Comissão Organizadora da Imagem

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Comissão Organizadora da Imagem"

Transcrição

1 Cmissã Organizadra da Manual de Execuçã

2 Manual de execuçã CO 2017 Intrduçã Cm a nva da ANEM, prende-se a necessidade de cumprir as nrmas gráficas estabelecidas e desenvlver estratégias para, além de aumentar a adesã e prximidade ds estudantes para cm a ANEM, frtalecer recnheciment da Federaçã cm uma entidade cerente, sólida e adequada as seus valres através também da imagem. Cm a nva Estrutura da ANEM, sã várias as prtunidades para a. Ind de encntr a definid, trna-se imprtante uma reestruturaçã d md de açã desta área, de md a criar a prtunidade e prmver um mair envlviment estudantil, frnecend as estudantes a prtunidade de criarem e verem recnhecid seu trabalh a nível nacinal, e cm a pssibilidade de reduzir recurs a meis externs prfissinais, que pderiam ser necessáris pr incapacidade técnica u limitaçã d Diretr de. A Cmissã Organizadra da, send uma nvidade à estrutura, aprvada n âmbit d Plan de Atividades na 117ª Assembleia Geral da ANEM (19 fevereir de 2017), surge cm um grup de trabalh de api à prduçã d material visual da Federaçã. Esta Cmissã, sempre crdenada pel Diretr de, visa a distribuiçã das tarefas a desenvlver para assegurar uma atempada execuçã de material visual de qualidade. Pretende ainda pssibilitar a discussã e reflexã de atividades na área da que pssam ser pertinentes e adequadas n futur. de estudantes de medicina Pág. 2 / 7

3 Manual de execuçã CO 2017 Funções Cabe a Diretr de : Crdenar prcess de inscriçã e seleçã ds elements da Cmissã Organizadra, cujs critéris de seleçã estã abaix explicitads; Assegurar funcinament da CO, prmvend a divisã das tarefas (prduçã de material visual) a realizar pels clabradres; A respnsabilidade de rientar as tarefas, zeland pel cumpriment das nrmas gráficas da da Federaçã, bem cm a manutençã da slidez, cesã e adequaçã ds materiais visuais prduzids pels elements da CO; Assegurar a execuçã d material visual (quer seja adjuvada pels clabradres u nã); Prmver mments de frmaçã ds clabradres; Prmver a cmunicaçã entre CO pr platafrma a definir; Prmver discussã e prjeçã de nvas atividades na Área da ; Assegurar s benefícis da participaçã na CO da as clabradres cumpridres das suas tarefas. Cabe as clabradres da CO da : Participarem ativamente na distribuiçã de tarefas, bem cm nas discussões e brainstrming; Prduzirem material visual de acrd cm as nrmas gráficas e valres da Federaçã; Cumprirem s prazs estabelecids para a prduçã d material visual; Cmunicarem sempre cm Diretr de sbre pnt de situaçã da prduçã d material; Remeterem a Diretr de, e apenas a ele, material visual prduzid para as atividades da DANEM. Descriçã da CO A CO será cnstituída pr 4 (quatr) clabradres, de acrd cm s critéris de seleçã abaix explicitads. de estudantes de medicina Pág. 3 / 7

4 Manual de execuçã CO 2017 O funcinament da CO será rientad pel Diretr de, em platafrma de cmunicaçã própria. As clabradres serã asseguradas as despesas de deslcaçã, aljament e alimentaçã sempre que se entender necessária a sua presença em determinada atividade. Para tal, será dad, cm a devida antecedência, avis à CO da para se verificar a dispnibilidade de presença n lcal em questã. Na presença de incumpriment de respnsabilidades enquant clabradres, Diretr de assegura a prduçã d material visual em questã de acrd cm s prazs estabelecids, cm a pssibilidade de penalizaçã d clabradr da cmissã rganizadra. Os clabradres cumpridres das tarefas a que estã afets terã direit a: Pssibilidade de frmaçã em matéria de Design Gráfic, Ftgrafia, Víde, (ainda a definir); Pssibilidade de benefícis numa determinada atividade para qual clabradr cntribuiu na elabraçã da imagem; Certificad em cm clabraram cm a DANEM 2017 n final d seu mandat. Critéris de seleçã Critéris de inclusã: O estudante deve encntrar-se matriculad n Mestrad Integrad em Medicina numa Escla Médica Prtuguesa n an letiv de 2016/2017; Ter ttal dispnibilidade para clabrar nas tarefas a que está afet, bem cm cmunicar cm a restante CO e Diretr de. Critéris de bnificaçã e respetiva pntuaçã: Mtivaçã, sft skills, perspetivas e benefíci para a CO - até 5 pnts: Experiência na área de (a submissã de prtfli é de carácter preferencial) até 10 pnts; Qualidade d material visual prduzid para a candidatura - até 15 pnts, tend em cnta a: de estudantes de medicina Pág. 4 / 7

5 Manual de execuçã CO 2017 Técnica cnstrutiva até 3 pnts; Adequaçã a que é pedid até 4 pnts; Qualidade estética até 5 pnts; Cerência em relaçã à da ANEM até 3 pnts. Nta: Em relaçã a este pnt serã, em tdas as suas alíneas, cnsideradas pntuações até à décima (entre 0 e tet máxim definid). Metdlgia Os estudantes interessads em integrar a CO da deverã inscrever-se n períd para tal destinad, usand frmulári dispnibilizad para efeit. Deverã submeter via a descriçã da experiência em (u prtfli, de preferência), bem cm material visual para cm assunt seu nme. O material visual a prduzir para efeits de candidatura cnsiste numa prpsta de lgtip para a Cmissã Organizadra da, cnsistente cm s mldes em que esta é neste dcument definida. Além de ser critéri de bnificaçã para a pntuaçã ds candidats, a melhr prpsta será a esclhida para representar a CO enquant lgtip ficial. De frma a avaliar a questã de respsta aberta, experiência em /prtfli, e material visual prduzid, estes serã sujeits a um prcess de cultaçã. Psterirmente serã classificads pr três membrs da Direçã da ANEM, nmeadamente Diretr de e utrs dis elements. A pntuaçã final resulta da média aritmética das classificações atribuídas pr estes três elements avaliadres. Em cas de empate, serã cnvcads de frma aleatória utrs dis elements da Direçã da ANEM que deverã repetir prcess cm Diretr de. Cas crra nv empate cabe à Direçã da ANEM a respnsabilidade de rdenar s estudantes envlvids, pr critéris pr ela mesma definids. A revelaçã ds resultads será realizada pel Diretr de via para s candidats selecinads. O element admitid deve respnder n praz de cinc dia cnsecutivs, sb a pssibilidade de a nã-respsta ser cnsiderada cm desistência. de estudantes de medicina Pág. 5 / 7

6 Manual de execuçã CO 2017 Tds s elements nã admitids sã cnsiderads cm suplentes, pela rdem da pntuaçã cnseguida. Cas seja slicitad pr algum ds elements candidats, s dcuments que versem a pntuaçã atribuída, serã trnads públics. Nã bstante incrreções de cálcul, a decisã relativa à atribuiçã de pntuaçã é irrevgável e nã passível de recurs. Desistências Na eventualidade de desistência(s), element da Cmissã Organizadra será substituíd pr um element suplente, se se cnsiderar pertinente para funcinament da CO tend em cnta temp restante até a fim d mandat. Crnlgia da seleçã de candidats 27 de fevereir a 5 de març preenchiment e submissã d frmulári; 27 de fevereir a 12 de març (até às 23h59) envi d cm cnteúd pretendid (experiência em /prtfli + prpsta de lg da CO da ) após preenchiment d frmulári; 13 de març a 18 de març avaliaçã das candidaturas; 20 de març apresentaçã ds resultads finais. Observações Situações nã cntempladas n presente manual deverã ser discutidas e decididas pela Direçã da ANEM. de estudantes de medicina Pág. 6 / 7

7 Manual de execuçã CO 2017 Cimbra, 24 de fevereir de 2017 O Diretr de, (Miguel Serôdi) de estudantes de medicina Pág. 7 / 7

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO FGV LAW PROGRAM

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO FGV LAW PROGRAM ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO FGV LAW PROGRAM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA 2º semestre / 2014 O FGV Law Prgram da Escla

Leia mais

REGULAMENTO DA 4ª OLIMPÍADA DE EMPREENDEDORISMO UNIVERSITÁRIO

REGULAMENTO DA 4ª OLIMPÍADA DE EMPREENDEDORISMO UNIVERSITÁRIO REGULAMENTO DA 4ª OLIMPÍADA DE EMPREENDEDORISMO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CATEGORIA 1 EMPREENDEDORISMO DE NEGÓCIOS Outubr de 2017 REGULAMENTO CATEGORIA 1 EMPREENDEDORISMO DE NEGÓCIOS

Leia mais

Manual de Execução da Comissão Organizadora do Medo on Tour O Med On Tour (MOT) é um projeto que tem como objetivo

Manual de Execução da Comissão Organizadora do Medo on Tour O Med On Tour (MOT) é um projeto que tem como objetivo manual de execução comissão organizadora do MED ON TOUR 2017 Prefácio O Med On Tour (MOT) é um projeto que tem como objetivo envolver os estudantes de Medicina de todo o país com a comunidade à periferia,

Leia mais

REGULAMENTO PARA O INOVA SENAI 2017

REGULAMENTO PARA O INOVA SENAI 2017 REGULAMENTO PARA O INOVA SENAI 2017 1. O INOVA SENAI 1.1 O que é INOVA SENAI é uma atividade técnica-cultural n frmat de cncurs que visa recnhecer publicamente as capacidades de invaçã, empreendedrism

Leia mais

V SEMANA INTEGRADA: ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

V SEMANA INTEGRADA: ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE V SEMANA INTEGRADA: ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DATA DE REALIZAÇÃO DO EVENTO: 19 a 23 de junh de 2017. A prpsta da V Semana Integrada: Ensin, Pesquisa e Extensã visa prtunizar

Leia mais

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 (VALE Internacionalização) Página 1 de 8. Bracing Consulting, Lda.

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 (VALE Internacionalização) Página 1 de 8. Bracing Consulting, Lda. RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO BRACING PT2020 (VALE Internacinalizaçã) Página 1 de 8 Bracing Cnsulting, Lda. Rua d Tâmega, S/N. 4200 502 Prt Prtugal +351 917 000 020 inf@bracing

Leia mais

:: Regulamento - Congresso Regional GO/TO

:: Regulamento - Congresso Regional GO/TO :: Regulament - Cngress Reginal GO/TO Cngress Reginal de Psiclgia Etapa Reginal d VI CNP Capítul I Ds Objetivs Art. 1º - Sã bjetivs d VI COREP: a. Prmver a rganizaçã e a mbilizaçã ds psicólgs de Giás e

Leia mais

Universidade Federal de Sergipe Programa de Pós-graduação em Enfermagem Mestrado Acadêmico em Enfermagem

Universidade Federal de Sergipe Programa de Pós-graduação em Enfermagem Mestrado Acadêmico em Enfermagem Universidade Federal de Sergipe Prgrama de Pós-graduaçã em Enfermagem Mestrad Acadêmic em Enfermagem IV SEMINÁRIO: FUNDAMENTOS TEÓRICOS E FILOSÓFICOS DA CIÊNCIA EM ENFERMAGEM: FILOSOFIA DO CUIDADO E PENSAMENTO

Leia mais

Regulamento de Frequência Conselheiros de Segurança

Regulamento de Frequência Conselheiros de Segurança Regulament de Frequência Cnselheirs de Segurança www.academiadprfissinal.cm email: academiadprfissinal@ltm.pt V06 31.10.2016 Regulament de Frequência Cnselheirs de Segurança Índice 1- Enquadrament... 3

Leia mais

1. O Programa. 2. Conteúdo programático

1. O Programa. 2. Conteúdo programático EDITAL SENAI-UFPE-ACCENTURE-FACEPE 01/2016 O Departament Reginal d Serviç Nacinal de Aprendizagem Industrial de Pernambuc SENAI-PE, trna públic presente Edital que estabelece prcess de Seleçã e Admissã,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2017/

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2017/ UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2017/3070065-01 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS Designer V e Desenvlvedr

Leia mais

Conselho Coordenador da Avaliação dos Serviços. Orientação Técnica

Conselho Coordenador da Avaliação dos Serviços. Orientação Técnica Cnselh Crdenadr da Avaliaçã ds Serviçs Orientaçã Técnica Aut-Avaliaçã ds Serviçs Elabraçã (pels GPEARI s) d Relatóri da Análise Cmparada da Avaliaçã d Desempenh ds Serviçs I. CONSIDERAÇÕES GERAIS O Sistema

Leia mais

REGULAMENTO SENAI NO MUNDO 2016/2017

REGULAMENTO SENAI NO MUNDO 2016/2017 REGULAMENTO SENAI NO MUNDO 2016/2017 1 P á g i n a V e r s ã 3. 0 14.11. 2 0 1 6 Sumári 1. PROPÓSITO... 3 2. DA INSCRIÇÃO... 3 3. DAS CATEGORIAS... 4 4. DA CLASSIFICAÇÃO... 5 5. DA VOTAÇÃO... 5 6. DOS

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação em vigor e o Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação em vigor e o Programa da disciplina. Infrmaçã da Prva de Exame de Equivalência à Frequência de Prjet Tecnlógic Códig: 196 2013 Curs Tecnlógic de Infrmática/12.º Prva: Pr (Prjet) Nº de ans: 1 Duraçã: 30-45 minuts Decret-Lei n.º 139/2012, de

Leia mais

SOBRE O ENVIO E A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

SOBRE O ENVIO E A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS SOBRE O ENVIO E A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Os trabalhs a serem submetids para apresentaçã em cmunicaçã ral, pôster e mesas temáticas crdenadas, deverã ser encaminhads à Secretaria d XV ENPESS até dia

Leia mais

PRODUTOS/SERVIÇOS O QUE ESPERAM E COMO PODEM OS ASSOCIADOS CONTRIBUIR PARA A SUA PRODUÇÃO/DIFUSÃO?"

PRODUTOS/SERVIÇOS O QUE ESPERAM E COMO PODEM OS ASSOCIADOS CONTRIBUIR PARA A SUA PRODUÇÃO/DIFUSÃO? 1ª JORNADA DE REFLEXÃO A prfissã e assciativism na área da Infrmaçã e da Dcumentaçã Bibliteca Municipal da Nazaré, 9 de Abril de 2011 PRODUTOS/SERVIÇOS O QUE ESPERAM E COMO PODEM OS ASSOCIADOS CONTRIBUIR

Leia mais

Campanha Construindo Cidades Resilientes: minha cidade está se preparando!

Campanha Construindo Cidades Resilientes: minha cidade está se preparando! Campanha Cnstruind Cidades Resilientes: minha cidade está se preparand! Platafrma temática sbre risc urban nas Américas Frtaleciment da cperaçã e clabraçã entre gverns lcais Cnvite à apresentaçã de prpstas

Leia mais

Ata 1ª Reunião Conselho Eco-Escola 14 dezembro 2011

Ata 1ª Reunião Conselho Eco-Escola 14 dezembro 2011 Ata 1ª Reuniã Cnselh Ec-Escla 14 dezembr 2011 As catrze dias d mês de dezembr de 2011 realizu-se, n auditóri, a primeira reuniã d cnselh Ec-Esclas d Clégi Valsassina d presente an lectiv. A reuniã cntu

Leia mais

Edital 08/2010. Poderão se inscrever no processo candidatos que preencham os requisitos conforme relacionados abaixo:

Edital 08/2010. Poderão se inscrever no processo candidatos que preencham os requisitos conforme relacionados abaixo: Faculdade de Administraçã Centr de Educaçã a Distância Edital de Seleçã de Tutres a Distância UAB, I/SEED/MEC Edital 08/2010 A Universidade Federal de Juiz de fra (UFJF) trna públic, pr mei deste Edital,

Leia mais

RANKING ESTELA GOLF CLUB 2017

RANKING ESTELA GOLF CLUB 2017 Regulament 1. Participantes: Prvas abertas a tds (as) sócis (as) e nã sócis (as), cm Handicap EGA activ até a máxim de 28,0 (Hmens) e 36,0 (Senhras). 2. Inscrições: Devem ser feitas através d nss e-mail

Leia mais

REGULAMENTO CHAMADA ABERTA PARA CADASTRO DE OBRAS VISUAIS NO FESTIVAL SSA MAPPING 2017

REGULAMENTO CHAMADA ABERTA PARA CADASTRO DE OBRAS VISUAIS NO FESTIVAL SSA MAPPING 2017 REGULAMENTO CHAMADA ABERTA PARA CADASTRO DE OBRAS VISUAIS NO FESTIVAL SSA MAPPING 2017 O Festival SSA Mapping, através deste cnvite públic, abre chamada para inscriçã de artistas visuais que desejem ter

Leia mais

Ata 1ª Reunião Conselho Eco-Escola 13 dezembro 2013

Ata 1ª Reunião Conselho Eco-Escola 13 dezembro 2013 Ata 1ª Reuniã Cnselh Ec-Escla 13 dezembr 2013 As treze dias d mês de dezembr de 2013 realizu-se, n auditóri, a primeira reuniã d cnselh Ec-Esclas d Clégi Valsassina d presente an lectiv. A reuniã cntu

Leia mais

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 PDR2020 (Jovens agricultores) Página 1 de 7. Bracing Consulting, Lda.

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 PDR2020 (Jovens agricultores) Página 1 de 7. Bracing Consulting, Lda. RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO BRACING PT2020 PDR2020 (Jvens agricultres) Página 1 de 7 Bracing Cnsulting, Lda. Rua d Tâmega, S/N. 4200 502 Prt Prtugal +351 917 000 020 inf@bracing

Leia mais

Iniciativa Startups Connected

Iniciativa Startups Connected Iniciativa Startups Cnnected Regulament Cm cresciment da utilizaçã d mdel de invaçã aberta, empresas de grande prte e startups vêm se aprximand em virtude d alt ptencial desta relaçã. Neste sentid, a Câmara

Leia mais

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA FACULDADE SANT ANA Recredenciada pela Prtaria MEC nº 1473 de 07 de Outubr de 2011. INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SANT ANA Credenciad pela Prtaria MEC nº 2812 de

Leia mais

Inglês (Prova Escrita e Prova Oral)

Inglês (Prova Escrita e Prova Oral) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AURÉLIA DE SOUSA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês (Prva Escrita e Prva Oral) 11.º An de esclaridade DECRETO-LEI n.º 139/2012, de 5 de julh Prva 367 1ª e 2ª Fase

Leia mais

EDITAL N 010/2016 TÉCNICOS SOCIAIS DO PPDDH/MG

EDITAL N 010/2016 TÉCNICOS SOCIAIS DO PPDDH/MG EDITAL N 010/2016 TÉCNICOS SOCIAIS DO PPDDH/MG 1. PREÂMBULO 1.1. O Institut DH: Prmçã, Pesquisa e Intervençã em Direits Humans e Cidadania, rganizaçã privada de interesse públic, sem fins lucrativs, através

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO SUL - CREA-RS

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO SUL - CREA-RS Rua Sã Luís, 77 Santana Prt Alegre (RS) CEP 90620-170 Fne: 51 3320.2100 www.crea-rs.rg.br REUNIÃO Cmissã Permanente de Educaçã e Atribuiçã Prfissinal CEAP Versã: 08/2017 Primeira Versã d POP Resp.: Cristiane

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO SUL - CREA-RS

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO SUL - CREA-RS Rua Sã Luís, 77 Santana Prt Alegre (RS) CEP 90620-170 Fne: 51 3320.2100 www.crea-rs.rg.br REUNIÃO Cmissã de Mei Ambiente COEMA Versã: 07/2017 Primeira Versã d POP Resp.: Franciele Theisen Machad Pag.1

Leia mais

Regime Escolar Fruta Escolar /

Regime Escolar Fruta Escolar / Regime Esclar Fruta Esclar / Frmuláris 2016/2017 - Índice NOTA INTRODUTÓRIA...3 Pedid de Ajuda...4 1. Pedid de Ajuda...4 A. Página de Rst d Pedid...4 B. Pedid de Ajuda Página dis...6 C. Mapa de Medidas

Leia mais

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA FACULDADE SANT ANA Recredenciada pela Prtaria MEC nº 1473 de 07 de Outubr de 2011. INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SANT ANA Credenciad pela Prtaria MEC nº 2812 de

Leia mais

FACULDADE AGES CURSO DE ENFERMAGEM REGULAMENTAÇÃO DAS PRÁTICAS EDUCATIVAS ADMINISTRAÇÃO APLICADA A ENFERMAGEM

FACULDADE AGES CURSO DE ENFERMAGEM REGULAMENTAÇÃO DAS PRÁTICAS EDUCATIVAS ADMINISTRAÇÃO APLICADA A ENFERMAGEM FACULDADE AGES CURSO DE ENFERMAGEM REGULAMENTAÇÃO DAS PRÁTICAS EDUCATIVAS ADMINISTRAÇÃO APLICADA A ENFERMAGEM As Práticas Educativas serã realizadas em hráris pré-determinads n períd diurn para aluns regularmente

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 006/2016 DE 29 DE ABRIL DE 2016 VESTIBULAR 2016/02

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 006/2016 DE 29 DE ABRIL DE 2016 VESTIBULAR 2016/02 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 6/2016 DE 29 DE ABRIL DE 2016 VESTIBULAR 2016/02 O Centr Universitári UNINOVAFAPI, situad à rua Vitrin Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairr d Uruguai, CEP 64.073-505,

Leia mais

Alto Comissariado da Saúde

Alto Comissariado da Saúde Alt Cmissariad da Saúde QUAR 2010 Prject de Parecer emitid pel Alt Cmissariad da Saúde (GPEARI d Ministéri da Saúde) cm Análise Crítica da Aut-Avaliaçã d Institut Nacinal de Emergência Médica, I.P. Setembr

Leia mais

Programa IBP de Bolsas de Mestrado

Programa IBP de Bolsas de Mestrado 1. Infrmações Gerais Prgrama IBP de Blsas de Mestrad Term de Referência 8 Cicl - 2014 O Institut Brasileir de Petróle, Gás e Bicmbustíveis, ciente da imprtância da frmaçã de prfissinais cm capacitaçã adequada

Leia mais

QUALIDADE RS PGQP PROGRAMA GAÚCHO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE GUIA PARA CANDIDATURA

QUALIDADE RS PGQP PROGRAMA GAÚCHO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE GUIA PARA CANDIDATURA QUALIDADE RS PGQP PROGRAMA GAÚCHO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE GUIA PARA CANDIDATURA SUMÁRIO 1. O PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP... 3 1.1 Benefícis... 3 2. PREMIAÇÃO... 3 2.1 Diretrizes para publicidade das rganizações

Leia mais

Regulamento de Frequência Capacidade Profissional Gerentes

Regulamento de Frequência Capacidade Profissional Gerentes Regulament de Frequência Capacidade Prfissinal www.academiadprfissinal.cm email: academiadprfissinal@ltm.pt V02 31.10.2016 Regulament de Frequência Capacidade Prfissinal [Esclha a data] Índice 1- Enquadrament...

Leia mais

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 (Empreendedorismo Qualificado) Página 1 de 8. Bracing Consulting, Lda.

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 (Empreendedorismo Qualificado) Página 1 de 8. Bracing Consulting, Lda. RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO BRACING PT2020 (Empreendedrism Qualificad) Página 1 de 8 Bracing Cnsulting, Lda. Rua d Tâmega, S/N. 4200 502 Prt Prtugal +351 917 000 020 inf@bracing

Leia mais

FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA FEIRA TECNOLÓGICA. TEMA: Cidades Inteligentes

FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA FEIRA TECNOLÓGICA. TEMA: Cidades Inteligentes X FEIRA TECNOLÓGICA DA FGF. NORMAS DOS TRABALHOS CIENTÍFICOS II MOSTRA CIENTÍFICA FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA Períd: 02, 03 e 04 de Març de 2017 FEIRA TECNOLÓGICA TEMA: Cidades Inteligentes

Leia mais

TREINADORES CURSO DE TREINADOR DE GRAU I]

TREINADORES CURSO DE TREINADOR DE GRAU I] 2015 [FORMAÇÃO DE TREINADORES CURSO DE TREINADOR DE GRAU I] FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE REMO 1 CALENDARIZAÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO DE TREINADORES DE GRAU I 1. Lcal de realizaçã Lisba Aulas Teóricas:

Leia mais

REGULAMENTO PREMIAÇÃO MELHOR POSTO ALE

REGULAMENTO PREMIAÇÃO MELHOR POSTO ALE REGULAMENTO PREMIAÇÃO MELHOR POSTO ALE Este Regulament é parte integrante ds Regulaments Clube ALE perfis específics (Revendedres, Equipe d Pst, Diretr Cmercial, Visitante e Administradr), send aplicáveis

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Edital nº26/2015 PROPP/UEMS, 28 de agst de 2015. ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENSINO EM SAÚDE, MESTRADO PROFISSIONAL, DA UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

I CONGRESSO MULTIDISCIPLINAR E VI FÓRUM CIENTÍFICO FAP

I CONGRESSO MULTIDISCIPLINAR E VI FÓRUM CIENTÍFICO FAP I CONGESSO MULTIDISCIPLINA E VI FÓUM CIENTÍFICO FAP APESENTAÇÃO O Fórum Científic FAP teve iníci em 2007, cm a participaçã de diverss curss da Faculdade de Apucarana. Na prtunidade, fram expsts váris trabalhs

Leia mais

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 (VALE Inovação) Página 1 de 8. Bracing Consulting, Lda.

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 (VALE Inovação) Página 1 de 8. Bracing Consulting, Lda. RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO BRACING PT2020 (VALE Invaçã) Página 1 de 8 Bracing Cnsulting, Lda. Rua d Tâmega, S/N. 4200 502 Prt Prtugal +351 917 000 020 inf@bracing cnsulting.cm

Leia mais

MANUAL DE CANDIDATURA PARA SEDE CONGRESSOS DA OFTALMOLOGIA

MANUAL DE CANDIDATURA PARA SEDE CONGRESSOS DA OFTALMOLOGIA MANUAL DE CANDIDATURA PARA SEDE CONGRESSOS DA OFTALMOLOGIA 1. Intrduçã 2. Objetiv geral 3. Pré requisits 4. Requisits Principais a. Estruturais i. Área para a secretaria ii. Capacidade das salas iii. Numer

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO UFOP DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS COORDENADORIA DE SUPRIMENTOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO UFOP DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS COORDENADORIA DE SUPRIMENTOS OFÍCIO CIRCULAR CSU nº 001, de 05 de fevereir de 2016. ASSUNTO: Infrme sbre implementaçã da metdlgia de Centrs de Custs, mdificações ns Sistemas Integrads, Treinament e demais rientações Prezads Senhres,

Leia mais

As cópias dos contratos, assim como outros documentos do projeto, a seguir relacionados serão fornecidos após celebração do contrato dos serviços:

As cópias dos contratos, assim como outros documentos do projeto, a seguir relacionados serão fornecidos após celebração do contrato dos serviços: Term de Referência para cntrataçã de Auditres Externs A Rede Nrte-Sul http://www.nrd-sued-netz.de é um departament da DGB Bildungswerk BUND, instituiçã educacinal pertencente à Cnfederaçã ds Sindicats

Leia mais

Grupo PET Cursos abrangidos Campus Vagas

Grupo PET Cursos abrangidos Campus Vagas 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 A Pró-Reitria de Graduaçã da Universidade Federal Rural d Ri de Janeir, n us de suas atribuições legais, cnsiderand dispst na lei nº11. 180, de 23 de setembr de 2005 e suas

Leia mais

REGULAMENTO 1- OBJETIVO

REGULAMENTO 1- OBJETIVO REGULAMENTO 1- OBJETIVO O Prgrama Nv Temp é um iniciativa da Cargill Agricla SA, que visa ferecer as seus funcináris e das empresas patrcinadras ds plans de previdência sb a gestã da CargillPrev Sciedade

Leia mais

Atividades a desenvolver. 1º Período - 12 de setembro a 17 de setembro

Atividades a desenvolver. 1º Período - 12 de setembro a 17 de setembro Agrupament de Esclas da Caparica Planificaçã das Atividades d Cnselh Pedagógic e Estruturas de Gestã Intermédia Dcument Orientadr - 2013/2014 1 O Cnselh Pedagógic é órgã de crdenaçã e supervisã pedagógica

Leia mais

05. Que passos efectuar após a abertura das propostas Audiência Prévia

05. Que passos efectuar após a abertura das propostas Audiência Prévia ANÁLISE DAS PROPOSTAS AUDIÊNCIA PRÉVIA ADJUDICAÇÃO Pass 1: Aceda à platafrma de Acrds-Quadr da espap clcand n brwser: sncp.espap.pt Pass 2: Aqui é iniciada a análise das prpstas apresentadas, deverá entã

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Missã da Fean Frmar prfissinais cmpetentes e eficientemente preparads para atuar n mercad, apts a prever, antecipar e intervir psitivamente nas mudanças e prtunidades. 1. Dads de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E CULTURA I CONGRESSO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONEPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E CULTURA I CONGRESSO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONEPE UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E CULTURA I CONGRESSO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONEPE NORMAS PARA MODALIDADE III SEMINÁRIO DO PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO- Nº CARGO: Professor Ensino Fundamental IRANDUBA. SESI - Amazonas

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO- Nº CARGO: Professor Ensino Fundamental IRANDUBA. SESI - Amazonas COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO- Nº 0001-2016 CARGO: Prfessr Ensin Fundamental IRANDUBA SESI - Amaznas O Departament de Gestã de Pessas d Sistema Federaçã das Indústrias d Estad d Amaznas (SESI) abre inscrições

Leia mais

Gestão Administrativa 3 COMUNICAÇÃO DE INVENTÁRIOS

Gestão Administrativa 3 COMUNICAÇÃO DE INVENTÁRIOS Gestã Administrativa 3 COMUNICAÇÃO DE INVENTÁRIOS 1. Intrduçã Aprvad a 25 de nvembr de 2014, nv rçament de estad para 2015 vem cmplementar cm uma nva regra a Decret-Lei nº 198/2012 (cmunicaçã de guias/faturas),

Leia mais

1. DO PROCESSO SELETIVO

1. DO PROCESSO SELETIVO EDITAL PTB Nº.21/2016 SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA MATRÍCULA NO CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) OPERADOR DE COMPUTADOR DO IFSP - CÂMPUS PIRITUBA O Câmpus Pirituba d Institut Federal de Educaçã,

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL A eticadata sftware, pela sua visã, missã e valres cnsidera a frmaçã e desenvlviment prfissinal ds seus recurss humans cm uma pedra fundamental e diferenciadra

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência ESPANHOL - Específico Iniciação (anual) Código da Prova: º Ano de Escolaridade

Informação - Prova de Equivalência à Frequência ESPANHOL - Específico Iniciação (anual) Código da Prova: º Ano de Escolaridade Disciplina Espanhl Códig - 353 2011/2012 Infrmaçã - Prva de Equivalência à Frequência ESPANHOL - Específic Iniciaçã (anual) Códig da Prva:353 2012 12º An de Esclaridade Decret-Lei n.º 74/2004, de 26 de

Leia mais

Edital de 27 de julho de 2009 Bolsão Curso Clio

Edital de 27 de julho de 2009 Bolsão Curso Clio Edital de 27 de julh de 2009 Blsã Curs Cli Cncurs de Blsas pr Desempenh 1. Das dispsições preliminares 1.1 O Cncurs de Blsas d Curs Cli será rganizad pr esta mesma instituiçã e presente edital estará dispnível

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE INFOGRAFIAS

REGULAMENTO CONCURSO DE INFOGRAFIAS 1 REGULAMENTO CONCURSO DE INFOGRAFIAS SOBRE O PROJECTO O prjet EDUCO 2 CEAN é um prjet vencedr d Prgrama Eurpeu Erasmus+, que agrega várias iniciativas de api cmunitári centradas na educaçã, na aprendizagem

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE GEOGRAFIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE GEOGRAFIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE GEOGRAFIA Nme: Nº 2 a. Série Data: / /2016 Prfessres: Adriana e Nelsn Nta: (valr: 1,0 para cada bimestre) A - Intrduçã Neste semestre, sua nta fi inferir a 30 pnts e

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA DO DISTRITO FEDERAL CARTA DE SERVIÇOS

FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA DO DISTRITO FEDERAL CARTA DE SERVIÇOS FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA DO DISTRITO FEDERAL CARTA DE SERVIÇOS GOVERNO DE BRASÍLIA Rdrig Rllemberg Gvernadr d Distrit Federal Sérgi Sampai Secretári de Estad da Casa Civil, Relações Institucinais e

Leia mais

ESTACIONAMENTO (CAMPUS DE CAMPOLIDE)

ESTACIONAMENTO (CAMPUS DE CAMPOLIDE) ESTACIONAMENTO (CAMPUS DE CAMPOLIDE) Infrmações gerais Para esclareciment u resluçã de qualquer assunt relacinad cm Acess de Viaturas a Campus de Camplide, s utilizadres d Campus deverã prceder da seguinte

Leia mais

Instruções para preenchimento da planilha e apresentação dos documentos comprobatórios

Instruções para preenchimento da planilha e apresentação dos documentos comprobatórios PPGO/UFPel Manual de Instruções para preenchiment da planilha de cálcul de CV 1 Instruções para preenchiment da planilha e apresentaçã ds dcuments cmprbatóris INSTRUÇÕES GERAIS A planilha fi elabrada usand

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE GINÁSTICA AERÓBICA CÓDIGO BASE (ADAPTADO) 2015/2016. Versão 21 de janeiro Programa Nacional Código Base (Adaptado) 1

PROGRAMA NACIONAL DE GINÁSTICA AERÓBICA CÓDIGO BASE (ADAPTADO) 2015/2016. Versão 21 de janeiro Programa Nacional Código Base (Adaptado) 1 PROGRAMA NACIONAL DE GINÁSTICA AERÓBICA CÓDIGO BASE (ADAPTADO) 2015/2016 Versã 21 de janeir. 2016 Prgrama Nacinal Códig Base (Adaptad) 1 Índice Intrduçã... 3 1. Estrutura Técnica d Prgrama... 3 a) Temp

Leia mais

EDITAL Nº 02/2015-PESQUISA

EDITAL Nº 02/2015-PESQUISA 1 UNICESUMAR Centr Universitári de Maringá ICETI Institut Cesumar de Ciência, Tecnlgia e Invaçã EDITAL Nº 02/2015-PESQUISA Prgrama Institucinal de Blsas de Iniciaçã Científica e de Desenvlviment Tecnlógic

Leia mais

Escolas Públicas de Danbury Procedimentos/Orientações sobre a Frequência do Aluno

Escolas Públicas de Danbury Procedimentos/Orientações sobre a Frequência do Aluno Esclas Públicas de Danbury Prcediments/Orientações sbre a Frequência d Alun Pesquisas mstram que as famílias ds estudantes estã mais precupadas em cntrlar sucess acadêmic de seus filhs que à frequência

Leia mais

TVDA - Tested, Validated, Documented Architectures. Arquitecturas de automação testadas e validadas para máquinas.

TVDA - Tested, Validated, Documented Architectures. Arquitecturas de automação testadas e validadas para máquinas. TVDA - Tested, Validated, Dcumented Architectures. Arquitecturas de autmaçã testadas e validadas para máquinas. Antóni Varandas Schneider Electric Prtugal Tel. +351 21 750 71 00 Fax: +351 21 750 71 01

Leia mais

Conheça o Programa de Afiliados Ganhos Automáticos passo a passo.

Conheça o Programa de Afiliados Ganhos Automáticos passo a passo. Cnheça Prgrama de Afiliads Ganhs Autmátics pass a pass. O Ganhs Autmátics é um negóci que qualquer pessa pde desenvlver, pis vams dispnibilizar um Kit de Prduts e Serviçs cm fc em Ajudar e Dispnibilizar

Leia mais

Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I Ensino Fundamental Nível I (1º ao 5º ano)

Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I Ensino Fundamental Nível I (1º ao 5º ano) Clégi Viscnde de Prt Segur Unidade I Ensin Fundamental Nível I (1º a 5º an) Ensin Fundamental Nível I Sistema de Recuperaçã 2º an 1º e 2º períds Prezads Pais Pense sempre em sua meta e trabalhe para alcançá-la.

Leia mais

PROGRAMA CLIENTE REFERÊNCIA FH REGULAMENTO

PROGRAMA CLIENTE REFERÊNCIA FH REGULAMENTO PROGRAMA CLIENTE REFERÊNCIA FH REGULAMENTO Última Revisã: 02/06/2014 1. RESUMO CADASTRO Cliente preenche Frmulári de Cadastr CONFIRMAÇÃO DE CADASTRO A FH envia um e-mail de cnfirmaçã de cadastr para cliente

Leia mais

AVALIAR O IMPACTO Transformar Promessas em Evidências Bénédicte de la Brière, Banco mundial

AVALIAR O IMPACTO Transformar Promessas em Evidências Bénédicte de la Brière, Banco mundial AVALIAR O IMPACTO Transfrmar Prmessas em Evidências Bénédicte de la Brière, Banc mundial Presentaçã baseada n material desnvlvid n Impact Evaluatin in Practice tlkit www.wrldbank.rg/ieinpractice Entã vcê

Leia mais

REGULAMENTO 1ª EDICÃO PRÉMIO FOOD FAB LAB

REGULAMENTO 1ª EDICÃO PRÉMIO FOOD FAB LAB REGULAMENTO 1ª EDICÃO PRÉMIO FOOD FAB LAB O TAGUSVALLEY assume um papel fundamental cm agente dinamizadr da invaçã e ecnmia da regiã e prcura as cndições necessárias para que as atividades ecnómicas sejam

Leia mais

Guião da Unidade Curricular Educação a Distância. Programa Doutoral em Multimédia em Educação. 2010/11-1º Semestre

Guião da Unidade Curricular Educação a Distância. Programa Doutoral em Multimédia em Educação. 2010/11-1º Semestre Deptº de Educaçã Deptº de Cmunicaçã e Arte Universidade de Aveir Guiã da Unidade Curricular Educaçã a Distância Prgrama Dutral em Multimédia em Educaçã 2010/11-1º Semestre Dcentes Envlvids na Unidade Curricular:

Leia mais

É o que queremos para todos: uma possível e compartilhada Felizcidade.

É o que queremos para todos: uma possível e compartilhada Felizcidade. O Cncurs de Ftgrafias da Dedetizar Sistema de Cntrle Ambiental, tem cm bjetiv selecinar imagens que ilustrarã Calendári de 2018 da empresa, elabrad há 12 ans. Tema FELIZCIDADE. Inspirad n Festival de Dança

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS CONTÍNUOS DE ASSESSORIA FINANCEIRA E ADMINISTRATIVA N. 14/2016

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS CONTÍNUOS DE ASSESSORIA FINANCEIRA E ADMINISTRATIVA N. 14/2016 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS CONTÍNUOS DE ASSESSORIA FINANCEIRA E ADMINISTRATIVA N. 14/2016 O IMED INSTITUTO DE MEDICINA, ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO, através d presente instrument, trna

Leia mais

REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2014

REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2014 1 REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2014 PARTICIPANTES A Olimpíada Jurídica 2014 é uma cmpetiçã direcinada a aluns que estejam regularmente matriculads ns curss de graduaçã de Direit de Instituições de

Leia mais

Preparação para a Certificação de Gestor da Qualidade - Excelência Organizacional

Preparação para a Certificação de Gestor da Qualidade - Excelência Organizacional Preparaçã para a Certificaçã de Gestr da Qualidade - Excelência Organizacinal OBJETIVOS DO CURSO Apresentar as participantes s cnteúds d Crp de Cnheciment necessáris à certificaçã, pssibilitand que aprimrem

Leia mais

a. Publicação de Fotolivro b. Programa de Imersão Fotográfica em Alagoas na companhia de um tutor.

a. Publicação de Fotolivro b. Programa de Imersão Fotográfica em Alagoas na companhia de um tutor. REGULAMENTO I. INTRODUÇÃO 1. O Prêmi Gávea de Ftgrafia é prmvid pel Estúdi Galeria da Gávea LTDA ME, registr CNPJ 17.355.891/0001-00, cm endereç cmercial situad na Rua Marquês de Sã Vicente 431, Lja A,

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL EDITAL CANDIDATURA AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS (CTeSP) 2015 CONDIÇÕES DE ACESSO 1. Pdem candidatar-se a acess de um Curs Técnic Superir Prfissinal (CTeSP) da ESTGL tds s que estiverem

Leia mais

PRÊMIO AUTOMAÇÃO - CATEGORIA CASES DE NEGÓCIOS REGULAMENTO

PRÊMIO AUTOMAÇÃO - CATEGORIA CASES DE NEGÓCIOS REGULAMENTO PRÊMIO AUTOMAÇÃO - CATEGORIA CASES DE NEGÓCIOS REGULAMENTO 1. DOS OBJETIVOS E CATEGORIAS DO PRÊMIO O PRÊMIO NA CATEGORIA CASES tem cm bjetiv premiar cases de empresas que utilizam s Padrões e Sluções GS1

Leia mais

UNIVERSIDADE FEEVALE INCUBADORA TECNOLÓGICA DA FEEVALE (ITEF) SELEÇÃO DE PROJETOS PARA FASE DE PRÉ- INCUBAÇÃO

UNIVERSIDADE FEEVALE INCUBADORA TECNOLÓGICA DA FEEVALE (ITEF) SELEÇÃO DE PROJETOS PARA FASE DE PRÉ- INCUBAÇÃO UNIVERSIDADE FEEVALE INCUBADORA TECNOLÓGICA DA FEEVALE (ITEF) SELEÇÃO DE PROJETOS PARA FASE DE PRÉ- INCUBAÇÃO 1) INTRODUÇÃO A Universidade FEEVALE, pr mei da Incubadra Tecnlógica da FEEVALE ITEF apia desenvlviment

Leia mais

BRIEFING Campeonatos InterClubes ATPorto Grupo Senior 3ª Divisão 2017

BRIEFING Campeonatos InterClubes ATPorto Grupo Senior 3ª Divisão 2017 BRIEFING Campenats InterClubes ATPrt Grup Senir 3ª Divisã 2017 Nta prévia: este Briefing faz referência a nrmas e prcediments cumprir para realizaçã ds encntrs ds Campenats InterClubes na ATPrt, cnfrme

Leia mais

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 (Inovação Produtiva) Página 1 de 10. Bracing Consulting, Lda.

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO. BRACING PT2020 (Inovação Produtiva) Página 1 de 10. Bracing Consulting, Lda. RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO BRACING PT2020 (Invaçã Prdutiva) Página 1 de 10 Bracing Cnsulting, Lda. Rua d Tâmega, S/N. 4200 502 Prt Prtugal +351 917 000 020 inf@bracing

Leia mais

FESTIVAL DA CANÇÃO FRANCESA 2013 (ETAPA REGIONAL EM BH)

FESTIVAL DA CANÇÃO FRANCESA 2013 (ETAPA REGIONAL EM BH) FESTIVAL DA CANÇÃO FRANCESA 2013 (ETAPA REGIONAL EM BH) O MELHOR DA MÚSICA FRANCESA CALENDÁRIO DO FESTIVAL DA CANÇÃO FRANCESA DA ALIANÇA FRANCESA 2013 27 de març 2013 Lançament e publicaçã d edital n Site

Leia mais

EDITAL Nº 01/2016-PESQUISA

EDITAL Nº 01/2016-PESQUISA 1 UNICESUMAR Centr Universitári de Maringá ICETI Institut Cesumar de Ciência, Tecnlgia e Invaçã EDITAL Nº 01/2016-PESQUISA Prgrama Institucinal de Blsas de Iniciaçã Científica e de Desenvlviment Tecnlógic

Leia mais

Nova Carreira para Gestores Escolares para o Governo do Estado de São Paulo. Ana Maria Diniz, Claudia Costin e Nelson Marconi. Objetivos do Projeto:

Nova Carreira para Gestores Escolares para o Governo do Estado de São Paulo. Ana Maria Diniz, Claudia Costin e Nelson Marconi. Objetivos do Projeto: Nva Carreira para Gestres Esclares para Gvern d Estad de Sã Paul Ana Maria Diniz, Claudia Cstin e Nelsn Marcni Prjet desenvlvid para a criaçã da nva carreira de diretr de esclas em Sã Paul. Outubr 2008.

Leia mais

REDE DE AVALIAÇÃO DO QREN 9.ª REUNIÃO, LISBOA, SÍNTESE

REDE DE AVALIAÇÃO DO QREN 9.ª REUNIÃO, LISBOA, SÍNTESE REDE DE AVALIAÇÃO DO QREN 9.ª REUNIÃO, LISBOA, 05.07.2010 SÍNTESE A nna reuniã da Rede de Avaliaçã d QREN teve lugar n dia 05 de Julh de 2010, em Lisba cm a duraçã de 1 dia e cm a seguinte rdem de trabalhs:

Leia mais

CAMPEONATO GAÚCHO DE RUGBY X 2017 Menores de 16 REGULAMENTO

CAMPEONATO GAÚCHO DE RUGBY X 2017 Menores de 16 REGULAMENTO Federaçã Gaúcha de Rugby Ri Grande d Sul - Brasil CAMPEONATO GAÚCHO DE RUGBY X 2017 Menres de 16 REGULAMENTO 1 - DISPOSIÇÕES GERAIS Tdas as partidas serã disputadas de acrd cm as Leis d Jg em vigr, cnfrme

Leia mais

Índice. Comercializar e Vender Módulo 8- Atendimento e Venda

Índice. Comercializar e Vender Módulo 8- Atendimento e Venda Índice Atendiment e Venda... 2 Atendiment:... 2 Cmpetências d atendedr:... 2 Empatia:... 3 Qualidade d atendiment:... 4 Etapas de um atendiment eficaz:... 4 Prcess de cmunicaçã:... 4 Assertividade:...

Leia mais

PROGRAMA DE REALIZAÇÃO E APOIO A EVENTOS DE ESPORTE, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL

PROGRAMA DE REALIZAÇÃO E APOIO A EVENTOS DE ESPORTE, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PROGRAMAS DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL PROGRAMA DE REALIZAÇÃO E APOIO

Leia mais

FESTIVAL DA CANÇÃO FRANCESA 2014

FESTIVAL DA CANÇÃO FRANCESA 2014 FESTIVAL DA CANÇÃO FRANCESA 2014 O MELHOR DA MUSICA FRANCESA (INCLUINDO O REPERTORIO FRANCÓFONO) DE 2004 A 2014 CALENDÁRIO DO FESTIVAL DA CANÇÃO FRANCESA DA ALIANÇA FRANCESA 2014 6 de mai de 2014 Lançament

Leia mais

Município de Oliveira do Hospital

Município de Oliveira do Hospital Nrmas d Cncurs de Ftgrafia Um lhar sbre s ris, as mntanhas e a flresta - 2014 1. Enquadrament d cncurs Cm as presentes nrmas pretende Municípi de Oliveira d Hspital definir as regras d Cncurs de Ftgrafia

Leia mais

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA

RECURSOS FINANCEIROS EXTRA RECURSOS FINANCEIROS EXTRA PARA O CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO BRACING PT2020 PDR2020 (Invest. Explr. Agrícla) Página 1 de 9 Bracing Cnsulting, Lda. Rua d Tâmega, S/N. 4200 502 Prt Prtugal +351 917 000 020

Leia mais

Anexo 01 Recomendação nº 1: formação de uma comunidade autônoma para aplicar os poderes da comunidade

Anexo 01 Recomendação nº 1: formação de uma comunidade autônoma para aplicar os poderes da comunidade Anex 01 Recmendaçã nº 1: frmaçã de uma cmunidade autônma para aplicar s pderes da cmunidade 1. Resum De acrd cm estatut atual da ICANN, a diretria da ICANN tem a respnsabilidade final pr tdas as decisões.

Leia mais

Trabalhos Práticos. Programação II Curso: Engª Electrotécnica - Electrónica e Computadores

Trabalhos Práticos. Programação II Curso: Engª Electrotécnica - Electrónica e Computadores Trabalhs Prátics Prgramaçã II Curs: Engª Electrtécnica - Electrónica e Cmputadres 1. Objectivs 2. Calendarizaçã 3. Nrmas 3.1 Relatóri 3.2 Avaliaçã 4. Prpstas Na disciplina de Prgramaçã II é prpst um trabalh,

Leia mais

Edital de Convocação da MISSÃO UNIVIDA 2017

Edital de Convocação da MISSÃO UNIVIDA 2017 Edital de Cnvcaçã da MISSÃO UNIVIDA 2017 Certamente que a bndade e a misericórdia me seguirã (Salm 23.6) AMissã UNIVIDA 2017prmverá ações de saúde e de melhria da qualidade de vida para s indígenas da

Leia mais

Coordenadora: Profa. Dra. Lidia de Oliveira Xavier

Coordenadora: Profa. Dra. Lidia de Oliveira Xavier CURSO DE MESTRADO EM DIREITOS HUMANOS, CIDADANIA E VIOLÊNCIA (PPGDHCV) ÁREA BÁSICA: CIÊNCIA POLÍTICA, DO CENTRO UNIVERSITÁRIO EURO AMERICANA UNIEURO, RECONHECIDO PELA PORTARIA 1.077, DE 31 DE OUTUBRO DE

Leia mais

PROENÇA FINICIA. Crédito Local. no Concelho de Proença-a-Nova PROTOCOLO FINANCEIRO E DE COOPERAÇÃO

PROENÇA FINICIA. Crédito Local. no Concelho de Proença-a-Nova PROTOCOLO FINANCEIRO E DE COOPERAÇÃO PROENÇA FINICIA Crédit Lcal n Cncelh de Prença-a-Nva PROTOCOLO FINANCEIRO E DE COOPERAÇÃO Entre: A Câmara Municipal de Prença-a-Nva, pessa clectiva nº 505 377 802, adiante designada pr CÂMARA; A Caixa

Leia mais