Autor: Ricardo Francisco Minzé Júnior - Desenvolvendo aplicações em camadas com PHP 5.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Autor: Ricardo Francisco Minzé Júnior - ricardominze@yahoo.com.br Desenvolvendo aplicações em camadas com PHP 5."

Transcrição

1 Desenvolvendo aplicações em camadas com PHP 5. Talvez a primeira vista você ache estranha a palavra Camada em programação, mas o que vem a ser Camada? Segundo o dicionário: Camada 1 - Qualquer matéria de alguma espessura estendida sobre uma superfície. 2 - Substância aplicada sobre outra. 3 - Classe, categoria. 4 - Grande quantidade Realidade na Programação: Camada Trazendo para nossa realidade de Programação, usar este conceito seria uma forma de organizar o trabalho separando o sistema em partes menores (camadas), para resolver problemas separadamente (separação de conceitos) desta forma o estruturando em camadas.(uma sobre a outra) Vantagens do uso de camadas: Modularidade: Melhor estruturação do sistema Melhor entendimento Coesão (Harmonia na relação dos arquivos) Facilidades de Manutenção: Custos de manutenção representam em média 75% do custo total do software, então se um sistema está com todas suas tarefas e funcionalidades bem divididas por suas partes menores, este será de facílima manutenção. Estrutura básica das Camadas: 1

2 A estrutura a seguir será usada para o exemplo que estará disponível para download, ele é equivalente a o esquema acima, mas mostrando a estrutura de diretórios para que o leitor possa se guiar no exemplo. Classes Básicas: Composta por classes simples do sistema, apenas com métodos de acesso aos seus atributos. Coleção de Dados: Esta camada é responsável por manipular diversos objetos das classes básicas. Normalmente possui alguma estrutura de armazenamento de objetos das classes (Ex: Array de Objetos). Conhecida também com Camada de Persistência. Coleção de Negócios: Esta camada é responsável por realizar críticas de Negócio específicas a uma determinada classe básica da aplicação utilizando-se de uma Coleção de Dados, para lhe dar suporte a persistência de objetos da aplicação. Ex: O usuário não pode ter a idade maior que a idade máxima de adesão ao plano (Regra de plano de saúde), ou Não é possível inserir duas contas com o mesmo número (Regra do Banco). Disponibiliza serviços específicos do Negócio envolvido Ex: Funções específicas para aquela classe básica usada pela classe de Negócio. Geralmente é chamada de cadastro.

3 Classes Básicas Classes mais simples do sistema. Vamos começar pela classe que trata do comportamento de um tipo de ator, alguém que interage com o sistema, nesse exemplo vamos criar a classe Pessoa.

4 Interface Vamos agora definir quais são as funcionalidades básicas de Persistência de uma Pessoa, como ela deve ser guardada. Essa forma de armazenamento é chamada de Repositório. Vamos abstrair um pouco... Pense que uma Pessoa pode ser persistido de diversas formas, mas para isso preciso saber quais funcionalidades são necessárias para a persistência. Observe que esta classe apenas possui assinaturas de métodos. Você deve estar se perguntando porque uma classe só com assinatura de métodos? Antes de responder esta pergunta vou citar um conceito usado no PHP5, que será de extrema importância para se trabalhar com camadas, ele é chamado de Indução de Tipos. Com este recurso você pode forçar seu método a receber um determinado tipo de dado. Ex: public function inserir(pessoa $objpessoa) $this->inserir($objpessoa); * Vou passar um objeto do Tipo Bicho para esta função. inserir($objbicho) * Causará o seguinte erro: Fatal error: Argument 1 must be an instance of Pessoa O Php informa que o objeto que deve ser passado como parâmetro da função deve ser uma instância da classe Pessoa. Agora que você sabe do conceito de Indução de Tipos, podemos responder aquela pergunta. Porque uma classe só com assinatura de métodos? Quando nós criamos uma Interface, ela será implementada por outra classe que obrigatoriamente terá que implementar todos os métodos que estão assinados na Interface. Automaticamente esta classe que implementa a interface será do tipo da interface, e a partir daí o conceito de interface passa ter sentido.

5 Imagine que seu sistema pode sofrer mudanças e uma delas será onde salvar os dados, neste caso podem ser salvos em um arquivo txt ou num banco de dados, por exemplo. Para deixar flexível e não amarrar o sistema, podemos usar uma Interface que é implementada por varias classes, mas que apenas uma será usada. Vamos dar um exemplo: Criei a interface Pessoa que assina o Método Inserir: Agora vamos criar uma classe que implementa a Interface RepositorioPessoa, digamos que eu resolvi salvar os registros em um banco de dados. Mas de repente precisei salvar meus registros agora em um arquivo TXT, então vou criar uma classe para salvar registros em um TXT, e ela terá que implementar a interface, e obrigatoriamente precisa implementar seus métodos.

6 Então podemos criar uma classe que usa nossa interface RepositorioPessoa da seguinte maneira:

7 Como RepositorioPessoaBanco e RepositorioPessoaArquivo são do Tipo RepositorioPessoa(Interface), se eu passar qualquer uma das duas minha Classe CadastroPessoa vai entender que foi passado para ela uma Interface RepositorioPessoa, dessa maneira não gerando erros, e deixando flexibilidade na hora de salvar meus registros. Se eu quiser salvar em Arquivo só é chegar na minha Fachada e trocar: $this->repositoriopessoa = new RepositorioPessoaBanco(); PARA $this->repositoriopessoa = new RepositorioPessoaArquivo(); E agora Minha classe CadastroPessoa trabalha normalmente. $this->cadastropessoa = new CadastroPessoa($this->RepositorioPessoa) Fachada A idéia da Fachada é fornecer uma instância única para o sistema, de forma que o usuário só terá acesso aos seus comportamentos superficiais, o próprio nome já diz, FACHADA, então o que devemos fazer para definir uma fachada? Primeiramente vamos usar um padrão de projetos Design Pattern, esses padrões são de formas de implementações para definir um comportamento padrão, facilitando assim a nossa vida como desenvolvedores, aumentando a manutenibilidade dos sistemas. Então a idéia é a seguinte: definir um atributo do tipo da classe como static private, deixar o construtor como private para garantir que não será possível acessar o mesmo, criar um método static que retorna uma Fachada, e perguntar se já foi instanciada.

8 Exceções Não podemos nos esquecer das exceções, onde é possível tratar erros e dar um curso alternativo ao programa. Poderíamos ter criado Exceções para a classe Pessoa, mas para melhor ser visualizado na prática resolvi criar uma única classe de exceção dedicada exclusivamente para erros de banco, como falha na conexão ou até mesmo erros nas strings de SQL. Nesta classe quando é levantada uma exceção ela recebe o código do erro e faz uma busca no banco de dados onde os erros estão em português, se o erro não estiver cadastrado ela exibe o erro do em Inglês do MYSQL.

9 Caso a conexão não seja efetuada ou o servidor é desconhecido esta classe de exceção trata o erro dizendo que não é possível conectar ou o servidor é desconhecido. A seguir os trechos de código mostram o momento onde a exceção é detectada e passada para classe ExcecaoBanco fazer o tratamento. 1º Situação: Tentativa de Conexão 2º Situação: Execução de um comando SQL Apresentação Esta é a última camada que devemos nos importar, será a forma que o usuário visualizará seu sistema, e quando seu sistema está dividido desta forma você poderá mudar o layout do seu sistema ou site sem muito esforço para a manutenção. A seguir será mostrado um diagrama de classes relacionando essas camadas e envolvendo exemplos de código citados nos exemplos anteriores.

10 Agora todas as classes para você analisar e testar em seus exemplos: Pessoa.php class Pessoa private private private private private $id; $nome; $idade; $sexo; $cpf;

11 public function Pessoa($id, $nome, $idade, $sexo, $cpf) $this->id = $id; $this->nome = $nome; $this->idade = $idade; $this->sexo = $sexo; $this->cpf = $cpf; public function setid($id) $this->id = $id; public function getid() return $this->id; public function setnome($nome) $this->nome = $nome; public function getnome() return $this->nome; public function setidade($idade) $this->idade = $idade; public function getidade() return $this->idade; public function setsexo($sexo) $this->sexo = $sexo; public function getsexo() return $this->sexo; public function setcpf($cpf) $this->cpf = $cpf; public function getcpf() return $this->cpf;

12 Conexao.php require_once("../../excecoes/banco/excecaobanco.php"); class Conexao private $servidor = "localhost"; private $usuario = "root"; private $senha = ""; private $banco = "pessoa"; public function Conexao() public function conectar() try $link = mysql_connect($this->servidor,$this->usuario,$this->senha); if(mysql_errno() > 0) throw new ExcecaoBanco(mysql_error(),mysql_errno()); mysql_select_db($this->banco,$link); return $link; catch(excecaobanco $e) $e->buscarerro(); public function desconectar() mysql_close(); public function execute($sql) $ResultSet = mysql_query($sql); print $SQL; try switch (gettype($resultset)) case "boolean": if(!$resultset) throw new ExcecaoBanco(mysql_error(),mysql_errno(),$SQL); break; case "resource": return mysql_fetch_array($resultset); break; catch(excecaobanco $e) $e->buscarerro();

13 ExcecaoBanco.php class ExcecaoBanco extends Exception private $SQL; public function ExcecaoBanco($mensagem, $codigo, $SQL="") parent:: construct($mensagem, $codigo); $this->sql = $SQL; public function BuscarErro() if( ($this->code!= 2003) && ($this->code!= 2005)) $SQL = "SELECT * FROM ERRO WHERE ID=".$this->code; $ResultSet = mysql_query($sql); $teste = mysql_fetch_array($resultset); echo "CÓDIGO : [".$this->code."]<br>"; echo "DESCRIÇÃO : <font color='red'>".$teste["erro"]."</font><br>"; echo "COMANDO : <b>".$this->sql."</b>"; else switch ($this->code) case 2003: echo "CÓDIGO : [".$this->code."]<br>"; echo "DESCRIÇÃO : <font color='red'>não foi possível conectar ao servidor MYSQL</font><br>"; die; break; case 2005: echo "CÓDIGO : [".$this->code."]<br>"; echo "DESCRIÇÃO : <font color='red'>nome do servidor é desconhecido</font><br>"; die; break; RepositorioPessoa.php interface RepositorioPessoa public function inserir(pessoa $objpessoa); public function atualizar(pessoa $objpessoa); public function deletar($id); public function pesquisar($id);

14 RepositorioPessoaBanco.php require_once("../../repositorio/banco/conexao.php"); require_once("../../repositorio/pessoa/repositoriopessoa.php"); require_once("../../repositorio/repositoriosql/pessoa/repositoriopessoasql.php"); class RepositorioPessoaBanco implements RepositorioPessoa private $Conexao; private $RepositorioPessoaSQL; public function RepositorioPessoaBanco() $this->conexao = new Conexao(); $this->conexao->conectar(); $this->repositoriopessoasql = new RepositorioPessoaSQL(); public function inserir(pessoa $objpessoa) $this->conexao->execute($this->repositoriopessoasql->inserir($objpessoa)); public function atualizar(pessoa $objpessoa) $this->conexao->execute($this->repositoriopessoasql->atualizar($objpessoa)); public function deletar($id) $this->conexao->execute($this->repositoriopessoasql->deletar($id)); public function pesquisar($id) return $this->conexao->execute($this->repositoriopessoasql->pesquisar($id));

15 RepositorioPessoaSQL.php class RepositorioPessoaSQL public function RepositorioPessoaSQL() public function inserir(pessoa $objpessoa) $SQL = "INSERT INTO PESSOA(ID,NOME,IDADE,SEXO,CPF)VALUES(".$objPessoa->getId().",'".$objPessoa->getNome( )."',".$objpessoa->getidade().",'".$objpessoa->getsexo()."','".$objpessoa->getcpf(). "')"; return $SQL; public function atualizar(pessoa $objpessoa) $SQL = "UPDATE PESSOA SET ID=".$objPessoa->getId().",NOME='".$objPessoa->getNome()."',IDADE=".$objPessoa->getI dade().",sexo='".$objpessoa->getsexo()."',cpf='".$objpessoa->getcpf()."' WHERE ID=".$objPessoa->getId(); return $SQL; public function deletar($id) $SQL = "DELETE FROM PESSOA WHERE ID = ".$id; return $SQL; public function pesquisar($id) $SQL = "SELECT * FROM PESSOA WHERE ID = ".$id; return $SQL; CadastroPessoa.php require_once("../../repositorio/pessoa/repositoriopessoa.php"); class CadastroPessoa private $RepositorioPessoa; public function CadastroPessoa(RepositorioPessoa $RepositorioPessoa) $this->repositoriopessoa = $RepositorioPessoa; public function inserir(pessoa $objpessoa) $this->repositoriopessoa->inserir($objpessoa); public function atualizar(pessoa $objpessoa) $this->repositoriopessoa->atualizar($objpessoa); public function deletar($id) $this->repositoriopessoa->deletar($id); public function pesquisar($id) return $this->repositoriopessoa->pesquisar($id);

16 FachadaPessoa.php require_once("../../basica/pessoa/pessoa.php"); require_once("../../negocio/pessoa/cadastropessoa.php"); require_once("../../repositorio/pessoa/repositoriopessoabanco.php"); class FachadaPessoa private $RepositorioPessoa; private $CadastroPessoa; private static $instancia = null; private function InitCadastros() $this->repositoriopessoa = new RepositorioPessoaBanco(); $this->cadastropessoa = new CadastroPessoa($this->RepositorioPessoa); private function FachadaPessoa() $this->initcadastros(); public function getinstancia() if (self::$instancia == null) self::$instancia = new FachadaPessoa(); return self::$instancia; public function inserir(pessoa $objpessoa) $this->cadastropessoa->inserir($objpessoa); public function atualizar(pessoa $objpessoa) $this->cadastropessoa->atualizar($objpessoa); public function deletar($id) $this->cadastropessoa->deletar($id); public function pesquisar($id) return $this->cadastropessoa->pesquisar($id);

17 Apresentação.php require_once("../../basica/pessoa/pessoa.php"); require_once("../../fachada/pessoa/fachadapessoa.php"); $fachada = FachadaPessoa::getInstancia(); $objpessoa = new Pessoa(1,"Ricardo Minzé",23,'M',123); $fachada->inserir($objpessoa); // $fachada->atualizar($objpessoa); // $fachada->deletar(1); // $objpessoa = $fachada->pesquisar(1); Espero ter contribuído para o conhecimento comum entre os que fazem a comunidade PHP. Ricardo Francisco Minzé Júnior Desenvolvedor WEB Duvidas e Contato:

18 Created with an unregistered version of SCP PDF Builder You can order SCP PDF Builder for only $19.95USD from

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 8

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 8 Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 8 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br na aula passada Orientação a Objetos Classes Objetos Construtores Destrutores 2 na aula passada Construtores

Leia mais

Descrição. Implementação. Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina LAB 4 Transferência de Arquivos

Descrição. Implementação. Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina LAB 4 Transferência de Arquivos Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina LAB 4 Transferência de Arquivos Descrição Implemente nesta atividade de laboratório um programa em Java utilizando threads

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 7

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 7 Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 7 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br Classe e tipos de dados Classe Conjunto de objetos semelhantes, isto é, com a mesma estrutura (atributos) e

Leia mais

PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 2

PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 2 ABRIR CONEXÃO PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 2 Professor: Leonardo Pereira Email: leongamerti@gmail.com Facebook: leongamerti Material de Estudo: http://www.leonti.vv.si Antes de podermos acessar informações

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa CPD - Central de Processamento de Dados Divisão de Desenvolvimento de Sistemas

Universidade Federal de Viçosa CPD - Central de Processamento de Dados Divisão de Desenvolvimento de Sistemas Universidade Federal de Viçosa CPD - Central de Processamento de Dados Divisão de Desenvolvimento de Sistemas Manual de padrões e convenções para desenvolvimento de sistemas PHP Versão Conteúdo 1.

Leia mais

Então vamos ao que interessa. 1. Introdução

Então vamos ao que interessa. 1. Introdução Tentarei ser o mais genérico possível. Nos exemplos irei utilizar ASP.Net 2.0 e acesso a dados através do ADO.NET, mas pode ter certeza que para outros casos a idéia não irá mudar muito, seja com LINQ,

Leia mais

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Sistema Gerenciador de Banco de Dados: Introdução e configuração de bases de dados com Postgre e MySQL

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Sistema Gerenciador de Banco de Dados: Introdução e configuração de bases de dados com Postgre e MySQL Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Sistema Gerenciador de Banco de Dados: Introdução e configuração de bases de dados com Postgre e MySQL Prof. MSc. Hugo Souza Iniciando nossas aulas sobre

Leia mais

Programação Orientada a Objetos II

Programação Orientada a Objetos II Programação Orientada a Objetos II AULA Banco de Dados (Exemplo) Prof. Rodrigo Rocha Prof.rodrigorocha@yahoo.com (Modo Texto) Conectando ao Banco de Dados Entre no Diretório do Mysql mysql u root p criando

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 9

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 9 Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 9 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br Na aula de hoje PDO PHP Data Object 2 PDO PDO é uma extensão que fornece uma interface padronizada para trabalhar

Leia mais

AULA 4 VISÃO BÁSICA DE CLASSES EM PHP

AULA 4 VISÃO BÁSICA DE CLASSES EM PHP AULA 4 VISÃO BÁSICA DE CLASSES EM PHP Antes de mais nada, vamos conhecer alguns conceitos, que serão importantes para o entendimento mais efetivos dos assuntos que trataremos durante a leitura desta apostila.

Leia mais

Manipulação de Banco de Dados com Java. Ms. Bruno Crestani Calegaro (bruno.calegaro@ifsc.edu.br) Maio/ 2015

Manipulação de Banco de Dados com Java. Ms. Bruno Crestani Calegaro (bruno.calegaro@ifsc.edu.br) Maio/ 2015 Manipulação de Banco de Dados com Java Ms. Bruno Crestani Calegaro (bruno.calegaro@ifsc.edu.br) Maio/ 2015 Acesso a um SGBD Em sistemas mais simples o uso de arquivos pode ser usado mas para aplicações

Leia mais

Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans

Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans Programação Servidor para Sistemas Web 1 Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans Implementando MVC Nível 1 Prof. Daniel Caetano Objetivo: Preparar o aluno para construir classes de entidade com

Leia mais

sobre rogério gonçalves gerente de projetos > digitale agência digital rogerio@digitale.com.br h7p://www.digitale.com.br h7p://leveme.

sobre rogério gonçalves gerente de projetos > digitale agência digital rogerio@digitale.com.br h7p://www.digitale.com.br h7p://leveme. sobre rogério gonçalves gerente de projetos > digitale agência digital rogerio@digitale.com.br h7p://www.digitale.com.br h7p://leveme.la/rogerio definição - é uma forma de programar e organizar um sistema

Leia mais

BANCO DE DADOS WEB. Professor Luciano Roberto Rocha

BANCO DE DADOS WEB. Professor Luciano Roberto Rocha BANCO DE DADOS WEB 1 CONECTANDO-SE AO MYSQL VIA PHP Professor Luciano Roberto Rocha Como conectar MySQL via PHP 2 O MySQL é mais popular SGBD entre os desenvolvedores PHP. Existem várias funções do PHP

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução App de exemplo Implementação do exemplo Testes realizados

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução App de exemplo Implementação do exemplo Testes realizados

Leia mais

Um objeto é uma instância de uma 'classe'. Você define uma classe utilizando o trecho de código abaixo;

Um objeto é uma instância de uma 'classe'. Você define uma classe utilizando o trecho de código abaixo; um objeto; é definido; Um objeto é uma instância de uma 'classe'. Você define uma classe utilizando o trecho de código abaixo; class ClasseBase{ é instanciado; $objetobase = new ClasseBase; Caso queira,

Leia mais

JDBC Java Database Connectivity

JDBC Java Database Connectivity 5 JDBC Java Database Connectivity Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Trabalhar com bancos de dados em aplicações web em JSP através das classes

Leia mais

AULA 8 CRIANDO UMA CLASSE EM PHP INTERAGINDO COM BANCO DE DADOS - COM RELACIONAMENTO ENTRE TABELAS

AULA 8 CRIANDO UMA CLASSE EM PHP INTERAGINDO COM BANCO DE DADOS - COM RELACIONAMENTO ENTRE TABELAS AULA 8 CRIANDO UMA CLASSE EM PHP INTERAGINDO COM BANCO DE DADOS - COM RELACIONAMENTO ENTRE TABELAS Na grande maioria dos sistemas, faz-se necessário utilizar informações que estão armazenadas em uma determinada

Leia mais

Drive MySql de conexão para Eclipse

Drive MySql de conexão para Eclipse Drive MySql de conexão para Eclipse de Setembro de 0 Olá, neste artigo iremos focar em como utilizar o drive de conexão do Mysql na IDE eclipse. Veremos passo-a-passo como instalar, o que é uma coisa muito

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 O que é o PHP?... 19. Capítulo 2 Instalação do PHP... 23. Capítulo 3 Noções básicas de programação... 25

Sumário. Capítulo 1 O que é o PHP?... 19. Capítulo 2 Instalação do PHP... 23. Capítulo 3 Noções básicas de programação... 25 9 Sobre o autor... 8 Introdução... 15 Capítulo 1 O que é o PHP?... 19 Características do PHP...20 Gratuito e com código aberto...20 Embutido no HTML...20 Baseado no servidor...21 Bancos de dados...22 Portabilidade...22

Leia mais

SISTEMA EXPERIMENTALL 15/11/2009. Olá! A partir de agora vamos conhecer a IDE NetBeans 6.7.1 efetuando um micro projeto swing.

SISTEMA EXPERIMENTALL 15/11/2009. Olá! A partir de agora vamos conhecer a IDE NetBeans 6.7.1 efetuando um micro projeto swing. 15/11/2009 Olá! A partir de agora vamos conhecer a IDE NetBeans 6.7.1 efetuando um micro projeto swing. Crie um novo projeto clicando em arquivo e em novo projeto. Escolha a opção java, aplicativo java

Leia mais

PHP e MySQL Autenticação de Usuários

PHP e MySQL Autenticação de Usuários PHP e MySQL Autenticação de Usuários Programação de Servidores Marx Gomes Van der Linden http://marx.vanderlinden.com.br/ Controle de Acesso A maioria das aplicações web envolve em algum ponto um mecanismo

Leia mais

Padrão Arquitetura em Camadas

Padrão Arquitetura em Camadas Padrão Arquitetura em Camadas Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Definição Estimula a organização

Leia mais

Armazenamento organizado facilitando SCRUD; Agiliza processo de desenvolvimento de sistemas;

Armazenamento organizado facilitando SCRUD; Agiliza processo de desenvolvimento de sistemas; Conjunto de informações relacionadas entre si; Armazenamento organizado facilitando SCRUD; Agiliza processo de desenvolvimento de sistemas; Conjunto de Tabelas onde cada linha é um vetor de dados específico;

Leia mais

Parte I. Orientação a objetos no PHP. Contato: Site: http://professores.chapeco.ifsc.edu.br/lara/

Parte I. Orientação a objetos no PHP. Contato: <lara.popov@ifsc.edu.br> Site: http://professores.chapeco.ifsc.edu.br/lara/ Parte I Programação para WEB II Orientação a objetos no PHP Contato: Site: http://professores.chapeco.ifsc.edu.br/lara/ Programação para WEB II 1 PHP Estruturado Os programadores

Leia mais

UFSM COLÉGIO AGRÍCOLA DE FREDERICO WESTPHALEN CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET. Programação para Internet I

UFSM COLÉGIO AGRÍCOLA DE FREDERICO WESTPHALEN CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET. Programação para Internet I UFSM COLÉGIO AGRÍCOLA DE FREDERICO WESTPHALEN CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Programação para Internet I Aula 10 PHP: Trabalhando com Banco de Dados leticia@cafw.ufsm.br Acessando

Leia mais

Arquitetura de Aplicações JSP/Web. Padrão Arquitetural MVC

Arquitetura de Aplicações JSP/Web. Padrão Arquitetural MVC Arquitetura de Aplicações JSP/Web Padrão Arquitetural MVC Arquitetura de Aplicações JSP/Web Ao projetar uma aplicação Web, é importante considerála como sendo formada por três componentes lógicos: camada

Leia mais

Persistência de Objetos no SGBD PostgreSQL, Utilizando as APIs: JDBC, JDK, Swing e Design Patteners DAO.

Persistência de Objetos no SGBD PostgreSQL, Utilizando as APIs: JDBC, JDK, Swing e Design Patteners DAO. Persistência de Objetos no SGBD PostgreSQL, Utilizando as APIs: JDBC, JDK, Swing e Design Patteners DAO. Robson Adão Fagundes http://robsonfagundes.blogspot.com/ Mini curso Desenvolvimento de aplicação

Leia mais

MANIPULAÇÃO DE BANCO DE DADOS UTILIZANDO INTERFACE GRÁFICA

MANIPULAÇÃO DE BANCO DE DADOS UTILIZANDO INTERFACE GRÁFICA JOSIEL S. MOURA MANIPULAÇÃO DE BANCO DE DADOS UTILIZANDO INTERFACE GRÁFICA ORIENTADO A PROJETO: CONTROLE DE ESTOQUE 2012 JOSIEL S. MOURA MANIPULAÇÃO DE BANCO DE DADOS UTILIZANDO INTERFACE GRÁFICA ORIENTADO

Leia mais

Recursos avançados e Orientação a Objetos no PHP

Recursos avançados e Orientação a Objetos no PHP Recursos avançados e Orientação a Objetos no PHP Edgar Rodrigues Sandi edgar@season.com.br Gerente de projetos Desenvolvedor PHP e Java Ministra os treinamentos: Linguagens de Programação PHP I Fundamentos

Leia mais

Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas. Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares

Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas. Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares Objetivos Conceito de exceções Tratar exceções pelo uso de try, catch e

Leia mais

NOVIDADES DO JAVA PARA PROGRAMADORES C

NOVIDADES DO JAVA PARA PROGRAMADORES C PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB NOVIDADES DO JAVA PARA PROGRAMADORES C Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Apresentar o Conceito de Classes e Objetos Capacitar para a criação de objetos simples

Leia mais

!" # # # $ %!" " & ' ( 2

! # # # $ %!  & ' ( 2 !"# # #$ %!" "& ' ( 2 ) *+, - 3 . / 4 !" 0( # "!#. %! $""! # " #.- $ 111.&( ( 5 # # 0. " % * $(, 2 % $.& " 6 # #$ %% Modelo (Encapsula o estado da aplicação) Implementado como JavaBeans Responde a consulta

Leia mais

JAVA COM BANCO DE DADOS PROFESSORA DANIELA PIRES

JAVA COM BANCO DE DADOS PROFESSORA DANIELA PIRES Conteúdo O Projeto... 2 Criação de Pacotes... 4 Factory:... 6 DAO:... 15 GUI (Graphical User Interface ou Interface Gráfica de Cadastro)... 18 Evento SAIR... 23 Evento CADASTRAR... 24 1 O Projeto Arquivo

Leia mais

Guia de Fatores de Qualidade de OO e Java

Guia de Fatores de Qualidade de OO e Java Qualiti Software Processes Guia de Fatores de Qualidade de OO e Java Versã o 1.0 Este documento só pode ser utilizado para fins educacionais, no Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco.

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB GABRIELA TREVISAN Aula 4 Imagine a seguinte situação: Precisamos trafegar valores de uma página PHP para outra, porém não temos formulários entre essas páginas. Como fazer

Leia mais

Faça um Site PHP 5.2 com MySQL 5.0 Comércio Eletrônico

Faça um Site PHP 5.2 com MySQL 5.0 Comércio Eletrônico Editora Carlos A. J. Oliviero Faça um Site PHP 5.2 com MySQL 5.0 Comércio Eletrônico Orientado por Projeto 1a Edição 2 Reimpressão São Paulo 2011 Érica Ltda. Noções Livrarse Preparação muitas muita Sumário

Leia mais

PHP e MySQL. Programação de Servidores Marx Gomes Van der Linden. http://marx.vanderlinden.com.br/

PHP e MySQL. Programação de Servidores Marx Gomes Van der Linden. http://marx.vanderlinden.com.br/ PHP e MySQL Programação de Servidores Marx Gomes Van der Linden http://marx.vanderlinden.com.br/ PHP e MySQL PHP possui 3 interfaces para se comunicar com um banco de dados MySQL. O conjunto de funções

Leia mais

Padrões de Projeto e Persistência com DAO

Padrões de Projeto e Persistência com DAO Curso de Análise de Sistemas Análise de Sistemas II Padrões de Projeto e Persistência com DAO Prof. Giuliano Prado de Morais Giglio, M.Sc. Introdução a Padrões de Projeto Padrões de Projeto foram inicialmente

Leia mais

Programação Web Prof. Wladimir

Programação Web Prof. Wladimir Programação Web Prof. Wladimir Linguagem PHP Mail() e BD @wre2008 1 Sumário Função mail(); Conexão com Banco de dados; @wre2008 2 Envio de e-mail O comando mail(): é a função do PHP para envio de e-mail.

Leia mais

Programação WEB II. PHP e Banco de Dados. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. PHP e Banco de Dados. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza PHP e Banco de Dados progweb2@thiagomiranda.net Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net PHP e Banco de Dados É praticamente impossível

Leia mais

Persistência Java para Web com MySQL

Persistência Java para Web com MySQL Persistência Java para Web com MySQL 1. Criar o modelo no DBDesigner 2. Criar o esquema e as tabelas no MySQL 3. Criar um projeto Java simples, com o nome Empresa,no NetBeans 4. Adicionar o driver de conexão

Leia mais

Persistindo dados com TopLink no NetBeans

Persistindo dados com TopLink no NetBeans Persistindo dados com TopLink no NetBeans O que é TopLink? O TopLink é uma ferramenta de mapeamento objeto/relacional para Java. Ela transforma os dados tabulares de um banco de dados em um grafo de objetos

Leia mais

ProgramaTchê programatche.net Programação OO com PHP

ProgramaTchê programatche.net Programação OO com PHP Roteiro 2 Objetivos: * Apresentar a sintaxe básica para utilização de Orientação a Objetos em PHP. Ferramentas necessárias Navegador, NetBeans, Servidor Apache. 1 Orientação a Objetos em PHP PHP é uma

Leia mais

Classes de Entidades Persistentes JDB

Classes de Entidades Persistentes JDB Classes de Entidades Persistentes JDB Brasil, Natal-RN, 07 de setembro de 2011 Welbson Siqueira Costa www.jdbframework.com Nota de Retificação: em 11/12/2011 a Listagem 3 desse tutorial sofreu uma pequena

Leia mais

22/05/2012 CRIANDO UM PROJETO COM TELAS ESTRUTURA DA APLICAÇÃO LOGIN BANCO DE DADOS TAREFAS PHP MYSQL PARTE 2

22/05/2012 CRIANDO UM PROJETO COM TELAS ESTRUTURA DA APLICAÇÃO LOGIN BANCO DE DADOS TAREFAS PHP MYSQL PARTE 2 CRIANDO UM PROJETO COM TELAS Páginas com formulário Acesso ao banco de dados PHP MYSQL PARTE 2 Luciana Balieiro Cosme ESTRUTURA DA APLICAÇÃO LOGIN BANCO DE DADOS # Coluna Nome e Tipo 1 codigo int(11) AUTO_INCREMENT

Leia mais

Driver Mysql para Banco de Dados. Conexão com um Banco de Dados

Driver Mysql para Banco de Dados. Conexão com um Banco de Dados Driver Mysql para Banco de Dados MySQL.: Driver.: com.mysql.jdbc.driver URL.: jdbc:mysql://localhost/nomedobanco Usuário.: root senha.: ****** Conexão com um Banco de Dados Colocar o driver do banco de

Leia mais

Funcionamento da Aplicação. Simulações do funcionamento. Simulação SAC

Funcionamento da Aplicação. Simulações do funcionamento. Simulação SAC Funcionamento da Aplicação Simulações do funcionamento Simulação SAC Simulação PRICE Simulação Cartão de Crédito Simulação Deposito Simulação parcela mínima Simulação Parcelamento máximo Classe: ConnectionFactory;

Leia mais

PHP: Programando com Orientação a Objetos

PHP: Programando com Orientação a Objetos PHP: Programando com Orientação a Objetos Pablo Dall'Oglio Adianti Solutions www.adianti.com.br Roteiro Conceitos de Orientação a Objetos; Classes, objetos, propriedades, métodos; Métodos construtores

Leia mais

JavaScript 2.0X 1.0 3.0X 1.1 4.0 4.05 1.2 4.06 4.61 1.3 5.0 1.4 6.0 1.5

JavaScript 2.0X 1.0 3.0X 1.1 4.0 4.05 1.2 4.06 4.61 1.3 5.0 1.4 6.0 1.5 JavaScript Diego R. Frank, Leonardo Seibt FIT Faculdades de Informática de Taquara Fundação Educacional Encosta Inferior do Nordeste Av. Oscar Martins Rangel, 4500 Taquara RS Brasil difrank@terra.com.br,

Leia mais

Tutorial - Programando com o MIOLO

Tutorial - Programando com o MIOLO Tutorial - Programando com o MIOLO Conceitos Básicos Antes de iniciar a programação com o Miolo é fundamental compreender alguns conceitos básicos: - Uma aplicação no Miolo é constituída de um ou mais

Leia mais

DATA ACCESS OBJECT (DAO)

DATA ACCESS OBJECT (DAO) Universidade de São Paulo, Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação DATA ACCESS OBJECT (DAO) SSC 621: Análise e Projeto Orientados a Objetos Prof. Dr. Lucas Bueno R. Oliveira 2º Semestre 2015

Leia mais

Controle de acesso. http://www.larback.com.br. .com.br

Controle de acesso. http://www.larback.com.br. .com.br http://www.larback Controle de acesso Construiremos um sistema simples para cadastro de links. O sistema terá uma página pública (onde serão exibidos os links) e uma área administrativa, onde os usuários

Leia mais

PHP (Seções, Cookies e Banco de Dados)

PHP (Seções, Cookies e Banco de Dados) PHP (Seções, Cookies e Banco de Dados) André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Seções Basicamente, as seções são métodos que preservam determinados dados ativos enquanto o navegador do cliente estiver

Leia mais

Java na WEB Banco de Dados

Java na WEB Banco de Dados 1 Java na WEB Banco de Dados Objetivo: Ao final da aula o aluno será capaz de: Criar aplicações JSP com acesso ao Banco de Dados MySql Configurar o TomCat para acessar o MySql. Não é Objetivo: Ao final

Leia mais

JDBC. Siga as instruções para instalar o banco de dados H2 e criar a tabela Alunos.

JDBC. Siga as instruções para instalar o banco de dados H2 e criar a tabela Alunos. JDBC CRIANDO O BANCO DE DADOS: Siga as instruções para instalar o banco de dados H2 e criar a tabela Alunos. CRIANDO O PROJETO JAVA PARA DESKTOP: Crie um projeto Java chamado Prograd Crie um pacote chamado

Leia mais

JDBC. Prof. Márcio Bueno (poonoite@marciobueno.com)

JDBC. Prof. Márcio Bueno (poonoite@marciobueno.com) JDBC Prof. Márcio Bueno (poonoite@marciobueno.com) JBDC Java Database Connectivity ou JDBC é um conjunto de classes e interfaces (API) escritas em Java que faz o envio de instruções SQL para qualquer banco

Leia mais

Interagindo com Banco de Dados

Interagindo com Banco de Dados Interagindo com Banco de Dados Até agora não falamos de banco de dados, pois gostaríamos prime iro de te preparar para o uso do banco de dados dentro do Framework MVC. Mas antes de falarmos do framework

Leia mais

Acesso a banco de dados

Acesso a banco de dados Acesso a banco de dados 1. Crie uma pasta chamada AcessoBD com as seguintes subpastas: Aplicativos, Drivers, AcessoMSACCESS, AcessoMySQL e AcessoSQLSERVER Exemplo 1: MS ACCESS 1. Crie um banco de dados

Leia mais

Documento de Análise e Projeto VideoSystem

Documento de Análise e Projeto VideoSystem Documento de Análise e Projeto VideoSystem Versão Data Versão Descrição Autor 20/10/2009 1.0 21/10/2009 1.0 05/11/2009 1.1 Definição inicial do documento de análise e projeto Revisão do documento

Leia mais

Desenvolvendo Websites com PHP

Desenvolvendo Websites com PHP Desenvolvendo Websites com PHP 2ª Edição Juliano Niederauer Novatec Copyright 2009, 2011 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a reprodução

Leia mais

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this.

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Aula 2 Objetivos Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Encapsulamento, data hiding é um conceito bastante importante em orientação a objetos. É utilizado para restringir o acesso

Leia mais

Programação para Android. Aula 08: Persistência de dados SQL

Programação para Android. Aula 08: Persistência de dados SQL Programação para Android Aula 08: Persistência de dados SQL Persistência de dados Na maioria das aplicações precisamos ter algum tipo de persistência de dados. Para guardar informações de forma persistente

Leia mais

PHP INTRODUÇÃO CLASSES E OBJETOS

PHP INTRODUÇÃO CLASSES E OBJETOS INTRODUÇÃO PHP AULA 8 ORIENTAÇÃO A OBJETOS Professor: Leonardo Pereira E-mail: leongamerti@gmail.com Facebook: leongamerti Material de Estudo: http://www.leonti.vv.si A orientação a objetos ou OO é o paradigma

Leia mais

Gerador de código JSP baseado em projeto de banco de dados MySQL

Gerador de código JSP baseado em projeto de banco de dados MySQL Gerador de código JSP baseado em projeto de banco de dados MySQL Juliane Menin Orientanda Prof. Alexander Roberto Valdameri Orientador Roteiro Introdução e Objetivos Fundamentação Teórica Especificação

Leia mais

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados UTFPR DAELN - Disciplina de Fundamentos de Programação II ( IF62C ). 1 Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados 1) Introdução! Em algumas situações, pode ser necessário preservar os objetos

Leia mais

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Aula 3 Cap. 4 Trabalhando com Banco de Dados Prof.: Marcelo Ferreira Ortega Introdução O trabalho com banco de dados utilizando o NetBeans se desenvolveu ao longo

Leia mais

Autenticação e Autorização

Autenticação e Autorização Autenticação e Autorização Introdução A segurança em aplicações corporativas está relacionada a diversos aspectos, tais como: autenticação, autorização e auditoria. A autenticação identifica quem acessa

Leia mais

C# - Conexão com MySQL

C# - Conexão com MySQL E S T A A P R E S E N T A Ç Ã O F O I E L A B O R A D A COMO M A T E R I A L DE A P O I O À A U L A DO P R O F E S S O R L E O L A R B A C K A O S A L U N O S DA E S C O L A T É C N I C A P O L I M I G.

Leia mais

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem 1 de 20 Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem Resolvi documentar uma solução que encontrei para fazer minhas cópias de segurança. Utilizo um software gratuito chamado Cobian Backup

Leia mais

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência Produto IV: ATU SAAP Manual de Referência Pablo Nogueira Oliveira Termo de Referência nº 129275 Contrato Número 2008/000988 Brasília, 30 de outubro de 2008 1 Sistema de Apoio à Ativideade Parlamentar SAAP

Leia mais

DOCUMENTO DE REQUISITOS

DOCUMENTO DE REQUISITOS DOCUMENTO DE REQUISITOS ID documento: Data: / / Versão : Responsável pelo documento: ID Projeto: HISTÓRICO DE REVISÕES Data de criação/ atualização Descrição da(s) Mudança(s) Ocorrida(s) Autor Versão do

Leia mais

Python Acessando o Banco de Dados MySQL

Python Acessando o Banco de Dados MySQL Python Acessando o Banco de Dados MySQL ANTONIO SÉRGIO NOGUEIRA PRESIDENTE PRUDENTE SP 2009 1 Sumário 1. Introdução...3 2. Interface MySQL...3 3.Instalando o MySQLdb...3 4.Verificando se o MySQL está instalado...4

Leia mais

Dado: Fatos conhecidos que podem ser registrados e têm um significado implícito. Banco de Dados:

Dado: Fatos conhecidos que podem ser registrados e têm um significado implícito. Banco de Dados: MC536 Introdução Sumário Conceitos preliminares Funcionalidades Características principais Usuários Vantagens do uso de BDs Tendências mais recentes em SGBDs Algumas desvantagens Modelos de dados Classificação

Leia mais

Prof. Carlos Majer Aplicações Corporativas UNICID

Prof. Carlos Majer Aplicações Corporativas UNICID Este material pertence a Carlos A. Majer, Professor da Unidade Curricular: Aplicações Corporativas da Universidade Cidade de São Paulo UNICID Licença de Uso Este trabalho está licenciado sob uma Licença

Leia mais

Curso PHP Aula 08. Bruno Falcão brunogfalcao@gmail.com

Curso PHP Aula 08. Bruno Falcão brunogfalcao@gmail.com + Curso PHP Aula 08 Bruno Falcão brunogfalcao@gmail.com + Roteiro Conectividade com BD SQL + SQL Structured Query Language. Padrão para interagir com banco de dados relacionais. + Banco de dados Um banco

Leia mais

Como usar o SQLReactor para persistência de objetos PHP num banco de dados

Como usar o SQLReactor para persistência de objetos PHP num banco de dados PROGRAMAÇÃO Como usar o SQLReactor para persistência de objetos PHP num banco de dados Objetos PHP no banco A persistência de objetos PHP em bancos de dados não requer operações complicadas. Basta um mapeador

Leia mais

Qual o valor que tenho que pagar para ter um perfil na rede acheifacil?

Qual o valor que tenho que pagar para ter um perfil na rede acheifacil? Perguntas frequentes: Como funciona a Rede Achei Fácil? O Achei Fácil é uma rede de negócios em ambiente virtual, criada para facilitar o contato entre clientes e fornecedores de produtos e serviços, através

Leia mais

Conteúdo Programático de PHP

Conteúdo Programático de PHP Conteúdo Programático de PHP 1 Por que PHP? No mercado atual existem diversas tecnologias especializadas na integração de banco de dados com a WEB, sendo o PHP a linguagem que mais se desenvolve, tendo

Leia mais

Escrito por Sáb, 15 de Outubro de 2011 01:19 - Última atualização Seg, 26 de Março de 2012 03:32

Escrito por Sáb, 15 de Outubro de 2011 01:19 - Última atualização Seg, 26 de Março de 2012 03:32 Preço R$ 129.00 Compre aqui Curso de PHP O.O usando Adodb, aprenda a criar uma loja virtual (carrinho de compras) até a geração do boleto bancário. Usei: Mysql e Dreamweaver cs4. São 163 videoaulas, 2

Leia mais

Passos Preliminares: Acessando a máquina virtual via ssh.

Passos Preliminares: Acessando a máquina virtual via ssh. CIn/UFPE Sistemas de Informação Redes de Computadores Professor: Kelvin Lopes Dias Monitor: Edson Adriano Maravalho Avelar {kld,eama@cin.ufpe.br Instalando o APACHE, PHP (PHPADMIN), MySQL. Este tutorial

Leia mais

Guia de instalação básica do Sabre Red Workspace

Guia de instalação básica do Sabre Red Workspace Guia de instalação básica do Sabre Red Workspace Referência Rápida A N T E S D E C O M E Ç A R Este documento descreve uma instalação básica do The Sabre Red Workspace para usuários que: Podem baixar arquivos

Leia mais

PHP Orientado a Objetos Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Marcelo da Silveira Siedler siedler@gmail.com

PHP Orientado a Objetos Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Marcelo da Silveira Siedler siedler@gmail.com PHP Orientado a Objetos Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Marcelo da Silveira Siedler siedler@gmail.com SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Introdução

Leia mais

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel Programação de Computadores - I Profª Beatriz Profº Israel As 52 Palavras Reservadas O que são palavras reservadas São palavras que já existem na linguagem Java, e tem sua função já definida. NÃO podem

Leia mais

JDBC (Java Database Connectivity) Padrão de Projeto DAO (Data Access Object) Roteiro para instalação do banco de dados e do driver JDBC

JDBC (Java Database Connectivity) Padrão de Projeto DAO (Data Access Object) Roteiro para instalação do banco de dados e do driver JDBC JDBC (Java Database Connectivity) Padrão de Projeto DAO (Data Access Object) Roteiro para instalação do banco de dados e do driver JDBC Java Database Connectivity Provê acesso SQL ao banco de dados Principais

Leia mais

Prova de pré-requisito

Prova de pré-requisito Prova de pré-requisito PHP & MySQL: Técnicas para Web 2.0 1 - Qual das opções constrói a tabela abaixo: DIA MÊS ANO 28 04 1988 22 02 2002 a) b) c) dia mês ano

Leia mais

HIBERNATE EM APLICAÇÃO JAVA WEB

HIBERNATE EM APLICAÇÃO JAVA WEB HIBERNATE EM APLICAÇÃO JAVA WEB Raul Victtor Barbosa Claudino¹, Ricardo Ribeiro Rufino¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil victtor.claudino@gmail.com, ricardo@unipar.br Resumo: Este

Leia mais

Acesso a Banco. Conexão em Java. Conexão em Java. Programação Orientada a Objetos Profa. Cristiane e Prof. Daniel

Acesso a Banco. Conexão em Java. Conexão em Java. Programação Orientada a Objetos Profa. Cristiane e Prof. Daniel Acesso a Banco Programação Orientada a Objetos Profa. Cristiane e Prof. Daniel As conexões em Java são feitas através de uma ponte que implementa todas as funcionalidades que um banco de dados padrão deve

Leia mais

Programação Web com PHP. Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web

Programação Web com PHP. Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web Programação Web com PHP Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web Agenda O que é PHP? O que da pra fazer com PHP? Como a web funciona? Onde, quando e por que

Leia mais

13 Conectando PHP com MySQL 13.1 Introdução

13 Conectando PHP com MySQL 13.1 Introdução 13 Conectando PHP com MySQL 13.1 Introdução Agora que você já tem uma idéia básica de comandos MySQL, poderemos ver como a linguagem PHP pode interagir com este banco de dados através de inúmeras funções.

Leia mais

PHP Programando com Orientação a Objetos

PHP Programando com Orientação a Objetos PHP Programando com Orientação a Objetos 2 a edição Pablo Dall Oglio Novatec Sumário Sobre o autor... 13 Agradecimentos... 14 Nota do autor... 16 Organização do livro... 18 Capítulo 1 Introdução ao PHP...

Leia mais

Fórum Internacional Software Livre 8.0. PEAR::MDB2_Schema. Igor Feghali [ifeghali@php.net]

Fórum Internacional Software Livre 8.0. PEAR::MDB2_Schema. Igor Feghali [ifeghali@php.net] Fórum Internacional Software Livre 8.0 PEAR::MDB2_Schema Igor Feghali [ifeghali@php.net] Quem sou eu? Graduando em Engenharia de Computação pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) Participante

Leia mais

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1 Segurança na Web Capítulo 9: Segurança em Aplicações Web Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW Page 1 Introdução Quando se fala em segurança na WEB é preciso pensar inicialmente em duas frentes:

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais

Construtor de sites SoftPixel GUIA RÁPIDO - 1 -

Construtor de sites SoftPixel GUIA RÁPIDO - 1 - GUIA RÁPIDO - 1 - Sumário Introdução...3 Por que utilizar o Construtor de Sites?...3 Vantagens do Construtor de Sites...3 Conceitos básicos...3 Configuração básica do site...5 Definindo o layout/template

Leia mais

Construindo Aplicações Web com. PHPe MySQL. André Milani. Novatec

Construindo Aplicações Web com. PHPe MySQL. André Milani. Novatec Construindo Aplicações Web com PHPe MySQL André Milani Novatec Sumário Agradecimentos...17 Sobre o autor...18 Prefácio...19 Convenções utilizadas neste livro...20 Numeração de linhas... 20 Capítulo 1 Bem-vindo

Leia mais