Of. N 128/2017 APUFPR-SSIND Curitiba, 2 de junho de 2017

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Of. N 128/2017 APUFPR-SSIND Curitiba, 2 de junho de 2017"

Transcrição

1 Of. N 128/2017 APUFPR-SSIND Curitiba, 2 de junho de 2017 Assunto: Esclarecimentos sobre Reajuste 2017 Plano de Saúde Corporativo Unimed Curitiba para a APUFPR-SSind Prezado(a) associado(a), Em nome da Diretoria 2017/2019, eu, Profª Raquel Guimarães, Tesoureira-Geral, venho por meio desse ofício prestar esclarecimentos sobre o Reajuste do Plano de Saúde da Unimed Curitiba para o ano de 2017, estabelecido em 21,78%. 1. Sobre as condições contratuais Conforme previsto em contrato com a Unimed Curitiba, o reajuste anual do Plano de Saúde Corporativo que atende aos associados da APUFPR-SSind se dá conforme a chamada taxa de sinistralidade do plano. A taxa de sinistralidade é definida pela relação percentual entre a despesa assistencial e a receita de contraprestações da operadora. Após apurada a sinistralidade dos 12 meses anteriores ao mês de aniversário do contrato, o reajuste é estabelecido conforme as seguintes condições: Se a taxa de sinistralidade do Plano é inferior a 75%, o reajuste é dado pelo valor do IGP-M acumulado no período de 12 meses. Se a taxa de sinistralidade do Plano é superior a 75%, o reajuste é realizado mediante livre negociação, tendo em vista a necessidade técnica do plano. 2. Sobre a taxa de sinistralidade do contrato de Plano Corporativo Unimed Curitiba para a APUFPR-SSind O demonstrativo de sinistralidade para os 12 meses inferiores ao mês de aniversário do contrato indicou uma taxa média de sinistralidade de 96,31%, conforme indicado na TABELA 1. Isso significa que, em média, as despesas médico-hospitalares incorridas nos 12 meses anteriores ao aniversário do contrato corresponderam, em média, a 96,1% das receitas advindas das mensalidades pagas ao plano.

2 TABELA 1: Demonstrativo de Sinistralidade do Contrato da Unimed Curitiba com a APUFPR-SSind no período Mês/Ano Beneficiários Receita Despesa Resultado Taxa de Sinistralidade mar/ R$ ,30 R$ ,58 R$ ,28 118,81% abr/ R$ ,91 R$ ,98 R$ ,93 89,06% mai/ R$ ,40 R$ ,83 R$ ,43 116,34% jun/ R$ ,86 R$ ,27 R$ ,59 97,40% jul/ R$ ,10 R$ ,33 R$ ,23 114,01% ago/ R$ ,75 R$ ,79 R$ ,96 83,08% set/ R$ ,20 R$ ,55 R$ ,65 74,14% out/ R$ ,03 R$ ,16 R$ ,87 92,77% nov/ R$ ,13 R$ ,02 R$ ,11 82,43% dez/ R$ ,73 R$ ,24 R$ ,51 110,61% jan/ R$ ,26 R$ ,18 R$ ,08 84,43% fev/ R$ ,09 R$ ,56 R$ ,53 98,44% Resultado Anual R$ ,76 R$ ,49 R$ ,27 96,31% As taxas de sinistralidade da APUFPR-SSind não foram altas somente no ano passado. A evolução das taxas médias de sinistralidade do contrato por ano indica valores superiores aos 75% desde 2012, conforme a TABELA 2. TABELA 2: Taxas de Sinistralidade do Contrato da Unimed Curitiba com a APUFPR-SSind por período Ano Taxa de Sinistralidade ,33% ,16% ,41% ,51% Segundo entendimentos dessa diretoria, o histórico de taxas de sinistralidade superiores a 75% do contrato de saúde da APUFPR-SSind com a Unimed Curitiba pode estar associado aos seguintes fatores: Perfil demográfico dos associados pertencentes ao plano, em que cerca de 30% dos mesmos estão acima dos 54 anos de idade (período de referência: mar/2016 a fevereiro/2017). Dessa maneira, tendo em vista que indivíduos em faixas etárias mais avançadas estão, naturalmente, sujeitos a uma maior prevalência de doenças crônicas e degenerativas, é esperado que tal plano apresente um alto custo, devido à alta necessidade de procedimentos de média-alta complexidade i. Elevação dos custos médios das internações hospitalares, procedimentos ambulatoriais, consultas e exames. Conforme o índice de Variação de Custos Médico- Hospitalares, calculado pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar e sendo esse o principal indicador utilizado pelo mercado de saúde suplementar como referência sobre o comportamento de custos, houve aumento do custo médico-hospitalar em

3 19,4%, nos 12 meses encerrados em setembro de Sobre o histórico das negociações As negociações com a Unimed Curitiba para o reajuste 2017 foram iniciadas na gestão 2015/2017, sob a coordenação do então Tesoureiro-Geral, o Prof Claudio Tonegutti. Sendo a taxa de sinistralidade do plano superior a 75%, o contrato previu a livre negociação. Na primeira rodada de negociações, a Unimed apontou para uma necessidade técnica de reajuste de 41,93%. O Prof Claudio Tonegutti, da Diretoria 2015/2017 e, posteriormente, essa tesoureira e o Prof Claudir Daltoé, da Diretoria 2017/2019, negociaram um reajuste de 15%, tendo em vista argumentos de suma importância ao cenário atual dos docentes sindicalizados e que objetivavam também atender à necessidade técnica da Unimed: A forte recessão econômica que se delineia a partir da conjuntura atual, sobretudo a partir dos recentes acontecimentos, a qual aumenta a probabilidade de que os sindicalizados optem pela saída do plano de saúde, em direção ao sistema de saúde público e aumenta a taxa de inadimplência. O reajuste salarial dos docentes nos últimos 12 meses no percentual de 5,5%, sendo este claramente inferior ao reajuste de preços de outros serviços necessários ao orçamento das famílias. O comprometimento da Diretoria 2017/2019 de realizar, ao longo de sua gestão, um trabalho de sensibilização junto aos sindicalizados, com o objetivo de reduzir a taxa de sinistralidade do contrato mediante cuidados preventivos, além de campanha para adesão do Plano por docentes jovens (e com baixos riscos de cuidados de média-alta complexidade, de alto custo). O reajuste da ANS para os planos de saúde individual/familiar, estabelecido em 13,55% entre maio de 2017 e abril de 2018, conforme autorizado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O índice de Variação de Custos Médico-Hospitalares referente a set/2015-set/2016, de 19,4%, tendo atingido seu maior patamar desde o início da série histórica ii. Contudo, após várias rodadas de negociações, a Unimed Curitiba definiu um reajuste de 21,78% como condição para renovação do contrato, esgotando-se qualquer possibilidade de nova negociação. A escolha da seguradora a ser contratada é da cada sindicalizado e, desta forma, a APUFPR- SSind não poderia propor a troca de seguradora nesse momento, considerando que: Há pacientes em tratamento médico, inclusive em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), sendo que esses pacientes não podem ter seu tratamento comprometido numa mudança de plano. Os planos corporativos não dispõem do mecanismo de portabilidade aplicado aos planos individuais, devendo quaisquer mudanças de seguradoras estar sujeitas à adesão voluntária pelos beneficiários, procedimento esse que leva tempo.

4 Os preços no mercado para planos corporativos com os serviços semelhantes aos oferecidos pela Unimed Curitiba à APUFPR-SSind (plano nacional, sem coparticipação) teriam valores de mensalidades mais elevados. Dessa maneira, e após reunião de esclarecimento com os sindicalizados sobre o reajuste, a Diretoria Gestão 2017/2019 acatou, em 26 de abril de 2017, o reajuste previsto pela Unimed Curitiba de 21,78%. 4. Sobre a Tabela Reajustada A TABELA 3 apresenta os valores reajustados que estarão vigentes a partir de junho de TABELA 3: Mensalidade do Plano de Saúde conforme serviços e faixa etária Contrato Corporativo Unimed Curitiba Vigência a partir de junho de 2017 FX ETÁRIA PLANOS enferm. c/obst. enferm. s/obst. apto. c/obstet. apto. s/obstet ,45 156,60 332,30 219, ,85 184,90 404,00 286, ,85 184,90 404,00 286, ,65 211,70 598,20 466, ,65 211,70 598,20 466, ,40 245,95 660,30 523, ,40 245,95 660,30 523, ,60 367,60 758,65 758, ,60 367,60 758,65 758,65 59> 564,60 564,60 887,85 887,85 TAXA DE INSCRIÇÃO 29,00 5. Sobre os Encaminhamentos A Diretoria 2017/2019 propõe a instalação de uma comissão que possa averiguar, durante 2017, soluções para o Plano de Saúde Corporativo, realizando discussões sobre: Necessidade de troca de seguradora. Mudança dos benefícios do plano, com vistas à redução da mensalidade e dos reajustes aplicados. Os resultados dos trabalhos dessa comissão serão compartilhados, em momento oportuno, com os associados em convocatórias, de tal forma que seja dada a maior transparência ao processo. O docente interessado em participar da comissão deverá encaminhar um para

5 Ainda, em nome da Diretoria 2017/2019, reforço nossa intenção de realizar campanhas de prevenção junto aos docentes associados, bem como campanhas para adesão ao Plano de Saúde Corporativo, tendo em vista melhoria do resultado financeiro de nosso plano. Deixamo-nos desde já à disposição para quaisquer esclarecimentos Atenciosamente, Profª Dra. Raquel Guimarães Tesoureira-Geral da APUFPR-SSind i Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas. Atenção à saúde da pessoa idosa e envelhecimento / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas, Área Técnica Saúde do Idoso. Brasília, ii Jornal Folha de São Paulo. Inflação médica chega a recorde, e operadoras pedem 'Lava Jato' na saúde.

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

SINDHOSP e Grupo Fleury. Diretoria de Desenvolvimento Setorial DIDES/ANS Abril de 2013

SINDHOSP e Grupo Fleury. Diretoria de Desenvolvimento Setorial DIDES/ANS Abril de 2013 SINDHOSP e Grupo Fleury Diretoria de Desenvolvimento Setorial DIDES/ANS Abril de 2013 (R$ bilhões) Receita de Contraprestações e Despesa Assistencial Operadoras Médico-Hospitalares (Brasil 2003-125,0 100,0

Leia mais

Caros servidores com Convênio Unimed,

Caros servidores com Convênio Unimed, Caros servidores com Convênio Unimed, O reajuste anual do Convênio com a Unimed ocorre sempre no mês de julho de cada ano. Para os planos individuais a Agência Nacional de Saúde (ANS) define o reajuste.

Leia mais

TABELA PRÁTICA PARA CÁLCULO DOS JUROS DE MORA ICMS ANEXA AO COMUNICADO DA-87/12

TABELA PRÁTICA PARA CÁLCULO DOS JUROS DE MORA ICMS ANEXA AO COMUNICADO DA-87/12 JANEIRO 2,8451 2,7133 2,4903 2,3303 2,1669 1,9859 1,7813 1,6288 1,4527 1,3148 1,1940 1,0684 FEVEREIRO 2,8351 2,6895 2,4758 2,3201 2,1544 1,9676 1,7705 1,6166 1,4412 1,3048 1,1840 1,0584 MARÇO 2,8251 2,6562

Leia mais

Seguros Unimed. Divulgação do índice de reajuste único apurado para o agrupamento dos contratos coletivos com menos de 30 beneficiários

Seguros Unimed. Divulgação do índice de reajuste único apurado para o agrupamento dos contratos coletivos com menos de 30 beneficiários Seguros Unimed Divulgação do índice de reajuste único apurado para o agrupamento dos contratos coletivos com menos de 30 beneficiários Resolução Normativa nº 309, da Agência Nacional de Saúde Suplementar

Leia mais

Índice Periódico de Variação de Custos Condominiais NOVEMBRO 2016

Índice Periódico de Variação de Custos Condominiais NOVEMBRO 2016 Índice Periódico de Variação de Custos Condominiais NOVEMBRO 2016 Elaborado pelo Departamento de Pesquisa - AABIC CONSIDERAÇÕES NOVEMBRO DE 2016 IPEVECON Seguindo a tendência esperada para o final do ano,

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Sindipetro RJ. Petroleiros do Rio de Janeiro. Deflatores: IPCA-IBGE INPC-IBGE. julho de 2012

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Sindipetro RJ. Petroleiros do Rio de Janeiro. Deflatores: IPCA-IBGE INPC-IBGE. julho de 2012 EVOLUÇÃO SALARIAL Categoria: Petroleiros do Rio de Janeiro Deflatores: IPCA-IBGE INPC-IBGE julho de 2012 Este trabalho contém o estudo sobre o comportamento dos salários desde 01-setembro-2011 até 31-agosto-2012

Leia mais

Saúde Suplementar Desafios e Perspectivas

Saúde Suplementar Desafios e Perspectivas Saúde Suplementar Desafios e Perspectivas José Carlos de Souza Abrahão Diretor Presidente São Paulo, 01 de setembro de 2016. Dimensão do Setor Suplementar (Brasil, Junho/2016) Beneficiários: 48,5 milhões

Leia mais

Visão da ANS e o Sistema Unimed: perspectivas para o futuro

Visão da ANS e o Sistema Unimed: perspectivas para o futuro V Fórum Nacional de Cooperativismo Médico Visão da ANS e o Sistema Unimed: perspectivas para o futuro Brasília,26 junho de 2012 Agência Nacional de Saúde Suplementar Agência reguladora do Governo Federal,

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

Indicadores P&D ( Agosto )

Indicadores P&D ( Agosto ) PESQUISA E DESENVOLVIMENTO Indicadores P&D 2016 ( Agosto ) Variação do Custo dos produtos base dez 2015 (%) PESQUISA E DESENVOLVIMENTO Variação do custo ao decorrer do ano 35 30 25 20 15 10 5 0-5 -10-15

Leia mais

Sustentabilidade da Saúde Suplementar

Sustentabilidade da Saúde Suplementar Sustentabilidade da Saúde Suplementar Rafael Pedreira Vinhas Gerente-Geral Gerência-Geral Regulatória da Estrutura dos Produtos Fórum de Regulação do Sistema Unimed - Maceió, 11 de maio de 2016. Agência

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo. Material de Suporte para Categorias em Data-Base INPC-IBGE

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo. Material de Suporte para Categorias em Data-Base INPC-IBGE EVOLUÇÃO SALARIAL Categoria: Material de Suporte para Categorias em Data-Base Deflatores: ICV-DIEESE INPC-IBGE maio de 2015 Este trabalho contém o estudo sobre o comportamento dos salários desde 01-maio-2014

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. junho de 2014

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. junho de 2014 EVOLUÇÃO SALARIAL Categoria: Material de suporte para categorias em data-base Deflatores: ICV-DIEESE INPC-IBGE junho de 2014 Este trabalho contém o estudo sobre o comportamento dos salários desde 01-junho-2013

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo. Material de suporte para categorias em data-base.

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo. Material de suporte para categorias em data-base. EVOLUÇÃO SALARIAL Categoria: Material de suporte para categorias em data-base. Deflatores: ICV-DIEESE INPC-IBGE junho de 2017 Este trabalho contém o estudo sobre o comportamento dos salários desde 01-junho-2016

Leia mais

CONSIDERAÇÕES PARA A ASSEMBLEIA DE 22/06/2016

CONSIDERAÇÕES PARA A ASSEMBLEIA DE 22/06/2016 CONSIDERAÇÕES PARA A ASSEMBLEIA DE 22/06/2016 1 INFORMES 1.1- Demonstrações contábeis 2015: Na reunião do Conselho Curador, ocorrida em Brasília/DF no período de 01 e 03 de março de 2016, os Conselheiros

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. junho de 2013

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. junho de 2013 EVOLUÇÃO SALARIAL Categoria: Material de suporte para categorias em data-base Deflatores: IPCA-IBGE INPC-IBGE junho de 2013 Este trabalho contém o estudo sobre o comportamento dos salários desde 01-junho-2012

Leia mais

Boa leitura. Conselho de Administração

Boa leitura. Conselho de Administração 1 A prestação de contas da Unimed Salto/Itu é representada neste material independente de qualquer que seja o resultado. A gestão consciente e transparente preza pela verdade para que o crescimento aconteça

Leia mais

REAJUSTE DO PLANO DE SAÚDE LINCX E CAMPANHA DE ADESÃO

REAJUSTE DO PLANO DE SAÚDE LINCX E CAMPANHA DE ADESÃO REAJUSTE DO PLANO DE SAÚDE LINCX E CAMPANHA DE ADESÃO - 2017 Prezado Associado Como ocorre todos os anos, no mês de janeiro temos o reajuste do contrato do plano de saúde da APMP. De acordo com o estabelecido

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo. Material de suporte para categorias em data-base INPC-IBGE

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo. Material de suporte para categorias em data-base INPC-IBGE EVOLUÇÃO SALARIAL Categoria: Material de suporte para categorias em data-base Deflatores: IPCA-IBGE INPC-IBGE março de 2015 Este trabalho contém o estudo sobre o comportamento dos salários desde 01-março-2014

Leia mais

Prestação de Contas 2008

Prestação de Contas 2008 Prestação de Contas 2008 Prestação de Contas Investimentos Alocação de Recursos Evolução Patrimonial Planos Previdenciários Plano Transitório Plano Misto Plano Assistencial Saúde - AMHOR Odontológico Pesquisa

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL (Não considerando a incorporação da Gratificação Nova Escola como reajuste)

EVOLUÇÃO SALARIAL (Não considerando a incorporação da Gratificação Nova Escola como reajuste) EVOLUÇÃO SALARIAL (Não considerando a incorporação da Gratificação Nova Escola como reajuste) Categoria: Profissionais da Educação da Rede Estadual de Ensino do Rio de Janeiro (Magistério) Deflatores:

Leia mais

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,8 21-Jul-00 Real 0,6493 Sem frete - PIS/COFINS

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. abril de 2013

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. abril de 2013 EVOLUÇÃO SALARIAL Categoria: Material de suporte para categorias em data-base Deflatores: ICV-DIEESE INPC-IBGE abril de 2013 Este trabalho contém o estudo sobre o comportamento dos salários desde 01-abril-2012

Leia mais

ICV de 2006 fica em 2,57%, o menor desde 1998

ICV de 2006 fica em 2,57%, o menor desde 1998 1 São Paulo, 10 de janeiro de 2007. NOTA À IMPRENSA ICV de 2006 fica em 2,57%, o menor desde 1998 A inflação entre janeiro e dezembro de 2006, no município de São Paulo, registrou uma variação acumulada

Leia mais

Unimed de Londrina. A Auditoria Analítica e a Gestão Compartilhada

Unimed de Londrina. A Auditoria Analítica e a Gestão Compartilhada Unimed de Londrina A Auditoria Analítica e a Gestão Compartilhada A Auditoria Analítica e a Gestão Compartilhada Unimed de Londrina Jorge Luis Gonçalves (Superintendente de Provimento de Saúde) Dr. Ivan

Leia mais

ANS divulga teto de reajuste autorizado para planos individuais

ANS divulga teto de reajuste autorizado para planos individuais ANS divulga teto de reajuste autorizado para planos individuais Publicado em: 03/06/2016 (ans.gov.br) A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) fixou em até 13,57% o índice de reajuste a ser aplicado

Leia mais

Reajuste anual de planos de saúde

Reajuste anual de planos de saúde Sindicato dos Laboratórios de Minas Gerais Nº : 204 Data: 08/06/2015 Fale conosco: (31) 3213-2738 - Fax (31) 3213-0814 - secretaria@sindlab.org.br - www.sindlab.org.br Reajuste anual de planos de saúde

Leia mais

De Até De Até De Até Total Inflação - ICV DIEESE 60,60% 71,90% 77,12% 92,19% 105,13% 118,94%

De Até De Até De Até Total Inflação - ICV DIEESE 60,60% 71,90% 77,12% 92,19% 105,13% 118,94% Reajuste Necessário 2006 a 2018 Total Inflação - ICV DIEESE 60,60% 71,90% 77,12% 92,19% 105,13% 118,94% REAJUSTE EM JANEIRO DE 2013, 2014 e 2015-5% A CADA ANO, 15,76% 15,76% 22,13% 28,24% 34,39% 39,77%

Leia mais

CFM - I Fórum Nacional sobre Saúde Suplementar. José Cechin CFM, Brasília 20out2015

CFM - I Fórum Nacional sobre Saúde Suplementar. José Cechin CFM, Brasília 20out2015 CFM - I Fórum Nacional sobre Saúde Suplementar José Cechin CFM, Brasília 20out2015 FENASAÚDE Federação Nacional de Saúde Suplementar 2 Junho de 2015 18 grupos empresariais 24 operadoras associadas Beneficiários

Leia mais

VCMH/IESS. Variação de Custos Médico-Hospitalares. Edição: Maio de 2016 Data-base: Dezembro de Sumário Executivo

VCMH/IESS. Variação de Custos Médico-Hospitalares. Edição: Maio de 2016 Data-base: Dezembro de Sumário Executivo Variação de Custos Médico-Hospitalares Edição: Maio de 2016 Data-base: Dezembro de 2015 Sumário Executivo O VCMH/IESS O índice VCMH/IESS para planos individuais atingiu 19,3% no período de 12 meses terminados

Leia mais

Atendimento de Saúde Ocupacional e Acidente do Trabalho no Sistema Unimed

Atendimento de Saúde Ocupacional e Acidente do Trabalho no Sistema Unimed Atendimento de Saúde Ocupacional e Acidente do Trabalho no Sistema Unimed ESTUDO REALIZADO PELA ÁREA DE INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DA UNIMED DO BRASIL: José Carlos de Barros Gerente Paulo José Especialista

Leia mais

Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde

Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde Diferenças entre planos individuais e coletivos Operadora: Caixa Seguradora Especializada em Saúde CNPJ: 13.223.975/0001-20 Nº de registro da ANS:

Leia mais

RELATÓRIO DETALHADO DO QUADRIMESTRE DE XXXX

RELATÓRIO DETALHADO DO QUADRIMESTRE DE XXXX RELATÓRIO DETALHADO DO QUADRIMESTRE DE XXXX XX QUADRIMESTRE Secretaria Municipal de Saúde de xxxxxx Mês e Ano de elaboração Modelo Elaborado pela Gerência de Programação em Saúde (Deplan/Susam) para apoio

Leia mais

COMISSÃO PARITÁRIA CUSTEIO DO PLANO DE SAÚDE ACT 2016/2017. Novembro/2016

COMISSÃO PARITÁRIA CUSTEIO DO PLANO DE SAÚDE ACT 2016/2017. Novembro/2016 COMISSÃO PARITÁRIA CUSTEIO DO PLANO DE SAÚDE ACT 2016/2017 Novembro/2016 SUMÁRIO Evolução do CorreiosSaúde Situação Atual do Plano Comparativo do Mercado Estudo Atuarial Projeção Atuarial 2017 Evolução

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. ORÇAMENTO Fechamento

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. ORÇAMENTO Fechamento UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ORÇAMENTO 2016 - Fechamento Janeiro/2017 CODAGE Coordenadoria de Administração Geral Rua da Reitoria, 374 5 o andar Cidade Universitária 05508-220 São Paulo/SP (11) 3091-3014

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA EXECUÇÃO FINANCEIRA

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA EXECUÇÃO FINANCEIRA CONTRATO 07/2013 EXERCÍCIO 2013 jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13 set/13 out/13 nov/13 dez/13 Número da Nota Fiscal emitida - - - - - - 92 99 110 121/133-157 - - Depósitos realizados

Leia mais

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016 Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado do Paraná Safra 2016/2017 Mar/16 0,6048 0,6048 0,6048 66,04 73,77 Abr 0,6232 0,6232 0,5927 64,72 72,29 Mai 0,5585 0,5878 0,5868

Leia mais

Mercado de Saúde Suplementar

Mercado de Saúde Suplementar Mercado de Saúde Suplementar A Federação Nacional de Saúde Suplementar É a entidade que representa vinte e três empresas entre seguradoras especializadas em saúde, medicinas de grupo e odontologias de

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. março de 2014

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. março de 2014 EVOLUÇÃO SALARIAL Categoria: Material de suporte para categorias em data base Deflatores: ICV-DIEESE INPC-IBGE março de 2014 Este trabalho contém o estudo sobre o comportamento dos salários desde 01-março-2013

Leia mais

Conjuntura - Saúde Suplementar

Conjuntura - Saúde Suplementar Conjuntura - Saúde Suplementar 31º Edição - Junho de 2016 Sumário Conjuntura da Saúde Suplementar 1) Emprego e Planos coletivos 3 2) Renda e Planos individuais 4 3) PIB e Receita/Despesa das operadoras

Leia mais

Dados Estatísticos Portabilidades. Setembro/2013

Dados Estatísticos Portabilidades. Setembro/2013 Dados Estatísticos Portabilidades Setembro/2013 Índice Termos Técnicos Utilizados... 3 Dados Quantitativos Evolução Mensal do Número de Portabilidades Cadastradas... 13 Apresentação de Resultados Tabela

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde Diferenças entre planos individuais e coletivos Operadora: MetLife Planos Odontológicos

Leia mais

Extrato da Ata da Assembleia Geral da ADUFOP de (*)

Extrato da Ata da Assembleia Geral da ADUFOP de (*) Extrato da Ata da Assembleia Geral da ADUFOP de 27-10-2016 (*) (*) Pauta específica para tratar do Contrato Coletivo por Adesão entre ADUFOP e Unimed Data da AG: 27/10/2016 Local: Bloco de Salas de Aula,

Leia mais

Variação de Custos Médico-Hospitalares

Variação de Custos Médico-Hospitalares Variação de Custos Médico-Hospitalares Edição: Setembro de 2017 Data-base: Dezembro de 2016 Sumário Executivo Variação dos Custos Médico Hospitalares/IESS A Variação do Custo Médico Hospitalar - VCMH/IESS

Leia mais

Cases de sucesso em Higienização das Mãos

Cases de sucesso em Higienização das Mãos Cases de sucesso em Higienização das Mãos Serviço de Controle de Infecção Hospitalar Enf. Juliana Prates O começo... 2008 Início do processo mais estruturado de Higiene de Mãos O processo... Campanhas

Leia mais

Nome do Condomínio. Demonstrativo Financeiro

Nome do Condomínio. Demonstrativo Financeiro Mês: Janeiro 1.5 - Mês: Fevereiro 1.5 - Mês: Março 1.5 - Mês: Abril 1.5 - Mês: Maio 1.5 - Mês: Junho 1.5 - Mês: Julho 1.5 - Mês: Agosto 1.5 - Mês: Setembro 1.5 - Mês: Outubro 1.5 - Mês: Novembro 1.5 -

Leia mais

Planejamento Estratégico para Operadoras de Plano de Saúde

Planejamento Estratégico para Operadoras de Plano de Saúde Planejamento Estratégico para Operadoras de Plano de Saúde Para que planejar? Aos 30 anos eu quero... Planejamento estratégico é o processo gerencial que busca desenvolver e manter um ajustamento entre

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA AUMENTO ABUSIVO DAS MENSALIDADES DOS PLANOS DE SAÚDE

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA AUMENTO ABUSIVO DAS MENSALIDADES DOS PLANOS DE SAÚDE AUMENTO ABUSIVO DAS MENSALIDADES DOS PLANOS DE SAÚDE 1 1. Conceito do contrato de plano de saúde O contrato de plano privado de assistência à saúde é o pacto firmado entre a administradora, a operadora

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro PEIC Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atrasos Não Terão Condições de Pagar mar/10 63,0% 27,3% 8,7% fev/11 65,3%

Leia mais

NOTA EXPLICATIVA SOBRE A MUDANÇA NO MÊS DE REFERÊNCIA DOS INDICADORES

NOTA EXPLICATIVA SOBRE A MUDANÇA NO MÊS DE REFERÊNCIA DOS INDICADORES NOTA EXPLICATIVA SOBRE A MUDANÇA NO MÊS DE REFERÊNCIA DOS INDICADORES Para melhorar a leitura do indicador, desde maio/14 os dados são tratados como sendo do mês anterior à divulgação, e não como do mês

Leia mais

PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 63/2016

PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 63/2016 Americana, 19 de abril de 2016. PROCESSO ADMINISTRATIVO PARECER CONSOLIDADO ARES-PCJ Nº 63/2016 ARES-PCJ Nº 12/2016 ASSUNTO: REAJUSTE DE CONTRAPRESTAÇÃO CONTRATO Nº 213/2008 INTERESSADO: SERVIÇO AUTÔNOMO

Leia mais

Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde

Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde Operadora: Unimed Fronteira Noroeste/RS Cooperativa de Assistência à Saúde Ltda. CNPJ.: 87.689.527/0001-53 Nº de registro na ANS: 352179 Site: www.unimed-fno.com.br Telefone: (55) 3512 5424 Manual de Orientação

Leia mais

Porque aderir ao Unafisco Saúde

Porque aderir ao Unafisco Saúde Porque aderir ao Unafisco Saúde O Unafisco Saúde foi fundado em 1992 por Auditores Fiscais do Sindifisco Nacional com o objetivo de oferecer os melhores serviços e benefícios para a categoria. A Instituição

Leia mais

Variação da Despesa Assistencial

Variação da Despesa Assistencial Por Dentro da saúde suplementar Variação da Despesa Assistencial per capita Um dos maiores desafios para a sustentabilidade do mercado de saúde suplementar é o aumento progressivo dos custos médico-hospitalares

Leia mais

INSTRUMENTO DE COMERCIALIZAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE Nº

INSTRUMENTO DE COMERCIALIZAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE Nº INSTRUMENTO DE COMERCIALIZAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE Nº 1. DAS PARTES: 1.1. Celebra(m) o presente instrumento, na qualidade de CONTRATANTE, a pessoa jurídica abaixo qualificada: Razão Social Nome Fantasia

Leia mais

Curso de Capacitação de Analistas de Ouvidoria

Curso de Capacitação de Analistas de Ouvidoria Curso de Capacitação de Analistas de Ouvidoria Ênfase Saúde Suplementar Sistema Unimed Processo de Ouvidoria 27.03.2015 Sobre a CNU Central Nacional Unimed A CNU é a operadora nacional dos planos de saúde

Leia mais

TERMO DE ADESÃO/PROPOSTA DE ADMISSÃO CONTRATO COLETIVO POR ADESÃO MULTIPLO 1 ESTADUAL O

TERMO DE ADESÃO/PROPOSTA DE ADMISSÃO CONTRATO COLETIVO POR ADESÃO MULTIPLO 1 ESTADUAL O TERMO DE ADESÃO/PROPOSTA DE ADMISSÃO CONTRATO COLETIVO POR ADESÃO MULTIPLO 1 ESTADUAL O produto que faz parte do presente Contrato está de acordo com a Lei nº 9.656-98 e demais atos normativos que regulamentam

Leia mais

Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde

Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde Operadora: Unimed/RS Federação das Coop. Médicas do RGS Ltda. CNPJ.: 87.158.507/0001-56 Nº de registro na ANS: 367087 Site: www.unimedrs.com.br

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro Outubro/2013

CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro Outubro/2013 CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro Outubro/2013 PEIC Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atrasos Não Terão Condições de Pagar out/12 59,2% 20,5%

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº xxx, de xx de xxxxxx de 2017

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº xxx, de xx de xxxxxx de 2017 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº xxx, de xx de xxxxxx de 2017 Dispõe sobre a contratação de plano privado de assistência à saúde coletivo empresarial por empresário A Diretoria Colegiada da Agência Nacional

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANO DE SAÚDE

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANO DE SAÚDE MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANO DE SAÚDE Operadora: S.P.A. SAÚDE Sistema de Promoção Assistencial CNPJ: 69.259.356/0001-40 Nº de registro na ANS: 32449-3 Nº de registro do produto: SPA GOLD

Leia mais

Tribunal Superior do Trabalho. Proposta para Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos sobre o Plano de Saúde oferecido pela Postal Saúde

Tribunal Superior do Trabalho. Proposta para Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos sobre o Plano de Saúde oferecido pela Postal Saúde Tribunal Superior do Trabalho Proposta para Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos sobre o Plano de Saúde oferecido pela Postal Saúde Brasília DF, 29 de Maio de 2017 PREMISSAS PARA CONSTRUÇÃO DA PROPOSTA:

Leia mais

Nota de Acompanhamento do Caderno de Informações da Saúde Suplementar - NACISS

Nota de Acompanhamento do Caderno de Informações da Saúde Suplementar - NACISS Nota de Acompanhamento do Caderno de Informações da Saúde Suplementar - NACISS 32ª Edição Junho de 2015 Sumário Executivo Número de beneficiários de planos médico-hospitalares (dez/14): 50.819.735; Taxa

Leia mais

Série 34 E 35 Relatório de Acompanhamento do CRI 31-jan-14

Série 34 E 35 Relatório de Acompanhamento do CRI 31-jan-14 31-jan-14 a - Juros 6.691.919,50 a - Juros 1.672.979,81 b - Amortização 3.757.333,97 b - Amortização 939.333,65 a - Saldo atual dos CRI Seniors (984.936.461,48) b - Saldo atual dos CRI Junior (246.234.105,79)

Leia mais

Comunicado 4 Credenciamento TSE nº 1/2015 QUESTIONAMENTOS DA EMPRESA ALIANÇA ADMINISTRADORA DE BENEFÍCIOS DE SAÚDE S.A E RESPOSTAS EMITIDAS PELO TSE:

Comunicado 4 Credenciamento TSE nº 1/2015 QUESTIONAMENTOS DA EMPRESA ALIANÇA ADMINISTRADORA DE BENEFÍCIOS DE SAÚDE S.A E RESPOSTAS EMITIDAS PELO TSE: Comunicado 4 Credenciamento TSE nº 1/2015 QUESTIONAMENTOS DA EMPRESA ALIANÇA ADMINISTRADORA DE BENEFÍCIOS DE SAÚDE S.A E RESPOSTAS EMITIDAS PELO TSE: 1. De acordo com a alínea f do item 1.3 do Edital em

Leia mais

Tabela de Vendas - Nova Tabela. Adesão. Volta Redonda

Tabela de Vendas - Nova Tabela. Adesão. Volta Redonda Tabela de Vendas - Nova Tabela Adesão Volta Redonda Validade: Julho/2016 Volta Redonda PLANO DE SAÚDE COLETIVO POR ADESÃO Ambulatorial + Hospitalar com Obstetrícia (com Coparticipação) Planos com Abrangência

Leia mais

Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais

Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais IPES Índice de Preços ao Consumidor Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais IPC-IPES Índice de Preços ao Consumidor de Caxias do Sul Abril de 2013 Abril de 2013 UNIVERSIDADE DE

Leia mais

REAJUSTE ANUAL DAS MENSALIDADES JULHO DE 2016 a JUNHO DE 2017

REAJUSTE ANUAL DAS MENSALIDADES JULHO DE 2016 a JUNHO DE 2017 PERGUNTAS E RESPOSTAS REAJUSTE ANUAL DAS MENSALIDADES JULHO DE 2016 a JUNHO DE 2017 REAJUSTE ANUAL 1. O que é um reajuste anual e qual é sua base legal? O reajuste anual é um mecanismo para corrigir os

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS CAMARA MUNICIPAL DE SAO VALERIO CAMARA MUNICIPAL DE SAO VALERIO RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL DEMONSTRATIVO DA DESPESA DE PESSOAL

ESTADO DO TOCANTINS CAMARA MUNICIPAL DE SAO VALERIO CAMARA MUNICIPAL DE SAO VALERIO RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL DEMONSTRATIVO DA DESPESA DE PESSOAL LRF, Artigo 55, inciso I, alínea "a" - Anexo I JANEIRO/2013 FEV/2012 a JAN/2013 DESPESA BRUTA COM PESSOAL (I) 22.609,19 Pessoal Ativo 22.609,19 TOTAL DA DESPESA COM PESSOAL PARA FINS DE APURACAO DO LIMITE

Leia mais

CNU operadora nacional do Sistema Unimed, suas filiais e a relação associativa

CNU operadora nacional do Sistema Unimed, suas filiais e a relação associativa CNU operadora nacional do Sistema Unimed, suas filiais e a relação associativa A Central Nacional Unimed comercializa planos de saúde para empresas com as seguintes características: Em 3 ou + estados,

Leia mais

Alessandro P. Acayaba de Toledo Diretor Presidente

Alessandro P. Acayaba de Toledo Diretor Presidente Alessandro P. Acayaba de Toledo Diretor Presidente GRUPO DE TRABALHO SOBRE PLANOS ACESSÍVEIS Grupo de Trabalho coordenado pelo Ministério da Saúde Instituído pela Portaria GM/MS nº 1.482, de 04 de agosto

Leia mais

I Resultado (1) Sindipeças Abipeças Relatório do Mercado de Reposição

I Resultado (1) Sindipeças Abipeças Relatório do Mercado de Reposição I Resultado (1) As informações do mercado de reposição, oferecidas pelas empresas associadas que atuam no segmento e trabalhadas pela Assessoria de Economia do Sindipeças sob o conceito de médias móveis

Leia mais

Módulo: Experiência das Autogestões no Gerenciamento de Assistência à Saúde, Painel da Promoção da Saúde à Verticalização do Atendimento.

Módulo: Experiência das Autogestões no Gerenciamento de Assistência à Saúde, Painel da Promoção da Saúde à Verticalização do Atendimento. Módulo: Experiência das Autogestões no Gerenciamento de Assistência à Saúde, Painel da Promoção da Saúde à Verticalização do Atendimento. Ricardo Ayache Diretor de Comunicação da Unidas Presidente da Caixa

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 412, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2016

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 412, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2016 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 412, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2016 Dispõe sobre a solicitação de cancelamento do contrato do plano de saúde individual ou familiar, e de exclusão de beneficiário de contrato coletivo

Leia mais

TERMO ADITIVO ao Contrato Particular de Plano de Saúde (nome do plano) Reg. ANS nº (nº produto).

TERMO ADITIVO ao Contrato Particular de Plano de Saúde (nome do plano) Reg. ANS nº (nº produto). TERMO ADITIVO ao Contrato Particular de Plano de Saúde (nome do plano) Reg. ANS nº (nº produto). CONTRATADA: UNIMED MURIAÉ COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO LTDA., inscrita no CNPJ/MF nº 25.971.433/0001-15,

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO DO CONTRATO OU EXCLUSÃO MOTIVADA PELO BENEFICIÁRIO TITULAR/RESPONSÁVEL NOS TERMOS DA RN 412/2016/ANS

SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO DO CONTRATO OU EXCLUSÃO MOTIVADA PELO BENEFICIÁRIO TITULAR/RESPONSÁVEL NOS TERMOS DA RN 412/2016/ANS SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO DO CONTRATO OU EXCLUSÃO MOTIVADA PELO BENEFICIÁRIO TITULAR/RESPONSÁVEL NOS TERMOS DA RN 412/2016/ANS Prezado(a) beneficiário(a), conforme determina o artigo 17 da RN 412, cumpre-nos

Leia mais

Nota de Acompanhamento do Caderno de Informação da Saúde Suplementar

Nota de Acompanhamento do Caderno de Informação da Saúde Suplementar Nota de Acompanhamento do Caderno de Informação da Saúde Suplementar 1. Informações Gerais Os números divulgados pela ANS, com database de setembro de 2009, mostram crescimento de 1,6% no número de beneficiários

Leia mais

INDICADORES SETORIAIS E MACROECONÔMICOS

INDICADORES SETORIAIS E MACROECONÔMICOS INDICADORES SETORIAIS E MACROECONÔMICOS MAIO 2015 INCTF INCTL IGPM IPCA INPC ICV OUTROS ÍNDICE VARIAÇÃO MÊS (%) VARIAÇÃO ANO (%) VARIAÇÃO 12 MESES (%) Índice Nacional do Custos do Transporte de Carga Fracionada

Leia mais

Índices de Preços. Em 12

Índices de Preços. Em 12 Indicadores econômicos Índices de Preços IPC/FIPE IPCA Período Em 12 Em 12 Mensal No ano Mensal No ano meses meses Jan. 0,52 0,52 4,27 0,54 0,54 4,56 Fev. 0,19 0,71 4,12 0,49 1,03 4,61 Mar. 0,31 1,02 4,33

Leia mais

Prestação de Contas Exercício 2010

Prestação de Contas Exercício 2010 Prestação de Contas Exercício 2010 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NEGÓCIO Administrar planos previdenciários e assistenciais. MISSÃO Contribuir para a qualidade de vida dos participantes

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro PEIC Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atrasos Não Terão Condições de Pagar Mai/11 64,2% 24,4% 8,6% Abr/12 56,8%

Leia mais

RECALL SMITHS LISTA DOS PRODUTOS ENVOLVIDOS, IMPORTADOS AO BRASIL PELA CIRÚRGICA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS VENDIDOS E EM ESTOQUE

RECALL SMITHS LISTA DOS PRODUTOS ENVOLVIDOS, IMPORTADOS AO BRASIL PELA CIRÚRGICA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS VENDIDOS E EM ESTOQUE DOCUMENTO 2 LISTA DOS PRODUTOS ENVOLVIDOS, IMPORTADOS AO BRASIL PELA CIRÚRGICA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS VENDIDOS E EM ESTOQUE 100.105.025 644425 10 10 fev/05 fev/10 9660 10/10/2005 13/10/2005

Leia mais

COMUNICADO. Resolução Normativa 309/2012 ANS

COMUNICADO. Resolução Normativa 309/2012 ANS COMUNICADO Resolução Normativa 309/2012 ANS Divulgação do Reajuste Único Apurado para o Agrupamento dos Contratos Coletivos com até 29 beneficiários. A INTERMEDICI vem comunicar que por força da RN nº

Leia mais

Vênus Em Aquário 25 Dez 1939. Vênus Em Peixes 18 Jan 1940. Vênus Em Áries 12 Fev 1940. Vênus Em Touro 8 Mar 1940. Vênus Em Gêmeos 4 Abr 1940

Vênus Em Aquário 25 Dez 1939. Vênus Em Peixes 18 Jan 1940. Vênus Em Áries 12 Fev 1940. Vênus Em Touro 8 Mar 1940. Vênus Em Gêmeos 4 Abr 1940 Vênus Em Aquário 25 Dez 1939 Vênus Em Peixes 18 Jan 1940 Vênus Em Áries 12 Fev 1940 Vênus Em Touro 8 Mar 1940 Vênus Em Gêmeos 4 Abr 1940 Vênus Em Câncer 6 Maio 1940 Vênus Em Gêmeos 5 Jul 1940 Vênus Em

Leia mais

IMPACTO DAS RESOLUÇÕES NORMATIVAS 195, 200 e 204 EDITADAS PELA ANS

IMPACTO DAS RESOLUÇÕES NORMATIVAS 195, 200 e 204 EDITADAS PELA ANS IMPACTO DAS RESOLUÇÕES NORMATIVAS 195, 200 e 204 EDITADAS PELA ANS RN 195 Vigência: 03.11.2009 (alterada pelas RNs 200 e 204); Objetivos: a) classificar e disciplinar as características dos planos privados

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P O U T U B R O, 2 0 1 7 D E S T A Q U E S D O M Ê S São Paulo, 26 de outubro de 2017 Crédito imobiliário atinge R$ 3,41 bilhões

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO. Hospital Estadual Rocha Faria RJ Novembro/2015 PRÓ-SAÚDE ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HOSPITALAR

RELATÓRIO DE DESEMPENHO. Hospital Estadual Rocha Faria RJ Novembro/2015 PRÓ-SAÚDE ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HOSPITALAR PRÓ-SAÚDE ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HOSPITALAR Serviço Público Estadual Processo: E-08/7782/2012 Data: 26/12/2012 Fls. 1 Rubrica: LFS ID. 500.5891-6 EDITAL DE SELEÇÃO Nº 008/2012 Seleção

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P J U N H O, 2 0 1 7 D E S T A Q U E S D O M Ê S Poupança SBPE Captação Líquida: R$ 173 milhões Saldo: R$ 517,6 bilhões Financiamentos

Leia mais

Prestação de Contas do Mandato

Prestação de Contas do Mandato Prestação de Contas do Mandato Por Solange Melendez Diretora Executiva da SACJ Essa diretoria assumiu em setembro de 2014. A contribuição era de R$ 100,00 por mês e de setembro a dezembro houve, em média,

Leia mais

Equipe Técnica. NMC novembro 2016

Equipe Técnica. NMC novembro 2016 Nota Mensal de Conjuntura NOVEMBRO 216 Observatório de Políticas Econômicas 216 Equipe Técnica Paulo Paiva é Professor Associado da Fundação Dom Cabral, Mestre em Demografia pela University of Pennsylvania

Leia mais

Oficina ANS realizada em Brasília

Oficina ANS realizada em Brasília Oficina ANS realizada em Brasília A Unimed Federação Minas marcou presença na Oficina de Regulação de Planos coletivos e outros temas, realizada pela ANS, em Brasília (DF), no dia 25 de maio, ocasião em

Leia mais

O trabalho médico em cooperativa

O trabalho médico em cooperativa O trabalho médico em cooperativa Sistema Unimed 38 Prestadoras 293 Operadoras 17 Federações Institucionais 348 Cooperativas 1 Confederação Nacional 1 Confederação Regional 1 Central Nacional 33 Federações

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Anexo IV Metas Fiscais IV.9 Avaliação da Situação Financeira e Atuarial dos Assistenciais da Lei Orgânica de Assistência Social LOAS (Art. 4 o, 2 o, inciso IV, da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio

Leia mais

Desafios e Perspectivas para a Saúde Suplementar

Desafios e Perspectivas para a Saúde Suplementar Desafios e Perspectivas para a Saúde Suplementar Lenise Barcellos de Mello Secchin Chefe de Gabinete São Paulo, 06 de maio de 2016. Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS Agência reguladora federal

Leia mais

Fundo de Aposentadoria e Previdência Social dos Servidores Efetivos do Município de Barra do Rio Azul-RS. Gestão Econômica e Financeira.

Fundo de Aposentadoria e Previdência Social dos Servidores Efetivos do Município de Barra do Rio Azul-RS. Gestão Econômica e Financeira. Fundo de Aposentadoria e Previdência Social dos Servidores Efetivos do Município de Barra do Rio Azul-RS. Gestão Econômica e Financeira. Comitê de Investimentos ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL RELATORIO GESTÃO

Leia mais

Requisição de Informações de Eventos Prezado representante legal,

Requisição de Informações de Eventos Prezado representante legal, Requisição de Informações de Eventos 2014 @ 321931 Prezado representante legal, Nos próximos dias, sua Operadora estará recebendo o Ofício Circular nº 01/2014/DIRAD(GEHAE)/DIOPE/ANS. Tal ofício refere-se

Leia mais

Lisa Gunn Coordenadora Executiva

Lisa Gunn Coordenadora Executiva Carta Coex 119/2011 São Paulo, 18 de maio de 2011. À Agência Nacional de Saúde Suplementar Aos Senhores Dr. Mauricio Ceschin Diretor Presidente Dra. Stael Riani Ouvidora Assunto: CP41 Contribuições do

Leia mais