AGA 0100 Astronomia: Uma Visão Geral I EMENTA. Ementa Detalhada

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AGA 0100 Astronomia: Uma Visão Geral I EMENTA. Ementa Detalhada"

Transcrição

1 1 AGA 0100 Astronomia: Uma Visão Geral I EMENTA 1 Telescópios 2 Radiação e estrutura do átomo 3 O Sol, nossa estrela 4 Planetas, asteroides e cometas do Sistema Solar 5 Exoplanetas 6 Bio-astronomia 7 Magnitude, cor e distância das estrelas 8 Classificação espectral e diagrama HR 9 A vida das estrelas 10 Estrelas binárias e variáveis 11 Aglomerados e populações de estrelas 12 O meio interestelar: nebulosas e poeira Ementa Detalhada 1 Telescópios Astronomia antes dos telescópios Telescópios um histórico Telescópios modernos Telescópios no espaço Espectrógrafos e detectores 2 Radiação e estrutura do átomo A radiação eletromagnética e as leis da radiação As linhas espectrais e Efeito Doppler 3 O Sol, nossa estrela O Sol: o centro do Sistema Solar A estrutura interna do Sol 4 Planetas, asteroides e cometas do Sistema Solar Os planetas rochosos (ou terrestres) A Terra como planeta Os planetas gasosos (ou gigantes) Os planetas anões Asteroides Luas e anéis Cometas 5 Exoplanetas Exoplanetas A formação de sistemas planetários 6 Bio-astronomia: Sobre a vida no Universo 7 Magnitude, cor e distância das estrelas

2 2 Magnitude, índice de cor e paralaxe trigonométrica 8 Classificação espectral e diagrama HR Classificação espectral; a temperatura das estrelas Recenseando estrelas: o Diagrama HR 9 A vida das estrelas De onde vem a energia das estrelas? Estrelas: da adolescência à velhice Estrelas mortas: anãs brancas e estrelas de nêutrons Estrelas mortas: buracos negros 10 Estrelas binárias e variáveis Estrelas binárias Estrelas variáveis Estrelas novas e supernovas 11 Aglomerados e populações de estrelas 12 O meio interestelar: Nebulosas, moléculas e poeira O meio interestelar: poeira e moléculas Nebulosas: como as estrelas nascem e morrem Objetivos: Disciplina introdutória, destinada aos alunos do Bacharelado em Astronomia e também aos alunos do Bacharelado em Física, como optativa, visando proporcionar o primeiro contato com as diversas áreas da Astronomia. Os tópicos são abordados de forma conceitual e com o intuito de familiarizar o estudante com a linguagem da Astronomia. São apresentadas, também, descobertas recentes e questões ainda em aberto nesse campo de pesquisa. Bibliografia: - Fascínio do Universo, Augusto Damineli e João Steiner. Este livro está disponível livremente na internet: - Astronomia: Uma Visão Geral do Universo, A. Friaça, E. M. G. Dal Pino, L. Sodré Jr. & V. Jatenco-Pereira, EDUSP, ABCD da Astronomia e Astrofísica, J. E. Horvath, Livraria da Física, "Voyages Through the Universe", A. Fraknoi, D. Morrison & S. C. Wolff, Saunders College Publishers, "Astronomy: a Beginner s Guide to the Universe", E. Chaisson & S. Mcmillan, Prentice Hall, As vídeo-aulas de Astronomia: Uma Visão Geral I estão disponíveis no Link https://www.youtube.com/playlist?list=plxi8can9yahd7kupvibhxr- 49QEl7PRXR

3 3 AGA Vídeo-aulas Programação na UNIVESPTV Link: https://www.youtube.com/playlist?list=plxi8can9yahd7kupvibhxr- 49QEl7PRXR Pgm 1 Astronomia antes dos telescópios Pgm 2 e 3 Telescópios um histórico Pgm 4 Telescópios modernos Pgm 5 Telescópios no espaço Pgm 6 Espectrógrafos e detectores Pgm 7 A radiação eletromagnética e as leis da radiação Pgm 8 Linhas espectrais e o Efeito Doppler Pgm 9 O Sol: o centro do Sistema Solar Pgm 10 A estrutura interna do Sol Pgm 11 Os planetas rochosos (ou terrestres) Pgm 12 A Terra como planeta Pgm 13 e 14 Os planetas gasosos (ou gigantes) Pgm 15 Os planetas anões Pgm 16 Asteroides Pgm 17 Luas e anéis Pgm 18 Cometas Pgm 19 Exoplanetas Pgm 20 A formação de sistemas planetários Pgm 21 A vida no Universo Pgm 22 Magnitude, cor e distância das estrelas Pgm 23 A classificação espectral: a temperatura das estrelas Pgm 24 Recenseando estrelas: o Diagrama HR Pgm 25 De onde vem a energia das estrelas? Pgm 26 Estrelas: da adolescência à velhice Pgm 27 Estrelas mortas: anãs brancas Pgm 28 Estrelas mortas: estrelas de nêutrons Pgm 29 Estrelas mortas: buracos negros Pgm 30 Estrelas binárias Pgm 31 Estrelas variáveis Pgm 32 Novas e supernovas Pgm 33 Aglomerados e populações de estrelas Pgm 34 O meio interestelar: poeira e moléculas Pgm 35 Nebulosas: como as estrelas nascem e morrem?

4 4 AGA Programação 9/3 Recepção aos calouros 16/3 1 Astronomia antes dos telescópios 2 e 3 Telescópios um histórico 23/3 4 Telescópios modernos 5 Telescópios no espaço 6 Espectrógrafos e detectores 30/3 7 A radiação eletromagnética e as leis da radiação 8 Linhas espectrais e o efeito Doppler 9 O Sol: o centro do sistema solar 11 Os planetas rochosos (ou terrestres) 06/4 12 A Terra como planeta 13 e 14 Os planetas gasosos (ou gigantes) 15 Os planetas anões 13/4 Semana Santa 20/4 16 Asteroides 17 Luas e anéis 18 Cometas 27/4 19 Exoplanetas Entregar Lista 1 20 A formação de sistemas planetários 21 A vida no Universo 27/4 22 Magnitude, cor e distância das estrelas 23 A classificação espectral: a temperatura das estrelas 24 Recenseando estrelas: o Diagrama HR 4/5 Prova 1 11/5 10 A estrutura interna do Sol 25 De onde vem a energia das estrelas? 26 Estrelas: da adolescência à velhice 18/5 27 Estrelas mortas: anãs brancas 28 Estrelas mortas: estrelas de nêutrons 25/5 29 Estrelas mortas: buracos negros Entregar Lista 2 Extra: Ondas gravitacionais 1/6 30 Estrelas binárias

5 5 31 Estrelas variáveis 32 Novas e supernovas 8/6 33 Aglomerados e populações de estrelas 34 O meio interestelar: poeira e moléculas 35 Nebulosas: como as estrelas nascem e morrem 22/6 Entregar Lista 3 Prova 2 29/6 Prova substitutiva

AGA 0100 Astronomia: Uma Visão Geral I EMENTA. Ementa Detalhada. 1 Telescópios 2 Radiação e estrutura do átomo 3 O Sol, nossa estrela

AGA 0100 Astronomia: Uma Visão Geral I EMENTA. Ementa Detalhada. 1 Telescópios 2 Radiação e estrutura do átomo 3 O Sol, nossa estrela 1 AGA 0100 Astronomia: Uma Visão Geral I EMENTA 1 Telescópios 2 Radiação e estrutura do átomo 3 O Sol, nossa estrela 4 Planetas, asteroides e cometas do Sistema Solar 5 Exoplanetas 6 Bio-astronomia 7 Magnitude,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS JOINVILLE CENTRO DE ENGENHARIAS DA MOBILIDADE CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM MOBILIDADE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS JOINVILLE CENTRO DE ENGENHARIAS DA MOBILIDADE CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM MOBILIDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS JOINVILLE CENTRO DE ENGENHARIAS DA MOBILIDADE CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM MOBILIDADE SEMESTRE 2016/1 I. IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Nome: Astrofísica

Leia mais

AGA 210 Introdução à Astronomia. Apresentação do Curso

AGA 210 Introdução à Astronomia. Apresentação do Curso AGA 210 Introdução à Astronomia 2o Semestre de 2015 Apresentação do Curso Segundas e quintas das 16h as 18h, site: www.astro.iag.usp.br/~aga210 Disponibilização dos Roteiros-Aulas Profa. Sandra dos Anjos,

Leia mais

Tópicos Especiais em Física. Vídeo-aula 5: astrofísica estelar 09/07/2011

Tópicos Especiais em Física. Vídeo-aula 5: astrofísica estelar 09/07/2011 Tópicos Especiais em Física Vídeo-aula 5: astrofísica estelar 09/07/2011 Propriedades fundamentais das estrelas Formação estelar Evolução estelar Estágios finais das estrelas Estrelas: o que são? Enormes

Leia mais

Curso de Iniciação à. Astronomia e Astrofísica. Observatório Astronómico de Lisboa. Rui Jorge Agostinho José Manuel Afonso. Janeiro e Junho de 2013

Curso de Iniciação à. Astronomia e Astrofísica. Observatório Astronómico de Lisboa. Rui Jorge Agostinho José Manuel Afonso. Janeiro e Junho de 2013 Curso de Iniciação à Astronomia e Astrofísica do Observatório Astronómico de Lisboa Rui Jorge Agostinho José Manuel Afonso Janeiro e Junho de 2013 Conteúdo Objectivos e Estrutura do Curso.............................

Leia mais

Objetivos gerais. Metodologia de trabalho

Objetivos gerais. Metodologia de trabalho Fundamentos de Astronomia e Astrofísica: plano de ensino Alexei Machado Müller, Maria de Fátima Oliveira Saraiva Objetivos gerais Importante Fique atento aos prazos de entrega das atividades de avaliação

Leia mais

Evoluçao e Estrutura Estelar I (cap. 11)

Evoluçao e Estrutura Estelar I (cap. 11) Evoluçao e Estrutura Estelar I (cap. 11) AGA215 Elisabete M. de Gouveia Dal Pino Astronomy: A Beginner s Guide to the Universe, E. Chaisson & S. McMillan (Caps. 11) Introductory Astronomy & Astrophysics,

Leia mais

INICIAÇÃO À ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA CURSO DE ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA. Rui Jorge Agostinho José Manuel Afonso

INICIAÇÃO À ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA CURSO DE ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA. Rui Jorge Agostinho José Manuel Afonso CURSO DE ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA NO OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA INICIAÇÃO À ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA MÓDULO: CA IAA Rui Jorge Agostinho José Manuel Afonso Janeiro e Junho de 2017 Conteúdo Objectivos

Leia mais

1ª Ficha de Avaliação de Conhecimentos de Física e Química do 7ºAno Data: outubro 2012 Professora: Paula Melo Silva

1ª Ficha de Avaliação de Conhecimentos de Física e Química do 7ºAno Data: outubro 2012 Professora: Paula Melo Silva Página1 1ª Ficha de Avaliação de Conhecimentos de Física e Química do 7ºAno Ano Letivo: 2012/2013 Data: outubro 2012 Professora: Paula Melo Silva Critérios de Correção 1. 11 pontos 1.1. Opção A 1.2. Opção

Leia mais

2.2 Os planetas e as características que os distinguem

2.2 Os planetas e as características que os distinguem Período de rotação O tempo que um planeta demora para realizar uma rotação completa em torno do seu eixo chama-se período de rotação e corresponde a um dia nesse planeta. Mercúrio Vénus Saturno 59 dias

Leia mais

Astrofísica Geral. Tema 13: Estrelas binárias e variáveis.

Astrofísica Geral. Tema 13: Estrelas binárias e variáveis. ma 13: Estrelas binárias e variáveis. Outline 1 Estrelas binárias 2 Variáveis eclipsantes 3 Variáveis pulsantes 4 Variáveis eruptivas 5 Bibliografia 2 / 23 Outline 1 Estrelas binárias 2 Variáveis eclipsantes

Leia mais

O que vamos estudar? O que é a Via Láctea? Sua estrutura Suas componentes

O que vamos estudar? O que é a Via Láctea? Sua estrutura Suas componentes A Via Láctea O que vamos estudar? O que é a Via Láctea? Sua estrutura Suas componentes A Via-Láctea Hoje sabemos que é a galáxia onde vivemos - Há 100 anos não sabíamos disso! - Difícil estudar estando

Leia mais

Introdução à Astrofísica. Lição 27 No reino das Galáxias

Introdução à Astrofísica. Lição 27 No reino das Galáxias Introdução à Astrofísica Lição 27 No reino das Galáxias Chegamos em uma parte do curso onde iremos, de uma maneira mais direta, revisar o que vimos até agora e olhar para novos conceitos. Iremos tratar

Leia mais

Evolução Estelar: Pós-Seqüência Principal

Evolução Estelar: Pós-Seqüência Principal Fundamentos de Astronomia e Astrofísica Evolução Estelar: Pós-Seqüência Principal Tibério B. Vale Veja mais em: http://astro.if.ufrgs.br/estrelas/node14.htm Evolução Final das Estrelas O destino final

Leia mais

Ficha de Avaliação Sumativa 2

Ficha de Avaliação Sumativa 2 Ficha de Avaliação Sumativa 2 DISCIPLINA: Física e Química 7 ºAno de escolaridade 2015/2016 Data: Nome: Turma: N.º Classificação: (%) A Docente: E. E: As respostas às questões deste enunciado devem ser

Leia mais

ESTRELAS. Distâncias e Magnitudes

ESTRELAS. Distâncias e Magnitudes ESTRELAS Distâncias e Magnitudes Tendo estudado de que forma as estrelas emitem sua radiação, e em seguida descrito algumas das características de uma estrela que nos é bem conhecida - o Sol - vamos agora

Leia mais

Astrofísica Geral. Tema 12: A morte das estrelas

Astrofísica Geral. Tema 12: A morte das estrelas ma 12: A morte das estrelas Outline 1 Evolução e morte estelar 2 Cadáveres estelares 3 Supernovas 4 Bibliografia 2 / 22 Outline 1 Evolução e morte estelar 2 Cadáveres estelares 3 Supernovas 4 Bibliografia

Leia mais

CURSO DE ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA VIDA E MORTE DAS ESTRELAS MÓDULO: CA VME. Rui Jorge Agostinho.

CURSO DE ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA VIDA E MORTE DAS ESTRELAS MÓDULO: CA VME. Rui Jorge Agostinho. CURSO DE ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA NO OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA VIDA E MORTE DAS ESTRELAS MÓDULO: CA VME Rui Jorge Agostinho Outubro de 2016 Conteúdo Objectivos e Estrutura do Curso..............................

Leia mais

Fundamentos de Astronomia e Astrofísica. Estrelas. Rogério Riffel.

Fundamentos de Astronomia e Astrofísica. Estrelas. Rogério Riffel. Fundamentos de Astronomia e Astrofísica Estrelas Rogério Riffel http://astro.if.ufrgs.br Propriedades Estrelas são esferas autogravitantes de gás ionizado, cuja fonte de energia é a transmutação de elementos

Leia mais

Departamento de Astronomia - Instituto de Física Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Departamento de Astronomia - Instituto de Física Universidade Federal do Rio Grande do Sul Departamento de Astronomia - Instituto de Física Universidade Federal do Rio Grande do Sul FIS2010 - FUNDAMENTOS DE ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA A 2.a PROVA 2012/1 - TURMA C - Profa. Maria de Fátima Saraiva

Leia mais

Planetas fora do Sistema Solar

Planetas fora do Sistema Solar Planetas fora do Sistema Solar José Eduardo Costa Dep. Astronomia Instituto de Física UFRGS (2016-2) O Sistema Solar Massa do Sol = 2 x 1030 Kg (333 000x a massa da Terra; 1 000x a massa de Júpiter) Diâmetro

Leia mais

CURSO DE INTRODUÇÃO À ASTRONOMIA

CURSO DE INTRODUÇÃO À ASTRONOMIA CURSO DE INTRODUÇÃO À ASTRONOMIA INTRODUÇÃO TEÓRICA E OBSERVACIONAL 1 Introdução Este curso destina-se a todas as pessoas interessadas por observações astronômicas, sendo adequado a qualquer pessoa. Estudantes

Leia mais

O Lado Escuro do Universo

O Lado Escuro do Universo O Lado Escuro do Universo Thaisa Storchi Bergmann Departamento de Astronomia, Instituto de Física, UFRGS, Porto Alegre, RS, Brasil Em 400 anos Telescópio Espacial Hubble (2.4m) Telescópio de Galileu (lente

Leia mais

Astrofísica Geral. Tema 16: Forma da Via Láctea

Astrofísica Geral. Tema 16: Forma da Via Láctea ema 16: Forma da Via Láctea Outline 1 Forma e dimensões 2 Componentes da Galáxia 3 Anatomia da Galáxia 4 Bibliografia 2 / 37 Outline 1 Forma e dimensões 2 Componentes da Galáxia 3 Anatomia da Galáxia 4

Leia mais

CURSO DE ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA VIDA E MORTE DAS ESTRELAS MÓDULO: CA VME. Rui Jorge Agostinho.

CURSO DE ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA VIDA E MORTE DAS ESTRELAS MÓDULO: CA VME. Rui Jorge Agostinho. CURSO DE ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA NO OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA VIDA E MORTE DAS ESTRELAS MÓDULO: CA VME Rui Jorge Agostinho Outubro de 2017 Conteúdo Este curso destina-se a qualquer pessoa interessada

Leia mais

Curso de Introdução à Astronomia e Astrofísica ESTRELAS AULA 1. Flavio D Amico estas aulas são de autoria de Hugo Vicente Capelato

Curso de Introdução à Astronomia e Astrofísica ESTRELAS AULA 1. Flavio D Amico estas aulas são de autoria de Hugo Vicente Capelato Curso de Introdução à Astronomia e Astrofísica ESTRELAS AULA 1 Flavio D Amico damico@das.inpe.br estas aulas são de autoria de Hugo Vicente Capelato A Constelação de Orion e as 3 Marias super Betelgeuse:

Leia mais

Astrofísica Geral. Tema 15: Exoplanetas

Astrofísica Geral. Tema 15: Exoplanetas ma 15: Exoplanetas Outline 1 Desafio observacional 2 Técnicas observacionais 3 Quadro de descobertas 4 Atmosferas 5 Bibliografia 2 / 26 (Joinville Recife) Considere a rra do tamanho Outline 1 Desafio observacional

Leia mais

FSC1057: Introdução à Astrofísica. Estrelas. Rogemar A. Riffel

FSC1057: Introdução à Astrofísica. Estrelas. Rogemar A. Riffel FSC1057: Introdução à Astrofísica Estrelas Rogemar A. Riffel Propriedades Estrelas são esferas autogravitantes de gás ionizado, cuja fonte de energia é a transformação de elementos através de reações nucleares,

Leia mais

ENSINANDO E APRENDENDO ASTRONOMIA: UMA EXPERIÊNCIA NA INICIAÇÃO À DOCÊNCIA. Palavras-chave: Astronomia. Ensino de astronomia. Evolução Estelar. PIBID.

ENSINANDO E APRENDENDO ASTRONOMIA: UMA EXPERIÊNCIA NA INICIAÇÃO À DOCÊNCIA. Palavras-chave: Astronomia. Ensino de astronomia. Evolução Estelar. PIBID. ENSINANDO E APRENDENDO ASTRONOMIA: UMA EXPERIÊNCIA NA INICIAÇÃO À DOCÊNCIA Juvenal Vitor Tavares Correia¹ Jackelini Dalri² Ivanilda Higa³ Resumo: Relata-se nesse trabalho uma sequência de aulas sobre o

Leia mais

CURSO DE INTRODUÇÃO À ASTRONOMIA

CURSO DE INTRODUÇÃO À ASTRONOMIA CURSO DE INTRODUÇÃO À ASTRONOMIA INTRODUÇÃO TEÓRICA E OBSERVACIONAL 1 Introdução Este curso destina-se a todas as pessoas interessadas por observações astronômicas, sendo adequado a qualquer pessoa. Estudantes

Leia mais

Origem, evolução e morte das estrelas

Origem, evolução e morte das estrelas Origem, evolução e morte das estrelas As estrelas formam-se a partir de nuvens de gás e poeiras, Instabilidades de diversa ordem podem levar ao colapso gravitacional de zonas mais densas... http://www.physics.unc.edu/

Leia mais

ESTRELAS ANÃS SUAS ORIGENS

ESTRELAS ANÃS SUAS ORIGENS ESTRELAS ANÃS SUAS ORIGENS 1 PALAVRAS CHAVES ANÃS CASTANHAS ANÃS VERMELHAS ANÃS BRANCAS ANÃS PRETAS 2 ESTRELAS ORIGEM As estrelas formam-se no interior de nuvens de gás g s e poeiras por ação a gravitacional

Leia mais

Luminosidade (L) perda de energia não são estáticas evoluem à medida que perdem energia para o espaço

Luminosidade (L) perda de energia não são estáticas evoluem à medida que perdem energia para o espaço Estrelas A estrutura das estrelas e a geração de energia Propriedades das estrelas. A evolução das estrelas Morte estelar estrelas anãs, estrelas de neutrões e buracos negros 1_1 Fontes de energia das

Leia mais

Evolução Final das Estrelas

Evolução Final das Estrelas Introdução à Astrofísica Evolução Final das Estrelas Rogemar A. Riffel Destino das estrelas O destino final das estrelas, depois de consumir todo o seu combustível nuclear, depende de duas coisas: 1) Se

Leia mais

As Vidas dos Estrelas

As Vidas dos Estrelas As Vidas dos Estrelas Alexandre Costa, Beatriz García, Ricardo Moreno, Rosa M Ros International Astronomical Union Escola Secundária de Loulé, Portugal Universidad Tecnológica Nacional, Argentina Colegio

Leia mais

Capítulo 12 ESTÁGIOS FINAIS DA EVOLUÇÃO ESTELAR

Capítulo 12 ESTÁGIOS FINAIS DA EVOLUÇÃO ESTELAR 134 Capítulo 12 ESTÁGIOS FINAIS DA EVOLUÇÃO ESTELAR Vimos anteriormente que após chegar na seqüência principal, a estrela recém-nascida entra numa fase de certa estabilidade, ou seja, suas características

Leia mais

Estrelas Parte II. Victoria Rodrigues 24/05/14

Estrelas Parte II. Victoria Rodrigues 24/05/14 Estrelas Parte II Victoria Rodrigues victoria_souzarodrigues@hotmail.com 24/05/14 Sumário Parte I O que são? Nascimento estelar; Evolução Parte II Evolução: Estrelas maiores que o Sol; Supernovas; Estrelas

Leia mais

Do Big-bang à Terra. R. Boczko IAG-USP

Do Big-bang à Terra. R. Boczko IAG-USP Do Big-bang à Terra 04 06 09 R. Boczko IAG-USP Uma pedrinha qualquer! Formação da Terra Universo Terra Sol Cosmologia (formação do Universo) Evolução estelar Cosmogonia (formação do Sistema Solar) Cosmologia

Leia mais

Universo Competências a atingir no final da unidade

Universo Competências a atingir no final da unidade Universo Competências a atingir no final da unidade Constituição e origem do Universo. Como é constituído globalmente o Universo. Saber mencionar e distinguir objectos celestes como galáxia, supernova,

Leia mais

Curso de Extensão Universitária - IAG/USP 13/janeiro/2004 As Ferramentas do Astrônomo

Curso de Extensão Universitária - IAG/USP 13/janeiro/2004 As Ferramentas do Astrônomo Curso de Extensão Universitária - IAG/USP 13/janeiro/2004 As Ferramentas do Astrônomo Prof a. Jane Gregorio-Hetem LUZ & RADIAÇÃ ÇÃO O que estuda a Astronomia? características da LUZ proveniente dos astros

Leia mais

Noções de Astronomia e Cosmologia. Aula 11 A Via Láctea

Noções de Astronomia e Cosmologia. Aula 11 A Via Láctea Noções de Astronomia e Cosmologia Aula 11 A Via Láctea Via Láctea: faixa de aparência leitosa Do latim, caminho de leite Galileu e a luneta Em 1609, Galileu descobre que a Via Láctea é feita de "um vasto

Leia mais

Explorando o Universo: dos quarks aos quasares. Astronomia de Posição. Professor: Alan Alves Brito Agradecimento: Professor Roberto Bockzo

Explorando o Universo: dos quarks aos quasares. Astronomia de Posição. Professor: Alan Alves Brito Agradecimento: Professor Roberto Bockzo Explorando o Universo: dos quarks aos quasares Astronomia de Posição Professor: Alan Alves Brito Agradecimento: Professor Roberto Bockzo Tópicos e Objetivos da Aula Conceitos Fundamentais Manipulações

Leia mais

TESTE TIPO Nº1 UNIVERSO GRUPO I

TESTE TIPO Nº1 UNIVERSO GRUPO I TESTE TIPO Nº1 UNIVERSO GRUPO I 1. Exemplos de astros com luz própria são: A. o Sol e a Lua. B. as estrelas e a Lua. C. as estrelas. 2. As galáxias são formadas por: A. apenas estrelas. B. estrelas e planetas.

Leia mais

Estrelas norm ais e suas propriedades

Estrelas norm ais e suas propriedades Notas de aula Introdução à A stronom ia (AGA210) Estrelas norm ais e suas propriedades Ejnar H ertzprung H enry N. Russel Enos Picazzio Eles criaram uma das mais poderosas ferramentas da astronomia moderna:

Leia mais

Subcomissão de Posição do Brasil no cenário internacional da Comissão Especial de Astronomia. Composição. Objetivos

Subcomissão de Posição do Brasil no cenário internacional da Comissão Especial de Astronomia. Composição. Objetivos Subcomissão de Posição do Brasil no cenário internacional da Comissão Especial de Astronomia Documento resumido para 19 de março de 2010 Composição Beatriz Barbuy Relatora Luiz Alberto Nicolaci da Costa

Leia mais

Os fundamentos da Física Volume 3 1. Resumo do capítulo

Os fundamentos da Física Volume 3 1. Resumo do capítulo Os fundamentos da Física Volume 1 Capítulo 0 Física Nuclear AS FORÇAS FUNDAMENTAIS DA NATUREZA Força nuclear forte Mantém a coesão do núcleo atômico. Intensidade 10 8 vezes maior do que a força gravitacional.

Leia mais

Manual Espaço (62-63) Manual Terra no Espaço (56-57)

Manual Espaço (62-63) Manual Terra no Espaço (56-57) Manual Espaço (62-63) Manual Terra no Espaço (56-57) Astros do Sistema Solar: a sua origem e os seus astros (Pp. 64 a 70) Objetos celestes do Sistema Solar Teoria da Nebulosa Solar Sistema Solar Sol Planetas

Leia mais

Fontes de Ondas Gravitacionais. José Carlos Neves de Araujo (DAS/INPE - Grupo GRÁVITON)

Fontes de Ondas Gravitacionais. José Carlos Neves de Araujo (DAS/INPE - Grupo GRÁVITON) 1 Fontes de Ondas Gravitacionais José Carlos Neves de Araujo (DAS/INPE - Grupo GRÁVITON) 1 Conteúdo Ondas Gravitacionais (OGs) OGs vs. OEs (ondas eletromagnéticas) OGs realmente existem? Fontes de OGs

Leia mais

Evolução Estelar. Introdução à Astronomia Prof. Alessandro Moisés Colegiado Acadêmico de Ciências da Natureza SBF

Evolução Estelar. Introdução à Astronomia Prof. Alessandro Moisés Colegiado Acadêmico de Ciências da Natureza SBF Evolução Estelar Introdução à Astronomia 2015.2 Prof. Alessandro Moisés Colegiado Acadêmico de Ciências da Natureza SBF http://www.univasf.edu.br/~ccinat.bonfim http://www.univasf.edu.br/~alessandro.moises

Leia mais

Estrelas (III) Gastão B. Lima Neto Vera Jatenco-Pereira IAG/USP

Estrelas (III)  Gastão B. Lima Neto Vera Jatenco-Pereira IAG/USP Razão massa/luminosidade Tempo de vida das estrelas Nuvens moleculares Colapso gravitacional Formação estelar Berçário estelar Estrelas (III) Gastão B. Lima Neto Vera Jatenco-Pereira IAG/USP www.astro.iag.usp.br/~aga210/

Leia mais

Lista Deduza a relação m = M 2.5 log 10 F 10, ), onde M é a magnitude absoluta do Sol, e F 10, o fluxo da radiação solar em 10 pc de distância.

Lista Deduza a relação m = M 2.5 log 10 F 10, ), onde M é a magnitude absoluta do Sol, e F 10, o fluxo da radiação solar em 10 pc de distância. Introdução à Física Estelar - 2016.3 Lista 1 1. Sirius se encontra a 2.64 parsecs da Terra. (a) Determine o módulo de distância de Sirius. (b) Na verdade, Sirius é uma estrela dupla, cuja componente mais

Leia mais

O que são exoplanetas?

O que são exoplanetas? Exoplanetas O que são exoplanetas? α Um exoplaneta (ou planeta extra-solar) é um planeta que orbita uma estrela que não seja o Sol e, portanto, pertence a um sistema planetário diferente do nosso. α Até

Leia mais

Sistemas Binários e Buracos Negros

Sistemas Binários e Buracos Negros Sistemas Binários e Buracos Negros Seminário 3 Joseana Souza da Silva Paula Adriana Ramos da Silva Viviane Aparecida Cunha William Douglas dos Reis Porto Alegre Novembro, 2013 Sumário I. Introdução II.

Leia mais

Das partículas às estrelas. Evaldo M. F. Curado Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas

Das partículas às estrelas. Evaldo M. F. Curado Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas Das partículas às estrelas Evaldo M. F. Curado Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas resumo natureza - física ordens de magnitude partículas - átomos fenômenos curiosos -> partícula-onda objetos macroscópicos

Leia mais

SISTEMA SOLAR Planetas e outros corpos. Sérgio Mittmann dos Santos. Astronomia Licenciatura em Ciências da Natureza IFRS Câmpus Porto Alegre 2013

SISTEMA SOLAR Planetas e outros corpos. Sérgio Mittmann dos Santos. Astronomia Licenciatura em Ciências da Natureza IFRS Câmpus Porto Alegre 2013 SISTEMA SOLAR Planetas e outros corpos Sérgio Mittmann dos Santos Astronomia Licenciatura em Ciências da Natureza IFRS Câmpus Porto Alegre 2013 Planetas Terrestres tipo da Terra: Mercúrio, Vênus, Terra

Leia mais

ENSINANDO FÍSICA POR MEIO DE IMAGENS ASTRONÔMICAS RESUMO

ENSINANDO FÍSICA POR MEIO DE IMAGENS ASTRONÔMICAS RESUMO ENSINANDO FÍSICA POR MEIO DE IMAGENS ASTRONÔMICAS Palavras-chave: telescópio: observações imagens digitais: análise interdisciplinaridade Dr. André de Castro Milone (Divisão de Astrofísica, INPE) RESUMO

Leia mais

AULA 1. ESCALAS DE DISTÂNCIA e de tamanho NO UNIVERSO

AULA 1. ESCALAS DE DISTÂNCIA e de tamanho NO UNIVERSO AULA 1 ESCALAS DE DISTÂNCIA e de tamanho NO UNIVERSO CONSTELAÇÃO DE Orion Estrelas são os componentes mais básicos do universo. O universo observável contém tantas estrelas quanto grãos de areia somando

Leia mais

FORMAÇÃO DE ELEMENTOS QUÍMICOS NO UNIVERSO

FORMAÇÃO DE ELEMENTOS QUÍMICOS NO UNIVERSO FORMAÇÃO DE ELEMENTOS QUÍMICOS NO UNIVERSO Eder Cassola Molina Universidade de São Paulo Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas Departamento de Geofísica Elementos Químicos número atômico

Leia mais

Estrelas. Carlos Alberto Bielert Neto Felipe Matheus da S. Silva

Estrelas. Carlos Alberto Bielert Neto Felipe Matheus da S. Silva Estrelas Carlos Alberto Bielert Neto Felipe Matheus da S. Silva Nesta apresentação há slides em branco que contem dicas sobre a aula sobre estrelas. Estas dicas são resultados das perguntas realizadas

Leia mais

Alex C. Carciofi. Aula 9. O Nascimento das Estrelas Evolução Estelar

Alex C. Carciofi. Aula 9. O Nascimento das Estrelas Evolução Estelar Alex C. Carciofi Aula 9 O Nascimento das Estrelas Evolução Estelar Formação Estelar As estrelas formam-se, evoluem e morrem. Trata-se de um processo contínuo e permanente que ocorre, em maior ou menor

Leia mais

Calendarização da Componente Letiva

Calendarização da Componente Letiva AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANDRÉ SOARES (150952) Calendarização da Componente Letiva 7º Ano Físico-Química Períodos 1º 2º 3º Período Período Período Número de aulas previstas (45 minutos) 39 36 25 Apresentação

Leia mais

1. A teoria do Big Bang é a teoria científica hoje mais aceite acerca da origem do Universo Quando terá ocorrido o Big Bang?

1. A teoria do Big Bang é a teoria científica hoje mais aceite acerca da origem do Universo Quando terá ocorrido o Big Bang? Escola Físico-Química 7. Ano Data Nome N.º Turma Professor Classificação 1. A teoria do Big Bang é a teoria científica hoje mais aceite acerca da origem do Universo. 1.1. Quando terá ocorrido o Big Bang?

Leia mais

UMA VIAGEM PELO UNIVERSO. - Nebulosa da Águia

UMA VIAGEM PELO UNIVERSO.  - Nebulosa da Águia Ruth Bruno UMA VIAGEM PELO UNIVERSO www.astroworks.com/gallery/newst2k/m16 - Nebulosa da Águia Qual o nosso endereço cósmico? Onde se encontra o planeta Terra neste imenso Universo? A beleza de uma noite

Leia mais

Evolução Estelar Estágios Avancados

Evolução Estelar Estágios Avancados Evolução Estelar Estágios Avancados Cap. 12 Elisabete M. de Gouveia Dal Pino Chaisson & McMillan (caps. 12 e 13) Zeilik-Gregory-Smith (cap. 16 e 17) Apostila (Cap. 12) Massa: fator determinante para o

Leia mais

PLANETAS EXTRA-SOLARES

PLANETAS EXTRA-SOLARES PLANETAS EXTRA-SOLARES Rita de Cássia Domingos Grupo de Dinâmica Orbital e Planetologia UNESP Campus de Guaratinguetá rcassia@feg.unesp.br Resumo: Nos últimos anos a descoberta de planetas orbitando estrelas

Leia mais

22-11-2015. As estrelas formamse a partir da contração dos gases e poeiras existentes nas nuvens interestelares

22-11-2015. As estrelas formamse a partir da contração dos gases e poeiras existentes nas nuvens interestelares A Via Láctea e a vida das estrelas 1.3- As estrelas e a sua evolução Pp. 24 a 29 Evolução estelar Nuvens interestelares Estrela Estrelas na sequência principal Gigante vermelha Nebulosa planetária Anã

Leia mais

XX OBA Material de estudo. Fontes de Pesquisa

XX OBA Material de estudo. Fontes de Pesquisa XX OBA 2017 Conteúdos das Avaliações Material de estudo Fontes de Pesquisa Constituição da Avaliação 7 perguntas de Astronomia; 3 perguntas de Astronáutica. Perguntas Práticas e/ou Observacionais Poderá

Leia mais

1. DO PROCESSO SELETIVO

1. DO PROCESSO SELETIVO EDITAL PTB Nº.08/2016 SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA MATRÍCULA NO CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) FUNDAMENTOS PARA O ENSINO DE ASTRONOMIA (turmas 1 e 2) DO IFSP - CÂMPUS PIRITUBA O Câmpus Pirituba

Leia mais

Astrofísica Geral. Tema 10: As estrelas

Astrofísica Geral. Tema 10: As estrelas ma 10: As estrelas Outline 1 Medidas diretas fundamentais 2 Medidas indiretas fundamentais 3 Classificação espectral 4 Bibliografia 2 / 30 Outline 1 Medidas diretas fundamentais 2 Medidas indiretas fundamentais

Leia mais

Universidade Federal do ABC Ensino de Astronomia UFABC 2016 Aula 12:Estrelas parte II

Universidade Federal do ABC Ensino de Astronomia UFABC 2016 Aula 12:Estrelas parte II Universidade Federal do ABC Ensino de Astronomia UFABC 2016 Aula 12:Estrelas parte II Michelle Rosa e-mail: rosa-michelle@outlook.com Síntese Na aula anterior vimos que o meio entre as estrelas é formado

Leia mais

Matheus e Ana Clara 2º ano Estrela

Matheus e Ana Clara 2º ano Estrela Matheus e Ana Clara 2º ano Estrela O sistema solar é um conjunto de planetas, asteroides e cometas que giram ao redor do Sol. O nosso sistema solar é constituído por oito planetas: Mercúrio, Terra, Marte,

Leia mais

Nossa Galaxia (cap. 15)

Nossa Galaxia (cap. 15) Nossa Galaxia (cap. 15) AGA215 Elisabete M. de Gouveia Dal Pino Astronomy: A Beginner s Guide to the Universe, E. Chaisson & S. McMillan (Cap. 14) Introductory Astronomy & Astrophysics, M. Zeilek, S. A.

Leia mais

Introdução a Astronomia...uma breve perspectiva do caminho que realizaremos durante o curso...

Introdução a Astronomia...uma breve perspectiva do caminho que realizaremos durante o curso... Introdução a Astronomia...uma breve perspectiva do caminho que realizaremos durante o curso... I- A Ciência Astronomia-Astrofísica II- Estrutura Hierárquica do Universo III- Escalas de Dimensões e Distâncias

Leia mais

Sistema Solar. Amanda e Karis. 2º ano D

Sistema Solar. Amanda e Karis. 2º ano D Sistema Solar Amanda e Karis 2º ano D O que é o Sistema Solar? O Sistema Solar é um conjunto de planetas que giram ao redor do Sol. Ele é formado pelos planetas : Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano,

Leia mais

d)cheia 10. Existe relação entre umbra,penumbra,eclipse e sombra?

d)cheia 10. Existe relação entre umbra,penumbra,eclipse e sombra? 1ª aula : Questões 1. Por quê não acontece eclipse em todo lugar no Brasil na mesma hora? 2. O que é umbra? 3. O que é penumbra? 4. O que é sombra? 5. O que é eclipse? 6. Qual a diferença entre eclipse

Leia mais

ESTRUTURA E EVOLUÇÃO ESTELAR NEBULOSAS

ESTRUTURA E EVOLUÇÃO ESTELAR NEBULOSAS ESTRUTURA E EVOLUÇÃO ESTELAR NEBULOSAS Numa galáxia podem existir várias regiões de formação, consideradas berçários de estrelas, que são as nuvens de gás e poeira. protoestrela Em alguns pontos da nuvemmãe

Leia mais

Capítulo 16 OUTRAS GALÁXIAS

Capítulo 16 OUTRAS GALÁXIAS Capítulo 16 OUTRAS GALÁXIAS Em nosso Universo temos, além da nossa Galáxia, diversos outros tipos de galáxias, de formas, dimensões e estruturas diferentes. Neste capítulo estudaremos estas outras entidades,

Leia mais

Evolução de Estrelas em Sistemas Binários

Evolução de Estrelas em Sistemas Binários Evolução de Estrelas em Sistemas Binários Binárias: novas, novas recorrentes Supernova tipo Ia Nucleossíntese Sandra dos Anjos IAG/USP www.astro.iag.usp.br/~aga210/ Agradecimentos: Prof. Gastão B. Lima

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Física Departamento de Astronomia. Fundamentos de Astronomia e Astrofísica: FIS2001

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Física Departamento de Astronomia. Fundamentos de Astronomia e Astrofísica: FIS2001 Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Física Departamento de Astronomia Fundamentos de Astronomia e Astrofísica: FIS2001 Prof. Rogério Riffel 1 Extinção Atmosférica A atmosfera é praticamente

Leia mais

Minicurso: Astroquímica e Astrobiologia

Minicurso: Astroquímica e Astrobiologia Minicurso: Astroquímica e Astrobiologia Sergio Pilling sergiopilling@yahoo.com.br 1 Aula 1: A Evolução Química do Universo: Nucleossínteses, Evolução estelar, Meio interestelar, Moléculas. Aula 2: Astroquímica:

Leia mais

Escola Secundária Dom Manuel Martins

Escola Secundária Dom Manuel Martins Escola Secundária Dom Manuel Martins Setúbal Prof. Carlos Cunha 1ª Ficha de Avaliação Físico Química Ano Lectivo 2007/ 2008 N. º NOME: TURMA: B CLASSIFICAÇÃO 1. O Rui e a Sofia são alunos do 7º ano. Depois

Leia mais

Quando as estrelas morrem. Amanda Goldani Rodrigues Peixoto Administração Manhã

Quando as estrelas morrem. Amanda Goldani Rodrigues Peixoto Administração Manhã Quando as estrelas morrem Amanda Goldani Rodrigues Peixoto Administração Manhã amanda.goldani@hotmail.com Você já parou para se perguntar o que são as estrelas, se elas permanecerão iguais para sempre

Leia mais

Espaço. 1. Universo. Ciências Físico-Químicas 7º Ano Nelson Alves Correia Escola Básica Manuel Figueiredo Agrupamento de Escolas Gil Paes

Espaço. 1. Universo. Ciências Físico-Químicas 7º Ano Nelson Alves Correia Escola Básica Manuel Figueiredo Agrupamento de Escolas Gil Paes Espaço 1. Universo Ciências Físico-Químicas 7º Ano Nelson Alves Correia Escola Básica Manuel Figueiredo Agrupamento de Escolas Gil Paes Corpos celestes 1.1 Distinguir vários corpos celestes. Estrela Astro

Leia mais

Meio Interestelar (cap. 14)

Meio Interestelar (cap. 14) Meio Interestelar (cap. 14) AGA215 Elisabete M. de Gouveia Dal Pino Astronomy: A Beginner s Guide to the Universe, E. Chaisson & S. McMillan (Caps. 11) Introductory Astronomy & Astrophysics, M. Zeilek,

Leia mais

Astrofísica Geral. Tema 17: Física da Via Láctea

Astrofísica Geral. Tema 17: Física da Via Láctea ema 17: Física da Via Láctea Outline 1 Rotação, Massa e Matéria escura 2 Populações estelares 3 Formação estelar da Galáxia 4 Meio interestelar 5 Estrutura espiral 6 Bibliografia 2 / 32 Outline 1 Rotação,

Leia mais

CURSO AVANÇADO EM ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA O NOVO SISTEMA SOLAR. David Luz MÓDULO CAOAL SS.

CURSO AVANÇADO EM ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA O NOVO SISTEMA SOLAR. David Luz MÓDULO CAOAL SS. CURSO AVANÇADO EM ASTRONOMIA E ASTROFÍSICA DO OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA O NOVO SISTEMA SOLAR MÓDULO CAOAL SS David Luz Março de 2013 Conteúdo Objectivos e Estrutura do Curso..............................

Leia mais

Física. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

Física. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo Física baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE FÍSICA High School 2 9 th Grade Movimentos: variações e conservações. Grandezas do movimento: identificação,

Leia mais

Telescópios na Escola: observações astronômicas via Internet. Osvaldo de Souza (Grupo de Astronomia Sputnik)

Telescópios na Escola: observações astronômicas via Internet. Osvaldo de Souza (Grupo de Astronomia Sputnik) Telescópios na Escola: observações astronômicas via Internet Osvaldo de Souza (Grupo de Astronomia Sputnik) Telescópios na Escola Astronomia na Escola? O TnE hoje O projeto para amanhã Astronomia na Escola

Leia mais

Astrobiologia Mestrado e Doutorado em Física e Astronomia Prof. Dr. Sergio Pilling Aluna: Caroline Gonçalves de Góes

Astrobiologia Mestrado e Doutorado em Física e Astronomia Prof. Dr. Sergio Pilling Aluna: Caroline Gonçalves de Góes Astrobiologia Mestrado e Doutorado em Física e Astronomia Prof. Dr. Sergio Pilling Aluna: Caroline Gonçalves de Góes Aula 5 - Introdução à Formação estelar; Meio interestelar e interplanetário; Evolução

Leia mais

O movimento dos planetas, visto da Terra

O movimento dos planetas, visto da Terra O movimento dos planetas, visto da Terra Quando são visíveis da Terra, os planetas não acompanham as estrelas (a palavra planeta vem da palavra grega vagabundo ). Em relação às estrelas, os planetas não

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO ESTELAR:

CLASSIFICAÇÃO ESTELAR: CLASSIFICAÇÃO ESTELAR: TÓPICO 2 AS ESTRELAS NÃO SÃO IGUAIS Jane C. Gregório Hetem 2.1 Espectros Estelares 2.2 A ordem dos tipos espectrais 2.3 Comparando as diversas categorias de estrelas 2.4 O tamanho

Leia mais

Para perceber porque é que os corpos quentes radiam energia é necessário perceber o que é o calor.

Para perceber porque é que os corpos quentes radiam energia é necessário perceber o que é o calor. A informação do BI dos Corpos Celestes Para perceber porque é que os corpos quentes radiam energia é necessário perceber o que é o calor. Para perceber o espectro estelar (que é mais complicado que o do

Leia mais

Estrelas. Silvia Rossi CEU

Estrelas. Silvia Rossi CEU Estrelas Silvia Rossi CEU 2-2010 estrelas... O que é uma estrela? São objetos que aquecem e iluminam planetas em um sistema. Uma estrela é uma bola de plasma (gás ionizado) mantida unida por sua própria

Leia mais

Galáxias: Via Láctea. 1a parte: propriedades gerais. Sandra dos Anjos IAGUSP. Histórico: Modelos da Galáxia

Galáxias: Via Láctea. 1a parte: propriedades gerais. Sandra dos Anjos IAGUSP. Histórico: Modelos da Galáxia Galáxias: Via Láctea 1a parte: propriedades gerais Histórico: Modelos da Galáxia Estrutura, Forma e Dimensões da Via-Láctea - Bojo, Disco, Halo e Barra - A Região Central Sandra dos Anjos IAGUSP www.astro.iag.usp.br/aga210/

Leia mais

Segundo astrônomos, buraco negro no centro de nossa galáxia está atraindo nuvem de gás e poeira cósmica que envolve uma jovem estrela.

Segundo astrônomos, buraco negro no centro de nossa galáxia está atraindo nuvem de gás e poeira cósmica que envolve uma jovem estrela. Segundo astrônomos, buraco negro no centro de nossa galáxia está atraindo nuvem de gás e poeira cósmica que envolve uma jovem estrela. Estrela é atraída por buraco negro no centro da Via Láctea, diz estudo

Leia mais

GALÁXIAS ELÍPTICAS E ESFEROIDAIS

GALÁXIAS ELÍPTICAS E ESFEROIDAIS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE FÍSICA INTRODUÇÃO A COSMOLOGIA FÍSICA PROF. DR. RAUL ABRAMO BRUNO CESAR GUEDES DA ROSA CAMILA DE MACEDO DEODATO BARBOSA LUIZ CARLOS CORDEIRO GALÁXIAS ELÍPTICAS E

Leia mais

DESCOBRINDO O UNIVERSO

DESCOBRINDO O UNIVERSO DESCOBRINDO O UNIVERSO OS ALUNOS DO 4 A TÊM UMA MISSÃO DE FAZER VOCÊ DESCOBRIR OS SEGREDOS DO UNIVERSO. NESSE LIVRO VOCÊ PODE ENCONTRAR ALGUMAS INFORMAÇÕES SOBRE O SISTEMA SOLAR, AS ESTRELAS, OS PLANETAS

Leia mais

Observatórios Virtuais Fundamentos de Astronomia Cap. 13 (C. Oliveira & V. Jatenco-Pereira) Capítulo 13 ESTRELAS VARIÁVEIS

Observatórios Virtuais Fundamentos de Astronomia Cap. 13 (C. Oliveira & V. Jatenco-Pereira) Capítulo 13 ESTRELAS VARIÁVEIS 145 Capítulo 13 ESTRELAS VARIÁVEIS Nós dedicaremos esse capítulo ao estudo das estrelas variáveis, estrelas tais que sua luminosidade varia com o tempo por meio de uma relação bem definida, e que se situam

Leia mais

Telescópios na Escola. Osvaldo Souza Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas USP Instituto de Física - USP

Telescópios na Escola. Osvaldo Souza Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas USP Instituto de Física - USP Telescópios na Escola Osvaldo Souza (osvald.souza@usp.br) Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas USP Instituto de Física - USP Recentemente o sistema educacional brasileiro vem aumentando

Leia mais

Estrelas, Galáxias e Cosmologia EVOLUÇÃO ESTELAR3. Licenciatura em Ciências USP/ Univesp. Jane C. Gregório Hetem. 3.1 Evolução das Estrelas

Estrelas, Galáxias e Cosmologia EVOLUÇÃO ESTELAR3. Licenciatura em Ciências USP/ Univesp. Jane C. Gregório Hetem. 3.1 Evolução das Estrelas EVOLUÇÃO ESTELAR3 Jane C. Gregório Hetem 3.1 Evolução das Estrelas 3.1.1 Nascimento: onde são formadas as estrelas? 3.1.2 Vida: produção de energia e elementos químicos 3.1.2.1 Origem da energia termonuclear

Leia mais