O projecto de sistemas de informação para as empresas de "Facility Services" e sua rede de parceiros

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O projecto de sistemas de informação para as empresas de "Facility Services" e sua rede de parceiros"

Transcrição

1 PREMIVALOR O projecto de sistemas de informação para as empresas de "Facility Services" e sua rede de parceiros Rita Oliveira SEIDOR Telef.: Lisboa, 6 Dezembro 2007

2 O Papel das Organizações de Facility Services O que os Sistemas de Informação Devem Permitir 2

3 As cinco áreas que fazem parte do sector de Facility Services Building Maintenance Higienização Jardinagem Limpeza Industrial Pest Control Facility services was founded on a simple business philosophy Value Added Service. Facility Services, Toronto 3

4 De Facility Services a Integrated Facility Services ISS Switzerland adds landscaping to FacilityServicesconcept (2002) Site oficial da ISS Facility Services 4

5 De Facility Services a Integrated Facility Services Business-oriented/Customer-oriented Necessidades do mercado Time to market cada vez mais reduzido Diversas necessidades Diversas áreas especializadas de negócio Rápida resposta 5

6 Modelo Sistémico da Gestão Organizacional PLANEAR FAZER CONTROLAR AGIR 6

7 Da Filantropia ao Modelo de Sustentabilidade nas Organizações Mercado determina metas de exigência administrativa Certificação na Qualidade As empresas estão dando tudo por tudo para competir por um Óscar ético... The Economist Green Programs 7

8 Desafios Internos Dificuldade na gestão dos recursos Como recrutar ou quem recrutar? Qual o melhor perfil para o Cliente X? Visibilidade limitada da performance dos projectos Que tipo de projectos já realizados podem ser aplicados em clientes da mesma indústria? Como varia a margem por Cliente? Análise de risco Qual o custo da venda para ganhar aquela conta? Em que tipo de campanhas devo apostar Operacionalidade deficiente Folhas de ponto manuais...duplicação...erros...facturação Quem recebeu o pedido de produtos para entregar no Cliente? 8

9 O Papel das Organizações de Facility Services O que os Sistemas de Informação Devem Permitir 9

10 O que os Sistemas de Informação devem permitir Visibilidade melhorada do projecto Proporcionar uma visão dos dados única e integrada Maximizar a utilização de recursos Diminuir o tempo necessário para projectos de pessoal e potenciar as capacidades dos especialistas internos e externos Melhorar a eficiência operacional Introduzir os dados uma vez Conseguir clientes lucrativos Centrar-se nos serviços e contas chave mais lucrativas Fornecer um serviço de qualidade Satisfazer as expectativas da assistência ao cliente Heterogeneidade e/ou implementações parciais todavia limitam a eficiência dos processos 10

11 A Importância das Novas TI s nas Organizações Mudanças Estruturais Central Office Eficiência operacional Integrated Office Eficiência de gestão Virtual Office Vantagem competitiva 11

12 Os Sistemas de Informação são PROJECTOS que... Integram os diversos componentes da empresa, optimizam os seus processos e informam os gestores na tomada de decisão; Devem ser encarados em fases (projecto) com objectivos bem definidos. Um Sistema de Informação não se implementa, vai-se implementando. Quando a implementação de um Sistema de Informação pressupõe uma data de fecho, a empresa estagnou. São de investimento e terão o seu retorno Terão um planeamento detalhado das tarefas Pressupõem o envolvimento do top management 12

13 Das Ilhas de Informação ao Modelo de Negócio Colaborativo Se fosse possível conectar os colaboradores, os clientes e os parceiros à informação, às pessoas e aos processos que necessitam e quando necessitam? Se fosse possível automatizar os processos rotineiros do dia a dia, permitindo incrementar a produtividade e a eficácia? Se fosse possível produzir e interligações soluções rapidamente, facilmente e a baixo custo? 13

14 Modelo de Negócio Colaborativo As plataformas colaborativas oferecem um conjunto de componentes e serviços de software que permitem aos indivíduos encontrar a informação que necessitam e comunicarem e trabalharem em conjunto para atingir os objectivos comuns do negócio. Colaborating é a única forma realista de ir ao encontro dos desafios que as actuais mudanças impõem no mundo global dos negócios. Nenhuma organização tem o talento, os recursos ou tempo para inovar e ter sucesso per si. Isto é um problema e uma oportunidade Colaborating é fácil em teoria, difícil de pôr em prática, mas essencial para o sucesso. 14

15 VP Vendas Não se cumpriram as previsões de venda Cliente Top Por é que nunca encontro o que procuro? Clientes Director de Ventas Vendas por empregado insuficientes Distribuição Não podemos assumir tantos pedidos Operaçõs Vendas Comercial O Pipeline está vazio Objetivo Estratégico Incrementar a rentabilidade em 5% Direção Geral LOB EXECUTIVES (Strategic) MID-MANAGERS (Operational) Marketing Finanças EXECUTION LEVEL (Tactical) VP Marketing Os Clientes estão descontentes???? Analista Financeiro Altos custos de inventario VP Finanças Dívidas altas e cobranças a longo prazo Socios Director Comunicação As promoções não funcionam Fornecedor Líder Não disponho de material sufuciente Fornecedores 15

16 CRM Serviços Profissionais Os prestadores de serviços profissionaispodemgeriras suasrelaçõescom clientes, oportunidadesde negócioe recursosde projecto. Marketing -- Melhora a eficiência das suas actividades Vendas -- Optimiza todos os canais de vendas 16

17 CRM Serviço -- Explorar a sua potencial rentabilidade Análise -- Avaliar a performance do seu negócio Suporte Móvel -- Expandir o alcance da solução SAP CRM com funções móveis Comércio Electrónico -- Transformar a Internet num canal de vendas rentável Gestão e Operação do centro de Interacção -- Melhorar a performance do seu centro de interacção Gestão de Canal -- Optimizar os seus canais indirectos 17

18 Portal Corporativo Deverá permitir aos utilizadores da intranet: Aceder e explorar facilmente a informação Analisar a vários níveis a informação Entender a informação PERMITE A TODOS OS NÍVEIS AS MELHORES DECISÕES Suporte para decisões estratégicas, tácticas e operacionais: Optimizar a organização e os processos de negócio Permite colaboração analítica Capitalizar oportunidades de mercado e de negócio Gerir o negócio e a sua rentabilidade Assegurar eficácia individual 18

19 A Medição do Desempenho Organizacional Tableau de Bord(análise de tangíveis) Facilidade na produção de informação Evita dispêndio de tempo para a preparação dos dados Informação em termos estratégicos, em termos de análise e em termos gráficos 19

20 Optimização da Tecnologia de Negócio (BTO) BTO é um ecossistema composto por: Estratégia Planeamento Desenvolvimento Teste Entrada em produção Operacionalidade Integradores de sistemas Gestão de projecto Teste e tunning Workflow Criação de Processos de Negócio Optimização organizacional das estruturas 20

21 TCO Total Cost of Ownership Existem quatro categorias principais associadas ao custo do ERP: Custos externos Hardware Software Custos internos 21

22 Powered by SAP 22

23 Da Era da Informação à Era do Conhecimento Consultar, Compartilhar e Colaborar Cultura e Capital Humano Information is data endowed with relevance and purpose. Converting data into information thus require knowledge. Peter Drucker 23

24 Existem Fronteiras? A forma como as empresas estendem as aplicações de back-office aos Clientes e Fornecedores, assegurando a sua completa disponibilidade, torna-as as soberanas. 24

25 O PORTAL COLABORATIVO 25

26 OBRIGADO 26

27 PREMIVALOR 27

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial.

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. POWERING BUSINESS QUEM SOMOS A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. Desde 1987 que desenvolvemos um trabalho

Leia mais

IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted

IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted Microsoft Dynamics CRM Online Customer Solution Case Study IDC Portugal IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted Sumário País Portugal

Leia mais

Premier. Quando os últimos são os Primeiros

Premier. Quando os últimos são os Primeiros Premier Quando os últimos são os Primeiros Fundada em 1997 Especializada no desenvolvimento de soluções informáticas de apoio à Gestão e consultoria em Tecnologias de Informação. C3im tem como principais

Leia mais

BUSINESS CONNEXION MOZAMBIQUE

BUSINESS CONNEXION MOZAMBIQUE BUSINESS CONNEXION MOZAMBIQUE 2012 Business Connexion Seminário Sobre a Plataforma de Uniformização de Licenças no âmbito do Governo Electrónico de Moçambique Outubro 2012 A BCX COMO PARCEIRO Parceria

Leia mais

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas Conceito As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas PÁG 02 Actualmente, face à crescente necessidade de integração dos processos de negócio, as empresas enfrentam o desafio de inovar e expandir

Leia mais

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundamentos da Vantagem Estratégica ou competitiva Os sistemas de informação devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que apoiam

Leia mais

Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP ERP

Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP ERP Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com O que é TI? TI no mundo dos negócios Sistemas de Informações Gerenciais Informações Operacionais Informações

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão ERP. Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com

Sistema Integrado de Gestão ERP. Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Tecnologia da Informação. O que é TI? TI no mundo dos negócios Sistemas de Informações Gerenciais Informações Operacionais Informações

Leia mais

Projecto GTBC. leading excellence 1. Portugal: Espanha:

Projecto GTBC. leading excellence 1. Portugal: Espanha: Projecto GTBC Portugal: Edifício Taurus Campo Pequeno, 48 2º 1000-081 Lisboa Tel.: +351 217 921 920 Fax: +351 217 921 929 www.gtbc.pt info@gtbc.pt Espanha: CalleAtocha, 20, 2ªIzq 28012 Madrid Tel.: +34

Leia mais

apresentação corporativa

apresentação corporativa apresentação corporativa 2 Índice 1. Apresentação da BBS a) A empresa b) Evolução c) Valores d) Missão e Visão 2. Áreas de Negócio a) Estrutura de Serviços b) Accounting/Tax/Reporting c) Management & Consulting

Leia mais

Gestão da Informação

Gestão da Informação Gestão da Informação Aplicações de suporte à Gestão da Informação na empresa Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.pt Aveiro, Fevereiro de 2001 Sistemas de informação para empresas Manutenção e exploração de sistemas

Leia mais

Sistemas de Informação:

Sistemas de Informação: Sistemas de Informação: A Chave para a Produtividade Joaquim Jesus Santos Director Geral SAP Portugal Agenda SAP Líder em Soluções de Negócio A nossa Visão O Ecossistema SAP Sistemas de Informação: A Chave

Leia mais

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Sumário País Portugal Sector Saúde Perfil do Cliente O Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho envolve

Leia mais

PLANEAMENTO ESTRATÉGICO DE SI/TI

PLANEAMENTO ESTRATÉGICO DE SI/TI (1) PLANEAMENTO ESTRATÉGICO DE SI/TI Docente: Turma: T15 Grupo 5 Mestre António Cardão Pito João Curinha; Rui Pratas; Susana Rosa; Tomás Cruz Tópicos (2) Planeamento Estratégico de SI/TI Evolução dos SI

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP SENDYS - Copyright 2007 SENDYS é uma marca proprietária da Readsystem, Lda. 2 Universo

Leia mais

Avaliação de Investimentos Logísticos e. Outsourcing Logístico

Avaliação de Investimentos Logísticos e. Outsourcing Logístico APLOG Centro do Conhecimento Logístico Avaliação de Investimentos Logísticos e Outsourcing Logístico Guilherme Loureiro Cadeia de Abastecimento- Integração dos processos de gestão Operador Logístico vs

Leia mais

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto CURRÍCULO DO PROFESSOR Administradora com mestrado e doutorado em engenharia de produção

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Informação no contexto administrativo Graduação em Redes de Computadores Prof. Rodrigo W. Fonseca SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA PELOTAS >SistemasdeInformação SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA

Leia mais

ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting

ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting Contactos: Isabel Fonseca Marketing VP Consulting Telefone: +351 22 605 37 10 Fax: +351 22 600 07 13 Email: info@vpconsulting.pt

Leia mais

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Uma visão abrangente dos negócios Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Negócios sem barreiras O fenômeno da globalização tornou o mercado mais interconectado e rico em oportunidades.

Leia mais

O SECTOR A SOLUÇÃO Y.make Num mundo cada vez mais exigente, cada vez mais rápido e cada vez mais competitivo, o papel dos sistemas de informação deixa de ser de obrigação para passar a ser de prioridade.

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Espírito Santo Private Banking aumenta eficiência na gestão de clientes com Dynamics CRM

Espírito Santo Private Banking aumenta eficiência na gestão de clientes com Dynamics CRM Microsoft Dynamics CRM Customer Solution Case Study Espírito Santo Private Banking Espírito Santo Private Banking aumenta eficiência na gestão de clientes com Dynamics CRM Sumário País Portugal Sector

Leia mais

Commercial & Marketing. Estudos de Remuneração 2012

Commercial & Marketing. Estudos de Remuneração 2012 Commercial & Marketing Estudos de Remuneração 2012 Estudos de Remuneração Commercial & Marketing 2012 2 Nota preliminar pág. 3 Funções de Marketing Funções Comerciais Assistente de Marketing pág. 12 Supervisor

Leia mais

Apresentação de Solução

Apresentação de Solução Apresentação de Solução Solução: Gestão de Altas Hospitalares Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros,

Leia mais

Triana. Nossa visão: ser uma empresa líder em tecnologias de informação, com os melhores profissionais e com reconhecimento a nível Internacional.

Triana. Nossa visão: ser uma empresa líder em tecnologias de informação, com os melhores profissionais e com reconhecimento a nível Internacional. ÍNDICE 1 Triana Triana: uma empresa Moçambicana líder nacional no fornecimento de soluções de Tecnologias de Informação e Comunicação. O enfoque da nossa actuação é orientar e encontrar as melhores soluções

Leia mais

Tecnologia da Informação: Otimizando Produtividade e Manutenção Industrial

Tecnologia da Informação: Otimizando Produtividade e Manutenção Industrial Tecnologia da Informação: Otimizando Produtividade e Manutenção Industrial Por Christian Vieira, engenheiro de aplicações para a América Latina da GE Fanuc Intelligent Platforms, unidade da GE Enterprise

Leia mais

Recursos Humanos e Qualidade

Recursos Humanos e Qualidade K Recursos Humanos e Qualidade na Gestão das Organizações do 3.º Sector S. Brás de Alportel, 11 de Dezembro de 2009 S. l Brás de Alportel, 11 de Dezembro de 2009_Isaque Dias O que é que fazem as Organizações

Leia mais

O que significa esta sigla?

O que significa esta sigla? CRM Para refletir... Só há duas fontes de vantagem competitiva. A capacidade de aprender mais sobre nossos clientes, mais rápido que o nosso concorrente e a capacidade de transformar este conhecimento

Leia mais

Sistemas de Informação I

Sistemas de Informação I + Sistemas de Informação I Tipos de SI Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br + Introdução 2 n As organizações modernas competem entre si para satisfazer as necessidades dos seus clientes de um modo

Leia mais

Apresentação da Empresa e seus Serviços.

Apresentação da Empresa e seus Serviços. Apresentação da Empresa e seus Serviços. 1 Conteúdo do Documento Sobre a MSCTI... 3 Portfólio de Serviços... 4 O que a consultoria MSCTI faz?... 5 Outros Serviços e Soluções... 6 Certificações... 7 Clientes

Leia mais

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com Moçambique Agenda EVENTOS 2013 NEW!! Também in Company INSCREVA-SE EM inscrip@iirportugal.com VISITE www.iirportugal.com INOVAÇÃO Estimado cliente, Temos o prazer de lhe apresentar em exclusiva o novo

Leia mais

Marcos N. Lessa. Global Document Outsourcing Director

Marcos N. Lessa. Global Document Outsourcing Director Marcos N. Lessa Global Document Outsourcing Director Managed Print Services: Serviço de valor acrescentado Managed Print Services (MPS) é um serviço que envolve a gestão de todos os equipamentos de impressão,

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Somos uma empresa especializada em desenvolver e implementar soluções de alto impacto na gestão e competitividade empresarial. Nossa missão é agregar valor aos negócios de nossos

Leia mais

XI Mestrado em Gestão do Desporto

XI Mestrado em Gestão do Desporto 2 7 Recursos Humanos XI Mestrado em Gestão do Desporto Gestão das Organizações Desportivas Módulo de Gestão de Recursos Rui Claudino FEVEREIRO, 28 2 8 INDÍCE DOCUMENTO ORIENTADOR Âmbito Objectivos Organização

Leia mais

Os novos usos da tecnologia da informação na empresa

Os novos usos da tecnologia da informação na empresa Os novos usos da tecnologia da informação na empresa Internet promoveu: Transformação Novos padrões de funcionamento Novas formas de comercialização. O maior exemplo desta transformação é o E- Business

Leia mais

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição www.pwc.pt/academia Controlo de Gestão 2ª Edição Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013 Academia da PwC 2ª edição Este curso permite-lhe compreender melhor os princípios do controlo de gestão, com especial enfoque

Leia mais

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010 Técnicas de Secretariado Departamento Comercial e Marketing Módulo 23- Departamento Comercial e Marketing Trabalho realizado por: Tânia Leão Departamento

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Desde Janeiro 2006 Responsável pela Unidade de Negócios da Lisboagás para Lisboa e Amadora.

CURRICULUM VITAE. Desde Janeiro 2006 Responsável pela Unidade de Negócios da Lisboagás para Lisboa e Amadora. CURRICULUM VITAE Nome: Nuno Miguel de Campos Matos Vaz Neto Morada: Rua João de Oliveira Miguens, 5-5º C Código Postal e Localidade: 1350-187 Lisboa Nacionalidade: Portuguesa Telefone: +351917765911 E-mail:

Leia mais

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA AMedi T Finance é a mais recente aposta do Grupo Medi T. É uma organização multidisciplinar que presta serviços profissionais nasáreas da Assessoria Financeira, Contabilidade, Auditoria e Consultoria.

Leia mais

Escritórios de Barcelona: 143 Sobreático 08011 Barcelona - Espanha Telefone +34 937 247 477

Escritórios de Barcelona: 143 Sobreático 08011 Barcelona - Espanha Telefone +34 937 247 477 Perfil Corporativo Configuração, Implementação e Integração de Sistemas Aplicacionais de Negócio: Fundada em 1989 Presença directa em Portugal e Espanha +100 Clientes de média/grande dimensão, em vários

Leia mais

Factor PME. Junho 2011

Factor PME. Junho 2011 Projecto Factor PME Junho 2011 Índice Âmbito e Objectivos 03 Condições de Elegibilidade _Entidade beneficiária 04 _Projecto 05 Investimentos Elegíveis _Componentes de financiamento 06 _Despesas elegíveis

Leia mais

SI Sistema de Informação Anexo 4

SI Sistema de Informação Anexo 4 onselho oordenador omo implementar? No actual quadro da dministração Pública torna-se necessário avaliar o desempenho dos serviços, o que implica, para os gestores públicos, desenvolver (os seus) sistemas

Leia mais

Otimismo desenvolvedoras de softwares

Otimismo desenvolvedoras de softwares Otimismo nas nuvens Ambiente favorável alavanca negócios das empresas desenvolvedoras de softwares, que investem em soluções criativas de mobilidade e computação em nuvem para agilizar e agregar flexibilidade

Leia mais

FMC: Alinhando Tradição com Inovação através da Integração de Pessoas e Processos com Soluções de TI

FMC: Alinhando Tradição com Inovação através da Integração de Pessoas e Processos com Soluções de TI FMC: Alinhando Tradição com Inovação através da Integração de Pessoas e Processos com Soluções de TI Com o crescimento acelerado, uma das mais tradicionais empresas do Brasil em produtos agrícolas precisava

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA 1 OBJETIVOS 1. Quais são as principais aplicações de sistemas na empresa? Que papel eles desempenham? 2. Como os sistemas de informação apóiam as principais funções empresariais:

Leia mais

Cadeira de Tecnologias de Informação. Conceitos fundamentais de sistemas e tecnologias de informação e de gestão do conhecimento.

Cadeira de Tecnologias de Informação. Conceitos fundamentais de sistemas e tecnologias de informação e de gestão do conhecimento. Cadeira de Tecnologias de Informação Ano lectivo 2007/08 Conceitos fundamentais de sistemas e tecnologias de informação e de gestão do conhecimento. Prof. Mário Caldeira Profª Ana Lucas Dr. Fernando Naves

Leia mais

Programa de Universidades

Programa de Universidades University Program International Univer- sities Certified Universities Programa de Universidades 2013 Infosistema. All rights reserved. www.iflowbpm.com O que é o iflow BPM? Tabela de Conteudos O que é

Leia mais

egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão

egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão 01 02 03 Indra A Nossa Visão do Sector Público A Administração ao serviço do Cidadão Página 2 Quem Quiénes somos somos

Leia mais

Optimização das organizações através da inovação das Tecnologias

Optimização das organizações através da inovação das Tecnologias Optimização das organizações através da inovação das Tecnologias Índice Quem Somos O SGI da AMBISIG; A implementação do SGIDI na AMBISIG; Caso de Sucesso. Quem somos? Somos uma empresa com 16 anos de experiência

Leia mais

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente Grupo Pestana suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O trabalho de consolidação de informação permitiu desde logo abrir novas possibilidades de segmentação, com base num melhor conhecimento

Leia mais

1 Descrição sumária. Varajão, Trigo e Barroso, O Gestor de Sistemas de Informação nas grandes empresas portuguesas, Computerworld, 2011.

1 Descrição sumária. Varajão, Trigo e Barroso, O Gestor de Sistemas de Informação nas grandes empresas portuguesas, Computerworld, 2011. O Gestor de Sistemas de Informação nas grandes empresas portuguesas João Varajão 1, António Trigo 2, João Barroso 1 1 Escola de Ciências e Tecnologia, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro 2 Instituto

Leia mais

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS BUSINESS GAME UGB VERSÃO 2 Luís Cláudio Duarte Graduação em Administração de Empresas APRESENTAÇÃO (DADOS DE IDENTIFICAÇÃO) O Business Game do Centro Universitário Geraldo Di Biase (BG_UGB) é um jogo virtual

Leia mais

Resumo Apresentação : Orador

Resumo Apresentação : Orador Resumo Apresentação : Orador Formador Rumos Consultor ITSM desde 2006 ITIL v2/v3 ISO 20000 ISO / IEC 27001/2 Certificação ITIL Foundation Certificação ITIL Expert Certificação Cisco CCNA 6 Anos de Experiencia

Leia mais

SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais

SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais Derechos Quem Somos O Serviço de Utilização Comum dos Hospitais é uma associação privada sem fins lucrativos, organizada e posicionada para a oferta integrada de Serviços Partilhados para o sector da Saúde.

Leia mais

A Tecnologia e Inovação para alavancar seu negócio. Marcos Leite Diretor Comercial da Artsoft Sistemas

A Tecnologia e Inovação para alavancar seu negócio. Marcos Leite Diretor Comercial da Artsoft Sistemas A Tecnologia e Inovação para alavancar seu negócio. Marcos Leite Diretor Comercial da Artsoft Sistemas - O que há de mais moderno ao seu alcance. Tecnologia On Demand NECESSIDADES DE TI Onde e como hospedar

Leia mais

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T BUSINESS IMPROVEMENT A I N D E V E QUEM É A Indeve é uma empresa especializada em Business Improvement, composta por consultores com uma vasta experiência e com um grande conhecimento do mundo empresarial

Leia mais

Capítulo. Sistemas empresariais

Capítulo. Sistemas empresariais Capítulo 8 1 Sistemas empresariais 2 Objectivos de aprendizagem Identificar e exemplificar os seguintes aspectos da gestão do relacionamento com os clientes, da gestão de recursos empresariais e dos sistemas

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 SECRETARIAL & MANAGEMENT SUPPORT Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores

Leia mais

adaptados às características e expectativas dos nossos Clientes, de modo a oferecer soluções adequadas às suas necessidades.

adaptados às características e expectativas dos nossos Clientes, de modo a oferecer soluções adequadas às suas necessidades. A Protteja Seguros surge da vontade de contribuir para o crescimento do mercado segurador nacional, através da inovação, da melhoria da qualidade de serviço e de uma política de crescimento sustentável.

Leia mais

Estratégia para os Sistemas e Tecnologias de Informação

Estratégia para os Sistemas e Tecnologias de Informação Estratégia para os Sistemas e Tecnologias de Informação A transcrição ou reprodução deste documento não é permitida sem a prévia autorização escrita do IGIF PRINCIPAIS MENSAGENS O IGIF, na vertente SI,

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 COMMERCIAL & MARKETING Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados,

Leia mais

Como os sistemas de informação afetarão as carreiras relacionadas a negócios. Administração de Sistema de Informação I

Como os sistemas de informação afetarão as carreiras relacionadas a negócios. Administração de Sistema de Informação I Como os sistemas de informação afetarão as carreiras relacionadas a negócios Administração de Sistema de Informação I Contabilidade Os contadores contam cada vez mais com os sistemas de informação para

Leia mais

Consultoria em TI PARA LIBERDADE, NÃO TEM PORQUÊ. TEM SOLICON.

Consultoria em TI PARA LIBERDADE, NÃO TEM PORQUÊ. TEM SOLICON. Consultoria em TI PARA LIBERDADE, NÃO TEM PORQUÊ. TEM SOLICON. Portifólio Missão Atender as necessidades de nossos clientes e garantir o retorno de seus investimentos, implementando os melhores serviços

Leia mais

Os Serviços Partilhados do SUCH

Os Serviços Partilhados do SUCH Os Serviços Partilhados do SUCH ONI e-powered: 1ª Conferência sobre Soluções Integradas para o Sector Público 8 de Abril de 2008 Serviço de Utilização Comum dos Hospitais 7 áreas de negócio Todas operando

Leia mais

E- Marketing - Estratégia e Plano

E- Marketing - Estratégia e Plano E- Marketing - Estratégia e Plano dossier 2 http://negocios.maiadigital.pt Indíce 1 E-MARKETING ESTRATÉGIA E PLANO 2 VANTAGENS DE UM PLANO DE MARKETING 3 FASES DO PLANO DE E-MARKETING 4 ESTRATÉGIAS DE

Leia mais

MOÇAMBIQUE PLANO DE FORMAÇÃO 2016. O seu parceiro em formação certificada

MOÇAMBIQUE PLANO DE FORMAÇÃO 2016. O seu parceiro em formação certificada MOÇAMBIQUE PLANO DE FORMAÇÃO 201 O seu parceiro em formação certificada ESTRATÉGIA E COMPETITIVIDADE EC 001 Estratégia empresarial e planeamento estratégico FEV - SET 20-23 EC 002 Factores chaves para

Leia mais

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Windows e Web Dynamics Comunicação e Produtividade Servidores Infraestrutura Empresarial Busca e Anúncios Mobilidade Entretenimento e TV PRODUTIVIDADE

Leia mais

Infor ERP SyteLine Visão Geral. Edgar Eler Arquiteto de Sistemas

Infor ERP SyteLine Visão Geral. Edgar Eler Arquiteto de Sistemas Infor ERP SyteLine Visão Geral Edgar Eler Arquiteto de Sistemas Sobre a Mag-W A Mag-W foi criada especialmente para trazer ao mercado o que há de melhor em soluções corporativas de Tecnologia da Informação

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade PHC dcrm DESCRITIVO O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente

Leia mais

EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA

EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA Palestra Teletrabalho Modelo de Trabalho Home Office Modernização da área de Vendas EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA 1º Movimento 1999/2000 2º Movimento 2001/2002 3º Movimento 2005-2007

Leia mais

Objectivos de aprendizagem

Objectivos de aprendizagem 2 Objectivos de aprendizagem ƒ Dar exemplos de como a Internet e outras tecnologias da informação apoiam os processos de negócio nas seguintes funções empresariais: ƒ contabilidade; ƒ gestão financeira;

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA OBJETIVOS Quais são as principais aplicações de sistemas na empresa? Que papel eles desempenham? Como os sistemas de informação apóiam as principais funções empresariais:

Leia mais

Adicionando valor na produção

Adicionando valor na produção Adicionando valor na produção Em um mercado global altamente competitivo e em constantes transformações, a otimização do resultado dos processos de produção é fundamental. Pressões ambientais e de custo,

Leia mais

SISTEMAS DEGESTÃO EMPRESARIAL

SISTEMAS DEGESTÃO EMPRESARIAL SISTEMAS DEGESTÃO EMPRESARIAL Imagine um mundo onde a sua Empresa se desenvolve facilmente, onde a cooperação entre os seus funcionários, as suas filiais e o seu ambiente de negócio é simples e em que

Leia mais

LICENCIATURA EM GESTÃO CONTROLO DA QUALIDADE

LICENCIATURA EM GESTÃO CONTROLO DA QUALIDADE LICENCIATURA EM GESTÃO 1º Ano 2º semestre CONTROLO DA QUALIDADE Elaborado por: João Gilberto Ramos Abreu 2089506 Nádia Andrade Abreu 2038907 Sónia Vieira da Silva - 2043407 Funchal Abril de 2008 "Criatividade

Leia mais

Situação mercadológica hoje: Era de concorrência e competição dentro de ambiente globalizado.

Situação mercadológica hoje: Era de concorrência e competição dentro de ambiente globalizado. TECNICAS E TECNOLOGIAS DE APOIO CRM Situação mercadológica hoje: Era de concorrência e competição dentro de ambiente globalizado. Empresas já não podem confiar em mercados já conquistados. Fusões e aquisições

Leia mais

Cloud Computing Visão PT Cisco Roadshow 2010. Bruno Berrones Funchal, 27 de Maio de 2010

Cloud Computing Visão PT Cisco Roadshow 2010. Bruno Berrones Funchal, 27 de Maio de 2010 Cloud Computing Visão PT Cisco Roadshow 2010 Bruno Berrones Funchal, 27 de Maio de 2010 Agenda Desafios para as Empresas Extrair valor do Cloud Computing O papel da PT 1 Inovação é a resposta para garantir

Leia mais

BPM (Business Process Management)

BPM (Business Process Management) Instituto Superior de Economia e Gestão Ano lectivo 2007/2008 Cadeira de Tecnologias de Informação BPM (Business Process Management) Planeamento e Controlo de Gestão Baseados nos Processos de Negócio José

Leia mais

Portal do Golfe. Informação, Colaboração e Reservas Online

Portal do Golfe. Informação, Colaboração e Reservas Online Informação, Colaboração e Campo Real, 25 de Junho de 2010 Objectivos Reforçar a competitividade internacional da oferta de golfe em Portugal Reforçar a parceria com o Turismo de Portugal ao nível da estratégia

Leia mais

Consortia e-market da Fileira Moda. para o Mercado Externo

Consortia e-market da Fileira Moda. para o Mercado Externo Consortia e-market da Fileira Moda para o Mercado Externo O que é? Consórcio entre empresas da Fileira Moda e a Exponor Digital destinado a criar e explorar uma ou mais lojas online, orientada(s) para

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA Flash Lan House: FOCO NO ALINHAMENTO ENTRE CAPITAL HUMANO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A.

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. Empresa especializada na concepção, instalação e manutenção de equipamentos para a indústria hoteleira, restauração e similares. Primeira empresa do sector a nível

Leia mais

BALANCED SCORECARD NA ABORDAGEM POR PROCESSOS

BALANCED SCORECARD NA ABORDAGEM POR PROCESSOS APLICAÇÃO DA METODOLOGIA BALANCED SCORECARD NA ABORDAGEM POR PROCESSOS -1- AGENDA Quem somos Modelo de Gestão Gestão por Objectivos - BSC Conclusões e Resultados -2- AGENDA Quem somos -3- O QUE FAZEMOS

Leia mais

Administração de CPD Chief Information Office

Administração de CPD Chief Information Office Administração de CPD Chief Information Office Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados ao profissional de

Leia mais

Seminário. O Desenvolvimento Sustentável das Telecomunicações. Artur Calado

Seminário. O Desenvolvimento Sustentável das Telecomunicações. Artur Calado Seminário Ferramentas de Gestão nas Tecnologias de Informação Aveiro, 19 de Março de 2009 O Desenvolvimento Sustentável das Telecomunicações Artur Calado Introdução A região de Aveiro possui condições

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH. 12 de Março de 2014 Centro de Congressos do Estoril REGULAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

Leia mais

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Obtenha soluções em nuvem comprovadas para as suas prioridades mais urgentes Destaques da solução Saiba sobre os benefícios mais comuns de implementações

Leia mais

Soluções Inteligentes para regulamentações e negócios em aplicações SAP

Soluções Inteligentes para regulamentações e negócios em aplicações SAP Soluções Inteligentes para regulamentações e negócios em aplicações SAP Uma nova visão no Gerenciamento da Aplicação INDICE 1. A Union IT... 3 2. A importância de gerenciar dinamicamente infra-estrutura,

Leia mais

Lar, Centro Dia, SAD, Centro Convívio, Creche, Jardim Infância, ATL

Lar, Centro Dia, SAD, Centro Convívio, Creche, Jardim Infância, ATL Lar, Centro Dia, SAD, Centro Convívio, Creche, Jardim Infância, ATL 1 Sendo uma IPSS, que: Não tem fins lucrativos; Fornece serviços para melhorar a qualidade de vida dos clientes; Os lucros, se houverem,

Leia mais

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA Introdução Nesta edição do Catálogo de Serviços apresentamos os vários tipos de serviços que compõe a actual oferta da Primavera na área dos serviços de consultoria.

Leia mais

.Desenvolvimento de Sistemas

.Desenvolvimento de Sistemas .Quem Somos A BS é uma empresa brasileira e referência em soluções inovadoras, flexíveis e customizadas em tecnologia da informação, consultoria e outsourcing. A BS oferece soluções inteligentes proporcionando

Leia mais

O DESAFIO DOS EXECUTIVOS

O DESAFIO DOS EXECUTIVOS COACHING EXECUTIVO O DESAFIO DOS EXECUTIVOS Os executivos das empresas estão sujeitos a pressões crescentes para entregarem mais e melhores resultados, liderando as suas organizações através de mudanças

Leia mais

Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto.

Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto. Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto. Instituto Educacional BM&FBOVESPA e Endeavor: Negócios de Alto Impacto. Com reconhecida experiência, o Instituto Educacional BM&FBOVESPA, a Escola de Negócios

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ABERTURA A People & Skills foi criada para responder às necessidades de um mercado cada vez mais apostado em desenvolver e consolidar competências que garantem

Leia mais

Empresa Digital: Da quimera à sobrevivência. Nuno Queirós nuno.queiros@primaverasoft.pt

Empresa Digital: Da quimera à sobrevivência. Nuno Queirós nuno.queiros@primaverasoft.pt Empresa Digital: Da quimera à sobrevivência Nuno Queirós nuno.queiros@primaverasoft.pt Enquadramento tecnológico Democratização da tecnologia Presença a da PRIMAVERA Software MFrames 1950...70 O DOS O

Leia mais

Soluções de análise preditiva para optimizar os processos de negócio. João Pequito. Director Geral da PSE

Soluções de análise preditiva para optimizar os processos de negócio. João Pequito. Director Geral da PSE Soluções de análise preditiva para optimizar os processos de negócio João Pequito Director Geral da PSE Soluções de análise preditiva para optimizar os processos de negócio Qualquer instituição tem hoje

Leia mais