DESCRITIVO TÉCNICO TECNOLOGIA DA (CEGOS)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DESCRITIVO TÉCNICO TECNOLOGIA DA (CEGOS)"

Transcrição

1 DESCRITIVO TÉCNICO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (CEGOS) P4

2 A, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com os Estatutos e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante a esta ocupação na Competição Olimpíada do Conhecimento. O Descritivo Técnico consiste no seguinte: 1. INTRODUÇÃO COMPETÊNCIAS E ESCOPO DO TRABALHO O PROJETO TESTE GERENCIAMENTO E COMUNICAÇÕES DA OCUPAÇÃO AVALIAÇÃO EXIGNCIAS DE SEGURANA ESPECIFÍCAS DA OCUPAÇÃO MATERIAIS E EQUIPAMENTOS MARKETING E MÍDIA DA OCUPAÇÃO PARA OS VISITANTES...15 José Luis Gonçalves Leitão Presidente do Comitê Técnico Data: Descritivo Técnico 1 de 15

3 1. INTRODUÇÃO 1.1. Nome e descrição da ocupação O nome da ocupação é Tecnologia da Informação (Competidores Cegos) Descrição da ocupação A rápida caminhada da globalização nas últimas décadas tem amplamente se dirigido para o desenvolvimento da Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Especialistas em TI estão aumentando nas grandes demandas de muitas áreas, sendo que uma delas é o provimento de soluções de softwares para negócios. Esses profissionais não são meramente usuários do Microsoft Office. Eles são poderosos usuários que têm conhecimentos profundos de cada aplicativo desse pacote. Suas habilidades podem ser usadas em abundância que vão além do enorme número de indústrias, culturas e idiomas. O Microsoft Office é de longe o pacote de aplicações para escritório mais usado no mundo, assim fazendo profissionais de Soluções de Software membros da comunidade de TI altamente empregáveis. Há milhares de negócios que, sem dúvidas, estão necessitando de melhores treinamentos no uso dessas aplicações, e sempre se beneficiarão de terem desenvolvidas soluções personalizadas para eles. O que um profissional de TI com deficiência visual faz? Utiliza o Microsoft Office como uma ferramenta de trabalho para construir soluções Analisa o que é requerido a fim de criar soluções especificas Utiliza de habilidades de solução de problemas e o profundo conhecimento técnico para construir essas soluções Utiliza habilidades de comunicação para documentar suas criações de forma fácil de ser entendido Utiliza habilidades de comunicação e negociação para apresentar suas soluções aos clientes. Onde o profissional de TI com deficiência visual trabalha? Esses profissionais são empregados nos seguintes ramos: Grandes empresas Médias empresas Pequenas empresas Como profissional autônomo Podem operar em uma ampla variedade de funções incluindo: Suporte; Treinamento; Desenvolvimento; o Fornecendo personalização e automação o Desenvolvendo totalmente a personalização de soluções de software para as necessidades de negócio. Data: Descritivo Técnico 2 de 15

4 1.2. Escopo da aplicação Todo Avaliador e Competidor devem conhecer este Descritivo Técnico Em caso de divergência entre as línguas em que são publicados os Descritivos Técnicos, prevalecerá a versão em português (PT) Documentos associados Como este Descritivo Técnico contém apenas informações específicas da ocupação, deverá ser usado em conjunto com os seguintes documentos: RC Regulamento da Competição; RON Recursos on-line conforme indicados neste documento; PSSO Programa de Saúde e Segurança Ocupacional. 2. COMPETÊNCIAS E ESCOPO DO TRABALHO O escopo do trabalho consiste em uma resolução da situação proposta que está baseada em competências profissionais, conhecimento e domínio técnico da ocupação Especificações das competências. Utilizando o pacote Microsoft Office e tendo como auxiliador de suas atividades o leitor de tela Virtual Vision, os competidores terão que produzir/gerenciar um sistema de software integrado para gerar funcionalidades, processos refinados e redução de erros para uma organização (cliente) Os competidores trabalharão independentemente e produzirão/gerenciarão o sistema nos quatro dias de competição de acordo com as especificações fornecidas no material do projeto teste. É necessário que o competidor tenha habilidade para acessar arquivos armazenados e usá-los por meio de uma rede. Banco de Dados É esperado que os competidores utilizem toda a funcionalidade do Microsoft Access. Habilidades para editar e manipular um banco de dados são necessárias. Construir um banco de dados Os competidores devem conhecer e entender: A necessidade de padronização na nomeação dos campos Como garantir a integridade dos dados. Como evitar a redundância de dados Preparar tabelas com campos, chaves e tipos de dados corretos. Aplicar propriedades a tabelas e campos (regras de validação, máscaras de entrada, pesquisas, etc) Importar dados de uma variedade de fontes e formatos Designar chaves primárias e estrangeiras Utilizar formulários Os competidores devem aptos para: Data: Descritivo Técnico 3 de 15

5 Controlar a entrada de dados por meio de formulários Banco de Dados Consultas Filtrar e localizar dados Compartilhar dados para aplicações Como extrair e utilizar os dados de outros aplicativos que podem estar em formatos de arquivo diferentes. Importar e exportar dados de acordo com as especificações Integrar dados com fontes externas Planilhas Eletrônicas Será esperado dos competidores o uso da funcionalidade total do Microsoft Excel. Entretanto não será necessário ter profundo conhecimento ou habilidade em uma área particular (ex. finanças, engenharia, estatística, matemática etc.) Construir uma planilha O poder de uma bem projetada e estruturada planilha para aumentar a produtividade dos negócios e auxiliar decisões fazendo com isso uma poderosa ferramenta de análise e relatórios. Utilizar fórmulas e funções Criar, modificar e formatar planilhas utilizando todas as características de formatação do Excel Uso de funções de Dados e Tabelas Os competidores devem saber e entender Como gerenciar e analisar dados utilizando as capacidades da tabela Definir e aplicar filtros de dados Utilizar as características do subtotal Determinar e aplicar regras de validação para os dados da planilha Fazer uso de agrupamento e desagrupamento de dados no Excel Data: Descritivo Técnico 4 de 15

6 Compartilhar dados entre aplicativos Como extrair e utilizar os dados de outros aplicativos que podem estar em diferentes formatos de arquivo Como enviar dados do Excel para outros aplicativos Importar e exportar dados de acordo com as especificações Imprimindo Planilhas Como preparar planilhas e arquivos de planilhas para impressão Quadros e Gráficos Como apresentar os dados da planilha em vários tipos de gráficos Criar, modificar e formatar os gráficos de acordo com as especificações Personalizar e automatizar processos Ocultar/reexibir/congelar linhas e colunas Preparar modelos com proteções apropriadas Trabalhar com comentários Acessar recursos externos usando hyperlinks Uso de múltiplos arquivos de planilhas Como trabalhar com múltiplos arquivos de planilhas Consolidar os dados Conectar células em diferentes arquivos Editar links Data: Descritivo Técnico 5 de 15

7 Colaborações Como compartilhar, analisar e comunicar informações e dados comerciais através do Excel Proteger arquivos Compartilhar um arquivo Fixar caminhos de revisões Rever caminhos de revisões Mesclar arquivos Administrar assinaturas digitais Acessar documentos restritos Processamento de Texto É esperado dos competidores o uso de todas as funcionalidades do Microsoft Word. Construção de funções de ortografia e gramática não será testado. Criar um documento Como projetar, criar e modificar uma gama de documentos comerciais Aplicar formatações de textos, parágrafos, páginas e documentos Criar, editar e formatar tabelas Mesclagem para correio Como gerar documentos de mala direta Preparar um documento principal Conectar o documento a uma fonte de dados Refinar a lista de recipientes filtrando os dados Aplicar condições e regras Referenciamento Os competidores devem saber e conhecer: Data: Descritivo Técnico 6 de 15

8 Como preparar e aplicar características de referenciamento do Microsoft Word Os competidores devem ser aptos para Preparar e utilizar indexadores, caixa alta, índices, bibliografia Preparar e utilizar notas de rodapé e notas finais Utilizar campos e cálculos em documentos Criar, gerenciar, revisar e distribuir formulários e documentos Preparar documentos para impressão ou para publicação eletrônica Compartilhar dados entre aplicativos Como extrair e utilizar dados de outros aplicativos os quais podem estar em formatos diferentes Importar e exporta dados de acordo com as especificações Fazer uso de características colaborativas do Microsoft Word Customizar e automatizar processos Criar, modificar e utilizar modelos Apresentações É esperado dos competidores o uso de toda a funcionalidade do Microsoft PowerPoint. Criar uma apresentação Como projetar, criar e modificar uma apresentação de acordo com as especificações dadas Criar e modificar slides utilizando uma variedade de formatos e layouts Incluir tabelas e quadros em apresentações Ocultar/reexibir slides Adição de efeitos especiais nas apresentações Como adicionar efeitos especiais nas apresentações de acordo com as especificações dadas Data: Descritivo Técnico 7 de 15

9 Adicionar elementos de multimídia Inserir arquivos de mídia (filmes, som, etc.) Inserir Clip Art e imagens Personalizar e automatizar processos Personalizar layouts de slides Preparar uma apresentação para entrega A importância do profissionalismo na preparação de uma apresentação de slide para a entrega de acordo com as especificações dadas. Verificar palavras Arrumar slides Adicionar transições Imprimir uma apresentação Pacotes de apresentação Determinar um modo personalizado de apresentação Criar uma apresentação automática 2.3. Conhecimento Teórico Conhecimento teórico é necessário, mas não é avaliado explicitamente Não será avaliado o conhecimento de regras e normas Trabalho prático Tecnologia da Informação requer dos competidores demonstração de que são usuários avançados dos vários componentes do pacote Microsoft Office. As várias características do Microsoft Word, Excel, Access e PowerPoint serão compreensivelmente testadas por meio de um estudo de caso integrado o que requererá dos competidores a adição de funcionalidade, processos de simplificação e redução de erros para a organização. Pode se esperar dos competidores a solução de uma série de problemas num dado cenário, utilizando o Microsoft Office. As tarefas determinadas para cada sessão serão modulares: se uma parte do projeto Data: Descritivo Técnico 8 de 15

10 depende de outra parte já realizada anteriormente, essa será fornecida ao competidor. Os competidores trabalharão independentemente. Os competidores receberão dados em variados formatos e deverão aplicar seus conhecimentos de análise dados para determinar o melhor método para extrair e coletar esses dados para construir/gerenciar o sistema requerido. Habilidades de projetos serão necessárias. Os competidores devem ter conhecimentos gerais comerciais (ex. conhecimento de como finalizar documentos comerciais como cartas), como também, utilizar a Tecnologia da Informação dentro de um ambiente comercial/negócios (ex. processamento de pedidos, pagamentos). Habilidades em matemática e processamento lógico são chaves fundamentais na área de TI, e isso poderá ser testado durante a competição. Habilidades em acessar, armazenar e utilizar arquivos de rede são necessárias. Será requerido dos competidores automatizar e customizar elementos com os aplicativos. Os competidores não terão componentes relacionados a programação, entretanto pode ser desejável o uso do VBA. Trabalhar com uma solução que preenche os requerimentos específicos é o que é necessário e o competidor tem a liberdade em utilizar qualquer aplicação do pacote Office para alcançar a solução. Clareza e práticas de desenvolvimento profissional devem ser utilizadas para promoção de facilidades de uso, minimizando erros de usuário e demonstração de testes exaustivos. Pode ser requerido do competidor a produção de documentação de usuário para explicar o sistema que ele desenvolveu ou gerencia. Isso pode ser em um formato tutorial Overdrive é um desafio surpresa baseado na rapidez da resolução. Uma demanda típica na profissão de TI é o que esperamos para interromper com um pedido urgente. Em algum momento em dois dias da competição, os competidores receberão um problema que deverá ser resolvido em até uma hora. Essa será idealmente uma tarefa bem natural o que atrairá visitantes para o local da competição. 3. O PROJETO TESTE 3.1. Formato/estrutura do Projeto Teste O projeto teste será na forma de um estudo de caso que representará as funções típicas que podem ser pedidas a um profissional de TI com deficiência visual que é altamente competente na área do Microsoft Office. O cenário será apresentado como um projeto com especificações claramente definidas. Essas especificações serão agrupadas para um desenvolvimento modular onde terão tarefas discretas para serem completadas em uma sessão. Os competidores selecionarão o software apropriado para a tarefa. Arquivos de dados comuns serão fornecidos. Dois Overdrives farão parte do Projeto Teste. Um Overdrive é um tipo de desafio de rapidez e representa a situação em um local de trabalho TI onde o profissional será interrompido com um pedido urgente. O momento do Overdrive será uma surpresa para os Competidores Data: Descritivo Técnico 9 de 15

11 3.2. Requisitos para desenvolver o Projeto Teste O Projeto Teste deve ser baseado num cenário acordado pelos experts /avaliadores numa competição anterior. A próxima competição será baseada em aspectos comerciais dos FABRICANTES DE CARROS DA ALEMANHA. Os problemas devem ser pertinentes ao cenário proposto e não requerem qualquer conhecimento aprofundado sobre o assunto. Esse cenário incluirá uma simulação extensiva de atividades relacionadas a TI e será composto por uma variedade de formulários de coleta, processamento e distribuição de informações. O projeto deve ser desenvolvido de forma modular, permitindo que ao final de uma sessão da competição, o trabalho possa ser avaliado. Onde o trabalho necessitar passar de uma sessão para outra, o trabalho do competidor será arquivado para avaliação no final de cada sessão. Por exemplo, o projeto pode requerer o desenvolvimento/gerenciamento de um banco de dados. O projeto pode conter certo número de especificações para serem finalizadas na primeira sessão do dia. No intervalo, as soluções dessas especificações devem ser arquivadas (backup) e avaliadas. Qualquer outro trabalho referente a essas especificações realizado após a parada não serão avaliadas Desenvolvimento do Projeto Teste O Projeto Teste proposto deve ser preparado com os modelos fornecidos pela Olimpíada do Conhecimento (www.senai.br/olimpiada). O software usado para textos será o MS-Word, e para desenhos serão utilizados arquivos com extensões *.DWG. Cada avaliador deverá registrar-se no fórum de discussão para manter-se atualizado sobre a competição e para atuar no desenvolvimento do seu módulo de prova Quem desenvolve o Projeto Teste/módulos Será definido no FÓRUM da OLIMPÍADA. O Projeto Teste/módulos é desenvolvido pelos avaliadores e supervisionado pelo Avaliador Líder, que juntos deverão compor a versão final da prova Como e onde o Projeto Teste/módulos é desenvolvido Os módulos do Projeto Teste são desenvolvidos em conjunto no fórum. Cada avaliador deve atuar como membro de preparação de um módulo Quando o Projeto Teste é desenvolvido O Projeto Teste é desenvolvido seis meses antes da Competição atual Avaliação do Projeto Teste Data: Descritivo Técnico 10 de 15

12 Cada Projeto Teste deve ser acompanhado por uma ficha de pontuação baseada nos critérios de avaliação definidos na Seção A proposta da ficha de pontuação é desenvolvida por pessoa(s) que estarão desenvolvendo o Projeto Teste. O esquema de pontuação detalhado e finalizado é discutido e acordado por todos os avaliadores na Competição A Avaliação deverá ser registrada no SIAC (Sistema Integrado de Avaliação da Competição) antes da Competição Validação do Projeto Teste O Projeto Teste final será validado pelos avaliadores na competição. Cada equipe de avaliação será responsável pela validação dos componentes do Projeto Teste que irão avaliar..eles garantirão que: O projeto pode ser finalizado no tempo especificado Os esquemas de avaliação estão desenvolvidos apropriadamente O Projeto Teste está de acordo com o Descritivo Técnico 3.6. Seleção de Alteração do Projeto Teste Será definido no FÓRUM da OLIMPÍADA 3.7. Veiculação do Projeto Teste O Projeto é definido e veiculado através do sítio da como segue: 3.8. Coordenação do Projeto Teste (preparação para a Competição) A coordenação do Projeto Teste estará a cargo do Avaliador Líder e da Alterações no Projeto Teste da Competição Será definido no FÓRUM da OLIMPÍADA 4. GERENCIAMENTO E COMUNICAÇÕES DA OCUPAÇÃO 4.1. Fórum de Discussões Antes da Competição, toda discussão, comunicação, colaboração e decisão relacionada a ocupação deve ser realizada no Fórum de Discussão específico da ocupação. Todas as decisões e comunicações relacionadas à ocupação somente são validas se realizadas no fórum. O Avaliador Líder (ou um avaliador nomeado pelo Avaliador Líder) será o moderador nesse fórum. Ver as Regras da Competição para o tempo limite de comunicação e desenvolvimento da competição Informações ao Competidor Data: Descritivo Técnico 11 de 15

13 Toda informação aos Competidores estará disponível no sítio da (www.senai.br/olimpiada). Essas informações incluem: Regulamento da Competição; Descritivos Técnicos; Outras informações relativas à Competição Projetos Teste Projetos Teste veiculados estarão disponíveis em (www.senai.br/olimpiada) Gerenciamento diário O gerenciamento diário é definido no Plano de Gerenciamento da Ocupação que é criado pela Equipe de Gerenciamento da Ocupação supervisionado pelo Avaliador Líder. A equipe de Gerenciamento da Ocupação compõe-se do Júri Presidente, Avaliador Líder e Avaliador Líder Adjunto. O Plano de Gerenciamento da Ocupação é progressivamente desenvolvido nos seis meses antes da Competição e finalizado na Competição (acordada pelos avaliadores e submetida ao Presidente/Vice Presidente do Comitê Técnico). O Avaliador Líder compartilha regularmente as alterações no Plano de Gerenciamento da Ocupação via Fórum. 5. AVALIAÇÃO A avaliação desta ocupação abrange de forma global, integrada e contínua as etapas de Planejamento, Processo de Execução e Produto, incluindo a avaliação das Qualidades Pessoais: Planejamento: 15% Etapas Percentuais Planejamento 15% Processo de Execução 15% Produtos 70% Critérios avaliados Capacidade de Planejamento e Pesquisa Capacidade de Tomada de Decisão Processo de Execução: 15% Critérios avaliados Autocontrole Disciplina e zelo Data: Descritivo Técnico 12 de 15

14 Produto: 70% Critérios avaliados Banco de Dados Planilhas Eletrônicas Produção de Documentos Apresentações Overdrive 1 Overdrive Distribuição dos Critérios de Avaliação Esta secção define os critérios de avaliação e a pontuação (subjetiva e objetiva). O número total de pontos para todos os critérios de avaliação deve ser 100. Seção Critério Pontos Subjetivo (se aplicável) Objetivo Total A Capacidade de Planejamento e Pesquisa 0 7,5 7,5 B Capacidade de Tomada de Decisão 0 7,5 7,5 C Autocontrole 0 7,5 7,5 D Disciplina e zelo 0 7,5 7,5 E Banco de Dados F Planilhas Eletrônicas G Produção de Documentos H Apresentações I Overdrive J Overdrive Total= Pontuação subjetiva Pontos são dados numa escala de 1 a Especificações de avaliação da ocupação Tipo Todos os pontos ou Zero pontos Dedução do total dos pontos numa Exemplo O gráfico tipo pizza mostra os dados como percentual O relatório está formatado como especificado (dedução Pontos Máximos Correto Errado 0,20 0,20 0 0,5 0,5 0-0,4 Data: Descritivo Técnico 13 de 15

15 predeterminada escala de dedução Adicionar a partir do ponto zero numa predeterminada escala progressiva 0,1 pontos para cada erro) Critério de validação de dados especificado corretamente (adicionar 0,1 ponto para cada critério) 1,0 1,0 0,1-0, Procedimentos de avaliação da ocupação Cada avaliador atuará como um membro de uma equipe de avaliação do projeto final. Os avaliadores serão divididos em equipes de avaliação alocando critérios objetivos e subjetivos iguais quando possível. A composição das equipes de avaliação será decidida pelos Avaliador Líder e Avaliador Líder Adjunto com o objetivo de ter um balanço de avaliadores novos e experientes em cada grupo. Os avaliadores serão divididos em grupos de regiões geográficas diferentes para avaliação subjetiva, quando possíveis. O critério de avaliação será fornecido juntamente com o projeto teste. Os avaliadores discutirão esses critérios de avaliação na chegada do local da Competição. Os avaliadores concordarão com o esquema final de avaliação e permitirão uma mistura de avaliação objetiva/subjetiva ou adotarão 100% de avaliação objetiva. 6. EXIGÊNCIAS DE SEGURANÇA ESPECIFÍCAS DA OCUPAÇÃO Consulte a documentação de Segurança e Saúde Ocupacional específica da ocupação. 7. MATERIAIS E EQUIPAMENTOS 7.1. Documento de Infraestrutura A Lista de Infra-estrutura relaciona todos os equipamentos, materiais e facilidades fornecidos pela Organização. A Lista de Infraestrutura especifica os itens & quantidades requisitados pelos avaliadores para a próxima Competição. Encontra-se online (www.senai.br/olimpiada). Em cada Competição, os avaliadores devem rever e atualizar a Lista de Infraestrutura em preparação para a próxima Competição. Data: Descritivo Técnico 14 de 15

16 A Lista de Infraestrutura não inclui itens que os Competidores e/ou avaliadores devem levar e itens que os Competidores são proibidos em levar para a competição eles estão especificados abaixo Materiais, equipamentos e ferramentas de responsabilidade dos participantes Suite Microsoft Office 2010 Professional Virtual Vision Materiais, equipamentos e ferramentas trazidos pelos Avaliadores Suite Microsoft Office 2010 Professional Virtual Vision Materiais e equipamentos proibidos na área da ocupação Os competidores não podem ouvir música Os competidores não podem trazer: o Software adicional o Celular o PDAs o Dispositivos de armazenamento externo (pendrive, cartão de memória etc) 7.5. Exemplos Leiaute de oficina e estação de trabalho Leiaute de oficina e estação de trabalho estão disponíveis em 8. MARKETING E MÍDIA DA OCUPAÇÃO PARA OS VISITANTES 8.1. Maximizando a atração do público visitante e mídia jornalística Utilizar telas para o público Overdrive (tarefa surpresa) Descrições dos Projetos Testes Melhorar o entendimento público das atividades desenvolvidas pelo Competidor Perfil do competidor Oportunidades de carreira Relatórios diários da competição 8.2. Sustentabilidade Reciclagem Uso de materiais verdes Aproveitamento do Projeto Teste completo após a competição Uso de um gerador de PDF ao invés da impressão Data: Descritivo Técnico 15 de 15

DESCRITIVO TÉCNICO TI - SOLUÇÕES DE SOFTWARES

DESCRITIVO TÉCNICO TI - SOLUÇÕES DE SOFTWARES DESCRITIVO TÉCNICO TI - SOLUÇÕES DE SOFTWARES 09 A, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com os Estatutos e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante a esta

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES

DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES 39 A, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com o Estatuto e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante a esta

Leia mais

Tecnologia da Informação DESCRITIVO TÉCNICO

Tecnologia da Informação DESCRITIVO TÉCNICO 09 Tecnologia da Informação DESCRITIVO TÉCNICO A AmericaSkills, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com os Estatutos e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante

Leia mais

Sumário. Conteúdo Certificação OFFICE 2010

Sumário. Conteúdo Certificação OFFICE 2010 Conteúdo Certificação OFFICE 2010 Sumário Access 2010... 2 Excel Core 2010... 3 Excel Expert 2010... 4 Outlook 2010... 5 PowerPoint 2010... 8 Word Core 2010... 9 Word Expert 2010... 10 Access 2010 1. Gerenciando

Leia mais

Confecção de Roupas DESCRITIVO TÉCNICO

Confecção de Roupas DESCRITIVO TÉCNICO 30 Confecção de Roupas DESCRITIVO TÉCNICO A AmericaSkills, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com a Constituição, os Estatutos e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem

Leia mais

Pacote Office. Subtítulo

Pacote Office. Subtítulo Pacote Office Subtítulo Sobre a APTECH A Aptech é uma instituição global, modelo em capacitação profissional, que dispõe de diversos cursos com objetivo de preparar seus alunos para carreiras em Tecnologia

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO DESIGN GRÁFICO

DESCRITIVO TÉCNICO DESIGN GRÁFICO DESCRITIVO TÉCNICO DESIGN GRÁFICO 40 A, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com o Estatuto e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante a esta ocupação na Competição.

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO SEGURANÇA DO TRABALHO

DESCRITIVO TÉCNICO SEGURANÇA DO TRABALHO DESCRITIVO TÉCNICO SEGURANÇA DO TRABALHO 44 A, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com a Constituição, os Estatutos e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante

Leia mais

Design Gráfico DESCRITIVO TÉCNICO

Design Gráfico DESCRITIVO TÉCNICO 40 Design Gráfico DESCRITIVO TÉCNICO A AmericaSkills, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com o Estatuto e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante a esta

Leia mais

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online Page 1 of 5 Windows SharePoint Services Introdução a listas Ocultar tudo Uma lista é um conjunto de informações que você compartilha com membros da equipe. Por exemplo, você pode criar uma folha de inscrição

Leia mais

Tecnologias de Informação e Comunicação Página 1 de 5

Tecnologias de Informação e Comunicação Página 1 de 5 1. Descrição da prova A prova irá abranger várias tarefas de utilização do software do Microsoft Office2007 e software gráfico como o Adobe Photoshop CS4 ou Adobe Fireworks CS4. As principais áreas abrangidas

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO CONFEITARIA

DESCRITIVO TÉCNICO CONFEITARIA DESCRITIVO TÉCNICO CONFEITARIA 32 A, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com o Estatuto e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante a esta ocupação na Competição

Leia mais

A R P O BPMN++ MODELER KLUG PROCESSO PARA DOWNLOAD E INSTALAÇÃO VERSÃO FREEWARE. Verificar requisitos para instalação. Testar instalação do software

A R P O BPMN++ MODELER KLUG PROCESSO PARA DOWNLOAD E INSTALAÇÃO VERSÃO FREEWARE. Verificar requisitos para instalação. Testar instalação do software A R P O KLUG BPMN++ MODELER PROCESSO PARA DOWNLOAD E INSTALAÇÃO VERSÃO FREEWARE Verificar requisitos para instalação Iniciar procedimento de instalação Executar procedimento de instalação Efetuar primeiro

Leia mais

Eletricidade Industrial DESCRITIVO TÉCNICO

Eletricidade Industrial DESCRITIVO TÉCNICO 19 Eletricidade Industrial DESCRITIVO TÉCNICO A AmericaSkills, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com os Estatutos e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Usar FTK Imager para gerar evidências, exportar arquivos de evidências, criar imagens forenses e converter imagens existentes.

Usar FTK Imager para gerar evidências, exportar arquivos de evidências, criar imagens forenses e converter imagens existentes. AccessData BootCamp Forensic Toolkit, FTK Imager, Password Recovery Toolkit and Registry Viewer O curso AccessData BootCamp fornece conhecimento e habilidade necessária para instalar, configurar e o uso

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E Unidade III TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO Prof. Me. Eduardo Fernando Mendes Google: um mundo de oportunidades Os conteúdos abordados neste modulo são: Google: Um mundo de oportunidades;

Leia mais

Dell Premier. Guia de Compras e Pedidos. Fazendo Login na sua Página Premier. Três formas de comprar

Dell Premier. Guia de Compras e Pedidos. Fazendo Login na sua Página Premier. Três formas de comprar Dell Premier Guia de Compras e Pedidos A Dell Premier é o seu próprio site de suporte e compras seguro e personalizado, que permite um processo de compra fácil, eficiente e econômico. Examine este Guia

Leia mais

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 Rational Quality Manager Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 1 Informações Gerais Informações Gerais sobre o RQM http://www-01.ibm.com/software/awdtools/rqm/ Link para o RQM https://rqmtreina.mvrec.local:9443/jazz/web/console

Leia mais

Disciplina de Banco de Dados Introdução

Disciplina de Banco de Dados Introdução Disciplina de Banco de Dados Introdução Prof. Elisa Maria Pivetta CAFW - UFSM Banco de Dados: Conceitos A empresa JJ. Gomes tem uma lista com mais ou menos 4.000 nomes de clientes bem como seus dados pessoais.

Leia mais

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista Nome: Gabarito Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista 1) O Centro das configurações do Windows, onde pode ser acessado cada um dos dispositivos componentes

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA Qualificação:

Leia mais

1. O Word 2010 BR oferece a possibilidade de salvar um arquivo digitado, clicando

1. O Word 2010 BR oferece a possibilidade de salvar um arquivo digitado, clicando QUESTÕES WORD 2007/2010 PROF.JULIO RAMOS PAG.1 1. O Word 2010 BR oferece a possibilidade de salvar um arquivo digitado, clicando na opção da guia Arquivo, por meio de uma janela padronizada. Essa janela

Leia mais

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS O CSF Designer Intuition TM da FIS ajuda organizações que lidam com o cliente a criar, de forma instantânea e interativa, documentos comerciais respeitando as regulações vigentes,

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Excel 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Adicionar comandos à Barra de Ferramentas

Leia mais

MS-Excel 2010 Essencial (I)

MS-Excel 2010 Essencial (I) MS-Excel 2010 Essencial (I) Carga Horária: 20 horas Objetivos: Este curso destina-se a todos os profissionais que atuam nas áreas financeiras e administrativas, e que necessitem agilizar os seus cálculos,

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft PowerPoint 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que você precisa Clique

Leia mais

São mais de 20 anos no mercado

São mais de 20 anos no mercado São mais de 20 anos no mercado No mercado há mais de 20 anos, o CEM é um software de cálculo de esquadrias equipado com recursos de alta tecnologia que otimiza processos e alcança os melhores resultados.

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido Microsoft PowerPoint 2013 apresenta uma aparência diferente das versões anteriores; desse modo, criamos este guia para ajudá-lo a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que

Leia mais

Visão geral do Microsoft Office Word 2007. Crie conteúdo com aparência profissional

Visão geral do Microsoft Office Word 2007. Crie conteúdo com aparência profissional Visão geral do Microsoft Office Word 2007 Bem vindo ao Microsoft Office Word 2007, incluído na versão 2007 do Microsoft Office system. O Office Word 2007 é um poderoso programa de criação de documentos

Leia mais

Mecânica de Refrigeração DESCRITIVO TÉCNICO

Mecânica de Refrigeração DESCRITIVO TÉCNICO 38 Mecânica de Refrigeração DESCRITIVO TÉCNICO A AmericaSkills, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com o Estatuto e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante

Leia mais

Menu Utilitários. Atualização do Banco de Dados Atualização e organização dos arquivos existentes

Menu Utilitários. Atualização do Banco de Dados Atualização e organização dos arquivos existentes Atualização do Banco de Dados Atualização e organização dos arquivos existentes Rotina responsável pelo rastreamento de possíveis arquivos não indexados, danificados ou inexistentes. Este processo poderá

Leia mais

1 Inicie um novo. Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007. projeto

1 Inicie um novo. Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007. projeto Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007 1 Inicie um novo Antes de começar um novo, uma organização deve determinar se ele se enquadra em suas metas estratégicas. Os executivos

Leia mais

Rua Cidade Rabat, 29A/B 1250-159 LISBOA Portugal. Tel. +351 213 102 330/4 Fax +351 213 102 339

Rua Cidade Rabat, 29A/B 1250-159 LISBOA Portugal. Tel. +351 213 102 330/4 Fax +351 213 102 339 Rua Cidade Rabat, 29A/B 1250-159 LISBOA Portugal Tel. +351 213 102 330/4 Fax +351 213 102 339 Contacto Geral: inf@acinet.pt Dep. Comercial: comercial@acinet.pt Dep. Formação: formacao@acinet.pt Dep. Multimedia:

Leia mais

Sandromir Almeida. Treinamentos Realizados nas Empresas

Sandromir Almeida. Treinamentos Realizados nas Empresas Sandromir Almeida Consultor de Informática desde 1995 Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Docente de Informática há 15 anos Palestrante desde 2001 Técnico em Informática Webmaster Proprietário

Leia mais

Escola Info Jardins. Microsoft Excel Aula 1

Escola Info Jardins. Microsoft Excel Aula 1 Microsoft Excel Aula 1 O que é o Microsoft Excel? Excel é um programa de planilhas do sistema Microsoft Office. Você pode usar o Excel para criar e formatar pastas de trabalho (um conjunto de planilhas).

Leia mais

Criar Pesquisas. Guia rápido sobre...

Criar Pesquisas. Guia rápido sobre... Guia rápido sobre... Criar Pesquisas Neste guia... Aprenda a fazer perguntas as vezes que forem necessárias e obter os dados que você necessita para melhorar seus produtos, personalizar campanhas e ficar

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGOCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO

Leia mais

Casos de Sucesso. Cliente. Deloitte Touche Tohmatsu Consultores LTDA

Casos de Sucesso. Cliente. Deloitte Touche Tohmatsu Consultores LTDA Casos de Sucesso Cliente Deloitte Touche Tohmatsu Consultores LTDA Deloitte Touche Tohmatsu Consultores LTDA Perfil da empresa A Deloitte é uma das maiores empresas do mundo na prestação de serviços profissionais

Leia mais

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4 Mic crosoft Excel 201 0 ÍNDICE ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4 Interface... 4 Guias de Planilha... 5 Movimentação na planilha... 6 Entrada de textos e números... 7 Congelando painéis... 8 Comentários nas Células...

Leia mais

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário Sumário Conceitos Microsoft Access 97... 01 Inicialização do Access... 02 Convertendo um Banco de Dados... 03 Criando uma Tabela... 06 Estrutura da Tabela... 07 Propriedades do Campo... 08 Chave Primária...

Leia mais

Importância do GED. Implantação de um Sistema de GED

Importância do GED. Implantação de um Sistema de GED Implantação de um Sistema de GED Gerenciamento Eletrônico de Documentos Importância do GED O GED tem uma importante contribuição na tarefa da gestão eficiente da informação; É a chave para a melhoria da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 10 de Outubro de 2013. Revisão aula anterior Documento de Requisitos Estrutura Padrões Template Descoberta

Leia mais

Suponha que uma pasta esteja sendo exibida pelo Windows Explorer e os seguintes arquivos são exibidos:

Suponha que uma pasta esteja sendo exibida pelo Windows Explorer e os seguintes arquivos são exibidos: 14 PROVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA CÓD. 05 QUESTÃO 31: Suponha que uma pasta esteja sendo exibida pelo Windows Explorer e os seguintes arquivos são exibidos: Aqui existem um arquivo do tipo

Leia mais

Standards Online. Acesso à informação direto de seu computador

Standards Online. Acesso à informação direto de seu computador Standards Online Acesso à informação direto de seu computador Comentário dos clientes sobre o BSOL A utilização é fácil e o sistema de download é excelente, quando necessito de uma norma que não se encontra

Leia mais

7.1 Introdução. Monitoramento e Avaliação 427

7.1 Introdução. Monitoramento e Avaliação 427 7.1 Introdução O processo de monitoramento e avaliação constitui um instrumento para assegurar a interação entre o planejamento e a execução, possibilitando a correção de desvios e a retroalimentação permanente

Leia mais

INTRODUÇÃO AO MICROSOFT DYNAMICS AX 4.0 FINANCEIRO I

INTRODUÇÃO AO MICROSOFT DYNAMICS AX 4.0 FINANCEIRO I Introdução INTRODUÇÃO AO MICROSOFT DYNAMICS AX 4.0 FINANCEIRO I E-Learning O treinamento é um componente vital para a retenção do valor de investimento do seu Microsoft Dynamics. Um treinamento de qualidade,

Leia mais

Informática. Informática. Valdir

Informática. Informática. Valdir Informática Informática Valdir Questão 21 A opção de alterar as configurações e aparência do Windows, inclusive a cor da área de trabalho e das janelas, instalação e configuração de hardware, software

Leia mais

Conteúdo Programático

Conteúdo Programático PowerPoint 2013 16 horas Objetivo Capacitar o participante a criar apresentações utilizando recursos de comunicação visual aprimorados da versão 2013 do PowerPoint, criar gráficos, smartarts, trabalhar

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS

IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS CICLO DE VIDA DE PROJETOS (viabilidade até a entrega / iniciação ao encerramento) RELEVÂNCIA SOBRE AS AREAS DE CONHECIMENTO FATORES IMPACTANTES EM PROJETOS

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Habilitação Profissional: TÉCNICO EM PROGRAMAÇÃO DE

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Introdução Aula 03: Pacote Microsoft Office 2007 O Pacote Microsoft Office é um conjunto de aplicativos composto, principalmente, pelos

Leia mais

Tela Inicial: O Banco de Dados e seus objetos:

Tela Inicial: O Banco de Dados e seus objetos: Access 1 Tela Inicial: 2 ÁREA DE TRABALHO. Nosso primeiro passo consiste em criar o arquivo do Access (Banco de Dados), para isto utilizaremos o painel de tarefas clicando na opção Banco de Dados em Branco.

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO. Data de Aprovação:18/12/2003 Data de Revisão: Dezembro 2005

DESCRITIVO TÉCNICO. Data de Aprovação:18/12/2003 Data de Revisão: Dezembro 2005 OCUPAÇÃO 0 5 DESCRITIVO TÉCNICO MECÂNICO - CAD DESENHO Data de Aprovação:18/12/2003 Data de Revisão: Dezembro 2005 A Comissão de Diretores do SENAI Coordenadora das Olimpíadas do Conhecimento determina,

Leia mais

Microsoft Office PowerPoint 2007

Microsoft Office PowerPoint 2007 INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007 O Microsoft Office PowerPoint 2007 é um programa destinado à criação de apresentação através de Slides. A apresentação é um conjunto de Sides que são exibidos em

Leia mais

Novidades da Versão 3.0.0.30

Novidades da Versão 3.0.0.30 Novidades da Versão 3.0.0.30 Alteração Equipamento Unidade Instalação Inserida informação Telemetria na Tela de Alteração de Equipamento Unidade de Instalação (326). A informação Roaming Internacional

Leia mais

COMENTÁRIO PROVA DE INFORMÁTICA SERGIO ALABI LUCCI FILHO www.alabi.net ~ concurso@alabi.net

COMENTÁRIO PROVA DE INFORMÁTICA SERGIO ALABI LUCCI FILHO www.alabi.net ~ concurso@alabi.net COMENTÁRIO PROVA DE INFORMÁTICA SERGIO ALABI LUCCI FILHO www.alabi.net ~ concurso@alabi.net CARGO: TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO ÁREA: APOIO TÉCNICO E ADMINISTRATIVO ESPECIALIDADE: TÉCNICA ADMINISTRATIVA

Leia mais

Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.

Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4. Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5 Por: Fabio Pozzebon Soares Página 1 de 11 Sistema ProJuris é um conjunto de componentes 100% Web, nativamente integrados, e que possuem interface com vários idiomas,

Leia mais

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 CURITIBA 2015 2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007... 3 JANELA PRINCIPAL... 3 1 - BOTÃO OFFICE... 4 2 - FERRAMENTAS DE ACESSO

Leia mais

3 Processamento de Dados e Sistemas de Informações Contábil-Financeiros, 12

3 Processamento de Dados e Sistemas de Informações Contábil-Financeiros, 12 Apresentação, xiii Prefácio, xv Parte I Introdução ao Problema, 1 1 Introdução, 3 1.1 Problema, 3 1.2 Proposta, 5 2 A Organização, 7 2.1 Visão da empresa, 7 2.2 Sistema empresa, 9 3 Processamento de Dados

Leia mais

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services - Windows SharePoint Services... Page 1 of 11 Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Ocultar tudo O Microsoft Windows

Leia mais

UFPel Departamento de Informática. Tutorial Google Docs. Profa. Lisane Brisolara de Brisolara

UFPel Departamento de Informática. Tutorial Google Docs. Profa. Lisane Brisolara de Brisolara UFPel Departamento de Informática Tutorial Google Docs Profa. Lisane Brisolara de Brisolara Sumário O que é o Google Docs Seus principais recursos Editor de textos/documentos Editor de planilhas eletrônicas

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento de Dados

Módulo 4: Gerenciamento de Dados Módulo 4: Gerenciamento de Dados 1 1. CONCEITOS Os dados são um recurso organizacional decisivo que precisa ser administrado como outros importantes ativos das empresas. A maioria das organizações não

Leia mais

Ambiente de Aprendizagem Moodle FPD Manual do Aluno

Ambiente de Aprendizagem Moodle FPD Manual do Aluno Ambiente de Aprendizagem Moodle FPD Manual do Aluno Maio 2008 Conteúdo 1 Primeiros passos...4 1.1 Tornando-se um usuário...4 1.2 Acessando o ambiente Moodle...4 1.3 O ambiente Moodle...4 1.4 Cadastrando-se

Leia mais

Dicas para implantação do Autodesk Vault para pequenas e médias empresas

Dicas para implantação do Autodesk Vault para pequenas e médias empresas Dicas para implantação do Autodesk Vault para pequenas e médias empresas Rodrigo Tito Nova CS Informática Cristiano Oliveira ConsultCAD É sabido por todos que hoje, o processo de desenvolvimento do produto

Leia mais

Visão Geral do Word 2007. Crie conteúdo com aparência profissional

Visão Geral do Word 2007. Crie conteúdo com aparência profissional Visão Geral do Word 2007 Bem-vindo ao Microsoft Office Word 2007, incluído na versão 2007 do Microsoft Office system. O Office Word 2007 é um poderoso programa de criação de documentos que dá a você a

Leia mais

Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Exemplos de fluxo de trabalho

Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Exemplos de fluxo de trabalho Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS Exemplos de fluxo de trabalho 2005 Electronics for Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos

Leia mais

EXCEL PARA ESPECIALISTAS

EXCEL PARA ESPECIALISTAS CURSO ONLINE EXCEL PARA ESPECIALISTAS CARGA HORÁRIA AULAS MATERIAL DIDÁTICO CERTIFICADO 10h46min 101 250 páginas em PDF + planilhas exemplos Incluso Apresentação Você quer se tornar um especialista em

Leia mais

Conteúdo de Formação

Conteúdo de Formação Word+ Excel + PowerPoint Avançado Objetivos Gerais Este Curso tem como objetivo dotar os participantes dos conhecimentos e competências que lhes permitam de forma eficaz manusear grandes volumes de informação

Leia mais

LIBREOFFICE: APRESENTAÇÃO COM O IMPRESS. Professor: Francisco Dantas Nobre Neto E-mail: dantas.nobre@ifpb.edu.br

LIBREOFFICE: APRESENTAÇÃO COM O IMPRESS. Professor: Francisco Dantas Nobre Neto E-mail: dantas.nobre@ifpb.edu.br LIBREOFFICE: APRESENTAÇÃO COM O IMPRESS Professor: Francisco Dantas Nobre Neto E-mail: dantas.nobre@ifpb.edu.br LibreOffice? Suíte de escritório (Office):? Conjunto de programas que permite criar textos,

Leia mais

Mobility Gestão Mobility Gestão Guia de Vendas 07/01/2009

Mobility Gestão Mobility Gestão Guia de Vendas 07/01/2009 Mobility Gestão Guia de Vendas 07/01/2009 O Mobility Gestão é um software de retaguarda para o segmento de Varejo, visando o controle total do estoque e movimentações de venda. Desenvolvido para trabalhar

Leia mais

Criação de Consultas e Relatórios no Access CRIAÇÃO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS NO ACCESS

Criação de Consultas e Relatórios no Access CRIAÇÃO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS NO ACCESS Criação de Consultas e Relatórios no Access CRIAÇÃO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS NO ACCESS Sumário Conceitos / Autores chave... 3 1. Introdução... 4 2. Consultas... 5 3. Relatórios... 8 4. Conclusões... 11

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Microsoft Word Folha

Leia mais

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT Power Point Básico Santa Maria, julho de 2006 O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações.

Leia mais

Multiplexador. Permitem que vários equipamentos compartilhem um único canal de comunicação

Multiplexador. Permitem que vários equipamentos compartilhem um único canal de comunicação Multiplexadores Permitem que vários equipamentos compartilhem um único canal de comunicação Transmissor 1 Receptor 1 Transmissor 2 Multiplexador Multiplexador Receptor 2 Transmissor 3 Receptor 3 Economia

Leia mais

Como conduzir com sucesso um projeto de melhoria da qualidade

Como conduzir com sucesso um projeto de melhoria da qualidade Como conduzir com sucesso um projeto de melhoria da qualidade Maria Luiza Guerra de Toledo Coordenar e conduzir um projeto de melhoria da qualidade, seja ele baseado no Seis Sigma, Lean, ou outra metodologia

Leia mais

Diveo Exchange OWA 2007

Diveo Exchange OWA 2007 Diveo Exchange OWA 2007 Manual do Usuário v.1.0 Autor: Cícero Renato G. Souza Revisão: Antonio Carlos de Jesus Sistemas & IT Introdução... 4 Introdução ao Outlook Web Access 2007... 4 Quais são as funcionalidades

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PRODUTO. Mais que um software, o método mais eficaz para conciliar.

APRESENTAÇÃO DO PRODUTO. Mais que um software, o método mais eficaz para conciliar. APRESENTAÇÃO DO PRODUTO Mais que um software, o método mais eficaz para conciliar. Com Conciliac é possível conciliar automaticamente qualquer tipo de transação; Bancos, Cartões de Crédito e Débito, Contas

Leia mais

Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A

Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A Esperança_TI S.A S/A Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A 25/11/2014 Gerador do documento: Gerente de Negociação: Marcos Alves de Oliveira Marcos Antônio de Morais Aprovação

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos SP Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Recursos Humanos Qualificação:

Leia mais

ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO

ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO 1. DIMENSÃO PEDAGÓGICA 1.a) ACESSIBILIDADE SEMPRE ÀS VEZES NUNCA Computadores, laptops e/ou tablets são recursos que estão inseridos na rotina de aprendizagem dos alunos, sendo possível

Leia mais

CONSULTA AO MERCADO RFI REQUEST FOR INFORMATION CONSOLIDAÇÃO DE DÚVIDAS APRESENTADAS

CONSULTA AO MERCADO RFI REQUEST FOR INFORMATION CONSOLIDAÇÃO DE DÚVIDAS APRESENTADAS CONSULTA AO MERCADO RFI REQUEST FOR INFORMATION CONSOLIDAÇÃO DE DÚVIDAS APRESENTADAS 1. Dúvidas Gerais Pergunta: Os processos e metodologias de avaliação de riscos do Banco estão definidos e implantados?

Leia mais

MANUAL ESCOLA FLEX. Revisado em 09/07/2008. Sistema Flex www.sistemaflex.com

MANUAL ESCOLA FLEX. Revisado em 09/07/2008. Sistema Flex www.sistemaflex.com MANUAL ESCOLA FLEX Revisado em 09/07/2008 Sistema Flex www.sistemaflex.com Índice Manual Escola Flex Índice... 2 Tela de Abertura (Splash Screen)... 3 Login... 4 Seleção de Empresas... 5 Tela Principal...

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

O catálogo On-line dos produtos da Pramet Tools s.r.o. contém parâmetros técnicos, desenhos e possibilidade de criar seu próprio kit de ferramentas.

O catálogo On-line dos produtos da Pramet Tools s.r.o. contém parâmetros técnicos, desenhos e possibilidade de criar seu próprio kit de ferramentas. Guia do Usuário [Versão 1.0, Atualizado em 1.11.2012] Pramet Tools s.r.o., [PRAMET E-catálogo Guia do Usuário ] O catálogo On-line dos produtos da Pramet Tools s.r.o. contém parâmetros técnicos, desenhos

Leia mais

Conteúdo de Formação

Conteúdo de Formação Word+ Excel + PowerPoint Iniciação Objetivos Gerais Este Curso tem como objetivo dotar os participantes dos conhecimentos e competências que lhes permitam de forma eficaz manusear grandes volumes de informação

Leia mais

Manual de Conversão para PDF Envio de Arquivos ao Diário Oficial

Manual de Conversão para PDF Envio de Arquivos ao Diário Oficial Manual de Conversão para PDF Manual de Conversão para PDF 3 Conversão para PDF Microsoft Office 2003 Instalação da impressora PDF O pacote de aplicativo Office 2003 não possui nativamente o recurso de

Leia mais

Power Point. Autor: Paula Pedone

Power Point. Autor: Paula Pedone Power Point Autor: Paula Pedone INTRODUÇÃO O POWER POINT é um editor de apresentações, pertencente ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de apresentações através da

Leia mais

Planificações 2012/2013. Tecnologias da Informação e Comunicação. 2ºAno. Escola Básica Integrada de Pedome. C E F Apoio à Família e à Comunidade

Planificações 2012/2013. Tecnologias da Informação e Comunicação. 2ºAno. Escola Básica Integrada de Pedome. C E F Apoio à Família e à Comunidade Planificações 2012/2013 Tecnologias da Informação e Comunicação C E F Apoio à Família e à Comunidade 2ºAno Escola Básica Integrada de Pedome Grupo Disciplinar de Informática Planificação a Longo Prazo

Leia mais

Solução completa de gerenciamento online de embalagens

Solução completa de gerenciamento online de embalagens Solução completa de gerenciamento online de embalagens WebCenter O WebCenter é uma poderosa plataforma baseada na web para gerenciamento de embalagens que administra seu processo de negócios e aprova ciclos

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. Profissionais que trabalham em escritórios e comunidade em geral. A Carga Horária Total do curso será de 160 horas/aula.

DESCRITIVO DE CURSO. Profissionais que trabalham em escritórios e comunidade em geral. A Carga Horária Total do curso será de 160 horas/aula. DESCRITIVO DE CURSO NOME DO CURSO: OPERADOR DE MICROCOMPUTADOR CBO 4121-10 (A, B, C, E, Y e Z) MODALIDADE: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL BÁSICA Área: Tecnologia da Informação Nº 013 Atualização: Outubro de

Leia mais

CRManager. CRManager. TACTIUM CRManager. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades. www.softium.com.

CRManager. CRManager. TACTIUM CRManager. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades. www.softium.com. Tactium Tactium CRManager CRManager TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades 1 O TACTIUM CRManager é a base para implementar a estratégia de CRM de sua empresa. Oferece todo o suporte para personalização

Leia mais

Google Docs EDITOR DE TEXTOS

Google Docs EDITOR DE TEXTOS Google Docs Um destes serviços oferecidos é o Google Docs, uma espécie de suíte de aplicativos online, bastante semelhante ao Microsoft Office e ao OpenOffice.org/BrOffice.org. O serviço da Google possui

Leia mais

Introdução ao EBSCOhost 2.0

Introdução ao EBSCOhost 2.0 Introdução ao EBSCOhost 2.0 Tutorial support.ebsco.com O que é? O EBSCO Host é um poderoso sistema de referência on-line acessível através da Internet, e oferece uma variedade de bases de dados de texto

Leia mais

acesse: vouclicar.com

acesse: vouclicar.com Transforme como sua empresa faz negócios, com o Office 365. Vouclicar.com A TI chegou para as pequenas e médias empresas A tecnologia é hoje o diferencial competitivo que torna a gestão mais eficiente,

Leia mais

IBM Software Demos Lotus Quickr

IBM Software Demos Lotus Quickr Ser competitivo no mercado dinâmico de hoje exige das empresas acesso rápido e fácil a informações importantes que possam ser compartilhadas entre organizações, regiões e aplicativos. O IBM [pronounced

Leia mais

TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6

TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6 TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6 Considerando a janela do Word 2003 ilustrada acima, que contém um documento em processo de edição no qual o título está selecionado, assinale a opção correta. A O parágrafo

Leia mais

EndNote Web. Quick Reference Card THOMSON SCIENTIFIC

EndNote Web. Quick Reference Card THOMSON SCIENTIFIC THOMSON SCIENTIFIC EndNote Web Quick Reference Card Web é um serviço através da Web projetado para auxiliar estudantes e pesquisadores no processo de elaboração de artigos de pesquisa. ISI Web of Knowledge,

Leia mais

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição SSE 3.0 Guia Rápido Módulo Secretaria Nesta Edição 1 Acessando o Módulo Secretaria 2 Cadastros Auxiliares 3 Criação de Modelos Definindo o Layout do Modelo Alterando o Layout do Cabeçalho 4 Parametrização

Leia mais