CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE CACHORROS QUENTES AMBULANTES DO MUNICÍPIO DE APUCARANA- PR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE CACHORROS QUENTES AMBULANTES DO MUNICÍPIO DE APUCARANA- PR"

Transcrição

1 CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE CACHORROS QUENTES AMBULANTES DO MUNICÍPIO DE APUCARANA- PR Melo, H. K.; Toledo, E. A. RESUMO As condições higiênico-sanitárias de cachorro-quente ambulante possuem uma grande importância socioeconômica, cultural e nutricional. Através de check-list foram detectado que as condições higiênico-sanitárias e as práticas inadequadas de manipulação de alimentos podem trazer grandes prejuízos para a saúde do consumidor, como uma intoxicação alimentar. As condições de funcionamento dos estabelecimentos apresentaram-se insatisfatórias, vendo que os manipuladores necessitam de treinamento. Palavra chave: Alimento de Rua, Cachorro-Quente, Higiene- Sanitária. ABSTRACT The sanitary conditions of hot dog walking have a major socioeconomic, cultural and nutritional. Through check-list were detected that sanitary conditions and inadequate practices of food handling can bring great harm to the health of the consumer, such as food poisoning. The operating conditions of the establishments had to be unsatisfactory, seeing that handlers need training. Keyword: Street Food, Hot Dog, Hygiene and Sanitary.

2 Introdução O comércio de alimentos por ambulantes tem aumentado consideravelmente, pois constitui uma atividade econômica e alternativa para desempregados, contudo no Brasil, a ocorrência de doenças transmitidas por alimentos (DTA) não é de notificação compulsória, o que compromete a real avaliação do problema (LUCCA, A.; TORRES, E. A. 2002). É uma atividade informal que satisfaz as necessidades especialmente das classes de baixa renda, mas existem outros motivos para a escolha dos alimentos de rua: refeições rápidas, baixo custo, proximidade do local de trabalho ou estudo. Um ponto negativo em tudo isso é que muito desses alimentos oferecem risco para saúde da população que ingere esses alimentos. Nos últimos anos, a preocupação com a segurança alimentar tem crescido, provocando uma série de discussões entre organizações governamentais, instituições de ensino, e indústria alimentícias sobre programas que assegurem toda população sobre produtos que não sejam prejudiciais à saúde. Este trabalho tem como objetivo avaliar as condições higiênico-sanitárias em estabelecimentos comerciais de cachorros quentes que será avaliada somente os trailers localizados na cidade de Apucarana- PR. Comparar através de check-list, as condições higiênico-sanitárias dos estabelecimentos, práticas inapropriadas de manipulação e manipuladores com higiene pessoal inadequada, condições higiênico-sanitárias dos estabelecimentos e avaliar as condições de funcionamento. Referencial teórico-metodológico No Brasil os alimentos de rua estão crescendo cada vez mais, por causa do desemprego ou por que as pessoas querem ter sua independência financeira, com isso está gerando uma preocupação muito grande em questão alimento seguro. As doenças transmitidas por alimentos têm sido vista como um grande problema da saúde pública no mundo, causando perdas econômicas e afetando a confiança do consumidor. O mesmo foi

3 avaliado através de um check-list, que visa identificar as condições higiênico-sanitárias de cachorro-quentes ambulantes e os pontos críticos dos estabelecimentos na cidade de Apucarana-PR. Resultados e discussão Foram avaliados as condições higiênico-sanitárias em 12 estabelecimentos de cachorro-quentes ambulantes, alimentos de rua como mostra o gráfico 1, que apenas 11 (92%) estão adequados e 1 (8%) inadequado, esse possuindo uso de aliança e brinco, segundo a RDC nº 216, de 15 de setembro de (2004), os adornos pessoais acumulam sujeira e micróbios, além de poderem cair nos alimentos causando ocorrência de doenças provocadas pelo consumo de alimentos contaminados. Gráfico 1 - Utilização de jóias e adornos. Sim Não 1 8% 11 92% A análise do gráfico 2, mostra que 10 (83%) fazem a higienização das mãos e 2 (17%) não faz, porém nem todos os estabelecimento tinham locais para realizar a higienização. O manipulador é a pessoa mais importante, ele não pode fumar espirrar ou tossir, mascar goma, comer, cuspir, palitar dentes enquanto estiver lidando com alimentos, não passar a mão na boca,

4 nariz, cabelos ou cabeça, as mãos devem ser lavadas tantas vezes quanto necessário e após o uso do sanitário (banheiro) (RDC SS-142, 1993). Resultados semelhantes foram obtidos em trabalhos realizados por Mello, (2010) em relação à contaminação dos alimentos pelas mãos, embora os manipuladores saibam dessa possibilidade (94,2% de respostas corretas), foi observado nos estudados que a frequência da higienização das mãos é muito baixa. Gráfico 2 - Higienização das mãos. Sim Não 2 17% 10 83% Através dos resultados obtidos pela pesquisa realizada em Apucarana nos estabelecimentos de cachorro-quentes ambulantes, podemos analisar que os manipuladores conhecem os procedimentos adotados pela vigilância sanitária para ter qualidade e higiene adequada dos alimentos, porém falta experiência. Conclusão De acordo com a análise de dados observados, foi possível notar alguns fatores importantes e indispensável durante o preparo de lanches, como por exemplo, a prática inapropriada de manipulação e manipuladores

5 com higiene pessoal inadequada podendo assim ocorrer problemas, também observado práticas inadequadas de manipular os lanches, e as condições de funcionamento dos estabelecimentos apresentou-se insatisfatórias. Isso mostra que devem ser tomadas algumas medidas para evitar contaminação dos alimentos, como aplicação de normas sanitárias para vendedor ambulante, oferta de cursos para capacitação dos vendedores. Referência BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária ANVISA. Resolução RDC nº 216, de 15 de setembro de Dispõe sobre Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação. D.O.U. Diário Oficial da União; Poder Executivo, de 16 set Brasília, DF. Disponível em: <http://www.anvisa.gov.br/alimentos/bps.htm>. Acesso em: 24 de julho de BRASIL. Secretaria da saúde. Resolução RDC SS-142. Norma técnica relativa ao comércio de ambulante de gênero alimentícios. Secretaria municipal da saúde. Diário Oficial do Estado, Ourinhos, SP, 3 de maio de Disponível em: <http://www.cvs.saude.sp.gov.br/zip/e_rs-ss- 142_ pdf>. Acesso em: 22 de agosto de LUCCA, A.; TORRES, E. A. F. S. Condições de higiene de "cachorroquente" comercializado em vias públicas. Rev. Saúde Pública, São Paulo, v. 36, n. 3, jun. 2002, vol.36, no.3, p ISSN Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=s &lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 10 de março MELLO, A. G.; GAMA, M. P.; MARIN, V. A.; COLARES, L. G. T. Conhecimento dos manipuladores de alimentos sobre boas práticas nos restaurantes públicos populares do Estado do Rio de Janeiro. Braz. J. Food Technol., Campinas, v. 13, n. 1, p , Jan./Mar Disponível em: <http://www.ital.sp.gov.br/bj DOI: /BJFT >. Acesso em: 20 de abril 2012.

Ana Lúcia de Freitas Saccol, Lize Stangarlin, Luisa Helena Hecktheuer, Neila Richards

Ana Lúcia de Freitas Saccol, Lize Stangarlin, Luisa Helena Hecktheuer, Neila Richards Ana Lúcia de Freitas Saccol, Lize Stangarlin, Luisa Helena Hecktheuer, Neila Richards Bento Gonçalves (RS), 22 de agosto de 2008 Sociedade Brasileira tem passado por mudanças Novos hábitos sociais (estilo

Leia mais

APLICAÇÃO DO MANUAL DE BOAS PRÁTICAS TENDO COMO FOCO A HIGIENE PESSOAL DO MANIPULADOR RESUMO

APLICAÇÃO DO MANUAL DE BOAS PRÁTICAS TENDO COMO FOCO A HIGIENE PESSOAL DO MANIPULADOR RESUMO APLICAÇÃO DO MANUAL DE BOAS PRÁTICAS TENDO COMO FOCO A HIGIENE PESSOAL DO MANIPULADOR Déborah Souza Queiroz 1 Robson Ferreira da Silva 2 Eleusa Spagnuolo Souza 3 Lauriane de Oliveira Silveira 4 RESUMO

Leia mais

11/03/2011. Elaboração de Alimentos. Ministério da Agricultura

11/03/2011. Elaboração de Alimentos. Ministério da Agricultura Regulamentação Boas Práticas de Fabricação Ministério da Agricultura Portaria Nº 368 4 de Setembro de 1997 Regulamento técnico sobre as condições higiênico-sanitárias e de boas práticas de elaboração para

Leia mais

CONDIÇÕES HIGIÊNICAS EM ESTABELECIMENTOS QUE MANIPULAM E COMERCIALIZAM ALIMENTOS

CONDIÇÕES HIGIÊNICAS EM ESTABELECIMENTOS QUE MANIPULAM E COMERCIALIZAM ALIMENTOS CONDIÇÕES HIGIÊNICAS EM ESTABELECIMENTOS QUE MANIPULAM E COMERCIALIZAM ALIMENTOS J. M. ARRUDA 1, M. H. SCABORA 2, C. M. AMORIM 3, A. V. RIBEIRO 4, TESTA 5, K. R. ROSA 6 1- Graduação em Tecnologia de Processamento

Leia mais

BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO EM ESTABELECIMENTOS DE ALIMENTAÇÃO DA CIDADE DE DOURADOS-MS

BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO EM ESTABELECIMENTOS DE ALIMENTAÇÃO DA CIDADE DE DOURADOS-MS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO EM ESTABELECIMENTOS DE ALIMENTAÇÃO DA CIDADE DE DOURADOS-MS Mônica Barreto de Lima 1 ; Thaise Maria Tobal 2 UFGD/FCS Dourados MS, E-mail: monika.barreto@hotmail.com 1 Bolsista

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE RESTAURANTES COMERCIAIS DA CIDADE DE ROLIM DE MOURA RO.

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE RESTAURANTES COMERCIAIS DA CIDADE DE ROLIM DE MOURA RO. AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE RESTAURANTES COMERCIAIS DA CIDADE DE ROLIM DE MOURA RO. SANTINI, V Aluna do curso de Nutrição da UNESC - Cacoal SEIXAS, F. R. F. Professora do curso de Nutrição

Leia mais

MONITORAMENTO DA TEMPERATURA DE PREPARAÇÕES FRIAS DE UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO COMERCIAL DA CIDADE DE SANTA MARIA -RS 1 RESUMO

MONITORAMENTO DA TEMPERATURA DE PREPARAÇÕES FRIAS DE UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO COMERCIAL DA CIDADE DE SANTA MARIA -RS 1 RESUMO MONITORAMENTO DA TEMPERATURA DE PREPARAÇÕES FRIAS DE UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO COMERCIAL DA CIDADE DE SANTA MARIA -RS 1 Alves, M. 2 ; Mesquita. M. O de 2 1 Trabalho de Pesquisa _UNIFRA 2 Curso

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO EM UMA INDÚSTRIA DE SORVETES DE NITERÓI-RJ, BRASIL

AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO EM UMA INDÚSTRIA DE SORVETES DE NITERÓI-RJ, BRASIL AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO EM UMA INDÚSTRIA DE SORVETES DE NITERÓI-RJ, BRASIL H. L. A. da Silva 1, A. H. Vieira 2, C. F. Balthazar 1, A. G. Cruz 3 1. Universidade Federal Fluminense (UFF),

Leia mais

AULAS PRÁTICAS DE CONTROLE DE QUALIDADE DE ALIMENTOS Estudo de caso dos estabelecimentos de alimentação RESUMO

AULAS PRÁTICAS DE CONTROLE DE QUALIDADE DE ALIMENTOS Estudo de caso dos estabelecimentos de alimentação RESUMO Mostra Nacional de Iniciação Científica e Tecnológica Interdisciplinar III MICTI Fórum Nacional de Iniciação Científica no Ensino Médio e Técnico - I FONAIC-EMT Camboriú, SC, 22, 23 e 24 de abril de 2009

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA HIGIENIZAÇÃO CORRETA DOS ALIMENTOS EM UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO (UAN) RESUMO

A IMPORTÂNCIA DA HIGIENIZAÇÃO CORRETA DOS ALIMENTOS EM UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO (UAN) RESUMO A IMPORTÂNCIA DA HIGIENIZAÇÃO CORRETA DOS ALIMENTOS EM UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO (UAN) Monique Peres da Silva 1 Anne da Silva Soares 2 Lauriane de Oliveira Silveira 3 RESUMO A qualidade do alimento

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS E FÍSICO-ESTRUTURAIS DO SERVIÇO DE NUTRIÇÃO E DIETÉTICA DE UM HOSPITAL, NO MUNICÍPIO DE VIÇOSA 1

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS E FÍSICO-ESTRUTURAIS DO SERVIÇO DE NUTRIÇÃO E DIETÉTICA DE UM HOSPITAL, NO MUNICÍPIO DE VIÇOSA 1 227 AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS E FÍSICO-ESTRUTURAIS DO SERVIÇO DE NUTRIÇÃO E DIETÉTICA DE UM HOSPITAL, NO MUNICÍPIO DE VIÇOSA 1 Monica de Paula Jorge 2, Marceli Almeida Mendonça 2, Maria

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO DE ALI- MENTOS NA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO

CAPACITAÇÃO EM BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO DE ALI- MENTOS NA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO CAPACITAÇÃO EM BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO DE ALI- MENTOS NA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO Victor Rodrigues de Paula 1, Mikael Henrique de Jesus Batista 2, Luana Priscilla Rodrigues Macedo 3, Dinelise

Leia mais

Saiba porque a higiene pessoal contribui para a sua saúde e para que você se sinta confortável na busca pelo emprego e no ambiente de trabalho.

Saiba porque a higiene pessoal contribui para a sua saúde e para que você se sinta confortável na busca pelo emprego e no ambiente de trabalho. Saiba porque a higiene pessoal contribui para a sua saúde e para que você se sinta confortável na busca pelo emprego e no ambiente de trabalho. Os cuidados com a higiene pessoal demonstram que a pessoa

Leia mais

APLICAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO COMO REQUISITO DE SEGURANÇA ALIMENTAR EM UM SUPERMERCADO, NO MUNICÍPIO DE VIÇOSA 1

APLICAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO COMO REQUISITO DE SEGURANÇA ALIMENTAR EM UM SUPERMERCADO, NO MUNICÍPIO DE VIÇOSA 1 193 APLICAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO COMO REQUISITO DE SEGURANÇA ALIMENTAR EM UM SUPERMERCADO, NO MUNICÍPIO DE VIÇOSA 1 Maria Aparecida Resende Marques 2, Viviane Gomes Lelis 3, Eliene da Silva

Leia mais

AVALIAÇÃO TÉCNICA DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIAS DE CARNES COMERCIALIZADAS EM FEIRAS LIVRES DE UM MUNICÍPIO ALAGOANO

AVALIAÇÃO TÉCNICA DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIAS DE CARNES COMERCIALIZADAS EM FEIRAS LIVRES DE UM MUNICÍPIO ALAGOANO AVALIAÇÃO TÉCNICA DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIAS DE CARNES COMERCIALIZADAS EM FEIRAS LIVRES DE UM MUNICÍPIO ALAGOANO Jacqueline Vieira da Silva (1); Yasnaia Ferreira da Silva (1); Nassib Bezerra Bueno

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DE MANIPULADORES DE ALIMENTOS EM ESCOLAS ESTADUAIS DO MUNICÍPIO DE TRÊS PASSOS/RS

AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DE MANIPULADORES DE ALIMENTOS EM ESCOLAS ESTADUAIS DO MUNICÍPIO DE TRÊS PASSOS/RS AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DE MANIPULADORES DE ALIMENTOS EM ESCOLAS ESTADUAIS DO MUNICÍPIO DE TRÊS PASSOS/RS L. Abreu¹, F.H.Weber², M.E. Lanzanova³, G. Scherer 4, H. Weirch 5 1- Universidade Estadual do

Leia mais

ANÁLISE MICROBIOLÓGICA DE MÃOS DE MANIPULADORES, MÁQUINAS DE MOER CARNE E FACAS DE CORTE, EM SUPERMERCADOS DA CIDADE DE APUCARANA- PR

ANÁLISE MICROBIOLÓGICA DE MÃOS DE MANIPULADORES, MÁQUINAS DE MOER CARNE E FACAS DE CORTE, EM SUPERMERCADOS DA CIDADE DE APUCARANA- PR ANÁLISE MICROBIOLÓGICA DE MÃOS DE MANIPULADORES, MÁQUINAS DE MOER CARNE E FACAS DE CORTE, EM SUPERMERCADOS DA CIDADE DE APUCARANA- PR SOUZA M. C; TOLEDO E. A Resumo Este trabalho teve como objetivo identificar

Leia mais

AVALIAÇÃO DO BINÔMIO TEMPO X TEMPERATURA DE PREPAROS ALIMENTARES EM UMA UNIDADE PRODUTORA DE REFEIÇÕES DO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA/PB

AVALIAÇÃO DO BINÔMIO TEMPO X TEMPERATURA DE PREPAROS ALIMENTARES EM UMA UNIDADE PRODUTORA DE REFEIÇÕES DO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA/PB AVALIAÇÃO DO BINÔMIO TEMPO X TEMPERATURA DE PREPAROS ALIMENTARES EM UMA UNIDADE PRODUTORA DE REFEIÇÕES DO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA/PB Yohanna de Oliveira; Keylha Querino de Farias Lima; Erika Epaminondas

Leia mais

INVESTIGAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIAS DE COZINHAS DE ESCOLAS PÚBLICAS

INVESTIGAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIAS DE COZINHAS DE ESCOLAS PÚBLICAS INVESTIGAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIAS DE COZINHAS DE ESCOLAS PÚBLICAS J. L. Bitencourt 1, C. Wobeto 2*, T. D. Silveira 3 1- Instituto de Ciências Naturais, Humanas e Sociais Universidade Federal

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO EM UM RESTAURANTE A KG E SELF SERVICE EM CUIABÁ- MT

AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO EM UM RESTAURANTE A KG E SELF SERVICE EM CUIABÁ- MT AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO EM UM RESTAURANTE A KG E SELF SERVICE EM CUIABÁ- MT N. E. R. BOTELHO 1, M. H. SCABORA 2, M. G. F. ILVA 3, TESTA 4, K. R. ROSA 5 1- Graduação em Tecnologia de

Leia mais

DETERMINAÇÃO DA QUALIDADE MICROBIOLÓGICA DE ALGUNS ALIMENTOS COMERCIALIZADOS NAS IMEDIAÇÕES DE HOSPITAIS PÚBLICOS EM ARAGUAÍNA, TOCANTINS

DETERMINAÇÃO DA QUALIDADE MICROBIOLÓGICA DE ALGUNS ALIMENTOS COMERCIALIZADOS NAS IMEDIAÇÕES DE HOSPITAIS PÚBLICOS EM ARAGUAÍNA, TOCANTINS DETERMINAÇÃO DA QUALIDADE MICROBIOLÓGICA DE ALGUNS ALIMENTOS COMERCIALIZADOS NAS IMEDIAÇÕES DE HOSPITAIS PÚBLICOS EM ARAGUAÍNA, TOCANTINS Tatiane Torcato de Oliveira 1, Lilyan Rosmery Luizaga² 1 Aluno

Leia mais

BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO

BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CAMPUS ARAPIRACA PÓLO PENEDO CURSO: ENGENHARIA DE PESCA BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO Professora: Talita Espósito A IMPORTÂNCIA DA FUNÇÃO CONTROLE PARA A GESTÃO ORGANIZACIONAL

Leia mais

Como elaborar um MANUAL DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO (2ª PARTE)

Como elaborar um MANUAL DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO (2ª PARTE) Como elaborar um MANUAL DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO (2ª PARTE) Passo a passo para a elaboração do manual de BPF - Identificação da empresa - Recursos humanos - Informações Gerais Identificação da empresa

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS EM PANIFICADORA DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE-PB

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS EM PANIFICADORA DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE-PB AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS EM PANIFICADORA DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE-PB Nayara Jessica Clementino da Silva; Suelma Ferreira do Oriente; Pedro Ivo Soares e Silva; Eugênia Telis de

Leia mais

III JORNADA Científica e Tecnológica do OESTE BAIANO. Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 19 a 22 de outubro de 2010, Barreiras Bahia

III JORNADA Científica e Tecnológica do OESTE BAIANO. Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 19 a 22 de outubro de 2010, Barreiras Bahia Condições Higiênico-Sanitárias dos açougues que comercializam carnes vermelhas no município de Barreiras BA Lília Ferreira Nunes 1 Laís Silva dos Santos 1 Kariny Emanueli Carvalho Santos 1 Dariane do Amaral

Leia mais

AVALIAÇÕES DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE RESTAURANTES UNIVERSITÁRIOS DA CIDADE DE PETROLINA-PE

AVALIAÇÕES DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE RESTAURANTES UNIVERSITÁRIOS DA CIDADE DE PETROLINA-PE AVALIAÇÕES DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE RESTAURANTES UNIVERSITÁRIOS DA CIDADE DE PETROLINA-PE I. F. da Silva 1, T.J.F.L. Guedes 1, T. O. Ferreira 1. 1- Discentes do Curso de Especialização em

Leia mais

Elaboração de POPs e Manual de Boas Práticas de Fabricação em um supermercado no município de Viçosa 1

Elaboração de POPs e Manual de Boas Práticas de Fabricação em um supermercado no município de Viçosa 1 375 Elaboração de POPs e Manual de Boas Práticas de Fabricação em um supermercado no município de Viçosa 1 Maria Aparecida Resende Marques 2, Viviane Gomes Lelis 3, Eliene da Silva Martins Viana 4 Resumo:

Leia mais

PERFIL HIGIÊNICO-SANITÁRIO DAS ESCOLAS NO MUNICÍPIO DE IMPERATRIZ- MA 1. Richardison Bezerra Almeida Graduando em Engenharia de Alimentos

PERFIL HIGIÊNICO-SANITÁRIO DAS ESCOLAS NO MUNICÍPIO DE IMPERATRIZ- MA 1. Richardison Bezerra Almeida Graduando em Engenharia de Alimentos PERFIL HIGIÊNICO-SANITÁRIO DAS ESCOLAS NO MUNICÍPIO DE IMPERATRIZ- MA 1 Richardison Bezerra Almeida Graduando em Engenharia de Alimentos Universidade Federal do Maranhão UFMA. E-mail: richardisonbezerralmeida@hotmail.com

Leia mais

Controle de Qualidade de Alimentos 1º Módulo

Controle de Qualidade de Alimentos 1º Módulo VIVIAN PUPO DE OLIVEIRA MACHADO Nutricionista (Unoeste) Especialista em Saúde Coletiva (UEL) Especialista em Educação Inclusiva (Facol) Mestranda em Agronomia/Produção Vegetal (Unoeste) Controle de Qualidade

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS EM CANTINA UNIVERSITÁRIA 1 EVALUATION OF GOOD PRACTICES AT THE UNIVERSITY CANTEEN

AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS EM CANTINA UNIVERSITÁRIA 1 EVALUATION OF GOOD PRACTICES AT THE UNIVERSITY CANTEEN Disc. Scientia. Série: Ciências da Saúde, Santa Maria, v. 8, n. 1, p. 151-157, 2007. 151 ISSN 2177-3355 AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS EM CANTINA UNIVERSITÁRIA 1 EVALUATION OF GOOD PRACTICES AT THE UNIVERSITY

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DOS MANIPULADORES DE ALIMENTOS DAS BARRACAS DA FEIRA LIVRE DE SEROPÉDICA, RJ

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DOS MANIPULADORES DE ALIMENTOS DAS BARRACAS DA FEIRA LIVRE DE SEROPÉDICA, RJ AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DOS MANIPULADORES DE ALIMENTOS DAS BARRACAS DA FEIRA LIVRE DE SEROPÉDICA, RJ Bárbara de Oliveira Werneck Tinoco 1 Nancy dos Santos Dorna 2 Maria Cristina Prata

Leia mais

QUALIDADE MICROBIOLÓGICA DE SUCOS IN NATURA COMERCIALIZADOS NA CIDADE DE JUAZEIRO DO NORTE-CE

QUALIDADE MICROBIOLÓGICA DE SUCOS IN NATURA COMERCIALIZADOS NA CIDADE DE JUAZEIRO DO NORTE-CE Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR Campus Ponta Grossa - Paraná - Brasil ISSN: 1981-3686 / v. 06, n. 01: p. 665-670, 2012 D.O.I: 10.3895/S1981-36862012000100005 Revista Brasileira de Tecnologia

Leia mais

QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE RESTAURANTES ORIENTAIS EM ARACAJU

QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE RESTAURANTES ORIENTAIS EM ARACAJU QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE RESTAURANTES ORIENTAIS EM ARACAJU M. G. CARVALHO 1, S. P. L. RODRIGUES 2, D. F. C. SANTOS 3, M. A. O. SANTOS 4, W. I. SANTOS 5 1 Doutora em Ciência de Alimentos, Professora

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIENICOSSANITÁRIAS DE LANCHONETE NA CIDADE DE JANUÁRIA - MG.

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIENICOSSANITÁRIAS DE LANCHONETE NA CIDADE DE JANUÁRIA - MG. AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIENICOSSANITÁRIAS DE LANCHONETE NA CIDADE DE JANUÁRIA - MG. RESUMO Vanúbia Maria dos Santos * Luiz Carlos Ferreira Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, Montes Claros -

Leia mais

AVALIAÇÃO DO ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS LÁCTEOS COMERCIALIZADOS EM SUPERMERCADOS DE IMPERATRIZ - MA

AVALIAÇÃO DO ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS LÁCTEOS COMERCIALIZADOS EM SUPERMERCADOS DE IMPERATRIZ - MA 97 AVALIAÇÃO DO ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS LÁCTEOS COMERCIALIZADOS EM SUPERMERCADOS DE IMPERATRIZ - MA Karuane Saturnino da Silva Araújo 1 ; Kellytana Almeida Carvalho 2 ; Luana de S. de Azevedo 3 ; Raiany

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO REPRESENTANTE DO ESTABELECIMENTO IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO. Resultados

IDENTIFICAÇÃO DO REPRESENTANTE DO ESTABELECIMENTO IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO. Resultados Auditoria nº IDENTIFICAÇÃO DO REPRESENTANTE DO ESTABELECIMENTO Nome: Categoria profissional: Função IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO Nome: Morada: Telefone: Número de trabalhadores: Período de laboração:

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO (BPF) EM ESTABELECIMENTOS PRODUTORES DE MEL

AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO (BPF) EM ESTABELECIMENTOS PRODUTORES DE MEL AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO (BPF) EM ESTABELECIMENTOS PRODUTORES DE MEL C.R.F. Pavan 1, N. Zitkoski 2, E.M. Bainy 3 1- Acadêmica de Engenharia de Alimentos - Universidade Federal da Fronteira

Leia mais

Boas Práticas para a Conservação dos Alimentos. Palestrante: Liza Ghassan Riachi CICLO DE PALESTRAS ALIMENTAÇÃO E SAÚDE

Boas Práticas para a Conservação dos Alimentos. Palestrante: Liza Ghassan Riachi CICLO DE PALESTRAS ALIMENTAÇÃO E SAÚDE Boas Práticas para a Conservação dos Alimentos Palestrante: Liza Ghassan Riachi CICLO DE PALESTRAS ALIMENTAÇÃO E SAÚDE Evitar contaminação e DTAs Qualidade do Alimento Proteção da Saúde Contaminação Física

Leia mais

QUALIDADE DAS DIETAS TRANSPORTADAS PARA UMA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA), LOCALIZADA NA CIDADE DE JABOATÃO DOS GUARARAPES-PE

QUALIDADE DAS DIETAS TRANSPORTADAS PARA UMA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA), LOCALIZADA NA CIDADE DE JABOATÃO DOS GUARARAPES-PE QUALIDADE DAS DIETAS TRANSPORTADAS PARA UMA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA), LOCALIZADA NA CIDADE DE JABOATÃO DOS GUARARAPES-PE J.M. Campos 1, T.P.A. Almeida 2, G.N. da Cruz Ximenes 3, K.O. de Lima

Leia mais

DIAGNÓSTICO HIGIÊNICO-SANITÁRIO DE PROPRIEDADES LEITEIRAS AVALIADAS NO MUNICÍPIO DE BANANEIRAS-PB

DIAGNÓSTICO HIGIÊNICO-SANITÁRIO DE PROPRIEDADES LEITEIRAS AVALIADAS NO MUNICÍPIO DE BANANEIRAS-PB DIAGNÓSTICO HIGIÊNICO-SANITÁRIO DE PROPRIEDADES LEITEIRAS AVALIADAS NO MUNICÍPIO DE BANANEIRAS-PB MARQUES¹, Diego Isaias Dias OLIVEIRA², Emanuel Neto Alves SANTOS³, Antonio Filho Coelho SANTOS², Esmeralda

Leia mais

ANÁLISE DA QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE SUPERFÍCIES E EQUIPAMENTOS EM UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO HOSPITALAR

ANÁLISE DA QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE SUPERFÍCIES E EQUIPAMENTOS EM UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO HOSPITALAR ANÁLISE DA QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE SUPERFÍCIES E EQUIPAMENTOS EM UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO HOSPITALAR J.H. Cerqueira 1, D.F. Rodrigues 2, S. Pieniz 3 1- Acadêmica do Curso de Nutrição

Leia mais

APLICAÇÃO DO CHECK LIST DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO NAS PANIFICADORAS DO MUNICÍPIO DE MACAPÁ-AP

APLICAÇÃO DO CHECK LIST DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO NAS PANIFICADORAS DO MUNICÍPIO DE MACAPÁ-AP APLICAÇÃO DO CHECK LIST DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO NAS PANIFICADORAS DO MUNICÍPIO DE MACAPÁ-AP N. M. do Nascimento 1, F. P, Gomes 2, N. M. do Nascimento 3, G. S. M. Neitzel 4, E. P. de Sousa 5 1- Departamento

Leia mais

Interdisciplinar: Revista Eletrônica da UNIVAR ISSN X Ano de publicação: 2014 N.:12 Vol.2 Págs.

Interdisciplinar: Revista Eletrônica da UNIVAR  ISSN X Ano de publicação: 2014 N.:12 Vol.2 Págs. Interdisciplinar: Revista Eletrônica da UNIVAR http://revista.univar.edu.br ISSN 1984-431X Ano de publicação: 2014 N.:12 Vol.2 Págs.77-82 AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA E SANITÁRIA DE CACHORROS-QUENTES COMERCIALIZADOS

Leia mais

ANÁLISE DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO (BPF): APLICAÇÃO DE UM CHECK-LIST EM DOIS FRIGORÍFICOS NO MUNICÍPIO DE SALGUEIRO-PE.

ANÁLISE DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO (BPF): APLICAÇÃO DE UM CHECK-LIST EM DOIS FRIGORÍFICOS NO MUNICÍPIO DE SALGUEIRO-PE. ANÁLISE DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO (BPF): APLICAÇÃO DE UM CHECK-LIST EM DOIS FRIGORÍFICOS NO MUNICÍPIO DE SALGUEIRO-PE. Apresentação: Pôster Gabriela Araujo de Oliveira Maia 1 ; Clemilson Elpidio

Leia mais

TEMPO E TEMPERATURA NA DISTRIBUIÇÃO DE PREPARAÇÕES EM UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO 1

TEMPO E TEMPERATURA NA DISTRIBUIÇÃO DE PREPARAÇÕES EM UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO 1 Disc. Scientia. Série: Ciências da Saúde, Santa Maria, v. 9, n. 1, p. 109-114, 2008. 109 ISSN 2177-3335 TEMPO E TEMPERATURA NA DISTRIBUIÇÃO DE PREPARAÇÕES EM UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO 1 RESUMO

Leia mais

Manual de Boas Práticas de Fabricação. Alda Tâmara Nutricionista CRN Porto Alegre, 26 de fevereiro de 2016

Manual de Boas Práticas de Fabricação. Alda Tâmara Nutricionista CRN Porto Alegre, 26 de fevereiro de 2016 Manual de Boas Práticas de Fabricação Alda Tâmara Nutricionista CRN-2 5372 Porto Alegre, 26 de fevereiro de 2016 Legislações RDC Nº 2016/04 ANVISA 15 de setembro de 2004 Portaria Nº 78/2009 Secretaria

Leia mais

AVALIAÇÃO HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS E MANIPULADORES DE FRUTAS E HORTALIÇAS IN NATURA NA CIDADE DE INHUMAS-GO

AVALIAÇÃO HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS E MANIPULADORES DE FRUTAS E HORTALIÇAS IN NATURA NA CIDADE DE INHUMAS-GO AVALIAÇÃO HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS E MANIPULADORES DE FRUTAS E HORTALIÇAS IN NATURA NA CIDADE DE INHUMAS-GO Luanna Alves Conrado 1, Simone Silva Machado 2 1 Aluna do Curso Técnico

Leia mais

Instituto Federal Norte de Minas Gerais, Laboratório de Microbiologia, Januária-MG.

Instituto Federal Norte de Minas Gerais, Laboratório de Microbiologia, Januária-MG. ASPECTOS HIGIENICOSSANITÁRIOS NA COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS NA FEIRA LIVRE DA CIDADE DE JANUÁRIA - MG. RESUMO Dayane Macedo Nunes Licenciada em Ciências Biológicas. Luiz Carlos Ferreira *

Leia mais

Introdução. Graduando do Curso de Nutrição FACISA/UNIVIÇOSA. 3

Introdução. Graduando do Curso de Nutrição FACISA/UNIVIÇOSA.   3 ANÁLISE MICROBIOLÓGICA DE PRESUNTOS FATIADOS COMERCIALIZADOS NA CIDADE DE VIÇOSA, MG Sofia Ferreira Macedo 1, Danielli Carvalho de Oliveira 2, Ana Paula Boroni Moreira 3, Cristiane Sampaio Fonseca 4, Érica

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO EM HIGIENE DE MANIPULADORES DE ALIMENTOS CAPACITADOS PARA SELF SERVICES DE UBERLÂNDIA MG.

AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO EM HIGIENE DE MANIPULADORES DE ALIMENTOS CAPACITADOS PARA SELF SERVICES DE UBERLÂNDIA MG. AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO EM HIGIENE DE MANIPULADORES DE ALIMENTOS CAPACITADOS PARA SELF SERVICES DE UBERLÂNDIA MG. RESUMO Mariana Valiati * Laila Marques Hopp Adriana Alves de Souza Karoline Quintino

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA DA QUALIDADE DA ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO NO MUNICÍPIO DE RIO BRANCO-ACRE.

AVALIAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA DA QUALIDADE DA ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO NO MUNICÍPIO DE RIO BRANCO-ACRE. AVALIAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA DA QUALIDADE DA ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO NO MUNICÍPIO DE RIO BRANCO-ACRE. Lúcia Monteiro Dias Gomes 1 ; Maura Regina Ribeiro 2 & Vanuza Salgado Moreira 3 RESUMO Este estudo

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DO ARMAZENAMENTO À SECO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS DO SETOR SUPERMERCADISTA DE SANTA MARIA RS

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DO ARMAZENAMENTO À SECO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS DO SETOR SUPERMERCADISTA DE SANTA MARIA RS AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DO ARMAZENAMENTO À SECO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS DO SETOR SUPERMERCADISTA DE SANTA MARIA RS BRASIL, Carla Cristina Bauermann 2 ; PELEGRINI, Susana Berleze de 2 ; GRESSLER, Camila

Leia mais

HOLOS ISSN: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Brasil

HOLOS ISSN: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Brasil HOLOS ISSN: 1518-1634 holos@ifrn.edu.br Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Brasil de Andrade Oliveira, Nísia Luiza; Pires Gaspareto, Odisséia Carla ANÁLISE SITUACIONAL

Leia mais

Plano de controle boas práticas referente / / aos manipuladores

Plano de controle boas práticas referente / / aos manipuladores Objetivo Responsável elaboração Campo de aplicação Nome da empresa Cópia confidencial Cópia controlada Folha 1/9 Identificação Descrever o plano de controle de higiene pessoal e capacitação dos manipuladores

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE NUTRIÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE NUTRIÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE NUTRIÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA CURSO: Bacharelado em Nutrição DEPARTAMENTO: Tecnologia de Alimentos

Leia mais

Avaliação das condições de higiene dos carrinhos ambulantes de água de coco comercializada em Brasília (DF)

Avaliação das condições de higiene dos carrinhos ambulantes de água de coco comercializada em Brasília (DF) Doi: 10.5102/ucs.v9i1.1235 Avaliação das condições de higiene dos carrinhos ambulantes de água de coco comercializada em Brasília (DF) Resumo Laura Parente Ribeiro 1 Antônio Felipe Correa Marangon 2 O

Leia mais

1 OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE INSPEÇÃO

1 OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE INSPEÇÃO Aprovado ' Elaborado por Michelle Martin/BRA/VERITAS em 29/07/2013 Verificado por Sidney Santos em 29/07/2013 Aprovado por Sergio Suzuki/BRA/VERITAS em 29/07/2013 ÁREA LNS Tipo Instrução Técnica Número

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE HIGIENIZAÇÃO E MÉTODOS DE CONSERVAÇÃO PARA FUNCIONÁRIOS DE EMPRESAS DO SEGMENTO ALIMENTAR LOCALIZADAS EM ARIQUEMES-RO

NOÇÕES BÁSICAS DE HIGIENIZAÇÃO E MÉTODOS DE CONSERVAÇÃO PARA FUNCIONÁRIOS DE EMPRESAS DO SEGMENTO ALIMENTAR LOCALIZADAS EM ARIQUEMES-RO NOÇÕES BÁSICAS DE HIGIENIZAÇÃO E MÉTODOS DE CONSERVAÇÃO PARA FUNCIONÁRIOS DE EMPRESAS DO SEGMENTO ALIMENTAR LOCALIZADAS EM ARIQUEMES-RO S.O. Wmekson 1, F.L. Aline 2, A.M.E. Matheus 3 1-Departamento de

Leia mais

QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE LANCHES COMERCIALIZADOS NO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DA UFPEL, RS

QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE LANCHES COMERCIALIZADOS NO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DA UFPEL, RS QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE LANCHES COMERCIALIZADOS NO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DA UFPEL, RS SANTOS, Diogo Tatsch 1 ; STARK, C. B. 1 ; ROSA, C. G. 1 ; STEURER, F. 1 ; CRIZEL, G. R. 1 ; DALLABRIDA, J.

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DAS HORTALIÇAS COMERCIALIZADAS EM FEIRAS E MERCADOS NA CIDADE DE MANAUS, AMAZONAS

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DAS HORTALIÇAS COMERCIALIZADAS EM FEIRAS E MERCADOS NA CIDADE DE MANAUS, AMAZONAS AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DAS HORTALIÇAS COMERCIALIZADAS EM FEIRAS E MERCADOS NA CIDADE DE MANAUS, AMAZONAS C.P. Sena 1, T. M. Siqueira 2 E.C.S. dos Santos 3, C.V. Lamarão 4, M.G.G.

Leia mais

AVALIAÇÃO DA INTERPRETAÇÃO DE TABELAS NUTRICIONAIS COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL

AVALIAÇÃO DA INTERPRETAÇÃO DE TABELAS NUTRICIONAIS COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL AVALIAÇÃO DA INTERPRETAÇÃO DE TABELAS NUTRICIONAIS COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL Natália G. T. MAGALHÃES ; Clécia de P. ALVES ; Miller M. SANCHES ; Valdirene P. COSTA RESUMO A escola tem um importante

Leia mais

1 OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE INSPEÇÃO

1 OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE INSPEÇÃO Aprovado ' Elaborado por Michelle Martin/BRA/VERITAS em 26/07/2013 Verificado por Sidney Santos em 26/07/2013 Aprovado por Sergio Suzuki/BRA/VERITAS em 29/07/2013 ÁREA LNS Tipo Instrução Técnica Número

Leia mais

QUALIDADE MICROBIOLÓGICA DO CALDO DE CANA EM FEIRAS LIVRES DO ESTADO DE RONDÔNIA

QUALIDADE MICROBIOLÓGICA DO CALDO DE CANA EM FEIRAS LIVRES DO ESTADO DE RONDÔNIA QUALIDADE MICROBIOLÓGICA DO CALDO DE CANA EM FEIRAS LIVRES DO ESTADO DE RONDÔNIA INTRODUÇÃO Fernanda Rosan Fortunato Seixas 1 Bruna Leticia de Souza Nascimento; Elisangela dos Santos Vicente 2 A garapa

Leia mais

Pesquisas revelam que poucos. Aplicação das boas práticas em restaurantes e lanchonetes localizados em instituição de ensino ARTIGO

Pesquisas revelam que poucos. Aplicação das boas práticas em restaurantes e lanchonetes localizados em instituição de ensino ARTIGO Aplicação das boas práticas em restaurantes e lanchonetes localizados em instituição de ensino superior de salvador, BA. RESUMO Rose M. Feliciano Dias * Isabella Costa Bandeira dos Santos Centro Universitário

Leia mais

BOAS PRÁTICAS PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO: UM ESTUDO EM RESTAURANTES COMERCIAIS DO MUNICÍPIO DE IPATINGA, MINAS GERAIS

BOAS PRÁTICAS PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO: UM ESTUDO EM RESTAURANTES COMERCIAIS DO MUNICÍPIO DE IPATINGA, MINAS GERAIS ANDRÉA CÁTIA LEAL BADARÓ BOAS PRÁTICAS PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO: UM ESTUDO EM RESTAURANTES COMERCIAIS DO MUNICÍPIO DE IPATINGA, MINAS GERAIS Dissertação apresentada à Universidade Federal de Viçosa,

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE CACHORROS-QUENTES COMERCIALIZADOS POR VENDEDORES AMBULANTES NO LAGO MUNICIPAL DE TOLEDO-PR

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE CACHORROS-QUENTES COMERCIALIZADOS POR VENDEDORES AMBULANTES NO LAGO MUNICIPAL DE TOLEDO-PR Arq. Ciênc. Saúde Unipar, Umuarama, v.10, n.1, jan./mar., 2006 AVALIAÇÃO DA QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE CACHORROS-QUENTES COMERCIALIZADOS POR VENDEDORES AMBULANTES NO LAGO MUNICIPAL DE TOLEDO-PR *

Leia mais

LEVANTAMENTO DE DADOS EPIDEMIOLÓGICOS RELATIVOS À OCORRÊNCIAS/ SURTOS DE DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS (DTA

LEVANTAMENTO DE DADOS EPIDEMIOLÓGICOS RELATIVOS À OCORRÊNCIAS/ SURTOS DE DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS (DTA 1 LEVANTAMENTO DE DADOS EPIDEMIOLÓGICOS RELATIVOS À OCORRÊNCIAS/ SURTOS DE DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS (DTA s) NO BRASIL, NO PERIODO DE 2000 A 2011, COMPARAÇÃO ENTRE AS REGIÕES SUL E NORTE DO BRASIL

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste/Departamento de Nutrição/Guarapuava, PR.

Universidade Estadual do Centro-Oeste/Departamento de Nutrição/Guarapuava, PR. DETERMINAÇÃO DO FATOR DE CORREÇÃO E CONSEQUENTE AVALIAÇÃO DO DESPERDÍCIO DE HORTALIÇAS PREPARADAS EM UM RESTAURANTE SELF-SERVICE NA CIDADE DE GUARAPUAVA-PR Rayza Dal Molin Cortese (Acadêmica de Nutrição-UNICENTRO),

Leia mais

REEDUCAÇÃO ALIMENTAR EM ESCOLAS URBANAS NUTRITIONAL EDUCATION IN URBAN SCHOOLS

REEDUCAÇÃO ALIMENTAR EM ESCOLAS URBANAS NUTRITIONAL EDUCATION IN URBAN SCHOOLS REEDUCAÇÃO ALIMENTAR EM ESCOLAS URBANAS NUTRITIONAL EDUCATION IN URBAN SCHOOLS Cristiane Pellizzaro Batalha Professora do Departamento de Produção Animal e Alimentos, Universidade do Estado de Santa Catarina/UDESC,

Leia mais

QUALIDADE DOS ALIMENTOS E ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL. Alessandra Reis Nutricionista de Qualidade- IBRefeições

QUALIDADE DOS ALIMENTOS E ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL. Alessandra Reis Nutricionista de Qualidade- IBRefeições QUALIDADE DOS ALIMENTOS E ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Alessandra Reis Nutricionista de Qualidade- IBRefeições ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, É AQUELA PREPARADA COM OS CUIDADOS DE HIGIENE E QUE

Leia mais

Verificação dos POP s e BPF s em panificadoras das cidades de Crato e Juazeiro do Norte CE

Verificação dos POP s e BPF s em panificadoras das cidades de Crato e Juazeiro do Norte CE Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável Nota Técnica http://revista.gvaa.com.br ISSN 1981-8203 Verificação dos POP s e BPF s em panificadoras das cidades de Crato e Juazeiro do Norte

Leia mais

ANÁLISE DE BOLORES E LEVEDURAS EM QUEIJOS TIPO MINAS, PRODUZIDOS ARTESANALMENTE E COMERCIALIZADOS EM FEIRAS LIVRES NA CIDADE DE PELOTAS / RS.

ANÁLISE DE BOLORES E LEVEDURAS EM QUEIJOS TIPO MINAS, PRODUZIDOS ARTESANALMENTE E COMERCIALIZADOS EM FEIRAS LIVRES NA CIDADE DE PELOTAS / RS. ANÁLISE DE BOLORES E LEVEDURAS EM QUEIJOS TIPO MINAS, PRODUZIDOS ARTESANALMENTE E COMERCIALIZADOS EM FEIRAS LIVRES NA CIDADE DE PELOTAS / RS. Autor(es): BAIRROS, Jacqueline Valle; DESTRI, Kelli; VARGAS,

Leia mais

Giovana Caferatte 2, Carla Bertoldo Piovesan 2, Fernanda Pinto Belmonte 2, Ana Lúcia de Freitas Saccol 3 e Lize Stangarlin 4 RESUMO

Giovana Caferatte 2, Carla Bertoldo Piovesan 2, Fernanda Pinto Belmonte 2, Ana Lúcia de Freitas Saccol 3 e Lize Stangarlin 4 RESUMO Disc. Scientia. Série: Ciências da Saúde, Santa Maria, v. 8, n. 1, p. 63-70, 2007. 63 ISSN 1982-2111 NÍVEL DE CONHECIMENTO EM BOAS PRÁTICAS EM SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO DA CIDADE DE SANTA MARIA - RS 1 LEVEL

Leia mais

AVALIAÇÃO DO BINÔMIO TEMPO E TEMPERATURA DE PREPARAÇÕES ALIMENTÍCIAS QUENTES E FRIAS

AVALIAÇÃO DO BINÔMIO TEMPO E TEMPERATURA DE PREPARAÇÕES ALIMENTÍCIAS QUENTES E FRIAS AVALIAÇÃO DO BINÔMIO TEMPO E TEMPERATURA DE PREPARAÇÕES ALIMENTÍCIAS QUENTES E FRIAS M. T. S. M. Melo 1, C. M. F. Campos 2, A. F. B. Sousa 3, L. E. Soares 4, I. F.O.C.Nunes 5, C.M.R.G. Carvalho 6. 1-Departamento

Leia mais

ASSESSMENT OF SANITARY-HYGIENIC QUALITY OF HOT DOGS SOLD AT PUBLIC VIAS IN TERRA BOA PR

ASSESSMENT OF SANITARY-HYGIENIC QUALITY OF HOT DOGS SOLD AT PUBLIC VIAS IN TERRA BOA PR SaBios: Rev. Saúde e Biol., v.8, n.3, p.83-89, ago./dez., 2013 ISSN:1980-0002 AVALIAÇÃO DA QUALIDADE HIGIÊNICO-SANITÁRIA DE CACHORROS QUENTES COMERCIALIZADOS EM VIA PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE TERRA BOA PR

Leia mais

Condições higienicossanitárias de alimentos comercializados por ambulantes no centro comercial de Aracaju, SE.

Condições higienicossanitárias de alimentos comercializados por ambulantes no centro comercial de Aracaju, SE. Condições higienicossanitárias de alimentos comercializados por ambulantes no centro comercial de Aracaju, SE. Talita Silva Lima Iranilse Gomes de Jesus Universidade Federal de Sergipe. Departamento de

Leia mais

ANÁLISE MICROBIOLÓGICA DE CACHORROS QUENTE COMERCIALIZADOS NA CIDADE DE UBERABA, MG.

ANÁLISE MICROBIOLÓGICA DE CACHORROS QUENTE COMERCIALIZADOS NA CIDADE DE UBERABA, MG. ANÁLISE MICROBIOLÓGICA DE CACHORROS QUENTE COMERCIALIZADOS NA CIDADE DE UBERABA, MG. ALVES, P. T. 1 ; JARDIM, F. B. B. 2 1 Engenheira de alimentos; Especialização em Controle de Qualidade na Indústria

Leia mais

ANALISE MICROBIOLÓGICA DE DIETAS ENTERAIS NÃO INDUSTRIALIZADAS DE UM HOSPITAL INFANTIL

ANALISE MICROBIOLÓGICA DE DIETAS ENTERAIS NÃO INDUSTRIALIZADAS DE UM HOSPITAL INFANTIL ANALISE MICROBIOLÓGICA DE DIETAS ENTERAIS NÃO INDUSTRIALIZADAS DE UM HOSPITAL INFANTIL C.M.F. Campos 1, M.T.A. Bezerra 2, M.T.S.M.Melo 3, M.S.S.Alencar 4, I.F.O.C.Nunes 5, A.L.C.C.Sales 6 1- Departamento

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE UMA LANCHONETE UNIVERSITÁRIA NA CIDADE DE PELOTAS, RS.

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE UMA LANCHONETE UNIVERSITÁRIA NA CIDADE DE PELOTAS, RS. AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE UMA LANCHONETE UNIVERSITÁRIA NA CIDADE DE PELOTAS, RS. STEURER, Kassandra 1 ; VOLOSKI, Flávia 1 ; BARTZ, Josiane 1 ; MELLO, Michele 1 ; GANDRA, Eliezer Avila

Leia mais

AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA DE CACHORROS- QUENTES COMERCIALIZADOS POR AMBULANTES NO MUNICÍPIO DE XANXERÊ, SC

AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA DE CACHORROS- QUENTES COMERCIALIZADOS POR AMBULANTES NO MUNICÍPIO DE XANXERÊ, SC AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA DE CACHORROS- QUENTES COMERCIALIZADOS POR AMBULANTES NO MUNICÍPIO DE XANXERÊ, SC Janaina Alberti * Sidiane Fátima Castanha ** Alexandra Nava *** Resumo O número crescente e a gravidade

Leia mais

Pesquisa de microrganismos indicadores de condições higiênico sanitárias em água de coco

Pesquisa de microrganismos indicadores de condições higiênico sanitárias em água de coco Pesquisa de microrganismos indicadores de condições higiênico sanitárias em água de coco Nome dos autores: Carolina Rosa Carrilho de Castro Carolina Rosa Carrilho de Castro; Aluna do Curso de Engenharia

Leia mais

Avaliação das condições higiênico-sanitárias na comercialização de frutas e hortaliças no município de Manhuaçu, Minas Gerais

Avaliação das condições higiênico-sanitárias na comercialização de frutas e hortaliças no município de Manhuaçu, Minas Gerais Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável V.12, Nº 1, p. 85-89, 2017 Pombal, PB, Grupo Verde de Agroecologia e Abelhas http://www.gvaa.com.br/revista/index.php/rvads DOI: http://dx.doi.org/10.18378/rvads.v12i1.4243

Leia mais

CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS EM ESTABELECIMENTOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ALIMENTOS NA EMPASA DE JOÃO PESSOA/PB

CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS EM ESTABELECIMENTOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ALIMENTOS NA EMPASA DE JOÃO PESSOA/PB CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS EM ESTABELECIMENTOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ALIMENTOS NA EMPASA DE JOÃO PESSOA/PB VIDAL, Ana Renally Cardoso 1, GOMES, Liana Santos do Nascimento 2, TEODOSIO, Albert Einstein

Leia mais

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE. Curso de Tecnologia em Alimentos. Trabalho de Conclusão de Curso

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE. Curso de Tecnologia em Alimentos. Trabalho de Conclusão de Curso UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE Curso de Tecnologia em Alimentos Trabalho de Conclusão de Curso DIAGNÓSTICO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DOS SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO PELA AÇÃO DA VIGILÂNCIA

Leia mais

CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIAS DO COMÉRCIO AMBULANTE DE ALIMENTOS PRONTOS PARA CONSUMO, NO ENTORNO DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE UBERLÂNDIA, MG.

CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIAS DO COMÉRCIO AMBULANTE DE ALIMENTOS PRONTOS PARA CONSUMO, NO ENTORNO DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE UBERLÂNDIA, MG. CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIAS DO COMÉRCIO AMBULANTE DE ALIMENTOS PRONTOS PARA CONSUMO, NO ENTORNO DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE UBERLÂNDIA, MG. Marco Aurélio Ribeiro de Sá Centro Universitário do Triângulo

Leia mais

Como elaborar um MANUAL DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO (1ª PARTE)

Como elaborar um MANUAL DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO (1ª PARTE) Como elaborar um MANUAL DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO (1ª PARTE) Introdução Deve retratar a política da empresa; produção de alimento seguro; empresas terceirizadas; Deve retratar a política da empresa

Leia mais

Eliane Maria Ferrarezzo Márcia Valéria Massa Cavaletto Rafael Cérgoli Roberto Melle P. Junior INSTALAÇÕES CIVIS PARA COZINHAS INDUSTRIAIS

Eliane Maria Ferrarezzo Márcia Valéria Massa Cavaletto Rafael Cérgoli Roberto Melle P. Junior INSTALAÇÕES CIVIS PARA COZINHAS INDUSTRIAIS Eliane Maria Ferrarezzo Márcia Valéria Massa Cavaletto Rafael Cérgoli Roberto Melle P. Junior INSTALAÇÕES CIVIS PARA COZINHAS INDUSTRIAIS Primeira Edição Jundiaí 2015 Os autores não autorizam a reprodução

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA ATIVIDADE PRATÍCA CURSO SUPERIOR DE GASTRONOMIA

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA ATIVIDADE PRATÍCA CURSO SUPERIOR DE GASTRONOMIA MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA ATIVIDADE PRATÍCA CURSO SUPERIOR DE GASTRONOMIA MANAUS-AM DATA:06-02- 1. OBJETIVO O objetivo deste manual é descrever os procedimentos adotados no LABORATÓRIO DE AULAS PRATICAS

Leia mais

IMPLANTAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE COZINHAS MODELO DE ESCOLAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE BANANEIRAS-PB

IMPLANTAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE COZINHAS MODELO DE ESCOLAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE BANANEIRAS-PB IMPLANTAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE COZINHAS MODELO DE ESCOLAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE BANANEIRAS-PB LIMA, Rosana Luís de (1) ; NUNES, Pedro Germano Antonino (2) ; ATHAÍDE, Celene dos Santos (4) ; JÚNIOR, Daniel

Leia mais

PESQUISA DE SALMONELLA EM MOLHOS PRODUZIDOS E COMERCIALIZADOS EM UNIDADES DE ALIMENTAÇÃO NA CIDADE DE MONTES CLAROS MG

PESQUISA DE SALMONELLA EM MOLHOS PRODUZIDOS E COMERCIALIZADOS EM UNIDADES DE ALIMENTAÇÃO NA CIDADE DE MONTES CLAROS MG PESQUISA DE SALMONELLA EM MOLHOS PRODUZIDOS E COMERCIALIZADOS EM UNIDADES DE ALIMENTAÇÃO NA CIDADE DE MONTES CLAROS MG L. L. R. Borges 1, A. D. B. Guimarães², K. V. de Almeida³, R. T. Careli 4, L. A. Borges

Leia mais

AVALIAÇÃO DO PAPEL DO GESTOR NUTRICIONISTA E A SEGURANÇA DOS ALIMENTOS EM UNIDADES DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DA CIDADE DE FRANCA SP

AVALIAÇÃO DO PAPEL DO GESTOR NUTRICIONISTA E A SEGURANÇA DOS ALIMENTOS EM UNIDADES DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DA CIDADE DE FRANCA SP AVALIAÇÃO DO PAPEL DO GESTOR NUTRICIONISTA E A SEGURANÇA DOS ALIMENTOS EM UNIDADES DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DA CIDADE DE FRANCA SP DOMÊNICO, M. L. 1 ; ARAÚJO, M. B. V. 2 1 Pós-graduanda. Curso de Especialização

Leia mais

CONDICÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DAS CRECHES PÚBLICAS MUNICIPAIS DE PICOS, PIAUÍ

CONDICÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DAS CRECHES PÚBLICAS MUNICIPAIS DE PICOS, PIAUÍ CONDICÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DAS CRECHES PÚBLICAS MUNICIPAIS DE PICOS, PIAUÍ Cristina Maria de Carvalho MADEIRA 1 Ana Cibele Pereira SOUSA 1* Paula Adrianne Braga de SOUSA 2 Amanda Mazza Cruz de OLIVEIRA

Leia mais

para Produtos para Saúde

para Produtos para Saúde Programas de Avaliação da Conformidade para Produtos para Saúde São Paulo, 07 de junho de 2011 Andréia Quintana Divisão de Programas de Avaliação da Conformidade Diretoria da Qualidade Inmetro Quem Somos

Leia mais

RESOLUÇÃO N 26, DE 02 DE JULHO DE 2015

RESOLUÇÃO N 26, DE 02 DE JULHO DE 2015 RESOLUÇÃO N 26, DE 02 DE JULHO DE 2015 Dispõe sobre os requisitos para rotulagem obrigatória dos principais alimentos que causam alergias alimentares. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância

Leia mais

AZEITE DE OLIVA POST CRN3 JOVEM

AZEITE DE OLIVA POST CRN3 JOVEM AZEITE DE OLIVA POST CRN3 JOVEM 1. TEXTO O azeite de oliva é obtido do fruto da Oliveira (OIea europea L.), as azeitonas, por prensagem e esmagamento. A oliveira é nativa da parte oriental do mar mediterrâneo.

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina NUT333 Higiene dos Alimentos

Programa Analítico de Disciplina NUT333 Higiene dos Alimentos 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Nutrição e Saúde - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Número de créditos: 5 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

Pró- Reitoria de Graduação Curso de Nutrição Trabalho de Conclusão de Curso

Pró- Reitoria de Graduação Curso de Nutrição Trabalho de Conclusão de Curso Pró- Reitoria de Graduação Curso de Nutrição Trabalho de Conclusão de Curso ASPECTOS ESTRUTURAIS E CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIOS DE PRAÇAS DE ALIMENTAÇÃO DE SHOPPINGS CENTERS. Autor: Vinícius Martins

Leia mais

PRÁTICAS EM SEGURANÇA DOS ALIMENTOS VISANDO A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS SEGUROS

PRÁTICAS EM SEGURANÇA DOS ALIMENTOS VISANDO A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS SEGUROS PRÁTICAS EM SEGURANÇA DOS ALIMENTOS VISANDO A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS SEGUROS Elisandra Rigo, Doutora, UDESC, elisandra.rigo@udesc.br Darlene Cavalheiro, Doutora, UDESC, darlene.cavalheiro@udesc.br Gilmar

Leia mais

SANITÁRIAS DE CRECHES COMUNITÁRIAS DA ADOR

SANITÁRIAS DE CRECHES COMUNITÁRIAS DA ADOR 11 AVALIAÇÃO ALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIAS DE CRECHES COMUNITÁRIAS DA CIDADE DE SALVADOR ADOR FRANCELINO CARDOSO DOS SANTOS FILHO FERLANDO LIMA SANTOS MÁR ÁRCIA REGINA DA SIL ILVA FABIANA

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE BANCAS INTERNAS DA 236ª FEIRA DO PEIXE DE PORTO ALEGRE-RS

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE BANCAS INTERNAS DA 236ª FEIRA DO PEIXE DE PORTO ALEGRE-RS AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS DE BANCAS INTERNAS DA 236ª FEIRA DO PEIXE DE PORTO ALEGRE-RS B.K. Vargas¹, D.L. Perotto 1, S. Cardoso 1 1-Centro de Ensino, Pesquisa e Tecnologia de Carnes

Leia mais