Fazenda Triunfo Integração Lavoura-Pecuária Safrinha de Boi. Diversificação da produção em larga escala em clima tropical (Oeste da Bahia)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Fazenda Triunfo Integração Lavoura-Pecuária Safrinha de Boi. Diversificação da produção em larga escala em clima tropical (Oeste da Bahia)"

Transcrição

1 Fazenda Triunfo Integração Lavoura-Pecuária Safrinha de Boi Diversificação da produção em larga escala em clima tropical (Oeste da Bahia)

2 Nossa experiência de... Integração lavoura-pecuária

3 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO: -DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS DO OESTE DA BA -PRINCIPAIS CULTURAS CULTIVADAS -FAZENDA TRIUNFO -FAZENDA NOVALE -TRABALHO DESENVOLVIDO NA TRIUNFO SAFRA 09/10 -SAFRINHA DE BOI NA FAZENDA TRIUNFO

4 Fazenda Triunfo/Fazenda Novale Faz. Triunfo (S11º27 11,2 ; W045º31 52,3 ) Formosa do Rio Preto Faz. Novale Riachão das Neves LEM Barreiras São Desidério Correntina Jaborandi

5 Pluviometria - Oeste da Bahia - Veranicos - Altitude: 800m - Amplitude térmica diária FONTE:

6 Evolução de área plantada de soja, milho e algodão Oeste Baiano Safra Cultura (x 1000 ha) Soja Milho %? Algodão Fonte: AIBA -Milho safra, muito pouco segunda safra - Pequena produção de palhada para o SPD

7 Rotação soja/milho Fazenda Triunfo 30 % Milho na Fazenda Triunfo % Milho

8 Produtividade (kg/ha) e Área (ha) Área e Produtividade de soja - Fazenda Triunfo Chuvas Ano 13/14: 1400 mm Ano 14/15: 964 mm Ano 15/16: 869 mm Ano 16/17: 888 mm ÁREA (ha) kg/ha

9 Produtividade (kg/ha) e Área (ha) Área e Produtividade de milho - Fazenda Triunfo Chuvas Ano 13/14: 1400 mm Ano 14/15: 964 mm Ano 15/16: 869 mm Ano 16/17: 888 mm ÁREA (ha) kg/ha

10 MILÍMETROS ÍNDICE PLUVIOMÉTRICO NAS ÚLTIMAS DUAS SAFRAS SET OUT NOV DEZ JAN FEV MAR ABR 2015/ /2017

11 Safrinha de Boi ou Pasto Safrinha Resíduos ML Prot. animal - Experiência com bovinos de corte - Boi: MARAVILHA! - Vaca de cria? Lourival Vilela

12 Fazenda Novale -Região do Vale do Oeste Baiano: 500 m altitude -Relevo ondulado -Terra menos valorizada região pecuária -Vacas de cria parição OUT a JAN -Bezerros desmamados com JUN-JUL -Garrotes 12 meses: NOV -Garrotes 18 meses: MAI

13 Fazenda Triunfo, Formosa do Rio Preto, BA Sistema Milho (kg/ha) Forragem (kg/ha de MS) Milho+B. brizantha cv. Piatã Milho+B. ruziziensis Lourival Vilela Vilela & Manjabosco; 2009 (dados não publicados)

14 Fazenda Triunfo, Formosa do Rio Preto, BA Pastagem N de animais Taxa de Lotação Ganho de peso (cab./ha) (UA/ha) 1 (kg/animal/dia) (kg/ha) B. brizantha cv. Piatã 100 2,09 1,35 0, ,2 6,9 B. ruziziensis 134 1,12 0,73 0,800 50,6 3,4 Lourival Vilela Vilela & Manjabosco; 2009 (dados não 14 publicados)

15 Fazenda Triunfo, Formosa do Rio Preto, BA Data de abate Ganho de peso (g/an./dia) B. brizantha cv. Piatã B. ruziziensis 10/08/ (32) 915 (37) 1 21/09/ (34) 864 (32) 13/10/ (34) 696 (65) Total Número de animais abatidos. Data de entrada: 1/06/2010.

16 Grãos (kg/ha) Fazenda Triunfo, Formosa do Rio Preto, BA Sem braquiária Com braquiária Pastejo Sem adubo no sulco Com adubo no sulco Média Sem pastejo a Com pastejo a Média a a Lourival Vilela

17 1,40 m

18 Decomposição da MS e liberação de nutrientes 7,0 6,0 5,0 Y=6,22e (-0,006x) R 2 =0,99 Nutriente Liberado pela palhada Equivalente de Fertilizante Economia..kg ha -1 R$ ha -1 N 26, ,29 P (P 2 O 5 ) 7,3 (16,7) 93 63,24 K (K 2 O) 42,3 (51,0) ,85 Total 249,22 N: Ureia (45% de N; R$ 2,78 kg -1 N); P:(Superfosfato simples (18% de P 2 O 5, R$ 4,16 kg -1 P 2 O 5 ); K: Cloreto de Potássio (60% de K 2 O, R$ 2,08 kg -1 K 2 O). Fonte: Santos et al. R. Bras. Ci. Solo, 38: , MS (kg/ha) 4,0 3,0 2,0 1,0 0, Dias Elaborado por L.Vilela. Adaptado de Santos, F. C. et al., Lourival Vilela

19 Rendimento de soja efeito do pastejo da braquiária Safra Rendimento soja (kg/ha) Diferença Com pastejo Sem pastejo (kg/ha) Planaltina, DF Rendimento de soja (2492) Média / Dessecação em julho de Dessecação julho: kg/ha Dessecação novembro: kg/ha Marchão&Vilela, 2014

20 Evolução do Sistema Safrinha de Boi Fazenda Triunfo Tabela 1. Evolução de rebanho e desempenho animal no sistema. Ano Cabeça Idade ao Ganho de Rendimento Peso carcaça abate peso carcaça (mês) (kg) (kg/dia) (%) 2010* ,0 0,872 52, ,5 0,620 52, ,0 1,080 52, ,5 0,826 52, ,0 0,658 53, ,0 0,793 53, vacas 215,7 0,713 50, bezerros > 240 kg PV 0, bois 24 m vacas e novilhas bezerros *Em 2010 avaliação em parceria com Embrapa Cerrados.

21 MAPA DA FAZENDA TRIUNFO A1 B1 BA Rod. Anel da Soja A2 B2 C1-2 A3 B3 C3 Linha do Ouro A4 B4 C4 sede D4 A5 B5 C5 D5 A6 B6 C6 D6 A7 B7 C7 D7 E7 A8 B8 C8 D8 E8 A9 B9 C9 D9 E9 A10 B10 C10 D10 E10 F10 G10 H10 A11 B11 C11 D11 E11 F11 G11 H11 I11-12 B12 C12 D12 E12 F12 G12 H12 C 13 D 13 E13 F13 G13 H13-14 C 14 D 14 E14 F14 G14 C 15 C 16 E 15 F 15 G C 17 E 16 F 16 C 18 E 17 F 17 C 19

22

23 Novilhos em engorda hoje ½ sangue Angus e Tri-cross Nelore 23

24 Safra 2013/ Veranico

25 Plantas Daninhas na Sucessão de Milho com ou sem Brachiaria (13/14) Área sem Brachiaria Área com Brachiaria

26 CONSÓRCIOS Milho com Brachiaria Brachiaria com Milho 26

27 Sucessão Soja - Milheto Sobressemeadura de Milheto Milheto plantado na linha 27

28

29 Fazenda Triunfo, Formosa do Rio Preto, BA -Plantio milho + Brachiaria ruziziensis/brizantha simultâneo -Herbicida Callisto + Sanson -Foi testado herbicida pré-emergente com maior taxa de semeadura -Suplementação bovinos 2 kg/dia e nos últimos 45 dias 5 kg/dia -Em torno de animais em 50 ha por 3 a 4 semanas. -Animais inteiros pois mercado da BA não paga por qualidade AINDA. 29 Lourival Vilela

30 Comentários Finais -FAZER UM CONSÓRCIO PRODUZIR É MAIS COMPLICADO DO QUE UMA CULTURA SOLTEIRA DÁ PARA FAZER, MAS EXIGE CONHECIMENTO TÉCNICO. - SPD : SEM PALHA E SEM ROTAÇÃO TEM VIDA CURTA. -TEMOS QUE INVESTIR NA VIDA DO NOSSO SOLO. -PRECISAMOS DE UMA EQUIPE ENGAJADA E TREINADA. BAIXA ROTATIVIDADE DE COLABORADORES. -ESSA INTEGRAÇÃO LAVOURA/PECUÁRIA, NO NOSSO CASO, É UM GANHA/GANHA, POIS ABATEMOS OS ANIMAIS MAIS JOVENS E MAIS PESADOS E PRODUZIMOS MAIS KG DE SOJA/HA. -ESTAMOS COMEÇANDO A FAZER A RODA GIRAR. AINDA TEMOS MUITO A APREENDER.

31 EQUIPE DA FAZENDA TRIUNFO

32 Muito obrigado pela sua atenção! O solo não é um bem que herdamos dos nossos pais, mas um patrimônio que tomamos emprestado dos nossos filhos Foto de Adriano Lupinacci Lourival Vilela

INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA: benefícios produtivos, econômicos e ambientais

INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA: benefícios produtivos, econômicos e ambientais Barbacena, 08 de abril de 2016 INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA: benefícios produtivos, econômicos e ambientais Roberto Guimarães Júnior EMBRAPA Levar conhecimento, práticas modernas e novidades do mercado

Leia mais

INTEGRAÇÃO LAVOURA- Prof. Dr. Gelci Carlos Lupatini. UNESP Campus Experimental de Dracena 8200

INTEGRAÇÃO LAVOURA- Prof. Dr. Gelci Carlos Lupatini. UNESP Campus Experimental de Dracena 8200 INTEGRAÇÃO LAVOURA- PECUÁRIA Prof. Dr. Gelci Carlos Lupatini UNESP Campus Experimental de Dracena (18) 3821-8200 8200 lupatini@dracena.unesp.br 1 INTRODUÇÃO Monocultivo de culturas e pastagens; Problemas

Leia mais

Sistemas integrados como alternativa para intensificação ecológica

Sistemas integrados como alternativa para intensificação ecológica Sistemas integrados como alternativa para intensificação ecológica "Rumo aos novos desafios" Segurança Alimentar Ecoeficiência Intensificação Sustentável Intensificação Ecológica Mudança Climática Sustentabilidade

Leia mais

Consórcio Milho-Braquiária

Consórcio Milho-Braquiária Gessí Ceccon Consórcio Milho-Braquiária 1Oque é. É o cultivo simultâneo de milho safrinha com braquiária utilizando a semeadora de soja, ajustando-a para uma linha de milho safrinha e outra de braquiária.

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO

SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO ARENITO CAIUÁ Realidade Paisagem ilustrando cerca de 1,4 milhões de hectares de pastagem em condições de degradação e baixa rentabilidade no Arenito do Paraná. Lotação média

Leia mais

Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão

Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão Módulo I PRODUÇÃO DE BOVINOS EM PASTAGENS NO BRASIL Prof. Dr. Gelci Carlos Lupatini Zootecnia UNESP/Dracena

Leia mais

Recria Intensiva em sistemas de ILP(F).

Recria Intensiva em sistemas de ILP(F). Recria Intensiva em sistemas de ILP(F). William Marchió :. Rede de Fomento ILPF Integração Lavoura Pecuária e Floresta ilpf Intensif icação Sustentável Rede de Fomento ILPF ILPF NO BRASIL Pesquisa encomendada

Leia mais

OPORTUNIDADES DA INTEGRAÇÃO LAVOURA PECUÁRIA; SITUAÇÃO NO CERRADO PAULO JACINTO BATEZINI DE SOUZA

OPORTUNIDADES DA INTEGRAÇÃO LAVOURA PECUÁRIA; SITUAÇÃO NO CERRADO PAULO JACINTO BATEZINI DE SOUZA OPORTUNIDADES DA INTEGRAÇÃO LAVOURA PECUÁRIA; SITUAÇÃO NO CERRADO PAULO JACINTO BATEZINI DE SOUZA FAZENDA VENTANIA MAURÍCIO BATEZINI DE SOUZA FAZENDA VENTANIA DOURADOS-MS REGIÃO DE TRANSIÇÃO CLIMÁTICA

Leia mais

Produtividade: Interação entre Adubação Fosfatada de Pastagens e Suplementação Mineral

Produtividade: Interação entre Adubação Fosfatada de Pastagens e Suplementação Mineral 0 Produtividade: Interação entre Adubação Fosfatada de Pastagens e Suplementação Mineral Paulo Rodrigo Santos de Souza Zootecnista, Msc. Produção Animal 1 Pecuária Brasileira no Mundo Brasil é o maior

Leia mais

Bonito, MS 19 a 22 de setembro de 2006

Bonito, MS 19 a 22 de setembro de 2006 INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA NO SISTEMA PLANTIO DIRETO: parceria decisiva para a sustentabilidade da agropecuária brasileira (Integration of Planting and Cattle Grazing in No-Till: Decisive Solution for

Leia mais

Desafios para aumento da produtividade da soja

Desafios para aumento da produtividade da soja Desafios para aumento da produtividade da soja Embrapa Soja Avaliação e Reflexões sobre a Produtividade da Soja no Mato Grosso Passado, presente e futuro Londrina, 25 de outubro de 2016 Leandro Zancanaro

Leia mais

TERMINAÇÃO. Sistemas de produção de carne no Brasil Sistema de 2010 (x 1000) 2010 (%) Sistemas de Produção 11/03/2015

TERMINAÇÃO. Sistemas de produção de carne no Brasil Sistema de 2010 (x 1000) 2010 (%) Sistemas de Produção 11/03/2015 TERMINAÇÃO Sistemas de produção de carne no Brasil Sistema de 2010 (x 1000) 2010 (%) produção Confinamento 3.047 7,39 Semiconfinamento Pastagens inverno 2.583 6,27 822 1,99 Pastagem sem 34.748 84,35 definição

Leia mais

OBJETIVOS PASTAGENS NA RECRIA DE TERNEIROS REDUÇÃO NA IDADE DE ABATE. Luís Fernando G. de Menezes

OBJETIVOS PASTAGENS NA RECRIA DE TERNEIROS REDUÇÃO NA IDADE DE ABATE. Luís Fernando G. de Menezes OBJETIVOS PASTAGENS NA RECRIA DE TERNEIROS IDADE DE ABATE IDADE DE ENTOURE Luís Fernando G. de Menezes Zootecnista, Dr. UTFPR luismenezes@utfpr.edu.br REDUÇÃO NA IDADE DE ABATE OBJETIVOS: Aumentar a taxa

Leia mais

USO DE FORRAGEIRAS NO SISTEMA DE PRODUÇÃO ILPF

USO DE FORRAGEIRAS NO SISTEMA DE PRODUÇÃO ILPF Simpósio sobre Produção, Qualidade e Uso de Sementes de Forrageiras Tropicais USO DE FORRAGEIRAS NO SISTEMA DE PRODUÇÃO ILPF EDEMAR MORO edemar@unoeste.br ATUAÇÃO PROFISSIONAL www.solosarenosos.com.br

Leia mais

Sistema Plantio Direto e Integração Lavoura-Pecuária em Mato Grosso do Sul

Sistema Plantio Direto e Integração Lavoura-Pecuária em Mato Grosso do Sul Sistema Plantio Direto e Integração Lavoura-Pecuária em Mato Grosso do Sul Julio Cesar Salton Pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste Dourados/MS É consenso afirmar que o Sistema Plantio Direto (SPD)

Leia mais

18 a em 24 MESES: O QUANTO O CONFINAMENTO DEPENDE DO PASTO? César Borges Zootecnista, MSc Gerente de Desenvolvimento e Soluções - Phibro

18 a em 24 MESES: O QUANTO O CONFINAMENTO DEPENDE DO PASTO? César Borges Zootecnista, MSc Gerente de Desenvolvimento e Soluções - Phibro 18 a 21@s em 24 MESES: O QUANTO O CONFINAMENTO DEPENDE DO PASTO? César Borges Zootecnista, MSc Gerente de Desenvolvimento e Soluções - Phibro Introdução Evolução da área plantada e da produção de soja

Leia mais

SISTEMAS DE CONSÓRCIO EM MILHO SAFRINHA. Gessi Ceccon 1 1.INTRODUÇÃO

SISTEMAS DE CONSÓRCIO EM MILHO SAFRINHA. Gessi Ceccon 1 1.INTRODUÇÃO SISTEMAS DE CONSÓRCIO EM MILHO SAFRINHA Gessi Ceccon 1 1.INTRODUÇÃO A sucessão da soja-milho safrinha sustenta a produção de grãos na região Centro-Oeste do Brasil. No entanto, de acordo com Brüggemann

Leia mais

FABRICACAO DE SAL MINERAL VISANDO A ADEQUADA NUTRICAO DE BOVINOS

FABRICACAO DE SAL MINERAL VISANDO A ADEQUADA NUTRICAO DE BOVINOS FABRICACAO DE SAL MINERAL VISANDO A ADEQUADA NUTRICAO DE BOVINOS BPF - MANUAL DEFINIÇÃO Normas e procedimentos que garantem a conformidade e inocuidade dos produtos utilizados na pecuária, visando o homem

Leia mais

CULTIVO SIMULTÂNEO DE MILHO COM CAPINS, NA SAFRINHA, PARA PRODUÇÃO DE GRÃOS E DE FORRAGEM

CULTIVO SIMULTÂNEO DE MILHO COM CAPINS, NA SAFRINHA, PARA PRODUÇÃO DE GRÃOS E DE FORRAGEM CULTIVO SIMULTÂNEO DE MILHO COM CAPINS, NA SAFRINHA, PARA PRODUÇÃO DE GRÃOS E DE FORRAGEM Armindo Neivo Kichel 1, José Alexandre Agiova da Costa 2, Roberto Giolo de Almeida 3 1. Introdução No Mato Grosso

Leia mais

RESULTADOS TÉCNICOS E ECONÔMICOS URT DE COMBINADO FAZENDA PARAISO

RESULTADOS TÉCNICOS E ECONÔMICOS URT DE COMBINADO FAZENDA PARAISO RESULTADOS TÉCNICOS E ECONÔMICOS URT DE COMBINADO FAZENDA PARAISO Equipe Técnica Responsável técnico RURALTINS Carlos Rodrigo Xavier Oliveira Técnico/Tecnólogo em Agropecuária Responsável técnico EMBRAPA

Leia mais

MANEJO DE PLANTAS FORRAGEIRAS TROPICAIS PARA PRODUÇÃO DE FORRAGENS CONSERVADAS. CINIRO COSTA Prof.: Forragicultura e Pastagens FMVZ - UNESP Botucatu

MANEJO DE PLANTAS FORRAGEIRAS TROPICAIS PARA PRODUÇÃO DE FORRAGENS CONSERVADAS. CINIRO COSTA Prof.: Forragicultura e Pastagens FMVZ - UNESP Botucatu MANEJO DE PLANTAS FORRAGEIRAS TROPICAIS PARA PRODUÇÃO DE FORRAGENS CONSERVADAS CINIRO COSTA Prof.: Forragicultura e Pastagens FMVZ - UNESP Botucatu Áreas de pastagens nativas (N) e plantadas (P) nas diferentes

Leia mais

O produtor pergunta, a Embrapa responde

O produtor pergunta, a Embrapa responde Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Milho e Sorgo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento O produtor pergunta, a Embrapa responde José Carlos Cruz Paulo César Magalhães Israel

Leia mais

Adubação do milho safrinha: Nitrogênio e Fósforo.

Adubação do milho safrinha: Nitrogênio e Fósforo. Adubação do milho safrinha: Nitrogênio e Fósforo. Eng. Agr. Dr. Douglas de Castilho Gitti Pesquisador Manejo e Fertilidade do Solo (67) 9681-7293 douglas@fundacaoms.org.br Roteiro da Palestra 1. Ambientes

Leia mais

Degradação de Pastagens: processos e causas

Degradação de Pastagens: processos e causas Cursos de capacitação de multiplicadores do Plano ABC Degradação de Pastagens: processos e causas Bruno Carneiro e Pedreira Pesquisador em Forragicultura e Pastagens 29/11/2011 Estatísticas Brasil maior

Leia mais

TECNOLOGIAS APLICADAS PARA INTENSIFICAR O SISTEMA DE PRODUÇÃO

TECNOLOGIAS APLICADAS PARA INTENSIFICAR O SISTEMA DE PRODUÇÃO Interiorização da VI Jornada NESPRO TECNOLOGIAS APLICADAS PARA INTENSIFICAR O SISTEMA DE PRODUÇÃO Leonardo Canali Canellas Médico Veterinário, MSc em Zootecnia Doutorando em Zootecnia - UFRGS Itaqui, 03

Leia mais

Dirceu Luiz Broch e Gessi Ceccon

Dirceu Luiz Broch e Gessi Ceccon 9º Seminário Nacional de Milho Safrinha. Rumo à estabilidade: anais. 121 PRODUÇÃO DE MILHO SAFRINHA COM INTEGRAÇÃO LAVOURA E PECUÁRIA () () Dirceu Luiz Broch e Gessi Ceccon 1. Introdução O safrinha é uma

Leia mais

NOTA TÉCNICA N 01/2012

NOTA TÉCNICA N 01/2012 NOTA TÉCNICA N 01/2012 SAFRA 2011/2012 3º LEVANTAMENTO DO CONSELHO TÉCNICO DA AIBA Barreiras (BA), 25 de Abril de 2012 Entidades Participantes: AIBA, ABAPA, ABACAFÉ, AEAB, Banco do Brasil, Banco HSBC,

Leia mais

EFEITO DE ADUBAÇÃO NITROGENADA EM MILHO SAFRINHA CULTIVADO EM ESPAÇAMENTO REDUZIDO, EM DOURADOS, MS

EFEITO DE ADUBAÇÃO NITROGENADA EM MILHO SAFRINHA CULTIVADO EM ESPAÇAMENTO REDUZIDO, EM DOURADOS, MS EFEITO DE ADUBAÇÃO NITROGENADA EM MILHO SAFRINHA CULTIVADO EM ESPAÇAMENTO REDUZIDO, EM DOURADOS, MS Carlos Hissao Kurihara (1), Bruno Patrício Tsujigushi (2) Introdução A adubação da cultura do milho safrinha

Leia mais

Taxa de Semeadura do Capim-piatã em Consórcio com Sorgo de Corte e Pastejo em Sistema de Integração Lavoura-Pecuária, na Safrinha 1

Taxa de Semeadura do Capim-piatã em Consórcio com Sorgo de Corte e Pastejo em Sistema de Integração Lavoura-Pecuária, na Safrinha 1 Taxa de Semeadura do Capim-piatã em Consórcio com Sorgo de Corte e Pastejo em Sistema de Integração Lavoura-Pecuária, na Safrinha 1 ALMEIDA, R. G. 2, COSTA, J. A. A. 2, KICHEL, A. N. 2, ZIMMER, A. H. 2,

Leia mais

Desempenho do Consórcio Milho-braquiária: Populações de Plantas e Modalidades de Semeadura de Urochloa brizantha cv. Piatã

Desempenho do Consórcio Milho-braquiária: Populações de Plantas e Modalidades de Semeadura de Urochloa brizantha cv. Piatã XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012 Desempenho do Consórcio Milho-braquiária: Populações de Plantas e Modalidades de Semeadura de Urochloa brizantha

Leia mais

MANEJO DE NUTRIENTES NO ALGODOEIRO Solos de Goiás

MANEJO DE NUTRIENTES NO ALGODOEIRO Solos de Goiás MANEJO DE NUTRIENTES NO ALGODOEIRO Solos de Goiás Ana Luiza Dias Coelho Borin Engenheira agrônoma, D.Sc. em Ciência do Solo Pesquisadora da Embrapa Algodão Adubação de sistemas intensivos de produção Conceitos

Leia mais

Integração Lavoura-Pecuária (ILP) e Integração Lavoura- Pecuária-Floresta (ILPF) no Brasil

Integração Lavoura-Pecuária (ILP) e Integração Lavoura- Pecuária-Floresta (ILPF) no Brasil Integração Lavoura-Pecuária (ILP) e Integração Lavoura- Pecuária-Floresta (ILPF) no Brasil Luiz Adriano Maia Cordeiro Pesquisador da Embrapa Cerrados Desafios Contemporâneos Mudanças Climáticas e Redução

Leia mais

ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE MILHO SAFRINHA EM CULTIVO CONSORCIADO

ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE MILHO SAFRINHA EM CULTIVO CONSORCIADO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE MILHO SAFRINHA EM CULTIVO CONSORCIADO Alceu Richetti 1, Gessi Ceccon 2 1. Introdução As condições de riscos e incertezas na agricultura são elevadas e, para

Leia mais

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA- PESCA E AQUICULTURA FUNDAÇÃO AGRISUS RELATÓRIO PARCIAL-01/10/2016

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA- PESCA E AQUICULTURA FUNDAÇÃO AGRISUS RELATÓRIO PARCIAL-01/10/2016 1 EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA- PESCA E AQUICULTURA FUNDAÇÃO AGRISUS RELATÓRIO PARCIAL-01/10/2016 CONSÓRCIO DE MILHO COM BRAQUIÁRIA: COMPREENDENDO OS RISCOS DO ESTRESSE HÍDRICO NA

Leia mais

Sistema Radicular de Plantas e Qualidade do Solo

Sistema Radicular de Plantas e Qualidade do Solo 98 ISSN 679-7 Dezembro, Dourados, MS Fotos - lavoura: Nilton P. de Fotos: Araújo; Júlio percevejo: Cesar Salton/Michely Narciso da S. Câmara Tomazi Sistema Radicular de Plantas e Qualidade do Solo Júlio

Leia mais

MILHO SAFRINHA EM CONSÓRCIO COM ALTERNATIVAS DE OUTONO- INVERNO PARA PRODUÇÃO DE PALHA E GRÃOS, EM MS, EM 2005

MILHO SAFRINHA EM CONSÓRCIO COM ALTERNATIVAS DE OUTONO- INVERNO PARA PRODUÇÃO DE PALHA E GRÃOS, EM MS, EM 2005 MILHO SAFRINHA EM CONSÓRCIO COM ALTERNATIVAS DE OUTONO- INVERNO PARA PRODUÇÃO DE PALHA E GRÃOS, EM MS, EM 2005 Gessi Ceccon (1), Luís Armando Zago Machado (2), Luiz Alberto Staut (3) Introdução As alterações

Leia mais

VIABILIDADE ECONÔMICA DO SISTEMA DE PRODUÇÃO SOJA- MILHO SAFRINHA 1.INTRODUÇÃO

VIABILIDADE ECONÔMICA DO SISTEMA DE PRODUÇÃO SOJA- MILHO SAFRINHA 1.INTRODUÇÃO VIABILIDADE ECONÔMICA DO SISTEMA DE PRODUÇÃO SOJA- MILHO SAFRINHA Alceu Richetti 1 1.INTRODUÇÃO No cenário nacional, o Estado de Mato Grosso do Sul é o terceiro maior produtor de milho safrinha e o quinto

Leia mais

VIABILIDADE ECONÔMICA DO MILHO SAFRINHA E DA BRAQUIÁRIA EM SISTEMAS INTEGRADOS. Alceu Richetti (1), Gessí Ceccon (2)

VIABILIDADE ECONÔMICA DO MILHO SAFRINHA E DA BRAQUIÁRIA EM SISTEMAS INTEGRADOS. Alceu Richetti (1), Gessí Ceccon (2) VIABILIDADE ECONÔMICA DO MILHO SAFRINHA E DA BRAQUIÁRIA EM SISTEMAS INTEGRADOS Alceu Richetti (1), Gessí Ceccon (2) Introdução O estudo de sistemas de produção alternativos e diversificados é de fundamental

Leia mais

Ferramentas de Impacto no Melhoramento de Gado de Corte

Ferramentas de Impacto no Melhoramento de Gado de Corte Ferramentas de Impacto no Melhoramento de Gado de Corte Leonardo Souza Qualitas Consultoria Agropecuária BRAVO BEEF GOIÁS Médico Veterinário leo.nz@terra.com.br 62-3097-1030 62-3383-1170 62-9994-1165 Melhoramento

Leia mais

Adubação do Milho Safrinha. Aildson Pereira Duarte Instituto Agronômico (IAC), Campinas

Adubação do Milho Safrinha. Aildson Pereira Duarte Instituto Agronômico (IAC), Campinas Adubação do Milho Safrinha Aildson Pereira Duarte Instituto Agronômico (IAC), Campinas Produtividade, kg/ha Área (milhões ha) AUMENTO DA ÁREA E PRODUTIVIDADE 8000,0 7000,0 6000,0 Total MT 7.012 5000,0

Leia mais

Consórcio de milho com braquiária: produção de forragem e palhada para o plantio direto

Consórcio de milho com braquiária: produção de forragem e palhada para o plantio direto Consórcio de milho com braquiária: produção de forragem e palhada para o plantio direto 1 2 Carlos Alexandre Costa Crusciol & Emerson Borghi (1) Eng. Agro. Professor Adjunto Departamento de Produção Vegetal

Leia mais

Manejo Intensivo de Pastagens para Produção de Carne Bovina. Curso Teórico Prático Embrapa Pecuária Sudeste 22 a 25 de abril de 2003

Manejo Intensivo de Pastagens para Produção de Carne Bovina. Curso Teórico Prático Embrapa Pecuária Sudeste 22 a 25 de abril de 2003 Manejo Intensivo de Pastagens para Produção de Carne Bovina Curso Teórico Prático Embrapa Pecuária Sudeste 22 a 25 de abril de 2003 Situação atual: Baixa produtividade: 100 kg de PV/ha/ano Produtividade

Leia mais

de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão Modulo I

de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão Modulo I ϙ" ϙ>curso ➐ 頴眖頴蘟眜眜眜 de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão Modulo I MANEJO DE PASTAGENS: Bases e ajuste da taxa de lotação (carga animal) Gelci

Leia mais

Implicações da compactação sobre o crescimento de raízes

Implicações da compactação sobre o crescimento de raízes Implicações da compactação sobre o crescimento de raízes Moacir Tuzzin de Moraes, Eng. Agr., Dr. Henrique Debiasi, Eng. Agr., Dr. Julio C. Franchini, Eng. Agr., Dr. Londrina, 29 de junho de 2017 1 Roteiro

Leia mais

Quantidade de resíduos vegetais. Espécies vegetais, e sistemas de cultivos.

Quantidade de resíduos vegetais. Espécies vegetais, e sistemas de cultivos. "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina" Cora Coralina Quantidade de resíduos vegetais. Espécies vegetais, e sistemas de cultivos. USP/Esalq Piracicaba/SP agosto - 2017 Prof. José

Leia mais

7,2% SISTEMAS DE ENGORDA SUPLEMENTAÇÃO PARA BOVINOS DE CORTE. Valor nutritivo. Luis Fernando G. de Menezes Tiago Venturini. engorda.

7,2% SISTEMAS DE ENGORDA SUPLEMENTAÇÃO PARA BOVINOS DE CORTE. Valor nutritivo. Luis Fernando G. de Menezes Tiago Venturini. engorda. SUPLEMENTAÇÃO PARA BOVINOS DE CORTE SISTEMAS DE ENGORDA Sistema de engorda Confinamento 27 2.397. 28 2.757. Luis Fernando G. de Menezes Tiago Venturini Semiconfinamento Pastagem de inverno Demais sistemas

Leia mais

Plantas daninhas no cenário de resistência

Plantas daninhas no cenário de resistência Plantas daninhas no cenário de resistência Conhecendo e manejando o milho voluntário Mauro Antônio Rizzardi Eng. Agr., Dr., Prof. Universidade de Passo Fundo Sucessão soja:milho milho:soja JUL AGO SET

Leia mais

Avaliação econômica do Sistema de Integração Lavoura-Pecuária

Avaliação econômica do Sistema de Integração Lavoura-Pecuária Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 7., 2010, Belo Horizonte Avaliação econômica do Sistema de Integração Lavoura-Pecuária Rafael França Fonseca (1), Maria Celuta Machado Viana (2), José Joaquim

Leia mais

Estrutura-função do ecossistema natural e o agroecossistema. Clima e solos tropical e subtropical.

Estrutura-função do ecossistema natural e o agroecossistema. Clima e solos tropical e subtropical. "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina" Cora Coralina Estrutura-função do ecossistema natural e o agroecossistema. Clima e solos tropical e subtropical. USP/Esalq Piracicaba/SP agosto

Leia mais

INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA ALYSSON PAOLINELLI

INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA ALYSSON PAOLINELLI INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA ALYSSON PAOLINELLI SISTEMAS TRADICIONAIS DE EXPLORAÇÃO DA FAZENDA: Onde é pasto sempre foi pasto e será pasto! Onde é lavoura sempre foi lavoura e será lavoura! QUASE SEMPRE

Leia mais

SISTEMA DE MANEJO DO SOLO COM PALHADA. Sistema Plantio Direto (SPD) com qualidade

SISTEMA DE MANEJO DO SOLO COM PALHADA. Sistema Plantio Direto (SPD) com qualidade SISTEMA DE MANEJO DO SOLO COM PALHADA Sistema Plantio Direto (SPD) com qualidade Valmor dos Santos INOVAÇÃO AGRÍCOLA E INSTITUTO PAS 77-9971-2234 (Vivo / WhatsApp) TEMAS QUE SERÃO ABORDADOS - Objetivos;

Leia mais

Principais problemas da pecuária na Amazônia

Principais problemas da pecuária na Amazônia 4ª ed. reimpresso em maio/2015, 215 páginas Moacyr Bernardino Dias-Filho Embrapa Amazônia Oriental www.diasfilho.com.br www.diasfilho.com.br Principais problemas da pecuária na Amazônia 15,2 13,0 Baixo

Leia mais

Oportunidades de Otimização do Sistema com Produção Animal

Oportunidades de Otimização do Sistema com Produção Animal Mosaico do Agronegócio 2016 Painel. Terras baixas: arroz-soja-milho-pecuária Oportunidades de Otimização do Sistema com Produção Animal Jamir Luís Silva da Silva Jamir.silva@embrapa.br Porto Alegre, 9

Leia mais

A produção de leite e carne em pastagens manejadas com integração lavoura, pecuária e floresta.

A produção de leite e carne em pastagens manejadas com integração lavoura, pecuária e floresta. A produção de leite e carne em pastagens manejadas com integração lavoura, pecuária e floresta. Seminário sobre o plano e o programa de financiamento da agricultura de baixa emissão de carbono plano ABC

Leia mais

EMBRAPA, UNOESTE E COCAMAR EM UM DIA DE CAMPO NA FAZENDA CAMPINA.

EMBRAPA, UNOESTE E COCAMAR EM UM DIA DE CAMPO NA FAZENDA CAMPINA. INFORMATIVO CARLOS VIACAVA Nº16 ABRIL 2017 EMBRAPA, UNOESTE E COCAMAR EM UM DIA DE CAMPO NA FAZENDA CAMPINA. Com satisfação abrimos as porteiras da Fazenda Campina para mais um dia de campo comandado pela

Leia mais

REPENSANDO A ADUBAÇÃO NPK EM SISTEMAS DE ALTA PRODUTIVIDADE DE GRÃOS. Álvaro V. Resende

REPENSANDO A ADUBAÇÃO NPK EM SISTEMAS DE ALTA PRODUTIVIDADE DE GRÃOS. Álvaro V. Resende REPENSANDO A ADUBAÇÃO NPK EM SISTEMAS DE ALTA PRODUTIVIDADE DE GRÃOS Álvaro V. Resende Araxá, 19/09/2014 Roteiro Contexto dos sistemas soja-milho Repensando a adubação NPK Considerações finais Contexto

Leia mais

Valor das vendas dos principais produtos Agropecuários em 2008

Valor das vendas dos principais produtos Agropecuários em 2008 MANEJO E EVOLUÇÃO DE REBANHO DE BOVINOS DE CORTE Prof. Dr. Cássio C. Brauner Prof. Dr. Marcelo A. Pimentel Departamento de Zootecnia FAEM -UFPel Valor das vendas dos principais produtos Agropecuários em

Leia mais

Implantação e Manejo de Forrageiras em Consórcio com Milho Safrinha

Implantação e Manejo de Forrageiras em Consórcio com Milho Safrinha ISSN 1516-845X Outubro, ISSN 1516-845X 2015 Outubro, 2015 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Agropecuária Oeste Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 131 Implantação e Manejo

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

PRODUÇÃO DE GRÃOS E DECOMPOSIÇÃO DOS RESÍDUOS CULTURAIS DE MILHO E SOJA EM FUNÇÃO DAS PLANTAS DE COBERTURA

PRODUÇÃO DE GRÃOS E DECOMPOSIÇÃO DOS RESÍDUOS CULTURAIS DE MILHO E SOJA EM FUNÇÃO DAS PLANTAS DE COBERTURA PRODUÇÃO DE GRÃOS E DECOMPOSIÇÃO DOS RESÍDUOS CULTURAIS DE MILHO E SOJA EM FUNÇÃO DAS PLANTAS DE COBERTURA RODRIGUES JÚNIOR, D.J. 1 ; TORRES, J.L.R 2.; PEREIRA 3, M.G.; FABIAN 4, A.J. 1 Graduando do 5º

Leia mais

Tecnologia de manejo da cultura do milho para o Oeste Paulista Technology of Handling the Maize Crop for the West Region of São Paulo

Tecnologia de manejo da cultura do milho para o Oeste Paulista Technology of Handling the Maize Crop for the West Region of São Paulo Tecnologia de manejo da cultura do milho para o Oeste Paulista Technology of Handling the Maize Crop for the West Region of São Paulo LUCAS RODRIGUES DA SILVA*¹; ANGELA MADALENA MARCHIZELLI GODINHO¹,²;

Leia mais

Gestão na reforma de pastagem

Gestão na reforma de pastagem Gestão na reforma de pastagem Wagner Pires Consultor em Pastagens Preparando a agropecuária para 2050. Wagner Pires Consultoria & Treinamentos Necessidade de quebra de paradigmas Pasto é uma cultura. Plantar

Leia mais

Manejo de plantas de cobertura para sistemas agrícolas de alta produtividade

Manejo de plantas de cobertura para sistemas agrícolas de alta produtividade Manejo de plantas de cobertura para sistemas agrícolas de alta produtividade B.Sc. Agronomia José Eduardo de Macedo Soares Júnior Fazenda Capuaba / Lucas do Rio Verde-MT Fazenda Capuaba Lucas do Rio Verde

Leia mais

Produção sustentável de grãos e carne bovina na região do Bolsão-Sul-Mato-Grossense

Produção sustentável de grãos e carne bovina na região do Bolsão-Sul-Mato-Grossense Produção sustentável de grãos e carne bovina na região do Bolsão-Sul-Mato-Grossense Ademir H. Zimmer Júlio Salton Armindo N. Kichel Engº. Agrsº. Pesquisadores Embrapa Gado de Corte e Agropecuária Oeste

Leia mais

Consórcio de milho com braquiária: aspectos práticos de implantação. Intercropped corn-brachiaria: practical deployment.

Consórcio de milho com braquiária: aspectos práticos de implantação. Intercropped corn-brachiaria: practical deployment. Consórcio de com braquiária: aspectos práticos de implantação Intercropped corn-brachiaria: practical deployment. Gessi Ceccon 1 e Luís Armando Zago Machado 2 Identificação das principais forrageiras perenes

Leia mais

Uso racional de nutrientes na agricultura e pecuária

Uso racional de nutrientes na agricultura e pecuária Uso racional de nutrientes na agricultura e pecuária Rogério de Paula Lana 1, Geicimara Guimarães 1 Professor do DZO/UFV. Bolsista 1B do CNPq. rlana@ufv.br 1. Introdução (Mb/d) = milhões de barris/dia

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

Inovações nutricionais para incremento da produtividade na cria: A Suplementação Tecnológica

Inovações nutricionais para incremento da produtividade na cria: A Suplementação Tecnológica Beef Expo 15 de junho de 2016 São Paulo, SP Inovações nutricionais para incremento da produtividade na cria: A Suplementação Tecnológica João Marcos Beltrame Benatti Supervisor de Treinamento Técnico Trouw

Leia mais

O BOI VAI PASTAR SOJA?

O BOI VAI PASTAR SOJA? O BOI VAI PASTAR SOJA? A concorrência da agricultura em áreas de pecuária com pastagens degradas devido dificuldades na identificação da degradação e orçamentos reduzidos para recuperação No Brasil, as

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

Controle de Plantas Daninhas em Sistemas Integrados

Controle de Plantas Daninhas em Sistemas Integrados Controle de Plantas Daninhas em Sistemas Integrados Devido à importância da pecuária, principalmente a produção animal a pasto, para a economia brasileira, o cultivo de plantas forrageiras assume um papel

Leia mais

Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, Paraná Brasil. Bolsista CNPq/Capes.

Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, Paraná Brasil. Bolsista CNPq/Capes. Características nutricionais da silagem de milho e de forrageiras dos gêneros Panicum e Brachiaria cultivadas em consórcio no Sistema Integração Lavoura - Pecuária 1 1 Idianara Fernanda Pizzatto 2, 2 Viviann

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA GRUPO DE PESQUISA EM FORRAGICULTURA RELÁTORIO DA VIAGEM AO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA GRUPO DE PESQUISA EM FORRAGICULTURA RELÁTORIO DA VIAGEM AO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA GRUPO DE PESQUISA EM FORRAGICULTURA RELÁTORIO DA VIAGEM AO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL DIVINO SILVA DE OLIVEIRA JÚNIOR 01/04/2014 Introdução Alguns integrantes do Grupo

Leia mais

MANEJO DA PASTAGEM ANUAL DE INVERNO AFETANDO A EMERGÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS NA CULTURA DO MILHO EM SUCESSÃO 1. INTRODUÇÃO

MANEJO DA PASTAGEM ANUAL DE INVERNO AFETANDO A EMERGÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS NA CULTURA DO MILHO EM SUCESSÃO 1. INTRODUÇÃO 1 MANEJO DA PASTAGEM ANUAL DE INVERNO AFETANDO A EMERGÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS NA CULTURA DO MILHO EM SUCESSÃO 1. Milton da Veiga 2, Alvadi Antonio Balbinot Junior 3, Carla Maria Pandolfo 4 INTRODUÇÃO

Leia mais

Empresa Brasileria de Pesquisa Agropecuária Centro Nacional de Pesquisa de Milho e Sorgo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Empresa Brasileria de Pesquisa Agropecuária Centro Nacional de Pesquisa de Milho e Sorgo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento ISSN 1518-4277 Dezembro, 2005 Empresa Brasileria de Pesquisa Agropecuária Centro Nacional de Pesquisa de Milho e Sorgo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Documentos 47 Integração Lavoura-Pecuária

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM CASCAVEL/PR

CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM CASCAVEL/PR CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM CASCAVEL/PR Com a iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAR) e o Centro

Leia mais

Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento de Zootecnia Manejo de pastagens

Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento de Zootecnia Manejo de pastagens Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento de Zootecnia Manejo de pastagens Pressão de pastejo e ajuste na taxa de lotação Magno José Duarte Cândido magno@ufc.br Núcleo de Ensino

Leia mais

Capacidade suporte em pastagens fertirrigadas e exemplos de propriedades comerciais em operação

Capacidade suporte em pastagens fertirrigadas e exemplos de propriedades comerciais em operação GAPPI Gestão e Assessoria em Pastagem e Pecuária Intensiva Ltda. Capacidade suporte em pastagens fertirrigadas e exemplos de propriedades comerciais em operação 1. Literatura: Taxa de acúmulo de forragem

Leia mais

ROTAÇÃO DE CULTURAS - PRÁTICA AGRÍCOLA BUSCA ALTERNAR MESMA ÁREA, DFRENTES CULTURAS SEQUÊMCIAS, CONFORME PLANO PRÉVIO DEFINIDO.

ROTAÇÃO DE CULTURAS - PRÁTICA AGRÍCOLA BUSCA ALTERNAR MESMA ÁREA, DFRENTES CULTURAS SEQUÊMCIAS, CONFORME PLANO PRÉVIO DEFINIDO. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPT. FITOTECNIA E FITOSSANITARISMO DISCIPLINA AGRICULTURA GERAL (AF001) PROFS. OSWALDO TERUYO IDO E RICARDO AUGUSTO DE OLIVEIRA MONITORA ANA SELENA

Leia mais

MANEJO DE BUVA (Conyza spp.) E DE AZEVÉM (Lolium multiflorum) RESISTENTES AO GLIFOSATO

MANEJO DE BUVA (Conyza spp.) E DE AZEVÉM (Lolium multiflorum) RESISTENTES AO GLIFOSATO MANEJO DE BUVA (Conyza spp.) E DE AZEVÉM (Lolium multiflorum) RESISTENTES AO GLIFOSATO Mario Antonio Bianchi CCGL Tecnologia - CCGL TEC Universidade de Cruz Alta - UNICRUZ Workshop Latino-Americano sobre

Leia mais

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta Produção com Sustentabilidade

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta Produção com Sustentabilidade Integração Lavoura-Pecuária-Floresta Produção com Sustentabilidade Ipameri GO Sistema de Integração Lavoura-Pecuária Pastagem Degradada Ipameri GO Maio/2011 ILPF na Fazenda Santa Brígida Ipameri GO Maio/2011

Leia mais

AVALIAÇÃO DA PRODUTIVIDADE DE MILHO COM Brachiaria ruziziensis E MILHO SOLTEIRO

AVALIAÇÃO DA PRODUTIVIDADE DE MILHO COM Brachiaria ruziziensis E MILHO SOLTEIRO AVALIAÇÃO DA PRODUTIVIDADE DE MILHO COM Brachiaria ruziziensis E MILHO SOLTEIRO Mateus Luiz Secretti (1), Mirianny Elena de Freitas (2), Lígia Maria Maraschi da Silva Piletti (3), Luiz Carlos Ferreira

Leia mais

Eng. Agr. Ederson A. Civardi. Bonito MS 2014

Eng. Agr. Ederson A. Civardi. Bonito MS 2014 Eng. Agr. Ederson A. Civardi Bonito MS 2014 Sumário 1 - Introdução 2 - Importância Soja 3 - Importância Mofo Branco 4 - Ciclo da doença 5 - Métodos de controle 6 - Alguns resultados de experimentos 7 -

Leia mais

Experiência no MT com Sistemas Integrados- Estudo de Casos no Vale do Araguaia

Experiência no MT com Sistemas Integrados- Estudo de Casos no Vale do Araguaia Experiência no MT com Sistemas Integrados- Estudo de Casos no Vale do Araguaia Eng º Agr. Marcelo Volf.. Dalcin Consultoria Mestrando UniRV Engº Agr. MSc. Flávio J. Wruck EMBRAPA Agrossilvipastoril Presidente

Leia mais

Relevância e principais alternativas para diversificação de modelos de produção envolvendo a soja

Relevância e principais alternativas para diversificação de modelos de produção envolvendo a soja Relevância e principais alternativas para diversificação de modelos de produção envolvendo a soja Eng. Agr. Dr. Henrique Debiasi Eng. Agr. Dr. Julio C. Franchini Eng. Agr. Dr. Alvadi A. Balbinot Jr. XXXVI

Leia mais

"Estratégias de manejo de plantas

Estratégias de manejo de plantas 1 "Estratégias de manejo de plantas daninhas para maximizar a produtividade na cultura do milho". Eng. Agr. Prof. Dr. Diecson Ruy Orsolin da Silva UFSM campus Frederico Westphalen "VI SIMPÓSIO DE ATUALIZAÇÃO

Leia mais

Rua José Barbosa de Barros, Caixa Postal CEP: Cidade: Botucatu-SP Telefone:

Rua José Barbosa de Barros, Caixa Postal CEP: Cidade: Botucatu-SP Telefone: Projeto Agrisus No: 1452/15 Título da Pesquisa: Adubação nitrogenada (15NH415NO3) no outono/inverno em sistemas de produção com a cultura da soja Interessado: Prof. Dr. Carlos Alexandre Costa Crusciol

Leia mais

Clipping de notícias. Recife, 31 de janeiro de 2017.

Clipping de notícias. Recife, 31 de janeiro de 2017. Clipping de notícias Recife, 31 de janeiro de 2017. Recife,31 de janeiro de 2017. Recife,31 de janeiro de 2017. Recife,31 de janeiro de 2017. Recife,31 de janeiro de 2017. Recife, 31 de janeiro de

Leia mais

Restrição dos solos brasileiros em relação à fertilidade

Restrição dos solos brasileiros em relação à fertilidade Restrição dos solos brasileiros em relação à fertilidade MO Lopes & Fox (1977): SB - 518 amostras de terra - Disponibilidade de P: 0,1 e 16,5 ppm P - 92% das amostras com P < 2 ppm CTC Fonte: Sparovek

Leia mais

Diversificação de atividades na propriedade rural. 30 de junho de 2011 Uberlândia - Minas Gerais

Diversificação de atividades na propriedade rural. 30 de junho de 2011 Uberlândia - Minas Gerais Diversificação de atividades na propriedade rural 30 de junho de 2011 Uberlândia - Minas Gerais Roteiro da apresentação Apresentação da Campo Globalização e a demanda pelos serviços do agroecossistema

Leia mais

SÍTIO DO CEDRO SEBRAE/DPA CARMO DO PARANAÍBA - MG PASTO COMO OPÇÃO DE FORRAGEM RICARDO PEIXOTO

SÍTIO DO CEDRO SEBRAE/DPA CARMO DO PARANAÍBA - MG PASTO COMO OPÇÃO DE FORRAGEM RICARDO PEIXOTO SÍTIO DO CEDRO SEBRAE/DPA CARMO DO PARANAÍBA - MG PASTO COMO OPÇÃO DE FORRAGEM RICARDO PEIXOTO Por que pasto? Menor investimento inicial Instalações Rebanho Não confinar vacas no período chuvoso do ano

Leia mais

Culturas Anuais em ilpf: Culturas do Sorgo e do Milheto

Culturas Anuais em ilpf: Culturas do Sorgo e do Milheto Culturas Anuais em ilpf: Culturas do Sorgo e do Milheto Flávio Dessaune Tardin Pesquisador Embrapa Milho e Sorgo flavio.tardin@embrapa.br Embrapa/2012 1- INTRODUÇÃO O Sorgo - Sorghum bicolor (L.) Moench

Leia mais

Variações sazonais no crescimento de plantas forrageiras. Fatores que afetam o crescimento estacional de plantas forrageiras

Variações sazonais no crescimento de plantas forrageiras. Fatores que afetam o crescimento estacional de plantas forrageiras Variações sazonais no crescimento de plantas forrageiras Fatores que afetam o crescimento estacional de plantas forrageiras Caráter extrativista dos sistemas de produção - Historicamente, o pecuarista

Leia mais

O produtor pergunta, a Embrapa responde

O produtor pergunta, a Embrapa responde Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Cerrados Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento O produtor pergunta, a Embrapa responde Luiz Adriano Maia Cordeiro Lourival Vilela João

Leia mais

O SISTEMA DE SEMEADURA DIRETA NO CERRADO: SUPERANDO AS DIFICULDADES

O SISTEMA DE SEMEADURA DIRETA NO CERRADO: SUPERANDO AS DIFICULDADES O SISTEMA DE SEMEADURA DIRETA NO CERRADO: SUPERANDO AS DIFICULDADES Jose Luiz Rodrigues Torres Professor/pesquisador do Instituto Federal do Triângulo Mineiro campus Uberaba Pós-doutorando no Curso de

Leia mais

Tabela 1. Dados comparativos da safra anterior em relação à atual.

Tabela 1. Dados comparativos da safra anterior em relação à atual. 11º Levantamento da Safra Baiana de Grãos De acordo com o décimo primeiro levantamento (realizado entre os dias 24 a 28 de julho de 2017), estima-se que nessa safra sejam colhidas 8.032,3 mil toneladas

Leia mais

ANÁLISE ECONÔMICA: ESTUDO DE CASO DE QUATRO SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE NO MATO GROSSO DO SUL

ANÁLISE ECONÔMICA: ESTUDO DE CASO DE QUATRO SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE NO MATO GROSSO DO SUL ANÁLISE ECONÔMICA: ESTUDO DE CASO DE QUATRO SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE NO MATO GROSSO DO SUL 25 Cid Isidoro Demarco Martins* Armindo Neivo Kichel** 1 - INTRODUÇÃO A pesquisa tem, como objetivo,

Leia mais

Agronegócio em Mato Grosso. Agosto, 2012

Agronegócio em Mato Grosso. Agosto, 2012 Agronegócio em Mato Grosso Agosto, 2012 Instituições mantenedoras Mundo Visão Geral (kcal / person / day) (kg / person / year) 1961 1964 1967 1970 1973 1976 1979 1982 1985 1988 1991 1994 1997 2000 2003

Leia mais

1O que é. São culturas de inverno que podem ser utilizadas em

1O que é. São culturas de inverno que podem ser utilizadas em Cesar José da Silva Alceu Richetti Márcio Akira Ito Carmen Regina Pezarico Opções para Diversificação na Segunda Safra 1O que é. São culturas de inverno que podem ser utilizadas em alternativa ao tradicional

Leia mais

Cobertura do solo e ocorrência de plantas daninhas em área com diferentes rotações entre soja, milho, pastagem e Sistema Santa-fé

Cobertura do solo e ocorrência de plantas daninhas em área com diferentes rotações entre soja, milho, pastagem e Sistema Santa-fé Cobertura do solo e ocorrência de plantas daninhas em área com diferentes rotações entre soja, milho, pastagem e Sistema Santa-fé Vinicius Gustavo Freire Barcelos 1, Edson Aparecido dos Santos 2, Eduardo

Leia mais