Senhoras e senhores, da Procuradoria Regional da República da 4ª Região, ressaltei. propósito de promover o desenvolvimento das potencialidades

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Senhoras e senhores, da Procuradoria Regional da República da 4ª Região, ressaltei. propósito de promover o desenvolvimento das potencialidades"

Transcrição

1 CERIMÔNIA DE POSSE NO CARGO DE CHEFE DA PROCURADORIA REGIONAL DA REPÚBLICA DA 4ª REGIÃO DISCURSO DO EMPOSSANDO Senhoras e senhores, Em 2009, ao iniciarmos o primeiro mandato à frente da Procuradoria Regional da República da 4ª Região, ressaltei o propósito de promover o desenvolvimento das potencialidades institucionais da PRR-4 e do MPF. Esse mesmo propósito e a certeza dos desafios e os ares dos continentes ainda não navegados é o que motiva a içar velas para mais um biênio, com os ânimos renovados pela confiança dos meus pares e da Administração Superior da Instituição. Nesta missão serve como bússola segura o comando do Procurador-Geral da República, Dr. Roberto Monteiro Gurgel Santos, cuja gestão tem refundado o Ministério Público Federal, atualizando-o com as demandas contemporâneas, mediante a modernização administrativa e a gestão estratégica. Saibam Dr. Gurgel, e também o Dr. Lauro, eminente Secretário-Geral do MPF, que o trabalho de ambos é fonte permanente de inspiração e esperanças para todos os gestores 1/7

2 desta Instituição. Entre um mandato que se encerra e outro que aqui tem início, pedimos vênia a todos para refletir, porque ao menos para isso servem as ocasiões solenes, sobre esse mezzo del cammin di nostra vita, ciente da advertência do poeta Dante Alighieri sobre os riscos da onça ligeira e desenvolta, que obsta o caminho reto. Retomamos aqui aos princípios que nos guiam, as pulsações que motivam o colegiado dos Procuradores Regionais da República na 4ª Região. Buscamos ontem e hoje que o Ministério Público Federal no Brasil meridional tenha uma visão compartilhada e integrada de si mesmo. Obra em constante aperfeiçoamento, fruto genial da Constituição de 1988, o Ministério Público é responsável por sua construção, cabe a ele a desafiadora missão de afirmar-se, cada vez mais, como Instituição articulada e forte, essencial ao Regime Democrático, ao Estado de Direito e a Ordem Jurídica. Ao prestarmos contas desse último biênio, temos a satisfação de constatar que procuramos seguir persistentemente nas metas propostas. Foi realizado, e já caminha para a sua conclusão, o processo de revisão do planejamento estratégico da PRR-4ª, 2/7

3 pioneiramente iniciado em 2007, e já obtivemos autorização da Secretaria-Geral para a segunda fase desse processo, que é o da implantação da gestão estratégica. O planejamento estratégico é ferramenta fundamental para o MPF saber onde quer chegar e quais as suas prioridades e compromissos centrais junto a sociedade brasileira e a meridional, em particular. Retiramos o futuro edifício-sede da situação de obra interrompida ainda nos alicerces para, a partir de nova licitação, ver erguido até este momento o nono pavimento do prédio. A tanto contamos com a indispensável confiança do Procurador-Geral Dr. Roberto Gurgel e do Secretário-Geral Dr. Lauro Cardoso. E também, no âmbito local, com o abnegado trabalho da comissão de licitação e da comissão especial de acompanhamento da obra, aquela formada por Procuradores Regionais da República e servidores, dedicados ao contínuo acompanhamento de cada fase da execução do projeto. Agradeço a todos na pessoa do nosso querido decano, Dr. Domingos Sávio Dresch da Silveira. Implantamos, de forma pioneira dentre as unidades regionais e locais do MPF, uma política de segurança orgânica principiológica, transparente, criteriosa, formulada a partir da discussão 3/7

4 com os colegas, do que foi fundamental a prévia definição das diretrizes gerais ao plano de segurança institucional. Reforçamos a área de TI, inclusive respondendo aos supervenientes desafios do processo eletrônico do TRF-4ª e, no front interno, do Sistema Único. Em ambos os casos não adotamos postura reativa, mas ao mesmo tempo em que sempre apontamos os eventuais pontos de fragilidade, contribuímos com ideias e pessoal técnico para aqueles projetos. A PRR-4ª tem plena consciência de que quem sabe faz a hora, não espera acontecer. As tecnologias de informação têm um papel central na concretização da agilidade, economicidade e eficácia processual, mas não podemos esquecer que atrás de toda TI há a dimensão humana, a mesma dimensão humana que deve ser objeto da atenção e respeito de toda e qualquer inovação tecnológica. Neste sentido, merecerá especial atenção as questões relacionadas com a saúde do trabalho, que emergirão com maior vigor neste ambiente cem porcento digital. Buscamos dar efetividade às práticas de sustentabilidade socioambiental, através do Programa de Gestão Ambiental e de Sustentabilidade, e das ações sociais junto a Vila 4/7

5 Chocolatão, da parceria com o Movimento pelos Direitos da Criança e do Adolescente (MDCA) na qualificação de menores aprendizes e do apoio às campanhas do Comitê de Cidadania do MPF. Buscamos o reforço na lotação de membros e servidores nesta unidade, a qualificação das condições de trabalho e o contínuo aperfeiçoamento dos membros e servidores. Lembro que a PRR-4ª foi a primeira unidade a aplicar a Resolução nº 104/2010, do CSMPF. Neste mister, atuei na coordenação de processo complexo, por vezes intenso, de reestruturação das condições internas de repartição da atividade-fim. Desse processo resultou uma unidade mais eficiente, mais dinâmica, e mais consciente das suas responsabilidades. Com a Administração Superior do MPF mantivemos contatos diretos, francos, respeitosos e objetivos. Meta buscada desde o primeiro dia foi melhorar a capacidade institucional de executar a proposta orçamentária, estabelecendo um ciclo orçamentário virtuoso. Os acertos da gestão são obras coletivas para a quais contribuíram integralmente os membros e servidores da PRR-4ª Região. Agradeço de todo coração aos colegas e, não podendo citar um a um, o 5/7

6 faço nas pessoas dos Drs. Carlos Eduardo Copetti Leite, coordenador da área cível; Maurício Gotardo Gerum, coordenador da área criminal e Carlos Augusto da Silva Cazarré, Procurador Regional Eleitoral, principais destinatários das minhas ponderações sobre as limitações financeiras e administrativas as quais estamos sujeitos. Agradeço penhoradamente a Procuradora-Chefe Substituta, Maria Emília Corrêa da Costa, que aceitou, desde a primeira hora, partilhar os encargos e desafios da gestão. Agradeço de forma muito especial aos integrantes do Gabinete da Chefia, Márcia Thomé, chefe de Gabinete, Carla Possamai e Luciane Caon, assessoras, e Fábio Comaru e José Carlos Bresolin, secretários. A paixão com que vocês se dedicam ao trabalho e o ânimo com que se lançam a cada desafio proposto, motivam ir além. Por último, e não menos importante, agradeço a Raquel e as nossas filhas, Isabel e Ana Beatriz, pela paciência, carinho e compreensão com as horas exigidas pela Chefia. O MPF insere-se cada vez mais na sociedade e é cada vez mais percebido como instituição apta à afirmação da democracia, dos direitos fundamentais e ao combate da corrupção, da 6/7

7 criminalidade e da improbidade administrativa. É imperioso seguir nesse linha, tornando a nossa Instituição cada vez mais respeitada. Tenho orgulho de poder compartilhar com todos os membros e servidores, mulheres e homens valentes e combativos, dessa experiência única que é construir a cada dia o Ministério Público Federal no Brasil meridional. Somos Instituição republicana por excelência, porque não legislamos, não administramos, não julgamos, mas atuamos como guardiães da Constituição e de suas promessas, missão pétrea a nós confiada pela soberania do Constituinte originário, e para tanto cabe a mim fornecer as condições institucionais e estruturais para que cada membro possa bem desempenhar as atribuições ministeriais; e neste constante servir reside a humildade deste ofício, cujos votos aqui renovo. Muito obrigado. 7/7

E-mail: pgj@mp.ba.gov.br. E-mail: colegio@mp.ba.gov.br. E-mail: conselho@mp.ba.gov.br. E-mail: corregedoria@mp.ba.gov.br

E-mail: pgj@mp.ba.gov.br. E-mail: colegio@mp.ba.gov.br. E-mail: conselho@mp.ba.gov.br. E-mail: corregedoria@mp.ba.gov.br PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA 33 PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA Gabinete - prédio sede principal do MP - s/302........................... 3103-6581/6583 Secretária - s/301......................................................

Leia mais

(SAUDAÇÃO À PRESIDENTA DA REPÚBLICA, INTEGRANTES DO PARLAMENTO, MINISTROS DO STF, MINISTROS DE ESTADO, MEMBROS DO MP,

(SAUDAÇÃO À PRESIDENTA DA REPÚBLICA, INTEGRANTES DO PARLAMENTO, MINISTROS DO STF, MINISTROS DE ESTADO, MEMBROS DO MP, (SAUDAÇÃO À PRESIDENTA DA REPÚBLICA, INTEGRANTES DO PARLAMENTO, MINISTROS DO STF, MINISTROS DE ESTADO, MEMBROS DO MP, JUDICIÁRIO, DEMAIS AUTORIDADES PRESENTES) Não poderia iniciar meu pronunciamento nesta

Leia mais

Excelentíssima Senhora Desembargadora Maria Helena Mallmann, Digníssima Presidente do Egrégio Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região;

Excelentíssima Senhora Desembargadora Maria Helena Mallmann, Digníssima Presidente do Egrégio Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região; Discurso Sessão Solene de Ratificação de Posse das Desembargadoras Lucia Ehrenbrink e Tânia Regina Silva Reckziegel 30/11/2012 18 horas Plenário do TRT4 Excelentíssima Senhora Desembargadora Maria Helena

Leia mais

Discurso de Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Organizador. dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 para a Assembleia Geral da

Discurso de Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Organizador. dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 para a Assembleia Geral da Discurso de Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 para a Assembleia Geral da ONU, em Nova York, em 26 de outubro de 2015, por ocasião da adoção

Leia mais

CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL RESOLUÇÃO N O 20 (Alterada pelas Resoluções CSMPF Nº 23, de 23/4/1996; Nº 26, de 4/6/1996; Nº 31, de 27/6/1997; Nº 40, de 31/3/1998 e Nº 119, de 4/10/2011

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 65 Discurso na solenidade do Dia

Leia mais

A EXPERIÊNCIA DO TRT DA 10ª REGIÃO NA IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA

A EXPERIÊNCIA DO TRT DA 10ª REGIÃO NA IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA A EXPERIÊNCIA DO TRT DA 10ª REGIÃO NA IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA Fabiana Alves de Souza dos Santos Diretora de Gestão Estratégica do TRT 10 1/29 O TRT da 10ª Região Criado em 1982 32 Varas do Trabalho

Leia mais

República de Moçambique. Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico- Profissional (MCTESTP)

República de Moçambique. Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico- Profissional (MCTESTP) República de Moçambique Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico- Profissional (MCTESTP) Discurso de Sua Excelência Ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Educação Técnico-Profissional

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 36 Discurso por ocasião do jantar

Leia mais

INDICADORES ESTRATÉGICOS EVOLUÇÃO E STATUS. Indicadores com monitoramento implementado e com resultado satisfatório de acordo com a meta.

INDICADORES ESTRATÉGICOS EVOLUÇÃO E STATUS. Indicadores com monitoramento implementado e com resultado satisfatório de acordo com a meta. Implantação do Planejamento Estratégico AMGE 100% até 2016 O Projeto Desdobramento do Planejamento Estratégico Institucional foi instituído por meio da Portaria PGR nº 725/2011 e finalizado em dezembro

Leia mais

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Brasília, 02/01/2011 (Saudações e agradecimentos)... Senhoras e senhores,

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA ALBERTO CHIPANDE Rua: Correia do Brito, N º 952, Ponta - Gêa / Telefax n º 843366531 Gabinete do Reitor

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA ALBERTO CHIPANDE Rua: Correia do Brito, N º 952, Ponta - Gêa / Telefax n º 843366531 Gabinete do Reitor INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA ALBERTO CHIPANDE Rua: Correia do Brito, N º 952, Ponta - Gêa / Telefax n º 843366531 Gabinete do Reitor IV CERIMÓNIA DE GRADUAÇÃO DISCURSO DO REITOR DO ISCTAC

Leia mais

ANEXO I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2020

ANEXO I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2020 ANEXO I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2020 1 Missão 2 Exercer o controle externo da administração pública municipal, contribuindo para o seu aperfeiçoamento, em benefício da sociedade. Visão Ser reconhecida

Leia mais

RESOLUÇÃO GPGJ Nº 1.943 DE 13 DE OUTUBRO DE 2014.

RESOLUÇÃO GPGJ Nº 1.943 DE 13 DE OUTUBRO DE 2014. RESOLUÇÃO GPGJ Nº 1.943 DE 13 DE OUTUBRO DE 2014. Dispõe sobre o Modelo de Governança do Planejamento Estratégico do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 141, DE 03 DE SETEMBRO DE 2009.

LEI COMPLEMENTAR Nº 141, DE 03 DE SETEMBRO DE 2009. LEI COMPLEMENTAR Nº 141, DE 03 DE SETEMBRO DE 2009. O GOVERNADOR DO ESTADO DE PERNAMBUCO: Dispõe sobre o Modelo Integrado de Gestão do Poder Executivo do Estado de Pernambuco. Faço saber que a Assembléia

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social DISCURSO DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, HENRIQUE PAIM Brasília, 3 de fevereiro de 2014 Hoje é um dia muito especial para mim. É um dia marcante em uma trajetória dedicada à gestão pública ao longo de vários

Leia mais

Nº: 5745 terça feira, 05 de maio de 2015 COMISSÃO DIRETORA. ATO DA COMISSÃO DIRETORA N O 5, de 2015

Nº: 5745 terça feira, 05 de maio de 2015 COMISSÃO DIRETORA. ATO DA COMISSÃO DIRETORA N O 5, de 2015 30/06/2015 Boletim Administrativo Eletrônico de Pessoal Nº: 5745 terça feira, 05 de maio de 2015 COMISSÃO DIRETORA ATO DA COMISSÃO DIRETORA N O 5, de 2015 Revisa e altera os objetivos estratégicos do plano

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação (PETI) Secretaria de Tecnologia da Informação Florianópolis, março de 2010. Apresentação A informatização crescente vem impactando diretamente

Leia mais

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país.

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país. Fonte: http://www.portaldaindustria.org.br 25/02/2015 PRONUNCIAMENTO DO PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO NACIONAL (CDN) DO SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE), NA SOLENIDADE

Leia mais

Apresentação Plano de Integridade Institucional da Controladoria-Geral da União (PII)

Apresentação Plano de Integridade Institucional da Controladoria-Geral da União (PII) PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO Secretaria-Executiva Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional Plano de Integridade Institucional (PII) 2012-2015 Apresentação Como

Leia mais

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. FERRAMENTA DE ANÁLISE ASSOCIATIVA AUMENTA EFICIÊNCIA DO TRABALHO DESENVOLVIDO PELO MPRS

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. FERRAMENTA DE ANÁLISE ASSOCIATIVA AUMENTA EFICIÊNCIA DO TRABALHO DESENVOLVIDO PELO MPRS Case de Sucesso Integrando CIOs, gerando conhecimento. FERRAMENTA DE ANÁLISE ASSOCIATIVA AUMENTA EFICIÊNCIA DO TRABALHO DESENVOLVIDO PELO MPRS Perfil O Ministério Público é uma instituição permanente,

Leia mais

CERIMÔNIA DE INSTALAÇÃO DO MESTRE CONSELHEIRO REGIONAL

CERIMÔNIA DE INSTALAÇÃO DO MESTRE CONSELHEIRO REGIONAL CERIMÔNIA DE INSTALAÇÃO DO MESTRE CONSELHEIRO REGIONAL uma cerimônia aberta emitida pelo Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil Primeira Edição 2012 CERIMÔNIA DE INSTALAÇÃO

Leia mais

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Brasília, 02 de janeiro de 2015. Ministra Miriam Belchior, demais autoridades, parentes e amigos aqui presentes.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 001/2010

RESOLUÇÃO Nº 001/2010 RESOLUÇÃO Nº 001/2010 ALTERA O REGIMENTO INTERNO DA OUVIDORIA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS. O COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA, no uso das atribuições conferidas pelo artigo 18, inciso XVII,

Leia mais

Supremo Tribunal Federal PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO (2009-2013)

Supremo Tribunal Federal PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO (2009-2013) Supremo Tribunal Federal PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO (2009-2013) Aprovado em Sessão Administrativa de 05.08.2009 COMPOSIÇÃO Ministro GILMAR MENDES Presidente Ministro CEZAR PELUSO Vice-Presidente Ministro

Leia mais

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS 43 Considerando os Objetivos Estratégicos, Indicadores e Metas, foram elaboradas para cada Objetivo, as Ações e indicados Projetos com uma concepção corporativa. O Plano Operacional possui um caráter sistêmico,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL DA REPÚBLICA DA 4ª REGIÃO PORTARIA PRR4 N.º 054, DE 03 DE JUNHO DE 2011.

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL DA REPÚBLICA DA 4ª REGIÃO PORTARIA PRR4 N.º 054, DE 03 DE JUNHO DE 2011. PORTARIA PRR4 N.º 054, DE 03 DE JUNHO DE 2011. Institui o Programa de Gestão Ambiental e Sustentabilidade e cria a Comissão de Gestão Ambiental e Sustentabilidade no âmbito da Procuradoria Regional da

Leia mais

Falar a uma só voz: Definir e defender o interesse europeu

Falar a uma só voz: Definir e defender o interesse europeu SPEECH/10/21 José Manuel Durão Barroso Presidente da Comissão Europeia Falar a uma só voz: Definir e defender o interesse europeu Sessão plenária do PE: votação do novo Colégio Bruxelas, 9 de Fevereiro

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 108 Solenidade de Entrega do 7a Prémio

Leia mais

ÍNDICE. Introdução 2. Missão 4. Visão de Futuro 5. Objetivos Estratégicos 6. Mapa Estratégico 7. Metas, Indicadores e Ações 8. Considerações Finais 22

ÍNDICE. Introdução 2. Missão 4. Visão de Futuro 5. Objetivos Estratégicos 6. Mapa Estratégico 7. Metas, Indicadores e Ações 8. Considerações Finais 22 ÍNDICE Introdução 2 Missão 4 Visão de Futuro 5 Objetivos Estratégicos 6 Mapa Estratégico 7 Metas, Indicadores e Ações 8 Considerações Finais 22 1 INTRODUÇÃO O Plano Estratégico do Supremo Tribunal de Federal,

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Esta iniciativa busca a modernização e a ampliação das ações e dos instrumentos de Comunicação para atender às necessidades de divulgação e alinhamento de informações

Leia mais

PORTARIA PGR Nº 198 DE 15 DE ABRIL DE 2011. Regulamenta o Programa de Treinamento, Desenvolvimento e Educação do Ministério Público da União.

PORTARIA PGR Nº 198 DE 15 DE ABRIL DE 2011. Regulamenta o Programa de Treinamento, Desenvolvimento e Educação do Ministério Público da União. PORTARIA PGR Nº 198 DE 15 DE ABRIL DE 2011 Regulamenta o Programa de Treinamento, Desenvolvimento e Educação do Ministério Público da União. O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, no uso de suas atribuições,

Leia mais

o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública

o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública unifesp, 23.04.2009 tópicos conhecendo o mpf unifesp e administração pública atuação do mpf/sp na unifesp tutela de direitos coletivos defesa do patrimônio

Leia mais

A ESMPU e a EAD. Brasília DF Maio 2012. Categoria: C Métodos e Tecnologias. Setor Educacional: 4 Educação Corporativa

A ESMPU e a EAD. Brasília DF Maio 2012. Categoria: C Métodos e Tecnologias. Setor Educacional: 4 Educação Corporativa 1 A ESMPU e a EAD Brasília DF Maio 2012 Categoria: C Métodos e Tecnologias Setor Educacional: 4 Educação Corporativa Classificação das Áreas de Pesquisa em EAD: Macro: C Sistemas e Instituições de EAD

Leia mais

Lançamento do Planejamento Estratégico Nacional Brasília, 09 de novembro de 2011

Lançamento do Planejamento Estratégico Nacional Brasília, 09 de novembro de 2011 Lançamento do Planejamento Estratégico Nacional Brasília, 09 de novembro de 2011 1 Lançamento do Planejamento Estratégico Nacional Brasília, 09 de novembro de 2011 2 Planejamento Estratégico Nacional do

Leia mais

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA De: Gabinete do Vereador Jimmy Pereira Para: Ação Jovem Brasil Resposta à solicitação de Informações para a formação do Índice de Transparência da Câmara do Rio TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR

Leia mais

Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional.

Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional. Tema 1: Eficiência Operacional Buscar a excelência na gestão de custos operacionais. Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional. Agilizar

Leia mais

ILUSTRES PARTICIPANTES DO FÓRUM EM CIÊNCIAS

ILUSTRES PARTICIPANTES DO FÓRUM EM CIÊNCIAS DISCURSO PRONUNCIADO POR SUA EXCELÊNCIA JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS, PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE ANGOLA, NA SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO FÓRUM EM CIÊNCIAS DO DESPORTO APLICADAS AO FUTEBOL Luanda, 29 de Agosto

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL SECRETARIA NACIONAL DE ARTICULAÇÃO SOCIAL CONFERÊNCIAS NACIONAIS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL SECRETARIA NACIONAL DE ARTICULAÇÃO SOCIAL CONFERÊNCIAS NACIONAIS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL SECRETARIA NACIONAL DE ARTICULAÇÃO SOCIAL CONFERÊNCIAS NACIONAIS Participação Social no Governo Federal Conferências Nacionais 2009/2010 Conferências Nacionais

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM RORAIMA RECOMENDAÇÃO Nº 07/2015/MPF/RR

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM RORAIMA RECOMENDAÇÃO Nº 07/2015/MPF/RR MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM RORAIMA RECOMENDAÇÃO Nº 07/2015/MPF/RR Referência: inquéritos civis nº 1.32.000.000518/2013-15 e 1.32.000.000013/2013-42 RECOMENDANTE: MINISTÉRIO

Leia mais

Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer a todos, que se disponibilizaram, para estar presentes nesta cerimónia.

Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer a todos, que se disponibilizaram, para estar presentes nesta cerimónia. Cumprimentos a todas as altas individualidades presentes (nomeando cada uma). Caras Colegas, Caros Colegas, Minhas Senhoras, Meus Senhores, Meus Amigos Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer

Leia mais

MINUTA RESOLUÇÃO Nº... /2014, DE.. DE... DE 2014.

MINUTA RESOLUÇÃO Nº... /2014, DE.. DE... DE 2014. MINUTA RESOLUÇÃO Nº... /2014, DE.. DE... DE 2014. Regulamenta a avaliação de desempenho funcional dos Servidores Técnico-Administrativos da Fundação Universidade Regional de Blumenau - FURB prevista na

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

INTERVENÇÃO DO MAGNÍFICO REITOR POR OCASIÃO DAS GRADUAÇÕES

INTERVENÇÃO DO MAGNÍFICO REITOR POR OCASIÃO DAS GRADUAÇÕES INTERVENÇÃO DO MAGNÍFICO REITOR POR OCASIÃO DAS GRADUAÇÕES Sua Excelência Prof. Doutor Jorge Nhambiu, Ministro de Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional Sua Excelência Dr. Victor

Leia mais

Assumir estas tarefas no contexto atual é, sem dúvida, um ato de coragem e de determinação.

Assumir estas tarefas no contexto atual é, sem dúvida, um ato de coragem e de determinação. Discurso do Ministro da Saúde na tomada de posse do Bastonário e Órgãos Nacionais da Ordem dos Farmacêuticos 11 de janeiro de 2013, Palacete Hotel Tivoli, Lisboa É com satisfação que, na pessoa do Sr.

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE: Por um MP mais eficiente

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE: Por um MP mais eficiente PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE: Por um MP mais eficiente Natal, 2011 1. Quem somos 2. Histórico da Gestão Estratégica 3. Resultados práticos 4. Revisão

Leia mais

Supremo Tribunal Federal PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO (2009-2013)

Supremo Tribunal Federal PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO (2009-2013) Supremo Tribunal Federal PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO (2009-2013) Aprovado em Sessão Administrativa de 05.08.2009 COMPOSIÇÃO Ministro GILMAR MENDES Presidente Ministro CEZAR PELUSO Vice-Presidente Ministro

Leia mais

Portaria nº 3156, de 5 de dezembro de 2013.

Portaria nº 3156, de 5 de dezembro de 2013. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais, CONSIDERANDO o Planejamento Estratégico Participativo em execução (2009/2014), aprovado pela Resolução Administrativa

Leia mais

PORTARIA PGR/MPF Nº 918 DE 18 DE DEZEMBRO DE 2013 CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS E DIRETRIZES

PORTARIA PGR/MPF Nº 918 DE 18 DE DEZEMBRO DE 2013 CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS E DIRETRIZES PORTARIA PGR/MPF Nº 918 DE 18 DE DEZEMBRO DE 2013 Institui a Política Nacional de Comunicação Social do Ministério Público Federal. O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere

Leia mais

SENHORAS E SENHORES RERESENTANTES DOS DIFERENTES ÓRGAOS E ENTIDADES. SENHORAS E SENHORES TRABALHADORES DE EDUCAÇÃO DESTE CENTRO.

SENHORAS E SENHORES RERESENTANTES DOS DIFERENTES ÓRGAOS E ENTIDADES. SENHORAS E SENHORES TRABALHADORES DE EDUCAÇÃO DESTE CENTRO. SENHORAS AUTORIDADES PRESENTES NESTE ATO DE POSSE. SENHORAS E SENHORES RERESENTANTES DOS DIFERENTES ÓRGAOS E ENTIDADES. SENHORAS E SENHORES TRABALHADORES DE EDUCAÇÃO DESTE CENTRO. CAROS ESTUDANTES E DEMAIS

Leia mais

Fevereiro 2015 DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS DRH ESCOLA JUDICIÁRIA MILITAR EJM

Fevereiro 2015 DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS DRH ESCOLA JUDICIÁRIA MILITAR EJM Fevereiro DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS DRH ESCOLA JUDICIÁRIA MILITAR EJM 2 ÍNDICE PLANO ESTRATÉGICO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO... 3 Apresentação... 3 Missão... 4 Visão de Futuro... 4 Valores... 4 PERSPECTIVAS...

Leia mais

Resolução nº 1280 De 17 de janeiro de 2005

Resolução nº 1280 De 17 de janeiro de 2005 Resolução nº 1280 De 17 de janeiro de 2005 RESOLUÇÃO GPGJ Nº 1.280 DE 17 DE JANEIRO 2005 DISPÕE SOBRE A ESTRUTURA ORGÂNICA DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PROCURADOR-GERAL

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Discurso na cerimónia de posse

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013 Publicada no DJE/STF, n. 127, p. 1-3 em 3/7/2013. RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013 Dispõe sobre a Governança Corporativa de Tecnologia da Informação no âmbito do Supremo Tribunal Federal e dá outras

Leia mais

Aplicação de um Programa de Ética em Instituição Financeira

Aplicação de um Programa de Ética em Instituição Financeira Aplicação de um Programa de Ética em Instituição Financeira Deives Rezende Filho Superintendente de Ética e Ombudsman Itaú Unibanco S.A. Proposta A partir da experiência da Superintendência de Ética e

Leia mais

Política de Segurança da informação e Comunicação

Política de Segurança da informação e Comunicação Política de Segurança da informação e Comunicação 2015-2017 HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autores 28/04/2015 1.0 Elementos textuais preliminares Jhordano e Joilson 05/05/2015 2.0 Elementos

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia de assinatura de atos e declaração à imprensa

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia de assinatura de atos e declaração à imprensa , Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia de assinatura de atos e declaração à imprensa Porto Príncipe-Haiti, 28 de maio de 2008 Meu caro amigo, presidente René Préval, presidente da República do

Leia mais

CHAPA 1. Compromisso e Ação!

CHAPA 1. Compromisso e Ação! CHAPA 1 Compromisso e Ação! Concorremos nas próximas eleições da AJURIS pela situação, com o compromisso de avançar e dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito. Temos consciência de que os tempos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. PORTARIA Nº CJF-POR-2014/00413 de 30 de setembro de 2014

PODER JUDICIÁRIO. PORTARIA Nº CJF-POR-2014/00413 de 30 de setembro de 2014 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL CONSELHO DA JUSTIÇA FEDERAL PORTARIA Nº CJF-POR-2014/00413 de 30 de setembro de 2014 Dispõe sobre a aprovação do Documento Acessório Diferenciado "Política de Gestão de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO -UFPE CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM DIREITO. Luiz Viana Queiroz

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO -UFPE CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM DIREITO. Luiz Viana Queiroz LUIZ VIANA QUEIROZ DIREITOS POLÍTICOS COMO DIREITOS HUMANOS: Impacto no Direito Eleitoral Brasileiro da Incorporação da Convenção Americana de Direitos Humanos Recife 2002 UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

Leia mais

ANEXO I. Relatório de Atividades Anuais do Ministério Público: Rol de informações mínimas necessárias por órgão

ANEXO I. Relatório de Atividades Anuais do Ministério Público: Rol de informações mínimas necessárias por órgão ANEXO I Relatório de Atividades Anuais do Ministério Público: Rol de informações mínimas necessárias por órgão 1. SUBPROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA PARA ASSUNTOS INSTITUCIONAIS 1.1 Atividades Institucionais

Leia mais

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 Senhores Deputados, meu pronunciamento é em caráter excepcional. Eu tenho uma história de vida

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 006 /2007

ATO NORMATIVO Nº 006 /2007 ATO NORMATIVO Nº 006 /2007 Dispõe sobre os cargos em comissão do Ministério Público do Estado da Bahia, e dá outras providências. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 2012/2020 Ministério Público Federal Rodrigo Janot Monteiro de Barros Procurador-Geral da República Ela Wiecko Volkmer de

Leia mais

PROJETO A OAB VAI À ESCOLA. Guarulhos, 2015

PROJETO A OAB VAI À ESCOLA. Guarulhos, 2015 PROJETO A OAB VAI À ESCOLA Guarulhos, 2015 DIRETORIA DA OAB GUARULHOS Presidente Fabio de Souza Santos Vice-Presidente Rogério Martir Secretário Geral José Pedro Chebbat Júnior Secretária Geral Adjunta

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ESTADO DO CEARÁ SECITECE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ESTADO DO CEARÁ SECITECE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ESTADO DO CEARÁ SECITECE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE PROJETO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 4 OBJETIVOS 5 PROGRAMAS EDUCACIONAIS 6 CONSTRUÇÃO DO PLANO ANUAL DE EDUCAÇÃO 7 CONCEITOS BÁSICOS 8 CATÁLOGO DE CURSOS 2010 9

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 4 OBJETIVOS 5 PROGRAMAS EDUCACIONAIS 6 CONSTRUÇÃO DO PLANO ANUAL DE EDUCAÇÃO 7 CONCEITOS BÁSICOS 8 CATÁLOGO DE CURSOS 2010 9 1 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 4 OBJETIVOS 5 PROGRAMAS EDUCACIONAIS 6 CONSTRUÇÃO DO PLANO ANUAL DE EDUCAÇÃO 7 CONCEITOS BÁSICOS 8 CATÁLOGO DE CURSOS 2010 9 PROGRAMA EDUCACIONAL DIREITO 9 Atualização em Direito

Leia mais

PLANEJAMENTO CEAF 2008

PLANEJAMENTO CEAF 2008 PLANEJAMENTO CEAF 2008 O Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional- CEAF é o órgão responsável pela educação no Ministério Público. Através de projetos educacionais, o CEAF aperfeiçoa a atuação de

Leia mais

Participação Social no Governo Federal

Participação Social no Governo Federal PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL SECRETARIA NACIONAL DE ARTICULAÇÃO SOCIAL Participação Social no Governo Federal Gerson Luiz de Almeida Silva Secretário Nacional de Articulação Social 1. Visões

Leia mais

O Tribunal de Contas da União e o exercício da função Ouvidoria

O Tribunal de Contas da União e o exercício da função Ouvidoria O Tribunal de Contas da União e o exercício da função Ouvidoria II Seminário Nacional de Ouvidores do Sistema Confea/Crea e Mútua 13 de junho de 2011 Tribunal de Contas da União Referencial Estratégico

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUTIVO, MOVIMENTOS SOCIAIS E POLÍTICAS PÚBLICAS

MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUTIVO, MOVIMENTOS SOCIAIS E POLÍTICAS PÚBLICAS MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUTIVO, MOVIMENTOS SOCIAIS E POLÍTICAS PÚBLICAS Área: CÍVEL E ESPECIALIZADAS Autoras: Bettina Estanislau Guedes Maria Ivana Botelho Vieira da Silva I. INTRODUÇÃO Nunca é demais relembrar

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS RESOLUÇÃO Nº xx/xxxx CONSELHO UNIVERSITÁRIO EM dd de mês de aaaa Dispõe sobre a criação

Leia mais

A Estratégia do Conselho da Justiça Federal 2015/2020 CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015

A Estratégia do Conselho da Justiça Federal 2015/2020 CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015 A Estratégia do Conselho da Justiça Federal CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015 SUEST/SEG 2015 A estratégia do CJF 3 APRESENTAÇÃO O Plano Estratégico do Conselho da Justiça Federal - CJF resume

Leia mais

ESTATÍSTICA PROCESSUAL E RESUMO DAS ATIVIDADES PROMOVIDAS PELA PRESIDÊNCIA.

ESTATÍSTICA PROCESSUAL E RESUMO DAS ATIVIDADES PROMOVIDAS PELA PRESIDÊNCIA. 1 ESTATÍSTICA PROCESSUAL E RESUMO DAS ATIVIDADES PROMOVIDAS PELA PRESIDÊNCIA. Apresento a Vossas Excelências um breve relato da estatística processual relativa ao primeiro semestre deste ano, bem como

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 13 Discurso em jantar oferecido ao

Leia mais

CAMPO DE APLICAÇÃO Esta Norma Complementar se aplica no âmbito da Administração Pública Federal, direta e indireta. APROVAÇÃO

CAMPO DE APLICAÇÃO Esta Norma Complementar se aplica no âmbito da Administração Pública Federal, direta e indireta. APROVAÇÃO 05/IN01/DSIC/GSIPR 00 14/AGO/09 1/7 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Gabinete de Segurança Institucional Departamento de Segurança da Informação e Comunicações CRIAÇÃO DE EQUIPES DE TRATAMENTO E RESPOSTA A INCIDENTES

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO AMAZONAS PORTARIA PR/AM Nº 75 DE 26 DE JUNHO DE 2013

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO AMAZONAS PORTARIA PR/AM Nº 75 DE 26 DE JUNHO DE 2013 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO AMAZONAS PORTARIA PR/AM Nº 75 DE 26 DE JUNHO DE 2013 Estabelece as diretrizes e os parâmetros para a elaboração do Programa de Gestão Socioambiental

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Lançamento da Campanha Contra a Poliomielite

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO

ARQUITETURA E URBANISMO ADMINISTRAÇÃO OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO, DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O ARQUITETURA E URBANISMO PROMETO NO EXERCÍCIO DA ATIVIDADE INERENTE À PRÁTICA DA ARQUITETURA E URBANISMO, RESPEITAR OS PRINCÍPIOS

Leia mais

Sua Excelência Embaixadora da Finlândia;

Sua Excelência Embaixadora da Finlândia; República de Moçambique Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional Gabinete do Ministro DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 41 Discurso na cerimónia de celebração

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Institui o Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação no âmbito do Poder Judiciário. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

O CONGRESSO NACIONAL decreta:

O CONGRESSO NACIONAL decreta: Altera a Lei nº 10.683, de 28 de maio de 2003, que dispõe sobre a organização da Presidência da República e dos Ministérios; autoriza a prorrogação de contratos temporários firmados com fundamento no art.

Leia mais

Existe, por isso, uma necessidade evidente de reforçar os laços entre representantes e representados.

Existe, por isso, uma necessidade evidente de reforçar os laços entre representantes e representados. Senhora Presidente da Assembleia Legislativa da Região Senhor Presidente do Governo Regional dos Açores Senhoras Deputadas e Senhores Deputados Senhoras e Senhores Membros do Governo A democracia representativa

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL

RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL Brasília 2013 SUMÁRIO MOTIVAÇÃO DO RELATÓRIO... 3 INTRODUÇÃO... 3 INICIATIVAS DO SENADO FEDERAL PARA ADEQUAÇÃO À LEI DE

Leia mais

ATO Nº 229/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 229/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 229/2013 Aprova a Norma Complementar de Criação da Equipe de Tratamento e Resposta a Incidentes na Rede de Computadores do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL

Leia mais

Discurso de Sua Exceléncia o Presidente de Po rtugal. Jorge Sampaio. Assembleia Geral das Nações Unidas

Discurso de Sua Exceléncia o Presidente de Po rtugal. Jorge Sampaio. Assembleia Geral das Nações Unidas MISSAO PERMANENTE DE PORTUGAL JUNTO DAS NaфEs UNIDAS EM NOVA IORQUE Discurso de Sua Exceléncia o Presidente de Po rtugal Jorge Sampaio Reunião de Alto Nîvel da Assembleia Geral das Nações Unidas Nova Iorque

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 55 Discurso na cerimónia de abertura

Leia mais

PROCESSO ORÇAMENTÁRIO CONCEITOS E PROCEDIMENTOS

PROCESSO ORÇAMENTÁRIO CONCEITOS E PROCEDIMENTOS PROCESSO ORÇAMENTÁRIO CONCEITOS E PROCEDIMENTOS Novembro/2009 Secretaria de Orçamento Federal Novembro/2009 Instituição Ministério do Planejamento, Secretaria de Orçamento Federal DEPT. PROGR. INFRAESTRUT.

Leia mais

PLANO DE GESTÃO - Mudar com Atitude! Prof. Wanderson Santiago dos Reis

PLANO DE GESTÃO - Mudar com Atitude! Prof. Wanderson Santiago dos Reis CANDIDATURA DE DIRETOR GERAL AO CAMPUS CARAGUATATUBA PLANO DE GESTÃO - Mudar com Atitude! Prof. Wanderson Santiago dos Reis Nossa Primeira Razão de Ser: Nossos Alunos Proposta: Consolidação do Diretório

Leia mais

PORTARIA PGR Nº 107 DE 18 DE FEVEREIRO DE 2014.

PORTARIA PGR Nº 107 DE 18 DE FEVEREIRO DE 2014. PORTARIA PGR Nº 107 DE 18 DE FEVEREIRO DE 2014. Aprova o Guia para o Relacionamento com a Imprensa do Ministério Público Federal. O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA LEI DELEGADA N 20, DE 31 DE JULHO DE 2013 (D.O.M. 31.07.2013 N. 3221 Ano XIV) O PREFEITO DE MANAUS DISPÕE sobre a estrutura organizacional da SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA SEMINF, suas finalidades

Leia mais

Ao fazer uma leitura do significado do mandato que a mim. deste Egrégio Tribunal de Contas, incessantemente uma palavra

Ao fazer uma leitura do significado do mandato que a mim. deste Egrégio Tribunal de Contas, incessantemente uma palavra MINHAS SENHORAS, MEUS SENHORES, Ao fazer uma leitura do significado do mandato que a mim foi outorgado pelos meus eminentes pares à frente da Presidência deste Egrégio Tribunal de Contas, incessantemente

Leia mais

PROCESSO - TC-1091/2011 INTERESSADO - CÂMARA MUNICIPAL DE CONCEIÇÃO DO CASTELO ASSUNTO - CONSULTA EMENTA

PROCESSO - TC-1091/2011 INTERESSADO - CÂMARA MUNICIPAL DE CONCEIÇÃO DO CASTELO ASSUNTO - CONSULTA EMENTA PROCESSO - TC-1091/2011 INTERESSADO - CÂMARA MUNICIPAL DE CONCEIÇÃO DO CASTELO ASSUNTO - CONSULTA EMENTA NECESSIDADE DE IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE CONTROLE INTERNO JUNTO AO PODER LEGISLATIVO - REGRA DO

Leia mais

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL. 1.1. Histórico da Prática Eficaz

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL. 1.1. Histórico da Prática Eficaz Nome da Instituição: Universidade Feevale Segmento: IES - Instituições de Ensino Superior Categoria: Gestão Administrativa, de Pessoas ou Financeira Nome da Prática Eficaz de Gestão Educacional: Programa

Leia mais

PREFEITURA DE RIO BRANCO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE RIO BRANCO - RBPREV. Programa de Capacitações Exercicio de 2015

PREFEITURA DE RIO BRANCO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE RIO BRANCO - RBPREV. Programa de Capacitações Exercicio de 2015 Prefeitura Municipal de Rio Branco RBPREV Programa de Capacitações Exercicio de 2015 Equipe do RBPREV Raquel de Araújo Nogueira Diretora-Presidente Maria Gecilda Araújo Ribeiro Diretora de Previdência

Leia mais

DISCURSO DE POSSE DA VICE-REITORA DA UNEB, ADRIANA DOS SANTOS MARMORI LIMA

DISCURSO DE POSSE DA VICE-REITORA DA UNEB, ADRIANA DOS SANTOS MARMORI LIMA DISCURSO DE POSSE DA VICE-REITORA DA UNEB, ADRIANA DOS SANTOS MARMORI LIMA Familiares, amigos, técnicos administrativos, estudantes, professores, grupo gestor da UNEB, autoridades civis, militares, políticas

Leia mais

LEI Nº 2.422, DE 08 DE ABRIL DE 2008 CERTIDÃO Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia- / /

LEI Nº 2.422, DE 08 DE ABRIL DE 2008 CERTIDÃO Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia- / / LEI Nº 2.422, DE 08 DE ABRIL DE 2008 CERTIDÃO Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia- / / JANE APARECIDA FERREIRA =Responsável pelo placard= Dispõe sobre a composição,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca VISITA A MINAS GERAIS Palácio da

Leia mais

Discurso de posse Erik Simões. Estes últimos meses foram repletos de grandes desafios e mudanças na minha vida.

Discurso de posse Erik Simões. Estes últimos meses foram repletos de grandes desafios e mudanças na minha vida. Discurso de posse Erik Simões Estes últimos meses foram repletos de grandes desafios e mudanças na minha vida. Em abril do ano passado desempenhava, com imensa satisfação, minhas funções de Promotor na

Leia mais