Informações Acadêmicas CURSOS DE GRADUAÇÃO 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Informações Acadêmicas CURSOS DE GRADUAÇÃO 2014"

Transcrição

1 Informações Acadêmicas CURSOS DE GRADUAÇÃO 2014

2 Esta publicação é de responsabilidade da Pró-Reitoria Acadêmica e apresenta informações válidas para o ano de Pró-Reitoria Acadêmica Pró-Reitora Profa. Dra. Mágda Rodrigues da Cunha Coordenadoria de Registro Acadêmico CRA Coordenadora Profa. Dra. Ana Cristina Benso da Silva Assistente de Coordenação Seno Rudi Jung Fone: Av. Ipiranga, Prédio 15 - Sala Térreo Caixa Postal CEP: Porto Alegre - RS - Brasil

3 Sumário Apresentação Chanceler...7 Administração Superior...7 Reitoria...7 Pró-Reitorias....7 Campus... 8 Faculdades e Institutos... 8 Faculdades e Diretores...8 Institutos e Diretores...9 Documentos Básicos Histórico Missão...12 Visão Brasão...12 O Lema...12 Marco Referencial...12 Representações Acadêmicas Diretórios e Centros Acadêmicos...14 DCE Diretório Central de Estudantes Calendário Escolar Normas Regimentais e Instruções Gerais Ano Acadêmico e Calendário Escolar Dias e Horários das Aulas Currículo Sistema de Créditos Sistema Sequencial Codicred Disciplina Pré-Requisito, Correquisito, Requisito Especial e Requisito de Posição Frequência e Avaliação Escolar Justificativa de Faltas Ausência Autorizada (AA) Sistema de Aprovação dos Cursos de Graduação A Critérios de Registro do Aproveitamento Escolar...22 B Condições para a Aprovação Final na Disciplina...22 C Situações de Reprovação Definitiva Semestralidade: Pagamentos...23 A Composição da Semestralidade...23 B Orientações Gerais Sistema de Classificação Láurea Acadêmica Matrícula...25 A Ingresso (primeira matrícula) B Renovação Semestral (matrículas subsequentes)...25 C Recusa da Matrícula D Normas Gerais Informações Acadêmico-Financeiras do Aluno (Web) Matrículas de Ingressante Extravestibular Reopção de Curso Transferência Aproveitamento de Disciplina Trancamento de Matrícula e Readmissão Cancelamento Formaturas Programa de Crédito Educativo e Bolsas A PROED...29 B CREDPUC C FIES D ProUni...29 E Bolsa Licenciaturas F Bolsa Diplomados G Bolsa Mérito H Bolsa Familiar...30

4 25. Centro de Atenção Psicossocial (CAP) Ouvidoria Institucional Recursos de apoio às atividades acadêmicas Uso dos Recursos Computacionais Propriedade Intelectual Direitos Autorais de Professor...34

5 Apresentação Estas Informações Acadêmicas constituem importante referência para o estudante de graduação da PUCRS de modo particular, aos ingressantes. Além de apresentar normas regimentais, contêm orientações essenciais à compreensão do funcionamento da Instituição e à condução da vida acadêmica. Trata-se de uma versão reduzida do Guia Acadêmico, o qual inclui também a matriz curricular dos cursos de graduação, publicado em versão digital no site Profa. Dra. Mágda Rodrigues da Cunha Pró-Reitora Acadêmica

6

7 Chanceler Dom Jaime Spengler Administração Superior Reitoria Reitor Joaquim Clotet Vice-Reitor Evilázio Teixeira Chefe do Gabinete da Reitoria Ana Luisa Baseggio Pró-Reitorias Pró-Reitora Acadêmica Mágda Rodrigues da Cunha Pró-Reitor de Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento Jorge Luis Nicolas Audy Pró-Reitor de Extensão e Assuntos Comunitários Sergio Luiz Lessa de Gusmão Pró-Reitor de Administração e Finanças Ricardo Melo Bastos

8 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Campus Campus Central - Sede Av. Ipiranga, 6681 CEP Caixa Postal 1429 Porto Alegre - RS - Brasil Tel. (51) Fax (51) Site: Faculdades e Institutos Faculdades e Diretores Teologia Leandro Miguel Chiarello Letras Regina Kohlrausch Psicologia Ana Maria Pereira Educação Marcos Villela Pereira Filosofia e Ciências Humanas Draiton Gonzaga de Souza Serviço Social Beatriz Gershenson Aguinsky Comunicação Social João Guilherme Barone Reis e Silva Direito Fabrício Dreyer de Ávila Pozzebon Administração, Contabilidade e Economia Adelar Fochezatto Biociências Carlos Alexandre Sanchez Ferreira Odontologia Alexandre Bahlis Medicina Jefferson Luis Braga da Silva Farmácia Ana Lígia Bender Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição Beatriz Sebben Ojeda Educação Física e Ciências do Desporto Luciano Castro Matemática Maria Beatriz Menezes Castilhos Física Ana Maria Marques da Silva 8

9 Informações Acadêmicas - Cursos de Graduação 2014 Química Sandra Mara Oliveira Einloft Engenharia Carlos Alexandre dos Santos Informática Fernando Luís Dotti Instituto de Cultura Flávio Kiefer Instituto do Cérebro do Rio Grande do Sul Jaderson Costa da Costa Instituto de Eletrônica e Telecomunicações Maria Cristina Felippetto de Castro Ciências Aeronáuticas Elones Fernando Ribeiro Arquitetura e Urbanismo Paulo Horn Regal Institutos e Diretores Instituto de Geriatria e Gerontologia Newton Luiz Terra Instituto de Pesquisas Biomédicas Paulo Márcio Condessa Pitrez Instituto de Pesquisa & Desenvolvimento Carlos Nelson dos Reis Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Betina Blochtein Instituto de Toxicologia e Farmacologia Maria Martha Campos Instituto de Bioética Paulo Vinícius Sporleder de Souza 9

10 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Equiparação Decreto nº , de 09/11/ D.O. de 11/11/1948. Reestruturação Decreto nº , de 26/09/ D.O. de 30/09/1968. Retificado pelo Decreto nº , de 25/03/1970. D.O. 30/03/1970. Documentos Básicos Título de Pontifícia Decreto da Sagrada Congregação de Seminários e Universidades dos Estudos Roma, de 1º/11/1950. Estatuto Aprovado pela Portaria nº 597, de 13 de setembro de 2006, da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação, publicada no D.O. em 14/09/2006. Regimento Geral Aprovado pelo Conselho Universitário em Sessão n 06/2006, de 21/12/2006. Aprovado pelo Conselho Administrativo da Entidade Mantenedora em sessão realizada no dia 29 de dezembro de Mantenedora UNIÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E ASSISTÊNCIA (UBEA) Sociedade Civil do Instituto dos Irmãos Maristas da Província de Porto Alegre (Registro STAS/RS Secretaria do Trabalho e Ação Social nº 546) Av. Ipiranga, Prédio 1 - CEP Porto Alegre - RS Presidente da Mantenedora Inácio Nestor Etges 10

11 Informações Acadêmicas - Cursos de Graduação 2014 Histórico A história da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul tem como ponto de partida a vinda para o Brasil dos Irmãos Maristas Instituto Religioso fundado por São Marcelino Champagnat no ano de 1817, em La Vallá, próximo a Lyon - França. No ano de 1900, os primeiros Maristas chegaram à cidade de Bom Princípio (RS), a pedido de Dom Cláudio José Gonçalves Ponce de Leão, bispo do Rio Grande do Sul. A partir dessa data, muitos outros religiosos maristas tendo sempre como ideal o Estilo Marista de Educar vieram da Europa. Nas cidades em que se estabeleciam, foram abrindo escolas conforme as necessidades de cada região. Em 1904, usando as instalações da Igreja Nossa Senhora do Rosário, foi aberta a Escola Nossa Senhora do Rosário, sendo pároco o monsenhor Hipólito Costabile. A transferência do Colégio Nossa Senhora do Rosário para a Praça Dom Sebastião, esquina Avenida Independência, ocorreu em A instituição destacava-se por sua Escola Superior de Comércio que, sob a direção do Irmão Afonso, teve grande desenvolvimento. A pedido dos alunos, que se formavam peritos-contadores e desejavam continuar seus estudos em nível universitário, fundou-se a Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas, que iniciou atividades em março de 1931, com nove alunos. Era o primeiro passo para a constituição da Universidade. O projeto dos Irmãos Maristas foi conduzido pela visão do Irmão Afonso, com a colaboração do Irmão Faustino João e dos professores Eloy José da Rocha, Elpídio Ferreira Paes, Salomão Pires Abrahão, Francisco Juruena, Irmão José Otão e Antônio César Alves, entre outros. Em 1940, foi fundada a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, seguida pela Escola de Serviço Social, no ano de 1945, e pela Faculdade de Direito, em Com as quatro faculdades, a União Sul Brasileira de Educação e Ensino (USBEE), entidade civil dos Irmãos Maristas, requereu ao Ministério da Educação a equiparação a universidade. Pelo Decreto nº , de 9 de novembro de 1948, do presidente Eurico Gaspar Dutra, as faculdades passaram a constituir a Universidade Católica do Rio Grande do Sul, a primeira criada pelos Irmãos Maristas no mundo. Em 8 de dezembro de 1948, o Arcebispo de Porto Alegre e Chanceler da Universidade, Dom Vicente Scherer, deu posse à primeira Administração para o triênio de 1948 a 1951, assim constituída: Reitor, Armando Pereira da Câmara; Vice-Reitor, Irmão José Otão; Diretor da Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas, Francisco Juruena; Diretor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, Antônio César Alves; Diretor da Escola de Serviço Social, Mário Goulart Reis; Diretor da Faculdade de Direito, Armando Dias de Azevedo. No dia 1º de novembro de 1950, o Papa Pio XII, por solicitação da Mantenedora e do Arcebispo Dom Vicente Scherer, outorgou à Universidade o título de Pontifícia. As obras dos Irmãos Maristas sempre foram pautadas pela obediência e respeito às diretivas do Santo Padre, o Papa. Assim a Universidade só estaria completa com esse auspicioso título, marca de união e de filial devotamento à Santa Sé. Como Universidade Pontifícia, tem o Arcebispo de Porto Alegre, hoje Dom Jaime Spengler, como seu Chanceler. Os anteriores foram Dom Vicente Scherer (1948 a 1981), Dom Cláudio Colling (1981 a 1991), Dom Altamiro Rossato (1991 a 2001) e Dom Dadeus Grings (2001 a 2013). 11

12 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Os reitores, ao longo da história da Universidade, foram os professores Cônego Alberto Etges (1951 a 1953); Irmão José Otão (José Stefani) (1954 a 1978); Irmão Liberato (Wilhelm Hunke), que completou o último triênio do Irmão Otão (2/5/1978 a 29/12/1978) e Irmão Norberto Francisco Rauch (1979 a 2004). Desde dezembro de 2004, ocupa o cargo o Irmão Joaquim Clotet. Missão A PUCRS, fundamentada nos direitos humanos, nos princípios do Cristianismo e na tradição educativa marista, tem por Missão produzir e difundir conhecimento e promover a formação humana e profissional, orientada pela qualidade e pela relevância, visando ao desenvolvimento de uma sociedade justa e fraterna. Sol de Ouro de Sete Raios: simboliza o saber cristão, sintetizado nos sete dons do Espírito Santo. Arminho (animal das regiões polares, que no inverno fica com a pele alva e macia, considerada muito preciosa e utilizada como adorno dos mantos dos reis e príncipes): significa Cristo, a verdade, e é usado como símbolo de nobreza e dignidade. Mosquetas: representa Nosso Senhor, o Cristo Rei. Chaves e Tiara: são atributos de escudos papais. Chave de Ouro: simboliza o poder de magistério. Chave de Prata: simboliza o poder de jurisdição. Visão Em 2015, a PUCRS será referência nacional e internacional pela qualidade do ensino e pela relevância das pesquisas, com a marca da inovação e da gestão sustentável, promovendo a formação integral dos alunos e contribuindo para o desenvolvimento científico, cultural, social e econômico. Brasão A seguir, estão os elementos constituintes do Brasão da PUCRS e o lema. Tau em vermelho (T invertido): é a cruz de São Pedro, representa a Arquidiocese de Porto Alegre. M (Símbolo Marista): é o símbolo do Instituto Marista. O Lema Ad Verum Ducit significa Conduz à Verdade Marco Referencial A Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul é uma instituição comunitária de educação superior, que atua 12

13 Informações Acadêmicas - Cursos de Graduação 2014 no ensino, na pesquisa e na extensão, em permanente interação com a sociedade, visando à formação de cidadãos responsáveis, autônomos, inovadores e solidários, com vistas ao desenvolvimento científico, cultural, social e econômico. Como instituição integrante da sociedade civil, a PUCRS reconhece os valores democráticos e republicanos do Estado de Direito, respeitando os direitos fundamentais e a dignidade da pessoa humana. É regida por seu Estatuto, por seu Regimento Geral e pelas normas jurídicas em vigor, tendo como referência de sua identidade a fé cristã e a tradição educativa marista, e atuando constantemente na promoção e proteção do ser humano, da vida e do ambiente. 13

14 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Representações Acadêmicas De acordo com o Estatuto da PUCRS, o corpo discente é representado pelo Diretório Central de Estudantes (DCE), órgão máximo de representação estudantil na Universidade, a quem cabe indicar seus representantes no Conselho Universitário e na Comissão Própria de Avaliação. Integra também as Câmaras Acadêmica, de Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento e de Extensão e Ação Comunitária. Cabe ao Diretório ou Centro Acadêmico de cada Faculdade indicar seus representantes no Colegiado da Faculdade. Diretórios e Centros Acadêmicos DCE Diretório Central de Estudantes Prédio nº 8 - Sala Ramal 4035 Faculdade de Teologia DAFT - D.A. da Faculdade de Teologia (Prédio 5, 5º andar) Faculdade de Letras DAMB - D.A. Manuel Bandeira (Prédio 9, térreo) Faculdade de Psicologia DAPS - D.A. da Psicologia (Prédio 11, térreo) Faculdade de Educação DAFE - D.A. da Faculdade de Educação (Prédio 15, 2º andar) Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas CASTA - C.A. Santo Tomás de Aquino (Prédio 5, 5º andar) Faculdade de Serviço Social CADEL - C.A. Democracia e Luta (Prédio 15, 3º andar) Faculdade de Comunicação Social CAAP - C.A. Arlindo Pasqualini (Prédio 7, térreo) Faculdade de Direito CAMC - C.A. Maurício Cardoso (Prédio 11, térreo) Faculdade de Administração, Contabilidade e Economia CAVM - C.A. Visconde de Mauá (Prédio 50, térreo) Faculdade de Biociências DAB - D.A. da Biologia (Prédio 12, térreo) Faculdade de Odontologia CAECL - C.A. Elias Cirne Lima (Prédio 6, térreo) Faculdade de Medicina DAGP - D.A. Garcia do Prado (Prédio 75, térreo) Faculdade de Farmácia DAFFA - D.A. da Faculdade de Farmácia (Prédio 12, térreo) Faculdade de Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição DAENFI - D.A. da Faculdade de Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição (Prédio 12, térreo) Faculdade de Educação Física e Ciências do Desporto DAEF - D.A. da Faculdade Educação Física e Ciências do Desporto (Prédio 81, térreo) Faculdade de Matemática DAM - D.A. da Faculdade de Matemática (Prédio 30, térreo) 14

15 Informações Acadêmicas - Cursos de Graduação 2014 Faculdade de Física DAFF - D.A. da Faculdade de Física (Prédio 10, térreo) Faculdade de Química DAQ - D.A. da Química (Prédio 12, térreo) Faculdade de Engenharia CAEE - C.A. da Faculdade de Engenharia (Prédio 30, térreo) Faculdade de Informática DAI - D.A. da Faculdade de Informática (Prédio 32, térreo) Faculdade de Ciências Aeronáuticas DACA - D.A. da Faculdade de Ciências Aeronáuticas (Prédio 10, térreo) Faculdade de Arquitetura e Urbanismo CAFA - C. A. da Faculdade de Arquitetura (Prédio 9, térreo) 15

16 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Janeiro Calendário Escolar 2014 D S T Q Q S S Confraternização Universal Feriado Nacional 6 a 10 Matrícula conforme esquema de cada Faculdade 29 Matrícula dos candidatos classificados em 2ª chamada no Concurso Vestibular de Verão 31 Matrícula dos candidatos selecionados da Lista de Espera da 2ª chamada do Concurso Vestibular de Verão, conforme classificação Fevereiro D S T Q Q S S Nossa Senhora dos Navegantes Feriado Municipal 24 Início das aulas do 1º semestre 25 a 7/3 Complementação do requerimento de matrícula e recursos relativos à matrícula 26 a 30/4 Pedidos de aproveitamento de disciplinas Março D S T Q Q S S e 4 Recesso Escolar Carnaval 3 a 20 Inscrições no Programa de Crédito Educativo da PUCRS CREDPUC 5 a 26 Requerimento de formatura 24 e 25 Recepção aos novos alunos Stand Calouros 16

17 Informações Acadêmicas - Cursos de Graduação 2014 Abril D S T Q Q S S Início das inscrições para transferência, reopção, reopção dentro do mesmo curso, ingresso mediante diploma de curso superior e complementação, em função das vagas e de acordo com a manifestação das Faculdades 15 Jornada preparatória para a Páscoa 17 a 19 Semana Santa Feriado Escolar 21 Tiradentes Feriado Nacional Maio D S T Q Q S S Dia do Trabalho Feriado Nacional 19 a 18/7 Avaliação do Projeto Pedagógico de Curso pelos Formandos 26 a 27/6 Avaliação de disciplinas por professores e alunos 26 a 27/6 Pedidos de reingresso Junho D S T Q Q S S Momento Formandos 6 Dia de São Marcelino Champagnat (sem suspensão das aulas) 7 e 8 Realização das provas do Concurso Vestibular de Inverno 12, 17 e 23 Recesso escolar Copa do Mundo (jogos da Seleção Brasileira) 18, 25 e 30 Recesso escolar Copa do Mundo (jogos em Porto Alegre) 19 Corpus Christi Feriado Municipal 17

18 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Julho D S T Q Q S S Último dia para requerer trancamento de matrícula ou cancelamento de disciplinas 10 a 16 Período de realização das provas do G2 18 Último dia para entrega das atas de aproveitamento do 1º semestre (até 11h30min) 25 Início das formaturas 28 a 1/8 Matrícula conforme esquema de cada Faculdade Nos dias 4, 8 ou 9 haverá recesso escolar, dependendo dos resultados dos jogos da Seleção Brasileira Agosto D S T Q Q S S Reunião de Professores (a critério das Faculdades) 4 Início das aulas do 2º semestre 4 a 15 Requerimento de formatura 4 a 21 Inscrições no Programa de Crédito Educativo da PUCRS CREDPUC 5 a 11 Complementação do requerimento de matrícula e recursos relativos à matrícula 5 a 30/9 Pedidos de aproveitamento de disciplinas 27 Recepção aos novos alunos Stand Calouros Setembro D S T Q Q S S Independência do Brasil Feriado Nacional 17 Início das inscrições para transferência, reopção, reopção dentro do mesmo curso, ingresso mediante diploma de curso superior e complementação, em função das vagas e de acordo com a manifestação das Faculdades 20 Revolução Farroupilha Feriado Estadual 18

19 Informações Acadêmicas - Cursos de Graduação 2014 Outubro D S T Q Q S S Nossa Senhora do Rosário, Padroeira da Universidade (sem suspensão das aulas) 12 Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil Feriado Nacional 13 a 10/12 Avaliação do Projeto Pedagógico de Curso pelos Formandos 15 Dia do Professor e do Auxiliar de Administração Escolar Feriado Escolar 20 a 24 XV Salão de Iniciação Científica 21 Momento Formandos 30 a 1/12 Avaliação de disciplinas por professores e alunos Novembro D S T Q Q S S Finados Feriado Municipal 3 a 28 Pedidos de reingresso 9 Aniversário da Universidade 15 Proclamação da República Feriado Nacional 28 Último dia para requerer trancamento de matrícula ou cancelamento de disciplinas Dezembro D S T Q Q S S a 8 Período de realização das provas do G2 6 e 7 Realização das provas do Concurso Vestibular de Verão 10 Último dia para entrega das atas de aproveitamento do 2º semestre (até 11h30min) 10 e 11 Seminário de Capacitação Docente 17 Jornada preparatória para o Natal 19 Início das formaturas 25 Natal Nascimento de Cristo Feriado Nacional 19

20 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Normas Regimentais e Instruções Gerais 1. Ano Acadêmico e Calendário Escolar O ano acadêmico consta de dois períodos letivos regulares (semestres), cada um com a duração mínima de 100 dias de trabalho efetivo, excluído o tempo reservado para os exames finais do semestre. As atividades escolares gerais constam no Calendário Escolar. As faculdades de Odontologia e Medicina, em virtude da necessidade de estágios, internato, residência médica e atividades assistenciais, poderão ter calendários próprios, aprovados pelos respectivos Conselhos Departamentais e homologados pelo Conselho Universitário, respeitados a Legislação, o Estatuto e o Regimento Geral. 2. Dias e Horários das Aulas Dias da semana 2 2ª-feira 3 3ª-feira 4 4ª-feira 5 5ª-feira 6 6ª-feira 7 sábado Turno Manhã Turno Tarde Turno Noite A 8h F 14h K 18h45min B 8h50min G 14h50min L 19h30min C 9h50min H 15h50min M 20h15min D 10h40min I 16h40min N 21h15min E 11h35min J 17h35min P 22h Exemplo: 2A = segunda-feira, às 8 horas As aulas funcionam de segunda a sexta-feira, nos turnos Manhã (M), Tarde (T) e Noite (N), e aos sábados (Manhã e Tarde). As tardes de sábado poderão também ser utilizadas, quando necessário, para trabalhos e verificações, provas e exames, conferências e seminários. Cada Faculdade fixa o horário das disciplinas que oferece, devendo haver compatibilidade total entre as disciplinas do mesmo nível sequencial. 3. Currículo Para cada curso de graduação, há um currículo aprovado pela Câmara de Graduação, o qual abrange as disciplinas específicas e as disciplinas Humanismo e Cultura Religiosa, e Filosofia e Ética Geral (ou, em lugar desta, Ética e Filosofia da Ciência, ou Filosofia e Bioética, ou Ética e Cidadania, conforme a área de conhecimento). 4. Sistema de Créditos O crédito é a unidade básica para a avaliação da intensidade e duração do curso, correspondendo a 15 horas-aula ou trabalho escolar equivalente, por período letivo. Por trabalho escolar equivalente à hora-aula se entende atividades de laboratório, exercícios de aula, seminários, estágios supervisionados e outros, aprovados pelos respectivos Colegiados das Faculdades. 5. Sistema Sequencial Para cada curso são indicadas as disciplinas integrantes do currículo pleno, na forma de níveis sequenciais, por períodos letivos, ficando assegurada a perfeita compatibilidade das disciplinas e horários do mesmo nível. 20

21 Informações Acadêmicas - Cursos de Graduação Codicred Cada disciplina é identificada por código acompanhado do respectivo número de créditos. Os primeiros três algarismos do código identificam a Faculdade, Departamento ou Curso. Os dois últimos algarismos indicam a ordem da disciplina dentro do Departamento. O algarismo em separado indica o número de créditos. Exemplo: : Humanismo e Cultura Religiosa 7. Disciplina Pré-Requisito, Correquisito, Requisito Especial e Requisito de Posição Pré-requisito Uma disciplina A é pré-requisito de uma disciplina B quando se exige do aluno ter sido aprovado na disciplina A para poder matricular-se na disciplina B. Requisito Especial Uma disciplina A é requisito especial de uma disciplina B quando é exigido do aluno também ter sido aprovado na disciplina A para poder matricular-se na disciplina B. Em caso de reprovação na disciplina A, é permitido ao aluno matricular-se simultaneamente nas disciplinas A e B, desde que tenha obtido, na disciplina A, em que foi reprovado, média mínima 3,0 e frequência não inferior a 75% da sua carga horária. Correquisito Uma disciplina A é correquisito de uma disciplina B quando é exigida a matrícula simultânea em A e B, ou é exigido ter cursado A, com aprovação, para que possa matricular-se em B. Requisito de Posição Consiste na exigência do cumprimento prévio de determinado número de créditos ou de determinada carga horária, para a matrícula em uma disciplina, conforme o que dispõe o Projeto Pedagógico do Curso. 8. Frequência e Avaliação Escolar A frequência às aulas, bem como a qualquer outra atividade didática regular, é obrigatória para os efeitos de aprovação (Lei 9.394/96 - art. 47, 3º), salvo nos programas de educação a distância. A avaliação do aproveitamento é feita em cada disciplina por meio de graus numéricos, expressos em valores de zero a dez. A média é calculada até a primeira casa decimal, sem arredondamento (art. 68 do Regimento Geral). 9. Justificativa de Faltas O Decreto-Lei nº 715/69 (que altera o dispositivo da Lei nº 4.375/64) prevê a justificativa de faltas para todo convocado matriculado em órgão de Formação de Reserva que seja obrigado a faltar a suas atividades civis, por força de exercícios ou manobras, ou para reservista que seja chamado, para fins de exercícios de apresentação das reservas ou cerimônias cívicas do Dia do Reservista.Também está prevista justificativa de faltas para as situações enquadradas nas Leis 9.615/98 (participação do aluno em competições esportivas institucionais de cunho oficial representando o País), e 5.869/73 (convocação para audiência judicial). 10. Ausência Autorizada (AA) O aluno pode afastar-se temporariamente da frequência às 21

22 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul aulas e avaliações com base no Decreto-Lei nº 1.044/69, que se refere a doenças infectocontagiosas; na Lei nº 6.202/75, que estende a realização de exercícios domiciliares às gestantes, a partir do 8º mês; às mães adotivas em licença maternidade de acordo com a lei nº , de 15/04/2002, que alterou dispositivos da CLT, editando o art. 392-A, escalando períodos de licença de acordo com a idade da criança adotada; e no Decreto-Lei /66, que regulamenta a Lei do Serviço Militar. A Ausência Autorizada, uma vez concedida, aplica-se a todas as disciplinas às quais o aluno estiver vinculado. Nesses casos, a instituição deverá atribuir a esses estudantes, como compensação da ausência às aulas, exercícios domiciliares com acompanhamento da escola, sempre que compatíveis com o seu estado de saúde e com as possibilidades do estabelecimento. Durante o período de AA, não serão computadas faltas. No entanto, ao final do semestre, se descontado o período de AA o aluno não foi frequente, será reprovado. 11. Sistema de Aprovação dos Cursos de Graduação A Critérios de Registro do Aproveitamento Escolar A aprovação nos cursos de Graduação está definida no Regimento Geral da Universidade: Grau 1 (G1) Art. 68 o aproveitamento escolar do aluno em uma disciplina, no semestre, é expresso por um grau de (0) zero a (10,0) dez, com uma casa decimal, denominado G1. 1.º A forma de obtenção do grau G1 é definida no projeto pedagógico do curso e no plano de ensino de cada disciplina. Grau 2 (G2) 2.º O grau G1 é expressão da aprendizagem obtida por meio de instrumentos e procedimentos como um conjunto de verificações, exercícios, trabalhos teórico-práticos, projetos e/ou atividades, relatórios, de acordo com as peculiaridades da disciplina. 3.º O docente responsável pela disciplina deve apresentar aos alunos, no primeiro dia de atividades letivas de cada semestre, os critérios e modalidades de instrumentos de avaliação e a forma de cálculo para a obtenção do grau G1, juntamente com o cronograma da disciplina. 4.º Os critérios de avaliação e a forma de cálculo de obtenção do grau G1 não podem ser alterados durante o semestre. Corresponde à PROVA FINAL, no período letivo, a ser realizada em época prevista no calendário escolar, versando sobre o programa de ensino do semestre. B Condições para a Aprovação Final na Disciplina Por Frequência e Média (G1) Condições: Frequência não inferior a 75% das aulas dadas; Grau igual ou superior a 7 (sete) no G1. Por Prova Final (G1 + G2) Condições: Frequência não inferior a 75% das aulas dadas; 22

23 Informações Acadêmicas - Cursos de Graduação 2014 Grau não inferior a 4 (quatro) no G1. Aprovação: média aritmética simples não inferior a 5 (cinco) entre o G1 e o G2. C Situações de Reprovação Definitiva Frequência inferior a 75% das aulas dadas; Grau G1 inferior a 4 (quatro); Não realização da prova relativa ao G2 quando necessária para a aprovação; Média aritmética simples e inferior a 5 (cinco) entre o grau G1 e grau G2. Observações O aluno aprovado em grau G1, visando a aumentar a média aritmética ou a obter a láurea acadêmica, pode submeter-se à prova final correspondente ao grau G2, mediante requerimento encaminhado à Direção da Faculdade. Caso o resultado do grau G2 for menor que o grau G1, mantém-se o resultado deste último. Após o G2 não haverá quaisquer outras provas ou exames. 12. Semestralidade: Pagamentos A Composição da Semestralidade Parcela fixa (de acordo com o curso); Parcela variável (referente aos créditos das disciplinas em que o aluno está matriculado). B Orientações Gerais Para a efetivação da matrícula, é indispensável o pagamento da primeira parcela da semestralidade, que tem seu vencimento de acordo com o calendário de matrículas do período. O respectivo comprovante deve, quando solicitado, ser apresentado no local indicado para a realização da matrícula. Qualquer pendência financeira deve ser regularizada junto ao Setor Financeiro Acadêmico, antes da realização da matrícula. A semestralidade é calculada de acordo com o número de créditos em que o aluno efetuar matrícula. A primeira mensalidade corresponde à média de créditos de cada curso ou grupo de cursos. O saldo da semestralidade (total do semestre menos a primeira mensalidade) é dividido em cinco parcelas, com vencimento no dia 15 de cada mês. O documento para pagamento das mensalidades é enviado pelo correio. Se não for recebido em tempo hábil para o pagamento, pode ser solicitada uma segunda via junto a uma agência do banco cobrador ou no site da PUCRS (www.pucrs.br, na Central do Aluno, no link Informações Acadêmico- Financeiras do Aluno). O aluno que efetuar pagamento por via eletrônica deve, quando solicitado, apresentar o comprovante de quitação. Ressaltase que o agendamento eletrônico não é considerado documento hábil para comprovação da quitação. É de responsabilidade do aluno manter o seu endereço atualizado junto ao cadastro geral da Universidade. Atualizações poderão ser feitas no site da PUCRS (www.pucrs.br) ou na Central de Atendimento ao Aluno. 23

24 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Excepcionalmente, caso o aluno obtenha autorização para realizar a matrícula fora de prazo, pode acontecer o acúmulo de mais de uma parcela a ser paga num mesmo mês. Não há prorrogação do vencimento das mensalidades. Após o vencimento, é cobrada multa de 2%, mais encargos financeiros. Ao aluno que obtiver dispensa por aproveitamento de disciplina matriculada será concedido o abatimento por compensação nas parcelas vincendas, exceto se o aproveitamento ocorrer no último mês do semestre (junho ou dezembro). Neste caso, o aluno deverá comparecer à Central de Atendimento ao Aluno para solicitar compensação ou devolução dos valores. A cobrança do valor referente aos créditos de disciplinas canceladas cessa no mês subsequente à formalização do pedido na Central de Atendimento ao Aluno. Para o aluno que tiver recurso ou complementação de matrícula deferida, o ajuste dos créditos correspondentes é efetuado na mensalidade do mês seguinte ao deferimento. Aluno que protocolar, na Central de Atendimento ao Aluno, pedido de cancelamento ou de trancamento de matrícula antes do início do período letivo, pode solicitar devolução de 80% do valor pago na primeira mensalidade Cancelamento ou trancamento de matrícula protocolado após o início do período letivo obriga o aluno ao pagamento das mensalidades até o mês da formalização do pedido, inclusive. Alunos ingressantes (mediante Vestibular, Processo Seletivo Complementar, transferência e ingresso extravestibular), ou reingressantes que tiverem efetivado matrícula após o início do período letivo e optarem por cancelamento de curso ou trancamento de matrícula, poderão solicitar devolução de 80% do valor pago na primeira mensalidade, desde que protocolem seu pedido, na Central de Atendimento ao Aluno, até 7 dias após a efetivação da matrícula. Atendidos os requisitos para devolução da primeira mensalidade, será retido 20% do valor pago, a título de despesas administrativas. Ao aluno que for submetido a prova de adaptação, conforme previsto no art. 74, parágrafo 1º do Regimento Geral, será cobrada a importância equivalente ao valor de 1 (um) crédito semestral. Observação: A contribuição estudantil, constante em separado no DOC da mensalidade, é opcional e destina-se aos órgãos de representação estudantil. Havendo interesse no seu recolhimento por parte do aluno, este deverá formalizar o pedido de contribuição no DCE (Diretório Central de Estudantes prédio 08). 13. Sistema de Classificação Conforme o Regimento Geral da Universidade, o sistema de classificação está estabelecido da seguinte forma: Art. 77 Os alunos da Universidade são classificados com base em sistema de classificação que prevê a atribuição de pontos associados ao seu desempenho acadêmico no curso. 24

25 Informações Acadêmicas - Cursos de Graduação 2014 Art. 78 Em cada disciplina ou estágio é atribuído ao aluno, após cada período letivo, um número de pontos igual ao produto do grau final pelo correspondente número de créditos da disciplina ou estágio. Parágrafo Único Para efeito do disposto neste artigo, grau final da disciplina ou estágio em que o aluno é reprovado é considerado igual a 0 (zero). Art. 79 A classificação dos alunos no curso é obtida por coeficiente de rendimento parcial, expresso pelo quociente entre o somatório dos pontos obtidos em cada disciplina ou estágio, calculado nos termos do artigo anterior, e o somatório de créditos correspondentes às disciplinas ou estágios cursados. Parágrafo Único O coeficiente de rendimento é calculado até a segunda casa decimal, sem arredondamentos. Art. 80 Ao término do curso, é atribuído ao aluno o coeficiente de rendimento final, a ser expresso pelo quociente entre o somatório dos pontos acumulados nas disciplinas ou estágios e o somatório dos créditos correspondentes às disciplinas ou estágios cursados. Art. 81 A classificação dos alunos, após cada período letivo e ao término do curso, é feita por ordem decrescente dos respectivos coeficientes de rendimento. 14. Láurea Acadêmica A Láurea Acadêmica é conferida ao aluno que concluir o curso de graduação plena, com coeficiente de rendimento não inferior a 8,5 (oito e meio) nas disciplinas do currículo pleno, desde que atendidos os seguintes requisitos: nenhum grau final inferior a 8,0 (oito); pelo menos 2/3 de graus finais não inferiores a 9,0 (nove); todo o curso feito na PUCRS, com exemplar procedimento e sem interrupção, salvo trancamento de matrícula. O cumprimento dos itens acima deve ser comprovado pelo Colegiado da Faculdade e pela Pró-Reitoria Acadêmica, no que for de sua competência. 15. Matrícula A Ingresso (primeira matrícula) A primeira matrícula dos candidatos classificados no concurso Vestibular e em dia com a documentação será feita, obrigatoriamente, no conjunto de disciplinas que constituem a programação inicial padronizada de cada curso no nível I. B Renovação Semestral (matrículas subsequentes) As matrículas subsequentes serão feitas por disciplina, observados os seguintes princípios: a escala de matrícula (por ordem do coeficiente de rendimento das disciplinas cursadas no semestre anterior); os pré-requisitos, correquisitos, requisitos especiais e requisitos de posição aprovados para cada curso; 25

26 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul os limites máximos de créditos permitidos por semestre letivo; a compatibilidade integral de horários das disciplinas (não coincidência total ou parcial); a programação das turmas e demais normas. C Recusa da Matrícula O aluno matriculado nas disciplinas do primeiro nível da programação do curso que não obtiver grau de aprovação em todas as disciplinas cursadas, deve ter autorização do Pró-Reitor Acadêmico, ouvido o Diretor da respectiva Faculdade, para renovar matrícula. (art. 61 do Regimento Geral da Universidade). Não será renovada a matrícula para o aluno que tiver pendências financeiras, de materiais ou de documentos com a Universidade, seja no Setor Financeiro, na Coordenadoria de Apoio Acadêmico ou na Biblioteca Central. D Normas Gerais Para o processo da matrícula, o aluno deverá observar a escala de matrícula e as instruções da Pró-Reitoria Acadêmica, expedidas para o período letivo. A matrícula ou renovação somente poderá ser feita nas disciplinas do curso em que o aluno tiver obtido ingresso. Para cursar disciplinas em curso ou área diferente daquela a que está vinculado, o aluno deverá apresentar autorização expressa do respectivo Diretor. A quitação da guia de recolhimento é apenas uma etapa do processo de requerimento de matrícula. O cumprimento dessa etapa não assegura matrícula em nenhuma disciplina. O requerimento da matrícula em cada disciplina/turma é disponível on-line por solicitação do aluno ou seu representante legal, conforme Escala de Matrícula. Os alunos que não requereram matrícula no dia e hora estabelecidos poderão fazê-lo até o último dia de matrícula previsto no calendário escolar, nos horários estabelecidos pelas respectivas Faculdades, sujeitando-se, então, às vagas existentes. A matrícula realizada por pessoa credenciada pelo aluno é de inteira responsabilidade deste e, neste caso, a Universidade não se responsabiliza por eventuais equívocos em procedimentos de matrículas realizados. Readmissões, complementações e transferências, devidamente autorizadas, terão dia e horário especial fixados para a efetivação da matrícula, conforme escala disponível na Central de Atendimento ao Aluno. Nos primeiros dias de aula, será afixada uma relação contendo os nomes dos alunos que tiveram seus pedidos de matrícula rejeitados em alguma disciplina/turma, constando, nesse caso, o motivo da rejeição. Os recursos referentes às disciplinas rejeitadas serão requeridos em formulário próprio e deverão ser protocolados na secretaria da Faculdade à qual está vinculado o curso. Os prazos estabelecidos para a entrega constam no calendário escolar do 1º e 2º períodos. 16. Informações Acadêmico- Financeiras do Aluno (Web) A PUCRS disponibiliza no endereço no link Central de Alunos as informações e serviços relativos à vida acadêmica do aluno de graduação. 26

27 Informações Acadêmicas - Cursos de Graduação 2014 Para efetuar o login, é necessário digitar o número de matrícula, incluindo o último dígito (sem o hífen) e a senha de 04 (quatro) dígitos fornecida na primeira matrícula do aluno. Acesso às informações Acadêmico-Financeiras do Aluno de Graduação: 18. Reopção de Curso A mudança de curso por reopção do aluno pode ser concedida, na existência de vaga, pelo Diretor da Faculdade a que está vinculado o curso pretendido. Matrícula 9 dígitos, somente números Senha 4 dígitos, somente números Acessar 19. Transferência Não faz jus à Guia de Transferência quem perdeu a condição de aluno. Poderá, entretanto, obter o Histórico Escolar. 20. Aproveitamento de Disciplina ATENÇÃO: Para acessar as Informações Acadêmico- Financeiras, você deve ter os cookies ativados em seu navegador. Em caso de esquecimento da senha de acesso, o aluno pode cadastrar uma nova, pessoalmente, na Central de Atendimento ao Aluno ou na Biblioteca Central, mediante apresentação de documento de identidade. 17. Matrículas de Ingressante Extravestibular Transferências: de acordo com a legislação vigente. Diplomados: de acordo com o Art. 64 do Regimento Geral da Universidade. Estudantes-convênio: dentro do limite de vagas existentes no convênio. Aluno que tiver cursado disciplina com aprovação em instituição de ensino superior poderá solicitar dispensa de matrícula da mesma por aproveitamento, desde que haja equivalência quanto à natureza da disciplina e quanto à carga horária. O aproveitamento deverá ser requerido na Central de Atendimento ao Aluno, em formulário próprio, no prazo previsto no Calendário Escolar, até o período letivo subsequente ao do ingresso. Não serão recebidos e apreciados pedidos de aproveitamento no caso de disciplinas cursadas em outros estabelecimentos durante o período em que o aluno estiver matriculado nesta Universidade ou se encontrar com a matrícula trancada, ressalvada a hipótese de convênio. 21. Trancamento de Matrícula e Readmissão O trancamento de matrícula na Universidade, por prazo máximo de quatro semestres, pode ser requerido pelo aluno 27

28 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul ao longo do período letivo, sendo efetivado a partir do mês subsequente à data do requerimento. O trancamento de matrícula ou o cancelamento de disciplina no primeiro nível somente é permitido para alunos com créditos obtidos em disciplinas cursadas na Universidade, ou por aproveitamento de disciplinas cursadas em outra Instituição de Ensino Superior. O aluno com matrícula trancada por um período de até quatro semestres consecutivos de afastamento pode requerer o seu reingresso diretamente ao setor competente. O aluno com matrícula trancada por um período superior a quatro semestres consecutivos de afastamento tem sua readmissão submetida à apreciação do Colegiado da respectiva Faculdade, aprovada pelo Pró-Reitor Acadêmico, desde que não haja prejuízo de sua formação acadêmica. Pedido de trancamento apresentado antes do início de um novo semestre letivo não exige o pagamento que seria feito no ato da matrícula. Durante o período abrangido pelo trancamento da matrícula não são cobrados encargos. 22. Cancelamento O cancelamento de matrícula é o desligamento do curso em que o aluno está matriculado, sendo feito mediante preenchimento de formulário próprio, encaminhado à Central de Atendimento ao Aluno. 23. Formaturas a verificação de seu histórico de conclusão de curso, nos períodos previstos no Calendário Escolar. Somente poderão colar grau os alunos que tenham concluído o currículo pleno previsto para o seu curso. Para receber o diploma, o formando deverá colar grau em cerimônia solene ou em gabinete, recebendo o grau acadêmico. A cerimônia de colação de grau é ato da Universidade e será realizada em sessão solene e pública, em dia e horário sorteados em ato público e divulgados pela Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários. A Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários disponibiliza aos alunos, através do site da PUCRS, o MANUAL DE FORMATURAS, com as informações e documentos necessários à realização da cerimônia. O planejamento, organização e execução das sessões de formatura são de responsabilidade da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários, com assessoramento da Faculdade à qual o curso está vinculado. O formando que não comparecer ao ato solene poderá requerer colação de grau em gabinete à Direção da Faculdade de seu curso. O certificado de conclusão de curso (Histórico Escolar) será fornecido pela Central de Atendimento ao Aluno, no prazo de cinco dias úteis após a data de colação de grau. O aluno formando, para diplomar-se ao final do período letivo, deverá requerer, na Central de Atendimento ao Aluno, 28

29 Informações Acadêmicas - Cursos de Graduação Programa de Crédito Educativo e Bolsas Os alunos carentes de recursos financeiros, próprios ou familiares, podem solicitar financiamento parcial ou integral para suas semestralidades acessando os Programas de Crédito Educativo e Bolsas, respeitada a regulamentação própria de cada programa: A PROED O Programa de CRÉDITO EDUCATIVO PUCRS - PROED/ PUCRS destina-se ao calouro ingressante na Universidade por Concurso Vestibular, e que, dentro das disponibilidades financeiras semestralmente estabelecidas, preenchidas todas as condições para usufruir do benefício, for classificado conforme as condições estabelecidas no regulamento do Programa PROED. B CREDPUC O Programa de Crédito Educativo da PUCRS CredPuc é destinado aos alunos de todos os níveis, mesmo com matrícula trancada. O aluno pode obter 50% de crédito sobre as mensalidades, exceto sobre a primeira. Para o aluno calouro, o crédito pode iniciar a partir do primeiro nível do curso; para o veterano, a partir do semestre seguinte ao encaminhamento da solicitação. É exigida a apresentação de um fiador com renda comprovada de três vezes o valor da mensalidade do estudante. C FIES sisfiesportal.mec.gov.br O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) é um programa do Ministério da Educação, operacionalizado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação FNDE e destinado a financiar prioritariamente estudantes de cursos de graduação. Para candidatar-se ao FIES, o estudante deve estar regularmente matriculado. As inscrições têm um fluxo contínuo, ou seja, o auxílio poderá ser solicitado em qualquer período do ano. Estudante bolsista parcial do PROUNI e estudante em curso de licenciatura têm assegurado o financiamento independentemente da existência de limite de recurso, na medida em que atenda todas as demais exigências do programa. Para estudante concluinte do Ensino Médio a partir do ano letivo 2010 será exigida a participação do ENEM de 2010 ou posterior. D ProUni O Programa Universidade para Todos PROUNI, do Governo Federal, destina-se à concessão de bolsas de estudo integrais e parciais para estudantes de cursos de graduação em Instituições privadas de Ensino Superior. A pré-seleção dos estudantes a serem beneficiados pelo PROUNI terá como base o resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio ENEM referente à edição imediatamente anterior ao Processo Seletivo do PROUNI para ingresso em curso de graduação. A bolsa será destinada a: 1. Estudante que tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas na condição de bolsista integral; 29

30 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul 2. Estudante portador de deficiência nos termos da lei; 3. Professor da rede pública de ensino para os cursos de licenciatura, normal superior e pedagogia destinados à formação do magistério da educação básica, independentemente da renda a que se referem os 1º e 2º do art.1º da Lei nº , de 13 de janeiro de E Bolsa Licenciaturas O Programa de Bolsa Licenciatura proporciona uma redução de 40% no valor de todas as mensalidades, de todos os semestres, nos Cursos de Licenciatura, exceção feita ao Curso de Educação Física, cujo abatimento é de 30%. F Bolsa Diplomados A Bolsa Diplomados consiste de uma bolsa de estudos parcial para quem já tem diploma de curso superior da PUCRS. Os diplomados pela PUCRS recebem desconto de 25% nas mensalidades. O ingresso é extravestibular. Para saber mais, consulte a Resolução nº. 07/2013, em G Bolsa Mérito A PUCRS concede bolsa integral de estudos para o primeiro colocado de cada curso no Vestibular de Verão. Consulte o regulamento no site. H Bolsa Familiar Aluno pode solicitar um desconto de 12% (doze por cento) do valor da mensalidade escolar exceto na primeira parcela quando irmão, pai, mãe, filho ou cônjuge estiverem também matriculados em cursos de graduação da Universidade. A concessão do desconto somente será deferida se nenhum dos alunos que formam o grupo familiar do solicitante esteja sendo favorecido por qualquer outro tipo de benefício. O desconto ora referido não tem efeito retroativo, e vige a partir da parcela subsequente ao mês do requerimento protocolado no Setor Financeiro Acadêmico da PUCRS. 25. Centro de Atenção Psicossocial (CAP) Em consonância com o princípio de que a Universidade deve estar junto de sua população interna para oferecer apoio e orientação frente aos processos de crescimento pessoal e profissional, o CAP constitui um centro de atendimento a estudantes, professores e Unidades de Ensino da PUCRS na superação de dificuldades que interferem nos processos de ensino e aprendizagem. Os atendimentos são realizados, a partir de demandas espontâneas ou encaminhadas, por uma equipe interdisciplinar constituída por professores da PUCRS. Atendimentos de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h, no prédio 17, 4º. andar. Mais informações em ou pelo telefone Ouvidoria Institucional Estabelece um canal de comunicação e escuta entre alunos, professores, técnicos administrativos, comunidade externa e a PUCRS, visando à maior transparência e fortalecimento nessas relações. Tem por objetivo garantir a escuta, a análise e o retorno às solicitações, transformando dados em informações relevantes para a Universidade, promovendo melhorias e inovando processos e preservando o sigilo e a imparcialidade que a atividade requer. A Ouvidoria Institucional conta com representantes em 30

31 Informações Acadêmicas - Cursos de Graduação 2014 setores como Biblioteca Central e Pró-Reitorias, bem como em cada Faculdade, onde o aluno pode procurá-la para assuntos de âmbito acadêmico. Solicitações e pedidos de informação podem ser encaminhados pelo site pelo telefone , ramal 4854 ou 4981, ou na Central de Atendimento ao Aluno prédio15/térreo. 27. Recursos de apoio às atividades acadêmicas A Universidade dispõe de recursos qualificados para desenvolvimento e complementação das atividades de ensino e aprendizagem, alguns dos quais são destacados a seguir. Biblioteca Central Ir. José Otão Localizada no prédio 16 (com extensão na Faculdade de Medicina, para atendimento de pesquisas do corpo docente e discente da Faculdade, bem como dos residentes, médicos e funcionários do Hospital São Lucas), a Biblioteca Central Ir. José Otão é um importante espaço de apoio ao ensino, à aprendizagem e à pesquisa, oferecendo acervo impresso e eletrônico e promovendo intensas atividades de capacitação para a utilização dos recursos oferecidos. Além disso, disponibiliza orientação especializada, bem como modelos eletrônicos para aplicação de normas técnicas na elaboração de trabalhos acadêmicos, incluindo normas da ABNT e de Vancouver. A pesquisa e a produção do conhecimento são favorecidas pela disponibilização de fontes de informação, recursos tecnológicos e ferramentas avançadas de busca, dentre os quais se destaca a Pesquisa Múltipla, ferramenta que permite busca única e simultânea em fontes impressas e eletrônicas, indicando de forma automática a disponibilidade do texto completo. Todas as fontes de pesquisa on-line, tais como bases de dados assinadas pela Universidade e o Portal de Periódicos da CAPES, podem ser acessadas a partir de computadores localizados fora da rede da Universidade, através da utilização do serviço de Acesso Remoto. Mais informações estão disponíveis em Centro de Educação Continuada (EDUCON) Estrutura responsável pelo gerenciamento da oferta de cursos de especialização e extensão, bem como pela divulgação dos cursos sequenciais da Universidade, o EDUCON integra diversas atividades relacionadas à oferta de cursos de educação continuada para a sociedade, respondendo à necessidade de acompanhar os avanços da ciência, da tecnologia e das artes diante dos desafios do mundo contemporâneo. Informações em ou no prédio 15 sala 112. LOGOS Complexo interdisciplinar diferenciado, que oferece a alunos e professores a oportunidade de diálogo com saberes de múltiplas áreas, por meio de atividades e recursos diversificados. O LOGOS, situado no térreo do prédio 15, abrange os seguintes ambientes com finalidades específicas: Laboratório de Aprendizagem (LAPREN) Espaço que se destina à realização de estudos com possibilidade de acompanhamento por bolsistas e professores, em ambiente próprio para a qualificação do aprender. Neste laboratório, o aluno tem oportunidade de ampliar seus conhecimentos com auxílio de materiais didáticos Objetos de Aprendizagem disponíveis em meio digital. O LAPREN está acessível a todos os estudantes que desejarem qualificar seus estudos acadêmicos. Para isso, o estudante pode buscar auxílio por conta própria ou por indicação de um professor. Além 31

02 e 03 Curso de Engenharia de Materiais Período de matrícula inicial (calouros) 2012/1 e Disponibilizar pelo SETIC:

02 e 03 Curso de Engenharia de Materiais Período de matrícula inicial (calouros) 2012/1 e Disponibilizar pelo SETIC: JANEIRO/2012 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 01 Confraternização Universal (Lei n 662/49) 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 (período de férias coincidentes referente ao período

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 009/2013 CONSEPE (Revogada pela Resolução 005/2014 CONSEPE)

RESOLUÇÃO Nº 009/2013 CONSEPE (Revogada pela Resolução 005/2014 CONSEPE) RESOLUÇÃO Nº 009/2013 CONSEPE (Revogada pela Resolução 005/2014 CONSEPE) Dispõe sobre os procedimentos para a matrícula de acadêmicos nos cursos de graduação a UDESC. O Presidente do Conselho de Ensino,

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE OLINDA. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º semestre/2017 Turmas de 2ª entrada ORIENTAÇÃO AO CANDIDATO

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE OLINDA. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º semestre/2017 Turmas de 2ª entrada ORIENTAÇÃO AO CANDIDATO FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE OLINDA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º semestre/2017 Turmas de 2ª entrada ORIENTAÇÃO AO CANDIDATO A Faculdade de Ciências Humanas de Olinda FACHO torna pública a abertura

Leia mais

EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA

EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA Dispõe sobre a Transferência Externa para cursos de graduação da Faculdade Guanambi. A Direção Acadêmica e Administrativa da Faculdade Guanambi, no uso de suas atribuições

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ENGENHARIA DO CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA - UNESP ANO LETIVO DE 2010

CALENDÁRIO ESCOLAR DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ENGENHARIA DO CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA - UNESP ANO LETIVO DE 2010 1. HORÁRIO PARA 2010 Prazo final para divulgação de normas curriculares para o ano de 2010 03/12/09 Prazo final para divulgação de horários curriculares para o ano de 2010 03/12/09 2. PERÍODOS LETIVOS:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 46/2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 46/2016 RESOLUÇÃO Nº 46/2016 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, CONSIDERANDO o que consta do Processo nº 20.050/2016-08 ASSESSORIA DE GESTÃO - PROGRAD;

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 09/2009 APROVA O CALENDÁRIO ACADÊMICO DE 2009 O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, no uso da competência que lhe atribuiu o artigo 11, parágrafo único do Estatuto, com base

Leia mais

EDITAL Nº 07-DE, de 01 de Agosto de 2016.

EDITAL Nº 07-DE, de 01 de Agosto de 2016. EDITAL Nº 07-DE, de 01 de Agosto de 2016. EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA E EXTERNA PARA OS CURSOS TÉCNICOS SUBSEQUENTES DO IFRS CAMPUS VIAMÃO O do Instituto

Leia mais

25 Aniversário da cidade de São Paulo. 25 Recepção aos calouros (pais e alunos) - campus Sorocaba

25 Aniversário da cidade de São Paulo. 25 Recepção aos calouros (pais e alunos) - campus Sorocaba 01 Feriado nacional - confraternização universal 2 Aniversário da cidade de São Paulo 02-06 10 10 1-2 1-2 2 Período para os alunos solicitarem aproveitamento de estudos, exceto para os alunos ingressantes

Leia mais

ATO NORMATIVO DA DIREÇÃO GERAL - 02/2016. O DIRETOR GERAL DA FACULDADE PESBITERIANA MACKENZIE RIO, no uso de suas atribuições regimentais,

ATO NORMATIVO DA DIREÇÃO GERAL - 02/2016. O DIRETOR GERAL DA FACULDADE PESBITERIANA MACKENZIE RIO, no uso de suas atribuições regimentais, ATO NORMATIVO DA DIREÇÃO GERAL - 02/2016 Informa e orienta a comunidade acadêmica quanto à Estrutura dos Cursos, Regime Escolar, Avaliação do Desempenho e Matrículas nos cursos de Graduação para 2017.1.

Leia mais

Faculdade de Serviço Social Programa de Pós-Graduação em Serviço Social Regulamento

Faculdade de Serviço Social Programa de Pós-Graduação em Serviço Social Regulamento Faculdade de Serviço Social Programa de Pós-Graduação em Serviço Social Regulamento Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Serviço Social (PPGSS), vinculado

Leia mais

Campus de Ilha S olteira

Campus de Ilha S olteira 1. HORÁRIO PARA 2007 Prazo final para divulgação de normas curriculares para o ano de 2007 04.12.2006 Prazo final para divulgação de horários curriculares para o ano de 2007 04.12.2006 2. PERÍODOS LETIVOS:

Leia mais

Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde Regulamento

Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde Regulamento Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde Regulamento Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE ODONTOLOGIA PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE ODONTOLOGIA PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE ODONTOLOGIA PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Odontologia,

Leia mais

CAMPUS DE GUARATINGUETÁ FACULDADE DE ENGENHARIA

CAMPUS DE GUARATINGUETÁ FACULDADE DE ENGENHARIA 2 ANEXO À PORTARIA n 001/2014 - FEG-DTA JANEIRO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 1 Confraternização Universal. 7 Prazo final para que os candidatos ao

Leia mais

Calendário de Atividades Acadêmicas do Curso de Comunicação Social de 2016

Calendário de Atividades Acadêmicas do Curso de Comunicação Social de 2016 Calendário de Atividades Acadêmicas do Curso de Comunicação Social de 2016 JANEIRO 1 sexta-feira Confraternização Universal 4 segunda-feira 4 segunda-feira Data-limite para fechamento, no Sistema Diário

Leia mais

ADITAMENTO DO EDITAL PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES - LICENCIATURA ESPECIAL

ADITAMENTO DO EDITAL PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES - LICENCIATURA ESPECIAL ADITAMENTO DO EDITAL PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES - LICENCIATURA ESPECIAL - 2017 A Diretora da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Souza Marques FFCLSM, mantida pela

Leia mais

Faculdade de Biociências Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular. Regulamento

Faculdade de Biociências Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular. Regulamento Faculdade de Biociências Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Regulamento Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular

Leia mais

Regulamento. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral

Regulamento. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Regulamento Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica (Geronbio), vinculado ao Instituto

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO º Semestre. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Total

CALENDÁRIO ACADÊMICO º Semestre. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Total CALENDÁRIO ACADÊMICO 2014 1º Semestre Mês / Dia da Semana Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Total Janeiro - - Fevereiro Março Abril Maio Junho 3 10 17 24 10 17 24 31 7 14 28 5 12 19 26 2 9 16 30

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO PORTARIA IGCE/DTA nº 127/2016, de 07 de novembro de 2016. Dispõe sobre o Calendário Escolar dos Cursos de Graduação ministrados pelo Instituto para o ano letivo de 2017. de Rio Claro, no uso de suas atribuições,

Leia mais

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA ESTUDANTES DOS CURSOS PROEJA

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA ESTUDANTES DOS CURSOS PROEJA ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA ESTUDANTES DOS CURSOS PROEJA. O que é matrícula? É o primeiro ato de ingresso do estudante no IFTO, de apresentação de documentos e vinculação com o instituto. É realizado apenas

Leia mais

Fatec Ipiranga EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA - FATEC IPIRANGA N.º 06/ 2015 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2015.

Fatec Ipiranga EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA - FATEC IPIRANGA N.º 06/ 2015 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2015. EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA - FATEC IPIRANGA N.º 06/ 2015 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2015. O Diretor da Faculdade de Tecnologia do Ipiranga FATEC IPIRANGA, no uso de suas atribuições legais, faz saber que

Leia mais

PORTARIA Nº 195 de 06/01/2017

PORTARIA Nº 195 de 06/01/2017 PORTARIA Nº 195 de 06/01/2017 O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL, no uso de suas atribuições e de acordo com a proposta da Pró-Reitoria de Graduação, homologada pelo Conselho de Ensino,

Leia mais

PORTARIA Nº 8795 de 31/10/2016

PORTARIA Nº 8795 de 31/10/2016 PORTARIA Nº 8795 de 31/10/2016 O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL, no uso de suas atribuições e de acordo com a proposta da Pró-Reitoria de Graduação, homologada pelo Conselho de Ensino,

Leia mais

b. Comprovante de regularidade de matrícula em nível superior na instituição de origem (original); c. Histórico Escolar do curso de origem contendo ca

b. Comprovante de regularidade de matrícula em nível superior na instituição de origem (original); c. Histórico Escolar do curso de origem contendo ca EDITAL FATEC MAUÁ Nº. 01/2017 de 25 de novembro de 2016. O Diretor da Fatec-Mauá - Faculdade de Tecnologia de Mauá, no uso de suas atribuições legais, faz saber que estão abertas inscrições para participação

Leia mais

1. DOS CURSOS, DA DATA, HORÁRIO E LOCAL PARA A REALIZAÇÃO DA MATRÍCULA.

1. DOS CURSOS, DA DATA, HORÁRIO E LOCAL PARA A REALIZAÇÃO DA MATRÍCULA. A Direção da Faculdade SATC, mantida pela Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina - SATC, credenciada pela Portaria Ministerial n. 3.556 de 26/11/2003, publicada no D.O.U., em

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE TRANSFERÊNCIAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE TRANSFERÊNCIAS 1 - Para a inscrição no processo seletivo transferência é cobrada alguma taxa? Resposta: Sim. Atualmente o valor da taxa de inscrição para o processo seletivo de transferência é de R$ 20,00 (vinte Reais).

Leia mais

Resolução UNICASTELO GR/nº 021/CONSUN/2015

Resolução UNICASTELO GR/nº 021/CONSUN/2015 a) atender o disposto no estatuto, regimento e normas internas sobre planejamento e organização interna; RESOLVE: Resolução UNICASTELO GR/nº 021/CONSUN/2015 O Presidente do Conselho Universitário - CONSUN

Leia mais

I - Das disposições iniciais

I - Das disposições iniciais EDITAL Nº07 DE MATRÍCULA NAS CATEGORIAS DE TRANSFERÊNCIA INTERNA, TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PARA AS VAGAS RESIDUAIS DO ENSINO SUPERIOR. A Diretoria de Ensino do Instituto

Leia mais

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Sub-Reitoria de Graduação SR-1

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Sub-Reitoria de Graduação SR-1 1 Universidade do Estado do Rio de Janeiro Sub-Reitoria de Graduação SR-1 FERIADOS 2016 01/01 6ª feira Confraternização Universal 20/01 4ª feira São Sebastião 09/02 3ª feira Carnaval 10/02 4ª feira Cinzas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE TURISMO COORDENAÇÃO DO CURSO DE TURISMO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE TURISMO COORDENAÇÃO DO CURSO DE TURISMO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE TURISMO COORDENAÇÃO DO CURSO DE TURISMO CALENDÁRIO DE EVENTOS E ATIVIDADES DO CURSO DE TURISMO 2014 / 2015

Leia mais

PORTARIA nº 073/ FEG/DTA

PORTARIA nº 073/ FEG/DTA PORTARIA nº 073/2009 - FEG/DTA DISPÕE SOBRE TRANSFERÊNCIA PARA OS CURSOS DE ENGENHARIAS, FÍSICA (Licenciatura e Bacharelado) e LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DA FACULDADE DE ENGENHARIA O Diretor da Faculdade

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR 2015 CURSOS DE GRADUAÇÃO FMVZ Página 1 de 7 MATRÍCULAS (INGRESSANTES 2015, VETERANOS E ALUNOS ESPECIAIS)

CALENDÁRIO ESCOLAR 2015 CURSOS DE GRADUAÇÃO FMVZ Página 1 de 7 MATRÍCULAS (INGRESSANTES 2015, VETERANOS E ALUNOS ESPECIAIS) Página 1 de 7 MATRÍCULAS (INGRESSANTES 2015, VETERANOS E ALUNOS ESPECIAIS) INGRESSANTES 2015 (CONFORME MANUAL DO CANDIDATO UNESP 2015) Divulgação da lista geral de classificação 28/01/2015 Confirmação

Leia mais

Calendário Acadêmico 2015 AULAS SFÉRIAS

Calendário Acadêmico 2015 AULAS SFÉRIAS Calendário Acadêmico 2015 AULAS O SFÉRIAS Universidade do Estado do Rio de Janeiro Sub-Reitoria de Graduação SR-1 FERIADOS 2015 01/01 4ª feira Confraternização Universal 20/01 3 a feira São Sebastião 17/02

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR PARA 2009 GRADUAÇÃO PRIMEIRO PERÍODO JANEIRO/2009

CALENDÁRIO ESCOLAR PARA 2009 GRADUAÇÃO PRIMEIRO PERÍODO JANEIRO/2009 CALENDÁRIO ESCOLAR PARA 2009 GRADUAÇÃO PRIMEIRO PERÍODO JANEIRO/2009 01- Feriado (Confraternização Universal). 05 e 06 Matrícula nas disciplinas do período de verão,via Sapiens. 07 - Início do período

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 203/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 203/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 203/2015 Fixa o Calendário Escolar dos cursos de graduação em regimes seriado anual e seriado semestral, da Universidade de Taubaté, para o ano letivo de 2016. O CONSELHO DE ENSINO

Leia mais

Edital nº 024, de 02 de agosto de Processo Seletivo para Transferência Interna. para o curso de Medicina.

Edital nº 024, de 02 de agosto de Processo Seletivo para Transferência Interna. para o curso de Medicina. Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central FACIPLAC Edital nº 024, de 02 de agosto de 2016 Processo Seletivo para Transferência Interna para o curso de Medicina. O Diretor Geral das

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO INESUL

CALENDÁRIO ACADÊMICO INESUL CALENDÁRIO ACADÊMICO 2011 - INESUL DIAS / MESES FERIADOS / RECESSOS 01 de janeiro Confraternização Universal 07 e 08 de março Recesso Carnaval 09 de março Carnaval 21 de abril Recesso Quinta-Feira Santa

Leia mais

EDITAL Nº 40, DE 09 DE AGOSTO DE 2013.

EDITAL Nº 40, DE 09 DE AGOSTO DE 2013. EDITAL Nº 40, DE 09 DE AGOSTO DE 2013. ABRE PROCESSO PARA INGRESSO DIPLOMADO NOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA E NOS CURSOS TÉCNICOS NA MODALIDADE SUBSEQUENTE DO CÂMPUS RESTINGA DO IFRS O do Instituto

Leia mais

REGULAMENTO DA CAMPANHA PROJETO DE CONCESSÕES DE BOLSAS FACEMP 2016/2

REGULAMENTO DA CAMPANHA PROJETO DE CONCESSÕES DE BOLSAS FACEMP 2016/2 REGULAMENTO DA CAMPANHA PROJETO DE CONCESSÕES DE BOLSAS FACEMP 2016/2 Santo Antônio de Jesus (BA) 2016 1 REGULAMENTO DO PROJETO DE CONCESSÃO DE BOLSAS FACEMP 2016/2 1 - Objetivo Visando atender o contexto

Leia mais

Prova com horário marcado.

Prova com horário marcado. Prova com horário marcado. Faculdades Integradas Maria Thereza Rua Visconde do Rio Branco, 869 São Domingos Niterói RJ Telefone 0800-2820890 marketing@famath.com.br www.famath.com.br PROCESSO SELETIVO

Leia mais

I - à existência de vagas remanescentes das transferências internas;

I - à existência de vagas remanescentes das transferências internas; PORTARIA nº 82/2008 - FACULDADE DE ENGENHARIA/DTA Campus de Guaratinguetá DISPÕE SOBRE TRANSFERÊNCIA PARA OS CURSOS DE ENGENHARIAS, FÍSICA (Licenciatura e Bacharelado) e LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DA FACULDADE

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR CURSOS DE GRADUAÇÃO CAMPUS FLORESTAL ANO LETIVO 2016 PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO 2016 JANEIRO 2016

CALENDÁRIO ESCOLAR CURSOS DE GRADUAÇÃO CAMPUS FLORESTAL ANO LETIVO 2016 PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO 2016 JANEIRO 2016 CALENDÁRIO ESCOLAR CURSOS DE GRADUAÇÃO CAMPUS FLORESTAL ANO LETIVO 2016 PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO 2016 JANEIRO 2016 01 Feriado Confraternização Universal. 05 Matrícula nas disciplinas do Período de Verão,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CALENDÁRIO ACADÊMICO 2012 UFSM APROVADO NA 794ª SESSÃO DO CEPE (em 02/12/2011)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CALENDÁRIO ACADÊMICO 2012 UFSM APROVADO NA 794ª SESSÃO DO CEPE (em 02/12/2011) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CALENDÁRIO ACADÊMICO 2012 UFSM APROVADO NA 794ª SESSÃO DO CEPE (em 02/12/2011) 02 a 13/01 - Período de solicitação de matrículas via web, trancamento total e disciplinas,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA PORTARIA N 018/2015 FEG/DTA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA PORTARIA N 018/2015 FEG/DTA PORTARIA N 018/2015 FEG/DTA O Diretor da Faculdade de Engenharia do Campus de Guaratinguetá, no uso de suas atribuições legais e considerando o deliberado pela Congregação da Faculdade, em reunião realizada

Leia mais

Fundação Educacional de Taquaritinga FETAQ Mantenedora Instituto Taquaritinguense de Ensino Superior ITES

Fundação Educacional de Taquaritinga FETAQ Mantenedora Instituto Taquaritinguense de Ensino Superior ITES Diretoria Executiva FETAQ Ato nº 001/2014 Regulamenta as políticas para concessão de Bolsas de Estudo e Descontos a alunos do Instituto Taquaritinguense de Ensino Superior - ITES, para o ano letivo de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CONSELHO DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CONSELHO DE GRADUAÇÃO ANEXO À RESOLUÇÃO CGRAD 31/11, 14 DE DEZEMBRO DE 2011 CALENDÁRIO LETIVO 1º SEMESTRE/2012 Cursos de Graduação Belo Horizonte Aprovado na 75ª Reunião do Conselho de Graduação, em 14/12/11. JANEIRO 1 2 3

Leia mais

CALENDÁRIO LETIVO 1º SEMESTRE/2011 Cursos de Graduação Belo Horizonte

CALENDÁRIO LETIVO 1º SEMESTRE/2011 Cursos de Graduação Belo Horizonte 09/02/2011 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE GRADUAÇÃO CALENDÁRIO LETIVO 1º SEMESTRE/2011 Cursos de Graduação Belo Horizonte Aprovado na 60ª Reunião

Leia mais

EDITAL Nº 014/2016 MATRÍCULAS VESTIBULAR 2017

EDITAL Nº 014/2016 MATRÍCULAS VESTIBULAR 2017 EDITAL Nº 01/2016 MATRÍCULAS VESTIBULAR 2017 A Faculdade União de Campo Mourão, credenciada pela Portaria MEC N.º 6 de 22 de Janeiro de 2010, publicada no DOU em 26 de 01 de 2010, de acordo com o Regimento

Leia mais

Regulamento dos Bacharelados e Licenciaturas e Regulamento dos Cursos de Tecnologia em vigor até 2010

Regulamento dos Bacharelados e Licenciaturas e Regulamento dos Cursos de Tecnologia em vigor até 2010 Informações sobre as principais modificações existentes no Regulamento da Organização Didático-Pedagógica dos Cursos de Bacharelados e Licenciaturas e no Regulamento da Organização Didático-Pedagógica

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS FAFIBE

FACULDADES INTEGRADAS FAFIBE FACULDADES INTEGRADAS FAFIBE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2010 Agosto de 2009 As Faculdades Integradas Fafibe, tendo como Mantenedora a Associação de Educação e Cultura do Norte Paulista, faz saber aos

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO /1º semestre FERIADOS 2017

CALENDÁRIO ACADÊMICO /1º semestre FERIADOS 2017 Universidade do Estado do Rio de Janeiro Sub-Reitoria de Graduação SR-1 CALENDÁRIO ACADÊMICO - 2017/1º semestre FERIADOS 2017 14/04 6ª feira Paixão de Cristo 21/04 6ª feira Tiradentes 23/04 Domingo São

Leia mais

CALENDARIO ESCOLAR DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO ANO LETIVO 2016 JANEIRO FEVEREIRO MARÇO

CALENDARIO ESCOLAR DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO ANO LETIVO 2016 JANEIRO FEVEREIRO MARÇO CALENDARIO ESCOLAR DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO ANO LETIVO 2016 JANEIRO FEVEREIRO MARÇO 1 2 1 2 3 4 5 6 1 2 3 4 5 3 4 5 6 7 8 9 7 8 9 10 11 12 13 6 7 8 9 10 11 12 10 11 12 13 14 15 16 14 15 16 17 18 19 20 13

Leia mais

CALENDÁRIO UNIVERSITÁRIO 2014

CALENDÁRIO UNIVERSITÁRIO 2014 CALENDÁRIO UNIVERSITÁRIO 24 DATAS LIMITES DOS PERÍODOS LETIVOS 24.1 24.3 24.2 24.4 25.1 25.2 Início das aulas 27//24 25/06/24 21/07/24 17/12/24 02/02/25 27/07/25 Término das aulas 14/06/24 18/07/24 06/12/24

Leia mais

Orientação Normativa nº 01/2013-PROEN/IF Sudeste MG

Orientação Normativa nº 01/2013-PROEN/IF Sudeste MG Orientação Normativa nº 01/2013-PROEN/IF Sudeste MG Estabelece procedimentos para exercer o regime de exercícios domiciliares, faltas por convicções religiosas e faltas coletivas no âmbito do Instituto

Leia mais

Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central FACIPLAC

Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central FACIPLAC Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central FACIPLAC Edital nº 023, de 30 de dezembro de 2015 Processo Seletivo para Transferência Interna para o curso de Medicina. O Diretor Geral das

Leia mais

A PUCRS oferece a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de transferência a partir de 18 de abril de 2016.

A PUCRS oferece a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de transferência a partir de 18 de abril de 2016. Ingresso Extravestibular 2016/2 - Transferência A PUCRS oferece a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de transferência a partir de 18 de abril de 2016. Não serão aceitos

Leia mais

Alterações no Regime Didático 2016

Alterações no Regime Didático 2016 Alterações no Regime Didático 2016 Art. 41 - Ao Orientador Acadêmico compete: I - exercer o acompanhamento acadêmico dos seus orientados. II - zelar para que sejam cumpridas as determinações e recomendações

Leia mais

calendário escolar escolha o mês Setembro Outubro Novembro Dezembro Janeiro Fevereiro Março Abril Maio

calendário escolar escolha o mês Setembro Outubro Novembro Dezembro Janeiro Fevereiro Março Abril Maio calendário escolar escolha o mês Setembro Outubro Novembro Dezembro Janeiro Fevereiro Março Abril Maio www.prg.ufla.br /prgufla Setembro 2015 1 2 3 4 5 07 Feriado Independência do Brasil 24 a 30 1ª etapa

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR 2011 GRADUAÇÃO PRIMEIRO PERÍODO JANEIRO

CALENDÁRIO ESCOLAR 2011 GRADUAÇÃO PRIMEIRO PERÍODO JANEIRO CALENDÁRIO ESCOLAR 2011 GRADUAÇÃO PRIMEIRO PERÍODO JANEIRO 01- Feriado (Confraternização Universal). 03 e 04 Matrícula nas disciplinas do período de verão, via SAPIENS. 05 - Início do período de verão.

Leia mais

2014 Calendário Escolar

2014 Calendário Escolar JANEIRO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 FEVEREIRO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 MARÇO 1 2 3 4 5 6 7 8 9

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL PROGRAD Nº 002/2015, DE 13/03/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL PROGRAD Nº 002/2015, DE 13/03/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL PROGRAD Nº 002/2015, DE 13/03/2015 VAGAS RESTANTES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAIS SELEÇÃO PARA INGRESSO EM 2015 A Universidade Federal

Leia mais

CALENDÁRIO LETIVO ANUAL

CALENDÁRIO LETIVO ANUAL 2016 CALENDÁRIO LETIVO ANUAL Ensino Superior JANEIRO D S T Q Q S S 1 Confraternização Universal 1 2 18 e 19 Inscrição via edital para transferência interna e externa 18 a 22 Rematrícula dos cursos superiores

Leia mais

U n i v e r s i d a d e Es t a d u a l d e M a r i n g á

U n i v e r s i d a d e Es t a d u a l d e M a r i n g á R E S O L U Ç Ã O Nº 022/2012-CEP CERTIDÃO Certifico que a presente resolução foi afixada em local de costume, nesta Reitoria, no dia 4/10/2012. Isac Ferreira Lopes, Secretário. Aprova Normas para Renovação

Leia mais

EDITAL n. 119/ h30 às 11h30 13h30 às 19h30 01/07/2014 UNESC - CENTAC (Central de Atendimento ao Acadêmico)

EDITAL n. 119/ h30 às 11h30 13h30 às 19h30 01/07/2014 UNESC - CENTAC (Central de Atendimento ao Acadêmico) EDITAL n. 119/2014 Dispõe sobre matrícula para os candidatos aprovados no Concurso Vestibular ACAFE Inverno/2014, 2º semestre para os cursos a seguir relacionados: Administração - Bacharelado (noturno),

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 9/2016 CONSUNI/CGAE Revogada pela Resolução nº 1/2017 CONSUNI/CGAE que homologa as Portarias nº 0074/GR/UFFS/2017 e nº 0146/GR/UFFS/2017

RESOLUÇÃO Nº 9/2016 CONSUNI/CGAE Revogada pela Resolução nº 1/2017 CONSUNI/CGAE que homologa as Portarias nº 0074/GR/UFFS/2017 e nº 0146/GR/UFFS/2017 CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA DE GRADUAÇÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS RESOLUÇÃO Nº 9/2016 CONSUNI/CGAE Revogada pela Resolução nº 1/2017 CONSUNI/CGAE que homologa as Portarias nº 0074/GR/UFFS/2017 e nº 0146/GR/UFFS/2017

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01/2009

RESOLUÇÃO Nº 01/2009 RESOLUÇÃO Nº 01/2009 Estabelece critérios para aprovação de solicitação de capacitação, treinamento e qualificação dos Servidores Técnico-Administrativos em Educação, Menores do convênio da Cruz Vermelha

Leia mais

EDITAL DE REMATRÍCULA Primeiro Semestre de 2013

EDITAL DE REMATRÍCULA Primeiro Semestre de 2013 EDITAL DE REMATRÍCULA Primeiro Semestre de 2013 A Diretora Geral da Faculdade Católica do Tocantins, no uso de suas atribuições, vem por meio da Secretaria Acadêmica desta Instituição, publicar as datas

Leia mais

Calendário Acadêmico. 01 Confraternização Universal Recesso/Feriado Sábado Letivo

Calendário Acadêmico. 01 Confraternização Universal Recesso/Feriado Sábado Letivo Calendário Acadêmico 2014 01 Confraternização Universal janeiro 01 Feriado - Confraternização Universal. 02 a 19 Rematrícula de alunos veteranos, pela internet, para 2014/1. 02 a 31 Recesso Acadêmico -

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS EDITAL N o 006/2016 ANEXO 01

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS EDITAL N o 006/2016 ANEXO 01 ANEXO 01 NORMAS DO PROCESSO SELETIVO ESPECÍFICO DE CANDIDATOS AOS CURSOS DE ARQUITETURA E URBANISMO, DIREITO E PSICOLOGIA DA PUC-CAMPINAS REMANEJAMENTO INTERNO 1 o SEMESTRE DE 2017 CAPÍTULO I DO CALENDÁRIO

Leia mais

CURSOS TÉCNICOS CONCOMITANTES/SUBSEQUENTES: SEMESTRAL

CURSOS TÉCNICOS CONCOMITANTES/SUBSEQUENTES: SEMESTRAL JANEIRO JANEIRO 01 Feriado Nacional (Confraternização Universal) 04 Início das férias dos docentes 05 Publicação das notas e faltas do 2º semestre de 2015 05 a 29 Solicitação de retificação de notas do

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Primeiro Semestre de 2015 EDITAL

PROCESSO SELETIVO Primeiro Semestre de 2015 EDITAL Prova dia 19/10/2014 (Domingo, 9:00 h.) Prova dia 12/11/2014 (Quarta, 19:00 h.) Prova dia 29/11/2014 (Sábado, 9:00 h.) Prova dia 07/12/2014 (Domingo, 9:00 h.) Prova dia 17/12/2014 (Quarta, 19:00 h.) Prova

Leia mais

EDITAL UNDB Nº 10/2016 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO POR TRANSFERÊNCIA EXTERNA E GRADUADO

EDITAL UNDB Nº 10/2016 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO POR TRANSFERÊNCIA EXTERNA E GRADUADO A Unidade de Ensino Superior Dom Bosco UNDB, por meio da Diretoria Acadêmica, torna público o presente Edital, contendo as normas, rotinas e procedimentos que regem o Processo Seletivo para Transferência

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE

FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE Obs.: Período de inscrições 30/05/16 a 10/06/2016 (exceto 04 e 05/06/16), no horário das 15h30 às 17h30h e 18h30 as 20h30. EDITAL FATEC DA ZONA LESTE Nº. 05/2016 de 25 de maio de 2016. O Diretor da Faculdade

Leia mais

Aprova Calendário Acadêmico para o ano de 2017 RESOLVE. Art. 1º. Aprovar o Calendário Acadêmico para o ano de 2017:

Aprova Calendário Acadêmico para o ano de 2017 RESOLVE. Art. 1º. Aprovar o Calendário Acadêmico para o ano de 2017: RESOLUÇÃO/CONSUNI Nº 040/16 Aprova Calendário Acadêmico para o ano de 2017 O Presidente do Conselho Universitário do Centro Universitário para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí - UNIDAVI, no uso

Leia mais

01 Feriado Confraternização Universal

01 Feriado Confraternização Universal CALENDÁRIO ESCOLAR 2012 GRADUAÇÃO PRIMEIRO PERÍODO JANEIRO 01 Feriado Confraternização Universal 02 e 03 Matrícula nas disciplinas do período de verão, via SAPIENS. 04 - Início do período de verão. 06

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa parcial de estudo aos candidatos dos cursos de Graduação Presencial ou Semipresencial (Graduação Bacharelado, Graduação

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI BELO HORIZONTE REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERENCIA EXTERNA E OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO 1º SEMESTRE 2014

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI BELO HORIZONTE REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERENCIA EXTERNA E OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO 1º SEMESTRE 2014 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI BELO HORIZONTE REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERENCIA EXTERNA E OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO 1º SEMESTRE 2014 1. DO OBJETIVO O processo seletivo será destinado ao preenchimento

Leia mais

Artigo 1º Aprovar o Calendário Acadêmico do ano letivo de 2017, do Câmpus Universitário de Sinop, que com esta Resolução é publicado.

Artigo 1º Aprovar o Calendário Acadêmico do ano letivo de 2017, do Câmpus Universitário de Sinop, que com esta Resolução é publicado. RESOLUÇÃO CONSEPE N. o 29, DE 06 DE MARÇO DE 2017. Dispõe sobre aprovação do Calendário Acadêmico do ano letivo de 2017 para os Câmpus de Sinop. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO da Universidade

Leia mais

Serviço Público Federal

Serviço Público Federal DATAS DO CALENDÁRIO ESCOLAR PARA O ANO ACADÊMICO DE, CONSIDERANDO AS PORTARIAS DO REITOR Nº 8394 DE 29 DE OUTUBRO DE 2015 e Nº 9967 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2015. Até 30/10/2015 De 10 a 13/01/ Divulgação do

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa parcial de estudo para os candidatos participantes da Campanha Ação de Natal 2016.1 dos cursos de Graduação Presencial

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO FONES (54) COMUNICAÇÃO. Vestibular de verão 2010

UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO FONES (54) COMUNICAÇÃO. Vestibular de verão 2010 UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO FONES (54) 3316.7000 0800-7018220 COMUNICAÇÃO Vestibular de verão 2010 I - Datas importantes DIAS HORÁRIO 30/11/2009 Divulgação da primeira chamada, lista de espera e lista

Leia mais

PORTARIA Nº 001/2017-PEN

PORTARIA Nº 001/2017-PEN PORTARIA Nº 001/2017-PEN CERTIDÃO Certifico que esta Portaria foi publicada no setor de protocolo da Diretoria de Assuntos Acadêmicos (DAA) e no endereço eletrônico www.daa.uem.br, no dia 13 de janeiro

Leia mais

Obs.: O aluno não conseguirá efetuar a matrícula caso o contrato não tenha sido confirmado no processo inicial de matrícula.

Obs.: O aluno não conseguirá efetuar a matrícula caso o contrato não tenha sido confirmado no processo inicial de matrícula. 1. Considerações Iniciais 1.1 O Contrato de Prestação de Serviços Educacionais estará disponível no ato da matrícula on-line, e deverá ser aceito eletronicamente no início do processo; 1.2 Pagamento do

Leia mais

Associação Paranaense de Cultura Centro de Educação Profissional Irmão Mário Cristóvão-TECPUC

Associação Paranaense de Cultura Centro de Educação Profissional Irmão Mário Cristóvão-TECPUC EDITAL N.º 01/2016 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OS CURSOS TÉCNICOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES AO ENSINO MÉDIO O Centro de Educação Profissional Irmão Mário Cristóvão - TECPUC, mantido pela

Leia mais

Edital nº 06, de 12 de fevereiro de Processo Seletivo para Transferência Interna. para o curso de Medicina.

Edital nº 06, de 12 de fevereiro de Processo Seletivo para Transferência Interna. para o curso de Medicina. Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central FACIPLAC Edital nº 06, de 12 de fevereiro de 2016 Processo Seletivo para Transferência Interna para o curso de Medicina. O Diretor Geral das

Leia mais

CALENDÁRIO LETIVO 1º SEMESTRE/2010 Cursos de Graduação Belo Horizonte

CALENDÁRIO LETIVO 1º SEMESTRE/2010 Cursos de Graduação Belo Horizonte Última correção: 14/02/2010 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE GRADUAÇÃO CALENDÁRIO LETIVO 1º SEMESTRE/2010 Cursos de Graduação Belo Horizonte

Leia mais

RESOLUÇÃO CGRAD 55/15, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2015

RESOLUÇÃO CGRAD 55/15, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO CGRAD 55/15, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2015 Aprova o calendário letivo detalhado do primeiro semestre do ano de 2016 do Curso de Engenharia de Computação ministrado em Timóteo. O PRESIDENTE DO DO

Leia mais

Portaria Interna Nº. 063/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017

Portaria Interna Nº. 063/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017 Portaria Interna Nº. 063/17 São Paulo, 02 de maio de 2.017 Dispõe sobre os valores dos encargos educacionais para o 2º semestre de 2.017 da Faculdade de Ciências Educacionais e Sistemas Integrados FACESI.

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa parcial de estudo para os candidatos participantes da Campanha PRO50 2017.1 dos cursos de Graduação Presencial e Semipresencial

Leia mais

Calendário Escolar fixado nos termos da portaria nº 006-CE-SJBV FEVEREIRO S T Q Q S S D S T Q Q S S D. 01 Dia do Trabalho AGOSTO S T Q Q S S D

Calendário Escolar fixado nos termos da portaria nº 006-CE-SJBV FEVEREIRO S T Q Q S S D S T Q Q S S D. 01 Dia do Trabalho AGOSTO S T Q Q S S D 2015 Calendário Escolar fixado nos termos da portaria nº 006-CE-SJBV JANEIRO FEVEREIRO 1 2 3 4 1 5 6 7 8 9 10 11 2 3 4 5 6 7 8 12 13 14 15 16 17 18 9 10 11 12 13 14 15 19 20 21 22 23 24 25 16 17 18 19

Leia mais

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES EDITAL Nº 832/2017 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PRESENCIAL 2º SEMESTRE LETIVO DE 2017 A Universidade Católica de Brasília torna público aos interessados que estão abertas

Leia mais

EDITAL Nº 02/2016. Processo Seletivo Faculdade Anglo Piracicaba Segundo Semestre 2016

EDITAL Nº 02/2016. Processo Seletivo Faculdade Anglo Piracicaba Segundo Semestre 2016 EDITAL Nº 02/2016 Processo Seletivo Faculdade Anglo Piracicaba Segundo Semestre 2016 T A Diretora da Faculdade Anglo faz saber que de acordo com a Lei nº 9.394, de 20/12/1996; o Decreto nº 5.154, de 23/07/2004,

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º xx DE xx DE MAIO DE 2016

RESOLUÇÃO N.º xx DE xx DE MAIO DE 2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CONSELHO UNIVERSITÁRIO - CONSUNI Secretaria dos Órgãos Colegiados Superiores (Socs) Bloco IV, Segundo Andar, Câmpus de Palmas (63) 3232-8067 (63) 3232-8238 socs@uft.edu.br

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR CURSOS DE GRADUAÇÃO CAMPUS VIÇOSA ANO LETIVO 2015 PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO 2015 JANEIRO 2015

CALENDÁRIO ESCOLAR CURSOS DE GRADUAÇÃO CAMPUS VIÇOSA ANO LETIVO 2015 PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO 2015 JANEIRO 2015 CALENDÁRIO ESCOLAR CURSOS DE GRADUAÇÃO CAMPUS VIÇOSA ANO LETIVO 2015 PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO 2015 JANEIRO 2015 01 Feriado Confraternização Universal. 07 Matrícula nas disciplinas do Período de Verão,

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR PARA O ANO LETIVO DE 2017 ATIVIDADES ESCOLARES 1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

CALENDÁRIO ESCOLAR PARA O ANO LETIVO DE 2017 ATIVIDADES ESCOLARES 1º SEMESTRE 2º SEMESTRE ATIVIDADES ESCOLARES Inicio das Aulas 17/04/2017 04/09/2017 Término das Aulas 19/08/2017 27/01/2018 PLANOS DE ENSINO Atualização pelos docentes 24/11/2016 a 31/01/2017 05/06 a 21/07/2017 Aprovação pelo

Leia mais

2 - DAS INSCRIÇÕES E DOS LOCAIS DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS

2 - DAS INSCRIÇÕES E DOS LOCAIS DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2017 DE ACORDO COM A PORTARIA NORMATIVA Nº 40/2007 E RESOLUÇÃO CONSEPE Nº. 29/2016, DE 28 DE JUNHO DE 2016. O CENTRO UNIVERSITÁRO UNIFAFIBE, tendo como Mantenedora a Associação

Leia mais

Associação Paranaense de Cultura Centro de Educação Profissional Irmão Mário Cristóvão

Associação Paranaense de Cultura Centro de Educação Profissional Irmão Mário Cristóvão 1 EDITAL N.º 07/2015 Dispõe sobre o Processo de Matrícula para o Curso de Extensão: Instrumentação Cirúrgica. O - TECPUC, mantido pela Associação Paranaense de Cultura, torna pública a abertura do processo

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 197/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 197/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 197/2015 Dispõe sobre as normas e fixa o calendário e o número de vagas para os Processos Seletivos - UNITAU 2016, para os Cursos de Licenciatura e Superior de Tecnologia, na modalidade

Leia mais