CONCURSO N.º 05/UGEA/TA/UE/2014. Manifestação de Interesse

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONCURSO N.º 05/UGEA/TA/UE/2014. Manifestação de Interesse"

Transcrição

1 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE UNIÃO EUROPEIA Tribunal Administrativo CONCURSO N.º 05/UGEA/TA/UE/2014 FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA Manifestação de Interesse O Tribunal Administrativo, convida as empresas interessadas em participar no concurso para Prestação de Serviços de formação, a apresentarem Manifestação de Interesse, em acções de formação nas áreas abaixo descriminadas: Formação em MS Project; Formação em Word Avançado; Formação em Excel Avançado; Formação em Microsoft Accsess. 1. As Manifestações de Interesse deverão ser apresentadas até as 10 horas do dia 10 de Março de A participação neste concurso compreende duas fases nomeadamente: (a) uma primeira, na qual qualquer empresa pode manifestar, por escrito, o seu interesse em participar no concurso e (b) uma segunda que apenas é composta por empresas seleccionadas lista curta (mínimo 4 e 8 máximo), nos termos da cláusula do PRAG 2013 (Guia Prático) actualizado em Março de 2013, e das Normas do Regulamento de Contratação de Empreitada de Obras Públicas, Fornecimento de Bens e Prestação de Serviços ao Estado, aprovado pelo Decreto n.º 15/2010, de 24 de Maio e que serão convidadas a apresentar propostas.

2 3. A participação no concurso está aberta, em condições de igualdade, a todas as pessoas singulares e colectivas que participam individualmente ou num agrupamento (consórcio) de proponentes, estabelecidas em Moçambique, num dos Estados-Membros da União Europeia, nos Estados Membros ACP, ou num país ou território autorizado pelo Acordo de Parceria ACP-CE assinado em Cotonou em 23 de Junho de 2000, tal como alterado em 25 de Junho de 2008 (Anexo IV) no quadro do qual o presente contrato é financiado. 4. O critério de selecção dos candidatos será baseado no Procedimento Competitivo Negociado, previsto na cláusula do PRAG 2013 (Guia Prático) actualizado em Março de 2013, devendo nestes termos constar as seguintes qualificações: Comprovativos de capacidade financeira, económica, técnica e profissional suficientes para a execução das tarefas do contrato; Mencionar no seu CV referências das instituições em que ministrou a formação pretendida nos últimos 3 (três) anos; Comprovar experiência profunda sobre os módulos de formação a serem ministrados; Falar e escrever fluentemente Português; Possuir uma formação pedagógica adequada nomeadamente: i. O formador deverá ter uma boa capacidade de transmissão de conhecimento; ii. Experiência de trabalho como formador, mínimo 3 anos; iii. Domínio nas matérias a leccionar. Constitui vantagem, a experiência na área de Informática por parte dos formadores. 5. De salientar que são Estados Membros da ACP, os constantes na lista a seguir: Angola - Antígua e Barbudos - Belize - Cabo Verde - Comoros - Bahamas - Barbados - Benin - Botswana Burkina-Faso - Burundi - Camarões - República Centro Africana - Chade - Congo (Brazzaville) - Congo - Ilhas Cook Costa do

3 Marfim Cuba (Pessoas Singulares e Colectivas legais apenas) - Djibuti - Dominica - República Dominicana - Eritreia - Etiópia - Fiji - Gabão - Gâmbia - Ghana - Grenada - República da Guiné Guiné - Bissau Guiné Equatorial (Pessoas Singulares e Colectivas legais apenas) - Guiana - Haiti - Jamaica - Kenya - Kiribati - Lesoto - Libéria - Madagáscar - Malawi - Mali - Ilhas Marashal - Mauritânia - Maurícias - Estados Federados da Micronésia - Moçambique - Namíbia - Narrou - Níger - Nigéria - Nova Papú - Papua - Ruanda - St. Kitts e Neves - Stª. Lúcia - São. Vicente e Grenada - Salomão - Ilhas Samoa - São Tome e Príncipe - Senegal - Seychelles - Serra Leoa - Somália África do Sul - Sudão (Pessoas Singulares e Colectivas legais apenas) - Suriname Suazilândia - Tanzânia - Timor Leste - Togo - Tonga - Trindad e Tobago - Tuvalu - Uganda - Vanuatu - Zâmbia Zimbabwe. 6. Os concorrentes interessados poderão obter mais informações, examinar os Termos de Referência ou levantá-los na UGEA do Tribunal Administrativo sito na, Rua Mateus Sansão Muthemba 65, Maputo Cidade, nas horas normais de expediente, das 07:30 às 15:30hrs, assim como poderão ser obtidos (descarregados) no endereço electrónico seguinte: Maputo, Fevereiro de 2014 O Tribunal Administrativo

4 República de Moçambique União Europeia REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE TRIBUNAL ADMINISTRATIVO Financiado Pela União Europeia TERMOS DE REFERÊNCIA Formação Técnica em Informática O TA - Tribunal Administrativo celebrou um contrato com a Delegação da União Europeia e pretende lançar um concurso para contratar a prestação de serviços de formação, nos termos de Regulamento de Contratação de Empreitada de Obras Públicas, Fornecimento de Bens e Prestação de Serviços ao Estado, aprovado pelo Decreto n 15/2010 de 24 de Maio, bem como nas normas da União Europeia (PRAG) de 2013, ou seja do Procedimento Competitivo Negociado. Neste contexto, o Tribunal Administrativo, convida as empresas interessadas a manifestar o seu interesse em concorrer, a fim de que sejam seleccionadas um mínimo de 4 (quatro) e um máximo de 8 (oito) prestadores de serviços, que serão posteriormente convidados a submeterem suas propostas de forma a participar na contratação em referência, com vista a capacitar os quadros desta instituição, no âmbito das matérias sobre o apoio à Gestão. 1

5 Neste sentido, havendo necessidade de contratar empresas especializadas na formação sobre as áreas técnicas de suporte às actividades de reforma das finanças públicas, o Tribunal Administrativo, pretende contratar empresas capacitados para prestarem serviços de formação especializada em Informática, a ser ministrada nos cursos e termos abaixo descriminados para cada área: Áreas de formação: 1. Formação em MS Project; 2. Formação em Excel Avançado; 3. Formação em Word Avançado. 4. Formação em Microsoft Access. 1. FORMAÇÃO TÉCNICA NA ÁREA DE MS PROJECT I. Objecto A formação tem por objecto, dotar os formandos de conhecimentos teóricos e práticos, com vista ao início, planeamento, execução, monitorização e enceramento de projectos na ferramenta informática do MS Project e respetivos add-ins informáticos para o planeamento de projectos. II. Âmbito de Aplicação A presente formação, tem como alvo os profissionais do Tribunal Administrativo, que desenvolvam funções nas áreas da Direcção Nacional de Sistemas de Informação e Comunicação, Visto, Conta Geral do Estado, Direcção de Administração e Finanças, Contadoria de Contas e Auditoria, Assessores, Direcção Nacional de Planificação e Controlo Interno e Direcção Nacional dos Recursos Humanos. 2

6 III. Objectivos Específicos A formação tem como objectivos específicos dotar os participantes de conhecimentos e práticas na utilização desta aplicação. IV. Conteúdos Na formação, serão ministrados os seguintes módulos: Conceitos básicos de Gestão de Projectos; Introdução do Microsoft Project 2010 ou 2013; Introdução ao Projecto com caso pratico; Actividades e respectiva calendarização; Alocação de recursos e de custos; Revisão do plano do Projecto e distribuição dos relatórios; Monitorização e controlo do progresso do Projecto; Coordenação de vários projectos e partilha de dados com outras aplicações; Utilização e personificação do ecrã. V. Obrigações da Contratada No que se refere aos dois presentes módulos de formação, a contratada tem como obrigações: Encaminhar, antes do início dos serviços, o cronograma de execução da formação; Garantir as condições de formação (sala de formação, material didáctico da formação, etc.); Garantir formadores qualificados de acordo com os conteúdos a serem ministrados; Fornecer manuais de acompanhamento e exercícios práticos contendo todos módulos de formação em formato digital e impresso; 3

7 Fornecer de forma detalhada, todo o conteúdo programático de cada um dos cursos pretendidos; No final de cada um dos cursos, deverá ser fornecido um certificado de participação oficial. No que se refere as condições de apetrecho da sala de aulas de formação, a contratada, deve criar as seguintes condições: i. Quadro branco; ii. Vídeo projector; iii. Um posto de trabalho para cada participante; iv. Manuais oficiais de acompanhamento contendo todos módulos de formação em formato digital e impresso; v. Lanche para os formandos durante o período de formação. VI. Obrigações da Entidade Contratante A entidade contratante obriga-se a: Pagar o preço acordado em conformidade com as modalidades previstas; Exigir o cumprimento de todas as obrigações assumidas pela contratada, de acordo com os termos de sua proposta; Acompanhar a prestação de serviços pela contratada. VII. Local As formações deverão ser Ministradas na Cidade de Maputo, em Local a ser indicado pela contratada. 4

8 VIII. Requisitos Mínimos e Qualificações A contratada deverá comprovar experiência profissional em formação nas áreas em questão mediante a apresentação de documentação relevante e comprovativa, bem como qualificações dos seus formadores de acordo com o seguinte: 1. Mencionar no seu CV referências das instituições em que ministrou a formação pretendida. 2. Comprovar experiência profunda sobre os módulos de formação a serem ministrados; 3. Falar e escrever fluentemente Português; 4. Possuir uma formação pedagógica adequada nomeadamente: a) O formador deverá ter uma boa capacidade de transmissão de conhecimento; b) Experiência de trabalho como formador, mínimo 3 anos; c) Domínio nas matérias a leccionar. Constitui vantagem, a experiência na ferramenta de MS Project por parte dos formadores. IX. Resultados Esperados Como resultados desta formação, espera-se que os técnicos tenham conhecimentos práticos na utilização desta aplicação. X. Duração da Formação A duração desta formação é de 40 horas. XI. Número estimado de formandos O número estimado de formandos é de 263 funcionários, aos quais serão ministrados 17 cursos. 5

9 2. FORMAÇÃO TÉCNICA NA ÁREA DE EXCEL AVANÇADO I. Objecto A formação tem por objecto, dotar os formandos de cohecimentos teóricos e práticos relativamente a utilização desta ferramenta, com vista a sua aplicação na melhoria dos processos de trabalho. II. Âmbito de Aplicação A presente formação tem como alvo os profissionais do Tribunal Administrativo que desenvolvam funções nas áreas de Direcção Nacional de Sistemas de Informação e Comunicação, Conta Geral do Estado, Direcção de Administração e Finanças, Contadoria de Contas e Auditoria, Direcção Nacional de Recursos Humanos, Direcção de Documentação, Biblioteca e Arquivo. III. Objectivos Específicos Adquirir capacidades para utilizar as ferramentas mais avançadas do Microsoft Excel. IV. Conteúdos Na formação, serão ministrados os seguintes módulos: Auto preenchimento em sequência; Células; Auditoria de Células; Rastriamento; Inserção de comentários; Filtragem de dados; Critérios de comparação; Caracteres; Tabela dinâmica; Gráficos; 6

10 Planilhas; Funções avançadas; Macros; Congelamento de painéis; Bases de dados. V. Obrigações da Contratada A contratada tem como obrigações: Encaminhar, antes do início dos serviços, o cronograma de execução da formação; Garantir as condições de formação (sala de formação, material didáctico da formação, etc.); Garantir formadores qualificados de acordo com os conteúdos a serem ministrados; Fornecer manuais de acompanhamento e exercícios práticos, contendo todos módulos de formação contratada em formato digital e impresso; Fornecer de forma detalhada, todo o conteúdo programático de cada um dos cursos pretendidos; No final de cada um dos cursos, deverá ser fornecido um certificado de participação oficial. No que se refere as condições de apetrecho da sala de aulas de formação, a contratada deve criar as seguintes condições: a. Quadro branco; b. Vídeo projector; c. Um posto de trabalho para cada participante; d. Manuais oficiais de acompanhamento contendo todos módulos de formação em formato digital e impresso; e. Lanche para os formandos durante o período de formação. 7

11 VI. Obrigações da Entidade Contratante A entidade contratante obriga-se a: Pagar o preço acordado em conformidade com as modalidades previstas; Exigir o cumprimento de todas as obrigações assumidas pela contratada, de acordo com os termos de sua proposta; Acompanhar a prestação de serviços pela contratada. VII. Local As formações deverão ser Ministradas na Cidade de Maputo, em Local a ser indicado pela contratada. VIII. Requisitos Mínimos e Qualificações A contratada deverá comprovar experiência profissional em formação nas áreas em questão, mediante a apresentação de documentação relevante e comprovativa, bem como qualificações dos seus formadores de acordo com o seguinte: a. Mencionar no seu CV referências das instituições em que ministrou a formação pretendida. b. Comprovar experiência profunda sobre os módulos de formação a serem ministrados; c. Falar e escrever fluentemente Português; d. Possuir uma formação pedagógica adequada nomeadamente: i. O formador devera ter uma boa capacidade de transmissão de conhecimento; ii. Experiencia de trabalho como formador, mínimo 3 anos; iii. Domínio nas matérias a leccionar. Constitui vantagem, a experiência na área de gestão de projectos por parte dos formadores. 8

12 IX. Resultados Esperados Espera-se técnicos com domínio na utilização das ferramentas avançadas do Excel e melhor desempenho na área. X. Duração da Formação A duração desta formação é de 40 horas. XI. Número estimado de formandos O número estimado de formandos é de 96 funcionários, aos quais serão ministrados 6 cursos. 3. ÁREA DE FORMAÇÃO EM WORD AVANÇADO I. Objecto A formação tem por objecto, dotar os formandos de cohecimentos teóricos e práticos relativamente a utilização desta ferramenta, com vista a sua aplicação na melhoria dos processos de trabalho. II. Âmbito de Aplicação A presente formação tem como alvo os profissionais do Tribunal Administrativo em todas as áres desta Instituição. III. Objectivos Específicos Adquirir capacidades para utilizar as ferramentas mais avançadas do Microsoft (Word). IV. Conteúdos Na formação, serão ministrados os seguintes módulos: Conceitos de ferramentas; 9

13 Utilização de estilos; Inserção de figuras; Criação de índices; Definição de fluxos de textos; Criação de documentos principais; formatações avançadas; Utilização de Dicionários, referências, índices, mails, merge, macros, templetes; protecção de documentos; Revisão de documentos. V. Obrigações da Contratada A contratada tem como obrigações: Encaminhar, antes do início dos serviços, o cronograma de execução da formação; Garantir as condições de formação (sala de formação, material didáctico da formação, etc.); Garantir formadores qualificados de acordo com os conteúdos a serem ministrados; Fornecer manuais de acompanhamento, e exercícios práticos contendo todos módulos de formação contratada em formato digital e impresso; Fornecer de forma detalhada, todo o conteúdo programático de cada um dos cursos pretendidos; No final de cada um dos cursos, deverá ser fornecido um certificado de participação oficial. No que se refere as condições de apetrecho da sala de aulas de formação, o consultor a contratada, deve criar as seguintes condições: a. Quadro branco; b. Vídeo projector; 10

14 c. Um posto de trabalho para cada participante; d. Manuais oficiais de acompanhamento contendo todos módulos de formação em formato digital e impresso; e. Lanche para os formandos durante o período de formação. VI. Obrigações da Entidade Contratante A entidade contratante obriga-se a: Pagar o preço acordado em conformidade com as modalidades previstas; Exigir o cumprimento de todas as obrigações assumidas pela contratada, de acordo com os termos de sua proposta; Acompanhar a prestação de serviços pela contratada. VII. Local As formações deverão ser Ministradas na Cidade de Maputo, em Local a ser indicado pela contratada. VIII. Requisitos Mínimos e Qualificações A contratada deverá comprovar experiência profissional em formação nas áreas em questão, mediante a apresentação de documentação relevante e comprovativa, bem como qualificações dos seus formadores de acordo com o seguinte: a. Mencionar no seu CV referências das instituições em que ministrou a formação pretendida. b. Comprovar experiência profunda sobre os módulos de formação a serem ministrados; c. Falar e escrever fluentemente Português; d. Possuir uma formação pedagógica adequada nomeadamente: i. O formador devera ter uma boa capacidade de transmissão de conhecimento; ii. Experiencia de trabalho como formador, mínimo 3 anos; 11

15 iii. Domínio nas matérias a leccionar. Constitui vantagem, a experiência na área de Microsoft Word Avançado por parte dos formadores. IX. Resultados Esperados Espera-se técnicos com melhor domínio de Word e melhor desempenho. X. Duração da Formação A duração desta formação é de 40 horas. XI. Número estimado de formandos O número estimado de formandos é de 122 funcionários, aos quais serão ministrados 8 cursos. 4. ÁREA DE FORMAÇÃO EM MICROSOFT ACCESS I. Objecto A formação tem por objecto, dotar os formandos de cohecimentos teóricos e práticos relativamente utilização desta ferramenta, com vista a sua aplicação na melhoria dos processos de trabalho. II. Âmbito de Aplicação A presente formação tem como alvo os profissionais do Tribunal Administrativo das áreas da Conta Geral do Estado, Direcção de Administração e Finanças, Contadoria de Contas e Auditoria, Direcção Nacional de Recursos Humanos. III. Objectivos Específicos Adquirir capacidades para utilizar as ferramentas mais avançadas do Microsoft Access. 12

16 IV. Conteúdos Na formação, serão ministrados os seguintes módulos: Tabelas; Consultas; Formulários, Macro; Importação e Exportação; Criação e Gestão de bases de dados com caso prático. V. Obrigações da Contratada A contratada tem como obrigações: Encaminhar, antes do início dos serviços, o cronograma de execução da formação; Garantir as condições de formação (sala de formação, material didáctico da formação, etc.); Garantir formadores qualificados de acordo com os conteúdos a serem ministrados; Fornecer manuais de acompanhamento, e exercícios práticos contendo todos módulos de formação contratada em formato digital e impresso; Fornecer de forma detalhada, todo o conteúdo programático de cada um dos cursos pretendidos; No final de cada um dos cursos, deverá ser fornecido um certificado de participação oficial. No que se refere as condições de apetrecho da sala de aulas de formação, a contratada deve criar as seguintes condições: a. Quadro branco; b. Vídeo projector; c. Um posto de trabalho para cada participante; 13

17 d. Manuais oficiais de acompanhamento contendo todos módulos de formação em formato digital e impresso; e. Lanche para os formandos durante o período de formação. VI. Obrigações da Entidade Contratante A entidade contratante obriga-se a: Pagar o preço acordado em conformidade com as modalidades previstas; Exigir o cumprimento de todas as obrigações assumidas pela contratada, de acordo com os termos de sua proposta; Acompanhar a prestação de serviços pela contratada. VII. Local As formações deverão ser Ministradas na Cidade de Maputo, em Local a ser indicado pela contratada. VIII. Requisitos Mínimos e Qualificações A contratada deverá comprovar experiência profissional em formação nas áreas em questão, mediante a apresentação de documentação relevante e comprovativa, bem como qualificações dos seus formadores de acordo com o seguinte: a. Mencionar no seu CV referências das instituições em que ministrou a formação pretendida. b. Comprovar experiência profunda sobre os módulos de formação a serem ministrados; c. Falar e escrever fluentemente Português; d. Possuir uma formação pedagógica adequada nomeadamente: i. O formador deverá ter uma boa capacidade de transmissão de conhecimento; ii. iii. Experiência de trabalho como formador, mínimo 3 anos; Domínio nas matérias a leccionar. 14

18 Constitui vantagem, a experiência na área de Microsoft Access por parte dos formadores. IX. Resultados Esperados Espera-se técnicos com melhor domínio de Access e melhor desempenho. X. Duração da Formação A duração desta formação é de 40 horas. XI. Número estimado de formandos O número estimado de formandos é de 30 funcionários, aos quais serão ministrados 2 cursos. N.B. Os cursos de formação acima mencionados, serão ministrados, nos termos descritos no Cronograma de Actividades em anexo aos Termos de Referência. As propostas técnicas e financeiras não devem ser apresentadas na fase da manifestação de interesse. 15

19 CRONOGRAMA DE ACTIVIDADES Formações no âmbito de Cooperação com União Europeia N/0 ano de 2014 ano de 2015 ano de 2016 Público Alvo N. Beneficiários/N.cursos J F M A M J J A S O N D J F M A M J J A S O N D J F M A M J 1 MS Project DNSIC,Visto,CGE, DAF,CCA,Assesso res, DNPCI,DNRH 263 funcionários em 17 cursos DNSIC,CGE, 96 funcionários em 6 2 DAF,DBDA, CCA, Excel Avançado cursos DNRH Todas as áreas 122 funcioários em 8 3 Word Avançado 4 Microsoft Access CGE,DAF,CCA,DN PCI,DNRH cursos 30 funcionários em 2 cursos Legenda: Dois cursos por mês um curso por mês SJ Secretarido dos Juizes N.B: A presente tabela sujeita-se a actualização, sempre que se mostrar pertinente Elaborado Por: Departamento de Formação

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil País Afeganistão África do Sul Albânia Alemanha Andorra Angola Antígua e Barbuda Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Austrália

Leia mais

Necessidade de visto para. Não

Necessidade de visto para. Não País Necessidade de visto para Turismo Negócios Afeganistão África do Sul Albânia, Alemanha Andorra Angola Antígua e Barbuda Arábia Saudita Argélia. Argentina Ingresso permitido com Cédula de Identidade

Leia mais

Argentina Dispensa de visto, por até 90 dias Dispensa de visto, por até 90 dias. Entrada permitida com Cédula de Identidade Civil

Argentina Dispensa de visto, por até 90 dias Dispensa de visto, por até 90 dias. Entrada permitida com Cédula de Identidade Civil PAÍS Visto de Turismo Visto de Negócios Observação Afeganistão Visto exigido Visto exigido África do Sul Dispensa de visto, por até 90 dias Dispensa de visto, por até 90 dias Albânia Dispensa de visto,

Leia mais

Entrance Visas in Brazil ( Updating on 01/11/2013 )

Entrance Visas in Brazil ( Updating on 01/11/2013 ) Entrance Visas in Brazil ( Updating on 01/11/2013 ) Legend # Entrance allowed by presenting Civil Identity Card * - Maximum stay of 90 days every 180 days For more informations: Phone: +55 11 2090-0970

Leia mais

CONCURSO N.º 04/UGEA/TA/UE/2014. Manifestação de Interesse

CONCURSO N.º 04/UGEA/TA/UE/2014. Manifestação de Interesse REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE UNIÃO EUROPEIA Tribunal Administrativo CONCURSO N.º 04/UGEA/TA/UE/2014 FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA Manifestação de Interesse O Tribunal Administrativo, convida as empresas interessadas

Leia mais

PROCEDIMENTOS MIGRATÓRIOS E DOCUMENTOS DE VIAGEM

PROCEDIMENTOS MIGRATÓRIOS E DOCUMENTOS DE VIAGEM PROCEDIMENTOS MIGRATÓRIOS E DOCUMENTOS DE VIAGEM 1 PROCEDIMENTOS MIGRATÓRIOS E DOCUMENTOS DE VIAGEM PROCEDIMENTOS MIGRATÓRIOS E DOCUMENTOS DE VIAGEM 2 17. TABELA DE VISTOS Apresentamos a seguir uma tabela

Leia mais

ANEXO 17 TABELA DENACIONALIDADES EPAÍSES (CARTÃO SUS)

ANEXO 17 TABELA DENACIONALIDADES EPAÍSES (CARTÃO SUS) ANEXO 17 TABELA DENACIONALIDADES EPAÍSES (CARTÃO SUS) NACIONALIDADES Cód. Afeganistão 101 África do Sul 102 Albânia 103 Alemanha 104 Ando ra 105 Angola 106 Angui la 107 Antigua e Barbuda 108 Antilhas Holandesas

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 07/02/2013) Legenda

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 07/02/2013) Legenda Ministério das Relações Exteriores Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração Quadro Geral de Regime de Vistos para

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 24/11/2015) Legenda

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 24/11/2015) Legenda Ministério das Relações Exteriores Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração Quadro Geral de Regime de Vistos para

Leia mais

L A E R T E J. S I L V A

L A E R T E J. S I L V A MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração Quadro Geral de Regime de Vistos para

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 14/05/2014) Legenda

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 14/05/2014) Legenda Ministério das Relações Exteriores Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração Quadro Geral de Regime de Vistos para

Leia mais

COOPERAÇÃO SUL-SUL BRASILEIRA

COOPERAÇÃO SUL-SUL BRASILEIRA COOPERAÇÃO SUL-SUL BRASILEIRA Representação organizacional da ABC O Mandato da ABC Negociar, aprovar, coordenar e avaliar a cooperação técnica internacional no Brasil Coordenar e financiar ações de cooperação

Leia mais

INSTRUTIVO N.º 01/2015 de 14 de Janeiro

INSTRUTIVO N.º 01/2015 de 14 de Janeiro INSTRUTIVO N.º 01/2015 de 14 de Janeiro ASSUNTO: CLASSIFICAÇÃO DE PAÍSES, BANCOS MULTILATERAIS DE DESENVOLVIMENTO E ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS Havendo necessidade de se estabelecerem critérios de classificação

Leia mais

DDI VIA EMBRATEL Relação de países e seus respectivos códigos de acesso

DDI VIA EMBRATEL Relação de países e seus respectivos códigos de acesso PAIS CODIGO ACESSO DDI AFEGANISTAO 93 N AFRICA DO SUL 27 S ALASCA 1 S ALBANIA 355 S ALEMANHA 49 S ANDORRA 376 S ANGOLA 244 S ANGUILLA 1 S ANT.HOLANDESAS 599 S ANTIGUA 1 S ARABIA SAUDITA 966 S ARGELIA 213

Leia mais

DRH- Departamento de Recursos Humanos

DRH- Departamento de Recursos Humanos República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

MRE ABC CGRM CGPD CGRB

MRE ABC CGRM CGPD CGRB 1 Organograma da ABC MRE ABC CGRM CGPD CGRB 2 Competências da ABC Coordenar, negociar, aprovar e avaliar a cooperação técnica internacional do país. Coordenar todo o ciclo da cooperação técnica internacional

Leia mais

RELATÓRIO DO RESUMO DA ALMA 1º TRIMESTRE DE 2015

RELATÓRIO DO RESUMO DA ALMA 1º TRIMESTRE DE 2015 RELATÓRIO DO RESUMO DA ALMA 1º TRIMESTRE DE 2015 Introdução A África alcançou um ponto de viragem crítico na sua luta contra a malária este ano à medida que objectivos, estratégias e planos globais e regionais

Leia mais

Contratos Públicos UE nos Países de Língua Portuguesa

Contratos Públicos UE nos Países de Língua Portuguesa Contratos Públicos UE nos Países de Língua Portuguesa Índice 1. Países de Língua Portuguesa/Comunidade de Países de Língua Portuguesa 1.1 Potencialidades da Espaço Lusófono 1.2 Comunidades Económicas Regionais

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:378383-2013:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:378383-2013:text:pt:html 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:378383-2013:text:pt:html Polónia-Varsóvia: Contrato-quadro para desenvolvimento de Intranet com base em SharePoint, sistema

Leia mais

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 2: ITEM 4. Formação em PMI Risk Management Professional (PMI RMP) SSSI

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 2: ITEM 4. Formação em PMI Risk Management Professional (PMI RMP) SSSI República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Documento com Perguntas Frequentes sobre a Iniciativa de Acesso Global

Documento com Perguntas Frequentes sobre a Iniciativa de Acesso Global Documento com Perguntas Frequentes sobre a Iniciativa de Acesso Global A Roche lançou o Programa de Acesso Global a testagem de carga viral para o HIV O Programa expande o acesso aos cuidados através de

Leia mais

FUNDO NEPAD/ESPANHA PARA O EMPODERAMENTO DAS MULHERES AFRICANAS (O FUNDO)

FUNDO NEPAD/ESPANHA PARA O EMPODERAMENTO DAS MULHERES AFRICANAS (O FUNDO) FUNDO NEPAD/ESPANHA PARA O EMPODERAMENTO DAS MULHERES AFRICANAS (O FUNDO) SELECÇÃO PROVISÓRIA DOS PAÍSES ELEGÍVEIS PARA O FUNDO NO CONTEXTO DO 2º APELO PARA SUBMISSÃO DE PROPOSTAS 24 DE NOVEMBRO DE 2010

Leia mais

Programa de Estudantes - Convênio de Pós-graduação - PEC-PG - 2006

Programa de Estudantes - Convênio de Pós-graduação - PEC-PG - 2006 Programa de Estudantes - Convênio de Pós-graduação - PEC-PG - 2006 1. Do objeto: O Ministério das Relações Exteriores (MRE), por intermédio do Departamento Cultural (DC), a Coordenação de Aperfeiçoamento

Leia mais

B-Bruxelas: Estudo comparativo relativo a contratos de computação em nuvem 2013/S 084-140907. Anúncio de concurso. Serviços

B-Bruxelas: Estudo comparativo relativo a contratos de computação em nuvem 2013/S 084-140907. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:140907-2013:text:pt:html B-Bruxelas: Estudo comparativo relativo a contratos de computação em nuvem 2013/S 084-140907

Leia mais

A) Lista dos países terceiros cujos nacionais devem possuir um visto para transporem as fronteiras externas. 1. Estados:

A) Lista dos países terceiros cujos nacionais devem possuir um visto para transporem as fronteiras externas. 1. Estados: Lista dos países terceiros cujos nacionais estão sujeitos à obrigação de visto para transporem as fronteiras externas e lista dos países terceiros cujos nacionais estão isentos dessa obrigação A) Lista

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/ PPGD/2012

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/ PPGD/2012 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/ PPGD/2012 Disciplina a concessão de Recursos do PROEX/CAPES para a participação

Leia mais

NOVO ANÚNCIO N AFCHPR/01/2014

NOVO ANÚNCIO N AFCHPR/01/2014 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA AFRICAN COURT ON HUMAN AND PEOPLES RIGHTS COUR AFRICAINE DES DROITS DE L HOMME ET DES PEUPLES P.O Box 6274 Arusha, Tanzania, Tel: +255 732 979506/9; Fax: +255

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:331932-2013:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:331932-2013:text:pt:html 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:331932-2013:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre cibersegurança nos transportes terrestres, que desenvolve orientações

Leia mais

Doing Business 2011 Dados Informativos Resumo das Reformas na África Subsaariana

Doing Business 2011 Dados Informativos Resumo das Reformas na África Subsaariana Doing Business 2011 Dados Informativos Resumo das Reformas na África Subsaariana Angola reduziu o tempo de comércio internacional fazendo investimentos em infraestrutura e administração portuárias. Áreas

Leia mais

Es t i m a t i v a s

Es t i m a t i v a s Brasileiros no Mundo Es t i m a t i v a s Ministério das Relações Exteriores - MRE Subsecretaria Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior - SGEB Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior

Leia mais

República de Moçambique. Ministério Das Finanças

República de Moçambique. Ministério Das Finanças República de Moçambique Ministério Das Finanças CEDSIF Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças TERMOS DE REFERÊNCIA PARA O OBJECTO 1 E/OU OBJECTO 2 MAPUTO, Setembro de 2012 2 Introdução

Leia mais

DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS

DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA AS ENTIDADES FORMADORAS ÍNDICE OBJECTIVOS

Leia mais

ACP-MEAS CD4CDM São Tomé e Príncipe Quarto Workshop Nacional São Tomé, 11-12 de Setembro, 2013. Vintura Silva Team Leader, CRC Lomé

ACP-MEAS CD4CDM São Tomé e Príncipe Quarto Workshop Nacional São Tomé, 11-12 de Setembro, 2013. Vintura Silva Team Leader, CRC Lomé Novas iniciativas do Secretariado da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (CQNUMC) para facilitar o acesso ao MDL em países africanos: Centros Regionais de Colaboração (CRC) ACP-MEAS

Leia mais

Encaminhado em 2013 para reduzir a incidência de malária em >75% até 2015 (vs. 2000)

Encaminhado em 2013 para reduzir a incidência de malária em >75% até 2015 (vs. 2000) P TRIMESTRE Introdução RELATÓRIO DE RESUMO DA ALMA: 2P o DE 205 No mês de Julho de 205, a Etiópia e a Comissão Económica das Nações Unidas para África vão ser os anfitriões da 3ª Conferência Internacional

Leia mais

RELATÓRIO DO RESUMO DA ALMA 4º TRIMESTRE DE 2014

RELATÓRIO DO RESUMO DA ALMA 4º TRIMESTRE DE 2014 Introdução RELATÓRIO DO RESUMO DA ALMA 4º TRIMESTRE DE 2014 O continente africano tem travado uma longa e árdua guerra contra a malária, em cada pessoa, cada aldeia, cada cidade e cada país. Neste milénio,

Leia mais

Como não organizar todos os países do mundo?

Como não organizar todos os países do mundo? Como não organizar todos os países do mundo? A FIFA tem federações de 186 países independentes, de 19 regiões não independentes e das 4 regiões do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte (abreviado

Leia mais

Serviço de Qualidade e Certificação

Serviço de Qualidade e Certificação REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistema de Informação de Finanças (FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 1: ITEM 7 Termos de Referência para a componente

Leia mais

I-Ispra: Fornecimento de um grupo electrogéneo trifásico 2012/S 187-306516. Anúncio de concurso. Fornecimentos

I-Ispra: Fornecimento de um grupo electrogéneo trifásico 2012/S 187-306516. Anúncio de concurso. Fornecimentos 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:306516-2012:text:pt:html I-Ispra: Fornecimento de um grupo electrogéneo trifásico 2012/S 187-306516 Anúncio de concurso

Leia mais

GR-Tessalónica: Ministração de formação em TIC para o pessoal do Cedefop 2012/S 213-351312. Anúncio de concurso. Serviços

GR-Tessalónica: Ministração de formação em TIC para o pessoal do Cedefop 2012/S 213-351312. Anúncio de concurso. Serviços 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:351312-2012:text:pt:html GR-Tessalónica: Ministração de formação em TIC para o pessoal do Cedefop 2012/S 213-351312 Anúncio

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO 2012 (JANEIRO)

COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO 2012 (JANEIRO) Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO 2012 (JANEIRO) MRE-DPR JANEIRO/2012

Leia mais

Plano específico para a modalidade LDI (Longa Distância Internacional) utilizando o CSP (Código de Seleção da Prestadora) 17 da Transit.

Plano específico para a modalidade LDI (Longa Distância Internacional) utilizando o CSP (Código de Seleção da Prestadora) 17 da Transit. A. NOME DA EMPRESA Transit do Brasil S.A. B. NOME DO PLANO Plano Básico de Serviço LDI (Longa Distância Internacional). C. IDENTIFICAÇÃO PARA A ANATEL Plano Básico de Serviço LDI (Longa Distância Internacional).

Leia mais

ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO

ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO Documento atualizado em 20/12/2013. O Programa de Fomento à Pesquisa 2014 oferece aos estudantes regularmente matriculados nos cursos de pós-graduação da UFRGS (mestrado acadêmico,

Leia mais

www.pwc.com/payingtaxes Paying Taxes 2014 Portugal e a CPLP Jaime Esteves 3 de dezembro de 2013, Lisboa

www.pwc.com/payingtaxes Paying Taxes 2014 Portugal e a CPLP Jaime Esteves 3 de dezembro de 2013, Lisboa www.pwc.com/payingtaxes Paying Taxes 2014 Portugal e a CPLP Jaime Esteves 3 de dezembro de 2013, Lisboa Agenda 1. A metodologia do Paying Taxes 2. Resultados de Portugal 3. Resultados da CPLP 4. Reforma

Leia mais

Desenvolvimento de Macros em VBA - Microsoft Excel

Desenvolvimento de Macros em VBA - Microsoft Excel República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

O BRASIL E A COOPERAÇÃO SUL-SUL

O BRASIL E A COOPERAÇÃO SUL-SUL O BRASIL E A COOPERAÇÃO SUL-SUL Organograma da ABC O Mandato da ABC Coordenar, negociar, aprovar e avaliar a cooperação técnica internacional no Brasil Coordenar e financiar ações de cooperação técnica

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE A SITUAÇÃO DOS TRATADOS DA OUA/UA

RELATÓRIO SOBRE A SITUAÇÃO DOS TRATADOS DA OUA/UA SC7735 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone +251115-517700 Fax: +251115-517844 Website : www.africa-union.org CONSELHO EXECUTIVO Vigésima-primeira

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre a legislação aplicável aos contratos de seguro 2014/S 149-267125. Anúncio de concurso. Serviços

Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre a legislação aplicável aos contratos de seguro 2014/S 149-267125. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:267125-2014:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre a legislação aplicável aos contratos de seguro 2014/S 149-267125

Leia mais

Serviço de Qualidade e Certificação

Serviço de Qualidade e Certificação República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Nasceu em Recife em 1921 e faleceu em 1997.

Nasceu em Recife em 1921 e faleceu em 1997. África do Sul Nasceu em Recife em 1921 e faleceu em 1997. É considerado um dos grandes pedagogos da atualidade e respeitado mundialmente. Embora suas idéias e práticas tenham sido objeto das mais diversas

Leia mais

Central de Atos TJMG. Manual Técnico de Informática Versão 1.1

Central de Atos TJMG. Manual Técnico de Informática Versão 1.1 Central de Atos TJMG Manual Técnico de Informática Versão 1.1 Sumário 1 Introdução... 3 2 O modelo de arquivo... 3 3 Tabelas... 5 3.1 PAPEIS DA PARTE... 5 3.2 TIPO DE ATO... 5 3.3 PAÍSES... 6 1 Introdução

Leia mais

Campus Prof. José Rodrigues Seabra - Av. BPS, 1303 - Bairro Pinheirinho - CEP 37500-903 - Itajubá -MG - Brasil Fone (35) 3629 1771

Campus Prof. José Rodrigues Seabra - Av. BPS, 1303 - Bairro Pinheirinho - CEP 37500-903 - Itajubá -MG - Brasil Fone (35) 3629 1771 RESOLUÇÃO Nº 001/2015 Dispõe sobre os critérios e valores de concessão e pagamento de auxílio financeiro a alunos para participação em eventos, cursos e trabalhos de campo. O Pró-Reitor de Extensão, da

Leia mais

COMISSÃO DA BACIA DO ZAMBEZE OPORTUNIDADES DE EMPREGO

COMISSÃO DA BACIA DO ZAMBEZE OPORTUNIDADES DE EMPREGO COMISSÃO DA BACIA DO ZAMBEZE OPORTUNIDADES DE EMPREGO Instituição: Comissão da Bacia do Zambeze (ZAMCOM) Local de Trabalho: Harare, Zimbabwe Duração: Inicialmente um ano com possibilidade de renovação

Leia mais

Introdução 1 As tabelas a seguir mostram os cartuchos de jato de tinta HP compatíveis com as impressoras HP Photosmart.

Introdução 1 As tabelas a seguir mostram os cartuchos de jato de tinta HP compatíveis com as impressoras HP Photosmart. Introdução 1 As tabelas a seguir mostram os cartuchos de jato de HP compatíveis com as impressoras HP Photosmart. Impressoras série 100 2 Impressora HP Photosmart 130 HP 57 HP Photosmart 100 HP 57 Impressoras

Leia mais

B-Bruxelas: Estudo sobre a situação do mercado de encomendas da UE, com especial ênfase no comércio electrónico 2012/S 99-163950. Anúncio de concurso

B-Bruxelas: Estudo sobre a situação do mercado de encomendas da UE, com especial ênfase no comércio electrónico 2012/S 99-163950. Anúncio de concurso 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:163950-2012:text:pt:html B-Bruxelas: Estudo sobre a situação do mercado de encomendas da UE, com especial ênfase no comércio

Leia mais

Simples. Conecta + 200. Conecta + 400. Conecta + 800

Simples. Conecta + 200. Conecta + 400. Conecta + 800 REGULAMENTO DA PROMOÇÃO DO PLANO ALTERNATIVO LDI CSP81 Por este instrumento, em que fazem parte de um lado, DATORA TELECOMUNICAÇÕES LTDA, Prestadora do Serviço Telefônico Fixo Comutado STFC, inscrita no

Leia mais

E-Bilbau: Prestação de um serviço de «helpdesk» 2012/S 99-163953. Anúncio de concurso. Serviços

E-Bilbau: Prestação de um serviço de «helpdesk» 2012/S 99-163953. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:163953-2012:text:pt:html E-Bilbau: Prestação de um serviço de «helpdesk» 2012/S 99-163953 Anúncio de concurso Serviços

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Alojamento do sítio Internet do Comité das Regiões (CR) 2015/S 086-154249. Anúncio de concurso. Serviços

Bélgica-Bruxelas: Alojamento do sítio Internet do Comité das Regiões (CR) 2015/S 086-154249. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:154249-2015:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Alojamento do sítio Internet do Comité das Regiões (CR) 2015/S 086-154249

Leia mais

Serviço de Qualidade e Certificação

Serviço de Qualidade e Certificação República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

L-Luxemburgo: PE-ITEC-DIT-ITIM-2012/03-CLAVIS Software de gestão de documentos 2013/S 015-020052. Anúncio de concurso.

L-Luxemburgo: PE-ITEC-DIT-ITIM-2012/03-CLAVIS Software de gestão de documentos 2013/S 015-020052. Anúncio de concurso. 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:20052-2013:text:pt:html L-Luxemburgo: PE-ITEC-DIT-ITIM-2012/03-CLAVIS Software de gestão de documentos 2013/S 015-020052

Leia mais

COOPERAÇÃO TÉCNICA BRASILEIRA. Organograma da ABC. Cooperação Técnica Brasileira

COOPERAÇÃO TÉCNICA BRASILEIRA. Organograma da ABC. Cooperação Técnica Brasileira COOPERAÇÃO TÉCNICA BRASILEIRA Organograma da ABC 1 O Mandato da ABC Coordenar, negociar, aprovar e avaliar a cooperação técnica internacional no Brasil Coordenar e financiar ações de cooperação técnica

Leia mais

Programa EDP SOLIDÁRIA

Programa EDP SOLIDÁRIA Programa EDP SOLIDÁRIA REGULAMENTO I. Do Programa EDP SOLIDÁRIA 1. A Fundação EDP, no âmbito das suas actividades nas áreas da solidariedade e inovação social, promove uma iniciativa anual o Programa EDP

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Modelo para estudos de viabilidade de um novo projeto relativo a biocombustível comercial sustentável 2013/S 248-431845

Bélgica-Bruxelas: Modelo para estudos de viabilidade de um novo projeto relativo a biocombustível comercial sustentável 2013/S 248-431845 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:431845-2013:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Modelo para estudos de viabilidade de um novo projeto relativo a biocombustível

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:260109-2015:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:260109-2015:text:pt:html 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:260109-2015:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Estudo de viabilidade sobre um «portal europeu de mobilidade em matéria de

Leia mais

Programa EC ACP MEAs Componente MDL Facilitando o acesso ao Mercado Global de Carbono

Programa EC ACP MEAs Componente MDL Facilitando o acesso ao Mercado Global de Carbono Programa EC ACP MEAs Componente MDL Facilitando o acesso ao Mercado Global de Carbono Pedro Filipe Paralta Carqueija, pfpc@risoe.dtu.dk UNEP Risoe Centre, Energy & Carbon Finance República de Angola, 9-10

Leia mais

Luxemburgo-Luxemburgo: Serviços de tradução para inglês 2015/S 152-279505. Anúncio de concurso. Serviços

Luxemburgo-Luxemburgo: Serviços de tradução para inglês 2015/S 152-279505. Anúncio de concurso. Serviços 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:279505-2015:text:pt:html Luxemburgo-Luxemburgo: Serviços de tradução para inglês 2015/S 152-279505 Anúncio de concurso

Leia mais

Índice. 1. Registro Contrato DCE... 3. Participante 2

Índice. 1. Registro Contrato DCE... 3. Participante 2 Índice 1. Registro DCE... 3 Participante 2 Registro de de Derivativo Contratado no Exterior Nome do Arquivo Tamanho do Registro 1. Registro DCE Caracteres: 1500 Header Seq Campo Formato Posição Conteúdo

Leia mais

SISTEMA DE CERTIFICAÇÃO DE ENTIDADES FORMADORAS ASPECTOS PRINCIPAIS DA MUDANÇA

SISTEMA DE CERTIFICAÇÃO DE ENTIDADES FORMADORAS ASPECTOS PRINCIPAIS DA MUDANÇA SISTEMA DE CERTIFICAÇÃO DE ENTIDADES FORMADORAS ASPECTOS PRINCIPAIS DA MUDANÇA O Sistema de Certificação de Entidades Formadoras, consagrado na Resolução do Conselho de Ministros nº 173/2007, que aprova

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:400207-2014:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:400207-2014:text:pt:html 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:400207-2014:text:pt:html Luxemburgo-Luxemburgo: Contrato no domínio do aquecimento, ventilação e ar condicionado Realização

Leia mais

Nota de trabalho. Estado actual das negociações comerciais multilaterais sobre os produtos agrícolas REPRESENTAÇÃO COMERCIAL

Nota de trabalho. Estado actual das negociações comerciais multilaterais sobre os produtos agrícolas REPRESENTAÇÃO COMERCIAL MISSÃO PERMANENTE DA REPÚBLICA DE ANGOLA JUNTO DA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS REPRESENTAÇÃO COMERCIAL GENEBRA - SUÍÇA Estado actual das negociações comerciais multilaterais sobre os produtos agrícolas

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS EM MOÇAMBIQUE

SISTEMA NACIONAL DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS EM MOÇAMBIQUE 2014 FIDIC GAMA ANNUAL CONFERENCE LOCAL INVOLVEMENT IN MAJOR PROJECTS FOR SUSTAINABILITY MAPUTO: 23 TO 26 TH MARCH 2014 Group of African Member Associations International Federation of Consulting Engineers

Leia mais

A lista que se segue mostra o sistema de definição de televisão standard utilizado na maioria dos Países do Mundo. American Forces Radio.

A lista que se segue mostra o sistema de definição de televisão standard utilizado na maioria dos Países do Mundo. American Forces Radio. SISTEMAS DE TV MUNDIAIS Países diferentes usam sistemas de TV diferentes. A diferença entre estes sistemas reside em parte na forma como a informação do sinal de cor é modulada com a informação de luminosidade

Leia mais

Portugal-Lisboa: Serviços informáticos de gestão eletrónica de recursos humanos 2014/S 001-000003. Anúncio de concurso. Serviços

Portugal-Lisboa: Serviços informáticos de gestão eletrónica de recursos humanos 2014/S 001-000003. Anúncio de concurso. Serviços 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:3-2014:text:pt:html Portugal-Lisboa: Serviços informáticos de gestão eletrónica de recursos humanos 2014/S 001-000003

Leia mais

Países Baixos-Haia: Limpeza e serviços conexos 2014/S 099-172131. Anúncio de concurso. Serviços

Países Baixos-Haia: Limpeza e serviços conexos 2014/S 099-172131. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:172131-2014:text:pt:html Países Baixos-Haia: Limpeza e serviços conexos 2014/S 099-172131 Anúncio de concurso Serviços

Leia mais

Anúncio de concurso. Serviços

Anúncio de concurso. Serviços 1 / 5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:433388-2015:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Apólice de seguro de assistência e de vida/invalidez a favor dos membros,

Leia mais

Luxemburgo-Luxemburgo: Serviços de medicina geral a prestar a favor do gabinete médico do Parlamento Europeu em Estrasburgo 2014/S 114-199811

Luxemburgo-Luxemburgo: Serviços de medicina geral a prestar a favor do gabinete médico do Parlamento Europeu em Estrasburgo 2014/S 114-199811 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:199811-2014:text:pt:html Luxemburgo-Luxemburgo: Serviços de medicina geral a prestar a favor do gabinete médico do Parlamento

Leia mais

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 1: ITEM 2. CMMI for DEV Intermediate V. 1.3 TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A COMPONENTE DE FORMAÇÃO

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 1: ITEM 2. CMMI for DEV Intermediate V. 1.3 TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A COMPONENTE DE FORMAÇÃO República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

DIRETORIA DE PROGRAMAS COORDENAÇÃO-GERAL DE PROGRAMAS ESTRATÉGICOS CGPE EDITAL CAPES/MEC E SECEX/MDIC Nº 19/2009 PRÓ-COMEX

DIRETORIA DE PROGRAMAS COORDENAÇÃO-GERAL DE PROGRAMAS ESTRATÉGICOS CGPE EDITAL CAPES/MEC E SECEX/MDIC Nº 19/2009 PRÓ-COMEX Instruções para Apresentação de Projetos do Programa de Apoio ao Ensino e à Pesquisa em Desenvolvimento e Promoção do Comércio Exterior PRÓ-COMEX C A P E S DIRETORIA DE PROGRAMAS COORDENAÇÃO-GERAL DE PROGRAMAS

Leia mais

www. Lifeworld.com.br

www. Lifeworld.com.br 1 SISTEMA MONETARIO MUNDIAL MOEDAS A SEREM EMITIDAS EM CADA PAÍS ARTIGO 42º Capítulo -1º QUANTIDADE DE NOVAS MOEDAS VALOR POR PAÍS 42-1- 1º - A partir da data da promulgação da Constituição Mundial pela

Leia mais

FORMAÇÃO AVANÇADA: GESTÃO, DIRECÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE OBRAS

FORMAÇÃO AVANÇADA: GESTÃO, DIRECÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE OBRAS 1 FUNDAMENTAÇÃO Numa altura em que as empresas de construção se debatem com uma elevada concorrência de mercado que leva à apresentação em fase de concurso com preços anormalmente baixos, necessitam de

Leia mais

Campus Prof. José Rodrigues Seabra - Av. BPS, 1303 - Bairro Pinheirinho - CEP 37500-903 - Itajubá -MG - Brasil Fone (35) 3629 1771

Campus Prof. José Rodrigues Seabra - Av. BPS, 1303 - Bairro Pinheirinho - CEP 37500-903 - Itajubá -MG - Brasil Fone (35) 3629 1771 EDITAL N 01/2015/Unifei/Proex, de 14 de janeiro de 2015. CHAMADA PÚBLICA PARA CONCESSÃO DE AUXÍLIO-EXTENSÃO PARA PARTICIPAÇÃO EM ATIVIDADES QUE ENVOLVEM COMPETIÇÕES TECNOLÓGICAS, EVENTOS ESPORTIVOS E CULTURAIS.

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE. (Unidade-Disciplina-Trabalho) MINISTÉRIO DO PLANO E FINANÇAS

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE. (Unidade-Disciplina-Trabalho) MINISTÉRIO DO PLANO E FINANÇAS REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE (Unidade-Disciplina-Trabalho) MINISTÉRIO DO PLANO E FINANÇAS PROJECTO DE APOIO À GESTÃO ECONÓMICA E FINANCEIRA (PAGEF) TERMOS DE REFERÊNCIA RESPONSÁVEL ADMINISTRATIVO

Leia mais

Índice de desenvolvimento humano

Índice de desenvolvimento humano 1Monitorizar o desenvolvimento humano: aumentar as escolhas das pessoas... Índice de desenvolvimento humano a DESENVOLVIMENTO HUMANO ELEVADO Valor do índice de desenvolvimento humano (IDH) Esperança de

Leia mais

Anúncio de concurso. Serviços

Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:316749-2014:text:pt:html Suécia-Estocolmo: Serviços de gestão de documentos e serviços de bioinformática, bioestatística,

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:289283-2012:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:289283-2012:text:pt:html 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:289283-2012:text:pt:html D-Francoforte no Meno: Prestação de serviços para o desenvolvimento e auditoria de sistemas

Leia mais

DOCUMENTO DE TRABALHO

DOCUMENTO DE TRABALHO ASSEMBLEIA PARLAMENTAR PARITÁRIA ACP-UE Comissão dos Assuntos Políticos 30.10.2007 DOCUMENTO DE TRABALHO sobre as experiências do processo de integração regional europeu pertinentes para os países ACP

Leia mais

Declaração de Libreville sobre a Saúde e o Ambiente em África

Declaração de Libreville sobre a Saúde e o Ambiente em África Declaração de Libreville sobre a Saúde e o Ambiente em África Libreville, 29 de Agosto de 2008 REPUBLIQUE GABONAISE Organização Mundial da Saúde Escritório Regional Africano Declaração de Libreville sobre

Leia mais

E-Vigo: Realização de cursos de línguas e testes de proficiência a favor da AECP 2013/S 107-182370. Anúncio de concurso. Serviços

E-Vigo: Realização de cursos de línguas e testes de proficiência a favor da AECP 2013/S 107-182370. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:182370-2013:text:pt:html E-Vigo: Realização de cursos de línguas e testes de proficiência a favor da AECP 2013/S 107-182370

Leia mais

Regulamento Geral da Formação

Regulamento Geral da Formação Regulamento Geral da Formação Regulamento n.º 32/2006, de 3 de Maio publicado no Diário da República, II Série, n.º 85, de 3 de Maio de 2006 Artigo 1.º Objecto 1 Este regulamento define as regras relativas

Leia mais

AVISO DE ABERTURA DE CANDIDATURAS A APOIO FINANCEIRO. Tendo em conta os princípios constantes do Programa do XVII Governo Constitucional

AVISO DE ABERTURA DE CANDIDATURAS A APOIO FINANCEIRO. Tendo em conta os princípios constantes do Programa do XVII Governo Constitucional AVISO DE ABERTURA DE CANDIDATURAS A APOIO FINANCEIRO Tendo em conta os princípios constantes do Programa do XVII Governo Constitucional em matéria de política de saúde, foi definido, pelo Decreto Lei n.º

Leia mais

Luxemburgo-Luxemburgo: Abastecimento de energia elétrica verde 2013/S 133-229452. Anúncio de concurso. Fornecimentos

Luxemburgo-Luxemburgo: Abastecimento de energia elétrica verde 2013/S 133-229452. Anúncio de concurso. Fornecimentos 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:229452-2013:text:pt:html Luxemburgo-Luxemburgo: Abastecimento de energia elétrica verde 2013/S 133-229452 Anúncio de

Leia mais

L-Luxemburgo: Mudança, transporte e manutenção 2012/S 89-145424. Anúncio de concurso. Serviços

L-Luxemburgo: Mudança, transporte e manutenção 2012/S 89-145424. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:145424-2012:text:pt:html L-Luxemburgo: Mudança, transporte e manutenção 2012/S 89-145424 Anúncio de concurso Serviços

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA (UNILAB)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA (UNILAB) RESOLUÇÃO N 13/2013, DE 06 DE AGOSTO DE 2013. Dispõe sobre a criação do Programa de Apoio à participação de discentes de graduação e pós-graduação em Eventos Cientificos, Tecnológicos, Esportivos, Culturais

Leia mais

ACTA FINAL. AF/ACP/CE/2005/pt 1

ACTA FINAL. AF/ACP/CE/2005/pt 1 ACTA FINAL AF/ACP/CE/2005/pt 1 AF/ACP/CE/2005/pt 2 Os plenipotenciários de: SUA MAJESTADE O REI DOS BELGAS, O PRESIDENTE DA REPÚBLICA CHECA, SUA MAJESTADE A RAINHA DA DINAMARCA, O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Leia mais

Anúncio de concurso. Serviços

Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:265083-2015:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Estudo relativo ao papel da digitalização e da inovação para a criação de

Leia mais

UK-Bramshill: Prestação de um serviço de linha de Internet alugada 2012/S 175-288060. Anúncio de concurso. Serviços

UK-Bramshill: Prestação de um serviço de linha de Internet alugada 2012/S 175-288060. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:288060-2012:text:pt:html UK-Bramshill: Prestação de um serviço de linha de Internet alugada 2012/S 175-288060 Anúncio

Leia mais

O Ministério da Justiça da República Portuguesa e o Ministério da Justiça da República democrática de Timor - Leste:

O Ministério da Justiça da República Portuguesa e o Ministério da Justiça da República democrática de Timor - Leste: Protocolo de Cooperação Relativo ao Desenvolvimento do Centro de Formação do Ministério da Justiça de Timor-Leste entre os Ministérios da Justiça da República Democrática de Timor-Leste e da República

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:80600-2013:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:80600-2013:text:pt:html 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:80600-2013:text:pt:html I-Parma: Implementação e teste de envios eletrónicos nos formatos XML, Excel e CSV de dados relativos

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:184783-2015:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:184783-2015:text:pt:html 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:184783-2015:text:pt:html Reino Unido-Londres: Prestação de serviços de colocalização, serviços de fornecimento de serviços

Leia mais

Luxemburgo-Luxemburgo: AO 10578 «Duplicação e reprodução de CD, DVD e produção de pens USB» 2014/S 012-016086. Anúncio de concurso.

Luxemburgo-Luxemburgo: AO 10578 «Duplicação e reprodução de CD, DVD e produção de pens USB» 2014/S 012-016086. Anúncio de concurso. 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:16086-2014:text:pt:html Luxemburgo-Luxemburgo: AO 10578 «Duplicação e reprodução de CD, DVD e produção de pens USB» 2014/S

Leia mais

GOVERNO. Estatuto Orgânico do Ministério da Administração Estatal

GOVERNO. Estatuto Orgânico do Ministério da Administração Estatal REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR LESTE GOVERNO Decreto N. 2/ 2003 De 23 de Julho Estatuto Orgânico do Ministério da Administração Estatal O Decreto Lei N 7/ 2003 relativo à remodelação da estrutura orgânica

Leia mais