CRM E O MARKETING RELACIONAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CRM E O MARKETING RELACIONAL"

Transcrição

1 Fonte: Google imagens CRM E O MARKETING RELACIONAL Docente: Professor Doutor Jorge Maria Disciplina: Técnicas de Relação com os Clientes Discentes: Ivo Vieira nº Nuno Carreira nº João Franco nº Edgar Carvalho nº De Junho de 2010

2 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 CRM E A EVOLUÇÃO PARA MARKETING RELACIONAL... 4 CASO UZO... 7 CASO AVIS ESCANDINÁVIA CONCLUSÃO BIBLIOGRAFIA

3 INTRODUÇÃO No âmbito da disciplina de Técnicas de Relação com os Clientes do curso de Marketing e Publicidade, da Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém, foinos proposto a realização de um trabalho enquadrado no conceito de Customer Relationship Management (CRM). Como tal, propomo-nos a dar uma visão global sobre o CRM apresentando dois casos de sucesso, primeiro da UZO e por último o da Avis Escandinávia. No entender do nosso grupo o estudo destes dois casos é pertinente, uma vez que estas organizações foram bem sucedidas na construção de relacionamentos profundos entre as organizações e o cliente, através de transacções continuadas com relacionamentos a longo prazo, com os objectivos principais de fidelizar e rentabilizar os clientes. Com esta atitude estas duas empresas transitaram do marketing transaccional para o marketing relacional, através da adopção de sistemas CRM. Também é nosso objectivo demonstrar, que os sistemas CRM não são apenas programas de software, mas sim uma cultura empresarial que permite a durabilidade das relações entre organização e cliente. 3

4 CRM E A EVOLUÇÃO PARA MARKETING RELACIONAL Numa perspectiva histórica, podemos analisar alguns modelos de negócio bastante interessantes, como é o caso da Procter&Gamble, que foi criada para explorar economias de escala na compra de matérias-primas. Criaram a inovação do sabonete com elevado grau de pureza, através da distribuição massiva à escala nacional optando por uma estratégia de branding: nome sugestivo e embalagem, conseguindo de forma inteligente o acaso do sabonete ter uma característica única, flutuava. Criaram um posicionamento consistente: 99,44% puro, com uma comunicação virada para a publicidade contínua, para assegurar elevada saliência e reforço das atitudes favoráveis. Procediam a uma auscultação regular dos consumidores o que levou a invenção da figura do gestor de produto. Existe outro belo exemplo de Marketing Transaccional, concretamente o caso da Ford, o seu objectivo foi a criação de um mercado de massa para o automóvel, a sua estratégia era o desenvolvimento do veículo universal, a standardização, uniformização e escala como vias para a redução de custos, tinham a organização da distribuição à escala nacional e internacional, como resultado deste esforço e dessa estratégia surgiu o Ford T, um carro médio para o consumidor médio, conseguindo assim, o domínio absoluto do mercado, levando à falência a grande maioria dos concorrentes organizados em bases artesanais. O Marketing Transaccional (massa) reinou durante cerca de 120 anos, mas hoje está esgotado, desapareceram as condições sociais e tecnológicas que lhe deram origem, reduziu-se drasticamente a eficácia das antigas formas de comunicação e, por isso, o desperdício a elas associado tende a aumentar. Surge o Marketing Relacional, pois nos mercados os clientes são cada vez mais exigentes, educados e auto-confiantes, os mercados seguem uma crescente segmentação, o que os conduz à sua fragmentação e à multiplicação dos nichos de mercado, os bens e serviços tornaram-se cada vez mais complexos de compreender e utilizar, o que cria novas exigências de serviço. Ao cliente, por outro lado, o tempo é um bem cada vez mais escasso, contribuindo para modificar os comportamentos de compra, como corolário da tendência geral para a segmentação, assistimos à fragmentação das audiências dos meios de massas, atingindo estes elevados níveis de saturação. 4

5 Uma das primeiras empresas a preocupar-se com os clientes e com o que estes queriam foi a General Motors, a federação de fabricantes falidos sob a égide da Dupont, recusa copiar a estratégia de massificação da Ford, a opção pela segmentação do mercado com base em critérios sócio-demográficos, era uma marca direccionada para cada segmento do mercado, aposta na evolução e fragmentação do mercado e em poucos anos, a GM ultrapassou a Ford e tornou-se no maior fabricante mundial de automóveis. A tecnologia sofreu também importantes transformações, a micro electrónica criou a produção flexível em série, a informática converteu-se num poderoso instrumento ao serviço do marketing, o custo do armazenamento e processamento de informação não pára de baixar, todas as novas tecnologias das comunicações são intrinsecamente interactivas, as tecnologias da informação e da comunicação estão a transformar progressivamente todo o processo da gestão de marketing. Existem muitas definições do que é o CRM, e o que de facto representa para as organizações em geral. A definição que consideramos mais adequada e que acentua os aspectos mais relevantes do CRM, é a seguinte: O CRM é uma estratégia de negócios que visa entender, antecipar e gerir as necessidades dos clientes actuais e potenciais de uma organização. À luz desta definição, e na opinião do grupo, deve-se acentuar duas abordagens essenciais do CRM: Uma abordagem empresarial para comunicar com o cliente certo, utilizando a oferta certa de produtos, no momento certo e através do canal certo. Uma abordagem empresarial para compreender e influenciar o comportamento dos clientes, através de um processo de comunicação contínua para melhorar a aquisição, a retenção e obtenção de lucros com os clientes. Para que isto seja possível teremos que, a partir do conhecimento individual de cada cliente, isto é, de saber o que compra, quando compra, o que compra em conjunto e mesmo o que não compra, poder determinar uma estratégia de comunicação que terá como grande objectivo o estabelecimento de um relacionamento prolongado que garantirá a sua fidelização. 5

6 Conclui-se então que o CRM assenta no conceito de Marketing Relacional, ou seja, na aplicação do conhecimento permanentemente utilizada dos clientes relativamente aos produtos / serviços da empresa, o qual é comunicado interactivamente, de forma a desenvolver um relacionamento contínuo, e de longo prazo, sendo portanto, benéfico para ambas as partes. 6

7 CASO UZO O crescimento rápido da UZO acelera com Sugar, a UZO foi lançada pela Portugal Telecom em 2005, emergiu rapidamente como uma das principais operadoras de rede móvel virtual em Portugal. A UZO rapidamente construiu uma base de clientes extensiva, oferecendo preços acessíveis e planos de pagamentos. Com sede em Lisboa, Portugal, a UZO é um operador virtual para a TMN, o líder de telecomunicações móveis em Portugal. A UZO é simples, sem complicações e com diferentes planos de pagamento, tornou uma escolha popular para muitos consumidores que têm sido relutantes em relação aos contratos a longo prazo. A base de clientes da UZO aumentou a ferramenta interna da empresa para acompanhar as interacções para com os clientes, foi também estendido para além das suas capacidades. "Com o nosso crescimento rápido, estávamos a contratar um monte de gente nova para a nossa equipa de call center. Infelizmente, muitos dos nossos novos contratados estavam a ter problemas com as nossas ferramentas internas ", Jorge Teixeira da Silva. Gerente de projectos. As soluções internas da UZO também criaram dificuldades para os representantes de atendimento ao cliente para ler o histórico de cada cliente. As entradas e saídas de informações foram separadas e eram apenas observadas por certos indivíduos e grupos. 7

8 SUGAR PARA O RESGATE A UZO realizou uma procura minuciosa para substituir as suas ferramentas actuais, enfatizando a adopção pelo usuário e uma monitorização mais precisa da comunicação de clientes. A pesquisa abrangente da UZO terminou quando optou pelo SugarCRM, devido à sua facilidade de uso em comparação com outras soluções de CRM. "O Sugar foi a melhor solução para o utilizador, foi avaliado e foi de encontro a todos os requisitos de funcionalidade pretendidos", "Devido ao número de clientes que tínhamos, íamos ser utilizadores extremamente frequentes deste sistema, também fomos atraídos para a capacidade incomparável do Sugar para ser personalizado e servir as nossas necessidades.", Diz Jorge Teixeira da Silva, Gerente de projectos. A parceria com a DRI A UZO contou com a ajuda da DRI, parceira certificada do SugarCRM, para implementar uma totalmente personalizada e integrada solução de longo prazo. Com a experiência da DRI, a UZOSugar é personalizado para atender necessidades específicas da UZO, como centro de atendimento ao cliente de telecomunicações. O ponto forte da DRI são personalizações e integrações com aplicações de facturação externa dando a possibilidade e capacidade adicional aos operadores, para acelerar perguntas ao cliente e apresentar soluções baseadas nos inquéritos sobre a natureza dos serviços. Com a Sugar Enterprise e com a ajuda da DRI, A UZO, centro de atendimento ao cliente, tornou-se um dos factores mais importantes para o crescimento da empresa. Os pedidos dos clientes são manipulados de forma mais eficaz ajudando a UZO a reter um percentual maior de informação na sua base de dados. " O Sugar tem nos ajudado a trabalhar em equipa, bem como a baixar os nossos tempos de resposta às solicitações dos clientes", diz Silva. "Estamos agora em condições para melhor servir o acréscimo de clientes, devido ao Sugar e aos processos que criaram em torno de Sugar." 8

9 A UZO é uma marca de comunicações móveis nova que quer marcar a sua diferença perante as três marcas existentes no país, oferecendo uma lista única de preços. Foi concebida para os usuários que desejam falar para várias redes sem custos adicionais, que odeiam estar vinculados a contratos ou carregamentos obrigatórios, que querem um telemóvel para fazer chamadas e enviar mensagens escritas, que não querem pagar um preço elevado para chamadas fora da sua rede, e para aqueles que querem um preço mais barato para as chamadas efectuadas para a sua rede. É, portanto, visto como uma opção "descomplicada". Fundada em 1999, a DRI oferece serviços de consultoria e planeamento de projectos para empresas que procuram CRM implementar, desenvolver sistemas de informação, e ajudar as empresas a ganhar maior visibilidade. Propriedade de uma empresa espanhola de consultoria de TI, Qindel, DRI possui clientes como a Portugal Telecom e BBVA em cerca 30%. O Grupo Portugal Telecom, é um operador de telecomunicações global, que é líder nacional em todos os sectores em que participa. Ele é visto como a empresa Portuguesa que tem a maior projecção a nível nacional e internacional e tem um portfólio de negócios diversificado, em que a qualidade e inovação constituem aspectos determinantes, ao lado das empresas internacionais mais avançadas do sector. "Estamos agora em condições de servir melhor o nosso acréscimo de clientes devido ao sugar e aos processos concebidos em torno do sugar." Jorge Teixeira da Silva, Gerente de Projecto Imagem 1 Imagem do sistema UZOsugar. 9

10 CASO AVIS ESCANDINÁVIA Empresa líder na Escandinávia em aluguer de carros, passa a utilizar Sugar Professional para revitalizar as suas iniciativas de marketing e tornar mais rápida a comunicação com os seus clientes. Os clientes da Avis Car Rental estão sempre em movimento, o que exige que a empresa se actualize constantemente e revitalize a sua capacidade de comunicar e de servir os seus consumidores. A empresa líder em aluguer de carros da região nórdica. Avis Escandinávia estava a considerar uma capitalização sobre uma venda multi-canal, reservas e campanhas de marketing de forma a melhorar a satisfação do cliente, feedback de clientes e oportunidades de cross-selling e up-selling. Avis Escandinávia estava a procurar um sistema de vendas e marketing de forma a tornar mais rápidas as comunicações e a partilha de conhecimentos entre as suas unidades de negócio, separadas na Dinamarca, Suécia e Noruega. "Queremos ser capazes de tirar partido das experiências de cada país", diz Orvei. "Foi crucial para a nossa a competitividade que pudéssemos adequar os contactos dos nossos clientes, aos clientes e comunicar com todas as nossas unidades de negócio em toda a região nórdica." Felizmente para Avis Escandinávia, Orvei manteve as suas opções em aberto, e após uma pesquisa no Google por "CRM open source" descobriu SugarCRM. Logo depois, ele estava em contacto com o parceiro Redpill Linpro SugarCRM, fornecedora líder de software de código aberto em toda a região nórdica. "Nós estamos encontrando mais e mais companhias estão considerando open source em toda a região", afirma Kristian af Sandeberg, Product Manager da SugarCRM, Redpill Linpro. " Software de alta qualidade, flexibilidade e economia de custos." Na sequência de uma subida de vendas, Orvei rentabilizou a empresa, implementando Sugar Professional. "Nós somos essencialmente uma loja da Microsoft, mas ficamos realmente impressionados com a flexibilidade que a open source nos ofereceu, o programa funciona muito bem com as aplicações da Microsoft", diz Orvei. 10

11 Após o trabalho de personalização da Redpill Linpro, que incluía uma lista personalizada e as alterações para a Campanha, entre os contactos e módulos de Contas, o Sugar Professional foi posto á disposição de 100 usuários em toda a Dinamarca, Suécia e Noruega, na primavera de A empresa alinhou os fluxos de comunicação com os clientes e adicionou novos canais, incluindo SMS, além de melhorar a eficiência entre vendas e marketing e as informações relativas á conta do cliente, reservas e comunicações de marketing. A Integração com outras soluções de back-office fornece uma interacção automática com o Sugar Professional e módulos de Conta. Por exemplo, uma interacção de clientes entre o sistema SugarCRM e Avis, o sistema de reserva envia lembretes para os clientes e a informação de volta para as comunicações Sugar Professional automaticamente. Para o marketing, os módulos foram desenvolvidos sob encomenda, para o levantamento de informação e mensagens de texto SMS, além de fluxos de trabalho personalizados e listas de marketing de forma a garantir que os clientes não recebem determinadas campanhas com a diferença de 30 dias um do outro, Orvei diz "A última coisa que queremos fazer é chatear os nossos clientes através de questionários de feedback, s entre outros. Além disso, construímos capacidades SMS Sugar Professional em que extrai os dados do mesmo destino e informações de clientes que usamos para campanhas de . Essa informação, em seguida, auto-preenche o contacto e os módulos de conta para que as vendas possam visualizá-lo. A AVIS é a empresa líder na Escandinávia em aluguer de carros, com mais de 350 estações de aluguer de automóveis e 15 mil veículos distribuídos entre a Dinamarca, Suécia e Noruega. A empresa aluga carros, mini-autocarros, veículos comerciais e camiões, como membro de uma organização internacional, também fornece o serviço em mais de 170 países com estações de aluguer em todo o mundo. Avis na Escandinávia tem funcionários. A Redpill Linpro é fornecedora líder na região nórdica de serviços profissionais de open source, que além do SugarCRM é construída em torno de produtos, tais como JBoss, Hibernate, PostgreSQL, Alfresco e muito mais. No conceito de apoio, há, entre outras coisas, a opção de suporte local 24 horas por dia, 365 dias por ano e suporte no local. Entre os clientes Redpill Linpro, existem, para além da Fullrate, as grandes empresas nórdicas e organizações no âmbito das telecomunicações, banca e finanças, viagens, bem como a logística. Redpill Linpro tem 180 empregados, distribuídos entre 11

12 os escritórios de Copenhaga, Estocolmo, Gotemburgo, Karlstad, Oslo, Stavanger e Helsínquia. 12

13 CONCLUSÃO A UZO e a AVIS caracterizam-se pela forma como constantemente se reinventa e faz negócios. A diferenciação no mercado começa com as estratégias de CRM, o reconhecimento de que existe uma necessidade para ajustar os produtos e serviços às necessidades dos seus mercados alvo definidos e investir na infra-estrutura/tecnologia que permita que estas empresas aprendam, cresçam e se reinventem constantemente. Estas concluem que CRM não signifique apenas clientes mais satisfeitos, mas sim maior lucratividade no valor dos seus clientes, e isso significa que o estatuto não é suficiente. Podemos ver que existiu uma evolução fundamental do marketing transaccional para o marketing relacional, podemos resumir as diferenças entre estes dois, enquanto que no marketing transaccional o cliente é anónimo, não o conhecemos pessoalmente, está longe de nós, só comunicamos com ele esporadicamente, é uma comunicação de sentido único e existe passividade e conformismo, no marketing relacional contrariamente nós conhecemos o cliente, conhecemos as suas preferências pessoais, estamos perto dele, dialogamos com ele, existe interacção e existe uma identidade individual e de pretensa. O novo desafio que se propõe com o Marketing Relacional é uma resposta global aos novos desafios do marketing, a base do marketing desloca-se do produto para o cliente, a gestão de marketing deixa de se preocupar apenas com o movimento da transacção e a comunicação intervém em todo o processo de gestão do cliente e do seu ciclo de vida. Este trabalho permitiu-nos compreender melhor o conceito de CRM e alguns dos pressupostos por detrás do mesmo. Elucidou-nos também sobre a sua dimensão, na medida em que é muito mais do que um simples software que armazena e permite a visualização de dados. É, isso sim, uma orientação que coloca o cliente no centro das atenções da empresa, que se preocupa não só em recolher os dados como também, e acima de tudo, em analisá-los e tratá-los como quem junta notas musicais soltas e as transforma numa harmoniosa melodia. 13

14 BIBLIOGRAFIA Brown, Stanley, CRM Customer Relationship Management, Makron Books, 2001, p39-p45 Ferrão, Francisco, CRM Marketing e Tecnologia, Escolar Editora, Maio 2003, p9-p

Mónica Montenegro António Jorge Costa

Mónica Montenegro António Jorge Costa Mónica Montenegro António Jorge Costa INTRODUÇÃO... 4 REFERÊNCIAS... 5 1. ENQUADRAMENTO... 8 1.1 O sector do comércio em Portugal... 8 2. QUALIDADE, COMPETITIVIDADE E MELHORES PRÁTICAS NO COMÉRCIO... 15

Leia mais

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt Paulo Alves / CEO paulo.alves@proside.pt Sistemas Integrados de Atendimento O que fazemos A Empresa Concepção, Arquitectura e Implementação de Sistemas de Informação; Consultoria Tecnológica de Sistemas

Leia mais

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt Paulo Alves / CEO paulo.alves@proside.pt Sistemas Integrados de Atendimento O que fazemos A Empresa Concepção, Arquitectura e Implementação de Sistemas de Informação; Consultoria Tecnológica de Sistemas

Leia mais

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente Grupo Pestana suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O trabalho de consolidação de informação permitiu desde logo abrir novas possibilidades de segmentação, com base num melhor conhecimento

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

Capítulo. Sistemas empresariais

Capítulo. Sistemas empresariais Capítulo 8 1 Sistemas empresariais 2 Objectivos de aprendizagem Identificar e exemplificar os seguintes aspectos da gestão do relacionamento com os clientes, da gestão de recursos empresariais e dos sistemas

Leia mais

A Internet nas nossas vidas

A Internet nas nossas vidas Economia Digital A Internet nas nossas vidas Nos últimos anos a internet revolucionou a forma como trabalhamos, comunicamos e até escolhemos produtos e serviços Economia Digital Consumidores e a Internet

Leia mais

PALAVRAS CHAVE RESUMO

PALAVRAS CHAVE RESUMO ESIG2001 SPATIAL INTELLIGENCE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA COMO MEIO DE SUPORTE À DECISÃO João Machado Costa, Rui Marques Ferreira Novabase www.novabase.pt joao.machado@novabase.pt PALAVRAS CHAVE Spatial Information

Leia mais

Secção I. ƒ Sistemas empresariais cruzados

Secção I. ƒ Sistemas empresariais cruzados 1 Secção I ƒ Sistemas empresariais cruzados Aplicações empresariais cruzadas 2 ƒ Combinações integradas de subsistemas de informação, que partilham recursos informativos e apoiam processos de negócio de

Leia mais

Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias.

Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias. GoldMine QuickStart Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias. O GoldMine é uma ferramenta de gestão da relação com os clientes (CRM-Costumer Relationship

Leia mais

Premier. Quando os últimos são os Primeiros

Premier. Quando os últimos são os Primeiros Premier Quando os últimos são os Primeiros Fundada em 1997 Especializada no desenvolvimento de soluções informáticas de apoio à Gestão e consultoria em Tecnologias de Informação. C3im tem como principais

Leia mais

A Gestão da experiência do consumidor é essencial

A Gestão da experiência do consumidor é essencial A Gestão da experiência do consumidor é essencial Sempre que um cliente interage com a sua empresa, independentemente do canal escolhido para efetuar esse contacto, é seu dever garantir uma experiência

Leia mais

Objectivos de aprendizagem

Objectivos de aprendizagem Capítulo 6 1 Telecomunicações e redes 2 Objectivos de aprendizagem ƒ Identificar as principais tendências e os grandes desenvolvimentos nas empresas, nas tecnologias e nas aplicações de negócio, das telecomunicações

Leia mais

A PHC atingiu recentemente os 400 clientes Licença Garantida. No mercado há pouco mais de um ano, a modalidade que permite os clientes PHC renovarem a licença do seu software por três anos já representa

Leia mais

E- Marketing - Estratégia e Plano

E- Marketing - Estratégia e Plano E- Marketing - Estratégia e Plano dossier 2 http://negocios.maiadigital.pt Indíce 1 E-MARKETING ESTRATÉGIA E PLANO 2 VANTAGENS DE UM PLANO DE MARKETING 3 FASES DO PLANO DE E-MARKETING 4 ESTRATÉGIAS DE

Leia mais

Gestão da Informação

Gestão da Informação Gestão da Informação Aplicações de suporte à Gestão da Informação na empresa Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.pt Aveiro, Fevereiro de 2001 Sistemas de informação para empresas Manutenção e exploração de sistemas

Leia mais

Profa. Reane Franco Goulart

Profa. Reane Franco Goulart Sistemas CRM Profa. Reane Franco Goulart Tópicos Definição do CRM O CRM surgiu quando? Empresa sem foco no CRM e com foco no CRM ParaqueCRM é utilizado? CRM não é tecnologia, CRM é conceito! CRM - Customer

Leia mais

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial.

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. POWERING BUSINESS QUEM SOMOS A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. Desde 1987 que desenvolvemos um trabalho

Leia mais

Tecnologias de Informação

Tecnologias de Informação Sistemas Empresariais Enterprise Resource Planning (ERP): Sistema que armazena, processa e organiza todos os dados e processos da empresa de um forma integrada e automatizada Os ERP tem progressivamente

Leia mais

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1 BluePlanetDVD.com Study Case www.blueplanetdvd.com 1 A Ideia Necessidades não satisfeitas para o cliente; Uma IDEIA; Dois anos a amadurecer a ideia, de forma a ser inovadora, tecnologicamente avançada,

Leia mais

O SECTOR A SOLUÇÃO Y.make Num mundo cada vez mais exigente, cada vez mais rápido e cada vez mais competitivo, o papel dos sistemas de informação deixa de ser de obrigação para passar a ser de prioridade.

Leia mais

Gestão de Equipas de Vendas

Gestão de Equipas de Vendas Gestão de Equipas de Vendas Análise Comercial Business Intelligence Gestão de Desempenho Atinjo os meus objectivos comerciais? Quais os vendedores com melhor desempenho? A função comercial é o motor de

Leia mais

Guia: da Loja Física para a. Experiência Multicanal

Guia: da Loja Física para a. Experiência Multicanal Guia: da Loja Física para a Experiência Multicanal Sumário: 01 02 03 04 05 Sobre este Guia O consumidor é Multicanal Muito mais E-commerce! Mobilidade faz parte do dia-a-dia Big Data: Informação a serviço

Leia mais

Aumente o seu negócio e faça crescer o seu lucro com o Programa de Parceiros APC

Aumente o seu negócio e faça crescer o seu lucro com o Programa de Parceiros APC Aumente o seu negócio e faça crescer o seu lucro com o Programa de Parceiros APC Desenhado em função do seu negócio e concebido para ajudá-lo a ser competitivo num mercado em transformação De que necessita

Leia mais

Consortia e-market da Fileira Moda. para o Mercado Externo

Consortia e-market da Fileira Moda. para o Mercado Externo Consortia e-market da Fileira Moda para o Mercado Externo O que é? Consórcio entre empresas da Fileira Moda e a Exponor Digital destinado a criar e explorar uma ou mais lojas online, orientada(s) para

Leia mais

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Sumário País Portugal Sector Saúde Perfil do Cliente O Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho envolve

Leia mais

PLANEAMENTO ESTRATÉGICO DE SI/TI

PLANEAMENTO ESTRATÉGICO DE SI/TI (1) PLANEAMENTO ESTRATÉGICO DE SI/TI Docente: Turma: T15 Grupo 5 Mestre António Cardão Pito João Curinha; Rui Pratas; Susana Rosa; Tomás Cruz Tópicos (2) Planeamento Estratégico de SI/TI Evolução dos SI

Leia mais

Negócios à Sua dimensão

Negócios à Sua dimensão Negócios à Sua dimensão O seu Software de Gestão acompanha-o? O ArtSOFT pode ser a solução de gestão da sua empresa. O ArtSOFT Profissional permite o controlo total sobre a gestão da sua empresa, assegura

Leia mais

A nossa equipa para hoje

A nossa equipa para hoje A nossa equipa para hoje Miguel Raposo, a trabalhar na Novabase desde 2010 MEIC 2003-2010 Consultor CRM com percurso na área de Telecomunicações com principal foco em projectos no âmbito de CRM empresarial.

Leia mais

Sistemas de Canais Sistemas de Informação

Sistemas de Canais Sistemas de Informação É necessário o entendimento de como os produtos chegam aos clientes, o que ocorre por meio de uma série de entidades de Marketing conhecidas como canais. Os Sistemas de Canais são todos os sistemas envolvidos

Leia mais

A plataforma de software modular ud121 E-Business, oferece uma das mais sofisticadas ferramentas para comunicações integradas multi-canal.

A plataforma de software modular ud121 E-Business, oferece uma das mais sofisticadas ferramentas para comunicações integradas multi-canal. A plataforma de software modular ud121 E-Business, oferece uma das mais sofisticadas ferramentas para comunicações integradas multi-canal. Adoptada por diversas empresas líderes de mercado em vários sectores

Leia mais

Módulo 5. Composto de Marketing (Marketing Mix)

Módulo 5. Composto de Marketing (Marketing Mix) Módulo 5. Composto de Marketing (Marketing Mix) Dentro do processo de administração de marketing foi enfatizado como os profissionais dessa área identificam e definem os mercados alvo e planejam as estratégias

Leia mais

B2C. Pedro Sousa. Pedro Sousa

B2C. Pedro Sousa. Pedro Sousa B2C Posicionamento dos Sistemas B2C Primary Activities Inbound Logistics Operations Outbound Logistics Marketing & Sales Services Support Activities Procurement Human Resource Management Infrastructure

Leia mais

CRM. Customer Relationship Management

CRM. Customer Relationship Management CRM Customer Relationship Management CRM Uma estratégia de negócio para gerenciar e otimizar o relacionamento com o cliente a longo prazo Mercado CRM Uma ferramenta de CRM é um conjunto de processos e

Leia mais

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010 CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM - R EVOLUÇÃO ADMINISTRATIVA A Autarquia de Santarém, em parceria com a PT Prime, desenvolveu um sistema de soluções integradas e inter-operantes que lhe possibilitaram operacionalizar

Leia mais

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012 Apoio à Internacionalização CENA 3 de Julho de 2012 Enquadramento Enquadramento Comércio Internacional Português de Bens e Serviços Var. 13,3% 55,5 68,2 57,1 73,4 48,3 60,1 54,5 66,0 67,2 61,7 Exportação

Leia mais

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel.

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. Projecto A Oficina+ ANECRA é uma iniciativa criada em 1996, no âmbito da Padronização de Oficinas ANECRA. Este projecto visa reconhecer a qualidade

Leia mais

IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted

IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted Microsoft Dynamics CRM Online Customer Solution Case Study IDC Portugal IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted Sumário País Portugal

Leia mais

BOLSA DO EMPREENDEDORISMO 2015. Sara Medina saramedina@spi.pt. IDI (Inovação, Investigação e Desenvolvimento) - Algumas reflexões

BOLSA DO EMPREENDEDORISMO 2015. Sara Medina saramedina@spi.pt. IDI (Inovação, Investigação e Desenvolvimento) - Algumas reflexões BOLSA DO EMPREENDEDORISMO 2015 INSERIR IMAGEM ESPECÍFICA 1 I. Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI) Missão: Apoiar os nossos clientes na gestão de projetos que fomentem a inovação e promovam oportunidades

Leia mais

PONTNews Solução Comercial de e-marketing

PONTNews Solução Comercial de e-marketing PONTNews Solução Comercial de e-marketing Dossier de Produto DP010.03 02/01/2009 A Pontual A Pontual é uma empresa de capitais 100% nacionais, cuja principal actividade é implementação de Sistemas de Informação

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

CEA439 - Gestão da Tecnologia da Informação

CEA439 - Gestão da Tecnologia da Informação CEA439 - Gestão da Tecnologia da Informação Janniele Aparecida Como uma empresa consegue administrar toda a informação presente nesses sistemas? Não fica caro manter tantos sistemas diferentes? Como os

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

Informática. Conceitos Básicos. Informação e Sistemas de Informação. Aula 3. Introdução aos Sistemas

Informática. Conceitos Básicos. Informação e Sistemas de Informação. Aula 3. Introdução aos Sistemas Informática Aula 3 Conceitos Básicos. Informação e Sistemas de Informação Comunicação Empresarial 2º Ano Ano lectivo 2003-2004 Introdução aos Sistemas A Teoria dos Sistemas proporciona um meio poderoso

Leia mais

Palbit investe no Microsoft Dynamics CRM para suportar crescimento do negócio

Palbit investe no Microsoft Dynamics CRM para suportar crescimento do negócio Microsoft Dynamics CRM Cliente Referência: PALBIT Palbit Palbit investe no Microsoft Dynamics CRM para suportar crescimento do negócio Sumário País Portugal Sector Produção Industrial Perfil do Cliente

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS FACTOS A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas encontram, descobrem, compartilham, compram e se conectam. INTRODUÇÃO Os meios digitais, fazendo hoje parte do quotidiano

Leia mais

Sistemas Integrados ASI - II

Sistemas Integrados ASI - II Sistemas Integrados ASI - II SISTEMAS INTEGRADOS Uma organização de grande porte tem muitos tipos diferentes de Sistemas de Informação que apóiam diferentes funções, níveis organizacionais e processos

Leia mais

Business Intelligence & Performance Management

Business Intelligence & Performance Management Como medir a evolução do meu negócio? Tenho informação para esta decisão? A medição da performance é uma dimensão fundamental para qualquer actividade de gestão. Recorrentemente, qualquer gestor vê-se

Leia mais

Elementos das Organizações

Elementos das Organizações Elementos das Organizações > Teoria das Organizações > Teoria dos Sistemas (TGS) > Componentes das Organizações / Ambiente Recursos Estratégia Objectivos Estrutura Processos Regras Cultura Politica Pessoas

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Redesenhando a forma como empresas operam e envolvem seus clientes e colaboradores no mundo digital. Comece > Você pode construir de fato uma

Leia mais

Manual Planeamento de Campanha de E-Marketing

Manual Planeamento de Campanha de E-Marketing Manual Planeamento de Campanha de E-Marketing Planeamento de Campanha de E-Marketing Cada variável, a nível de marketing tem normas próprias, em função dos meios de comunicação através dos quais se veiculam

Leia mais

FMC: Alinhando Tradição com Inovação através da Integração de Pessoas e Processos com Soluções de TI

FMC: Alinhando Tradição com Inovação através da Integração de Pessoas e Processos com Soluções de TI FMC: Alinhando Tradição com Inovação através da Integração de Pessoas e Processos com Soluções de TI Com o crescimento acelerado, uma das mais tradicionais empresas do Brasil em produtos agrícolas precisava

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente o potencial da força

Leia mais

O que significa esta sigla?

O que significa esta sigla? CRM Para refletir... Só há duas fontes de vantagem competitiva. A capacidade de aprender mais sobre nossos clientes, mais rápido que o nosso concorrente e a capacidade de transformar este conhecimento

Leia mais

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso: ganhe

Leia mais

Espírito Santo Private Banking aumenta eficiência na gestão de clientes com Dynamics CRM

Espírito Santo Private Banking aumenta eficiência na gestão de clientes com Dynamics CRM Microsoft Dynamics CRM Customer Solution Case Study Espírito Santo Private Banking Espírito Santo Private Banking aumenta eficiência na gestão de clientes com Dynamics CRM Sumário País Portugal Sector

Leia mais

Exemplos de Inovação. Inovações de produto: Exemplos de inovações de produto:

Exemplos de Inovação. Inovações de produto: Exemplos de inovações de produto: Exemplos de Inovação Neste documento apresenta-se uma descrição dos vários tipos de inovação e respectivos exemplos para ajuda no preenchimento das questões relacionadas com a introdução de inovações.

Leia mais

1º de outubro de 2007 A métrica de CRM correta para a sua organização MÉTRICAS REQUEREM DISCIPLINA PARA A IMPLEMENTAÇÃO DE CRM BEM-SUCEDIDA

1º de outubro de 2007 A métrica de CRM correta para a sua organização MÉTRICAS REQUEREM DISCIPLINA PARA A IMPLEMENTAÇÃO DE CRM BEM-SUCEDIDA 1º de outubro de 2007 A métrica de CRM correta para a sua organização por William Band com Sharyn C. Leaver e Mary Ann Rogan SUMÁRIO EXECUTIVO A Forrester entrevistou 58 executivos sobre as melhores práticas

Leia mais

Nota: texto da autoria do IAPMEI - UR PME, publicado na revista Ideias & Mercados, da NERSANT edição Setembro/Outubro 2005.

Nota: texto da autoria do IAPMEI - UR PME, publicado na revista Ideias & Mercados, da NERSANT edição Setembro/Outubro 2005. Cooperação empresarial, uma estratégia para o sucesso Nota: texto da autoria do IAPMEI - UR PME, publicado na revista Ideias & Mercados, da NERSANT edição Setembro/Outubro 2005. É reconhecida a fraca predisposição

Leia mais

A GESTÃO DAS VENDAS COMO UMA FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA

A GESTÃO DAS VENDAS COMO UMA FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA A GESTÃO DAS VENDAS COMO UMA FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA DE QUE FORMA OS GESTORES DE VENDAS ADICIONAM VALOR À SUA ORGANIZAÇÃO? Desenvolver Gestores de Vendas eficazes tem sido uma das grandes preocupações

Leia mais

FÁBRICA DE TINTAS 2000, SA

FÁBRICA DE TINTAS 2000, SA Sérgio Faria sfaria@tintas2000.pt Lisboa - Julho de 2009 FÁBRICA DE TINTAS 2000, SA A CRIATIVIDADE E A INOVAÇÃO COMO FACTORES DE COMPETITIVIDADE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL www.tintas2000.pt Fábrica

Leia mais

Sistemas de Informação Empresarial. Gerencial

Sistemas de Informação Empresarial. Gerencial Sistemas de Informação Empresarial SIG Sistemas de Informação Gerencial Visão Integrada do Papel dos SI s na Empresa [ Problema Organizacional ] [ Nível Organizacional ] Estratégico SAD Gerência sênior

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Para competir com eficácia, as empresas da atualidade precisam se adaptar a um ambiente tecnológico que sofre rápidas mudanças.

Leia mais

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010 Técnicas de Secretariado Departamento Comercial e Marketing Módulo 23- Departamento Comercial e Marketing Trabalho realizado por: Tânia Leão Departamento

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS

PHC Mensagens SMS CS PHC Mensagens SMS CS O potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC O envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo. Uma comunicação com sucesso: ganhos de tempo e de dinheiro

Leia mais

DOSSIER DE IMPRENSA 2015

DOSSIER DE IMPRENSA 2015 DOSSIER DE IMPRENSA 2015 A Empresa A Empresa A 2VG é uma empresa tecnológica portuguesa criada em 2009, que surgiu para colmatar uma necessidade detetada no mercado das tecnologias de informação e comunicação

Leia mais

O aumento da força de vendas da empresa

O aumento da força de vendas da empresa PHC dcrm O aumento da força de vendas da empresa O enfoque total na actividade do cliente, através do acesso remoto à informação comercial, aumentando assim a capacidade de resposta aos potenciais negócios

Leia mais

Programas de Fidelização O Exemplo da GALP. Grupo 2 Luís Maranhão Baltazar Arezes Jorge Landau Madalena Faria Sofia Castro

Programas de Fidelização O Exemplo da GALP. Grupo 2 Luís Maranhão Baltazar Arezes Jorge Landau Madalena Faria Sofia Castro Programas de Fidelização O Exemplo da GALP Grupo 2 Luís Maranhão Baltazar Arezes Jorge Landau Madalena Faria Sofia Castro MBA Executivo em Marketing Marketing Relacional Índice 1. Marketing Relacional

Leia mais

PARA QUE SERVE O CRM?

PARA QUE SERVE O CRM? Neste mês, nós aqui da Wiki fomos convidados para dar uma entrevista para uma publicação de grande referência no setor de varejo, então resolvemos transcrever parte da entrevista e apresentar as 09 coisas

Leia mais

CRM - Customer Relationship Management

CRM - Customer Relationship Management Profª Carla Mota UCB 2014 Unid 2 aula1 CRM - Customer Relationship Management Estratégia de negócio voltada ao entendimento e a antecipação das necessidades dos clientes atuais e potenciais de uma empresa.

Leia mais

O projecto de sistemas de informação para as empresas de "Facility Services" e sua rede de parceiros

O projecto de sistemas de informação para as empresas de Facility Services e sua rede de parceiros PREMIVALOR O projecto de sistemas de informação para as empresas de "Facility Services" e sua rede de parceiros Rita Oliveira SEIDOR roliveira@seidor.es Telef.: +351 210 001 686 Lisboa, 6 Dezembro 2007

Leia mais

PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO

PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO ÍNDICE 11. PRESSUPOSTO BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO 25 NO ALENTEJO pág. 11.1. Um sistema regional de inovação orientado para a competitividade

Leia mais

CRM Uma ferramenta tecnológica inovadora

CRM Uma ferramenta tecnológica inovadora CRM Uma ferramenta tecnológica inovadora Nelson Malta Callegari (UTFPR) nelson.estudo@gmail.com Prof Dr. João Luiz Kovaleski (UTFPR) kovaleski@pg.cefet.br Prof Dr. Antonio Carlos de Francisco (UTFPR) acfrancisco@pg.cefetpr.br

Leia mais

ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK

ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK A Norma ISO/IEC 20000:2011 Information technology Service management Part 1: Service management system requirements é uma Norma de Qualidade que

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS CS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS CS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso:

Leia mais

Qualidade e Inovação. CONTROLO DA QUALIDADE Qualidade e Inovação Trabalho de grupo

Qualidade e Inovação. CONTROLO DA QUALIDADE Qualidade e Inovação Trabalho de grupo CONTROLO DA QUALIDADE Qualidade e Inovação Trabalho de grupo Curso de Arte e Multimédia/Design 2º Semestre 1º Ciclo Ano lectivo 2007/2008 Docente: José Carlos Marques Discentes: Ana Pedro nº 2068207/ Encarnação

Leia mais

Informática. Aula 7. Redes e Telecomunicações

Informática. Aula 7. Redes e Telecomunicações Informática Aula 7 Redes e Telecomunicações Comunicação Empresarial 2º Ano Ano lectivo 2003-2004 Introdução Para as empresas modernas funcionarem eficazmente, são vitais as ligações que conectam as suas

Leia mais

Copyright mypartner HealthCare Software Solutions 2007. v1.0. 13 de Dezembro de 2007 Hotel Tivoli - Coimbra

Copyright mypartner HealthCare Software Solutions 2007. v1.0. 13 de Dezembro de 2007 Hotel Tivoli - Coimbra Copyright mypartner HealthCare Software Solutions 2007 v1.0 1 13 de Dezembro de 2007 Hotel Tivoli - Coimbra Agenda Simplificação Hospitalar. Para uma Saúde melhor. Agenda Soluções de gestão empresarial

Leia mais

Planeam/ Estratégico de SI

Planeam/ Estratégico de SI Planeam/ Estratégico de SI Curso de Engenharia de Sistemas e Informática - 4º ANO Frequência de Planeamento Estratégico de Sistemas de Informação (Teórica) 2002 / 2003 - Data: 2003/07/05 Duração 60 Minutos

Leia mais

EMPRESAS VIRTUAIS. Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes. PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com. Pág.

EMPRESAS VIRTUAIS. Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes. PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com. Pág. EMPRESAS VIRTUAIS Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes Pág. 1 (de 5) PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com EMPRESAS VIRTUAIS Actualmente, vivemos numa época de grandes mudanças

Leia mais

IAPMEI EEN. KMS Knowledge Management Solution

IAPMEI EEN. KMS Knowledge Management Solution IAPMEI EEN KMS Knowledge Management Solution Praia, 1 e 2 de Dezembro de 2011 IAPMEI Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação http://www.iapmei.pt/ Principal instrumento das políticas

Leia mais

Visão de Futuro 2010. F3M Information Systems, S.A.

Visão de Futuro 2010. F3M Information Systems, S.A. 1 Reunir várias entidades do sector óptico nacional e discutir o futuro do sector bem como os temas cruciais para os empresários e intervenientes da área foram os objectivos do evento Visão de Futuro 2010,

Leia mais

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA Introdução Nesta edição do Catálogo de Serviços apresentamos os vários tipos de serviços que compõe a actual oferta da Primavera na área dos serviços de consultoria.

Leia mais

Com esta tecnologia Microsoft, a PHC desenvolveu toda a parte de regras de negócio, acesso a dados e manutenção do sistema.

Com esta tecnologia Microsoft, a PHC desenvolveu toda a parte de regras de negócio, acesso a dados e manutenção do sistema. Caso de Sucesso Microsoft Canal de Compras Online da PHC sustenta Aumento de 40% de Utilizadores Registados na Área de Retalho Sumário País: Portugal Industria: Software Perfil do Cliente A PHC Software

Leia mais

A versão básica disponibiliza a informação criada no Microsoft Navision em unidades de informação

A versão básica disponibiliza a informação criada no Microsoft Navision em unidades de informação O Business Analytics for Microsoft Business Solutions Navision ajuda-o a ter maior controlo do seu negócio, tomar rapidamente melhores decisões e equipar os seus funcionários para que estes possam contribuir

Leia mais

Capítulo 12. Dimensão 7: Aprendizado com o Ambiente. Acadêmica: Talita Pires Inácio

Capítulo 12. Dimensão 7: Aprendizado com o Ambiente. Acadêmica: Talita Pires Inácio Capítulo 12 Dimensão 7: Aprendizado com o Ambiente Acadêmica: Talita Pires Inácio Empresa ABC Crescimento atribuído a aquisições de empresas de menor porte; Esforços de alianças estratégicas e joint-ventures

Leia mais

O nosso desafio é o seu sucesso!

O nosso desafio é o seu sucesso! O nosso desafio é o seu sucesso! Clien tes de Refe rên cia Distribuição Construção Civil Industria Tecnologias Potenciamos o seu negócio A Empre sa. Somos uma empresa especializada na prestação de serviços

Leia mais

Situação mercadológica hoje: Era de concorrência e competição dentro de ambiente globalizado.

Situação mercadológica hoje: Era de concorrência e competição dentro de ambiente globalizado. TECNICAS E TECNOLOGIAS DE APOIO CRM Situação mercadológica hoje: Era de concorrência e competição dentro de ambiente globalizado. Empresas já não podem confiar em mercados já conquistados. Fusões e aquisições

Leia mais

Software de gerenciamento de trabalho

Software de gerenciamento de trabalho Software de gerenciamento de trabalho Software de gerenciamento de trabalho GoalPost O software de gerenciamento de trabalho (LMS) GoalPost da Intelligrated fornece informações sob demanda para medir,

Leia mais

E-Marketing: Tecnologias de informação e de comunicação UFCD E-MARKETING: TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

E-Marketing: Tecnologias de informação e de comunicação UFCD E-MARKETING: TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO E-Marketing: Tecnologias de informação e de comunicação UFCD E-MARKETING: TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO AERLIS Sintra Março 2015 RESUMO DA AULA ANTERIOR RESUMO DA AULA ANTERIOR Destaques sobre

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Desde Janeiro 2006 Responsável pela Unidade de Negócios da Lisboagás para Lisboa e Amadora.

CURRICULUM VITAE. Desde Janeiro 2006 Responsável pela Unidade de Negócios da Lisboagás para Lisboa e Amadora. CURRICULUM VITAE Nome: Nuno Miguel de Campos Matos Vaz Neto Morada: Rua João de Oliveira Miguens, 5-5º C Código Postal e Localidade: 1350-187 Lisboa Nacionalidade: Portuguesa Telefone: +351917765911 E-mail:

Leia mais

Seminário de apresentação da Rede Gestus

Seminário de apresentação da Rede Gestus Seminário de apresentação da Rede Gestus Rede Gestus O LOGOTIPO Rede Gestus Internacionalização Zona 4 Gestus Compras Cartão ECOTUR Portal Gestus Cartão Gestus Contact Center CRM Zona 4 O LOGOTIPO Características:

Leia mais

LICENCIATURA EM GESTÃO CONTROLO DA QUALIDADE

LICENCIATURA EM GESTÃO CONTROLO DA QUALIDADE LICENCIATURA EM GESTÃO 1º Ano 2º semestre CONTROLO DA QUALIDADE Elaborado por: João Gilberto Ramos Abreu 2089506 Nádia Andrade Abreu 2038907 Sónia Vieira da Silva - 2043407 Funchal Abril de 2008 "Criatividade

Leia mais

A grande verdade é que a maioria das empresas está perdendo muito dinheiro tentando criar um negócio online.

A grande verdade é que a maioria das empresas está perdendo muito dinheiro tentando criar um negócio online. Você gostaria de aprender o que os negócios campeões em vendas online fazem? Como eles criam empresas sólidas na internet, que dão lucros por vários e vários anos? A grande verdade é que a maioria das

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE Objectivos do Curso. No final deste os alunos deverão: Identificar os principais objectivos associados à implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade (SGQ) Compreender

Leia mais

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada.

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. Anexo A Estrutura de intervenção As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. 1. Plano de ação para o período 2016

Leia mais

Caso Compal. Docente: Professor Doutor Fernando Gaspar Disciplina: Distribuição

Caso Compal. Docente: Professor Doutor Fernando Gaspar Disciplina: Distribuição Fonte: Google imagens Caso Compal Docente: Professor Doutor Fernando Gaspar Disciplina: Distribuição Discentes: Ivo Vieira nº 080127020 Nuno Carreira nº 080127009 João Franco nº 080127034 Edgar Carvalho

Leia mais