SEÇÃO V SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01. Especificação de Perfis Profissionais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SEÇÃO V SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01. Especificação de Perfis Profissionais"

Transcrição

1 SEÇÃO V SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 Especificação de Perfis Profissionais SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 1

2 CONTEÚDO 1. APRESENTAÇÃO EQUIPE GERENCIAL E TÉCNICA MÍNIMA ALOCADA NAS DEPENDÊNCIAS DA CONTRATANTE (ITEM 01)... 4 EQUIPE GERENCIAL MÍNIMA (ITEM 01)... 4 EQUIPE TÉCNICA MÍNIMA (ITEM 01) EQUIPE DE DESENVOLVIMENTO ALOCADA NA FÁBRICA DE SOFTWARE DA CONTRATADA (ITEM 01) PERFIS DE PROFISSIONAIS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS NAS DEPENDÊNCIAS DA CONTRATANTE (ITENS 02 A 10)... 7 SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 2

3 1. APRESENTAÇÃO Este documento define o perfil dos profissionais exigidos da CONTRATADA para a prestação dos serviços constantes no objeto deste Edital. A qualificação exigida deverá ser comprovada mediante a apresentação pela CONTRATADA da descrição dos perfis acrescidos da comprovação de experiência (curriculum vitae assinado com declaração de veracidade das informações) e da comprovação de vida acadêmica (certificados e diplomas). As habilitações dos referidos profissionais serão avaliadas quando do início da efetiva prestação dos serviços, e caso os requisitos de qualificação profissional para um dado funcionário indicado não sejam atendidos ou considerados insuficientes, a CONTRATADA deverá providenciar sua imediata substituição. A CONTRATADA deverá manter os recursos com os perfis exigidos, alocados com dedicação exclusiva durante o período acordado na ordem de serviço (itens 02 a 10) ou durante a duração do contrato (equipe técnica e gerencial mínima). Entende-se por dedicação exclusiva a impossibilidade de compartilhamento dos profissionais alocados ao Sistema Integrado de Gestão Governamental com outros projetos da CONTRATADA. Casos excepcionais serão aceitos mediante concordância explícita da CONTRATANTE. Os serviços deverão ser executados pelos profissionais com os perfis adequados. Não será aceito que a CONTRATADA aloque recursos com menor capacitação ou experiência exigida para o perfil. As habilitações dos referidos profissionais serão avaliadas quando do início da efetiva prestação dos serviços, e caso os requisitos de qualificação profissional para um dado funcionário indicado não sejam atendidos ou considerados insuficientes, a CONTRATADA deverá providenciar sua substituição em até 30 (trinta) dias corridos. A CONTRATADA deverá substituir os profissionais que demonstrarem incompatibilidade no desempenho de suas atividades em relação à experiência e ao conhecimento exigidos pela CONTRATANTE para o exercício da sua atividade. Nos casos em que seja necessária a substituição, pela CONTRATADA, de quaisquer dos profissionais alocados, a CONTRATADA deverá submetê-la à aprovação prévia da CONTRATANTE, certificando-se que o novo profissional possua perfil igual ou superior ao do substituído, providenciando sua comprovação. Todos os recursos alocados deverão obrigatoriamente assinar Termo de Confidencialidade com a CONTRATADA, os quais deverão ser apresentados à CONTRATANTE quando de sua alocação ao projeto. Todos os profissionais que atuarão junto ao desenvolvimento de software, deverão ser capacitados e treinados no processo de desenvolvimento de software definido para o projeto, sob responsabilidade e custos exclusivamente da CONTRATADA. SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 3

4 2. EQUIPE GERENCIAL E TÉCNICA MÍNIMA ALOCADA NAS DEPENDÊNCIAS DA CONTRATANTE (ITEM 01) Grande parte do volume de trabalho do item 01 será prestado nas dependências da CONTRATADA, via fábrica de software. Contudo, será exigida a atuação, com dedicação exclusiva, de perfis de profissionais tanto nas dependências da CONTRATANTE, quanto nas dependências da CONTRATADA. Estes perfis são subdivididos em: equipe gerencial mínima e equipe técnica mínima. Todos os perfis da equipe gerencial mínima e equipe técnica mínima serão necessários para que o trabalho seja realizado de forma integrada e colaborativa entre a CONTRATANTE e a CONTRATADA e serão utilizados constantemente ao longo de todo o projeto. A CONTRATADA deverá indicar o nome dos profissionais na assinatura do contrato e, os mesmos deverão atuar como ponto focal da CONTRATADA nas diversas frentes de atuação do projeto. Sempre que necessário ou solicitado pela CONTRATANTE, a CONTRATADA deverá providenciar o deslocamento dos perfis exigidos para equipe gerencial mínima e equipe técnica mínima, das dependências da CONTRATANTE para as dependências da CONTRATADA ou das dependências da CONTRATADA para as dependências da CONTRATANTE, arcando com todos os custos relativos a esta alocação. Cabe ressaltar que quaisquer custos que a CONTRATADA tenha com a equipe gerencial mínima e equipe técnica mínima, devem estar incorporados ao preço do ponto de função (item 01) e não serão passíveis de remuneração extra. Como exemplo de custos que devem ser incorporados ao preço do ponto de função (item 01), tem-se: O custo com a remuneração e encargos de cada perfil exigido; O custo com o deslocamento, acomodação e utilização destes perfis para acompanhamento do projeto nas dependências da CONTRATANTE e CONTRATADA; O custo com o entendimento, absorção e repasse da especificação e demais artefatos da CONTRATANTE para a fábrica de software da CONTRATADA; O custo de produção de qualquer artefato exigido neste Projeto Básico e em suas seções; Qualquer custo inerente à utilização de qualquer um dos perfis exigidos para equipe gerencial mínima ou equipe técnica mínima, nas dependências da CONTRATANTE ou CONTRATADA até o final do contrato. EQUIPE GERENCIAL MÍNIMA (ITEM 01) Deverá ser alocada durante a vigência do contrato, uma equipe gerencial mínima para as atividades de gerenciamento de projetos, elaboração de produtos da fase de planejamento do projeto, acompanhamento do projeto junto à CONTRATANTE e à fábrica de software, composta pelos seguintes profissionais: Profissionais de formação superior, detentor do certificado Project Management Professional PMP emitido pelo Project Management Institute PMI ou similar; ou que comprove experiência mínima de 5 (cinco) anos no gerenciamento de projetos de TI, com experiência em todas as áreas de conhecimento do PMBoK; Deverá ser alocado 1 (um) gerente de programa, com este perfil mínimo, dedicado ao programa de desenvolvimento do Sistema Integrado de Gestão Governamental Deverão ser alocados 2 (dois) gerentes de projetos, com este perfil mínimo, sendo 1 SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 4

5 (um) para o módulo de PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO e o outro para o módulo de EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA. A necessidade de alocação de outros profissionais com este perfil deverá avaliada e acordada entre a CONTRATANTE e CONTRATADA, considerando o número de projetos simultâneos, tamanho, complexidade e a capacidade de atendimento às demandas, já que para o desenvolvimento de cada módulo serão abertos diversos projetos. EQUIPE TÉCNICA MÍNIMA (ITEM 01) Deverá ser alocada durante a vigência do contrato, uma equipe técnica mínima para as atividades de liderança técnica, recepção, atuação no desenvolvimento e acompanhamento técnico da especificação e de todos os insumos e produtos gerados pela CONTRATANTE, além do repasse destes insumos e produtos para a fábrica de software. Os insumos e produtos gerados pela CONTRATANTE, que deverão ser repassados à CONTRATADA para a construção do sistema estão descritos na seção II Processo de Trabalho e ao longo do Edital. Cabe à CONTRATADA alocar perfis com capacidade para acompanhamento, participações no desenvolvimento, absorção e repasse para a fábrica dos insumos e produtos gerados pela CONTRATANTE. Mínimo de 8 (oito) profissionais de formação superior (graduação e/ou pós-graduação lato sensu e/ou pós-graduação stricto sensu) em uma das seguintes áreas: Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Processamento de Dados, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação para atuarem como Líderes Técnicos. Esses profissionais devem comprovar experiência mínima de 3 (três) anos em projetos de desenvolvimento de software, desempenhando atividades técnicas de análise de requisitos, arquitetura, desenho ou projeto de software. A alocação destes profissionais em frentes específicas será definida no Acordo Operacional e eventuais modificações poderão ocorrer ao longo do projeto. Mínimo de 1 (um) profissional de formação superior detentor do certificado Certified Function Point Specialist CFPS emitido pelo International Function Point Users Group IFPUG ou similar. Este profissional será responsável por atuar junto à CONTRATADA na resolução de conflitos relativos à contagem de pontos de função e será acionado somente quando existirem divergências de contagem entre a CONTRATANTE e CONTRATADA. A necessidade de alocação de outros profissionais com estes perfis deverá avaliada e acordada entre a CONTRATANTE e CONTRATADA, considerando o número de projetos simultâneos, tamanho, complexidade e a capacidade de atendimento às demandas. 3. EQUIPE DE DESENVOLVIMENTO ALOCADA NA FÁBRICA DE SOFTWARE DA CONTRATADA (ITEM 01) Para cada projeto de desenvolvimento, os seguintes profissionais serão exigidos para atuar na fábrica de software da CONTRATADA: a. Mínimo de 1 (um) profissional de formação superior que comprove experiência mínima de 3 (três) anos como Analista de Requisitos em projeto de desenvolvimento de software; b. Mínimo de 1 (um) profissional de formação superior detentor de algum dos certificados abaixo identificados ou que comprovem experiência mínima de 2 (dois) anos na atividade de modelagem de processos com objetivos de automação utilizando BPM Business Process Management e notação BPMN- Business Process Management Notation: CBPP (Certified Business Process Professional) conferida pela ABPMP; SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 5

6 OMG Certified Expert in BPM (OCEB), conferida pela OMG (Object Management Group); BPMp (Businness Process Management Professional), emitida pelo AIIM (Association for Information and Image Management). c. Mínimo de 1 (um) profissional de formação superior detentor de alguma das certificações abaixo identificadas ou que comprove experiência mínima de 3 (três) anos como arquiteto Java em projetos de desenvolvimento de software, na plataforma JEE, cujo modelo tecnológico tenha sido baseado no paradigma BPM-SOA, utilizando ferramenta de BPMS: Sun Certified Enterprise Architect; Oracle Certified Master Java EE Enterprise Architect; Certified SOA Architect, emitida pela SOA Schools. d. Para atuar na análise e desenho, profissionais de formação superior que comprove experiência mínima de 2 (dois) anos como Projetista, tendo atuado na realização de casos de uso e regras de negócio, em projetos de desenvolvimento de software, com uso da linguagem Java, plataforma JEE, cujo modelo tecnológico tenha sido baseado no paradigma BPM-SOA. e. Para atuar na análise e desenho, profissionais de formação superior que comprove experiência mínima de 2 (dois) anos como Projetista BPM, tendo atuado na evolução do modelo de processos em nível descritivo para o nível analítico e no refinamento do modelo de processo analítico no BPMS, em projetos de desenvolvimento de software, com uso da linguagem Java, plataforma JEE, cujo modelo tecnológico tenha sido baseado no paradigma BPM-SOA, utilizando a ferramenta BPMS definida para o Sistema Integrado de Gestão Governamental e integração com serviços SOA. f. Para atuar no desenvolvimento BPMS, profissionais de formação superior que comprove experiência mínima de 2 (dois) anos como Desenvolvedor BPMS em projetos de desenvolvimento de software com a ferramenta BPMS definida para o Sistema Integrado de Gestão Governamental, com integração com serviços SOA e utilização de BPEL. g. Para atuar no desenvolvimento Java, profissionais detentores de algum dos certificados abaixo identificados ou que comprovem experiência mínima de 2 (dois) anos como Programador na plataforma Java EE em projetos de desenvolvimento de software: Oracle Certified Expert, Java EE 6 Enterprise JavaBeans Developer; Oracle Certified Expert, Java EE 6 Java Persistence API Developer; Oracle Certified Expert, Java EE 6 Web Services Developer; Oracle Certified Expert, Java Platform, EE 6 Web Component Developer; Oracle Certified Master, Java SE 6 Developer; Oracle Certified Professional, Java EE 5 Business Component Developer; Oracle Certified Professional, Java EE 5 Web Component Developer; Oracle Certified Professional, Java EE 5 Web Services Developer; Oracle Certified Professional, Java SE 7 Programmer; Oracle Certified Professional, Java SE 5 Programmer; Oracle Certified Professional, Java SE 6 Programmer; h. Para atuar nas atividades de testes, profissionais detentores de algum dos certificados abaixo identificados ou que comprovem experiência mínima de 2 (dois) anos como Testador em projetos de desenvolvimento de software: CTFL - Certified Tester Foundation Level (ISTQB); CTAL - Certified Tester Advanced Level (ISTQB); CTEL - Certified Tester Expert Level (ISTQB); CBTS - Certificação Brasileira de Testes de Software (ALATS); CSQA - Certified Software Quality Analyst (QAI); CMST - Certified Manager of Software Testing (QAI); CMSQ - Certified Manager of Software Quality (QAI); CSTE - Certified Software Tester (QAI); SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 6

7 IBM Test Rational Functional Tester for Java; IBM Test Rational Manual Tester; IBM Test Rational Quality Manager V3; SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 O quantitativo de profissionais em cada projeto dependerá do esforço e prazos necessários e será definido pela CONTRATANTE no planejamento de cada projeto. 4. PERFIS DE PROFISSIONAIS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS NAS DEPENDÊNCIAS DA CONTRATANTE (ITENS 02 A 10) ITEM 02 ESPECIALISTA ARQUITETURA DE SOFTWARE de arquitetura de software baseada em BPM SOA. Superior (graduação e/ou pós-graduação lato sensu e/ou pós-graduação stricto sensu) em uma das seguintes áreas: Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Processamento de Dados, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação. (i) como Arquiteto de Software em projetos de desenvolvimento de software, em linguagem Java com arquitetura em 3 camadas (MVC) e utilização das ferramentas de BPM, Integração/SOA com utilização de barramento de serviços (ESB) e integração com recursos de gestão de conteúdo (ECM), com porte equivalente a (cinco mil ) pontos de função, ou o equivalente em horas na proporção de 12 horas por ponto de função. (ii) no uso da ferramenta adotada como suíte de desenvolvimento definida para o Sistema Integrado de Gestão Governamental. Qualificação Este profissional deverá possuir alguma das seguintes certificações: Sun Certified Enterprise Architect; Oracle Certified Master Java EE 5 Enterprise Architect; Certified SOA Architect, emitida pela SOA Schools. Além da exigência acima, o profissional deverá possuir também alguma das seguintes certificações relacionadas à suíte de desenvolvimento definida para o Sistema Integrado de Gestão Governamental: IBM Certified Deployment Professional Business Process Manager Advanced V7.5.1; SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 7

8 IBM Certified Deployment Professional - WebSphere Process Server V7.0; IBM Certified Integration Developer Business Process Manager Advanced V7.5; IBM Certified Integration Developer - WebSphere Process Server V7.0; IBM Certified Solution Developer - WebSphere Integration Developer V6.2; IBM Certified Administrator for SOA Solutions - WebSphere Process Server V7.0. ITEM 03 ESPECIALISTA ECM de integração de recursos de gestão de conteúdo (ECM) com ferramentas de BPM SOA. Superior (graduação e/ou pós-graduação lato sensu e/ou pós-graduação stricto sensu) em uma das seguintes áreas: Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Processamento de Dados, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação. (i) em projetos de Gestão Documental ou Gestão Eletrônica de Documentos com utilização das ferramentas ECM e Integração/SOA, definidas e padronizadas para o Sistema Integrado de Gestão Governamental. Qualificação Este profissional deverá: possuir certificação CDIA+ Certified Document Imaging Architect ou comprovar experiência mínima de 5 anos em atividades de gerenciamento de projetos de Gestão Documental. ITEM 04 ESPECIALISTA DE DADOS ADMINISTRAÇÃO Superior. de administração de dados. (i) no perfil de Administrador de Dados em projeto de desenvolvimento de software, de tamanho mínimo de (cinco mil) Pontos de Função, ou o equivalente em horas na proporção de 12 horas SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 8

9 por ponto de função. (ii) no uso ferramenta adotada como suíte de desenvolvimento definida para o Sistema Integrado de Gestão Governamental; ITEM 05 ESPECIALISTA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO de projeto, configuração e administração de aspectos relativos à segurança da informação. Superior (graduação e/ou pós-graduação lato sensu e/ou pós-graduação stricto sensu) em uma das seguintes áreas: Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Processamento de Dados, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação. (i) como Especialista em Segurança da Informação, incluindo experiências relativas a ameaças e vulnerabilidades comuns, associadas com soluções desenvolvidas em arquitetura SOA, e Internet, em projetos de desenvolvimento de software de porte superior a (cinco mil) Pontos de Função, ou o equivalente em horas na proporção de 12 horas por ponto de função. deve incluir o desenvolvimento da política de segurança, educação, testes de penetração da rede, avaliações de vulnerabilidade de aplicativos, análise de risco e testes de conformidade, CISSP, GIAC ou outras certificações de segurança. (ii) no uso ferramenta adotada como suíte de desenvolvimento definida para o Sistema Integrado de Gestão Governamental; Qualificação Este profissional deverá possuir alguma das seguintes certificações: SOA Certified Security Specialist; CISSP - Certified Information Systems Security Professional da ISC2; CISM - Certifed Information Security Manager da ISACA; COMPTIA SECURITY+ - Security Specialist da COMPTIA; CSSLP - Certified Secure Software Lifecycle SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 9

10 Professional da ISC2; CEH - Certified Ethical Hacker da EC-COUNCIL; C HFI Computer Hacking Forensic Investigator da EC-COUNCIL. Deverá ter domínio das normas de segurança da informação (por exemplo, ISO / 27002), e outras normas e regulamentos relacionados à segurança da informação e a confidencialidade dos dados, como por exemplo, FERPA, HIPAA e desktop, servidor, aplicação, banco de dados, princípios de segurança de rede para identificação de riscos e análise. ITEM 06 ANALISTA DE REQUISITOS de levantamento e análise de requisitos e de projeto de soluções utilizando: linguagem de modelagem Unified Modeling Language (UML), abordagem orientada a serviços e processos e linguagem de programação Java. Superior (graduação e/ou pós-graduação lato sensu e/ou pós-graduação stricto sensu) em uma das seguintes áreas: Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Processamento de Dados, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação. (i) como analista de requisitos em projetos de porte superior a (três mil) Pontos de Função ou o equivalente em horas na proporção de 12 horas por ponto de função, com uso da linguagem Java, plataforma JEE, com arquitetura em 3 camadas (MVC) cujo modelo tecnológico tenha sido baseado no paradigma BPM SOA, integrado a recursos de gestão de conteúdo (ECM); e (ii) no uso ferramenta adotada como suíte de desenvolvimento definida para o Sistema Integrado de Gestão Governamental; ITEM 07 ANALISTA DE PROCESSOS BPM de modelagem de processos, com vistas à adequação e execução da automação em ferramenta BPMS Superior (graduação e/ou pós-graduação lato sensu e/ou pós-graduação stricto sensu) em uma das seguintes áreas: Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Processamento de Dados, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação, ou Administração. SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 10

11 padronizada para o Sistema Integrado de Gestão Governamental. (i) na atividade de modelagem de processos em projetos com tamanho superior a (três mil) Pontos de Função ou o equivalente em horas na proporção de 12 horas por ponto de função, com objetivos de automação, utilizando BPM - Business Process Management, e notação BPMN- Business Process Management Notation; Qualificação Este profissional deverá possuir alguma das seguintes certificações: CBPP (Certified Business Process Professional), conferida pela ABPMP; OCEB (OMG Certified Expert in BPM), conferida pela OMG (Object Management Group); BPMp (Businness Process Management Professional), emitida pelo AIIM (Association for Information and Image Management). ITEM 08 DESENVOLVEDOR BPMS de implementação de processos em ferramenta BPMS padronizada para o Sistema Integrado de Gestão Governamental. Superior (graduação e/ou pós-graduação lato sensu e/ou pós-graduação stricto sensu) em uma das seguintes áreas: Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Processamento de Dados, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação, ou Administração. (i) na implementação na ferramenta BPMS definida para o Sistema Integrado de Gestão Governamental, em projetos com tamanho superior a (três mil) Pontos de Função ou o equivalente em horas na proporção de 12 horas por ponto de função, com integração com serviços SOA e utilização de BPEL. Qualificação Este profissional deverá possuir alguma das seguintes certificações: IBM Certified Business Process Analyst - WebSphere Business Modeler Advanced Edition SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 11

12 V7.0; IBM Certified Solution Developer - WebSphere Business Monitor V6.2; IBM Certified Deployment Professional Business Process Manager Advanced V7.5.1; IBM Certified BPM Application Developer - Business Process Manager Express or Standard Edition V7.5.1; IBM Certified Deployment Professional - WebSphere Process Server V7.0; IBM Certified Application Developer - WebSphere Operational Decision Management V8.0; IBM Certified Application Developer - WebSphere ILOG JRules BRMS V7.1; IBM Certified Application Developer - WebSphere ILOG JRules V7.0; IBM Certified Associate BPM Administrator - BPM Blueprint; WebSphere Lombardi Edition V7.1; IBM Certified BPM Analyst - Blueworks Live; Business Process Manager Express or Standard Edition V7.5.1; IBM Certified Associate BPM Developer - WebSphere Lombardi Edition V7.2; IBM Certified BPM Developer - WebSphere Lombardi Edition V7.2; IBM Certified Associate BPM Developer - BPM Blueprint; WebSphere Lombardi Edition V7.1. ITEM 09 DESENVOLVEDOR JAVA de programação com uso da linguagem Java, plataforma JEE e desenvolvimento SOA. Superior (graduação e/ou pós-graduação lato sensu e/ou pós-graduação stricto sensu) em uma das seguintes áreas: Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Processamento de Dados, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação. (i) como desenvolvedor/programador em projetos de porte superior a (três mil) Pontos de Função ou o equivalente em horas na proporção de 12 horas por ponto de função, com uso da linguagem Java, plataforma JEE, com arquitetura em 3 camadas (MVC) cujo modelo tecnológico tenha sido baseado no paradigma BPM SOA, integrado a recursos de gestão de conteúdo (ECM); e (i) no uso da ferramenta adotada como suíte de SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 12

13 Qualificação desenvolvimento definida para o Sistema Integrado de Gestão Governamental; Este profissional deverá possuir alguma das seguintes certificações: Oracle Certified Expert, Java EE 6 Enterprise JavaBeans Developer; Oracle Certified Expert, Java EE 6 Java Persistence API Developer; Oracle Certified Expert, Java EE 6 Web Services Developer; Oracle Certified Expert, Java Platform, EE 6 Web Component Developer; Oracle Certified Master, Java SE 6 Developer; Oracle Certified Professional, Java EE 5 Business Component Developer; Oracle Certified Professional, Java EE 5 Web Component Developer; Oracle Certified Professional, Java EE 5 Web Services Developer; Oracle Certified Professional, Java SE 7 Programmer; Oracle Certified Professional, Java SE 5 Programmer; Oracle Certified Professional, Java SE 6 Programmer. ITEM 10 TESTADOR de testes de sistemas desenvolvidos em linguagem Java, plataforma JEE e BPM SOA. Superior (graduação e/ou pós-graduação lato sensu e/ou pós-graduação stricto sensu) em uma das seguintes áreas: Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Processamento de Dados, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação. (ii) como testador em projetos de porte superior a (três mil) Pontos de Função ou o equivalente em horas na proporção de 12 horas por ponto de função, com uso da linguagem Java, plataforma JEE, cujo modelo tecnológico tenha sido baseado no paradigma BPM SOA, integrado a recursos de gestão de conteúdo (ECM); e (i) no uso ferramenta adotada como suíte de SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 13

14 Qualificação desenvolvimento definida para o Sistema Integrado de Gestão Governamental. Este profissional deverá possuir alguma das seguintes certificações: CTFL - Certified Tester Foundation Level (ISTQB); CTAL - Certified Tester Advanced Level (ISTQB); CTEL - Certified Tester Expert Level (ISTQB); CBTS - Certificação Brasileira de Testes de Software (ALATS); CSQA - Certified Software Quality Analyst (QAI); CMST - Certified Manager of Software Testing (QAI); CMSQ - Certified Manager of Software Quality (QAI); CSTE - Certified Software Tester (QAI); IBM Test Rational Functional Tester for Java; IBM Test Rational Manual Tester; IBM Test Rational Quality Manager V3. SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 14

AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº. 004/2014. Respostas às Dúvidas e Sugestões

AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº. 004/2014. Respostas às Dúvidas e Sugestões AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº. 004/2014 Respostas às Dúvidas e Sugestões Referência: Considerações apresentadas pela empresa xxx 1) Questões do Lote 01: 1.1 - Dúvidas 1.1.1 - Haja vista a lista apresentada no Catálogo

Leia mais

Esclarecimentos aos questionamentos sobre a consulta pública do projeto GRP Minas

Esclarecimentos aos questionamentos sobre a consulta pública do projeto GRP Minas Esclarecimentos aos questionamentos sobre a consulta pública do projeto GRP Minas 1. Produtos. a. Não foram encontradas referencias aos artefatos de fábrica de software que devem ser entregues, somente

Leia mais

ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS

ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS As qualificações técnicas exigidas para os profissionais que executarão os serviços contratados deverão ser comprovados por meio dos diplomas, certificados, registros

Leia mais

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva Apresentação Executiva 1 O treinamento de BPM e BPMN tem como premissa capacitar o aluno a captar as atividades relativas a determinado processo da empresa, organizá-las, gerando um fluxograma de atividades/processos,

Leia mais

RAPHAEL MANDARINO JUNIOR Diretor do Departamento de Segurança da Informação e Comunicações

RAPHAEL MANDARINO JUNIOR Diretor do Departamento de Segurança da Informação e Comunicações 17/IN01/DSIC/GSIPR 00 09/ABR/13 1/10 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Gabinete de Segurança Institucional Departamento de Segurança da Informação e Comunicações ATUAÇÃO E ADEQUAÇÕES PARA PROFISSIONAIS DA ÁREA

Leia mais

IBM Software Demos Rational Software Delivery Platform - Apresentação do cenário da demonstração

IBM Software Demos Rational Software Delivery Platform - Apresentação do cenário da demonstração As demonstrações desta seção apresentam um cenário do cotidiano de uma equipe de desenvolvimento usando o IBM Rational Software Delivery Platform. Esse é o novo nome do Rational Software Development Platform

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

Professor Antonio Benedito Coimbra Sampaio Jr

Professor Antonio Benedito Coimbra Sampaio Jr Professor Antonio Benedito Coimbra Sampaio Jr 1 Apresentação do Curso Java 8 para Web 2 Por que você quer fazer este curso? Eu sou aluno da área de computação e preciso aprender (bem) Java para poder concluir

Leia mais

BPM. (Business Process Management) Gerenciamento de Processos de Negócio. Meta IT Mapeamento de Processos BPM ARIS Módulo 1

BPM. (Business Process Management) Gerenciamento de Processos de Negócio. Meta IT Mapeamento de Processos BPM ARIS Módulo 1 BPM (Business Process Management) Gerenciamento de Processos de Negócio Meta IT Mapeamento de Processos BPM ARIS Módulo 1 Agenda 1 2 3 Conceitos BPM x TI Softwares BPM 4 Certificações Conceitos O que são

Leia mais

Projeto Básico para Contratação de empresa para prestação de serviço especializado de desenvolvimento de sistemas

Projeto Básico para Contratação de empresa para prestação de serviço especializado de desenvolvimento de sistemas ANEXO I SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 Projeto Básico para Contratação de empresa para prestação de serviço especializado de desenvolvimento de sistemas SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA Referência: CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 - BNDES Data: / / Licitante: CNPJ:

Leia mais

Carreira e Certificação em Teste de Software

Carreira e Certificação em Teste de Software Qualidade não é um destino, é uma jornada Carreira e Certificação em Teste de Software Centro de Treinamento Oficial Centro de Treinamento Exclusivamente Dedicado a Teste de Software e Garantia da Qualidade

Leia mais

Ref: Edital da Concorrência nº. 01/2009. termos do edital, pelas razões a seguir: 1º PEDIDO DE ESCLARECIMENTO:

Ref: Edital da Concorrência nº. 01/2009. termos do edital, pelas razões a seguir: 1º PEDIDO DE ESCLARECIMENTO: Ref: Edital da Concorrência nº. 01/2009 Empresa interessada no certame solicitou PEDIDO DE ESCLLARECI IMENTTO,, aos termos do edital, pelas razões a seguir: 1º PEDIDO DE ESCLARECIMENTO: 1) Com relação

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Engenharia de Software Orientada a Serviços

Leia mais

www.gartcapote.com www.abpmp br.org Livros Guia para Formação de Analistas de Processos Contribuições Modelagem de Processos com BPMN

www.gartcapote.com www.abpmp br.org Livros Guia para Formação de Analistas de Processos Contribuições Modelagem de Processos com BPMN Gart Capote International Certified Business Process Professional (CBPP ) Presidente da ABPMP no Brasil - Association of Business Process Management Professionals (Chicago-EUA) Autor, Instrutor e Consultor

Leia mais

BPM e SOA. Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

BPM e SOA. Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas BPM e SOA Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Como funcionam as organizações? O que ébpm Business Process Management (BPM)

Leia mais

Respostas às Contribuições à Consulta Pública. Contratação de Serviços Especializados na Área de TI

Respostas às Contribuições à Consulta Pública. Contratação de Serviços Especializados na Área de TI TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DIRETORIA GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE SISTEMAS Respostas às Contribuições à Consulta Pública Contratação de Serviços Especializados

Leia mais

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica 491 ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica Nº Processo 0801428311 Licitação Nº EDITAL DA CONCORRÊNCIA DEMAP Nº 09/2008 [Razão ou denominação social do licitante] [CNPJ] A. Fatores de Pontuação Técnica:

Leia mais

Qualidade de Ferramentas BPM (BPMS) e Avaliação da Abordagem Business

Qualidade de Ferramentas BPM (BPMS) e Avaliação da Abordagem Business 1 de 6 Qualidade de Ferramentas BPM (BPMS) e Avaliação da Abordagem Business Process Management (BPM) em Processos de Software João Leonardo Silveira Neto, Luana Pires Ramos, Adriana Herden, Adriano Bessa

Leia mais

Fundação Universidade Estadual de Maringá

Fundação Universidade Estadual de Maringá Fundação Universidade Estadual de Maringá PAD/DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL 485/2007 CONCORRÊNCIA PÚBLICA - PROC.: N 15344/2007 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE UMA EMPRESA ESPECIALIZADA

Leia mais

Carreira e Certificação em Teste de Software TDC2012 :: José Correia

Carreira e Certificação em Teste de Software TDC2012 :: José Correia Qualidade não é um destino, é uma jornada :: Líder pela Qualidade Edward Deming Carreira e Certificação em Teste de Software TDC2012 :: José Correia Coordenador José Correia Fundador da Iterasys, Consultor

Leia mais

Título do Slide Máximo de 2 linhas. Aprimorando o Gerenciamento de Projetos com Mapeamento de Processos

Título do Slide Máximo de 2 linhas. Aprimorando o Gerenciamento de Projetos com Mapeamento de Processos Título do Slide Aprimorando o Gerenciamento de Projetos com Mapeamento de Processos Título Palestrante do Slide Renato Borges de Souza Diretor de Comunicação PMI AM, Chefe da Divisão de Produtos e Negócios

Leia mais

PERGUNTA 1: RESPOSTA 1: ESCLARECIMENTO IV. PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 6/2013 Processo nº. 23000.014204/2012-75

PERGUNTA 1: RESPOSTA 1: ESCLARECIMENTO IV. PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 6/2013 Processo nº. 23000.014204/2012-75 MEC Ministério da Educação Esplanada dos Ministérios, Bloco L, Anexo I, sala 313 CEP 70047-900 Brasília-DF Telefone (61) 2022-7034 Fax (61) 2022-7041 PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 6/2013 Processo nº. 23000.014204/2012-75

Leia mais

Qualificar pessoas pra produzir resultados diferenciados

Qualificar pessoas pra produzir resultados diferenciados Qualificar pessoas pra produzir resultados diferenciados (61) 3024-0532 www.dissemine.com.br SCRN 702/703 bl. C Loja 50 - Asa Norte - Brasília - DF - CEP: 70.720-630 SOBRE A DISSEMINE TREINAMENTOS EM TI

Leia mais

Comissão Especial de Licitação Concorrência nº 397/2010 Verificador Independente RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011

Comissão Especial de Licitação Concorrência nº 397/2010 Verificador Independente RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011 RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011 EDITAL DE LICITAÇÃO 1. É dito no item 9.6.3 que os atestados de capacitação técnica a que se refere o item 9.6.1 (I a III) deverão ser fornecidos por

Leia mais

Dominando o Mapeamento de Processos com BPMN 2.0

Dominando o Mapeamento de Processos com BPMN 2.0 Treinamentos em Gestão por Processos Dominando o Mapeamento de Processos com BPMN 2.0 Representando processos de negócio com a notação mais poderosa do Mercado. BPMN (Business Process Model and Notation)

Leia mais

PROJELER. Solução de código aberto para gerenciamento de processos de negócio

PROJELER. Solução de código aberto para gerenciamento de processos de negócio Otimização e Automação de Processos de Negócio Abril/2008 Solução de código aberto para gerenciamento de processos de negócio Maurício Bitencourt, PMP Diretor Executivo mauricio.bitencourt@projeler.com.br

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA REALIZAÇÃO DE CONSULTORIA EM AUDITORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA REALIZAÇÃO DE CONSULTORIA EM AUDITORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA REALIZAÇÃO DE CONSULTORIA EM AUDITORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TERMOS DE REFERÊNCIA 1.OBJETO Contratação de Serviço de Consultoria especializada em AUDITORIA

Leia mais

Carlos Alberto Tristacci

Carlos Alberto Tristacci DF, Brasília, Asa Norte, STN, Lote K, Condomínio Montreal, Bloco III, Apto 235, 70770-100 +55 61 8163.9783 +55 61 3543.4360 +55 61 8224.0561 carlos@tristacci.com.br Currículo público: http://www.linkedin.com/in/tristacci

Leia mais

Banco do Brasil Diretoria de Tecnologia. Fábrica de Projetos - Projeto Básico. Anexo A - Especificação Técnica

Banco do Brasil Diretoria de Tecnologia. Fábrica de Projetos - Projeto Básico. Anexo A - Especificação Técnica Banco do Brasil Diretoria de Tecnologia Fábrica de Projetos - Projeto Básico Anexo A - Especificação Técnica 1. Objeto Contratação de empresa ou consórcio de empresas para a prestação de serviços técnicos

Leia mais

COMUNICADO DE ABERTURA

COMUNICADO DE ABERTURA COMUNICADO DE ABERTURA Processo Seletivo - Prazo Determinado nº 004/2014, de 13/07/2014 Convênio 076/2010 MDIC/ABDI SICONV N 751776/2010 1. VAGAS OFERECIDAS Cargo Cargo I ADI NS Especialista Analista de

Leia mais

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica 449 ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica A. Fatores de Pontuação Técnica: Critérios Pontos Peso Pontos Ponderados (A) (B) (C) = (A)x(B) 1. Qualidade 115 1 115 2. Compatibilidade 227 681.

Leia mais

1 o Project Management Conference

1 o Project Management Conference 1 o Project Management Conference Procura-se Gerente de Projetos!!! O que é um projeto? UM PROJETO É: Um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. Têm um início

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM Arquitetura Orientada a Serviços SOA a Distância

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM Arquitetura Orientada a Serviços SOA a Distância CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM Arquitetura Orientada a Serviços SOA a Distância PARCERIA COM O PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE DO DISTRITO FEDERAL (PMI DF). PERÍODO: INÍCIO PREVISTO DO CURSO: 07

Leia mais

GOVERNANÇA DE TIC. IST Instituto Senai de Tecnologia Londrina. Ademir Morgenstern Padilha

GOVERNANÇA DE TIC. IST Instituto Senai de Tecnologia Londrina. Ademir Morgenstern Padilha GOVERNANÇA DE TIC IST Instituto Senai de Tecnologia Londrina Ademir Morgenstern Padilha IST Instituto Senai de Tecnologia O IST Instituto Senai de Tecnologia, é uma plataforma de Tecnologia da Informação

Leia mais

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC-008/2008 1 ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO 1. INFORMAÇÕES GERAIS E CARACTERÍSTICA DO ATUAL AMBIENTE CORPORATIVO

Leia mais

O caminho das certificações

O caminho das certificações O caminho das certificações Treinamentos em Segurança da Informação Anderson Ramos CISSP, CISA, SSCP, CCSI/E+ CNE, MCSE, CCAE, CCQE, NSA Diretor Educacional DataCastle Lead Instructor (ISC)² Diretor de

Leia mais

1. Este anexo tem por objetivo descrever os serviços de suporte técnico especializados.

1. Este anexo tem por objetivo descrever os serviços de suporte técnico especializados. 1. Este anexo tem por objetivo descrever os serviços de suporte técnico especializados. 2. O serviço de suporte técnico especializado será prestado conforme o tipo da tecnologia por equipe da CONTRATADA

Leia mais

Construindo um Aplicativo com Decisões, Processos e Formação de Valor Guia da Solução IBM Redbooks

Construindo um Aplicativo com Decisões, Processos e Formação de Valor Guia da Solução IBM Redbooks Construindo um Aplicativo com Decisões, Processos e Formação de Valor Guia da Solução IBM Redbooks No clima de negócios rápidos de hoje, as empresas devem tomar decisões rápidas para ganhar novos negócios,

Leia mais

SEÇÃO IV. Documento de Plataforma Tecnológica SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 SEÇÃO IV DOCUMENTO DE PLATAFORMA TECNOLÓGICA

SEÇÃO IV. Documento de Plataforma Tecnológica SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 SEÇÃO IV DOCUMENTO DE PLATAFORMA TECNOLÓGICA SEÇÃO IV SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 Documento de Plataforma Tecnológica SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL ETAPA 01 1 CONTEÚDO 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. PLATAFORMA TECNOLÓGICA...

Leia mais

Empresa tem 1,5 mil vagas de emprego em TI

Empresa tem 1,5 mil vagas de emprego em TI Empresa tem 1,5 mil vagas de emprego em TI Rogerio Jovaneli, de INFO Online Segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011-15h51 SÃO PAULO - A Cast, fornecedora de soluções e serviços em TI, revela dispor de 1,5

Leia mais

Palestrante: Vanderlei Pollon vanderlei@pollon.org

Palestrante: Vanderlei Pollon vanderlei@pollon.org O Software Livre e o Mercado de trabalho Certificações Profissionais Palestrante: Vanderlei Pollon vanderlei@pollon.org Realização: Tchelinux e UCPel Pelotas RS 23 de Agosto de 2008 Há vagas para profissionais

Leia mais

www.mpl.com.br C o n t a b i l i d a d e C o n t a s a P a g a r C o n t a s a R e c e b e r O r ç a m e n t o

www.mpl.com.br C o n t a b i l i d a d e C o n t a s a P a g a r C o n t a s a R e c e b e r O r ç a m e n t o A MPL Corporate Software, em parceria com a Oracle e a Amazon WebServices(AWS),lançouasolução ERPOracleInTheCloud,uma implantação SaaS (Software as a Service) do JD Edwards EnterpriseOne. A solução compreende

Leia mais

Modelagem de Processos para Automação

Modelagem de Processos para Automação Treinamentos em Gestão por Processos Modelagem de Processos para Automação [ipe03] Implementando a Visão Futura: um curso prático para vencer a barreira existente entre negócio e TI. Implantar processos

Leia mais

Integração Orientada a Serviços

Integração Orientada a Serviços Integração Orientada a Serviços Porto Alegre, Agosto de 2006 Agenda Sobre a e-core SOA O que é? Web Services x SOA Principal Motivação - Integração SOI ESB BPEL JBI ServiceMix Solução Proposta A Empresa

Leia mais

Nos artigos anteriores apresentamos. Desenvolvimento de Software Dirigido por Caso de Uso Parte III: Caso de Uso de Negócio

Nos artigos anteriores apresentamos. Desenvolvimento de Software Dirigido por Caso de Uso Parte III: Caso de Uso de Negócio Desenvolvimento de Software Dirigido por Caso de Uso Parte III: Caso de Uso de Negócio Vinicius Lourenço de Sousa vinicius.lourenco.sousa@gmail.com Atua no ramo de desenvolvimento de software há mais de

Leia mais

www.mpl.com.br ERPOracleInTheCloud.

www.mpl.com.br ERPOracleInTheCloud. A MPL Corporate Software, em parceria com a Oracle e a Amazon WebServices(AWS),lançouasolução ERPOracleInTheCloud,uma implantação SaaS (Software as a Service) do JD Edwards EnterpriseOne. A solução compreende

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA CONSELHO ADMINISTRATIVO DE DEFESA ECONÔMICA CADE TERMO DE REFERÊNCIA BRA/11/008

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA CONSELHO ADMINISTRATIVO DE DEFESA ECONÔMICA CADE TERMO DE REFERÊNCIA BRA/11/008 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA CONSELHO ADMINISTRATIVO DE DEFESA ECONÔMICA CADE TERMO DE REFERÊNCIA BRA/11/008 Contratação de Consultoria Especializada para o projeto Cade sem Papel BRASÍLIA, OUTUBRO DE 2013. TERMO

Leia mais

Ciclo BPM: da Estratégia à Medição

Ciclo BPM: da Estratégia à Medição Treinamentos em Gestão por Processos Ciclo BPM: da Estratégia à Medição Da modelagem e análise ao monitoramento da execução de processos automatizados: tudo o que você precisa saber para fazer a Gestão

Leia mais

VISUAL STUDIO TEAM SYSTEM IMPLANTAÇÃO DA SUITE DE FERRAMENTAS

VISUAL STUDIO TEAM SYSTEM IMPLANTAÇÃO DA SUITE DE FERRAMENTAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA VISUAL STUDIO TEAM SYSTEM IMPLANTAÇÃO DA SUITE DE FERRAMENTAS PARA APOIO AO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

Leia mais

Modelo V e a Qualidade de Software Wall Street institute

Modelo V e a Qualidade de Software Wall Street institute :: Líder pela Qualidade Modelo V e a Qualidade de Software Wall Street institute Centro de Treinamento Oficial v. 1.0.0 Centro de Treinamento Exclusivamente Dedicado a Teste de Software e Garantia da Qualidade

Leia mais

ANALISTA DE TI SÊNIOR

ANALISTA DE TI SÊNIOR Oportunidades da Staff Recursos Humanos em TI em Julho de 2011. Empresa Multinacional sediada na Região Metropolitana de Porto Alegre RS. A empresa oferece os seguintes benefícios: Participação nos Lucros,

Leia mais

Integração de Processos (BPM - Business Process Management)

Integração de Processos (BPM - Business Process Management) Integração de Processos (BPM - Business Process Management) Marcelo Gianini Novaes WebSphere Integration Solution Architect mgnovaes@br.ibm.com WebSphere A Fonte dos Problemas Pessoas e Sistemas não estão

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Nº do Termo de Referência no Plano de Aquisições: Acordo de

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PROJETOS DE SOFTWARE - SGPS

SISTEMA DE GESTÃO DE PROJETOS DE SOFTWARE - SGPS SISTEMA DE GESTÃO DE PROJETOS DE SOFTWARE - SGPS Lilian R. M. Paiva, Luciene C. Oliveira, Mariana D. Justino, Mateus S. Silva, Mylene L. Rodrigues Engenharia de Computação - Universidade de Uberaba (UNIUBE)

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto 1.1. Contratação de empresa especializada em auditoria de tecnologia da informação e comunicações, com foco em segurança da informação na análise de quatro domínios: Processos

Leia mais

MODELAGEM DE PROCESSOS

MODELAGEM DE PROCESSOS MODELAGEM DE PROCESSOS a a a PRODUZIDO POR CARLOS PORTELA csp3@cin.ufpe.br AGENDA Definição Objetivos e Vantagens Linguagens de Modelagem BPMN SPEM Ferramentas Considerações Finais Referências 2 DEFINIÇÃO:

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócio

Gerenciamento de Processos de Negócio Gestão por Processos By Alan Lopes +55 22-99202-0433 alopes.campos@mail.com http://prof-alan-lopes.weebly.com Gerenciamento de Processos de Negócio - Conceitos e fundamentos - Modelagem de processo - Análise

Leia mais

Descrição da Vaga: Desenvolver aplicações Java web; Gerar consultas e manutenção de tabelas e atributos via SQL.

Descrição da Vaga: Desenvolver aplicações Java web; Gerar consultas e manutenção de tabelas e atributos via SQL. Título da Vaga: Desenvolvedor Java Web Descrição da Vaga: Desenvolver aplicações Java web; Gerar consultas e manutenção de tabelas e atributos via SQL. Requisitos: Sólida experiência em desenvolvimento

Leia mais

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia P ORTFÓ FÓLIO Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia versão 1.1 ÍNDICE 1. A EMPRESA... 3 2. BI (BUSINESS INTELLIGENCE)... 5 3. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS... 6 3.1. PRODUTOS

Leia mais

IBM Business Process Manager Versão 8 Release 5. Visão Geral do IBM Business Process Manager

IBM Business Process Manager Versão 8 Release 5. Visão Geral do IBM Business Process Manager IBM Business Process Manager Versão 8 Release 5 Visão Geral do IBM Business Process Manager ii Visão Geral Manuais PDF e o Centro de Informações Os manuais PDF são fornecidos como uma conveniência para

Leia mais

Reunião de 19/03/2014. www.websphereusergroup.org www.rational-ug.org

Reunião de 19/03/2014. www.websphereusergroup.org www.rational-ug.org Reunião de 19/03/2014 Agenda 18:30 - Abertura 18:45 - WebSphere - Barramento de Servicos IBMl Palestrante: Juan Garay Desenvolvedor Broker na ewave 19:45 - Rational User Stories Palestrante: Marcelo Tueiv

Leia mais

Maratona CBOK Brasília, 23 de outubro de 2012

Maratona CBOK Brasília, 23 de outubro de 2012 Maratona CBOK Brasília, 23 de outubro de 2012 BPM CBOK Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócios Corpo Comum de Conhecimento Modelagem de Processos de Negócios Modelagem de processos Análise de

Leia mais

Um Novo Paradigma para Sistemas de Informação

Um Novo Paradigma para Sistemas de Informação Por Antonio Plais Antonio Plais é proprietário da Centus Consultoria, e parceiro da Knowledge Partners International, LLC (KPI) para o mercado brasileiro, possuindo mais de trinta anos de experiência no

Leia mais

MBA EM ENGENHARIA DE SOFTWARE ORIENTADA A SERVIÇOS (SOA)

MBA EM ENGENHARIA DE SOFTWARE ORIENTADA A SERVIÇOS (SOA) MBA EM ENGENHARIA DE SOFTWARE ORIENTADA A SERVIÇOS (SOA) Você trabalha ou quer trabalhar em um mercado altamente competitivo que demanda inovação, flexibilidade e alta velocidade de resposta para novas

Leia mais

Consulta Pública Contratação de Serviços de TI STI - Superintendência de Tecnologia da Informação

Consulta Pública Contratação de Serviços de TI STI - Superintendência de Tecnologia da Informação Consulta Pública Contratação de Serviços de TI STI - Superintendência de Tecnologia da Informação Diretoria de Soluções Tecnológicas Superintendência de Tecnologia da Informação Objeto Objeto: Prestação

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 5 Servidores de Aplicação

Leia mais

PROJELER. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2. Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com.

PROJELER. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2. Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2 Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com.br Platinum Implementation Partner 1 Enterprise Edition Software de Código Aberto

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS 01/2014

PESQUISA DE PREÇOS 01/2014 PESQUISA DE PREÇOS 01/2014 Considerando a necessidade de aquisição de software integrado de gestão, para atender as necessidades desta Prefeitura Municipal de Porto Alegre, solicitamos que as empresas

Leia mais

Gestores de Processo

Gestores de Processo O Curso de Formação de O Curso de Formação de s (CFGP) marca o início de uma nova fase do programa de Educação Executiva oferecido pela ELO Group. O curso, licenciado pela ABPMP Brasil, é hoje um dos mais

Leia mais

1º LOTE DE QUESTIONAMENTOS. Respostas a pedidos de esclarecimento

1º LOTE DE QUESTIONAMENTOS. Respostas a pedidos de esclarecimento EDITAL DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 1501122000167/2012 TIPO: TÉCNICA E PREÇO REGIME DE EXECUÇÃO: EMPREITADA POR PREÇO GLOBAL PROCESSO DE COMPRA N.º: 1501122000167/2012 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA

Leia mais

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 2: ITEM 4. Formação em PMI Risk Management Professional (PMI RMP) SSSI

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 2: ITEM 4. Formação em PMI Risk Management Professional (PMI RMP) SSSI República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO Este documento descreve os serviços que devem ser realizados para a Implantação da Solução de CRM (Customer Relationship Management), doravante chamada SOLUÇÃO, nos ambientes computacionais de testes,

Leia mais

Proposta. ISO 20.000 / 2011 Fundamentos. Apresentação Executiva. ISO 20.000 / 2011 - Fundamentos

Proposta. ISO 20.000 / 2011 Fundamentos. Apresentação Executiva. ISO 20.000 / 2011 - Fundamentos ISO 20.000 / 2011 Fundamentos Apresentação Executiva 1 O treinamento de ISO 20.000 Foundation tem como premissa fornecer uma visão geral da publicação da norma ISO/IEC 20000 capacitando o aluno a entender

Leia mais

FAI Centro de Ensino Superior em Gestão,Tecnologia e Educação Curso de Sistemas de Informação Supervisão de estágios e de empregabilidade

FAI Centro de Ensino Superior em Gestão,Tecnologia e Educação Curso de Sistemas de Informação Supervisão de estágios e de empregabilidade FAI Centro de Ensino Superior em Gestão,Tecnologia e Educação Curso de Sistemas de Informação Supervisão de estágios e de empregabilidade Boletim de vagas 002/2011 A SysMap Solutions é uma empresa brasileira,

Leia mais

Planejamento da disciplina: Modelagem de processos de negócio

Planejamento da disciplina: Modelagem de processos de negócio UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS / INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Planejamento da disciplina: Modelagem de processos de negócio Professor: Clarindo Isaías Pereira

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA 1. Número e Título do Projeto: OEI BRA09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação

Leia mais

ANEXO 7 MODELOS DE ATESTADOS E DECLARAÇÕES

ANEXO 7 MODELOS DE ATESTADOS E DECLARAÇÕES 467 ANEXO 7 MODELOS DE ATESTADOS E DECLARAÇÕES 1. Disposições Gerais A) As declarações devem estar em papel timbrado da licitante, contendo o nome, cargo ou função, dados de identificação (CPF e identidade),

Leia mais

Implementação de uma Alçada Decisória usando a Suíte SOA IBM BPM

Implementação de uma Alçada Decisória usando a Suíte SOA IBM BPM Implementação de uma Alçada Decisória usando a Suíte SOA IBM BPM Juan Manuel Bonomi Garay 10 de Outubro de 2013 WebSphere Agenda Modelagem do processo Websphere Business Modeler (BPMN) Implementação da

Leia mais

ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À CONSULTA PÚBLICA Nº 010/2015

ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À CONSULTA PÚBLICA Nº 010/2015 ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À CONSULTA PÚBLICA Nº 010/2015 NOME DA INSTITUIÇÃO: Hepta Tecnologia em Informática Ltda. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL EMENTA: OBJETO: Obter contribuições

Leia mais

Desenvolvimento e Administração de Sistemas de Informação Paulo Motta

Desenvolvimento e Administração de Sistemas de Informação Paulo Motta Desenvolvimento e Administração de Sistemas de Informação Paulo Motta prmottajr@acm.org Administração da Informação Quem pode acessar, alterar, inserir e apagar? Qual a consistência dos dados? Quão críticos

Leia mais

Modelagem de Processos. Prof.: Fernando Ascani

Modelagem de Processos. Prof.: Fernando Ascani Modelagem de Processos Prof.: Fernando Ascani Bibliografia UML Guia de consulta rápida Douglas Marcos da Silva Editora: Novatec UML Guia do usuário Grady Booch James Rumbaugh Ivair Jacobson Editora: Campus

Leia mais

SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS

SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS Pablo dos Santos Alves Alexander Roberto Valdameri - Orientador Roteiro da apresentação Introdução Objetivos Motivação Revisão bibliográfica

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA 1. Número e Título do Projeto: OEI BRA09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação

Leia mais

Etapas e Desafios. plataforma de BPM corporativa. BPMS Showcase 2014. Kelly Sganderla Consultora de Processos, CBPP Kelly.sganderla@iprocess.com.

Etapas e Desafios. plataforma de BPM corporativa. BPMS Showcase 2014. Kelly Sganderla Consultora de Processos, CBPP Kelly.sganderla@iprocess.com. BPMS Showcase 2014 Etapas e Desafios na seleção de uma plataforma de BPM corporativa Apresentado por: Kelly Sganderla Consultora de Processos, CBPP Kelly.sganderla@iprocess.com.br Apresentando a iprocess

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS 02/2014

PESQUISA DE PREÇOS 02/2014 PESQUISA DE PREÇOS 02/2014 Considerando a necessidade de aquisição de software integrado de gestão, para atender as necessidades desta Prefeitura Municipal de Porto Alegre, solicitamos que as empresas

Leia mais

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 8: ITEM 3 Termos de Referência para a componente de Formação SSSI

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 8: ITEM 3 Termos de Referência para a componente de Formação SSSI República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

IBM SOA - Arquitetura Lógica

IBM SOA - Arquitetura Lógica IBM SOA - Arquitetura Lógica "##$ (web browser) (webrowser) Internet! 44 SOA on your terms and our expertise Ambiente de Desenvolvimento SOA Requisitos CIO Gerente Projeto Gerencia Arquitetura Dados Arquiteto

Leia mais

Novas Tendências da Gestão e Governança de Dados

Novas Tendências da Gestão e Governança de Dados Novas Tendências da Gestão e Governança de Dados Bergson Lopes contato@bergsonlopes.com.br www.bergsonlopes.com.br Dados do Palestrante Bergson Lopes Rego, PMP é especialista em Gestão de Dados, Gerenciamento

Leia mais

Marcus Gregório Serrano

Marcus Gregório Serrano Marcus Gregório Serrano Presidente marcus.gregorio@pmies.org.br presidencia@pmies.org.br Consultor e professor. Graduado em Sistemas de Informação, é especialista em Gerenciamento de Projetos e certificado

Leia mais

ltreven@gmail.com http://www.geocities.com/lourenco/cv.html

ltreven@gmail.com http://www.geocities.com/lourenco/cv.html Lourenço Trevenzolli Brasileiro, 34 anos. Endereço Chile: Mar Del Plata, 1954 depto 802 Providencia Santiago de Chile. Telefones: +56 (9) 8818-0802 Endereço Brasil: Rua Cristiano Viana, 717 apto 193 Pinheiros

Leia mais

ANEXO IV PERFIS E QUALIFICAÇÕES DOS PROFISSIONAIS DO CONTRATADO

ANEXO IV PERFIS E QUALIFICAÇÕES DOS PROFISSIONAIS DO CONTRATADO 1. Os profissionais a serem alocados pelo deverão ter experiência e conhecimentos técnicos para execução dos serviços contratados. 2. A qualificação técnica dos profissionais deve ser comprovada por meio

Leia mais

VINICIUS DE SOUZA VALENTIM ANDRADE

VINICIUS DE SOUZA VALENTIM ANDRADE VINICIUS DE SOUZA VALENTIM ANDRADE Brasileiro, separado, 1 Filho, nascido em 21/01/1974 Rua Dr. Sardinha, 119 / ap 401 Santa Rosa - Niterói RJ CEP: 24240-660 Tel: 21 98853-4584 Email: viniciusvalentim@gmail.com

Leia mais

Minicurrículo. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional. Líder no PMO. Diretor e Professor

Minicurrículo. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional. Líder no PMO. Diretor e Professor Adilson de Oliveira Minicurrículo Mestre em Ciência da Informação Doutor em Engenharia de Computação Diretor e Professor Líder no PMO Gerente de Projetos Profissional Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer

Leia mais

BEM-VINDO!!! Apresentação Inicial. Por favor, descreva o seu atual conhecimento sobre Mapeamento de Processos

BEM-VINDO!!! Apresentação Inicial. Por favor, descreva o seu atual conhecimento sobre Mapeamento de Processos Apresentação Inicial BEM-VINDO!!! Por favor, descreva o seu atual conhecimento sobre Mapeamento de Processos 1 Mapeamento de Processos Mapeamento de Processos e Negócios com BPM 2 Ementa Introdução Definição

Leia mais

ANEXO V CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO

ANEXO V CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC Nº 008/2008 1 1- PLANILHA DE PONTUAÇÃO TÉCNICA FATOR QUALIDADE ANEXO V CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO Item Descrição Peso 2 1.1 A licitante será pontuada pela comprovação de parceria com

Leia mais

1. P06 Recursos Tecnológicos. Plataformas de ECM e BPMS P06.005

1. P06 Recursos Tecnológicos. Plataformas de ECM e BPMS P06.005 1. IDENTIFICAÇÃO Padrão Segmento Código P06.005 Revisão v. 2015 2. PUBLICAÇÃO Plataformas de ECM e BPMS Recursos Tecnológicos Versão Data para adoção Publicação v. 2015 02 de outubro de 2015 PORTARIA N

Leia mais

Proposta Técnica. Desenvolvimento de software QUICKSITE

Proposta Técnica. Desenvolvimento de software QUICKSITE Proposta Técnica Desenvolvimento de software CONTEÚDO Resumo Executivo...3 1.1 Duração e Datas Especiais... 3 1.2 Fatores Críticos de Sucesso... 3 A Hi Level...3 Solução Proposta...4 1.3 Escopo... 4 1.4

Leia mais