M a r k e t l e t t e r 4 Q 1 6

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "M a r k e t l e t t e r 4 Q 1 6"

Transcrição

1 M a r k e t l e t t e r 4 Q 1 6 Informe aos Investidores Anexo 1T17 I. Informações Financeiras das Empresas Controladas II. Análises Financeiras das Empresas Controladas III. Informações Operacionais version Disclaimer: This material contains calculations that may not produce a sum or accurate result due to rounding performed.

2 Sumário Página I. Informações Financeiras das Empresas Controladas II. Análises Financeiras das Empresas Controladas Geração e Transmissão 02 Distribuição 16 III. Informações Operacionais Dados de Geração 02 Dados de Transmissão 03 Dados de Distribuição 22 Dados de Empregados 30 Dados de Investimentos 31 Dados de SPEs 42 Teleconferência em Português 15 de Maio de :00h (horário de Brasília) 13:00h (horário de Nova York) 18:00h (horário de Londres) Telefone: (11) Teleconferência em Inglês May 15, :00 pm (GMT) 1:00 am (New York) 6:00 pm (London time) Phone: (11) Contate RI: Tel: (55) (21) Elaboração do Informe aos Investidores: Superintendência de Relações com Investidores Paula Prado Rodrigues Couto Departamento de Conformidade de Mercado de Capitais Bruna Reis de Arantes Fernando D Angelo Machado Luiz Gustavo Braga Parente Mariana Lera de A. Cardoso Estagiários: Daniel Claudiano Cabral Pinto O Informe aos Investidores Anexos I, II e III podem ser encontrados em excel no nosso website: Conheça o Ombudsman de RI da, plataforma exclusiva para o recebimento e encaminhamento de sugestões, reclamações, elogios e solicitações de manifestantes no que tange ao mercado de valores mobiliários no nosso website de Relações com Investidores ELET3 & ELET6 EBR & EBR.B LISTED NYSE

3 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas DESCRIÇÃO Furnas Chesf Eletrosul Eletronorte Eletropar Eletronuclear CGTEE Amazonas GT ATIVO 31/07/2017 CIRCULANTE Disponibilidades Clientes (Consumidores e revendedores) Financiamentos e empréstimos Títulos e valores mobiliários Dividendos a Receber (Remuneração de participações societárias Ativos fiscais diferidos (Impostos e contribuições) Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Direito de ressarcimento Cauções e depósitos vinculados Almoxarifado (Estoque) Estoque de combustível nuclear Ativo Financeiro Risco Hidrológico TOTAL DO CIRCULANTE NÃO CIRCULANTE REALIZÁVEL A LONGO PRAZO Ativo Financeiro - Itaipu (Controladora) Conta de Consumo de Combustível - CCC (Controladora) Dividendos a Receber (Remuneração de participações societárias Clientes (Consumidores e revendedores) Financiamentos e empréstimos - principal Títulos e valores mobiliários Ativos fiscais diferidos (Impostos e contribuições) Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Cauções e depósitos vinculados Ativo Financeiro Ativo Financeiro - Concessões Indenizáveis (Geração) Adiantamentos para participação societária Risco Hidrológico TOTAL DO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO INVESTIMENTOS IMOBILIZADO INTANGÍVEL TOTAL DO ATIVO NÃO CIRCULANTE TOTAL DO ATIVO

4 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas DESCRIÇÃO ED Alagoas ED Rondonia ED Piaui ED Acre ED Roraima Amazonas D ATIVO 31/03/2017 CIRCULANTE Disponibilidades Clientes (Consumidores e revendedores) Financiamentos e empréstimos Títulos e valores mobiliários Dividendos a Receber (Remuneração de participações societárias Ativos fiscais diferidos (Impostos e contribuições) Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Direito de ressarcimento Cauções e depósitos vinculados Almoxarifado (Estoque) Valores a Receber Lei / Ativo Regulatório (Parcela A - CVA) Ativo Financeiro TOTAL DO CIRCULANTE NÃO CIRCULANTE REALIZÁVEL A LONGO PRAZO Dividendos a Receber (Remuneração de participações societárias Clientes (Consumidores e revendedores) Financiamentos e empréstimos - principal Títulos e valores mobiliários Ativos fiscais diferidos (Impostos e contribuições) Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Direito de ressarcimento Cauções e depósitos vinculados Valores a Receber Lei / Ativo Financeiro Ativo Financeiro - Concessões Indenizáveis (Distribuição) Adiantamentos para participação societária Ativo Regulatório (Parcela A - CVA) TOTAL DO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO INVESTIMENTOS IMOBILIZADO INTANGÍVEL TOTAL DO ATIVO NÃO CIRCULANTE TOTAL DO ATIVO

5 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas DESCRIÇÃO Furnas Chesf Eletrosul Eletronorte Eletropar Eletronuclear CGTEE Amazonas GT ATIVO 31/03/2016 CIRCULANTE Disponibilidades Clientes (Consumidores e revendedores) Financiamentos e empréstimos Títulos e valores mobiliários Dividendos a Receber (Remuneração de participações societárias Ativos fiscais diferidos (Impostos e contribuições) Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Direito de ressarcimento Cauções e depósitos vinculados Almoxarifado (Estoque) Valores a Receber Lei / Estoque de combustível nuclear Ativo Financeiro Risco Hidrológico TOTAL DO CIRCULANTE NÃO CIRCULANTE REALIZÁVEL A LONGO PRAZO Ativo Financeiro - Itaipu (Controladora) Conta de Consumo de Combustível - CCC (Controladora) Dividendos a Receber (Remuneração de participações societárias Clientes (Consumidores e revendedores) Financiamentos e empréstimos - principal Títulos e valores mobiliários Ativos fiscais diferidos (Impostos e contribuições) Imposto de Renda e Contribuição Social - (3) Instrumentos Financeiros Derivativos Direito de ressarcimento Cauções e depósitos vinculados Ativo Financeiro Ativo Financeiro - Concessões Indenizáveis (Geração) Adiantamentos para participação societária Risco Hidrológico TOTAL DO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO INVESTIMENTOS IMOBILIZADO INTANGÍVEL TOTAL DO ATIVO NÃO CIRCULANTE TOTAL DO ATIVO

6 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas DESCRIÇÃO ED Alagoas ED Rondonia ED Piaui ED Acre ED Roraima Amazonas D ATIVO 31/03/2016 CIRCULANTE Disponibilidades Clientes (Consumidores e revendedores) Financiamentos e empréstimos Títulos e valores mobiliários Dividendos a Receber (Remuneração de participações societárias Ativos fiscais diferidos (Impostos e contribuições) Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Direito de ressarcimento Cauções e depósitos vinculados Almoxarifado (Estoque) Valores a Receber Lei / Ativo Regulatório (Parcela A - CVA) Ativo Financeiro TOTAL DO CIRCULANTE NÃO CIRCULANTE REALIZÁVEL A LONGO PRAZO Dividendos a Receber (Remuneração de participações societárias Clientes (Consumidores e revendedores) Financiamentos e empréstimos - principal Títulos e valores mobiliários Ativos fiscais diferidos (Impostos e contribuições) Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Direito de ressarcimento Cauções e depósitos vinculados Valores a Receber Lei / Ativo Financeiro Ativo Financeiro - Concessões Indenizáveis (Distribuição) Adiantamentos para participação societária Ativo Regulatório (Parcela A - CVA) TOTAL DO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO INVESTIMENTOS IMOBILIZADO INTANGÍVEL TOTAL DO ATIVO NÃO CIRCULANTE TOTAL DO ATIVO

7 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas DESCRIÇÃO Furnas Chesf Eletrosul Eletronorte Eletropar Eletronuclear CGTEE Amazonas GT PASSIVO 31/03/2017 CIRCULANTE Fornecedores Financiamentos e empréstimos - principal Financiamentos e empréstimos - encargos Debêntures Tributos e contribuições sociais Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Obrigações de ressarcimento Adiantamento de clientes (Venda antecipada de energia) Remuneração aos acionistas (dividendos a pagar) Obrigações estimadas Provisões para contingências Benefício pós emprego (Prev. Complementar) Arrendamento Mercantil Contratos Onerosos Concessões a pagar - UBP Encargos Setoriais (taxas regulamentares) TOTAL DO CIRCULANTE NÃO CIRCULANTE Remuneração aos acionistas (dividendos a pagar) Fornecedores Financiamentos e empréstimos - principal Debêntures Tributos e contribuições sociais Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Obrigações de ressarcimento Adiantamento de clientes (Venda antecipada de energia) Obrigações estimadas Provisões para contingências Provisão para passivo a descoberto em investidas ( ) Benefício pós emprego (Prev. Complementar) Arrendamento Mercantil Provisão contrato oneroso Concessões a pagar - UBP Encargos Setoriais (taxas regulamentares) Obrigações para desmob. de ativos (Desc. de usinas nucl.) Adiantamentos para futuro aumento de capital TOTAL DO NÃO CIRCULANTE PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital social Reservas de capital Reservas de lucros Dividendo Adicional Proposto Lucros/Prejuízos acumulados (57.668) ( ) ( ) - Resultados abrangentes ( ) ( ) ( ) (22.616) ( ) ( ) - Participação de acionistas não controladores (17.089) TOTAL DO PATRIMÔNIO LIQUIDO ( ) ( ) - TOTAL DO PASSIVO E DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO

8 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas DESCRIÇÃO ED Alagoas ED Rondonia ED Piaui ED Acre ED Roraima Amazonas PASSIVO 31/03/2017 CIRCULANTE Fornecedores Financiamentos e empréstimos - principal Financiamentos e empréstimos - encargos Debêntures Tributos e contribuições sociais Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Obrigações de ressarcimento Adiantamento de clientes (Venda antecipada de energia) Remuneração aos acionistas (dividendos a pagar) Obrigações estimadas Provisões para contingências Benefício pós emprego (Prev. Complementar) Arrendamento Mercantil Contratos Onerosos Encargos Setoriais (taxas regulamentares) Passivo Regulatório (Parcela A - CVA) TOTAL DO CIRCULANTE NÃO CIRCULANTE Fornecedores Financiamentos e empréstimos - principal Debêntures Tributos e contribuições sociais Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Obrigações de ressarcimento Adiantamento de clientes (Venda antecipada de energia) Obrigações estimadas Provisões para contingências Provisão para passivo a descoberto em investidas Benefício pós emprego (Prev. Complementar) Arrendamento Mercantil Provisão contrato oneroso Concessões a pagar - UBP Encargos Setoriais (taxas regulamentares) Adiantamentos para futuro aumento de capital Passivo Regulatório (Parcela A - CVA) TOTAL DO NÃO CIRCULANTE PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital social Reservas de capital Reservas de lucros Dividendo Adicional Proposto Lucros/Prejuízos acumulados ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) Resultados abrangentes (55.692) (4.124) (21.193) (405) (2.988) (5.642) Participação de acionistas não controladores TOTAL DO PATRIMÔNIO LIQUIDO ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) TOTAL DO PASSIVO E DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO

9 PASSIVO 31/03/2016 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas DESCRIÇÃO Furnas Chesf Eletrosul Eletronorte Eletropar Eletronuclear CGTEE Amazonas GT CIRCULANTE Fornecedores Financiamentos e empréstimos - principal Financiamentos e empréstimos - encargos Debêntures Tributos e contribuições sociais Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Obrigações de ressarcimento Adiantamento de clientes (Venda antecipada de energia) Remuneração aos acionistas (dividendos a pagar) Obrigações estimadas Provisões para contingências Benefício pós emprego (Prev. Complementar) Arrendamento Mercantil Contratos Onerosos Concessões a pagar - UBP Encargos Setoriais (taxas regulamentares) TOTAL DO CIRCULANTE NÃO CIRCULANTE Remuneração aos acionistas (dividendos a pagar) Fornecedores Financiamentos e empréstimos - principal Debêntures Tributos e contribuições sociais Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Obrigações de ressarcimento Adiantamento de clientes (Venda antecipada de energia) Obrigações estimadas Provisões para contingências Provisão para passivo a descoberto em investidas Benefício pós emprego (Prev. Complementar) Arrendamento Mercantil Provisão contrato oneroso Concessões a pagar - UBP Encargos Setoriais (taxas regulamentares) Obrigações para desmob. de ativos (Desc. de usinas nucl.) Adiantamentos para futuro aumento de capital TOTAL DO NÃO CIRCULANTE PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital social Reservas de capital Reservas de lucros Dividendo Adicional Proposto Lucros/Prejuízos acumulados ( ) (26.623) ( ) ( ) ( ) Resultados abrangentes ( ) ( ) ( ) (26.146) (81.595) (41.026) (877) Participação de acionistas não controladores TOTAL DO PATRIMÔNIO LIQUIDO ( ) ( ) TOTAL DO PASSIVO E DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO

10 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas DESCRIÇÃO ED Alagoas ED Rondonia ED Piaui ED Acre ED Roraima Amazonas PASSIVO 31/03/2016 CIRCULANTE Fornecedores Financiamentos e empréstimos - principal Financiamentos e empréstimos - encargos Debêntures Tributos e contribuições sociais Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Obrigações de ressarcimento Adiantamento de clientes (Venda antecipada de energia) Remuneração aos acionistas (dividendos a pagar) Obrigações estimadas Provisões para contingências Benefício pós emprego (Prev. Complementar) Arrendamento Mercantil Contratos Onerosos Encargos Setoriais (taxas regulamentares) (185) Passivo Regulatório (Parcela A - CVA) TOTAL DO CIRCULANTE NÃO CIRCULANTE Fornecedores Financiamentos e empréstimos - principal Debêntures Tributos e contribuições sociais Imposto de Renda e Contribuição Social Instrumentos Financeiros Derivativos Obrigações de ressarcimento Adiantamento de clientes (Venda antecipada de energia) Obrigações estimadas Provisões para contingências Provisão para passivo a descoberto em investidas Benefício pós emprego (Prev. Complementar) Arrendamento Mercantil Provisão contrato oneroso Concessões a pagar - UBP Encargos Setoriais (taxas regulamentares) Adiantamentos para futuro aumento de capital Passivo Regulatório (Parcela A - CVA) TOTAL DO NÃO CIRCULANTE PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital social Reservas de capital Reservas de lucros Dividendo Adicional Proposto Lucros/Prejuízos acumulados ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) Resultados abrangentes (42.808) 213 (7.366) (240) (1.306) (2.421) Participação de acionistas não controladores TOTAL DO PATRIMÔNIO LIQUIDO ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) TOTAL DO PASSIVO E DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO

11 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas DRE 31/03/2017 Furnas Chesf Eletrosul Eletronorte Eletropar Eletronuclear CGTEE Amazonas GT Receitas Operacionais Suprimento (venda) de energia elétrica Fornecimento de energia elétrica - Geração Energia Elétrica de Curto Prazo Receita de Operação e Manutenção de Usinas renovadas Receita de construção de Usinas Financeira - Retorno do Investimento Receita de Operação e Manutenção de Linhas renovadas Receita de Operação e Manutenção Receita de Construção - Transmissão FINANCEIRA - RETORNO DO INVESTIMENTO Outras Receitas Operacionais Deduções a Receita Operacional ( ) ( ) (47.672) ( ) - (94.822) (10.471) (38.598) Despesas Operacionais ( ) ( ) ( ) ( ) (1.316) ( ) ( ) (62.947) Pessoal, Material e Serviços ( ) ( ) ( ) ( ) (1.021) ( ) (57.527) (37.299) Achados Investigação Energia comprada para revenda ( ) (68.128) (48.826) (62.850) - - (53.020) (3.835) Encargos sobre uso de rede elétrica ( ) ( ) (6.821) ( ) - (24.874) (11.931) (6.153) Construção (49.676) (97.882) (14.460) (18.438) Custo de produção de energia elétrica ( ) ( ) (9.461) - Remuneração e ressarcimento(comp Fin P/ Utiliz Rec. Hídricos) (36.927) (1.285) (2.588) (48.941) (832) Depreciação e Amortização (60.351) (25.101) (44.973) ( ) (7) (99.107) (18.654) (15.673) Provisões operacionais ( ) ( ) - (20.545) (38.355) (669) Outras (84.373) (19.297) (11.960) (76.187) (288) (23.672) (3.904) RESULTADO OPERACIONAL ANTES DO RESULTADO FINANCEIRO (1.316) (87.449) RECEITAS (DESPESAS) FINANCEIRAS Receita de aplicações financeiras Receitas de juros, comissões e taxas(financ. e empréstimos) Encargos de dívidas ( ) (70.662) ( ) ( ) - (21.161) ( ) (74.814) Encargos - remuneração aos acionistas - - (2.724) (2.591) - Acréscimo moratório sobre energia elétrica Atualizações monetárias líquidas (16.546) (1.555) - (4.192) Atualizações cambiais líquidas Outras receitas financeiras (1.987) Outras despesas financeiras (85.748) (10.031) (7.897) (19.097) (48) (33.451) (207) (633) Derivativos RESULTADO FINANCEIRO ( ) (53.263) ( ) (45.690) ( ) (79.451) RESULTADO DAS PARTICIPAÇÕES EM CONTROLADAS (45.418) RESULTADO ANTES DA CONTRIBUIÇÃO SOCIAL, DO IMPOSTO DE REND ( ) (70.380) Imposto de renda e Contribuição social e Receita de incentivo fiscais ( ) ( ) (42.127) ( ) (171) (25.513) - - RESULTADO ANTES DAS PARTICIPAÇÕES ( ) (70.380) Participação Minoritária LUCRO LÍQUIDO DO EXERCÍCIO ( ) (70.380) 9

12 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas ED Alagoas ED Rondonia ED Piaui ED Acre ED Roraima Amazonas D DRE 31/03/2017 Receitas Operacionais Suprimento (venda) de energia elétrica Fornecimento de energia elétrica - Geração ENERGIA ELÉTRICA DE CURTO PRAZO Receita de Operação e Manutenção de Usinas renovadas Receita de construção de Usinas Fornecimento de Energia Elétrica - Distribuição Receita de Construção - Distribuição (2.094) CVA E Componentes Financeiros (8.618) (68.228) Outras Receitas Operacionais Deduções a Receita Operacional ( ) ( ) ( ) (59.186) (40.649) ( ) Despesas Operacionais ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) Pessoal, Material e Serviços (65.556) (65.906) (82.018) (23.421) (33.330) ( ) Energia comprada para revenda ( ) ( ) ( ) ( ) (56.982) ( ) Encargos sobre uso de rede elétrica (14.121) (4.413) (14.652) (2.221) - - Construção (19.998) (32.149) (22.698) (1.506) (28.454) Custo de produção de energia elétrica (8.894) Remuneração e ressarcimento(comp FIN P/ UTILIZ REC. HÍDRICOS) Depreciação e Amortização (10.871) (9.971) (10.898) (6.872) (2.547) (40.569) Provisões operacionais (12.281) (3.956) (12.984) 867 Outras (20.064) (28.330) (17.894) (15.181) (643) (70.000) RESULTADO OPERACIONAL ANTES DO RESULTADO FINANCEIRO (21.961) (46.889) (27.688) (25.774) (33.320) ( ) RECEITAS (DESPESAS) FINANCEIRAS Receita de aplicações financeiras Receitas de juros, comissões e taxas(financ. e empréstimos) Encargos de dívidas (59.487) ( ) (63.969) (13.365) (3.912) ( ) Encargos - Leasing (80.899) Encargos - remuneração aos acionistas Acréscimo moratório sobre energia elétrica (18.480) Atualizações monetárias líquidas (17.428) (15.688) - (26.342) Atualizações cambiais líquidas Atualização de Ativo e Passivo Regulatório (Parcela A - CVA) - Líquido (498) (46) (9.230) Outras receitas financeiras (518) (6.360) Outras despesas financeiras (4.696) (3.554) (10.552) (5.816) - (8.495) RESULTADO FINANCEIRO (47.162) (63.657) (64.090) (30.922) (16.448) ( ) RESULTADO DAS PARTICIPAÇÕES EM CONTROLADAS RESULTADO ANTES DA CONTRIBUIÇÃO SOCIAL, DO IMPOSTO DE RENDA, DAS PAR (69.123) ( ) (91.778) (56.696) (49.768) ( ) Imposto de renda e Contribuição social e Receita de incentivo fiscais RESULTADO ANTES DAS PARTICIPAÇÕES (69.123) ( ) (91.778) (56.696) (49.768) ( ) LUCRO LÍQUIDO DO EXERCÍCIO (69.123) ( ) (91.778) (56.696) (49.768) ( ) 10

13 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas DRE 31/03/2016 Furnas Chesf Eletrosul Eletronorte Eletropar Eletronuclear CGTEE Amazonas GT Receitas Operacionais Suprimento (venda) de energia elétrica Fornecimento de energia elétrica - Geração Energia Elétrica de Curto Prazo Receita de Operação e Manutenção de Usinas renovadas Receita de construção de Usinas (25.473) Receita de Operação e Manutenção de Linhas renovadas Receita de Operação e Manutenção Receita de Construção - Transmissão Financeira - Retorno do Investimento Outras Receitas Operacionais Deduções a Receita Operacional ( ) ( ) (46.765) ( ) - (86.644) (9.424) (49.092) Despesas Operacionais ( ) ( ) ( ) ( ) (1.944) ( ) ( ) ( ) Pessoal, Material e Serviços ( ) ( ) ( ) ( ) (975) ( ) (68.737) (35.226) Energia comprada para revenda ( ) ( ) (70.457) (44.818) - - (61.288) - Encargos sobre uso de rede elétrica ( ) ( ) (4.579) ( ) - (22.341) (10.359) (1.201) Construção (44.006) ( ) (20.157) (14.100) Combustível para produção de energia elétrica ( ) (7.803) - (3.717) - (96.918) (12.877) (52.202) Remuneração e ressarcimento(comp Fin P/ Utiliz Rec. Hídricos) (33.418) (2.335) (3.778) (57.129) (807) Depreciação e Amortização (68.968) (25.699) (37.638) ( ) (6) (98.523) (18.105) (15.837) Provisões operacionais (59.861) (389) (713) (19.345) (6.156) (1.445) Outras (80.587) (48.566) (9.093) (38.394) (250) (36.617) (12.589) (29.439) RESULTADO OPERACIONAL ANTES DO RESULTADO FINANCEIRO (45.648) (1.944) ( ) (70.507) RECEITAS (DESPESAS) FINANCEIRAS Receita de aplicações financeiras Receitas de juros, comissões e taxas(financ. e empréstimos) Encargos de dívidas ( ) (34.665) ( ) ( ) - (19.743) ( ) (56.813) Encargos - remuneração aos acionistas - - (1.258) (2.440) - Acréscimo moratório sobre energia elétrica Atualizações monetárias líquidas (56.567) (5.413) (24.335) - (17.101) Atualizações cambiais líquidas (25.226) Outras receitas financeiras Outras despesas financeiras (33.452) (18.300) (43.323) (11.026) (96) (58.267) (4.152) (2) Derivativos RESULTADO FINANCEIRO ( ) ( ) ( ) ( ) (63.788) RESULTADO DAS PARTICIPAÇÕES EM CONTROLADAS (20.005) (18.128) RESULTADO ANTES DA CONTRIBUIÇÃO SOCIAL, DO IMPOSTO DE REND (29.275) ( ) ( ) Imposto de renda e Contribuição social e Receita de incentivo fiscais (26.472) (9.723) (56.764) (368) (34.097) - - RESULTADO ANTES DAS PARTICIPAÇÕES (7.608) (24.502) ( ) ( ) Participação Minoritária LUCRO LÍQUIDO DO EXERCÍCIO (7.608) (24.502) ( ) ( ) 11

14 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas ED Alagoas ED Rondonia ED Piaui ED Acre ED Roraima Amazonas D DRE 31/03/2016 Receitas Operacionais Suprimento (venda) de energia elétrica Fornecimento de energia elétrica - Geração Energia Elétrica de Curto Prazo Receita de Operação e Manutenção de Usinas renovadas Receita de construção de Usinas Fornecimento de Energia Elétrica - Distribuição Receita de Construção - Distribuição CVA E Componentes Financeiros (33.289) (2.185) (18) (14.955) Outras Receitas Operacionais Deduções a Receita Operacional ( ) ( ) ( ) (71.193) (18.918) ( ) Despesas Operacionais ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) Pessoal, Material e Serviços (55.141) (63.827) (68.301) (22.445) (20.800) ( ) Energia comprada para revenda ( ) ( ) ( ) (70.349) (47.808) ( ) Encargos sobre uso de rede elétrica (19.952) (3.880) (30.743) (1.071) - (23.254) Construção (33.693) (35.879) (26.627) (13.009) (3.120) (44.650) Combustível para produção de energia elétrica (7.345) (21.642) (88.095) Remuneração e ressarcimento(comp FIN P/ UTILIZ REC. HÍDRICOS) Depreciação e Amortização (9.094) (10.547) (9.564) (4.077) (2.721) (25.001) Provisões operacionais (5.341) (9.161) (12.899) (9.811) (14.731) ( ) Outras (32.842) (33.460) (29.229) (11.049) (660) ( ) RESULTADO OPERACIONAL ANTES DO RESULTADO FINANCEIRO (16.988) (85.914) (44.541) (45.951) ( ) RECEITAS (DESPESAS) FINANCEIRAS Receita de aplicações financeiras (407) Receitas de juros, comissões e taxas(financ. e empréstimos) Encargos de dívidas (46.557) ( ) (54.449) (7.643) (1.515) ( ) Encargos - Leasing (67.109) Encargos - remuneração aos acionistas Acréscimo moratório sobre energia elétrica (18.438) Atualizações monetárias líquidas (3.634) (22.672) (5.613) (4.073) Atualizações cambiais líquidas (1.447) Atualização de Ativo e Passivo Regulatório (Parcela A - CVA) - Líquido (2.601) Outras receitas financeiras 724 (5.329) (95) Outras despesas financeiras (10.362) (21.058) (6.081) (2.600) - (23.161) RESULTADO FINANCEIRO (39.641) (67.236) (61.635) (11.718) (20.199) ( ) RESULTADO DAS PARTICIPAÇÕES EM CONTROLADAS ( ) RESULTADO ANTES DA CONTRIBUIÇÃO SOCIAL, DO IMPOSTO DE RENDA, DAS PAR (56.629) (25.013) ( ) (56.259) (66.150) ( ) Imposto de renda e Contribuição social e Receita de incentivo fiscais RESULTADO ANTES DAS PARTICIPAÇÕES (56.629) (25.013) ( ) (56.259) (66.150) ( ) LUCRO LÍQUIDO DO EXERCÍCIO (56.629) (25.013) ( ) (56.259) (66.150) ( ) 12

15 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas 2017 FURNAS CHESF ELETROSUL ENORTE ENUCLEAR CGTEE ELETROPAR Amazonas GT FLUXO DE CAIXA 31/03/2017 ATIVIDADES OPERACIONAIS Resultado antes do imposto de renda e da contribuição social ( ) (70.380) Depreciação e amortização Atualizações monetárias líquidas (111) (13.243) Variações cambiais líquidas (9.573) (5.695) (2.909) (24.377) (1.615) (23) - - Encargos financeiros Resultado da equivalência patrimonial (35.878) (20.548) (55.299) - - (1.844) - Provisão (reversão) para passivo a descoberto Provisão (reversão) para créditos de liquidação duvidosa (424) Provisão (reversão) para contingências (3.873) Provisão (reversão) para plano de readequação de quadro de pessoal (PID Provisão (reversão) para perdas em investimentos (2.025) Provisão (reversão) para redução ao valor recuperável de ativos Provisão (reversão) de contratos onerosos (15.418) ( ) Provisão (reversão) para perda de ativo financeiro Encargos da Reserva Global de Reversão Ajuste a valor presente / a valor de mercado Participação minoritária no resultado Encargos financeiros incidentes sobre a remuneração dos acionistas Receita de Ativo Financeiro ( ) ( ) ( ) ( ) Instrumentos Financeiros - Derivativos ( ) Outras (9.905) ( ) (2.860) (Acréscimos) decréscimos nos ativos / passivos operacionais ( ) ( ) ( ) ( ) Caixa proveniente das atividades operacionais ( ) Pagamento de encargos financeiros ( ) (70.394) ( ) (92.908) (64.509) (122) - - Pagamento de encargos da Reserva Global de Reversão Recebimento de encargos financeiros Recebimento de remuneração de investimentos em participações societár Recebimento de receita anual permitida ( ativo financeiro ) (30.367) Recebimento de indenizações do ativo financeiro Pagamento de contribuição social e imposto de renda ( ) (1.682) (1.082) ( ) (14.967) - (171) - Pagamento de previdência complementar (13.963) (59.606) (1.575) Pagamento de passivos contingentes - (19.984) - (8.245) Pagamento de Depósitos Judiciais (Cauções e depósitos vinculados) (19.619) (7.800) (8.078) (3.944) (469) - (26.795) Caixa líquido das atividades operacionais ( ) (210) (2.480) ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO Empréstimos e financiamentos obtidos Pagamento de empréstimos e financiamentos - principal ( ) ( ) ( ) ( ) (29.927) (3.877) - - Pagamento de remuneração aos acionistas Pagamento de refinanciamentos de impostos e contribuições - principal (25.690) - (4.658) Reposição da Reserva Global de Reversão Recebimento de Adiantamento para Futuro Aumento de Capital (AFAC) - (13.600) Caixa líquido das atividades de financimento ( ) ( ) (29.927) (3.877) - - ATIVIDADES DE INVESTIMENTO Concessão de empréstimos e financiamentos Recebimento de empréstimos e financiamentos concedidos Aquisição de ativo imobilizado (13.480) (73.965) (5.510) (10.659) (93.640) (1.544) - (16.000) Aquisição de ativo intangível (1.631) (1.751) (870) - (951) (136) (9) - Aquisição de ativos de concessão (48.567) - (14.461) (15.209) Concessão de adiantamento para futuro aumento de capital (3.430) (254) Aquisição / Aporte de investimentos em participações societárias ( ) ( ) (12.701) ( ) Concessão de adiantamento para futuro aumento de capital (9.762) (57.539) Caixa líquido das atividades de investimento ( ) (31.486) ( ) ( ) (1.680) (9) (16.000) 13

16 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas 2017 CEAL CERON CEPISA RORAIMA EACRE AMAZONAS FLUXO DE CAIXA 31/03/2017 ATIVIDADES OPERACIONAIS Resultado antes do imposto de renda e da contribuição social (69.123) ( ) (91.778) (49.768) (56.696) ( ) Ajustes para reconciliar o lucro com o caixa gerado pelas operações: Depreciação e amortização Atualizações monetárias líquidas (5.485) (15.229) - Variações cambiais líquidas (1.633) Encargos financeiros Resultado da equivalência patrimonial Provisão (reversão) para passivo a descoberto Provisão (reversão) para créditos de liquidação duvidosa Provisão (reversão) para contingências (30.606) Provisão (reversão) para plano de readequação de quadro de pessoal (PID) Provisão (reversão) para perdas em investimentos Provisão (reversão) para redução ao valor recuperável de ativos (4.474) - (22.721) - - (15.902) Provisão (reversão) de contratos onerosos - (44.201) (16.345) - - (53.971) Provisão (reversão) para perda de ativo financeiro Encargos da Reserva Global de Reversão Ajuste a valor presente / a valor de mercado Participação minoritária no resultado Encargos financeiros incidentes sobre a remuneração dos acionistas Receita de Ativo Financeiro Instrumentos Financeiros - Derivativos Outras (Acréscimos) decréscimos nos ativos / passivos operacionais ( ) (83.457) (25.319) (75.513) Caixa proveniente das atividades operacionais (47.938) (17.947) ( ) (58.322) (4.631) ( ) Pagamento de encargos financeiros - (3.353) (881) (522) (1.203) - Pagamento de encargos da Reserva Global de Reversão Recebimento de encargos financeiros Recebimento de remuneração de investimentos em participações societárias Recebimento de receita anual permitida ( ativo financeiro ) Recebimento de indenizações do ativo financeiro Pagamento de contribuição social e imposto de renda Pagamento de previdência complementar Pagamento de passivos contingentes - - (15.510) Pagamento de Depósitos Judiciais (Cauções e depósitos vinculados) - (1.755) (30.074) Caixa líquido das atividades operacionais (47.938) (23.055) ( ) (58.844) (5.834) ( ) ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO Empréstimos e financiamentos obtidos Pagamento de empréstimos e financiamentos - principal (7.577) (5.003) (1.312) (589) (2.032) - Pagamento de remuneração aos acionistas Reposição da Reserva Global de Reversão Recebimento de Adiantamento para Futuro Aumento de Capital (AFAC) Pagamento de refinanciamentos de impostos e contribuições - principal (2.931) Caixa líquido das atividades de financimento ATIVIDADES DE INVESTIMENTO Concessão de empréstimos e financiamentos Recebimento de empréstimos e financiamentos concedidos Aquisição de ativo imobilizado (354) (42) (85) (988) (502) (1.059) Aquisição de ativo intangível (1.000) (13.175) (887) (76) (754) (1.688) Aquisição de ativos de concessão (14.566) (21.117) (18.885) (1.460) Concessão de adiantamento para futuro aumento de capital Aquisição / Aporte de investimentos em participações societárias (1.382) - Caixa líquido das atividades de investimento (15.516) (34.334) (19.857) (2.524) (569) Aumento (redução) no caixa e equivalentes de caixa (18.995) Caixa e equivalentes de caixa no início do exercício - 31/03/ Caixa e equivalentes de caixa no fim do exercício - 31/03/ (18.992)

17 DFR - Superintendência de Relação com Investidores Informe aos Investidores - Anexo I - 1T17 Informações Financeiras das Empresas Controladas 2016 FURNAS CHESF ELETROSUL ENORTE ENUCLEAR CGTEE ELETROPAR Amazonas GT FLUXO DE CAIXA 31/03/2016 ATIVIDADES OPERACIONAIS Resultado antes do imposto de renda e da contribuição social ( ) ( ) ( ) Depreciação e amortização Atualizações monetárias líquidas ( ) (2.621) Variações cambiais líquidas (93.328) (34.824) (48.008) (82.885) (107) - - Encargos financeiros Resultado da equivalência patrimonial ( ) ( ) ( ) - - (34.861) - Provisão (reversão) para passivo a descoberto Provisão (reversão) para créditos de liquidação duvidosa Provisão (reversão) para contingências (19.016) Provisão (reversão) para plano de readequação de quadro de pessoal (PID) Provisão (reversão) para perdas em investimentos Provisão (reversão) para redução ao valor recuperável de ativos (85.809) Provisão (reversão) de contratos onerosos ( ) Provisão (reversão) para perda de ativo financeiro Encargos da Reserva Global de Reversão Ajuste a valor presente / a valor de mercado Participação minoritária no resultado Encargos financeiros incidentes sobre a remuneração dos acionistas Receita de Ativo Financeiro ( ) ( ) ( ) ( ) Instrumentos Financeiros - Derivativos Outras ( ) ( ) (4.683) (Acréscimos) decréscimos nos ativos / passivos operacionais (11.573) ( ) (34.193) (2.315) Caixa proveniente das atividades operacionais (92.883) (75.124) Pagamento de encargos financeiros ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) (28.136) - (96.806) Pagamento de encargos da Reserva Global de Reversão Recebimento de encargos financeiros Recebimento de remuneração de investimentos em participações societária Recebimento de receita anual permitida ( ativo financeiro ) ( ) Recebimento de indenizações do ativo financeiro Pagamento de contribuição social e imposto de renda ( ) (16.720) (1.160) ( ) ( ) - (880) - Pagamento de previdência complementar (65.734) ( ) (6.490) Pagamento de passivos contingentes - ( ) - (98.289) Pagamento de Depósitos Judiciais (Cauções e depósitos vinculados) ( ) (59.256) (5.541) (5.014) - (5.830) Caixa líquido das atividades operacionais ( ) ( ) (9.569) ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO Empréstimos e financiamentos obtidos Pagamento de empréstimos e financiamentos - principal ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) (74.804) - (20) Pagamento de remuneração aos acionistas - - (3.125) (5.361) - Pagamento de refinanciamentos de impostos e contribuições - principal ( ) - (18.633) Reposição da Reserva Global de Reversão Recebimento de Adiantamento para Futuro Aumento de Capital (AFAC) - ( ) Caixa líquido das atividades de financimento ( ) (5.234) ATIVIDADES DE INVESTIMENTO Concessão de empréstimos e financiamentos Recebimento de empréstimos e financiamentos concedidos Aquisição de ativo imobilizado ( ) ( ) ( ) (48.233) ( ) (6.754) (10) ( ) Aquisição de ativo intangível (13.051) (4.410) (4.471) (1.608) (13.383) (1.175) - - Aquisição de ativos de concessão ( ) - (87.964) ( ) Concessão de adiantamento para futuro aumento de capital (75.081) - ( ) (80.614) Aquisição / Aporte de investimentos em participações societárias ( ) ( ) ( ) ( ) - - (5.794) - Concessão de adiantamento para futuro aumento de capital Caixa líquido das atividades de investimento ( ) (16.759) ( ) ( ) ( ) (7.929) (5.804) ( ) Aumento (redução) no caixa e equivalentes de caixa ( ) (61.641) (4.888) (14.548) Caixa e equivalentes de caixa no início do exercício - 31/03/ Caixa e equivalentes de caixa no fim do exercício - 31/03/ ( ) (61.641) (4.889) (14.548) 15

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 ATIVO Explicativa n o 31/12/2011 31/12/2010 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Explicativa n o 31/12/2011 31/12/2010 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa (Nota 6) 25.888 67.330 Fornecedores 4.797 8.340 Aplicações financeiras 3.341

Leia mais

ATIVO

ATIVO BALANÇO PATRIMONIAL DOS SEMESTRES FINDOS EM 30 DE JUNHO CONTROLADORA CONSOLIDADO ATIVO CIRCULANTE Numerário disponível 5.803 1.361 17.311 8.292 Aplicações no mercado aberto 1.216.028 665.948 1.216.530

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DE ALAGOAS - CEAL CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2000 E DE 1999 (Em Milhares de Reais) ATIVO

COMPANHIA ENERGÉTICA DE ALAGOAS - CEAL CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2000 E DE 1999 (Em Milhares de Reais) ATIVO BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2000 E DE 1999 (Em Milhares de Reais) ATIVO Legislação Societária CIRCULANTE Numerário disponível 8.081 6.646 Consumidores e revendedores 83.995 67.906 Devedores

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 ATIVO NE 31/12/2013 31/12/2012 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO NE 31/12/2013 31/12/2012 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades 4 85.142.911 86.881.544

Leia mais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais Balanços patrimoniais em 31 de dezembro de 2014 e 2013 Ativo Nota 2014 2013 Passivo Nota 2014 2013 (Ajustado) (Ajustado) Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 5 48.650 835 Fornecedores 10

Leia mais

ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A. ELETRONUCLEAR CNPJ: / DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/09/2005

ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A. ELETRONUCLEAR CNPJ: / DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/09/2005 ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A. CNPJ: 42.540.2 11/000 1-6 7 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/09/2005 BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE SETEMBRO A T I V O 2005 2004 CIRCULANTE Numerário disponível 805 12.378 Aplicações

Leia mais

Gas Brasiliano Distribuidora S.A.

Gas Brasiliano Distribuidora S.A. Balanço patrimonial em 31 de março (não auditado) Ativo 2016 2015 Passivo e patrimônio líquido 2016 2015 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 78.050 132.536 Fornecedores 23.096 19.064 Contas

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 ATIVO NE 31/12/2015 31/12/2014 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO NE 31/12/2015 31/12/2014 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades 4 90.705.601 82.095.096

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

2

2 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Controladora Consolidado ATIVO Jun 2009 Set 2009 Jun 2009 Set 2009 Circulante Disponibilidades 23,0 37,4 56,1 92,1 Contas a receber de clientes 62,8 72,8 114,2 125,9 Estoques

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AES TIETE ENERGIA S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AES TIETE ENERGIA S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

1

1 CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A - ELETROBRAS BALANÇO PATRIMONIAL DOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE MARÇO DE 2015 E 31 DE DEZEMBRO DE 2014 ( em milhares de Reais ) C O N T R O L A D O R A C O N S O L I

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL DOS PERÍODOS FINDOS EM 30 DE JUNHO (em milhares de reais)

BALANÇO PATRIMONIAL DOS PERÍODOS FINDOS EM 30 DE JUNHO (em milhares de reais) CIRCULANTE BALANÇO PATRIMONIAL DOS PERÍODOS FINDOS EM 30 DE JUNHO (em milhares de reais) ATIVO CONSOLIDADO 2008 2007 2008 2007 Numerário disponível 1.265 2.072 5.915 6.418 Aplicações no mercado aberto

Leia mais

Empresa de Distribuição de Energia Vale Paranapanema S.A. Demonstrações Financeiras Regulatórias em 31 de Dezembro de 2012 e 2011

Empresa de Distribuição de Energia Vale Paranapanema S.A. Demonstrações Financeiras Regulatórias em 31 de Dezembro de 2012 e 2011 Empresa de Distribuição de Energia Vale Paranapanema S.A. Demonstrações Financeiras Regulatórias em 31 de Dezembro de 2012 e 2011 EMPRESA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA VALE PARANAPANEMA S.A. DEMONSTRAÇÕES

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL - ANEXO 14

BALANÇO PATRIMONIAL - ANEXO 14 ATIVO Exercício Atual PASSIVO Exercício Atual ATIVO CIRCULANTE 652.201,35 PASSIVO CIRCULANTE 236.288,68 Caixa e Equivalentes de Caixa 652.201,35 Obrigações Trabalhistas, Previdenciárias e Assistenciais

Leia mais

TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO

TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE MAIO DE 2016 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 7.061 Fornecedores 33.947 Contas a Receber 41.832

Leia mais

CNPJ /

CNPJ / 1 CNPJ 07.522.669/0001-92 Demonstrações Contábeis Regulatórias dos Exercícios findos em 31 de dezembro de 2012 e 2011 Conteúdo Balanço Patrimonial Regulatório 3 Demonstração do Resultado Regulatória 5

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 46 Fornecedores 41.785 Aplicações Financeiras 5.541 Provisão

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 ATIVO CIRCULANTE

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 ATIVO CIRCULANTE BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 A T I V O 31.12.2009 31.12.2008 ATIVO CIRCULANTE 77.677 45.278 DISPONIBILIDADES 46 45 APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ 1.641 314 APLICAÇÕES EM

Leia mais

Nivelamento de Conceitos Contábeis

Nivelamento de Conceitos Contábeis Nivelamento de Conceitos Contábeis Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial - BP Demonstração de Resultado do Exercício - DRE Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Substituiu a Demonstração das Origens

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS EDITAL SISTEMATIZADO APRESENTAÇÃO... 21

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS EDITAL SISTEMATIZADO APRESENTAÇÃO... 21 Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 13 EDITAL SISTEMATIZADO... 15 APRESENTAÇÃO... 21 CAPÍTULO I NOÇÕES DE CONTABILIDADE... 23 1. Noções de contabilidade...23 1.1. Conceitos,

Leia mais

Características. P A S S I V O Origem dos recursos aplicados no Ativo

Características. P A S S I V O Origem dos recursos aplicados no Ativo Balanço Patrimonial conteúdo - características aplicação de recursos - Ativo origem de recursos - Passivo estrutura geral estrutura do Ativo estrutura do Passivo Características Principal demonstrativo

Leia mais

Resume-se a seguir o desempenho econômico-financeiro da Companhia no primeiro trimestre de 2016 e 2015: Descrição 1T16 1T15 Variação %

Resume-se a seguir o desempenho econômico-financeiro da Companhia no primeiro trimestre de 2016 e 2015: Descrição 1T16 1T15 Variação % Resultados do 1º trimestre de 2016 Guarapuava, 13 de maio de 2016 A Administração da ( CFLO ou Companhia ) apresenta os resultados do primeiro trimestre (1T16). As informações financeiras e operacionais

Leia mais

Resume-se a seguir o desempenho econômico-financeiro da Companhia no primeiro trimestre de 2015 e 2014: Descrição 1T15 1T14 Variação %

Resume-se a seguir o desempenho econômico-financeiro da Companhia no primeiro trimestre de 2015 e 2014: Descrição 1T15 1T14 Variação % Resultados do 1º trimestre de 2015 São Paulo, 15 de maio de 2015 A Administração da Empresa de Distribuição de Energia Vale Paranapanema S/A ( EDEVP ou Companhia ) apresenta os resultados do primeiro trimestre

Leia mais

Informe aos Investidores. Anexo 2T12

Informe aos Investidores. Anexo 2T12 Anexo 1 Índice I - Análise do Página 1. Análise do Resultado Consolidado 5 Teleconferência dos Resultados de 16 de agosto de 2012 11h00 (horário de Brasília) 10h00 (horário dos Estados Unidos) 14h00 (horário

Leia mais

Energisa Borborema - Distribuidora de Energia S/A Resultados do 1º trimestre de 2016

Energisa Borborema - Distribuidora de Energia S/A Resultados do 1º trimestre de 2016 Resultados do 1º trimestre de 2016 Cataguases, 13 de maio de 2016 A Administração da ( Energisa Borborema ou Companhia ) apresenta os resultados do primeiro trimestre (1T16). As informações financeiras

Leia mais

PERMANENTE

PERMANENTE BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2009 E 2008 A T I V O 30.06.2009 30.06.2008 ATIVO CIRCULANTE 62.969 46.291 DISPONIBILIDADES 46 47 APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ 13.419 593 APLICAÇÕES EM

Leia mais

1

1 CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A - ELETROBRAS BALANÇO PATRIMONIAL DOS PERÍODOS FINDOS EM 30 DE SETEMBRO DE 2014 E 31 DE DEZEMBRO DE 2013 ( em milhares de Reais ) C O N T R O L A D O R A C O N S O L I

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ALPARGATAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ALPARGATAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

1. Elaborar a Demonstração dos Fluxos de Caixa (Método Direto e Indireto). BALANÇO PATRIMONIAL Ativo X1 X2 Variação ATIVO CIRCULANTE

1. Elaborar a Demonstração dos Fluxos de Caixa (Método Direto e Indireto). BALANÇO PATRIMONIAL Ativo X1 X2 Variação ATIVO CIRCULANTE 1. Elaborar a Demonstração dos Fluxos de Caixa (Método Direto e Indireto). C I A. E X E M P L O BALANÇO PATRIMONIAL Ativo X1 X2 Variação ATIVO CIRCULANTE Caixa 2.500 18.400 15.900 Clientes 15.600 13.400

Leia mais

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas Patrimoniais).

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas Patrimoniais). Olá, meus amigos! Tudo bem? É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas Patrimoniais). O plano foi elaborado pelo nosso

Leia mais

Diário Oficial. Índice do diário Outros. Prefeitura Municipal de Ribeira do Amparo. Outros - BALANÇO ANUAL Páginas:

Diário Oficial. Índice do diário Outros. Prefeitura Municipal de Ribeira do Amparo. Outros - BALANÇO ANUAL Páginas: Páginas: 48 Índice do diário Outros Outros - BALANÇO ANUAL 2015 Página 1 Outros Outros BALANÇO ANUAL 2015 - BA (Poder Executivo) DCA-Anexo I-AB Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Padrao Balanço Patrimonial

Leia mais

Sumário. Capítulo 2. Conceitos Básicos...1. Patrimônio Contabilidade_Geral_Resumida_cap_00.indd 9 14/10/ :44:34

Sumário. Capítulo 2. Conceitos Básicos...1. Patrimônio Contabilidade_Geral_Resumida_cap_00.indd 9 14/10/ :44:34 Sumário Capítulo 1 Conceitos Básicos...1 1. Contabilidade: Conceitos, Objeto, Objetivo, Finalidade e Campo de Aplicação...1 2. Usuários da Informação Contábil...2 3. Principais Tipos de Sociedades Existentes

Leia mais

1

1 CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A - ELETROBRAS BALANÇO PATRIMONIAL DOS PERÍODOS FINDOS EM 30 DE JUNHO DE 2014 E 31 DE DEZEMBRO DE 2013 ( em milhares de Reais ) C O N T R O L A D O R A C O N S O L I D

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ CIA DE PARTICIPAÇÕES ALIANÇA DA BAHIA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ CIA DE PARTICIPAÇÕES ALIANÇA DA BAHIA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL - EM R$. 1,00

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL - EM R$. 1,00 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO CNPJ. 13.018.171/000190 BALANÇO PATRIMONIAL EM R$. 1,00 A T I V O 31.12.2007 31.12.2006 ATIVO CIRCULANTE 138.417.550 134.143.301 Caixa e Bancos 1.286.238 3.838.555

Leia mais

Contabilidade ESTRUTURA PATRIMONIAL SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) FLUXO DE RECURSOS. Fluxo dos recursos SÍNTESE DO FUNCIONAMENTO DAS CONTAS

Contabilidade ESTRUTURA PATRIMONIAL SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) FLUXO DE RECURSOS. Fluxo dos recursos SÍNTESE DO FUNCIONAMENTO DAS CONTAS ESTRUTURA PATRIMONIAL Patrimônio = Bens + Direitos ( ) Obrigações SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) Ativo ( ) Passivo = Situação Líquida (Patrimônio Líquido) FLUXO DE RECURSOS ATIVO Aplicação dos Recursos

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ENERGISA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ENERGISA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Capítulo Planejamento Orçamentário DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO DE ORÇAMENTO. Aspectos preliminares importantes. Planejamento orçamentário

Capítulo Planejamento Orçamentário DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO DE ORÇAMENTO. Aspectos preliminares importantes. Planejamento orçamentário Capítulo 16 DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO DE ORÇAMENTO 16.1 Planejamento Orçamentário 16.1 Planejamento orçamentário 16.2 Elaboração de quadros orçamentários 16.3 Projeções de resultados Administração Financeira:

Leia mais

8.000 ATIVO CIRCULANTE

8.000 ATIVO CIRCULANTE BALANÇO PATRIMONIAL DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO Ativo X0 X1 Receita de Vendas 8.000 ATIVO CIRCULANTE 500 2.150 (-) CPV -5.000 Caixa 100 1.000 Lucro Bruto 3.000 Bancos 200 100 (-) Despesas financeiras -1.500

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE. Análise de Resultados. CPFL Energia (Controladora)

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE. Análise de Resultados. CPFL Energia (Controladora) COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE Análise de Resultados CPFL Energia (Controladora) Neste trimestre, o Lucro Líquido foi de R$ 229.334, sendo 20,3% (R$ 58.596) inferior ao mesmo trimestre

Leia mais

2T05 DESEMPENHO DA MRS LOGÍSTICA HYPERLINK 2 TRIMESTRE DE 2005

2T05 DESEMPENHO DA MRS LOGÍSTICA HYPERLINK 2 TRIMESTRE DE 2005 DESEMPENHO DA MRS LOGÍSTICA HYPERLINK 2 TRIMESTRE DE 2005 2T05 MRS BATE NOVOS RECORDES: 9,35 MILHÕES DE TONELADAS EM MAIO E ATINGE LUCRO LÍQUIDO DE MAIS DE R$199 MILHÕES NO 1 SEMESTRE A MRS Logística S.A.

Leia mais

Plano de Contas Referencial Imunes e Isentas até 2014

Plano de Contas Referencial Imunes e Isentas até 2014 Plano de Contas Referencial Imunes e Isentas até 2014 CÓDIGO DESCRIÇÃO DT_INI DT_FIM TIPO CONTA SUPERIOR NÍVEL NATUREZA 1 ATIVO 01012014 S 1 01 1.01 ATIVO CIRCULANTE 01012014 S 1 2 01 1.01.01 DISPONIBILIDADES

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRAER S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRAER S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ASSOCIAÇÃO POLICIAL DE ASSISTENCIA A SAUDE SOROCABA/SP

ASSOCIAÇÃO POLICIAL DE ASSISTENCIA A SAUDE SOROCABA/SP BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO ATIVO CIRCULANTE 10.687.179,18 9.867.341,83 Disponível 53.970,81 482,70 Realizável 10.633.208,37 9.866.859,13 Aplicações Financeiras 5.099.575,74 5.008.378,64 Aplicações Vinculadas

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Escrituração contábil

Sumário Capítulo 1 Escrituração contábil Sumário Capítulo 1 Escrituração contábil 01 1.1 Conceito 01 1.2 Métodos de escrituração 01 1.2.1 Método das partidas dobradas 02 1.2.1.1 Funcionamento das contas nas partidas dobradas 04 1.3 Normas legais

Leia mais

PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Prof. Flávio Smania Ferreira 5 termo ADMINISTRAÇÃO GERAL e-mail: flavioferreira@live.estacio.br blog: http://flaviosferreira.wordpress.com Demonstrações Contábeis: Representa

Leia mais

SOMOS Educação ER 1T17

SOMOS Educação ER 1T17 SOMOS Educação ER 1T17 1 São Paulo, 15 de maio de 2017 A SOMOS Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 1º trimestre de 2017 ( 1T17 ). Os comentários aqui incluídos referem-se aos

Leia mais

DFC DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA

DFC DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA DFC DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA Base Legal CPC 03 e Seção 07 da NBC TG 1.000 O presente auto estudo embasará os conceitos e procedimentos técnicos contemplados no CPC 03 (IFRS Integral) e na Seção 07

Leia mais

Energisa Paraíba Distribuidora de Energia S/A

Energisa Paraíba Distribuidora de Energia S/A Energisa Paraíba Distribuidora de Energia S/A Demonstrações Contábeis Regulatórias de 2012 Índice: I Demonstrações contábeis regulatórias 3-6 II Notas Explicativas 7-14 Energisa Paraíba Distribuidora de

Leia mais

Divulgação de Resultado 4T15

Divulgação de Resultado 4T15 Divulgação de Resultado 4T15 1 Dados de mercado em 17/03/2016 Cotação: R$2,12 Valor de Mercado: R$140.103.091,68 T e l e c o n f e r ê n c i a 4T15 Teleconferência em português: 18 de março de 2016 Sexta-feira,

Leia mais

Energisa Borborema - Distribuidora de Energia S/A Resultados do 1º semestre de 2015

Energisa Borborema - Distribuidora de Energia S/A Resultados do 1º semestre de 2015 Resultados do 1º semestre de 2015 Cataguases, 14 de agosto de 2015 A Administração da ( Energisa Borborema ou Companhia ) apresenta os resultados do segundo trimestre (2T15) e dos primeiros seis meses

Leia mais

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 17

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 17 Exercício Nº 17 1 Elaboração do Balanço Patrimonial de em moeda de ATIVO Valores Históricos Valores ajustados Quant. de Valores na moeda de Ativo circulante 350.000 105.132,3249 416.324 Caixa 80.000 80.000

Leia mais

Sumário. Nota Preliminar, xvii. Introdução, 1

Sumário. Nota Preliminar, xvii. Introdução, 1 Nota Preliminar, xvii Introdução, 1 1 Comentários gerais, 3 1.1 Finalidade, 3 1.2 Do patrimônio, 4 1.3 Dos fatos, 5 1.3.1 Do fato administrativo permutativo, 5 1.3.2 Do fato administrativo modificativo,

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis 1º Trimestre 2016 DFS/DEGC/DIRE/DIAN ABRIL/2016 RELATÓRIO DE INFORMAÇÕES GERENCIAS DATAPREV COMPARATIVO 1T2015 X 1T2016 Responsáveis pela elaboração da apresentação: Jorge Sebastião

Leia mais

Energia faturada por classe de consumidores (em GWh)

Energia faturada por classe de consumidores (em GWh) 1 Perfil A AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia S.A. ( Companhia ) é uma companhia de capital aberto, de direito privado, autorizada a operar como concessionária do Serviço Público de Distribuição de

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

4. Apure o valor da depreciação acumulada em 31/12/20015, sendo dados:

4. Apure o valor da depreciação acumulada em 31/12/20015, sendo dados: 1. Classifique os itens abaixo em: bens, direitos ou obrigações item bens direito obrigação Empréstimos a receber Dinheiro em caixa Dinheiro depositado no banco veículos biblioteca Salários a pagar estoques

Leia mais

TCU - Aula 03 C. Geral III

TCU - Aula 03 C. Geral III Sumário 1 TC RO Contador CESPE 2013 - Questão 051 Critérios de avaliação de ativos... 2 2 TC RO Contador CESPE 2013 - Questão 052 Critérios de Avaliação de Ativos... 2 3 TC RO Contador CESPE 2013 - Questão

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CENTRAIS ELÉTRICAS DE SANTA CATARINA SA / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CENTRAIS ELÉTRICAS DE SANTA CATARINA SA / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF DFP - DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS PADRONIZADAS EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Data-Base - 31/12/28 Legislação Societária O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

CODIGO D E S C R I C A O SALDO ANTERIOR DEBITO CREDITO SALDO ATUAL

CODIGO D E S C R I C A O SALDO ANTERIOR DEBITO CREDITO SALDO ATUAL Cons. Reg. de Contabilidade do Estado SP Pagina: 1 BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL 01/11/13 ATE 30/11/13 EM REAIS Hora...: 16:46:07 Emissao: 12/12/13 1 ATIVO 161.632.576,60 D 14.175.223,11 17.694.405,96

Leia mais

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas de Resultado).

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas de Resultado). Olá, meus amigos! Tudo bem? É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas de Resultado). O plano foi elaborado pelo nosso

Leia mais

ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 17/01/2013 LUCIANO PERRONE

ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 17/01/2013 LUCIANO PERRONE ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 17/01/2013 LUCIANO PERRONE Introdução Enquadramento conforme as Novas Normas Contábeis IFRS. SOCIEDADES ANÔNIMAS DE CAPITAL ABERTO SOCIEDADES DE GRANDE PORTE

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ TELEFÔNICA BRASIL S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ TELEFÔNICA BRASIL S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BRF - BRASIL FOODS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BRF - BRASIL FOODS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. Balanço Patrimonial Consolidado em 31 de dezembro de 2014 Em milhares de reais

Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. Balanço Patrimonial Consolidado em 31 de dezembro de 2014 Em milhares de reais Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. Balanço Patrimonial Consolidado em 31 de dezembro de 2014 Em milhares de reais Ativo Passivo e Patrimônio Líquido Circulante R$ Circulante R$ Caixa e equivalentes

Leia mais

Modelo de Plano de Contas Detalhado

Modelo de Plano de Contas Detalhado Modelo de Plano de Contas Detalhado Código da Conta Descrição da Conta 1. A T I V O 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.1.01 DISPONÍVEL 1.1.01.01 Caixa 1.1.01.02 Bancos c/ Movimento 1.1 01.03 Aplicações Financeiras

Leia mais

TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA OS RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999.

TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA OS RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999. Contatos: Walmir Urbano Kesseli Joana Dark Fonseca Serafim Telefone: (041)305-5447 Fax: (041)305-3074 E-mail: joana.serafim@telecelularsul.com.br Homepage: www.telecelularsul.com.br TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ SARAIVA S.A. LIVREIROS EDITORES / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ SARAIVA S.A. LIVREIROS EDITORES / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/21 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES

Leia mais

Demonstração dos Fluxos de Caixa - DFC

Demonstração dos Fluxos de Caixa - DFC Demonstração dos Fluxos de Caixa - DFC Rodrigo Pereira 01/02/2017 Fonte: CPC-03 Demonstração dos Fluxos de Caixa Informações sobre o fluxo de caixa de uma entidade são úteis para proporcionar aos usuários

Leia mais

Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA , ,01

Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA , ,01 DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA FLUXOS DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS 408.377.447,62 395.630.624,01 Receitas derivadas e originárias 5.555.252,62 5.259.708,60 Transferências correntes recebidas

Leia mais

Informe aos Investidores

Informe aos Investidores Informe aos Investidores Junho/2008 Índice Página Análise do Resultado.. 02 Eletrobrás... 07 Resultados das Subsidiárias.. 17 Itaipu... 18 Furnas.. 23 Chesf.. 35 Eletronorte.. 48 Boa Vista Energia.. 60

Leia mais

Lucro Líquido de R$129,4 milhões ou R$1,69 por ação no 3T07 e R$348,9 milhões ou R$4,54 por ação em 9M07.

Lucro Líquido de R$129,4 milhões ou R$1,69 por ação no 3T07 e R$348,9 milhões ou R$4,54 por ação em 9M07. Lucro Líquido de R$129,4 milhões ou R$1,69 por ação no 3T07 e R$348,9 milhões ou R$4,54 por ação em 9M07. São Paulo, 09 de novembro de 2007 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

1T16 DESTAQUES DO 1T16:

1T16 DESTAQUES DO 1T16: Multiner Resultados do 1 Trimestre de 2016 Rio de Janeiro, 19 de maio de 2016 Multiner S.A. Multiner ou Companhia anuncia os resultados referentes ao primeiro trimestre de 2016 ( 1T16 ). As informações

Leia mais

Informações Trimestrais 31/03/2016. Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: /

Informações Trimestrais 31/03/2016. Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: / Informações Trimestrais 31/03/2016 Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: 16.670.085/0001 55 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo

Leia mais

DESTAQUES. Após tornar-se efetiva a operação, a EDF Internacional remanescerá com 10% das ações da Companhia.

DESTAQUES. Após tornar-se efetiva a operação, a EDF Internacional remanescerá com 10% das ações da Companhia. Rio de Janeiro, Brasil, 25 de Julho de 2006 - A LIGHT S.A. ( LIGT3 ), controladora das empresas do GRUPO LIGHT, anuncia seu resultado relativo ao 1 Semestre de 2006. A cotação do dólar em 30/06/2006 era

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL. Saldos em 31/12/2013

BALANÇO PATRIMONIAL. Saldos em 31/12/2013 PARTIDO: BALANÇO PATRIMONIAL ORGÃO DO PARTIDO UF EXERCÍCIO CÓDIGO CONTA Saldos em 31/12/2014 Saldos em 31/12/2013 CÓDIGO 1.1. ATIVO CIRCULANTE 2.1. PASSIVO CIRCULANTE 1.1.1. ATIVO CIRCULANTE - FUNDO PARTIDÁRIO

Leia mais

CONTABILIDADE GERAL PARA AUDITOR-FISCAL DA RFB. Prof. Marcondes Fortaleza

CONTABILIDADE GERAL PARA AUDITOR-FISCAL DA RFB. Prof. Marcondes Fortaleza CONTABILIDADE GERAL PARA AUDITOR-FISCAL DA RFB Prof. Marcondes Fortaleza Professor Marcondes Fortaleza Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil, tendo exercido anteriormente o cargo de Analista-Tributário

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ AÇÚCAR GUARANI S/A / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ AÇÚCAR GUARANI S/A / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/12/28 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

1º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. Ganhos consistentes de market share e melhora na tendência de vendas

1º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. Ganhos consistentes de market share e melhora na tendência de vendas \ Ganhos consistentes de market share e melhora na tendência de vendas A receita líquida totalizou R$4,7 bilhões no 1T16, com melhora sequencial nas vendas mesmas lojas durante o trimestre e ganho de market

Leia mais

Raízen Combustíveis S.A. Informações Financeiras Consolidadas Condensadas em 31 de dezembro de 2013 e relatório sobre a revisão de Informações

Raízen Combustíveis S.A. Informações Financeiras Consolidadas Condensadas em 31 de dezembro de 2013 e relatório sobre a revisão de Informações Informações Financeiras Consolidadas Condensadas em 31 de dezembro de 2013 e relatório sobre a revisão de Informações Financeiras Consolidadas Condensadas Relatório sobre a revisão de informações financeiras

Leia mais

CDD: 657 AC:

CDD: 657 AC: Fonseca, Alan Sales da. F676c Contabilidade : revisão balanço patrimonial e DRE / Alan Sales da Fonseca. Varginha, 2015. 17 slides; il. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide

Leia mais

EXERCICIOS SOBRE DFC. As demonstrações contábeis da Empresa Cosmos, sociedade anônima de capital aberto, em X2, eram os seguintes:

EXERCICIOS SOBRE DFC. As demonstrações contábeis da Empresa Cosmos, sociedade anônima de capital aberto, em X2, eram os seguintes: EXERCICIOS SOBRE DFC As demonstrações contábeis da Empresa Cosmos, sociedade anônima de capital aberto, em 31.12.X2, eram os seguintes: ATIVO X1 X2 PASSIVO X1 X2 Disponível 3.000 1.500 Fornecedores 54.000

Leia mais

Parte I Conceitos Básicos, Estrutura e Metodologia Operacional, 1 1 Patrimônio, 3

Parte I Conceitos Básicos, Estrutura e Metodologia Operacional, 1 1 Patrimônio, 3 Sumário Prefácio à Décima Edição, xxi Prefácio à Nona Edição, xxiii Prefácio à Oitava Edição, xxv Parte I Conceitos Básicos, Estrutura e Metodologia Operacional, 1 1 Patrimônio, 3 1.1 Objetivo e definição

Leia mais

CREA/SC Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina CNPJ: /

CREA/SC Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina CNPJ: / CREA/SC Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina CNPJ: 82.511.643/0001-64 Período: 01/01/2013 à 31/12/2013 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA CRÉDITOS A CURTO

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ EMBRAER EMPR BRAS. DE AERONAUTICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ EMBRAER EMPR BRAS. DE AERONAUTICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15

Teleconferência de Resultados 2T15 Teleconferência de Resultados 2T15 Destaques Encerramento do 5º ano de fornecimento de cana-de-açúcar, entregando 724 mil toneladas. Área total plantada de 78.044 hectares. Construção de um silo na Bahia,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE E ATUÁRIA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE E ATUÁRIA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE E ATUÁRIA CURSO: ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS DISCIPLINA: EAC0111 NOÇÕES DE CONTABILIDADE PARA

Leia mais

IMOBILIZADO INTANGÍVEL

IMOBILIZADO INTANGÍVEL CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A - ELETROBRAS BALANÇO PATRIMONIAL DOS PERÍODOS FINDOS EM 31 DE MARÇO DE 2016 E 31 DE DEZEMBRO DE 2015 ( em milhares de Reais ) C O N T R O L A D O R A C O N S O L I D

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL GRUPO E SUBGRUPOS

BALANÇO PATRIMONIAL GRUPO E SUBGRUPOS U N I V E R S I D A D E E S T A D U A L D E G O I Á S (Criada pela Lei n.º 13.456 de 16 de abril de 1999, publicada no DOE - GO de 20 de abril de 1999) UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS

Leia mais

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS fg 2º TRIMESTRE DE 2016 Retomada do crescimento de vendas totais e mesmas lojas, aliada a ganho consistente de market share no mercado total a. A receita líquida totalizou R$4,3 bilhões no 2T16, com retomada

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL BALANÇO FINANCEIRO - TODOS OS ORÇAMENTOS 1 INGRESSOS DISPÊNDIOS ESPECIFICAÇÃO 2014 ESPECIFICAÇÃO 2014 Receitas Orçamentárias - - Despesas Orçamentárias 7.583.637,48 - Ordinárias - - Ordinárias 2.011.924,00

Leia mais

Eletrosul Centrais Elétricas S/A CNPJ/MF nº / NIRE Companhia Fechada SUMÁRIO

Eletrosul Centrais Elétricas S/A CNPJ/MF nº / NIRE Companhia Fechada SUMÁRIO SUMÁRIO RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES... 3 BALANÇO PATRIMONIAL... 6 DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS... 8 DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS ABRANGENTES... 8 DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS DOS TRIMESTRES... 9 DEMONSTRAÇÃO

Leia mais

Tribunais - Exercícios AFO e Direito Financeiro Exercício - Contabilidade Alexandre Américo

Tribunais - Exercícios AFO e Direito Financeiro Exercício - Contabilidade Alexandre Américo Tribunais - Exercícios AFO e Direito Financeiro Exercício - Contabilidade Alexandre Américo 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. MÓDULO DE QUESTÕES DE CONTABILIDADE

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ENERGISA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ENERGISA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais