Caso Clínico. Felipe Augusto Villa Verde* Yasmine Mendes Pupo** Carlos Kose** Giovana Mongruel Gomes** João Carlos Gomes***

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Caso Clínico. Felipe Augusto Villa Verde* Yasmine Mendes Pupo** Carlos Kose** Giovana Mongruel Gomes** João Carlos Gomes***"

Transcrição

1 Caso Clínico Felipe Augusto Villa Verde* Yasmine Mendes Pupo** Carlos Kose** Giovana Mongruel Gomes** João Carlos Gomes*** * Mestrando em Odontologia, área de concentração Dentística Restauradora, na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). ** Mestre em Odontologia, área de concentração Dentística Restauradora, pela UEPG. Doutoranda em Odontologia, área de concentração Dentística Restauradora, na UEPG. *** Mestre e Doutor em Dentística Restauradora pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Professor Associado da Universidade Estadual de Ponta Grossa no curso de Graduação e Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia (mestrado e doutorado). 76 Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):76-88

2 Verde FAV, Pupo YM, Kose C, Gomes GM, Gomes JC Previsibilidade com cerâmicas em dentes anteriores: IPS e.max Press e e.max Ceram Predictability with ceramics in anterior teeth: IPS e.max Press and e.max Ceram Resumo Desde o início da utilização das cerâmicas na Odontologia, essas têm recebido grande destaque porque dificilmente algum outro material consegue reproduzir com tanta naturalidade a estrutura dentária. Após o surgimento dos procedimentos adesivos e das cerâmicas metal-free, foi possível o restabelecimento estético de dentes anteriores com segurança e qualidade estética. O paciente apresentado no presente relato de caso, do sexo masculino, com 28 anos de idade, apresentouse com os elementos 11 e 21 tratados endodonticamente, escurecidos, com presença de restaurações em resina composta e deficiência no contorno gengival. Para o tratamento, recomendou-se utilização de pinos em fibra de vidro e coroas metal-free. Para melhorar o contorno e nível gengival, foi realizada cirurgia plástica gengival nos elementos 11 e 21. A cerâmica de escolha para a confecção das coroas foi a reforçada por dissilicato de lítio IPS e.max Press e cerâmica de cobertura IPS e.max Ceram com cristais de nanofluorapatita. Após a confecção dos preparos, foi realizada a moldagem e confeccionadas as estruturas cerâmicas, estratificadas com a cerâmica de cobertura. Em seguida, realizou-se a prova das peças protéticas, ajuste com pontas abrasivas para cerâmica e cimentação com cimento resinoso químico. Com as coroas cimentadas, observou-se uma perfeita adaptação marginal e naturalidade com as estruturas dentárias naturais, garantindo o biomimetismo proposto pelas restaurações cerâmicas. Palavras-chave: Cerâmica. Prótese dentária. Estética. Abstract Since the beginning of the use of ceramics in Dentistry, they have received great attention because hardly any other material can reproduce so naturally the dental structure. After the advent of adhesive procedures and metal-free ceramics, aesthetic restoration of anterior teeth with safety and quality became possible. The patient presented in this case report, a 28 years-old male, presented with the elements 11 and 21 endodontically treated, darkened, with presence of composite resin restorations and disability on gingival contour. For treatment, it was recommended the use of fiberglass pins and metal-free crowns. To improve the level and gingival contour, gingival plastic surgery was performed on the elements 11 and 21. The ceramic of choice for the manufacture of crowns was the enhanced by lithium disilicate IPS e.max Press and the coverage one was the IPS e.max Ceram with nanofluorapatite crystals. After making the preparations, the molding and ceramics structures fabrication were performed, stratified with coverage ceramic. Next step was to test the prosthetic pieces, adjust them with abrasive tips for setting ceramic and cementation with chemical resin cement. With the crowns cemented, was observed a perfect marginal adaptation and naturalness with tooth structures, ensuring the biomimesis proposed by the ceramic restorations. Keywords: Ceramics. Dental prosthesis. Esthetics. Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):

3 Previsibilidade com cerâmicas em dentes anteriores: IPS e.max Press e e.max Ceram enviar referência completa INTRODUÇÃO A Odontologia Restauradora tem como objetivo o restabelecimento da estrutura dentária perdida, proporcionando a reabilitação com estética e função, devolvendo ao paciente qualidade de vida e autoestima. Nesse sentido, a utilização das cerâmicas na Odontologia tem recebido grande destaque, uma vez que dificilmente algum outro material consegue reproduzir com tanta naturalidade a estrutura dentária 3. As cerâmicas apresentam-se como excelente alternativa de tratamento restaurador, devido à sua biocompatibilidade, resistência à compressão, condutibilidade térmica semelhante à dos tecidos dentários, radiopacidade, integridade marginal e estabilidade de cor 10. Assim, o desenvolvimento de novos sistemas cerâmicos proporcionou a confecção de restaurações com propriedades ópticas cada vez mais próximas às da estrutura dentária, como translucidez, opacidade, opalescência e fluorescência, além de permitir a reprodução dos dentes e estruturas anatômicas com textura e forma individualizada. No entanto, é muito importante conhecer profundamente suas propriedades mais favoráveis e diminuir significativamente a possibilidade de erro. A técnica de execução, a indicação e o preparo dos remanescentes dentários devem ser precisos para melhor aproveitamento das propriedades e características desses materiais 22, além de cada vez mais conservadores, preservando a estrutura dentária remanescente. Apesar do sucesso alcançado pelas restaurações metalocerâmicas, a Odontologia sempre buscou a substituição do metal, principalmente por motivos estéticos. Porém, somente após o surgimento dos procedimentos adesivos e das cerâmicas reforçadas metal-free foi possível o restabelecimento estético de dentes anteriores com segurança e qualidade estética 7,9. Assim, tradicionalmente, as cerâmicas feldspáticas são compostas pela fase cristalina, responsável pela resistência do material, e pela fase vítrea, responsável pela translucidez. Para que as cerâmicas pudessem ser utilizadas sem a estrutura metálica, receberam em sua composição a adição de diversos cristais à fase cristalina, como alumina, leucita, dissilicato de lítio ou zircônia 3. O desenvolvimento da cerâmica vítrea reforçada por leucita, por Wohlwend, Scharer e Rheinberger, no início dos anos 90, tornou possível a utilização dessas cerâmicas com excepcionais propriedades estéticas e boas propriedades mecânicas em dentes anteriores 16. Uma dessas cerâmicas é a IPS Empress. Porém, para que cerâmicas vítreas pudessem ser utilizadas em coroas totais de molares e próteses fixas, a resistência e a tenacidade desses materiais precisavam ser melhoradas. Assim, reforçou-se a cerâmica vítrea com dissilicato de lítio, primeiramente no sistema IPS Empress 2 e, em seguida, para os produtos IPS e.max. Uma alta resistência flexural e alta tenacidade à fratura podem ser encontradas nesses sistemas, sendo o material adequado para a confecção de restaurações cerâmicas extremamente estéticas e com boas características de resistência 16. Os pacientes e profissionais buscam, cada vez mais, obter previsibilidade do resultado desejado e evitar repetições ou erros durante a realização do tratamento. Os procedimentos clínicos como o enceramento diagnóstico, o mock-up intrabucal, as guias de preparo e as fotografias digitais podem orientar o profissional e o técnico durante os desgastes dentários e confecção das restaurações cerâmicas 13. Assim, no presente caso clínico objetivou-se adequar harmoniosamente o sorriso do paciente, fornecendo certa previsibilidade no tratamento, tanto para os profissionais como para o paciente. RELATO DE CASO CÍNICO Paciente do sexo masculino, 28 anos de idade, procurou atendimento especializado queixando-se da aparência do sorriso (Fig. 1). Apresentava os incisivos centrais 78 Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):76-88

4 Verde FAV, Pupo YM, Kose C, Gomes GM, Gomes JC superiores com grandes restaurações, facetas em resina composta e tratamento endodôntico, causando escurecimento dentário. O excesso de resina composta na margem cervical no elemento 11 causava inflamação gengival e desnível em relação ao elemento 21. Esse excesso foi inicialmente removido para que, posteriormente, pudesse ser realizada a cirurgia corretiva gengival. Para reforço interno dos canais radiculares, foram cimentados pinos de fibra de vidro com cimento resinoso autocondicionante de polimerização dual (Fig. 2, 3). Após regressão da inflamação do tecido gengival, realizou-se cirurgia plástica corretiva para correção da altura e contorno gengival do elemento 11 (Fig. 4, 5). Posteriormente à cicatrização, foi realizado mock-up intrabucal com resina bis-acryl para determinação do formato desejado. O enceramento foi realizado para facilitar a visualização da forma, posição e proporção das novas restaurações cerâmicas, pois auxilia os pacientes com dificuldade de imaginar quais modificações podem ser realizadas no seu sorriso e o possível resultado final, além de facilitar a comunicação entre profissional e paciente. Durante esse procedimento, o paciente foi questionado a respeito da aparência do sorriso e opinou quanto às mudanças que desejava. O mock-up foi moldado e enviado ao laboratório para que os provisórios fossem confeccionados com base no modelo. Figura 1 - Sorriso inicial, onde observam-se os dentes 11 e 21 com comprometimento estético. Figura 2 - Prova dos pinos de fibra de vidro. Figura 3 - Radiografia inicial. Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):

5 Previsibilidade com cerâmicas em dentes anteriores: IPS e.max Press e e.max Ceram Figura 4 - Remoção do colar gengival. Figura 5 - Peeling gengival finalizado. A partir do modelo do mock-up, foi confeccionado um guia de preparos com placa de acetato de 0,5mm de espessura em plastificadora a vácuo. Essas matrizes transparentes de acetato feitas sobre o modelo do mock-up realizado e ajustado na boca são usadas para atingir os objetivos funcionais e estéticos e garantir preparos adequados, verificando imediatamente a adequação da inclinação axial dos pilares e a espessura dos preparos, ajudando o clínico a identificar as modificações necessárias, além de facilitar a inserção da restauração provisória 13. A placa foi recortada mantendo-se a região de canino a canino. Nos incisivos que receberam os preparos para coroa total, foram realizados três furos na face vestibular e três furos na face palatina, para que fossem realizadas as medidas com auxílio de uma sonda milimetrada. Foram utilizadas medidas de 2mm para a face vestibular, 2mm para a incisal e 1,5mm para a face palatina. Durante toda a confecção dos preparos, a matriz foi adaptada e as medidas conferidas (Fig. 6-9). Os preparos foram realizados com alta rotação sobre refrigeração com pontas diamantadas 4102MF e 3098MF (KG Sorensen) nas faces vestibular, proximal e incisal, e 3118 na face palatina. Para o preparo da margem cervical, foi adaptado fio retrator Ultrapak #00 (Ultradent). O refinamento dos preparos foi realizado com multiplicador (Sirona) com pontas diamantadas para acabamento FF e disco Sof-Lex (3M ESPE) vermelho em baixa rotação. Ao término dos preparos, um segundo fio retrator #0 foi adaptado no sulco gengival para realização da moldagem. Após 5 minutos, foi removido o segundo fio e realizada moldagem com silicona de adição (HidroXtreme Coltene) em passo único (Fig. 10). O modelo de gesso foi vazado e troquelado para confecção das coroas cerâmicas IPS e.max Press (Fig. 11). Para tomada da cor, foi realizada fotografia digital no momento do mock-up, com a porção inicial da escala de cor VITA-Clássica montada baseada no valor, da cor B1 a D2 (Fig. 12). A confecção das restaurações cerâmicas foi realizada com o sistema IPS e.max Press estratificado com a cerâmica de cobertura IPS e.max Ceram. Com o modelo troquelado, foi iniciada a confecção da restauração cerâmica com o enceramento do modelo para determinação do formato da estrutura cerâmica injetada. O enceramento foi, então, levado ao forno do sistema EP600 para injeção da cerâmica sob pressão. Com a estrutura de dissilicato de lítio devidamente pronta, foi realizada a estratificação com a cerâmica de cobertura IPS e.max Ceram com cor predominante A1 (Fig. 13). 80 Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):76-88

6 Verde FAV, Pupo YM, Kose C, Gomes GM, Gomes JC Figura 6 - Profundidade do preparo medido com sonda milimetrada (vista oclusal). Figura 7 - Profundidade do preparo medido com sonda milimetrada (região incisal 2mm). Figura 8 - Preparos dos dentes 11 e 21 finalizados. Figura 9 - Vista oclusal dos preparos finalizados. Figura 10 - Preparo moldado em detalhes. Figura 11 - Modelo de gesso troquelado. Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):

7 Previsibilidade com cerâmicas em dentes anteriores: IPS e.max Press e e.max Ceram Figura 12 - Escala de cor. Figura 13 - Coroas prontas no modelo de gesso. Figura 14 - Profilaxia dos preparos com pedra-pomes.? Com as coroas prontas, foram iniciados os procedimentos clínicos. Após a remoção dos provisórios e profilaxia dos preparos com pedra-pomes para remoção total do cimento provisório (Fig. 14), foram realizados testes com Variolink Try-in (Ivoclar/Vivadent) para determinação da cor do cimento resinoso que iria ser utilizado para cimentação das restaurações (Fig. 15, 16). A cor determinada foi A1. Os procedimentos clínicos de preparo interno das peças cerâmicas e da estrutura dentária foram iniciados após a prova das restaurações cerâmicas. As coroas cerâmicas reforçadas por dissilicato de lítio receberam condicionamento com ácido fluorídrico 7% por 20 segundos somente nas suas porções internas (Fig. 17) e foram lavadas abundantemente após condicionamento (Fig. 18). Em seguida, o silano Monobond- S do sistema Variolink II (Ivoclar/Vivadent) foi aplicado para que ocorresse a ligação do cimento resinoso com a matriz vítrea da cerâmica (Fig. 19). O sistema adesivo dual Excite DSC (Ivoclar/Vivadent) foi também utilizado no interior das coroas (Fig. 20). Para cimentação, foi utilizado isolamento relativo com auxílio do expandex. Fio retrator #00 foi adaptado no sulco gengival para controle da umidade do campo operatório durante a cimentação. O condicionamento da estrutura dentária foi realizado com ácido fosfórico 37% por 15 segundos e realizada aplicação do sistema adesivo Excite DSC (Fig. 21, 22). A cimentação foi iniciada pelo elemento 11, no qual foram realizados os procedimentos adesivos. Após a manipulação do cimento resinoso e inserção do mesmo no interior da coroa, a peça foi levada até o dente e pressionada até o extravasamento do cimento e perfeita adaptação da coroa ao preparo dentário. O elemento 21 foi também posicionado para que a posição de ambos os dentes fossem mantidas corretas. Após alguns segundos, o elemento 21 foi retirado e, então, foi realizada a remoção do excesso do cimento e feita polimerização por apenas 10 segundos (Fig. 23, 24). Na sequência, os mesmos procedimentos adesivos e de cimentação foram realizados com o elemento 21 (Fig. 25). Após a remoção do cimento resinoso extravasado com o auxílio de um microbrush, também foi realizada a remoção do excesso de cimento nas superfícies proximais antes que ocorresse a completa polimerização do cimento dual. O fio dental foi, então, passado entre os dentes, porém sempre mantendo o dedo indicador sob pressão na porção incisal das coroas, para que não ocorresse o deslocamento das peças (Fig. 26). Com lâmina de bisturi número 12 foram removidos os excessos intrassulculares e feita a remoção dos fios retratores (Fig. 27). Para uma completa polimerização do cimento resinoso, foi aplicada glicerina gel em todo o contorno da margem gengival e realizada fotopolimerização por 60 segundos em cada face das coroas cerâmicas (Fig. 28, 29). Após a finalização do processo de cimentação e ajustes funcionais e estéticos necessários, constatouse o resultado satisfatório dos procedimentos restauradores (Fig. 30, 31, 32). 82 Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):76-88

8 Verde FAV, Pupo YM, Kose C, Gomes GM, Gomes JC Figura 15 - Try-in aplicado na peça cerâmica. Figura 16 - Coroas em posição com Try-in cor A1. Figura 17 - Condicionamento interno com ácido fluorídrico 7% por 20 segundos. Figura 18 - Lavagem abundante da peça após condicionamento. Figura 19 - Aplicação do silano Monobond S. Figura 20 - Aplicação do sistema adesivo dual. Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):

9 Previsibilidade com cerâmicas em dentes anteriores: IPS e.max Press e e.max Ceram Figura 21 - Condicionamento da estrutura dentária com ácido fosfórico por 15 segundos. Figura 22 - Aplicação do sistema adesivo. Figura 23 - Remoção dos excessos de cimento com microbrush. Figura 24 - Cimentação da coroa do elemento 11. Figura 25 - Cimentação da coroa do elemento 21. Figura 26 - Remoção com fio dental dos excessos proximais de cimento. 84 Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):76-88

10 Verde FAV, Pupo YM, Kose C, Gomes GM, Gomes JC Figura 27 - Remoção dos excessos de cimento com lâmina de bisturi n 12. Figura 28 - Glicerina gel aplicada na margem gengival. Figura 29 - Fotopolimerização por 60 segundos em cada face. Figura 30 - Coroas 11 e 21 cimentadas. Figura 31 - Sorriso final. Figura 32 - Detalhe incisal, com excelentes propriedades ópticas. Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):

11 Previsibilidade com cerâmicas em dentes anteriores: IPS e.max Press e e.max Ceram DISCUSSÃO A Odontologia tem passado por uma verdadeira revolução nas últimas três décadas, não somente quanto ao desenvolvimento de novos materiais e técnicas, mas também pelo grande suporte de evidências científicas suportando as aplicações clínicas. Felizmente esses avanços significativos nos materiais e técnicas justificam a utilização rotineira dos sistemas totalmente cerâmicos atuais 23. Pesquisas recentes a respeito das cerâmicas metal-free sugerem que, devido às suas excelentes propriedades ópticas e biológicas, podem e devem ser utilizadas para restauração das estruturas dentárias perdidas 24. Apresentam-se como os melhores materiais para mimetização da aparência natural dos elementos dentários. Contudo, alguns obstáculos limitavam seu uso, como a fragilidade e a falta de segurança mecânica. Para isso, avanços recentes nos métodos de processamento das cerâmicas têm simplificado o trabalho dos técnicos em prótese, e aumentado a qualidade dos materiais cerâmicos, os quais têm melhorado também suas propriedades mecânicas 14. A técnica de injeção é um processo que foi desenvolvido para minimizar as porosidades e falhas que ocorriam durante o processo de ceramização. Em 2005, a cerâmica injetada com propriedades melhoradas chamada IPS e.max Press foi introduzida no mercado 16. É uma cerâmica vítrea reforçada com dissilicato de lítio e encontrada na forma de pastilhas para a técnica de injeção. A fabricação das pastilhas difere do processo de sinterização do IPS Empress e IPS Empress 2, o qual minimiza a ocorrência de defeitos na massa da cerâmica, sendo as pastilhas apresentadas em diversos graus de opacidade conforme a necessidade de cada caso 1,16. A combinação, concentração e valência dos íons têm papel essencial no processo, sendo que a principal vantagem desse mecanismo é a homogeneização da cor no material 16. Apresenta resistência à flexão em torno de 400MPa, módulo de elasticidade de 95GPa e temperatura de injeção de ºC 1,16,20,25, sendo indicadas para facetas finas, facetas, coroas unitárias anteriores e posteriores, inlays, onlays, próteses fixas de três elementos até segundo pré-molar, e supraestruturas de implantes unitários, ou de até três elementos, até o segundo pré-molar 16. A estrutura do IPS e.max Press é recoberta com um novo tipo de cerâmica com nanofluorapatita, o IPS e.max Ceram 17. O tamanho nanométrico dos cristais de fluorapatita é responsável pelo fenômeno de opalescência, proporcionando excelentes propriedades estéticas, restabelecendo vitalidade ao dente restaurado 27. A opacidade é controlada pela presença de cristais com tamanhos maiores. Opalescência, brilho, opacidade e translucidez são ajustados de diversas maneiras com o IPS e.max Ceram pela dissipação da luz através dos diferentes tamanhos dos cristais de fluorapatita 18. A resistência flexural biaxial é de 90MPa e a porcentagem de cristais de fluorapatita é de 19 a 23% 17. Assim, a IPS e.max Ceram é uma cerâmica de cobertura para estratificação de restaurações cerâmicas em conjunto com estruturas IPS e.max Press, composto de cerâmica vítrea e cristais de nanofluorapatita (Ca 5 (PO 4 ) 3 ), que não contém feldspato ou leucita 17. Os cristais de fluorapatita variam em tamanho, podendo ser desenvolvidos no tamanho desejado por um processo chamado nucleação controlada e cristalização. O tamanho dos cristais de fluorapatita é menor do que 300nm de comprimento e 100nm de diâmetro. Também estão presentes cristais com desenvolvimento longitudinal medindo 2-5µm e 300nm de diâmetro 17. Em comparação com o Empress 2, as duas cerâmicas exibem melhoras substanciais nas propriedades físicas e ópticas em relação aos seus antecessores. Em 1983, Simonsen e Calamia 21 introduziram o condicionamento interno das restaurações cerâmicas com ácido fluorídrico, favorecendo o processo de adesão, proporcionando uma das mais importantes mudanças em relação às restaurações cerâmicas. 86 Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):76-88

12 Verde FAV, Pupo YM, Kose C, Gomes GM, Gomes JC Essa adesividade requer que a cerâmica contenha partículas de sílica que possam se removidas seletivamente pelo condicionamento com ácido fluorídrico, para criar aderência micromecânica do cimento resinoso com a superfície interna da cerâmica 25. Com isso, somando-se ao advento dos adesivos dentinários no início dos anos 90, as restaurações cerâmicas metal-free puderam ser utilizadas com maior resistência e segurança 23. A composição, a estrutura e as propriedades físicas da cerâmica definem o tipo de tratamento de superfície mais eficiente para alcançar considerável resistência adesiva 2,4,6,26. Apesar da associação do condicionamento com ácido fluorídrico e aplicação do silano ser favorável na união às cerâmicas feldspáticas, leucíticas e cerâmicas baseadas em dissilicato de lítio 8,11, o emprego desse ácido não deve ser considerado um método universal, ou seja, o condicionamento da superfície cerâmica não é padrão para todos os sistemas cerâmicos 5. Essa técnica de condicionamento não favorece a resistência adesiva de cerâmicas baseadas em alumina e zircônia infiltradas de vidro, aluminizadas densamente sinterizadas, e de zircônia tetragonal estabilizada por óxido de ítrio 5,19. Höland et al. 15 relataram que o sucesso dos biomateriais é determinado pela longevidade clínica, sendo que os aspectos determinantes para o sucesso são as propriedades ópticas e mecânicas, como a resistência, tenacidade, abrasão comparável à do dente natural, translucidez, cor, durabilidade e tecnologia de processamento (injetada ou CAD/CAM). Baseado em evidências científicas, concluíram que o sucesso da longevidade das cerâmicas vítreas (ex: IPS e.max Press) e cerâmicas sinterizadas torna esses materiais promissores para o desenvolvimento de outros materiais 15. CONSIDERAÇÕES FINAIS A partir da revisão de literatura e apresentação do caso clínico a respeito dos sistemas cerâmicos e procedimentos restauradores, pode-se concluir que esses trabalhos podem e devem ser realizados de forma previsível. Atualmente, as diversas técnicas e materiais disponíveis podem ser utilizados de forma sistemática para o correto planejamento e indicação dos tratamentos estéticos. Para tanto, o conhecimento das características de cada material e técnicas é essencial para garantir o Referências 1. Albakry M, Guazzato M, Swain MV. Biaxial flexural strenght, elastic moduli, and x-ray diffraction characterization of three pressable allceramic materials. J Prosthet Dent Apr;89(4): Amaral R, Ozcan M, Valandro LF, Balducci I, Bottino MA. Effect of conditioning methods on the microtensile bond strength of phosphate monomer-based cement on zirconia ceramic in dry and aged conditions. J Biomed Mater Res B Appl Biomater Apr;85(1): Anusavice KJ. Phillips materiais dentários. 11. ed. Rio de Janeiro: Elsevier; cap. 21, p Blatz MB, Sadan A, Kern M. Resin-ceramic bonding: a review of the literature. J Prosthet Dent Mar;89(3): Bottino MA, Faria R, Valandro LF. Percepção: estética em próteses livres de metal em dentes naturais e implantes. São Paulo: Artes Médicas; cap. 7. p Bottino MA, Valandro LF, Scotti R, Buso L. Effect of surface treatments on the resin bond to zirconium-based ceramic. Int J Prosthodont Jan-Feb;18(1): Bowen RL. Properties of a silica-reinforced polymer for dental restorations. J Am Dent Assoc Jan;66: Brentel AS, Ozcan M, Valandro LF, Alarça LG, Amaral R, Bottino MA. Microtensile bond strength of a resin cement to feldspathic ceramic after different etching and silanization regimens in dry and aged conditions. Dent Mater Nov;23(11): Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):

13 Previsibilidade com cerâmicas em dentes anteriores: IPS e.max Press e e.max Ceram 9. Buonocore MG. A simple method of increasing the adhesion of acrylic filling materials to enamel surfaces. J Dent Res Dec;34(6): Chain MC, Arcari GM, Lopes GC. Restaurações cerâmicas estéticas e próteses livres de metal. RGO abr-jun;48(2): Della Bona A, Anusavice KJ, Shen C. Microtensile strength of composite bonded to hot-pressed ceramics. J Adhes Dent Winter;2(4): Della Bona A, Kelly JR. The clinical success of all-ceramic restorations. J Am Dent Assoc Sep;139 Suppl:8S-13S. 13. Fradeani M, Barducci G. Reabilitação estética em prótese fixa. São Paulo: Quintessence; v Griggs JA. Recent advanceds in materials for all-ceramic restorations. Dent Clin North Am Jul;51(3): Höland W, Rheinberger V, Apel E, Ritzberger C, Rothbrust F, Kappert H, et al. Future perspectives of biomaterials for dental restoration. J Eur Ceram Soc. 2009;29: Ivoclar-Vivadent. Scientific Documentation IPS e.max Press. Liechtenstein; [Acesso out]. Disponível em: <http:// 17. Ivoclar-Vivadent. Scientific Documentation IPS e.max Ceram. Liechtenstein; [Acesso out]. Disponível em: <http:// 18. Kelly JR. Dental ceramics: what is this stuff anyway? J Am Dent Assoc Sep;139 Suppl:4S-7S. 19. Özcan M, Alkumru HN, Gemalmaz D. The effect of surface treatment on the shear bond strength of luting cement to a glass-infiltrated alumina ceramic. Int J Prosthodont Jul-Aug;14(4): Plengsombut K, Brewer JD, Monaco EA, Davis EL. Effect of two connector designs on the fracture resistance of all-ceramic core materials for fixed dental prostheses. J Prosthet Dent Mar;101(3): Simonsen RJ, Calamia JR. Tensile bond strengths of etched porcelain (abstract 1909). J Dent Res. 1983; 62: Souza MHS, Carvalho RM, Mondelli RFL. Odontologia estética: fundamentos e aplicações clínicas. São Paulo: Ed. Santos; cap. 3, p Spear F, Holloway J. Which all-ceramics system is optimal for anterior esthetics? J Am Dent Assoc Sep;139 Suppl:19S-24S. 24. Stappert CF, Att W, Gerds T, Strub JR. Fracture resistance of different partial-coverage ceramic molar restorations: an in vitro investigation. J Am Dent Assoc Apr;137(4): Sttapert CF, Chitmongkolsuk S, Silva NR, Att W, Strub JR. Effect of mouth-motion fatigue and thermal cycling on the marginal accuracy of partial coverage restorations made of various dental materials. Dent Mater Sep;24(9): Valandro LF, Ozcan M, Bottino MC, Bottino MA, Scotti R, Bona AD. Bond strength of a resin cement to high-alumina and zirconia-reinforced ceramics: the effect of surface conditioning. J Adhes Dent Jun;8(3): Villaroel M, Jorquera C, Gomes OMM, Gomes JC. Fluorescência: uma contribuição na vitalidade natural do dente humano. Rev Ibero Am Odontol Estét Dent. 2004;3(12): Endereço para correspondência Yasmine Mendes Pupo Rua Jaime Rosas, 180 Jardim Carvalho CEP: Ponta Grossa / PR 88 Rev Dental Press Estét jan-mar;8(1):76-88

Lentes de contato dental: construindo um protocolo previsível

Lentes de contato dental: construindo um protocolo previsível Lentes de contato dental: construindo um protocolo previsível Weider Silva Especialista em Dentística. Especialista em Prótese. Especialista em Implantodontia. Professor do Curso de Especialização de Dentística

Leia mais

IPS e.max: harmonização do sorriso

IPS e.max: harmonização do sorriso Artigo Clínico IPS e.max: harmonização do sorriso Victor Grover Rene Clavijo*, Niélli Caetano de Souza*, Marcelo Ferrarezi de Andrade** Resumo Neste artigo será relatada a reabilitação do sorriso com o

Leia mais

CURSO EXTENSIVO DE ENCERAMENTO E CERÂMICA

CURSO EXTENSIVO DE ENCERAMENTO E CERÂMICA Dr. Dario Adolfi Dr. Ivan Ronald Huanca Duração: 6 meses/módulos de 2 dias. Datas: 11 e 12 de março de 2010 8 e 9 de abril de 2010 13 e 14 de maio de 2010 17 e 18 de junho de 2010 15 e 16 de julho de 2010

Leia mais

27/05/2014. Dentística I. Classe III. Classe I. Classe V. Terapêutica ou protética; Simples, composta ou complexa.

27/05/2014. Dentística I. Classe III. Classe I. Classe V. Terapêutica ou protética; Simples, composta ou complexa. Mauro A Dall Agnol UNOCHAPECÓ mauroccs@gmail.com Classe I Classe II Classe III Classe IV Classe V Classe I Classe II Classe III Classe IV Classe V Dentística I Terapêutica ou protética; Simples, composta

Leia mais

Protocolo para laminados cerâmicos: Relato de um caso clínico

Protocolo para laminados cerâmicos: Relato de um caso clínico rtigo Inédito Protocolo para laminados cerâmicos: Relato de um caso clínico Oswaldo Scopin de ndrade*, José Carlos Romanini** RESUMO literatura científica atual preconiza para a dentição anterior a opção

Leia mais

ODONTOLOGIA ESTÉTICA

ODONTOLOGIA ESTÉTICA ODONTOLOGIA ESTÉTICA O sorriso enaltece os dentes que podem assim como outros elementos da face denunciar a idade cronológica do ser humano por meio de desgastes ou mesmo pela alteração da cor. Nesse contexto,

Leia mais

Harmonia. Caso Selecionado. Sidney Kina e José Carlos Romanini

Harmonia. Caso Selecionado. Sidney Kina e José Carlos Romanini Caso Selecionado Harmonia Sidney Kina e José Carlos Romanini Na busca para encontrar uma composição agradável no sorriso, alguns fatores de composição estética devem ser observados, para orientação na

Leia mais

Técnica de impressão em dois tempos Técnica de afastamento com duplo fio

Técnica de impressão em dois tempos Técnica de afastamento com duplo fio ESTÉTICA ESTÉTICA ESTÉTICA ESTÉTICA ESTÉTICA Técnica de impressão em dois tempos Técnica de afastamento com duplo fio Prof. Dr. Glauco Rangel Zanetti Doutor em Clínica Odontológica - Prótese Dental - FOP-Unicamp

Leia mais

Coluna Visão Protética

Coluna Visão Protética Coluna Visão Protética 88 PROSTHESIS Prosthes. Lab. Sci. 2013; 2(6):88-97. L A B O R A T O R Y i n Gustavo Bertholdo 1 Elson Bertholdo 2 Eduardo Souza Junior 3 Luis Gustavo Barrote Albino 4 Thays Bertoldo

Leia mais

SEQUÊNCIA DE POLIMENTO DE CERÔMEROS

SEQUÊNCIA DE POLIMENTO DE CERÔMEROS SEQUÊNCIA DE POLIMENTO DE CERÔMEROS Dr. Alex Antônio Maciel de Oliveira Especialista em Implantodontia Consultor científico do Sistema Friccional de Implantes Kopp Contato: alexamaciel@hotmail.com Nos

Leia mais

Marcação dos contatos: Ajuste interno e dos contornos proximais: Carbono líquido ou Base leve silicone e carbono Accufilm;

Marcação dos contatos: Ajuste interno e dos contornos proximais: Carbono líquido ou Base leve silicone e carbono Accufilm; DEFINIÇÃO AJUSTES E CIMENTAÇÃO Desgaste e polimento necessários para o correto assentamento da peça protética sobre o preparo, garantindo o vedamento marginal e um adequado equilíbrio de contatos proximais

Leia mais

www.laboratoriojulio.com.br TELEFAX: (11) 3082-0306 R. Navarro de Andrade, 155 Pinheiros São Paulo SP CEP 05418-020

www.laboratoriojulio.com.br TELEFAX: (11) 3082-0306 R. Navarro de Andrade, 155 Pinheiros São Paulo SP CEP 05418-020 O Laboratório Julio utiliza produtos com qualidade garantida: www.laboratoriojulio.com.br TELEFAX: (11) 3082-0306 R. Navarro de Andrade, 155 Pinheiros São Paulo SP CEP 05418-020 V I S Ã O & I N S P I R

Leia mais

Restabelecimento estético anterior: clareamento, facetas e coroas em cerâmica

Restabelecimento estético anterior: clareamento, facetas e coroas em cerâmica Restabelecimento estético anterior: clareamento, facetas e coroas em cerâmica Mariana Veras Godeiro Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN. Especialista em Dentística

Leia mais

Clinical Update. Uso Combinado de TPH - ESTHET-X na Resolução de Fratura em Dentes Anteriores - Relato de Caso Clínico. Introdução.

Clinical Update. Uso Combinado de TPH - ESTHET-X na Resolução de Fratura em Dentes Anteriores - Relato de Caso Clínico. Introdução. Uso Combinado de TPH - ESTHET-X na Resolução de Fratura em Dentes Anteriores - Relato de Caso Clínico PEREIRA, Marcelo Agnoletti Especialista em Dentística restauradora FUNBEO-FOB-USP Mestre em Dentística

Leia mais

Casos Clínicos. Caso Clínico: Importância do Acabamento e Polimento na Obtenção de Excelência Estética com Resina Composta Direta.

Casos Clínicos. Caso Clínico: Importância do Acabamento e Polimento na Obtenção de Excelência Estética com Resina Composta Direta. Autor: Dr. LUIZ RAFAEL CALIXTO ESPECIALISTA EM DENTÍSTICA PELA UNESP- ARARAQUARA/SP MESTRE EM DENTÍSTICA PELA UNESP- ARARAQUARA/SP DOUTORANDO EM DENTÍSTICA PELA UNESP- ARARAQUARA/SP PROFESSOR DOS CURSOS

Leia mais

APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DO SISTEMA CAD/CAM

APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DO SISTEMA CAD/CAM APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL Data: 24 a 27 de novembro de 2015 Atualmente existe uma forte tendência no mercado mundial sobre os Sistemas CAD/CAM. A proposta deste programa é brindar-lhes com toda

Leia mais

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 21. Quanto ao mecanismo de fratura de um dente, podemos considerar como principal fator determinante:

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 21. Quanto ao mecanismo de fratura de um dente, podemos considerar como principal fator determinante: 2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PRÓTESE DENTÁRIA 21. Quanto ao mecanismo de fratura de um dente, podemos considerar como principal fator determinante: a) Tratamento endodôntico. b) Perda da estrutura

Leia mais

Fragmento CerâmiCo em incisivo Central: abordagem estética e UltraConservadora

Fragmento CerâmiCo em incisivo Central: abordagem estética e UltraConservadora Visão Clínica Fragmento CerâmiCo em incisivo Central: abordagem estética e UltraConservadora Ceramic fragment in central incisor: Aesthetic approach and ultraconservative Carlos Marcelo Archangelo*, José

Leia mais

Reabilitação estética do sorriso por meio do sistema cerâmico dissilicato de lítio relato de caso

Reabilitação estética do sorriso por meio do sistema cerâmico dissilicato de lítio relato de caso 112 Full Dent. Sci. 2014; 6(21):112-117. Reabilitação estética do sorriso por meio do sistema cerâmico dissilicato de lítio relato de caso Aesthetic rehabilitation of the smile using lithium disilicate

Leia mais

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 21. Segundo Bonachela, os polígonos importantes a serem avaliados na condição de estabilidade da PPR são:

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 21. Segundo Bonachela, os polígonos importantes a serem avaliados na condição de estabilidade da PPR são: 2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PROTESE DENTÁRIA 21. Segundo Bonachela, os polígonos importantes a serem avaliados na condição de estabilidade da PPR são: a) Polígonos de Roy e de Kent. b) Polígono

Leia mais

Resinas compostas: o estado da arte

Resinas compostas: o estado da arte Caso Selecionado Resinas compostas: o estado da arte Maurício U. Watanabe Na Odontologia atual, a resina composta é o material de eleição quando se trata de reconstruções de coroas fraturadas de dentes

Leia mais

E.max como fator estético na reabilitação em dentes com coroas clínicas curtas: relato de caso clínico

E.max como fator estético na reabilitação em dentes com coroas clínicas curtas: relato de caso clínico E.max como fator estético na reabilitação em dentes com coroas clínicas curtas: relato de caso clínico E.max as aesthetic factor in rehabilitation in teeth with short clinical crowns: clinical case report

Leia mais

RESTAURAÇÃO PROTÉTICA COM FACETAS INDIRETAS DE IN-CERAM ALUMINA

RESTAURAÇÃO PROTÉTICA COM FACETAS INDIRETAS DE IN-CERAM ALUMINA RESTAURAÇÃO PROTÉTICA COM FACETAS INDIRETAS DE IN-CERAM ALUMINA PROSTHETIC RESTORATION WITH LAMINATE VENNERS INDIRECT OF IN-CERAM ALUMINA Marcelo Coelho GOIATO 1 Aldiéris Alves PESQUEIRA 2 Daniela Micheline

Leia mais

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE Dr. Dario Adolfi Dr. Oswaldo Scopin de Andrade Dr. Maurício Adolfi Data: 7 a 11 de outubro de 2013 OBJETIVOS: Saiba como planejar uma reabilitação total e mostrar ao paciente

Leia mais

Classificação dos Núcleos

Classificação dos Núcleos OBJETIVO Núcleos Permitir que o dente obtenha características biomecânicas suficientes para ser retentor de uma prótese parcial fixa. Classificação dos Núcleos Núcleos de Preenchimento Núcleos Fundidos

Leia mais

Estética Dental: Clareamento e Resina Composta Dental Aesthetic: bleaching and composite resin

Estética Dental: Clareamento e Resina Composta Dental Aesthetic: bleaching and composite resin Estética Dental: Clareamento e Resina Composta Dental Aesthetic: bleaching and composite resin Frederico dos Reis GOYATÁ Doutor em Prótese UNITAU Taubaté-SP. Pós Doutorando em Prótese UNITAU Taubaté-SP.

Leia mais

Protemp TM 4. Material Provisório à Base de Bisacril. Restauração provisória. qualidade. com a 3M ESPE

Protemp TM 4. Material Provisório à Base de Bisacril. Restauração provisória. qualidade. com a 3M ESPE Protemp TM 4 Material Provisório à Base de Bisacril Restauração provisória com a qualidade 3M ESPE Protemp TM 4 Com 40 anos de experiência em materiais provisórios e amplo conhecimento em produtos com

Leia mais

TIOMI SUGUIURA MAKINO INDICAÇÕES E AS PROPRIEDADES DO SISTEMA EMPRESS

TIOMI SUGUIURA MAKINO INDICAÇÕES E AS PROPRIEDADES DO SISTEMA EMPRESS TIOMI SUGUIURA MAKINO INDICAÇÕES E AS PROPRIEDADES DO SISTEMA EMPRESS CAMPO GRANDE 2011 TIOMI SUGUIURA MAKINO INDICAÇÕES E AS PROPRIEDADES DO SISTEMA EMPRESS Trabalho apresentado ao curso de pósgraduação

Leia mais

Ponto de Contato. Reabilitação Estética Sobre Implante em Função Imediata. Aesthetic rehabilitation with implants in immediate function

Ponto de Contato. Reabilitação Estética Sobre Implante em Função Imediata. Aesthetic rehabilitation with implants in immediate function Ponto de Contato Reabilitação Estética Sobre Implante em Função Imediata Aesthetic rehabilitation with implants in immediate function José Norberto Garcia Nesello* Manoel Martin Junior** Carlos Marcelo

Leia mais

APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DO SISTEMA CAD/CAM

APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DO SISTEMA CAD/CAM APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DO SISTEMA CAD/CAM DATA à definir Atualmente existe uma forte tendência no mercado mundial sobre os Sistemas CAD/CAM. A proposta deste programa é brindar-lhes com toda

Leia mais

Visão 2. Protocolo Clínico para Confecção de Facetas Diretas em Resina Composta. Clinical protocol for fabrication of direct composite resin veneers

Visão 2. Protocolo Clínico para Confecção de Facetas Diretas em Resina Composta. Clinical protocol for fabrication of direct composite resin veneers Visão 2 Protocolo Clínico para Confecção de Facetas Diretas em Resina Composta Clinical protocol for fabrication of direct composite resin veneers Fernando Fialho *, Rodrigo Proença **, Mariana Proença

Leia mais

! 1. Alterar forma e/ou cor vestibular dos dentes; 2. Realinhar dentes inclinados para lingual. Restaurações estéticas anteriores diretas.

! 1. Alterar forma e/ou cor vestibular dos dentes; 2. Realinhar dentes inclinados para lingual. Restaurações estéticas anteriores diretas. Restaurações estéticas anteriores diretas. O crescente desenvolvimento de materiais resinosos e técnicas adesivas, possibilita o planejamento e execução de restaurações de resina composta na dentição anterior.

Leia mais

HEITOR DE ALMEIDA SOUZA COROAS TOTAIS METAL-FREE EM DENTES ANTERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO

HEITOR DE ALMEIDA SOUZA COROAS TOTAIS METAL-FREE EM DENTES ANTERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO HEITOR DE ALMEIDA SOUZA COROAS TOTAIS METAL-FREE EM DENTES ANTERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO Londrina 2013 HEITOR DE ALMEIDA SOUZA COROAS TOTAIS METAL-FREE EM DENTES ANTERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO

Leia mais

Restauração Indireta Onlay: Seleção do Sistema Cerâmico e Cimentação com Cimento Auto-adesivo relato de caso clínico

Restauração Indireta Onlay: Seleção do Sistema Cerâmico e Cimentação com Cimento Auto-adesivo relato de caso clínico ISSN 1981-3708 Restauração Indireta Onlay: Seleção do Sistema Cerâmico e Cimentação com Cimento Auto-adesivo relato de caso clínico Indirect Restoration Onlay: Selection of System Ceramic and Luting Cement

Leia mais

REABLITAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL DA GUIA ANTERIOR E CANINA UTILIZANDO RESINA COMPOSTA (ESTHET-X) DE UMA PACIENTE COM EROSÃO E BRUXISMO.

REABLITAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL DA GUIA ANTERIOR E CANINA UTILIZANDO RESINA COMPOSTA (ESTHET-X) DE UMA PACIENTE COM EROSÃO E BRUXISMO. REABLITAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL DA GUIA ANTERIOR E CANINA UTILIZANDO RESINA COMPOSTA (ESTHET-X) DE UMA PACIENTE COM EROSÃO E BRUXISMO. Caso clínico realizado pelo especialista em Dentística Restauradora

Leia mais

Caso Selecionado. Como o olhar analítico da Odontologia Estética reconstrói um sorriso

Caso Selecionado. Como o olhar analítico da Odontologia Estética reconstrói um sorriso Como o olhar analítico da Odontologia Estética reconstrói um sorriso Marcelo Moreira*, Marcelo Kyrillos**, Luis Eduardo Calicchio***, Hélio Laudelino G. de Oliveira****, Márcio J. A. de Oliveira*****,

Leia mais

Clinical Update. Restauração com Resina Composta de Dentes Anteriores Fraturados Relato de Caso Clínico. Procedimento Restaurador

Clinical Update. Restauração com Resina Composta de Dentes Anteriores Fraturados Relato de Caso Clínico. Procedimento Restaurador Restauração com Resina Composta de Dentes Anteriores Fraturados Relato de Caso Clínico Dr Saul Antunes Neto Desde o surgimento das resinas compostas, das técnicas de condicionamento ácido, das estruturas

Leia mais

avaliação dos modos de descolagem e a presença de fraturas no esmalte, após os ensaios mecânicos.

avaliação dos modos de descolagem e a presença de fraturas no esmalte, após os ensaios mecânicos. da resistência ao cisalhamento destes materiais, com e sem condicionamento ácido do esmalte, após 48 horas e 10 dias; verificação da influência do período dos ensaios mecânicos sobre a resistência ao cisalhamento;

Leia mais

Cimentos para cimentação

Cimentos para cimentação Curso de Auxiliar em Saude Bucal - ASB Faculdade de Odontologia - UPF Requisitos de um agente cimentante ideal Cimentos para cimentação Ser adesivo; Ser insolúvel no meio bucal; Permitir bom selamento

Leia mais

Fechamento de Diastemas Unitários com Resinas Compostas: um tratamento conservador, reversível e estético

Fechamento de Diastemas Unitários com Resinas Compostas: um tratamento conservador, reversível e estético Fechamento de Diastemas Unitários com Resinas Compostas: um tratamento conservador, reversível e estético Frederico dos Reis GOYATÁ Leonardo Fernandes da Cunha*, Rafaella Caramori Saab**, Juliana de Souza

Leia mais

Laminados cerâmicos - relato de caso. Ceramic laminates - case report

Laminados cerâmicos - relato de caso. Ceramic laminates - case report 246 COLUNA VISÃO CLÍNICA Laminados cerâmicos - relato de caso Ceramic laminates - case report Weider Silva 1 Moises Cronemberger 2 Gil Montenegro 3 Lêndiel Olímpio 4 Tarcísio Pinto 5 Resumo Os parâmetros

Leia mais

Nós acreditamos. Conheça o seu novo laboratório!

Nós acreditamos. Conheça o seu novo laboratório! Nós acreditamos. Conheça o seu novo laboratório! Bons profissionais procuram bons parceiros e fornecedores. Trabalhar com profissionais diferenciados, prestando serviços de alta qualidade é a nossa prioridade.

Leia mais

Aprovados sem restrições para cavidades oclusais. Diamond

Aprovados sem restrições para cavidades oclusais. Diamond Grandio SO Heavy Grandio SO Heavy Aprovados sem restrições para cavidades oclusais Com o lançamento do compósito compactável, a VOCO introduziu no mercado um material de restauração semelhante ao dente

Leia mais

Caso Clínico. Flavia Caetano P. dos Santos* Weider de Oliveira Silva** Miquelle Carvalho***

Caso Clínico. Flavia Caetano P. dos Santos* Weider de Oliveira Silva** Miquelle Carvalho*** Caso Clínico Flavia Caetano P. dos Santos* Weider de Oliveira Silva** Miquelle Carvalho*** * Especialista em Dentística pela Associação Brasileira de Odontologia - ABO (Taguatinga DF). ** Especialista

Leia mais

Laminados cerâmicos minimamente invasivos. Minimally invasive porcelain laminate veneers.

Laminados cerâmicos minimamente invasivos. Minimally invasive porcelain laminate veneers. F U L L 1 Laminados cerâmicos minimamente invasivos. Minimally invasive porcelain laminate veneers. Cristian Higashi 1 Antonio Setsuo Sakamoto Junior 2 Giovana Mongruel Gomes 3 Abraham Lincoln Calixto

Leia mais

Por: Renato Fabricio de Andrade Waldemarin; Guilherme Brião Camacho e Vinícius Marcel Ferst

Por: Renato Fabricio de Andrade Waldemarin; Guilherme Brião Camacho e Vinícius Marcel Ferst Por: Renato Fabricio de Andrade Waldemarin; Guilherme Brião Camacho e Vinícius Marcel Ferst Técnica 1: Faceta I.Dente vital e preparo protético pronto. 1. Medir a altura e a largura do dente homológo do

Leia mais

Avaliação da topogra fia super ficial de cerâmicas submetidas a diferentes tratamentos de superfície

Avaliação da topogra fia super ficial de cerâmicas submetidas a diferentes tratamentos de superfície Avaliação da topogra fia super ficial de cerâmicas submetidas a diferentes tratamentos de superfície Juliane Butze Maurem Leitão Marcondes Luiz Henrique Burnett Júnior Ana Maria Spohr RESUMO O objetivo

Leia mais

Restauração semidireta associada a um retentor intrarradicular em dente anterior

Restauração semidireta associada a um retentor intrarradicular em dente anterior Restauração semidireta associada a um retentor intrarradicular em dente anterior 4 Semi-direct restoration in association with an intraradicular retainer in anterior tooth Vanessa Paola Filter 1 Franciele

Leia mais

Ponto de Contato. Conjugando Procedimentos Restauradores Indiretos e Diretos: Mimetizando Materiais Restauradores à Estrutura Dental

Ponto de Contato. Conjugando Procedimentos Restauradores Indiretos e Diretos: Mimetizando Materiais Restauradores à Estrutura Dental Ponto de Contato Conjugando Procedimentos Restauradores Indiretos e Diretos: Mimetizando Materiais Restauradores à Estrutura Dental Conjugating direct and indirect restorative procedures: Restorative materials

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ Centro de Ciências da Saúde Departamento de Odontologia EMANUELLE DE CARLI

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ Centro de Ciências da Saúde Departamento de Odontologia EMANUELLE DE CARLI UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ Centro de Ciências da Saúde Departamento de Odontologia EMANUELLE DE CARLI RESTAURAÇÕES CERÂMICAS DE ZIRCÔNIO: UMA REVISÃO MARINGÁ 2006 2 EMANUELLE DE CARLI RESTAURAÇÕES

Leia mais

Coluna Visão Protética

Coluna Visão Protética Weider Silva 1 Gil Montenegro 2 Lendiel Olímpio³ Felix Cachari 4 Paulo Frederico 5 Luciano Leal Duarte 6 Resumo Integração multidisciplinar para reabilitação estética Multidisciplinary integration for

Leia mais

Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14

Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: ODONTOLOGIA PRÉ-CLÍNICA II Código: ODO-028 Pré-requisito:

Leia mais

Laura Tagliari Costa LAMINADOS CERÂMICOS COM DIFERENTES PREPAROS DA ESTRUTURA DENTÁRIA: REVISÃO LITERÁRIA

Laura Tagliari Costa LAMINADOS CERÂMICOS COM DIFERENTES PREPAROS DA ESTRUTURA DENTÁRIA: REVISÃO LITERÁRIA 1 Laura Tagliari Costa LAMINADOS CERÂMICOS COM DIFERENTES PREPAROS DA ESTRUTURA DENTÁRIA: REVISÃO LITERÁRIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA PUCRS PARA A OBTENÇÃO DO TÍTULO DE CIRURGIÃ-DENTISTA

Leia mais

In-Ceram Zirconia: Prótese Parcial Fixa In-Ceram Zirconia: Fixed Partial Prosthesis

In-Ceram Zirconia: Prótese Parcial Fixa In-Ceram Zirconia: Fixed Partial Prosthesis CASO CLÍNICO In-Ceram Zirconia: Prótese Parcial Fixa In-Ceram Zirconia: Fixed Partial Prosthesis Renato Sussumu Nishioka* Luis Gustavo Oliveira de Vasconcellos** Karina Tiemi Tanaka*** Gilberto Duarte

Leia mais

REABILITAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL DO SORRISO: RELATO DE CASO CLÍNICO

REABILITAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL DO SORRISO: RELATO DE CASO CLÍNICO REABILITAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL DO SORRISO: RELATO DE CASO CLÍNICO AESTHETIC AND FUNCTIONAL REHABILITATION OF THE SMILE: A CASE REPORT Rebeca Barroso BEZERRA 1 Lívia Daniella Alves PORTELLA Pitta 2 Dayane

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Analisando-se a imagem de um dente íntegro, todas as suas partes são facilmente identificáveis, pois já conhecemos sua escala de radiopacidade e posição

Leia mais

Caso Clínico. Sanzio Marques* 64 Rev Dental Press Estét. 2010 jul-set;7(3):64-79

Caso Clínico. Sanzio Marques* 64 Rev Dental Press Estét. 2010 jul-set;7(3):64-79 Caso Clínico Sanzio Marques* * Mestre em Dentística Restauradora (FO-UFMG). Especialista em Prótese Dental (FORP-USP). utor do livro Estética com resinas compostas em dentes anteriores: percepção, arte

Leia mais

Coroas estéticas anteriores em cerâmica metal-free: relato de caso clínico. Aesthetic all-ceramic dental crowns for anterior teeth: a case report

Coroas estéticas anteriores em cerâmica metal-free: relato de caso clínico. Aesthetic all-ceramic dental crowns for anterior teeth: a case report ISSN: Versão impressa: 1806-7727 Versão eletrônica: 1984-5685 Rev Sul-Bras Odontol. 2010 Oct-Dec;7(4):494-8 Artigo de Relato de Caso Case Report Article Coroas estéticas anteriores em cerâmica metal-free:

Leia mais

Reabilitação estética de dentes anteriores com restaurações cerâmicas adesivas

Reabilitação estética de dentes anteriores com restaurações cerâmicas adesivas Autor convidado PENA CE, VIOTTI RG, FERREIRA LA, RODRIGUES JA, REIS AF Reabilitação estética de dentes anteriores com restaurações cerâmicas adesivas Esthetic rehabilitation of anterior teeth with bonded

Leia mais

DISCIPLINA DE PRÓTESE FIXA I ODT 434

DISCIPLINA DE PRÓTESE FIXA I ODT 434 FACULDADE DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE DO BRASIL Departamento de Prótese e Materiais Dentários 1. CARACTERIZAÇÃO DISCIPLINA DE PRÓTESE FIXA I ODT 434 1.1 PRÉ-REQUISITOS: DENTÍSTICA OPERATÓRIA II ODC

Leia mais

Historicamente, os pinos de fibras

Historicamente, os pinos de fibras 24 Maio 2010 Pinos de fibras: técnicas de preparo e cimentação Este artigo discute as técnicas com a finalidade de estabelecer um protocolo mais seguro para o preparo e cimentação dos pinos de fibras e

Leia mais

Ciência e prática. Restaurações indiretas em resina composta: função e estética

Ciência e prática. Restaurações indiretas em resina composta: função e estética Restaurações indiretas em resina composta: função e estética 48 MAXILLARIS SETEMBRO 2015 Ciência e prática : Mariline Gomes Médica dentista. Mestrado integrado em Medicina Dentária pela Faculdade de Medicina

Leia mais

SISTEMAS CERÂMICOS SEM METAL

SISTEMAS CERÂMICOS SEM METAL 1 ETEC PHILADELPHO GOUVÊA NETTO LESSANE CARLA LOZANO SISTEMAS CERÂMICOS SEM METAL SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 2009 2 ETEC PHILADELPHO GOUVÊA NETTO LESSANE CARLA LOZANO SISTEMAS CERÂMICOS SEM METAL Trabalho de

Leia mais

CEREC. Feito para inspirar.

CEREC. Feito para inspirar. SOLUÇÕES CAD/CAM PARA O dentista CEREC. Feito para inspirar. sirona.com.br CEREC NO CONSULTÓRIO: CLINICAMENTE SEGURO. Mais de 28 anos de experiência por um bom motivo: tudo está sob seu controle com CEREC,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR FUNÇÃO: Recuperação / Reabilitação SUBFUNÇÃO OU COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

Importância da Pasta de Prova (Try-In) na Cimentação de Facetas Cerâmicas Relato de Caso

Importância da Pasta de Prova (Try-In) na Cimentação de Facetas Cerâmicas Relato de Caso ISSN 1981-3708 Importância da Pasta de Prova (Try-In) na Cimentação de Facetas Cerâmicas Relato de Caso Importance of Try-In Pastes in Cementing Ceramic Veneers - A Case Report Paula C. CARDOSO 1, Rafael

Leia mais

Restabelecimento da Estética e Função em Paciente com Amelogênese Imperfeita: Relato de um Caso Clínico

Restabelecimento da Estética e Função em Paciente com Amelogênese Imperfeita: Relato de um Caso Clínico CASO CLÍNICO Restabelecimento da Estética e Função em Paciente com Amelogênese Imperfeita: Relato de um Caso Clínico Recovering Function and Aesthetic for a Patient with Amelogenesis Imperfecta: Clinical

Leia mais

Clínica - International Journal of Brazilian Dentistry, São José, v.3, n.3, p. 246-252, jul./set. 2007

Clínica - International Journal of Brazilian Dentistry, São José, v.3, n.3, p. 246-252, jul./set. 2007 246 Coroas Endocrown uma Opção para Dentes Posteriores Desvitalizados Endocrown restorations an approach for non-vital posterior teeth Victor Grover Rene Clavijo* Niélli Caetano de Souza* William Kabbach

Leia mais

F U L L S C I E N C E rótese Coluna de P

F U L L S C I E N C E rótese Coluna de P 41 Coluna de Prótese Utilização de prótese parcial acrílica overlay para diagnóstico da dvo prévia a reabilitação estética Gil Montenegro 1 Weider Oliveira Silva 2 Tarcísio Pinto 3 Rames Abraão Basilio

Leia mais

FACETAS LAMINADAS EM PORCELANA: UMA OPÇÃO ESTÉTICA PARA O CLÍNICO GERAL

FACETAS LAMINADAS EM PORCELANA: UMA OPÇÃO ESTÉTICA PARA O CLÍNICO GERAL FACETAS LAMINADAS EM PORCELANA: UMA OPÇÃO ESTÉTICA PARA O CLÍNICO GERAL PORCELAIN LAMINATE VENEERS: AN ESTHETICAL OPTION FOR GENERAL DENTAL PRACTITIONER José Carlos Monteiro de Castro Professor de Clínica

Leia mais

IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Em um dente íntegro, suas imagens são facilmente identificáveis, pois já conhecemos a escala de radiopacidade. Estudamos as imagens das estruturas anatômicas, suas

Leia mais

Disciplina de Prótese Parcial Fixa

Disciplina de Prótese Parcial Fixa Disciplina de Prótese Parcial Fixa Docentes: Profa. Dra. Adriana Cristina Zavanelli Profa. Dra. Daniela Micheline dos Santos Prof. Dr. José Vitor Quinelli Mazaro Prof. Dr. Stefan Fiúza de Carvalho Dekon

Leia mais

Excelência em Laboratório

Excelência em Laboratório 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 Excelência em Laboratório * Especialista, Mestre e Doutorando em Dentística Restauradora, Faculdade

Leia mais

AVALIAÇÃO DA RESISTÊNCIA DE UNIÃO DE REPARO DE COMPÓSITOS APÓS DIFERENTES MÉTODOS DE TRATAMENTOS DE SUPERFÍCIE (2011) 1

AVALIAÇÃO DA RESISTÊNCIA DE UNIÃO DE REPARO DE COMPÓSITOS APÓS DIFERENTES MÉTODOS DE TRATAMENTOS DE SUPERFÍCIE (2011) 1 AVALIAÇÃO DA RESISTÊNCIA DE UNIÃO DE REPARO DE COMPÓSITOS APÓS DIFERENTES MÉTODOS DE TRATAMENTOS DE SUPERFÍCIE (2011) 1 SINHORI, Bruna Salamoni 2 ; BALBINOT, Carlos Eduardo Agostini 3 1 Trabalho de Iniciação

Leia mais

Reabilitação Estética do Sorriso com Facetas Cerâmicas Reforçadas por Dissilicato de Lítio

Reabilitação Estética do Sorriso com Facetas Cerâmicas Reforçadas por Dissilicato de Lítio ISSN 1981-3708 Reabilitação Estética do Sorriso com Facetas Cerâmicas Reforçadas por Dissilicato de Lítio Aesthetic Rehabilitation with Ceramic Veneers Reinforced by Lithium Disilicate Paulo V. SOARES

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE. Daniel da Costa Parrella CERÂMICAS METAL- FREE: UMA REVISÃO DE LITERATURA

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE. Daniel da Costa Parrella CERÂMICAS METAL- FREE: UMA REVISÃO DE LITERATURA INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Daniel da Costa Parrella CERÂMICAS METAL- FREE: UMA REVISÃO DE LITERATURA Montes Claros 2014 DANIEL DA COSTA PARRELLA CERÂMICAS METAL- FREE: UMA REVISÃO DE LITERATURA Monografia

Leia mais

Curso de Extensão em Clínica Odontológica Faculdade de Odontologia de Piracicaba - UNICAMP

Curso de Extensão em Clínica Odontológica Faculdade de Odontologia de Piracicaba - UNICAMP Restauração Indireta em Dente Posterior Associando Adesivo e Compósito com Nanopartículas Mario Fernando de Góes Cristiana Azevedo Vinicius Di Hipólito Luís Roberto Martins Cláudio Bragoto Curso de Extensão

Leia mais

Artigo Inédito. Fabiano Carlos Marson* Sidney Kina** 76 Rev Dental Press Estét. 2010 jul-set;7(3):76-86

Artigo Inédito. Fabiano Carlos Marson* Sidney Kina** 76 Rev Dental Press Estét. 2010 jul-set;7(3):76-86 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 Artigo Inédito Fabiano Carlos Marson* Sidney Kina** * Mestre e Doutor em

Leia mais

Hermann Blumenau - Complexo Educacional Curso Técnico em Saúde Bucal. Materiais Dentários. Professora: Patrícia Cé

Hermann Blumenau - Complexo Educacional Curso Técnico em Saúde Bucal. Materiais Dentários. Professora: Patrícia Cé Hermann Blumenau - Complexo Educacional Curso Técnico em Saúde Bucal Materiais Professora: Patrícia Cé Introdução AULA I Vernizes Cimento de hidróxido de Cálcio Cimento de Ionômero de Vidro Cimento de

Leia mais

Catálogo Dentística e prótese

Catálogo Dentística e prótese Catálogo Dentística e prótese Pinos e Núcleos Exacto Metal Free Pino intra-radicular cônico em fibra de vidro CURSOR PARA O AJUSTE DE CORTE Apoio de restaurações e coroas protéticas Fibra de vidro: alta

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 55

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 55 8 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 55 QUESTÃO 17 A Prótese Dentária é considerada uma especialidade odontológica de rico intercâmbio com as outras especialidades da odontologia. Esse intercâmbio

Leia mais

REABILITAÇÃO ORAL MULTIDISCIPLINAR: TRATAMENTO ORTODÔNTICO, IMPLANTE DENTÁRIO E FACETAS EM CERÂMICA FELDSPÁTICA

REABILITAÇÃO ORAL MULTIDISCIPLINAR: TRATAMENTO ORTODÔNTICO, IMPLANTE DENTÁRIO E FACETAS EM CERÂMICA FELDSPÁTICA O JornalDentistry ARTIGO ORIGINAL REABILITAÇÃO ORAL MULTIDISCIPLINAR: TRATAMENTO ORTODÔNTICO, IMPLANTE DENTÁRIO E FACETAS EM CERÂMICA FELDSPÁTICA Introdução A Medicina Dentária da era moderna tem como

Leia mais

Avaliação estética do sorriso do paciente na clínica restauradora

Avaliação estética do sorriso do paciente na clínica restauradora Capítulo 11 Avaliação estética do sorriso do paciente na clínica restauradora Leonardo Buso * Sanzio Marques * Paulo Fernando de Carvalho * José Carlos Romanini O sorriso é a manifestação dos lábios quando

Leia mais

Quando inicio um novo

Quando inicio um novo A r t i g o s Materiais e Técnicas com Wanderley de Almeida Cesar Jr. Entendendo a química dos cimentos e adesivos: você está cimentando suas peças estéticas corretamente? Quando inicio um novo artigo,

Leia mais

CURSOS ICMDS PROSTODONTIA

CURSOS ICMDS PROSTODONTIA CURSOS ICMDS PROSTODONTIA OBJECTIVOS Aprimorar a pratica clinica dos profissionais que praticam Prostodontia no seu dia dia e buscam a exelência no planeamento Estético, Mock up, Metal Free, nos Preparos

Leia mais

Single Bond Universal Adesivo. Single Bond. Universal. O adesivo que você. sempre quis

Single Bond Universal Adesivo. Single Bond. Universal. O adesivo que você. sempre quis Universal Adesivo Universal O adesivo que você sempre quis Chegou o Universal O adesivo mais versátil e confiável do mundo O Universal é o primeiro e único adesivo que pode ser utilizado sob qualquer técnica

Leia mais

Trabalho De Conclusão De Curso

Trabalho De Conclusão De Curso Trabalho De Conclusão De Curso O estado da arte dos fragmentos e lâminas cerâmicas ultrafinos na odontologia restauradora Stefani do Amaral Arcari Universidade Federal de Santa Catarina Curso de Graduação

Leia mais

Clareamento dentário associado à facetas Indiretas em cerâmica: Abordagem minimamente invasiva.

Clareamento dentário associado à facetas Indiretas em cerâmica: Abordagem minimamente invasiva. ISSN 1981-3708 Clareamento dentário associado à facetas Indiretas em cerâmica: Abordagem minimamente invasiva. Tooth bleaching associated with Ceramic Veneers: A conservative approach. Renata B. RODRIGUES

Leia mais

Dentes Alemães Classic A Solução Perfeita 4x4

Dentes Alemães Classic A Solução Perfeita 4x4 Dentes Alemães Classic A Solução Perfeita 4x4 Carta Molde Informação de Produto Magister Dentes anteriores Classic Magister Dentes anteriores com 4 camadas Os dentes Magister apresentam estética semelhante

Leia mais

Técnica alternativa reabilitadora com materiais adesivos e implantes dentários

Técnica alternativa reabilitadora com materiais adesivos e implantes dentários caso clínico 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 Técnica alternativa reabilitadora com materiais adesivos e implantes dentários Resumo:

Leia mais

FACETAS INDIRETAS EM CERÂMICAS: ASPECTOS DE INTERESSE. Indirect Ceramic Veneers: Aspects of Interest

FACETAS INDIRETAS EM CERÂMICAS: ASPECTOS DE INTERESSE. Indirect Ceramic Veneers: Aspects of Interest 1 FACETAS INDIRETAS EM CERÂMICAS: ASPECTOS DE INTERESSE Indirect Ceramic Veneers: Aspects of Interest Jean Carlo VIEIRA 1 Nerli Cristina WEBBER 1 Adilson Yoshio FURUSE 2 1 Acadêmicos do curso de Odontologia

Leia mais

Caso Selecionado. Odontologia Estética Integrada - a busca do equilíbrio

Caso Selecionado. Odontologia Estética Integrada - a busca do equilíbrio Caso Selecionado Odontologia Estética Integrada - a busca do equilíbrio Cláudio de Pinho Costa, José Maria Gratone, Paulo Martins Ferreira, Tatiana Costa Ribeiro O conhecimento e domínio dos princípios

Leia mais

A PREVISIBILIDADE DIGITAL FACILITOU MUITO A COMUNICAÇÃO ENTRE O PROFESSIONAL E O PACIENTE EVITANDO-SE SURPRESAS NO FINAL DO TRATAMENTO

A PREVISIBILIDADE DIGITAL FACILITOU MUITO A COMUNICAÇÃO ENTRE O PROFESSIONAL E O PACIENTE EVITANDO-SE SURPRESAS NO FINAL DO TRATAMENTO Lorem. 2 A PREVISIBILIDADE DIGITAL FACILITOU MUITO A COMUNICAÇÃO ENTRE O PROFESSIONAL E O PACIENTE EVITANDO-SE SURPRESAS NO FINAL DO TRATAMENTO TÉCNICA DE HARMONIA DENTAL UTILIZANDO A PROPORÇÃO ÁUREA DIGITAL,

Leia mais

Importância da Pasta de Prova (Try-In) na Cimentação de Facetas Cerâmicas Relato de Caso

Importância da Pasta de Prova (Try-In) na Cimentação de Facetas Cerâmicas Relato de Caso ISSN 1981-3708 Importância da Pasta de Prova (Try-In) na Cimentação de Facetas Cerâmicas Relato de Caso Importance of Try-In Pastes in Cementing Ceramic Veneers - A Case Report Paula C. CARDOSO 1, Rafael

Leia mais

Emprego de Compósito Reforçado com Fibras na Construção de Prótese Adesiva Sistema Targis/Vectris Relato de Caso Clínico

Emprego de Compósito Reforçado com Fibras na Construção de Prótese Adesiva Sistema Targis/Vectris Relato de Caso Clínico CASO CLÍNICO Emprego de Compósito Reforçado com Fibras na Construção de Prótese Adesiva Sistema Targis/Vectris Relato de Caso Clínico Application of Fiber-Reinforced Composite in the Building of Adhesive

Leia mais

SISTEMAS CERÂMICOS METAL FREE

SISTEMAS CERÂMICOS METAL FREE SISTEMAS CERÂMICOS METAL FREE Alexandre Carvalho Pedrosa 1 Orientador: Professor Francisco Girundi 2 RESUMO Os sistemas de cerâmicas atuais puras têm tido grande avanço tecnológico, permitindo o seu uso

Leia mais

CEC - Cursos de Educação Continuada

CEC - Cursos de Educação Continuada CEC - Cursos de Educação Continuada DATA DIA TIPO PROFESSOR TEMA CURRÍCULO LOCAL 3/9/11 SAB CEC Raphael Monte Alto Pinos em Fibra de Vidro: Indicações e Técnicas Prof. Adjunto da Disciplina de Clínica

Leia mais

PLANEJAMENTO, PREPARO E CIMENTAÇÃO DE LAMINADO CERÂMICO: Relato de caso

PLANEJAMENTO, PREPARO E CIMENTAÇÃO DE LAMINADO CERÂMICO: Relato de caso 0 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE ODONTOLOGIA LARISSA MARCHI DE OLIVEIRA PLANEJAMENTO, PREPARO E CIMENTAÇÃO DE LAMINADO CERÂMICO: Relato de caso Salvador - BA - Brasil 2013 1 LARISSA MARCHI

Leia mais

TRANSFORMAÇÃO DA FORMA DOS LATERAIS CONÓIDES UTILIZANDO RESINA COMPOSTA (ESTHET-X)

TRANSFORMAÇÃO DA FORMA DOS LATERAIS CONÓIDES UTILIZANDO RESINA COMPOSTA (ESTHET-X) TRANSFORMAÇÃO DA FORMA DOS LATERAIS CONÓIDES UTILIZANDO RESINA COMPOSTA (ESTHET-X) Caso clínico realizado pelo especialista em Dentística Restauradora HECTOR GREGORY SOCIAS JUNIOR (República Dominicana).

Leia mais

Serviços preliminares

Serviços preliminares Vazagem de modelo em gesso tipo lv Vazagem de modelo em gesso sintético colocação de gengiva em silicone (elemento) colocação de gengiva em silicone total Vazagem do modelo de transferência Montagem em

Leia mais