PERISPÍRITO A BASE dos FENÔMENOS MEDIANÍMICOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PERISPÍRITO A BASE dos FENÔMENOS MEDIANÍMICOS"

Transcrição

1

2 DESVELANDO A ALMA - EMANCIPAÇÃO E MEDIUNIDADE 1 ENCONTRO 03/08/14 PERISPÍRITO A BASE dos FENÔMENOS MEDIANÍMICOS

3 ... Indispensável se faz o estudo prévio da teoria para todo aquele que queira evitar os inconvenientes peculiares à experiência. O Livro dos Médiuns Cap

4

5

6 O perispírito é o princípio de todas as manifestações (mediúnicas e de emancipação da alma)... a chave da explicação de uma imensidade de fenômenos.

7 O Perispírito e suas modelações L. G. Pinheiro Elaborado desde milhões de anos, nos laboratórios da natureza, o perispírito herdou o automatismo permanente que o mantém atuante, transmitindo ao Espírito as impressões dos sentidos e comunicando ao corpo as vontades deste. Graças a este automatismo perispiritual, o homem não precisa programar-se ou pensar para respirar, dormir, promover os fenômenos digestivos, excretar, fazer circular o sangue e os

8 hormônios e um sem número de funções que lhe passam despercebidas (MOB, Modelo Organizador Biológico, de Hernani Guimarães Andrade). O corpo perispiritual é portador de todas as matrizes dos órgãos carnais, bem como participante nas funções que o corpo físico elabora.

9 Sem o perispírito seria impossível manter os traços fisionômicos por ocasião da renovação celular, ou mesmo a forma humana, que é delimitada por parâmetros peculiares à espécie.

10 FUNÇÕES do PERISPÍRITO 1 Instrumental: ligação com o meio que o cerca. 2 Individualizadora: identidade exclusiva, com história e memória. 3 Organizadora (MOB): ritmo morfogenético, leva à formação de novo corpo físico de acordo com as necessidades evolutivas programadas para aquela reencarnação. 4 Sustentadora: mantém o funcionamento do corpo físico, de forma automática.

11 PROPRIEDADES do PERISPÍRITO 1 Plasticidade: capacidade de, pela ação de uma vontade (do próprio ou de outro Espírito), alterar a sua forma. Zoantropia - licantropia

12 2 Densidade: determina a constituição molecular do perispírito. Varia de acordo com o estado dos mundos e de indivíduo para indivíduo. Quanto maior a evolução do Espírito, menor a densidade e o peso específico e maior a luminosidade.

13 No perispírito se encontra também a gênese patológica das mais variadas enfermidades. O perispírito é mais ou menos etéreo, conforme os mundos e o grau de depuração do Espírito. Nos mundos e nos Espíritos inferiores, ele é de natureza mais grosseira e se aproxima muito da matéria bruta, fazendo com que alguns desencarnados pensem que ainda estão encarnados.

14 3 - Penetrabilidade: permite ao Espírito atravessar barreiras vibracionais, físicas ou não. Os menos evoluídos ignoram como atravessar obstáculos materiais.

15 4 - Visibilidade: propriedade de tornar-se visível aos encarnados em algumas situações. (...) os Espíritos Superiores podem perscrutar a intimidade perispirítica de desencarnados de menor grau de elevação, bem como a dos encarnados, observando-lhes as desarmonias e as necessidades. (Perispírito, Zalmino Zimmermann)

16 5 - Tangibilidade: pode tornar-se materialmente tangível, no todo ou em parte, por vontade própria e sob permissão.

17 6 - Sensibilidade: é o responsável por transmitir sensações, sentimentos e emoções do Espírito para o corpo físico e vice-versa. Vê, ouve e sente com o corpo espiritual inteiro. Sensibilidade geral: maior quanto menos ligado ao corpo físico. Sensibilidade magnética: absorve ou rejeita as energias/fluidos; transmite e irradia as que captou.

18 7 - Expansibilidade: por sua natureza fluídica, ele é expansível, irradia para o exterior e forma, em torno do corpo, uma espécie de atmosfera que o pensamento e a força da vontade podem dilatar mais ou menos. É a base dos fenômenos medianímicos.

19 8 Perenidade: todos os Espíritos são revestidos de perispírito, mesmo os Espíritos puros (corpo mental seria a matriz).

20 O Evangelho Segundo o Espiritismo Cap. XIX A fé transporta montanhas A FÉ HUMANA E A DIVINA 12. No homem, a fé é o sentimento inato de seus destinos futuros; é a consciência que ele tem das faculdades imensas depositadas em gérmen no seu íntimo, a princípio em estado latente, e que lhe cumpre fazer que desabrochem e cresçam pela ação da sua vontade.

21 Até ao presente, a fé não foi compreendida senão pelo lado religioso, porque o Cristo a exaltou como poderosa alavanca e porque o têm considerado apenas como chefe de uma religião. Entretanto, o Cristo, que operou milagres materiais, mostrou, por esses milagres mesmos, o que pode o homem, quando tem fé, isto é, a vontade de querer e a certeza de que essa vontade pode obter satisfação. Também os apóstolos não operaram milagres, seguindo-lhe o exemplo?

22 Ora, que eram esses milagres, senão efeitos naturais, cujas causas os homens de então desconheciam, mas que, hoje, em grande parte se explicam e que pelo estudo do Espiritismo e do Magnetismo se tornarão completamente compreensíveis? A fé é humana ou divina, conforme o homem aplica suas faculdades à satisfação das necessidades terrenas, ou das suas aspirações celestiais e futuras. (...)

23 Enfim, com a fé, não há maus pendores que se não chegue a vencer. O Magnetismo é uma das maiores provas do poder da fé posta em ação. É pela fé que ele cura e produz esses fenômenos singulares, qualificados outrora de milagres. Repito: a fé é humana e divina.

24 Se todos os encarnados se achassem bem persuadidos da força que em si trazem, e se quisessem pôr a vontade a serviço dessa força, seriam capazes de realizar o a que, até hoje, eles chamaram prodígios e que, no entanto, não passa de um desenvolvimento das faculdades humanas. Um Espírito Protetor. (Paris, 1863.)

25 CONCENTRAÇÃO Concentrar é ter apenas um objetivo em sua mente, limpando-a de qualquer outra ideia e não dando atenção aos pensamentos que teimam em orbitar ao redor. -Relaxamento muscular -Respiração calma -Sintonia com o Alto, o Bem, o Belo.

Tratamento energético do próximo

Tratamento energético do próximo Curso de Reforma Íntima e Cura Tratamento energético do próximo Por Marco Bechara (Encontros 28-29-30) 10, 17 e 24 OUT / 2015 Essas próximas 3 aulas são a consolidação da teoria na prática! É necessário

Leia mais

Perispírito - Objetivos da aula. a) Listar as finalidades do perispírito. b) Apontar as propriedades do perispírito

Perispírito - Objetivos da aula. a) Listar as finalidades do perispírito. b) Apontar as propriedades do perispírito Perispírito Perispírito - Objetivos da aula a) Listar as finalidades do perispírito b) Apontar as propriedades do perispírito c) Enunciar as funções do perispírito Trindade Universal Elementos gerais (LE

Leia mais

DEFININDO PERISPÍRITO É O ENVOLTORIO SUTIL E PERENE DA ALMA, QUE POSSIBILITA SUA INTERAÇÃO COM OS MEIOS ESPIRITUAL E FÍSICO. OBSERVAÇÕES: 1- A MENTE

DEFININDO PERISPÍRITO É O ENVOLTORIO SUTIL E PERENE DA ALMA, QUE POSSIBILITA SUA INTERAÇÃO COM OS MEIOS ESPIRITUAL E FÍSICO. OBSERVAÇÕES: 1- A MENTE 1 2 3 4 DEFININDO PERISPÍRITO É O ENVOLTORIO SUTIL E PERENE DA ALMA, QUE POSSIBILITA SUA INTERAÇÃO COM OS MEIOS ESPIRITUAL E FÍSICO. OBSERVAÇÕES: 1- A MENTE ESTÁ NO ESPÍRITO 2- A BASE DOS FENÔMENOS MEDIUNICOS

Leia mais

ROTEIRO DE AULA AULA 02

ROTEIRO DE AULA AULA 02 DIRETORIA DE ESTUDOS DOUTRINÁRIOS DIVISÃO DE CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DO ESPÍRITA COORDENAÇÃO - ESME 1 ROTEIRO DE AULA AULA 02 PERÍSPIRITO E PRINCÍPIO VITAL Objetivos: Relacionar as principais características,

Leia mais

"... indispensável se faz o estudo prévio da teoria, para todo aquele que queira evitar os inconvenientes peculiares à experiência".

... indispensável se faz o estudo prévio da teoria, para todo aquele que queira evitar os inconvenientes peculiares à experiência. "... indispensável se faz o estudo prévio da teoria, para todo aquele que queira evitar os inconvenientes peculiares à experiência". A mesma matéria elementar é suscetível de experimentar todas as

Leia mais

GRUPO DE ESTUDO ANO IV 2017 AULA 16

GRUPO DE ESTUDO ANO IV 2017 AULA 16 GRUPO DE ESTUDO ANO IV 2017 AULA 16 Revista Espírita setembro de 1865 Mediunidade curadora 7. O médium curador recebe o influxo fluídico do Espírito, ao passo que o magnetizador haure tudo em si mesmo.

Leia mais

MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA

MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA UNIDADE 1 MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA AULA 4 Mecanismo da mediunidade 1 22 PERISPÍRITO 3 Importância do estudo do Perispírito 44 É por meio do Perispírito que o intercâmbio mediúnico ocorre 5 Perispírito

Leia mais

Cronograma de Aulas Ano I - Módulo 2-17 aulas - 2 semestre

Cronograma de Aulas Ano I - Módulo 2-17 aulas - 2 semestre Cronograma de Aulas Ano I - Módulo 2-17 aulas - 2 semestre - 2017 Aula 0 Explanação do Livro Missionários da Luz Apresentação em PPS sobre a obra Missionária da Luz ; Aula 1 Dos Espíritos Levar o aluno

Leia mais

VENCER A MATÉRIA. Debate em 08/05/2010.

VENCER A MATÉRIA. Debate em 08/05/2010. VENCER A MATÉRIA Debate em 08/05/2010 http://grupo.gede.vilabol.com.br OBJETIVO Analisar a ação do espírito sobre a matéria física. PROCEDIMENTO a) Estudo da relação entre nível evolutivo e fenômenos de

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 1 Módulo I Fundamentos ao Estudo da Mediunidade

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 1 Módulo I Fundamentos ao Estudo da Mediunidade FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 1 Módulo I Fundamentos ao Estudo da Mediunidade Conceito espírita de passe Tipos de energias transmitidas no passe Mecanismos do passe

Leia mais

FUNÇÕES DO PERISPÍRITO

FUNÇÕES DO PERISPÍRITO NOÇÕES PRELIMINARES DEFININDO PERISPÍRITO É O ENVOLTORIO SUTIL E PERENE DA ALMA, QUE POSSIBILITA SUA INTERAÇÃO COM OS MEIOS ESPIRITUAL E FÍSICO. OBSERVAÇÕES: 1-A MENTE ESTÁ NO ESPÍRITO 2-A BASE DOS FENÔMENOS

Leia mais

MÓDULO 2 COMO SE DOA?

MÓDULO 2 COMO SE DOA? CURSO : O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA MÓDULO 2 COMO SE DOA? Capítulo 9 do livro OPCCM 25.05.2017 Perispírito: Corpo Causal e Aura 25 de maio de 2017 Corpo Causal...Imagine que cada um de nós, renascendo

Leia mais

MAGNETISMO e ESPIRITISMO

MAGNETISMO e ESPIRITISMO Sociedade Espírita Os Mensageiros da Paz Departamento Doutrinário MAGNETISMO e ESPIRITISMO GRUPO de ESTUDO AULA 16 Revista Espírita setembro de 1865 Mediunidade curadora 7. O médium curador recebe o influxo

Leia mais

Etapas de realização da reunião mediúnica

Etapas de realização da reunião mediúnica FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo I A prática mediúnica na casa espírita Etapas de realização da reunião mediúnica Tema 2 O que define o êxito de uma atividade

Leia mais

Claudio C. Conti A fé que cura. Aula II - Ano 2015 O Despertar da Consciência

Claudio C. Conti  A fé que cura. Aula II - Ano 2015 O Despertar da Consciência Claudio C. Conti www.ccconti.com A fé que cura Aula II - Ano 2015 O Despertar da Consciência Por que fé? O ambiente, a natureza, não é realmente o nosso inimigo - aquele que nos causa a doença - e nós

Leia mais

A CAMINHO DE EMAÚS ROTEIRO 5

A CAMINHO DE EMAÚS ROTEIRO 5 A CAMINHO DE EMAÚS ROTEIRO 5 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo V Aprendendo com Fatos Cotidianos Objetivo Analisar os ensinamentos

Leia mais

DESVELANDO A ALMA - EMANCIPAÇÃO E MEDIUNIDADE 2 ENCONTRO 14/09/14. EMANCIPAÇÃO da ALMA

DESVELANDO A ALMA - EMANCIPAÇÃO E MEDIUNIDADE 2 ENCONTRO 14/09/14. EMANCIPAÇÃO da ALMA DESVELANDO A ALMA - EMANCIPAÇÃO E MEDIUNIDADE 2 ENCONTRO 14/09/14 EMANCIPAÇÃO da ALMA O Livro dos Espíritos Cap. 8 Da emancipação da alma 400. O Espírito encarnado permanece de bom grado no seu envoltório

Leia mais

CURSO FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA: PASSES E ÁGUA FLUIDIFICADA

CURSO FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA: PASSES E ÁGUA FLUIDIFICADA CURSO FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA: PASSES E ÁGUA FLUIDIFICADA EM QUE SE FUNDAMENTA O PASSE EM QUE SE FUNDAMENTA O PASSE Em nossa vídeo-aula anterior vimos que o passe se fundamenta nas qualidades do fluido

Leia mais

Objetivo: Conceituar e identificar o grau, a duração e os tipos de transe.

Objetivo: Conceituar e identificar o grau, a duração e os tipos de transe. Objetivo: Conceituar e identificar o grau, a duração e os tipos de transe. 1 Psiquismo Humano CONCEITO Psiqu(e)-+ismo O conjunto dos fenômenos ou dos processos mentais conscientes ou inconscientes dum

Leia mais

Organização da reunião mediúnica no plano espiritual

Organização da reunião mediúnica no plano espiritual FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo II Mecanismos da mediunidade Organização da reunião mediúnica no plano espiritual Tema 1 Dimensões espirituais da reunião mediúnica

Leia mais

Espírito, Perispírito e Corpo Físico GEPEC Grêmio Espírita Perseverança e Caridade 08/09/17, Sexta-feira, 18h30 às 20h00

Espírito, Perispírito e Corpo Físico GEPEC Grêmio Espírita Perseverança e Caridade 08/09/17, Sexta-feira, 18h30 às 20h00 Espírito, Perispírito e Corpo Físico GEPEC Grêmio Espírita Perseverança e Caridade 08/09/17, Sexta-feira, 18h30 às 20h00 1) O estudo mais necessário, para nós, é o de nós mesmos. O que, antes de tudo,

Leia mais

CURSO FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA: PASSES E ÁGUA FLUIDIFICADA

CURSO FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA: PASSES E ÁGUA FLUIDIFICADA CURSO FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA: PASSES E ÁGUA FLUIDIFICADA A MANIPULAÇÃO DE FLUIDOS A MANIPULAÇÃO DE FLUIDOS Para entender melhor como acontece a manipulação de fluidos e a sua relação com a fluidoterapia

Leia mais

Hippolyte Léon Denizard Rivail

Hippolyte Léon Denizard Rivail Hippolyte Léon Denizard Rivail 03-10-1804-31-03-1869 A mediunidade não é sinal de santificação, nem representa característica divinatória. Constitui, apenas, um meio de entrar em contato com as almas

Leia mais

Percepção, Sintonia e Concentração Mental

Percepção, Sintonia e Concentração Mental FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo II Mecanismos da mediunidade Percepção, Sintonia e Concentração Mental Tema 3 Qual o seu entendimento sobre percepção, sintonia

Leia mais

EPM - PROG. 1 MÓD. 1 Rot.6. Monitor(a): Meg Mª Shirley - Valéria

EPM - PROG. 1 MÓD. 1 Rot.6. Monitor(a): Meg Mª Shirley - Valéria EPM - PROG. 1 MÓD. 1 Rot.6 Monitor(a): Meg Mª Shirley - Valéria Objetivo: Conceituar fenômeno de emancipação da alma e diferenciar o fenômeno anímico do mediúnico. FENÔMENO ESPÍRITA: Os fenômenos espíritas

Leia mais

Eclosão da mediunidade

Eclosão da mediunidade FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 1 Módulo II As Bases da Comunicação Mediúnica Eclosão da mediunidade Tema 1 Qual a importância das ocorrências mediúnicas? Ocorrências

Leia mais

Fé, Saúde e a Cura do Ser Espiritual. Rodrigo Bassi

Fé, Saúde e a Cura do Ser Espiritual. Rodrigo Bassi Fé, Saúde e a Cura do Ser Espiritual Rodrigo Bassi E tu, que fazeis de especial? A Doutrina Espírita tem contribuído, verdadeiramente, para a construção da minha Saúde Espiritual? DEFINIÇÃO DE SAÚDE um

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 1 Módulo III Mediunidade. Obsessão. Desobsessão.

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 1 Módulo III Mediunidade. Obsessão. Desobsessão. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 1 Módulo III Mediunidade. Obsessão. Desobsessão. 1. Sintonia obsessiva 2. Infecções fluídicas 3. Obsessão e mediunidade O processo obsessivo

Leia mais

O poder da fluidoterapia: o passe

O poder da fluidoterapia: o passe Grupo Espírita Guillon Ribeiro Escola de Evangelização de pacientes O poder da fluidoterapia: o passe Entendendo o Tratamento Espiritual As curas de Jesus Quando Jesus desceu do monte, grandes multidões

Leia mais

TEMPLO DE UMBANDA CABOCLO TUPINAMBÁ PAI DAMIÃO MEDIUNIDADE JULHO TUCATUPADA - Templo de Umbanda Caboclo Tupinambá e Pai Damião

TEMPLO DE UMBANDA CABOCLO TUPINAMBÁ PAI DAMIÃO MEDIUNIDADE JULHO TUCATUPADA - Templo de Umbanda Caboclo Tupinambá e Pai Damião 1 TEMPLO DE UMBANDA CABOCLO TUPINAMBÁ E PAI DAMIÃO MEDIUNIDADE JULHO 2014 2 MEDIUNIDADE CONCEITO A mediunidade é a capacidade que todos nós temos, em maior ou menor grau e diferentes tipos de servirmos

Leia mais

Em termos religiosos, qual era a compreensão tradicional da realidade?

Em termos religiosos, qual era a compreensão tradicional da realidade? PERISPÍRITO Em termos religiosos, qual era a compreensão tradicional da realidade? Compreensão dual da realidade - espírito - matéria Qual o equívoco da compreensão dual da realidade? Qual o equívoco da

Leia mais

Estudando a Fluidoterapia. Elaboração:

Estudando a Fluidoterapia. Elaboração: Estudando a Fluidoterapia Elaboração: www.searadomestre.com.br Fluido Fase não sólida da matéria; o que corre ou se expande à maneira de um líquido ou gás. Dicionário Aurélio Corpos cujas moléculas cedem

Leia mais

ESPIRITUALISMO = ESPIRITISMO?

ESPIRITUALISMO = ESPIRITISMO? 1 ESPIRITUALISMO = ESPIRITISMO? ESPIRITUALISMO Oposto do materialismo Quem quer que acredite haver em si alguma coisa mais do que matéria é espiritualista. ESPIRITISMO ou DOUTRINA ESPÍRITA Termo criado

Leia mais

AULA 28 Vivência Mediúnica

AULA 28 Vivência Mediúnica AULA 28 Vivência Mediúnica 1 7. Vivência 2 Ser médium não significa ser moralizado e vice-versa. Pág.58 3 Estado mediúnico, conquanto anômalo, não é patológico. O Livro dos Médiuns, cap. 17, item 221 4

Leia mais

EMANCIPAÇÃO DA ALMA SONO E SONHO 1ª PARTE

EMANCIPAÇÃO DA ALMA SONO E SONHO 1ª PARTE EMANCIPAÇÃO DA ALMA SONO E SONHO 1ª PARTE Denise e Vania Holanda EMANCIPAÇÃO DA ALMA SONO E SONHO 1ª PARTE Denise e Vania Holanda 1 COMPOSIÇÃO HUMANA CONCEITO EMANCIPAÇÃO ( DIC) Tornar-se independente;

Leia mais

A emancipação da alma

A emancipação da alma F E D E R A Ç Ã O E S P Í R I T A B R A S I L E I R A M E D I U N I D A D E : E S T U D O E P R Á T I C A P R O G R A M A 1 M Ó D U L O I F U N D A M E N T O S A O E S T U D O D A M E D I U N I D A D E

Leia mais

ZALMINO ZIMMERMANN PERISPÍRITO. 4 a EDIÇÃO REVISTA E AMPLIADA

ZALMINO ZIMMERMANN PERISPÍRITO. 4 a EDIÇÃO REVISTA E AMPLIADA ZALMINO ZIMMERMANN PERISPÍRITO 4 a EDIÇÃO REVISTA E AMPLIADA CAMPINAS SP 2011 SUMÁRIO Nota (4 a edição)... IX Apresentação... XV O elo interexistencial... XXI Capítulo I Conceito Natureza...23 Natureza...28

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 1 Módulo I Fundamentos ao Estudo da Mediunidade. Tema 1

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 1 Módulo I Fundamentos ao Estudo da Mediunidade. Tema 1 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 1 Módulo I Fundamentos ao Estudo da Mediunidade Tema 1 Sendo a mediunidade uma faculdade inerente ao ser humano, a comunicação entre

Leia mais

Mecanismos da Comunicação Mediúnica

Mecanismos da Comunicação Mediúnica Mecanismos da Comunicação Mediúnica Alex Olegário Fernanda Alencar OBJETIVO Compreender como acontece a comunicação mediúnica. 1 Assuntos Relacionados Fluidos Pineal Perispírito Centros de força Prece,

Leia mais

Imagem: Livro Zalmino Zimmermann. Cleto Brutes Apresentação disponível em

Imagem: Livro Zalmino Zimmermann. Cleto Brutes Apresentação disponível em Imagem: Livro Zalmino Zimmermann Cleto Brutes Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br O CORPO MENTAL Corpo Mental Perispírito Espírito ou Alma www.parchen.hpg.com.br O complexo humano RIE 10.2000

Leia mais

Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita

Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita PROGRAMA FUNDAMENTAL MÓDULO IV Existência e sobrevivência do Espírito ROTEIRO 1 Perispírito: conceito Objetivo específico Conceituar perispírito. Conteúdo básico Envolvendo o gérmen de um fruto, há o perisperma;

Leia mais

DESENVOLVIMENTO MEDIÚNICO. Como nossos guias incorporam. Como se comunicam. Pergunta: Todos somos médiuns?

DESENVOLVIMENTO MEDIÚNICO. Como nossos guias incorporam. Como se comunicam. Pergunta: Todos somos médiuns? DESENVOLVIMENTO MEDIÚNICO Como nossos guias incorporam. Como se comunicam. Pergunta: Todos somos médiuns? Resposta: Todos os seres humanos são médiuns, sem exceção! A palavra médium tem origem no Latim

Leia mais

O QUE É O ESPIRITISMO 1

O QUE É O ESPIRITISMO 1 O QUE É O ESPIRITISMO 1 Facilitadores Alex Olegário e Roberto Camilo 17/18-Janeiro-2016 OBJETIVO Conhecer sobre: O Conceito do Espiritismo O Codificador Se me amais, guardai os meus mandamentos; e eu rogarei

Leia mais

IRRADIAÇÃO E VIBRAÇÃO OBJETIVO

IRRADIAÇÃO E VIBRAÇÃO OBJETIVO IRRADIAÇÃO E VIBRAÇÃO Monitores: Alice Akemi, Franciene Briand e Marlene Barros 02 e 03/11/2014 OBJETIVO Compreender o processo da irradiação e a sua importância nas diversas atividades na Casa Espírita.

Leia mais

Desenvolvimento Mediúnico

Desenvolvimento Mediúnico Desenvolvimento Mediúnico AULA 5 O Despertar da Visão - Mediunidade da Vidência Comunidade de Cultura Divinista/CCD Instituto Divinista 30-Junho-2012 1 Parte I - Teórica 1.Recapitulando... 2.Reflexões

Leia mais

Entendendo o Tratamento Espiritual. Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro

Entendendo o Tratamento Espiritual. Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro Entendendo o Tratamento Espiritual 1 Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro Definição de Espírito Que definição se pode dar dos Espíritos? Pode dizer-se que os Espíritos são

Leia mais

UNIDADE 2 AÇÃO FLUÍDICA. AULA 8 Os fluidos

UNIDADE 2 AÇÃO FLUÍDICA. AULA 8 Os fluidos UNIDADE 2 AÇÃO FLUÍDICA AULA 8 Os fluidos 1 2 FLUIDO CÓSMICO UNIVERSAL - FCU 3 Tudo que existe no universo, criado por Deus, não sendo Espírito, é fluido cósmico universal Therezinha Oliveira 4 DEUS ESPÍRITO

Leia mais

MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA

MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA UNIDADE 1 MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA AULA 6 Desenvolvimento mediúnico 1 2 A eclosão da mediunidade não deve ser forçada 3 A eclosão da mediunidade não depende de lugar, idade, sexo, renda, moral ou religião

Leia mais

12 e 13/06/16 Facilitadoras: Rosângela Cely e Soraia Cristina

12 e 13/06/16 Facilitadoras: Rosângela Cely e Soraia Cristina 12 e 13/06/16 Facilitadoras: Rosângela Cely e Soraia Cristina OBJETIVO: Conceituar Mediunidade e Médium; Identificar os sintomas que caracterizam a mediunidade iniciante; Explicar qual deve ser a conduta

Leia mais

Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita

Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita PROGRAMA FUNDAMENTAL MÓDULO V Comunicabilidade dos Espíritos ROTEIRO 1 Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos, e nos acontecimentos da vida Objetivos Identificar a natureza da influência

Leia mais

Conheça o Espiritismo Sex, 25 de Julho de :45 - Última atualização Sáb, 26 de Julho de :18

Conheça o Espiritismo Sex, 25 de Julho de :45 - Última atualização Sáb, 26 de Julho de :18 CONHEÇA O ESPIRITISMO O QUE É? É o conjunto de princípios e leis, revelados pelos Espíritos Superiores, contidos nas obras de Allan Kardec que constituem a Codificação Espírita: O Livro dos Espíritos,

Leia mais

PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA PRIMEIRO ANO

PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA PRIMEIRO ANO PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA PRIMEIRO ANO Aula Conteúdo da Aula Referências 1 TEMA: O CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA - Integração Ficha do aluno - preencher e entregar o programa - Objetivos,

Leia mais

Monitores: Roberto Camilo, Claudia Bezerra e Carlos Feijó

Monitores: Roberto Camilo, Claudia Bezerra e Carlos Feijó MEDIUNIDADE DE EFEITO FÍSICO E MEDIUNIDADE DE EFEITO INTELIGENTE PSICOFONIA PSICOGRAFIA VIDÊNCIA AUDIÊNCIA Monitores: Roberto Camilo, Claudia Bezerra e Carlos Feijó OBJETIVO: Compreender o conceito de

Leia mais

5 a, 6 a e 23 a Sessões Teóricas. Objetivo. Apresentação de algumas faculdades de efeito subjetivo e objetivo e suas classificações.

5 a, 6 a e 23 a Sessões Teóricas. Objetivo. Apresentação de algumas faculdades de efeito subjetivo e objetivo e suas classificações. 5 a, 6 a e 23 a Sessões Teóricas Objetivo Apresentação de algumas faculdades de efeito subjetivo e objetivo e suas classificações Fernanda Alencar Mediunidade Faculdade de se comunicar com os espíritos.

Leia mais

Desvendando a Mediunidade. Animismo. Estudo 7. Claudio C. Conti www3.tvnovaluz.tv

Desvendando a Mediunidade. Animismo. Estudo 7. Claudio C. Conti  www3.tvnovaluz.tv Desvendando a Mediunidade Animismo Estudo 7 Claudio C. Conti www.ccconti.com www3.tvnovaluz.tv Animismo "Os fenômenos devidos à exteriorização ou ação extracorpórea da alma humana foram estudados com atenção

Leia mais

Reunião mediúnica: os participantes desencarnados

Reunião mediúnica: os participantes desencarnados FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo I A prática mediúnica na casa espírita Reunião mediúnica: os participantes desencarnados Tema 3 Quem são os participantes desencarnados

Leia mais

Animismo na prática mediúnica

Animismo na prática mediúnica FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo I A prática mediúnica na casa espírita Animismo na prática mediúnica Tema 7 Como distinguir o que é de origem mediúnica ou

Leia mais

Passe magnético HISTORICO DO PASSE

Passe magnético HISTORICO DO PASSE O PASSE MAGNÉTICO Passe magnético HISTORICO DO PASSE O CONCEITO DO PASSE SEMPRE ESTEVE RELACIONADO AO CONCEITO DE CURA POR TRANSMISSÃO DE ENERGIAS MAGNÉTICAS AO DOENTE OU NECESSITADO DE AUXILIO OMS SAUDE

Leia mais

Centro Espírita Operários da Verdade CGC(MF) / Reg. Ser. Social do Est Reg. Util. Publ. Mun

Centro Espírita Operários da Verdade CGC(MF) / Reg. Ser. Social do Est Reg. Util. Publ. Mun Aula 5 Dos Médiuns 1. Breve resumo histórico da Mediunidade (Livro Mediunidade Edgard Armond, Cap 3, pg 19) 2. Métodos das 5 Fases a. Percepção de Fluidos b. Aproximação c. Contato d. Envolvimento e. Manifestação

Leia mais

ARQUIVO DOS ARTIGOS DO SITE DA ABPE QUESTÕES SOBRE ARTE E ESPIRITISMO. Dora Incontri

ARQUIVO DOS ARTIGOS DO SITE DA ABPE QUESTÕES SOBRE ARTE E ESPIRITISMO. Dora Incontri ARQUIVO DOS ARTIGOS DO SITE DA ABPE QUESTÕES SOBRE ARTE E ESPIRITISMO Dora Incontri 10 Questões sobre Arte e Espiritismo 1 Dora Incontri 1- Existe Arte Espírita? Depende como se entende o conceito. A Arte

Leia mais

ENCONTROS da MOCIDADE com o DOUTRINÁRIO da SEMP domingos das 10h às 11h PROGRAMA DESVELANDO a ALMA: Emancipação e Mediunidade

ENCONTROS da MOCIDADE com o DOUTRINÁRIO da SEMP domingos das 10h às 11h PROGRAMA DESVELANDO a ALMA: Emancipação e Mediunidade ENCONTROS da MOCIDADE com o DOUTRINÁRIO da SEMP domingos das 10h às 11h30 2015 PROGRAMA DESVELANDO a ALMA: Emancipação e Mediunidade 15/03/15: Sintonia e comunicação 17/05/15: Ectoplasma e efeitos físicos

Leia mais

MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA

MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA UNIDADE 1 MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA AULA 3 Classificação da mediunidade 1 22 A mediunidade é classificada de acordo com os seus efeitos e o tipo de fenômeno que produz 3 MEDIUNIDADE DE EFEITOS FÍSICOS

Leia mais

Grupos Mediúnicos de Desobsessão da SEMP

Grupos Mediúnicos de Desobsessão da SEMP Grupos Mediúnicos de Desobsessão da SEMP 1 - Obreiros da Luz 4ª feira 20h: desde janeiro de 2009 2 - Obreiros da Paz 2ª feira 20h: desde agosto de 2011 3 - Obreiros do Evangelho 6ª feira 20h: desde julho

Leia mais

CEM-Coordenadoria de Educação Mediúnica GEM-Grupo de Estudo da Mediunidade. Manifestação mediúnica dos Espíritos Programa II Módulo IV Roteiro 1 e 2

CEM-Coordenadoria de Educação Mediúnica GEM-Grupo de Estudo da Mediunidade. Manifestação mediúnica dos Espíritos Programa II Módulo IV Roteiro 1 e 2 CEM-Coordenadoria de Educação Mediúnica GEM-Grupo de Estudo da Mediunidade Manifestação mediúnica dos Espíritos Programa II Módulo IV Roteiro 1 e 2 Tipos de Espíritos comunicantes 1 Facilitadores Paulo

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 04/10/17

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 04/10/17 O Segundo o Moisés (Cap. I, itens 1 e 2) 13/11/10 Sábado 18:30 Introdução O Segundo o Estudo do livro "Jesus Terapeuta" Volume II 15/11/10 Segunda Série André Luiz Estudo do livro "Missionários da Luz"

Leia mais

Histórico e Organização de O Livro dos Médiuns. Elaboração: Antonio Nascimento

Histórico e Organização de O Livro dos Médiuns. Elaboração: Antonio Nascimento Histórico e Organização de O Livro dos Médiuns Elaboração: Antonio Nascimento acnascimento@terra.com.br O contexto histórico do século XIX na Europa Século XVIII - das Luzes Revolução Francesa Napoleão

Leia mais

O Passe como cura magnética

O Passe como cura magnética O Passe como cura magnética O PASSE um Recurso Terapêutico utilizado pela Doutrina Espírita Módulo I 2014 Aula Introdutória cap1 2014 O Passe é pratica antiga na Humanidade Um quadro do antigo Egito mostra

Leia mais

5 DE SETEMBRO DE 2010 O PODER DA ORAÇÃO SOB O ENFOQUE ESPÍRITA

5 DE SETEMBRO DE 2010 O PODER DA ORAÇÃO SOB O ENFOQUE ESPÍRITA 5 DE SETEMBRO DE 2010 O PODER DA ORAÇÃO SOB O ENFOQUE ESPÍRITA Existem pesquisas sobre os efeitos da prece na saúde das pessoas. Uma delas foi realizada pelo Laboratório de Imunologia Celular da Faculdade

Leia mais

Fluido Universal Espírito - Matéria. (LE)Questão 27 Há então dois elementos gerais no universo: a matéria e o espírito?

Fluido Universal Espírito - Matéria. (LE)Questão 27 Há então dois elementos gerais no universo: a matéria e o espírito? Aula 03 - Fluidos - 2 semestre - Módulo II Objetivos: Identificar fluido cósmico universal, como matéria elementar da criação Divina, compreendendo seus estados distintos e a ação do pensamento na manipulação

Leia mais

CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ - DEPARTAMENTO DE ENSINO

CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ - DEPARTAMENTO DE ENSINO CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ - DEPARTAMENTO DE ENSINO 2017 PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA - 1 ANO Livro de preparo : Agenda Cristã Chico Xavier Livro de Férias: E a vida Continua...

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 26/09/17

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 26/09/17 13:00 13:30 Evangelho (Alda) A paciência ESE, cap. IX, item 7 15:30 ESDE (Olga) Programa Fundamental (Tomo II) 08/06/11 Quarta EADE (Beatriz) ESDE (Clotilde) Estudo Aprofundado da Doutrina Programa 1 (Tomo

Leia mais

PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA - 3º Ano

PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA - 3º Ano 1º ano = Evangelho e Apresentação da Doutrina 2º ano = Leis Morais e Reencarnação 3º ano = Mediunidade e Ciência Espírita 4º ano = Médium e Mediunidade 5º ano = Vivência Mediúnica e Atualidade Livro para

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA PERNAMBUCANA DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL

FEDERAÇÃO ESPÍRITA PERNAMBUCANA DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL FEDERAÇÃO ESPÍRITA PERNAMBUCANA DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL Elaborado por: Maria da Paz Corrêa de Santana Patrícia Santana FEDERAÇÃO ESPÍRITA PERNAMBUCANA AV. JOÂO DE BARROS, 1629 ENCRUZILHADA

Leia mais

MEDIUNIDADE E OBSESSÃO NA INFÂNCIA

MEDIUNIDADE E OBSESSÃO NA INFÂNCIA MEDIUNIDADE E OBSESSÃO NA INFÂNCIA Vossos filhos e vossas filhas profetizarão. (-Atos dos Apóstolos, 2:17) [...] todo aquele que sente, num grau qualquer, a influência dos Espíritos, é, por este fato,

Leia mais

UNIDADE 3. A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM AULA 15 Perda e suspensão da mediunidade

UNIDADE 3. A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM AULA 15 Perda e suspensão da mediunidade UNIDADE 3 A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM AULA 15 Perda e suspensão da mediunidade 1 2 A faculdade mediúnica está sujeita a intermitências e a suspensões temporárias ou mesmo a deixar de se manifestar Therezinha

Leia mais

FENÔMENOS DE EFEITOS INTELIGENTES

FENÔMENOS DE EFEITOS INTELIGENTES UNIDADE 4 FENÔMENOS DE EFEITOS INTELIGENTES AULA 21-a Psicofonia 1 2 Psicofonia é a comunicação mediúnica por meio da fala 3 Vantagens e desvantagens 4 Vantagens 5 Permite o diálogo direto, vivo e dinâmico

Leia mais

MAGNETISMO e ESPIRITISMO

MAGNETISMO e ESPIRITISMO Sociedade Espírita Os Mensageiros da Paz Departamento Doutrinário MAGNETISMO e ESPIRITISMO GRUPO de ESTUDO ANO 3 2016 AULA 7 Que sentido se deve dar ao qualificativo de feiticeiro? Aqueles a quem chamais

Leia mais

III Encontro Nacional de Coordenadores de ESDE

III Encontro Nacional de Coordenadores de ESDE III Encontro Nacional de Coordenadores de ESDE Critérios para Seleção de Expositores e de Bibliografias para Cursos de Capacitação de Coordenador e Monitor do ESDE Um curso regular de Espiritismo seria

Leia mais

Orientação Mediúnica. 3ª edição Revista e Ampliada

Orientação Mediúnica. 3ª edição Revista e Ampliada T eddy Ne ilson T herezinha O liveira Orientação Mediúnica C oleção: Estudos ec 3ª edição Revista e Ampliada ursos CAMPINAS SP 2012 SUMÁRIO Apresentação...13 Introdução...15 1. A natureza tríplice do desenvolvimento

Leia mais

AULA CONCENTRAÇÃO E PRECE. Conceito do dicionário

AULA CONCENTRAÇÃO E PRECE. Conceito do dicionário AULA CONCENTRAÇÃO E PRECE Conceito do dicionário Prece (s.f.) pedido que se dirige a uma divindade;oração, reza. Reza (s.f.) Prece Rezar (v) Dizer em voz baixa ou para si (oração ou suplica religiosa);

Leia mais

Atendimento Espiritual pela IRRADIAÇÃO.

Atendimento Espiritual pela IRRADIAÇÃO. Atendimento Espiritual pela IRRADIAÇÃO. Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. (Mateus 11:28) Objetivo: Conhecer as as atividades do Atendimento Espiritual, com foco

Leia mais

Reunião Mediúnica Organização e Funcionamento. Denise Luiza Marlene Barros Meg Barros. Objetivo da Aula

Reunião Mediúnica Organização e Funcionamento. Denise Luiza Marlene Barros Meg Barros. Objetivo da Aula Organização e Funcionamento Denise Luiza Marlene Barros Meg Barros Objetivo da Aula Identificar a Organização e Funcionamento da do NEAS 1 1 - Podemos realizar reuniões mediúnicas fora do Centro Espírita?

Leia mais

AULA 09 O PAPEL DA MENTE E DO PERÍSPIRITO NAS COMUNICAÇÕES MEDIÚNICAS ROTEIRO DE AULA

AULA 09 O PAPEL DA MENTE E DO PERÍSPIRITO NAS COMUNICAÇÕES MEDIÚNICAS ROTEIRO DE AULA DIRETORIA DE ESTUDOS DOUTRINÁRIOS DIVISÃO DE CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DO ESPÍRITA COORDENAÇÃO - ESME 1 ROTEIRO DE AULA AULA 09 O PAPEL DA MENTE E DO PERÍSPIRITO NAS COMUNICAÇÕES MEDIÚNICAS Objetivos: Identificar

Leia mais

Trabalhos de Desobsessão. Fernanda, Maria José e Marlene 09 e 10/10/2011

Trabalhos de Desobsessão. Fernanda, Maria José e Marlene 09 e 10/10/2011 Trabalhos de Desobsessão Fernanda, Maria José e Marlene 09 e 10/10/2011 Objetivo Perceber a dinâmica dos trabalhos voltados a desobsessão OBSESSÃO - CONCEITOS É [...] o domínio que alguns Espíritos logram

Leia mais

(André Luiz Evolução em Dois Mundos - Cap. 1)

(André Luiz Evolução em Dois Mundos - Cap. 1) 1 2 É o plasma Divino, hausto do Criador, força nervosa do Todo Sábio. Neste elemento primordial vibram e vivem constelações e sóis, mundos e seres, como peixes num oceano. (André Luiz Evolução em Dois

Leia mais

A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM

A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM UNIDADE 3 A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM AULA 19-a A natureza dos Espíritos 1 2 COMO AVALIAR A NATUREZA DE UM ESPÍRITO? 3 Se a identidade absoluta dos Espíritos é, em muitos casos, uma questão acessória e sem

Leia mais

MANIFESTAÇÕES MEDIÚNICAS DE EFEITOS INTELIGENTES

MANIFESTAÇÕES MEDIÚNICAS DE EFEITOS INTELIGENTES 04/09/2013 MANIFESTAÇÕES MEDIÚNICAS DE EFEITOS INTELIGENTES FACILITADORAS: CLÁUDIA SALES, DENISE LUIZA E SORAIA CRISTINA MANIFESTAÇÕES MEDIÚNICAS DE EFEITOS INTELIGENTES OBJETIVOS: Citar as principais

Leia mais

Deve-se notar, ainda, que essa faculdade não se revela em todos da mesma maneira. Os médiuns têm, geralmente, aptidão especial para esta ou aquela

Deve-se notar, ainda, que essa faculdade não se revela em todos da mesma maneira. Os médiuns têm, geralmente, aptidão especial para esta ou aquela Mediunidade, Animismo e Charlatanismo: Eclosão mediúnica, desenvolvimento mediúnico, mandato mediúnico, mediunidade nas crianças, perda e/ou suspensão da mediunidade (causas e consequências), os participantes

Leia mais

Organização e funcionamento da reunião mediúnica

Organização e funcionamento da reunião mediúnica FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo I A prática mediúnica na casa espírita Organização e funcionamento da reunião mediúnica Tema 1 O que é necessário para a organização

Leia mais

ROTEIRO 23. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa Filosofia e Ciência Espíritas

ROTEIRO 23. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa Filosofia e Ciência Espíritas ROTEIRO 23 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa Filosofia e Ciência Espíritas Objetivos Esclarecer por que a aceitação da influência espiritual comprova a continuidade

Leia mais

Diretoria da Assistência Espiritual Alegria Cristã Março/2017 a Fevereiro/2018 (Grupos FORA de quarta-feira)

Diretoria da Assistência Espiritual Alegria Cristã Março/2017 a Fevereiro/2018 (Grupos FORA de quarta-feira) Diretoria da Assistência Espiritual Alegria Cristã Março/2017 a Fevereiro/2018 (Grupos FORA de quarta-feira) Março/2017 Seman a 1ª Estudo do livro Mecanismos da Mediunidade Cap. XIII FENÔMEMO HIPNÓTICO

Leia mais

1º. ANO DO CURSO DE OBRAS BÁSICAS 2017 SUMÁRIO

1º. ANO DO CURSO DE OBRAS BÁSICAS 2017 SUMÁRIO 1º. ANO DO CURSO DE OBRAS BÁSICAS 2017 CURSO REDIGIDO SOB A RESPONSABILIDADE DO DEPARTAMENTO DE ENSINO DO CENTRO ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES DE CATANDUVA DIRIGENTE NAZIK BAUAB DE ALMEIDA SILVA SUMÁRIO

Leia mais

ESDE. Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita PERISPÍRITO: FORMAÇÃO, PROPRIEDADES E FUNÇÕES

ESDE. Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita PERISPÍRITO: FORMAÇÃO, PROPRIEDADES E FUNÇÕES Programa V Unidade 1 Sub-unidade 4 ESDE Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita PERISPÍRITO: FORMAÇÃO, PROPRIEDADES E FUNÇÕES O perispírito, ou corpo fluídico dos Espíritos, é uma condensação do fluido

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 24/10/17

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 24/10/17 13:00 13:30 Evangelho (Lícia) Os inimigos desencarnados ESE, cap. XII, itens 5 e 6 15:30 ESDE (Olga) Programa Fundamental (Tomo II) 09/11/11 EADE (Beatriz) ESDE (Clotilde) Estudo Aprofundado da Doutrina

Leia mais

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR PROJETO O CONSOLADOR TEMÁRIO PARA PALESTRAS DO TRIMESTRE JANEIRO, FEVEREIRO e MARÇO/2015 no HOSPITAL REGIONAL DE SÃO JOSÉ MÊS DE JANEIRO/2015 Dia 05/01/15 ANTE O DIVINO SEMEADOR 1) O Evangelho Segundo

Leia mais

Desenvolvimento Mediúnico. AULA 12 A Força Psíquica Comunidade de Cultura Divinista/CCD Instituto Divinista 8 dezembro-2012

Desenvolvimento Mediúnico. AULA 12 A Força Psíquica Comunidade de Cultura Divinista/CCD Instituto Divinista 8 dezembro-2012 Desenvolvimento Mediúnico AULA 12 A Força Psíquica Comunidade de Cultura Divinista/CCD Instituto Divinista 8 dezembro-2012 Parte I - Teórica 1.Recapitulando 2.As Cinco Verdades Doutrinárias Fundamentais

Leia mais

Objetivo: Compreender as causas da obsessão e Identificar seus Tipos e Graus. Programa 1 - Módulo 3 Roteiro 5. Facilitador(a): Daniela e Mônica

Objetivo: Compreender as causas da obsessão e Identificar seus Tipos e Graus. Programa 1 - Módulo 3 Roteiro 5. Facilitador(a): Daniela e Mônica Programa 1 - Módulo 3 Roteiro 5. 06/07-10-13 Facilitador(a): Daniela e Mônica Objetivo: Compreender as causas da obsessão e Identificar seus Tipos e Graus. 06/07-10-13 Facilitador(a): Daniela Oliveira

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: A Atmosfera Espiritual. Palestrante: Sérgio Rodrigues. Promovida pelo IRC-Espiritismo

Palestra Virtual. Tema: A Atmosfera Espiritual. Palestrante: Sérgio Rodrigues. Promovida pelo IRC-Espiritismo Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: A Atmosfera Espiritual Palestrante: Sérgio Rodrigues Rio de Janeiro 29/07/2005 Organizadores da Palestra: Moderador:

Leia mais

Exercícios elaborados com base nos capítulos tratados na Apostila I do curso de educação mediúnica do Centro Espírita Casemiro Cunha

Exercícios elaborados com base nos capítulos tratados na Apostila I do curso de educação mediúnica do Centro Espírita Casemiro Cunha Exercícios elaborados com base nos capítulos tratados na Apostila I do curso de educação mediúnica do Centro Espírita Casemiro Cunha Capítulo 1 1) Quem eram os chamados iniciados por algumas religiões

Leia mais

Pensamentos viciados implicam em desarmonias nos centros de força e conseqüentemente no corpo físico;

Pensamentos viciados implicam em desarmonias nos centros de força e conseqüentemente no corpo físico; Módulo II - Aula 06 Centro de Força - 2 semestre Objetivos: Localizar os centros e suas respectivas funções de captarem e metabolizarem as energias cósmicas, destacando a importância da ligação dos plexos

Leia mais