ÍNDICE. Master BIM Manager 06/07 24/25 08/11 26/27 12/19 28/29 20/23 28/35 QUEM SOMOS BIM MASTER BIM MANAGER PERFIS BIM NOSSOS ALUNOS EQUIPE CONTEÚDOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÍNDICE. Master BIM Manager 06/07 24/25 08/11 26/27 12/19 28/29 20/23 28/35 QUEM SOMOS BIM MASTER BIM MANAGER PERFIS BIM NOSSOS ALUNOS EQUIPE CONTEÚDOS"

Transcrição

1

2 Passamos da realização à virtualização. Pela primeira vez na história, a arquitetura e a engenharia são tridimensionais. Gustavo Ferreiro, Arquiteto e Codiretor do Master BIM. ÍNDICE Master BIM Manager QUEM SOMOS 06/07 BIM 24/25 MASTER BIM MANAGER 08/11 PERFIS BIM 26/27 EQUIPE 12/19 NOSSOS ALUNOS 28/29 BIM NO MUNDO 20/23 CONTEÚDOS 28/35

3 4 Quem somos? Depois do grande 5 sucesso do MASTER Conteúdos criados a partir de experiências reais, pelas mãos dos melhores profissionais do setor. BIM Manager em diversos países da Europa e América, lançamos a primeira edição para Brasil, Portugal e restantes países lusófonos formatado em português internacional, pensado para que os seus conhecimentos possam ser aplicados a nível global. ZIGURAT Zigurat é uma empresa internacional líder especializada em formação e-learning para engenheiros e arquitetos, com mais de 15 anos de experiência. Além disso, é a primeira empresa a conseguir o certificado ECA CERT-AEFOL (2007), garantia de qualidade e eficiência em formação e-learning. Contamos com mais de uma década em formação e-learning para profissionais de arquitetura e engenharia. A diversidade de nossos alunos, tanto por seus estudos em arquitetura e engenharia, quanto por sua procedência e trajetória profissional faz com que trabalhemos firmemente para contribuir de forma contínua na melhoria de seus conhecimentos. NOSSOBIM NossoBIM é uma empresa com um claro perfil técnico formada por engenheiros e arquitetos, cujo objetivo é a formação, implantação e difusão de sistemas BIM nos países de idioma português. Implicados no entorno BIM desde 1997 e com a experiência em sua implantação em escritórios técnicos, empresas e universidades, desenvolvemos conteúdos formativos baseados no conhecimento real de todos os setores que intervém durante o ciclo de vida de um edifício. Com expertise em sistemas BIM, selecionamos o melhor software do mercado e os melhores especialistas de cada disciplina para criar o MASTER BIM Manager, que te converterá num especialista insubstituível, capaz de implantar e dirigir equipes técnicas que utilizam a tecnologia edificadora mais avançada.

4 6 7 Somos o resultado de um trabalho duro. Nossa paixão pelo que fazemos nos torna pioneiros no nosso s e t o r. Master BIM Manager O QUE É BIM? BIM é a sigla de Building Information Modeling. É uma expressão utilizada para definir o processo de gerenciar e manejar informações de um edifício durante todo seu ciclo de vida. Toda a informação é criada e manejada em arquivos que se atualizam em tempo real a cada alteração feita no projeto. BIM tem por base os seguintes pilares: Modelagem 3D: facilita a visualização e a supervisão do desenho. Interoperabilidade: linguagem padrão através da qual se pode interoperar os distintos programas utilizados ao longo da realização do projeto (programas de desenho, cálculo e gestão de projetos). Objetos paramétricos: durante a fase de modelagem são inseridos objetos e elementos de construção de diversos fabricantes, incluindo toda a informação necessária para o cálculo da estrutura, a emissão de planos e orçamentos. Trabalho colaborativo: vários usuários podem trabalhar simultaneamente em um mesmo projeto. Modelo virtual do edifício: a vantagem final de trabalhar com BIM é obter um único modelo virtual do edifício que inclua toda a informação necessária para o desenvolvimento de sua vida útil.

5 8 9 MODALIDADE: E-learning. DURAÇÃO: 18 meses. CARGA HORÁRIA: 600 horas online. VA L O R : R $ , 0 0 * DATA I N Í C I O : 3 0 S e t e m b r o BIM EXPERT BIM MANAGER F E R R A M E N TA S D E ENSINO Eventos FICHA TÉCNICA Campus virtual, fóruns, vídeos explicativos, notas interativas, seminários e videoconferências, provas, casos práticos e projetos. LICENÇAS TEMPORÁRIAS Revit, Archicad, Allplan, Aecosim, DDS-CAD MEP, Tekla, Solibri, CYPECAD Estructuras, Arquímedes, CYPECAD MEP, Vico, TQS. DIREÇÃO ACADÊMICA José Carlos Lino, Gustavo Ferreiro. BIM Construction manager BIM Quantity surveyor BIM Architect BIM Site supervisor BIM Project Manager BIM Structural Engineer BIM MEP Engineer BIM Facility manager BIM Bioclimatic designer BIM Interior Architect BIM Coordinator *Consultar valores para outras condições de pagamento MASTER BIM MANAGER Durante o período do curso, organizaremos dois eventos* para promover o networking entre os alunos, a aproximação com os professores, debates entre os grupos de trabalho, espaço para sugestões, possíveis melhorias e adaptações a necessidades específicas, etc. *assistência opcional.

6 10 11 EQUIPE José Carlos Lino. Engenheiro de Estruturas. É essencial os colegas estarem dotados dessas competências de implementação do BIM, para poderem materializar nos seus trabalhos, no seu dia a dia, os conceitos que nesse momento estão a ser globalizados a nível mundial. As exigências do projeto são enormes, as exigências de controle de qualidade na obra são enormes, as exigências de gestão das instalações, os cuidados energéticos e de sustentabilidade são essenciais. Portanto, há um novo modo de englobar toda essa exigência, que é o BIM. Logo, o foco desse curso é precisamente dotar o profissional de arquitetura, engenharia e construcão, de competências práticas de implementação do BIM nas suas organizações e das competências necessárias para que se torne um profissional melhor, mais atual e moderno. D i r e t o r d a B I M M S e D i r e t o r Ac a d ê m i c o d o M a s t e r B I M M a n a g e r. Coordenador Arquiteto,Urb anist a Engenheiro Civil. MBA Daniel Félix Silvio Kimura Francisco Reis Arquiteto. Mestre em Arquitetura pela Universidade Lusíada de Vila Nova de Famalicão. Doutorando na mesma Universidade. Investigador no CITAD (Centro de Investigação em Território, Arquitetura e Design na Universidade Lusíada) e no HMS (Historical and Masonry Structures na Universidade do Minho). Mestre em Arquitectura e Design pela Universidade de São Paulo. Especialista em soluções BIM. Mais de 20 anos de experiência desenvolvendo métodos e ferramentas de trabalho para integrar novas tecnologias nos processos de projeto de arquitetura e engenharia. Atuou em revendas Bentley Systems de 1998 a Responsável do Departamento de Projecto da unidade Ambiente da Efacec, Engenharia e Sistemas, S.A. Formador MEP Curso BIM da Ordem dos Engenheiros. Membro do GT-BIM da PTPC

7 12 13 EQUIPE Nuno L acerda Arquiteto e Au t o r. Arquitetura ArchiCAD D i r e t o r C A D Te c h n o l o g y Arquiteto e Urb anist a Cláudio Lima David Oliveira Rafael Maccheronio Sócio Gerente da Empresa Claudio Lima, Consultoria em Informática Lda, 1999 formação e suporte técnico a software ArchiCAD. Organização de diversos encontros de utilizadores ArchiCAD; apresentações em faculdades de arquitectura sobre ArchiCAD. Graduação em Engenharia Faculdade de Engenharia Industrial (1988). Pós-Graduação em Engenharia de Software pela Universidade São Paulo (2005). É diretor de tecnologia da CAD Technology Sistemas de Informática Ltda. Várias ações de consultoria para implantação de BIM. Ministrou vários cursos de especialização em BIM. Arquiteto e Urbanista pela Universidade São Judas Tadeu. Pesquisador e usuário de BIM desde 2005; palestrante do Autodesk University Brasil. Instrutor e Consultor BIM com certificação Autodesk em nível Professional. É Diretor Técnico da Best Software (Autodesk VAR). As realidades da arquitetura, da engenharia e da gestão dos edifícios, quer brasileira quer portuguesa, estão muito abertas e necessitadas de novas metodologias de trabalho. Há uma procura cada vez maior e uma adesão natural às tecnologias de informação, comunicação e gestão para uma maior qualidade. O que falta neste momento é a adoção do BIM que tem a ver com a informação, que está por trás de um modelo geométrico. Neste processo de evolução há uma crescente vontade e uma grande necessidade de passar para a informação e para a integração de outras especialidades no projeto, que tornarão BIM uma ferramenta normal de trabalho para melhorar todo o processo. Estamos vivendo um momento de alteração de paradigma que eu não vejo como uma revolução, mas sim como uma nova e diferente abordagem. Este processo que estamos desenvolvendo e implantando não tem volta atrás. O BIM É um processo integrador. Arquiteto Referência em Projeto Integrado em BIM.

8 14 EQUIPE 15 Engenheiro Civil Mestre Engenharia Civil Engenheiro pela EPUSP Arquiteto Engenheiro Civil Arquiteto,Urbanista Bruno Caires Paula Assis Carlos Paiva Décio Ferreira Miguel Azenha Sérgio Leusin Mestre em Engenharia Civil pela Universidade do Minho. Cofundador do BIMCLUB. Sócio e cofundador da BIMMS. Docente convidado das unidades curriculares "Integrated Design Process" e "BIM na Engenharia Civil: Projeto e Construção" na Universidade do Minho e "Projeto BIM". Sócia e diretora técnica da TOP, representante CYPE. Ex-docente convidada, Universidade do Minho- Estruturas de Betão. Docente e orientadora, Universidade de Cabo Verde TFC. Atua há mais de 10 anos no setor de tecnologia em projeto na indústria da construção. Consultor com experiência internacional na implantação da metodologia Open BIM e soluções Nemetschek, focado em projetos de Infraestrutura, Mineração e Energia. Proprietário da empresa CAPACE. Arquiteto com mais de 14 anos de experiência profissional e no uso de software BIM, é atualmente BIM Coordinator na Foster + Partners, combinando o seu conhecimento em Autodesk Revit e Autodesk Navisworks com as competências técnicas e de liderança para trabalhar em equipe. Professor Auxiliar no departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho; Coordenador da unidade curricular"bim na Engenharia Civil - Projecto e Construção" na UM; Coordenador "Building InformationModeling" na Ordem dos Engenheiros; Membro do comité ACI 131 Building Information Modeling of Concrete Structures. Graduado em Arquitetura e Urbanismo e doutor em Engenharia de Produção pela UFRJ. Pró-Reitor de Pós- Graduação da UNIGRANRIO até fevereiro de Professor titular aposentado da UFF, onde colabora nos Programas de Pós-graduação de Engenharia Civil e de Arquitetura e Urbanismo.

9 16 EQUIPE 17 Gustavo Ferreiro. Arquiteto. O perfil do BIM Manager ou Chefe de tecnologia (conhecido como CTO Chief Technology Officer), é o perfil do profissional mais demandado no setor de construção a nível internacional. Estes especialistas, membros das equipes diretivas e estratégicas da empresa, são os responsáveis por implantar o sistema BIM, preparar a equipe e garantir sua prática integrada. CEO en ImasD Consult Nuno Pires Profissional com 20 anos de experiência no setor das estruturas metálicas. Experiência demonstrada na implantação e formação de perfis BIM Specialist no setor. Diretor técnico de Construsoft Portugal e Espanha, distribuidor de software BIM Tekla Strucutres. CEO da consultora ImasD Consult. Doutor em Engenharia Eduardo Toledo Doutorado em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Professor Doutor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, Coordenador do GT Componentes BIM da Comissão Especial de Estudos sobre BIM da ABNT, membro do BIM Technical Committee da ISCCBE. Arquiteta Vanessa Tavares Arquiteta. Licenciada pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto em Desde então colabora na empresa CNLL Lda na qual tem ajudado na implementação e desenvolvimento da metodologia BIM. IFC é a linguagem dos programas orientados ao BIM, que permite exportar informações para comunicar com outros programas durante o processo. Os programas utilizados no Master são aqueles em que se utiliza a linguagem IFC e contam com um nível maior de interoperabilidade Sócio do BIM Freelance. Codiretor do Master BIM.

10 18 19 EQUIPE Mestre Engenharia Civil Engenheiro Civil Engenheiro Civil Abram Belk Doutor em Engenharia Civil João Pedro Poças Martins Kléos Magalhães Leonardo Manzione Engenheiro civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo em Diretor de desenvolvimento da TQS Informática desde sua fundação em 1986, onde desenvolve os sistemas CAD/TQS para projeto estrutural em concreto armado e protendido. Licenciado e Doutor em Engenharia Civil, pela Universidade do Porto, especialista em Sistemas de Informação para a Construção e Modelos de Informação para a Construção (BIM), em particular na aplicação do BIM ao licenciamento automático de projetos Professor do Departamento de Engenharia Universidade Federal de Viçosa desde Doutor em Engenharia pela Universidade de Leeds, Inglaterra (2007). Membro da ABENGE. Membro da equipe de tradução para o português do livro "BIM Handbook" (Chuck Eastman), Graduado pela Escola Politécnica da USP (1980). Mestre (2006) e Doutor (2013) em Engenharia pela mesma escola. Diretor executivo da Coordenar, empresa especializada em gerenciamento de obras, BIM, consultoria empresarial, cursos e Software como Serviço (SAS). Ampla experiência BIM. SISTEMA DE AVALIAÇÃO O nosso Master é um programa totalmente prático, em que tudo o que é ensinado é colocado em prática pelo aluno através de exercícios e projetos. O sistema de avaliação baseiase na entrega de 4 grandes projetos: edifício residencial, arranha-céu, edifício comercial e reabilitação de um edifício. Para cada projeto serão formados grupos de 5-6 pessoas, que trabalharão colaborativamente através de um servidor BIM, simulando um projeto real.

11 20 BIM NO MUNDO 21 A metodologia de ensino garante a utilização e aplicação prática de seu conteúdo em seu local de trabalho, com a finalidade de oferecer rentabilidade imediata e projeção profissional. QUAIS AS VANTAGENS DO BIM? Graças ao BIM, podemos simular e entender aspectos que antes somente eram visíveis quando se transformavam em problemas durante a obra, e também dispor de toda a informação sobre o projeto, para sua utilização ao longo de seu ciclo de vida. Suas vantagens são: Incrementar o conhecimento do projeto na fase de desenho, produzindo menos erros, conflitos e modificações durante sua execução. Integração da informação multidisciplinar no modelo BIM, melhorando a eficiência operacional e a tomada de decisões baseadas em informação, em tempo real. Redução do tempo de desenvolvimento do projeto (desenho, análises, execução) e a avaliação quase imediata das consequências propostas. Facilitar o acompanhamento do edifício ao longo de sua vida útil, desde sua manutenção, realização de ampliações ou reformas, até sua demolição. Certamente, BIM nos permite aumentar a eficiência do processo de desenho e construção, diminuindo os custos, otimizando os recursos e aumentando o rendimento econômico dos projetos, em todas as fases. A DEMANDA DE BIM MANAGERS Nos dias de hoje, em Espanha e Portugal, se estima que, somente em grandes e médias empresas, se requerem BIM Managers. Por outro lado, na América Latina, com um crescimento médio do setor de 8%, se requerem aproximadamente BIM Managers. Cada um desses BIM Managers será responsável pela coordenação de projetos e pela formação em BIM de toda sua equipe de trabalho. Esses profissionais com conhecimento em BIM, sobretudo aqueles que se dedicam à implantação de sistemas, são os perfis profissionais mais demandados do setor. INTERNACIONALIZAÇÃO DO BIM São numerosos os governos que aprovaram normas tornando a utilização do BIM obrigatória, devido à necessidade de tornar o setor mais competitivo. A partir de 1º de janeiro de 2016, todos os projetos de construção do Reino Unido deverão ser feitos no BIM. Na Noruega e na Suécia, BIM é imprescindível para as principais infraestruturas e para todos os edifícios governamentais. Além disso, todas as universidades já formam futuros profissionais em BIM. Atualmente, a maior parte dos projetos de construção na Finlândia são realizados no BIM. As empresas que trabalham com BIM são altamente competitivas internacionalmente e serão responsáveis pela grande maioria das licitações públicas e por projetos privados de grandes dimensões. Todos esses projetos são coordenados e dirigidos por profissionais com as habilidades de um BIM Manager.

12 22 PROGRAMA MASTER BIM MANAGER Módulos do programa BIM EXPERT Implantação de BIM: Construindo a equipe Gestão do BIM Implantação e Gestão de competências BIM: restauração/ reabilitação sustentável Implantação e gestão de competências BIM: serviços Implantação e gestão de competências BIM: produtos industriais GLOBAL EUROPA Na Dinamarca, o BIM é utilizado em quase todos os projetos e em todos os projetos públicos. Quando o cliente tem dúvidas sobre os custos, a única maneira de simular a construção e o custo é com o BIM. BIM esclarece que devem estar presentes desde o começo do projeto pelo menos os projetistas de arquitetura, estrutural e de instalações. O BIM não trata de fazer prédios mais baratos, mas sim fazer o melhor prédio possível dentro do orçamento. AMERICA Nos Estados Unidos, em 2003, a General Services Administration (GSA) através do seu serviço de edifícios públicos criou o programa nacional denominado 3D-4D- BIM Program. Em 2006 a GSA decretou que os novos edifício públicos projetados deveriam utilizar o BIM na fase de projetos. Segundo o SmartMarket Report de 2012 a utilização do BIM nos Estados Unidos saltou de 40% em 2009 para 71% em Competências do programa Modelagem Competências A Desenho colaborativo Competências B Organização Competências C Implementação de habilidades Habilidades de um CTO/BIM Manager Implantação e gestão de competências BIM no setor de construção Pontos desenvolvidos Desenho Modelagem Avançado Documentação Colaboração Engenharia Interoperabilidade BIM 4D,BIM 5D, BIM 6D MEP Estruturas 2E Eco eficiência Livro de estilo Objetos Paramétricos Gestão da informação ERP,CRM, IFC 4/COBle Implantação de processos Perfis BIM Desenho e construção colaborativa BIM Nível 3 BIP: plano de implantação BIM, Equipe, Prática Integrada Formação e treinamento em BIM,Cultura colaborativa Co-desenho Stakeholders: interventores BEP: plano de execução do BIM Ibim Controle de qualidade 2E Eco eficiência Sustentabilidade Simulação Otimização de produto Arquitetura bioclimática Sistemas ativos e passivos Construção e suprimentos FM: gestão de instalações Ativos imobiliários Gestão de espaço Mercado de serviços de operações e manutenção BIM 7D COBle Personalização massiva Objetos paramétricos Prescritores Mercado de produtos da indústria de construção A Zigurat faz pesquisas constantes com seus alunos para que possa estar sempre melhorando os seus processos, planos de trabalho e professorado.

13 24 BIM 25 Metodologia Graças às ferramentas de tecnologia interativa do Campus Virtual, o aluno pode criar uma comunidade de conhecimento. O conteúdo de cada Master é atualizado e adaptado às normas vigentes de forma rápida, assim como o suporte de tecnologia e informática. A metodologia de ensino da Zigurat é projetada para que o aluno possa estudar onde, como e quando quiser. Por que o BIM Manager é fundamental? Detrás das siglas BIM (Bulding Information Modeling) existe uma metodologia de trabalho que tem como objetivo a geração de um modelo virtual que concentra e registra todos os dados e profissionais que intervém na concepção de um edifício. Desde a ideia inicial, durante a construção e vida útil até a demolição final ou restauração. Essa metodologia baseada em um modelo virtual e na gestão da informação obriga a que tanto arquitetos, como engenheiros, construtores, financeiros, gestores, administradores de edifícios e patrimônios, facilities managers, etc, devam saber o que é e como manipular as ferramentas BIM. Licenças temporárias de softwares Os programas ou ferramentas de informática que serão utilizadas foram selecionados entre aqueles que atualmente incorporam o processo de importação e exportação em linguagem IFC, e que, portanto, são compatíveis com o restante dos programas empregados nas distintas etapas do projeto. A cada dia aumenta o número de empresas que investem recursos na implantação BIM, e poucos profissionais capacitados para atender a esta demanda nacionalmente. Estes profissionais são altamente valorizados. Todos os alunos contarão com licença temporária para todos esses programas durante o tempo de duração do Master. Os programas para os quais serão oferecidas as licenças são: Revit. ArchiCAD. Allplan. Aecosim. CYPECAD Structure, CYPECAD MEP e Arquímedes. Tekla. Solibri. DDS-CAD MEP. VICO. TQS. 96% 94% 100% É o grau de satisfação dos alunos em relação aos professores É o grau de satisfação dos alunos em relação ao conteúdo do curso Dos nossos alunos participam ativamente e positivamente em nosso fórum

14 26 PERFIS BIM 27 BIM Manager é o líder de uma equipe de alto rendimento preparada para desenhar, simular, valorar, construir e manter um projeto em todas as fases, com muito mais eficiência. III BIM EXPERT Usuário que conhece o desempenho dos sistemas BIM a nível avançado e sua interoperabilidade. Também possui competências de TI, gestão e desenvolvimento de bibliotecas. BIM COORDINATOR Pode fazer modelagens básicas e trabalhar colaborativamente. I II BIM SPECIALIST É um usuário que projeta, calcula e realiza a gestão de um projeto, utilizando os softwares de modelagem a nível avançado. É capaz de ter uma visão integral da equipe. IV MASTER BIM MANAGER Especialista em BIM que possui competências na gestão e implementação do sistema BIM em qualquer equipe de trabalho.

15 28 29 NOSSOS ALUNOS RECOMENDAM Arquiporto + Arquiteto Nuno Grande + Pedro Gadanho O MASTER é totalmente online, o que beneficia e fixa o Olá aos companheiros. Estou começando do zero no maravilhoso aprendizado ao ter que instalar e desinstalar seus programas, mundo BIM, e de momento, os professores e o método de ensino a controlar o seu entorno de trabalho com seus monitores me parecem muito bons. Vamos ver como encaramos? Animo! e tutores. O curso te permite dedicar tempo de acordo com sua disponibilidade. Graças ao MASTER estou conhecendo Patricia Morales, Arquiteta e aluna do MASTER BIM profissionais de outras partes da Espanha e da América Manager Colômbia Latina, e sem isso seria impossível fazer uma formação neste nível com essa troca cultural. Estou muito contente com a documentação disponível na plataforma e os vídeos explicativos. É uma delícia poder parar a aula e ver detalhadamente o processo. Carlos Fernández Engenheiro e aluno do MASTER BIM Manager Espanha Alexa Ruiz, Engenheira e aluna do MASTER BIM M a n a g e r Ve n e z u e l a

16 30 MÓDULO 1: BIM SPECIALIST(Archicad,Revit,AllPlan,AECOSIM) 31 BLOCO 1. COMPETÊNCIAS DE COORDENAÇÃO BLOCO 2. COMPETÊNCIAS DE PROJECTO BLOCO 3. COMPETÊNCIAS DE ENGENHARIA Tema 1: BIM A1_ Digital Model Tema 2: BIM B1_ Collaborative Teamwork Tema 1: BIM A2_Competências em Documentação Tema 2: BIM A3_Competências em Modelagem/Modelação Avançada Tema 1: BIM B2_Competências em Projeto e Engenharia Tema 2: BIM B3_Competências em Interoperabilidade CO MÓDULO 2: BIM EXPERT BLOCO 1. COMPETÊNCIAS EM ORGANIZAÇÃO NT Tema 1: BIM C1_Livro de Estilo BLOCO 2. COMPETÊNCIAS NO DESENVOLVIMENTO DE OBJETOS Tema 1: BIM C2_Gestor de Bibliotecas. Programador de Objetos BLOCO 3. COMPETÊNCIAS DE INFORMATION MANAGER Tema 1: BIM C3_Information Management EÚ DOS

17 32 MÓDULO 3: MBIM IMPLEMENTATION BLOCO 7. ANÁLISE DA ORGANIZAÇÃO Tema 1: Organization Market Profile 33 BLOCO 1. AEC NA ERA DIGITAL Tema 2: Inventário da Organização Tema 1: Filosofia da Tecnologia Tema 3: Organization Assessment Tema 2: BIM como parte da estratégia sustentável do planeta Tema 4: Time and Cost Conditionants BLOCO 2. ESTADO DA QUESTÃO Tema 5: Organization Assets Tema 1: BIM ano 2014 Tema 2: UK Strategy: GSL Goverment Soft Landings BLOCO 3. INFORMAÇÃO, INFORMAÇÃO, INFORMAÇÃO Tema 1: BIM as modeling. An Information Process Tema 2: BIM as model. Interoperability Standards Tema 3: Multidimensional approach Tema 4: Interoperability first, then Integration BLOCO 4. O PAPEL DO CTO (Chief Technology Officer) Tema 5: Design relevance on Lifecycle Management Tema 6: ICT in Urban Sustainable Development Tema 7: New World Service Market on City and Land Information Tema 1: O papel do BIM MANAGER Tema 2: Área de trabalho: Responsável de Tecnologia BLOCO 8. PROJETANDO A ENVOLVENTE Tema 6: BIM Report: What does the organisation know about: How to do? Tema 1: Organization Market Profile Tema 2: Team Resources Tema 3: ROI Methodology Tema 4: Software & Solutions Panorama Tema 5: Selecting a Software Mix Tema 6: Evolution of Tools: Tools Build Us Tema 7: BIM Consultant Tema 8: BIM Implementation Project Tema 9: BIM Implementation Decission: Yes, Not or Never Tema 10: Contrato de Implantação/Implementação BIM Tema 3: Estratégias Nacionais de Implantação/Implementação: a relevância dos BIM MANAGER BLOCO 5. BIG BIM, LITTLE BIM Tema 1: O debate BIG BIM - LITTLE BIM. Perfis de Serviços MÓDULO 3A: CONSTRUINDO A EQUIPE Tema 2: BIG BIM: Implantar/Implementar numa grande organização BLOCO 1. CONSTRUINDO A EQUIPE Tema 3: LITTLE BIM: Implantar/Implementar em pequenas organizações BLOCO 6. ESTRATÉGIAS DE IMPLEMENTAÇÃO/IMPLANTAÇÃO Tema 1: Obstáculos no caminho Tema 2: Condições Gerais de uma Implantação/Implementação Típica BLOCO 2. BIM IMPLEMENTATION PLAN Tema 1: As pessoas como o recurso mais valioso Tema 2: Cultura colaborativa Tema 1: Apresentação - Como apresentar o plano a uma empresa (do BIG BIM ao LITTLE BIM) Tema 3: Inteligência Emocional Tema 4: Métodos para facilitar a Mudança Tema 5: Chaves para o Éxito numa Implantação/Implementação e o nosso próprio êxito

18 34 MÓDULO 4: BIM MANAGEMENT Tema 4: Projecto orientado para o cliente Tema 5: O cumprimento de ISO como um compromisso interno 35 BLOCO 1. PRÁTICA COLABORATIVA. BIM level 3 Tema 6: A melhoria contínua como filosofia de sobrevivência Tema 1: Cultura colaborativa (Responsabilidade partilhada - Modelo Federado) Tema 2: A virtualização e as suas consequências BLOCO 2. IDM. BIM PROTOCOLS Tema 3: Projeto integrado Tema 4: Características das organizações colaborativas Tema 5: Tipos de organizações colaborativas Tema 1: IDM. Industry Delivery Manuals. Building Smart ISO standard Tema 2: BIM protocols Tema 3: Uniclass e Omniclass BLOCO 3. CICLO DE VIDA DA PRÁTICA INTEGRADA BLOCO 4. NORMAS DA ORGANIZAÇÃO Tema 1: Ciclo de vida do projeto e construção Tema 2: Ciclo de vida da operação e manutenção Tema 1: Definição do perfil da organização Tema 2: Livro de Estilo Tema 3: BIM templates BLOCO 5. CONTROLE DE QUALIDADE DO MODELO B6. BIM EXECUTION PLAN B7. ESTRATÉGIAS DE GESTÃO BIM Tema 1: Cultura da qualidade Tema 2: Processos de análises e informação Tema 3: Implementando um controle de qualidade eficiente Tema 1: BEP como memorandum Tema 2: Aplicando BEP a todos os níveis da organização Tema 3: Implementação do BEP Tema 1: A mudança como ambiente habitual de trabalho Tema 2: Interiorização do Projeto como um processo de informação MÓDULO 5: REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEL BLOCO 1. SUSTENTABILIDADE E TERRITÓRIO Tema 1: Um Local Agenda 21 Tema 2: Conceito de Economia Sustentável BLOCO 2. REABILITAÇÃO. O NOVO MERCADO Tema 1: O desafio dos objetivos de Sustentabilidade Tema 2: O Novo cenário de Impostos por Pegada de Carbono Tema 3: Mercado AEC 2050 BLOCO 3. PROJETO BIOCLIMÁTICO Tema 1: O desafio da Sustentabilidade no rendimento Tema 2: O desafio dos objetivos de Sustentabilidade Tema 3: Principios de Sustentabilidade da Cidade e do Território Tema 4: Estado da questão do Ensino do Projeto Tema 5: Competências en Projecto Bioclimático Tema 6: Estratégias de Projecto Sustentável Tema 7: Outros métodos de Avaliação para a Edificação BLOCO 4. 2E ECOEFICIÊNCIA Tema 1: Métodos para a Avaliação Ecoeficiente Tema 2: Simulação: o Terceiro Pilar da Ciência Tema 3: Análises de Rendimento dos Productos Tema 4: 2E Index Tema 5: Simulação de Ciclo de Vida Tema 6: Novo conceito de Ciclos de Reabilitação Tema 7: New Concept of Renovation Cycles Tema 3: IPD: Integrated Project Delivery

19 36 BLOCO 5. PLANO DIRETOR DE REABILITAÇÃO Tema 1: Renovation Strategic Objectives in the World MÓDULO 6B: AEC INDUSTRY PRODUCTS 37 Tema 2: Ciclos de Reabilitação BLOCO 1. AEC INDUSTRY PRODUCTS Tema 3: Mercado baseado em Ciclos de Reabilitação Tema 1: IFC, Building Smart. standard de Parâmetros da Indústria Tema 2: Integração de Fabricação/Fabrico e Projeto na AEC Tema 3: Ambientes Gráficos Algorítmicos MÓDULO 6A: FACILITIES MANAGEMENT Tema 4: Máquinas CNC Tema 5: Prescriptor. A chave do novo mercado dos Productos da Edificação BLOCO 1. AEC GESTÃO DE INSTALAÇÕES Tema 6: Plataforma e-commerce do Mercado de Produtos da Indústria da Edificação Tema 1: FM Facilities Management. Definição Tema 2: Atividades Envolvidas BLOCO 2. GOVERNMENTS PUBLIC FACILITIES STRATEGIES Tema 7: Desenvolvimento de Livrarias/bibliotecas para as empresas de produtos AEC Tema 8: Aplicação de Técnicas de Engenharia Simultânea Tema 1: Estratégia do Governo do Reino Unido. GSL Tema 2: Estratégia de Suporte e Apoio: BTG BIM Task Group BLOCO 3. FM INTEROPERABILITY STANDARDS Tema 1: COBIe: Facilities Management Handover Tema 2: IFC 4: Atualização e inclusão do standard de FM Tema 3: COBIe Construction Operations Building Information Tema 4: Perfis COBIe METODOLOGIA DE ENSINO Tema 5: Infraestruturas de dados COBIe Tema 6: COBIe, Entrega (Delivery) e Livro do Edifício BLOCO 4. NOVO MERCADO DE FM Tema 1: Organizações envolvidas en processos e serviços Tema 2: UK GSL Government Soft Landings Tema 3: Projeto de Implantação/Implementação sob requisitos GSL Tema 4: Envolvente web e soluções que cumprem o standard Acadêmico X Funcionalidade: o Master está orientado a partir de uma perspectiva eminentemente prática e profissionalizante. O BLOCO 5. GESTÃO DE ACTIVOS aprendizado dos alunos Tema 1: Implementação da gestão de ativos estará acompanhado de Tema 2: Treinamento/Formação do pessoal e ocupantes de um ativo trabalhos realizados através de casos práticos e projetos.

20 38 Colaboração: 39 Garantido pelas empresas implantadoras:

21

ÍNDICE. Master BIM Manager 04/05 24/25 26/27 10/19 28/29 20/23 30/37 QUEM SOMOS BIM INTERNATIONAL MASTER BIM MANAGER 06/07 PERFIS BIM OS NOSSOS ALUNOS

ÍNDICE. Master BIM Manager 04/05 24/25 26/27 10/19 28/29 20/23 30/37 QUEM SOMOS BIM INTERNATIONAL MASTER BIM MANAGER 06/07 PERFIS BIM OS NOSSOS ALUNOS INTERNATIONAL Passamos da realização à virtualização. Pela primeira vez na história, a arquitetura e a engenharia são tridimensionais. Gustavo Ferreiro, Arquiteto e Codiretor do Master BIM. ÍNDICE Master

Leia mais

CURSO BIM. 20 horas de formação operacional 20 horas de formação gerencial 60 horas de formação téorico-prática

CURSO BIM. 20 horas de formação operacional 20 horas de formação gerencial 60 horas de formação téorico-prática CURSO BIM Curso de 100h São Paulo 11 Ago. 17 Nov. 2015 Setor da Arquitetura, Engenharia e Construção O Curso BIM resultou de uma parceria entre a BIMMS e o Instituto de Engenharia de São Paulo, inicialmente

Leia mais

www.espacotempo.com.br quarta-feira, 25 de setembro de 13

www.espacotempo.com.br quarta-feira, 25 de setembro de 13 www.espacotempo.com.br 1 PALESTRA EARQ 2013 Goiânia, 10 de Setembro de 2013 FERNANDO DAHER ALVARENGA Arquiteto e Urbanista Diretor e proprietário da Espaço Tempo www.espacotempo.com.br www.fernandodaher.com

Leia mais

11/05/2015. Quem somos. Clientes BIM MERCADO & IMPLANTAÇÃO. Rogerio Suzuki Consultor BIM/4D/FM. O que oferecemos

11/05/2015. Quem somos. Clientes BIM MERCADO & IMPLANTAÇÃO. Rogerio Suzuki Consultor BIM/4D/FM. O que oferecemos O que oferecemos 11/05/2015 BIM MERCADO & IMPLANTAÇÃO Rogerio Suzuki Consultor BIM/4D/FM Quem somos Clientes 1 2 3 Agenda 1. Introdução 2. O que é BIM? 3. Por que BIM? 4. O que ganho com BIM? 5. BIM &

Leia mais

BIM na prática: Como uma empresa construtora pode fazer uso da tecnologia BIM

BIM na prática: Como uma empresa construtora pode fazer uso da tecnologia BIM BIM na prática: Como uma empresa construtora pode fazer uso da tecnologia BIM Joyce Delatorre Método Engenharia O uso da Tecnologia BIM promete trazer ganhos em todas as etapas no ciclo de vida de um empreendimento.

Leia mais

BIM - Conceitos e Aplicações!

BIM - Conceitos e Aplicações! BIM - Conceitos e Aplicações! Introdução Como Projetávamos no Passado? Quais eram as Ferramentas Utilizadas? Introdução Resultados! Introdução Avanço da Tecnologia Surgimento das Ferramentas CAD CAD -

Leia mais

Co-organizado por: 3ª Edição

Co-organizado por: 3ª Edição Co-organizado por: 3ª Edição 36 horas de formação teórico-prática 60 horas de formação prática aplicada 8 horas de contacto com fornecedores de software comercial Datas de realização: Porto 25 de Setembro

Leia mais

AUBR-83 Dicas e Truques. Objetivos:

AUBR-83 Dicas e Truques. Objetivos: [AUBR-83] BIM na Prática: Implementação de Revit em Escritórios de Arquitetura e Engenharia Paulo Henrique Giungi Galvão Revenda TECGRAF Consultor técnico Revit da Revenda TECGRAF AUBR-83 Dicas e Truques

Leia mais

CURSOS DE BIM EM BELO HORIZONTE

CURSOS DE BIM EM BELO HORIZONTE CURSOS DE BIM EM BELO HORIZONTE Cursos de BIM em Belo Horizonte O SindusCon-SP reconhecido como pioneiro na difusão da Tecnologia BIM (Modelagem da Informação da Construção) no Brasil, preparou um curso

Leia mais

BIM: Fundamentos básicos e processo de implantação. Apresentador: Sergio Leusin, Arqtº, D.Sc.

BIM: Fundamentos básicos e processo de implantação. Apresentador: Sergio Leusin, Arqtº, D.Sc. BIM: Fundamentos básicos e processo de implantação Apresentador: Sergio Leusin, Arqtº, D.Sc. A GDP, Gerenciamento e Desenvolvimento de Projetos Ltdª, nasceu da convicção de que o projeto deve ser o protagonista

Leia mais

PALESTRA: Como o BIM contribui para o crescimento de empresas no Brasil?

PALESTRA: Como o BIM contribui para o crescimento de empresas no Brasil? PALESTRA: Como o BIM contribui para o crescimento de empresas no Brasil? A AUTODESK possui parceiros denominados CSI Consulting System Integrator para ampliar o valor das suas soluções, sendo uma consultoria

Leia mais

BIM BIM. Building Information Modeling no Projeto Estrutural. Impactos e benefícios potenciais. Modelagem de Informação do Edifício Projeto Estrutural

BIM BIM. Building Information Modeling no Projeto Estrutural. Impactos e benefícios potenciais. Modelagem de Informação do Edifício Projeto Estrutural BIM Building Information Modeling no Impactos e benefícios potenciais Nelson Covas BIM Building Information Modeling ou Modelagem de Informação da Construção ou Modelagem de Informação do Edifício Premissas

Leia mais

ESCRITÓRIOS Carril de la Condesa, 58 Edificio Torre Proconsa Escritório 509 30010 Murcia ( España) Coordenadas: N 37º 58' 5.4588" W -1º 8' 1.

ESCRITÓRIOS Carril de la Condesa, 58 Edificio Torre Proconsa Escritório 509 30010 Murcia ( España) Coordenadas: N 37º 58' 5.4588 W -1º 8' 1. Anovel engenharia Integral desenvolve seus trabalhos no mundo da engenharia e da construção, podendo desenvolver projetos em todas as fases, desde o desenho inicial, passando pelo desenvolvimento e detalhamento

Leia mais

Experiência do uso de REVIT em Projeto de Estrutura

Experiência do uso de REVIT em Projeto de Estrutura REVIT em Projeto de Estrutura Angelo Ricardo Rech REFE engenharia Descrição do processo de implantação e treinamento no uso do Revit Structure, e relato das vantagens alcançadas no uso diário profissional.

Leia mais

Modelagem Estrutural Integrada (ISM)

Modelagem Estrutural Integrada (ISM) Modelagem Estrutural Integrada (ISM) A Bentley White Paper www.bentley.com.br A Bentley Systems lançou sua metodologia de para informações de projetos estruturais, que oferece aos engenheiros estruturais

Leia mais

CAMINHOS. PARA A GESTÃO PARA OS PROFISSIONAIS PARA A TECNOLOGIA

CAMINHOS. PARA A GESTÃO PARA OS PROFISSIONAIS PARA A TECNOLOGIA CAMINHOS. PARA A GESTÃO PARA OS PROFISSIONAIS PARA A TECNOLOGIA Alguns conceitos GESTÃO PROFISSIONAIS TECNOLOGIA 2D Gestão de Informação documental (digital 2D ou impressa) ESCRITORIO DE ARQUITETURA EMPRESA

Leia mais

Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias

Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias SP I PR I DF Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias Parcerias tecnológicas, treinamentos e licenciamentos Soluções Autodesk na ENG Revit 2011 - o software para projetos de edificações para agora

Leia mais

BIM BUILDING INFORMATION MODELLING UMA TECNOLOGIA PARA O FUTURO IMEDIATO DA CONSTRUÇÃO

BIM BUILDING INFORMATION MODELLING UMA TECNOLOGIA PARA O FUTURO IMEDIATO DA CONSTRUÇÃO BIM BUILDING INFORMATION MODELLING UMA TECNOLOGIA PARA O FUTURO IMEDIATO DA CONSTRUÇÃO PROGRAMA DO EVENTO 13 :30 13:45 Abertura - Dr. Antonio Carlos, diretor SINDUSCON RIO 13:45 14:30 Introdução ao BIM:

Leia mais

Implementation of BIM (Building Information Modeling) in the Brazilian Real Estate Market. Eng. Fernando Correa Diretor da Sinco Engenharia

Implementation of BIM (Building Information Modeling) in the Brazilian Real Estate Market. Eng. Fernando Correa Diretor da Sinco Engenharia Implementation of BIM (Building Information Modeling) in the Brazilian Real Estate Market Eng. Fernando Correa Diretor da Sinco Engenharia 27 Anos no mercado da construção Civil Área de atuação: Incorporação

Leia mais

Permanecendo competitivo

Permanecendo competitivo Permanecendo competitivo Você consegue sobreviver sem o BIM? AFINAL, É UM MUNDO EM 3D Na virada do século 21, a indústria de edificações e construção passou por uma transição do método 2D para projetos

Leia mais

Ensinando Colaboração aos Estudantes

Ensinando Colaboração aos Estudantes Arq. Fernando Lima Autodesk Education ED4900_V Essa aula vai demonstrar o processo básico de colaboração usando o Autodesk Revit 2013, depois de preparar o projeto básico de arquitetura vamos simular um

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA GESTÃO DOS PROCESSOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA: ESTUDO DE CASO EM EMPRESAS DE SÃO CARLOS-SP

DIAGNÓSTICO DA GESTÃO DOS PROCESSOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA: ESTUDO DE CASO EM EMPRESAS DE SÃO CARLOS-SP DIAGNÓSTICO DA GESTÃO DOS PROCESSOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA: ESTUDO DE CASO EM EMPRESAS DE SÃO CARLOS-SP Raquel Ragonesi Permonian (UFSCAR) raquelrpermonian@hotmail.com Jose da Costa Marques

Leia mais

Brasileira. Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB. Washington Gultenberg Lüke BIM Manager DOM/EB

Brasileira. Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB. Washington Gultenberg Lüke BIM Manager DOM/EB A Aplicação do processo BIM na Construção Brasileira Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB Washington Gultenberg Lüke BIM Manager DOM/EB Apresentação Conceituação Elos do BIM Cadeia de Valor Produtivo

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Integração das soluções Autodesk no processo BIM

Integração das soluções Autodesk no processo BIM Rafael Giovannini Maccheronio Best Software A partir deste ano (FY12), a Autodesk passa a disponibilizar a seus clientes pacotes de software(suites) compostas por diversos software. Essa sessão tem por

Leia mais

INTRODUÇÃO AO BIM MIRIAM ADDOR

INTRODUÇÃO AO BIM MIRIAM ADDOR INTRODUÇÃO AO BIM MIRIAM ADDOR Definições Conceitos de BIM Curso CMU ago/08 IFC Penn State Carnegie Mellon University 1905-1912 PITTSBURGH- PA- aço Fallingwater FLW 3 LEED building B = BUILDING I= INFORMATION

Leia mais

Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias. Parcerias tecnológicas, treinamentos e licenciamentos

Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias. Parcerias tecnológicas, treinamentos e licenciamentos Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias Parcerias tecnológicas, treinamentos e licenciamentos Soluções Autodesk na ENG AutoCAD 2010 - o software AutoCAD para arquitetos. Criação, coordenação e colaboração

Leia mais

BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos

BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos Este curso é ideal para quem está buscando sólidos conhecimentos em como desenvolver com sucesso um projeto de BPM. Maurício Affonso dos

Leia mais

Sobre os Palestrantes ANDRÉ WENDLER EMPRESA WENDLER PROJETOS /CAMPINAS-SP SITE: http://www.wendlerprojetos.com.br/

Sobre os Palestrantes ANDRÉ WENDLER EMPRESA WENDLER PROJETOS /CAMPINAS-SP SITE: http://www.wendlerprojetos.com.br/ Demonstrar o fluxo de trabalho e Gestão de Orçamento REVIT/BIM da Construtora FA OLIVA com o Escritório de Engenharia Wendler Projetos para projetos de alvenaria estrutural. Apresentadores: Marcelo Antoniazzi

Leia mais

Gestão da Informação de Infraestrutura e edificações no Setor Público

Gestão da Informação de Infraestrutura e edificações no Setor Público Gestão da Informação de Infraestrutura e edificações no Setor Público Alexandre Fitzner do Nascimento Exército Brasileiro Diretoria de Obras Militares Washington Gultenberg Lüke Exército Brasileiro Diretoria

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DO PROCESSO BIM NA CONSTRUTORA. Eng.Fernando Augusto Correa da Silva

IMPLANTAÇÃO DO PROCESSO BIM NA CONSTRUTORA. Eng.Fernando Augusto Correa da Silva IMPLANTAÇÃO DO PROCESSO BIM NA CONSTRUTORA Eng.Fernando Augusto Correa da Silva BIM SINCO IMPLANTAÇÃO BIM CASOS DE SUCESSO SINCO ENGENHARIA 27 Anos no mercado da construção Civil Área de atuação: Incorporação

Leia mais

Francisco Cardoso SCBC08

Francisco Cardoso SCBC08 Formando profissionais para a sustentabilidade Prof. Francisco CARDOSO Escola Politécnica da USP Francisco Cardoso SCBC08 1 Estrutura da apresentação Objetivo Metodologia Resultados investigação Conclusão:

Leia mais

Proposta ITIL V3 HAND S ON. Apresentação Executiva. ITIL V3 Hand s ON

Proposta ITIL V3 HAND S ON. Apresentação Executiva. ITIL V3 Hand s ON ITIL V3 HAND S ON Apresentação Executiva 1 Os treinamentos de ITIL Hand s On, abordam os processos da gestão de serviços de TI do ITIL v3 e são recomendados e necessários, para quem quer ser tornar um

Leia mais

Agenda. Gafisa S.A. Planejamento Estratégico. Novas Idéias: BIM + Padronização. BIM: Primeiros Desafios. BIM: Implementação e Diretrizes

Agenda. Gafisa S.A. Planejamento Estratégico. Novas Idéias: BIM + Padronização. BIM: Primeiros Desafios. BIM: Implementação e Diretrizes Agenda Gafisa S.A. Planejamento Estratégico Novas Idéias: BIM + Padronização BIM: Primeiros Desafios BIM: Implementação e Diretrizes 2 Gafisa S.A. Uma das empresas líderes do mercado de incorporação e

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Engenharia de Software Orientada a Serviços

Leia mais

Aspectos Relevantes da Qualidade do Software Estrutural e Sua Influência na Elaboração de Projetos

Aspectos Relevantes da Qualidade do Software Estrutural e Sua Influência na Elaboração de Projetos Aspectos Relevantes da Qualidade do Software Estrutural e Sua Influência na Elaboração de Projetos Eng. Nelson Covas São Paulo, 23 de outubro de 2008 1. Introdução 2. Relação Software / Projeto Estrutural

Leia mais

Modelagem de informações de. construçãocapítulo1: Capítulo. Objetivo do capítulo

Modelagem de informações de. construçãocapítulo1: Capítulo. Objetivo do capítulo construçãocapítulo1: Capítulo 1 Modelagem de informações de A modelagem de informações de construção (BIM) é um fluxo de trabalho integrado baseado em informações coordenadas e confiáveis sobre um empreendimento,

Leia mais

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Sumário INFORMAÇÕES GERAIS... 1 SYMANTEC UNIVERSITY PARA PARCEIROS... 1 TREINAMENTO... 2 SERVIÇO DE INFORMAÇÕES... 4 COLABORAÇÃO... 5 Informações

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

Gerenciamento de Arquivos no mercado AEC utilizando o Autodesk Vault + Buzzsaw

Gerenciamento de Arquivos no mercado AEC utilizando o Autodesk Vault + Buzzsaw Gerenciamento de Arquivos no mercado AEC utilizando o Autodesk Vault + Buzzsaw Tiago Marçal Ricotta Brasoftware / quattrod O Autodesk Vault organiza, gerencia e rastreia os processos de criação de dados,

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição.

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. TURMA 3 Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DA PRODUÇÃO E QUALIDADE GESTÃO FARMACEUTICA EMPRESARIAL

Leia mais

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Introdução Atualmente, é impossível imaginar uma empresa sem uma forte área de sistemas

Leia mais

EDIFÍCIOS VIRTUAIS BIM

EDIFÍCIOS VIRTUAIS BIM 1 EDIFÍCIOS VIRTUAIS BIM Unidade Curricular: Projecto FEUP Turma 4 Grupo 3 2 O que é o BIM? Identifica erros e omissões Facilita a resolução de problemas Criação de mapas de quantidades Produção minuciosa

Leia mais

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida Soluções inteligentes em energia Energia para a vida O Brasil e o mundo contam com a nossa energia. A Prátil é uma empresa de soluções inteligentes em energia, que atua nos segmentos de infraestrutura

Leia mais

MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. Arcos Dorados

MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. Arcos Dorados MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Arcos Dorados MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Sustentabilidade deixou de ser uma escolha e tornou-se premissa fundamental para a competitividade

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

Administração de CPD Chief Information Office

Administração de CPD Chief Information Office Administração de CPD Chief Information Office Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados ao profissional de

Leia mais

O Coaching proporciona ao profissional ampliar sua visão estratégica de pessoas e organizações.

O Coaching proporciona ao profissional ampliar sua visão estratégica de pessoas e organizações. PARCEIRO EDUCACIONAL O Coaching proporciona ao profissional ampliar sua visão estratégica de pessoas e organizações. José Roberto Marques JRM Módulo Internacional na Universidade SOBRE O MBA O Instituto

Leia mais

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Atualização do Processo BIM na Construção Brasileira. Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB

Atualização do Processo BIM na Construção Brasileira. Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB Apresentação Principais Utilizações do BIM Iniciativas Governamentais Mercados Crescentes Setor imobiliário Setor AEC Produtos e Serviços de TI Desafios Principais

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E GESTÃO DE ENERGIA

PÓS GRADUAÇÃO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E GESTÃO DE ENERGIA PÓS GRADUAÇÃO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E GESTÃO DE ENERGIA SOBRE O CURSO Objetivo O Centro de Investigação e Pesquisa Novo Milênio - CIPENM, realiza de junho/11 a janeiro/13, o curso de Pós Graduação em Este

Leia mais

MÉTODO ÁREAS DE ATUAÇÃO DIFERENCIAIS / TECNOLOGIA TECNOLOGIA BIM

MÉTODO ÁREAS DE ATUAÇÃO DIFERENCIAIS / TECNOLOGIA TECNOLOGIA BIM MÉTODO ÁREAS DE ATUAÇÃO DIFERENCIAIS / TECNOLOGIA TECNOLOGIA BIM Método Engenharia O futuro em construção 40 anos de experiência 6 milhões de m² construídos em projetos realizados no Brasil e no exterior

Leia mais

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição.

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. TURMA 3 Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DA PRODUÇÃO E QUALIDADE GESTÃO FARMACEUTICA EMPRESARIAL

Leia mais

MS Project para Gerenciamento de Projetos

MS Project para Gerenciamento de Projetos MS Project para Gerenciamento de Projetos Sumário 03. A Voitto 05. MS Project para Gerenciamento de Projetos 06. Conteúdo Programático 11. Principais Instrutores 12. Visão dos Participantes 13. Vídeo Nossa

Leia mais

Gerenciamento de projetos prof. Mário Garcia

Gerenciamento de projetos prof. Mário Garcia Gerenciamento de projetos prof. Mário Garcia MBA em Gestão de Energia PROPPEX Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Centro Universitário Fundação Santo André Gerenciamento de projetos prof.

Leia mais

Cobit e ITIL. Cobit. Planejamento e organização; Aquisição e implementação; Entrega e suporte; Monitoração.

Cobit e ITIL. Cobit. Planejamento e organização; Aquisição e implementação; Entrega e suporte; Monitoração. Cobit e ITIL GOVERNANÇA, GP - RISCO, GP PROJETOS - PMP, SEGURANÇA DAIANA BUENO OUTUBRO 20, 2010 AT 8:00 3.496 visualizações Atualmente, as empresas estão com seus processos internos cada vez mais dependentes

Leia mais

Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP ERP

Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP ERP Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com O que é TI? TI no mundo dos negócios Sistemas de Informações Gerenciais Informações Operacionais Informações

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão ERP. Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com

Sistema Integrado de Gestão ERP. Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Tecnologia da Informação. O que é TI? TI no mundo dos negócios Sistemas de Informações Gerenciais Informações Operacionais Informações

Leia mais

Tecnologia da Informação: Otimizando Produtividade e Manutenção Industrial

Tecnologia da Informação: Otimizando Produtividade e Manutenção Industrial Tecnologia da Informação: Otimizando Produtividade e Manutenção Industrial Por Christian Vieira, engenheiro de aplicações para a América Latina da GE Fanuc Intelligent Platforms, unidade da GE Enterprise

Leia mais

Como as empresas podem minimizar os efeitos da crise e manterem-se competitivas?

Como as empresas podem minimizar os efeitos da crise e manterem-se competitivas? Como as empresas podem minimizar os efeitos da crise e manterem-se competitivas? Professor e consultor Álvaro Camargo explica a importância dos processos de aproveitamento de lições aprendidas nas organizações

Leia mais

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos Eficiência operacional no setor público Dez recomendações para cortar custos 2 de 8 Introdução Com grandes cortes no orçamento e uma pressão reguladora cada vez maior, o setor público agora precisa aumentar

Leia mais

Nossa atuação no setor financeiro

Nossa atuação no setor financeiro Nossa atuação no setor financeiro No mundo No Brasil O porte da equipe de Global Financial Services Industry (GFSI) da Deloitte A força da equipe do GFSI da Deloitte no Brasil 9.300 profissionais;.850

Leia mais

Características. Carga horária 24 horas presenciais.

Características. Carga horária 24 horas presenciais. 1 Características Sobre o curso As organizações que apresentam melhores resultados financeiros, são nitidamente as que aprendem a lidar com as incertezas de forma proativa. Em mercados em constante mudança

Leia mais

Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO. Curso: Gestão da Tecnologia da Informação. Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS

Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO. Curso: Gestão da Tecnologia da Informação. Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO Curso: Gestão da Tecnologia da Informação Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS ORGANOGRAMA FUNCIANOGRAMA DESENHO DE CARGO E TAREFAS DO DESENVOLVEDOR

Leia mais

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente.

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa Brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS PROFESSOR: Itair Pereira da Silva DISCENTES: Maria das Graças João Vieira Rafael Vitor ORGANOGRAMA PRESIDENTE GERENTE

Leia mais

Otimizando o fluxo de trabalho entre o arquitetônico e o estrutural

Otimizando o fluxo de trabalho entre o arquitetônico e o estrutural Otimizando o fluxo de trabalho entre o arquitetônico e o estrutural Gustavo Vasconcellos FG Consultoria Empresarial Gustavo_Vasconcellos@fgconsultoria.com.br AUBR-44 - Nesta palestra será mostrado que

Leia mais

PMO (Project Management Office) - Implantação de Escritório de Projetos

PMO (Project Management Office) - Implantação de Escritório de Projetos PMO (Project Management Office) - Implantação de Escritório de Projetos Orientações para o Projeto, Implantação, Gerenciamento e Avaliação de Maturidade do Escritório de Projetos Objetivo O que leva as

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

IMPACTOS DO USO X PERFIL DAS EMPRESAS E ANALISAR SEUS PROCESSOS DE GESTÃO DE PROJETOS

IMPACTOS DO USO X PERFIL DAS EMPRESAS E ANALISAR SEUS PROCESSOS DE GESTÃO DE PROJETOS IMPACTOS DO USO X PERFIL DAS EMPRESAS E ANALISAR SEUS PROCESSOS DE GESTÃO DE PROJETOS Vinicius Coutinho dos Santos BARBOSA (1); Michele Tereza Marques CARVALHO (2) (1) Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com.

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com. A pós-graduação é fundamental para manter-se bem colocado no mercado de trabalho e para aperfeiçoar competências profissionais. Além de enriquecer o currículo, este tipo de especialização ajuda a melhorar

Leia mais

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos Terceirização de Processos Empresariais da Capgemini Um componente da área de Serviços Públicos da Capgemini As concessionárias de serviços

Leia mais

LOCAIS DE TRABALHO COM QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PROJETOS ARQUITETÔNICOS

LOCAIS DE TRABALHO COM QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PROJETOS ARQUITETÔNICOS LOCAIS DE TRABALHO COM QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PROJETOS ARQUITETÔNICOS PROJETOS ARQUITETÔNICOS 01 NOSSOS SERVIÇOS Após 35 anos de experiência na área de edificações para o mercado imobiliário gaúcho,

Leia mais

Gestão da Informação da Infraestrutura e Edificações no Setor Público

Gestão da Informação da Infraestrutura e Edificações no Setor Público Gestão da Informação da Infraestrutura e Edificações no Setor Público Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB Washington Gultenberg Lüke BIM Manager DOM/EB Apresentação Pessoal Alexandre Fitzner

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

Aplicação do REVIT em estudos de viabilidade.

Aplicação do REVIT em estudos de viabilidade. . Sergio Leusin GDP Gerenciamento e Desenvolvimento de Projetos Raquel Canellas GDP Gerenciamento e Desenvolvimento de Projetos Apresentação de casos de estudo de viabilidade físico financeira com apoio

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Projetos tem por fornecer conhecimento teórico instrumental que

Leia mais

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 3 Hemisfério esquerdo responsável pelo pensamento lógico e pela competência

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Fortaleza, 5 e 6/julho/2012. A (rápida) evolução do BIM no Brasil Muitos já iniciaram a implantação... Out/2011 Engevix (2009)

Fortaleza, 5 e 6/julho/2012. A (rápida) evolução do BIM no Brasil Muitos já iniciaram a implantação... Out/2011 Engevix (2009) O que é BIM Fortaleza, 5 e 6 de julho de 2012 Eduardo Toledo Santos Escola Politécnica da USP Building Information Modeling ou Modelagem da Informação da Construção BIM é um processo integrado para explorar

Leia mais

Proposição do Manual Técnico de Gestão do Processo de Projeto Colaborativo com o uso do BIM para o Estado de Santa Catarina

Proposição do Manual Técnico de Gestão do Processo de Projeto Colaborativo com o uso do BIM para o Estado de Santa Catarina Proposição do Manual Técnico de Gestão do Processo de Projeto Colaborativo com o uso do BIM para o Estado de Santa Catarina Prof. Dr. Eng. Leonardo Manzione Outubro 2014 Sobre o apresentador Prof. Dr.

Leia mais

BIM. Um Novo Paradigma. BIM: Um Novo Paradigma TQS. Vantagens, Desvantagens e Dificuldades. O BIM do ponto de vista do projeto estrutural

BIM. Um Novo Paradigma. BIM: Um Novo Paradigma TQS. Vantagens, Desvantagens e Dificuldades. O BIM do ponto de vista do projeto estrutural BIM Um Novo Paradigma O BIM do ponto de vista do projeto estrutural O BIM do ponto de vista de um fornecedor de software de projeto estrutural Abram Belk - abram@tqs.com.br 2 Metodologia de projeto Automação

Leia mais

Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP

Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Gestão por Processos SAP Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP Inscrições Abertas: Início das aulas: 24/08/2015 Término das aulas: Agosto de 2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às

Leia mais

IRM- Integrated Risk Management using Risk Simulator Strategic level

IRM- Integrated Risk Management using Risk Simulator Strategic level IRM- Integrated Risk Management using Risk Simulator Strategic level O curso de Gestão Integrada de Risco (IRM), nível estratégico, desenvolvido pela ROV-Brasil (Real Options Valuation Inc.) e oferecido

Leia mais

Plantas Industriais. Objetivo de aprendizado. Sobre o Palestrante. AutoCAD Plant 3D - Inovação em projetos de tubulação

Plantas Industriais. Objetivo de aprendizado. Sobre o Palestrante. AutoCAD Plant 3D - Inovação em projetos de tubulação Plantas Industriais Odair Maciel Dedini Indústrias de Base AutoCAD Plant 3D - Inovação em projetos de tubulação Objetivo de aprendizado Ao final desta palestra você terá condições de: Total conhecimento

Leia mais

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

de empresas, empreendimentos, projetos e obras: tendências e práticas

de empresas, empreendimentos, projetos e obras: tendências e práticas ENCONTRO DE DIRETORES E GESTORES DA CONSTRUÇÃO Planejamento, gestão e governança corporativa de empresas, empreendimentos, projetos e obras: tendências e práticas Por Roberto Souza CONSULTORIA E GERENCIAMENTO

Leia mais

Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP

Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Gestão por Processos SAP Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP Inscrições Abertas: Início das aulas: 25/05/2015 Término das aulas: Maio de 2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às

Leia mais

Go To Market Estratégias de Otimização de Resultados Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Go To Market Estratégias de Otimização de Resultados Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

Gestão Estratégica de Projetos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Gestão Estratégica de Projetos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo Migração de sistemas antigos Avançando para um futuro competitivo A automação e controle é um dos mais importantes investimentos para garantir o sucesso da manufatura de qualquer indústria. Porém, por

Leia mais

Curso preparatório para a certificação COBIT 4.1 Fundation

Curso preparatório para a certificação COBIT 4.1 Fundation Curso preparatório para a certificação COBIT 4.1 Fundation Dentro do enfoque geral em conhecer e discutir os fundamentos, conceitos e as definições de Governança de TI - tecnologia da informação, bem como

Leia mais

GPEC FORMA Formação & Aperfeiçoamento www.gpecforma.com.br

GPEC FORMA Formação & Aperfeiçoamento www.gpecforma.com.br GPEC FORMA Formação & Aperfeiçoamento www.gpecforma.com.br CURSO ON-LINE GESTÃO DE PROJETOS E ESCRITÓRIOS DE ARQUITETURA DESIGN DE INTERIORES INSCRIÇÕES ABERTAS! GESTÃO DE PROJETOS E ESCRITÓRIOS DE ARQUITETURA

Leia mais

Dicas para implantação do Autodesk Vault para pequenas e médias empresas

Dicas para implantação do Autodesk Vault para pequenas e médias empresas Dicas para implantação do Autodesk Vault para pequenas e médias empresas Rodrigo Tito Nova CS Informática Cristiano Oliveira ConsultCAD É sabido por todos que hoje, o processo de desenvolvimento do produto

Leia mais

Quality se destaca no mercado de sistemas de gestão para escolas

Quality se destaca no mercado de sistemas de gestão para escolas Quality se destaca no mercado de sistemas de gestão para escolas As características de gestão escolar e de empresas de outros segmentos são diferentes. Percebendo a falta de um sistema que atendesse as

Leia mais

MBA em Gestão Estratégica e Marketing Digital Objetivo do curso:

MBA em Gestão Estratégica e Marketing Digital Objetivo do curso: Com carga horária de 420 horas o curso MBA em Gestão Estratégica e Marketing Digital é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros no curso: 04) para avaliação nos

Leia mais