Um golpe para reformas e as reformas do golpe. Flávio Tonelli Vaz

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Um golpe para reformas e as reformas do golpe. Flávio Tonelli Vaz"

Transcrição

1 Um golpe para reformas e as reformas do golpe Flávio Tonelli Vaz

2 As reformas do golpe Reforma fiscal, Ignora despesas financeiras e Congelamento das despesas primárias por 20 anos os problemas do sistema Corte em programas sociais e em direitos tributário, fraude, Abandono das perspectivas de ações anticíclicas regressividade, sonegação. Privatização da demanda de infraestrutura e de serviços Reforma da Previdência Social Desmonte do estado de bem estar social Desmonte da previdência social Desmonte do direito previdenciário Reforma trabalhista Terceirização Prevalência do acordado sobre legislado Ignora sonegação, fraude, renúncias. Despreocupação com a exclusão previdenciária Zero medidas para enfrentamento do desemprego ou para coibir práticas antissindicais

3 O falso discurso do déficit Orçamento da Seguridade Social é superavitário Mais de R$ 56 bi, na média anual, entre 2008 e 2015 A desvinculação de 30% das receitas é a prova mais robusta desse resultado Período de grandes renúncias

4 O falso discurso do déficit O chamado déficit é a contribuição da União, própria do sistema tripartite Em 2015: média dos 15 países mais desenvolvidos, governos de 45% do total, a dos empregadores (34,6%) e a dos trabalhadores (18%)

5 As novas regras para a aposentadoria: ponto fim ao direito previdenciário Exigências muito maiores, incompatíveis com o mercado de trabalho, para benefícios muito menores. Acaba a aposentadoria por tempo de contribuição A aposentadoria por idade exigirá para todos os trabalhadores 65 anos de idade e 25 anos de contribuição (300 meses de carteira assinada)

6 As novas regras para a aposentadoria: fim ao direito previdenciário A idade mínima de 65 anos Exigências muito maiores, incompatíveis com o mercado de trabalho, para benefícios muito menores. A exigência de 65 anos será aplicada indistintamente para homens e mulheres, trabalhadores urbanos ou rurais, professores de ensino infantil, fundamental e médio Trabalhadores ocupados em atividades que exigem maior esforço físico não conseguem colocações formais em idade avançada. A proposta desconhece condições diferenciadas do mercado de trabalho para mulheres, dupla jornada de trabalho. Exigir 65 anos para todos é uma grande covardia

7 As novas regras para a aposentadoria: fim ao direito previdenciário A idade mínima de 65 anos Previdência sintonia mercado de trabalho e de saúde dos trabalhadores. Afinal, uma das funções da Previdência Social é garantir aos segurados uma renda substitutiva, diante da incapacidade laboral, seja permanente ou temporária, por motivo de doença ou por idade avançada. Expectativa de vida ao nascer: no Brasil, 74 anos, 6 anos inferior à dos países desenvolvidos. Para os homens, 71 anos, é 10 anos inferior. Para as mulheres, 78 anos, 5 anos inferior; Expectativa de sobrevida aos 65 anos: Para os homens, 21,1 anos contra entre 23 e 25 anos na OCDE. Para as mulheres, a expectativa de sobrevida em 2060 será de 24,6 anos, inferior à de nações como a Itália (27,7 anos)

8 As novas regras para a aposentadoria: fim ao direito previdenciário A idade mínima de 65 anos Expectativa de duração da aposentadoria: no Brasil, 13,4 anos; média OCDE, 17,2 anos; vários países da OCDE +21 anos. Probabilidade de não atingir 65 anos de idade, Brasil, 37,3%, Canadá e outros países OCDE, menos de 20% Probabilidade de vida sem saúde (OMS, em 2001, % vida sem saúde): Brasil (homem), 20,2%,. OCDE, 10%, Austrália (9,4%) Expectativa de vida saudável: Brasil, 64 anos, maior parte da OCDE 74 anos; Itália 73 anos; Peru, 67 anos

9 Exigência de 25 anos de contribuição é incompatível com o mercado de trabalho A rotatividade > 40% e 45% 6 meses de trabalho na mesma empresa. Tempo de recolocação é alto regiões metropolitanas (2016) de 9 meses Um terço dos trabalhadores ocupados não contribuem para qualquer regime previdenciário. Com essa reforma a exclusão vai crescer. 28% dos segurados do RGPS possuem menos de seis contribuições em cada ano (entre 2003 e 2015). 50 anos de trabalho para acumularem as 300 contribuições. 42% apresentam 9 ou menos contribuições por ano. Em média, 4,9. Serão 6 décadas no mercado de trabalho. Isto é uma média nacional. Nas pequenas cidades, na periferia das grandes, para as mulheres, para os segmentos de menor escolaridade, a exclusão será maior.

10 O valor da aposentadoria: aposentadoria integral, só depois de 50 anos de trabalho com registro em carteira Cálculo da média contributiva = TODOS os salários de contribuição. Hoje a média considera 80% das maiores contribuições. A reforma cria uma média interior à atual Hoje a aposentadoria é igual à média. Reforma: 51% dela, acrescido de 1% para cada ano de contribuição. Integral, somente com 49 anos de contribuição 610 contribuições Resultado: valor menor do que a aposentadoria por idade (70%, mais 1% por ano de contribuição). do que com o fator previdenciário muito menor do que a regra 85/95

11 A aposentadoria especial (insalubridade e condições prejudiciais à integridade física): menor proteção e aposentadoria sempre proporcional Altera o conceito. Sai da proteção e da cautela, em defesa da vida e das condições de saúde Exige o exercício de atividades que efetivamente prejudiquem a saúde. A reforma exigindo o efetivo dano, a perda da saúde. Não haverá aposentadoria com idade mínima inferior a 55 anos, independentemente da insalubridade. Cálculo pela regra geral. Com insalubridade, há menor tempo de contribuição, a aposentadoria sempre menor. Pelos menos regras, com a reforma, a aposentadoria por invalidez resultará em desproteção generalizada e aposentadorias menores

12 O fim da aposentadoria de categorias e segmentos sociais diferenciados Acabam essas situações diferenciadas, a todos será exigido a idade mínima de 65 anos, os 25 anos de contribuição para o acesso a qualquer aposentadoria e os 49 anos de contribuição para o benefício integral. A unificação das regras para aposentadoria ignora diferenciações presentes no mercado de trabalho e ainda as questões sociais envolvidas na questão. Para as mulheres, são ignoradas as condições adversas derivadas da dupla jornada de trabalho, das menores remunerações mesmo para as mesas ocupações. Para os professores, o papel da aposentadoria antecipada na qualidade da educação e nas condições de vida do professor

13 O fim da aposentadoria de categorias e segmentos sociais diferenciados, inclusive para o trabalhador rural. A reforma acaba com a cobertura previdenciária desse segmento. Fim da contribuição única para todo o núcleo familiar, proporcional à renda da comercialização da proteção Serão exigidas contribuições mensais individualizadas. Desrespeita a capacidade econômica do contribuinte e o direito constitucional do acesso à previdência. Muitas dessas economias familiares envolvem produtos sazonais, não há renda mensal. Não bastasse essa mudança, exigir que uma trabalhadora rural labute na enxada até 65 anos é uma desumanidade

14 O benefício da pensão: a metade do valor diminuto da aposentadoria e poderá ser menor do que o salário mínimo A pensão será de 50% do valor da aposentadoria. A esse benefício será concedido uma parcela, não reversível, de 10% para cada outro dependente, até o limite de 100%. Cálculo: para o aposentado, metade do valor da aposentadoria para o trabalhador, metade da aposentadoria por invalidez Não haverá a garantia do piso de um salário mínimo. Com a reforma, as pensões tenderão para valores inferiores ao salário mínimo.

15 Uma falsa transição, não há proteção nem para os mais idosos Admite transição: idade superior a 50/45 anos. Mas, com mais exigências e menores benefícios todos os trabalhadores, mesmo os com mais de 50 anos, mesmo os professores e professoras, mesmo os rurais, será aplicada a mesma regra para o cálculo do benefício: Todos estão submetidos a nova média, que reduz os benefícios Será sempre aplicada à regra de 51%, mais 1% por ano de contribuição. Todos deverão trabalhar mais. Pedágio de 50% do tempo de contribuição faltante para completar a carência. Em 1998, o pedágio era de 20%, para a aposentadoria por tempo de contribuição Nunca houve pedágio para a aposentadoria por idade.

16 As reformas do golpe: desmonte da assistência Os benefícios assistenciais: nem para os que mais necessitarem A reforma acaba com a referência ao salário mínimo. Vale lembrar: durante a ditadura militar, esses benefícios (Renda Mensal Vitalícia) eram de meio salário mínimo e concedidos somente aos 70 anos de idade Para os idosos, eleva a idade mínima de 65 anos para 70 anos, no mínimo. Quem possuir menos de 25 anos de contribuição precisará sobreviver até os 70 anos sem um benefício que lhe garanta renda. Hoje não há essa lacuna, a idade de aposentadoria por idade e de concessão do benefício assistencial é igual. Assim nenhum idoso de baixa renda fica desassistido. Para os deficientes, admite a exclusão de deficiências.

17 As reformas do golpe: servidores A reforma privatiza a aposentadoria complementar dos servidores A reforma exige a redução ao teto para os servidores e obriga a instituição da previdência complementar A reforma muda a previdência complementar. Não precisará mais ser fundos de pensão e poderão ser organizados por entidades privadas. Com as mudanças poderão ser contratados benefícios complementares em planos abertos, oferecidos por entidades privadas, como qualquer plano de previdência complementar do sistema financeiro. O governo vai determinar a possibilidade de fundo de pensão

18 As reformas do golpe: servidores Para o servidor público, maiores exigências e menores benefícios A aposentadoria será aos 65 anos, com 25 anos de contribuição, com 10 anos no serviço público e 5 no cargo. A para a aposentadoria compulsória é aumentada para 75 anos. O cálculo da aposentadoria adotará a regra de 51% da média dos salários de contribuição (limitados ao teto), acrescido de 1% por ano de contribuição. A pensão deixará de ser integral, sendo adotada a regra de 50%, mais 10% por dependente, em cota não reversível. A base de cálculo da pensão será o valor da aposentadoria (para o servidor inativo) ou o da aposentadoria por invalidez calculado na data de óbito (sempre proporcional). Nessas condições, a pensão do cônjuge será no máximo 60% de uma fração.

19 As reformas do golpe: desmonte do Estado Relação governo golpista e golpe pelas reformas Golpe e uma agenda econômica e social dos sem votos Desmonte do estado de bem estar social Desmonte da previdência social Desmonte do direito previdenciário Desmonte da capacidade do Estado Reserva de demandas para setor privado Caminhos e perspectivas: Enfrentamento e luta

INFORMA. Reforma da previdência. saiba o que vai acontecer com a sua aposentadoria

INFORMA. Reforma da previdência. saiba o que vai acontecer com a sua aposentadoria INFORMA Reforma da previdência saiba o que vai acontecer com a sua aposentadoria EDITORIAL A Contee apresenta uma contribuição ao debate sobre a proposta de reforma da Previdência enviada pelo governo

Leia mais

Além da previdência, a proposta também altera regras da Assistência Social, reduzindo a abrangência e a capacidade de proteção social.

Além da previdência, a proposta também altera regras da Assistência Social, reduzindo a abrangência e a capacidade de proteção social. NATAL LEO PRESIDENTE DO SINDICATO NACIONAL DOS APOSENTADOS, PESIONISTAS E IDOSOS UGT SINDIAPI UGT SECRETARIO ADJUNTO DA UGT NACIONAL PARA APOSENTADOS E IDOSOS SECRETARIO DE PREVIDÊNCIA E DA SEGURIDADE

Leia mais

Nenhum direito a menos

Nenhum direito a menos Nenhum direito a menos As centrais sindicais unidas na luta em defesa dos direitos da classe trabalhadora consideram inadmissível que o Governo Federal, por meio de propostas intituladas como Reforma,

Leia mais

CONSTITUIÇÃO PEC Nº 287

CONSTITUIÇÃO PEC Nº 287 CONSTITUIÇÃO PEC Nº 287 Artigo 201 Art. 1º Art. 201. A previdência social será organizada sob a forma de regime geral, de caráter contributivo e de filiação obrigatória, observados critérios que preservem

Leia mais

A reforma da Previdência (PEC 287/16), em discussão na Câmara dos Deputados, teve muitas alterações no substitutivo aprovado na comissão e, na

A reforma da Previdência (PEC 287/16), em discussão na Câmara dos Deputados, teve muitas alterações no substitutivo aprovado na comissão e, na A reforma da Previdência (PEC 287/16), em discussão na Câmara dos Deputados, teve muitas alterações no substitutivo aprovado na comissão e, na quarta-feira (9). Para conhecer o parecer do relator, deputado

Leia mais

O Regime Geral de Previdência Social - RGPS e a PEC 287 de CURITIBA-PR, 14 DEZ 2016 Expositor: Luciano Fazio

O Regime Geral de Previdência Social - RGPS e a PEC 287 de CURITIBA-PR, 14 DEZ 2016 Expositor: Luciano Fazio O Regime Geral de Previdência Social - RGPS e a PEC 287 de 2016 CURITIBA-PR, 14 DEZ 2016 Expositor: Luciano Fazio 1 SUMÁRIO 1. O que é Previdência Social 2. Déficit do Regime Geral de Previdência Social

Leia mais

PEC 287/2016 Reforma da Previdência

PEC 287/2016 Reforma da Previdência PEC 287/2016 Reforma da Previdência Apresentação para a AFPESP Antônio Augusto de Queiroz Diretor de Documentação do DIAP São Paulo/SP, 29 de março de 2017 Escopo Geral da Reforma 1 1. Reforma ampla e

Leia mais

PEC 287/ Reforma da Previdência

PEC 287/ Reforma da Previdência PEC 287/2016 - Reforma da Previdência Diana Dias Sampaio Economista - UFSM Secretária Geral do ATENS Sindicato Nacional 1. Reforma radical, ampla e desumana; De cunho exclusivo do interesse financeiro

Leia mais

PARA ENTENDER A Reforma da Previdência PARA ENTENDER A. Reforma da Previdência

PARA ENTENDER A Reforma da Previdência PARA ENTENDER A. Reforma da Previdência PARA ENTENDER A Reforma da Previdência A NOVA PREVIDÊNCIA Antes de mais nada, é preciso saber que: Nada muda para quem já se aposentou ou é pensionista. Nada muda para quem ainda não pediu a aposentadoria,

Leia mais

SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA

SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA APOSENTADORIA NO RGPS 49 ANOS - Aposentadoria aos 65 anos de idade, para homens e mulheres, e 25 anos de tempo de contribuição; - Valor do benefício:

Leia mais

A população brasileira é motor que impulsiona, movimenta e alimenta a economia deste país e, ao propor mudanças que

A população brasileira é motor que impulsiona, movimenta e alimenta a economia deste país e, ao propor mudanças que As centrais sindicais unidas na luta em defesa dos direitos da classe trabalhadora consideram inadmissível que o Governo Federal, por meio de proposta intituladas como Reforma, busquem beneficiar grupos

Leia mais

A FTICE e a CNTI através da 1ª Secretaria da Região Nordeste Ceará, Piauí e Maranhão, convidam os dirigentes sindicais, trabalhadoras e trabalhadores

A FTICE e a CNTI através da 1ª Secretaria da Região Nordeste Ceará, Piauí e Maranhão, convidam os dirigentes sindicais, trabalhadoras e trabalhadores A FTICE e a CNTI através da 1ª Secretaria da Região Nordeste Ceará, Piauí e Maranhão, convidam os dirigentes sindicais, trabalhadoras e trabalhadores para o debate NÃO AO DESMONTE DA PREVIDÊNCIA. O evento

Leia mais

Minimização da Previdência Pública

Minimização da Previdência Pública A PEC 287: Minimização da Previdência Pública Seminário Reforma da Previdência: Desafios e Ação Sindical São Paulo 7 e 8 de fevereiro de 2017 Roteiro da apresentação Características gerais da PEC 287 Mudanças

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA análise da PEC 287/2016 no RGPS

REFORMA DA PREVIDÊNCIA análise da PEC 287/2016 no RGPS REFORMA DA PREVIDÊNCIA análise da PEC 287/2016 no RGPS Fábio Souza fabio@idsamericalatina.com.br abril/2017 4 PONTOS ESSENCIAIS DA REFORMA Igualdade formal Aplicabilidade imediata Idade mínima Redução

Leia mais

Saiba mais em

Saiba mais em Saiba mais em www.dieese.org.br PEC 287 A (SUBSTITUTIVO): A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA 1º SEMINÁRIO: OS IMPACTOS DA REFORMA TRABALHISTA NAS RELAÇÕES DE TRABALHO PRINCIPAIS ALTERAÇÕES Mantém o salário

Leia mais

PEC287/2016 Os impactos para os servidores Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação

PEC287/2016 Os impactos para os servidores Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação PEC287/2016 Os impactos para os servidores Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação Pequeno Glossário da Previdência As Formas de aposentadoria Voluntária por tempo de contribuição:

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 287, de 2016

PROPOSTA DE EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 287, de 2016 PROPOSTA DE EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 287, de 2016 Altera os arts. 37, 40, 109, 149, 167, 195, 201 e 203 da Constituição, para dispor sobre a seguridade social, estabelece regras de transição e dá outras

Leia mais

MESA 12 DESAFIOS DA SEGURIDADE SOCIAL. Flávio Tonelli Vaz

MESA 12 DESAFIOS DA SEGURIDADE SOCIAL. Flávio Tonelli Vaz MESA 12 DESAFIOS DA SEGURIDADE SOCIAL Flávio Tonelli Vaz flavio.vaz@camara.leg.br tonellivaz@gmail.com Problematizações sobre a Previdência Social Desafios DESAFIOS DA SEGURIDADE SOCIAL Aspectos complexos

Leia mais

As mudanças na PREVIDÊNCIA SOCIAL. Vilson Antonio Romero

As mudanças na PREVIDÊNCIA SOCIAL. Vilson Antonio Romero As mudanças na PREVIDÊNCIA SOCIAL Vilson Antonio Romero PROPOSTAS DE MUDANÇAS PREVIDÊNCIA SOCIAL - PEC 287/2016 - CARTILHA OFICIAL De onde vêm os recursos da Previdência Social? (1) As fontes de recursos

Leia mais

Palestra sobre a Reforma da Previdência (Substitutivo PEC 287) na reunião da Diretoria do Simec

Palestra sobre a Reforma da Previdência (Substitutivo PEC 287) na reunião da Diretoria do Simec Palestra sobre a Reforma da Previdência (Substitutivo PEC 287) na reunião da Diretoria do Simec SANDRO SILVA ECONOMISTA - DIEESE-PR CURITIBA-PR 05/06/2017 REFORMA AMPLA, PROFUNDA E PREJUDICIAL 1. Atinge

Leia mais

Reforma da Previdência. Dezembro de 2016

Reforma da Previdência. Dezembro de 2016 Reforma da Previdência Dezembro de 2016 1 Razões para a Reforma Evolução populacional Hoje o Brasil é mais jovem que EUA e Europa; Mas projeções indicam que o país ficará mais envelhecido que os EUA e

Leia mais

PEC 287 A (SUBSTITUTIVO): A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA SINPAF, DOURADOS/MS 10 DE MAIO DE 2017

PEC 287 A (SUBSTITUTIVO): A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA SINPAF, DOURADOS/MS 10 DE MAIO DE 2017 PEC 287 A (SUBSTITUTIVO): A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA SINPAF, DOURADOS/MS 10 DE MAIO DE 2017 PRINCIPAIS ALTERAÇÕES Mantém o salário mínimo como piso dos benefícios previdenciários e assistenciais

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: COMO É HOJE; TEXTO ORIGINAL DA PEC; TEXTO SUBSTITUTIVO.

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: COMO É HOJE; TEXTO ORIGINAL DA PEC; TEXTO SUBSTITUTIVO. REFORMA DA PREVIDÊNCIA: COMO É HOJE; TEXTO ORIGINAL DA PEC; TEXTO SUBSTITUTIVO. COMO É HOJE: APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO RGPS 30 anos mulher/35 anos homem Sem idade mínima. COMO É HOJE: CÁLCULO

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA CONQUISTA DOS PARLAMENTARES

REFORMA DA PREVIDÊNCIA CONQUISTA DOS PARLAMENTARES REFORMA DA PREVIDÊNCIA CONQUISTA DOS PARLAMENTARES Esforço conjunto por uma nova Previdência Não é de hoje que a Previdência Social, um patrimônio do trabalhador brasileiro, precisa de ajustes. O Executivo

Leia mais

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016 Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016 Proposição: Proposta de Emenda à Constituição nº 287, de 2016 Ementa: Altera os arts. 37, 40, 109, 149, 167, 195, 201 e 203 da Constituição,

Leia mais

Veja a análise comparativa da Reforma da Previdência; destaques serão votados na terça (9) Ter, 09 de Maio de :54

Veja a análise comparativa da Reforma da Previdência; destaques serão votados na terça (9) Ter, 09 de Maio de :54 A Comissão Especial da Reforma da Previdência (PEC 287/16) marcou a votação dos 12 destaques que faltam para a aprovação do texto na terça-feira, 9. O presidente da comissão, deputado Carlos Marun (PMDB-MS),

Leia mais

A PEC 287/2016 E O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL

A PEC 287/2016 E O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL PALESTRA: A PEC 287/2016 E O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL MINISTRANTE: JANE BERWANGER SÃO PAULO 08/02/2017 1. Aposentadoria do Servidor no texto original da Constituição Federal de 1988 : Servidor

Leia mais

Sínteses da Reforma da Previdência

Sínteses da Reforma da Previdência Sínteses da Reforma da Previdência 1 Sumário Tipos de Aposentadoria e Proventos do Servidor Público... 04 Regra atual...04 Regra do Substitutivo da Comissão Especial...05 Críticas à Proposta do Substitutivo

Leia mais

Trabalho e (Im)Previdência. Mauro de Azevedo Menezes

Trabalho e (Im)Previdência. Mauro de Azevedo Menezes Trabalho e (Im)Previdência. Mauro de Azevedo Menezes PREMISSAS DE ANÁLISE DO TEMA Conjunto de iniciativas articuladas de debilitação dos direitos sociais. Novo regime fiscal (Emenda Constitucional 95/2016):

Leia mais

Aspectos relacionados ao Regime Geral da Previdência Social

Aspectos relacionados ao Regime Geral da Previdência Social Aspectos relacionados ao Regime Geral da Previdência Social Audiência Pública da Comissão Especial PEC 287/17 Reforma da Previdência Clemente Ganz Lúcio Diretor Técnico do DIEESE clemente@dieese.org.br

Leia mais

Reforma da Previdência PEC 287. A Reforma é necessária?

Reforma da Previdência PEC 287. A Reforma é necessária? Reforma da Previdência PEC 287 A Reforma é necessária? Prof. Gilson Fernando 1 Saúde Seguridade Social Assistência Social Sistema Nacional garantidor de Direitos subjetivos Regimes Básicos RGPS Previdência

Leia mais

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição 287/2016

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição 287/2016 Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição 287/2016 Da Tramitação: O Poder Executivo encaminhou, no dia 05/12/2016, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, que altera os artigos 37, 40,

Leia mais

APOSENTADORIA ESPECIAL, PENSÃO E REDUÇÃO DE DIREITOS DRA. THAIS RIEDEL

APOSENTADORIA ESPECIAL, PENSÃO E REDUÇÃO DE DIREITOS DRA. THAIS RIEDEL APOSENTADORIA ESPECIAL, PENSÃO E REDUÇÃO DE DIREITOS DRA. THAIS RIEDEL PARA QUE SERVE UMA PREVIDÊNCIA SOCIAL? Proteção da Sociedade em relação aos RISCOS SOCIAIS. Contingências que diminuem ou retiram

Leia mais

TRABALHADORES E A PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL

TRABALHADORES E A PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL TRABALHADORES E A PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL ORIGENS Luta dos trabalhadores ferroviários e constituição de caixas de socorro mútuo Conquistas gradativas Lei Eloy Chaves obriga cada ferrovia a criar Caixas

Leia mais

ESTUDOS ATUARIAIS E OS DESAFIOS DA ATUALIDADE

ESTUDOS ATUARIAIS E OS DESAFIOS DA ATUALIDADE ESTUDOS ATUARIAIS E OS DESAFIOS DA ATUALIDADE Ivan Sant Ana Ernandes, MIBA 506 Maio de 2017 AGENDA 1. Visão fiscal x visão social 2. Expectativas de vida no mundo e no Brasil 3. Envelhecimento da população

Leia mais

REFORMA PREVIDENCIÁRIA. PORTO ALEGRE, 11/04/2017 JANE LUCIA WILHELM BERWANGER

REFORMA PREVIDENCIÁRIA. PORTO ALEGRE, 11/04/2017 JANE LUCIA WILHELM BERWANGER REFORMA PREVIDENCIÁRIA PORTO ALEGRE, 11/04/2017 JANE LUCIA WILHELM BERWANGER jane@janeberwanger.adv.br REFORMA PREVIDENCIÁRIA PEC 287 ARGUMENTOS DA REFORMA ALGUNS DADOS DESVINCULAÇÃO DAS RECEITAS DA UNIÃO

Leia mais

FanPage: Theodoro Agostinho Instagram: TheoAgostinho

FanPage: Theodoro Agostinho Instagram: TheoAgostinho Theodoro Vicente Agostinho Doutorando em Direito Previdenciário pela PUC-SP Presidente da Comissão de Regime Próprio da OAB-SP Conselheiro junto ao CARF Conselho Administrativo de Recursos Fiscais FanPage:

Leia mais

Fontes das Normas Previdenciárias

Fontes das Normas Previdenciárias Fontes das Normas Previdenciárias Constituição Federal / Emendas Leis Complementares Leis Ordinárias e Medida Provisória Decretos legislativos Atos infraconstitucionais Proposta de Emenda a Constituição

Leia mais

PEC 287: A minimização da Previdência Pública

PEC 287: A minimização da Previdência Pública PEC 287: A minimização da Previdência Pública Encontro Estadual dos Bancários do Maranhão 28/01/2017 Gustavo Machado Cavarzan - Técnico do Dieese na subseção SEEB-SP Introdução e Justificativas Introdução:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO MAIO 2017 P R EV ID ÊN C IA P EC 287

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO MAIO 2017 P R EV ID ÊN C IA P EC 287 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO MAIO 2017 R EFO R M A D A P R EV ID ÊN C IA P EC 287 EC 20/98 fim da aposentadoria proporcional, criação do 85/95 para o servidor público EC 41/03 Aposentadoria por

Leia mais

Seguridade do Servidor Federal Lei 8112/1990

Seguridade do Servidor Federal Lei 8112/1990 Seguridade do Servidor Federal Lei 8112/1990 - Lei 8122/1990, arts. 183 a 230 Professora Claudete Pessôa SEGURIDADE SOCIAL DO SERVIDOR A União manterá Plano de Seguridade Social para o servidor e sua família

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional Direito Constitucional Da Seguridade Social - Da Previdência Social Professor: André Vieira www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Constitucional Seção III DA PREVIDÊNCIA SOCIAL Art. 201. A PREVIDÊNCIA

Leia mais

SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA

SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA APOSENTADORIA NO RGPS - Aposentadoria aos 65 anos de idade e 25 anos de tempo de contribuição; - Valor do benefício: - 51% da média +1% por ano de tempo

Leia mais

Fontes das Normas de Previdência

Fontes das Normas de Previdência Fontes das Normas de Previdência Constituição Federal / Emendas Leis Complementares Leis Ordinárias e Medida Provisória Decretos legislativos Atos infraconstitucionais Proposta de Emenda a Constituição

Leia mais

Reforma da Previdência e o Impacto nos Municípios

Reforma da Previdência e o Impacto nos Municípios Secretaria de Previdência Ministério da Fazenda Subsecretaria dos Regimes Próprios de Previdência Social FORMAÇÃO EM FINANÇAS PÚBLICAS E EDUCAÇÃO FISCAL PARA PREFEITURAS Reforma da Previdência e o Impacto

Leia mais

ASPECTOS DO DÉFICIT DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

ASPECTOS DO DÉFICIT DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SEMINÁRIO DA PREVIDÊNCIA SINDIBEL 04/10/2016 ASPECTOS DO DÉFICIT DA PREVIDÊNCIA SOCIAL DECIO BRUNO LOPES VICE PRESIDENTE DE ASSUNTOS DA SEGURIDADE SOCIAL CARACTERÍSTICAS DOS SISTEMAS DE SEGURIDADE SOCIAL

Leia mais

Previdência e sua reforma Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação

Previdência e sua reforma Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação XXXVII ENDP Encontro Nacional dos Dirigentes de Pessoas das IFE Previdência e sua reforma Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação A PEC287/2016 na versão do substitutivo Arthur

Leia mais

A previdência social no Brasil: Uma visão econômica

A previdência social no Brasil: Uma visão econômica A previdência social no Brasil: 1923 2009 Uma visão econômica Darcy Francisco Carvalho dos Santos darcy@darcyfrancisco.com.br 6 de Outubro de 2009. Auditório MERCOSUL FIERGS. Porto Alegre - RS Lançamento:

Leia mais

Saiba Como Contribuir com a Previdência e Planejar Melhor Sua Aposentadoria

Saiba Como Contribuir com a Previdência e Planejar Melhor Sua Aposentadoria Saiba Como Contribuir com a Previdência e Planejar Melhor Sua Aposentadoria Palestrante Hilário Bocchi Junior www.bocchiadvogados.com.br hilariojunior@bocchiadvogados.com.br Sumário SISTEMA DE SEGURIDADE

Leia mais

Uma Reforma Previdenciária Abrangente

Uma Reforma Previdenciária Abrangente Uma Reforma Previdenciária Abrangente Eqüidade x Redistribuição Se a Previdência Social for entendida como Seguro Compulsório visando garantir renda ao indivíduo ou grupo familiar quando da perda da capacidade

Leia mais

PEC 287: A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA 13ª JORNADA DE DEBATES 2017

PEC 287: A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA 13ª JORNADA DE DEBATES 2017 PEC 287: A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA 13ª JORNADA DE DEBATES 2017 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1. Introdução: reforma ampla, profunda e prejudicial. 2. Argumentos críticos às justificativas oficiais

Leia mais

S u m á r i o. 1. A Seguridade Social na Constituição de Capítulo 1 Notas Introdutórias Seguridade Social (arts. 194 a 204)...

S u m á r i o. 1. A Seguridade Social na Constituição de Capítulo 1 Notas Introdutórias Seguridade Social (arts. 194 a 204)... S u m á r i o Capítulo 1 Notas Introdutórias... 1 1. A Seguridade Social na Constituição de 1988...1 1.1. Seguridade Social (arts. 194 a 204)...1 1.1.1. Natureza do Direito à Seguridade Social...1 1.1.2.

Leia mais

BOCA PAULISTA ELETRÔNICO

BOCA PAULISTA ELETRÔNICO BOCA PAULISTA ELETRÔNICO São Paulo, 4 de janeiro de 2017 - nº 1 A PEC DA PREVIDÊNCIA - I De acordo com o RH Em Números, do Depes, de novembro/2016, o Banco Central do Brasil possuía 4.060 servidores ativos,

Leia mais

Reforma da Previdência PEC 287/2016 Análise preliminar dos principais pontos.

Reforma da Previdência PEC 287/2016 Análise preliminar dos principais pontos. Reforma da Previdência PEC 287/2016 Análise preliminar dos principais pontos. Milton Canuto de Almeida Vice Presidente da CNTE 08 de dezembro de 2016 A proposta de Reforma Previdenciária já conhecida no

Leia mais

Composição dos gastos pela União.

Composição dos gastos pela União. Composição dos gastos pela União. PROBLEMÁTICA CENTRAL: HERMENÊUTICA JURÍDICA CONSTITUCIONAL Considerando que os números objetos de discussão (ANFIP e União) são praticamente os mesmos: 1) A Seguridade

Leia mais

DIREITO PREVIDENCIÁRIO Questões realizadas pela Fundação Carlos Chagas FCC. 1. O financiamento da Seguridade Social, incluindo a assistência social:

DIREITO PREVIDENCIÁRIO Questões realizadas pela Fundação Carlos Chagas FCC. 1. O financiamento da Seguridade Social, incluindo a assistência social: DIREITO PREVIDENCIÁRIO Questões realizadas pela Fundação Carlos Chagas FCC 1. O financiamento da Seguridade Social, incluindo a assistência social: a) é tripartite, a cargo do Poder Público, das empresas

Leia mais

ANEXO QUADRO COMPARATIVO

ANEXO QUADRO COMPARATIVO Considerações sobre os principais pontos: ANEXO QUADRO COMPARATIVO TEMA COMO É ATUALMENTE MEDIDA PROPOSTA IMPACTOS PREVISTOS / COMENTÁRIOS Penaliza os trabalhadores mais precarizados no mercado de trabalho.

Leia mais

A Alteração do Sistema: penaliza o Trabalhador e Oculta Quem Causa o Verdadeiro Rombo

A Alteração do Sistema: penaliza o Trabalhador e Oculta Quem Causa o Verdadeiro Rombo A Alteração do Sistema: penaliza o Trabalhador e Oculta Quem Causa o Verdadeiro Rombo o Lesão ao Princípio da Solidariedade Social - pune a mulher com maiores aumentos proporcionais no tempo de contribuição

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA E PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DOS SERVIDORES PÚBLICOS

REFORMA DA PREVIDÊNCIA E PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DOS SERVIDORES PÚBLICOS Seminário do Sindicato dos Servidores Públicos de Uberaba REFORMA DA PREVIDÊNCIA E PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DOS SERVIDORES PÚBLICOS DÉCIO BRUNO LOPES Vice Presidente de Assuntos da Seguridade Social Novembro

Leia mais

Números da Previdência Social

Números da Previdência Social Números da Previdência Social Segundo o Boletim Estatístico da Previdência Social, a aposentadoria média dos segurados vinculados ao RGPS é em torno de R$ 1.197,44. Mais de 70% dos segurados ganham um

Leia mais

Liêda Amaral Coordenadora da Mulher Contabilista do RN. Reforma da Previdência: Contra ou a Favor?

Liêda Amaral Coordenadora da Mulher Contabilista do RN. Reforma da Previdência: Contra ou a Favor? Liêda Amaral Coordenadora da Mulher Contabilista do RN Reforma da Previdência: Contra ou a Favor? Será que a velhice mudou para todos? 58 anos 73 anos CARTILHA OFICIAL - De onde vem os recursos da Previdência?

Leia mais

S u m á r i o. Capítulo 1 Notas Introdutórias...1

S u m á r i o. Capítulo 1 Notas Introdutórias...1 S u m á r i o Capítulo 1 Notas Introdutórias...1 1. A Seguridade Social na Constituição de 1988... 1 1.1. Seguridade Social (arts. 194 a 204)... 1 1.1.1. Natureza do Direito à Seguridade Social... 1 1.1.2.

Leia mais

Benefício de Prestação Continuada BPC. 65 anos de idade Vinculação ao salário mínimo. 70 anos de idade Desvinculação do salário mínimo

Benefício de Prestação Continuada BPC. 65 anos de idade Vinculação ao salário mínimo. 70 anos de idade Desvinculação do salário mínimo Benefício de Prestação Continuada BPC 65 anos de idade Vinculação ao salário mínimo 70 anos de idade Desvinculação do salário mínimo 68 anos de idade Vinculação ao salário mínimo BPC Transição Acréscimo

Leia mais

REFORMA OU DESMONTE DA PREVIDÊNCIA? ABRIL

REFORMA OU DESMONTE DA PREVIDÊNCIA? ABRIL REFORMA OU DESMONTE DA PREVIDÊNCIA? ABRIL - 2017 ATAQUE AOS DIREITOS SOCIAIS -Reforma da previdência; -Reforma trabalhista; -Reforma da educação; -Reforma da saúde; - Reformas, reformas, reformas e NOBRE

Leia mais

A reforma da previdência e a vida das mulheres

A reforma da previdência e a vida das mulheres A reforma da previdência e a vida das mulheres O governo Temer e seus ministros têm anunciado em alto e bom som que irão mudar as regras da seguridade social, o que pode acabar com a possibilidade de muitos

Leia mais

Sandro Silva Supervisor Técnico do DIEESE-PR. Curitiba-PR 14/12/2016

Sandro Silva Supervisor Técnico do DIEESE-PR. Curitiba-PR 14/12/2016 Sandro Silva Supervisor Técnico do DIEESE-PR Curitiba-PR 14/12/2016 Considerando a ampla e diversificada base de financiamento - incluindo as receitas da Seguridade Social hoje desvinculadas pela União

Leia mais

Fernando F. Calazans

Fernando F. Calazans Primeiras impressões do Substitutivo à PEC 287/2016 após aprovação pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados Fernando F. Calazans fernandocalazans@adv.oabmg.org.br 22 de junho de 2017 Sumário 1. Principais

Leia mais

Acerca do conceito e dos princípios da seguridade social no Brasil, julgue os itens que se seguem.

Acerca do conceito e dos princípios da seguridade social no Brasil, julgue os itens que se seguem. (): Acerca do conceito e dos princípios da seguridade social no Brasil, julgue os itens que se seguem. 80 A seguridade social representa um conjunto integrado de ações direcionadas à proteção exclusiva

Leia mais

O servidor público e as alterações do seu regime previdenciário. Wagner Advogados Associados

O servidor público e as alterações do seu regime previdenciário. Wagner Advogados Associados O servidor público e as alterações do seu regime previdenciário Wagner Advogados Associados www.wagner.adv.br wagner@wagner.adv.br 1 REGRAS VIGENTES PARA APOSENTADORIA DOS SERVIDORES - Aposentadoria com

Leia mais

Conheça a Reforma da previdência. O que muda na sua vida e da sua família?

Conheça a Reforma da previdência. O que muda na sua vida e da sua família? Conheça a Reforma da previdência O que muda na sua vida e da sua família? Cálculo do Benefício: Preenchidos os requisitos para aposentadoria: 65 anos de idade para homens e mulheres; Mínimo de 25 anos

Leia mais

Modalidades de aposentadorias dos servidores públicos amparados por Regimes Próprios de Previdência Social com seus respectivos fundamentos

Modalidades de aposentadorias dos servidores públicos amparados por Regimes Próprios de Previdência Social com seus respectivos fundamentos REGRA PERMANENTE redação dada pela EC 41/2003 Proventos: Cálculo pela média dos salários de contribuição no RPPS (REGIME PROPRIO DE PREVIDENCIA SOCIAL) e no RGPS (REGIME GERAL PREVIDENCIA SOCIAL). Reajuste

Leia mais

PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL

PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL 66 SISTEMA PREVIDENCIÁRIO DO BRASIL No Brasil, há benefícios devidos ao segurado e àqueles que dependem do segurado. Para ter direito aos benefícios, é preciso estar inscrito no INSS e manter suas contribuições

Leia mais

OS VERDADEIROS MOTIVOS E CONSEQUÊNCIAS DA ATUAL PROPOSTA DE REFORMA DA PREVIDÊNCIA

OS VERDADEIROS MOTIVOS E CONSEQUÊNCIAS DA ATUAL PROPOSTA DE REFORMA DA PREVIDÊNCIA OS VERDADEIROS MOTIVOS E CONSEQUÊNCIAS DA ATUAL PROPOSTA DE REFORMA DA PREVIDÊNCIA MITO DO ROMBO DA PREVIDÊNCIA Sucessivos governos vem afirmando que existe um rombo na previdência, um déficit, que se

Leia mais

Os impactos das mudanças demográficas na Seguridade Social

Os impactos das mudanças demográficas na Seguridade Social Os impactos das mudanças demográficas na Seguridade Social Frederico Melo, economista, doutor em Demografia e técnico do Dieese Brasília - 31 de maio de 2016 Para a Seguridade Social, Demografia = envelhecimento?

Leia mais

CARTILHA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

CARTILHA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL CARTILHA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL PARCERIA A presente cartilha tem como objetivo apenas apresentar as propostas veiculadas na PEC nº 287/16. O propósito

Leia mais

A Reforma da Previdência e a Economia Brasileira. Marcos de Barros Lisboa (INSPER) Paulo Tafner (IPEA)

A Reforma da Previdência e a Economia Brasileira. Marcos de Barros Lisboa (INSPER) Paulo Tafner (IPEA) A Reforma da Previdência e a Economia Brasileira Marcos de Barros Lisboa (INSPER) Paulo Tafner (IPEA) Demografia O Brasil está passando por uma rápida transição demográfica em comparação com a imensa maioria

Leia mais

1. Qualidade do que é previdente. 2. Previsão do futuro; conjectura (inferir ou deduzir que algo é provável).

1. Qualidade do que é previdente. 2. Previsão do futuro; conjectura (inferir ou deduzir que algo é provável). 1. Qualidade do que é previdente. 2. Previsão do futuro; conjectura (inferir ou deduzir que algo é provável). A Previdência Social é um seguro público que tem como função garantir que as fontes de renda

Leia mais

Auditor Fiscal Seguridade Social Art. 201 CF Leandro Macedo

Auditor Fiscal Seguridade Social Art. 201 CF Leandro Macedo Auditor Fiscal Seguridade Social Art. 201 CF Leandro Macedo 2014 2015 Copyright. Curso Agora Eu Eu Passo - - Todos os direitos reservados ao ao autor. O RGPS NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL LEANDRO MACÊDO DEFINIÇÃO

Leia mais

QUADRO COMPARATIVO DA PEC 287/2016 SÍNTESE DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

QUADRO COMPARATIVO DA PEC 287/2016 SÍNTESE DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA QUADRO COMPARATIVO DA PEC 287/2016 SÍNTESE DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL (RGPS-INSS) REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS (RPPS) TEMAS Proposta do Governo

Leia mais

OS TRABALHADORES RURAIS E REFORMA DA PREVIDÊNCIA. Jane Lucia Wilhelm Berwanger

OS TRABALHADORES RURAIS E REFORMA DA PREVIDÊNCIA. Jane Lucia Wilhelm Berwanger OS TRABALHADORES RURAIS E REFORMA DA PREVIDÊNCIA Jane Lucia Wilhelm Berwanger HISTÓRICO PREVIDÊNCIA RURAL Estatuto do Trabalhador Rural Lei n. 4.214/63 Lei Complementar 11/71 Constituição Federal Leis

Leia mais

A REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SERVIÇO PÚBLICO

A REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SERVIÇO PÚBLICO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SERVIÇO PÚBLICO APOSENTADORIA NAS REGRAS PERMANENTES ART. 40 DA CF/88 Por incapacidade permanente para o trabalho, no cargo em que estver CÁLCULO NAS REGRAS PERMANENTES 2º DO

Leia mais

O SISTEMA DE PREVIDÊNCIA BRASILEIRO

O SISTEMA DE PREVIDÊNCIA BRASILEIRO O SISTEMA DE PREVIDÊNCIA BRASILEIRO O Sistema Brasileiro de Previdência é formado por três regimes previdenciários: 1) Regime Geral de Previdência Social (RGPS), a cargo do Instituto Nacional de Seguro

Leia mais

SB = média dos últimos 36 salários-de-contribuição, considerados em um período não superior a 48 meses, cujo divisor não pode ser inferior a 24.

SB = média dos últimos 36 salários-de-contribuição, considerados em um período não superior a 48 meses, cujo divisor não pode ser inferior a 24. APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVIÇO (REGRAS VIGENTES ANTES DA EC 20/98) * Requisitos: Qualidade de Segurado e Carência 30 anos de tempo de serviço, se homem, e 25, se mulher * Cálculo do benefício: 70%

Leia mais

Emenda Constitucional nº 41 e o impacto nos Regimes Próprios de Previdência

Emenda Constitucional nº 41 e o impacto nos Regimes Próprios de Previdência MPS Ministério da Previdência Social SPS Secretaria de Previdência Social Emenda Constitucional nº 41 e o impacto nos Regimes Próprios de Previdência FORTALEZA/CE,, ABRIL DE 2004 MUDANÇA DA BASE DE CÁLCULO

Leia mais

SEGURIDADE X PREVIDÊNCIA RESULTADOS E NOVAS REFORMAS. Floriano Martins de Sá Neto. Vice-Presidente de Política de Classe ANFIP.

SEGURIDADE X PREVIDÊNCIA RESULTADOS E NOVAS REFORMAS. Floriano Martins de Sá Neto. Vice-Presidente de Política de Classe ANFIP. SEGURIDADE X PREVIDÊNCIA RESULTADOS E NOVAS REFORMAS Floriano Martins de Sá Neto Vice-Presidente de Política de Classe ANFIP floriano@anfip.org.br SISTEMAS DE PROTEÇÃO SOCIAL SEGURIDADE SOCIAL X PREVIDÊNCIA

Leia mais

SEGURIDADE SOCIAL. Tem a finalidade de garantir o mínimo necessário à sobrevivência do indivíduo.

SEGURIDADE SOCIAL. Tem a finalidade de garantir o mínimo necessário à sobrevivência do indivíduo. SEGURIDADE SOCIAL A seguridade social compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos Poderes Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os direitos relativos à saúde, à previdência e

Leia mais

Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul

Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto

Leia mais

Desafios da Previdência. FGV Rio de Janeiro, Março 2016

Desafios da Previdência. FGV Rio de Janeiro, Março 2016 Desafios da Previdência FGV Rio de Janeiro, Março 2016 Evolução da Razão de Dependência de Idosos 2000-2060 IBGE 45 40 35 30 25 20 15 10 5 8 Despesa RGPS como % do PIB 1995-2015 7.5 7.4 7 6.5 6.4 6.7 6.9

Leia mais

Direito Previdenciário. Prof. Kerlly Huback

Direito Previdenciário. Prof. Kerlly Huback Direito Previdenciário Contatos Facebook www.facebook.com/kerlly.huback Grupo Facebook Loucos por Previdenciário e Tributário Carência x Período de Graça Havendo perda da qualidade de segurado, as contribuições

Leia mais

Previdência social no Brasil: fatos e propostas

Previdência social no Brasil: fatos e propostas Previdência social no Brasil: fatos e propostas Paulo Tafner São Paulo Junho de 2016. Previdência Social Os fatos Previdência Social Brasileira 2014-15 (% do PIB) Previdência Social Brasileira 2014-15

Leia mais

Financiamento da previdência e necessidade de separação de benefícios previdenciários e assistenciais

Financiamento da previdência e necessidade de separação de benefícios previdenciários e assistenciais Financiamento da previdência e necessidade de separação de benefícios previdenciários e assistenciais Apresentação para o Seminário Insper: Previdência Social: Problemas e Soluções Bernard Appy 10/06/2016

Leia mais

Reforma da Previdência. Bernard Appy Abril de 2017

Reforma da Previdência. Bernard Appy Abril de 2017 Reforma da Previdência Bernard Appy Abril de 2017 Previdência e Contas Públicas 2 O que é previdência social? A previdência social é um programa público (geralmente contributivo e compulsório) voltado

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE RIO CLARO MUNICÍPIO DE RIO CLARO ESTADO DE SÃO PAULO

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE RIO CLARO MUNICÍPIO DE RIO CLARO ESTADO DE SÃO PAULO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO O QUE É O IPRC? O Instituto de Previdência do Município de Rio Claro IPRC nasceu em 20 de setembro de 2007, através da Lei Complementar Municipal 023/2007. É uma Autarquia Municipal

Leia mais

PEC 287/ REFORMA DA PREVIDÊNCIA REGRAS APLICÁVEIS AOS REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA SOCIAL

PEC 287/ REFORMA DA PREVIDÊNCIA REGRAS APLICÁVEIS AOS REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA SOCIAL PEC 287/2016 - REFORMA DA PREVIDÊNCIA REGRAS APLICÁVEIS AOS REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA SOCIAL 29º SEMINÁRIO NACIONAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA ABIPEM FLORIANÓPOLIS - SC - 08 DE MARÇO DE 2017 Regras

Leia mais

EDITAL SISTEMATIZADO AUDITOR DO TRIBUNAL DE CONTAS ESTADO DO PARÁ - DIREITO/2016. Direito Previdenciário - 6ª edição Adriana Menezes Editora Juspodivm

EDITAL SISTEMATIZADO AUDITOR DO TRIBUNAL DE CONTAS ESTADO DO PARÁ - DIREITO/2016. Direito Previdenciário - 6ª edição Adriana Menezes Editora Juspodivm EDITAL SISTEMATIZADO AUDITOR DO TRIBUNAL DE CONTAS ESTADO DO PARÁ - DIREITO/2016 De acordo com o edital do concurso e com a obra: Direito Previdenciário - 6ª edição Adriana Menezes Editora Juspodivm ITENS

Leia mais

A Regulamentação da Reforma da Previdência no Setor Público

A Regulamentação da Reforma da Previdência no Setor Público A Regulamentação da Reforma da Previdência no Setor Público Reforma da Previdência Dispositivos Auto Aplicáveis Aplicação do Teto Remuneratório (Art. 37, XI da CF ) Concessão de Abono de Permanência (Art.

Leia mais

ANÁLISE DA CONTAG SOBRE A PEC 287/2016 E OS IMPACTOS NA PREVIDENCIA RURAL

ANÁLISE DA CONTAG SOBRE A PEC 287/2016 E OS IMPACTOS NA PREVIDENCIA RURAL Art. 149. Compete exclusivamente à União instituir contribuições sociais, de intervenção no domínio econômico e de interesse das categorias profissionais ou econômicas, como instrumento de sua Art. 149.

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: ENTRE O PRESENTE, O PROPOSTO E O IDEAL. Mauro Luciano Hauschild Advogado e Professor

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: ENTRE O PRESENTE, O PROPOSTO E O IDEAL. Mauro Luciano Hauschild Advogado e Professor REFORMA DA PREVIDÊNCIA: ENTRE O PRESENTE, O PROPOSTO E O IDEAL Mauro Luciano Hauschild Advogado e Professor O QUE É BEM ESTAR SOCIAL? Apenas Previdência? Como fica a questão da saúde? Da assistência social?

Leia mais

III proteção ao trabalhador em situação de desemprego involuntário;

III proteção ao trabalhador em situação de desemprego involuntário; 1 A Previdência Social A Previdência Social é um direito social, previsto no art. 6º da Constituição Federal de 1988 entre os Direitos e Garantias Fundamentais, que garante renda não inferior ao salário

Leia mais

para concurso de Juiz Federal

para concurso de Juiz Federal para concurso de Juiz Federal O livro é a porta que se abre para a realização do homem. Jair Lot Vieira Alexandre da Silva Arruda para concurso de Juiz Federal De acordo com a Resolução nº 67, de 3 de

Leia mais