OPTIMIZAÇÃO DO MTTR SIEMENS ENGENHARIA DE MANUTENÇÃO 10º CONGRESSO NACIONAL DE MANUTENÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OPTIMIZAÇÃO DO MTTR SIEMENS ENGENHARIA DE MANUTENÇÃO 10º CONGRESSO NACIONAL DE MANUTENÇÃO"

Transcrição

1 OPTIMIZAÇÃO DO MTTR 10º CONGRESSO NACIONAL DE MANUTENÇÃO SIEMENS ENGENHARIA DE MANUTENÇÃO 1

2 PORTFÓLIO Asset Performance Management Optimização de Energia Serviços de Consultoria para optimização da eficiência energética Engenharia de Manutenção Identificação de oportunidades e planos de melhoria Manutenção Implementação de sistemas de gestão da manutenção e processos de manutenção orientados para parcerias numa lógica win-win. Auditorias Energéticas (EHC) Auditorias à Manutenção (MHC) Manutenção Industrial (MOP) Planos de Racionalização e Optimização Energética (EOS) Optimização de Accionamentos (EOD) Análise à Performance da Gestão da Manutenção (MBR) Estudos de Diagnóstico e Planos De Melhoria (MIP) Programas de Gestão de Motores (MMP) 2

3 CUSTOS DA MANUTENÇÃO É UMA ABORDAGEM DETERMINANTE NO CONTEXTO ACTUAL : INCREMENTO DOS CUSTOS DE PRODUÇÃO DEVIDO A PARAGENS PROLONGADAS NECESSIDADE DE GARANTIR O ROI DOS EQUIPAMENTOS NOS PRAZOS DEFINIDOS PERDA DE COMPETITIVIDADE 3

4 DISPONIBILIDADE A DISPONIBILIDADE DE QUALQUER ACTIVO FISICO ASSUME UM PAPEL DETERMINANTE HOJE EM DIA DEVIDO: OPTIMIZAÇÃO DO CICLO DE VIDA ÚTIL DO EQUIPAMENTO INCREMENTO DA MECANIZAÇÃO E AUTOMATIZAÇÃO DOS PROCESSOS COMPETITIVIDADE GLOBAL RETORNO DO INVESTIMENTO 4

5 DISPONIBILIDADE Qualquer sistema falha, nada é completamente fiável, nada dura para sempre, um engenheiro deve admitir que um sistema algum dia falhará e portanto deve concentrar-se em fazer decrescer a frequência das falhas até um nível, económica e socialmente aceitável." Vollmann, Thomas E; Berry, William L; Whybark, D. Clay (Tradução livre) 5

6 DISPONIBILIDADE INTRINSECA Di = MTBF MTBF + MTTR Tempo durante o qual um equipamento ou sistema se encontra disponível para funcionamento. Procedimentos de Intervenção de Manutenção (PIM) 6

7 TEMPO TOTAL DE REPARAÇÃO TEMPO TOTAL DE PARAGEM Reconhecimento Acesso Diagnóstico Logística Repar./Subst. Testes TEMPO TOTAL DE REPARAÇÃO PROCEDIMENTO INTERVÊNÇÃO MANUTENÇÃO (PIM) Procedimento Intervênção Manutenção 1. Objectivo 2. Alcance 3. Lista de Meios 4. Desenvolvimento 5. Responsabilidades 6. Recursos 7. Segurança 7

8 OBJECTIVO INCREMENTO DA DISPONIBILIDADE REDUÇÃO DO TEMPO TOTAL DE REPARAÇÃO PIM 8

9 O QUE É O PIM UM MODO SIMPLES E EFICAZ DE INCREMENTAR A DISPONIBILIDADE UM PROCESSO QUE AGILIZA A EXECUÇÃO DO TRABALHO NA PRESENÇA DE UMA AVARIA AJUDA A CONCENTRAR NO QUE É IMPORTANTE PARA MELHORAR A PERFORMANCE DO EQUIPAMENTO E NÃO APENAS EM REPARÁ-LO DESENVOLVER E COLIGIR TODA A INFORMAÇÃO BASEADA NA EXPERIÊNCIA INTERNA AGREGANDO-A COM O CONHECIMENTO EXTERNO DE MODO SISTEMÁTICO E PROACTIVO UMA FERRAMENTA QUE DE MODO RETROACTIVO MINIMIZA OS TEMPOS DE IMOBILIZAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS E/OU SISTEMAS 9

10 O QUE NÃO É! UMA FORMA DE DIZER AOS TÉCNICOS QUAL A MANEIRA PARA REPARAR O EQUIPAMENTO IMPLEMENTAÇÃO DE PROCEDIMENTOS STANDARD SEM CONSIDERAR A EXPERIÊNCIA INTERNA CRIAR MAIS PAPEIS ADMINISTRATIVOS ALTERAÇÕES DE ORGANIZAÇÃO 10

11 METODOLOGIA (PIM) MELHORIA DA EFICIÊNCIA SEM GRANDES INVESTIMENTOS ADICIONAIS ENGENHARIA DE MANUTENÇÃO IMPLEMENTAÇÃO DAS MELHORES PRÁTICAS NOS PROCESSOS E MÉTODOS A APLICAR FOCUS NO DECRÉSCIMO DO TEMPO DE IMOBILIZAÇÃO INTEGRAÇÃO DO KNOW-HOW INTERNO 11

12 METODOLOGIA (PIM) ENGENHARIA DE MANUTENÇÃO A MELHORIA CONTINUA EM MANUTENÇÃO É UM PROCESSO DE MUDANÇA QUE SÓ PODE SER ALCANÇADO COM O ENVOLVIMENTO ALARGADO DE VÁRIOS SABERES FOCUS NO DECRÉSCIMO DO TEMPO DE IMOBILIZAÇÃO INTEGRAÇÃO DO KNOW-HOW INTERNO 12

13 METODOLOGIA (PIM) IMPLEMENTAR OS PROCESSOS NECESSÁRIOS PARA MINIMIZAR OS TEMPOS DE IMOBILIZAÇÃO ENGENHARIA DE MANUTENÇÃO FOCUS NO DECRÉSCIMO DO TEMPO DE IMOBILIZAÇÃO INTEGRAÇÃO DO KNOW-HOW INTERNO 13

14 METODOLOGIA (PIM) A pertinência para executar o PIM deve ter em consideração os seguintes factores: Falhas repetitivas nos equipamentos ou sistemas Equipamentos ou sistemas críticos com grande impacto na produção Grande indisponibilidade da instalação Custos elevados de reparação 14

15 METODOLOGIA (PIM) Aspectos a considerar no desenvolvimento Desenvolvimento e organização do trabalho Transporte e manuseamento Meios materiais Peças de reserva Informação técnica relevante Tipificação dos recursos humanos envolvidos Planeamento e tempo de execução Informações relacionadas com segurança e ambiente Testes e ajustes 15

16 METODOLOGIA (PIM) Detecção Reavaliação Procedimento Execução Ocorrência Relatório de Ocorrência PIM Reconfigurar Intervênção de Manutenção Desenvolver Melhoria de Métodos Melhorar Melhoria Contínua Executar Verificar 16

17 EXEMPLO 17

18 VANTAGENS Economia de Tempo: o PIM garante ritmos mais rápidos nas intervenções. Maior qualidade, menos desperdícios: a normalização resulta num efectivo ganho de eficiência. Mais satisfação no trabalho: quando se sabe exactamente o que se tem que fazer e como fazer, existe menor stress, maior produtividade e menor probabilidade de erro. 18

19 VANTAGENS Redução dos riscos de acidente: a avaliação prévia dos riscos de segurança permite acautelar os acidentes e reduzir a probabilidade de ocorrência dos mesmos. Optimização dos stocks: conhecimento antecipado das necessidades. Optimização dos recursos envolvidos: aumenta a produtividade. Redução de custos: Maior disponibilidade maior produtividade 19

20 Estudos de Diagnóstico e Planos De Melhoria (MIP) SERVIÇOS SUPORTADOS EM CONHECIMENTO E ORIENTADOS PARA A ACÇÃO 20

21 ASSEGURAMOS O SUCESSO DOS NOSSOS CLIENTES OBRIGADO PELA ATENÇÃO DISPENSADA 21

Gestão. e Organização Industrial. Ficha Técnica PRONACI

Gestão. e Organização Industrial. Ficha Técnica PRONACI Gestão e Organização Industrial Ficha Técnica PRONACI Ficha Técnica PRONACI Gestão e Organização Industrial João Augusto de Sousa Bastos PRONACI - Programa Nacional de Formação de Chefias Intermédias AEP

Leia mais

Capítulo I Introdução à gestão da manutenção Capítulo II Terminologia, definições e conceitos

Capítulo I Introdução à gestão da manutenção Capítulo II Terminologia, definições e conceitos Prefácio XIII Nota do Autor XV Capítulo I Introdução à gestão da manutenção 1 1.1. A manutenção 2 1.2. A gestão 4 1.3. Gestão da manutenção 5 1.4. Custos de manutenção 7 1.5. Software de gestão da manutenção

Leia mais

Seminário MANUTENÇÃO E GESTÃO LEAN

Seminário MANUTENÇÃO E GESTÃO LEAN Seminário MANUTENÇÃO E GESTÃO LEAN LISBOA 9 de Novembro de 2011 A PROCURA INCESSANTE DO EMAGRECIMENTO 1 INTRODUÇÃO HOJE EM DIA A MAIOR PARTE DAS ORGANIZAÇÕES ACTUA MAIS NUMA LÓGICA DE SOBREVIVÊNCIA. O

Leia mais

Engenharia de Accionamentos \ Accionamentos Electrónicos \ Integração de Sistemas \ Serviços. CDS Complete Drive Service A gama modular de serviços

Engenharia de Accionamentos \ Accionamentos Electrónicos \ Integração de Sistemas \ Serviços. CDS Complete Drive Service A gama modular de serviços Engenharia de Accionamentos \ Accionamentos Electrónicos \ Integração de Sistemas \ Serviços CDS Complete Drive Service A gama modular de serviços 2 Overline CDS Complete Drive Service A estratégia de

Leia mais

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA AMedi T Finance é a mais recente aposta do Grupo Medi T. É uma organização multidisciplinar que presta serviços profissionais nasáreas da Assessoria Financeira, Contabilidade, Auditoria e Consultoria.

Leia mais

OS SISTEMAS DE GESTÃO DA MANUTENÇÃO DO MATERIAL CIRCULANTE

OS SISTEMAS DE GESTÃO DA MANUTENÇÃO DO MATERIAL CIRCULANTE OS SISTEMAS DE GESTÃO DA MANUTENÇÃO DO MATERIAL CIRCULANTE 1. REFERÊNCIAS [1] - Bases Gerais para a Implementação de Sistemas de Gestão da Manutenção de Material Circulante, Instrução Técnica 5, INCFA

Leia mais

Negócios à Sua dimensão

Negócios à Sua dimensão Negócios à Sua dimensão O seu Software de Gestão acompanha-o? O ArtSOFT pode ser a solução de gestão da sua empresa. O ArtSOFT Profissional permite o controlo total sobre a gestão da sua empresa, assegura

Leia mais

Parece-me que alguém nos quer ultrapassar

Parece-me que alguém nos quer ultrapassar O que é a Manutenção? Conjunto de acções conduzidas com o fim de manter em condição aceitável as instalações e o equipamento fabril de forma a assegurar a regularidade da produção, a sua qualidade e a

Leia mais

SGI. Serviço de Gestão de Impressão BOA GESTÃO PARA MELHOR IMPRESSÃO

SGI. Serviço de Gestão de Impressão BOA GESTÃO PARA MELHOR IMPRESSÃO SGI Serviço de Gestão de Impressão BOA GESTÃO PARA MELHOR IMPRESSÃO CONHECE OS CUSTOS DE IMPRESSÃO DA SUA ORGANIZAÇÃO? O actual contexto mundial torna central a necessidade de reequacionar gastos a todos

Leia mais

Inversores de frequência de média tensão Serviços para gerenciar o ciclo de vida, assegurando confiabilidade, disponibilidade e eficiência

Inversores de frequência de média tensão Serviços para gerenciar o ciclo de vida, assegurando confiabilidade, disponibilidade e eficiência Inversores de frequência de média tensão Serviços para gerenciar o ciclo de vida, assegurando confiabilidade, disponibilidade e eficiência 2 Serviços para gerenciar o ciclo de vida dos inversores de média

Leia mais

Catálogo de Serviços de Assistência. Assistência técnica ABB Mais produtividade, menos custos

Catálogo de Serviços de Assistência. Assistência técnica ABB Mais produtividade, menos custos Catálogo de Serviços de Assistência Assistência técnica ABB Mais produtividade, menos custos ABB em Portugal A nossa organização Power Products Power Systems Discrete Automation & Motion Low Voltage Products

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO REMOTA DE EQUIPAMENTOS

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO REMOTA DE EQUIPAMENTOS SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO REMOTA DE EQUIPAMENTOS Sobre a SOL-S e SOLSUNI Fundada em 1992; Integrador de Soluções, com vasta experiência de Tecnologias de Informação, disponibiliza um completo portfolio

Leia mais

Ciclo de Formação e Treino em Manutenção e TPM

Ciclo de Formação e Treino em Manutenção e TPM Manutenção e A MANUTENÇÃO O PILAR ESSENCIAL DOS SISTEMAS PRODUTIVOS Não seria excelente se existisse um sistema de manutenção que reparasse o seu equipamento antes de ele avariar? Sim, pois quando os equipamentos

Leia mais

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T BUSINESS IMPROVEMENT A I N D E V E QUEM É A Indeve é uma empresa especializada em Business Improvement, composta por consultores com uma vasta experiência e com um grande conhecimento do mundo empresarial

Leia mais

Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM

Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM por Engº João Barata (jbarata@ctcv.pt), CTCV Inovação Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro 1. - INTRODUÇÃO Os sub-sistemas de gestão, qualquer que seja o seu

Leia mais

Prognos SMART OPTIMIZATION

Prognos SMART OPTIMIZATION Prognos SMART OPTIMIZATION A resposta aos seus desafios Menos estimativas e mais controlo na distribuição A ISA desenvolveu um novo software que permite o acesso a dados remotos. Através de informação

Leia mais

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA Introdução Nesta edição do Catálogo de Serviços apresentamos os vários tipos de serviços que compõe a actual oferta da Primavera na área dos serviços de consultoria.

Leia mais

Os Nossos Serviços. Learning is Changing! Project Management PMI

Os Nossos Serviços. Learning is Changing! Project Management PMI Learning is Changing! A actualidade apresenta-nos desafios constantes, que exigem novas respostas e soluções inovadoras, para um Futuro de Crescimento e Competitividade. Learning is Changing! reflecte

Leia mais

Daniel Gaspar. A evolução da Manutenção e os seus modelos de gestão

Daniel Gaspar. A evolução da Manutenção e os seus modelos de gestão Daniel Gaspar A evolução da Manutenção e os seus modelos de gestão Leiria, 2 de Junho de 2004 Introdução Evolução Estratégia Organização Modelos de gestão 2 3 Quando a manutenção e o sistema de informação

Leia mais

Soluções de análise preditiva para optimizar os processos de negócio. João Pequito. Director Geral da PSE

Soluções de análise preditiva para optimizar os processos de negócio. João Pequito. Director Geral da PSE Soluções de análise preditiva para optimizar os processos de negócio João Pequito Director Geral da PSE Soluções de análise preditiva para optimizar os processos de negócio Qualquer instituição tem hoje

Leia mais

METODOLOGIA PARA DIMENSIONAMENTO DE ATIVOS RESERVAS EM EMPRESAS CONCESSIONÁRIAS DE ENERGIA ELÉTRICA, APLICADA A TRANSFORMADORES DE FORÇA

METODOLOGIA PARA DIMENSIONAMENTO DE ATIVOS RESERVAS EM EMPRESAS CONCESSIONÁRIAS DE ENERGIA ELÉTRICA, APLICADA A TRANSFORMADORES DE FORÇA METODOLOGIA PARA DIMENSIONAMENTO DE ATIVOS RESERVAS EM EMPRESAS CONCESSIONÁRIAS DE ENERGIA ELÉTRICA, APLICADA A TRANSFORMADORES DE FORÇA Autores: Heitor Inácio Sardinha Luiz Rogério Varasquim Clay Tutaj

Leia mais

PLANEAMENTO ESTRATÉGICO DE SI/TI

PLANEAMENTO ESTRATÉGICO DE SI/TI (1) PLANEAMENTO ESTRATÉGICO DE SI/TI Docente: Turma: T15 Grupo 5 Mestre António Cardão Pito João Curinha; Rui Pratas; Susana Rosa; Tomás Cruz Tópicos (2) Planeamento Estratégico de SI/TI Evolução dos SI

Leia mais

Manutenção em tempos de crise económica Importância da Gestão da Manutenção

Manutenção em tempos de crise económica Importância da Gestão da Manutenção Manutenção em tempos de crise económica Importância da Gestão da Manutenção Por: Patrícia Isabel Correia* A ausência de um Sistema de Gestão de Manutenção provocou, ao longo de muitos anos, a deterioração

Leia mais

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A.

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. Empresa especializada na concepção, instalação e manutenção de equipamentos para a indústria hoteleira, restauração e similares. Primeira empresa do sector a nível

Leia mais

Gestão e Controle de Energia Building Technologies

Gestão e Controle de Energia Building Technologies Gestão e Controle de Energia Copyright Siemens Switzerland Ltd. All rights reserved. Índice Empresa e Organização 3 Performance e Sustentabilidade em Edifícios 6 Produtos, Soluções e Serviços 10 Gestão

Leia mais

MANUAL FORMAÇÃO PME GESTÃO DA PRODUÇÃO E QUALIDADE. Programa Formação PME Manual de Formação para Empresários 1/36

MANUAL FORMAÇÃO PME GESTÃO DA PRODUÇÃO E QUALIDADE. Programa Formação PME Manual de Formação para Empresários 1/36 MANUAL FORMAÇÃO PME GESTÃO DA PRODUÇÃO E QUALIDADE 1/36 OBJECTIVOS DA FUNÇÃO PRODUÇÃO... 3 A CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO... 5 INFRA-ESTRUTURAS... 10 EQUIPAMENTOS... 12 CONCEPÇÃO E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Inovação e Tendências

Inovação e Tendências As Compras Como Fonte de Inovação e Valorização Inovação e Tendências Apresentação Corporativa Confidencial IBP Innovation Based Procurement Tiago Melo Cabral Senior Manager 12 de Novembro Motivação do

Leia mais

A ISO 50001. Fórum SPQ Expo 27 de Setembro de 2013

A ISO 50001. Fórum SPQ Expo 27 de Setembro de 2013 Fórum SPQ Expo 27 de Setembro de 2013 Agenda Introdução aos Sistemas de Gestão de Energia Princípios da ISO 50001 Relação entre a ISO 50001 e outras normas como a ISO 14001 ou a ISO 9001 2 O problema económico

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DO PROGRAMA FORMAÇÃO-ACÇÃO PME

CARACTERIZAÇÃO DO PROGRAMA FORMAÇÃO-ACÇÃO PME CARACTERIZAÇÃO DO PROGRAMA FORMAÇÃO-ACÇÃO PME NATUREZA DO PROGRAMA O Programa Formação-Acção PME consiste num itinerário de Formação e Consultoria Especializada (Formação-Acção Individualizada), inteiramente

Leia mais

Sistema de Tensionamento de Correias SKF. A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo

Sistema de Tensionamento de Correias SKF. A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo Sistema de Tensionamento de Correias SKF A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo Sistema de Tensionamento de Correias SKF Uma solução inovadora para as transmissões por correias É sabido

Leia mais

Consultoria e Formação, em Entidades Públicas e Privadas, de Sistemas de Gestão de:

Consultoria e Formação, em Entidades Públicas e Privadas, de Sistemas de Gestão de: Consultoria e Formação, em Entidades Públicas e Privadas, de Sistemas de Gestão de: Qualidade e IT Service Management Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI) Ambiente Higiene e Segurança no Trabalho

Leia mais

O DESAFIO DOS EXECUTIVOS

O DESAFIO DOS EXECUTIVOS COACHING EXECUTIVO O DESAFIO DOS EXECUTIVOS Os executivos das empresas estão sujeitos a pressões crescentes para entregarem mais e melhores resultados, liderando as suas organizações através de mudanças

Leia mais

O seu parceiro na Gestão de Projetos e Manutenção

O seu parceiro na Gestão de Projetos e Manutenção O seu parceiro na Gestão de Projetos e Manutenção Índice 1. Introdução. 3 2. PROM&E GROUP.... 4 3. Building Management Organograma. 6 3.1 Project Management 7 3.2 Gestão Manutenção.. 16 3.3 Otimização

Leia mais

SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO PROGRAMA DE FORMAÇÃO

SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO PROGRAMA DE FORMAÇÃO FORMAÇÃO SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 1 Introdução No actual quadro legislativo (35/2004) é bem claro que a responsabilidade pelas condições de Segurança, Higiene e Saúde

Leia mais

VI Jornadas técnicas de segurança no trabalho da AEVA

VI Jornadas técnicas de segurança no trabalho da AEVA VI Jornadas técnicas de segurança no trabalho da AEVA Agenda Volkswagen Autoeuropa em Portugal Produtos e produção Recursos Humanos Boas práticas preventivas 2/32 Volkswagen Autoeuropa em Portugal 3/32

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE GESTORES EM MANUTENÇÃO DE EXCELÊNCIA

CURSO DE FORMAÇÃO DE GESTORES EM MANUTENÇÃO DE EXCELÊNCIA 2013 15 anos CURSO DE FORMAÇÃO DE GESTORES EM MANUTENÇÃO DE EXCELÊNCIA Ministrante: Sidnei Lopes Dias Realização: Gênesis Assessoria Empresarial CURSO DE FORMAÇÃO DE GESTORES EM MANUTENÇÃO DE EXCELÊNCIA

Leia mais

Catálogo de Formação Intra-Empresas

Catálogo de Formação Intra-Empresas Catálogo de Formação Intra-Empresas QTEL 2015 Índice Quem Somos.....Pág. 3 6 Razões para Escolher a QTEL.....Pág. 5 Formação em Ambiente....Pág. 6 Formação em Gestão e Logística..Pág. 7 Formação em Inovação

Leia mais

Selling Tools. Dale Carnegie Training Portugal www.dalecarnegie.pt customerservice@dalecarnegie.pt

Selling Tools. Dale Carnegie Training Portugal www.dalecarnegie.pt customerservice@dalecarnegie.pt Dale Carnegie Training Portugal www.dalecarnegie.pt customerservice@dalecarnegie.pt Enquadramento As vendas têm um ambiente próprio; técnicas e processos específicos. A forma de estar, o networking, os

Leia mais

ThyssenKrupp Elevadores

ThyssenKrupp Elevadores ThyssenKrupp Elevadores ,, Temos à sua disposição uma rede de delegações que nos permite estar próximos dos nossos clientes. Todos os nossos colaboradores são formados e estão empenhados em fornecer um

Leia mais

CONTRIBUTO DA INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA NA GESTÃO OPERACIONAL DE ENTIDADES GESTORAS DE SERVIÇOS DE ÁGUAS

CONTRIBUTO DA INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA NA GESTÃO OPERACIONAL DE ENTIDADES GESTORAS DE SERVIÇOS DE ÁGUAS CONTRIBUTO DA INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA NA GESTÃO OPERACIONAL DE ENTIDADES GESTORAS DE SERVIÇOS DE ÁGUAS JOÃO COELHO RITA ALMEIDA ALICE GANHÃO ANA SANTOS JOÃO FELICIANO Conferência Nacional de Geodecisão Escola

Leia mais

A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Agenda Enquadramento dos consumos Energéticos nos Edifícios e no ramo Hoteleiro Enerbiz Conceito Geral e explicação funcional Conclusões e Aspetos Gerais Índice Enquadramento

Leia mais

DESIGNING YOUR ACHIEVEMENT PRODUTOS E SERVIÇOS

DESIGNING YOUR ACHIEVEMENT PRODUTOS E SERVIÇOS DESIGNING YOUR ACHIEVEMENT PRODUTOS E SERVIÇOS Gestão de Tempo e Produtividade Pessoal HIGHER LEVELS OF ACHIEVEMENT MORE MEANINGFUL RESULTS BETTER BALANCED LIFE-STYLE NEM SEMPRE A CAPACIDADE DE REALIZAÇÃO

Leia mais

SQS Portugal Portfólio de Serviços de Segurança. SQS Software Quality Systems

SQS Portugal Portfólio de Serviços de Segurança. SQS Software Quality Systems SQS Portugal Portfólio de Serviços de Segurança SQS Software Quality Systems SQS Portugal Apresentação A SQS Portugal - Software Quality Systems, é uma empresa especializada em ajudar os seus clientes

Leia mais

Speed Up. Smart Conveying Technology.

Speed Up. Smart Conveying Technology. Speed Up. Smart Conveying Technology. Rápido, mais rápido, seepex. No ano de 2008, criámos a Smart Stator Technology uma solução mecânica que reduz claramente o tempo de manutenção, montagem e desmontagem

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 2. ANÁLISE ESTRATÉGICA

1. INTRODUÇÃO 2. ANÁLISE ESTRATÉGICA CADERNO FICHA 11. RECUPERAÇÃO 11.4. OBJECTIVOS ESTRATÉGICOS O presente documento constitui uma Ficha que é parte integrante de um Caderno temático, de âmbito mais alargado, não podendo, por isso, ser interpretado

Leia mais

ARQUIVO DIGITAL e Gestão de Documentos

ARQUIVO DIGITAL e Gestão de Documentos ARQUIVO DIGITAL e Gestão de Documentos TECNOLOGIA INOVAÇÃO SOFTWARE SERVIÇOS A MISTER DOC foi constituída com o objectivo de se tornar uma referência no mercado de fornecimento de soluções de gestão de

Leia mais

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia:

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia: GRUPO FERREIRA A GFH, é um Grupo sólido e inovador, detendo um curriculum de projectos de qualidade reconhecida, com um portfólio de negócios diversificado, e que aposta no processo de internacionalização,

Leia mais

Instituto Superior Politécnico de Viseu. SÉRIE - ISO 14000 - Gestão Ambiental. José Vicente Ferreira

Instituto Superior Politécnico de Viseu. SÉRIE - ISO 14000 - Gestão Ambiental. José Vicente Ferreira Instituto Superior Politécnico de Viseu SÉRIE - ISO 14000 - Gestão Ambiental José Vicente Ferreira SÉRIE ISO 14000 Gestão Ambiental Sistema Gestão Ambiental Análise Ciclo Vida Avaliação Performance Ambiental

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO. Como Elaborar e Controlar um. Para Garantir a Fiabilidade e Segurança das Instalações 4ª EDIÇÃO CURSO

PLANO DE MANUTENÇÃO. Como Elaborar e Controlar um. Para Garantir a Fiabilidade e Segurança das Instalações 4ª EDIÇÃO CURSO 4ª EDIÇÃO CURSO Como Elaborar e Controlar um PLANO DE MANUTENÇÃO Para Garantir a Fiabilidade e Segurança das Instalações LUANDA 17 e 18 de NOVEMBRO de 2014 8 Razões para participar neste Curso Saber quais

Leia mais

A Normalização e a Gestão do Risco

A Normalização e a Gestão do Risco A Normalização e a Gestão do Risco ISO 26000 e a Gestão do Risco 22 de Maio 2014 João Simião Algumas reflexões para partilhar 2 Curiosidades sobre riscos Sabia que o termo risco (risk) é referido em 141

Leia mais

GESTÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS

GESTÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS GESTÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS GESTÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS O SETOR Antes de 1993, a situação global dos serviços de abastecimento público de água e saneamento de águas residuais

Leia mais

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição www.pwc.pt/academia Controlo de Gestão 2ª Edição Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013 Academia da PwC 2ª edição Este curso permite-lhe compreender melhor os princípios do controlo de gestão, com especial enfoque

Leia mais

O que são controladores elétricos? Dispositivo Electronico que melhora a passagem de corrente electrica no circuito Home ou Empresarial.

O que são controladores elétricos? Dispositivo Electronico que melhora a passagem de corrente electrica no circuito Home ou Empresarial. O que são controladores elétricos? Dispositivo Electronico que melhora a passagem de corrente electrica no circuito Home ou Empresarial. Ligue o controlador Power Saver na primeira tomada mais próxima

Leia mais

Enterprise Asset Management. Simplicidade e eficiência na gestão de Ativos e Instalações

Enterprise Asset Management. Simplicidade e eficiência na gestão de Ativos e Instalações Enterprise Asset Management Simplicidade e eficiência na gestão de Ativos e Instalações Maximize a capacidade operacional dos seus Ativos. Acelere a rentabilidade. E obtenha um rápido retorno do investimento

Leia mais

GRUPO. Consultoria. Serviços. Manutenção & Serralharia. Construção

GRUPO. Consultoria. Serviços. Manutenção & Serralharia. Construção GRUPO Construção Manutenção & Serralharia Consultoria Serviços SOLUÇÕES PARA SI! Com uma larga experiência nas áreas da Construção, Manutenção, Serralharia, Consultoria e Serviços, a RIMSM destaca-se pela

Leia mais

indiferenca.com Índice Empresa Pág. 3 Valores Pág. 3 Mercado Pág. 4 Serviços Pág. 4 Marcas Pág. 6 Protocolo Pág. 7 Vantagens

indiferenca.com Índice Empresa Pág. 3 Valores Pág. 3 Mercado Pág. 4 Serviços Pág. 4 Marcas Pág. 6 Protocolo Pág. 7 Vantagens Página2 Índice Empresa Valores Mercado Serviços Marcas Protocolo Vantagens a. Alunos / Docentes / Funcionários Contrapartidas Pág. 3 Pág. 3 Pág. 4 Pág. 4 Pág. 6 Pág. 7 Pág. 7 Pág. 8 Pág. 8 4440-650 Valongo

Leia mais

DETEÇÃO DE INFRAESTRUTURAS ENTERRADAS INSPEÇÃO TERMOGRÁFICA POR INFRAVERMELHOS

DETEÇÃO DE INFRAESTRUTURAS ENTERRADAS INSPEÇÃO TERMOGRÁFICA POR INFRAVERMELHOS Geodetect, Lda. DETEÇÃO DE INFRAESTRUTURAS ENTERRADAS INSPEÇÃO TERMOGRÁFICA POR INFRAVERMELHOS Travessa do Governo Civil, Nº4 2ºDrt. Sala 5 3810-118 Aveiro PORTUGAL (+351) 967 085 701 (+351) 963 829 703

Leia mais

TÉCNICOS. CURSO de TÉCNICAS DE GESTÃO DE ENERGIA

TÉCNICOS. CURSO de TÉCNICAS DE GESTÃO DE ENERGIA TÉCNICOS CURSO de TÉCNICAS DE GESTÃO DE ENERGIA A utilização racional de energia (URE) visa proporcionar o mesmo nível de produção de bens, serviços e níveis de conforto através de tecnologias que reduzem

Leia mais

Soluções de Retrofit Modernize, aumentando confiabilidade e eficiência do seu equipamento

Soluções de Retrofit Modernize, aumentando confiabilidade e eficiência do seu equipamento Soluções de Retrofit Modernize, aumentando confiabilidade e eficiência do seu equipamento É hora de renovar O mercado de retrofit tem crescido exponencialmente nos últimos anos. Novas regulamentações

Leia mais

Ciclo de formações: Fiabilidade e manutenção/ e Segurança Funcional e Analise de risco

Ciclo de formações: Fiabilidade e manutenção/ e Segurança Funcional e Analise de risco CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PROJECTO EM CONTROLO E APLICAÇÃO DE MÁQUINAS ELÉCTRICAS Ciclo de formações: Fiabilidade e manutenção/ e Segurança Funcional e Analise de risco Edição de 201 Organização CIPROMEC

Leia mais

Este sistema é sustentado por 14 pilares: Elemento 1 Liderança, Responsabilidade e Gestão

Este sistema é sustentado por 14 pilares: Elemento 1 Liderança, Responsabilidade e Gestão Este sistema é sustentado por 14 pilares: Elemento 1 Liderança, Responsabilidade e Gestão Como as pessoas tendem a imitar os seus líderes, estes devem-se empenhar e comprometer-se com o QSSA, para servirem

Leia mais

AUDITORIAS INTERNAS DO AMBIENTE ISO 14001:2004. de acordo com ISO 19011:2002

AUDITORIAS INTERNAS DO AMBIENTE ISO 14001:2004. de acordo com ISO 19011:2002 AUDITORIAS INTERNAS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 de acordo com ISO 19011:2002 Antes de começar Este curso está suportado: Nas Normas Internacionais ISO 14001:2004 e ISO 19011:2002 2 Objectivos No final da

Leia mais

Marcos N. Lessa. Global Document Outsourcing Director

Marcos N. Lessa. Global Document Outsourcing Director Marcos N. Lessa Global Document Outsourcing Director Managed Print Services: Serviço de valor acrescentado Managed Print Services (MPS) é um serviço que envolve a gestão de todos os equipamentos de impressão,

Leia mais

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com Moçambique Agenda EVENTOS 2013 NEW!! Também in Company INSCREVA-SE EM inscrip@iirportugal.com VISITE www.iirportugal.com INOVAÇÃO Estimado cliente, Temos o prazer de lhe apresentar em exclusiva o novo

Leia mais

Como melhorar a Sustentabilidade através da implementação de um Sistema Integrado de Gestão Qualidade, Ambiente e Segurança

Como melhorar a Sustentabilidade através da implementação de um Sistema Integrado de Gestão Qualidade, Ambiente e Segurança Como melhorar a Sustentabilidade através da implementação de um Sistema Integrado de Gestão Qualidade, Ambiente e Segurança ENQUADRAMENTO O QUE SE PRETENDE? A IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO

Leia mais

LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA

LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA ENTREGA ESPECIAL Na economia globalizada 24/7 de hoje, a logística e a gestão de armazéns eficientes são essenciais para o sucesso operacional. O BEUMER Group possui

Leia mais

SMARTCALL. Apresentação

SMARTCALL. Apresentação SOBRE A SMARTCALL SMARTCALL Apresentação A SmartCall desenvolve serviços inovadores direccionados para a dinamização do relacionamento das empresas com os seus clientes e a criação de novas oportunidades

Leia mais

Desenvolvimento de uma Política de Prevenção de Acidentes Graves e de. um Sistema de Gestão da Segurança para a Prevenção de Acidentes

Desenvolvimento de uma Política de Prevenção de Acidentes Graves e de. um Sistema de Gestão da Segurança para a Prevenção de Acidentes Linhas de Orientação Desenvolvimento de uma Política de Prevenção de Acidentes Graves e de um Sistema de Gestão da Segurança para a Prevenção de Acidentes Graves Definição da Política Revisão pela Direcção

Leia mais

Iniciativa PE2020. A Engenharia como fator de competitividade Projetos colaborativos. António Manzoni/Vilar Filipe

Iniciativa PE2020. A Engenharia como fator de competitividade Projetos colaborativos. António Manzoni/Vilar Filipe Iniciativa PE2020 A Engenharia como fator de competitividade Projetos colaborativos António Manzoni/Vilar Filipe Novembro 2013 Projeto Engenharia 2020 Preocupações macroeconómicas Papel da engenharia na

Leia mais

Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Formação

Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Formação Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Janeiro-2010 Para a boa gestão de pessoas, as empresas devem elevar o RH à posição de poder e primazia na organização e garantir que o pessoal

Leia mais

APRESENTAÇÃO. www.get-pt.com 1

APRESENTAÇÃO. www.get-pt.com 1 APRESENTAÇÃO www.get-pt.com 1 -2- CULTURA GET -1- A nossa Visão Acreditamos que o elemento crítico para a obtenção de resultados superiores são as Pessoas. A nossa Missão A nossa missão é ajudar a melhorar

Leia mais

Segurança e Higiene no Trabalho

Segurança e Higiene no Trabalho Guia Técnico Segurança e Higiene no Trabalho Volume III Análise de Riscos um Guia Técnico de Copyright, todos os direitos reservados. Este Guia Técnico não pode ser reproduzido ou distribuído sem a expressa

Leia mais

Manual do Serviço. Trabalho Realizado por: Maria João Santos

Manual do Serviço. Trabalho Realizado por: Maria João Santos Manual do Serviço Pós-venda Trabalho Realizado por: Maria João Santos Organização do Trabalho: Conceito de Serviço Pós-Venda Importância do Serviço Pós-Venda Desafios Gestão de stocks Ordens de Serviço

Leia mais

RHIND Group. Rhind Group. Nossa Equipe. Nosso objetivo

RHIND Group. Rhind Group. Nossa Equipe. Nosso objetivo Rhind Group É uma empresa estruturada para prover soluções em consultoria e assessoria empresarial aos seus clientes e parceiros de negócios. Com larga experiência no mercado, a Rhind Group tem uma trajetória

Leia mais

Série R RTAC 500-1500 kw Valor incomparável entre os chillers arrefecidos a ar com eficiência de classe A

Série R RTAC 500-1500 kw Valor incomparável entre os chillers arrefecidos a ar com eficiência de classe A Série R RTAC 500-1500 kw Valor incomparável entre os chillers arrefecidos a ar com eficiência de classe A Chillers de condensação por ar RTAC da Volte-se para a gama Trane de chillers arrefecidos a ar

Leia mais

CATÁLOGO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Valorizamos a sua energia

CATÁLOGO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Valorizamos a sua energia CATÁLOGO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Valorizamos a sua energia ÍNDICE AUTOCONSUMO FOTOVOLTAICO AR COMPRIMIDO CORREÇÃO FATOR DE POTÊNCIA DIAGNÓSTICO E AUDITORIA ENERGÉTICA ILUMINAÇÃO MONITORIZAÇÃO DE ENERGIA

Leia mais

Würth O Parceiro da indústria. O nosso serviço & know-how a sua segurança!

Würth O Parceiro da indústria. O nosso serviço & know-how a sua segurança! Würth O Parceiro da indústria O nosso serviço & know-how a sua segurança! Würth industry service Comece pela nossa gama de produtos standard e integre os seus artigos especiais Elementos de Fixação de

Leia mais

Campanha Nacional Certificar para Ganhar o Futuro

Campanha Nacional Certificar para Ganhar o Futuro Campanha Nacional Certificar para Ganhar o Futuro 19 Junho de 2007 Ponta Delgada Universidade dos Açores José Romão Leite Braz Administrador Finançor Agro Alimentar, S.A. Índice Breve descrição do Grupo

Leia mais

Redes Inteligentes. A Rede do Futuro Construída Hoje

Redes Inteligentes. A Rede do Futuro Construída Hoje Redes Inteligentes A Rede do Futuro Construída Hoje Grupo Efacec, Breve descrição Ao longo da sua história, a Efacec tem vindo a antecipar as mudanças num mundo extremamente competitivo, tornando-se numa

Leia mais

Eficiência Energética. Monitorização e Análise do Consumo Energético de Edifícios

Eficiência Energética. Monitorização e Análise do Consumo Energético de Edifícios j Infrastructures & Cites Building Efficiency Monitoring Eficiência Energética Monitorização e Análise do Consumo Energético de Edifícios Monitorização e Controlo de Energia de forma simples e eficaz.

Leia mais

Industry Services. Serviços de alta performance e confiabilidade em todo o ciclo de vida da planta. www.siemens.com.br/industryservices

Industry Services. Serviços de alta performance e confiabilidade em todo o ciclo de vida da planta. www.siemens.com.br/industryservices Industry Services Serviços de alta performance e confiabilidade em todo o ciclo de vida da planta www.siemens.com.br/industryservices Answers for industry Siemens Industry Services 11 3833 4040 suporte

Leia mais

Referenciais da Qualidade

Referenciais da Qualidade 2008 Universidade da Madeira Grupo de Trabalho nº 4 Controlo da Qualidade Referenciais da Qualidade Raquel Sousa Vânia Joaquim Daniel Teixeira António Pedro Nunes 1 Índice 2 Introdução... 3 3 Referenciais

Leia mais

Discrete Automation and Motion - Robotics Contratos de Manutenção Serviço ao cliente

Discrete Automation and Motion - Robotics Contratos de Manutenção Serviço ao cliente Discrete Automation and Motion - Robotics Contratos de Manutenção Serviço ao cliente Contratos de Manutenção Alta disponibilidade, custos de operação reduzidos Uma seleção flexível de contratos de serviço

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão. Evento IDC PME 24.set.2008. Carlos Neves

Sistema Integrado de Gestão. Evento IDC PME 24.set.2008. Carlos Neves Sistema Integrado de Gestão Evento IDC PME 24.set.2008 Carlos Neves Agradecimentos Carlos Neves - 24.Set.08 2 Sumário 1. Oportunidades e desafios para as PME 2. Os projectos SI/TI e a Mudança 3. Perspectivas

Leia mais

ECONOMIA DA ENERGIA A Importância da Eficiência Energética

ECONOMIA DA ENERGIA A Importância da Eficiência Energética A Importância da Eficiência Energética Ordem dos Engenheiros Lisboa, 17 de Dezembro de 2013 Principal Objectivo Apresentar alguns dados que caracterizam a nossa economia, do ponto de vista macro energético,

Leia mais

A PERFEIÇÃO ESTÁ NOS DETALHES

A PERFEIÇÃO ESTÁ NOS DETALHES A PERFEIÇÃO ESTÁ NOS DETALHES A MÁQUINA DE CORTE VECTOR É O PARADIGMA DA EXCELÊNCIA OPERACIONAL. USUFRUINDO DE 30 ANOS DE EXPERIÊNCIA E INOVAÇÃO CONTÍNUA NO CORTE AUTOMÁTICO, A LECTRA MANTÉM-SE NA LIDERANÇA,

Leia mais

Integração de sistemas certificáveis de gestão da qualidade, meio ambiente e segurança do trabalho

Integração de sistemas certificáveis de gestão da qualidade, meio ambiente e segurança do trabalho Integração de sistemas certificáveis de gestão da qualidade, meio ambiente e segurança do trabalho (ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001) Prof. Livre Docente Otávio J. Oliveira UNESP CONTEXTUALIZAÇÃO - Diluição

Leia mais

INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO

INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE COIMBRA INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO Elaborado por: Carla Latas nº 3501 Rui Soares nº 3508 Ana Lopes nº 3512 Coimbra, 02 de Junho de 2005.

Leia mais

INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA

INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA A Formação no ISQ A actividade de Formação do ISQ tem sido uma forte aposta enquanto factor determinante para o desenvolvimento e melhoria de desempenho dos sectores tecnológicos

Leia mais

SOLUÇÕES DATA CENTER GROUP

SOLUÇÕES DATA CENTER GROUP SOLUÇÕES DATA CENTER SOLUÇÕES EFICIENTES - PROJECTOS COMPETITIVOS Na SENSYS todos os esforços estão concentrados num elevado grau de qualidade e especialização. Aliada a vários parceiros tecnológicos,

Leia mais

Paulo César Especialista de Soluções da ATM informática paulo.cesar@atminformatica.pt

Paulo César Especialista de Soluções da ATM informática paulo.cesar@atminformatica.pt Desktop Virtual Paulo César Especialista de Soluções da ATM informática paulo.cesar@atminformatica.pt Tendo em conta que a Virtualização será um dos principais alvos de investimento para o ano 2009 (dados

Leia mais

Formação Interempresas 2015

Formação Interempresas 2015 Formação Interempresas 2015 1 1 Formação Interempresas 2015 As ferramentas e metodologias seleccionadas têm como objectivo apoiar as organizações a adquirir conhecimentos que lhes permitam eliminar os

Leia mais

Trabalho Temporário. Uma Soluçao Provisória ou Uma Escolha com Futuro? Marisa Assunção Novembro/2008

Trabalho Temporário. Uma Soluçao Provisória ou Uma Escolha com Futuro? Marisa Assunção Novembro/2008 Trabalho Temporário Uma Soluçao Provisória ou Uma Escolha com Futuro? Marisa Assunção Novembro/2008 Enquadramento Histórico O Trabalho Temporário é praticado na vida empresarial portuguesa desde os princípios

Leia mais

ThyssenKrupp Elevadores

ThyssenKrupp Elevadores Modernize o seu elevador O transporte para o futuro ThyssenKrupp Elevadores 2 3 ThyssenKrupp Elevadores Modernização Um conjunto de soluções à medida das suas necessidades. Pacotes de modernizações. Atualizações

Leia mais

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial 2 PRIMAVERA BSS Qpoint Rumo à Excelência Empresarial Numa era em que a competitividade entre as organizações é decisiva para o sucesso empresarial, a aposta na qualidade e na melhoria contínua da performance

Leia mais

confiança know-how inovação disponibilidade convergência

confiança know-how inovação disponibilidade convergência confiança know-how inovação disponibilidade convergência Sobre a Meiostec Fundada em 1997, por um grupo de accionistas privados e com ligações a um Grupo que opera no mercado das TIs, a MeiosTec responde

Leia mais

GUIÃO PARA O DIAGNÓSTICO DE UMA UNIDADE INDUSTRIAL REAL

GUIÃO PARA O DIAGNÓSTICO DE UMA UNIDADE INDUSTRIAL REAL UNIVERSIDADE DO MINHO DEPARTAMENTO DE PRODUÇÃO E SISTEMAS GUIÃO PARA O DIAGNÓSTICO DE UMA UNIDADE INDUSTRIAL REAL ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA PRODUÇÃO LOGÍSTICA AUTOMAÇÃO E ROBÓTICA Sílvio Carmo Silva (Prof.

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção Curso de Engenharia de Produção Manutenção dos Sistemas de Produção Informações sobre a disciplina: Professor: Eng. Carlos Bernardo Gouvêa Pereira Site: www.carlosbernardo.com Email: prof_carlospereira@camporeal.edu.br

Leia mais

Cerca de 30% do consumo elétrico no Comércio e Serviços

Cerca de 30% do consumo elétrico no Comércio e Serviços Os motores elétricos apresentam um papel fundamental nas empresas, o que se reflete igualmente num peso elevado nos custos energéticos associados ao seu funcionamento. Cerca de 70% do consumo elétrico

Leia mais