Escala Maior Natural

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escala Maior Natural"

Transcrição

1 EXERCÍCIOS PARA FIXAÇÃO - ESCALAS 1. Escreva a Escala Maior nas tonalidades relacionadas abaixo. Siga o modelo com a seqüência de tons e semitons acrescentando acidentes (# ou b) quando necessário para manter a estrutura intervalar correta. Modelo no tom de Dó Maior Escala Maior Natural Dó Ré Mi Fá Sol Lá si Dó Tônica 2ª maior 3ª maior 4ªJ 5ªJ 6ª maior 7ª maior 8ªJ a) Escala de Sol Maior b) Escala de Ré Maior. c) Escala de Lá Maior. d) Escala de Mi Maior. Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 1

2 e) Escala de Si Maior. f) Escala de Fá# Maior. g) Escala de Fá Maior. h) Escala de Sib Maior. i) Escala de Mib Maior. j) Escala de Láb Maior. k) Escala de Réb Maior. Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 2

3 2. Escreva a Escala Menor Natural nas tonalidades relacionadas abaixo. Siga o modelo com a seqüência de tons e semitons acrescentando acidentes (# ou b) quando necessário para manter a estrutura intervalar correta. Modelo no tom de Dó Menor Escala Menor Natural Dó Ré Mib Fá Sol Láb sib Dó Tônica 2ª maior 3ª menor 4ªJ 5ªJ 6ª menor 7ª menor 8ªJ a) Escala de Lá Menor Natural b) Escala de Mi Menor Natural. c) Escala de Si Menor Natural. d) Escala de Fá# Menor Natural. Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 3

4 e) Escala de Dó# Menor Natural. f) Escala de Ré Menor Natural. g) Escala de Sol Menor Natural. h) Escala de Dó Menor Natural. i) Escala de Fá Menor Natural. j) Escala de Sib Menor Natural. k) Escala de Mib Menor Natural. Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 4

5 3. Escreva a Escala Menor Harmônica nas tonalidades relacionadas abaixo. Siga o modelo com a seqüência de tons e semitons acrescentando acidentes (# ou b) quando necessário para manter a estrutura intervalar correta. Obs.: Escreva os nomes das notas e respectivo acidente, se ouver, nos quadradinhos, conforme modelo. Modelo no tom de Dó Menor Escala Menor Harmônica Dó Ré Mib Fá Sol Láb Si Dó Tônica 2ª maior 3ª Menor 4ªJ 5ªJ 6ª menor 7ª maior 8ªJ a) Escala de Lá Menor Harmônica b) Escala de Mi Menor Harmônica. c) Escala de Si Menor Harmônica. d) Escala de Fá# Menor Harmônica. Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 5

6 e) Escala de Dó# Menor Harmônica. f) Escala de Ré Menor Harmônica. g) Escala de Sol Menor Harmônica h) Escala de Dó Menor Harmônica i) Escala de Fá Menor Harmônica j) Escala de Sib Menor Harmônica k) Escala de Mib Menor Harmônica. Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 6

7 4. Escreva a Escala Menor Melódica nas tonalidades relacionadas abaixo. Siga o modelo com a seqüência de tons e semitons acrescentando acidentes (# ou b) quando necessário para manter a estrutura intervalar correta. Obs 1.: Escreva os nomes das notas e respectivo acidente, se ouver, nos quadradinhos, conforme modelo. Obs 2.: Faça somente a escala Menor Melódica ascendente. Modelo no tom de Dó Menor Escala Menor Melódica Dó Ré Mib Fá Sol Lá Si Dó Tônica 2ª maior 3ª menor 4ªJ 5ªJ 6ª maior 7ª maior 8ªJ a) Escala de Lá Menor Melódica b) Escala de Mi Menor Melódica. c) Escala de Si Menor Melódica. d) Escala de Fá# Menor Melódica. Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 7

8 e) Escala de Dó# Menor Melódica. f) Escala de Ré Menor Melódica. g) Escala de Sol Menor Melódica. h) Escala de Dó Menor Melódica. i) Escala de Fá Menor Melódica. j) Escala de Sib Menor Melódica. k) Escala de Mib Menor Melódica. Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 8

9 5. Escreva as Escalas nos Modos Gregos relacionadas abaixo. Siga o modelo com a seqüência de tons e semitons acrescentando acidentes (# ou b) quando necessário para manter a estrutura intervalar correta. Observação 1: Veja que cada Modo tem seu início em um dos graus da escala do Modo Maior (modelo tonal) Obsevação 2: Siga rigorosamente a seqüência de tons ou semitons indicado nos quadradinhos abaixo de cada escala. Modelo no tom de Dó Maior Escala Maior Natural Dó Ré Mi Fá Sol Lá si Dó Tônica 2ª maior 3ª maior 4ªJ 5ªJ 6ª maior 7ª maior 8ªJ Jônio Dórico Frígio Lídio Mixolídio Eólio Lócrio a) Escala de Sol Dórico T. St. T T. T. St. T b) Escala de Ré Dórico T. St. T T. T. St. T c) Escala de Lá Frígio. St. T T. T. St. T. T. d) Escala de Mi Frigio. St. T T. T. St. T. T. Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 9

10 e) Escala de Si Lídio. T. T. T. St. T. T. St. f) Escala de Fá# Lídio. T. T. T. St. T. T. St. g) Escala de Fá Mixolídio. T. T. St. T. T. St. T. h) Escala de Sib Mixolídio. T. T. St. T. T. St. T. i) Escala de Mib Eólio.. j) Escala de Láb Eólio.. k) Escala de Réb Lócrio. St. T. T. St. T. T. T. Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 10

11 6. Escreva as Escalas Pentatônica Maior relacionadas abaixo. Siga o modelo com a seqüência de tons e semitons acrescentando acidentes (# ou b) quando necessário para manter a estrutura intervalar correta. Observação 1: Escalas pentatônica como o nome diz, tem somnte cinco sons (notas), mais a repetição da tônica. Obsevação 2: Escreva a 1ª Nota, depois esta seqüência de intervalos: 1, 1, 1¹/2, 1, 1¹/2 Observação 2: Ta com dúvida ainda, então siga o raciocínio abaixo da formação da escala Pentatônica de Dó Maior. Escala pentatônica maior de Dó (C): A primeira nota será Dó A segunda nota será Dó + 1 tom, ou seja, Ré. A terceira nota será Ré + 1 tom, ou seja, Mi. A quarta nota será Mi + 1 ½ tom, ou seja, Sol. A quinta nota será SoL + 1 tom, ou seja, Lá.. A sexta nota é a repetição da primeira a 1¹/2 de Lá, que é Dó. Modelo Maior Pentatônica de Dó Dó Ré Mi Sol Lá Dó Tônica 2ª maior 3ª maior 5ªJ 6ªM 8ªJ a) Escala Pentatônica Maior de Ré b) Escala Pentatônica Maior de Mi c) Escala Pentatônica Maior de Fá Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 11

12 d) Escala Pentatônica Maior de Sol e) Escala Pentatônica Maior de Lá f) Escala Pentatônica Maior de Si g) Escala Pentatônica Maior de Láb h) Escala Pentatônica Maior de Sib i) Escala Pentatônica Maior de Solb Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 12

13 7. Escreva as Escalas Pentatônica Menor OU Pentatônica m7, relacionadas abaixo. Siga o modelo com a seqüência de tons e semitons acrescentando acidentes (# ou b) quando necessário para manter a estrutura intervalar correta. Observação 1: A quinta nota da pentatônica maior é a relativa(primeira) da Pentatônica m7. Obsevação 2: Escreva a 1ª Nota, depois esta seqüência de intervalos: 1¹/2, 1, 1, 1¹/2, 1 Observação 2: Ta com dúvida ainda, então siga o raciocínio abaixo da formação da escala Pentatônica de Lá Menor. Escala pentatônica menor de Lá (Am7): A primeira nota será Lá A segunda nota ser á Lá + 1½ tom, ou seja, Dó. A terceira nota será Dó + 1 tom, ou seja, Ré. A quarta nota será Ré + 1 tom, ou seja, Mi. A quinta nota será Mi + 1½ tom, ou seja, Sol.. A sexta nota é a repetição da primeira a 1 tom de sol, que é Lá. Modelo Pentatônica de Lá Menor (Am7) Lá Dó Ré Mi Sol Lá Tônica 3ª menor 4ªJ 5ªJ 7ªm 8ªJ a) Escala Pentatônica de Dó Menor (Cm7) b) Escala Pentatônica de Ré Menor (Dm7) c) Escala Pentatônica de Mi Menor (Em7) Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 13

14 d) Escala Pentatônica de Fá Menor (Fm7) e) Escala Pentatônica de Sol Menor (Gm7) f) Escala Pentatônica de Lá Menor (Am7) g) Escala Pentatônica de Si Menor (Bm7) h) Escala Pentatônica de Dó# Menor (C#m7) i) Escala Pentatônica de Réb Menor (Dbm7) Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 14

15 8. Complete, as escalas abaixo, acrescentando alterações (acidentes), quando necessário, ao lado de cada nota, de modo que as escalas correspondam às designações fornecidas acima de cada escala. Dó sustenido menor hamônica Mi bemol maior Lá bemol maior Sol menor melódica (ascendente) Fá mixolidio Dó Menor natural Mi Dórico Lá Menor Harmônico Sol Frigio Fá Lócrio Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 15

16 9. Na questão abaixo você tem duas colunas, a da esquerda é constituída por cinco diferentes modos de escala e a da direita contém os nomes destes modos. Obs.: Numere na coluna da direita os nomes, identificando-os com os modos de escala correspondentes e, em seguida, marque a alternativa que corresponde à seqüência correta. 1) ( ) Menor Harmônico 2) ( ) Eólio 3) ( ) Dórico 4) ( ) Maior 5) ( ) Mixolídio ( ) Jônio a) b) c) d) Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 16

17 10. Escalas Enarmônica, são aquelas que possuem nomes e grafias diferente, mais possuem o mesmo som. Escreva nas pentagramas abaixo, a Escala Enarmônica correspondente a escala data. Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 17

18 11. Escalas Homônimas são aquelas que tem a mesma tônica, porém pertence a Modos diferentes. Escreva nas pentagramas abaixo as Homônimas das escalas dadas. Material Distribuído nas Aulas de música no Espírito Santo - ES 18

INTERVALO MUSICAL. Nota.: Os intervalos são contados em semitom, que é o menor intervalo entre duas notas, no sistema musical ocidental.

INTERVALO MUSICAL. Nota.: Os intervalos são contados em semitom, que é o menor intervalo entre duas notas, no sistema musical ocidental. 1 Definição: INTERVALO MUSICAL Intervalo é a distância entre duas notas. São numerados segundo a ordem natural das notas musicais. Ex: Do, Re, Mi, Fa, Sol, La, Si, Do... Como as notas musicais sâo teoricamente

Leia mais

TESTE ESPECÍFICO - PROVA ESCRITA Processo Seletivo UFAL Curso INSTRUÇÕES GERAIS

TESTE ESPECÍFICO - PROVA ESCRITA Processo Seletivo UFAL Curso INSTRUÇÕES GERAIS Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes - ICHCA TESTE ESPECÍFICO - PROVA ESCRITA Processo Seletivo

Leia mais

TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA

TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA THE 2010 MÚSICA CONQUISTE ESTA VITÓRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE Centro de Humanidades Coordenação do Curso de Bacharelado e Licenciatura em Música THE 2010

Leia mais

01. Assinale CORRETAMENTE a alternativa que corresponde às possibilidades de tonalidades apresentadas na sequência a seguir.

01. Assinale CORRETAMENTE a alternativa que corresponde às possibilidades de tonalidades apresentadas na sequência a seguir. 01. Assinale CORRETAMENTE a alternativa que corresponde às possibilidades de tonalidades apresentadas na sequência a seguir. Mi menor, Ré b maior, Sol maior Mi Maior, Ré bemol Maior, Lá Maior Sol# Maior,

Leia mais

Nome: (ATENÇÃO: coloque seu nome em todas as páginas deste teste) I. TESTE PERCEPTIVO

Nome: (ATENÇÃO: coloque seu nome em todas as páginas deste teste) I. TESTE PERCEPTIVO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE ARTES DEPARTAMENTO DE MÚSICA CONCURSO VESTIBULAR 2016 PROVA ESPECÍFICA TESTE TEÓRICO-PERCEPTIVO Nome: (ATENÇÃO: coloque seu nome em todas as páginas

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Prova de Habilitação Específica. Música Teste Teórico-Perceptivo

Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Prova de Habilitação Específica. Música Teste Teórico-Perceptivo Universidade Federal do Rio Grande do Sul Prova de Habilitação Específica Música - 2015 Teste Teórico-Perceptivo Instruções Verifique se este caderno contém 20 questões do Teste Teórico-Perceptivo (questões

Leia mais

FORMAÇÃO E ESTRUTURAS DOS ACORDES; ESCALAS:

FORMAÇÃO E ESTRUTURAS DOS ACORDES; ESCALAS: FORMAÇÃO E ESTRUTURAS DOS ACORDES; ESCALAS: CROMÁTICA, DIATÔNICA, NATURAL, GREGAS, MELÓDICAS, HARMÔNICAS, DIMINUTAS, PENTATÔNICAS. SINAIS COMUNS E SÍMBOLOS MUSICAIS NOÇÕES DE IMPROVISAÇÃO: RITÍMICA, BASE

Leia mais

Para responder à questão 1, ouça atentamente o trecho musical I.

Para responder à questão 1, ouça atentamente o trecho musical I. Nas questões de 1 a 10, responda de acordo com o comando de cada uma delas. As questões 1, 3 e 8 exigem respostas a serem construídas; as questões 2, 7, 9 e 10 são de associação. As respostas a essas questões

Leia mais

VIOLÃO 7 CORDAS CURSO BÁSICO

VIOLÃO 7 CORDAS CURSO BÁSICO VIOLÃO 7 CORDAS CURSO BÁSICO NOTAS MUSICAIS: Existem sete notas musicais: DÓ, RÉ, MI, FÁ, SOL, LÁ, SI. De uma nota para a outra, seguindo a seqüência natural, existe um tom de distância, exceto de MI para

Leia mais

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2013 E MÓDULO III DO PISM TRIÊNIO PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA BACHARELADO EM MÚSICA

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2013 E MÓDULO III DO PISM TRIÊNIO PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA BACHARELADO EM MÚSICA A questão 01 é acompanhada de um exemplo musical gravado, que será repetido 4 vezes, com um silêncio de 30 segundos entre cada repetição; um som de aviso (quatro toques ) aparecerá antes do extrato musical

Leia mais

VESTIBULAR MÚSICA

VESTIBULAR MÚSICA 0 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ - REITORIA DE ENSINO COMISSÃO DE PROCESSOS VESTIBULARES UNIDADE ACADEMICA DE ARTE E MÍDIA VESTIBULAR 2015.2 TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA MÚSICA CONQUISTE

Leia mais

VESTIBULAR MÚSICA

VESTIBULAR MÚSICA 0 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ - REITORIA DE ENSINO COMISSÃO DE PROCESSOS VESTIBULARES UNIDADE ACADEMICA DE ARTE E MÍDIA VESTIBULAR 2014.2 TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA MÚSICA CONQUISTE

Leia mais

CADERNO DE PROVA (Manhã)

CADERNO DE PROVA (Manhã) Universidade do Estado de Santa Catarina Vestibular 2013.1 CADERNO DE PROVA (Manhã) Conhecimentos Musicais 30 questões NOME DO(A) CANDIDATO(A) Instruções Para fazer a prova você usará: este caderno de

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS INTERVALOS MUSICAIS. Ex.

CLASSIFICAÇÃO DOS INTERVALOS MUSICAIS. Ex. LIÇÃO - 01 INTERVALO MUSICAL As notas musicais indicam as diferentes alturas do som. Assim sendo, entre estas diferentes alturas sonoras, obviamente, cria-se uma distância entre elas, a qual chamamos de

Leia mais

Prova Prática: Curso de Música

Prova Prática: Curso de Música Universidade do Estado de Santa Catarina Vestibular 2014.1 Prova Prática: Curso de Música NOME DO(A) CANDIDATO(A) Instruções Para fazer a prova você usará: este caderno de prova; um cartão-resposta que

Leia mais

PROVA ESCRITA. 2. Tendo como referencia as escalas maiores abaixo,

PROVA ESCRITA. 2. Tendo como referencia as escalas maiores abaixo, PROVA ESCRITA 1. De acordo com o trecho musical abaixo assinale a alternativa que corresponde as notas escritas em suas devidas alturas, segundo a escala geral. A) Lá3-Sol3-Fá3-Fá4-Sol4-Lá4-Si2-Dó3-Lá2-Sol2-Lá3-Si3-Dó3.

Leia mais

Por Celsinho Gomes. Edição Própria - Celsinho Gomes - Todos os direitos reservados.

Por Celsinho Gomes. Edição Própria - Celsinho Gomes - Todos os direitos reservados. Edição Própria - Celsinho Gomes - Todos os direitos reservados. Por Celsinho Gomes ÍNDICE INTRODUÇÃO 3 SISTEMA DE NOTAÇÃO GRADE 4 ESCALA MAIOR DIATÔNICA 5 ESCALA MENOR DIATÔNICA 7 MENOR HARMÔNICA 9 MENOR

Leia mais

TESTE ESPECÍFICO - PROVA ESCRITA Processo Seletivo UFAL 2016 Edital nº 02/2016/PROGRAD-UFAL. Curso INSTRUÇÕES GERAIS

TESTE ESPECÍFICO - PROVA ESCRITA Processo Seletivo UFAL 2016 Edital nº 02/2016/PROGRAD-UFAL. Curso INSTRUÇÕES GERAIS Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes - ICHCA TESTE ESPECÍFICO - PROVA ESCRITA Processo Seletivo

Leia mais

Teoria Musical. Prof. Rodrigo Faleiros. Prof. Rodrigo Faleiros. blog: rodfaleiros.wordpress.com

Teoria Musical. Prof. Rodrigo Faleiros. Prof. Rodrigo Faleiros.   blog: rodfaleiros.wordpress.com Teoria Musical Prof. Rodrigo Faleiros Prof. Rodrigo Faleiros e-mail: rodfaleiros@gmail.com blog: rodfaleiros.wordpress.com 2 Aula 1 Ritmo Ritmo é a sucessão de tempos fortes e fracos que se alternam com

Leia mais

Acordes para Teclado e Piano by Ernandes

Acordes para Teclado e Piano by Ernandes Acordes para Teclado e Piano by Ernandes As notas abaixo formam a escala de C, com sua representação na pauta do piano: Os acordes cifrados são formados por três ou mais notas tocadas ao mesmo tempo ou

Leia mais

T E O R I A E P E R C E P Ç Ã O M U S I C A L

T E O R I A E P E R C E P Ç Ã O M U S I C A L T E O R I A E P E R C E P Ç Ã O M U S I C A L QUESTÃO 1 Assinale, dentre as escalas abaixo, aquela que corresponde à escala de Fá Menor harmônica: QUESTÃO 5 Qual destas tríades corresponde, em Fá Menor,

Leia mais

Para responder à questão 1, ouça atentamente o trecho musical I.

Para responder à questão 1, ouça atentamente o trecho musical I. Nas questões de 1 a 10, responda de acordo com o comando de cada uma delas. As questões 1 e 8 exigem respostas a serem construídas; a questão 2 é de associação. A resposta a essa questão deverá ser transcrita

Leia mais

Prova de Teoria Musical e Percepção melódica e rítmica

Prova de Teoria Musical e Percepção melódica e rítmica UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Escola Técnica de Artes - ETA Prova de Teoria Musical e Percepção Melódica e Rítmica Curso Técnico em Música (Canto Erudito, Canto Popular,

Leia mais

ESCALA MUSICAL - UMA VISÃO GERAL

ESCALA MUSICAL - UMA VISÃO GERAL ESCALA MUSICAL - UMA VISÃO GERAL Nessa aula vamos entender o que é escala musical, qual a sua aplicação dentro do processo de composição e improvisação e quais as regras que determinam a sua formação e

Leia mais

001. Prova de Conhecimento e Habilidade em Música

001. Prova de Conhecimento e Habilidade em Música vestibular 2014 001. Prova de Conhecimento e Habilidade em Música presencial Confira seus dados impressos neste caderno. Esta prova contém 30 questões objetivas e terá duração total de 2 horas. Para cada

Leia mais

Prof. Juarez Barcellos

Prof. Juarez Barcellos Intervalos Intervalo é a distância existente entre duas notas. (harmônico ou melódico) Acorde é um grupo de notas que soam simultaneamente formando a base harmônica da música. (intervalo harmônico) Um

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Escola Técnica de Artes - ETA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Escola Técnica de Artes - ETA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Escola Técnica de Artes - ETA Prova de Teoria Musical e Percepção Melódica e Rítmica Curso Técnico em Música (Canto Erudito, Piano, Violino

Leia mais

Noções Básicas de Teoria Musical. por Alessandro Penezzi

Noções Básicas de Teoria Musical. por Alessandro Penezzi Noções Básicas de Teoria Musical por Alessandro Penezzi São Paulo, 1999 1) INTRODUÇÃO...4 a) Som é tudo o que ouvimos....4 b) Música é a arte de combinar sons....4 c) Notas Musicais...4 d) Grau Conjunto...5

Leia mais

C-FSG-MU/2015 CÓDIGO - 11

C-FSG-MU/2015 CÓDIGO - 11 1) Em relação à escala cromática, ao analisarmos a origem das notas cromáticas podese dizer que estas devem pertencer aos tons afastados da escala diatônica que lhe corresponde. não devem pertencer aos

Leia mais

Prof. Juarez Barcellos

Prof. Juarez Barcellos ou Notação Musical A teoria serve para que o músico organize a aplicação de sua técnica. Ela é o intelecto, a compreensão da arte. É através dela que as composições rompem os séculos com uma linguagem

Leia mais

Vestibular O Ex. 4 começa em Fá Maior e modula para Ré Menor.

Vestibular O Ex. 4 começa em Fá Maior e modula para Ré Menor. Questão 01 As metáforas e analogias estão presentes nos mais diversos assuntos da teoria musical. Em 1755, o teórico, violinista e compositor austríaco Joseph Riepel (1709 1782) elaborou uma comparação

Leia mais

Processo Seletivo

Processo Seletivo UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Processo Seletivo 2011.2 2ª Fase Habilidades Específicas Candidato (a): Feira de Santana, de julho de 2011. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE

Leia mais

Intervalo é a diferença de altura entre sons. Na pauta musical é a diferença de altura entre notas musicais.

Intervalo é a diferença de altura entre sons. Na pauta musical é a diferença de altura entre notas musicais. INTERVALO S INTERVALOS Intervalo é a diferença de altura entre sons. Na pauta musical é a diferença de altura entre notas musicais. INTERVALO UNÍSSONO Quando duas notas têm a mesma altura e são simultâneas,

Leia mais

Juarez Barcellos OS ACORDES MAIS USADOS NO VIOLÃO

Juarez Barcellos OS ACORDES MAIS USADOS NO VIOLÃO Juarez Barcellos OS ACORDES MAIS USADOS NO VIOLÃO EDIÇÃO 2015 ACORDES MAIORES EM TRÍADES TRÊS NOTAS Estes são os desenhos de acordes maiores mais usados de maneira geral. São tríades (acordes com três

Leia mais

Harmonia Musical. Prof. Juarez Barcellos. Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos!

Harmonia Musical. Prof. Juarez Barcellos. Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos! Harmonia Musical Prof. Juarez Barcellos Licença Creative Commons Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos! Em 2002, comecei a dar aulas particulares nas Em 2002, comecei a dar aulas

Leia mais

Marcelo Morales Torcato. Jogos de Música. 1ª Edição. Pauliceia Marcelo Morales Torcato Jogos de Música. 1

Marcelo Morales Torcato. Jogos de Música. 1ª Edição. Pauliceia Marcelo Morales Torcato Jogos de Música.  1 Marcelo Morales Torcato Jogos de Música 1ª Edição Pauliceia Marcelo Morales Torcato 2009 Jogos de Música. 1 Índice. 1. Jogo das Figuras pág. 03 2. Jogo de Cartas pág. 05 3. Jogo do Intervalo pág. 08 4.

Leia mais

Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, COMUNICAÇÃO E ARTES ICHCA

Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, COMUNICAÇÃO E ARTES ICHCA CADERNO DE QUESTÕES Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, COMUNICAÇÃO E ARTES ICHCA TESTE ESPECÍFICO PROVA ESCRITA Processo

Leia mais

Processo Seletivo ª Etapa Teoria Musical

Processo Seletivo ª Etapa Teoria Musical UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Processo Seletivo 2012.1 2ª Etapa Teoria Musical Candidato (a): Feira de Santana, 27 de fevereiro de 2012. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA

Leia mais

Apostila de Ensino Teoria Musical Noções Gerais

Apostila de Ensino Teoria Musical Noções Gerais Apostila de Ensino Teoria Musical Noções Gerais Edição 2016 APRESENTAÇÃO Esta apostila reúne uma compilação de estudos embasados nas devidas referências bibliográficas, notações complementares e exercícios

Leia mais

II NOTAÇÃO MUSICAL. NOTAS NATURAIS São 7 (sete) as notas naturais DÓ - RÉ - MI - FA - SOL - LA - SI

II NOTAÇÃO MUSICAL. NOTAS NATURAIS São 7 (sete) as notas naturais DÓ - RÉ - MI - FA - SOL - LA - SI I MÚSICA Música é a arte de combinar os sons, seguindo as variações da altura, proporção, duração e ordenados por afinidades comuns. É através da música que o músico demonstra seus diversos sentimentos,

Leia mais

trecho musical ì í î ï ð

trecho musical ì í î ï ð Nas questões de 1 a 10, responda de acordo com o comando de cada uma delas. As questões 1, 4, 6, 7 e 9 exigem respostas a serem construídas; as questões 2 e 8 são de associação. As respostas a essas questões

Leia mais

ÍNDICE... 1 APRESENTAÇÃO... 3 CONHECENDO O SEU INSTRUMENTO...

ÍNDICE... 1 APRESENTAÇÃO... 3 CONHECENDO O SEU INSTRUMENTO... Índice ÍNDICE... 1 APRESENTAÇÃO... 3 CONHECENDO O SEU INSTRUMENTO... 4 O TECLADO... 4 TIPOS DE TECLADOS... 4 Sintetizadores... 4 Teclados com acompanhamento automático... 4 Workstations... 4 Pianos digitais...

Leia mais

ACORDES CIFRADOS. Zé Galía

ACORDES CIFRADOS. Zé Galía ACORDES CIFRADOS No curso da historia, a musica, assim como outras artes,teve um significado muito importante na representaçao de grupos sociais. Nao se sabe exatamente desde quando ela faz parte da nossa

Leia mais

C-FSG-MU/2017 CÓDIGO - 11

C-FSG-MU/2017 CÓDIGO - 11 1) São considerados como andamentos médios: (A) Vivo e Adágio. (B) Adagio e Andante. (C) Maestoso e Allegro. (D) Stretto e Animato. (E) Andantino e Sostenuto. 2) Qual o nome do ornamento grafado na pauta

Leia mais

CAMPO HARMÔNICO MAIOR

CAMPO HARMÔNICO MAIOR CAMPO HARMÔNICO MAIOR CENTROS TONAIS CAMPO HARMÔNICO MAIOR Todas as músicas que você escuta habitualmente, utilizam algum tipo de centro tonal (campo harmônico), estes campos são as famílias de acordes

Leia mais

OFICINA DE VIOLÃO - Módulo Básico -

OFICINA DE VIOLÃO - Módulo Básico - OFICINA DE VIOLÃO - Módulo Básico - ELABORAÇÃO: Frank Tagino MMA-RCC-DF REVISÃO: Nilton Vilhena SETOR XII - MMA-RCC-DF 1 HISTÓRIA DO INSTRUMENTO Antes de começarmos a abordar nossos assuntos referente

Leia mais

Página 1 de 18. CANTO PRA VIVER WWW.CANTOPRAVIVER.COM 2568-6544 cantopraviver@cantopraviver.com

Página 1 de 18. CANTO PRA VIVER WWW.CANTOPRAVIVER.COM 2568-6544 cantopraviver@cantopraviver.com Página 1 de 18 Página 2 de 18 APOSTILA PERCEPÇÃO HARMÔNICA BÁSICO A OFICINA DE PERCEPÇÃO HARMÔNICA SERÁ TRABALHADA EM DOIS NÍVEIS (MÓDULOS): MÓDULO A ==> Serão passadas noções de teoria musical, intervalos,

Leia mais

SÉRIE HARMÔNICA. As notas do contraponto são formadas com intervalos de repouso e/ou tensão,

SÉRIE HARMÔNICA. As notas do contraponto são formadas com intervalos de repouso e/ou tensão, 1 SÉRIE HARMÔNICA Texto: Prof. Dirso Anderle SESC/2001 As notas do contraponto são formadas com intervalos de repouso e/ou tensão, consonantes e/ou dissonantes entre as linhas (vozes) da melodia e as linhas

Leia mais

Improvisação. Prof. Juarez Barcellos. Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos!

Improvisação. Prof. Juarez Barcellos. Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos! Improvisação Prof. Juarez Barcellos Licença Creative Commons Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos! Em 2002, comecei a dar aulas particulares nas Em 2002, comecei a dar aulas particulares

Leia mais

VESTIBULAR MÚSICA

VESTIBULAR MÚSICA 0 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ - REITORIA DE ENSINO COMISSÃO DE PROCESSOS VESTIBULARES UNIDADE ACADEMICA DE ARTE E MÍDIA VESTIBULAR 2013.2 TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA MÚSICA CONQUISTE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE CONCURSO VESTIBULAR VESTIBULAR 2014 MÚSICA INSTRUÇÕES - Ao receber este caderno de prova verifique se contém 30 questões. Caso contrário,

Leia mais

VIOLÃO POPULAR EXPLICANDO TUDO PELAS CIFRAS. Autor: MR. DIRSOM

VIOLÃO POPULAR EXPLICANDO TUDO PELAS CIFRAS. Autor: MR. DIRSOM VIOLÃO POPULAR EXPLICANDO TUDO PELAS CIFRAS Autor: MR. DIRSOM 1. O QUE SÃO CIFRAS 1.1. CIFRA DE ACORDES CONCEITO A Cifra é um símbolo usado para representar um acorde de uma forma prática. A Cifra é composta

Leia mais

NOTAÇÃO MUSICAL: Como se escreve música?

NOTAÇÃO MUSICAL: Como se escreve música? NOTAÇÃO MUSICAL: Como se escreve música? A música é uma linguagem sonora como a fala. Assim como representamos a fala por meio de símbolos do alfabeto, podemos representar graficamente a música por meio

Leia mais

Curso completo de violão

Curso completo de violão Curso completo de violão Em primeiro lugar nosso agradecimento a Deus e a todos que diretamente ou indiretamente participaram desses projetos. Este curso e dedicado a minha mãe Terezinha Maria da silva

Leia mais

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO MARIO SALES SANTOS TREINOS COM TRÊS DEDOS E OS PRIMEIROS ACORDES PARA TOCAR AS PRIMEIRAS MÚSICAS São Paulo 2013 SUMARIO OBJETIVO DA AULA... 02 TREINOS A SEREM EXECUTADOS...

Leia mais

Índice. Curso Prático de Guitarra

Índice. Curso Prático de Guitarra Índice Introdução... 01 Notas no seu Instrumento... 02 Escala Cromática Diatônica... 04 Relatividade entre Acordes... 05 Harmonia... 06 Formação de Dissonâncias... 07 Conhecendo melhor os Intervalos...

Leia mais

Ensaio Musical Prof. Juarez Barcellos

Ensaio Musical Prof. Juarez Barcellos Ensaio Musical Prof. Juarez Barcellos CURSO DE MÚSICA PARA VIOLÃO Módulo IV juarezbarcellos.com Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem. Glória en excelsis

Leia mais

04 Armadura de Clave Como identificar o Tom a partir dos acidentes da Armadura de Clave. 06 Relação Tom x Acidentes. 12 Círculo das Quintas

04 Armadura de Clave Como identificar o Tom a partir dos acidentes da Armadura de Clave. 06 Relação Tom x Acidentes. 12 Círculo das Quintas 03 Introdução onalidade 04 Armadura de Clave Como identificar o om a partir dos acidentes da Armadura de Clave 06 Relação om x Acidentes ons com sustenidos ons com bemóis 12 Círculo das Quintas ons Vizinhos

Leia mais

HARMONIA. A à Z. Por: Fábio Leão

HARMONIA. A à Z. Por: Fábio Leão HARMONIA DE A à Z Por: Fábio Leão 1 Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição -Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil. Para ver uma cópia desta licença, visite:

Leia mais

Blues Maior Estrutura. Análise do Turn Around Verticalização. Exemplo A: 1) Campo Harmônico "A" A 7+ tônico Bm 7 C #m

Blues Maior Estrutura. Análise do Turn Around Verticalização. Exemplo A: 1) Campo Harmônico A A 7+ tônico Bm 7 C #m Blues Maior Estrutura Exemplo A: 1) Campo Harmônico "A" A 7+ tônico Bm 7 C #m 7 D 7+ Subdom. E 7 dom. F #m 7 2) Principais Cadências / graus Bm 7 E 7 C # 6 F #7 D # 0 G #7 E m7a 7 F #m 7 B 7 G # 0 C #7

Leia mais

IGREJA CRISTÃ MARANATA. Apostila De Teclado. Comissão de ensino Vale do Aço

IGREJA CRISTÃ MARANATA. Apostila De Teclado. Comissão de ensino Vale do Aço IGREJA CRISTÃ MARANATA Apostila De Teclado Comissão de ensino Vale do Aço Introdução O Teclado é um dos instrumentos mais utilizados hoje em dia, por sua grande flexibilidade e diversificação. Com um simples

Leia mais

Curso Básico de Música

Curso Básico de Música Curso Básico de Música Betel Brasileiro - Juazeirinho Instrutores: Alex Junior e Nilson Barbosa Contatos: (83)9333-4185 Facebook Page: www.facebook.com/musicadicas 1 Dicas Se você deseja ser um bom músico

Leia mais

MATERIAL DE REFORÇO PARA USO DO PROFESSOR

MATERIAL DE REFORÇO PARA USO DO PROFESSOR MATERIAL DE REFORÇO PARA USO DO PROFESSOR 1. PROPRIEDADES DO SOM 1.1. Preencher os espaços com a propriedade correta: a)... : é a propriedade de o som ser agudo ou grave. b)... : é o tempo que o som permanece

Leia mais

Segunda Etapa SEGUNDO DIA 2ª ETAPA TEORIA MUSICAL COMISSÃO DE PROCESSOS SELETIVOS E TREINAMENTOS

Segunda Etapa SEGUNDO DIA 2ª ETAPA TEORIA MUSICAL COMISSÃO DE PROCESSOS SELETIVOS E TREINAMENTOS Segunda Etapa SEGUNDO DIA 2ª ETAPA TEORIA MUSICAL COMISSÃO DE PROCESSOS SELETIVOS E TREINAMENTOS 01. A barra dupla indica: 0-0) fim de um trecho musical. 1-1) mudança de compasso. 2-2) mudança de modo.

Leia mais

42. Construa a escala maior e indique os tetracordes de cada uma das tonalidades indicadas abaixo:

42. Construa a escala maior e indique os tetracordes de cada uma das tonalidades indicadas abaixo: Escalas Exercícios 42. Construa a escala maior e indique os tetracordes de cada uma das tonalidades indicadas abaixo: A. SOL maior B. LA maior C. SI maior D. FA maior E. MI maior F. RE maior 89 43. Construa

Leia mais

Escalas III Escalas - III Escala Menor Natural Assista a aula completa em: http://cifraclub.tv/v1393

Escalas III Escalas - III Escala Menor Natural Assista a aula completa em: http://cifraclub.tv/v1393 Escalas - III Escala Menor Natural Assista a aula completa em: http://cifraclub.tv/v9 Philippe Lobo Sumário Introdução Escalas Menores... 0 Entendendo a escala Contextualização teórica... 0 Transpondo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE CONCURSO VESTIBULAR VESTIBULAR 2016 MÚSICA INSTRUÇÕES - Ao receber este caderno de prova verifique se contém 30 questões. Caso contrário,

Leia mais

NOTAÇÃO MUSICAL TRADICIONAL: Como se escrever música?

NOTAÇÃO MUSICAL TRADICIONAL: Como se escrever música? NOTAÇÃO MUSICAL TRADICIONAL: Como se escrever música? A música é uma linguagem sonora como a fala. Assim como representamos a fala por meio de símbolos do alfabeto, podemos representar graficamente a música

Leia mais

Apostila de Violão e Guitarra

Apostila de Violão e Guitarra Apostila de Violão e Guitarra Criação e edição: MIGUEL URTADO Distribuição: CÂNONE MUSICAL CÂNONE MUSICAL *Mais sobre música!!!* www.canone.com.br Belo Horizonte Brasil 2010 ----**---- Para reproduzir

Leia mais

Professor: Filipe Gonzalez Martinez CURSO DE GUITARRA E VIOLÃO INDIVIDUAL OU EM GRUPO

Professor: Filipe Gonzalez Martinez CURSO DE GUITARRA E VIOLÃO INDIVIDUAL OU EM GRUPO Professor: Filipe Gonzalez Martinez CURSO DE GUITARRA E VIOLÃO INDIVIDUAL OU EM GRUPO 2014 RESUMO O projeto Curso de guitarra e violão individual ou em grupo visa proporcionar para os alunos alguns caminhos

Leia mais

TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA INSTRUÇÕES E INFORMAÇÕES. 1 ESCREVA seu nome com letra de forma apenas no quadro acima.

TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA INSTRUÇÕES E INFORMAÇÕES. 1 ESCREVA seu nome com letra de forma apenas no quadro acima. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COORDENADORIA DE PROCESSOS DE SELEÇÃO VESTIBULAR DE VERÃO 2016 PROCESSO SELETIVO SERIADO PSS 2016 TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA NOME

Leia mais

Prova (1º Módulo) Nome do Aluno: data / /

Prova (1º Módulo) Nome do Aluno: data / / Prova (1º Módulo) Nome do Aluno: data / / 1. O que é música? 2. Qual elemento (a matéria) mais importante da música que sem ele, a mesma não existiria? 3. O que é som? 4. Existem duas espécies de sons.

Leia mais

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO MARIO SALES SANTOS ESCALAS E ACORDES São Paulo 2013 SUMARIO ALTURA MUSICAL... 02 INTERVALO... 02 POSIÇÃO DAS NOTAS MUSICAIS... 02 ESCALA MAIOR... 03 MONTAGEM DE ACORDES...

Leia mais

Apostila Básica de Violão

Apostila Básica de Violão Apostila Básica de Violão Resumos para aulas MARANATA O Senhor Jesus Vem! Sumário Introdução... 2 Estrutura musical... 3 Cifras... 4 Acordes e Escalas... 4 Conhecendo o violão... 5 Enfim a prática!...

Leia mais

Modos Gregos II. Preencha a tabela, analise, escreva o nome do modo e adicione TODAS as tensões que o modo permitir: ( )

Modos Gregos II. Preencha a tabela, analise, escreva o nome do modo e adicione TODAS as tensões que o modo permitir: ( ) Modos Gregos II Mais que Musica c u r s o s Preencha a tabela, analise, escreva o nome do modo e adicione TODAS as tensões que o modo permitir: C) Iônico Dórico Frígio Lídio Mixolídio Eólico Lócrio E T

Leia mais

TEORIA MUSICAL UMA INTRODUÇÃO

TEORIA MUSICAL UMA INTRODUÇÃO IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLÉIA DE DEUS MINISTÉRIO JARDIM PALMARES CONGREGAÇÃO BETEL TEORIA MUSICAL UMA INTRODUÇÃO Por LEANDRO AGUIAR FERNANDES Rio de Janeiro 1 2008 LEITURA DE MÚSICA 1. Introdução A música

Leia mais

3º Workshop de Modos Gregos Para Iniciantes PDF #2

3º Workshop de Modos Gregos Para Iniciantes PDF #2 3º Workshop de Modos Gregos Para Iniciantes PDF #2 Neste PDF: De 11 a 23 de Maio Por Emiliano Gomide Os 4 Passos Para Solar Com Modos Gregos Todo mundo pode solar com Modos Gregos. Até mesmo quem ainda

Leia mais

Considerações finais...45

Considerações finais...45 1 INDICE Comentário Importante...03 Sua Participação...03 O Contra Baixo...04 A origem do nome contrabaixo...04 Partes do contra baixo...05 Afinação do Contra Baixo...06 Escalas e arpejos Arpejo Maior

Leia mais

TIPO A TEORIA MUSICAL. As questões 01 a 03 referem-se ao trecho musical a seguir, de Lulli:

TIPO A TEORIA MUSICAL. As questões 01 a 03 referem-se ao trecho musical a seguir, de Lulli: 1 TEORIA MUSICAL As questões 01 a 03 referem-se ao trecho musical a seguir, de Lulli: 1. Observe o trecho musical acima e responda: 0-0) A tonalidade predominante deste trecho musical é Si bemol Maior.

Leia mais

ATUALIZADO 24/10/2016

ATUALIZADO 24/10/2016 Aqui é o lugar certo para aprender violão ATUALIZADO 24/10/2016 Daniel Darezzo MÓDULO ZERO 7 passos para 100% de aproveitamento 3 dicas de sucesso para quem é canhoto(a) 5 passos para eliminar suas manias

Leia mais

Acordes naturais maiores e menores - cifras para violão e guitarra - VERSÃO DE AVALIAÇÃO - VENDA PROIBIDA. Índice!

Acordes naturais maiores e menores - cifras para violão e guitarra - VERSÃO DE AVALIAÇÃO - VENDA PROIBIDA. Índice! Acordes naturais maiores e menores - cifras para violão e guitarra - VERSÃO DE AVALIAÇÃO - VENDA PROIBIDA Índice Versão de avaliação 4 Como interpretar os diagramas (cifras) 8 Para que serve isso? 9 Formação

Leia mais

APONTAMENTOS TEORIA MUSICAL

APONTAMENTOS TEORIA MUSICAL APONTAMENTOS DE TEORIA MUSICAL ISABEL FERREIRA Julho de 2011 Inclinar-me-ei para o teu santo templo, e louvarei o teu nome pela tua benignidade, e pela tua verdade; pois engrandeceste a tua palavra acima

Leia mais

Para responder às questões 1 e 2, ouça atentamente o trecho musical 1 e considere o exemplo musical I, que corresponde a esse trecho musical.

Para responder às questões 1 e 2, ouça atentamente o trecho musical 1 e considere o exemplo musical I, que corresponde a esse trecho musical. Nas questões de 1 a 10, responda de acordo com o comando de cada uma delas. A questão 1 exige resposta a ser construída pelo próprio candidato; as questões 3, 4, 9 e 10 são de associação ou complementação.

Leia mais

TEORIA MUSICAL. 01. Os tons vizinhos de Ré Maior são: 02. Classifique os intervalos abaixo:

TEORIA MUSICAL. 01. Os tons vizinhos de Ré Maior são: 02. Classifique os intervalos abaixo: TEORIA MUSICAL 01. Os tons vizinhos de Ré Maior são: 0-0) si m - sol m - Lá M - mi m - fá# m 1-1) si m - Sol M - Lá M - mi m - fá# m 2-2) ré m - Sol M - Lá M - mi m - fá # m 3-3) si m - Sol M - lá m -

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Assinatura: PROVA COLETIVA

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Assinatura: PROVA COLETIVA PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA Nome do Candidato: Inscrição: Assinatura: PROVA COLETIVA 1- A prova está dividida em 4 questões com as seguintes pontuações:

Leia mais

07 de JUNHO de Conteúdo: NOME: CARTEIRA Nº. 20 questões. Este caderno não será liberado

07 de JUNHO de Conteúdo: NOME: CARTEIRA Nº. 20 questões. Este caderno não será liberado 07 de JUNHO de 2009 ²3½ ±æ è ÜËÎßY]Ñ Üß ÐÎÑÊßæ ìø Conteúdo: 20 questões Este caderno não será liberado NOME: CARTEIRA Nº PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS MÚSICA ETAPA TEÓRICA Para responder às questões

Leia mais

FÓRMULA VIOLÃO EXPRESS

FÓRMULA VIOLÃO EXPRESS Direitos Autorais Todos os Direitos reservados a Fábio de Amorim Teodoro. Este e-book só pode ser distribuído juntamente com o Curso Gratuito Fórmula Violão Express. Parartestes Alongamento dodo ViolãoViolão

Leia mais

Apostila de Teoria Musical I

Apostila de Teoria Musical I Apostila de Teoria Musical I 2009 Índice I Propriedades Físicas do Som...03 II O que é Música?...04 III Representação gráfica do pentagrama...05 IV Notação Musical...06 V Figuras e Valores das e pausas...07

Leia mais

Gramática e Teoria Musical

Gramática e Teoria Musical . Gramática e Teoria Musical June 7, 2015 Chapter 1 Introdução Esta apostila é o resultado dos estudos e da experiência de ensino dos professores do XXXX, a partir de onde pudemos constatar a deficiência

Leia mais

a) Os sons guia são inprecindíveis; b) O baixo pode ser omitido, especialmente se estiver presente na TES.

a) Os sons guia são inprecindíveis; b) O baixo pode ser omitido, especialmente se estiver presente na TES. TRÍADES DE ESTRUTURA SUPERIOR (TES) É possível desmembrar um acorde e suas respectivas tensões em dois pequenos acordes sobrepostos e diferentes, resultando em um acorde hibrido ou biacorde (às vezes chamado

Leia mais

1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado.

1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. PROCESSO SELETIVO 2006 INSTRUÇÕES GERAIS 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o Caderno de Prova. Antes de iniciar a

Leia mais

MANUAL DE TEORIA MUSICAL

MANUAL DE TEORIA MUSICAL MANUAL DE TEORIA MUSICAL ÍNDICE Introdução ~ 3 ~ Notação Musical ~ 4 ~ Pauta Musical Clave Outros Símbolos Figuras Musicais ~ 7 ~ Figuras Musicais Ligadura de Prolongação Ponto de Aumentação Outras Figuras

Leia mais

Como Tocar Cavaquinho

Como Tocar Cavaquinho Como Tocar Cavaquinho Conteúdo Introdução... 4 O Objetivo... 4 Música... 5 O Cavaquinho... 5 Início... 6 Conhecendo As Cifras... 6 (Tríade)... 7 Escalas... 7 Mão Esquerda... 11 Mão Direita... 12 Conhecendo

Leia mais

4. COMO TRANSPOR AS CIFRAS NO VIOLÃO

4. COMO TRANSPOR AS CIFRAS NO VIOLÃO 4. COMO TRANSPOR AS CIFRAS NO VIOLÃO 4.1. Como Fazer A transposição de cifras no braço do violão deslocando o acorde para a direita ou para a esquerda é muito fácil. Basta conhecer as notas das cordas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - COORDENAÇÃO DE CONCURSO VESTIBULAR PROCESSO SELETIVO SERIADO - 2008 MÚSICA INSTRUÇÕES - Ao receber este caderno de prova verifique se contém

Leia mais

Quando estamos falando sobre Cifras para Acordes, a Cifra quando encontrada sozinha, entende-se que é um Acorde Maior. Exemplo:

Quando estamos falando sobre Cifras para Acordes, a Cifra quando encontrada sozinha, entende-se que é um Acorde Maior. Exemplo: Cifras para Acordes Nesta aula iremos falar sobre a Nomenclatura das Cifras para Acordes e Sinais de Alteração. Aproveite e assista, pois é um conhecimento básico que você utilizará para sempre durante

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESCOLA DE SARGENTOS DAS ARMAS ESCOLA SARGENTO MAX WOLF FILHO

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESCOLA DE SARGENTOS DAS ARMAS ESCOLA SARGENTO MAX WOLF FILHO MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESCOLA DE SARGENTOS DAS ARMAS ESCOLA SARGENTO MAX WOLF FILHO EXAME INTELECTUAL AOS CURSOS DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS 2017-18 SOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE MÚSICA QUESTÃO:

Leia mais

CURSO BÁSICO DE VIOLÃO

CURSO BÁSICO DE VIOLÃO 1 1 EDIÇÃO DO LIVRO Este arquivo foi produzido no Brasil em 2006 no formato ODT (OpenDocumentText), no OpenOffice e exportado no mesmo aplicativo para PDF. A edição mais atualizada está disponível gratuitamente

Leia mais

Notas do acorde M b b M. 1 - b3-5 - b7

Notas do acorde M b b M. 1 - b3-5 - b7 Categorias dos acordes com 4 notas Aula 1 Um bom conhecimento da formação e das características de cada tipologia de tétrade é indispensável. Para simplificar o estudo, vamos organizar esses acordes em

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE CONCURSO VESTIBULAR VESTIBULAR 2015 MÚSICA INSTRUÇÕES - Ao receber este caderno de prova verifique se contém 30 questões. Caso contrário,

Leia mais