NOME. Fichas de Estudo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOME. Fichas de Estudo"

Transcrição

1 NOME Fichas de Estudo

2 O ESQUELETO OS OSSOS Conhecer a constituição dos ossos, como se formam As partes duras que o homem tem no interior do seu corpo chama-se ossos. O conjunto de todos os ossos forma o esqueleto. No esqueleto do homem adulto há um total de 206 ossos de tamanhos e formas diferentes. Temos ossos na cabeça, no tronco e nos membros superiores e inferiores. Os ossos são formados por células espaçadas, contendo cálcio e fósforo. Estes dois sais minerais, sobretudo o cálcio, tornam o osso mais duro. A formação dos ossos começa quando o bebé tem seis meses (embrião) e ainda está no ventre da mãe. Nessa altura, o esqueleto é constituído principalmente por cartilagens (substâncias elásticas e esbranquiçadas). Depois, os sais minerais (cálcio e fósforo) vão sendo depositados nas cartilagens que ficam mais duras e se transformam em ossos.

3 O ESQUELETO OS OSSOS Conhecer as funções do esqueleto 1ª 2ª 3ª Suportar o nosso corpo. Há muitos órgãos que estão ligados ao esqueleto. Manter a forma do corpo. O homem tem uma postura vertical, pois o esqueleto também tem essa forma. Proteger alguns órgãos internos Há muitos órgãos que estão ligados ao esqueleto. 4ª Fabricar algumas células do sangue, na Medula Há muitos órgãos que estão ligados ao esqueleto. Os ossos do crânio estão encaixados uns nos outros e não se podem mover. Algumas articulações são parecidas com dobradiças, como acontece, por exemplo, com a articulação dos joelhos. Outras articulações são giratórias, permitindo que os ossos rodem uns contra os outros. A articulação do joelho é de dobradiça O cotovelo tem articulações giratórias e de dobradiça

4 O ESQUELETO OS OSSOS Conhecer a estrutura do esqueleto O esqueleto está dividido em três partes distintas : 1ª - OSSOS DA CABEÇA LEGENDA : A : frontal C : temporal E : maxilar superior G : ossos do nariz B : parietal D : occipital F : maxilar inferior H : malar Alguns ossos da cabeça suportam e protegem o cérebro. Formam uma espécie de caixa : a caixa craniana. Os ossos do crânio (frontal, parietais, temporais e occipital) estão encaixados e não se podem movimentar. Na face, encontram-se ossos que se movem (maxilares) ossos que não se movem (ossos do nariz ) 2ª - OSSOS DO TRONCO Alguns ossos do tronco suportam e protegem os pulmões, o coração, etc. Formam uma espécie de caixa : a caixa torácica. No tronco, encontram-se : 12 pares de costelas ligadas entre si por músculos. A coluna vertebral, formada por 33 vértebras. O esterno, (osso do peito que está ligado às costelas.

5 O ESQUELETO OS OSSOS Conhecer a estrutura do esqueleto 3ª - OSSOS DOS MEMBROS Nos membros superiores e nos membros inferiores, encontram-se, ao todo, 126 ossos. A maior parte desses ossos estão nas mãos e nos pés. OSSOS DOS MEMBROS SUPERIORES Existe uma cintura formada pela clavícula (osso longo e estreito) e pela omoplata (osso chato e triangular) que liga os braços ao resto do esqueleto. Nos membros superiores, distinguem- -se três partes : o braço, que tem um único osso chamado úmero; o antebraço, que tem dois ossos : o rádio (externo e mais largo) e o cúbito (interno e mais estreito); a mão, que é a parte mais flexível do corpo e que se divide em três grupos : ossos do punho (carpo); ossos da mão (metacarpo); falanges dos dedos : cada dedo tem três falanges (falange, falanginha e falangeta), mas o polegar, ou primeiro dedo, apenas, possui duas. OSSOS DOS MEMBROS INFERIORES Existe uma cintura formada por dois ossos da anca que ligam os membros inferiores ao resto do corpo. Nos membros inferiores, distinguem-se três partes : a coxa, que tem um único osso, chamado fémur; a perna, que tem dois ossos : a tíbia (mais largo) e o perónio (mais fino); o pé, que se divide em três grupos : ossos da região do tornozelo (tarso); ossos do corpo do pé (metatarso); falanges dos dedos (falange, falanginha e falangeta).

6 O ESQUELETO O NOME DOS OSSOS Conhecer o nome dos ossos. CAIXA CRANIANA OMOPLATA CLAVÍCULA ÚMERO Articulação do ombro COLUNA VERTEBRAL OU ESPINAL MEDULA ESTERNO Articulação do cotovelo METACARPO RÁDIO CÚBITO COSTELAS OSSO DA BACIA Articulação da bacia FALANGE FALANGINHA FALANGETA CARPO FÉMUR Articulação do joelho TÍBIA PERÓNIO METATARSO FALANGE Articulação do tornozelo TARSO FALANGETA FALANGINHA

7 O corpo humano O ESQUELETO NOME FICHA FORMATIVA DATA 1 Como é formado o nosso corpo? 2 O que é o esqueleto? 3 Por quantas partes distintas se distribui o esqueleto? 4 Qual é a função do esqueleto? 5 Completa as legendas : MEMBROS SUPERIORES LEGENDA : LEGENDA : MEMBROS INFERIORES

8 O corpo humano O ESQUELETO NOME FICHA FORMATIVA DATA 1 Indica o nome dos sais minerais que são importantes para os ossos? 2 Qual desses sais minerais é responsável pelo endurecimento dos ossos? 3 Quais são as quatro funções do esqueleto? 4 Indica o nome das articulações que conheces? 5 Faz a legenda da gravura : 5.1 Identifica ossos da cabeça : do tronco : dos membros superiores : dos membros inferiores :

9 O corpo humano O ESQUELETO NOME FICHA FORMATIVA DATA 1 Assinala com (V) as verdadeiras e com (F) as falsas : Os ossos têm uma função respiratória. Os ossos servem de suporte. Os ossos permitem a circulação do sangue. Os ossos protegem os órgãos internos. 2 Utilizando as palavras : esqueleto, grande, ossos, cabeça, tronco, membros, completa a frase. O humano é constituído por um conjunto de distribuídos por três regiões : ossos da ; ossos do ; ossos dos. 3 O esqueleto permite : andar respirar correr dormir comer saltar Pinta o que não interessa. 4 Faz a correspondência. Ossos da cabeça superiores e inferiores Ossos do tronco crânio e face Ossos dos membros caixa torácica

10 O corpo humano O ESQUELETO NOME FICHA FORMATIVA DATA 1 Indica quais os ossos que fazem parte dos membros superiores? 2 Quais os ossos que fazem parte dos membros inferiores? 3 O corpo humano é constituído por três regiões, quais? 4 Faz a correspondência : membros superiores membros inferiores cabeça tronco crânio e face caixa torácica coxa, perna e pé braço, antebraço e mão 5 Os teus ossos crescem conforme cresce o teu corpo. Por isso é muito importante para não se deformarem. Das duas figuras seguintes, indica qual é a posição correcta e qual é a incorrecta.

11 O corpo humano O ESQUELETO NOME FICHA FORMATIVA DATA 1 A seguinte figura representa o esqueleto, observa-a e completa a legenda. 6 LEGENDA :

12 OS MÚSCULOS Reconhecer a existência dos músculos e a sua função Os músculos são órgãos activos do movimento. Estão ligados aos ossos por cordões esbranquiçados e muito resistentes os tendões. músculo tendão Como é que os músculos intervêm no movimento? Dobra o teu braço pelo cotovelo. Apalpa os músculos a e b. a b a b Estende o braço e apalpa de novo os músculo. O que verificas? O que acontece? Observa o trabalho dos braços e dos músculos.

13 OS MÚSCULOS Reconhecer a existência dos músculos e a sua função Quase todos os nossos movimentos, desde mastigar os alimentos até andar, correr ou nadar implicam o uso de articulações que permitem que os ossos se movam. Os músculos estão ligados aos ossos através dos tendões. tendões corpo muscular Quando andamos, corremos os músculos, através dos tendões, puxam e empurram os ossos das pernas e dos braços, permitindo o seu movimento. tendões No corpo humano, há três tipos de músculos : 1 O músculo cardíaco (no coração) : De noite e de dia, está sempre a trabalhar. Nunca se cansa. Não o controlamos. 2 Os músculos lisos (no estômago, intestinos, etc) : Funcionam sem o nosso controlo.

14 OS MÚSCULOS Reconhecer a existência dos músculos e a sua função 3 Os músculos esqueléticos : - São mais de 600; - São controlados directamente pelo nosso cérebro; - Existem na cabeça, no pescoço, no tronco, nos membros superiores e inferiores. Os músculos de um doente imobilizado, na cama, tornam-se fracos e moles. Quanto mais os músculos trabalham mais fortes ficam e mais se desenvolvem. E, por isso, há necessidade de praticar exercícios físicos variados. A Coluna vertebral normal B Deformação da coluna vertebral C Posição correcta D Posição errada Devemos manter sempre uma posição correcta, quando estamos de pé e quando estamos sentados.

15 O corpo humano OS MÚSCULOS NOME FICHA FORMATIVA DATA 1 Para que servem os músculos? 2 Os músculos estão ligados aos ossos através de cordões esbranquiçados. Como se chamam esses cordões? 3 Para que servem os tendões? 4 Que tipos de músculos conheces? Dá exemplos. 5 É necessário praticar exercícios físicos variados. Explica porquê. 6 Como se podem evitar as deformações do esqueleto? 6.1 Das duas figuras seguintes, indica qual é a posição correcta e qual é a incorrecta.

16 O corpo humano OS MÚSCULOS NOME FICHA FORMATIVA DATA 1 Diz o que representa a seguinte figura? 2 Que funções desempenham os músculos? 3 Utilizando uma das palavras, completa a frase. arames ferros plásticos pele tendões cordões Os músculos estão ligados aos ossos por. 4 Utilizando as seguintes palavras, completa a frase. tendões elásticos esticam facilidade Os músculos e os funcionam como que e contraem-se com. 5 Assinala, com um, as posições correctas.

17 O corpo humano O ESQUELETO e OS MÚSCULOS NOME FICHA SUMATIVA DATA 1 Completa o crucigrama que se segue, escrevendo o nome do osso correspondente à definição Osso do peito, ligado às costelas. 3 M A 2. Osso do braço. 3. Osso chato e triangular que liga o braço ao resto 2 R 6 I I do esqueleto. 4. Osso da coxa. 1 T N 5. Osso da face que se move. 6. Osso maior e mais largo da perna. 2 Assinala com V as frases verdadeiras e com F as falsas. O cálcio e o fósforo tornam os ossos mais duros. Os músculos ligam-se aos ossos através de articulações. Os ossos do crânio movem-se facilmente. O esqueleto suporta o nosso corpo. O esqueleto protege o coração. No coração, não existe qualquer músculo. 3 Das frases que se seguem, assinala com as que dizem respeito às funções do esqueleto. As articulações permitem o movimento dos ossos. O esqueleto mantém a forma do corpo humano. O esqueleto protege alguns órgãos internos. No corpo humano, há músculos lisos, esqueléticos,

18 4 Observa atentamente a figura do lado. Assinala com um a rase que completa a afirmação : Essa figura representa. O sistema digestivo do Homem. O esqueleto do Homem. O sistema respiratório do Homem. Faz a legenda da figura, usando os termos adequados destacados no rectângulo. A. C. E. B. D. F. úmero rádio esterno cúbito clavícula tíbia perónio fémur omoplata 5 No corpo humano existem 3 diferentes tipos de músculos. Pinta-os correctamente. músculos lisos músculos craniais músculo cardíaco músculos epidérmicos músculos esqueléticos músculos rijos 6 Localiza no corpo humano os seguintes músculos. bicipedes peitorais gémeos adominais

19 A PELE Reconhecer a importância da pele, a sua constituição e funções. A pele é o órgão mais extenso do corpo. Tem várias camadas de células, distribuídas por duas zonas. Na pele, existem também : glândulas sebáceas : produzem o sebo (líquido oleoso) que conserva a pele, mantendo por exemplo, o cabelo macio e flexível. glândulas sudoríparas : produzem o suor que sai através dos poros. Quando o corpo aquece muito, as glândulas sudoríparas produzem o suor que se através da pele (poros). pêlos : protegem a pele e têm células mortas. unhas : protegem os dedos das mãos e dos pés. 1ª - A pele forma uma barreira que não se deixa atravessar pela água; 2ª - A pele protege o corpo do ataque de micróbios que causam doenças; 3ª - A pele protege o corpo dos raios solares ultravioleta, através da acção da melanina; 4ª - Na pele, situa-se o sentido do tacto que permite verificar se um corpo é duro ou mole, está quente ou frio (o sentido do tacto); 5ª - A pele permite parte da respiração (além de respirar pelos pulmões, o nosso corpo também respira pela pele); 6ª - A pele permite a transpiração (produção e saída de suor).

20 O corpo humano A PELE NOME FICHA FORMATIVA DATA 1 A seguinte figura representa : o esqueleto, os músculos ou a pele? 2 Por quantas camadas é formada a pele? 2.1 Como se chamam essas camadas? 3 Indica três funções da pele? 4 Assinala com as frases que se referem a funções da pele. A pele é o órgão mais extenso do corpo humano. A pele protege o corpo do ataque dos micróbios. A pele protege o corpo dos raios ultravioletas. A pele é formada pela epiderme e pela derme. Na pele, situa-se o sentido do tacto.

21 O corpo humano O esqueleto, os músculos e a pele NOME FICHA SUMATIVA DATA 1 Completa os espaços. Os ossos são substâncias duras ou moles? O conjunto dos ossos do nosso corpo, nos seus devidos lugares, forma o. Quais são as funções do esqueleto? 2 Assinala com um as afirmações verdadeiras. O esqueleto permite o movimento. O homem é um animal vertebrado. O homem é um animal invertebrado. O esqueleto mantém a forma do corpo. O esqueleto protege alguns órgão internos 3 Assinala com um as afirmações verdadeiras. a língua A caixa torácica protege os pulmões o coração 4 Como estão ligados os ossos uns aos outros? o pescoço 5 Qual é o papel das articulações?

22 6 Lê o nome dos ossos e escreve-os no rectângulo certo. 7 Escreve nos rectângulos, conforme o devido : ossos compridos, ossos curtos e redondos ou ossos largos.

23 8 A envolver os ossos do esqueleto existem os músculos. Que funções desempenham? 9 Identifica alguns músculos que se movimentam sem dependerem da nossa vontade. 10 Lê as afirmações e escreve Sim ou Não. Os músculos permitem-nos correr rir saltar escrever estudar andar nadar deitar levantar 11 Na figura, pinta : Os músculos, de vermelho; Os ossos, de amarelo;

24 12 Observa a gravura e diz o que sentes quando esticas o braço : quando dobras o braço : 13 Explica o que deves fazer para desenvolver os músculos. 14 Observa e completa : A pele é formada por duas camadas : a e a. A sua função é a de os músculos e o interior do corpo humano. 15 Os poros ficam na derme ou na epiderme? 16 Como se chama o sentido que se localiza na pele? 17 Indica as principais funções da pele.

Constituição do Esqueleto

Constituição do Esqueleto O ESQUELETO HUMANO Funções do Esqueleto O esqueleto humano constitui a estrutura que dá apoio ao corpo, protege os órgãos internos e assegura a realização dos movimentos, juntamente com o sistema muscular.

Leia mais

Unidade 6 Locomoção ossos e músculos

Unidade 6 Locomoção ossos e músculos Sugestões de atividades Unidade 6 Locomoção ossos e músculos 8 CIÊNCIAS 1 Esqueleto humano 1. Observe a ilustração do esqueleto humano. Dê exemplos dos seguintes tipos de ossos que existem no corpo humano

Leia mais

Estudo do Meio - O esqueleto. O esqueleto inclui apenas os ossos do corpo. O esqueleto inclui os ossos, as cartilagens, os tendões e os ligamentos.

Estudo do Meio - O esqueleto. O esqueleto inclui apenas os ossos do corpo. O esqueleto inclui os ossos, as cartilagens, os tendões e os ligamentos. A1 1. Assinala a opção correta. O esqueleto inclui apenas os ossos do corpo. O esqueleto inclui os ossos, as cartilagens, os tendões e os ligamentos. O esqueleto inclui os ossos, as cartilagens, os tendões

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 14 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP ACREDITE EM VOCÊ Profª Elaine Terroso Esse material foi elaborado

Leia mais

Níveis de. Organização do. Corpo Humano

Níveis de. Organização do. Corpo Humano Níveis de Organização do Corpo Humano No corpo humano existem vários grupos de células semelhantes entre si. Cada grupo constitui um TECIDO Semelhança de forma: todas destinam-se a uma função específica.

Leia mais

Professoras: Edilene, Ana Laura e Carol

Professoras: Edilene, Ana Laura e Carol Professoras: Edilene, Ana Laura e Carol A locomoção depende da ação conjunta e integrada dos ossos e dos músculos; Os seres humanos tem coluna vertebral, que é o eixo do nosso esqueleto interno; O esqueleto

Leia mais

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Ciências AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. REGINALDO STOIANOV Licenciatura Plena em Biologia,

Leia mais

R.: b) O que garante o funcionamento das funções vitais nos organismos vivos? R.:

R.: b) O que garante o funcionamento das funções vitais nos organismos vivos? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== CÉLULA, UNIDADE BÁSICA DOS SERES VIVOS.

Leia mais

ANATOMIA HUMANA I. Sistema Esquelético. Prof. Me. Fabio Milioni

ANATOMIA HUMANA I. Sistema Esquelético. Prof. Me. Fabio Milioni ANATOMIA HUMANA I Sistema Esquelético Prof. Me. Fabio Milioni FUNÇÕES Sustentação Proteção Auxílio ao movimento Armazenamento de minerais Formação de células sanguíneas 1 CLASSIFICAÇÃO DOS OSSOS Longos

Leia mais

Osteologia. Estudo da estrutura dos ossos oste = osso; logia = estudo de

Osteologia. Estudo da estrutura dos ossos oste = osso; logia = estudo de Osteologia Estudo da estrutura dos ossos oste = osso; logia = estudo de Ossos Ossos são orgãos esbranquiçados, muito duros, que unindo-se aos outros por meio de junturas ou articulações, constituem o esqueleto.

Leia mais

Plano de Exercícios Para Segunda-Feira

Plano de Exercícios Para Segunda-Feira Plano de Exercícios Para Segunda-Feira ALONGAMENTO DA MUSCULATURA LATERAL DO PESCOÇO - Inclinar a cabeça ao máximo para a esquerda, alongando a mão direita para o solo - Alongar 20 segundos, em seguida

Leia mais

ERGONOMIA. Anatomia e Fisiologia - Limitações do Organismo Humano

ERGONOMIA. Anatomia e Fisiologia - Limitações do Organismo Humano Verificamos um exemplo, da operária, de como é importante para o profissional de Segurança e Higiene do Trabalho conhecer as limitações do corpo humano e como este pode se sobrecarregar, com o intuito

Leia mais

Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS. HISTOLOGIA = estudo dos tecidos

Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS. HISTOLOGIA = estudo dos tecidos Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS HISTOLOGIA = estudo dos tecidos TECIDOS Grupos de células especializadas, semelhantes ou diferentes entre si, e que desempenham funções específicas. Num

Leia mais

Apólice de Seguro Ciclo Macif

Apólice de Seguro Ciclo Macif Apólice de Seguro Ciclo Macif INDICE CONDIÇÕES GERAIS Cláusula Preliminar CAPÍTULO I Cláusula 1ª Cláusula 2ª Cláusula 3ª Cláusula 4ª CAPÍTULO II Cláusula 5ª Cláusula 6ª Cláusula ª Cláusula 8ª Cláusula

Leia mais

EXERCÍCIOS SISTEMA ESQUELÉTICO

EXERCÍCIOS SISTEMA ESQUELÉTICO EXERCÍCIOS SISTEMA ESQUELÉTICO 1. Quais as funções do esqueleto? 2. Explique que tipo de tecido forma os ossos e como eles são ao mesmo tempo rígidos e flexíveis. 3. Quais são as células ósseas e como

Leia mais

Sistema Esquelético Humano. Sistema Esquelético Humano. Sistema Esquelético Humano. Esqueleto axial. Sistema Esquelético Humano.

Sistema Esquelético Humano. Sistema Esquelético Humano. Sistema Esquelético Humano. Esqueleto axial. Sistema Esquelético Humano. Anatomia Humana Sistema Esquelético Ed. Física Prof. Cláudio Costa Osteologia: É o estudo dos ossos. Composição do Sistema Ósseo: 206 peças duras, resistentes e flexíveis chamadas ossos, pelas cartilagens

Leia mais

Global Training. The finest automotive learning

Global Training. The finest automotive learning Global Training. The finest automotive learning Cuidar da saúde com PREFÁCIO O Manual de Ergonomia para o Motorista que você tem em agora em mãos, é parte de um programa da Mercedes-Benz do Brasil para

Leia mais

SISTEMA LOCOMOTOR OSSOS E MÚSCULOS. Profa. Cristiane Rangel Ciências 8º ano

SISTEMA LOCOMOTOR OSSOS E MÚSCULOS. Profa. Cristiane Rangel Ciências 8º ano SISTEMA LOCOMOTOR OSSOS E MÚSCULOS Profa. Cristiane Rangel Ciências 8º ano O esqueleto FOTOS: ROGER HARRIS / SCIENCE PHOTO LIBRARY / LATINSTOCK Como saber se um esqueleto é de homem ou de mulher? Que funções

Leia mais

E S T U D O D O M O V I M E N T O - V

E S T U D O D O M O V I M E N T O - V 1 Pronação A pronação corresponde ao movimento que coloca a face palmar da mão virada para trás, colocando o 1º dedo (polegar) da mão mais próximo do plano sagital. Supinação A supinação corresponde ao

Leia mais

ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA Apostila de Exercícios de Fixação Sistema Esquelético ESQUELETO AXIAL ESQUELETO APENDICULAR

ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA Apostila de Exercícios de Fixação Sistema Esquelético ESQUELETO AXIAL ESQUELETO APENDICULAR ASSOCIAÇÃO PESTALOZZI DE NITERÓI CURSO TÉCNICO ALMIR MADEIRA Estrada Caetano Monteiro, 857 Pendotiba. Niterói- RJ Tel: 21994400/21.26202173 (Centro) CURSO: DISCIPLINA: Anatomia e Fisiologia Humana DOCENTE:

Leia mais

Bases Biomecânicas do Treinamento Osteogênico. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

Bases Biomecânicas do Treinamento Osteogênico. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Bases Biomecânicas do Treinamento Osteogênico Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Questão Qual é a melhor atividade física para o aumento da densidade óssea em todo o corpo? Natação? Corrida? Tênis?

Leia mais

COCKER SPANIEL INGLÊS

COCKER SPANIEL INGLÊS CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 8 Padrão FCI 5 28/11/2003 Padrão Oficial da Raça COCKER SPANIEL INGLÊS ENGLISH COCKER SPANIEL CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE

Leia mais

Conteúdos. Composição dos ossos humanos. Importância dos ossos e músculos nos movimentos. Reflexos voluntários e involuntários.

Conteúdos. Composição dos ossos humanos. Importância dos ossos e músculos nos movimentos. Reflexos voluntários e involuntários. Conteúdos Composição dos ossos humanos. Importância dos ossos e músculos nos movimentos. Reflexos voluntários e involuntários. Conteúdos Constituição e funcionamento do sistema nervoso central. Glândulas

Leia mais

3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Ciências Nome: Leia este texto para resolver as questões propostas.

3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Ciências Nome: Leia este texto para resolver as questões propostas. 3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Ciências Nome: Leia este texto para resolver as questões propostas. 1) O nosso corpo se divide em cabeça, tronco e membros, mas existe uma estrutura, a menor

Leia mais

LESÕES OSTEOMUSCULARES

LESÕES OSTEOMUSCULARES LESÕES OSTEOMUSCULARES E aí galera do hand mades é com muito orgulho que eu estou escrevendo este texto a respeito de um assunto muito importante e que muitas vezes está fora do conhecimento de vocês Músicos.

Leia mais

COCKER SPANIEL INGLÊS ENGLISH COCKER SPANIEL

COCKER SPANIEL INGLÊS ENGLISH COCKER SPANIEL CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 8 Padrão FCI 5 28/10/2009 Padrão Oficial da Raça COCKER SPANIEL INGLÊS ENGLISH COCKER SPANIEL CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE

Leia mais

DE VOLTA ÀS AULAS... CUIDADOS COM A POSTURA E O PESO DA MOCHILA!

DE VOLTA ÀS AULAS... CUIDADOS COM A POSTURA E O PESO DA MOCHILA! DE VOLTA ÀS AULAS... CUIDADOS COM A POSTURA E O PESO DA MOCHILA! SUA MOCHILA NÃO PODE PESAR MAIS QUE 10% DO SEU PESO CORPORAL. A influência de carregar a mochila com o material escolar nas costas, associado

Leia mais

TC DE CIÊNCIAS 8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II

TC DE CIÊNCIAS 8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II Professor(es): Samuel Bitu ALUNO(A): Nº TURMA: TURNO: DATA: / / COLÉGIO: 01. Vinte pessoas normais beberam, cada uma, 2 litros de água num intervalo de 2 horas. A seguir temos os gráficos que registram

Leia mais

Seqüência completa de automassagem

Seqüência completa de automassagem Seqüência completa de automassagem Os exercícios descritos a seguir foram inspirados no livro Curso de Massagem Oriental, de Armando S. B. Austregésilo e podem ser feitos em casa, de manhã ou à tardinha.

Leia mais

SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO. Enf. Thais Domingues

SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO. Enf. Thais Domingues SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO Enf. Thais Domingues SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO Composto de ossos, músculos, cartilagem, ligamentos e fáscia, proporcionando ao corpo, com sua armação estrutural uma caixa

Leia mais

EHFA Estratégia de Avaliação (EAD 03) Nome da Organização de Formação:

EHFA Estratégia de Avaliação (EAD 03) Nome da Organização de Formação: EHFA Estratégia de Avaliação (EAD 03) Nome da Organização de Formação: Introdução Normas da Associação Europeia de Saúde e Fitness (EHFA) Estão actualmente disponíveis as seguintes normas EHFA: Instrutor

Leia mais

Obs- Pacientes do sexo feminino em idade fértil e com suspeita de gravidez ou atraso menstrual devem informar ao técnico de exame.

Obs- Pacientes do sexo feminino em idade fértil e com suspeita de gravidez ou atraso menstrual devem informar ao técnico de exame. PREPAROS PARA RESSONÂNCIA RESSONÂNCIA CRÂNIO - Trazer exames anteriores (tomografiae ressonância de crânio, rx de crânio, eletroencefalograma). RESSONÂNCIA SELA TÚRCICA - Trazer exames anteriores (tomografia

Leia mais

UND 1 R$ 8.850,000 R$ 8.850,00 23402.002009/2010-16 MICROLLAGOS MICROSCOPIA CIENTIFICA LTDA 3B 3B

UND 1 R$ 8.850,000 R$ 8.850,00 23402.002009/2010-16 MICROLLAGOS MICROSCOPIA CIENTIFICA LTDA 3B 3B FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETÁRIA DE GESTÃO E ORÇAMENTO Visando a aquisição de equipamentos para laboratório - Pregão 56/2010 Processo nº 23402.001770/2010-22 Empenho Entrega

Leia mais

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi Fisiologia Animal Sistema Nervoso Sistema Nervoso Exclusivo dos animais, vale-se de mensagens elétricas que caminham pelos nervos mais rapidamente que os hormônios pelo sangue. Mantido vivo pela eletricidade,

Leia mais

truta - sapos - rãs - tartaruga - serpente - garça - andorinha - morcego - macaco

truta - sapos - rãs - tartaruga - serpente - garça - andorinha - morcego - macaco PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 3º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== 01- Marque com um (X) a(s) alternativa(s)

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS SISTEMA ÓSSEO. Prof a. Ana Carolina Athayde R. Braz

ROTEIRO DE ESTUDOS SISTEMA ÓSSEO. Prof a. Ana Carolina Athayde R. Braz ROTEIRO DE ESTUDOS SISTEMA ÓSSEO Prof a. Ana Carolina Athayde R. Braz ESQUELETO AXIAL 1) CABEÇA: a) Identificar e localizar os ossos da cabeça: - Crânio (8): Ossos pares ou bilaterais: Parietais e Temporais

Leia mais

GUIA PARA PAIS DE CRIANÇAS COM DISTROFIA MUSCULAR TIPO DUCHENNE: EXERCÍCOS FÍSICOS

GUIA PARA PAIS DE CRIANÇAS COM DISTROFIA MUSCULAR TIPO DUCHENNE: EXERCÍCOS FÍSICOS 1 GUIA PARA PAIS DE CRIANÇAS COM DISTROFIA MUSCULAR TIPO DUCHENNE: EXERCÍCOS FÍSICOS INTRODUÇÃO Este Iivrinho destina-se a ajudar o seu filho, ou qualquer outra pessoa que tenha distrofia muscular tipo

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ALONGAMENTO

EXERCÍCIOS DE ALONGAMENTO Ao fazer exercícios de alongamento vai melhorar a amplitude das suas articulações, especialmente importante em doentes com dor crónica. Não precisa forçar excessivamente para sentir benefício com estes

Leia mais

ANEXO ÚNICO Fica a Credenciada Camil - Centro de Assistência Médica Itabapoana - Ltda a prestar os seguintes serviços de saúde aos municípios consorciados ao CIM POLO SUL: 001 - Colonoscopia (coloscopia)

Leia mais

Biomecânica. A alavanca inter-resistente ou de 2º grau adequada para a realização de esforço físico, praticamente não existe no corpo humano.

Biomecânica. A alavanca inter-resistente ou de 2º grau adequada para a realização de esforço físico, praticamente não existe no corpo humano. Biomecânica Parte do conhecimento da Ergonomia aplicada ao trabalho origina-se no estudo da máquina humana. Os ossos, os músculos, ligamentos e tendões são os elementos dessa máquina que possibilitam realizar

Leia mais

Curso de Formação Profissional em Primeiros Socorros. Curso de Formação Profissional em Primeiros Socorros

Curso de Formação Profissional em Primeiros Socorros. Curso de Formação Profissional em Primeiros Socorros Curso de Formação Profissional em Primeiros Socorros Formador Credenciado Eng. Paulo Resende Dezembro de 2013 Anatomia e fisiologia do corpo humano OBJETIVOS Caracterizar os diversos sistemas que constituem

Leia mais

CÃO DE CRISTA CHINÊS

CÃO DE CRISTA CHINÊS CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 9 Padrão FCI 288 11/05/1998 Padrão Oficial da Raça CÃO DE CRISTA CHINÊS CHINESE CRESTED DOG CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA

Leia mais

GRUPO 7 Padrão FCI N o 1 28/10/2009

GRUPO 7 Padrão FCI N o 1 28/10/2009 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 7 Padrão FCI N o 1 28/10/2009 Padrão Oficial da Raça POINTER INGLÊS (ENGLISH POINTER) M.Davidson, illustr. NKU Picture Library

Leia mais

Apólice de Seguro de Acidentes Pessoais

Apólice de Seguro de Acidentes Pessoais Apólice de Seguro de Acidentes Pessoais INDIE ONDIÇÕES GERAIS láusula Preliminar APÍTULO I láusula 1.ª láusula.ª láusula 3.ª láusula 4.ª láusula.ª láusula.ª láusula 7.ª láusula 8.ª APÍTULO II láusula

Leia mais

Introdução à Anatomia

Introdução à Anatomia ESTRUTURA ANIMAL 1 Introdução à Anatomia : É o fundamento de todas as outras ciências médicas. Função: Fornecer noções preciosas para as aplicações na prática médico-cirúrgica Anatomia vem do grego; Significa

Leia mais

Lembramos, no entanto, que a Deficiência Física, não está contemplada na sua totalidade, existindo outros CIDs não listados e que sofrerão análise.

Lembramos, no entanto, que a Deficiência Física, não está contemplada na sua totalidade, existindo outros CIDs não listados e que sofrerão análise. Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Em função de ocorrer dúvidas em relação ao encaminhamento do benefício do passe-livre intermunicipal,

Leia mais

CAPÍTULO 02- ERGONOMIA Prof. Mauro Ferreira

CAPÍTULO 02- ERGONOMIA Prof. Mauro Ferreira CAPÍTULO 02- ERGONOMIA Prof. Mauro Ferreira NOÇÕES BÁSICAS DE ANATOMIA E FISIOLOGIA Identificação das Limitações do Organismo Humano Sabendo-se que a Ergonomia tem por objetivo adequar o trabalho às características

Leia mais

Exercícios para a activação geral e o retorno à calma

Exercícios para a activação geral e o retorno à calma Exercícios para a activação geral e o retorno à calma Mobilização da articulação do ombro 1 Objectivos: Aumentar a amplitude dos ombros e parte superior das costas. Mobiliza os deltóides, rotadores da

Leia mais

4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS

4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE FRAIBURGO 4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS OBJETO: Credenciamento de empresas do ramo interessadas na prestação de serviços de consultas

Leia mais

Sistema Muscular. Elementos de Anatomia e Fisiologia Humana

Sistema Muscular. Elementos de Anatomia e Fisiologia Humana Os ossos e as articulações fornecem a estrutura e o suporte do corpo humano mas, por si só, não conseguem mover o corpo. O movimento depende do sistema muscular e, é conseguido pela contracção e relaxamento

Leia mais

Exercícios Práticos de Anatomia Veterinária

Exercícios Práticos de Anatomia Veterinária Unic - Universidade de Cuiabá Faculdade de medicina veterinária - 1 - Disciplina de Ciências Morfofuncionais Aplicadas a Medicina Veterinária I Exercícios Práticos de Anatomia Veterinária SUMÁRIO - 2 -

Leia mais

MATÉRIA 8º 2º Dez/13 NOTA

MATÉRIA 8º 2º Dez/13 NOTA Valores eternos. TD Recuperação MATÉRIA Ciências ANO/TURMA SEMESTRE DATA 8º 2º Dez/13 ALUNO(A) PROFESSOR(A) Juliana TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS NOTA VISTO DOS PAIS/RESPONSÁVEIS 1. A pele é um órgão

Leia mais

Relaxar a musculatura dos braços. Entrelace os dedos de ambas as mãos com suas palmas para cima e levante os braços por 10 segundos.

Relaxar a musculatura dos braços. Entrelace os dedos de ambas as mãos com suas palmas para cima e levante os braços por 10 segundos. por Christian Haensell A flexibilidade do corpo e das juntas é controlada por vários fatores: estrutura óssea, massa muscular, tendões, ligamentos, e patologias (deformações, artroses, artrites, acidentes,

Leia mais

ANATOMIA HUMANA I. Acidentes Ósseos. Prof. Me. Fabio Milioni. Características Anatômicas de Superfície dos Ossos

ANATOMIA HUMANA I. Acidentes Ósseos. Prof. Me. Fabio Milioni. Características Anatômicas de Superfície dos Ossos ANATOMIA HUMANA I Acidentes Ósseos Prof. Me. Fabio Milioni Características Anatômicas de Superfície dos Ossos As superfícies dos ossos possuem várias características estruturais adaptadas a funções específicas.

Leia mais

Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia

Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia Dr. Leandro Gomes Pistori Fisioterapeuta CREFITO-3 / 47741-F Fone: (16) 3371-4121 Dr. Paulo Fernando C. Rossi Fisioterapeuta CREFITO-3 / 65294 F Fone: (16) 3307-6555

Leia mais

APRENDER A RELAXAR. Ansiedade funcional e disfuncional

APRENDER A RELAXAR. Ansiedade funcional e disfuncional APRENDER A RELAXAR Ansiedade funcional e disfuncional Todas as pessoas experimentam, pelo menos ocasionalmente, um determinado grau de ansiedade. Isto não é necessariamente negativo - na verdade, a ansiedade

Leia mais

Esqueleto apendicular

Esqueleto apendicular 2010 Esqueleto apendicular http://www.imagingonline.com.br/ Esse capítulo enfoca os ossos que formam os esqueletos apendiculares superiores, inferiores e seus respectivos cíngulos.. No final do capítulo,

Leia mais

NOÇÕES DO SISTEMA ESQUELÉTICO OU

NOÇÕES DO SISTEMA ESQUELÉTICO OU NOÇÕES DO SISTEMA ESQUELÉTICO OU SISTEMA LOCOMOTOR OBJETIVOS Identificar as estruturas e funções dos ossos do sistema locomotor; Analisar a importância deste sistema para processo de movimentação e locomoção;

Leia mais

Teórica: Aula expositiva dialogada com projeção de imagens e manipulação do esqueleto de resina, articulado.

Teórica: Aula expositiva dialogada com projeção de imagens e manipulação do esqueleto de resina, articulado. Aulas 2 e 3 Tema: Sistema esquelético Objetivos Mediar os conhecimentos científicos dos conteúdos propostos para que o aluno seja capaz de: Identificar a estrutura geral do Esqueleto Humano; Identificar

Leia mais

Sistema nervoso Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico

Sistema nervoso Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico SISTEMA NERVOSO Sistema nervoso Funções: Coordena o funcionamento dos outros sistemas. Controla os movimentos (voluntários e involuntários). É responsável pela recepção de estímulos externos e pela resposta

Leia mais

INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA MUSCULO-ESQUELÉTICA

INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA MUSCULO-ESQUELÉTICA INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA MUSCULO-ESQUELÉTICA Prof. Rodrigo Aguiar O sistema músculo-esquelético é formado por ossos, articulações, músculos, tendões, nervos periféricos e partes moles adjacentes. Em grande

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS SOMA. Ficha de trabalho Sistema digestivo

CENTRO DE ESTUDOS SOMA. Ficha de trabalho Sistema digestivo Ficha de trabalho Sistema digestivo Grupo I 1- Faz a legenda da figura. 1-2- 3-4- 5-6- 7-8- 9-10- 11-12- 1.1. Diz o que entendes por Digestão. 1.2. Dos órgãos que legendaste indica: a. Os que fazem parte

Leia mais

- Poderá tomar todos os outros medicamentos que usa, com pouco água ½ copo.

- Poderá tomar todos os outros medicamentos que usa, com pouco água ½ copo. PREPAROS PARA TOMOGRAFIA TOMOGRAFIA CRÂNIO - Jejum - 2 horas. - Trazer exames anteriores (tomografia, ressonância e rx de crânio, eletroencefalograma) - Clientes diabéticos e em uso de CLORIDRATO DE METFORMINA

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Professora: Daniela Carrogi Vianna

SISTEMA NERVOSO. Professora: Daniela Carrogi Vianna SISTEMA NERVOSO Professora: Daniela Carrogi Vianna SISTEMA NERVOSO O sistema Nervoso é um todo. Sua divisão em partes tem um significado exclusivamente didático, pois as várias partes estão intimamente

Leia mais

SISTEMA ESQUELÉTICO. Centro Universitário Central Paulista UNICEP São Carlos Disciplina: Anatomia Humana Profa. Silvia Tesser.

SISTEMA ESQUELÉTICO. Centro Universitário Central Paulista UNICEP São Carlos Disciplina: Anatomia Humana Profa. Silvia Tesser. SISTEMA ESQUELÉTICO Centro Universitário Central Paulista UNICEP São Carlos Disciplina: Anatomia Humana Profa. Silvia Tesser. SISTEMA ESQUELÉTICO 1. Conceito: -Ostelogia -Esquelto -Ossos Profa. Silvia

Leia mais

Dra. Sandra Camacho* IMPORTÂNCIA DA ACTIVIDADE FÍSICA

Dra. Sandra Camacho* IMPORTÂNCIA DA ACTIVIDADE FÍSICA Uma cadeira e uma garrafa de água O que podem fazer por si Dra. Sandra Camacho* IMPORTÂNCIA DA ACTIVIDADE FÍSICA A prática de uma actividade física regular permite a todos os indivíduos desenvolverem uma

Leia mais

C. Guia de Treino ------------------------------------------------

C. Guia de Treino ------------------------------------------------ C. Guia de Treino ------------------------------------------------ A FORÇA / RESISTÊNCIA ( FUNÇÃO MOVIMENTO OSCILAÇÃO ) A01 Joelhos inclinados Com os pés afastados na plataforma, segure a barra de apoio

Leia mais

GOLDEN RETRIEVER CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA. GRUPO 8 Padrão FCI N o 111 28/10/2009. Padrão Oficial da Raça

GOLDEN RETRIEVER CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA. GRUPO 8 Padrão FCI N o 111 28/10/2009. Padrão Oficial da Raça CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 8 Padrão FCI N o 111 28/10/2009 Padrão Oficial da Raça GOLDEN RETRIEVER M.Davidson, illustr. NKU Picture Library Esta ilustração

Leia mais

GRUPO 10 Padrão FCI N o 269 29/11/2000

GRUPO 10 Padrão FCI N o 269 29/11/2000 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 10 Padrão FCI N o 269 29/11/2000 Padrão Oficial da Raça SALUKI 2 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Filiada à Fédération

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 5. Padrão FCI 94 03/11/1999. Padrão Oficial da Raça

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 5. Padrão FCI 94 03/11/1999. Padrão Oficial da Raça CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 5 Padrão FCI 94 03/11/1999 Padrão Oficial da Raça PODENGO PORTUGUÊS CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Classificação F.C.I.:

Leia mais

SISTEMA ESQUELÉTICO. Prof. Esp. Bruno Gonzaga

SISTEMA ESQUELÉTICO. Prof. Esp. Bruno Gonzaga SISTEMA ESQUELÉTICO Prof. Esp. Bruno Gonzaga CONSIDERAÇÕES GERAIS 2 Nosso aparelho locomotor é constituído pelos sistemas muscular, ósseo e articular. Eles possuem 656 músculos e 206 ossos e têm como função

Leia mais

RADIOLOGIA PESSOALMENTE COM O PEDIDO MÉDICO. PEDIDO MÉDICO COM INDICAÇÃO CLINICA.

RADIOLOGIA PESSOALMENTE COM O PEDIDO MÉDICO. PEDIDO MÉDICO COM INDICAÇÃO CLINICA. Nome do setor/especialidade: Horário de funcionamento: Meios de agendamento oferecidos ao usuário para utilização/acesso aos serviços: Requisitos necessários para a obtenção dos serviços: Serviços oferecidos:

Leia mais

SÉRIE DE PAWAMUKTASANA (Segundo o Swami Satyananda)

SÉRIE DE PAWAMUKTASANA (Segundo o Swami Satyananda) SÉRIE DE PAWAMUKTASANA (Segundo o Swami Satyananda) Pawan significa humor, Mukta, significa libertar, asana significa postura. Pawanmuktasana é assim, um grupo de exercícios para libertar humores e gases

Leia mais

AOS SÁBADOS NA ESEC Workshop Como Prestar os Primeiros Socorros : 10/3/2012

AOS SÁBADOS NA ESEC Workshop Como Prestar os Primeiros Socorros : 10/3/2012 AOS SÁBADOS NA ESEC Workshop Como Prestar os Primeiros Socorros : 10/3/2012 Formador: Enfermeiro Paulo Oliveira (HUC) Síntese elaborada por Ana Sofia Frias Quando ligamos para o 112, quem atende a nossa

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Ossos

Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Ossos Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP Ossos Resumo da aula Classificação Estrutura óssea Funções Remodelagem Cargas Torque/ Momento Stress em função da Geometria Óssea Resumo da aula Esqueleto axial

Leia mais

Osteologia. Movimentos realizados Plano Sagital (Eixo Frontal) Plano Frontal (Eixo Sagital) Plano Transverso (Eixo Longitudinal)

Osteologia. Movimentos realizados Plano Sagital (Eixo Frontal) Plano Frontal (Eixo Sagital) Plano Transverso (Eixo Longitudinal) Posiçao anatómica: Osteologia Indivíduo de pé; Face virada para o observador; Palmas das mãos viradas para cima (supinação). Planos do movimento: Plano Sagital - Divide o corpo verticalmente (Esquerda/Direira);

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO Competências essenciais Conteúdos Materiais N.º de aulas (45 min.) Compreender que a vida dos seres é assegurada pela realização de funções

Leia mais

É responsável pelo movimento do corpo

É responsável pelo movimento do corpo É responsável pelo movimento do corpo O sistema locomotor é formado pelos ossos, músculos e articulações. O sistema esquelético sustenta, protege os órgãos internos, armazena minerais e íons e produz células

Leia mais

ANATOMIA I Profª Ingrid Frederico Barreto ICA 1 ESTUDO DIRIGIDO: OSSOS. Objetivo: Ajudar o estudante a rever os conteúdos de forma aplicada.

ANATOMIA I Profª Ingrid Frederico Barreto ICA 1 ESTUDO DIRIGIDO: OSSOS. Objetivo: Ajudar o estudante a rever os conteúdos de forma aplicada. ANATOMIA I Profª Ingrid Frederico Barreto ICA 1 ESTUDO DIRIGIDO: OSSOS Objetivo: Ajudar o estudante a rever os conteúdos de forma aplicada. 1. Liste todos os ossos do esqueleto axial. 2. Liste todos os

Leia mais

MIOLOGIA. Prof.: Gustavo M. Pires

MIOLOGIA. Prof.: Gustavo M. Pires MIOLOGIA Prof.: Gustavo M. Pires INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO Os músculos são estruturas que movem os segmentos do corpo por encurtamento da distância que existe entre suas extremidades fixadas, ou seja, por

Leia mais

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto ANATOMIA HUMANA Faculdade Anísio Teixeira Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Os seres mais basais possuem capacidade de reação a estímulos ambientais; Células procariontes, metazoários contraem

Leia mais

TABELA PARTICULAR DIMASUL

TABELA PARTICULAR DIMASUL TABELA PARTICULAR DIMASUL DOPPLER V.PART DESC. V. PARCERIA DOPPLER ABDOMINAL 23,170 4,634 18,536 DOPPLER ARTERIAL MEMB.INF. 23,170 4,634 18,536 DOPPLER ARTERIAL MEMB.SUP. 23,170 4,634 18,536 DOPPLER DOS

Leia mais

Externato Fernão Mendes Pinto A PELE. Esquema da pele, retirado da Internet. Rafael Galrão (3º ano) e Rita Farricha (4º ano)

Externato Fernão Mendes Pinto A PELE. Esquema da pele, retirado da Internet. Rafael Galrão (3º ano) e Rita Farricha (4º ano) Externato Fernão Mendes Pinto A PELE Esquema da pele, retirado da Internet Rafael Galrão (3º ano) e Rita Farricha (4º ano) INDICE 1. Como é feita a pele? 2. Para que serve a pele? 3. Cuidados a ter com

Leia mais

Obs- Pacientes do sexo feminino em idade fértil e com suspeita de gravidez ou atraso menstrual devem informar ao técnico de exame.

Obs- Pacientes do sexo feminino em idade fértil e com suspeita de gravidez ou atraso menstrual devem informar ao técnico de exame. PREPAROS PARA RESSONÂNCIA RESSONÂNCIA CRÂNIO - Trazer exames anteriores (tomografiae ressonância de crânio, rx de crânio, eletroencefalograma). RESSONÂNCIA SELA TÚRCICA - Trazer exames anteriores (tomografia

Leia mais

EXAME PRIVADO Encargo benef. ADSE

EXAME PRIVADO Encargo benef. ADSE EXAME PRIVADO Encargo benef. ADSE RADIOLOGIA Radiologia - CABEÇA E PESCOÇO Crânio, 1 incidência 15,00 1,10 Crânio, 2 incidências 20,00 1,20 Sela turca 10,00 0,60 Mastóides, 1 incidência 30,00 1,00 Mastóides,

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 2. Padrão FCI 183 11/08/2000 ZWERGSCHNAUZER

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 2. Padrão FCI 183 11/08/2000 ZWERGSCHNAUZER CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 2 Padrão FCI 183 11/08/2000 Padrão Oficial da Raça SCHNAUZER MINIATURA ZWERGSCHNAUZER CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA

Leia mais

Regulação nervosa e hormonal Sistema nervoso Sistema hormonal Natureza das mensagens nervosas e hormonais Desequilíbrios e doenças

Regulação nervosa e hormonal Sistema nervoso Sistema hormonal Natureza das mensagens nervosas e hormonais Desequilíbrios e doenças Funcionamento e coordenação nervosa Regulação nervosa e hormonal Sistema nervoso Sistema hormonal Natureza das mensagens nervosas e hormonais Desequilíbrios e doenças No Sistema Nervoso as mensagens são

Leia mais

FITNESSGRAM. O Fitnessgram é um programa de educação e avaliação da aptidão física relacionada com a saúde.

FITNESSGRAM. O Fitnessgram é um programa de educação e avaliação da aptidão física relacionada com a saúde. Professora de Educação Física HelenaMiranda FITNESSGRAM O Fitnessgram é um programa de educação e avaliação da aptidão física relacionada com a saúde. Todos os elementos incluídos no Fitnessgram foram

Leia mais

Ciências Morfofuncionais dos Sistemas Tegumentar, Reprodutor e Locomotor. Profa. MSc. Ângela Cristina Ito

Ciências Morfofuncionais dos Sistemas Tegumentar, Reprodutor e Locomotor. Profa. MSc. Ângela Cristina Ito Ciências Morfofuncionais dos Sistemas Tegumentar, Reprodutor e Locomotor Profa. MSc. Ângela Cristina Ito Retomando a situação hipotética mencionada anteriormente no convite ao estudo, suponha que durante

Leia mais

DISCIPLINA: PESO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

DISCIPLINA: PESO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PESO 220 DISCIPLINA: PESO DOMÍNIO DAS TÉCNICAS (LANÇADORES DESTROS) FASE III APERFEIÇOAMENTO TÉCNICO B FASES / NÍVEIS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS - Adquirir noções gerais do lançamento do peso, através de

Leia mais

Osteologia. Prof.: Gustavo Martins Pires

Osteologia. Prof.: Gustavo Martins Pires Osteologia Prof.: Gustavo Martins Pires Osteologia Osteologia A moldura de ossos e cartilagem que protege nossos órgão e permite nossos movimentos é denominada de sistema esquelético. Cada osso do sistema

Leia mais

DIÂMETRO ÓSSEO. Prof.Moisés Mendes

DIÂMETRO ÓSSEO. Prof.Moisés Mendes DIÂMETRO ÓSSEO INTRODUÇÃO CONCEITO: É definido pela menor distância entre duas extremidades ósseas. FINALIDADES: São usadas para determinar a constituição física,para fins ergonômicos,para fins de assimetria

Leia mais

ESTUDO DO MOVIMENTO OSTEOLOGIA COLUNA VERTEBRAL E TÓRAX 1 TERMOS DIRECCIONAIS ORIENTAÇÃO DO TIPOS DE OSSOS MOVIMENTOS ARTICULARES

ESTUDO DO MOVIMENTO OSTEOLOGIA COLUNA VERTEBRAL E TÓRAX 1 TERMOS DIRECCIONAIS ORIENTAÇÃO DO TIPOS DE OSSOS MOVIMENTOS ARTICULARES TERMOS DIRECCIONAIS EB 23S DE CAMINHA CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO GESTÃO DESPORTIVA ESTUDO DO MOVIMENTO TÓRAX POSIÇÃO DESCRITIVA ANATÓMICA PLANOS DESCRITIVOS PLANO SAGITAL PLANO HORIZONTAL INFERIOR ANTERIOR

Leia mais

A postura saudável para o digitador

A postura saudável para o digitador A postura saudável para o digitador A postura saudável para o digitador 2 Muitas vezes nos perguntamos: Qual é a postura mais adequada para se trabalhar durante horas em frente a um computador? Após anos

Leia mais

Escola Básica 2º e 3º Ciclos José Maria dos Santos. Capacidades Motoras

Escola Básica 2º e 3º Ciclos José Maria dos Santos. Capacidades Motoras setembro de 2015 Capacidades Motoras As capacidades motoras dividem-se em duas dimensões: Condicionais ou Físicas Coordenativas O que são Capacidades Físicas? São um conjunto de possibilidades que os indivíduos

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação PROVA DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação PROVA DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 PROVA DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: / /2013 Nota: Professor(a): Karina Valor da Prova: 90 pontos MATUTINO: Orientações

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 12 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem

Leia mais

GRUPO 7 Padrão FCI N o 2 28/10/2009

GRUPO 7 Padrão FCI N o 2 28/10/2009 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 7 Padrão FCI N o 2 28/10/2009 Padrão Oficial da Raça SETTER INGLÊS (ENGLISH SETTER) M.Davidson, illustr. NKU Picture Library

Leia mais

Venda exclusiva a instituições de ensino e de carácter social

Venda exclusiva a instituições de ensino e de carácter social 1 2209.14.0504 MODELO ANATÓMICO - TORSO HUMANO C26CM 2209.18.03083 MODELO GIGANTE DE DENTES 2209.18.03089 MODELO GIGANTE DE DENTES - 2 VEZES TAMANHO REAL Prótese articulada gigante para explicar os dentes.

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Currículo Nacional do Ensino Básico Competências essenciais 2º CICLO CIÊNCIAS NATURAIS

Leia mais