Guia de orientação e aconselhamento para contracepção hormonal com Sistema Intrauterino (SIU)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia de orientação e aconselhamento para contracepção hormonal com Sistema Intrauterino (SIU)"

Transcrição

1 Guia de orientação e aconselhamento para contracepção hormonal com Sistema Intrauterino (SIU) Material distribuído exclusivamente por profissionais de saúde às pacientes usuárias de SIU, a título de orientação.

2 Introdução Este folheto, que foi entregue pelo seu médico, tem como objetivo deixá-la mais segura e esclarecer suas principais dúvidas sobre este método contraceptivo de longo prazo. Meu Calendário Datas das próximas consultas Próxima consulta: / / Próxima consulta: / / Próxima consulta: / / : : : Data de colocação do SIU Inserido por: Data de colocação: / / Data de remoção, até: / /

3 A resposta para uma contracepção eficaz e de longa duração. O que é o Sistema Intrauterino? (SIU) O SIU é um sistema intrauterino em forma de T que, após a inserção, libera o hormônio levonorgestrel dentro do útero. O objetivo da forma em T é o de ajustar o sistema de liberação à forma do útero. O braço vertical da estrutura em T apresenta um cilindro contendo o hormônio. Na extremidade deste braço, estão fixados dois fios que se destinam à remoção do SIU. Como o SIU funciona? A parte vertical do T contém um hormônio, levonorgestrel, que é semelhante a um dos hormônios produzidos em seu corpo. O sistema libera o hormônio em uma taxa constante, mas em quantidades muito pequenas (20 microgramas por 24 horas). O SIU previne a gravidez através de 3 mecanismos: 1. Promove o espessamento do muco normal no canal cervical (abertura para o útero), de forma que o espermatozoide não possa entrar no útero para fertilizar o óvulo; 2. Afeta a movimentação do espermatozoide dentro do útero, evitando a fertilização; 3. Controle do desenvolvimento mensal da camada de revestimento do útero (endométrio) de forma que esta não fique suficientemente espessa para possibilitar gravidez. Quais as indicações para o uso do SIU? O SIU pode ser usado para contracepção (prevenção da gravidez), menorragia (sangramento menstrual excessivo) e para proteção contra hiperplasia endometrial (crescimento excessivo da camada de revestimento do útero) durante a terapia de reposição hormonal. Qual é a eficácia do SIU? A eficácia do SIU é comparável à esterilização feminina (laqueadura). O produto é tão eficaz quanto os mais eficazes dispositivos intrauterinos (DIUs) de cobre ou contraceptivos orais (pílulas) atuais. No tratamento de sangramento menstrual excessivo, o SIU promove uma forte redução de sangramento após três meses de uso. Algumas usuárias não apresentam qualquer sangramento. Qual é o melhor momento para o médico colocar o SIU? Em mulheres em idade reprodutiva, o SIU deve ser inserido na cavidade uterina no período de até 7 dias após o início da menstruação, pois a inserção nesta fase será mais fácil.

4 Útero Tuba uterina Ovário SIU Ovário Filamentos Em se tratando de mulheres que já são usuárias deste método e desejam substituí-io por um novo, este pode ser introduzido imediatamente após a retirada do anterior. No período pós-parto é recomendável que seja inserido a partir da 6ª semana após o nascimento do bebê. Nos casos de aborto que não tenha qualquer suspeita de infecção, o SIU poderá ser inserido logo que o médico julgar pertinente. O procedimento para inserção ou retirada do SIU é doloroso? Em geral, o procedimento de inserção do SIU é muito bem tolerado e dura poucos minutos, e o de remoção é ainda mais simples e rápido. No ato da inserção pode ocorrer leve sensação de desconforto pélvico, tipo cólica menstrual. Logo após a inserção, também podem ocorrer algumas cólicas, em virtude da adaptação do útero com o SIU. Em condições normais estas dores tendem a desaparecer em pouco tempo. Em relação à remoção, a sensação de desconforto leve pode ocorrer nas primeiras horas. Em todas estas situações e, somente se o médico julgar apropriado, medicamentos analgésicos podem ser indicados. Para minimizar estas complicações, seu médico foi instruído para colocar o SIU. O uso de técnicas de colocação corretas e esterilizadas, ajudam a prevenir complicações. Quais são os efeitos colaterais comuns do SIU? Os tratamentos médicos e suas possíveis reações adversas podem afetar cada paciente de forma diferente. Abaixo, alguns dos efeitos colaterais que podem estar associados ao SIU, embora nem todas as pacientes os demonstrem: Mudanças no sangramento menstrual, tais como manchas, sangramento leve, sangramento irregular e interrupção do sangramento; Dor pélvica ou abdominal; Desenvolvimento de cistos nos ovários que, em geral, são resolvidos sem tratamento; Dores de cabeça; Mastalgia; Mudanças na pele (acne).

5 A resposta para uma contracepção eficaz e de longa duração. A maior parte destes efeitos colaterais é observada apenas temporariamente nos primeiros 3 a 6 meses após a colocação do SIU. Consulte sempre seu médico caso apresente algum sintoma que acredite ser relacionado à medicação. Meu ciclo menstrual mudará com o SIU? Durante um período de 3 a 6 meses, seu ciclo menstrual poderá se tornar irregular. Você também poderá observar manchas ou leve sangramento. Após seu corpo se ajustar, o número de dias de sangramento deverá diminuir e, em algumas usuárias, pararão completamente enquanto o SIU for utilizado. Isto não será prejudicial a seu corpo. De maneira geral, é provável que ocorra redução gradual no número de dias de sangramento e na quantidade de sangue perdido a cada mês. Algumas mulheres eventualmente verificam que o sangramento é totalmente interrompido. Ao final do primeiro ano, algumas usuárias não possuem qualquer sangramento. Isto não é insalubre a seu corpo, de fato, não menstruar pode ser uma grande vantagem para a saúde da mulher. Seu ciclo menstrual retornará ao normal após a remoção do SIU. Com que frequência devo consultar meu médico após a inserção do SIU? Após colocar o SIU, deverá ser realizada uma consulta em um período de 4 a 12 semanas para verificar a colocação correta e quaisquer problemas. Posteriormente, é recomendado que se realizem retornos anuais ou mais frequentemente se for clinicamente indicado por seu médico. Quanto tempo devo esperar para ter relações sexuais após a inserção do SIU? Para permitir um descanso ao corpo, é aconselhável aguardar cerca de 24 horas após a inserção antes de ter relação sexual. Porém, logo após a inserção, o SIU evita a gravidez. O SIU pode me proteger do HIV ou de DSTs (doenças sexualmente transmissíveis)? Não. O SIU não fornece proteção contra o HIV ou DSTs. O que fazer caso queira engravidar ou remover o SIU por outra razão? O SIU pode ser facilmente removido a qualquer momento pelo seu médico e geralmente esta remoção é um procedimento indolor. O retorno à fertilidade é recuperada após a remoção do SIU. Se não desejar engravidar, o SIU não deve ser removido após o 5º dia do ciclo menstrual, a menos que a contracepção seja obtida por outros métodos (por exemplo, preservativo) por, pelo menos, 5 dias antes da remoção.

6 Quando a mulher não apresenta sangramento, ela deve usar método contraceptivo de barreira por 5 dias antes da remoção e até que sua menstruação retorne. Um novo SIU também pode ser inserido imediatamente após a remoção do anterior e, neste caso, não é necessária qualquer proteção adicional. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Por quanto tempo posso usar o SIU? O SIU oferece proteção contra gravidez por 5 anos, sendo que, após este período, o sistema deve ser retirado. Se desejar, um novo pode ser inserido quando o antigo for removido. Posso engravidar após interromper o uso do SIU? Sim. Após a remoção, não há interferência com fertilidade normal. Pode ocorrer gravidez durante o primeiro ciclo menstrual após a remoção do SIU. Posso amamentar durante o uso do SIU? Pode-se amamentar durante o uso do produto. Não há qualquer efeito deletério sobre o crescimento ou desenvolvimento do lactente quando se usa qualquer método contendo apenas progestagênio, 6 semanas após o parto. Métodos contendo apenas progestagênio não parecem afetar a quantidade ou a qualidade do leite materno. Quando não devo usar o SIU? O SIU não deve ser utilizado na presença de qualquer uma das condições descritas a seguir: Doença inflamatória pélvica atual ou recorrente (infecção dos órgãos reprodutores femininos); Ocorrência ou suspeita de gravidez; Infecção do trato genital inferior; Infecção do útero após parto; Infecção do útero após um abortamento ocorrido durante os últimos 3 meses; Infecção do colo do útero; Anormalidades celulares no colo do útero; Ocorrência ou suspeita de câncer do colo do útero ou do útero;

7 A resposta para uma contracepção eficaz e de longa duração. Tumores que dependem do hormônio progestógeno para se desenvolver; Sangramento vaginal anormal não diagnosticado; Anormalidade do colo do útero ou do útero, incluindo leiomiomas, se estes causarem deformação da cavidade uterina; Condições associadas com aumento de susceptibilidade a infecções; Presença de doença hepática ou tumor hepático; Hipersensibilidade ao medicamento ou a qualquer constituinte do produto. Onde posso saber mais sobre o SIU? Para saber mais sobre o SIU, consulte seu médico. Ele poderá fornecer informações adicionais sobre o SIU a você e a seu parceiro. Informações retirada do item perguntas e respostas da bula de Mirena.

8 Informações sobre todas as fases da mulher em um único lugar. No ar desde 1997, o gineco.com.br é o portal de referência em Saúde Feminina no Brasil. Recomendado por periódicos importantes, ele consta também em páginas oficiais do governo brasileiro, é referência em universidades e, desde1998, é aprovado pela Health On the Net Foundation como um site de qualidade em medicina. Divulgue entre suas pacientes essa importante fonte de informação e atenção integral à saúde da mulher: Tudo sobre a saúde feminina em um clique. Material distribuído exclusivamente por profissionais de saúde às Material pacientes para distribuição usuárias exclusiva de SIU, a profissionais a título de da orientação. saúde. L.BR.WH

Mirena. Bayer S.A. Endoceptivo (SIU Sistema Intrauterino) 52 mg

Mirena. Bayer S.A. Endoceptivo (SIU Sistema Intrauterino) 52 mg Mirena Bayer S.A. Endoceptivo (SIU Sistema Intrauterino) 52 mg Mirena levonorgestrel APRESENTAÇÕES: Mirena (levonorgestrel) é um endoceptivo, ou seja, um sistema intrauterino (SIU) com liberação de levonorgestrel,

Leia mais

levonorgestrel Number of pages: JT Job No.: Pharmacode: Font / Font size / Spacing: Colors:

levonorgestrel Number of pages: JT Job No.: Pharmacode: Font / Font size / Spacing: Colors: 12 levonorgestrel JT Job No.: Font / Font size / Spacing: Item No.: Drawn up/os: Date: Colors: Client: Folding: Dimensions (mm): Number of pages: Pharmacode: 84161365 270430 84161365 Liite Mirena INS potilasohje

Leia mais

MÉTODOS CONTRACEPTIVOS

MÉTODOS CONTRACEPTIVOS MÉTODOS CONTRACEPTIVOS MÉTODOS CONTRACEPTIVOS 1. MÉTODOS COMPORTAMENTAIS Os métodos contraceptivos são utilizados por pessoas que têm vida sexual ativa e querem evitar uma gravidez. Além disso, alguns

Leia mais

Tipos de Anticoncepcionais

Tipos de Anticoncepcionais Tipos de Anticoncepcionais Dr. Orlando de Castro Neto Métodos anticoncepcionais ou métodos contraceptivos são maneiras, medicamentos e dispositivos usados para evitar a gravidez. Muitas vezes o método

Leia mais

MÉTODOS HORMONAIS. São comprimidos que contêm estrogênio e progestogênio associados.

MÉTODOS HORMONAIS. São comprimidos que contêm estrogênio e progestogênio associados. MÉTODOS HORMONAIS 1 - ANTICONCEPCIONAIS HORMONAIS ORAIS (PÍLULAS) É o método mais difundido e usado no mundo. As pílulas são consideradas um método reversível muito eficaz e o mais efetivo dos métodos

Leia mais

Cartilha Planejamento Familiar. Medicina Preventiva

Cartilha Planejamento Familiar. Medicina Preventiva 2 19 O planejamento familiar é direito assegurado na Constituição Federal e consiste num conjunto de ações que auxiliam o casal que deseja ter filhos ou ainda, na prevenção da gravidez para aqueles que

Leia mais

CONTRACEPÇÃO HORMONAL PÍLULA

CONTRACEPÇÃO HORMONAL PÍLULA CONTRACEPÇÃO HORMONAL PÍLULA A Pílula é o método contraceptivo hormonal mais utilizado, pelas mulheres em todo o mundo. O QUE É? Um método contraceptivo que contém hormonas sintéticas que são semelhantes

Leia mais

Informe Público - Out/2010 Santa Maria / RS. www.labpasteursm.com.br SEXUALIDADE E CONTRACEPÇÃO

Informe Público - Out/2010 Santa Maria / RS. www.labpasteursm.com.br SEXUALIDADE E CONTRACEPÇÃO SEXUALIDADE E CONTRACEPÇÃO O início da vida sexual é um momento marcante na adolescência. São tantas dúvidas, medos preconceitos e mitos, que as vezes ficamos confusos! O exercício da sexualidade exige

Leia mais

Sandoz Uma decisão saudável A pílula do dia seguinte

Sandoz Uma decisão saudável A pílula do dia seguinte Sandoz Uma decisão saudável A pílula do dia seguinte 1 O que é um anticonceptivo de emergência ou a "pílula do dia seguinte"? A "pílula do dia seguinte" é um anticonceptivo que previne uma gravidez não

Leia mais

PLANEJAMENTO FAMILIAR

PLANEJAMENTO FAMILIAR PLANEJAMENTO FAMILIAR O que é? Qual a importância? A quem interessa? Como fazer? PLANEJAMENTO FAMILIAR (cont.) Fundamentação na legislação Constituição Federal 1988. Título VII Artigo 226 Parágrafo 7 o.

Leia mais

Contracepção Resumo de diretriz NHG M02 (dezembro 2011)

Contracepção Resumo de diretriz NHG M02 (dezembro 2011) Contracepção Resumo de diretriz NHG M02 (dezembro 2011) Anke Brand, Anita Bruinsma, Kitty van Groeningen, Sandra Kalmijn, Ineke Kardolus, Monique Peerden, Rob Smeenk, Suzy de Swart, Miranda Kurver, Lex

Leia mais

GUIA PARA PACIENTES. Anotações

GUIA PARA PACIENTES. Anotações Anotações ENTENDENDO DO OS MIOMAS MAS UTERINOS GUIA PARA PACIENTES 1620641 - Produzido em maio/2010 AstraZeneca do Brasil Ltda. Rodovia Raposo Tavares, km 26,9 CEP 06707-000 - Cotia/SP ACCESS net/sac 0800

Leia mais

Tecnologia para a regulação dos nascimentos? gravidez indesejada.

Tecnologia para a regulação dos nascimentos? gravidez indesejada. Quais os contributos da Ciência e da Tecnologia para a regulação dos nascimentos? São utilizados para prevenir uma São utilizados para prevenir uma gravidez indesejada. Mét. Contracepção A - Não Naturais

Leia mais

DISPOSITIVO INTRA-UTERINO (DIU)

DISPOSITIVO INTRA-UTERINO (DIU) DISPOSITIVO INTRA-UTERINO (DIU) É muito eficaz, reversível e de longa duração A eficácia e eventuais complicações dependem, em grande parte, da competência do técnico Alguns dispositivos podem permanecer

Leia mais

Folheto Informativo para a Contracepção Isotretinoína Pierre Fabre Isotretinoína

Folheto Informativo para a Contracepção Isotretinoína Pierre Fabre Isotretinoína Folheto Informativo para a Contracepção Isotretinoína Pierre Fabre Isotretinoína ISOTRETINOÍNA PIERRE FABRE É UM MEDICAMENTO TERATOGÉNICO É muito importante que você e o seu parceiro sexual sejam plenamente

Leia mais

Aula 16: Métodos Anticoncepcionais

Aula 16: Métodos Anticoncepcionais Aula 16: Métodos Anticoncepcionais Hormônios sexuais femininos Os dois hormônios ovarianos, o estrogênio e a progesterona, são responsáveis pelo desenvolvimento sexual da mulher e pelo ciclo menstrual.

Leia mais

Laboratório. Apresentação de Mirena. Mirena - Indicações. Contra-indicações de Mirena. Advertências. Bayer

Laboratório. Apresentação de Mirena. Mirena - Indicações. Contra-indicações de Mirena. Advertências. Bayer Laboratório Bayer Apresentação de Mirena Cart. c/ um blíster estéril c/ 1 endoceptivo (SIU) e um insertor Mirena é um endoceptivo, ou seja, um sistema intra-uterino (SIU) c/ liberação de levonorgestrel,

Leia mais

Noções Básicas da CONTRACEPÇÃO

Noções Básicas da CONTRACEPÇÃO Noções Básicas da CONTRACEPÇÃO Texto dirigido ao trabalho com adolescentes MÉTODOS ANTICONCEPCIONAIS OU CONTRACEPTIVOS Reversíveis: É o método que pode ser parado a qualquer momento, se for por vontade

Leia mais

Mirena 20 microgramas/24 horas dispositivo de libertação intrauterino Levonorgestrel

Mirena 20 microgramas/24 horas dispositivo de libertação intrauterino Levonorgestrel Folheto informativo: informação para o utilizador Mirena 20 microgramas/24 horas dispositivo de libertação intrauterino Levonorgestrel Leia com atenção todo este folheto informativo antes de começar a

Leia mais

REPRODUÇÃO HUMANA MÉTODOS CONTRACEPTIVOS OU ANTICONCEPCIONAIS. Prof. Me. Cristino Rêgo 8º Ano Ensino Fundamental II

REPRODUÇÃO HUMANA MÉTODOS CONTRACEPTIVOS OU ANTICONCEPCIONAIS. Prof. Me. Cristino Rêgo 8º Ano Ensino Fundamental II REPRODUÇÃO HUMANA MÉTODOS CONTRACEPTIVOS OU ANTICONCEPCIONAIS Prof. Me. Cristino Rêgo 8º Ano Ensino Fundamental II Métodos Contraceptivos ou Anticoncepcionais 1 Coito Interrompido (Onanismo): Consiste

Leia mais

Métodos Contraceptivos Reversíveis. DSR- www.saudereprodutiva.dgs.pt

Métodos Contraceptivos Reversíveis. DSR- www.saudereprodutiva.dgs.pt Métodos Contraceptivos Reversíveis Estroprogestativos orais Pílula 21 cp + 7 dias pausa existem vários, podendo ser escolhido o que melhor se adapta a cada mulher são muito eficazes, quando se cumprem

Leia mais

Mirena levonorgestrel. Informação importante! Leia com atenção!

Mirena levonorgestrel. Informação importante! Leia com atenção! Mirena levonorgestrel Informação importante! Leia com atenção! Forma farmacêutica: Mirena (levonorgestrel) é um endoceptivo, ou seja, um sistema intra-uterino (SIU) com liberação de levonorgestrel, cuja

Leia mais

Doenças Sexualmente Transmissíveis (pág. 273)

Doenças Sexualmente Transmissíveis (pág. 273) Doenças Sexualmente Transmissíveis (pág. 273) -DST (no passado conhecidas como doenças venéreas ou doenças de rua ); - São doenças transmitidas por meio de ato sexual ou contato com sangue do doente; -

Leia mais

M t é o t d o os o Contraceptivos

M t é o t d o os o Contraceptivos Métodos Contraceptivos São meios utilizados para evitar a gravidez quando esta não é desejada, permitindo a vivência da sexualidade de forma responsável. Permitem o planeamento familiar. 2 Como se classificam

Leia mais

número 15 - dezembro/2015 RELATÓRIO PARA A SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS

número 15 - dezembro/2015 RELATÓRIO PARA A SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS número 15 - dezembro/2015 RELATÓRIO PARA A SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS RELATÓRIO PARA A SOCIEDADE Este relatório é uma versão resumida

Leia mais

APRESENTAÇÕES Comprimidos de 0,35 mg em embalagem contendo um blister com 35 comprimidos.

APRESENTAÇÕES Comprimidos de 0,35 mg em embalagem contendo um blister com 35 comprimidos. IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Micronor noretisterona 0,35 mg comprimidos APRESENTAÇÕES Comprimidos de 0,35 mg em embalagem contendo um blister com 35 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido

Leia mais

Sim. Principalmente se a mulher estiver no período fértil.

Sim. Principalmente se a mulher estiver no período fértil. É legal saber! Gravidez Transar uma única vez, pode engravidar? Sim. Principalmente se a mulher estiver no período fértil. Minha menstruação na desceu. Estou grávida? Depende. É importante cada mulher

Leia mais

APROVEITE AS SUAS CONSULTAS PARA INFORMAR SOBRE O PLANEAMENTO FAMILIAR REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE

APROVEITE AS SUAS CONSULTAS PARA INFORMAR SOBRE O PLANEAMENTO FAMILIAR REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE APROVEITE AS SUAS CONSULTAS PARA INFORMAR SOBRE O PLANEAMENTO FAMILIAR REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE ACONSELHE SOBRE OS BENEFÍCIOS DO PLANEAMENTO FAMILIAR Permite aos casais tomarem decisões

Leia mais

APROVADO EM 07-10-2005 INFARMED

APROVADO EM 07-10-2005 INFARMED FOLHETO INFORMATIVO Norlevo, 1,5 mg, Comprimido Levonorgestrel Este folheto contém informações importantes para si. Leia-o atentamente. Este medicamento pode ser adquirido sem receita médica. No entanto,

Leia mais

Sangramento vaginal Resumo de diretriz NHG M28 (terceira revisão, agosto 2014)

Sangramento vaginal Resumo de diretriz NHG M28 (terceira revisão, agosto 2014) Sangramento vaginal Resumo de diretriz NHG M28 (terceira revisão, agosto 2014) Meijer LJ, Bruinsma ACA, Pameijer AS, Hehenkamp WJK, Janssen CAH, Burgers JS, Opstelten W, De Vries CJH traduzido do original

Leia mais

-VIA DA UNIMED- CONSENTIMENTO INFORMADO CONCORDANDO COM A INSTALAÇÃO DE DISPOSITIVO INTRA-UTERINO COMO MÉTODO REVERSÍVEL DE ANTICONCEPÇÃO.

-VIA DA UNIMED- CONSENTIMENTO INFORMADO CONCORDANDO COM A INSTALAÇÃO DE DISPOSITIVO INTRA-UTERINO COMO MÉTODO REVERSÍVEL DE ANTICONCEPÇÃO. Após Preenchimento entregar: ORIGINAL NA ULP; 01 CÓPIA P/ MÉDICO; 01 CÓPIA P/ PACIENTE. -VIA DA UNIMED- CONSENTIMENTO INFORMADO CONCORDANDO COM A INSTALAÇÃO DE DISPOSITIVO INTRA-UTERINO COMO MÉTODO REVERSÍVEL

Leia mais

PREVINA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO

PREVINA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO SENADO FEDERAL PREVINA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Previna o câncer do colo do útero apresentação O câncer do colo do útero continua matando muitas mulheres. Especialmente no Brasil,

Leia mais

Protocolo para Utilização do Levonorgestrel na Anticoncepção Hormonal de Emergência.

Protocolo para Utilização do Levonorgestrel na Anticoncepção Hormonal de Emergência. Protocolo para Utilização do Levonorgestrel na Anticoncepção Hormonal de Emergência. A Rede Cegonha instituída em junho de 2011 consiste numa rede de cuidados que visa assegurar à mulher o direito ao planejamento

Leia mais

SESI AMIGA. Assuntos. Gravidez Menstruação Higiene Doenças Sexualidade

SESI AMIGA. Assuntos. Gravidez Menstruação Higiene Doenças Sexualidade SEXO? Eu prefiro contar para minhas colegas do que para minha mãe ou meu pai. Eu sinto medo de conversar com eles, porque eles não gostam de conversar, não consigo, eles não conversam comigo.. SESI AMIGA

Leia mais

NORESTIN. Biolab Sanus Farmacêutica Ltda. Comprimido. noretisterona. 0,35 mg

NORESTIN. Biolab Sanus Farmacêutica Ltda. Comprimido. noretisterona. 0,35 mg NORESTIN Farmacêutica Ltda. Comprimido noretisterona 0,35 mg MODELO DE BULA DO PACIENTE NORESTIN noretisterona IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO APRESENTAÇÕES Comprimido 0,35 mg Caixa com 35 comprimidos. USO

Leia mais

Nome: Mónica Algares. Ano: 9º Turma: B Nº 17

Nome: Mónica Algares. Ano: 9º Turma: B Nº 17 Nome: Mónica Algares Ano: 9º Turma: B Nº 17 Métodos contraceptivos naturais Método do calendário Se a menstruação ocorre de 28 em 28 dias, a ovulação ocorrerá por volta do 14º dia. Assim, o período fértil

Leia mais

PROTOCOLO TÉCNICO PARA AUTORIZAÇÃO DE IMPLANTE DE DIU HORMONAL (MIRENA)

PROTOCOLO TÉCNICO PARA AUTORIZAÇÃO DE IMPLANTE DE DIU HORMONAL (MIRENA) PROTOCOLO TÉCNICO PARA AUTORIZAÇÃO DE IMPLANTE DE DIU HORMONAL (MIRENA) Este documento deve ser totalmente preenchido e encaminhado para autorização prévia. BENEFICIÁRIA N DO CARTÃO DA UNIMED MEDICO SOLICITANTE

Leia mais

Índice 1. INFORMAÇÃO ADICIONAL... 2 2. PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ E TOCTINO... 2 3. TESTE DE GRAVIDEZ... 4 4. MÉTODOS ADEQUADOS DE CONTRACEÇÃO...

Índice 1. INFORMAÇÃO ADICIONAL... 2 2. PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ E TOCTINO... 2 3. TESTE DE GRAVIDEZ... 4 4. MÉTODOS ADEQUADOS DE CONTRACEÇÃO... Índice 1. INFORMAÇÃO ADICIONAL... 2 2. PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ E TOCTINO... 2 3. TESTE DE GRAVIDEZ... 4 4. MÉTODOS ADEQUADOS DE CONTRACEÇÃO... 4 5. MÉTODOS CONTRACETIVOS PRIMÁRIOS... 5 5.1 Contraceção hormonal...

Leia mais

Este folheto fala de vida sexual, fertilidade e gravidez durante o seu tratamento. São informações que deverá consultar antes do tratamento iniciar,

Este folheto fala de vida sexual, fertilidade e gravidez durante o seu tratamento. São informações que deverá consultar antes do tratamento iniciar, Este folheto fala de vida sexual, fertilidade e gravidez durante o seu tratamento. São informações que deverá consultar antes do tratamento iniciar, para que possa ponderar, junto com o seu médico oncologista,

Leia mais

Métodos Baseados na Percepção da Fertilidade

Métodos Baseados na Percepção da Fertilidade CAPÍTULO 17 Métodos Baseados na Percepção da Fertilidade Pontos Básicos para Profissionais de Saúde e Clientes Os métodos baseados na percepção da fertilidade exigem a colaboração do parceiro. O casal

Leia mais

Pílulas Só de Progestógeno

Pílulas Só de Progestógeno CAPÍTULO 2 Pílulas Só de Progestógeno Este capítulo é dedicado às pílulas só de progestógeno para mulheres amamentando. Mulheres que não estejam amamentando também podem utilizar as pílulas só de progestógeno.

Leia mais

Minha filha está ficando uma moça!

Minha filha está ficando uma moça! Minha filha está ficando uma moça! A UU L AL A O que faz as meninas se transformarem em mulheres? O que acontece com seu corpo? Em geral, todos nós, homens e mulheres, somos capazes de lembrar muito bem

Leia mais

Protocolo para Utilização do Levonorgestrel na Anticoncepção Hormonal de Emergência

Protocolo para Utilização do Levonorgestrel na Anticoncepção Hormonal de Emergência Protocolo para Utilização do Levonorgestrel na Anticoncepção Hormonal de Emergência A Rede Cegonha, instituída em junho de 2011, consiste numa rede de cuidados que visa assegurar à mulher o direito ao

Leia mais

PROTOCOLO TÉCNICO PARA AUTORIZAÇÃO DE IMPLANTE DE DIU HORMONAL (MIRENA)

PROTOCOLO TÉCNICO PARA AUTORIZAÇÃO DE IMPLANTE DE DIU HORMONAL (MIRENA) PROTOCOLO TÉCNICO PARA AUTORIZAÇÃO DE IMPLANTE DE DIU HORMONAL (MIRENA) Este documento deve ser totalmente preenchido e encaminhado para autorização prévia. BENEFICIÁRIA N DO CARTÃO DA UNIMED MEDICO SOLICITANTE

Leia mais

MÉTODOS CONTRACEPTIVOS. Professora Daiana Escola La Salle Águas Claras 8º ano

MÉTODOS CONTRACEPTIVOS. Professora Daiana Escola La Salle Águas Claras 8º ano MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Professora Daiana Escola La Salle Águas Claras 8º ano METODOS DE BARREIRA Imobilizam os espermatozoides, impedindo-os de entrar em contato com o óvulo e ocorrer a fecundação. Espermicidas

Leia mais

Aborto espontâneo Resumo de diretriz NHG M03 (março 2004)

Aborto espontâneo Resumo de diretriz NHG M03 (março 2004) Aborto espontâneo Resumo de diretriz NHG M03 (março 2004) Flikweert S, Wieringa-de Waard M, Meijer LJ, De Jonge A, Van Balen JAM traduzido do original em holandês por Luiz F.G. Comazzetto 2014 autorização

Leia mais

DIRETRIZES BÁSICAS DE ATENDIMENTO AO PLANEJAMENTO FAMILIAR NA REDE DE ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE

DIRETRIZES BÁSICAS DE ATENDIMENTO AO PLANEJAMENTO FAMILIAR NA REDE DE ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DIRETRIZES BÁSICAS DE ATENDIMENTO AO PLANEJAMENTO FAMILIAR NA REDE DE ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE Toda mulher em idade reprodutiva deverá ter avaliação de satisfação e adequação de método anticoncepcional

Leia mais

Para compreender como os cistos se formam nos ovários é preciso conhecer um pouco sobre o ciclo menstrual da mulher.

Para compreender como os cistos se formam nos ovários é preciso conhecer um pouco sobre o ciclo menstrual da mulher. Cistos de Ovário Os ovários são dois pequenos órgãos, um em cada lado do útero. É normal o desenvolvimento de pequenos cistos (bolsas contendo líquidos) nos ovários. Estes cistos são inofensivos e na maioria

Leia mais

Guia prático Contraceção de

Guia prático Contraceção de Guia prático Contraceção de Emergência (CE) Este guia contém de forma prática e resumida informação atualizada sobre CE. Tem como objetivo apoiar os farmacêuticos nas recomendações sobre CE. Indicações

Leia mais

Métodos contraceptivos podem ser:

Métodos contraceptivos podem ser: Oqueéacontracepção? É todo o método que vise impedir a fertilização de um óvulo ou impedir a nidificação do embrião. Métodos contraceptivos podem ser: Métodos naturais. Métodos não naturais Métodos mecânicos.

Leia mais

Saúde da Mulher Planejamento Familiar

Saúde da Mulher Planejamento Familiar Saúde da Mulher Profa. MS. KELLI COELHO DOS SANTOS Profkellisantos.edu@gmail.com O planejamento familiar é definido no art. 2º da Lei nº 9.263, de 12 de janeiro de 1996, da seguinte forma: Para fins desta

Leia mais

Amenorréia Resumo de diretriz NHG M58 (março 2007)

Amenorréia Resumo de diretriz NHG M58 (março 2007) Amenorréia Resumo de diretriz NHG M58 (março 2007) Leusink GL, Oltheten JMT, Brugemann LEM, Belgraver A, Geertman JMA, Van Balen JAM traduzido do original em holandês por Luiz F.G. Comazzetto 2014 autorização

Leia mais

FISIOLOGIA DO SISTEMA REPRODUTOR FEMININO

FISIOLOGIA DO SISTEMA REPRODUTOR FEMININO 1 UNIVERSIDADE DE CUIABÁ Atividade Presencial: estudo através de Textos e Questionários realizado em sala de aula SOBRE A FISIOLOGIA DO SISTEMA REPRODUTOR FEMININO CADA ESTUDANTE DEVERÁ IMPRIMIR E LEVAR

Leia mais

MANIPULAÇÃO DA FERTILIDADE

MANIPULAÇÃO DA FERTILIDADE MANIPULAÇÃO DA FERTILIDADE A Fertilidade é o termo empregado para categorizar a capacidade de produzir vida. Ao longo do tempo o Homem tem vindo a demonstrar interesse em controlá-la, arranjando para isso

Leia mais

Métodos Contraceptivos A prática da anticoncepção é um ato a ser praticado sob supervisão médica

Métodos Contraceptivos A prática da anticoncepção é um ato a ser praticado sob supervisão médica A prática da anticoncepção é um ato a ser praticado sob supervisão médica O que são? A utilização de técnicas, dispositivos ou substâncias capazes de impedir a gestação, temporariamente ou definitivamente.

Leia mais

Para FICAR numa boa...

Para FICAR numa boa... visite: www.redece.org NAMORAR Para FICAR numa boa... TRANSAR e sem sustos... livreto regina_indesign.indd 1 Acontece cada coisa... A Camisinha vazou??!! E agora?!! 2 Engravidar sem querer pode ser um

Leia mais

Unidade 1 - REPRODUÇÃO E MANIPULAÇÃO DA FERTILIDADE

Unidade 1 - REPRODUÇÃO E MANIPULAÇÃO DA FERTILIDADE Que modificações ocorrem no organismo feminino após a nidação? A nidação e as primeiras fases de gestação encontram-se sob estreito controlo hormonal. A hormona hcg estimula o corpo lúteo a produzir hormonas,

Leia mais

Dispositivo Intrauterino com Cobre

Dispositivo Intrauterino com Cobre CAPÍTULO 9 Dispositivo Intrauterino com Cobre Este capítulo descreve basicamente o dispositivo intrauterino TCu-380A (com relação ao Dispositivo Intrauterino de Levonorgestrel, ver p. 157). Pontos Básicos

Leia mais

METODOS CONTRACEPTIVOS ENF. MARIANA P. JUSTINO

METODOS CONTRACEPTIVOS ENF. MARIANA P. JUSTINO METODOS CONTRACEPTIVOS ENF. MARIANA P. JUSTINO METODOS DE BARREIRA Imobilizam os espermatozóides, impedindo-os de entrar em contato com o óvulo e de haver fecundação. Espermicidas (sob a forma de óvulos,

Leia mais

Implantes. Pontos Básicos para Profissionais de Saúde e Clientes. O Que São Implantes? CAPÍTULO 8

Implantes. Pontos Básicos para Profissionais de Saúde e Clientes. O Que São Implantes? CAPÍTULO 8 CAPÍTULO 8 Pontos Básicos para Profissionais de Saúde e Clientes são pequenas cápsulas ou hastes flexíveis que são colocadas sob a pele do antebraço. Proporcionam proteção de longo prazo contra a gravidez.

Leia mais

Climatério Resumo de diretriz NHG M73 (primeira revisão, abril 2012)

Climatério Resumo de diretriz NHG M73 (primeira revisão, abril 2012) Climatério Resumo de diretriz NHG M73 (primeira revisão, abril 2012) Bouma J, De Jonge M, De Laat EAT, Eekhof H, Engel HF, Groeneveld FPMJ, Stevens NTJM, Verduijn MM, Goudswaard AN, Opstelten W, De Vries

Leia mais

F. Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Horário de Início :

F. Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Horário de Início : F. Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Horário de Início : Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a sua saúde, exames preventivos, reprodução e planejamento familiar. [Entrevistador:

Leia mais

Cartões de Aconselhamento sobre Métodos Contraceptivos para Adolescentes

Cartões de Aconselhamento sobre Métodos Contraceptivos para Adolescentes Cartões de Aconselhamento sobre Métodos Contraceptivos para Adolescentes Sobre os Cartões de Aconselhamento Os cartões abrangem os seguintes métodos: Este conjunto de cartões de aconselhamento sobre métodos

Leia mais

Cartões de Aconselhamento sobre Métodos Contraceptivos para Adolescentes

Cartões de Aconselhamento sobre Métodos Contraceptivos para Adolescentes Cartões de Aconselhamento sobre Métodos Contraceptivos para Adolescentes Sobre os Cartões de Aconselhamento Os cartões abrangem os seguintes métodos: Este conjunto de cartões de aconselhamento sobre métodos

Leia mais

Índice do Capítulo: Início de Uso 7 Critérios Médicos de Elegibilidade 8 Procedimentos para Iniciar o Uso do Método 9 Acompanhamento 11

Índice do Capítulo: Início de Uso 7 Critérios Médicos de Elegibilidade 8 Procedimentos para Iniciar o Uso do Método 9 Acompanhamento 11 Anticoncepção Oral de Emergência Anualmente, a Organização Mundial da Saúde estima que 585.000 mortes maternas ocorrem em todo o mundo, muitas das quais secundárias ao aborto. A anticoncepção oral de emergência

Leia mais

Mirena. Schering do Brasil, Química e Farmacêutica Ltda. Endoceptivo (SIU Sistema Intrauterino) 52 mg

Mirena. Schering do Brasil, Química e Farmacêutica Ltda. Endoceptivo (SIU Sistema Intrauterino) 52 mg Mirena Schering do Brasil, Química e Farmacêutica Ltda. Endoceptivo (SIU Sistema Intrauterino) 52 mg Mirena levonorgestrel APRESENTAÇÕES: Mirena (levonorgestrel) é um endoceptivo, ou seja, um sistema intrauterino

Leia mais

O que são DSTs? Gonorréia e/ou Uretrites não Gonocócicas, Tricomoníase, Candidíase.

O que são DSTs? Gonorréia e/ou Uretrites não Gonocócicas, Tricomoníase, Candidíase. O que são DSTs? DSTs significa, doenças sexualmente transmissíveis, que são passadas nas relações sexuais com pessoas que estejam com essas doenças. São DSTs, a gonorréia, a sífilis, a clamídia, o herpes

Leia mais

Contracepção na Adolescência. Fátima Palma - 2007

Contracepção na Adolescência. Fátima Palma - 2007 Contracepção na Adolescência Fátima Palma - 2007 Os adolescentes são considerados um grupo de risco em termos de saúde sexual e reprodutiva OMS 1980 Educação sexual Cultura, Religião, Industrialização

Leia mais

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos contendo 1,5 mg de levonorgestrel. Embalagem contendo 1 comprimido revestido.

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos contendo 1,5 mg de levonorgestrel. Embalagem contendo 1 comprimido revestido. POZATO UNI levonorgestrel 1,5 mg comprimidos revestidos USO ORAL USO ADULTO FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos contendo 1,5 mg de levonorgestrel. Embalagem contendo 1 comprimido

Leia mais

Exluton (linestrenol) Schering Plough Indústria Farmacêutica Ltda. Comprimidos Simples 0,5 mg

Exluton (linestrenol) Schering Plough Indústria Farmacêutica Ltda. Comprimidos Simples 0,5 mg Exluton (linestrenol) Schering Plough Indústria Farmacêutica Ltda. Comprimidos Simples 0,5 mg EXLUTON linestrenol APRESENTAÇÕES Comprimidos de - 0,5 mg em embalagem com 28 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO

Leia mais

- CAPÍTULO 12 - RESUMO CICLO MENSTRUAL E GRAVIDEZ

- CAPÍTULO 12 - RESUMO CICLO MENSTRUAL E GRAVIDEZ - CAPÍTULO 12 - RESUMO CICLO MENSTRUAL E GRAVIDEZ No início de cada ciclo menstrual (primeiro dia do fluxo menstrual), a hipófise anterior lança no sangue feminino o FSH (hormônio folículo-estimulante),

Leia mais

/icelgmed Caixa de Asslsténc/a a Saúde dos Empregados da Celg ATO ADMINISTRATIVO DA DIRETORIA EXECUTIVA No 005/2011

/icelgmed Caixa de Asslsténc/a a Saúde dos Empregados da Celg ATO ADMINISTRATIVO DA DIRETORIA EXECUTIVA No 005/2011 :. /icelgmed Caixa de Asslsténc/a a Saúde dos Empregados da Celg ATO ADMINISTRATIVO DA DIRETORIA EXECUTIVA No 005/2011 "Ementa: Revoga a Resolução no 01212008 de 05 de junho de 2008, e estabelece diretrizes

Leia mais

Métodos contraceptivos

Métodos contraceptivos Métodos contraceptivos http://www.youtube.com/watch?v=igloovv-kc8 Professor: Gil Amaro Aluna: Thalyta M. Baptista Disciplina: Estratégias de Ensino em Biologia Os métodos contraceptivos podem ser divididos

Leia mais

Saúde da Mulher. Ana Cristina Pinheiro. Saúde da Mulher

Saúde da Mulher. Ana Cristina Pinheiro. Saúde da Mulher Saúde da Mulher Realizado por: Ana Cristina Pinheiro (Maio de 2007) Saúde da Mulher Uma família equilibrada não pode ser produto do acaso ou da ignorância. O nascimento de uma criança deve ser o resultado

Leia mais

PROJETO DE LEI N o, DE 2007.

PROJETO DE LEI N o, DE 2007. PROJETO DE LEI N o, DE 2007. (Do Srº Luiz Bassuma) Dá nova redação ao parágrafo único do art. 6º e ao parágrafo único do art. 9º, ambos da Lei nº 9.263/96, que regula o 7º do art. 266 da Constituição Federal.

Leia mais

Prefeitura do Município de São Paulo Secretaria Municipal de Saúde Área Técnica de Saúde da Mulher

Prefeitura do Município de São Paulo Secretaria Municipal de Saúde Área Técnica de Saúde da Mulher Prefeitura do Município de São Paulo Secretaria Municipal de Saúde Área Técnica de Saúde da Mulher PROTOCOLO PARA O FORNECIMENTO DE CONTRACEPTIVOS REVERSÍVEIS NA REDE DE ATENÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO DE

Leia mais

ANATOMIA E FISIOLOGIA DO SISTEMA REPRODUTOR FEMININO. Curso Inicial & Integração Novos Representantes

ANATOMIA E FISIOLOGIA DO SISTEMA REPRODUTOR FEMININO. Curso Inicial & Integração Novos Representantes ANATOMIA E FISIOLOGIA DO SISTEMA REPRODUTOR FEMININO Curso Inicial & Integração Novos Representantes 1 SISTEMA REPRODUTOR FEMININO O conjunto de órgãos do sistema reprodutor feminino tem como função principal

Leia mais

ESF Dr. MAURO NETO REALIZAÇÃO: Kamila Paula Lopes Acadêmica do 8º Período- Curso de Bacharel em Enfermagem Estagio Supervisionado II

ESF Dr. MAURO NETO REALIZAÇÃO: Kamila Paula Lopes Acadêmica do 8º Período- Curso de Bacharel em Enfermagem Estagio Supervisionado II REALIZAÇÃO: Kamila Paula Lopes Acadêmica do 8º Período- Curso de Bacharel em Enfermagem Estagio Supervisionado II ESF Dr. MAURO NETO Profª. Enfª. Drª. Isabel Cristina Belasco Coordenadora do Curso de Enfermagem

Leia mais

Gravidez. Métodos Anticoncepcionais

Gravidez. Métodos Anticoncepcionais Gravidez Métodos Anticoncepcionais Conhecendo o Corpo da Mulher e do Homem Para entendermos como a gravidez acontece, primeiramente precisaremos conhecer o funcionamento de algumas partes do corpo humano:

Leia mais

Ciclo Menstrual. Ciclo Menstrual. Ciclo ovariano. Ciclo ovariano 17/08/2014. (primeira menstruação) (ausência de menstruação por 1 ano)

Ciclo Menstrual. Ciclo Menstrual. Ciclo ovariano. Ciclo ovariano 17/08/2014. (primeira menstruação) (ausência de menstruação por 1 ano) CICLO MENSTRUAL Ciclo Menstrual A maioria das mulheres passará por 300 a 400 ciclos menstruais durante sua vida Os ciclos variam entre 21 a 36 dias, em média 28 dias O sangramento dura de 3 a 8 dias A

Leia mais

Congelar sêmen é alternativa para homens com câncer preservarem a fertilidade

Congelar sêmen é alternativa para homens com câncer preservarem a fertilidade FERTILIDADE Congelar sêmen é alternativa para homens com câncer preservarem a fertilidade Antes de iniciar o tratamento contra a doença, pacientes devem ser informados sobre a possibilidade de preservar

Leia mais

Gravidez Semana a Semana com Bruna Galdeano

Gravidez Semana a Semana com Bruna Galdeano Desde o momento em que o óvulo é fecundado pelo espermatozoide, seu futuro bebê começa uma aventura extraordinária dentro de sua barriga, assim passando de um aglomerado de células a um perfeito ser humano.

Leia mais

Se os homens ficassem grávidos!!!

Se os homens ficassem grávidos!!! Se os homens ficassem grávidos!!! Este negócio de dizer que engravidar é difícil, que a gente só tem um dia fértil no mês, que é preciso arriscar para ser feliz, que usar camisinha é como chupar bala com

Leia mais

APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos contendo 75 mcg de desogestrel. Embalagens com 28 ou 84 comprimidos revestidos.

APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos contendo 75 mcg de desogestrel. Embalagens com 28 ou 84 comprimidos revestidos. NACTALI desogestrel MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos contendo 75 mcg de desogestrel. Embalagens com 28 ou 84 comprimidos revestidos. USO

Leia mais

HORMÔNIOS SEXUAIS SISTEMA ENDÓCRINO FISIOLOGIA HUMANA

HORMÔNIOS SEXUAIS SISTEMA ENDÓCRINO FISIOLOGIA HUMANA HORMÔNIOS SEXUAIS SISTEMA ENDÓCRINO FISIOLOGIA HUMANA GLÂNDULAS SEXUAIS GÔNADAS MASCULINAS = TESTÍCULOS GÔNADAS FEMININAS = OVÁRIOS PRODUZEM GAMETAS E HORMÔNIOS SEXUAIS CONTROLE HORMONAL DO SISTEMA TESTÍCULOS

Leia mais

CANCER DE COLO DE UTERO FERNANDO CAMILO MAGIONI ENFERMEIRO DO TRABALHO

CANCER DE COLO DE UTERO FERNANDO CAMILO MAGIONI ENFERMEIRO DO TRABALHO CANCER DE COLO DE UTERO FERNANDO CAMILO MAGIONI ENFERMEIRO DO TRABALHO CANCER DE COLO DE UTERO O câncer de colo uterino é o câncer mais comum entre as mulheres no Brasil, correspondendo a, aproximadamente,

Leia mais

Tratamentos convencionais

Tratamentos convencionais CAPÍTULO 17 Tratamentos convencionais A indicação terapêutica baseia-se na história clínica do casal, juntamente com a avaliação da pesquisa básica laboratorial. Levase também em consideração a ansiedade

Leia mais

Nome: Mónica Algares. Ano: 9º Turma: B Nº 17

Nome: Mónica Algares. Ano: 9º Turma: B Nº 17 Nome: Mónica Algares Ano: 9º Turma: B Nº 17 Introdução Pretendo com este trabalho alertar para graves problemas que ao passar do tempo tem vindo a aumentar, as doenças sexualmente transmissíveis. Com a

Leia mais

APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos contendo 75 mcg de desogestrel. Embalagens com 28 ou 84 comprimidos revestidos.

APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos contendo 75 mcg de desogestrel. Embalagens com 28 ou 84 comprimidos revestidos. NACTALI desogestrel APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos contendo 75 mcg de desogestrel. Embalagens com 28 ou 84 comprimidos revestidos. USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido revestido contém

Leia mais

(www.gineco.com.br) Com relação às alterações hormonais que ocorrem no ciclo menstrual, é correto afirmar que

(www.gineco.com.br) Com relação às alterações hormonais que ocorrem no ciclo menstrual, é correto afirmar que 01 - (Unicastelo SP) O gráfico representa os níveis de concentração dos diferentes hormônios femininos, no organismo, durante o ciclo menstrual. (www.gineco.com.br) Com relação às alterações hormonais

Leia mais

Raniê Ralph GO. É importante uma anamnese bem feita para saber qual o motivo da prática da anticoncepção.

Raniê Ralph GO. É importante uma anamnese bem feita para saber qual o motivo da prática da anticoncepção. 24 de Setembro de 2008. Professora Helane. Anticoncepção não hormonal 1) Métodos naturais Aqueles que podem ser utilizados sem nenhuma técnica natural. Todo médico deve conhecer. Comportamentais Calendário

Leia mais

Previdez 2 levonorgestrel

Previdez 2 levonorgestrel Previdez 2 levonorgestrel FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Embalagem contendo 2 comprimidos. Uso Adulto Uso oral COMPOSIÇÃO Cada comprimido contém: levonorgestrel... 0,75 mg excipiente* q.s.p.... 1 com

Leia mais

Enfermagem 7º Semestre. Saúde da Mulher. Prof.ª Ludmila Balancieri.

Enfermagem 7º Semestre. Saúde da Mulher. Prof.ª Ludmila Balancieri. Enfermagem 7º Semestre. Saúde da Mulher. Prof.ª Ludmila Balancieri. Menstruação. É a perda periódica que se origina na mucosa uterina, caracterizada por sangramento uterino, que ocorre na mulher desde

Leia mais

Serviço de Psicologia e Orientação da Escola Secundária de Lagoa

Serviço de Psicologia e Orientação da Escola Secundária de Lagoa Serviço de Psicologia e Orientação da Escola Secundária de Lagoa Contracepção e métodos contraceptivos O que é a contracepção? A contracepção é uma forma de evitar a gravidez, pois interfere nas fases

Leia mais

O sexo não mudou... Um avanço na contraceção de emergência 1. mas a pílula do dia seguinte, sim. Ahora sin receta en su farmacia

O sexo não mudou... Um avanço na contraceção de emergência 1. mas a pílula do dia seguinte, sim. Ahora sin receta en su farmacia comprimido 30 mg acetato de ulipristal Conservar por debajo de 25 C. Conservar en el embalaje original para protegerlo de la humedad. Conservar el bl ster en el embalaje exterior para protegerlo de la

Leia mais

Aula 21 e 22 GRAVIDEZ, MÉTODOS CONTRACEPTIVOS E DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS

Aula 21 e 22 GRAVIDEZ, MÉTODOS CONTRACEPTIVOS E DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS Aula 21 e 22 GRAVIDEZ, MÉTODOS CONTRACEPTIVOS E DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS Adolescência: formação escolar e profissional. Asseio íntimo com ducha vaginal depois da relação sexual previne a gravidez?

Leia mais

Mirena 20 microgramas/24 horas dispositivo de libertação intra-uterino Levonorgestrel

Mirena 20 microgramas/24 horas dispositivo de libertação intra-uterino Levonorgestrel Folheto informativo: informação para o utilizador Mirena 20 microgramas/24 horas dispositivo de libertação intra-uterino Levonorgestrel Leia com atenção todo este folheto informativo antes de começar a

Leia mais

Endometriose. Endometriose - A doença

Endometriose. Endometriose - A doença Endometriose Atualmente a endometriose é uma das doenças benignas mais comuns na mulher. As estimativas variam muito. Acredita-se que aproximadamente 5 milhões de mulheres em idade fértil sejam afetadas

Leia mais

Questões de Saúde Reprodutiva

Questões de Saúde Reprodutiva CAPÍTULO 23 Questões de Saúde Reprodutiva Pontos Básicos para Profissionais de Saúde e Clientes Atendimento Pós-Aborto A fertilidade retorna rapidamente, em poucas semanas, após um aborto espontâneo ou

Leia mais