitulo 9

2 O centro de massa Mesmo quando um corpo gira ou vibra, existe um ponto nesse corpo, chamado centro de massa, que se desloca da mesma maneira que se deslocaria uma única partícula, com a massa deste corpo e sujeita ao mesmo sistema de forças que ele.

3 O centro de massa Uma bola arremessada para cima segue uma trajetória parabólica, o centro de massa de um taco de beisebol lançado para cima com um movimento de rotação também mais os outros pontos do taco seguem trajetórias mais complexas.

4 Sistema de partículas - Uma dimensão Vamos definir inicialmente a posição x cm do centro de massa para um sistema composto de duas partículas de massas m e m 2 e que ocupam as posições x e x 2.

5 Para um sistema de N corpos dispostos ao longo de uma linha reta, podemos fazer uma extensão da definição anterior:

6 Sistema de partículas - Duas dimensões Para a definição do centro de massa de um sistema de N partículas distribuídas em um plano podemos, por analogia com as definições anteriores, considerar que:

7 Exemplo.:. Quais são as coordenadas do centro de massa das três partículas que aparecem no desenho a seguir? A unidade das distâncias é o metro.

8 Momento Linear O termo Quantidade de Movimento tem um significado único e preciso em física. A quantidade de Momento Linear de uma partícula é um vetor, definido como Q. Q mv Em muitos livros o momento linear é representado pelo vetor P.

9 Momento Linear A taxa de variação com o tempo da quantidade de movimento de uma partícula é igual à força resultante que atua sobre a partícula e possui a mesma direção e o mesmo sentido dessa força. F res dq dt dq d dv F ( mv) m ma res dt dt dt

10 A Quantidade de Movimento Linear de um Sistema de Partículas Considere agora um sistema de n partículas, cada uma com sua própria massa, velocidade e quantidade de movimento linear. As partículas podem interagir uma com as outras, e forças externas também podem agir sobre elas. O sistema como um todo possui uma quantidade de movimento linear Q, que é definida como a soma vetorial das quantidades de movimentos lineares das partículas individuais. Assim, Q Q Q Q... Q 2 3 n m v m v m v... m n v n.

11 Conservação da Quantidade de Movimento Linear Suponha que a força externa resultante que atua sobre um sistema de partículas seja nula (que o sistema seja isolado) e que não haja partículas saindo nem entrando no sistema (que o sistema seja fechado). dq F 0 0 res dt Q = constante (sistema isolado, fechado).

12 Conservação da Quantidade de Movimento Linear Este resultado é chamado de lei de conservação da quantidade de movimento linear. Ela também pode ser escrita como Q i Q f (sistema isolado, fechado) (quantidade de movimento linear total em algum instante inicial ti) = (quantidade de movimento linear total em algum instante posterior tf ).

13

14

15

16 Exemplo 2: 2. Um vagão de 4.000kg se movimenta horizontalmente a 4m/s em direção a um pátio de manobra. Ao passar por um silo de alimentação, 2000kg de grão caem subitamente no interior do vagão. Quanto tempo será gasto pelo vagão para percorrer uma distância de 500m a partir do silo em direção ao pátio? Admita que os grãos caiam na direção vertical e que a leve desaceleração devida ao atrito por rolamento ou a resistência do ar seja desprezível.

17 Exemplo 3: 3. Uma urna de votação com massa m=6.0 kg desliza com velocidade v=4,0 m/s em um piso sem atrito no sentido positivo de um eixo x. Repentinamente ela explode em dois pedaços. Um pedaço, de massa 4kg se desloca no sentido positivo do eixo x com velocidade 2 m/s. Qual a velocidade do segundo pedaço, de massa 2kg?

18 COLISÕES Uma colisão é um evento solado no qual dois ou mais corpos (os corpos que colidem) exercem uns sobre os outros forças relativamente elevadas por um tempo relativamente curto.

19 O que é uma Colisão? Devemos ser capazes de distinguir instantes que estão antes, durante e depois de uma colisão.

20 Impulso e Quantidade de Movimento Linear F dq dt F Q t dq F() t dt Q F t

21 Impulso e Quantidade de Movimento Linear Q dq t F() t dt f f Q F t Qi ti I t t i f F() t dt I F t med Definição Impulso

22

23 Impulso e Quantidade de Movimento Linear

24 Exemplo 4: 4. Com um golpe de caratê, você pode quebrar um bloco de concreto. Considere que sua mão possua uma massa de 0,70kg e se mova a 5,0m/s quando atinge o bloco, e pára a 6mm do ponto de contato. (a) Qual é o impulso que o bloco exerce sobre a sua mão? (b) Qual é o tempo aproximado de colisão e a força média que o bloco exerce sobre sua mão?

25 Exemplo 5: 5. Um carro equipado com um boneco (80kg) instrumentado para testes de impacto colide com uma parede rígida a 25m/s. estime a força que o cinto de segurança exerce sobre o boneco durante o impacto. Admita que o carro e o boneco tenham se movimentado m após a parte frontal ser completamente destruída.

26 Exemplo 6: 6. Uma bola de beisebol de 50 g, lançada com uma velocidade de 40 m/s é rebatida para o arremessador na mesma direção em que chegou com uma velocidade de 60m/s. Qual a intensidade da força média que o bastão exerce sobre a bola se o bastão estiver em contato com a bola por 5,0 ms?

27 Exemplo 7: 7. Uma bola de,2 kg cai na vertical sobre um piso, acertando-o com uma velocidade de 25m/s. Ela ressalta com uma velocidade inicial de 0m/s. (a) Que impulsão atua sobre a bola durante o contato? (b) Se a bola estiver em contato com o piso por 0,020 s, qual a intensidade da força média que a bola exerce sobre o piso.

28 Exemplo 8: 8. É bem sabido que balas e outros objetos disparados no Super-Homem simplesmente voltam ao bater no seu peito (Fig.). Suponha que um gângster dê uma rajada no peito do Super- Homem com balas de 3 g a uma taxa de 00 balas/mim e que a velocidade de cada bala seja de 500 m/s. Suponha também que as balas voltem na mesma direção sem mudar de velocidade. Qual a intensidade da força media que o fluxo de balas exerce sobre o peito do Super- Homem?

29 Quantidade de Movimento e Energia Cinética em Colisões Colisão Elástica Colisão Inelástica

30 Quantidade de movimento Linear Em um sistema isolado e fechado, contendo uma colisão, a quantidade de movimento linear de cada corpo que colide pode variar, mas a quantidade de movimento linear total Q do sistema não pode variar, seja a colisão elástica ou inelástica.

31 Colisões Inelásticas em Uma Dimensão Colisão Unidimensional Q Q Q Q i 2i f 2 f (conservação da quantidade de movimento linear). m v m v m v m v i 2 2i f 2 2 f

32 Colisão Completamente Inelástica Juntos após a colisão Q Q Q 0 i f 2 f m v mv m V i 2 m v i m m ) V ( 2 V m m m 2 v i.

33 Exemplo 9: 9. Um projétil de 0g de massa atinge um pêndulo balístico de 2kg de massa. O centro de massa do pêndulo eleva-se de uma altura de 2cm. Considerando-se que o projétil permaneça embutido no pêndulo, calcule a velocidade inicial do projétil.

34 Exemplo 0: 0. Você repete a proeza do exemplo anterior, mas agora com uma caixa vazia como alvo. O projétil atinge a caixa e a atravessa completamente. Um sensor a laser indica que o projétil emergiu com metade de sua velocidade inicial. Sabendo disso, você corretamente revela até que altura o alvo oscilou. Que altura é essa?

35 Exemplo :. Um carro de 2000kg, movendo-se a 25m/s, colide com outro carro de 500kg inicialmente em repouso. Se a colisão é perfeitamente inelástica, determine (a) a velocidade de cada um dos carros após a colisão e (b) a razão entre a energia cinética final do sistema e sua energia cinética inicial.

36 Colisões Elásticas em Uma Dimensão (Alvo em Repouso) (energia cinética total antes da colisão) = (energia cinética total depois da colisão) Em uma colisão elástica, a energia cinética de cada corpo que colide pode variar, mas a energia cinética total do sistema não pode variar.

37 (quantidade de movimento linear) Colisões Elásticas em Uma Dimensão (Alvo em Repouso) f f i v m m v v m f f i v m m v v m (energia cinética) reescrevemos f f i v m v v m 2 2 ) (. ) )( ( f f i f i v m v v v v m

38 Após dividirmos uma equação pela outra e um pouco de álgebra obtemos: Colisões Elásticas em Uma Dimensão (Alvo em Repouso) i f v m m m m v i f v m m m v

39 Colisão elástica em duas dimensões Vamos considerar uma partícula de massa m e velocidade v se deslocando em direção de uma outra partícula de massa m 2 que se encontra em repouso.

40

41

42 Exemplo 2: 2. Os dois blocos da figura a seguir deslizam sem atrito. a) Qual a velocidade do bloco de m =,6kg após a colisão? b) A colisão é elástica?

43 Exemplo 3: 3. Uma bola de aço de 0,5kg de massa é presa a uma corda, de 70cm de comprimento e fixa na outra ponta, e é liberada quando a corda está na posição horizontal. No ponto mais baixo de sua trajetória, a bola atinge um bloco de aço de 2,5kg inicialmente em repouso sobre uma superfície sem atrito. A colisão é elástica. a) Encontre a velocidade da bola imediatamente após a colisão. b) Encontre a velocidade do bloco imediatamente após a colisão.

44 Exemplo 4: 4. Uma bola de 300g com uma velocidade v = 6m/s atinge uma parede a uma ângulo θ = 30 0 e, então, ricocheteia com mesmo ângulo e velocidade de mesmo módulo. Ela fica em contato com a parede por 0ms. a) Qual foi o impulso sobre a bola? b) Qual a força média exercida pela bola sobre a parede?

45 Exemplo 5: Você está dirigindo um carro de 200kg, viajando para o leste em um cruzamento quando um outro veículo de 3000kg, viajando para o norte, atravessa o cruzamento e bate em seu carro(veja figura). Seu carro e outro permanecem grudados após a colisão. Verifique se seu carro estava acima da velocidade permitida que é 80km/h, sabendo que não houve marcas de freada, e o caminhão ficou com o velocímetro preso na indicação de 50km/h, e que os dois deslizam a 59 0 ao norte do leste?

46 Exemplo 6: Um corpo de massa m, com rapidez inicial de 20m/s, sofre uma colisão não frontal com um segundo corpo, de massa m 2. O segundo corpo está inicialmente em repouso. Depois da colisão, o primeiro corpo está se movendo a 5m/s, a um ângulo de 25 0 com a orientação de sua velocidade inicial. Qual é o ângulo de afastamento do segundo corpo?

Halliday Fundamentos de Física Volume 1

Halliday Fundamentos de Física Volume 1 Halliday Fundamentos de Física Volume 1 www.grupogen.com.br http://gen-io.grupogen.com.br O GEN Grupo Editorial Nacional reúne as editoras Guanabara Koogan, Santos, Roca, AC Farmacêutica, LTC, Forense,

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Dinâmica Impulsiva

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Dinâmica Impulsiva Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Dinâmica Impulsiva 1. (Uerj 2012) Observe a tabela abaixo, que apresenta as massas de alguns corpos

Leia mais

NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues.

NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. Lista 7: Colisões NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder a questão

Leia mais

Lista 8: Colisões. NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante:

Lista 8: Colisões. NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: Lista 8: Colisões NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder a questão

Leia mais

Física 1. 1 a prova 29/04/2017. Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova.

Física 1. 1 a prova 29/04/2017. Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova. Física 1 1 a prova 9/04/017 Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova. 1- Assine seu nome de forma LEGÍVEL na folha do cartão de respostas. - Leia os enunciados com atenção. 3- Analise sua

Leia mais

Física 1. 1 a prova 29/04/2017. Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova.

Física 1. 1 a prova 29/04/2017. Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova. Física 1 1 a prova 9/04/017 Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova. 1- Assine seu nome de forma LEGÍVEL na folha do cartão de respostas. - Leia os enunciados com atenção. 3- Analise sua

Leia mais

Aula da prática 8 Colisões em uma dimensão. Prof. Paulo Vitor de Morais

Aula da prática 8 Colisões em uma dimensão. Prof. Paulo Vitor de Morais Aula da prática 8 Colisões em uma dimensão Prof. Paulo Vitor de Morais O que é Energia? De forma simplificada: Energia é uma grandeza escalar associada ao estado de um ou mais objetos! Também podemos dizer

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS MAF- 04.05.2012 Prof. Dr. Antônio Newton Borges 1. Na caixa de 2,0 kg da figura abaixo são aplicadas duas forças, mais somente uma é mostrada. A aceleração da

Leia mais

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção.

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. Lista 9: Impulso e Momentum NOME: Turma: Prof. : Matrícula: Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder a

Leia mais

Lista 9: Impulso e Momentum. Questões. passarinho está voando é superior, inferior ou igual à leitura quando ele pousa na gaiola.

Lista 9: Impulso e Momentum. Questões. passarinho está voando é superior, inferior ou igual à leitura quando ele pousa na gaiola. Lista 9: Impulso e Momentum Importante: 1. Ler os enunciados com atenção. 2. Responder a questão de forma organizada, mostrando o seu raciocínio de forma coerente. 3. Siga a estratégia para resolução de

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS Nº 9

LISTA DE EXERCÍCIOS Nº 9 LISTA DE EXERCÍCIOS Nº 9 Questões 1) A Figura 1 apresenta a vista superior de 3 partículas sobre as quais forças externas agem. A magnitude e a direção das forças sobre 2 partículas são apresentadas. Quais

Leia mais

A fração vaporizada dos oceanos é igual a 1, %, ou seja, praticamente nula.

A fração vaporizada dos oceanos é igual a 1, %, ou seja, praticamente nula. COLÉGIO PEDRO II COLISÕES Prof. Sergio Tobias 1) Suponha que um meteorito de 1,0 10 12 kg colida frontalmente com a Terra (6,0 10 24 kg) a 36 000 km/h. A colisão é perfeitamente inelástica e libera enorme

Leia mais

Fís. Leonardo Gomes (Caio Rodrigues)

Fís. Leonardo Gomes (Caio Rodrigues) Semana 14 Leonardo Gomes (Caio Rodrigues) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. 17 Exercícios

Leia mais

Física I Prova 2 10/05/2014

Física I Prova 2 10/05/2014 Posição na sala Física I Prova 2 10/05/2014 NOME MATRÍCULA TURMA PROF. Lembrete: A prova consta de 2 questões discursivas (que deverão ter respostas justificadas, desenvolvidas e demonstradas matematicamente)

Leia mais

Lista 10: Energia. Questões. encontrar razões plausíveis para justificar suas respostas sem o uso de equações.

Lista 10: Energia. Questões. encontrar razões plausíveis para justificar suas respostas sem o uso de equações. Lista 10: Energia Importante: 1. Ler os enunciados com atenção. 2. Responder a questão de forma organizada, mostrando o seu raciocínio de forma coerente. 3. Siga a estratégia para resolução de problemas

Leia mais

Física I Reposição 2 3/12/2014

Física I Reposição 2 3/12/2014 Nota Física I Reposição 3/1/014 NOME MATRÍCULA TURMA PROF. Lembrete: A prova consta de 6 questões discursivas (que deverão ter respostas justificadas, desenvolvidas e demonstradas matematicamente) e 14

Leia mais

Centro de Massa e Momento Linear

Centro de Massa e Momento Linear Centro de Massa e Momento Linear Disciplina: Mecânica Básica Professor: Carlos Alberto O Centro de Massa O centro de massa de um sistema de partículas é o ponto que se move como se (1) toda a massa do

Leia mais

Lista 12: Rotação de corpos rígidos

Lista 12: Rotação de corpos rígidos Lista 12: Rotação de Corpos Rígidos Importante: i. Ler os enunciados com atenção. ii. Responder a questão de forma organizada, mostrando o seu raciocínio de forma coerente. iii. iv. Siga a estratégia para

Leia mais

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção.

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. Lista 12: Rotação de corpos rígidos NOME: Turma: Prof. : Matrícula: Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder

Leia mais

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção.

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. Lista 10: Energia NOME: Turma: Prof. : Matrícula: Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder a questão de

Leia mais

Física 1. 2 a prova 02/07/2016. Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova.

Física 1. 2 a prova 02/07/2016. Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova. Física 1 2 a prova 02/07/2016 Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova. 1- Assine seu nome de forma LEGÍVEL na folha do cartão de respostas. 2- Leia os enunciados com atenção. 3- Analise sua

Leia mais

Parte 2 - PF de Física I NOME: DRE Teste 1

Parte 2 - PF de Física I NOME: DRE Teste 1 Parte 2 - PF de Física I - 2017-1 NOME: DRE Teste 1 Nota Q1 Questão 1 - [2,5 ponto] Um astronauta está ligado a uma nave no espaço através de uma corda de 120 m de comprimento, que está completamente estendida

Leia mais

Exercício 1. Exercício 2.

Exercício 1. Exercício 2. Exercício 1. Em um barbeador elétrico, a lâmina se move para frente e para trás ao longo de uma distância de 2,0 mm em movimento harmônico simples, com frequência de 120 Hz. Encontre: (a) a amplitude,

Leia mais

04- Uma escada homogênea de 40kg apóia-se sobre uma parede, no ponto P, e sobre o chão, no ponto C. Adote g = 10m/s².

04- Uma escada homogênea de 40kg apóia-se sobre uma parede, no ponto P, e sobre o chão, no ponto C. Adote g = 10m/s². PROFESSOR: Raphael Carvalho BANCO DE QUESTÕES - FÍSICA 2ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== 01- Dois atletas em lados opostos

Leia mais

Física 1. Resumo e Exercícios P1

Física 1. Resumo e Exercícios P1 Física 1 Resumo e Exercícios P1 Fórmulas e Resumo Teórico Parte 1 Derivada de polinômios - Considerando um polinômio P x = ax %, temos: d P x = anx%() dx Integral de polinômios - Considerando um polinômio

Leia mais

XXVII CPRA LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA (IMPULSO E QUANTIDADE DE MOVIMENTO)

XXVII CPRA LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA (IMPULSO E QUANTIDADE DE MOVIMENTO) XXVII CPRA LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA (IMPULSO E QUANTIDADE DE MOVIMENTO) 1) Uma bola de 0,70 kg está se movendo horizontalmente com uma velocidade de 5,0 m/s quando se choca com uma parede vertical e

Leia mais

Física 1. Energia Resumo P2

Física 1. Energia Resumo P2 Física 1 Energia Resumo P2 Fórmulas e Resumo Teórico Energia Potencial Gravitacional - Considerando um corpo de massa m a uma altura h do solo, temos: E = mgh Energia Potencial Elástica - Considerando

Leia mais

FEP 255 Mecânica dos corpos rígidos e Fluidos 1 a Lista de Exercícios, fevereiro de 2010

FEP 255 Mecânica dos corpos rígidos e Fluidos 1 a Lista de Exercícios, fevereiro de 2010 FEP 255 Mecânica dos corpos rígidos e Fluidos a Lista de Eercícios, fevereiro de 2. Onde está o CM das 3 partículas mostradas na figura ao lado? Figura.5 Figura 2.5 d 2. Considere 3 corpos iguais de massa

Leia mais

Colisões e Impulso. Evandro Bastos dos Santos. 23 de Maio de 2017

Colisões e Impulso. Evandro Bastos dos Santos. 23 de Maio de 2017 Colisões e Impulso Evandro Bastos dos Santos 23 de Maio de 2017 1 Introdução Sempre que ocorrem colisões, explosões, verificam-se que entre as partículas do sistema as forças trocadas são internas e de

Leia mais

Lista 10: Momento Angular. Lista 10: Momento Angular

Lista 10: Momento Angular. Lista 10: Momento Angular Lista 10: Momento Angular NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Ler os enunciados com atenção. ii. Responder a questão de forma organizada, mostrando o seu raciocínio de forma coerente. iii. Analisar

Leia mais

d) Determine a posição da partícula quando ela atinge o repouso definitivamente.

d) Determine a posição da partícula quando ela atinge o repouso definitivamente. QUESTÕES DE TRABALHO E ENERGIA DA UFPE DE FÍSICA 1 - PROVA 2 2002.2 1) Um bloco de massa M = 1,0 Kg é solto a partir do repouso no ponto A a uma altura H = 0,8 m, conforme mostrado na figura. No trecho

Leia mais

Livro: Fundamentos de Física Vol. 1 8 a Edição Editora LTC. Halliday, Resnik, Walker.

Livro: Fundamentos de Física Vol. 1 8 a Edição Editora LTC. Halliday, Resnik, Walker. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS SÃO JOSÉ Componente Curricular: Física 1 Professor: Marcelo Girardi Schappo Aluno: Turma: 290011x Data: Livro: Fundamentos de

Leia mais

Lista4: Trabalho e Energia

Lista4: Trabalho e Energia Lista 4: Trabalho e Energia NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii.responder a questão

Leia mais

1. Determine o coeficiente de restituição dos seguintes choques: a)

1. Determine o coeficiente de restituição dos seguintes choques: a) DISCIPLINA PROFESSOR FÍSICA REVISADA DATA (rubrica) RENATO 2017 NOME Nº ANO TURMA ENSINO 2º MÉDIO 1. Determine o coeficiente de restituição dos seguintes choques: a) b) c) d) e) 2. Classifique os choques

Leia mais

Aula 07. ASSUNTOS: Gravitação; Movimento em um campo gravitacional uniforme; Movimento periódico; MHS; Sistema massa mola

Aula 07. ASSUNTOS: Gravitação; Movimento em um campo gravitacional uniforme; Movimento periódico; MHS; Sistema massa mola ASSUNTOS: Gravitação; Movimento em um campo gravitacional uniforme; Movimento periódico; MHS; Sistema massa mola 1. (UFC - 007) Uma partícula de massa m move-se sobre o eixo x, de modo que as equações

Leia mais

Professores: Murilo. Física. 3ª Série. 300 kg, que num determinado ponto está a 3 m de altura e tem energia cinética de 6000 J?

Professores: Murilo. Física. 3ª Série. 300 kg, que num determinado ponto está a 3 m de altura e tem energia cinética de 6000 J? Física Professores: Murilo 3ª Série EXERCÍCIOS DE Trabalho, Potência e Energia 1. Um corpo de massa 150 kg, está posicionado 17 m acima do solo. Sabendo que a aceleração da gravidade vale 10 m/s², qual

Leia mais

Física 1. 2 a prova 03/06/2017. Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova.

Física 1. 2 a prova 03/06/2017. Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova. Física 1 2 a prova 03/06/2017 Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova. 1- Assine seu nome de forma LEGÍVEL na folha do cartão de respostas. 2- Leia os enunciados com atenção. 3- Analise sua

Leia mais

PROGRAD / COSEAC Padrão de Respostas Física Grupos 05 e 20

PROGRAD / COSEAC Padrão de Respostas Física Grupos 05 e 20 1 a QUESTÃO: Dois blocos estão em contato sobre uma mesa horizontal. Não há atrito entre os blocos e a mesa. Uma força horizontal é aplicada a um dos blocos, como mostra a figura. a) Qual é a aceleração

Leia mais

Experimento 1: Colisões *

Experimento 1: Colisões * Experimento : Colisões * Objetivo Avaliar a Conservação Quantidade de Movimento Linear e a Conservação da Energia Cinética nos seguintes experimentos: a) Colisão unidimensional. b) Colisão bidimensional.

Leia mais

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: FÍSICA CIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: FÍSICA CIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 1º Ano: C11 Nº Professora: Saionara Chagas Data: / /2016 COMPONENTE

Leia mais

Física I para a Escola Politécnica ( ) - SUB (03/07/2015) [0000]

Física I para a Escola Politécnica ( ) - SUB (03/07/2015) [0000] Física I para a Escola Politécnica (330) - SUB (03/0/0) [0000] NUSP: 0 0 0 0 0 0 0 3 3 3 3 3 3 3 8 8 8 8 8 8 8 9 9 9 9 9 9 9 Instruções: preencha completamente os círculos com os dígitos do seu número

Leia mais

Bacharelado Engenharia Civil

Bacharelado Engenharia Civil Bacharelado Engenharia Civil Física Geral e Experimental I Prof.a: Érica Muniz 1 Período Lançamentos Movimento Circular Uniforme Movimento de Projéteis Vamos considerar a seguir, um caso especial de movimento

Leia mais

10,0 5,0. Fx (N) 0,0. 0,0 3,0 6,0 x (m) se apenas a força dada atuar sobre ela? Respostas sem justificativas detalhadas não serão consideradas.

10,0 5,0. Fx (N) 0,0. 0,0 3,0 6,0 x (m) se apenas a força dada atuar sobre ela? Respostas sem justificativas detalhadas não serão consideradas. Universidade Federal de Santa Catarina Centro de Ciencias Físicas e Matemáticas Departamento de Física Física I (FSC 5101) Prof. Emmanuel G. de Oliveira Lista de exercícios III Versão de 29 de setembro

Leia mais

Experimento 1: Colisões

Experimento 1: Colisões Experimento 1: Colisões Objetivo Verificar a Conservação Quantidade de Movimento Linear e a Conservação da Energia Cinética. a) A conservação do momento linear e da energia cinética numa colisão unidimensional.

Leia mais

EQUAÇÃO DE TORRICELLI E LANÇAMENTO VERTICAL EXERCÍCIOS

EQUAÇÃO DE TORRICELLI E LANÇAMENTO VERTICAL EXERCÍCIOS EQUAÇÃO DE TORRICELLI E LANÇAMENTO VERTICAL EXERCÍCIOS 1. Uma partícula, inicialmente a 2 m/s, é acelerada uniformemente e, após percorrer 8 m, alcança a velocidade de 6 m/s. Nessas condições, sua aceleração,

Leia mais

0.1 Trabalho e Energia Mecânica

0.1 Trabalho e Energia Mecânica 0.1 Trabalho e Energia Mecânica 1 0.1 Trabalho e Energia Mecânica 1. Uma partícula de massa m se move ao longo do eixo OX sob a ação de uma força total dada por F x = kx, onde k > 0. No instante inicial,

Leia mais

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO:

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO: 1 Essa prova destina-se exclusivamente a alunos do 1 o e o anos e contém vinte (0) questões. Os alunos do 1 o ano devem escolher livremente oito (8) questões para

Leia mais

Exemplos de aplicação das leis de Newton e Conservação da Energia

Exemplos de aplicação das leis de Newton e Conservação da Energia Exemplos de aplicação das leis de Newton e Conservação da Energia O Plano inclinado m N Vimos que a força resultante sobre o bloco é dada por. F r = mg sin α i Portanto, a aceleração experimentada pelo

Leia mais

~é a força normal do bloco de cima sobre o bloco de baixo É o peso do bloco de cima (baixo)

~é a força normal do bloco de cima sobre o bloco de baixo É o peso do bloco de cima (baixo) Q1. (2,0 pontos) O coeficiente de atrito estático entre os blocos da figura vale 0,60. O coeficiente de atrito cinético entre o bloco inferior e o piso é de 0,20. A força F, aplicada ao bloco superior,

Leia mais

Lista de exercícios 4 Mecânica Geral III

Lista de exercícios 4 Mecânica Geral III Lista de exercícios 4 Mecânica Geral III F15.3 O motor exerce uma força de = 20 N sobre o cabo, onde t é dado em segundos.determine a velocidade da caixa onde t = 4 s. Os coeficientes de atrito estático

Leia mais

Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Instituto de Física Lista de exercícios para a P2 - Física 1

Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Instituto de Física Lista de exercícios para a P2 - Física 1 Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Instituto de Física Lista de exercícios para a P2 - Física 1 1. Dois corpos A e B, de massa 16M e M, respectivamente, encontram-se no vácuo e estão separados

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS: POTÊNCIA, TRABALHO E ENERGIA TURMAS: 1C01 a 1C10 (PROF. KELLER)

LISTA DE EXERCÍCIOS: POTÊNCIA, TRABALHO E ENERGIA TURMAS: 1C01 a 1C10 (PROF. KELLER) LISTA DE EXERCÍCIOS: POTÊNCIA, TRABALHO E ENERGIA TURMAS: 1C01 a 1C10 (PROF. KELLER) 1) Uma máquina consome 4000 J de energia em 100 segundos. Sabendo-se que o rendimento dessa máquina é de 80%, calcule

Leia mais

400 ms de duração, a força média sentida por esse passageiro é igual ao peso de:

400 ms de duração, a força média sentida por esse passageiro é igual ao peso de: 1. Ao utilizar o cinto de segurança no banco de trás, o passageiro também está protegendo o motorista e o carona, as pessoas que estão na frente do carro. O uso do cinto de segurança no banco da frente

Leia mais

Colisões Elásticas e Inelásticas

Colisões Elásticas e Inelásticas Colisões Elásticas e Inelásticas 1. Introdução Colisão é a interação entre dois ou mais corpos, com mútua troca de quantidade de movimento e energia. O choque entre bolas de bilhar é um exemplo, o movimento

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS. DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E FÍSICA Disciplina: FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I (MAF 2201) Prof.

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS. DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E FÍSICA Disciplina: FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I (MAF 2201) Prof. 0 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAENTO DE ATEÁTICA E FÍSICA Disciplina: FÍSICA GERAL E EXPERIENTAL I (AF 220) Prof. EDSON VAZ NOTA DE AULA IV (Capítulo 9 e 0) CAPÍTULO 9 SISTEAS DE PARTÍCULAS Se

Leia mais

= = = 160 N = kg 800 m s

= = = 160 N = kg 800 m s Física I - 2. Teste 2010/2011-13 de Janeiro de 2011 RESOLUÇÃO Sempre que necessário, utilize para o módulo da aceleração resultante da gravidade o valor 10 0m s 2. 1 Um atirador com uma metralhadora pode

Leia mais

MOVIMENTO EM DUAS E TRÊS DIMENSÕES. O que um jogador de beisebol faz para saber onde deve estar para apanhar uma bola? CAPÍTULO 4

MOVIMENTO EM DUAS E TRÊS DIMENSÕES. O que um jogador de beisebol faz para saber onde deve estar para apanhar uma bola? CAPÍTULO 4 MOVIMENTO EM DUAS E TRÊS DIMENSÕES O que um jogador de beisebol faz para saber onde deve estar para apanhar uma bola? CAPÍTULO 4 Posição, velocidade e aceleração: Vetores Posição e velocidade: O vetor

Leia mais

IMPULSO E QUANTIDADE DE MOVIMENTO EXERCÍCIOS E TESTES DE VESTIBULARES

IMPULSO E QUANTIDADE DE MOVIMENTO EXERCÍCIOS E TESTES DE VESTIBULARES IMPULSO E QUANTIDADE DE MOVIMENTO EXERCÍCIOS E TESTES DE VESTIBULARES 1. (Funrei-97) Um jogador de bilhar dá uma tacada numa bola, imprimindo nela uma velocidade de 10m/s. A bola atinge uma outra que estava

Leia mais

Lista 5: Trabalho e Energia

Lista 5: Trabalho e Energia Lista 5: Trabalho e Energia NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder a

Leia mais

UFF - Universidade Federal Fluminense

UFF - Universidade Federal Fluminense UFF - Universidade Federal Fluminense Pólo Universitário de Volta edonda - Física I Lista de exercícios n o 7: energia potencial e conservação de energia 1 - Na figura abaixo, um floco de gelo de 2, 00

Leia mais

3ª Ficha de Avaliação de Conhecimentos Turma: 11ºA. Física e Química A - 11ºAno

3ª Ficha de Avaliação de Conhecimentos Turma: 11ºA. Física e Química A - 11ºAno 3ª Ficha de Avaliação de Conhecimentos Turma: 11ºA Física e Química A - 11ºAno Professora Paula Melo Silva Data: 22 de novembro Ano Letivo: 2016/2017 135 min + 15 min 1. Considere o gráfico v(t) correspondente

Leia mais

Problemas de Mecânica e Ondas 3

Problemas de Mecânica e Ondas 3 Problemas de Mecânica e Ondas 3 P 3.1. ( Exercícios de Física, A. Noronha, P. Brogueira, McGraw Hill, 1994) Considere uma esfera de densidade e raio r imersa num fluido de viscosidade e massa específica

Leia mais

MATEMÁTICA 1ª QUESTÃO. O valor do número real que satisfaz a equação =5 é. A) ln5. B) 3 ln5. C) 3+ln5. D) ln5 3. E) ln5 2ª QUESTÃO

MATEMÁTICA 1ª QUESTÃO. O valor do número real que satisfaz a equação =5 é. A) ln5. B) 3 ln5. C) 3+ln5. D) ln5 3. E) ln5 2ª QUESTÃO MATEMÁTICA 1ª QUESTÃO O valor do número real que satisfaz a equação =5 é A) ln5 B) 3 ln5 C) 3+ln5 D) ln5 3 E) ln5 ª QUESTÃO O domínio da função real = 64 é o intervalo A) [,] B) [, C), D), E), 3ª QUESTÃO

Leia mais

Trabalho e Energia. = g sen. 2 Para = 0, temos: a g 0. onde L é o comprimento do pêndulo, logo a afirmativa é CORRETA.

Trabalho e Energia. = g sen. 2 Para = 0, temos: a g 0. onde L é o comprimento do pêndulo, logo a afirmativa é CORRETA. Trabalho e Energia UFPB/98 1. Considere a oscilação de um pêndulo simples no ar e suponha desprezível a resistência do ar. É INCORRETO afirmar que, no ponto m ais baixo da trajetória, a) a energia potencial

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS 0 NOTA DE AULA 04 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAENTO DE ATEÁTICA E FÍSICA Disciplina: FÍSICA GERAL E EXPERIENTAL I (AF 220) Coordenador: PROF. EDSON VAZ CAPÍTULOS: 09 e 0 OBS: Esta nota de aula

Leia mais

EXERCÍCIOS PARA PROVA ESPECÍFICA E TESTÃO 1 ANO 4 BIMESTRE

EXERCÍCIOS PARA PROVA ESPECÍFICA E TESTÃO 1 ANO 4 BIMESTRE 1. (Unesp 89) Um cubo de aço e outro de cobre, ambos de massas iguais a 20 g estão sobre um disco de aço horizontal, que pode girar em torno de seu centro. Os coeficientes de atrito estático para aço-aço

Leia mais

Segunda Prova de Física I, Turma MAA+MAI 8h-10h, 30 de novembro de 2011

Segunda Prova de Física I, Turma MAA+MAI 8h-10h, 30 de novembro de 2011 Segunda Prova de Física I, Turma MAA+MAI 8h-10h, 30 de novembro de 2011 A vista da prova será feita na 2 a feira 5/12/2011, na sala de aula no horário de 8h-8h30. Primeira Questão No sistema de coordenadas

Leia mais

Lista de Exercícios - OSCILAÇÕES

Lista de Exercícios - OSCILAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FÍSICA E MATEMÁTICA Departamento de Física Disciplina: Física Básica II Lista de Exercícios - OSCILAÇÕES Perguntas: 1. O gráfico da figura 1 mostra a aceleração

Leia mais

11 O gráfico na figura descreve o movimento de um caminhão de coleta de lixo em uma rua reta e plana, durante 15s de trabalho.

11 O gráfico na figura descreve o movimento de um caminhão de coleta de lixo em uma rua reta e plana, durante 15s de trabalho. 11 O gráfico na figura descreve o movimento de um caminhão de coleta de lixo em uma rua reta e plana, durante 15s de trabalho. a) Calcule a distância total percorrida neste intervalo de tempo. b) Calcule

Leia mais

Física 1. Prof. Marim. Prof. Marim

Física 1. Prof. Marim. Prof. Marim Física 1 Física 1 CONSERVAÇÃO DA ENERGIA MECÂNICA Energia Mecânica A Energia Mecânica de um sistema é a soma da energia cinética (K) com a energia potencial (U). E m e c = K + U A energia total, E, de

Leia mais

3ª série COLISÕES FRONTAIS. Ensino Médio. Aluno(a): A evolução do conhecimento. Colégio Einstein. Professor(a): Paulo Sérgio DIA:05 MÊS: 06

3ª série COLISÕES FRONTAIS. Ensino Médio. Aluno(a): A evolução do conhecimento. Colégio Einstein. Professor(a): Paulo Sérgio DIA:05 MÊS: 06 Professor(a): Paulo Sérgio 11 3ª série Ensino Médio Turma: A Aluno(a): Segmento temático: COLISÕES FRONTAIS DIA:05 MÊS: 06 2017 LISTA COLISÕES FRONTAIS UNIDIMENSIONAIS E BIDIMENSIONAIS 01 - (UNCISAL/2016)

Leia mais

Resolução de Questões de Provas Específicas de Física Aula 1

Resolução de Questões de Provas Específicas de Física Aula 1 Resolução de Questões de Provas Específicas de Física Aula 1 Resolução de Questões de Provas Específicas de Física Aula 1 1. João fez uma pequena viagem de carro de sua casa, que fica no centro da cidade

Leia mais

Prof. Marim. Física 1

Prof. Marim. Física 1 Física 1 FÍSICA 1 TRABALHO ENERGIA POTENCIAL Definição de Trabalho Teorema do Trabalho e Energia Cinética FÍSICA 1 TRABALHO ENERGIA POTENCIAL Trabalho realizado por uma força: Trabalho realizado por uma

Leia mais

DISCURSIVAS. Solução: (a) Com os eixos escolhidos conforme a figura, a altura instantânea da caixa a partir do instante t=0 em que começa a cair é

DISCURSIVAS. Solução: (a) Com os eixos escolhidos conforme a figura, a altura instantânea da caixa a partir do instante t=0 em que começa a cair é DISCURSIVAS 1. Um pequeno avião monomotor, à altitude de 500m, deixa cair uma caixa. No instante em que a caixa é largada, o avião voava a 60,0m/s inclinado de 30,0 0 acima da horizontal. (a) A caixa atinge

Leia mais

Trabalho, Energia Mecânica. Impulso e Quantidade de Movimento

Trabalho, Energia Mecânica. Impulso e Quantidade de Movimento Trabalho, Energia Mecânica. Impulso e Quantidade de Movimento PROFESSOR WALESCKO 15 de setembro de 2005 1. Um bloco de 5,0 kg de massa é arrastado, a partir do repouso, sobre um plano horizontal por uma

Leia mais

LISTA PARA RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 PROFESSOR GUSTAVO SABINO

LISTA PARA RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 PROFESSOR GUSTAVO SABINO LISTA PARA RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 PROFESSOR GUSTAVO SABINO 1. Sobre uma partícula P agem quatro forças, representadas na figura abaixo. O módulo da força resultante sobre a partícula é de: a) 5 N b) 24

Leia mais

Física 1. Rotação e Corpo Rígido Resumo P3

Física 1. Rotação e Corpo Rígido Resumo P3 Física 1 Rotação e Corpo Rígido Resumo P3 Fórmulas e Resumo Teórico Momento Angular - Considerando um corpo de massa m a um momento linear p, temos: L = r p = r mv Torque - Considerando uma força F em

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 24 FORÇA CENTRÍPETA REVISÃO

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 24 FORÇA CENTRÍPETA REVISÃO FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 24 FORÇA CENTRÍPETA REVISÃO Fixação 1) Um pêndulo é abandonado na posição A e atinge a posição E, como mostra a figura abaixo. Assinale a alternativa que melhor indica a direção

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 1

LISTA DE EXERCÍCIOS 1 LISTA DE EXERCÍCIOS 1 Esta lista trata dos conceitos de cinemática 1D, cinemática 2D, leis de Newton e aplicações. Tais temas são abordados nos capítulos 2, 3, 4 e 5 do livro-texto: Moysés Nussenzveig,

Leia mais

Importante: Lista 3: Leis de Newton e Dinâmica da Partícula NOME:

Importante: Lista 3: Leis de Newton e Dinâmica da Partícula NOME: Lista 3: Leis de Newton e Dinâmica da Partícula NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. As cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. ii. Ler os enunciados com atenção.

Leia mais

FORÇA E MOVIMENTO Leis de Newton

FORÇA E MOVIMENTO Leis de Newton PROF. OSCAR FORÇA E MOVIMENTO Leis de Newton Qual é o fator responsável pela sensação de perigo para alguém que está no último carro de uma montanha russa? Uma força aceleração. atuando sobre o quilograma

Leia mais

Mecânica I (FIS-14) Prof. Dr. Ronaldo Rodrigues Pelá Sala 2602A-1 Ramal 5785

Mecânica I (FIS-14) Prof. Dr. Ronaldo Rodrigues Pelá Sala 2602A-1 Ramal 5785 Mecânica I (FIS-14) Prof. Dr. Ronaldo Rodrigues Pelá Sala 2602A-1 Ramal 5785 rrpela@ita.br www.ief.ita.br/~rrpela 5.5 Torque e Momento Angular Relação entre torque (momento) da força resultante e momento

Leia mais

Física I Prova 2 25/10/2014

Física I Prova 2 25/10/2014 Física I Prova 2 25/10/2014 NOME MATRÍCULA TURMA PROF. Lembrete: A prova consta de 6 questões discursivas (que deverão ter respostas justificadas, desenvolvidas e demonstradas matematicamente) e 8 questões

Leia mais

2ª Lista de Exercícios Fundamentos de Mecânica Clássica Profº. Rodrigo Dias

2ª Lista de Exercícios Fundamentos de Mecânica Clássica Profº. Rodrigo Dias 2ª Lista de Exercícios Fundamentos de Mecânica Clássica Profº. Rodrigo Dias Obs: Esta lista de exercícios é apenas um direcionamento, é necessário estudar a teoria referente ao assunto e fazer os exercícios

Leia mais

IMPULSO E QUANTIDADE DE MOVIMENTO

IMPULSO E QUANTIDADE DE MOVIMENTO IMPULSO E QUANTIDADE DE MOVIMENTO Prof.: Henrique Dantas Impulso É a grandeza física vetorial relacionada com a força aplicada em um corpo durante um intervalo de tempo. O impulso é dado pela expressão:

Leia mais

Física Energia Mecânica Difícil [10 Questões]

Física Energia Mecânica Difícil [10 Questões] Física Energia Mecânica Difícil [10 Questões] 01 - (UERJ) Uma esfera de aço, de pequenas dimensões, está suspensa por um fio ideal a um suporte horizontal. Com o fio esticado, a esfera é abandonada (sem

Leia mais

Trabalho e Energia (Física I)

Trabalho e Energia (Física I) Tec. Processos Metalúrgicos 2013/1 O que vimos até agora: F = m a (segunda lei de Newton) dw = F d r (definição de trabalho infinitesimal) W = B A F d r (definição de trabalho total) Se o movimento é unidimensional

Leia mais

Aproximação Interação rápida Afastamento v apr. = v F média = m( v/ t) = Q/ t v afas. = v duração do choque

Aproximação Interação rápida Afastamento v apr. = v F média = m( v/ t) = Q/ t v afas. = v duração do choque setor 1201 12010508 Aula 39 CHOQUE CONTRA OSTÁCULO IXO Aproximação Interação rápida Afastamento v apr. = v média = m( v/ t) = Q/ t v afas. = v Q = mv Q = mv v v Velocidade de aproximação Deformação Restituição

Leia mais

a unidade de θ em revoluções e do tempo t em segundos (θ(rev.) t(s)). Também construa o gráfico da velocidade angular ω em função do tempo (ω( rev.

a unidade de θ em revoluções e do tempo t em segundos (θ(rev.) t(s)). Também construa o gráfico da velocidade angular ω em função do tempo (ω( rev. 30195-Física Geral e Exp. para a Engenharia I - 3 a Prova - 8/06/01 Nome: N o USP: Professor: Turma: A duração da prova é de horas. Material: lápis, caneta, borracha, régua. O uso de calculadora é proibido

Leia mais

b) a intensidade da força de contato entre A e B.

b) a intensidade da força de contato entre A e B. LISTA DE ATRITO 1. (FGV-SP) O sistema indicado está em repouso devido à força de atrito entre o bloco de massa de 10 kg e o plano horizontal de apoio. Os fios e as polias são ideais e adota-se g = 10 m/s

Leia mais

Lista 7: Terceira Lei de Newton

Lista 7: Terceira Lei de Newton Lista 7: Terceira Lei de Newton NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. As cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. ii. Leia os enunciados com atenção. iii. Responder

Leia mais

Lista: Energia e Impulso (Explosões, Choques)

Lista: Energia e Impulso (Explosões, Choques) Lista: Energia e Impulso (Explosões, Choques) 1) (MACK) Uma bola de borracha é abandonada de uma altura H e ao bater no chão realiza choque parcialmente elástico de coeficiente de restituição e (0 < e

Leia mais

Aplicações de Leis de Newton

Aplicações de Leis de Newton Aplicações de Leis de Newton Evandro Bastos dos Santos 22 de Maio de 2017 1 Introdução Na aula anterior vimos o conceito de massa inercial e enunciamos as leis de Newton. Nessa aula, nossa tarefa é aplicar

Leia mais

SUGESTÃO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DE FÍSICA- 1 ANO Professor Solon Wainstein SEGUE ABAIXO UMA LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS

SUGESTÃO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DE FÍSICA- 1 ANO Professor Solon Wainstein SEGUE ABAIXO UMA LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS SUGESTÃO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DE FÍSICA- 1 ANO Professor Solon Wainstein # Ler todas as teorias # Refazer todos os exercícios dados em aula. # Refazer todos os exercícios feitos do livro. # Refazer

Leia mais

Solução: Alternativa (c). Esse movimento é retilíneo e uniforme. Portanto h = (g t 1 2 )/2 e 2 h =

Solução: Alternativa (c). Esse movimento é retilíneo e uniforme. Portanto h = (g t 1 2 )/2 e 2 h = UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ FÍSICA PROVA DE TRANSFERÊNCIA INTERNA, EXTERNA E PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR 9/06/206 CANDIDATO: CURSO PRETENDIDO: OBSERVAÇÕES: 0 Prova sem consulta. 02 Duração:

Leia mais

XXVII CPRA LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA (DINÂMICA)

XXVII CPRA LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA (DINÂMICA) XXVII CPRA LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA (DINÂMICA) 1) Uma caixa de 50 kg repousa sobre uma superfície para a qual o coeficiente de atrito cinético é. Se a caixa está sujeita a uma força de tração de 400

Leia mais

Ficha de trabalho 5 AMPLIAÇÃO

Ficha de trabalho 5 AMPLIAÇÃO Nome: N. o : Turma: Data: Ficha de trabalho 5 AMPLIAÇÃO 1. Uma pedra é lançada do ponto P com uma velocidade de 10 m s 1 numa direcção que forma um ângulo de 45º com a horizontal, atingindo o ponto Q conforme

Leia mais

Primeira Lista de Exercícios.

Primeira Lista de Exercícios. Figure 1: Diagrama esquemático do MHS da partícula do exercício 1. Primeira Lista de Exercícios. 1. Uma partícula que se move num movimento harmônico simples de período T como o da Figura 1 está em x m

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 25 TRABALHO E POTÊNCIA

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 25 TRABALHO E POTÊNCIA FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 25 TRABALHO E POTÊNCIA F A θ d B F τ F d P A θ g h d C B F el Kx A t O x x B F at N F 5,00 m A P 12,0 m P A = t (numericamente) O t t Fixação 1) Um corpo de massa igual a 0,50 kg,

Leia mais