Orçamento 2015 ANEXO I ORÇAMENTO FISCAL E ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS CONTROLADAS PELO ESTADO DEMONSTRATIVOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Orçamento 2015 ANEXO I ORÇAMENTO FISCAL E ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS CONTROLADAS PELO ESTADO DEMONSTRATIVOS"

Transcrição

1

2 Orçamento 2015 ANEXO I ORÇAMENTO FISCAL E ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS CONTROLADAS PELO ESTADO DEMONSTRATIVOS

3

4 SUMÁRIO DEMONSTRATIVOS CONSOLIDADOS DO ORÇAMENTO FISCAL Demonstrativo Consolidado do Orçamento Fiscal 9 Demonstrativo da Receita Corrente Fiscal 10 Demonstrativo da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas 11 Demonstrativo da Despesa por Órgãos e Entidades Segundo os Grupos de Despesa 12 Demonstrativo Consolidado da Categoria de Pessoal por Unidade Orçamentária 21 DEMAIS DEMONSTRATIVOS DO ORÇAMENTO FISCAL Receita Demonstrativo da Evolução da Receita por Categoria Econômica 29 Quadro Geral da Receita 30 Receita Corrente Líquida 55 Demonstrativo da Receita Orçamentária Corrente Ordinária 56 Demonstrativo da Previsão de Arrecadação do ICMS Discriminado por Gênero 60 Legislação da Receita 61 Despesa Demonstrativo da Evolução da Despesa por Categoria Econômica 65 Demonstrativo Consolidado da Despesa 66 Demonstrativo da Despesa por Função, Subfunção e Programa conforme o Vínculo com os Recursos 67 Programa de Trabalho do Governo Demonstrativo da Despesa por Funções, Subfunções e Programas conforme os Grupos de Despesa 112 Outros Demonstrativo da Aplicação de Recursos na Manutenção e no Desenvolvimento do Ensino 163 Demonstrativo da Aplicação de Recursos em Programas de Saúde e em Investimentos em Transporte e Sistema Viário 164

5 Demonstrativo da Aplicação de Recursos nas Ações e Serviços Públicos de Saúde 165 Demonstrativo da Aplicação de Recursos no Amparo e Fomento à Pesquisa 166 Demonstrativo da Participação Percentual de Pessoal na Receita Corrente Líquida A LRF 167 B LRF e IN TCMG 168 Demonstrativo Regionalizado do Efeito sobre a Receita e a Despesa Decorrente de Benefícios Fiscais 169 Demonstrativo Regionalizado, em Valores Nominais e Percentuais, das Despesas Decorrentes de Atividade de Fomento do Estado, 189 por Função Orçamentária e Tipo de Receita Demonstrativo do Serviço da Dívida Pública 191 Memória de Cálculo do Serviço da Dívida a Pagar 192 Demonstrativo da Aplicação de Recursos do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação 206 Demonstrativo de Recursos a Serem Aplicados Direta ou Indiretamente em Ações Voltadas para Criança e Adolescente 207 Demonstrativo da Unidade de Gestão Previdenciária Integrada UGEPREVI 216 Demonstrativo dos Programas Financiados com Recursos Provenientes da União 218 Demonstrativo Regionalizado do Orçamento Fiscal, em valores nominais, a ser aplicado por função 230 DEMONSTRATIVOS CONSOLIDADOS DO ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS CONTROLADAS PELO ESTADO Investimento Segundo as Funções 233 Investimentos Segundo Funções, Subfunções e Programas por Projetos e Atividades 234 Investimentos por Empresas Segundo Fonte de Recurso 237 Investimentos por Empresas Segundo o Detalhamento dos Investimentos 238 Composição da Participação Societária no Capital das Empresas Acionistas 239 Composição da Participação Societária no Capital das Empresas Cotistas 241 PLANO DE APLICAÇÃO DOS RECURSOS DO BDMG E DOS FUNDOS ESTADUAIS 245 DEMONSTRATIVO DOS RECURSOS A SEREM APLICADOS NA EXECUÇÃO DA POLÍTICA ESTADUAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL SUSTENTÁVEL 249

6 DEMONSTRATIVO DA RECEITA LÍQUIDA REAL 253 DEMONSTRATIVO DOS RECURSOS A SEREM APLICADOS NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL DOS MUNICÍPIOS CLASSIFICADOS EM PELO MENOS NAS CINQUENTA ÚLTIMAS POSIÇÕES NO RELATÓRIO DO ÍNDICE MINEIRO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL 257 DEMONSTRATIVO DAS DESPESAS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES POR FONTE 261 GRUPOS DE DESPESA, FONTES DE RECURSO, IDENTIFICADORES DE PROCEDÊNCIA E USO E IDENTIFICADORES DE PROGRAMA GOVERNAMENTAL 267

7

8 DEMONSTRATIVOS CONSOLIDADOS DO ORÇAMENTO FISCAL

9

10 DEMONSTRATIVO CONSOLIDADO - ORÇAMENTO FISCAL (Art. 8º. inciso I da da lei / LDO) EXERCÍCIO: 2015 RECEITA ORCAMENTÁRIA ORDINÁRIA % PART VINCULADA % PART TOTAL % PART DESPESA ORCAMENTÁRIA ORDINÁRIA % PART VINCULADA % PART TOTAL % PART RECEITAS CORRENTES , , ,52 DESPESAS CORRENTES , , ,64 RECEITA TRIBUTÁRIA , , ,82 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS , , ,45 IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE ,72-0, ,90 EXECUTIVO , , ,90 IPVA , , ,75 ADMINISTRAÇÃO DIRETA , , ,99 ITCD , , ,91 ADMINISTRAÇÃO INDIRETA , , ,91 ICMS , , ,32 AUTARQUIAS E FUNDAÇÕES , , ,37 TAXAS , , ,95 EMPRESAS ESTATAIS DEPENDENTES , , ,43 RECEITA DE CONTRIBUIÇÕES - 0, , ,02 FUNDOS , , ,12 CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS - 0, , ,02 OUTROS PODERES , , ,55 TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO , , ,69 ADMINISTRAÇÃO DIRETA , , ,47 FPE , , ,12 ADMINISTRAÇÃO INDIRETA - 0, , ,09 FUNDO EXPORTAÇÃO - IPI , , ,16 AUTARQUIAS E FUNDAÇÕES - 0, , ,09 QESE - SALÁRIO EDUCAÇÃO - 0, , ,81 JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA ,38-0, ,25 LEI COMPLEMENTAR Nº 87/ , , ,28 EXECUTIVO ,38-0, ,25 TRANSFERÊNCIAS SUS - 0, , ,79 ADMINISTRAÇÃO DIRETA ,38-0, ,25 COTA-PARTE DA CIDE - 0,00-0,00-0,00 OUTRAS DESPESAS CORRENTES , , ,39 COTA -PARTE DA COMP. FINANCEIRA - RECURSOS HÍDRICOS - 0, , ,29 EXECUTIVO , , ,48 COTA -PARTE DA COMP. FINANCEIRA - RECURSOS MINERAIS - 0, , ,29 ADMINISTRAÇÃO DIRETA , , ,82 COTA -PARTE ROYALTIES - COMP. FINANC. - PROD. DE PETRÓLEO - 0, , ,02 ADMINISTRAÇÃO INDIRETA , , ,67 OURAS TRANSFERÊNCIAS DA UNIÀO , , ,93 AUTARQUIAS E FUNDAÇÕES , , ,53 TRANSFERÊNCIAS MULTIGOVERNAMENTAIS - 0, , ,62 EMPRESAS ESTATAIS DEPENDENTES , , ,06 OUTRAS TRANSFERÊNCIAS - 0, , ,06 FUNDOS , , ,07 TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS - 0, , ,35 OUTROS PODERES , , ,91 OUTRAS RECEITAS CORRENTES , , ,95 ADMINISTRAÇÃO DIRETA , , ,66 RECEITA PATRIMONIAL , , ,66 ADMINISTRAÇÃO INDIRETA , , ,25 RECEITA AGROPECUÁRIA - 0, , ,01 AUTARQUIAS E FUNDAÇÕES - 0, , ,02 RECEITA INDUSTRIAL - 0, , ,71 FUNDOS , , ,23 RECEITA DE SERVIÇOS - 0, , ,92 REC. CONSTITUCIONAIS VINC. MUNICÍPIOS - 0, , ,54 MULTAS E JUROS DE MORA , , ,74 INDENIZAÇÕES E RESTITUIÇÕES , , ,27 DESPESAS DE CAPITAL , , ,70 DÍVIDA ATIVA , , ,33 INVESTIMENTOS , , ,74 RECEITAS DIVERSAS , , ,30 EXECUTIVO , , ,40 0,00 ADMINISTRAÇÃO DIRETA , , ,85 RECEITAS DE CAPITAL , , ,00 ADMINISTRAÇÃO INDIRETA , , ,55 AUTARQUIAS E FUNDAÇÕES , , ,69 OPERAÇÕES DE CRÉDITO - 0, , ,32 EMPRESAS ESTATAIS DEPENDENTES - 0, , ,01 INTERNA - 0, , ,11 FUNDOS , , ,85 EXTERNA - 0, , ,20 OUTROS PODERES , , ,34 ALIENAÇÃO DE BENS - 0, , ,01 ADMINISTRAÇÃO DIRETA , , ,05 AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS , , ,55 ADMINISTRAÇÃO INDIRETA - 0, , ,29 TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS - 0, , ,97 AUTARQUIAS E FUNDAÇÕES - 0, , ,06 OUTRAS TRANSFERÊNCIAS - 0, , ,07 FUNDOS - 0, , ,23 OUTRAS RECEITAS - 0, , ,09 INVERSÕES FINANCEIRAS , , ,24 EXECUTIVO , , ,21 DEDUÇÕES DA RECEITA CORRENTE ( ) -0,93 ( ) -22,28 ( ) -11,52 ADMINISTRAÇÃO DIRETA , , ,07 ICMS - 0,00 ( ) -17,84 ( ) -8,85 ADMINISTRAÇÃO INDIRETA , , ,14 FPE - 0,00 ( ) -2,06 ( ) -1,02 AUTARQUIAS E FUNDAÇÕES - 0, , ,00 IPI - 0,00 ( ) -0,35 ( ) -0,17 EMPRESAS CONTROLADAS - 0,00-0,00-0,00 ICMS - DESONERAÇÃO - LEI COMPLEMENTAR 87/96-0,00 ( ) -0,11 ( ) -0,06 FUNDOS , , ,14 MULTAS DO ICMS - 0,00 ( ) -0,22 ( ) -0,11 OUTROS PODERES , , ,03 DÍVIDA ATIVA TRIBUTÁRIA ICMS - 0,00 ( ) -0,09 ( ) -0,04 ADMINISTRAÇÃO DIRETA ,03-0, ,02 IPVA - 0,00 ( ) -1,15 ( ) -0,57 ADMINISTRAÇÃO INDIRETA - 0, , ,01 ITCD - 0,00 ( ) -0,37 ( ) -0,18 AUTARQUIAS E FUNDAÇÕES - 0, , ,01 MULTAS DO ITCD - 0,00 ( ) -0,03 ( ) -0,01 FUNDOS - 0, , ,00 MULTAS DO IPVA - 0,00 ( ) -0,06 ( ) -0,03 AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA ,42-0, ,73 DÍVIDA ATIVA DO IPVA - 0,00 ( ) 0,00 ( ) 0,00 EXECUTIVO ,42-0, ,73 DÍVIDA ATIVA DO ITCD - 0,00 ( ) 0,00 ( ) 0,00 ADMINISTRAÇÃO DIRETA ,42-0, ,73 CESSÃO DE DIREITOS CREDITÓRIOS ( ) -0,93-0,00 ( ) -0,47 RESERVA DE CONTINGÊNCIA ,45-0, ,66 Em R$1,00 TOTAL DA RECEITA FISCAL ( EXCETO INTRA - ORÇAMENTÁRIAS ) TOTAL DA RECEITA INTRA-ORÇAMENTÁRIA TOTAL DA RECEITA FISCAL TOTAL DA DESPESA FISCAL ( EXCETO INTRA , , ,00 ORÇAMENTÁRIAS ) , , ,00 TOTAL DA DESPESA INTRA-ORÇAMENTÁRIA , , , , , , , , TOTAL DA DESPESA FISCAL 1, , , ,00 RESULTADO FISCAL DESPESAS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES (DEA)¹ , , ,00 Fonte: Armazém SISOR Elaboração: DCGF/SCPPO/SEPLAG Nota: A partir do exercício de 2014, as despesas com pagamento de pensões civis do RPPS e dos militares deixaram de ser classificadas no grupo de despesa 3 Outras Despesas Correntes, e passaram a ser classificadas no grupo de despesa 1 Pessoal e Encargos Sociais. ¹Despesas de Exercícios Anteriores calculada conforme Resolução Conjunta SEF/SEPLAG 4742 DE 12/01/

11 DEMONSTRATIVO DA RECEITA CORRENTE FISCAL EXERCÍCIO: 2015 EM R$ 1,00 ESPECIFICAÇÃO VALOR RECEITAS CORRENTES DEDUÇÃO DA RECEITA CORRENTE FORMAÇÃO DO FUNDEB E CESSÃO DE DIREITOS CREDITÓRIOS ( ) RECEITA CORRENTE FISCAL FONTE: Armazém Sisor. ELABORAÇÃO: DCGF/SCPPO/SEPLAG. 10

12 ORÇAMENTO FISCAL DEMONSTRATIVO DA RECEITA E DESPESA SEGUNDO AS CATEGORIAS ECONÔMICAS (Art. 2, 1, Inciso II da Lei 4.320/64) EXERCÍCIO: 2015 R$ 1,00 RECEITA VALOR DESPESA VALOR RECEITAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES RECEITA TRIBUTÁRIA PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS RECEITA DE CONTRIBUIÇÕES JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA RECEITA PATRIMONIAL OUTRAS DESPESAS CORRENTES RECEITA AGROPECUÁRIA RECEITA INDUSTRIAL RECEITAS DE SERVIÇOS TRANSFERÊNCIAS CORRENTES OUTRAS RECEITAS CORRENTES DEDUÇÃO DA RECEITA CORRENTE - FORMAÇÃO DO FUNDEB E CESSÃO DE DIREITOS CREDITÓRIOS ( ) DÉFICIT DO ORÇAMENTO CORRENTE ( ) TOTAL TOTAL DÉFICIT DO ORÇAMENTO CORRENTE ( ) RECEITAS DE CAPITAL DESPESAS DE CAPITAL OPERAÇÕES DE CRÉDITO INVESTIMENTOS ALIENAÇÃO DE BENS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL RESERVA DE CONTINGÊNCIA TOTAL TOTAL RESUMO RECEITAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES RECEITAS DE CAPITAL DESPESAS DE CAPITAL RESERVA DE CONTINGÊNCIA TOTAL TOTAL DÉFICIT ( ) FONTE: Armazém Sisor. ELABORAÇÃO: DCGF/SCPPO/SEPLAG. Nota: Com intuito de evitar a dupla contagem na elaboração desse relatório, foram desconsiderados os valores referentes às operações intra-orçamentárias. A partir do exercício de 2014, as despesas com pagamento de pensões civis do RPPS e dos militares deixaram de ser classificadas no grupo de despesa 3 Outras Despesas Correntes, e passaram a ser classificadas no grupo de despesa 1 Pessoal e Encargos Sociais. 11

13 DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃOS E ENTIDADES SEGUNDO OS GRUPOS DE DESPESA (Art. 2º, 2º, inciso II da Lei 4.320/64) ORÇAMENTO FISCAL Exercício: 2015 R$ 1,00 ÓRGÃOS/ENTIDADES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA OUTRAS DESPESAS CORRENTES INVESTIMENTOS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA RESERVA DE CONTINGÊNCIA TOTAL ADVOCACIA-GERAL DO ESTADO AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO METROPOLITANA DO VALE DO AÇO AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DO ESTADO DE MINAS GERAIS ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CIDADE ADMINISTRATIVA CONTROLADORIA-GERAL DO ESTADO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM DO ESTADO DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE OBRAS PÚBLICAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TELECOMUNICAÇÕES DE MINAS GERAIS EGE SEC.FAZENDA-ENCARGOS DIVERSOS EGE-SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

14 DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃOS E ENTIDADES SEGUNDO OS GRUPOS DE DESPESA (Art. 2º, 2º, inciso II da Lei 4.320/64) ORÇAMENTO FISCAL Exercício: 2015 R$ 1,00 ÓRGÃOS/ENTIDADES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA OUTRAS DESPESAS CORRENTES INVESTIMENTOS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA RESERVA DE CONTINGÊNCIA TOTAL EMPRESA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA DE MINAS GERAIS ESCOLA DE SAUDE PUBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS ESCRITÓRIO DE REPRESENTAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS EM SÃO PAULO ESCRITÓRIO DE PRIORIDADES ESTRATÉGICAS ESCRITÓRIO DE REPRESENTAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS EM BRASÍLIA ESCRITÓRIO DE REPRESENTAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS NO RIO DE JANEIRO FUNDAÇÃO CENTRO DE HEMATOLOGIA E HEMOTERAPIA DE MINAS GERAIS FUNDACAO CENTRO INTERNACIONAL DE EDUCACAO, CAPACITACAO E PESQUISA APLICADA EM AGUAS FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO DE ARTE DE OURO PRETO FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO EDUCACIONAL CAIO MARTINS

15 DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃOS E ENTIDADES SEGUNDO OS GRUPOS DE DESPESA (Art. 2º, 2º, inciso II da Lei 4.320/64) ORÇAMENTO FISCAL Exercício: 2015 R$ 1,00 ÓRGÃOS/ENTIDADES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA OUTRAS DESPESAS CORRENTES INVESTIMENTOS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA RESERVA DE CONTINGÊNCIA TOTAL FUNDAÇÃO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE FUNDAÇÃO EZEQUIEL DIAS FUNDAÇÃO HELENA ANTIPOFF FUNDAÇÃO HOSPITALAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO FUNDAÇÃO RURAL MINEIRA FUNDAÇÃO TV MINAS CULTURAL E EDUCATIVA FUNDO DE APOIO HABITACIONAL AOS MILITARES DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDO DE APOIO HABITACIONAL DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DE MINAS GERAIS FUNDO DE ASSISTENCIA AO PECULIO DOS SERVIDORES PUBLICOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDO DE ASSISTÊNCIA AO TURISMO FUNDO DE DESENVOLVIMENTO METROPOLITANO FUNDO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO JAÍBA FUNDO DE EQUALIZAÇÃO DO ESTADO DE MINAS GERAIS

16 DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃOS E ENTIDADES SEGUNDO OS GRUPOS DE DESPESA (Art. 2º, 2º, inciso II da Lei 4.320/64) ORÇAMENTO FISCAL Exercício: 2015 R$ 1,00 ÓRGÃOS/ENTIDADES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA OUTRAS DESPESAS CORRENTES INVESTIMENTOS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA RESERVA DE CONTINGÊNCIA TOTAL FUNDO DE FOMENTO E DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDO DE INCENTIVO À INOVAÇÃO TECNOLÓGICA FUNDO DE INCENTIVO AO DESENVOLVIMENTO FUNDO DE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDO DE RECUPERAÇÃO, PROTEÇÃO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDO ESPECIAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDO ESPECIAL DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDO ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL FUNDO ESTADUAL DE CULTURA FUNDO ESTADUAL DE DEFESA DE DIREITOS DIFUSOS FUNDO ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO DE TRANSPORTES FUNDO ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL FUNDO ESTADUAL DE HABITAÇÃO FUNDO ESTADUAL DE PREVENÇÃO, FISCALIZAÇÃO E REPRESSÃO DE ENTORPECENTES

17 DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃOS E ENTIDADES SEGUNDO OS GRUPOS DE DESPESA (Art. 2º, 2º, inciso II da Lei 4.320/64) ORÇAMENTO FISCAL Exercício: 2015 R$ 1,00 ÓRGÃOS/ENTIDADES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA OUTRAS DESPESAS CORRENTES INVESTIMENTOS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA RESERVA DE CONTINGÊNCIA TOTAL FUNDO ESTADUAL DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR FUNDO ESTADUAL DE SAÚDE FUNDO ESTADUAL DO CAFÉ FUNDO ESTADUAL DOS DIREITOS DO IDOSO FUNDO ESTADUAL PARA A CIDADANIA FISCAL MINEIRA FUNDO FINANCEIRO DE PREVIDÊNCIA FUNDO PARA A INFÂNCIA E A ADOLESCÊNCIA FUNDO PENITENCIÁRIO ESTADUAL FUNDO PRÓ-FLORESTA GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DO NORTE E NORDESTE DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE GEOINFORMAÇÃO E TECNOLOGIA INSTITUTO DE METROLOGIA E QUALIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS

18 DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃOS E ENTIDADES SEGUNDO OS GRUPOS DE DESPESA (Art. 2º, 2º, inciso II da Lei 4.320/64) ORÇAMENTO FISCAL Exercício: 2015 R$ 1,00 ÓRGÃOS/ENTIDADES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA OUTRAS DESPESAS CORRENTES INVESTIMENTOS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA RESERVA DE CONTINGÊNCIA TOTAL INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO LEGISLATIVO DO ESTADO DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO ESTADO DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MILITARES DO ESTADO DE MINAS GERAIS INSTITUTO ESTADUAL DE FLORESTAS INSTITUTO ESTADUAL DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO DE MINAS GERAIS INSTITUTO MINEIRO DE AGROPECUÁRIA INSTITUTO MINEIRO DE GESTÃO DAS ÁGUAS INTENDÊNCIA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS LOTERIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS OUVIDORIA-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE MINAS GERAIS POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA

19 DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃOS E ENTIDADES SEGUNDO OS GRUPOS DE DESPESA (Art. 2º, 2º, inciso II da Lei 4.320/64) ORÇAMENTO FISCAL Exercício: 2015 R$ 1,00 ÓRGÃOS/ENTIDADES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA OUTRAS DESPESAS CORRENTES INVESTIMENTOS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA RESERVA DE CONTINGÊNCIA TOTAL RÁDIO INCONFIDÊNCIA LTDA RESERVA DE CONTINGÊNCIA SECRETARIA DE ESTADO DE TRANSPORTES E OBRAS PÚBLICAS SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE ESTADO DE CASA CIVIL E DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA SECRETARIA DE ESTADO DE DEFESA SOCIAL SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO E INTEGRAÇÃO DO NORTE E NORDESTE DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL, POLÍTICA URBANA E GESTÃO METROPOLITANA SECRETARIA DE ESTADO DE DIREITOS HUMANOS, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E CIDADANIA SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO

20 DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃOS E ENTIDADES SEGUNDO OS GRUPOS DE DESPESA (Art. 2º, 2º, inciso II da Lei 4.320/64) ORÇAMENTO FISCAL Exercício: 2015 R$ 1,00 ÓRGÃOS/ENTIDADES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA OUTRAS DESPESAS CORRENTES INVESTIMENTOS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA RESERVA DE CONTINGÊNCIA TOTAL SECRETARIA DE ESTADO DE ESPORTES SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA SECRETARIA DE ESTADO DE GOVERNO SECRETARIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE ESTADO DE RECURSOS HUMANOS SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SOCIAL SECRETARIA DE ESTADO DE TURISMO SECRETARIA-GERAL TRANSFERÊNCIAS DO ESTADO A EMPRESAS TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS

21 DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃOS E ENTIDADES SEGUNDO OS GRUPOS DE DESPESA (Art. 2º, 2º, inciso II da Lei 4.320/64) ORÇAMENTO FISCAL Exercício: 2015 R$ 1,00 ÓRGÃOS/ENTIDADES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA OUTRAS DESPESAS CORRENTES INVESTIMENTOS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA RESERVA DE CONTINGÊNCIA TOTAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS TOTAL

22 DEMONSTRATIVO CONSOLIDADO DA CATEGORIA DE PESSOAL POR UNIDADE ORÇAMENTÁRIA Exercício: 2015 ÓRGÃO/ENTIDADE CATEGORIA PESSOAL ATIVO INATIVO TERCEIRIZADO TOTAL ADVOCACIA-GERAL DO ESTADO AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO METROPOLITANA DO VALE DO AÇO AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DO ESTADO DE MINAS GERAIS ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CONTROLADORIA-GERAL DO ESTADO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM DO ESTADO DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE OBRAS PÚBLICAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TELECOMUNICAÇÕES DE MINAS GERAIS EMPRESA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA DE MINAS GERAIS ESCOLA DE SAUDE PUBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS ESCRITÓRIO DE REPRESENTAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS EM SÃO PAULO ESCRITÓRIO DE PRIORIDADES ESTRATÉGICAS ESCRITÓRIO DE REPRESENTAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS EM BRASÍLIA ESCRITÓRIO DE REPRESENTAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS NO RIO DE JANEIRO FUNDAÇÃO CENTRO DE HEMATOLOGIA E HEMOTERAPIA DE MINAS GERAIS FUNDACAO CENTRO INTERNACIONAL DE EDUCACAO, CAPACITACAO E PESQUISA APLICADA EM AGUAS FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO DE ARTE DE OURO PRETO FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO EDUCACIONAL CAIO MARTINS FUNDAÇÃO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE FUNDAÇÃO EZEQUIEL DIAS FUNDAÇÃO HELENA ANTIPOFF FUNDAÇÃO HOSPITALAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO FUNDAÇÃO RURAL MINEIRA FUNDAÇÃO TV MINAS CULTURAL E EDUCATIVA FUNDO ESTADUAL DE SAÚDE GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DO NORTE E NORDESTE DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE GEOINFORMAÇÃO E TECNOLOGIA

23 DEMONSTRATIVO CONSOLIDADO DA CATEGORIA DE PESSOAL POR UNIDADE ORÇAMENTÁRIA Exercício: 2015 ÓRGÃO/ENTIDADE CATEGORIA PESSOAL ATIVO INATIVO TERCEIRIZADO TOTAL INSTITUTO DE METROLOGIA E QUALIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO LEGISLATIVO DO ESTADO DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO ESTADO DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MILITARES DO ESTADO DE MINAS GERAIS INSTITUTO ESTADUAL DE FLORESTAS INSTITUTO ESTADUAL DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO DE MINAS GERAIS INSTITUTO MINEIRO DE AGROPECUÁRIA INSTITUTO MINEIRO DE GESTÃO DAS ÁGUAS JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS LOTERIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS OUVIDORIA-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE MINAS GERAIS POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA RÁDIO INCONFIDÊNCIA LTDA SECRETARIA DE ESTADO DE TRANSPORTES E OBRAS PÚBLICAS SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE ESTADO DE CASA CIVIL E DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA SECRETARIA DE ESTADO DE DEFESA SOCIAL SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO E INTEGRAÇÃO DO NORTE E NORDESTE DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL, POLÍTICA URBANA E GESTÃO METROPOLITANA SECRETARIA DE ESTADO DE DIREITOS HUMANOS, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E CIDADANIA SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DE ESPORTES SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA SECRETARIA DE ESTADO DE GOVERNO SECRETARIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE ESTADO DE RECURSOS HUMANOS SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SOCIAL SECRETARIA DE ESTADO DE TURISMO SECRETARIA-GERAL

24 DEMONSTRATIVO CONSOLIDADO DA CATEGORIA DE PESSOAL POR UNIDADE ORÇAMENTÁRIA Exercício: 2015 ÓRGÃO/ENTIDADE CATEGORIA PESSOAL ATIVO INATIVO TERCEIRIZADO TOTAL TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS Total

25

26 DEMAIS DEMONSTRATIVOS DO ORÇAMENTO FISCAL

27

28 RECEITA

29

30 DEMONSTRATIVO DE EVOLUÇÃO DA RECEITA POR CATEGORIA ECONÔMICA Período (Art. 22, Inciso III da Lei n 4.320/64) ORÇAMENTO FISCAL EXERCÍCIO 2015 R$ 1,00 Especificação Executada Orçada Estimada 2011 % 2012 % 2013 % 2014 % 2015 % Receita Corrente ,59% ,51% ,96% ,66% ,52% 1 Receita Tributária ,20% ,73% ,42% ,16% ,82% 2 Receita de Contribuições ,54% ,67% ,69% ,22% ,02% 3 Receita Patrimonial ,38% ,30% ,54% ,37% ,66% 4 Receita Agropecuária ,02% ,01% ,01% ,01% ,01% 5 Receita Industrial ,79% ,62% ,42% ,49% ,71% 6 Receitas de Serviços ,04% ,91% ,88% ,84% ,92% 7 Transferências Correntes ,51% ,60% ,28% ,21% ,72% 9 Outras Receitas Correntes ,12% ,68% ,73% ,36% ,65% Receitas de Capital ,44% ,04% ,22% ,51% ,00% 1 Operações de Crédito ,62% ,68% ,38% ,97% ,32% 2 Alienação de Bens ,22% ,67% ,24% ,01% ,01% 3 Amortização de Empréstimos ,28% ,92% ,71% ,58% ,55% 4 Transferências de Capital ,32% ,31% ,70% ,85% ,04% 5 Outras Receitas de Capital ,00% ,45% ,18% ,09% ,09% Dedução da Receita Corrente Formação do FUNDEB e Cessão de Direitos Creditórios ( ) -11,04% ( ) -10,55% ( ) -11,19% ( ) -11,17% ( ) -11,52% TOTAL ,00% ,00% ,00% ,00% ,00% FONTE: 2011, 2012 e Armazém Siafi e Armazém Sisor. ELABORAÇÃO: DCGF/SCPPO/SEPLAG. Nota: Com intuito de evitar a dupla contagem na elaboração desse relatório, foram desconsiderados os valores referentes às operações intra-orçamentárias. 29

31 QUADRO GERAL DA RECEITA (Art. 2º, 1º, inciso III e art. 8º da Lei 4.320/64) Exercício: 2015 R$ 1,00 CÓDIGO FONTE ESPECIFICAÇÃO DESDOBRAMENTO FONTE CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA SUBCATEGORIA RECEITAS CORRENTES RECEITA TRIBUTÁRIA IMPOSTOS IMPOSTOS SOBRE O PATRIMÔNIO E A RENDA IMPOSTO SOBRE A RENDA E PROVENTOS DE QUALQUER NATUREZA IMPOSTO DE RENDA RETIDO NAS FONTES SOBRE OS RENDIMENTOS DO TRABALHO IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEÍCULOS AUTOMOTORES - IPVA COTA-PARTE DO ESTADO - IPVA COTA-PARTE DOS MUNICÍPIOS - IPVA COTA-PARTE DO ESTADO PARA O FUNDEB - IPVA IMPOSTO SOBRE TRANSMISSÃO "CAUSA MORTIS" E DOAÇÃO DE BENS E DIREITOS - ITCD COTA-PARTE DO ESTADO - ITCD COTA-PARTE DO ESTADO PARA O FUNDEB - ITCD IMPOSTOS SOBRE A PRODUÇÃO E A CIRCULAÇÃO IMPOSTO SOBRE OPERAÇÕES RELATIVAS A CIRC. DE MERC. E SOBRE PREST. SERVIÇOS DE TRANSP. INTEREST. E INTERM. E DE COMUNICAÇÃO - ICMS COTA-PARTE DO ESTADO-ICMS ADICIONAL ICMS - FUNDO ESTADUAL DE COMBATE A POBREZA COTA-PARTE DOS MUNICÍPIOS - ICMS COTA-PARTE DO ESTADO PARA FUNDEB - ICMS COTA-PARTE DO ESTADO - ICMS - CESSÃO DE DIREITOS CREDITÓRIOS - LEI 19266/ TAXAS TAXAS PELO EXERCÍCIO DO PODER DE POLÍCIA TAXA DE SEGURANÇA PÚBLICA TAXA DE SEGURANÇA PÚBLICA - POLÍCIA CIVIL TAXA DE SEGURANÇA PÚBLICA - CORPO DE BOMBEIROS MILITAR - CBMMG TAXA DE SEGURANÇA PÚBLICA - POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS - PMMG TAXA DE RENOVAÇÃO DE LICENCIAMENTO ANUAL DE VEÍCULO TAXA DE INCÊNDIO - CBMMG TAXA PELA ANÁLISE DE PROJETO OU MODIFICAÇÃO EM PROJETO APROVADO - CBMMG TAXA DE FISCALIZAÇÃO JUDICIÁRIA

32 QUADRO GERAL DA RECEITA (Art. 2º, 1º, inciso III e art. 8º da Lei 4.320/64) Exercício: 2015 R$ 1,00 CÓDIGO FONTE ESPECIFICAÇÃO DESDOBRAMENTO FONTE CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA SUBCATEGORIA TAXA DE LICENCIAMENTO PARA USO OU OCUPAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO DAS RODOVIAS - TFDR TAXA DE CONTROLE E FISCALIZAÇÃO AMBIENTAL TAXA DE FISCALIZAÇÃO SOBRE SERVÍCOS PÚBLICOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E SANEAMENTO TAXA DE FISCALIZAÇÃO DE RECURSOS MINERÁRIOS TFRM TAXAS PELA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EMOLUMENTOS E CUSTAS JUDICIAIS RECEITA JUDICIÁRIA - JUIZADO ESPECIAL RECEITA JUDICIÁRIA - CUSTAS JUDICIAIS TAXA DE EXPEDIENTE TAXA DE EXPEDIENTE - DIVERSOS TAXA DE UTILIZAÇÃO DE VIA - DER TAXA DE EXPEDIENTE - DER TAXA DE PUBLICAÇÃO - CONCESSIONÁRIOS DE TRANSPORTE COLETIVO TAXA DE EXPEDIENTE - ATOS DA SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA - SEF TAXA DE EXPEDIENTE - IMA TAXA DE EXPEDIENTE - ATOS DA SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE TAXA DE EXPEDIENTE - ATOS DA SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL TAXA DE EXPEDIENTE TRANSPORTE COLETIVO INTERMUNICIPAL - NOTIFICAÇÃO TAXA DE EXPEDIENTE TRANSPORTE COLETIVO METROPOLITANO - NOTIFICAÇÃO TAXA FLORESTAL TAXA DE GERENCIAMENTO DO SISTEMA TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERMUNICIPAL - DER TAXA DE GERENCIAMENTO OPERACIONAL - DER - PORTARIA 1.492/ TAXA DE GERENCIAMENTO DE CONSTRUÇÃO DE RODOVIAS, PROJETOS E OBRAS - DER TAXA DE EMISSÃO DE DOCUMENTO SANITÁRIO ANIMAL - IMA TAXA JUDICIÁRIA TAXA DE GERENCIAMENTO DE TRANSPORTE COLETIVO METROPOLITANO - DER TAXA DE FISCALIZAÇÃO DE OBRAS PÚBLICAS - DEOP TAXA DE ENSINO SUPLETIVO OUTRAS TAXAS PELA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

33 QUADRO GERAL DA RECEITA (Art. 2º, 1º, inciso III e art. 8º da Lei 4.320/64) Exercício: 2015 R$ 1,00 CÓDIGO FONTE ESPECIFICAÇÃO DESDOBRAMENTO FONTE CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA SUBCATEGORIA RECEITA DE CONTRIBUIÇÕES CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS DO REGIME PRÓPRIO CONTRIBUIÇÃO PATRONAL PARA O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA CONTRIBUIÇÃO PATRONAL OUTROS - PREVIDÊNCIA SOCIAL - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR ATIVO CIVIL CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR ATIVO CIVIL PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR ATIVO CIVIL PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR OUTROS - PREVIDÊNCIA SOCIAL - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR - PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - PESSOAL LICENCIADO / A DISPOSIÇÃO CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - TRIBUNAL DE JUSTIÇA CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - MINISTÉRIO PÚBLICO CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - TRIBUNAL DE CONTAS CONTRIBUIÇÃO SERVIDOR - PREVIDÊNCIA SOCIAL ANTERIOR A LC 64/ CONTRIBUIÇÃO DE PARTICIPANTES ATIVOS - AGENTES PARLAMENTARES, CIVIS - P/ PREV. SOCIAL - IPLEMG CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR ATIVO MILITAR CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR ATIVO MILITAR PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTAD CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR INATIVO PARA O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR INATIVO CIVIL PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR INATIVO CIVIL PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR INATIVO CIVIL - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR INATIVO CIVIL - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - TRIBUNAL DE JUSTIÇA CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR INATIVO CIVIL - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR INATIVO CIVIL - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - MINISTÉRIO PÚBLICO CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR INATIVO CIVIL - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - TRIBUNAL DE CONTAS CONTRIBUIÇÃO DE PARTICIPANTES INATIVOS - AGENTES PARLAMENTARES, CIVIS P/ PREV. SOCIAL - IPLEMG CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR INATIVO MILITAR

34 QUADRO GERAL DA RECEITA (Art. 2º, 1º, inciso III e art. 8º da Lei 4.320/64) Exercício: 2015 R$ 1,00 CÓDIGO FONTE ESPECIFICAÇÃO DESDOBRAMENTO FONTE CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA SUBCATEGORIA CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR MILITAR DA RESERVA E REFORMADO PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO CONTRIBUIÇÃO DE PENSIONISTA PARA O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA CONTRIBUIÇÃO DE PENSIONISTA CIVIL DO ESTADO CONTRIBUIÇÃO DE PENSIONISTA CIVIL - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA CONTRIBUIÇÃO DE PENSIONISTA CIVIL - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - TRIBUNAL DE JUSTIÇA CONTRIBUIÇÃO DE PENSIONISTA CIVIL - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR CONTRIBUIÇÃO DE PENSIONISTA CIVIL - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - MINISTÉRIO PÚBLICO CONTRIBUIÇÃO DE PENSIONISTA CIVIL - PARA PREVIDÊNCIA SOCIAL - ESTADO - TRIBUNAL DE CONTAS CONTRIBUIÇÃO DE PARTICIPANTES INATIVOS - PENSIONISTAS, CIVIS - P/ PREV. SOCIAL - IPLEMG CONTRIBUIÇÃO PARA ASSISTÊNCIA MÉDICA DOS SERVIDORES VINCULADOS AO REGIME DE PREVIDÊNCIA PRÓPRIA CONTRIBUIÇÃO PATRONAL OUTROS - SAÚDE - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR ATIVO PARA SAÚDE - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR PARA SAÚDE - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA - PESSOAL MILITAR NA ATIVA CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR OUTROS - SAÚDE - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA CONTRIBUIÇÃO PARA ASSISTÊNCIA A SAÚDE - ARTIGO 85 PARÁGRAFO 5º DA LEI COMPLEMENTAR Nº 64/02 - IPSEMG CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR INATIVO PARA SAÚDE - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA CONTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR PARA SAÚDE - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA - PESSOAL MILITAR DA RESERVA E REFORMADO CONTRIBUIÇÃO DE PENSIONISTA CIVIL PARA SAÚDE - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA CONTRIBUIÇÃO SERVIDOR PARA SAÚDE - CONTRATO ADMINISTRATIVO CONTRIBUIÇÃO SEGURADO PARA A SAÚDE - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA - DEPENDENTES CONTRIBUIÇÃO SEGURADO PARA A SAÚDE - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA - DEPENDENTES - FILHOS DE 21 A 35 ANOS CONTRIBUIÇÃO SEGURADO PARA SAÚDE - OUTROS - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA - DEPENDENTES CONTRIBUIÇÃO SEGURADO PARA SAÚDE - OUTROS - INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA - DEPENDENTES - FILHOS DE 21 A 35 ANOS CONTRIBUIÇÃO APOSENTADORIA CONTRIBUIÇÃO APOSENTADORIA - LEI / CONTRIBUIÇÃO APOSENTADORIA - PODER EXECUTIVO CONTRIBUIÇÃO APOSENTADORIA - LEI / CONTRIBUIÇÃO APOSENTADORIA - MINISTÉRIO PÚBLICO OUTRAS CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS

35 QUADRO GERAL DA RECEITA (Art. 2º, 1º, inciso III e art. 8º da Lei 4.320/64) Exercício: 2015 R$ 1,00 CÓDIGO FONTE ESPECIFICAÇÃO DESDOBRAMENTO CONTRIBUIÇÃO SEGURO COLETIVO FONTE CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA SUBCATEGORIA FUNDO GARANTIA HIPOTECÁRIO CONTRIBUIÇÂO PECÚLIO CONTRIBUIÇÂO SEGURO DO CÔNJUGE DEMAIS CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS RECEITA PATRIMONIAL RECEITAS IMOBILIÁRIAS ALUGUÉIS ALUGUÉIS ARRENDAMENTOS TAXA DE OCUPAÇÃO DE IMÓVEIS OUTRAS RECEITAS IMOBILIÁRIAS RECEITA DE VALORES MOBILIÁRIOS JUROS DE TÍTULOS DE RENDA TÍTULOS DE RESPONSABILIDADE DO GOVERNO FEDERAL TÍTULOS DE RESPONSABILIDADE DO GOVERNO FEDERAL - NÃO VINCULADOS DIVIDENDOS DIVIDENDOS DE OUTRAS SOCIEDADES DE ECONOMIA MISTA DIVIDENDOS DE AÇÕES DE OUTRAS EMPRESAS FUNDOS DE INVESTIMENTO REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS

36 QUADRO GERAL DA RECEITA (Art. 2º, 1º, inciso III e art. 8º da Lei 4.320/64) Exercício: 2015 R$ 1,00 CÓDIGO FONTE ESPECIFICAÇÃO DESDOBRAMENTO REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS FONTE CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA SUBCATEGORIA REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS OUTRAS RECEITAS DE VALORES MOBILIÁRIOS RECEITA DE CONCESSÕES E PERMISSÕES RECEITA DE CONCESSÕES E PERMISSÕES - SERVIÇOS RECEITA DE CONCESSÕES E PERMISSÕES - SERVIÇOS DE TRANSPORTE RECEITA DE OUTORGA DOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE METROPOLITANO - LEI FUNTRANS RECEITA DE CONCESSÕES E PERMISSÕES - EXPLORAÇÃO DE RECURSOS NATURAIS RECEITA DE OUTORGA DE DIREITO DE USO DE RECURSOS HÍDRICOS OUTRAS RECEITAS DE CONCESSÕES E PERMISSÕES RECURSOS NATURAIS RECEITA DE CONCESSÕES E PERMISSÕES - DIREITOS DE USO DE BENS PÚBLICOS RECEITA DE CONCESSÃO DE DIREITO REAL DE USO DE ÁREA PÚBLICA OUTRAS RECEITAS DE CONCESSÕES E PERMISSÕES - DIREITOS DE USO DE BENS PÚBLICOS OUTRAS RECEITAS DE CONCESSÕES E PERMISSÕES RECEITA DE OUTORGA DE SERVIÇOS DE REMOÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS PARA PAGAMENTO DA FOLHA DOS SERVIDORES PÚBLICOS ESTADUAIS ADMINISTRAÇÃO DE DEPÓSITOS JUDICIAIS RECEITA DA CESSÃO DE DIREITOS RECEITA DA CESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE ESTÁDIOS - ARENA INDEPENDÊNCIA OUTRAS RECEITAS PATRIMONIAIS DEMAIS RECEITAS PATRIMONIAIS RECEITA AGROPECUÁRIA RECEITA DA PRODUÇÃO VEGETAL RECEITA DA PRODUÇÃO ANIMAL E DERIVADOS PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA - UNIDADES PENAIS - SECRETARIA DE EST. DE DEFESA SOCIAL

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Contadoria Geral do Estado

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Contadoria Geral do Estado 11120431 Imposto de Renda Retido nas Fontes sobre os Rendimentos do Trabalho 00 2.885.556.099,44 11120434 Imposto de Renda Retido nas Fontes sobre outros Rendimentos 00 205.497.947,46 11120501 Cota-Parte

Leia mais

Balancete Financeiro - RECEITA

Balancete Financeiro - RECEITA Balancete Financeiro Pagina 1/6 RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS 1.0.0.0.00.00.00.00 RECEITAS CORRENTES 5.554.843,81 55.865.864,51 1.1.0.0.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTÁRIA 596.903,38 5.277.172,60 1.1.1.0.00.00.00.00

Leia mais

As mensagens de erro são representadas por um código seguido da descrição do erro encontrado. Abaixo segue a estrutura do código de erro:

As mensagens de erro são representadas por um código seguido da descrição do erro encontrado. Abaixo segue a estrutura do código de erro: Anexo I - Regras de Validação DCA 2014 O presente anexo possui o objetivo de apresentar a estrutura das mensagens de erros emitidas quando o sistema encontra alguma inconsistência na validação das fórmulas

Leia mais

R E C E I T A G E R A L RECURSOS DE TODAS AS FONTES

R E C E I T A G E R A L RECURSOS DE TODAS AS FONTES TESOURO OUTRAS FONTES T O T A L ----------------------------------------------------------------------------------------------------- CÓDIGO E S P E C I F I C A Ç Ã O RECURSOS OUTROS TOTAL RECURSOS OUTROS

Leia mais

Documento gerado em 28/04/2015 13:31:35 Página 1 de 42

Documento gerado em 28/04/2015 13:31:35 Página 1 de 42 DCA-Anexo I-AB Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Padrao Balanço Patrimonial Ativo - Ativo - 1.0.0.0.0.00.00 - Ativo 96.744.139,42 1.1.0.0.0.00.00 - Ativo Circulante 24.681.244,01 1.1.1.0.0.00.00 -

Leia mais

Anexo 12 - Balanço Orçamentário

Anexo 12 - Balanço Orçamentário Anexo 12 - Balanço Orçamentário BALANÇO ORÇAMENTÁRIO EXERCÍCIO: PERÍODO (MÊS) : DATA DE EMISSÃO: PÁGINA: PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS SALDO RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS INICIAL ATUALIZADA REALIZADAS (a) (b) c

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE AÇÃO GOVERNAMENTAL 2012-2015 RELAÇÃO DE PROGRAMAS SOCIAIS (Inciso I do art. 12 da Lei n.º 20.024, de 9 de janeiro de 2012)

PLANO PLURIANUAL DE AÇÃO GOVERNAMENTAL 2012-2015 RELAÇÃO DE PROGRAMAS SOCIAIS (Inciso I do art. 12 da Lei n.º 20.024, de 9 de janeiro de 2012) ADMINISTRAÇÃO DE ESTÁDIOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS 181 GERENCIAMENTO DE ESTÁDIOS E PROMOÇÃO DE EVENTOS ESPORTIVOS, RELIGIOSOS E SOCIO-CULTURAIS AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Leia mais

306 Cota-Parte do Imposto sobre Exportação de Produtos Industrializados Devida aos Municípios - exerc ant

306 Cota-Parte do Imposto sobre Exportação de Produtos Industrializados Devida aos Municípios - exerc ant ANEXO II - A CLASSIFICAÇÃO DAS S DE RECURSOS (ordenada Siplan) 00 (1) 100 (1) Recursos Ordinários não Vinculados do Tesouro 300 (1) Recursos Ordinários não Vinculados do Tesouro - exerc ant 01 (1) 100

Leia mais

R$ 1,00 2012 2013 2014 2015 Total. VALORES PREVISTOS POR UNIDADE ORÇAMENTÁRIA R$ 1,00 2012 2013 2014 2015 Total Unidades Orçamentárias

R$ 1,00 2012 2013 2014 2015 Total. VALORES PREVISTOS POR UNIDADE ORÇAMENTÁRIA R$ 1,00 2012 2013 2014 2015 Total Unidades Orçamentárias PPA 212-215 PROGRAMA - 546 - Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado Valor Global R$ 1, 2.888.542.769 2.993.951.96 3.133.467.663 3.281.47.521 12.297.369.859 ÓRGAO:1 - Assembleia Legislativa VALORES PREVISTOS

Leia mais

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ LEI Nº 5456, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012. Estima a receita e fixa a despesa do Município de Sumaré para o exercício financeiro de 2013, e dá outras providências.- O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ seguinte

Leia mais

RECEITA SEGUNDO AS CATEGORIAS ECONÔMICAS

RECEITA SEGUNDO AS CATEGORIAS ECONÔMICAS 10000000 11000000 11100000 11120000 11120200 11120400 11120431 11120434 11120800 11130000 11130500 11130501 11130502 11130503 11130504 11130505 11130506 11200000 11210000 11212500 11212501 11212502 11212600

Leia mais

Betha Sistemas. Exercício de 2008. Diferenças Para Menos. Títulos Orçada Arrecadada Para mais

Betha Sistemas. Exercício de 2008. Diferenças Para Menos. Títulos Orçada Arrecadada Para mais RECEITAS 7.755.352,00 9.068.424,29 1.699.148,82 386.076,53 RECEITAS CORRENTES 7.046.205,00 7.954.527,74 1.088.160,33 179.837,59 RECEITA TRIBUTARIA 439.958,00 838.479,87 410.757,10 12.235,23 IMPOSTOS 367.368,00

Leia mais

Detalhamento da Receita

Detalhamento da Receita Detalha da Receita 1.0.0.0.00.00 RECEITAS CORRENTES 7.987.325.00 1.1.0.0.00.00 RECEITA TRIBUTÁRIA 1.1.1.0.00.00 IMPOSTOS 425.500.00 1.1.1.2.00.00 Impostos sobre o Patrimônio e a Renda 1.1.1.2.02.00 Imposto

Leia mais

Governo do Estado do Piauí Secretaria da Fazenda Unidade de Gestão Financeira e Contábil do Estado Gerência de Controle Contábil

Governo do Estado do Piauí Secretaria da Fazenda Unidade de Gestão Financeira e Contábil do Estado Gerência de Controle Contábil R I S C O S F I S C A I S (Artigo 4º, 3º da Lei Complementar nº 101/2000) A Lei Complementar n.º 101 de 2002 Lei de Responsabilidade Fiscal, estabelece que a Lei de Diretrizes Orçamentárias conterá o Anexo

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS PODER EXECUTIVO

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS PODER EXECUTIVO QUADRO I - RECEITA ORÇAMENTÁRIA POR CATEGORIA E FONTE 1. RECEITAS CORRENTES 3.770.007.000 Receita Tributária 976.512.000 Receita de Contribuições 251.081.000 Receita Patrimonial 76.136.000 Receita de Serviços

Leia mais

Comparativo da Receita Orçada com a Realizada

Comparativo da Receita Orçada com a Realizada RECURSOS ORDINÁRIOS 19.329.913.000,00 20.856.749.535,68 1.526.836.535,68 10000000 RECEITAS CORRENTES 18.324.050.000,00 20.113.598.589,39 1.789.548.589,39 11000000 RECEITA TRIBUTÁRIA 11.910.090.000,00 13.360.706.017,65

Leia mais

8 - FONTES DE FINANCIAMENTO DAS DESPESAS DO ORÇAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL

8 - FONTES DE FINANCIAMENTO DAS DESPESAS DO ORÇAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL 8 - FONTES DE FINANCIAMENTO DAS DESPESAS DO ORÇAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL Fontes de Financiamento das Despesas do Orçamento da Seguridade Social Receitas Vinculadas (A) 261.219.912.063 1.1.2.1.17.00

Leia mais

Área Técnica: Equipe responsável pelo SIOPS Área de Economia da Saúde e Desenvolvimento Secretaria Executiva Ministério da Saúde.

Área Técnica: Equipe responsável pelo SIOPS Área de Economia da Saúde e Desenvolvimento Secretaria Executiva Ministério da Saúde. Assunto: Composição dos indicadores estaduais calculados automaticamente pelo SIOPS, após a declaração de dados contábeis, pelos Estados e pelo DF, a partir do SIOPS 2007 semestral. Área Técnica: Equipe

Leia mais

Receita Orçamentária: conceitos, codificação e classificação 1

Receita Orçamentária: conceitos, codificação e classificação 1 Receita Orçamentária: conceitos, codificação e classificação 1 Para melhor identificação dos ingressos de recursos aos cofres públicos, as receitas são codificadas e desmembradas nos seguintes níveis:

Leia mais

II - QUADROS ORÇAMENTÁRIOS CONSOLIDADOS

II - QUADROS ORÇAMENTÁRIOS CONSOLIDADOS II - QUADROS ORÇAMENTÁRIOS CONSOLIDADOS 1 - QUADROS CONSOLIDADOS DA RECEITA E DA DESPESA Receita e Despesa dos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social segundo Categorias Econômicas Quadro 1A - Receita

Leia mais

Governo Municipal de Rondon do Pará ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2014 - Consolidado DEMONSTRATIVO DA LEGISLAÇÃO DA RECEITA

Governo Municipal de Rondon do Pará ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2014 - Consolidado DEMONSTRATIVO DA LEGISLAÇÃO DA RECEITA Governo Municipal de Rondon do Pará ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2014 - Consolidado DEMONSTRATIVO DA LEGISLAÇÃO DA RECEITA MESTRE 1000.00.00.00.00 Receitas Correntes 1100.00.00.00.00 Receita Tributária 1110.00.00.00.00

Leia mais

BALANÇO GERAL ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Controladoria Geral do Estado Contabilidade Geral

BALANÇO GERAL ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Controladoria Geral do Estado Contabilidade Geral BALANÇO GERAL ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE 2013 ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Controladoria Geral do Estado Contabilidade Geral GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Rosalba Ciarlini Rosado CONTROLADORIA

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LEI N. 1.522, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2003 Estima a Receita, fixa a Despesa do Estado para o exercício financeiro de 2004 e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE FOMENTO À HABITAÇÃO

SECRETARIA MUNICIPAL DE FOMENTO À HABITAÇÃO SEMANÁRIO OFICIAL João Pessoa, 27 de julho de 212 * n 1332 ESPECIAL * Pág. 11/66 SECRETARIA MUNICIPAL DE FOMENTO À HABITAÇÃO Pág. 12/66 * n 1332 ESPECIAL * João Pessoa, 27 de julho de 212 SEMANÁRIO OFICIAL

Leia mais

Balancete Financeiro - RECEITA

Balancete Financeiro - RECEITA Balancete Financeiro Página(s): 1/7 1.0.0.0.00.00.00.00 S RECEITAS CORRENTES 5.369.532,33 28.582.400,90 1.1.0.0.00.00.00.00 S RECEITA TRIBUTÁRIA 268.258,88 1.463.893,35 1.1.1.0.00.00.00.00 S IMPOSTOS 264.355,85

Leia mais

Prefeitura Da Cidade do Rio de Janeiro Controladoria Geral do Município Subcontroladoria de Integração de Controles Contadoria Geral

Prefeitura Da Cidade do Rio de Janeiro Controladoria Geral do Município Subcontroladoria de Integração de Controles Contadoria Geral 1 RELATÓRIO DE DESEMPENHO DA PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO FRENTE À LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL NO EXERCÍCIO DE 2012 Este relatório tem por objetivo abordar, de forma resumida, alguns aspectos

Leia mais

Governo do Estado de Rondônia GOVERNADORIA

Governo do Estado de Rondônia GOVERNADORIA Governo do Estado de Rondônia GOVERNADORIA DECTRETO N. 17.49 DE 17 DE JANEIRO DE 213. Estabelece o Desdobramento das Receitas Previstas para 213 em Metas Mensais e Bimestrais de Arrecadação e o Cronograma

Leia mais

6,37 0,01 6,36 551.959,49 2.074.160,73 1.471.280,76 1.154.839,46 51.738,32 22.836,64 11.427,71 40.329,39 111129900000 OUTROS BANCOS CONTA MOVIMENTO

6,37 0,01 6,36 551.959,49 2.074.160,73 1.471.280,76 1.154.839,46 51.738,32 22.836,64 11.427,71 40.329,39 111129900000 OUTROS BANCOS CONTA MOVIMENTO 111110100000 CAIXA 6,37 0,01 6,36 111120200000 BANCO DO BRASIL S/A 551.959,49 2.074.160,73 1.471.280,76 1.154.839,46 111120300000 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 51.738,32 22.836,64 11.427,71 40.329,39 111129900000

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VARGEM BONITA - M.G Livro Nº 18 Folha Nº 015

PREFEITURA MUNICIPAL DE VARGEM BONITA - M.G Livro Nº 18 Folha Nº 015 Folha Nº 015 LEI Nº. 1.058/2014 ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA DO MUNICÍPIO PARA O EXERCÍCIO DE 2015 O Prefeito do Município: Faço saber que a Câmara Municipal de Vargem Bonita aprovou e eu sanciono

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRINHOS DO SUL

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRINHOS DO SUL 4.0.0.0.0.00.00.00.00.00 RECEITAS 1.124.474,93 1.124.474,93 4.1.0.0.0.00.00.00.00.00 RECEITAS CORRENTES 752.473,49 752.473,49 4.1.1.0.0.00.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTARIA 12.068,76 12.068,76 4.1.1.1.0.00.00.00.00.00

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO DA RECEITA POR SUA NATUREZA Em R$ 1,00

CONSOLIDAÇÃO DA RECEITA POR SUA NATUREZA Em R$ 1,00 10000000 RECEITAS CORRENTES 5.663.681.554 11000000 RECEITA TRIBUTARIA 2.430.104.300 11120000 IMPOSTOS 269.520.373 11120431 11120501 11120701 RETIDO NAS FONTES - TRABALHO IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA...para Demonstrar e Avaliar o Cumprimento das Metas Fiscais referentes ao terceiro quadrimestre do exercício de 2012

AUDIÊNCIA PÚBLICA...para Demonstrar e Avaliar o Cumprimento das Metas Fiscais referentes ao terceiro quadrimestre do exercício de 2012 AUDIÊNCIA PÚBLICA...para Demonstrar e Avaliar o Cumprimento das Metas Fiscais referentes ao terceiro quadrimestre do exercício de 2012 PREFEITURA DE SÃO JOSÉ SECRETARIA DE FINANÇAS EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Leia mais

Proposta Orçamentária 2011

Proposta Orçamentária 2011 Governo do Estado de Minas Gerais Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão Subsecretaria de Planejamento e Orçamento Superintendência Central de Planejamento e Programação Orçamentária Proposta Orçamentária

Leia mais

41210.29.13 - Contribuição Previdenciária para Amortização do Déficit Atuarial. Origem dos dados/descrição LINHA DA DCA

41210.29.13 - Contribuição Previdenciária para Amortização do Déficit Atuarial. Origem dos dados/descrição LINHA DA DCA ANEXO II VARIAÇÕES PATRIMONIAIS AUMENTATIVAS QDCC_Sistn A planilha abaixo ilustra a aplicação da metodologia simplificada descrita no item 10 da Nota Técnica nº 4/2015/CCONF/SUCON/STN/MFDF ao Plano de

Leia mais

Câmara Municipal de Uberaba Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623

Câmara Municipal de Uberaba Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623 Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623 Estima a receita e fixa a despesa do Município de Uberaba para o exercício de 2005, e contém outras disposições. O Povo do Município de Uberaba, Estado de Minas

Leia mais

VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64

VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64 VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64 Apresentação Este volume compõe o Balanço Geral do Estado do exercício financeiro 2010. Nele são apresentados os anexos exigidos na LEI 4.320/64. LUIZ MARCOS DE LIMA SUPERINTENDENTE

Leia mais

10.936.971,00 3.2.4.3.1.00.00 - Benefícios Eventuais por Situações de Vulnerabilidade Temporária - Consolidação

10.936.971,00 3.2.4.3.1.00.00 - Benefícios Eventuais por Situações de Vulnerabilidade Temporária - Consolidação PREFEITURA DO RECIFE SECRETARIA DE FINANÇAS GERÊNCIA GERAL DA CONTABILIDADE DO MUNICÍPIO DEMONSTRAÇÃO DAS VARIAÇÕES PATRIMONIAIS - CONSOLIDADO - 2013 Demonstrativo das Variações Patrimoniais e Resultado

Leia mais

Demonstrativo das Receitas Diretamente Arrecadadas por Órgão/Unidade Orçamentária

Demonstrativo das Receitas Diretamente Arrecadadas por Órgão/Unidade Orçamentária Demonstrativo das Receitas Diretamente Arrecadadas por Órgão/Unidade Orçamentária 01. 000 Câmara dos Deputados 1.462.885 1.388.134 74.751 01. 901 Fundo Rotativo da Câmara dos Deputados 1.462.885 1.388.134

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E FINANÇAS LOA - LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL - 2014

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E FINANÇAS LOA - LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL - 2014 01101 - CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ 01 - LEGISLATIVA 031 - Ação Legislativa 0001 - ATUAÇÃO LEGISLATIVA DA CÂMARA MUNICIPAL 2001 - Manutenção e Conservação de Bens Imóveis 37.602.000 37.602.000 37.602.000

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

CONSOLIDAÇÃO ORÇAMENTÁRIA CAPITULO III CONSOLIDAÇÃO ORÇAMENTÁRIA ADMINISTRAÇÃO DIRETA 31 3 CONSOLIDAÇÃO ORÇAMENTÁRIA - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 3.1 DOS BALANÇOS 3.1.1 - Resultado Financeiro do Exercício Considerando que a receita arrecadada

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santa Vitória

Prefeitura Municipal de Santa Vitória Estado de Minas Gerais 000 - CONSOLIDADO Período: 01-02-2015 a 28-02-2015 01021 25-03-2015 10:43:32 1.0.0.0.00.00.00 Receitas Correntes 104.781.529,32 7.967.161,22 17.057.545,28 1.1.0.0.00.00.00 Receita

Leia mais

Tabela de Fatos - DCA 2014

Tabela de Fatos - DCA 2014 Tabela de Fatos - DCA 2014 Element siconfi-cor:p1.0.0.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.0.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.1.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.2.00.00

Leia mais

Receita Orçamentária: Conceitos, codificação e classificação 1

Receita Orçamentária: Conceitos, codificação e classificação 1 Receita Orçamentária: Conceitos, codificação e classificação 1 1. CODIFICAÇÃO ORÇAMENTÁRIA DA RECEITA Para melhor identificação da entrada dos recursos aos cofres públicos, as receitas são codificadas

Leia mais

33201 - Instituto Nacional do Seguro Social

33201 - Instituto Nacional do Seguro Social Quadro Síntese - Função, Subfunção e Programa Total Órgão Total Unidade Função Total Subfunção Total Programa Total 09. Previdência Social 5.338.121.201 122. Administração Geral 1.919.387.533 0083. Previdência

Leia mais

Total 420.044.577,42 Total 420.044.577,42

Total 420.044.577,42 Total 420.044.577,42 Anexo 01 Demonstrativo da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas RECEITA DESPESA RECEITAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES RECEITA PATRIMONIAL 1.324.567,17 JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA 0,00 RECEITA

Leia mais

0046 - Transferência da Cota-Parte dos Estados e DF Exportadores na Arrecadação do IPI (CF, Art. 159)

0046 - Transferência da Cota-Parte dos Estados e DF Exportadores na Arrecadação do IPI (CF, Art. 159) Programa 0903 - Operações Especiais: Transferências Constitucionais e as Decorrentes de Legislação Específica Número de Ações 22 0044 - Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal - FPE (CF,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DAS FINANÇAS DIRETORIA FINANCEIRA CONTADORIA GERAL DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DAS FINANÇAS DIRETORIA FINANCEIRA CONTADORIA GERAL DO ESTADO DESPESAS CORRENTES 01. LEGISLATIVA 3190.09 Salário-Família Salário família de pessoal, a cargo de diversas unidades orçamentárias 2.199.759,83 Vencimentos e vantagens de pessoal, a cargo de diversas unidades

Leia mais

Prefeitura Municipal de Ibertioga Balancete Financeiro (Consolidado) Página 1 Período: 01/08/2011 a 31/08/2011 18/10/2011 10:03:48

Prefeitura Municipal de Ibertioga Balancete Financeiro (Consolidado) Página 1 Período: 01/08/2011 a 31/08/2011 18/10/2011 10:03:48 Prefeitura Municipal de Ibertioga Balancete Financeiro (Consolidado) Página 1 ORCAMENTARIAS 1 Receitas Correntes 871.896,14 7.105.194,18 11 Receita Tributária 15.190,79 116.474,16 111 Impostos 14.948,39

Leia mais

Documento gerado em 27/04/2015 15:46:27 Página 1 de 42

Documento gerado em 27/04/2015 15:46:27 Página 1 de 42 DCA-Anexo I-AB Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Padrao Balanço Patrimonial Ativo - Ativo - 1.0.0.0.0.00.00 - Ativo 90.603.291,75 1.1.0.0.0.00.00 - Ativo Circulante 39.564.561,26 1.1.1.0.0.00.00 -

Leia mais

SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MONDAI

SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MONDAI SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MONDAI Receita Prevista e Realizada - Balanço Orçamentário (Artigo 2º, Inciso XIV da I.N. nº 028/1999) Admiministração Direta, Indireta e Fundacional Títulos Orçada

Leia mais

o Povo do.município de Fruta de Leite, por seus representantes

o Povo do.município de Fruta de Leite, por seus representantes Projeto de Lei N.o Çl1- /2015 "Estima a Receita e Fixa a Despesa do Município de Fruta de Leite para o Exercício Financeiro de 2016 e dá outras Providências". o Povo do.município de Fruta de Leite, por

Leia mais

Receita Orçamentária: Conceitos, codificação e classificação 1

Receita Orçamentária: Conceitos, codificação e classificação 1 Para mais informações, acesse o Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público, Parte I Procedimentos Contábeis Orçamentários, 5ª edição. https://www.tesouro.fazenda.gov.br/images/arquivos/artigos/parte_i_-_pco.pdf

Leia mais

A. ABERTURA DA DESPESA:...

A. ABERTURA DA DESPESA:... SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Procedimentos... 3 A. ABERTURA DA DESPESA:... 3 Centralizadora x Executora(s): validação do orçamento registrado na unidade centralizadora e nas unidades executoras (exclusivo

Leia mais

PORTARIA N o 42, DE 14 DE ABRIL DE 1999 (ATUALIZADA) (*) (Publicada no D.O.U. de 15.04.99)

PORTARIA N o 42, DE 14 DE ABRIL DE 1999 (ATUALIZADA) (*) (Publicada no D.O.U. de 15.04.99) PORTARIA N o 42, DE 14 DE ABRIL DE 1999 (ATUALIZADA) (*) (Publicada no D.O.U. de 15.04.99) Atualiza a discriminação da despesa por funções de que tratam o inciso I do 1 o do art. 2 o e 2 o do art. 8 o,

Leia mais

Contabilidade Pública. Aula 3. Apresentação. Definição de Receita Pública. Receita Pública. Classificação da Receita Pública

Contabilidade Pública. Aula 3. Apresentação. Definição de Receita Pública. Receita Pública. Classificação da Receita Pública Contabilidade Pública Aula 3 Apresentação Prof. Me. Adilson Lombardo Definição de Receita Pública Um conjunto de ingressos financeiros com fonte e fatos geradores próprios e permanentes, oriundos da ação

Leia mais

CONFERÊNCIA DE ABERTURAS DA RECEITA, DESPESA E PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA

CONFERÊNCIA DE ABERTURAS DA RECEITA, DESPESA E PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA 1. Objetivo Estabelecer procedimentos para conferência das aberturas da receita, despesa e programação financeira, por meio das respectivas funcionalidades Abertura da Receita ABR, Abertura da Despesa

Leia mais

Comparativo Receita Orçada / Arrecadada

Comparativo Receita Orçada / Arrecadada Comparativo Receita Orçada / 1000000000 RECEITAS CORRENTES 2.559.915.741,00 2.315.164.067,05 244.751.673,95 1100000000 RECEITA TRIBUTÁRIA 653.441.115,00 532.491.940,91 120.949.174,09 1110000000 IMPOSTOS

Leia mais

Prefeitura Municipal de Assis Exercicio de 2014 - Anexo 2, da Lei 4.320/64 Unidade Gestora: CONSOLIDADO Categoria Codigo Especificacao Desdobramento

Prefeitura Municipal de Assis Exercicio de 2014 - Anexo 2, da Lei 4.320/64 Unidade Gestora: CONSOLIDADO Categoria Codigo Especificacao Desdobramento 1000.00.00.00.00 Receitas Correntes 231.952.000,00 1100.00.00.00.00 Receita Tributaria 40.032.042,00 1110.00.00.00.00 Impostos 38.751.000,00 1112.00.00.00.00 Impostos sobre o Patrimonio e a Renda 24.911.000,00

Leia mais

PORTARIA N o 21 DE 28 DE JULHO DE 2006 (publicada no DOU de 01/08/2006, seção I, página 77)

PORTARIA N o 21 DE 28 DE JULHO DE 2006 (publicada no DOU de 01/08/2006, seção I, página 77) PORTARIA N o 21 DE 28 DE JULHO DE 2006 (publicada no DOU de 01/08/2006, seção I, página 77) Dispõe sobre a classificação orçamentária por natureza de receita para aplicação no âmbito da União. O SECRETÁRIO

Leia mais

ANEXO DE RISCOS FISCAIS TABELA 1 - DEMONSTRATIVO DE RISCOS FISCAIS E PROVIDÊNCIAS 2013 ARF (LRF, art. 4º, 3º) PASSIVOS CONTINGENTES PROVIDÊNCIAS Descrição Valor Descrição Valor Abertura de créditos adicionais

Leia mais

Agosto/2006 a Agosto/2006 ANEXO 2, DA LEI 4.320/64 RECEITA SEGUNDO AS CATEGORIAS ECONÔMICAS - EXERCÍCIO DE 2006

Agosto/2006 a Agosto/2006 ANEXO 2, DA LEI 4.320/64 RECEITA SEGUNDO AS CATEGORIAS ECONÔMICAS - EXERCÍCIO DE 2006 Página 1 de 6 RECEITA SEGUNDO AS S S - EXERCÍCIO DE 2006 1.0.0.0.00.00.00.00.00 CORRENTES 1.1.0.0.00.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTARIA 1.1.1.0.00.00.00.00.00 IMPOSTOS 1.1.1.2.00.00.00.00.00 IMPOSTOS SOBRE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JACOBINA RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JACOBINA RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA BALANÇO ORÇAMENTÁRIO ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO ABRIL 2015/ BIMESTRE MARÇOABRIL RREO ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e 1º) R$ 1,00 RECEITAS PREVISÃO

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA PROJETO DE LEI Nº 261/2014 Estima a receita e fixa a despesa do Estado para o exercício financeiro de 2015. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, NO EXERCÍCIO DO CARGO DE GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA,

Leia mais

PORTARIA N o 45, DE 26 DE AGOSTO DE 2015 (publicada no DOU de 28/08/15, Seção I, página 116)

PORTARIA N o 45, DE 26 DE AGOSTO DE 2015 (publicada no DOU de 28/08/15, Seção I, página 116) PORTARIA N o 45, DE 26 DE AGOSTO DE 2015 (publicada no DOU de 28/08/15, Seção I, página 116) Dispõe sobre o desdobramento da classificação por natureza de receita para aplicação no âmbito da União. A SECRETÁRIA

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA ESTADO DE SANTA CATARINA TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DIRETORIA DE CONTROLE DOS MUNICÍPIOS - DMU DESTINAÇÃO DA RECEITA PÚBLICA - APLICÁVEL PARA O EXERCÍCIO DE 2012 CODIFICAÇÃO UTILIZADA PARA CONTROLE DAS

Leia mais

EIXO 3 ADMINISTRÇÃO PÚBLICA. D 3.4 Planejamento e Gestão Orçamentária e Financeira (24h) Professor: James Giacomoni. Aula 5

EIXO 3 ADMINISTRÇÃO PÚBLICA. D 3.4 Planejamento e Gestão Orçamentária e Financeira (24h) Professor: James Giacomoni. Aula 5 EIXO 3 ADMINISTRÇÃO PÚBLICA D 3.4 Planejamento e Gestão Orçamentária e Financeira (24h) Professor: James Giacomoni Aula 5 17 a 19, 21 a 25, 28 e 29 de novembro de 2011 Classificações orçamentárias Despesa

Leia mais

LEI Nº. 8.943, DE 15 DE JANEIRO DE 2007.

LEI Nº. 8.943, DE 15 DE JANEIRO DE 2007. Governo do Estado do Rio Grande do Norte Gabinete Civil Coordenadoria de Controle dos Atos Governamentais LEI Nº. 8.943, DE 15 DE JANEIRO DE 2007. Estima a receita e fixa a despesa do Estado do Rio Grande

Leia mais

MUNICIPIO DE MIMOSO DO SUL PREFEITURA E FMS ESPIRITO SANTO 27.174.119/0001-37 BALANCETE ANALÍTICO DA RECEITA ORÇAMENTÁRIA JULHO DE 2014 Arrecadação

MUNICIPIO DE MIMOSO DO SUL PREFEITURA E FMS ESPIRITO SANTO 27.174.119/0001-37 BALANCETE ANALÍTICO DA RECEITA ORÇAMENTÁRIA JULHO DE 2014 Arrecadação 11120200000 - IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE PREDIAL E TERRITORIAL URBANA 320.000,00 37.605,75 336.345,12 16.345,12 11120431000 - IMPOSTO DE RENDA RETIDO NAS FONTES SOBRE OS REND. DO TRABALHO 143.000,00 71.571,96

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GOTARDO Rua Professora Maria Coeli Franco, 13 - CNPJ nº 18.602.037/0001-55 CEP: 38.800-000

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GOTARDO Rua Professora Maria Coeli Franco, 13 - CNPJ nº 18.602.037/0001-55 CEP: 38.800-000 PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GOTARDO Rua Professora Maria Coeli Franco, 13 - CNPJ nº 18.602.037/0001-55 CEP: 38.800-000 LEI N 2.076, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. ESTABELECE PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA, ESTIMANDO

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO - DCASP

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO - DCASP DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO - DCASP Novas Demonstrações Contábeis do Setor Público DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO SETOR PÚBLICO Englobam todos os fatos contábeis e atos que interessam

Leia mais

Classificação por Categoria Econômica

Classificação por Categoria Econômica Classificação por Categoria Econômica 1. Classificação A classificação por categoria econômica é importante para o conhecimento do impacto das ações de governo na conjuntura econômica do país. Ela possibilita

Leia mais

[Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo. 1.1.1.1.2.00.00 - Caixa e Equivalentes de Caixa em Moeda Nacional - Intra OFSS

[Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo. 1.1.1.1.2.00.00 - Caixa e Equivalentes de Caixa em Moeda Nacional - Intra OFSS [Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Qname siconfi-dca-anexo1abhi : BalancoPatrimonialAbstract siconfi-dca-anexo1abhi : AtivoAbstract siconfi-dca-anexo1abhi : AtivoLineItems siconfi-cor :

Leia mais

Página de Transparência Pública - Tabela de Natureza da Despesa Fonte: Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal SIAFI

Página de Transparência Pública - Tabela de Natureza da Despesa Fonte: Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal SIAFI Página de Transparência Pública - Tabela de Natureza da Despesa Fonte: Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal SIAFI OBS: utilizar apenas a parte numérica dos códigos, desprezando

Leia mais

INFORMAÇÕES BÁSICAS LEI Nº 16.287, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2014

INFORMAÇÕES BÁSICAS LEI Nº 16.287, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2014 Estado de Santa Catarina Secretaria de Estado da Fazenda Diretoria de Planejamento Orçamentário Gerência de Elaboração do Orçamento ORÇAMENTO DE 2014 INFORMAÇÕES BÁSICAS LEI Nº 16.287, DE 20 DE DEZEMBRO

Leia mais

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município Estrutura Administrativa e Principais 01. Câmara Municipal - Lei Orgânica do Município de Teresina, de 05 de abril de 1991. - Votar o Orçamento Anual e o Plano Plurianual, bem como autorizar abertura de

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO DA RECEITA POR SUA NATUREZA Em R$ 1,00

CONSOLIDAÇÃO DA RECEITA POR SUA NATUREZA Em R$ 1,00 10000000 RECEITAS CORRENTES 5.333.697.922 11000000 RECEITA TRIBUTARIA 2.123.261.493 11120000 IMPOSTOS 248.988.321 11120430 11120501 11120700 RETIDO NAS FONTES IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE DE VEICULOS AUTOM

Leia mais

Plano Plurianual DESENVOLVIMENTO, PRODUTIVIDADE E INCLUSÃO SOCIAL ANEXO II

Plano Plurianual DESENVOLVIMENTO, PRODUTIVIDADE E INCLUSÃO SOCIAL ANEXO II Plano Plurianual 216 219 DESENVOLVIMENTO, PRODUTIVIDADE E INCLUSÃO SOCIAL ANEXO II PROGRAMA: 21 - Aprimoramento do Ministério Público Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social 82.71 268.863 Despesas Correntes

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE LONDRINA

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE LONDRINA FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE LONDRINA LEGISLAÇÃO: Leis Municipais nº 1.639 de 24/03/1970, nº 2.811 de 13/10/1977, nº 4.897 de 17/12/1991, nº 4.911 de 27/12/1991, nº 6.236 de 13/07/1995, nº 8.445 de 04/07/2001e

Leia mais

Prefeitura Municipal de São José da Lapa

Prefeitura Municipal de São José da Lapa Estado de Minas Gerais Demostração das Variações Patrimoniais - Anexo 15 - Lei 4.320/64 ENTIDADE: 000 - CONSOLIDADO lilian@sonner.com.br 30-03-2015 13:44:25 400000000 VARIAÇÃO PATRIMONIAL AUMENTATIVA 300000000

Leia mais

Cidades Metropolitanas: Estrutura Fiscal e Capacidade de Financiamento de Investimentos

Cidades Metropolitanas: Estrutura Fiscal e Capacidade de Financiamento de Investimentos Cidades Metropolitanas: Estrutura Fiscal e Capacidade de Financiamento de Investimentos Planejamento Urbano O orçamento importa! O Planejamento está subordinado ao orçamento? Restrições orçamentárias ou

Leia mais

(EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (I) 19.331.000,00 19.331.000,00 1.019.712,35 5,28 12.775.069,85 66,09 6.555.930,15 RECEITAS CORRENTES

(EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (I) 19.331.000,00 19.331.000,00 1.019.712,35 5,28 12.775.069,85 66,09 6.555.930,15 RECEITAS CORRENTES RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA BALANÇO ORÇAMENTÁRIO ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO A DEZEMBRO 2014/ BIMESTRE NOVEMBRODEZEMBRO RREO ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARANÁ Data: 19/03/10 SIM- AM SISTEMA DE INFORMAÇÕES MUNICIPAIS- ACOMPANHAMENTO MENSAL Hora: 14:40:39

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARANÁ Data: 19/03/10 SIM- AM SISTEMA DE INFORMAÇÕES MUNICIPAIS- ACOMPANHAMENTO MENSAL Hora: 14:40:39 1.0.00.00.00.00.00 RECEITAS CORRENTES 14.033.075,00 13.097.929,05 935.145,95 1.1.00.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTARIA 1.1.10.00.00.00.00 IMPOSTOS 1.1.12.00.00.00.00 IMPOSTOS SOBRE O PATRIMONIO E A RENDA 1.1.12.02.00.00.00

Leia mais

CPL Informática. Pág. 001 TOTAL DA RECEITA 688.528,66 4.918.903,71 RECEITA ORCAMENTÁRIA 663.100,17 4.778.731,11 10000000 RECEITA CORRENTE 642.800,17 4.237.181,11 11000000 RECEITA TRIBUTÁRIA 52.983,72 498.188,62

Leia mais

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now. Estado do Rio de Janeiro Receita Segundo as Categorias Economicas Folha: 1 Prefeitura Municipal de Sao Goncalo Exercicio de 2006 - Anexo 2, da Lei 4.320/64 Unidade Gestora: CONSOLIDADO Categoria Codigo

Leia mais

Prefeitura Municipal de Marília Secretaria da Fazenda. Audiência Pública 3º Quadrimestre de 2014

Prefeitura Municipal de Marília Secretaria da Fazenda. Audiência Pública 3º Quadrimestre de 2014 Prefeitura Municipal de Marília Secretaria da Fazenda Audiência Pública 3º Quadrimestre de 2014 FUNDAMENTO LEGAL O artigo 9º, parágrafo 4 da Lei Complementar nº 101 de 04/05/2000 (Lei de Responsabilidade

Leia mais

RECEITA. Despesas Correntes, sob forma: Tributária Patrimonial Industrial Recursos financeiros Outras. Tributo: Definição: Receita derivada,

RECEITA. Despesas Correntes, sob forma: Tributária Patrimonial Industrial Recursos financeiros Outras. Tributo: Definição: Receita derivada, RECEITA Definição : receita recebida de pessoa de direito público Definição: Receita recebida de pessoas de direito público ou privado, ou privado, para atender despesas classificáveis em para atender

Leia mais

QUADRO DA LEGISLAÇÃO DA RECEITA

QUADRO DA LEGISLAÇÃO DA RECEITA FOLHA: 1 1.0.0.0.00.00 RECEITAS CORRENTES 1.1.0.0.00.00 RECEITA TRIBUTARIA 1.1.1.0.00.00 IMPOSTOS 1.1.1.2.00.00 Imposto Sobre o Patrimonio e a Renda 1.1.1.2.02.00 1 Imposto s/propried.predial Territ.Urbana

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA CLASSIFICAÇÃO DAS DESPESAS Atualizado em 14/10/2015 CLASSIFICAÇÕES DA DESPESA ESFERA ORÇAMENTÁRIA A classificação por esfera orçamentária tem por finalidade identificar

Leia mais

RESUMO GERAL DA RECEITA Orçamento Fiscal 2015

RESUMO GERAL DA RECEITA Orçamento Fiscal 2015 10000000000000 RECEITAS CORRENTES 11000000000000 RECEITA TRIBUTÁRIA 11100000000000 IMPOSTOS 11120000000000 IMPOSTOS SOBRE O PATRIMÔNIO E A RENDA 11120200000000 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE PREDIAL E TERRITORIAL

Leia mais

ANEXO I METAS FISCAIS LDO 2015

ANEXO I METAS FISCAIS LDO 2015 ANEXO I METAS FISCAIS LDO 2015 LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2015 ANEXO I METAS FISCAIS ANEXO I.1 DEMONSTRATIVO DE METAS FISCAIS E MEMÓRIA DE CÁLCULO ( 1º, art.4º da Lei Complementar Federal nº 101,

Leia mais

ESTADO DE MINAS GERAIS PREFEITURA MUNICIPAL DE ALFENAS

ESTADO DE MINAS GERAIS PREFEITURA MUNICIPAL DE ALFENAS 1.0.0.0.00.00.00.00.00 RECEITAS CORRENTES 9.917.236,09 23.072.554,03 1.1.0.0.00.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTARIA 796.888,37 1.521.854,90 1.1.1.0.00.00.00.00.00 IMPOSTOS 614.695,96 1.292.617,97 1.1.1.2.00.00.00.00.00

Leia mais

ANEXO II RELAÇÃO DAS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA DE 2014

ANEXO II RELAÇÃO DAS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA DE 2014 ANEXO II RELAÇÃO DAS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA DE 2014 I - Critérios utilizados para a discriminação, na programação de trabalho, do código identificador de resultado primário

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA AUDIÊNCIA PÚBLICA AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DAS METAS 3º QUADRIMESTRE DE 2011

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA AUDIÊNCIA PÚBLICA AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DAS METAS 3º QUADRIMESTRE DE 2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA AUDIÊNCIA PÚBLICA AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DAS METAS 3º QUADRIMESTRE DE 2011 LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL DA TRANSPARÊNCIA DA GESTÃO FISCAL Art. 48. São instrumentos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA GLORIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA GLORIA Página 1 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 BALANÇO ORÇAMENTÁRIO RREO ANEXO 1 (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas a e b do inciso II e 1º) R$ RECEITAS PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS NO BIMESTRE % ATÉ BIMESTRE

Leia mais

PORTARIA Nº 492, DE 29 DE JUNHO DE 2006

PORTARIA Nº 492, DE 29 DE JUNHO DE 2006 15 REPÚBLICA F Novembro EDERATIVA DO BRASIL PORTARIA Nº 492, DE 29 DE JUNHO DE 2006 O SECRETÁRIO-ADJUNTO DO TESOURO NACIONAL, no uso das atribuições que lhe confere a Portaria nº 403, 2 zembro 2005, do

Leia mais

36000 - Ministério da Saúde

36000 - Ministério da Saúde 36000 - Ministério da Saúde Órgão: Poder Executivo 36000 - Ministério da Saúde Quadro Síntese Código / Especificação Lei+Créditos Empenhado PLO LOA PLO 2011 2011 2012 2012 2013 Total 80.873.978.125 78.490.231.193

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N o 13/2014 Aprova o Orçamento Interno da Universidade Federal da Paraíba, para o exercício financeiro de 2014.

Leia mais

As mensagens de erro são representadas por um código seguido da descrição do erro encontrado. Abaixo segue a estrutura do código de erro:

As mensagens de erro são representadas por um código seguido da descrição do erro encontrado. Abaixo segue a estrutura do código de erro: Anexo I - Regras de Validação - RREO O presente anexo possui o objetivo de apresentar a estrutura das mensagens de erros emitidas quando o sistema encontra alguma inconsistência na validação das fórmulas

Leia mais

Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas por Projetos e Atividades - Anexo VII

Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas por Projetos e Atividades - Anexo VII 01 Legislativa 3.000.000 52.200.000 55.200.000 01031 Ação Legislativa 7.834.000 7.834.000 010310028 ATUAÇÃO LEGISLATIVA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 7.834.000 7.834.000 01122 Administração Geral 3.000.000 38.140.000

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2015. (Diário Oficial de Contas de 01.12.2015)

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2015. (Diário Oficial de Contas de 01.12.2015) INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2015 (Diário Oficial de Contas de 01.12.2015) Estabelece diretrizes para a prestação das contas anuais do Chefe do Poder Executivo Municipal referente ao exercício de 2015 e dá

Leia mais