Porque o Sínodo de 2015 não fala de Contracepção?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Porque o Sínodo de 2015 não fala de Contracepção?"

Transcrição

1 Talvez a coisa mais surpreendente sobre as novas Perguntas para o acolhimento e o aprofundamento da Relatio Synodi o pedido de opiniões em preparação para o sínodo de Outubro 2015 não seja o que contêm, mas a ausência de questões sobre um assunto que se poderia esperar de um documento deste género. Entre as 46 questões, nem uma toca diretamente a questão da contracepção. É incrível. Como é que um sínodo que lida com o tratamento pastoral do casamento e da família nos dias de hoje consegue excluir completamente qualquer pergunta que tenha a ver especificamente com um assunto que tem sido central para essas mesmas questões ao longo dos últimos cinquenta anos? Não acredito que seja coincidência. A contracepção tem tido um impacto inegável e grave sobre a instituição do casamento. Pode-se argumentar que o impacto tem sido positivo, mas ninguém pode dizer que se trata de uma preocupação marginal. E, todavia, aqui temos um documento que nem sequer menciona a questão diretamente. Há uns pontos gerais sobre o encorajamento da generosidade no acolhimento da vida e a relação essencial entre o 1 / 8

2 casamento e a abertura à vida; e bem. Mas nunca se toca na relação evidente entre a contracepção e o facto de muitos casamentos estarem fechados a ambos. O documento menciona as mudanças demográficas e perguntas se as pessoas têm consciência das graves consequências que daí advém, sem nunca explicitar de que mudança se fala realmente e evitando assim usar descrições mais sérias como suicídio demográfico ou inverno demográfico, a formulação usada por São João Paulo II. No Humanae Vitae, esta mudança era entendida como sendo uma explosão demográfica*, mas hoje não é o caso. Quão importante pode ser esta questão, se não merece mais do que uma frase na pergunta 43? Os países europeus estão em queda-livre demográfica e o documento contém uma referência vaga e nenhuma referência a contracepção nem aqui nem em parte alguma? 2 / 8

3 Mas não é só a crise demográfica que pede alguma referência de contracepção e da mentalidade contraceptiva. Um dos discernimentos centrais do Beato Paulo VI e, sobretudo, de São João Paulo II era de que o uso de contraceptivos num casamento é destrutivo não só do sentido procriativo, mas também da sua dimensão unitiva. Mas a aparente falta de preocupação com a questão da contracepção parece trair uma convicção de que a instabilidade marital e a crise das famílias tem pouca ou nenhuma relação com o fato de a vasta maioria dos casais católicos usarem contracepção. 3 / 8

4 Mais, existe uma miopia notável em não compreender os falhanços da catequese e das preparações para o matrimónio por todo o mundo no que diz respeito ao mal moral que é a contracepção. E porém, enquanto o documento inclui questões sobre a catequese e a preparação dos matrimónios no que diz respeito à indissolubilidade do casamento, por exemplo, não existe qualquer questão relacionada com uma correta catequese e preparação para o casamento no que diz respeito à contracepção - a não ser que se acredite que a referência à abertura à vida cobre o assunto, o que seria absurdo. Então o que é que se passa aqui? Durante meio século, segmentos inteiros da hierarquia da Igreja, tanto padres como bispos, têm-se mantido em silêncio, para não usar um termo pior, no que diz respeito à contracepção e à preparação para o casamento. O mesmo em relação ao confessionário. Tem sido uma revolução silenciosa. Não podiam mudar a doutrina, por isso ignoravam os ensinamentos. 4 / 8

5 Será que isto explica o silêncio do documento sinodal? Este ensinamento não pode ser alterado, como o Papa Francisco já disse claramente. E, porém parece claro que muitos líderes na Igreja continuam a manter-se cegos à verdade dos ensinamentos de dois grandes papas, de que a contracepção é um veneno para o casamento e para a sociedade em geral. Então qual é a solução? Faz-se o mesmo que se tem feito ao longo das décadas, enterra-se a questão com silêncio. Fala-se vagamente da abertura à vida da generosidade no casamento, mas não se especifica que a contracepção leva as pessoas a estarem fechadas à vida ou egoístas em relação a ter filhos. É como uma comissão médica a falar de SIDA sem referir que ter relações promíscuas tem muito a ver com a sua transmissão. 5 / 8

6 A velha Aliança Europeia, que teve tanta influência nas primeiras fases do Concílio Vaticano II, poderá ter voltado ao poder neste sínodo. Os principais defensores da contracepção no Vaticano II eram principalmente teólogos e bispos europeus que faziam parte desta Aliança Europeia, tão bem retratada no livro The Rhine Flows into the Tiber. Os nomes podem ter mudado, mas a rejeição básica do ensinamento da Igreja sobre contracepção mantém-se. A sensibilidade pastoral exige que se as pessoas querem contraceptivos, então devem tê-los. Esse não é certamente o objetivo do sínodo, mas é uma questão que não vai desaparecer. Se o sínodo se mantiver silencioso sobre o assunto, isso será entendido quase de certeza como um abandono da Igreja em relação a este assunto, ao nível pastoral. A tragédia é que este sínodo poderia ter tido um impacto positivo, não só para a renovação do casamento, mas para salvar um continente Europeu apostado em autodestruir-se. Se não lidarmos diretamente com a questão da contracepção de forma frontal e positiva, então o Sínodo terá pouco impacto na renovação e estabilidade do casamento, e a Europa, bem como 6 / 8

7 a América e grande parte do resto do mundo, continuará a trilhar o caminho do suicídio demográfico, não por meio de armas de destruição maciça, mas através de pílulas minúsculas, mas poderosas. Pe. Mark Pilon O padre Mark A. Pilon, sacerdote da Diocese de Arlington, Virginia, é doutorado em Teologia Sagrada pela Universidade de Santa Croce, em Roma. Foi professor de Teologia Sistemática no Seminário de Mount St. Mary e colaborou com a revista Triumph. É ainda professor aposentado e convidado no Notre Dame Graduate School of Christendom College. 7 / 8

8 *NR Em contrapartida, os casais muçulmanos na Europa procuram ter o maior número possível de filhos, no intuito de aumentar os seguidores, para obter maioria religiosa. Em alguns locais na Inglaterra e França já conseguiram seu intento. 8 / 8

:45 por Filipe d'avillez

:45 por Filipe d'avillez Do consenso à polémica. Os grandes temas do sínodo da família Casamento, moral sexual e evangelização tendo como ponto de partida a família. São alguns dos temas que bispos de todo o mundo e o Papa vão

Leia mais

Entre 5 e 12 de Outubro, decorre o sínodo para a família no Vaticano. É de suma importância para nós católicos. O que é um sínodo?

Entre 5 e 12 de Outubro, decorre o sínodo para a família no Vaticano. É de suma importância para nós católicos. O que é um sínodo? Entre 5 e 12 de Outubro, decorre o sínodo para a família no Vaticano. É de suma importância para nós católicos O que é um sínodo? Um sínodo é um encontro de bispos da Igreja Católica. Pode ser local, de

Leia mais

AS ORIGENS DO PENSAMENTO MODERNO E A IDÉIA DE MODERNIDADE

AS ORIGENS DO PENSAMENTO MODERNO E A IDÉIA DE MODERNIDADE AS ORIGENS DO PENSAMENTO MODERNO E A IDÉIA DE MODERNIDADE Prof. Sandro Luiz Bazzanella AS ORIGENS DO PENSAMENTO MODERNO E A IDÉIA DE MODERNIDADE Modernidade Relacionado ao novo. Àquiloquerompecomatradição.

Leia mais

Nº 39B 33º Domingo do Tempo Comum

Nº 39B 33º Domingo do Tempo Comum Nº 39B 33º Domingo do Tempo Comum-15.11.2015 Semana dos seminários Hoje termina a semana dos Seminários da Diocese de Lisboa, por isso vamos falar um bocadinho de Seminários. Quem sabe o que é um Seminário?

Leia mais

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus Paróquia missionária comunidades de comunidades Animada pela Palavra de Deus Renovação paroquial Toda paróquia é chamada a ser o espaço onde se recebe e se acolhe a Palavra (172). Sua própria renovação

Leia mais

Queriam uma religião mais simples, mais próxima dos ensinamentos de Jesus.

Queriam uma religião mais simples, mais próxima dos ensinamentos de Jesus. Como estudamos anteriormente, no final de Idade Média e início da Idade Moderna, muitas pessoas estavam insatisfeitas com os abusos da Igreja. Queriam uma religião mais simples, mais próxima dos ensinamentos

Leia mais

José Jacinto Ferreira de Farias, scj. A Unção dos Doentes. O Sacramento do Conforto e da Consolação

José Jacinto Ferreira de Farias, scj. A Unção dos Doentes. O Sacramento do Conforto e da Consolação José Jacinto Ferreira de Farias, scj A Unção dos Doentes O Sacramento do Conforto e da Consolação UNIVERSIDADE CATÓLICA EDITORA Lisboa, 2010 In t ro d u ç ã o No conjunto dos manuais que a Faculdade de

Leia mais

O CAMINHO DA VIDA ESPIRITUAL EM CASAL A ESPIRITUALIDADE CONJUGAL

O CAMINHO DA VIDA ESPIRITUAL EM CASAL A ESPIRITUALIDADE CONJUGAL O CAMINHO DA VIDA ESPIRITUAL EM CASAL A ESPIRITUALIDADE CONJUGAL 1 Porquê um Tema de Estudo na pedagogia das ENS 1.1 As três Atitudes Procura Assídua da Vontade de Deus Escritura Doutrina Cultura Razões

Leia mais

DIRETÓRIO DA PASTORAL FAMILIAR doc

DIRETÓRIO DA PASTORAL FAMILIAR doc DIRETÓRIO DA PASTORAL FAMILIAR doc 79-2004 O trabalho da PF é amplo e abrangente; principal enfoque é PROMOVER, FORTALECER e EVANGELIZAR a família. Uma das principais ações: UNIR ESFORÇOS PARA QUE A FAMÍLIA

Leia mais

Comissão Episcopal da Educação Cristã M E N S A G E M. Educação Cristã: um Serviço e um Compromisso

Comissão Episcopal da Educação Cristã M E N S A G E M. Educação Cristã: um Serviço e um Compromisso M E N S A G E M Educação Cristã: um Serviço e um Compromisso 1. A educação é tão importante na vida do ser humano que, sem ela, ninguém cresce harmoniosamente e ultrapassa um estilo de vida marcado pela

Leia mais

Pastoral familiar vila nova famalicão. SEGUNDO A EXORTAÇÃO APOSTÓLICA amoris LAETITIA

Pastoral familiar vila nova famalicão. SEGUNDO A EXORTAÇÃO APOSTÓLICA amoris LAETITIA Pastoral familiar vila nova famalicão A FAMÍLIA QUESOMOS SEGUNDO A EXORTAÇÃO APOSTÓLICA amoris LAETITIA À LUZ DA REDESCOBERTA DA IDENTIDADE CRISTÃ DA FAMÍLIA, SEGUNDO A EXORTAÇÃO APOSTÓLICA AMORIS LAETITIA

Leia mais

NA PALAVRA! ENSINO SECUNDÁRIO

NA PALAVRA! ENSINO SECUNDÁRIO 2ª FEIRA 23 DE OUTUBRO Bom dia a todos! Boa semana! Começamos esta semana com a intenção de oração do Papa Francisco para o mês de outubro. Desta vez o Papa pede-nos que recordemos os direitos dos trabalhadores

Leia mais

RESENHA A HISTÓRIA DAS IDÉIAS NA PERSPECTIVA DE QUENTIN SKINNER

RESENHA A HISTÓRIA DAS IDÉIAS NA PERSPECTIVA DE QUENTIN SKINNER RESENHA A HISTÓRIA DAS IDÉIAS NA PERSPECTIVA DE QUENTIN SKINNER Vander Schulz Nöthling 1 SKINNER, Quentin. Meaning and Understand in the History of Ideas, in: Visions of Politics, Vol. 1, Cambridge: Cambridge

Leia mais

JUVENTUDES E VOCAÇÕES HOJE

JUVENTUDES E VOCAÇÕES HOJE JUVENTUDES E VOCAÇÕES HOJE SEBASTIÃO CORRÊA NETO JUVENTUDES E VOCAÇÕES HOJE CAMINHOS E PERSPECTIVAS PARA UMA PASTORAL VOCACIONAL Direção editorial: Claudiano Avelino dos Santos Assistente editorial: Jacqueline

Leia mais

Um gol contra. Escrito por Elbson do Carmo

Um gol contra. Escrito por Elbson do Carmo O mundo das inutilidades e futilidades foi recentemente sacudido pelo "casamento do ano" entre o craque Ronaldinho e a modelo Daniela Cicarelli. Nada que merecesse nossas páginas, se não fosse por um fato

Leia mais

!" #$! %&% '( CAUSAS: ! "# $ % & ' $ (% & ) * + *, -$. / ++.) */ 0.) 0 0 0*

! #$! %&% '( CAUSAS: ! # $ % & ' $ (% & ) * + *, -$. / ++.) */ 0.) 0 0 0* º º !" #$! %&% '( CAUSAS:! "# $ % & ' $ (% & ) * + *, -$. / ++.) */ 0.) 0 0 0* -/ - !"#$%&'(#)*' $%+&,)* $-./0*1+2 23)4 15 $$ '6 & ) * + *, -$. / ++.) */ Séc. XIV e XV John Wyclif (Inglaterra) Jan Hus

Leia mais

os livros da bíblia LIvRos BÍblia VALORes Para a MInha FAMÍLIA VIRTUOSA LECTIO DIVINA EM FAMÍLIA Com patrocínio de: ISBN

os livros da bíblia LIvRos BÍblia VALORes Para a MInha FAMÍLIA VIRTUOSA LECTIO DIVINA EM FAMÍLIA Com patrocínio de: ISBN os livros da bíblia VALORes Para a MInha FAMÍLIA VIRTUOSA N O V O T E S TA M E N T O ISBN 978-1-62337-142-5 9 T 781623 371425 os LIvRos BÍblia DAN O V O TESTAMENTO Com patrocínio de: os livros dabíblia

Leia mais

3 Política e religião 3.1 Política e religião na América Latina

3 Política e religião 3.1 Política e religião na América Latina Política e religião 3.1 Política e religião na América Latina A intenção de contribuir com um estudo que busca compreender certos aspectos que dizem respeito às idéias político-religiosas de alguns ativistas

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS TEMA: OS RITOS E OS RITUAIS : OS SETE SACRAMENTOS DA IGREJA. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

Papa Francisco e Sínodo dos Bispos

Papa Francisco e Sínodo dos Bispos Papa Francisco e Sínodo dos Bispos Pastoral Juvenil Diocese de Jales QUESTIONÁRIO DIOCESANO PASTORAL JUVENIL: Os Jovens, a fé e o discernimento vocacional A Finalidade deste questionário é auxiliar a Coordenação

Leia mais

HISTÓRIA 1 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO

HISTÓRIA 1 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO HISTÓRIA 1 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 12.2 Conteúdo As Reformas Religiosas

Leia mais

Módulo III O que anuncia a Catequese?

Módulo III O que anuncia a Catequese? Módulo III O que anuncia a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da realidade complexa do ser humano a quem levamos, hoje, uma Boa Nova. Compreender a importância da Sagrada Escritura

Leia mais

Teologicamente, o Matrimónio é considerado como Sacramento porque é a imagem da união de Cristo com a Sua Igreja.

Teologicamente, o Matrimónio é considerado como Sacramento porque é a imagem da união de Cristo com a Sua Igreja. A Instituição do Matrimónio foi oficialmente reconhecida como um dos Sacramentos da Igreja no Concílio de Latrão IV (1215). Antes desta data ele foi sempre considerado como uma realidade religiosa distintamente

Leia mais

Encontro de Bento XVI com os membros do corpo diplomático. XIII Encontro de Agentes Sociopastorais das Migrações em Portugal

Encontro de Bento XVI com os membros do corpo diplomático. XIII Encontro de Agentes Sociopastorais das Migrações em Portugal Paulo Rocha Agência Ecclesia Deveriam ser notícia Percorrer os dias do ano 2013 leva-me ao encontro de muitos acontecimentos que não foram notícia. E deveriam ter sido! Vejamos: se numa noite de inverno,

Leia mais

Roteiro de leitura e síntese para compreender. o significado da Comunidade Eclesial

Roteiro de leitura e síntese para compreender. o significado da Comunidade Eclesial Roteiro de leitura e síntese para compreender o significado da Comunidade Eclesial Comunidade Eclesial Sinal do Reino no presente e no futuro O livro está dividido em 4 capítulos: Refletindo sobre Comunidade

Leia mais

Lista de exercícios de História - 2º Bimestre. Lista de exercícios

Lista de exercícios de História - 2º Bimestre. Lista de exercícios Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Lista de exercícios de História - 2º Bimestre Nome: Ano: 7º A / B Prof. Romão N.: / /17 OS ESTADOS NACIONAIS MODERNOS ABSOLUTISMO MERCANTILISMO SOCIEDADE DE CORTE

Leia mais

VIVER A CATEQUESE BATISMAL. Arquidiocese de Ribeirão Preto

VIVER A CATEQUESE BATISMAL. Arquidiocese de Ribeirão Preto VIVER A CATEQUESE BATISMAL Arquidiocese de Ribeirão Preto O que é Catequese Batismal? A preparação para o Sacramento do Batismo, sem dúvida, é uma tarefa fascinante e necessária à vida pastoral de nossas

Leia mais

O que percebemos... - Ausência da família - Formação do catequista - Adultos que não são prioridades - Pouco envolvimento do clero - Catequese para os sacramentos - Rotatividade dos catequistas

Leia mais

a n a o n s o s d o d o C on o c n í c l í i l o i o V a V t a ic i a c n a o n o I I

a n a o n s o s d o d o C on o c n í c l í i l o i o V a V t a ic i a c n a o n o I I 1962-20122012 50 anos do Concílio Vaticano II Temos um passado nublado em relação ao uso e à leitura da Palavra de Deus. A Reforma Protestante e o Concílio de Trento (1545) evitaram que a Bíblia chegasse

Leia mais

-L Uøib ~ 11H. ASSEMBLEIA MuNICIPAL DE LISBOA. Voto de Pesar. pela morte do Cardeal D. José Policarpo, Patriarca Emérito de Lisboa

-L Uøib ~ 11H. ASSEMBLEIA MuNICIPAL DE LISBOA. Voto de Pesar. pela morte do Cardeal D. José Policarpo, Patriarca Emérito de Lisboa -L Uøib ~ & &ctz 11H ASSEMBLEIA MUNICIPAl. Voto de Pesar pela morte do Cardeal D. José Policarpo, Patriarca Emérito de Lisboa Nascido em 1936, 0. José Policarpo esteve grande parte da sua vida ligado à

Leia mais

Capítulo primeiro: À luz da Palavra

Capítulo primeiro: À luz da Palavra Foi publicada no dia 8 de Abril a Exortação Apostólica pós-sinodal do Papa Francisco sobre a família. Amoris laetitia, a Alegria do Amor é um texto de nove capítulos no qual o Santo Padre recolhe os resultados

Leia mais

* Apostila Nr. 01 O VERDADEIRO SENTIDO DO DIZIMO. DIOCESE DE JOINVILLE SC PASTORAL DO DIZIMO Pe. Ivanor Macieski

* Apostila Nr. 01 O VERDADEIRO SENTIDO DO DIZIMO. DIOCESE DE JOINVILLE SC PASTORAL DO DIZIMO Pe. Ivanor Macieski Apostila Nr. 01 O VERDADEIRO SENTIDO DO DIZIMO DIOCESE DE JOINVILLE SC PASTORAL DO DIZIMO Pe. Ivanor Macieski Introdução Neste primeiro volume da Apostila da Pastoral do dizimo, desejamos aprofundar o

Leia mais

"Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade".

Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade. "Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade". Os Pais, Primeiros Educadores da Fé Existe um ambiente privilegiado em que os casais, sem excluir outros lugares,

Leia mais

SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO

SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO Objetivo geral do encontro: Ao final deste encontro, o grupo deverá ser capaz de compreender o Matrimônio como uma instituição elevada à categoria de Sacramento por Jesus Cristo,

Leia mais

DIOCESE DO PORTO - SECRETARIADO DIOCESANO DA PASTORAL FAMILIAR Recenseamento de práticas pastorais de preparação para o Matrimónio

DIOCESE DO PORTO - SECRETARIADO DIOCESANO DA PASTORAL FAMILIAR Recenseamento de práticas pastorais de preparação para o Matrimónio DIOCESE DO PORTO - SECRETARIADO DIOCESANO DA PASTORAL FAMILIAR Recenseamento de práticas pastorais de preparação para o Matrimónio Constituía um objetivo deste Secretariado, para o ano pastoral de 2016/7,

Leia mais

Evangelhos e atos. Observações

Evangelhos e atos. Observações NOVO TESTAMENTO Muitas vezes e de diversos modos outrora falou Deus aos nossos pais pelos profetas. Ultimamente nos falou por seu Filho (Hebreus 1,1-2) EVANGELHOS E ATOS Evangelhos e atos Os melhores recursos

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO CATEQUÉTICA PARNAÍBA

ESPECIALIZAÇÃO CATEQUÉTICA PARNAÍBA ESPECIALIZAÇÃO CATEQUÉTICA PARNAÍBA 23-24/0102017 Pe. João Paulo PARÓQUIA E INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ PARÓQUIA E CATECUMENATO LINHAS DE AÇÃO DA CATEQUESE PAROQUIAL A URGÊNCIA DE UMA RENOVAÇÃO PAROQUIAL A

Leia mais

Sé Primacial do Brasil Província Anglicana Sagrado Coração

Sé Primacial do Brasil Província Anglicana Sagrado Coração FICHA DE ADESÃO E INACARDINAÇÃO DE MEMBROS Inscrição para: MEMBRO VISITANTE MEMBRO EFETIVO MEMBRO CLERO Nós somos uma Igreja Católica Independente. Separada da Comunhão com o Vaticano e o Papa. Você está

Leia mais

CATEQUESE: A ALEGRIA DO ENCONTRO COM JESUS CRISTO

CATEQUESE: A ALEGRIA DO ENCONTRO COM JESUS CRISTO CATEQUESE: A ALEGRIA DO ENCONTRO COM JESUS CRISTO Apresentação do documento de trabalho para os coordenadores da catequese PROPOSTA DE LEITURA E METODOLOGIA Como surgiu? Um novo documento era pedido pelos

Leia mais

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Três eixos temáticos I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Um eixo transversal: A Igreja em saída na perspectiva ad gentes - Segue o método ver, julgar e agir

Leia mais

Religiões Proféticas

Religiões Proféticas Religiões Proféticas O QUE É RELIGIÃO? Religião é uma fé, uma devoção a tudo que é considerado sagrado. É um culto que aproxima o homem das entidades a quem são atribuídas poderes sobrenaturais. É uma

Leia mais

SÍNTESE DA EXORTAÇÃO A ALEGRIA DO AMOR DO PAPA FRANCISCO

SÍNTESE DA EXORTAÇÃO A ALEGRIA DO AMOR DO PAPA FRANCISCO SÍNTESE DA EXORTAÇÃO A ALEGRIA DO AMOR DO PAPA FRANCISCO Acaba de ser publicada a aguardada Exortação pós-sinodal sobre a Família, do Papa Francisco, que tem por título A alegria do amor (Amoris Laetitia).

Leia mais

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst O MAIOR É O AMOR. Pastoral sobre o casamento e a família à luz de Amoris laetitia

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst O MAIOR É O AMOR. Pastoral sobre o casamento e a família à luz de Amoris laetitia Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst O MAIOR É O AMOR Pastoral sobre o casamento e a família à luz de Amoris laetitia Carta Pastoral dirigida às igrejas da diocese de Rotemburgo-Estugarda na Quaresma Pascal de

Leia mais

PADRES APOLOGISTAS, APOSTÓLICOS E CONTROVERSISTAS... PROFESSOR UILSON FERNANDES 19/09/2016

PADRES APOLOGISTAS, APOSTÓLICOS E CONTROVERSISTAS... PROFESSOR UILSON FERNANDES 19/09/2016 PADRES APOLOGISTAS, APOSTÓLICOS E CONTROVERSISTAS... PROFESSOR UILSON FERNANDES 19/09/2016 DEFINIÇÕES CONCEITUAIS... O nome patrística advém diretamente das figuras desse grande primeiro momento da Filosofia

Leia mais

O DISCERNIMENTO DA CONSCIÊNCIA NA EXORTAÇÃO APOSTÓLICA AMORIS LAETITIA

O DISCERNIMENTO DA CONSCIÊNCIA NA EXORTAÇÃO APOSTÓLICA AMORIS LAETITIA O DISCERNIMENTO DA CONSCIÊNCIA NA EXORTAÇÃO APOSTÓLICA AMORIS LAETITIA André L. Boccato 1 Resumo: A presente reflexão pretende analisar alguns elementos importantes que estão presentes no capítulo oitavo

Leia mais

O MAGISTÉRIO DA IGREJA NA FORMAÇÃO

O MAGISTÉRIO DA IGREJA NA FORMAÇÃO O MAGISTÉRIO DA IGREJA NA FORMAÇÃO ENCONTRO NACIONAL DO MINISTÉRIO DE FORMAÇÃO - 2013 3 PILARES DA REVELAÇÃO PÚBLICA (Catec. 65) Sagrada Escritura - Palavra de Deus dirigida ao Homem por inspiração e escrita

Leia mais

Como definir a Maçonaria?

Como definir a Maçonaria? 1 Como definir a Maçonaria? A Maçonaria define-se a si própria como uma «sociedade iniciática» e uma «organização filantrópica e de procura filosófica» cujos membros são recrutados por cooptação. Afirma-se

Leia mais

ENCONTRO MATRIMONIAL MUNDIAL Secretariado da América Latina

ENCONTRO MATRIMONIAL MUNDIAL Secretariado da América Latina ENCONTRO MATRIMONIAL MUNDIAL Secretariado da América Latina GLOSSÁRIO DE TERMOS MAIS UTILIZADOS NO ENCONTRO MATRIMONIAL MUNDIAL 2017 2 A Apostolado: mudança de vida que acontece quando encontramos uma

Leia mais

Pastor Juan Carlos Ortiz em seu livro diz:

Pastor Juan Carlos Ortiz em seu livro diz: Vemos que hoje até mesmo os pastores protestantes já começam a enxergar que o protestantismo não é uma doutrina que realmente está indo nos ensinamentos de Jesus e já existem alguns que defendam o Papa

Leia mais

NOTA PASTORAL REESTRUTURAÇÃO DA CÚRIA DIOCESANA. 1. A renovação conciliar na reestruturação da Cúria Diocesana

NOTA PASTORAL REESTRUTURAÇÃO DA CÚRIA DIOCESANA. 1. A renovação conciliar na reestruturação da Cúria Diocesana NOTA PASTORAL REESTRUTURAÇÃO DA CÚRIA DIOCESANA 1. A renovação conciliar na reestruturação da Cúria Diocesana A renovação da Igreja, como comunidade enviada em missão, tão necessária para evangelizar a

Leia mais

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa Pe. Henrique Soares da Costa No artigo passado vimos em que sentido o sacramento da Ordem confere um modo especial de participar do único sacerdócio de Cristo. Veremos, agora como é celebrado este sacramento,

Leia mais

MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES

MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES V Conferência Geral do Episcopado da América Latina e Caribe Aparecida, 13 a 31 de

Leia mais

DESTAQUES. A exortação Amoris Laetitia: uma semente nova

DESTAQUES. A exortação Amoris Laetitia: uma semente nova DESTAQUES A exortação Amoris Laetitia: uma semente nova As sementes podem ser velhas ou novas. Algumas carregam a capacidade de germinar porque são sadias, outras a perdem, na medida em que vão ficando

Leia mais

Arquidiocese de Ribeirão Preto

Arquidiocese de Ribeirão Preto ENCONTRO DA PASTORAL DO DÍZIMO Arquidiocese de Ribeirão Preto Casa Dom Luís Brodowski 19 e 20 de Agosto 2017 CNBB Conferência Nacional dos Bispos do Brasil CNBB 14 Outubro de 1952 1º Presidente: Dom Carlos

Leia mais

FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO

FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO Como pode cair no enem A Reforma protestante e a Contrarreforma envolveram aspectos ligados à doutrina da religião cristã e à forma

Leia mais

O PERFIL DO PRESBÍTERO BRASILEIRO

O PERFIL DO PRESBÍTERO BRASILEIRO CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL 53ª Assembleia Geral da CNBB Aparecida, 15 a 24 de abril de 2015 08/53ª AG(Sub) O PERFIL DO PRESBÍTERO BRASILEIRO QUESTIONÁRIO SOBRE O PERFIL DO PRESBÍTERO BRASILEIRO

Leia mais

PADRE ANTÓNIO VIEIRA

PADRE ANTÓNIO VIEIRA PADRE ANTÓNIO VIEIRA Vida Nasceu em Lisboa no ano de 1608 e quando tinha 6 anos a família Vieira veio para o Brasil, pois seu pai foi convidado a trabalhar como escrivão no Tribunal da Relação da Bahia.

Leia mais

«A experiência mostra que, sem alguns pontos de aplicação precisos, as orientações de vida correm o risco de ficar letra morta».

«A experiência mostra que, sem alguns pontos de aplicação precisos, as orientações de vida correm o risco de ficar letra morta». [1] [2] Seguir uma direção de crescimento espiritual e humano supõe tomar um itinerário lógico e obter os meios necessários para seguir fielmente essa direção. «A experiência mostra que, sem alguns pontos

Leia mais

Luís Miguel Rocha. Curiosidades do. Vaticano

Luís Miguel Rocha. Curiosidades do. Vaticano Luís Miguel Rocha Curiosidades do Vaticano Oo Índice Nota do editor... 9 1. A Colunata da Praça de São Pedro... 11 2. Proibição de entrar no Vaticano... 13 3. Resignações e rejeições da eleição para Papa...

Leia mais

Durkheim SOCIEDADE HOMEM. Anos 70 ROCOCÓ DETERMINA OPERÁRIOS

Durkheim SOCIEDADE HOMEM. Anos 70 ROCOCÓ DETERMINA OPERÁRIOS Durkheim Durkheim SOCIEDADE Anos 70 OPERÁRIOS ROCOCÓ DETERMINA HOMEM Sociologia Ciências naturais Sociologia Objetividade Relações causais Bases estatísticas Tipologia Social Sociedades de: Solidariedade

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul 1447 V Mostra de Pesquisa da Pós-Graduação TEOLOGIA E COMUNICAÇÃO Deus e o Humano a partir do Êxodo e Advento na Teologia de Bruno Forte e Jesús Martin-Barbero v Apresentador 1, Jurema Andreolla 1 (orientador)

Leia mais

CONGRESSO INTERNACIONAL DE CATEQUESE

CONGRESSO INTERNACIONAL DE CATEQUESE CONGRESSO INTERNACIONAL DE CATEQUESE Roma, 26 de Setembro de 2013 Hoje teve início o Congresso Internacional de Catequese na cidade do Vaticano, com o tema: O Catequista, Testemunha da Fé, com a participação

Leia mais

Princípios para uma Catequese Renovada. Eu vim para que tenham a vida Jo 10,10

Princípios para uma Catequese Renovada. Eu vim para que tenham a vida Jo 10,10 Princípios para uma Catequese Renovada Eu vim para que tenham a vida Jo 10,10 Por que Renovada? Podemos renovar o que ainda não existe? Como renovar? Introdução A renovação atual da catequese nasceu para

Leia mais

Reforma Religiosa. Setor Aula 9 Reforma Religiosa. Aula. Prof. Edu. 1 Origens. 2 Luteranismo. 3 Calvinismo.

Reforma Religiosa. Setor Aula 9 Reforma Religiosa. Aula. Prof. Edu. 1 Origens. 2 Luteranismo. 3 Calvinismo. Aula 9 Reforma Religiosa 1 Origens 2 Luteranismo Setor 1606 3 Calvinismo 4 Anglicanismo 5 A Reforma Católica Aula 9 Reforma Religiosa 1.1 As críticas à Igreja na Baixa Idade Média Práticas Venda dos cargos

Leia mais

Paróquia missionária. O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade.

Paróquia missionária. O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade. Paróquia missionária O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade. Renovação das paróquias As paróquias são células vivas da Igreja e o lugar privilegiado no qual

Leia mais

Jubileu dos Sacerdotes

Jubileu dos Sacerdotes Jubileu dos Sacerdotes 01/06/2016 Praça de São Pedro Praça de São Pedro - Cidade do Vaticano - Città del Vaticano À imagem do Bom Pastor, o padre é homem de misericórdia e compaixão, próximo à sua gente

Leia mais

Sumário. Fé e intolerância Renovação da mente O que é normal? Dormindo na luz A verdade existe

Sumário. Fé e intolerância Renovação da mente O que é normal? Dormindo na luz A verdade existe Sumário Fé e intolerância Renovação da mente O que é normal? Dormindo na luz A verdade existe 11 17 25 31 37 10 Desafios da vida cristã A verdade existe 11 1 Fé e intolerância Desafios da vida cristã Vivemos

Leia mais

REFORMA E CONTRARREFORMA

REFORMA E CONTRARREFORMA REFORMA E CONTRARREFORMA CONHECER E COMPREENDER A REFORMA PROTESTANTE Porque houve uma Reforma religiosa na Europa? Venda de indulgências Luxo da Igreja Corrupção Falta de vocação de membros do Clero Afastamento

Leia mais

Diretrizes diaconato permanente

Diretrizes diaconato permanente Diretrizes diaconato permanente Enviado por Dom Zeno DIRETRIZES PARA PROMOVER O DIACONATO PERMANENTE NA DIOCESE DE NOVO HAMBURGO... DIRETRIZES PARA PROMOVER O DIACONATO PERMANENTE NA DIOCESE DE NOVO HAMBURGO

Leia mais

ANO DO LAICATO. 26 de novembro de 2017 a 25 de novembro de SOLENIDADE DE CRISTO REI Dia Nacional dos Cristãos Leigos e Leigas

ANO DO LAICATO. 26 de novembro de 2017 a 25 de novembro de SOLENIDADE DE CRISTO REI Dia Nacional dos Cristãos Leigos e Leigas ANO DO LAICATO 26 de novembro de 2017 a 25 de novembro de 2018 SOLENIDADE DE CRISTO REI Dia Nacional dos Cristãos Leigos e Leigas 275, letra i: Realizar o Ano do Laicato, comemorando os 30 anos do Sínodo

Leia mais

V CONFERÊNCIA DO EPISCOPADO DA AMÉRICA LATINA E DO CARIBE

V CONFERÊNCIA DO EPISCOPADO DA AMÉRICA LATINA E DO CARIBE V CONFERÊNCIA DO EPISCOPADO DA AMÉRICA LATINA E DO CARIBE Aloísio Cardeal Lorscheider* 1. Para se introduzir bem a V Conferência Geral do Episcopado Latino-americano e caribenho, é importante ter diante

Leia mais

Capacete de um chefe saxão

Capacete de um chefe saxão Capacete de um chefe saxão Fivela de ouro (séc. VI, Museu Britânico, A Europa no início do século VI Londres, Inglaterra). 2 Fim do Império Romano do Ocidente Guerras civis. Descrédito do Imperador. Fixação

Leia mais

REFORMA PROTESTANTE E REFORMA CATÓLICA VISÃO PANORÂMICA

REFORMA PROTESTANTE E REFORMA CATÓLICA VISÃO PANORÂMICA REFORMA PROTESTANTE E REFORMA CATÓLICA VISÃO PANORÂMICA Martinho Lutero ( 1483-1546 ) 1505 Entra para ordem dos Agostinianos 1507 Ordenado Sacerdote 1513 Professor na Universidade de Wittenberg Constante

Leia mais

1) Observe a imagem a seguir, leia o trecho abaixo e depois responda às questões a e b.

1) Observe a imagem a seguir, leia o trecho abaixo e depois responda às questões a e b. PROVA DE HISTÓRIA GRADUAÇÃO FEV/2005 PG 1 1) Observe a imagem a seguir, leia o trecho abaixo e depois responda às questões a e b. Interior da nave da catedral de Notre-Dame de Laon, século XII Os esforços

Leia mais

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA?

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? O documento Conclusivo da V Conferência contém inúmeras e oportunas indicações pastorais, motivadas por ricas reflexões à luz da fé e do atual contexto

Leia mais

Prefácio dos organizadores... Introdução...

Prefácio dos organizadores... Introdução... SUMÁRIO Prefácio dos organizadores... XI SEÇÃO IX HISTÓRIA DA IGREJA NO SÉCULO XIX Kurt Nowak e Hubert W olf Parte A História da Igreja evangélica a partir da Revolução Francesa até o final da Primeira

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 011/2007-PROEC/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 011/2007-PROEC/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 011/2007-PROEC/UNICENTRO Aprova o projeto de extensão Escola de Teologia para Leigos Nossa Senhora das Graças, na modalidade de curso de extensão, na categoria de projeto de extensão permanente,

Leia mais

Confira a programação do ENF 2017 Sex, 06 de Janeiro de :35

Confira a programação do ENF 2017 Sex, 06 de Janeiro de :35 Foi divulgada na tarde dessa quinta-feira (05) aprogramação do Encontro Nacional de Formação para Coordenadores e Ministérios, o ENF de Ouro, que acontecerá de 25 a 29 de janeiro, no Centro de Eventos

Leia mais

A Santa Sé CONSTITUIÇÃO APOSTÓLICA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II FIDEI DEPOSITUM

A Santa Sé CONSTITUIÇÃO APOSTÓLICA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II FIDEI DEPOSITUM A Santa Sé CONSTITUIÇÃO APOSTÓLICA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II FIDEI DEPOSITUM PARA A PUBLICAÇÃO DO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA REDIGIDO DEPOIS DO CONCÍLIO VATICANO II Aos veneráveis Irmãos Cardeais.

Leia mais

Grupo Pastoral Contacto Telemóvel/Telf.

Grupo Pastoral Contacto Telemóvel/Telf. Grupo Pastoral Contacto Telemóvel/Telf. E-mail Setembro 2015 Dia Data Hora Ação qui 03-09-2015 9:30 Adoração ao Santíssimo das 09:30 às 19:00 21:30 Reunião do Grupo Bíblico sex 04-09-2015 21:15 Reunião

Leia mais

I CONGRESSO ESTADUAL DE TEOLOGIA De 18 a 20 de agosto de 2016

I CONGRESSO ESTADUAL DE TEOLOGIA De 18 a 20 de agosto de 2016 INSTITUTO TEOLÓGICO DA IBIAPABA I CONGRESSO ESTADUAL DE TEOLOGIA De 18 a 20 de agosto de 2016 TEMA: O DESAFIO DE PASTOREAR EM TEMPOS DE SECULARIZAÇÃO APRESENTAÇÃO O Instituto Teológico da Ibiapaba (INTI)

Leia mais

As Parábolas do Reino

As Parábolas do Reino As Parábolas do Reino dos Céus, mas a eles não..» Ambiente: Hoje e nos próximos dois domingos, o Evangelho apresenta-nos parábolas de Jesus. A parábola é uma imagem ou comparação, através da qual se ilustra

Leia mais

o sacramento do matrimônio e as causas de nulidade

o sacramento do matrimônio e as causas de nulidade o sacramento do matrimônio e as causas de nulidade Coleção Sacramentos hoje O Sacramento da Confirmação Perspectivas teológico-pastorais, V. M. Goedert Sacramentos da iniciação cristã, Félix Moracho Galindo

Leia mais

Propriedades essenciais da Igreja: a unidade, a catolicidade, a santidade e a apostolicidade

Propriedades essenciais da Igreja: a unidade, a catolicidade, a santidade e a apostolicidade O Instituto de Educação a Distância, IEAD RCCBRASIL, oferece aos carismáticos a oportunidade de se aprofundarem na História da Igreja. O curso tem o objetivo de estudar os modelos eclesiológicos e missionários,

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Perfil de aprendizagem de História 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Das sociedades recolectoras às primeiras civilizações Das sociedades recolectoras às primeiras sociedades produtoras 1. Conhecer o processo

Leia mais

Unidade 2: Teoria Sociológica de Durkheim. Sociologia Geral - Psicologia Igor Assaf Mendes

Unidade 2: Teoria Sociológica de Durkheim. Sociologia Geral - Psicologia Igor Assaf Mendes Unidade 2: Teoria Sociológica de Durkheim Sociologia Geral - Psicologia Igor Assaf Mendes Teorias e Perspectivas Sociológicas Funcionalismo: enfatiza que o comportamento humano é governado por estruturas

Leia mais

CONSELHO DIOCESANO DA PASTORAL DA JUVENTUDE

CONSELHO DIOCESANO DA PASTORAL DA JUVENTUDE CONSELHO DIOCESANO DA PASTORAL DA JUVENTUDE (EM REVISÃO) ÍNDICE 0. Aprovação (Sr. Bispo) 1. Natureza e denominação 2. Objetivos 3. Membros 4. Participação 5. Funcionamento 6. Competências 7. Disposições

Leia mais

Na teoria, parece ser um passo fácil de se dar, mas na prática não é simples. Pois exige:

Na teoria, parece ser um passo fácil de se dar, mas na prática não é simples. Pois exige: Apresentação Há pouco mais de três anos, nossa Igreja de Curitiba decidiu iniciar um caminho de experiências missionárias em nossas comunidades paroquiais. Tomamos a peito esta tarefa de nos colocar em

Leia mais

ESTRUTURA FAMILIAR E DINÂMICA SOCIAL

ESTRUTURA FAMILIAR E DINÂMICA SOCIAL O QUE É A FAMÍLIA? Família surgiu em Roma para identificar um novo grupo social que surgiu entre tribos latinas, ao serem introduzidas à agricultura e também escravidão legalizada. A família caracteriza

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS Tema: Deus se mostra as pessoas: o simbolismo nas religiões. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

study. New York/Mahwah: NJ/Paulist Press, p.

study. New York/Mahwah: NJ/Paulist Press, p. GORSKI, Eugene F. Theology of religions. A sourcebook for interreligious study. New York/Mahwah: NJ/Paulist Press, 2008. 324 p. João Batista Libanio * O livro quer ser uma fonte de dados para o estudo

Leia mais

E.E. ÁREA SERVIÇO NACIONAL SACERDOTES AREA DE SERVIÇO NACIONAL SACERDOTE

E.E. ÁREA SERVIÇO NACIONAL SACERDOTES AREA DE SERVIÇO NACIONAL SACERDOTE AREA DE SERVIÇO NACIONAL SACERDOTE Pe. NIVALDO, ARIALDA E ZÉ Reunião do Conselho Nacional 1 6/29/2017 ESTRUTURA: 1. ÁREA DE SERVIÇO SACERDOTES NACIONAL 2. ÁREA DE SERVIÇO SACERDOTES REGIONAL 3. ÁREA DE

Leia mais

15/8/2011. Dom Dimas MINISTÉRIO DO CATEQUISTA. Apresentação (D. Eugênio Rixen)

15/8/2011. Dom Dimas MINISTÉRIO DO CATEQUISTA. Apresentação (D. Eugênio Rixen) MINISTÉRIO DO CATEQUISTA Dom Dimas Mesmo crescendo o número de serviços eclesiais, o do catequista ainda é necessário e fundamental e com características peculiares (RM 73). Isto vem sendo estudado e refletido

Leia mais

NÃO TEMAS! ESTOU CONTIGO! 2ª FEIRA 23 DE OUTUBRO PALAVRA DE DEUS

NÃO TEMAS! ESTOU CONTIGO! 2ª FEIRA 23 DE OUTUBRO PALAVRA DE DEUS 2ª FEIRA 23 DE OUTUBRO PALAVRA DE DEUS É já esta semana que celebramos a Festa da Santidade Juvenil Salesiana. Já muito foi falado sobre como poderemos atingir a Santidade e, de facto, sabemos que é algo

Leia mais

Nova Estrutura do Curso: Avisos

Nova Estrutura do Curso: Avisos Nova Estrutura do Curso: Avisos Nova Estrutura do Curso Disciplinas de Teologia Sistemática: Introdução a Teologia Sistemática Doutrina de Deus Teontologia Doutrina do Ser Humano Antropologia Doutrina

Leia mais

Documentos sobre o diálogo inter-religioso

Documentos sobre o diálogo inter-religioso 4 2017 Documentos sobre o diálogo inter-religioso D. Miguel Ángel Ayuso Guixot, MCCJ Secretário do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso Caros irmãos no episcopado, Agradeço a oportunidade

Leia mais

AGRADECIMENTOS 17 PREFÁCIO 21. INTRODUçAo 33 I PARTE - GEOGRAFIA E HISTÓRIA CIVIL 37. Geografia 39 História Civil ~ 43

AGRADECIMENTOS 17 PREFÁCIO 21. INTRODUçAo 33 I PARTE - GEOGRAFIA E HISTÓRIA CIVIL 37. Geografia 39 História Civil ~ 43 AGRADECIMENTOS 17 PREFÁCIO 21 INTRODUçAo 33 I PARTE - GEOGRAFIA E HISTÓRIA CIVIL 37 Geografia 39 História Civil ~ 43 11PARTE - HISTÓRIA ECLESIÁSTICA - I PERÍODO.47 Os Dominicanos na Insulíndia 49 Capítulo

Leia mais

de Jesus, nos é dada a oportunidade de iluminar as nossas ações.

de Jesus, nos é dada a oportunidade de iluminar as nossas ações. Novena de Natal O tempo do Advento é constituído das quatro semanas que antecedem o Natal do Senhor. É, portanto, tempo de piedosa espera. Ora, esperar uma pessoa querida requer alegre e cuidadosa preparação.

Leia mais

QUANDO UM PASTOR DEVE SE NEGAR A REALIZAR UM CASAMENTO? Por Brian Croft.

QUANDO UM PASTOR DEVE SE NEGAR A REALIZAR UM CASAMENTO? Por Brian Croft. QUANDO UM PASTOR DEVE SE NEGAR A REALIZAR UM CASAMENTO? Por Brian Croft. www.santoevangelho.com.br Um pastor deve realizar o casamento de dois não-cristãos? E, quanto a um cristão se casar com um não-cristão?

Leia mais