Software Livre / Aberto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Software Livre / Aberto"

Transcrição

1 Software Livre / Aberto O que é e como podemos beneficiar dele. GNU Raul Pedro Santos - -

2 Software Livre (Free Software) Definição de Software Livre, escrita pela Free Software Foundation (FSF): «Free software is a matter of liberty, not price. To understand the concept, you should think of free as in free speech, not as in free beer.» Fonte:

3 Software Livre (Free Software) A ideia do Software Livre é que os seus utilizadores o possam utilizar, copiar, distribuir, estudar, modificar e melhorar. Mais precisamente, referese a quatro tipos de liberdades/direitos, para os utilizadores do software: 1. A liberdade de estudar como o programa funciona e adaptá-lo às suas necessidades. Acesso ao código do software é uma pré-condição para isto. 2. A liberdade de distribuir cópias do software, para que se possam ajudar terceiros. 3. A liberdade de melhorar o software e tornar públicas as alterações que levaram a essa melhoria, para que toda a comunidade possa beneficiar destas. Acesso ao código do software é uma pré-condição para isto. 4. A liberdade de utilizar o programa, para qualquer fim. Fonte:

4 Software Livre (Free Software) Software é considerado Software Livre se os seus utilizadores tiverem todas estas liberdades. Assim, um utilizador deverá poder distribuir cópias do software, modificadas ou não, gratuitamente ou cobrando um valor pela distribuição, para qualquer pessoa e em qualquer local. Ter as referidas liberdades significa (entre outras coisas) que não é necessário pedir qualquer tipo de permissões ao(s) autor(es) do software.

5 Software Proprietário Software Proprietário é software que impõe restrições que condicionam a sua utilização e posse. Também chamado software fechado (closed source), ou nãolivre (non-free) devido ao seu código fonte não estar disponível ao público e por não conceder determinados direitos aos seus utilizadores. Exemplos do dia-a-dia: Microsoft Windows, Microsoft Internet Explorer, Microsoft Office, MSN Messenger, Adobe Photoshop... Existe Software Proprietário que é livre de custos (gratuito, freeware) mas não é livre. Exemplos: Acrobat Reader, Opera, ZoneAlarm, AVG, Irfanview...

6 Software Aberto (Open Source) A definição de Software Aberto, escrita pela Open Source Initiative (OSI), é muito semelhante à definição de Software Livre. Qual a diferença? «The fundamental difference between the two movements is in their values, their ways of looking at the world. For the Open Source movement, the issue of whether software should be open source is a practical question, not an ethical one. As one person put it, Open source is a development methodology; free software is a social movement. ' For the Open Source movement, non-free software is a suboptimal solution. For the Free Software movement, non-free software is a social problem and free software is the solution.» Fonte:

7 Software Aberto (Open Source) O conjunto de liberdades/direitos que são essenciais para o Software Livre não é necessariamente essencial para o Software Aberto. A OSI aceita algumas licenças de software que impõem algumas restrições aos utilizadores, restrições essas que a FSF considera inaceitáveis. Na prática, se não precisarmos de ser minuciosos, os termos Software Livre e Software Aberto podem ser usados com o mesmo significado.

8 O que é o Linux? Um sistema operativo semelhante ao UNIX, criado de raíz por programadores de todo o mundo. Começou como um hobby de um estudante, Linus Torvalds, de uma Universidade Finlandesa em Hoje pode considerar-se uma indústria, a qual move vários biliões de dólares por ano. É capaz de correr numa enorme variedade de sistemas informáticos, desde sistemas minúsculos (frigoríficos, torradeiras, telemóveis, calculadoras) até grandes mainframes, passando por sistemas militares, médicos, espaciais, entre muitos outros. É software Livre, licenciado através da GNU Public License (GPL). Muitas vezes é considerado o ícone do software livre.

9 O que é o Linux? O que é uma distribuição de Linux? Distribuições de Linux são sistemas operativos completos, compostas pelo Linux como núcleo do sistema operativo e uma infinidade de pacotes de Software Livre que permitem o utilizador fazer tudo o que faz normalmente com sistemas proprietários. Existem milhares de diferentes distribuições de Linux, cada uma preenchendo uma ou mais necessidades de diversas áreas (educação, medicina, indústria, indústria militar, aviação, computação científica, etc). Esta enorme variedade de distribuições é benéfica, pois, para além de o software estar disponível gratuitamente, temos tanto por onde escolher que certamente iremos encontrar uma solução para as nossas necessidades. O website mantém uma base de dados de imensas distribuições, com artigos sobre as mesmas e links para os respectivos websites.

10 Software Livre: Porquê? Porquê escolher Software Livre? Liberdade Segurança Estabilidade Custos

11 Software Livre: Liberdade Código disponível = possibilidade de adaptar os programas às necessidades. Um programa pode evoluír para algo que o seu autor nunca imaginou. Se desaparecer uma empresa que trabalha num programa, o software poderá continuar a ser desenvolvido, pois o código está disponível. Mesmo que não saiba programar, pode sempre contribuir para o programa ao detectar erros, sugerir novas funcionalidades, escrever documentação, etc. Liberdade para escolher outro fornecedor de software. Sem obrigação de efectuar upgrades desnecessários e dispendiosos.

12 Software Livre: Liberdade Sem limites de exploração/aprendizagem O código disponível melhora o processo de aprendizagem. Mais alternativas Melhor compreensão Software Livre geralmente tem mais produtos para o mesmo fim. Os estudantes são expostos a um maior conjunto de funcionalidades e ideias. Ensina um modelo de colaboração Relevante para todo o ensino e investigação, mesmo em campos fora da informática.

13 Software Livre: Liberdade Não está preso a licenças questionáveis Aqui ficam alguns pontos interessantes da licença do Windows XP, traduzidos da linguagem formal e legal para linguagem corrente: You agree that at any time, and at the request of content providers Microsoft may disable certain features on your computer, such as the ability to play your music or movie files. Microsoft assures you that Windows XP Home will work correctly for the first 90 days. They do not assure you that Windows XP Home or any service packs or hot fixes will work correctly after this time. Fonte:

14 Software Livre: Liberdade Não está preso a licenças questionáveis Aqui ficam alguns pontos interessantes da licença do Windows XP, traduzidos da linguagem formal e legal para linguagem corrente: You agree that Microsoft can automatically and without your consent put new software on your computer. Microsoft will not be liable for any damages caused by viruses, even if those viruses are the result of security problems in Windows XP Home. Software developers cannot attempt to figure out how Windows XP Home works for any reason. Fonte:

15 Software Livre: Liberdade Não está preso a licenças questionáveis Aqui ficam alguns pontos interessantes da licença do Windows XP, traduzidos da linguagem formal e legal para linguagem corrente: Microsoft is not liable even if they break the terms of this agreement.?!?!?!?!?!?! Fonte:

16 Software Livre: Segurança Por muito dinheiro que uma empresa tenha, tem sempre um limite no número de pessoas que analizam o seu código e testam a segurança dos seus programas. O Software Livre, devido à sua natureza livre e aberta, tem milhões de pessoas de todo o mundo a analizarem o seu código, a testarem a sua segurança, a corrigirem erros e melhorar o programa constantemente. Vírus, spyware, etc. são practicamente inexistentes para sistemas operativos Livres devido à sua arquitectura e típica utilização (sem privilégios de administração). É também muito raro os computadores de terceiros serem usados por hackers para atacar outros sistemas.

17 Software Livre: Segurança O Windows e algum software da Microsoft são especialmente vulneráveis: Em Junho de 2003, a Universidade de Harvard viu a correspondência entre os administradores e o Reitor ficar totalmente acessíveis ao público, devido a um vírus que afectou os seus sistemas Windows. Em Novembro de 2002, um bug do Internet Explorer permitiu que websites e s controlassem computadores. Sites-exemplo demonstravam a execução de um simples mas potencialmente perigoso comando FORMAT A: no computador do visitante, simplesmente por aceder ao website! Em Janeiro de 2003, a central nuclear Davis-Besse, em Ohio teve o seu equipamento de segurança totalmente desactivado durante 5 horas devido ao vírus ( worm ) Slammer que atingiu os seus sistemas Microsoft SQL Server!

18 Software Livre: Segurança A Microsoft leva, por vezes, mais de duas semanas a corrigir uma falha de segurança nos seus produtos. As falhas encontradas em Software Livre são geralmente corrigidas de um dia para o outro ou em prazos de tempo extremamente curtos. Exemplos de vírus e os respectivos impactos em sistemas Microsoft: Nome comum SQL Slammer Bugbear Frethem Elkern Klez Nimda Code Red Impacto do ataque O número de infecções duplicava a cada 8.5 segundos Mais de 2 milhões de computadores infectados 12 variantes nos primeiros dois meses de actividade Detectado em mais de 40 países 9 biliões de dólares em perdas de produtividade Espalhou-se por todo o mundo em cerca de 30 minutos O Número de infecções duplicava a cada 37 minutos

19 Software Livre: Estabilidade Quantas vezes por dia tem de reiniciar o seu computador? O Linux pode estar meses em funcionamento sem ter de ser reiniciado, sem que isso afecte o seu desempenho. O factor de segurança que acabámos de ver é em grande parte responsável por esta estabilidade. Tal como anteriormente, o facto de ter milhões de pessoas a utilizarem, testarem e melhorarem o software todos os dias, resulta numa qualidade superior. O restante mérito da estabilidade do Linux deve-se à sua arquitectura, a qual, apesar de ser antiga, é extremamente sólida e robusta.

20 Software Livre: Estabilidade Estatísticas de utilização de servidores web, em Novembro de 2006 Apache: Microsoft IIS: Numa área tão delicada, valiosa e hostil como a Internet, as escolhas têm de ser muito bem ponderadas, pois qualquer pequena falha pode significar a perda de dados confidenciais ou ter custos monetários de dimensões bastante grandes. A maior escolha do servidor Apache (que é Software Livre) em deterimento do seu maior concorrente, o Microsoft Internet Information Server, é um exemplo de que os grandes mercados percebem que a qualidade do Software Livre é superior à de muito Software Proprietário.

21 Software Livre: Estabilidade

22 Software Livre: Custos Totalmente livre de custos de aquisição Parte da filosofia do Software Livre Suporte técnico de custos reduzidos Dado que o software é livre de custos e o seu código está disponível, qualquer pessoa pode aprender como trabalhar com o software e suportá-lo, o que leva a mais mão de obra e preços mais baixos. Actualizações totalmente livres de custos Com sistemas proprietários, somos quase obrigados a fazer actualizações frequentes, as quais têm um custo associado. Custos de hardware reduzidos Software Livre é, regra geral, menos exigente em termos de hardware do que software proprietário. Por exemplo, o Linux corre perfeitamente bem em sistemas 386 antigos.

23 Software Livre: Custos Para locais com muitos postos de trabalho, Software Livre representa poupanças da ordem de vários milhares de Euros. Exemplo comparativo: Uma escola com 150 computadores, nos quais estarão instalados o sistema operativo Windows e o Microsoft Office, entre as restantes aplicações que também serão necessárias. O custo unitário do Windows é de 160 e o do Office é de 200. O custo unitário dos computadores é de computadores X ( ) Euros = Euros

24 Software Livre: Custos Exemplo comparativo: Uma escola com 150 computadores, nos quais estarão instalados o sistema operativo Linux, com as restantes aplicações de Software Livre que estão disponíveis. Não existem custos de aquisição do software pois é software Livre. O custo unitário dos computadores é de computadores X 750 = A simples mudança de Software Proprietário para Software Livre poupou ! Não estamos a contabilizar o restante software que é necessário para cada computador, como programas de tratamento de imagem, ambientes de programação, etc., para os quais também existem alternativas de Software Livre.

25 Software Livre: Custos Conceito de thin client: Um thin client é um computador cujos componentes foram reduzidos ao mínimo indispensável para poder trabalhar em rede. Geralmente tem apenas o monitor, teclado, rato, motherboard, CPU, uma placa gráfica e uma placa de rede ficam de fora as drives de CD e DVD, o disco rígido, eventualmente a placa de som, entre outras coisas. Isto não permite utilizar o thin client como um posto de trabalho normal, pois não pode ter um sistema operativo instalado. No entanto, o thin client pode receber, através da sua placa de rede, tudo o que necessita para trabalhar. Assim sendo, podemos ter uma sala de computadores com diversos thin clients e um computador relativamente normal a fazer de servidor, de onde os thin clients recebem o softwre necessário para funcionarem como postos de trabalho normais para alunos ou professores.

26 Software Livre: Custos Utilização de thin clients 150 computadores 100 podem ser thin clients; custo unitário de terão de ser um pouco mais potentes para servirem os restantes; custo unitário de x x 900 = Temos uma poupança total de em comparação com o nosso caso inicial!

27 Software Livre: Custos Para além dos custos de aquisição de software serem inexistentes, há ainda a vantagem de não existirem custos recorrentes quando for necessário efectuar uma actualização dos sistemas operativos, o que não acontece quando se utilizam sistemas proprietários. Por fim, optando pela solução de thin clients, temos ainda um custo de manutenção do hardware muito inferior, pois cada computador terá menos peças, à excepção dos servidores, que serão máquinas de parâmetros relativamente normais.

28 Software Livre: Custos Com poupanças desta magnitude, porque motivo não se usa (mais) Software Livre nas escolas e no governo?

29 Software Livre: Desvantagens Desvantagens do Software Livre Custos de migração Apesar de o Software ser livre de custos, se uma empresa já trabalhar com Software Proprietário, alguém tem de efectuar a mudança. Custos de formação Pode ser necessário dar formação específica a funcionários que não conheçam o novo software. Mercados de nicho Se for necessário algum software muito específico, esse software pode não estar disponível para plataformas Livres.

30 Software Livre: Mitos Não existe muito Software Livre disponível. Software Livre é mais complicado de usar que Software Proprietário. Não existem jogos para Linux. O Software Proprietário segue normas e standards e o Software Livre não. Não existe suporte técnico para Software Livre. Só existe Software Livre para Linux.

31 Software Livre: Vitórias Israel slams the door on Microsoft Outubro de 2003; UK tests open source waters Outubro de 2003; Japan, China, S Korea to jointly develop Windows replacement Setembro de 2003; Linux reaches Afghanistan Julho de 2003; Europe's Microsoft Alternative Novembro de 2002;

32 Software Livre: Vitórias Bristol City Council Converts 5,500 desktops to StarOffice Março de 2006; Linux Spreads Its Wings In India Outubro de 2006; Full steam ahead for Linux in Munich Outubro de 2006; IBM Germany Leaving Vista for Linux Março de 2006; French Government Recommends Standardizing on ODF Outubro de 2006;

33 Software Livre: Como começar? Exemplos de Software Livre para Windows Mozilla Firefox Um web browser que respeita os standards. É muito mais seguro que o Internet Explorer. É praticamente invulnerável a vírus e spyware. Tem mais funcionalidades que o Internet Explorer. O lançamento da versão 1.0 contou com 25 milhões de downloads em apenas 99 dias. O lançamento da versão 2.0 contou com mais de 2 milhões de downloads nas primeiras 24 horas. Não é qualquer projecto de software que, sendo gratuito, tem um anúncio de duas páginas inteiras no New York Times a agradecer a todas as pessoas que contribuíram para o seu desenvolvimento - Download gratuito em:

34 Software Livre: Como começar? Exemplos de Software Livre para Windows Mozilla Thunderbird Um programa de robusto e fácil de usar. É muito mais seguro que o Outlook e Outlook Express. É praticamente invulnerável a vírus e spyware. Download gratuito em:

35 Software Livre: Como começar? Exemplos de Software Livre para Windows OpenOffice.org Um conjunto de programas de office, tal como o Microsoft Office. Contém aplicações para processamento de texto, folhas de cálculo, apresentações multimédia, cálculo matemático e desenho. Compatível com documentos do Microsoft Office. Download gratuito em:

36 Software Livre: Como começar? Exemplos de Software Livre para Windows Gimp Um programa de tratamento de imagem, como o Photoshop. Compatível com ficheiros do Photoshop. Suporta uma infinidade de formatos de imagens. Download gratuito em: Existe uma versão modificada para ser semelhante ao Photoshop. Download gratuito em:

37 Software Livre: Como começar? Exemplos de Software Livre para Windows Audacity Um programa de tratamento de som. Permite editar uma infinidade de formatos: MP3, WAV, OGG, etc. Permite editar e adicionar efeitos sonoros. Funcionalidades extensíveis através de plugins. Download gratuito em:

38 Software Livre: Como começar? Exemplos de Software Livre para Windows Celestia Simulador espacial. Permite visitar o sistema solar e milhares de estrelas. Imagens fantásticas em 3D. Download gratuito em: Galeria de imagens em:

39 Software Livre: Como começar? E porque não experimentar o Linux sem o instalar? Ubuntu Live CD Distribuição de Linux chamada Ubuntu. Corre a partir do CD, sem necessitar de ser instalada. Extremamente fácil de utilizar. Permite experimentar o Linux sem qualquer compromisso. Download gratuito em:

40 Utilização deste trabalho No mesmo espírito de colaboração e partilha de informação do Software Livre, esta apresentação é disponibilizada ao público através da licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.5 License, que permite a sua utilização e modificação, mediante as seguintes condições: Atribuição. O utilizador deve dar crédito ao autor original, da forma especificada pelo autor ou licenciante. Uso Não-Comercial. O utilizador não pode utilizar esta obra para fins comerciais. Partilha nos termos da mesma Licença. Se alterar, transformar, ou criar outra obra com base nesta, só poderá distribuir a obra resultante através de uma licença idêntica a esta. A licença pode ser vista em ou pedida através de carta para Creative Commons, 543 Howard Street, 5th Floor, San Francisco, California, 94105, USA. Para fins lucrativos/comerciais, os interessados deverão contactar o autor, Raul Pedro Fernandes Santos, através do e especificar qual a utilização que pretendem dar a este trabalho.

Carla Morais e João Paiva. Software Educativo 2009/2010

Carla Morais e João Paiva. Software Educativo 2009/2010 Carla Morais e João Paiva Software Educativo 2009/2010 Os conceitos: Software livre e Open Source O conceito de Software livre (Free Software, no original), anterior ao de Open source, foi cunhado por

Leia mais

Como é o desenvolvimento de Software?

Como é o desenvolvimento de Software? Como é o desenvolvimento de Software? Fases do Desenvolvimento Modelo Cascata Define atividades seqüenciais Outras abordagens são baseadas nesta idéia Especificação de Requisitos Projeto Implementação

Leia mais

Projecto SDAC 2010. Sistema Operativo Open Source. Curso: Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos

Projecto SDAC 2010. Sistema Operativo Open Source. Curso: Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Projecto SDAC 2010 Sistema Operativo Open Source Curso: Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Disciplina: Sistemas Digitais e Arquitectura de Computadores Professores: Catarina Santos/Paulo Guimarães

Leia mais

O Linux e software Open Source em ambiente Hospitalar O caso do HAL

O Linux e software Open Source em ambiente Hospitalar O caso do HAL O Linux e software Open Source em ambiente Hospitalar O caso do HAL Divisão de Informática - António Cardoso Martins (informatica@hal.min-saude.pt) 1 Agenda Apresentação do Hospital Amato Lusitano A Divisão

Leia mais

Aula 01. Introdução ao Linux

Aula 01. Introdução ao Linux Aula 01 Introdução ao Linux Introdução Objetivos aprender a usar um novo sistema aprender a usar uma nova interface Como no Windows navegar pela internet (e-mails, facebook, etc) criar pastas e arquivos

Leia mais

A importância do Software Livre no mundo de hoje

A importância do Software Livre no mundo de hoje A importância do Software Livre no mundo de hoje Date : 15 de Janeiro de 2014 Por Luis da Costa para o Pplware! Uma questão de conceitos, termos e liberdades. Uma das grandes e mais importantes temáticas

Leia mais

Informática Básica: aplicativos de escritório Aula 2 Instrutores: Arisneuza Gonçalves Isail Araújo Danilo Azevedo

Informática Básica: aplicativos de escritório Aula 2 Instrutores: Arisneuza Gonçalves Isail Araújo Danilo Azevedo Informática Básica: aplicativos de escritório Aula 2 Instrutores: Arisneuza Gonçalves Isail Araújo Danilo Azevedo História do Linux 1987 S.O Minix Andrew S. Tanembaum 1960 Multics Unics - Unix S.O Ken

Leia mais

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 06/10/2009 10:21 Leite Júnior

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 06/10/2009 10:21 Leite Júnior ÍNDICE SOFTWARE LIVRE / OPEN SOURCE...2 PROPRIEDADE INTELECTUAL...2 GRAUS DE RESTRIÇÃO EM LICENÇAS DE SOFTWARE...2 LICENÇAS DE SOFTWARE...2 OPEN SOURCE...2 SOFTWARE LIVRE...2 GNU GPL...4 GNU LGPL...4 SOFTWARE

Leia mais

São programas de computador utilizados para realizar diversas tarefas É a parte lógica do computador, o que faz o computador realmente funcionar.

São programas de computador utilizados para realizar diversas tarefas É a parte lógica do computador, o que faz o computador realmente funcionar. São programas de computador utilizados para realizar diversas tarefas É a parte lógica do computador, o que faz o computador realmente funcionar. Quais são eles? Vários outros programas 1 Sistema Básico

Leia mais

Salvando arquivos em PDF nos Sistemas Mainframes, utilizando emuladores de terminal

Salvando arquivos em PDF nos Sistemas Mainframes, utilizando emuladores de terminal DIRETORIA DE OPERAÇÕES DO GERÊNCIA DE GESTÃO DE AMBIENTES GGA Salvando arquivos em PDF nos Sistemas Mainframes, utilizando emuladores de terminal Documento Versão 1.0.1 Adaptado por Coordenação Data de

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Aula 34 Software livre e código aberto Aula 34 2 Gestão em Sistemas

Leia mais

Introdução 12/06/2012. Software Livre

Introdução 12/06/2012. Software Livre Software Livre Introdução Software Livre, software de código aberto ou software aberto é qualquer programa de computador cujo código-fonte deve ser disponibilizado para permitir o uso, a cópia, o estudo

Leia mais

Licenças Livres. Terry Laundos Aguiar

Licenças Livres. Terry Laundos Aguiar Licenças Livres Terry Laundos Aguiar "Quando nos referimos a software livre, estamos nos referindo a liberdade e não a preço." Licença GPL Licenças de Softwares Comprar um software, geralmente, é como

Leia mais

Terminais LTSP com opensuse Um caso prático

Terminais LTSP com opensuse Um caso prático Terminais LTSP com opensuse Um caso prático Bruno Santos (feiticeir0@feiticeir0.no-ip.org) Caldas da Rainha, 1 de Setembro 2007 António Martins (digiplan.pt@gmail.com) Terminais LTSP com opensuse Agenda

Leia mais

PREPARATÓRIO RIO PARA CAIXA ECONÔMICA

PREPARATÓRIO RIO PARA CAIXA ECONÔMICA PREPARATÓRIO RIO PARA CAIXA ECONÔMICA O que é Software Livre? Software Livre (Free Software) é o software disponível com a permissão para qualquer um usá-lo, copiá-lo, e distribuí-lo, seja na sua forma

Leia mais

Sistemas Operacionais: Aplicativos. Prof. Rafael J. Sandim

Sistemas Operacionais: Aplicativos. Prof. Rafael J. Sandim Sistemas Operacionais: Aplicativos Prof. Rafael J. Sandim Aplicativos Programa de computador que desempenha uma tarefa específica; Em geral ligada ao processamento de dados; Podem ser divididos em duas

Leia mais

software livre: a tecnologia que liberta!

software livre: a tecnologia que liberta! software livre: a tecnologia que liberta! conteúdo original de www.cachorrosurtado.blogspot.com www.escolaep.blogspot.com copyleft 2010 (((SLIDE 01))) RELEMBRANDO O CONCEITO DE SOFTWARE SOFTWARE é o mesmo

Leia mais

Manifesto Software Livre

Manifesto Software Livre Manifesto Software Livre Histórico iniciou com a elaboração de um documento denominado: " Manifesto GNU " por Richard Stallman 1.984; marco histórico do surgimento de uma nova forma de criação de Software;

Leia mais

Direitos autorais. Alessandro Woserow Pedro Balistiero Fattore Guilherme Yagui Otavio Humberto Guerra e Sahm

Direitos autorais. Alessandro Woserow Pedro Balistiero Fattore Guilherme Yagui Otavio Humberto Guerra e Sahm Direitos autorais Alessandro Woserow Pedro Balistiero Fattore Guilherme Yagui Otavio Humberto Guerra e Sahm Direitos autorais O que é? O direito autoral é o reconhecimento naturalmente concedido a uma

Leia mais

Kernel Linux. Trabalho Realizador Por: Tiago Conceição Nº 11903. Representação artística do núcleo Linux

Kernel Linux. Trabalho Realizador Por: Tiago Conceição Nº 11903. Representação artística do núcleo Linux Kernel Linux Representação artística do núcleo Linux Trabalho Realizador Por: Tiago Conceição Nº 11903 Índice Introdução...2 O que é o Kernel...3 Como surgiu...4 Para que serve...5 Versões...6 Versões

Leia mais

Curso básico em técnicas de Manutenção para activistas comunitários

Curso básico em técnicas de Manutenção para activistas comunitários Curso básico em técnicas de Manutenção para activistas comunitários Perguntas relacionadas com a Aula 4 do Módulo I 1. Todos os computadores utilizam um sistema operativo para oferecer a interface de interacção:

Leia mais

Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br

Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br O que é Linux? Open Source (software Livre) é a mesma coisa que Software Gratuito? Quem é melhor? Qual é mais seguro? Encontramos muitas diferenças entre as distribuições de Linux? Posso desinstalar o

Leia mais

SOI. Sistema OpenSource Integrado

SOI. Sistema OpenSource Integrado SOI Sistema OpenSource Integrado A substituição de programas informáticos proprietários por outros de código aberto nos computadores existentes, além de proporcionar poupanças elevadas, permite tirar partido

Leia mais

Cronograma Nem só de nerds e geeks vive o Software-Livre

Cronograma Nem só de nerds e geeks vive o Software-Livre FLISOL 2011 Como organismos biológicos, feitos de matéria, somos sujeitos às leis da física e da biologia; como pessoas conscientes, que criam nossa própria história, somos livres para decidir como esta

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011 Manual Avançado Instalação em Rede v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Hardware... 3 b) Servidor:... 3 c) Rede:... 3 d) Pontos de Venda... 4 4. SQL Server... 5 e) Configurar porta estática:... 5 5.

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL & SOFTWARE LIVRE

SISTEMA OPERACIONAL & SOFTWARE LIVRE Curso Técnico em Redes de Computadores Disciplina de Sistemas Operacionais Livres SISTEMA OPERACIONAL & SOFTWARE LIVRE Professora: Juliana Cristina dos Santos E-mail: professora@julianacristina.com Site:

Leia mais

Software Livre e Aberto

Software Livre e Aberto Software Livre e Aberto Evolução ou Revolução? Curso de Engenharia Informática Engenharia Informática Instituto Superior de Engenharia do Porto Instituto Politécnico do Porto 1 Software Aberto Definição

Leia mais

2-Introdução e Conceitos Básicos das TIC

2-Introdução e Conceitos Básicos das TIC Agrupamento de escolas de Pevidém 2-Introdução e Conceitos Básicos das TIC Conhecer e adotar regras de ergonomia e exploração de diferentes tipos de software Prof.: Alexandra Matias Sumário Conhecer as

Leia mais

Introdução à Computação. Conceitos básicos sobre computadores. ISEP DEI, Angelo Martins 2006 Conceitos básicos sobre computadores - 1

Introdução à Computação. Conceitos básicos sobre computadores. ISEP DEI, Angelo Martins 2006 Conceitos básicos sobre computadores - 1 Introdução à Computação Conceitos básicos sobre computadores ISEP DEI, Angelo Martins 2006 Conceitos básicos sobre computadores - 1 Conteúdo Computadores Apresentação sumária da estrutura interna dos computadores

Leia mais

Paulo Trezentos (Paulo.Trezentos@iscte.pt) 29/9/2005

Paulo Trezentos (Paulo.Trezentos@iscte.pt) 29/9/2005 Open-Source na Administração Pública Accenture Paulo Trezentos (Paulo.Trezentos@iscte.pt) 29/9/2005 Agenda / Terminologia / Contexto open source Modelos de desenvolvimento Estratégia Empresarial Razões

Leia mais

Curso Introdução ao Linux. Desmistificando o Software Livre. Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com.

Curso Introdução ao Linux. Desmistificando o Software Livre. Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com. Curso Introdução ao Linux Desmistificando o Software Livre Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com.br Índice 1 O que é Software Livre? 2 A história por trás do Software Livre.

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL FUNÇÃO:

SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL FUNÇÃO: SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br FUNÇÃO: GERENCIAR, ADMINISTRAR OS RECURSOS DA MÁQUINA. SISTEMA OPERACIONAL EXEMPLOS MS-DOS WINDOWS 3.1 WINDOWS 95 WINDOWS

Leia mais

Instalar o Projeto Colibri RCP 7.0.2 no Ubuntu 12.04

Instalar o Projeto Colibri RCP 7.0.2 no Ubuntu 12.04 Instalar o Projeto Colibri RCP 7.0.2 no Ubuntu 12.04 O Sistema Operativo Linux, embora com uma baixíssima quota de mercado, quando comparado com Windows e OS X, no que refere a computadores pessoais, e

Leia mais

Impressão do Manual do Utilizador

Impressão do Manual do Utilizador bibliopac Interface WWW Versão 2003 Guia de instalação rápida Junho 2003 ATENÇÃO! Impressão do Manual do Utilizador No CD de instalação está disponível o ficheiro Interface WWW Manual.PDF. Este manual,

Leia mais

Circuito Curitibano de Software Livre

Circuito Curitibano de Software Livre Circuito Curitibano de Software Livre 1ª etapa: UniBrasil Software Livre e a Paulo Henrique de Lima Santana 19 de maio de 2015 Paulo Henrique de Lima Santana Bacharel em Ciência da Computação na UFPR.

Leia mais

Guia rápido de utilização da Caixa Mágica

Guia rápido de utilização da Caixa Mágica Guia rápido de utilização da Caixa Mágica Este Guia especialmente dirigido a iniciados em Linux pretende ajudá-lo no arranque da utilização do mesmo. Se deparar com problemas ao executar os passos aqui

Leia mais

CURSO EFA DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA E SISTEMAS. Módulo 788- Administração de Servidores Web. Ano letivo 2012-2013. Docente: Ana Batista

CURSO EFA DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA E SISTEMAS. Módulo 788- Administração de Servidores Web. Ano letivo 2012-2013. Docente: Ana Batista CURSO EFA DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA E SISTEMAS EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS Curso EFA Sec. Turma C - 2012 / 2013 Módulo 788- Administração de Servidores Web Docente: Ana Batista Ano letivo 2012-2013

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 393/XI/1.ª UTILIZAÇÃO DE SOFTWARE LIVRE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

PROJECTO DE LEI N.º 393/XI/1.ª UTILIZAÇÃO DE SOFTWARE LIVRE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 393/XI/1.ª UTILIZAÇÃO DE SOFTWARE LIVRE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Exposição de motivos Os sistemas informáticos assumem-se como pilares de muitas das actividades na

Leia mais

Introdução à Programação Aula 1 Apresentação

Introdução à Programação Aula 1 Apresentação Introdução à Programação Aula 1 Apresentação Pedro Vasconcelos DCC/FCUP 2015 Pedro Vasconcelos (DCC/FCUP) Introdução à Programação Aula 1 Apresentação 2015 1 / 32 Nesta aula 1 Objetivos, funcionamento

Leia mais

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23 Realizado por: Fábio Rebeca Nº6 Iuri Santos Nº8 Telmo Santos Nº23 1 Tutorial de instalação e partilha de ficheiros no Ubuntu Índice Índice... 1 Introdução... 2 Material que iremos utilizar... 3 Instalação

Leia mais

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23 Realizado por: Fábio Rebeca Nº6 Iuri Santos Nº8 Telmo Santos Nº23 1 Tutorial de instalação e partilha de ficheiros na Caixa Mágica Índice Índice... 1 Introdução... 2 Material que iremos utilizar... 3 Instalação

Leia mais

Primeiros passos com o QuarkXPress 10.0.1

Primeiros passos com o QuarkXPress 10.0.1 Primeiros passos com o QuarkXPress 10.0.1 ÍNDICE Índice Documentos Relacionados...3 Requisitos do sistema...4 Requisitos de sistema: Mac OS X...4 Requisitos de sistema: Windows...4 Instalar: Mac OS...5

Leia mais

Guia do Utilizador Alinex

Guia do Utilizador Alinex Guia do Utilizador Alinex Índice Introdução Login no Alinex Pasta Pessoal no servidor Windows Aceder à Internet Ferramentas de Produtividade (Office) Terminar a sessão de trabalho 2 4 6 7 10 12 1 1 Introdução

Leia mais

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/ Crie uma pasta (0) no ambiente de trabalho com o seu nome. Inicie o Internet Explorer através do: W O R K S H O P Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Leia mais

Introdução aos Sistemas da InformaçãoAula 4 p. 1

Introdução aos Sistemas da InformaçãoAula 4 p. 1 Introdução aos Sistemas da Informação Aula 4 Ivan da Silva Sendin ivansendin@yahoo.com FACOM - Universidade Federal de Uberlândia Introdução aos Sistemas da InformaçãoAula 4 p. 1 Software O que é software?

Leia mais

Manual de actualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53

Manual de actualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Manual de passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Índice 1. 1. Processo de configuração do Windows 8 2. Requisitos do sistema 3. Preparativos 2. Opções de 3. 4. 5. 6. 1. Personalizar 2. Sem fios 3.

Leia mais

Conteúdo. 1 Introdução 5. 2 Pré-configuração 6. 3 Configurar a Interface do Utilizador 7. 4 Configurar as opções internas 9

Conteúdo. 1 Introdução 5. 2 Pré-configuração 6. 3 Configurar a Interface do Utilizador 7. 4 Configurar as opções internas 9 Esta documentação foi convertida a partir da Base de Utilizadores do KDE para o K3b a 2011-01-20. Actualização para o 2.1 pela Equipa de Documentação do KDE Tradução: José Pires 2 Conteúdo 1 Introdução

Leia mais

Segurança no Computador

Segurança no Computador Segurança no Computador Segurança na Internet: Módulo 1 (CC Entre Mar E Serra), 2008 Segurança na Internet, CC Entre Mar E Serra 1 Segurança no Computador Um computador (ou sistema computacional) é dito

Leia mais

Software de sistema Software aplicativo

Software de sistema Software aplicativo SOFTWARE O que é Software? Software, logicial ou programa de computador é uma sequência de instruções a serem seguidas e/ou executadas, na manipulação, redireccionamento ou modificação de um dado/informação

Leia mais

Referencial do Módulo B

Referencial do Módulo B 1 Referencial do Módulo B Liga, desliga e reinicia correctamente o computador e periféricos, designadamente um scanner; Usa o rato: aponta, clica, duplo-clique, selecciona e arrasta; Reconhece os ícones

Leia mais

O arquivo ISO gerado contém os componentes mínimos necessários do Windows XP, algumas ferramentas de reparo e fica em torno de 150 megabytes (MB).

O arquivo ISO gerado contém os componentes mínimos necessários do Windows XP, algumas ferramentas de reparo e fica em torno de 150 megabytes (MB). Instalar o sistema operacional em um pendrive e a partir dele iniciar seu computador é um recurso muito útil, principalmente para administradores de rede que, vez ou outra, precisam fazer um backup de

Leia mais

DESAFIOS E OPORTUNIDADES DO MODELO OPEN SOURCE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Álvaro Pinto

DESAFIOS E OPORTUNIDADES DO MODELO OPEN SOURCE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Álvaro Pinto DESAFIOS E OPORTUNIDADES DO MODELO OPEN SOURCE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Álvaro Pinto Junho 2013 A ESOP A ESOP é uma associação empresarial que representa as empresas portuguesas que se dedicam ao desenvolvimento

Leia mais

Software Livre. Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar

Software Livre. Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar Software Livre Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar Linux Licença GPL (Licença Pública Geral) Linux Licença GPL (Licença Pública Geral) - A liberdade de executar

Leia mais

Quais os principais pacotes de softwares aplicativos para automação de escritório, quais os seus mantenedores e qual a sua participação no mercado?

Quais os principais pacotes de softwares aplicativos para automação de escritório, quais os seus mantenedores e qual a sua participação no mercado? Quais os principais pacotes de softwares aplicativos para automação de escritório, quais os seus mantenedores e qual a sua participação no mercado? Professor: Luciano Matéria: Informática Trabalho apresentado

Leia mais

ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL LINUX. Introdução: FERRAMENTAS. Abaixo segue relação de aplicativos utilizados para realizar este roteiro:

ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL LINUX. Introdução: FERRAMENTAS. Abaixo segue relação de aplicativos utilizados para realizar este roteiro: ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL LINUX Introdução: Vimos nas aulas passadas um dos sistemas operacionais atualmente utilizados no mundo, o Windows, mas existem outros sistemas operacionais também,

Leia mais

O gjaiku é um aplicação de desktop para uso com o serviço online de microblogging, Jaiku.

O gjaiku é um aplicação de desktop para uso com o serviço online de microblogging, Jaiku. Relatório final Denis Encarnação 25077 Tiago Rodrigues 25092 O gjaiku é um aplicação de desktop para uso com o serviço online de microblogging, Jaiku. O que é o Jaiku? O Jaiku é um serviço online de microblogging.

Leia mais

Regulamento dos Laboratórios de Informática das Residências Universitárias. Capítulo I Regras Gerais Art.º1º (âmbito)

Regulamento dos Laboratórios de Informática das Residências Universitárias. Capítulo I Regras Gerais Art.º1º (âmbito) Campus de Gualtar 4710-057 Braga P Serviços de Acção Social Regulamento dos Laboratórios de Informática das Residências Universitárias Capítulo I Regras Gerais Art.º1º (âmbito) 1. O objectivo dos Laboratórios

Leia mais

Informática I. Aula 26. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson

Informática I. Aula 26. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson Informática I Aula 26 Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 26-17/07/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de

Leia mais

Sistema Operativo Linux

Sistema Operativo Linux Sistema Operativo Linux Linux É um sistema operativo da família UNIX, desenvolvido colaborativamente através da internet. É um software livre ou open source, com o código fonte disponível em www.kernel.org

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Configuração do computador com o sistema operativo de interface gráfico O Windows permite configurar o computador de várias maneiras, quer através do Painel de controlo

Leia mais

INSS. Prof. Rafael Araújo. Informática. software assim licenciado. A esta versão de copyright, dá-se o nome de copyleft.

INSS. Prof. Rafael Araújo. Informática. software assim licenciado. A esta versão de copyright, dá-se o nome de copyleft. SOFTWARE LIVRE Software Livre é todo programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado, modificado e redistribuído sem nenhuma restrição. O software livre tem seu modelo de desenvolvimento baseado

Leia mais

Por: Rafael Nink de Carvalho www.linuxeducacional.com www.rafaelnink.com

Por: Rafael Nink de Carvalho www.linuxeducacional.com www.rafaelnink.com L I N2 U0 X0 9 Manual de Instalação do Linux Educacional 3.0 Por: Rafael Nink de Carvalho ü Configurando o SETUP do computador ü Rodando a versão Live CD ü Instalando o Linux www.linuxeducacional.com Educacional

Leia mais

SISTEMA OPERATIVO WINDOWS 7 (SEVEN) UFCD - 0797. Formador: Joaquim Frias [forma1213@gmail.com]

SISTEMA OPERATIVO WINDOWS 7 (SEVEN) UFCD - 0797. Formador: Joaquim Frias [forma1213@gmail.com] SISTEMA OPERATIVO WINDOWS 7 (SEVEN) 1 UFCD - 0797 Formador: Joaquim Frias [forma1213@gmail.com] SISTEMA OPERATIVO WINDOWS 7 (SEVEN) O Windows é um sistema operativo gráfico, desenvolvido pela Microsoft,

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE EDUCAÇÃO MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM INFORMÁTICA EDUCACIONAL Internet e Educação Ensaio: A Web 2.0 como ferramenta pedagógica

Leia mais

Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle

Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle So that all the available files in the Moodle can be opened without problems, we recommend some software that will have to be installed

Leia mais

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 2007 2012 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS.

MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS. PROGRAMA EMBRAPA DE MELHORAMENTO DE GADO DE CORTE MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS. MANUAL DE INSTALAÇÃO: 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS

Leia mais

Software de gestão em tecnologia Web

Software de gestão em tecnologia Web Software de gestão em tecnologia Web As Aplicações de Gestão desenvolvidas em Tecnologia Web pela Mr.Net garantem elevados níveis de desempenho, disponibilidade, segurança e redução de custos. A Mr.Net

Leia mais

ICE INSTITUTO CUIABADO DE EDUCAÇÃO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 4º SEMESTRE RECURSOS HUMANOS CARLOS EDUARDO JULIANI

ICE INSTITUTO CUIABADO DE EDUCAÇÃO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 4º SEMESTRE RECURSOS HUMANOS CARLOS EDUARDO JULIANI ICE INSTITUTO CUIABADO DE EDUCAÇÃO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 4º SEMESTRE RECURSOS HUMANOS CARLOS EDUARDO JULIANI SOFTWARE LIVRE E SOFTWARE PROPRIETARIO Software Livre. O software livre foi desenvolvido,

Leia mais

SAIBA MAIS SOBRE O LINUX E DESCUBRA QUAL DISTRIBUIÇÃO É MELHOR PARA VOCÊ! CURSO

SAIBA MAIS SOBRE O LINUX E DESCUBRA QUAL DISTRIBUIÇÃO É MELHOR PARA VOCÊ! CURSO 1 AULA SAIBA MAIS SOBRE O LINUX E DESCUBRA QUAL DISTRIBUIÇÃO É MELHOR PARA VOCÊ! ROTEIRO PRÉ-REQUISITOS 1 INTRODUÇÃO 2 DISTRIBUIÇÕES LINUX 3 AJUDA PARA ESCOLHER SUA DISTRIBUIÇÃO LINUX 4 DÚVIDAS FREQUENTES

Leia mais

O Manual do Remote Desktop Connection. Brad Hards Urs Wolfer Tradução: José Pires

O Manual do Remote Desktop Connection. Brad Hards Urs Wolfer Tradução: José Pires O Manual do Remote Desktop Connection Brad Hards Urs Wolfer Tradução: José Pires 2 Conteúdo 1 Introdução 5 2 O protocolo do Remote Frame Buffer 6 3 Usar o Remote Desktop Connection 7 3.1 Ligar o Remote

Leia mais

Curso básico em técnicas de manutenção para activistas comunitários

Curso básico em técnicas de manutenção para activistas comunitários Curso básico em técnicas de manutenção para activistas comunitários Modulo I INTRODUÇÃO AO EQUIPAMENTO INFORMÁTICO Respostas as perguntas do modulo I Aula 1 1. Qual dos seguintes itens faz parte do kit

Leia mais

CC Montagem e manutenção de hardware Docente: Nataniel Vieira 1 sem Técnico em Informática Roteiro 06: Atividade sobre o Documentário RevolutionOS

CC Montagem e manutenção de hardware Docente: Nataniel Vieira 1 sem Técnico em Informática Roteiro 06: Atividade sobre o Documentário RevolutionOS SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS CC Montagem e manutenção de hardware Docente: Nataniel Vieira 1 sem Técnico em Informática Roteiro 06: Atividade sobre o

Leia mais

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 2007 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Web site: 2 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Machadinho D Oeste RO Agosto 2007

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia

Escola Superior de Tecnologia Escola Superior de Tecnologia Instituto Politécnico de Castelo Branco Licenciatura em Engenharia Informática Open Source e as Empresas Aspectos Sócio - Profissionais da Informática Engenharia Informática

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 01. Prof. André Lucio

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 01. Prof. André Lucio FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 01 Prof. André Lucio Competências do modulo Introdução ao sistema operacional Windows Instalação e configuração do sistema

Leia mais

Leia-me do QuarkXPress 9.5

Leia-me do QuarkXPress 9.5 Leia-me do QuarkXPress 9.5 ÍNDICE Índice Leia-me do QuarkXPress 9.5...4 Requisitos do sistema...5 Requisitos do sistema: Mac OS...5 Requisitos do sistema: Windows...5 Instalar: Mac OS...7 Efectuar uma

Leia mais

Data de Aplicação 2/04/2009

Data de Aplicação 2/04/2009 FICHA TÉCNICA Exercício nº 9 Data de Aplicação 2/04/2009 NOME DO EXERCÍCIO Instalação de Software Base DESTINATÁRIOS Duração Pré Requisitos Recursos / Equipamentos Orientações Pedagógicas OBJECTIVOS Resultado

Leia mais

LEARNING NETWORK MANAGER 2007 MANUAL DE INSTALAÇÃO

LEARNING NETWORK MANAGER 2007 MANUAL DE INSTALAÇÃO LEARNING NETWORK MANAGER 2007 MANUAL DE INSTALAÇÃO Preâmbulo No âmbito do Plano Tecnológico para a Educação considera-se de especial importância a actualização tecnológica dos espaços escolares, traduzindo-se

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BUENO BRANDÃO ESTÂNCIA CLIMÁTICA E HIDROMINERAL CNPJ: 18.940.098/0001-22

PREFEITURA MUNICIPAL DE BUENO BRANDÃO ESTÂNCIA CLIMÁTICA E HIDROMINERAL CNPJ: 18.940.098/0001-22 1. Qual programa não faz parte do pacote BrOffice.org? a) Groove b) Writer c) Draw d) Math e) Calc 2. Considerando a figura abaixo que apresenta uma parte da Barra de ferramentas de formatação do LibreOffice

Leia mais

SOFTWARE LIVRE. Fábio Rodrigo Barby Informática - IFPR

SOFTWARE LIVRE. Fábio Rodrigo Barby Informática - IFPR SOFTWARE LIVRE Fábio Rodrigo Barby Informática - IFPR Software Livre x Software Proprietário Software Proprietário O que é? Copyright; Cópia é proibida; Redistribuição é proibida; Modificação é proibida;

Leia mais

História. Sistema Operacional

História. Sistema Operacional História Linux é o termo geralmente usado para designar qualquer sistema operacional que utilize o núcleo Linux. Foi desenvolvido pelo Finlandês Linus Torvalds, inspirado no sistema Minix. O seu código

Leia mais

Prof. Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck

Prof. Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck Prof. Ricardo Beck www.aprovaconcursos.com.br Página 1 de 5 Noções de Informática SISTEMA OPERACIONAL Software O hardware consiste nos equipamentos que compõe

Leia mais

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual Maria Augusta Sakis Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma Máquina Virtual Máquinas virtuais são muito úteis no dia-a-dia, permitindo ao usuário rodar outros sistemas operacionais dentro de uma

Leia mais

O que é software livre

O que é software livre O que é software livre Publicado por brain em Sáb, 2006-03-25 17:12. :: Documentação [http://brlinux.org/linux/taxonomy/term/13] por Augusto Campos Este artigo responde a diversas dúvidas comuns de novos

Leia mais

Índice. Manual do programa Manage and Repair

Índice. Manual do programa Manage and Repair Manual do programa Manage and Repair Índice 1 Menu Ficheiro... 3 1.1 Entrar como... 3 1.2 Opções do utilizador... 3 2 Administração... 5 2.1 Opções do Programa... 5 2.1.1 Gerais (1)... 5 2.1.2 Gerais (2)...

Leia mais

Software Open Source nos Sistemas de Informação Geográfica. GIS Day 2011

Software Open Source nos Sistemas de Informação Geográfica. GIS Day 2011 Software Open Source nos Sistemas de Informação Geográfica - Uma perspectiva geral - GIS Day 2011 16 de Novembro Ponta Delgada, Auditório do LREC Apresentação Artur Gil (arturgil@uac.pt) Eng. Biofísico,

Leia mais

Resolução de avarias de MPEG

Resolução de avarias de MPEG Resolução de avarias de MPEG Esta secção é para utilizadores de cardiologia que visualizam MPEGs. Consulte os seguintes tópicos para o ajudarem a resolver problemas detectados ao visualizar MPEGs. Componentes

Leia mais

Trabalho de natureza profissional no âmbito da área de Informática:

Trabalho de natureza profissional no âmbito da área de Informática: Trabalho de natureza profissional no âmbito da área de Informática: António Paulo Santos Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras Abril de 2011 apsantos@linuxdigital.org (1/13) INDICE 1. Introdução.

Leia mais

manual instalação e configuração v13 1

manual instalação e configuração v13 1 manual instalação e configuração v13 1 Conteúdo Introdução... 3 Conteúdo do DVD:... 3 Instalação e configuração do ERP... 4 Instalação do ERP... 4 Configuração do ERP... 6 Como actualização de versão...

Leia mais

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS 3.INTERNET 3.1. Internet: recursos e pesquisas 3.2. Conhecendo a Web 3.3. O que é um navegador?

Leia mais

Cópias de Segurança no Akropole Backups

Cópias de Segurança no Akropole Backups Cópias de Segurança no Akropole Backups Cópias de Segurança - Backups As Cópias de Segurança são aquela coisa que todos sabemos que são necessárias mas que nunca nos preocupamos até ao dia em que são precisas.

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos FTIN Formação Técnica em Informática Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos Aula 01 SISTEMA OPERACIONAL PROPRIETÁRIO WINDOWS Competências do Módulo Instalação e configuração do

Leia mais

Virtual Box. Guia. Instalação E Utilização. Criado por Wancleber Vieira wancleber.vieira@ibest.com.br

Virtual Box. Guia. Instalação E Utilização. Criado por Wancleber Vieira wancleber.vieira@ibest.com.br Virtual Box Guia De Instalação E Utilização 1 Sumário Instalação do Linux Ubuntu através de um gerenciador de Máquinas Virtuais 1.1 Introdução, 3 1.2 Instalação do Virtual Box, 3 1.3 Configuração do Virtual

Leia mais

I N F O R M Á T I C A. Sistemas Operacionais Prof. Dr. Rogério Vargas Campus Itaqui-RS

I N F O R M Á T I C A. Sistemas Operacionais Prof. Dr. Rogério Vargas Campus Itaqui-RS I N F O R M Á T I C A Sistemas Operacionais Campus Itaqui-RS Sistemas Operacionais É o software que gerencia o computador! Entre suas funções temos: inicializa o hardware do computador fornece rotinas

Leia mais

Planificação Anual. Planificação de Médio Prazo (1.º Período) Tecnologias da Informação e Comunicação. 9º Ano

Planificação Anual. Planificação de Médio Prazo (1.º Período) Tecnologias da Informação e Comunicação. 9º Ano Escola Básica do 2º e 3º Ciclos João Afonso de Aveiro Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Secção de Informática Planificação Anual (1.º Período) Ano lectivo 2010/2011 Tecnologias da Informação

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

Especificações de oferta Monitorização da infra-estrutura remota

Especificações de oferta Monitorização da infra-estrutura remota Descrição dos serviços Especificações de oferta Monitorização da infra-estrutura remota Este serviço oferece serviços de Monitorização da infra-estrutura remota Dell (RIM, o Serviço ou Serviços ) conforme

Leia mais

Leia-me do QuarkXPress 9.3

Leia-me do QuarkXPress 9.3 Leia-me do QuarkXPress 9.3 ÍNDICE Índice Leia-me do QuarkXPress 9.3...4 Requisitos do sistema...5 Requisitos do sistema: Mac OS...5 Requisitos do sistema: Windows...5 Instalar: Mac OS...6 Efectuar uma

Leia mais