DIREITO DO TRABALHO. Aviso prévio e estabilidade definitiva. Prof. Hermes Cramacon

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIREITO DO TRABALHO. Aviso prévio e estabilidade definitiva. Prof. Hermes Cramacon"

Transcrição

1 DIREITO DO TRABALHO Aviso prévio e estabilidade definitiva Prof. Hermes Cramacon

2 Aviso prévio Consiste em uma comunicação que uma parte faz a outra de que pretende extinguir o pacto laboral. Deve ser concedido por ambas as partes. Concedido pelo empregador: empregado escolhe 7 dias corridos ou redução de 2 horas/dia. Caso não conceda o aviso prévio, deverá pagar o período (aviso prévio indenizado), conta-se como tempodeserviço.nãopagarásecomprovarqueo empregado possui novo emprego, súmula 276 TST.

3 Concedido pelo empregado Caso o empregador renuncie o direito, deverá indenizar o empregado. Caso o empregado não conceda o aviso prévio, descontar os salários correspondentes ao respectivo período. Características Ilegal substituir o período que se reduz da jornada de trabalho, no aviso prévio, pelo pagamento das horas correspondentes.

4 O registro da candidatura do empregado a cargo de dirigente sindical durante o período de aviso prévio não lhe assegura a estabilidade no emprego. O pagamento relativo ao período de aviso prévio sujeita-se ao FGTS, súmula 305 TST. Admite retratação, desde que com o consentimento da parte contrária. Poderá haver justa causa durante o aviso, hipóteseemqueseretiraopagamentodeverbas indenizatórias.

5 Caso o empregado trabalhe esse período fala-se em aviso prévio trabalhado. Todavia, se o empregador dispensar o empregado do cumprimento desse período, deverá pagar o salário referente ao período, fala-se, aviso prévio indenizado. Projeção do aviso prévio Ainda que indenizado o aviso prévio integra o tempo de serviço. A data de saída a ser anotada corresponde à do término do prazo do aviso prévio, ainda que indenizado, OJ 82 SDI 1 TST. A prescrição começa a fluir no final do término do aviso prévio, OJ 83 SDI 1 TST.

6 SÚMULA 371 TST - AVISO PRÉVIO INDENIZADO. EFEITOS. SUPERVENIÊNCIA DE AUXÍLIO-DOENÇA NO CURSO DESTE Aprojeçãodocontratodetrabalhoparaofuturo, pela concessão do aviso prévio indenizado, tem efeitos limitados às vantagens econômicas obtidas no período de pré-aviso, ou seja, salários, reflexos e verbas rescisórias. No caso de concessão de auxílio-doença no curso do aviso prévio, todavia, só se concretizam os efeitos da dispensa depois de expirado o benefício previdenciário

7 Aviso prévio proporcional ao tempo de serviço Lei /2011 O aviso prévio será concedido na proporção de 30 dias aos empregados que contem até 1 ano de serviço na mesma empresa. Sobre esse período serão acrescidos 3 dias por ano de serviço prestado na mesma empresa, até o máximo de 60 dias, perfazendo um total de até 90 dias.

8 Além dos 30 (trinta) dias mínimos já assegurados pela norma constitucional, o trabalhador fará jus a outros 3 dias por cada ano completo de trabalho, ou seja, 1 ano completo equivale a 33 dias de aviso prévio, 2 anos geram o direito a 36 dias de aviso prévio; e assim sucessivamente, até que, com 20 anos de atividade para o mesmo emprego, o trabalhador terá direito a 90 dias de aviso prévio. Veja Nota Técnica 184/2012 do MTE

9 Estabilidade definitiva/absoluta: Servidores art. 41 CF Estabilidade decenal art. 492 CLT Estabilidade provisória/garantia de emprego Dirigente sindical inquérito judicial para apuração de falta grave Empregados da CIPA Empregada gestante Empregado acidentado acidente de trabalho Comissão de Conciliação Prévia - inquérito judicial para apuração de falta grave

10 Membros do Conselho Curador do FGTS Membros do Conselho Nacional de Previdência Social - inquérito judicial para apuração de falta grave Diretores de Sociedade Cooperativa - inquérito judicial para apuração de falta grave Portadores do vírus HIV ou outra doença grave

11 Estabilidade definitiva/absoluta Servidores -art.41dacf Art. 41. São estáveis após três anos de efetivo exercício os servidores nomeados paracargodeprovimentoefetivoemvirtude de concurso público. Requisitos: a) 3 anos de estágio probatório; b) Investidura em cargo de provimento efetivo.

12 SÚMULA 390 TST - ESTABILIDADE. ART. 41 DA CF/1988. CELETISTA. ADMINISTRAÇÃO DIRETA, AUTÁRQUICA OU FUNDACIONAL. APLICABILIDADE. EMPREGADO DE EMPRESA PÚBLICA E SOCIEDADE DE ECONOMIA MISTA. INAPLICÁVEL I - O servidor público celetista da administração direta, autárquica ou fundacional é beneficiário da estabilidade prevista no art. 41 da CF/1988. II - Ao empregado de empresa pública ou de sociedade de economia mista, ainda que admitido mediante aprovação em concurso público, não é garantida a estabilidade prevista no art. 41 da CF/1988.

13 Estabilidade decenal - art. 492 CLT Espécie de retribuição ao empregado que prestou serviço ao mesmo empregador por um período de 10 anos. Súmula 26 TST - ESTABILIDADE (cancelada) Presume-se obstativa à estabilidade a despedida, sem justo motivo, do empregado que alcançar nove anos de serviço na empresa.

14 Assinale a opção correta: (A) O servidor público celetista da administração direta, autárquica ou fundacional não é beneficiário da estabilidade prevista no art. 41 CF. (B) Ao empregado de sociedade de economia mista é garantida a estabilidade prevista no art. 41 CF. (C) Para os empregados com menos de 1 ano de trabalho para a mesma empresa é assegurado aviso prévio de até 90 dias. (D) Para os empregados com 3 anos completos de trabalho para a mesma empresa, será concedido aviso prévio de 39 dias.

Professor: Joaquim Estevam de Araújo Neto Fone: (95) Protegido pela Lei nº 9.610/98 - Lei de Direitos Autorais

Professor: Joaquim Estevam de Araújo Neto Fone: (95) Protegido pela Lei nº 9.610/98 - Lei de Direitos Autorais Professor: Joaquim Estevam de Araújo Neto Fone: (95) 99112-3636 - netobv@hotmail.com Protegido pela Lei nº 9.610/98 - Lei de Direitos Autorais 1 Nas relações de emprego por prazo indeterminado, quando

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO II AVISO PRÉVIO

DIREITO DO TRABALHO II AVISO PRÉVIO DIREITO DO TRABALHO II AVISO PRÉVIO CLT ART. 487 PRÉVIO Art. 487 - Não havendo prazo estipulado, a parte que, sem justo motivo, quiser rescindir o contrato deverá avisar a outra da sua resolução com a

Leia mais

ESTABILIDADE DO EMPREGO X ESTABILIDADE NO EMPREGO

ESTABILIDADE DO EMPREGO X ESTABILIDADE NO EMPREGO ESTABILIDADES ESTABILIDADE DO EMPREGO X ESTABILIDADE NO EMPREGO ESTABILIDADE DO EMPREGO: é a estabilidade no sentido econômico, que se refere a uma política geral que se caracteriza pelo conjunto de medidas

Leia mais

ESTABILIDADE E GARANTIA DE EMPREGO DIREITO DO TRABALHO II. - Aula 3 Estabilidade x Garantia de Emprego. Conteúdo Programático desta aula

ESTABILIDADE E GARANTIA DE EMPREGO DIREITO DO TRABALHO II. - Aula 3 Estabilidade x Garantia de Emprego. Conteúdo Programático desta aula - Aula 3 Estabilidade x Garantia de Emprego Conteúdo Programático desta aula Estabilidade: Conceito. - Estabilidade x Garantia de Emprego - Reintegração x Readmissão; - Hipóteses de estabilidade: decenal,

Leia mais

Estabilidade e. Direito do Trabalho. Garantias Provisórias do Emprego

Estabilidade e. Direito do Trabalho. Garantias Provisórias do Emprego Estabilidade e Direito do Trabalho Garantias Provisórias do Emprego Estabilidade Trata-se de estabilidade provisória que confere garantia temporária ao emprego. É a permanência obrigatória do empregado

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO I. Dos Princípios e Fontes do Direito do Trabalho.... 002 II. Dos Direitos Constitucionais dos Trabalhadores (Art. 7.º da CRFB/88)... 010 III. Da Relação de Trabalho e da Relação de

Leia mais

Preparando você para o sucesso! ESTABILIDADES E GARANTIAS PROVISÓRIAS NO EMPREGO

Preparando você para o sucesso! ESTABILIDADES E GARANTIAS PROVISÓRIAS NO EMPREGO www.fagnersandes.com.br Preparando você para o sucesso! ESTABILIDADES E GARANTIAS PROVISÓRIAS NO EMPREGO Inicialmente, cabe registrar, que estabilidade é o direito do empregado de permanecer no emprego

Leia mais

AVISO-PRÉVIO PROPORCIONAL AO TEMPO DE SERVIÇO - LEI Nº /2011 IMPLICAÇÕES TRABALHISTAS

AVISO-PRÉVIO PROPORCIONAL AO TEMPO DE SERVIÇO - LEI Nº /2011 IMPLICAÇÕES TRABALHISTAS AVISO-PRÉVIO PROPORCIONAL AO TEMPO DE SERVIÇO - LEI Nº. 12.506/2011 IMPLICAÇÕES TRABALHISTAS O Governo Federal sancionou a Lei nº. 12.506/2011 para determinar que o aviso-prévio, de que trata o Capítulo

Leia mais

ESTABILIDADE- DIRIGENTE SINDICAL

ESTABILIDADE- DIRIGENTE SINDICAL AULA 4: Estabilidade e garantia de emprego: Dirigente sindical. Representantes dos empregados na CIPA e na CCP. Representantes dos empregados no Conselho Curador do FGTS e no Conselho Previdenciário; Servidor

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos. Quando o empregado é demitido no período de 30 (trinta) dias que antecede a data-base

Parecer Consultoria Tributária Segmentos. Quando o empregado é demitido no período de 30 (trinta) dias que antecede a data-base Quando o 23/06/2014 Sumário 1 Questão... 3 2 Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 2.1 Procedimento... 3 3 Análise da Consultoria... 3 3.1 Lei 12.506/2011... 4 3.2 Exemplos práticos... 5 4 Conclusão...

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO 9 RESPOSTAS

ESTUDO DIRIGIDO 9 RESPOSTAS ESTUDO DIRIGIDO 9 RESPOSTAS 1. Garantias no Emprego 1.1. As duas figuras são extremamente próximas, já que ambas restringem as alternativas de extinção do contrato de trabalho. Não obstante a forte proximidade

Leia mais

Como proceder nos contratos por prazo O que é estabilidade provisória? determinado?

Como proceder nos contratos por prazo O que é estabilidade provisória? determinado? O que é estabilidade provisória? É o período em que o empregado tem seu emprego garantido, não podendo ser dispensado por vontade do empregador, salvo por justa causa ou força maior. Encontram-se previstas

Leia mais

TEMA: ESTABILIDADES 1 ESTABILIDADE DA GESTANTE SUM 244 GESTANTE. ESTABILIDADE PROVISÓRIA (incorporadas as Orientações Jurisprudenciais nºs 88 e 196 da SBDI 1) Res. 129/2005, DJ 20, 22 e 25.04.2005 I O

Leia mais

Direito do Trabalho p/ TRT-CE Prof. Antonio Daud

Direito do Trabalho p/ TRT-CE Prof. Antonio Daud Direito do Trabalho p/ TRT-CE www.facebook.com/adaudjr @prof.antoniodaudjr COMO ESTUDAR DIREITO DO TRABALHO P/ TRT-CE? REFORMA TRABALHISTA? 1 Princípios e fontes do direito do trabalho. 8.4 Culpa recíproca.

Leia mais

Ementa aulas dia 27 de abril de 2015 ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO CONSTITUCIONAL

Ementa aulas dia 27 de abril de 2015 ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO CONSTITUCIONAL Ementa aulas dia 27 de abril de 2015 ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO CONSTITUCIONAL Professor: Pós-Doutor Marco Antônio César Villatore (Titular do Doutorado em Direito

Leia mais

TERMINAÇÃO CONTR. E PROTEÇÃO EM FACE DA DISPENSA 1

TERMINAÇÃO CONTR. E PROTEÇÃO EM FACE DA DISPENSA 1 Aula 7: Estabilidade e Garantias de Emprego... 2 Introdução... 2 Conteúdo... 3 Estabilidade e garantia do emprego... 3 Atividade proposta... 3 Estabilidade e garantia de emprego... 4 Aprenda Mais... 6

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO ESTABILIDADES NO EMPREGO *Estabilidade x garantia de emprego - segundo Vólia Bonfim, a estabilidade é uma espécie do gênero garantia de emprego. Nesse sentido, todas as formas de se estimular o emprego,

Leia mais

PRINCIPAIS ESTABILIDADES PREVISTAS NO DIREITO DO TRABALHO:

PRINCIPAIS ESTABILIDADES PREVISTAS NO DIREITO DO TRABALHO: PRINCIPAIS ESTABILIDADES PREVISTAS NO DIREITO DO TRABALHO: GESTANTE (artigo 10, inciso II, letra b do ADCT): estabilidade desde a confirmação da gravidez até 5 meses após o parto. II - fica vedada a dispensa

Leia mais

SISTEMA DE INDENIZAÇÃO DO TEMPO DE SERVIÇO (FGTS) DIREITO DO TRABALHO II. Aula 2 Indenização do tempo de serviço. Conteúdo Programático desta aula

SISTEMA DE INDENIZAÇÃO DO TEMPO DE SERVIÇO (FGTS) DIREITO DO TRABALHO II. Aula 2 Indenização do tempo de serviço. Conteúdo Programático desta aula Aula 2 Indenização do tempo de serviço Conteúdo Programático desta aula Indenização por tempo de serviço: conceito, fundamentos jurídicos e evolução histórica. O sistema do FGTS: evolução histórica; natureza

Leia mais

INDENIZAÇÃO ADICIONAL - DEVIDA NA DESPEDIDA ANTES DA DATA-BASE

INDENIZAÇÃO ADICIONAL - DEVIDA NA DESPEDIDA ANTES DA DATA-BASE INDENIZAÇÃO ADICIONAL - DEVIDA NA DESPEDIDA ANTES DA DATA-BASE A Lei 6.708/79 e a Lei 7.238/84, ambas no artigo 9º, determinam uma Indenização Adicional, equivalente a um salário mensal, no caso de dispensa

Leia mais

Direitos Trabalhistas Justiça do Trabalho e Recursos Humanos

Direitos Trabalhistas Justiça do Trabalho e Recursos Humanos Direitos Trabalhistas Justiça do Trabalho e Recursos Humanos Palestrante: Estabilidade gestante Estabilidade Acidentária Jornada 12 x 36 Períodos de Intervalo Insalubridade Prof. Cristiano Magalhães 1

Leia mais

Coleção Sinopses para Concursos Guia de leitura da Coleção... 17

Coleção Sinopses para Concursos Guia de leitura da Coleção... 17 Coleção Sinopses para Concursos... 15 Guia de leitura da Coleção... 17 Capítulo 1 FONTES DO DIREITO DO TRABALHO... 19 1. Conceito... 19 2. Classificação... 19 2.1. Fontes materiais... 19 2.2. Fontes formais...

Leia mais

Relatório - Plano de Aula 28/01/ :34

Relatório - Plano de Aula 28/01/ :34 Página: 1/9 Disciplina: CCJ0101 - TÓPICOS INTERDISCIPLINARES Semana Aula: 4 Direito do Trabalho e Processual do Trabalho (Aula 3/5) Ao final da aula, o aluno deverá ser capaz de: DESCRIÇÃO DO PLANO DE

Leia mais

Não obstante, passou a existir algumas estabilidades provisórias em detrimento de casos específicos como será visto posteriormente.

Não obstante, passou a existir algumas estabilidades provisórias em detrimento de casos específicos como será visto posteriormente. DIREITO DO TRABALHO 1. Estabilidade Anteriormente a lei do FGTS, o empregado adquiria a estabilidade no emprego após 10 anos de serviço no mesmo empregador. Assim, a partir disso, o empregado estável ficava

Leia mais

Inquérito para apuração de falta grave 1

Inquérito para apuração de falta grave 1 Inquérito para apuração de falta grave 1 1. Conceito e peculiaridades Diante do art. 492 da CLT, verifica-se que o empregado que contar com mais de dez anos de serviço, na mesma empresa não poderá ser

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Fontes e princípios do Direito do Trabalho Prof. Hermes Cramacon 1. Fontes materiais - norma ainda não positivada. Momento pré-jurídico. Correntes de pensamento econômico, jurídico,

Leia mais

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 3º Semestre Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula. 16º Ponto Estabilidade

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 3º Semestre Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula. 16º Ponto Estabilidade 1. Conceito. 2. Classificação da estabilidade. 3. Tipos de estabilidade: Tempo de serviço. Dirigente sindical. Membro da CIPA. Gestante. Acidentado. Membro do FGTS. Diretor de cooperativa. Membro da Comissão

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Aviso Prévio Misto

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Aviso Prévio Misto Aviso Prévio Misto 01/12/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 4 5. Informações Complementares... 5 6.

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Férias. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Férias. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Férias Prof. Hermes Cramacon Férias art. 7º, XVII, CF. Conceito Período de descanso em que o empregado não presta serviços, mas possui o direito de receber a remuneração. Modalidade

Leia mais

LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA

LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA 1 Contrato de trabalho é o negócio jurídico entre uma pessoa física (empregado) e outra pessoa física ou jurídica (empregador) sobre condições de trabalho, em que se busca a execução de uma atividade e

Leia mais

SISTEMA DE INDENIZAÇÃO DO TEMPO DE SERVIÇO (FGTS) DIREITO DO TRABALHO II. Aula 9 Indenização do tempo de serviço. Conteúdo Programático desta aula

SISTEMA DE INDENIZAÇÃO DO TEMPO DE SERVIÇO (FGTS) DIREITO DO TRABALHO II. Aula 9 Indenização do tempo de serviço. Conteúdo Programático desta aula Aula 9 Indenização do tempo de serviço Conteúdo Programático desta aula Indenização por tempo de serviço: conceito, fundamentos jurídicos e evolução histórica. O sistema do FGTS: evolução histórica; natureza

Leia mais

PROCEDIMENTO COMUM - O procedimento comum no direito processual do trabalho subdivide-se se em sumário, sumaríssimo e ordinário. A) PROCEDIMENTO SUMÁR

PROCEDIMENTO COMUM - O procedimento comum no direito processual do trabalho subdivide-se se em sumário, sumaríssimo e ordinário. A) PROCEDIMENTO SUMÁR AULA DE PROCESSO DO TRABALHO Prof. Maria Cláudia Felten PROCEDIMENTO COMUM - O procedimento comum no direito processual do trabalho subdivide-se se em sumário, sumaríssimo e ordinário. A) PROCEDIMENTO

Leia mais

JUNIOR DI OLIVEIRA ANALISANDO O EDITAL

JUNIOR DI OLIVEIRA ANALISANDO O EDITAL JUNIOR DI OLIVEIRA ANALISANDO O EDITAL Noções de Direito do Trabalho Analista Judiciário Área Administrativa Dos princípios e fontes do Direito do Trabalho. Dos direitos constitucionais dos trabalhadores

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO II

DIREITO DO TRABALHO II DIREITO DO TRABALHO II material 05 (Lázaro Luiz Mendonça Borges) 5. AVISO PRÉVIO 5.1. Definição de aviso prévio: é uma declaração unilateral receptícia, assim identificada porque somente gera efeito quando

Leia mais

ESAF 2010: Considerando a jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho, assinale a opção correta.

ESAF 2010: Considerando a jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho, assinale a opção correta. ESAF 2010: Considerando a jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho, assinale a opção correta. a) O adiantamento da gratificação natalina deve ser pago no mesmo mês para todos os empregados da empresa,

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Remuneração e salário. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Remuneração e salário. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Remuneração e salário Prof. Hermes Cramacon Remuneração Consiste na somatória da contraprestação paga diretamente pelo empregador, seja em pecúnia, seja em utilidades, com a quantia

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Jornada de trabalho II. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Jornada de trabalho II. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Jornada de trabalho II Prof. Hermes Cramacon Jornada de trabalho dos bancários A jornada de trabalho comum dos bancários será de 6 horas, com exceção dos sábados, que é considerado

Leia mais

PRESCRIÇÃO E DECADÊNCIA

PRESCRIÇÃO E DECADÊNCIA PRESCRIÇÃO E DECADÊNCIA Definição a) Prescrição perda da exigibilidade judicial de um direito (pretensão), em consequência de não ter sido exigido pelo credor ao devedor durante certo lapso de tempo art.

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR JOÃO DA SILVA, brasileiro, casado, auxiliar de produção, portador da Cédula de Identidade RG nº, inscrito no CPF sob nº, portador da

Leia mais

Dispensa Sem Justa Causa. Dispensa com Justa Causa. (**) Culpa Recíproca ou Força Maior. Rescisão Indireta. Pedido de Demissão

Dispensa Sem Justa Causa. Dispensa com Justa Causa. (**) Culpa Recíproca ou Força Maior. Rescisão Indireta. Pedido de Demissão RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO VERBAS RESCISÓRIAS (Antes de qualquer procedimento rescisório, importante ler os cuidados especiais ao final Verbas adicionais) Dispensa Sem Justa Causa AvisoPrévio Dispensa

Leia mais

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Questões Comentadas (Aula 3) Segue às questões da Vunesp do concurso de procurador municipal, devidamente comentada. Alteração do contrato 1. Complete a frase: A mudança

Leia mais

O reclamante iniciou a prestação de serviços em favor da primeira reclamada em 02/01/2012. No entanto, mesmo trabalhando sob

O reclamante iniciou a prestação de serviços em favor da primeira reclamada em 02/01/2012. No entanto, mesmo trabalhando sob Excelentíssimo Juiz do Trabalho da Vara de Jose da Silva, nacionalidade, residente na, estado civil, CTPS no., RG, CPF, filho de, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, com procuração em anexo

Leia mais

INQUÉRITO PARA APURAÇÃO DE FALTA GRAVE

INQUÉRITO PARA APURAÇÃO DE FALTA GRAVE ESTABILIDADE ESTABILIDADE DEFINITIVA X ESTABILIDADE PROVISÓRIA (GARANTIA DE EMPREGO) DIRIGENTE SINDICAL Art. 8, VIII CF + Art. 543, 3º CLT + Súmula 369 TST Tanto titulares como SUPLENTES (dirigentes sindicais)

Leia mais

TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO

TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO Aula 3 Terminação do Contrato de Trabalho Professora: Maria Inês Gerardo www.mariainesgerardo.com.br MARIA INÊS GERARDO Conteúdo Programático desta aula Causas de extinção do contrato de trabalho e os

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Aviso Prévio Misto

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Aviso Prévio Misto Aviso Prévio Misto 01/12/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 4 5. Informações Complementares... 5 6.

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Término do contrato de trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Término do contrato de trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Término do contrato de trabalho Prof. Hermes Cramacon Resilição do contrato de trabalho Uma ou ambas as partes resolvem, sem justo motivo, romper o pacto laboral. Dispensa sem justa

Leia mais

SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE ITU FILIADO A FESSPMESP

SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE ITU FILIADO A FESSPMESP 1 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 - CELETISTA Pelo presente instrumento particular de Acordo Coletivo de Trabalho de um lado o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Itu, entidade

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO EXTINÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO. GARANTIAS PROVISÓRIAS DE EMPREGO. Prof. Antero Arantes Martins

DIREITO DO TRABALHO EXTINÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO. GARANTIAS PROVISÓRIAS DE EMPREGO. Prof. Antero Arantes Martins DIREITO DO TRABALHO EXTINÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO. GARANTIAS PROVISÓRIAS DE EMPREGO Prof. Antero Arantes Martins Introdução. Modalidades de rescisão. Rescisão por iniciativa do empregador Dispensa Arbitrária

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. EXTINÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO. GARANTIAS PROVISÓRIAS DE EMPREGO Prof. Antero Arantes Martins. (20, 22, 27 e 29/06)

DIREITO DO TRABALHO. EXTINÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO. GARANTIAS PROVISÓRIAS DE EMPREGO Prof. Antero Arantes Martins. (20, 22, 27 e 29/06) DIREITO DO TRABALHO EXTINÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO. GARANTIAS PROVISÓRIAS DE EMPREGO Prof. Antero Arantes Martins (20, 22, 27 e 29/06) Introdução. Modalidades de rescisão. Rescisão por iniciativa do

Leia mais

AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL

AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL OUTUBRO DE 2011 NOTA TÉCNICA AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL A Lei 12.506/11, publicada no Diário Oficial da União do dia 13 de outubro de 2011, amplia o aviso prévio dos atuais 30 dias para até 90 dias. Esta

Leia mais

SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE ITU FILIADO A FESSP-MESP

SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE ITU FILIADO A FESSP-MESP ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 REGIME DE TRABALHO CELETISTA Cláusula 1ª. REPOSIÇÃO SALARIAL. Os empregadores concederão a título de reposição salarial, o percentual correspondente a 5.62% (cinco

Leia mais

Professor: Joaquim Estevam de Araújo Neto Fone: (95) Protegido pela Lei nº 9.610/98 - Lei de Direitos Autorais

Professor: Joaquim Estevam de Araújo Neto Fone: (95) Protegido pela Lei nº 9.610/98 - Lei de Direitos Autorais Professor: Joaquim Estevam de Araújo Neto Fone: (95) 99112-3636 - netobv@hotmail.com Protegido pela Lei nº 9.610/98 - Lei de Direitos Autorais 1 As Férias é um direito do empregado e indisponível; As férias

Leia mais

Direito Trabalhista 1

Direito Trabalhista 1 Direito Trabalhista 1 Homologação. Seguro desemprego. Verbas rescisórias. Homologação da rescisão contratual Os contratos de trabalho com duração igual ou superior a 12 meses, quando rescindidos, há necessidade

Leia mais

EQUIPE DE PROFESSORES DE TRABALHO DO DAMÁSIO CURSO DE 2ª FASE DA OAB EXAME PLANO DE ESTUDO - DIREITO DO TRABALHO

EQUIPE DE PROFESSORES DE TRABALHO DO DAMÁSIO CURSO DE 2ª FASE DA OAB EXAME PLANO DE ESTUDO - DIREITO DO TRABALHO EQUIPE DE PROFESSORES DE TRABALHO DO DAMÁSIO CURSO DE 2ª FASE DA OAB EXAME 2011.2 PLANO DE ESTUDO - DIREITO DO TRABALHO 1ª SEMANA Princípios 1. Princípios norteadores do Direito do Trabalho: 1.1 Princípio

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Sujeitos do contrato de trabalho / empregador. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Sujeitos do contrato de trabalho / empregador. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Sujeitos do contrato de trabalho / empregador Prof. Hermes Cramacon Avulso Trabalhador portuário - Lei 12.815/2013. Trabalhador não portuário - Lei 12.023/2009. Conceito: Aquele que

Leia mais

S UMÁRIO. Capítulo 1 Direito do Trabalho... 1

S UMÁRIO. Capítulo 1 Direito do Trabalho... 1 S UMÁRIO Capítulo 1 Direito do Trabalho... 1 1. Trabalho...1 1.1. Origem da palavra...1 1.2. Definição... 1 1.3. Conceito... 2 1.4. Característica...2 1.5. Divisão... 2 1.6. Fundamento...3 1.7. Breve histórico

Leia mais

DIREITOS BÁSICOS DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGIDOS PELA CLT Por Rafael Carneiro de Araújo, OAB nº Advogado SINDIMEV - BA O médico veterinário

DIREITOS BÁSICOS DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGIDOS PELA CLT Por Rafael Carneiro de Araújo, OAB nº Advogado SINDIMEV - BA O médico veterinário DIREITOS BÁSICOS DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGIDOS PELA CLT Por Rafael Carneiro de Araújo, OAB nº 28.206 Advogado SINDIMEV - BA O médico veterinário pode atuar profissionalmente com naturezas de prestação

Leia mais

DURAÇÃO DO TRABALHO. Paula Freire 2015

DURAÇÃO DO TRABALHO. Paula Freire 2015 DURAÇÃO DO TRABALHO Paula Freire 2015 Jornada Do francês, journée, trabalho realizado durante um dia, do nascer ao pôr do sol. Duração do trabalho: Tempo em que o empregado está a disposição do empregador.

Leia mais

Períodos de repouso.

Períodos de repouso. Períodos de repouso. 1. Introdução: a) O estudo da duração do trabalho abrange não só a análise da jornada de trabalho, mas também dos períodos de repouso que são assegurados ao empregador. b) Os períodos

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Trata-se de reclamação trabalhista sob o rito ordinário visto que a empresa foi fechada e seus representantes se encontram em local incerto e não sabido, à medida que o art. 825-B, II,

Leia mais

Direito do Trabalho. Prescrição e Decadência

Direito do Trabalho. Prescrição e Decadência Direito do Trabalho Prescrição e Decadência Prescrição Prescrição é a perda do direito de pleitear em juízo um determinado direito, em virtude do transcurso de um período de tempo previsto em lei. Prescrição

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR026019/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 12/05/2015 ÀS 09:44 FEDERACAO DO COMERCIO DE BENS, SERVICOS E TURISMO DO ESTADO DE MINAS GERAIS

Leia mais

Jornada de trabalho.

Jornada de trabalho. Jornada de trabalho. 1. Conceito: é uma medida de tempo no qual se inclui o labor diário. a) 1ª concepção: teoria do tempo efetivamente trabalhado, sendo o período do dia em que o empregado efetivamente

Leia mais

NOVO TRCT Portaria 2.685/2011;

NOVO TRCT Portaria 2.685/2011; SEÇÃO DE RELAÇÕES DO TRABALHO NOVO TRCT Portaria 2.685/2011; Portaria 1.621/2010; Portaria 1.057/2012 Portaria 1.057/2012 (altera e complementa a Portaria 1.621/10, que instituiu os novos modelos do TRCT)

Leia mais

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR CACILDA BARRANCOS, brasileira, casada, profissão..., residente e domiciliada na Rua do Aeroporto, nº 250, Afonso Pena, São José dos

Leia mais

Textos, filmes e outros materiais. Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Habilidades e Competências. Semana. Tipo de aula

Textos, filmes e outros materiais. Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Habilidades e Competências. Semana. Tipo de aula PLANO DE CURSO DISCIPLINA: DIREITO COLETIVO DO TRABALHO (CÓD.: ENEX 60140) ETAPA: 8ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências

Leia mais

PRESCRIÇÃO TRABALHISTA E A PROBLEMÁTICA DO AVISO-PRÉVIO INDENIZADO

PRESCRIÇÃO TRABALHISTA E A PROBLEMÁTICA DO AVISO-PRÉVIO INDENIZADO PRESCRIÇÃO TRABALHISTA E A PROBLEMÁTICA DO AVISO-PRÉVIO INDENIZADO Geandre Bucair Santos 1 A Constituição Federal/88, em seu artigo 7º, inciso XXIX, determina o prazo prescricional para que o empregado

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. Princípios. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. Princípios. Prof. Hermes Cramacon DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Princípios Prof. Hermes Cramacon Processo Conjunto de atos coordenados que buscam a prestação jurisdicional. Procedimento É a forma pela qual o processo se desenvolverá.

Leia mais

Posicionamento Consultoria De Segmentos Contrato de Experiência - Afastamento

Posicionamento Consultoria De Segmentos Contrato de Experiência - Afastamento Contrato de Experiência - Afastamento 03/06/2016 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 6 5. Informações Complementares...

Leia mais

Direito do Trabalho Estabilidades Provisórias Konrad Mota. 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Direito do Trabalho Estabilidades Provisórias Konrad Mota. 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Direito do Trabalho Estabilidades Provisórias Konrad Mota 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. SUMÁRIO Estabilidades provisórias Dirigente sindical Representante

Leia mais

Indicações de bibliográficas: CLT. Leis e artigos importantes: OJ até 421 SÚMULAS TST até 444

Indicações de bibliográficas: CLT. Leis e artigos importantes: OJ até 421 SÚMULAS TST até 444 CURSO: OAB X EXAME - NOITE DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO PROFESSOR: JULIANA MONTEIRO AULA 01 BLOCO: 01- MATÉRIA: INTRODUÇÃO (LEI TRABALHISTA NO TEMPO E ESPAÇO, FONTES, EMPREGADO). Indicações de bibliográficas:

Leia mais

INTERVALOS / FÉRIAS / DSR

INTERVALOS / FÉRIAS / DSR INTERVALOS / FÉRIAS / DSR INTERVALOS DE DESCANSO Os intervalos de trabalho estão intimamente ligados com a saúde do trabalhador, vez que são outorgados com o intuito de restaurar as energias do trabalhador

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016. Confira a autenticidade no endereço

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016. Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001404/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/04/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR019141/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.005615/2015-22 DATA DO

Leia mais

PARECER Nº, DE RELATORA: Senadora LÍDICE DA MATA I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE RELATORA: Senadora LÍDICE DA MATA I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2013 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS, em decisão terminativa, sobre o Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 61, de 2013, do Senador GIM, que dispõe sobre a estabilidade provisória da empregada

Leia mais

Sumário 1. Parte I DIREITO DO TRABALHO. Henrique Correia

Sumário 1. Parte I DIREITO DO TRABALHO. Henrique Correia Sumário 1 Parte I DIREITO DO TRABALHO Henrique Correia Capítulo I REGULAMENTO DE EMPRESA, PRINCÍPIOS E PROGRAMA DE INCENTIVO À DEMISSÃO VOLUNTÁRIA... 17 1. Regulamento de empresa... 17 1.1. Complementação

Leia mais

Tema Lei Anterior Lei nº /2017 Medida Provisória

Tema Lei Anterior Lei nº /2017 Medida Provisória Tema Lei Anterior Lei nº. 13.467/2017 Medida Provisória Terceirização Sócio Retirante Salário e Remuneração A Lei nº. 13.429/2017, a qual permite a contratação de prestadores de serviços especializados

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE

EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE José, brasileiro, estado civil, portador do RG, CPF, CTPS, residente e domiciliado na, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, conforme procuração

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Orientador Empresarial ORIENTAÇÕES TRABALHO Equiparação Salarial Considerações Gerais Sumário 1. Conceito 2. Mesma Localidade 3. Trabalho

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR371 Direito do Trabalho II

Programa Analítico de Disciplina DIR371 Direito do Trabalho II 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 3 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal 3 0 3

Leia mais

Sumário CAPÍTULO I INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO CAPÍTULO II SUJEITOS DA RELAÇÃO DE TRABALHO QUESTÕES QUESTÕES...

Sumário CAPÍTULO I INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO CAPÍTULO II SUJEITOS DA RELAÇÃO DE TRABALHO QUESTÕES QUESTÕES... Sumário CAPÍTULO I INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO... 17 QUESTÕES... 17 1. PARTE HISTÓRICA... 17 2. INTERPRETAÇÃO E INTEGRAÇÃO... 25 3. FONTES... 31 4. PRINCÍPIOS... 43 5. FLEXIBILIZAÇÃO DO DIREITO DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS001260/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 17/07/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR034965/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.008742/2012-81 DATA DO

Leia mais

ESTABILIDADE E GARANTIAS DE EMPREGO

ESTABILIDADE E GARANTIAS DE EMPREGO 1 ESTABILIDADE E GARANTIAS PROVISÓRIAS DE EMPREGO: CONCEITO, CARACTERIZAÇÃO E DISTINÇÕES. FORMAS DE ESTABILIDADE. O FUNDO DE GARANTIA DO TEMPO DE SERVIÇO. ESTABILIDADE 1. Histórico: Constituição Federal

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2017/2018 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG003424/2017 DATA DE REGISTRO NO MTE: 09/08/2017 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR045925/2017 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.004125/2017-81 DATA DO

Leia mais

FÉRIAS COLETIVAS Fracionamento, Abono Pecuniário, Regime de Tempo Parcial, Procedimentos

FÉRIAS COLETIVAS Fracionamento, Abono Pecuniário, Regime de Tempo Parcial, Procedimentos FÉRIAS COLETIVAS Fracionamento, Abono Pecuniário, Regime de Tempo Parcial, Procedimentos ROTEIRO 1. INTRODUÇÃO 2. FRACIONAMENTO E PERÍODOS MÍNIMO E MÁXIMO 3. MENORES DE 18 E MAIORES DE 50 ANOS 4. MEMBROS

Leia mais

Exame de Ordem Comentários à prova de Direito do Trabalho, aplicada em

Exame de Ordem Comentários à prova de Direito do Trabalho, aplicada em Exame de Ordem 2010.3 Comentários à prova de Direito do Trabalho, aplicada em 13.02.2011 69. Paulo possuía uma casa de campo, situada em região rural da cidade de Muzambinho MG, onde costumava passar todos

Leia mais

As recentes alterações da jurisprudência do TST

As recentes alterações da jurisprudência do TST Curso de Orientação Jurisprudencial Professor Homero Batista Mateus da Silva Início: 05 de fevereiro de 2013. Término: 25 de junho de 2013. As recentes alterações da jurisprudência do TST Ação Civil Pública

Leia mais

Ensaio sobre a nova Lei dos Empregados Domésticos

Ensaio sobre a nova Lei dos Empregados Domésticos www.fagnersandes.com.br Preparando você para o sucesso! Ensaio sobre a nova Lei dos Empregados Domésticos Regulamentado pela Lei Complementar n. 150/15, empregado doméstico é aquele que presta serviços

Leia mais

Seguridade do Servidor Federal Lei 8112/1990

Seguridade do Servidor Federal Lei 8112/1990 Seguridade do Servidor Federal Lei 8112/1990 - Lei 8122/1990, arts. 183 a 230 Professora Claudete Pessôa SEGURIDADE SOCIAL DO SERVIDOR A União manterá Plano de Seguridade Social para o servidor e sua família

Leia mais

Sumário. Direito_Trabalho_Simplificado_Cad_00.indd 13 24/06/ :03:33

Sumário. Direito_Trabalho_Simplificado_Cad_00.indd 13 24/06/ :03:33 Sumário Capítulo 1 História e Evolução do Direito do Trabalho... 1 1.1. Sumário da Evolução Histórica do Direito do Trabalho no Mundo... 1 1.2. Sumário da Evolução Histórica do Direito do Trabalho no Brasil...

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR Obs: os espaços deste exercício tem a função de facilitar a visualização do aluno. Não é aconselhável pular linhas na prova. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR CACILDA

Leia mais

REFORMA TRABALHISTA Prof. Antonio Daud

REFORMA TRABALHISTA Prof. Antonio Daud REFORMA TRABALHISTA Prof. Antonio Daud www.facebook.com/adaudjr @prof.antoniodaudjr VACATIO LEGIS Negociado x legislado O que pode negociar? O que não pode? Negociado x legislado Exercício Em quais dos

Leia mais

HOMOLOGAÇÃO DA RESCISÃO CONTRATUAL DIREITO DO TRABALHO II. Aula 9 Homologação da terminação do. Maria Inês Gerardo

HOMOLOGAÇÃO DA RESCISÃO CONTRATUAL DIREITO DO TRABALHO II. Aula 9 Homologação da terminação do. Maria Inês Gerardo Aula 9 Homologação da terminação do contrato de trabalho Maria Inês Gerardo www.mariainesgerardo.com.br Facebook: Maria Inês Gerardo Conteúdo Programático desta aula Homologação da terminação do contrato

Leia mais

ACÓRDÃO RO Fl. 1. JUÍZA CONVOCADA REJANE SOUZA PEDRA Órgão Julgador: 5ª Turma. 1ª Vara do Trabalho de Porto Alegre

ACÓRDÃO RO Fl. 1. JUÍZA CONVOCADA REJANE SOUZA PEDRA Órgão Julgador: 5ª Turma. 1ª Vara do Trabalho de Porto Alegre 0000487-48.2011.5.04.0001 RO Fl. 1 JUÍZA CONVOCADA REJANE SOUZA PEDRA Órgão Julgador: 5ª Turma Recorrente: Recorrido: Origem: Prolator da Sentença: GLAUCO ALFREDO GAUDIO - Adv. Ana Rita Corrêa Pinto Nakada,

Leia mais

AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL. CRÍTICA À NOTA TÉCNICA 184 DO MTE.

AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL. CRÍTICA À NOTA TÉCNICA 184 DO MTE. AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL. CRÍTICA À NOTA TÉCNICA 184 DO MTE. VICTOR FARJALLA A Secretaria de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego, por intermédio da Coordenação-Geral de Relações do

Leia mais

SUSPENSÃO E INTERRUPÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO

SUSPENSÃO E INTERRUPÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO SUSPENSÃO E INTERRUPÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO FUNDAMENTOS Como um dos princípios do Direito do Trabalho, a continuidade da relação de emprego reflete-se no ordenamento jurídico, entre outros, por meio

Leia mais

Curso de Orientação Jurisprudencial prof. Homero Batista Mateus da Silva. Tema: Remuneração, salário e benefícios.

Curso de Orientação Jurisprudencial prof. Homero Batista Mateus da Silva. Tema: Remuneração, salário e benefícios. Curso de Orientação Jurisprudencial prof. Homero Batista Mateus da Silva. Início: 1º de agosto de 2012. Término: 12 de dezembro de 2012. Total: 20 aulas de 1h45 Tema: Remuneração, salário e benefícios.

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TRT s 18 PROVAS 140 QUESTÕES ( )

DIREITO DO TRABALHO FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TRT s 18 PROVAS 140 QUESTÕES ( ) DIREITO DO TRABALHO FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TÉCNICO TRT s 18 PROVAS 140 QUESTÕES (2012 2008) A apostila contém provas de Direito do Trabalho de concursos da Fundação Carlos Chagas (FCC), realizadas

Leia mais