Sócrates, Sofistas, Platão e Aristóteles (ética) Séc. III e IV a. C

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sócrates, Sofistas, Platão e Aristóteles (ética) Séc. III e IV a. C"

Transcrição

1 Sócrates, Sofistas, Platão e Aristóteles (ética) Séc. III e IV a. C

2 Nunca deixou nada escrito Patrono da Filosofia Sh As principais fontes: Platão, Xenofonte e Aristóteles Questões Antropológicas

3 O início da Interrogação Filosófica Conheça-te a ti mesmo Z Oráculo de Delfos: Sócrates é o homem mais sábio q Início da Investigação Z q Diálogo com os mais sábios da Pólis

4 Resultado: Reconhecimento da Ignorância (Verdadeira Sabedoria) i Só sei que nada sei

5 Diálogos Platônicos Método Socrático k Ironia (Dialética): Interrogar. Maiêutica: Parir Ideias

6 Epistème Doxa i Conhecimento Verdadeiro; Conceito; Ideia Opinião Só os ignorantes praticam o mal Interesse dos Sofistas

7 Apologia de Sócrates

8 "Não tenho outra ocupação senão a de vos persuadir a todos, tanto velhos como novos, de que cuideis menos de vossos corpos e de vossos bens do que da perfeição de vossas almas, e a vos dizer que a virtude não provém da riqueza, mas sim que é a virtude que traz a riqueza ou qualquer outra coisa útil aos homens, quer na vida pública quer na vida privada. Se, dizendo isso, eu estou a corromper a juventude, tanto pior; mas, se alguém afirmar que digo outra coisa, mente".

9 Ora, algum de vós poderia fazer esta consideração: Mas então, Sócrates, qual é a tua ocupação? De onde vieram estas calúnias contra ti? Certamente não porque não te ocupavas de nada de mais extraordinário que os outros apareceram estes comentários e uma fama tão grande. Não teriam aparecido caso não tivesse feito nada de diferente em relação aos outros. Dize-nos, portanto, o que é, para que não te julguemos de modo desconsiderado Motivo: Sabedoria socrática.

10 Sofistas Mestres da Retórica (intrumento importante na vida pública)

11 Sofistas i Protágoras: O homem é a medida de todas as coisas k A verdade é relativa. Não há verdade absoluta.

12 Platão A República Livro VII m Alegoria da Caverna

13

14 Dicotomias Sombra Luz Interior Opinião Órgãos dos Sentidos Senso Comum Exterior Ideia Razão Filosofia

15 Mundo das Ideias ou Mundo Inteligível Mundo Sensível (Cópia imperfeita) i Demiurgo: Deus que cria a partir do Mundo das Ideias

16 Teoria da Alma Alma Racional (cabeça) Alma Sensual (abdômen) k Alma Emocional (peito) Controle sobre as demais: Mito do Cocheiro

17 Teoria da Reminiscência i Conhecer é relemebrar Conhecimento está na alma

18 Teoria Política Teoria da alma Classes que constituem o ESTADO IDEAL Comerciantes e artesãos (provisões) Alma Sensual Soldados ou guardas (proteção) Alma Emocional - Irascível Sábios (governo) Alma Racional } Justiça - harmonia

19 i Forma Ideal de Governo Sofocracia ou Aristocracia dos filósofos k Filósofo: mais sábio, conhece a Ideia de Bem e Justiça

20 Aristóteles (séc. III a.c) Ética e Política: Ciências Práticas k Estudo da conduta ou fim do homem como indivíduo. Estudo da conduta e fim do homem como parte da sociedade

21 Ética Toda ação visa um fim Particular Subordinado a um fim útimo Felicidade

22 O que é a Felicidade? 1) Prazer? 2)Honras? 3)Riquezas? Nos assemelha aos escravos e animais Algo que não depende de nós, depende de quem oferece. São meios para outras coisas. Não é um fim em si mesmo.

23 Felicidade (Eudaimonia) Aperfeiçoar-se enquanto homem Essencial: Razão Viver bem = Viver segundo a Razão

24 Resumo: Uma ação ética é aquela que tem como fim a felicidade, compreendida como o aperfeiçoamento daquilo que os distingue dos outros animais, ou seja, da razão. Para alcançar a felicidade é preciso exercer ou agir conforme a virtude.

25 Aristóteles Virtude (Areté): 1) é a disposição de um indivíduo de praticar o bem 2) Hábito racional que permite o homem alcançar a felicidade. 3) Hábito: exige repetição. Virtudes Éticas e Virtudes Dianéticas

26 Virtudes Éticas Comportamento Prático: domínio das paixões pela Razão m Tendem ao Excesso ou Falta } Controle: vitória da Razão sobre os instintos Justa Medida, Meio-Termo entre Excesso e Falta.

27 Virtudes Dianéticas k Perfeição da Alma Racional Dois tipos: Sabedoria (Phronesis): dirigir bem a vida Sapiência (Sophos): Conhecimento das realidade últimas (Metafísica) Felicidade Máxima

28 Política O homem é um animal político i Quem é cidadão? Somente aqueles que participam da coisa pública Colonos Escravos Operários } Não são considerados cidadãos

29

30 Aristóteles (Metafísica) Interesse: Conhecimento Científico h Valorização do Mundo Sensível Encontra estrutura essencial (substância) do ser acidental h Atributo variável da coisa Separação Platônica: intelectual (Abstração)

31 Conhecimento Científico Existência Essência Individual Universal Específico Genérico

32 Conceitos Importantes Matéria É aquilo que compõe o mundo físico. Não possui determinação pode receber qualquer FORMA. Aquilo que é PARTICULAR. Forma É o que faz com que o ser seja aquilo que ele é. Ex: O que faz uma cadeira ser uma cadeira é sua forma, e não sua matéria. Aquilo que é GERAL.

33 O Problema do Movimento Resolução do Problema: Teoria do Ato e da Potência h Aquilo que a coisa é naquele momento sd O ser e o não-ser Suas possibilidades (aquilo que ela ainda não é) h Passagem do Ato à Potência

34 Teoria das Quatro Causas 1) Causa Material (do que a coisa é feita?) 2)Causa Formal (a forma que a matéria assume essência) 3)Causa Eficiente (o que tornou a coisa possível?) 4)Causa Final (Finalidade da coisa criada).

35 Metafísica Estudo das Causas Primeiras Primeiro Motor Imóvel: Causa Primeira h Ato Puro Imóvel e Eterno

36 Escolas Helenísticas (Ética) Epicurismo, Estoicismo, Cinismo e Ceticismo (Pirronismo))

37 Contexto Histórico Séc. IV a.c. até o início da Idade Média, Conquistas de Alexandre, o Grande (Rei da Macedônia) Consequências: desmoronamento da importância sociopolítica da pólis grega. De cidadão, o homem grego se tornou súdito (domínio macedônico).

38 Em 146 a.c., com as invasões romanas, a Grécia perdeu totalmente sua liberdade, tornando-se província de Roma. Cosmopolita: Ausência de Identificação Cidadão do Mundo. sd Cidadão Indivíduo Felicidade de todos (ideal da Pólis) Felicidade Particular Ética se separa da Política

39 Epicurismo (Epicuro a.c) Finalidade da Vida :: Felicidade n Buscar o prazer e evitar a dor Estratégias: Afastar desejos e superstições que nos causem dor, domínio das Paixões

40 Tipos de Desejos Desejos Naturais E Necessários Desejos Naturais e Não-Necessários Desejos Não-Naturais e Não-Necessários k Finalidade: Controle Racional da Vida (Autarquia) e Impertubabilidade da Alma (Ataraxia)

41 Estoicismo ( a.c) Felicidade: Viver de acordo com a ordem cósmica n Austeridade Física e Moral Resistência aos sofrimentos e aceitação do destino n Tudo que acontece é bom Lei Universal do Cosmos Racionalidade do Mundo (Deus) Apathèia (Apatia) = ausência de Pathos (Paixões)

42 Cinismo ( a.c) Cinismo (Kynos Cão) k Viva como um cão Desprezo pelas Normas e Valores Sociais n n Felicidade: Vida simples e Natural

43 Ceticismo (Pirronismo) ( a.c) Estado de permanente dúvida (cético) Felicidade: Contenta-ser com a aparência das coisas Sh Não há uma verdade absoluta

UNESP 2013 (Questão 12)

UNESP 2013 (Questão 12) UNESP 2013 (Questão 12) Do lado oposto da caverna, Platão situa uma fogueira fonte da luz de onde se projetam as sombras e alguns homens que carregam objetos por cima de um muro, como num teatro de fantoches,

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE FILOSOFIA ENSINO MÉDIO - 2º ANO A FILOSOFIA DA GRÉCIA CLÁSSICA AO HELENISMO

QUESTIONÁRIO DE FILOSOFIA ENSINO MÉDIO - 2º ANO A FILOSOFIA DA GRÉCIA CLÁSSICA AO HELENISMO QUESTIONÁRIO DE FILOSOFIA ENSINO MÉDIO - 2º ANO A FILOSOFIA DA GRÉCIA CLÁSSICA AO HELENISMO ESTUDAR PARA A PROVA TRIMESTRAL DO SEGUNDO TRIMESTRE PROFESSORA: TATIANA SILVEIRA 1 - Seguiu-se ao período pré-socrático

Leia mais

FILOSOFIA BREVE PANORAMA GERAL FILOSOFIA ANTIGA

FILOSOFIA BREVE PANORAMA GERAL FILOSOFIA ANTIGA FILOSOFIA BREVE PANORAMA GERAL FILOSOFIA ANTIGA SOBRE FILOSOFIA DEFINIÇÃO TRADICIONAL (segundo a perspectiva ocidental) TEOLOGIA CIÊNCIA certezas dúvidas Bertrand Russell (1872-1970) utiliza seus temas

Leia mais

Teorias éticas. Capítulo 20. GRÉCIA, SÉC. V a.c. PLATÃO ARISTÓTELES

Teorias éticas. Capítulo 20. GRÉCIA, SÉC. V a.c. PLATÃO ARISTÓTELES GRÉCIA, SÉC. V a.c. Reflexões éticas, com um viés político (da pólis) _ > como deve agir o cidadão? Nem todas as pessoas eram consideradas como cidadãos Reflexão metafísica: o que é a virtude? O que é

Leia mais

Metafísica & Política

Metafísica & Política Aristóteles (384-322 a.c.) Metafísica & Política "0 homem que é tomado da perplexidade e admiração julga-se ignorante." (Metafisica, 982 b 13-18). Metafísica No conjunto de obras denominado Metafísica,

Leia mais

Disciplina: Filosofia Série: 10 Unidade: Primeira Content Area: Philosophy Grade 10 Quarter I

Disciplina: Filosofia Série: 10 Unidade: Primeira Content Area: Philosophy Grade 10 Quarter I Disciplina: Filosofia Série: 10 Unidade: Primeira Content Area: Philosophy Grade 10 Quarter I 1.1 1.2 1.3 Conhecimento filosófico, religioso, científico e senso comum. Filosofia e lógica. Milagre Grego.

Leia mais

Platão, desiludido com a. escola de filosofia a Academia.

Platão, desiludido com a. escola de filosofia a Academia. Platão era filho da aristocracia ateniense. Foi discípulo de Sócrates. Sua obra reflete o momento caótico pelo qual passou Atenas no decorrer de sua vida A crise da sociedade ateniense está ligada à guerra

Leia mais

A ÉTICA NA HISTÓRIA DO PENSAMENTO

A ÉTICA NA HISTÓRIA DO PENSAMENTO SOFISTAS Acreditavam num relativismo moral. O ceticismo dos sofistas os levava a afirmar que, não existindo verdade absoluta, não poderiam existir valores que fossem validos universalmente. A moral variaria

Leia mais

CONCEPÇÕES ÉTICAS Mito, Tragédia e Filosofia

CONCEPÇÕES ÉTICAS Mito, Tragédia e Filosofia CONCEPÇÕES ÉTICAS Mito, Tragédia e Filosofia O que caracteriza a consciência mítica é a aceitação do destino: Os costumes dos ancestrais têm raízes no sobrenatural; As ações humanas são determinadas pelos

Leia mais

AULA FILOSOFIA. O realismo aristotélico

AULA FILOSOFIA. O realismo aristotélico AULA FILOSOFIA O realismo aristotélico DEFINIÇÃO O realismo aristotélico representa, na Grécia antiga, ao lado das filosofias de Sócrates e Platão, uma reação ao discurso dos sofistas e uma tentativa de

Leia mais

A ORIGEM DA FILOSOFIA

A ORIGEM DA FILOSOFIA A ORIGEM DA FILOSOFIA UMA VIDA SEM BUSCA NÃO É DIGNA DE SER VIVIDA. SÓCRATES. A IMPORTÂNCIA DOS GREGOS Sob o impulso dos gregos, a civilização ocidental tomou uma direção diferente da oriental. A filosofia

Leia mais

Nascido em Estagira - Macedônia ( a.c.). Principal representante do período sistemático.

Nascido em Estagira - Macedônia ( a.c.). Principal representante do período sistemático. Aristóteles Nascido em Estagira - Macedônia (384-322 a.c.). Principal representante do período sistemático. Filho de Nicômaco, médico, herdou o interesse pelas ciências naturais Ingressa na Academia de

Leia mais

Link para animação do mito da caverna. https://www.youtube.com/watch?v=xswmnm _I7bU

Link para animação do mito da caverna. https://www.youtube.com/watch?v=xswmnm _I7bU Link para animação do mito da caverna https://www.youtube.com/watch?v=xswmnm _I7bU A DOUTRINA DAS IDEIAS OU TEORIA DOS DOIS MUNDOS Para Platão existem, literalmente, dois mundos O mundo das ideias O mundo

Leia mais

Aula Véspera UFU Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Professor Uilson Fernandes Uberaba 16 Abril de 2015

Aula Véspera UFU Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Professor Uilson Fernandes Uberaba 16 Abril de 2015 Aula Véspera UFU 2015 Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Professor Uilson Fernandes Uberaba 16 Abril de 2015 NORTE DA AVALIAÇÃO O papel da Filosofia é estimular o espírito crítico, portanto, ela não pode

Leia mais

Unidade 2 Ética Antiga

Unidade 2 Ética Antiga Unidade 2 Ética Antiga 1º Bimestre M2 Filosofia E-mail: eu@profpetterson.com Os Sofistas movimento intelectual na Grécia do séc. V (a.n.e.). "sofista" mestre ou sábio - sofia (sabedoria). saber a respeito

Leia mais

Professora: Ana Priscila da Silva Alves Disciplina: Filosofia Série: 1 ª do Ensino Médio Tema: Felicidade

Professora: Ana Priscila da Silva Alves Disciplina: Filosofia Série: 1 ª do Ensino Médio Tema: Felicidade Professora: Ana Priscila da Silva Alves Disciplina: Filosofia Série: 1 ª do Ensino Médio Tema: Felicidade COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE - CDS 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO - 2016 DISCIPLINA: FILOSOFIA PROFESSORA:

Leia mais

FILOSOFIA Conceito e delimitação

FILOSOFIA Conceito e delimitação FILOSOFIA Conceito e delimitação Conceito de Filosofia Filosofia significa philo= amigo, amor, Sophia= sabedoria. A filosofia busca dar profundidade e totalidade à aspectos referentes a vida como um todo;

Leia mais

Curso TURMA: 2101 e 2102 DATA: Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média:

Curso TURMA: 2101 e 2102 DATA: Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média: EXERCÍCIOS ON LINE 3º BIMESTRE DISCIPLINA: Filosofia PROFESSOR(A): Julio Guedes Curso TURMA: 2101 e 2102 DATA: Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média: NOME: Nº.: Exercício On Line (1) A filosofia atingiu

Leia mais

Aristóteles, Ética a Nicômaco, X 7, 1177 b 33.

Aristóteles, Ética a Nicômaco, X 7, 1177 b 33. 91 tornar-se tanto quanto possível imortal Aristóteles, Ética a Nicômaco, X 7, 1177 b 33. 92 5. Conclusão Qual é o objeto da vida humana? Qual é o seu propósito? Qual é o seu significado? De todas as respostas

Leia mais

A justiça como virtude e instituição social na organização da sociedade grega.

A justiça como virtude e instituição social na organização da sociedade grega. A justiça como virtude e instituição social na organização da sociedade grega. Colégio Cenecista Dr. José ferreira Professor Uilson Fernandes Fevereiro de 2016 A forma como os filósofos clássicos definem

Leia mais

MATÉRIA DA DISCIPLINA ÉTICA E CIDADANIA APLICADA AO DIREITO I

MATÉRIA DA DISCIPLINA ÉTICA E CIDADANIA APLICADA AO DIREITO I 4 MATÉRIA DA DISCIPLINA ÉTICA E CIDADANIA APLICADA AO DIREITO I MINISTRADA PELO PROFESSOR MARCOS PEIXOTO MELLO GONÇALVES PARA A TURMA 1º T NO II SEMESTRE DE 2003, de 18/08/2003 a 24/11/2003 O Semestre

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS CAMPOS SALLES

FACULDADES INTEGRADAS CAMPOS SALLES FACULDADES INTEGRADAS CAMPOS SALLES CURSO DE GRADUAÇÃO DISCIPLINA: SUSTENTABILIDADE, RESPONSABILIDADE SOCIA E ÉTICA Professor: Paulo S. Ribeiro Aula 02 UNIDADE 1: Formação da moral ocidental. Sofistas

Leia mais

TEORIA DOS VALORES. Quais são os valores que você mais preza? Introdução

TEORIA DOS VALORES. Quais são os valores que você mais preza? Introdução TEORIA DOS VALORES Quais são os valores que você mais preza? Introdução Os filósofos tentaram determinar a boa conduta segundo dois princípios fundamentais: considerando alguns tipos de conduta bons em

Leia mais

O conceito ética. O conceito ética. Curso de Filosofia. Prof. Daniel Pansarelli. Ética filosófica: conceito e origem Estudo a partir de Aristóteles

O conceito ética. O conceito ética. Curso de Filosofia. Prof. Daniel Pansarelli. Ética filosófica: conceito e origem Estudo a partir de Aristóteles Curso de Filosofia Prof. Daniel Pansarelli Ética filosófica: conceito e origem Estudo a partir de Aristóteles O conceito ética Originado do termo grego Ethos, em suas duas expressões Êthos (com inicial

Leia mais

Os Professores Sofistas

Os Professores Sofistas Os Professores Sofistas Objetivos da Palestra Apresentar e contextualizar o aparecimento dos sofistas na Grécia Antiga. Estabelecer cotejos entre a existência dos antigos sofistas e os atuais professores

Leia mais

INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. Aula 3.2 Conteúdo: A escola Platônica

INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. Aula 3.2 Conteúdo: A escola Platônica Aula 3.2 Conteúdo: A escola Platônica 2 Habilidades: Conhecer os principais pontos das ideias de Platão para interpretar a realidade diária. 3 REVISÃO Sócrates: o homem Grande questão: o que é a essência

Leia mais

TRABALHO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL DE FILOSOFIA

TRABALHO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL DE FILOSOFIA ENSINO MÉDIO Valor: 2,0 pontos Nota: Data: / /2016 Professor: WAGNER GUEDES Disciplina: FILOSOFIA Nome: n o : SÉRIE: 2ª 4º bimestre TRABALHO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL DE FILOSOFIA 1. O nascimento do conhecimento

Leia mais

Filosofia na Antiguidade Clássica Sócrates, Platão e Aristóteles. Profa. Ms. Luciana Codognoto

Filosofia na Antiguidade Clássica Sócrates, Platão e Aristóteles. Profa. Ms. Luciana Codognoto Filosofia na Antiguidade Clássica Sócrates, Platão e Aristóteles Profa. Ms. Luciana Codognoto Períodos da Filosofia Grega 1- Período pré-socrático: (VII e VI a.c): início do processo de desligamento entre

Leia mais

A verdade, em grego, se diz aletheia e significa a manifestação daquilo que é, o não-oculto.

A verdade, em grego, se diz aletheia e significa a manifestação daquilo que é, o não-oculto. Na Grécia Antiga, o período pré-socrático foi dominado, em grande parte, pela investigação da natureza. Essa investigação consistia na busca de explicações racionais (cosmologia) para o universo manifestando-se

Leia mais

Sofistas ou Sophistés

Sofistas ou Sophistés - Sofista (sophistés) vem da palavra sophos que significa sábio. Sofistas ou Sophistés Principais sofistas: - Protágoras de Abdera 480-410 a.c. - Gógias de Leontini 487?-380? a.c. - Isócrates de Atenas

Leia mais

Filosofia Moderna: a nova ciência e o racionalismo.

Filosofia Moderna: a nova ciência e o racionalismo. FILOSOFIA MODERNA Filosofia Moderna: a nova ciência e o racionalismo. Período histórico: Idade Moderna (século XV a XVIII). Transformações que podemos destacar: A passagem do feudalismo para o capitalismo

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA - FILOSOFIA - Grupo L

PADRÃO DE RESPOSTA - FILOSOFIA - Grupo L PADRÃO DE RESPOSTA - FILOSOFIA - Grupo L 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor No diálogo Fédon, escrito por Platão, seu personagem Sócrates afirma que a dedicação à Filosofia implica que a alma

Leia mais

9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES

9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES DAVID HUME - COMPAIXÃO Nascimento: 7 de maio de 1711 Edimburgo, Reino Unido. Morte: 25 de agosto de 1776 (65 anos) Edimburgo, Reino Unido. Hume nega

Leia mais

Filosofia Teorias do conhecimento Prof. Gilmar Dantas. Aula 4 Platão e o mundo das ideias ou A teoria do conhecimento em Platão

Filosofia Teorias do conhecimento Prof. Gilmar Dantas. Aula 4 Platão e o mundo das ideias ou A teoria do conhecimento em Platão Filosofia Teorias do conhecimento Prof. Gilmar Dantas Aula 4 Platão e o mundo das ideias ou A teoria do conhecimento em Platão ACADEMIA DE PLATÃO. Rafael, 1510 afresco, Vaticano. I-Revisão brevíssima

Leia mais

Roteiro de estudos para recuperação trimestral

Roteiro de estudos para recuperação trimestral Roteiro de estudos para recuperação trimestral Disciplina: Professor (a): FILOSOFIA JOSÉ LUCIANO GABEIRL Conteúdo: Referência para estudo: A Filosofia de Aristóteles A Filosofia Helenística Idade Média

Leia mais

LISTA - SÓCRATES. Platão, A Apologia de Sócrates, 29 a-b, In. HADOT, P. O que é a Filosofia Antiga? São Paulo: Ed. Loyola, 1999, p. 61.

LISTA - SÓCRATES. Platão, A Apologia de Sócrates, 29 a-b, In. HADOT, P. O que é a Filosofia Antiga? São Paulo: Ed. Loyola, 1999, p. 61. 1. (Uea 2014) O sofista é um diálogo de Platão do qual participam Sócrates, um estrangeiro e outros personagens. Logo no início do diálogo, Sócrates pergunta ao estrangeiro, a que método ele gostaria de

Leia mais

ENTRE DOIS MUNDOS 7º ANO

ENTRE DOIS MUNDOS 7º ANO ENTRE DOIS MUNDOS 7º ANO INTRODUÇÃO Renascimento: Período de transição entre Idade Média e Idade Moderna; Misturam-se o jeito de ser e pensar de dois momentos da sociedade europeia ocidental; Não é possível

Leia mais

PROVA DE FILOSOFIA 2º BIMESTRE DE 2012 PROF. ALEXANDRE

PROVA DE FILOSOFIA 2º BIMESTRE DE 2012 PROF. ALEXANDRE PROVA DE FILOSOFIA 2º BIMESTRE DE 2012 PROF. ALEXANDRE NOME Nº 1ª ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

SOMOS LIVRES AO DECIDIR

SOMOS LIVRES AO DECIDIR FILOSOFIA 2º ano Partindo do principio de que liberdade é LIBERDADE DE ESCOLHER Afinal, até onde alcança o poder da nossa liberdade? Nossas escolhas estão ligadas aos princípios morais da nossa sociedade;

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE FILOSOFIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE FILOSOFIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE FILOSOFIA Nome: Nº 9 a. Série Data: / /2016 Professor: ALESSANDRO Nota: (valor: 1,0) 2º semestre A - Introdução Neste semestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou

Leia mais

Platão de Atenas. 428? 347? a.c. Considerações importantes sobre Platão:

Platão de Atenas. 428? 347? a.c. Considerações importantes sobre Platão: Considerações importantes sobre Platão: 428? 347? a.c. Pertence ao segundo período da filosofia antiga, conhecido como socrático, clássico ou antropológico V-IV a.c.; É considerado o maior discípulo de

Leia mais

Afirma que a realidade mais fundamental é composta de ideias ou formas abstratas. Para Platão, estas ideias ou formas são objetos do verdadeiro

Afirma que a realidade mais fundamental é composta de ideias ou formas abstratas. Para Platão, estas ideias ou formas são objetos do verdadeiro Afirma que a realidade mais fundamental é composta de ideias ou formas abstratas. Para Platão, estas ideias ou formas são objetos do verdadeiro conhecimento. Elas residem no mundo inteligível e sua natureza

Leia mais

FILOSOFIA 11º ano. Sofistas e filósofos

FILOSOFIA 11º ano. Sofistas e filósofos FILOSOFIA 11º ano Sofistas e filósofos Governo da República Portuguesa Rua Professor Veiga Simão 3700-355 Fajões Telefone: 256 850 450 Fax: 256 850 452 www.agrupamento-fajoes.pt E-mail: geral@agrupamento-fajoes.pt

Leia mais

Moral e Direito. Moral e Direito. Filosofia Moral. Moral e Direito 09/03/2014. Do ser ao que deve-ser. Distinção entre Moral e Ética. Moral.

Moral e Direito. Moral e Direito. Filosofia Moral. Moral e Direito 09/03/2014. Do ser ao que deve-ser. Distinção entre Moral e Ética. Moral. Filosofia Moral Ética Do ser ao que deve-ser O homem é uma interseção entre dois mundos: o real e o ideal. Pela liberdade humana, os valores do mundo ideal podem atuar sobre o mundo real. Nicolai Hartmann

Leia mais

SÓCRATES: O CONHECE-TE A TI MESMO E O RACIONALISMO ÉTICO. Resumo. Palavras-chave: autoconhecimento. Psique. Sujeito ético. Maiêutica.

SÓCRATES: O CONHECE-TE A TI MESMO E O RACIONALISMO ÉTICO. Resumo. Palavras-chave: autoconhecimento. Psique. Sujeito ético. Maiêutica. SÓCRATES: O CONHECE-TE A TI MESMO E O RACIONALISMO ÉTICO Resumo Epitácio Rodrigues 1 Apesar de não ter deixado nenhuma obra escrita, o filósofo Sócrates é, sem sombra de dúvidas, um marco na história do

Leia mais

DATA DE ENTREGA 19/12/2016 VALOR: 20,0 NOTA:

DATA DE ENTREGA 19/12/2016 VALOR: 20,0 NOTA: DISCIPLINA: FILOSOFIA PROFESSOR: ENRIQUE MARCATTO DATA DE ENTREGA 19/12/2016 VALOR: 20,0 NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 3ª SÉRIE/EM TURMA: Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO

Leia mais

Evolução histórica da antropologia

Evolução histórica da antropologia Evolução histórica da antropologia QUEM É O HOMEM? Desde Sócrates, o conhecimento de si mesmo é a mais alta meta da indagação filosófica. conhece-te a ti mesmo. Embora o termo antropologia como ciência

Leia mais

22/08/2014. Tema 7: Ética e Filosofia. O Conceito de Ética. Profa. Ma. Mariciane Mores Nunes

22/08/2014. Tema 7: Ética e Filosofia. O Conceito de Ética. Profa. Ma. Mariciane Mores Nunes Tema 7: Ética e Filosofia Profa. Ma. Mariciane Mores Nunes O Conceito de Ética Ética: do grego ethikos. Significa comportamento. Investiga os sistemas morais. Busca fundamentar a moral. Quer explicitar

Leia mais

AULA AO VIVO. Professora Laira Pinheiro

AULA AO VIVO. Professora Laira Pinheiro AULA AO VIVO Professora Laira Pinheiro Folha de São Paulo, São Paulo, 28 out., 1993, pg.6, cad.4. Você sabe o que é ética? Será que ela tem preço? Qual é o seu valor? A ética está em crise? Vivemos numa

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

Introdução À Ética e a Moral. A verdadeira Moral zomba da Moral Blaise Pascal( )

Introdução À Ética e a Moral. A verdadeira Moral zomba da Moral Blaise Pascal( ) Introdução À Ética e a Moral A verdadeira Moral zomba da Moral Blaise Pascal(1623-1662) Ética ou Filosofia Moral: Parte da filosofia que se ocupa com a reflexão a respeito das noções e princípios que fundamentam

Leia mais

As provas da existência de Deus: Tomás de Aquino e o estabelecimento racional da fé. Colégio Cenecista Dr. José Ferreira

As provas da existência de Deus: Tomás de Aquino e o estabelecimento racional da fé. Colégio Cenecista Dr. José Ferreira As provas da existência de Deus: Tomás de Aquino e o estabelecimento racional da fé. Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Tomás de Aquino (1221-1274) Tomás de Aquino - Tommaso d Aquino - foi um frade dominicano

Leia mais

Volume 2 Fascículo 2 Filosofia Unidade 3

Volume 2 Fascículo 2 Filosofia Unidade 3 Atividade extra Volume 2 Fascículo 2 Filosofia Unidade 3 Questão 1 A ideia de que, pela Ciência e pela técnica, o homem se converterá em senhor e possuidor da natureza está presente no pensamento do filósofo

Leia mais

Deficiência Mental: Contribuições de uma perspectiva de justiça centrada nos funcionamentos.

Deficiência Mental: Contribuições de uma perspectiva de justiça centrada nos funcionamentos. Deficiência Mental: Contribuições de uma perspectiva de justiça centrada nos funcionamentos. Alexandre da Silva Costa Estudo que faz uma análise acerca das contribuições da perspectiva de justiça baseada

Leia mais

O. 8. BITTÇ~R EDU~RDO. Curso de Etica Jurídica. É ti c a geral e profissional. 12ª edição, revista, atualizada e modificada ..

O. 8. BITTÇ~R EDU~RDO. Curso de Etica Jurídica. É ti c a geral e profissional. 12ª edição, revista, atualizada e modificada .. EDU~RDO O. 8. BITTÇ~R "" Curso de Etica Jurídica É ti c a geral e profissional 12ª edição, revista, atualizada e modificada.. ~ o asaraiva SUMÁRIO Prefácio... 15 Apresentação... 19 PARTE I-Ética Geral

Leia mais

UNIDADE 1 - Do Mito à Filosofia

UNIDADE 1 - Do Mito à Filosofia FILOSOFIA UNIDADE 1 - Do Mito à Filosofia A curiosidade humana levou o homem a buscar explicações para os fenômenos do cotidiano. Numa época em que não havia nenhuma fundamentação científica capaz de

Leia mais

OS FILÓFOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS

OS FILÓFOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS OS FILÓFOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS São chamados de filósofos da natureza. Buscavam a arché, isto é, o elemento ou substância primordial que originava todas as coisas da natureza. Dirigiram sua atenção e suas

Leia mais

ALBERTO MAGNO E TOMÁS DE AQUINO

ALBERTO MAGNO E TOMÁS DE AQUINO 1 ALBERTO MAGNO E TOMÁS DE AQUINO A ESCOLÁSTICA E OS PRINCIPAIS REPRESENTANTES ALBERTO MAGNO TOMÁS DE AQUINO Buscaram provar a existência de Deus utilizando argumentos racionais. 2 A UNIDADE ENTRE A FÉ

Leia mais

FELICIDADE: O BEM QUE TODOS QUEREM. 7º ano - Capítulo 2

FELICIDADE: O BEM QUE TODOS QUEREM. 7º ano - Capítulo 2 FELICIDADE: O BEM QUE TODOS QUEREM 7º ano - Capítulo 2 1 2 Falar de felicidade significa falar sobre a melhor forma de viver; Não faz sentido pensar em uma vida bem vivida que não seja também feliz. Você

Leia mais

( ) Na cidade platônica, é dever do filósofo supri-la materialmente com bens duráveis e alimentos, bem como ser responsável pela sua defesa.

( ) Na cidade platônica, é dever do filósofo supri-la materialmente com bens duráveis e alimentos, bem como ser responsável pela sua defesa. 1) UEL (2011) ( ) As três imagens do Bem na cidade justa de Platão, o Anel de Giges, a Imagem da Linha e a da Caverna, correspondem, respectivamente, à organização das três classes da República. ( ) Na

Leia mais

Abril Filosofia 1ª Série SÓCRATES

Abril Filosofia 1ª Série SÓCRATES Abril Filosofia 1ª Série SÓCRATES Sócrates cercado por jovens Sócrates nada escreveu. O conhecimento de suas ideias e condições de vida foi-nos revelado e transmitido pelos seus discípulos ou rivais. No

Leia mais

Antecedentes Históricos da Administração. Professor Maurício Teixeira

Antecedentes Históricos da Administração. Professor Maurício Teixeira Antecedentes Históricos da Administração Professor Maurício Teixeira Abordagens Mostrar a história Incipiente preocupação com a Administração na antiguidade Influencias da Administração Filosóficas Da

Leia mais

O Céu e o Inferno e a Ciência Contemporânea

O Céu e o Inferno e a Ciência Contemporânea V Congresso Espiritismo O Céu e o Inferno de Platão e Dante à Kardec O Céu e o Inferno e a Ciência Contemporânea Agosto de 2015 Claudio C. Conti www.ccconti.com Qual a melhor receita para uma vitamina

Leia mais

(Citado por: CHATELET, F. História das Ideias Políticas. Rio de Janeiro: Zahar, 1997, p. 17)

(Citado por: CHATELET, F. História das Ideias Políticas. Rio de Janeiro: Zahar, 1997, p. 17) 1. (Uepa 2015) Leia o texto para responder à questão. Platão: A massa popular é assimilável por natureza a um animal escravo de suas paixões e de seus interesses passageiros, sensível à lisonja, inconstante

Leia mais

CONHECIMENTO, REALIDADE E VERDADE

CONHECIMENTO, REALIDADE E VERDADE CONHECIMENTO, REALIDADE E VERDADE SERÁ QUE TUDO QUE VEJO É REAL e VERDADEIRO? Realidade Realismo A primeira opção, chamada provisoriamente de realismo : supõe que a realidade é uma dimensão objetiva,

Leia mais

TOMÁS DE AQUINO SÉC. XIII AS PROVAS DA EXISTÊNCIA DE DEUS

TOMÁS DE AQUINO SÉC. XIII AS PROVAS DA EXISTÊNCIA DE DEUS TOMÁS DE AQUINO SÉC. XIII AS PROVAS DA EXISTÊNCIA DE DEUS NA SUA OBRA DENOMINADA SUMA TEOLÓGICA, TOMÁS DE AQUINO CONSIDERA CINCO VIAS QUE, POR MEIO DE ARGUMENTOS, CONDUZEM À DEUS, TODAS COM CARACTERÍSTICAS

Leia mais

FILOSOFIA CLÁSSICA: SÓCRATES E PLATÃO (3ª SÉRIE)

FILOSOFIA CLÁSSICA: SÓCRATES E PLATÃO (3ª SÉRIE) FILOSOFIA CLÁSSICA: SÓCRATES E PLATÃO (3ª SÉRIE) SÓCRATES (469-399 a.c.) CONTRA OS SOFISTAS Sofistas não são filósofos: não têm amor pela sabedoria e nem respeito pela verdade. Ensinavam a defender o que

Leia mais

Turma Disciplina Avaliação Data. 181 Filosofia Prova 1 23/10/ Filosofia Prova 1 19/10/2015. Conteúdos. Turma Disciplina Avaliação Data

Turma Disciplina Avaliação Data. 181 Filosofia Prova 1 23/10/ Filosofia Prova 1 19/10/2015. Conteúdos. Turma Disciplina Avaliação Data Caro estudante, Este material contém informações básicas sobre os conteúdos do corrente trimestre. Para maiores informações, procure diretamente o professor de filosofia, Daniel de Oliveira Neto. Bons

Leia mais

PROJETO JOGO FILOSÓFICO

PROJETO JOGO FILOSÓFICO PROJETO JOGO FILOSÓFICO Coordenação: Fernanda Bulhões Supervisão: Professor Clévio Bolsistas: * Cláudio Loureiro * Leandro Soares * Cloviana Bispo * Bruno Camilo Natal (RN), 09 de junho de 2012 1. Introdução

Leia mais

PROGRAMA ANUAL DE CONTEÚDOS ENSINO FUNDAMENTAL II - 7ª SÉRIE PROFESSOR EDUARDO EMMERICK FILOSOFIA

PROGRAMA ANUAL DE CONTEÚDOS ENSINO FUNDAMENTAL II - 7ª SÉRIE PROFESSOR EDUARDO EMMERICK FILOSOFIA FILOSOFIA 1º VOLUME (separata) FILOSOFIA E A PERCEPÇÃO DO MUNDO Unidade 01 Apresentação O Começo do Pensamento - A coruja é o símbolo da filosofia. - A história do pensamento. O que é Filosofia - Etimologia

Leia mais

CONDIÇÕES HISTÓRICAS QUE CONTRIBUÍRAM PARA O SURGIMENTO DA FILOSOFIA

CONDIÇÕES HISTÓRICAS QUE CONTRIBUÍRAM PARA O SURGIMENTO DA FILOSOFIA CONTEÚDO PARA O SIMULADO E PARA A 1ª PROVA ESPECÍFICA DE FILOSOFIA DO 1º BIMESTRE (3ª SÉRIE, 2016). OBS. O conteúdo de Filosofia para o simulado vai da Origem da Filosofia até a teoria de Parmênides. Dessa

Leia mais

PERÍODO GREGO e Psicologia

PERÍODO GREGO e Psicologia PERÍODO GREGO e Psicologia De 700 a. C. ao início Era Cristã: (») Apogeu Conhecimento Humano :: Riqueza na Pólis (++) Produtos e Recursos O homem livre para se dedicar à Arte e Filosofia : Especulação

Leia mais

COMPETÊNCIAS DA DISCIPLINA

COMPETÊNCIAS DA DISCIPLINA ESCOLA ALEMÃ CORCOVADO DEUTSCHE SCHULE ASSOCIAÇÃO ESCOLAR E BENEFICENTE CORCOVADO PLANEJAMENTO CURRICULAR 2016 Área: Ciências Humanas Disciplina: Filosofia Série ou Ciclo: 11 o ano COMPETÊNCIAS DA DISCIPLINA

Leia mais

3. (Unicentro 2012) Sobre o pensamento socrático, analise as afirmativas e marque com V, as verdadeiras e com F, as falsas.

3. (Unicentro 2012) Sobre o pensamento socrático, analise as afirmativas e marque com V, as verdadeiras e com F, as falsas. 1. (Unicamp 2013) A sabedoria de Sócrates, filósofo ateniense que viveu no século V a.c., encontra o seu ponto de partida na afirmação sei que nada sei, registrada na obra Apologia de Sócrates. A frase

Leia mais

O MUNDO DE PLATAO PDF

O MUNDO DE PLATAO PDF O MUNDO DE PLATAO PDF ==> Download: O MUNDO DE PLATAO PDF O MUNDO DE PLATAO PDF - Are you searching for O Mundo De Platao Books? Now, you will be happy that at this time O Mundo De Platao PDF is available

Leia mais

O legado da Filosofia grega para o Ocidente europeu

O legado da Filosofia grega para o Ocidente europeu O legado da Filosofia grega para o Ocidente europeu Marilena Chauí Por causa da colonização europeia das Américas, nós também fazemos parte - ainda que de modo inferiorizado e colonizado - do Ocidente

Leia mais

Aristóteles. (384 a.c 347 a.c)

Aristóteles. (384 a.c 347 a.c) Aristóteles (384 a.c 347 a.c) Trajetória histórica Nasce em Estagira império macedônio Encontro com Platão academia aos 17 anos (fica 20 anos) Preceptor de Alexandre Muito estudo biblioteca e investigação

Leia mais

Filosofia política na Antiguidade romana: Cícero

Filosofia política na Antiguidade romana: Cícero Filosofia política na Antiguidade romana: Cícero As influências de Platão e Aristóteles no terreno da reflexão política foram marcantes tanto na Antiguidade como na Idade Média. A ideia de que a política

Leia mais

NOTAS INTRODUTÓRIAS AO PENSAMENTO POLÍTICO DE ARISTÓTELES: O regime de inclusão de ricos e pobres.

NOTAS INTRODUTÓRIAS AO PENSAMENTO POLÍTICO DE ARISTÓTELES: O regime de inclusão de ricos e pobres. NOTAS INTRODUTÓRIAS AO PENSAMENTO POLÍTICO DE ARISTÓTELES: O regime de inclusão de ricos e pobres. Rafael Augusto De Conti 1. SUMÁRIO: 1. O ser se diz de vários modos; 2. As causas da comunidade política;

Leia mais

LISTA - PLATÃO. 1. (Uepa 2015) Leia o texto para responder à questão. Platão:

LISTA - PLATÃO. 1. (Uepa 2015) Leia o texto para responder à questão. Platão: 1. (Uepa 2015) Leia o texto para responder à questão. Platão: A massa popular é assimilável por natureza a um animal escravo de suas paixões e de seus interesses passageiros, sensível à lisonja, inconstante

Leia mais

FILOSOFIA - HELENISMO

FILOSOFIA - HELENISMO 1. (Unisc 2012) Nas suas Meditações, o filósofo estoico Marco Aurélio escreveu: Na vida de um homem, sua duração é um ponto, sua essência, um fluxo, seus sentidos, um turbilhão, todo o seu corpo, algo

Leia mais

FILOSOFIA COMENTÁRIO DA PROVA DE FILOSOFIA

FILOSOFIA COMENTÁRIO DA PROVA DE FILOSOFIA COMENTÁRIO DA PROVA DE FILOSOFIA Mais uma vez a UFPR oferece aos alunos uma prova exigente e bem elaborada, com perguntas formuladas com esmero e citações muito pertinentes. A prova de filosofia da UFPR

Leia mais

ÉTICA PROFISSIONAL. Curso de Engenharia UNIP

ÉTICA PROFISSIONAL. Curso de Engenharia UNIP ÉTICA PROFISSIONAL Curso de Engenharia UNIP O QUE É ÉTICA? O QUE É ÉTICA? Tradicionalmente é entendida como um estudo ou uma reflexão sobre os costumes ou sobre as ações humanas. Pode ser entendida também

Leia mais

O que é Philosophia? Philosophi a (Filosofia) Grego.

O que é Philosophia? Philosophi a (Filosofia) Grego. O que é Philosophia? ϕa palavra Philosophi a (Filosofia) vem do Grego. O que é Philosophia? ϕphilo significa Amizade, Simpatia, Amor. ϕsophia Sabedoria. Amor para os Gregos ϕágape amor da Criatura para

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Recuperação do 3 Bimestre disciplina Filosofia 3º Ano EM A Conteúdo: Introdução à Filosofia de Aristóteles Hilemorfismo Teleológico Matéria e forma - Ato e Potência

Leia mais

I - AS IDÉIAS MOVEM O MUNDO

I - AS IDÉIAS MOVEM O MUNDO MENDONÇA, Eduardo Prado de. O MUNDO PRECISA DE FILOSOFIA. 10ª Ed. Rio de Janeiro: Editora Agir, 1991. Subsídio para estudo: Professor Sandro Luiz Bazzanella Página 09 I - AS IDÉIAS MOVEM O MUNDO 01. Aristóteles

Leia mais

ESPARTA Situada na Lacônia (Peloponeso) planíciefértil(exceçãonagrécia)

ESPARTA Situada na Lacônia (Peloponeso) planíciefértil(exceçãonagrécia) GRÉCIA ANTIGA Localizada na Grécia Continental ou Peninsular está no sul da Europa na Península Balcânica, também era formada por outras porções de terra: Insular ilhasgregasnomaregeu. MagnaGrécia colôniasnosuldaitália.

Leia mais

DO MITO AOS SOFISTAS

DO MITO AOS SOFISTAS DO MITO AOS SOFISTAS Gustavo Bertoche gusbertoche@gmail.com Mito e filosofia Para compreender o processo intelectual que resulta na filosofia contemporânea é necessário conhecer a origem da filosofia.

Leia mais

Aula 10 1 Colegial - Filosofia

Aula 10 1 Colegial - Filosofia Aula 10 1 Colegial - Filosofia PLATÃO E O MITO DA CAVERNA LIVRO VII DE A REPÚBLICA Uma caverna, no fundo da qual estão vários prisioneiros, acorrentados, imobilizados, com as cabeças presas na direção

Leia mais

Questões Filosofia Antiga Aristóteles

Questões Filosofia Antiga Aristóteles Questão 1 C a) Incorreta. O pensamento mítico não é da esfera do racional, mas sim do sensível, do pensamento comum. b) Incorreta. A narrativa mítica não apresenta essa dimensão intelectiva, no sentido

Leia mais

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES PROFESSOR DANILO BORGES FILOSOFIA 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES PROFESSOR DANILO BORGES FILOSOFIA 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II RESOLUÇÕES DE QUESTÕES PROFESSOR DANILO BORGES FILOSOFIA 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II (UEL) Tales foi o iniciador da filosofia da physis, pois foi o primeiro a afirmar a existência de um princípio originário

Leia mais

FILOSOFIA - ARISTÓTELES

FILOSOFIA - ARISTÓTELES 1. (Uel 2015) Leia os textos a seguir. A arte de imitar está bem longe da verdade, e se executa tudo, ao que parece, é pelo facto de atingir apenas uma pequena porção de cada coisa, que não passa de uma

Leia mais

CIVILIZAÇÃO GREGA. Curso: Médio Integrado. Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa

CIVILIZAÇÃO GREGA. Curso: Médio Integrado. Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa CIVILIZAÇÃO GREGA Curso: Médio Integrado Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa ORIGEM DO POVO GREGO GRÉCIA GREGOS HÉLADE HELENOS Geografia Grécia continental Peninsular insular Montanhas Vales férteis

Leia mais

1. BREVE REVISÃO E CONCLUSÃO DOS ASSUSNTOS ESTUDADOS ANTERIORMENTE

1. BREVE REVISÃO E CONCLUSÃO DOS ASSUSNTOS ESTUDADOS ANTERIORMENTE 1. BREVE REVISÃO E CONCLUSÃO DOS ASSUSNTOS ESTUDADOS ANTERIORMENTE A filosofia nasce e se desenvolve com as necessidades de formação de uma sociedade política. A Grécia criou algo diferente de tudo que

Leia mais

FILOSOFIA EDIEL NASCIMENTO

FILOSOFIA EDIEL NASCIMENTO FILOSOFIA EDIEL NASCIMENTO A mente que se abre para uma nova ideia, jamais retorna ao seu tamanho original. A. Einstein Ementa A disciplina de Filosofia aborda fundamentos filosóficos como instrumentais

Leia mais

Fundamentação da ética

Fundamentação da ética Fundamentação da ética Objeto da ética Problemas: O que é a ética? Que tipo de problemas ela tenta resolver? Por que o ser humano deve ser guiado pela ética e não pelos instintos? Que elemento nos distingue

Leia mais

Processo de compreensão da realidade. Não é lenda Verdade Explicação do misterioso Expressão fundamental do viver humano

Processo de compreensão da realidade. Não é lenda Verdade Explicação do misterioso Expressão fundamental do viver humano Processo de compreensão da realidade Não é lenda Verdade Explicação do misterioso Expressão fundamental do viver humano Homero Ilíada Hesíodo Teogonia Odisseia A invenção da escrita Nova idade mental Surgimento

Leia mais

3ª Filosofia Antiga (Pensadores antigos)

3ª Filosofia Antiga (Pensadores antigos) 3ª Filosofia Antiga (Pensadores antigos) Questão (1) - A filosofia se constitui, a partir das concepções de Sócrates, Platão e Aristóteles, como o pensamento que investiga: a) A questão da dívida externa.

Leia mais

Resolução da Questão 1 Texto definitivo

Resolução da Questão 1 Texto definitivo Questão A filosofia não é outra coisa senão o exercício preparatório para a sabedoria. Não se trata de opor nem de separar a filosofia como modo de vida, por um lado, e um discurso filosófico

Leia mais

NODARI, Paulo César. Sobre ética: Aristóteles, Kant e Levinas. Caxias do Sul: Educs, 2010

NODARI, Paulo César. Sobre ética: Aristóteles, Kant e Levinas. Caxias do Sul: Educs, 2010 NODARI, Paulo César. Sobre ética: Aristóteles, Kant e Levinas. Caxias do Sul: Educs, 2010 12 Daniel José Crocoli * A obra Sobre ética apresenta as diferentes formas de se pensar a dimensão ética, fazendo

Leia mais