Application Note FBEE Aplicação de redes P2P REV03. 1 Rev03

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Application Note FBEE Aplicação de redes P2P REV03. 1 Rev03"

Transcrição

1 Application Note FBEE Aplicação de redes P2P REV03 1 Rev03

2 1. INTRODUÇÃO Aplicações com redes sem fio vêm se tornando bastante comuns. De aplicações industriais a projetos específicos, criou-se enorme expectativa quanto à capacidade dos dispositivos se comunicarem wireless, ou seja, sem fio. O maior desafio é conseguir atender a estas expectativas e apresentar um baixo custo para o desenvolvimento e implementação dos projetos. Com o FBee Kit e os protocolos de comunicação sem fio disponíveis pela Microchip, é possível alcançar estes objetivos de uma forma simples e rápida. Os protocolos MiWi Wireless Networking Protocol e MiWi P2P Wireless Protocol são uma variação do padrão IEEE e utilizam o transceptor MRF24J40 da Microchip, para qualquer microcontrolador da Microchip de 8, 16 ou 32 bits com SPI (Serial Peripheral Interface). Os protocolos são gratuitos e foram desenvolvidos para promover comunicação com baixa taxa de dados, pequena distância, e redes de baixo custo. Baseada no IEEE para redes sem fio pessoal (WPANs), a pilha MiWi fornece um modo alternativo de comunicação sem fio de fácil uso. É possível realizar aplicações de redes de pequeno porte com transferência de informações entre os dispositivos da rede com alguns hops (pulos). Este documento faz a apresentação de exemplos utilizando o FBee Kit, e ensina como utilizar a pilha MiWi P2P Wireless Protocol da Microchip para determinadas aplicações de comunicação de rede. Para fazer um estudo e entender o funcionamento mais detalhado da pilha Miwi P2P, é necessário que o leitor estude o documento AN1204 Microchip MiWi P2P Wireless Protocol que pode ser encontrado no site da Microchip ( É necessário também que o leitor tenha um entendimento da linguagem C, e uma noção de como trabalhar com microcontroladores. 2. FBEE KIT O FBee Kit permite que sejam desenvolvidas aplicações para soluções sem fio (wireless). O kit contém duas placas de aplicação e dois módulos FBee com o transceptor MRF24J40 de 2.4GHz que podem ser usados para formar uma simples rede wireless com dois nós. É possível ter uma rede com maior número de dispositivos adquirindo outros FBee kit ou outros módulos FBee. Figura 1: FBee Kit 2 Rev03

3 3. Protocolo MiWi P2P O protocolo MiWi P2P Wireless Protocol permite que sejam feitas aplicações sem fio para redes PAN (Personal Area Network) com topologias estrela (star) ou ponto a ponto (Peerto-peer). Além das capacidades básicas de comunicação, o protocolo MiWi P2P dispõem funcionalidades como Active Scan, Energy Scan, Frequency Agility e Sleeping Device. A versão em que esta aplicação se baseia é a primeira pilha que suporta as interfaces MiMAC e MiApp da Microchip. A interface MiMAC permite a troca de transceptores RF da Microchip com simples definições na camada de aplicação. Para esta versão, tanto o transceptor MRF24J40 de 2.4GHz padrão IEE da Microchip, e o MRF49XA que trabalha abaixo de faixas de GHz, também fornecido pela Microchip, são aceitos pela pilha. Nesta aplicação, trabalharemos com o MRF24J40, que é o transceptor do módulo FBee. A interface MiApp permite a troca de protocolos de comunicação wireless da Microchip com simples definições na camada de aplicação. Para esta versão, o protocolo MiWi P2P Wireless Protocol é aceito. Para fazer um estudo e entender o funcionamento mais detalhado da pilha Miwi P2P, é necessário que o leitor estude o documento AN1204 Microchip MiWi P2P Wireless Protocol que pode ser encontrado no site da Microchip ( Para usar o MiWi Wireless Networking Protocol Stack P2P é necessário que o usuário instale uma versão do MPLAB da Microchip ( o compilador C18 ( o arquivo do protocolo MiWi e os arquivos de definições no computador Overview Protocolo MiWi P2P O protocolo MiWi P2P modifica a camada MAC (Media Access Control) da especificação IEEE somando comandos que simplificam o processo de Handshaking. Simplifica, também, a desconexão do link de comunicação e processo de channel hope (mudança do canal de operação) fornecendo alguns comandos MAC suplementares. Entretanto, decisões específicas de aplicações, como quando executar uma detecção de energia nos canais, ou quando mudar o canal de operação, não está definido no protocolo. Esses procedimentos são de responsabilidade do desenvolvedor Especificação IEEE e Protocolo MiWi P2P O protocolo MiWi P2P utiliza uma pequena parte das definições PHY e MAC do padrão IEEE A especificação define três camadas PHY, operando nas faixas de 868MHz, 915MHz e 2.4GHz. O transceptor MRF24J40 opera na faixa de 2.4GHz. O espectro contém 16 canais disponíveis e um pacote de dados com tamanho máximo de 127 bytes, incluindo o valor de 2 bytes de CRC. A taxa de comunicação máxima é, teoricamente, 250kbps. Tabela 1: Canais disponíveis para o IEEE Rev03

4 3.3. Tipos de Dispositivos O protocolo MiWi P2P classifica os dispositivos baseado nas suas definições no IEEE e seu envolvimento nas conexões da comunicação (tabelas 2 e 3). O protocolo MiWi P2P suporta todos estes tipos de dispositivos: Tabela 2: Dispositivos para o IEEE Baseado na Funcionalidade Tabela 3: Dispositivos para o IEEE Baseado no Envolvimento na rede 3.4. Topologias de Rede para o Protocolo MiWi P2P O protocolo MiWi P2P suporta duas topologias de rede: Peer-to-Peer e Estrela Rede Estrela (Star Network) A configuração de rede Estrela (figura 2) consiste em um coordenador PAN e um ou mais dispositivos de rede. Nesta configuração, todos os dispositivos se comunicam apenas com o coordenador PAN. Se um End Device precisa transferir informações para outro End Device, ele envia sua informação para o coordenador PAN. Em seguida, o coordenador PAN reenvia esta mensagem para o End Device de destino, o qual recebe a informação. Figura 2: Configuração de Rede Estrela 4 Rev03

5 Rede Peer-to-Peer (P2P) A configuração peer-to-peer é a forma de comunicação mais simples, com apenas um dispositivo conversando diretamente com outro dispositivo. Nesta configuração, não há distinção de parent (pai) ou child (criança), ou roteamento para outros nós da rede. Figura 3: Configuração de P2P 4. Exemplo de Aplicação P2P Para esta aplicação, serão necessários dois dispositivos de rede wireless (nós). Como o FBee Kit já está configurado para esta aplicação, não será necessário qualquer alteração no hardware(esta aplicação é gravada em todo FBEE KIT). Neste tópico, será visto um exemplo de aplicação utilizando o protocolo MiWi P2P Wireless Protocol. É necessário instalar a pilha MiWi P2P em seu computador. O arquivo executável chama-se MiWi P2P-v2.1.1 e pode ser baixado gratuitamente no site da Microchip ( Após executar o arquivo, será criado todo o diretório necessário para a pilha, que estará dentro da pasta Microchip Solutions\P2P. Será preciso, também, que o compilador C18 seja da versão 3.31 ou outra que suporte o extended mode. O arquivo executável para este compilador também se encontra no cd de documentação do FBee Kit Aplicação de Rede Peer-to-Peer (P2P) A configuração peer-to-peer é a forma de comunicação mais simples, com apenas um dispositivo conversando diretamente com outro dispositivo. Para esta aplicação, utilizaremos o código Simple Example que foca na simplicidade da pilha MiWi P2P. Com menos de 30 linhas de código em linguagem C para rodar a camada de aplicação, é possível criar uma conexão wireless estável entre dois dispositivos. Abra o firmware Simple Example que se encontra no diretório criado na instalação e que se encontra na pasta Microchip Solutions\P2P\P2P Node (1 ou 2). 5 Rev03

6 Figura 4: Programa Simple Example Node 1 A aplicação consiste em apertar a chave SW1 em um dos dispositivos e transmitir uma mensagem Broadcast (para todos os dispositivos da rede), e apertar a chave SW2 e enviar uma mensagem Unicast (para um dispositivo apenas). O monitoramento das informações poderá ser acompanhado por qualquer um dos nós, utilizando a interface serial, que deve ser configurado como a figura abaixo: Figura 5: Configuração da porta serial Abra o arquivo SimpleExampleNodeX. A primeira alteração necessária é configurar o programa para trabalhar com o PIC18F4620. No workspace do programa se encontra a pasta Linker Script contendo o arquivo linker para o PIC18F87J11. Remova este arquivo e adicione o arquivo 18f4620_e.lkr assim como a figura abaixo: 6 Rev03

7 Figura 6: Adicionando o arquivo linker para o PIC18F4620 Além disso, será necessário selecionar o microcontrolador PIC 18F4620. Na janela Configure>Select Device selecione o PIC para a aplicação. Figura 7: Selecionando o PIC18F4620 Outra configuração necessária é a definição do hardware. Como a placa de aplicação FBee Kit é compatível com o módulo PICDEMZ da Microchip, faremos a referência de hardware como PICDEMZ. No arquivo HardwareProfile.h, faça a definição do PICDEMZ e não mais o EXPLORER16, como mostra a figura abaixo: 7 Rev03

8 Figura 8: Definição do Hardware para o FBEE KIT Seguindo com o programa, temos todas as configurações iniciais feitas, declaração de variáveis e constantes, inclusão de arquivos, assim como qualquer outro programa. Na função void main (void) temos a iniciação do sistema e do protocolo e em seguida um loop infinito (while(1)...). Esta parte do programa é a que nos interessa. É onde faremos o processamento das informações recebidas e onde faremos a transferência de mensagens. Primeiramente temos o processamento das informações recebidas. É feito um o teste if( MiApp_MessageAvailable( ) ) para saber se houve alguma nova mensagem disponível. Para a recepção, faremos: if( MiApp_MessageAvailable() ) // Se um pacote foi recebido, o seguinte código mostra // algumas informações disponíveis no rxframe. ConsolePutROMString((ROM char *)"Pacote Recebido"); #ifdef ENABLE_SECURITY // Se houver código de segurança no pacote, imprime... if( rxmessage.flags.bits.secen ) ConsolePutROMString((ROM char *)"Com segurança "); #endif #ifndef TARGET_SMALL if( rxmessage.flags.bits.broadcast ) // Se for uma mensagem broadcast, imprime... ConsolePutROMString((ROM char *)"Broadcast com RSSI "); else // Se for uma mensagem unicast, imprime... ConsolePutROMString((ROM char *)"Unicast com RSSI "); // Imprime o nível do sinal recebido... PrintChar(rxMessage.PacketRSSI); if( rxmessage.flags.bits.srcprsnt ) // Imprime o Endereço do dispositivo que enviou a informação... ConsolePutROMString((ROM char *)" de "); if( rxmessage.flags.bits.altsrcaddr ) PrintChar(rxMessage.SourceAddress[1]); PrintChar(rxMessage.SourceAddress[0]); 8 Rev03

9 else for(i = 0; i < MY_ADDRESS_LENGTH; i++) PrintChar(rxMessage.SourceAddress[MY_ADDRESS_LENGTH-1-i]); #endif ConsolePutROMString((ROM char *)": "); // Imprime a mensagemn... for(i = 0; i < rxmessage.payloadsize; i++) ConsolePut(rxMessage.Payload[i]); // Inverte o estado do Led 2, para informar que uma mensagem foi recebida. LED_2 ^= 1; // Função MiApp_DiscardMessage é usada para descartar // o pacote recebido. // Após esta função ser chamada, a pilha pode começar // o processo de recepção do próximo pacote de dados. MiApp_DiscardMessage(); Para a transmissão: else // Se não houver mais pacotes recebidos, agora podemos checar se // queremos transmitir alguma informação. // A função ButtonPressed retorna qual das chaves do FBEE Kit que foi // pressionada. BYTE PressedButton = ButtonPressed(); switch( PressedButton ) case 1: // Chave SW1 pressionada. Será enviada o bitmap da palavra "HELLO". // Primeiramente a função MiApp_FlushTx é chamada para resetar o // buffer de Transmissão. Então irá preencher o buffer byte por byte // chamando a função MiApp_WriteData. MiApp_FlushTx(); if( (TxSynCount % 6 ) == 0 ) //Transmitir uma linha em branco após completar o bitmap MiApp_WriteData(0x0D); MiApp_WriteData(0x0A); else for(i = 0; i < 20; i++) MiApp_WriteData(Hello[(TxSynCount%6)-1][i]); TxSynCount++; // Função MiApp_BroadcastPacket é usada para mensagens broadcast 9 Rev03

10 // O único parâmetro necessário é utilizado para enviar pacotes com // código de segurança ou não. MiApp_BroadcastPacket(FALSE); break; case 2: // Chave SW2 pressionada. Será enviado o bitmap da palavra "P2P". // Primeiramente a função MiApp_FlushTx é chamada para resetar o // buffer de Transmissão. Então irá preencher o buffer byte por byte // chamando a função MiApp_WriteData. MiApp_FlushTx(); if( (TxSynCount2 % 6 ) == 0 ) MiApp_WriteData(0x0D); MiApp_WriteData(0x0A); else for(i = 0; i < 13; i++) MiApp_WriteData(P2P[(TxSynCount2%6)-1][i]); TxSynCount2++; // Função MiApp_UnicastAddress é uma das funções para enviar uma // mensagem unicast. // O primeiro parâmetro é um vetor que contém o endereço do // dispositivo peer o qual queremos enviar a mensagem. // O segundo parâmetro indica se o endereço de destino acima // é permanente ou alternativo. Este parâmetro é usado // somente em um protocolo de rede. // O terceiro indica se necessitamos colocar código de segurança // no pacote. Se for aplicável a segurança, o security level // e o security key são definidos no ConfigApp.h. // level and security key are defined in ConfigApp.h // Outra forma de enviar um pacote unicast é chamando a função // MiApp_UnicastConnection. Ao invés de fornecer o endereço do // outro dispositivo peer, é fornecido o índice da Conexão de // Entrada para o dispositivo peer.] MiApp_UnicastAddress(EndDevice1, TRUE, TRUE); break; default: break; Como utilizamos a função MiApp_UnicastAddress(EndDevice1, TRUE, TRUE); para enviar um pacote unicast, necessitamos declarar o vetor que contém o endereço do outro dispositivo peer, e pode ser declarado no começo do programa: BYTE EndDevice1[8]= 0x55,0x01,0x02,0x03,0x04,0x05,0x06,0x01; 10 Rev03

11 Este exemplo contém o endereço que deve ser compatível com o outro dispositivo peer, ou seja, para o outro nó da rede, deve ser configurado o endereço Este endereço é configurado no arquivo ConfigApp.h: Figura 9: Configuração do Endereço MAC O outro dispositivo peer deve conter o mesmo procedimento para transmissão e recepção dos dados. Lembrando que a função de transmissão de dados unicast do segundo peer deve conter o endereço do primeiro dispositivo, e vice versa. Os endereços MAC de cada um dos dispositivos peer devem ser configurados de acordo com o exemplo seguido. Exemplo: Dispositivo peer 1 Dispositivo peer 2 Transmissão Unicast: MiApp_UnicastAddress(EndDevice2, TRUE, TRUE); Transmissão Unicast: MiApp_UnicastAddress(EndDevice1, TRUE, TRUE); Declarar: BYTE EndDevice2[8]= 0x55,0x01,0x02,0x03,0x04,0x05,0x06,0x02; Declarar: BYTE EndDevice1[8]= 0x55,0x01,0x02,0x03,0x04,0x05,0x06,0x01; Configurar Endereço MAC: 0x55-0x01-0x02-0x03-0x04-0x05-0x06-0x01 Tabela 4: Configuração dos Dispositivos peer Configurar Endereço MAC: 0x55-0x01-0x02-0x03-0x04-0x05-0x06-0x02 Após configurar os dois dispositivos de acordo com o exemplo acima, a aplicação P2P está pronta. Os arquivos do projeto se encontram no CD de documentação que acompanha o FBEE Kit. 11 Rev03

12 Figura 10: Aplicação P2P 12 Rev03

13 SUPORTE DE ATENDIMENTO: Fractum Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA Av. Antônio Américo Junqueira 335 Pôr do Sol Santa Rita do Sapucaí-MG CEP TEL: Site: Rev03

Application Note FBEE Comunicação Serial Wireless REV01. - 1 - Rev01

Application Note FBEE Comunicação Serial Wireless REV01. - 1 - Rev01 Application Note FBEE Comunicação Serial Wireless REV01-1 - Rev01 1. INTRODUÇÃO Aplicações com redes sem fio vêm se tornando bastante comuns. De aplicações industriais a projetos específicos, criou-se

Leia mais

Application Note FBEE Controle de Placas com entradas Analógicas REV01. 1 Rev01

Application Note FBEE Controle de Placas com entradas Analógicas REV01. 1 Rev01 Application Note FBEE Controle de Placas com entradas Analógicas REV01 1 Rev01 1. INTRODUÇÃO Este capítulo faz uma introdução às características do kit de demonstração FBee Kit. Este capítulo discute:

Leia mais

Data Sheet FBEE Kit V05

Data Sheet FBEE Kit V05 Data Sheet FBEE Kit V05 IEEE 802.15.4 SUPORTA PROTOCOLOS ZIGBEE E MIWI REV 02 1 Rev02 1. INTRODUÇÃO Este capítulo faz uma introdução às características do kit de demonstração FBee Kit. Este capítulo discute:

Leia mais

Data Sheet FBEE Kit V05

Data Sheet FBEE Kit V05 Data Sheet FBEE Kit V05 IEEE 802.15.4 SUPORTA PROTOCOLOS ZIGBEE E MIWI REV 01 1 Rev01 1. INTRODUÇÃO Este capítulo faz uma introdução às características do kit de demonstração FBee Kit. Este capítulo discute:

Leia mais

Modbus Wireless. Site: - V 1.0 IEEE REV

Modbus Wireless. Site:  -   V 1.0 IEEE REV Modbus Wireless V 1.0 IEEE 802.15.4 REV 01-02082016 Fractum Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA - Av. Antônio Américo Junqueira 335 Pôr do Sol - Santa Rita do Sapucaí-MG - CEP 37540-000

Leia mais

Application Note FBee Utilizando a pilha MiWi Rede P2P REV01_2009. 1 Rev01

Application Note FBee Utilizando a pilha MiWi Rede P2P REV01_2009. 1 Rev01 Application Note FBee Utilizando a pilha MiWi Rede P2P REV01_2009 1 Rev01 1. Introdução Aplicações com redes sem fio vêm tornando-se bastante comum. Desde projetos específicos de consumidores até aplicações

Leia mais

Application Note FBEE Aplicação de redes ESTRELA (STAR NETWORK) REV01_2009. - 1 - Rev01

Application Note FBEE Aplicação de redes ESTRELA (STAR NETWORK) REV01_2009. - 1 - Rev01 Application Note FBEE Aplicação de redes ESTRELA (STAR NETWORK) REV01_2009-1 - Rev01 1. Introdução Aplicações com redes sem fio vêm se tornando bastante comuns. De aplicações industriais a projetos específicos,

Leia mais

Application Note FBEE Aplicação de redes Mesh REV01_2009. - 1 - Rev01

Application Note FBEE Aplicação de redes Mesh REV01_2009. - 1 - Rev01 Application Note FBEE Aplicação de redes Mesh REV01_2009-1 - Rev01 1. Introdução Este documento de aplicação foca no protocolo ZigBee 2006 Residencial Protocol da Microchip e tem como objetivo mostrar

Leia mais

Redes sem Fio WPANs (IEEE ) Wireless Personal Area Networks. Ricardo Kléber. Ricardo Kléber

Redes sem Fio WPANs (IEEE ) Wireless Personal Area Networks. Ricardo Kléber. Ricardo Kléber Redes sem Fio 2016.1 WPANs (IEEE 802.15) Wireless Personal Area Networks Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Turma: TEC.SIS.5M Redes sem Fio Onde Estamos? Sistemas de comunicação wireless

Leia mais

Uma Introdução à Tecnologia Bluetooth

Uma Introdução à Tecnologia Bluetooth Uma Introdução à Tecnologia Bluetooth Caso de Uso 1: Headset genérico Caso de Uso 2: Conexão de periféricos Objetivos do Bluetooth Originalmente: substituto para cabeamento entre dispositivos Solução wireless

Leia mais

28. COMUNICAÇÃO WIRELESS

28. COMUNICAÇÃO WIRELESS 28. COMUNICAÇÃO WIRELESS Nos chips das famílias 1, 2, 3 e 4, a comunicação wireless é feita através dos tranceivers da Chipcom. As famílias CC tem diversos dispositivos, com freqüências de atuação desde

Leia mais

Data Sheet FBEE IEEE 802.15.4 SUPORTA PROTOCOLOS ZIGBEE E MIWI REV 03. - 1 - Rev02

Data Sheet FBEE IEEE 802.15.4 SUPORTA PROTOCOLOS ZIGBEE E MIWI REV 03. - 1 - Rev02 Data Sheet FBEE IEEE 802.15.4 SUPORTA PROTOCOLOS ZIGBEE E MIWI REV 03 Este equipamento opera em caráter secundário, isto é, não tem direito a proteção contra interferência prejudicial, mesmo de estações

Leia mais

Objetivos. Ao término desta palestra você irá:

Objetivos. Ao término desta palestra você irá: Objetivos Ao término desta palestra você irá: Conhecer as especificações IEEE802.15.4 Conhecer o protocolo ZigBee Conhecer o protocolo MiWi Conhecer o módulo ZIGBEE Conhecer o Kit ZIGBEE Agenda IEEE 802.15.4

Leia mais

PROTÓTIPO DE SISTEMA DE CAPTURA DE DADOS MULTIPONTO WIRELESS PARA CONTROLE DE CONSUMO DE ÁGUA

PROTÓTIPO DE SISTEMA DE CAPTURA DE DADOS MULTIPONTO WIRELESS PARA CONTROLE DE CONSUMO DE ÁGUA PROTÓTIPO DE SISTEMA DE CAPTURA DE DADOS MULTIPONTO WIRELESS PARA CONTROLE DE CONSUMO DE ÁGUA Acadêmico: Benno Martim Schubert Orientador: Miguel Alexandre Wisintainer ROTEIRO Introdução Objetivos do trabalho

Leia mais

Procedimentos para configuração de WDS With AP

Procedimentos para configuração de WDS With AP Procedimentos para configuração de WDS With AP No modo WDS with AP, o DWL-2100AP se conecta a várias redes, embora ainda funcionando como um Access Point wireless. WDS (Wireless Distribution System) permite

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL RV1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL RV1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 SÃO CAETANO DO SUL 06/06/2014 SUMÁRIO DESCRIÇÃO DO PRODUTO... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 CONFIGURAÇÃO USB... 4 CONFIGURAÇÃO... 5 PÁGINA

Leia mais

Capítulo6-7 Redes de Computadores Camada 2 Conceitos

Capítulo6-7 Redes de Computadores Camada 2 Conceitos Há três formas de se calcular o frame check sum: cyclic redundancy check (CRC) - executa cálculos polinomiais sobre os dados paridade bidimensional - adiciona um 8 th oitavo bit que faz uma seqüência de

Leia mais

Exceeding Automation Limits. Instruções FDT/DTM

Exceeding Automation Limits. Instruções FDT/DTM Instruções FDT/DTM 1 Instalação 2 Instalar o Pactware. Este aplicativo pode ser obtido no site: https://www.vega.com/en/home_br/downloads Instalar o DTM de comunicação PROFIBUS da Vivace. O pacote de DTM

Leia mais

Linux Para esta configuração foi utilizado o Linux Ubuntu 12.04 mas o comando é o mesmo para todas as distribuições de Linux. Descompacte o arquivo patch_panel_evolution.gz na pasta home.informação. Digitar

Leia mais

Multimedidores Inteligentes ETE30 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes ETE30 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes ETE30 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3 3.

Leia mais

Procedimentos para configuração do DWL-G700AP em modo Repeater

Procedimentos para configuração do DWL-G700AP em modo Repeater Procedimentos para configuração do DWL-G700AP em modo Repeater No modo * Repeater o DWL-G700AP vai repetir o sinal Wireless do DI-524. * O DWL-G700AP somente apresenta a função Repeater a partir da versão

Leia mais

CPE Roteamento em Redes de Computadores

CPE Roteamento em Redes de Computadores Programa de Engenharia de Sistemas e Computação Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia Universidade Federal do Rio de Janeiro Por Tiago Azevedo 1 - Especificação ZigBee

Leia mais

TE155-Redes de Acesso sem Fios Outras Iniciativas para o Acesso sem Fios. TE155-Redes de Acesso sem Fios Outras Iniciativas para o Acesso sem Fios

TE155-Redes de Acesso sem Fios Outras Iniciativas para o Acesso sem Fios. TE155-Redes de Acesso sem Fios Outras Iniciativas para o Acesso sem Fios Outras Iniciativas para o Acesso sem Fios Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Universidade Federal do Paraná Departamento de Engenharia Elétrica mehl@eletrica.ufpr.br Outras Iniciativas para o Acesso sem Fios WiBro

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ARDUINO DUE, CANAL DIGITAL, FUNÇÃO DELAY

INTRODUÇÃO AO ARDUINO DUE, CANAL DIGITAL, FUNÇÃO DELAY INTRODUÇÃO AO ARDUINO DUE, CANAL DIGITAL, FUNÇÃO DELAY INTRODUÇÃO A Plataforma Arduino é considerada plataforma aberta, ou seja, qualquer pessoa pode efetuar uma melhoria em um código, biblioteca e disponibilizá-la

Leia mais

Procedimentos para configuração do DWL-2100AP em modo Repeater

Procedimentos para configuração do DWL-2100AP em modo Repeater 1 Procedimentos para configuração do DWL-2100AP em modo Repeater No modo Repeater o DWL-2100AP vai repetir o sinal do DI-624 pela rede Wireless. Neste manual vamos apresentar a seguinte topologia: A posição

Leia mais

Procedimentos para configuração do DWL-2100AP em modo Repeater

Procedimentos para configuração do DWL-2100AP em modo Repeater Procedimentos para configuração do DWL-2100AP em modo Repeater No modo Repeater o DWL-2100AP vai repetir o sinal do DI-624 pela rede Wireless. Neste manual vamos apresentar a seguinte topologia: A posição

Leia mais

OpenWrt: modelagem do

OpenWrt: modelagem do Instituto Federal do Ceará Essas apresentação possui um acumulado de informações de mais de 9 meses de pesquisa e desenvolvimento em redes mesh utilizando o firmware Openwrt. OpenWrt: modelagem do 1 código

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO - APP MONIVOX ROIP

MANUAL DO USUÁRIO - APP MONIVOX ROIP 1. INFORMAÇÕES DO PRODUTO 1.1 INTRODUÇÃO Bem vindo ao manual do usuário do app RoIP. Neste você encontrará instruções de como configurar e colocar em operação o MoniVox app RoIP. 1.2 DIREITOS AUTORAIS

Leia mais

Kit Teclado TS 4x4 v1..0 Manual do usuário

Kit Teclado TS 4x4 v1..0 Manual do usuário Kit Teclado TS 4x4 v1..0 Manual do usuário 1 Apresentação O Kit Teclado TS 4x4 v1.0 foi desenvolvido pela VW Soluções utilizando-se como base o microcontrolador PIC16F886 da Microchip. Ele possui 16 teclas

Leia mais

TOTVS Utilização dos Aplicativos. Arquitetura e Instalação

TOTVS Utilização dos Aplicativos. Arquitetura e Instalação Arquitetura e Instalação Sumário 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos do Treinamento... 3 1.2 TOTVS Application Server... 3 1.3 TOTVS SmartClient... 4 1.4 TOTVS DbAccess Monitor... 5 2 TOTVS SmartClient

Leia mais

PÉGASUS (GPRS POCKET) STUDIO V1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

PÉGASUS (GPRS POCKET) STUDIO V1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO PÉGASUS (GPRS POCKET) STUDIO V1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Rua Coronel Botelho, 64 - Alto da Lapa - CEP: 05088-020 São Paulo - SP - Brasil +55 (11) 3832-6102 PÉGASUS (GPRS POCKET) STUDIO V1.00

Leia mais

Laboratório 1 Topologias de Rede / Utilizando o Packet Tracer

Laboratório 1 Topologias de Rede / Utilizando o Packet Tracer Rede de Computadores Laboratório 1 Topologias de Rede / Utilizando o Packet Tracer Objetivo Demonstrar o funcionamento da ferramenta Packet Tracer para simulações de rede e utilizá-la para descrever o

Leia mais

Nota de aplicação. Harmony ZBRN2 Identificando a manobra do botão através do ID. Douglas Silva Data: 02/01/17 Versão: V1.0

Nota de aplicação. Harmony ZBRN2 Identificando a manobra do botão através do ID. Douglas Silva Data: 02/01/17 Versão: V1.0 Nota de aplicação Harmony ZBRN2 Identificando a manobra do botão através do ID Douglas Silva Data: 02/01/17 Versão: V1.0 Especificações técnicas Especificações Técnicas Hardware TM251MESE ZBRN Firmware

Leia mais

MOP-RC700-REV05 MANUAL DE OPERAÇÃO RC700-REV05

MOP-RC700-REV05 MANUAL DE OPERAÇÃO RC700-REV05 PLANETA INFORMÁTICA MOP-RC700-REV05 MANUAL DE OPERAÇÃO RC700-REV05 2 de 13 Elaborado por Data Assinatura Éder Bianco 19/02/2010 Aprovado por Data Assinatura Thiago Cardoso 19/02/2010 Histórico de Revisões

Leia mais

Atualmente trabalha como Engenheiro de Aplicação na Freescale Semicondutores.

Atualmente trabalha como Engenheiro de Aplicação na Freescale Semicondutores. ZigBee Este tutorial apresenta o protocolo ZigBee, desenvolvido para para permitir comunicação sem fio confiável, com baixo consumo de energia e baixas taxas de transmissão para aplicações de monitoramento

Leia mais

Figura 12 Formato Genérico de uma MAC PDU

Figura 12 Formato Genérico de uma MAC PDU Formato do Quadro 802.15.4 No padrão 802.15.4, a estrutura geral da PDU do nível MAC (MPDU) foi projetada para ser flexível o bastante para acomodar as necessidades de diferentes aplicações e topologias

Leia mais

DK105 GROVE. Sonar. Radiuino

DK105 GROVE. Sonar. Radiuino DK105 GROVE Sonar Radiuino O presente projeto visa mostrar uma básica aplicação com o Kit DK 105 Grove. Utilizamos um sonar ultrassônico Grove juntamente ao nó sensor para medir distância de obstáculos.

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES Informática REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Redes de computadores são estruturas físicas (equipamentos) e lógicas (programas, protocolos) que permitem que dois ou mais computadores possam compartilhar

Leia mais

Revisão C++ - Parte 1

Revisão C++ - Parte 1 Revisão C++ - Parte 1 Prof. Gustavo Leitão Campus Natal Central Disciplina Programação para Ambiente de Redes 5/3/2010 Objetivo da Aula 5/3/2010 5/3/2010 OBJETIVO DA AULA Revisar os principais comandos

Leia mais

Usando Display Gráfico com C18 e C30

Usando Display Gráfico com C18 e C30 Usando Display Gráfico com C18 e C30 Elaborado por: Revisado por: Tiago Coelho Magalhães Marcelo M. M. do Couto José Domingos Adriano Todos os documentos aqui referidos neste material encontram-se na pasta

Leia mais

UBEE AN01 - Modo Modem REV 01. Site: www.fractumrf.com - Email: suporte@fractumrf.com

UBEE AN01 - Modo Modem REV 01. Site: www.fractumrf.com - Email: suporte@fractumrf.com UBEE AN01 - Modo Modem REV 01 Fractum Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA - Av. Antônio Américo Junqueira 335 Pôr do Sol - Santa Rita do Sapucaí-MG - CEP 37540-000 - TEL: 55 35 3471 0019

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA 1. O modelo de referência OSI (Open Systems Interconnection) baseia-se no conceito de camadas sobrepostas, onde cada camada executa um conjunto bem definido de funções. Relacione cada uma das camadas do

Leia mais

Placa de desenvolvimento USB AFSmartBoard utiliza PIC18F4550 da Microchip, microcontrolador com o Flash 32kb, 2048 bytes de memória RAM

Placa de desenvolvimento USB AFSmartBoard utiliza PIC18F4550 da Microchip, microcontrolador com o Flash 32kb, 2048 bytes de memória RAM Guia rápido AFSmart Board PIC18F4550-I/P Placa de desenvolvimento USB AFSmartBoard utiliza PIC18F4550 da Microchip, microcontrolador com o Flash 32kb, 2048 bytes de memória RAM Características Placa para

Leia mais

Montagem de um ponto de acesso de um provedor de Internet utilizando a tecnologia 5.8 GHz.

Montagem de um ponto de acesso de um provedor de Internet utilizando a tecnologia 5.8 GHz. ATIVIDADE AVALIADA Equipe: Adélcio Magalhães Milhorini 10282037 José Carlos Guimarães Junior 10282052 Pedro Henrique Botelho de Melo 10281028 Montagem de um ponto de acesso de um provedor de Internet utilizando

Leia mais

Cerne Tecnologia e Treinamento

Cerne Tecnologia e Treinamento Tecnologia e Treinamento Tutorial para Testes na Placa Cerne Z80 Skype: cerne-tec MSN: cerne-tec@hotmail.com (21)4063-9798 (11)4063-1877 www.cerne-tec.com.br Kits Didáticos e Gravadores da Cerne Tecnologia

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO KIT MERCURIOIV OSCILOSCÓPIO E GERADOR DE SINAIS

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO KIT MERCURIOIV OSCILOSCÓPIO E GERADOR DE SINAIS GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO KIT MERCURIOIV OSCILOSCÓPIO E GERADOR DE SINAIS Revisão 02 agosto/2013 Versão do Firmware: 1.4.6 Versão do software Osciloscópio para Windows: 1.4.1 1. Sumário 1.Introdução...3

Leia mais

Classes de endereços IP - Os bits de endereços IP são reservados um para a classe de rede e os outros para computador (host).

Classes de endereços IP - Os bits de endereços IP são reservados um para a classe de rede e os outros para computador (host). Administração de redes Endereço IP Endereço IP - O endereço IP, na versão 4 (IPv4), é um número de 32 bits (IPV4), contendo 4 bytes (vale lembrar que 1 byte contém 8 bits), portanto 4 bytes contém 32 bits,

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Endereçamento e Ethernet Prof. Jó Ueyama Junho/2013 1 slide 1 Redes Locais LAN: Local Area Network concentrada em uma área geográfica, como um prédio ou um campus. 2 slide 2 Tecnologias

Leia mais

Cerne Tecnologia e Treinamento (21) (11) MSN: Skipe: cerne-tec

Cerne Tecnologia e Treinamento (21) (11) MSN: Skipe: cerne-tec Tecnologia e Treinamento Tutorial para Testes na Placa Cerne Bluetooth (21) 4063-9798 (11) 4063-1877 E-mail: MSN: cerne-tec@hotmail.com Skipe: cerne-tec Kits Didáticos e Gravadores da Cerne Tecnologia

Leia mais

LC Sweex Wireless LAN USB 2.0 Adapter 54 Mbps

LC Sweex Wireless LAN USB 2.0 Adapter 54 Mbps LC100060 Sweex Wireless LAN USB 2.0 Adapter 54 Mbps Introdução Antes de mais, gostaríamos de agradecer-lhe por ter escolhido adquirir o Sweex Wireless LAN USB 2.0 Adapter 54 Mbps. Com o adaptador USB pode

Leia mais

I/O para Dispositivos Externos e Outros Computadores. Redes de Interconexão. Redes de Interconexão. Redes de Computadores Correntes

I/O para Dispositivos Externos e Outros Computadores. Redes de Interconexão. Redes de Interconexão. Redes de Computadores Correntes para Dispositivos Externos e Outros Computadores Processor interrupts Cache Memory - Bus Main Memory Disk Disk Graphics Network ideal: bandwidth alto, baixa latência Redes de Computadores Correntes Objetivos:

Leia mais

Procedimentos para configuração do DWL-G700AP em modo Access Point

Procedimentos para configuração do DWL-G700AP em modo Access Point 1 Procedimentos para configuração do DWL-G700AP em modo Access Point No modo Access Point o DWL-G700AP se conecta a várias máquinas, sejam elas notebooks ou desktops com adaptador wireless. Nesse Manual

Leia mais

Lista de exercícios - 1º bimestre 2016 REDES

Lista de exercícios - 1º bimestre 2016 REDES Lista de exercícios - 1º bimestre 2016 REDES Jean Nicandros Stragalinos Neto. Prontuário: 1616251. Curso: ADS 2º Módulo. 1) Desenhe duas redes com 7 e 8 computadores e defina a configuração IP de cada

Leia mais

Manual de Configuração.

Manual de Configuração. O NX WiFi é um conversor de Serial e Ethernet para WiFi, com isso eliminando o cabeamento em suas instalações e deixando-os equipamentos com mais mobilidade. NX WiFi Modo STA Modo STA Neste modo o NXWiFi

Leia mais

Cerne. Conhecimento para o Desenvolvimento. Cerne Tecnologia e Treinamento

Cerne. Conhecimento para o Desenvolvimento. Cerne Tecnologia e Treinamento Conhecimento para o Desenvolvimento Cerne Tecnologia e Treinamento Apostila de Assembly para o PIC16F628A (21) 4063-9798 (11) 4063-1877 E-mail: cerne@cerne-tec.com.br MSN: cerne-tec@hotmail.com Skipe:

Leia mais

TOKEN RING. Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Redes de Comunicação 10º Ano

TOKEN RING. Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Redes de Comunicação 10º Ano TOKEN RING Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Redes de Comunicação 10º Ano Nome: Marcelo Filipe Rocha Assunção 2013/2014 ÍNDICE Introdução...2 Token Ring...3 CONCEITO...3

Leia mais

Nome do software: Freestyler

Nome do software: Freestyler LBC8 - Configuração das interfaces Lumikit em software de terceiros Autor: Gabriel Klabunde Neste documento apresentamos um passo a passo explicando como configurar as interfaces Lumikit em softwares de

Leia mais

Informática. Transferência de Arquivos e Dados. Professor Márcio Hunecke.

Informática. Transferência de Arquivos e Dados. Professor Márcio Hunecke. Informática Transferência de Arquivos e Dados Professor Márcio Hunecke www.acasadoconcurseiro.com.br Informática TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS E DADOS Upload e Download Em tecnologia, os termos download e

Leia mais

Asterisk para Raspberry Pi

Asterisk para Raspberry Pi Asterisk para Raspberry Pi Gateway VoIP GSM com Chan_dongle Um gateway GSM VoIP altamente acessível pode ser obtido usando Huawei E155X ou modems USB compatíveis e chan_dongle, fornecendo chamadas de entrada

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DO MICROTERMINAL BEMATECH FIT LIGHT

CONFIGURAÇÃO DO MICROTERMINAL BEMATECH FIT LIGHT CONFIGURAÇÃO DO MICROTERMINAL BEMATECH FIT LIGHT Digisat Tecnologia Ltda Rua Marechal Deodoro, 772 Edifício Mirage 1º Andar Sala 5 e 6 Centro Concórdia/SC CEP: 89700-000 Fone/Fax: (49) 3441-1600 suporte@digisat.com.br

Leia mais

CONTEÚDO Guia do Usuario

CONTEÚDO Guia do Usuario CONTEÚDO Direitos autorais 2014 Samsung Electronics Co., Ltd. Todos os direitos reservados. Este manual destina-se somente a fins informativos. Todas as informações incluídas neste documento estão sujeitas

Leia mais

Definição Rede Computadores

Definição Rede Computadores Definição Rede Computadores Uma rede de computadores consiste na interconexão entre dois ou mais computadores e dispositivos complementares acoplados através de recursos de comunicação, geograficamente

Leia mais

Laboratório - Uso do Wireshark para examinar uma captura UDP DNS

Laboratório - Uso do Wireshark para examinar uma captura UDP DNS Laboratório - Uso do Wireshark para examinar uma captura UDP DNS Topologia Objetivos Parte 1: Registrar as informações de configuração IP de um PC Parte 2: Usar o Wireshark para capturar consultas e respostas

Leia mais

Módulo RF U-BEE. Site: - V 2.0. Protocolo IEEE REV 01

Módulo RF U-BEE. Site:  -   V 2.0. Protocolo IEEE REV 01 Módulo RF U-BEE V 2.0 Protocolo IEEE 802.15.4 REV 01 Fractum Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA - Av. Antônio Américo Junqueira 335 Pôr do Sol - Santa Rita do Sapucaí-MG - CEP 37540-000

Leia mais

Usando VNC para instalar o CallManager da Cisco em um servidor remoto

Usando VNC para instalar o CallManager da Cisco em um servidor remoto Usando VNC 3.3.7 para instalar o CallManager da Cisco em um servidor remoto Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Use o VNC com CallManager da Cisco Preparação do

Leia mais

Nota de aplicação. Harmony ZBRN2 Configurando os botões com o SoMachine. Douglas Silva Data: 02/01/17 Versão: V1.0

Nota de aplicação. Harmony ZBRN2 Configurando os botões com o SoMachine. Douglas Silva Data: 02/01/17 Versão: V1.0 Nota de aplicação Harmony ZBRN2 Configurando os botões com o SoMachine Douglas Silva Data: 02/01/17 Versão: V1.0 Especificações técnicas Especificações Técnicas Hardware TM251MESE ZBRN Firmware V4.0.5.9

Leia mais

Oxímetro Bluetooth e LCD 16 2 em Python

Oxímetro Bluetooth e LCD 16 2 em Python Intel Edison Lab 03 Oxímetro Bluetooth e LCD 16 2 em Python Tela teste inicial Neste Lab descreveremos o método utilizado para integrar um Oxímetro Bluetooth com tecnologia LE (Low Energy), um display

Leia mais

Portas de entrada e saída; Interrupções; Interrupções externas; Temporizadores Contadores; Interface Serial

Portas de entrada e saída; Interrupções; Interrupções externas; Temporizadores Contadores; Interface Serial Periféricos Integrados do 8051 Portas de entrada e saída; Interrupções; Interrupções externas; Temporizadores Contadores; Interface Serial Periféricos Integrados do 8051 Portas de entrada e saída O 8051

Leia mais

Prof. Antonio P. Nascimento Filho. Tecnologias de rede. Ethernet e IEEE Token ring ATM FDDI Frame relay. Uni Sant Anna Teleprocessamento e Redes

Prof. Antonio P. Nascimento Filho. Tecnologias de rede. Ethernet e IEEE Token ring ATM FDDI Frame relay. Uni Sant Anna Teleprocessamento e Redes Tecnologias de rede Ethernet e IEEE 802.3 Token ring ATM FDDI Frame relay Ethernet A Ethernet é uma tecnologia de broadcast de meios compartilhados. Entretanto, nem todos os dispositivos da rede processam

Leia mais

DK105 GROVE. Temperatura e Umidade. Radiuino

DK105 GROVE. Temperatura e Umidade. Radiuino DK105 GROVE Temperatura e Umidade Radiuino O presente projeto visa mostrar uma básica aplicação com o Kit DK 105 Grove. Utilizamos um sensor de umidade e temperatura Grove juntamente ao nó sensor para

Leia mais

PKBurner. Programador e Debugger USB. Conteúdo. Índice

PKBurner. Programador e Debugger USB. Conteúdo. Índice PKBurner Programador e Debugger USB O PKBurner oferece impressionante nível de desempenho, confiabilidade e incomparável abrangência de dispositivos Microchip suportados, por um excelente custo-benefício.

Leia mais

Instalação JDK. Joyce França. Professora de Ciência da Computação - IFNMG

Instalação JDK. Joyce França. Professora de Ciência da Computação - IFNMG Instalação JDK Joyce França Professora de Ciência da Computação - IFNMG Máquina Virtual Java utiliza-se do conceito de máquina virtual, onde existe uma camada extra entre o sistema operacional e a aplicação,

Leia mais

Guia de Instalação. Driver Gráfico de Impressão for LINUX

Guia de Instalação. Driver Gráfico de Impressão for LINUX Guia de Instalação Driver Gráfico de Impressão for LINUX Índice Apresentação...5 Documento...5 Modelos de Driver...5 Compatibilidade...5 Instalação...6 Requisitos Mínimos...6 Instalando o Driver...6 Gerenciamento...12

Leia mais

Instalando o Driver de Impressora Custom PostScript ou PCL para Windows

Instalando o Driver de Impressora Custom PostScript ou PCL para Windows Instalando o Driver de Impressora Custom PostScript ou PCL para Windows Este arquivo Leiame contém instruções para instalar o Driver de Impressora Custom PostScript ou PCL em sistemas Windows. Os Drivers

Leia mais

Nota de aplicação. Harmony ZBRN2 Criando um botão biestável. Douglas Silva Data: 02/01/17 Versão: V1.0. Schneider Electric Suporte técnico Brasil

Nota de aplicação. Harmony ZBRN2 Criando um botão biestável. Douglas Silva Data: 02/01/17 Versão: V1.0. Schneider Electric Suporte técnico Brasil Nota de aplicação Harmony ZBRN2 Criando um botão biestável Douglas Silva Data: 02/01/17 Versão: V1.0 Especificações técnicas Especificações Técnicas Hardware TM251MESE ZBRN Firmware V4.0.5.9 V1.0.38 Software

Leia mais

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.5 Instalação, configuração e primeiros passos para uso das planilhas de obra

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.5 Instalação, configuração e primeiros passos para uso das planilhas de obra Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.5 Instalação, configuração e primeiros passos para uso das planilhas de obra Elaborado pela Equipe Planilhas de Obra.com Conteúdo 1. Preparar inicialização das

Leia mais

Manual de Instalação da Leitora para cartão e-cpf e Instrução para assinatura digital (SGP-e)

Manual de Instalação da Leitora para cartão e-cpf e Instrução para assinatura digital (SGP-e) SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO - SEA Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico Manual de Instalação da Leitora para cartão e-cpf e Instrução para assinatura digital (SGP-e) SUMÁRIO 1- Qual o objetivo

Leia mais

Redes de Computadores. Classificações

Redes de Computadores. Classificações Tipos de Servidores As redes cliente/servidor se baseiam em servidores especializados em uma determinada tarefa. Como comentamos, o servidor não é necessáriamente um microcomputador; pode ser um aparelho

Leia mais

ATENÇÃO O TCP/IP não é um protocolo. TCP/IP é um conjunto de diversos protocolos em 04 camadas próprias que se relaciona com o modelo OSI.

ATENÇÃO O TCP/IP não é um protocolo. TCP/IP é um conjunto de diversos protocolos em 04 camadas próprias que se relaciona com o modelo OSI. PROTOCOLOS DE TRANSMISSÃO DE DADOS PROTOCOLO TCP/IP Trata-se da sigla da palavra inglesa Transmission Control Protocol / Internet Protocol ou, simplesmente Protocolo de Controle de Transmissão / Protocolo

Leia mais

I CICLO CIENTÍFICO FAPAN

I CICLO CIENTÍFICO FAPAN I CICLO CIENTÍFICO FAPAN Instalação e configuração de Redes Locais LAN, em ambientes Microsoft Windows e GNU/Linux Ademar Alves Trindade Roberto Tikao Tsukamoto Júnior Cáceres-MT, 4 a 6 de maio de 2011.

Leia mais

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P Utilize o usuário e senha padrão para ter acesso às configurações do aparelho USUÁRIO: easycam SENHA: vetti Conheça a tabela de resoluções: Definição

Leia mais

Comunicação RC5 com o dspic Vitor Amadeu Souza

Comunicação RC5 com o dspic Vitor Amadeu Souza Comunicação RC5 com o dspic Vitor Amadeu Souza vitor@cerne-tec.com.br Neste artigo, irei apresentar aos leitores um exemplo prático de comunicação via infravermelho, utilizando neste caso o protocolo RC5.

Leia mais

Comunicação USB com o PIC Vitor Amadeu Souza

Comunicação USB com o PIC Vitor Amadeu Souza 1 Comunicação UB com o PIC Vitor Amadeu ouza vitor@cerne-tec.com.br Introdução Os modernos microcontroladores da Microchip, haja vista os da família PIC18 estão cada vez mais com uma integração maior e

Leia mais

IDES E PROGRAMAÇÃO. Prof. Dr. Cláudio Fabiano Motta Toledo PAE: Maurício A Dias

IDES E PROGRAMAÇÃO. Prof. Dr. Cláudio Fabiano Motta Toledo PAE: Maurício A Dias 1 IDES E PROGRAMAÇÃO Prof. Dr. Cláudio Fabiano Motta Toledo PAE: Maurício A Dias {claudio,macdias}@icmc.usp.br 2 Agenda Conceitos Instalação e Configuração Compilação e Execução de Código IDEs Exemplo

Leia mais

Entrada e Saída e Dispositivos

Entrada e Saída e Dispositivos Entrada e Saída e Dispositivos Uma das funções do Sistema Operacional é: - Gerência de dispositivos de E/S. Operações: - Tratamento de interrupções - Tratamento erros - Interfaceamento entre os dispositivos

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO KIT MERCURIOIV OSCILOSCÓPIO E GERADOR DE SINAIS

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO KIT MERCURIOIV OSCILOSCÓPIO E GERADOR DE SINAIS GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO KIT MERCURIOIV OSCILOSCÓPIO E GERADOR DE SINAIS Revisão 05 setembro/2014 Versão do Firmware: 2.1.8 Versão do software Osciloscópio para Windows: 2.0.19 1. Sumário 1.Introdução...3

Leia mais

Arquitetura Von Neumann Dados e instruções são obtidos da mesma forma, simplificando o desenho do microprocessador;

Arquitetura Von Neumann Dados e instruções são obtidos da mesma forma, simplificando o desenho do microprocessador; 1 Microprocessador Um microprocessador é um circuito eletrônico capaz de realizar diversas tarefas conforme os comandos específicos. Para isso ele deve ler esses comandos da memória de programa (ROM) e

Leia mais

Depois de configurada nossa comunicação serial podemos enviar vários comandos para comunicação entre o computador e o Arduino:

Depois de configurada nossa comunicação serial podemos enviar vários comandos para comunicação entre o computador e o Arduino: Tarefa prática com Arduino nível II Parte 1: Usando o monitor Serial. O Arduino se comunica com o computador por meio de uma conexão serial. Ela é ligada aos pinos 0 (RX) e 1 (TX) da placa. Para iniciar

Leia mais

Verificador Slimterm TCP-IP

Verificador Slimterm TCP-IP Verificador Slimterm TCP-IP 1 Acessando a Configuração 1. Ao ligar o equipamento será exibido a tela de inicialização. 2. Indica que não localizou o cabo de rede. 3. Indica que está iniciando o modulo

Leia mais

Aula 12 Protocolo de Roteamento EIGRP

Aula 12 Protocolo de Roteamento EIGRP Disciplina: Dispositivos de Rede I Professor: Jéferson Mendonça de Limas 4º Semestre Aula 12 Protocolo de Roteamento EIGRP 2014/1 09/06/14 1 2 de 34 Introdução Em 1985 a Cisco criou o IGRP em razão das

Leia mais

Experiência 04: Comandos para testes e identificação do computador na rede.

Experiência 04: Comandos para testes e identificação do computador na rede. ( ) Prova ( ) Prova Semestral ( ) Exercícios ( ) Prova Modular ( ) Segunda Chamada ( ) Exame Final ( ) Prática de Laboratório ( ) Aproveitamento Extraordinário de Estudos Nota: Disciplina: Turma: Aluno

Leia mais

Integração do Arduíno com Elipse Scada para aplicações de força

Integração do Arduíno com Elipse Scada para aplicações de força Integração do Arduíno com Elipse Scada para aplicações de força Com intuito obter uma ferramenta visual para demonstrar as forças exercidas em um sensor de força resistivo. Foi integrado o Arduíno a um

Leia mais

Tópicos Especiais em Redes de Telecomunicações

Tópicos Especiais em Redes de Telecomunicações Tópicos Especiais em Redes de Telecomunicações Redes definidas por software e Computação em Nuvem Prof. Rodrigo de Souza Couto PARTE 1 REDES DEFINIDAS POR SOFTWARE (SDN) 2 Bibliografia Esta aula é baseada

Leia mais

GUIA RAPIDO DE INSTALAÇÃO D-SAT VINCULAÇÃO D-SAT AO CNPJ DO CONTRIBUINTE

GUIA RAPIDO DE INSTALAÇÃO D-SAT VINCULAÇÃO D-SAT AO CNPJ DO CONTRIBUINTE GUIA RAPIDO DE INSTALAÇÃO D-SAT Este manual ensinará como você deve realizar o procedimento de instalação da USB do D-SAT, Vinculação do número de série, Ativação e Associação de Assinatura do Aplicativo

Leia mais

Este documento descreve como configurar a autenticação da Web a fim trabalhar com uma instalação do proxy.

Este documento descreve como configurar a autenticação da Web a fim trabalhar com uma instalação do proxy. Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Configurar Configurar o WLC Configurar o arquivo PAC Crie o ACL Pré-autenticação Reparo rápido: Configurar o navegador da Web

Leia mais

Manual de utilização NSE Módulo TCP/IP MTCP-1E1S

Manual de utilização NSE Módulo TCP/IP MTCP-1E1S INSTALAÇÃO 1 Conecte a fonte 12Vcc/1A (ou 24Vcc/1A) a tomada e em seguida ao módulo MTCP-1E1S ( Negativo externo ---(o--- Positivo interno ). 2 Conecte o cabo de rede que acompanha o produto ao módulo

Leia mais

A instalação e configuração do módulo ampère com AnyConnect 4.x e ampère Habilitador

A instalação e configuração do módulo ampère com AnyConnect 4.x e ampère Habilitador A instalação e configuração do módulo ampère com AnyConnect 4.x e ampère Habilitador Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Desenvolvimento de AnyConnect para o ampère Habilitador

Leia mais

CST em Redes de Computadores

CST em Redes de Computadores CST em Redes de Computadores Dispositivos de Rede II Aula 02 Unidade II Dispositivos Básicos de Rede Prof: Jéferson Mendonça de Limas Introdução Redes LAN Dois ou mais dispositivos interligados por um

Leia mais

Níkolas Timóteo Paulino da Silva Redes de Computadores I ADS 2ºTermo

Níkolas Timóteo Paulino da Silva Redes de Computadores I ADS 2ºTermo Níkolas Timóteo Paulino da Silva Redes de Computadores I ADS 2ºTermo 1) Desenhe duas redes com 7 e 8 computadores e defina a configuração IP de cada máquina com classe B e C, respectivamente. REDE A (7

Leia mais