A EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL"

Transcrição

1 A EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL

2 IDENTIDADE DA EDUCAÇÃO FÍSICA BRASILEIRA: antes do descobrimento do Brasil e da colonização portuguesa e espanhola: As atividades físicas dos primeiros habitantes do Brasil eram parecidas, senão iguais, àquelas já analisadas na pré-história. Nossos indígenas eram muito hábeis e, na luta pela sobrevivência, praticavam: arco e flecha, natação, luta, caça, pesca, montaria, canoagem e corridas faziam parte do seu dia-a-dia. O jogo de peteca foi a única contribuição original dos nossos indígenas ao universo esportivo nacional. Com a vinda dos primeiros negros africanos feitos escravos ainda no século XVI -, chega uma dança misto de ritual e de luta acapoeira.

3 Brasil Colônia A condição de colônia de exploração impede um desenvolvimento social satisfatório. A economia era destinada a única função de fornecer matéria-prima para a Metrópole. A cultura não era permitida qualquer impressão/reprodução de material gráfico. Em 1747, marquês de Pombal destruiu a primeira gráfica que tentou se instalar. Também proibiu a criação de escolas no Brasil. Expulsou os jesuítas, aos quais deve-se o início oficial da história da educação brasileira. Missões/reduções jesuítas: doutrinamento religioso e cultural dos indígenas.

4 Início da história da Educação Física no Brasil Com a chegada da família Real Portuguesa (1808) no Brasil, inicia um processo de desenvolvimento cultural e educacional com tendências elitistas/classistas. Em 1837, cria-se o primeiro colégio brasileiro Ginásio Nacional (atual Colégio Pedro II) e inclui a Ginástica alemã e sueca nos seus currículos. Em 1851 cria-se legislação específica que obriga a inclusão da ginástica nas escolas de ensino fundamental no Rio de Janeiro. A implantação da ginástica na escola estava ligada a duas tendências: médica e militar. No âmbito esportivo (fora da escola): o remo era a atividade mais importante.

5 Rui Barbosa, em 1879, elabora pareceres a partir da Reforma de ensino Leôncio de Carvalho, os quais constituíram-se num pequeno tratado sobre a Educação Física. DiziaRuiemseusescritos: obrigatoriedade de EF no jardim de infância e nas escolas de ensino básico, como matéria de estudos em horas, distinta do recreio e depois das aulas. Distinção entre os exercícios físicos para os alunos (ginástica sueca) e para as alunas (calistenia). Contratação de professores de EF, de competência reconhecida na Suécia, Suíça e Saxônia. Valorização do professor de EF.

6 Proclamação da República no Brasil O futebol é importado da Inglaterra e começa a sua escalada que na década de 30 se legitima como o esporte mais praticado, superando o remo. A partir disso, também se introduzem outros esportes como: natação, basquete, tênis, etc. No final do século XIX, cria-se no Rio de Janeiro a primeira academia de ginástica do Brasil. Nos anos 1920, o método de ginástica francesa, é trazido pelos militares franceses que atuaram no Brasil e introduzida nas escolas brasileiras e se prolongou por mais de duas décadas.

7 Décadade30: A ginástica se populariza inclusive através dos meios de comunicação com o programa A hora da ginástica. Cria-se a primeira escola superior de Educação Física no Rio de Janeiro: professores eram a maioria médicos, militares e atletas. Até os anos 50, a ginástica francesa predominava nas aulas de EF, até que o professor Alfredo Colombo, diretor do departamento de EF do Ministério da Educação consegue desobrigar a aplicação desse superado método. O esporte ganha cada vez mais repercussão e novos adeptos/praticantes.

8 Anos 60 em diante: Inicia um movimento de esportivização das aulas de EF, impulsionado pela conquista de melhores resultados em competições como as olimpíadas. Processo de redemocratização do país: anos 80 - crise da Educação Física. Intercâmbios universitários - Vinda de professores estrangeiros e a saída de professores brasileiros para estudar em universidades estrangeiras.

Alemão Nórdicos A ginástica sueca Francês

Alemão Nórdicos A ginástica sueca Francês Alemão 1 - Destaque Johann Cristoph Friederick Guts Muths (1759-1839) considerado pai da ginástica pedagógica moderna. 2 - Turnkunst, criada por Friederick Ludwig Jahn (1788-1825) cujo fundamento era a

Leia mais

REVISÃO I Prof. Fernando.

REVISÃO I Prof. Fernando. REVISÃO I Prof. Fernando Brasil Colônia 1500: Descobrimento ou Conquista? Comunidades indígenas do Brasil Características: heterogeneidade e subsistência. Contato: a partir da colonização efetiva, ocorreu

Leia mais

ALMANAQUE OLIMPÍADAS Leticia/Bruna 9A

ALMANAQUE OLIMPÍADAS Leticia/Bruna 9A ALMANAQUE OLIMPÍADAS Leticia/Bruna 9A BOXE Introdução Na antiguidade, antes mesmo das civilizações grega e romana, há indícios arqueológicos que indicam que o homem praticava lutas usando as mãos, desferindo

Leia mais

Aula 08 Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real.

Aula 08 Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. Aula 08 Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. O que foram os movimentos de pré-independência? Séculos XVIII e XIX grandes mudanças afetaram o Brasil... MUNDO... Hegemonia das ideias

Leia mais

professoralexandrerocha

professoralexandrerocha Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com Personal Trainer Ginástica Geral 1 Ementa A disciplina estuda os aspectos teóricos e práticos da Ginástica

Leia mais

REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso

REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso DISCIPLINA: HISTÓRIA SÉRIE/ TURMA: 1º ANO MÉDIO ABC BIMESTRE: 4º NÚMERO 1. Módulo 16 - Política e economia no Antigo Introdução do módulo, com aula em slides

Leia mais

Currículo do Curso de Licenciatura em Educação Física Currículo do Curso

Currículo do Curso de Licenciatura em Educação Física Currículo do Curso Currículo do Curso de Licenciatura em Educação Física 2006.1 Currículo do Curso Curso: Licenciatura em Educação Física CRIAÇÃO DO CURSO PORTARIA Nº 470/GR DE 07/10/74 RECONHECIMENTO DO CURSO PARECER -

Leia mais

EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL: EVOLUÇÃO E FINANCIAMENTO

EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL: EVOLUÇÃO E FINANCIAMENTO Aula EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL: EVOLUÇÃO E FINANCIAMENTO META Situar histórica e contextualmente toda a movimentação política e intelectual para a elaboração de instrumentos legais que regulam e regularam

Leia mais

SEMANA ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO FÍSICA

SEMANA ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO FÍSICA SEMANA ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO FÍSICA TÍTULO NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA E ESTÁGIO DE MUDANÇA DE COMPORTAMENTO DE TRABALHADORES PRATICANTES DE GINÁSTICA LABORAL JORNALISMO ESPORTIVO E A COBERTURA DOS MEGAEVENTOS:

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O Nº 047/99 - CEPE/UNICENTRO

R E S O L U Ç Ã O Nº 047/99 - CEPE/UNICENTRO R E S O L U Ç Ã O Nº 047/99 - CEPE/UNICENTRO Convalida a atividade I Colônia de Férias do Campus Universitário de Irati. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber que o Conselho

Leia mais

CONTEÚDOS HISTÓRIA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER

CONTEÚDOS HISTÓRIA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER CONTEÚDOS HISTÓRIA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER UNIDADE 1 O TEMPO E AS ORIGENS DO BRASIL 1. Contando o tempo Instrumentos de medida do tempo Medidas de tempo: década, século, milênio Linha do tempo

Leia mais

Perfil sociodemográfico Real delivery Painel IR % Total painelistas: ,0% Sexo Homem 4.954

Perfil sociodemográfico Real delivery Painel IR % Total painelistas: ,0% Sexo Homem 4.954 1 / 6 Painel de Esportes Portugal Características Tamanho painel (ISO): 32.637 Pessoas perfiladas (ISO): 6.527 Taxa de resposta estimada (ISO): 46% Atualizado: 15/12/2014 Tamanho (ISO): o número de participantes

Leia mais

Regulação Semestral do Processo Ensino Aprendizagem 4º bimestre Ano: 2º ano Ensino Médio Data:

Regulação Semestral do Processo Ensino Aprendizagem 4º bimestre Ano: 2º ano Ensino Médio Data: Regulação Semestral do Processo Ensino Aprendizagem 4º bimestre Ano: 2º ano Ensino Médio Data: Disciplina: História Professor: Luis Fernando Caro estudante; Ao longo do bimestre desenvolvemos diversas

Leia mais

Educação no período de

Educação no período de Educação no período de 1945-1964 Profª Tathiane Milaré Revisão Brasil colônia Influência dos jesuítas Reformas de Marquês de Pombal Brasil Império Chegada da Família Real Constituição de 1824 (gratuidade;

Leia mais

60h. 60h. 60h. 60h. 60h. 60h. 60h Desenvolvimen to de Ações. 60h

60h. 60h. 60h. 60h. 60h. 60h. 60h Desenvolvimen to de Ações. 60h UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CAMPUS XII GUANAMBI CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM EDUCAÇÃO FÍSICA CARGA HORÁRIA INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR TEMPO MÍNIMO TEMPO MÁXIMO 3.165

Leia mais

07:00 / 22:00 GINÁSIO 02 BOCHA FECHADO FECHADO

07:00 / 22:00 GINÁSIO 02 BOCHA FECHADO FECHADO SEGUNDA FEIRA 04 DE NOVEMBRO PROGRAMAÇÃO ESPORTIVA SEMANAL HORARIO LOCAL MODALIDADE CATEGORIA M/F ATIVIDADE M ETA SAÍDA 07:30 / 09:00 GINÁSIO 01 VOLEIBOL MASTER D1 F TREINO (REDE 2,24 ALT.) 13:30 / 15:00

Leia mais

A RESILIÊNCIA DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA Um diálogo entre a corrida e a docência

A RESILIÊNCIA DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA Um diálogo entre a corrida e a docência Título do artigo: A RESILIÊNCIA DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA Um diálogo entre a corrida e a docência Disciplina: Educação Física Selecionador: Marcos Santos Mourão (Marcola) 16ª Edição do Prêmio Victor

Leia mais

CMT Colégio Militar Tiradentes. Ficha de Inscrição

CMT Colégio Militar Tiradentes. Ficha de Inscrição MODALIDADE: FUTSAL Nº Nome Completo do Atleta MODALIDADE: FUTSAL Nº Nome Completo do Atleta Brasília, de Junho de 25. MODALIDADE: Voleibol CMT Colégio Militar Tiradentes Nº Nome Completo do Atleta 11 12

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 COLÔNIA PLANO DE CURSO VIVER NO BRASIL *Identificar os agentes de ocupação das bandeiras *Conhecer e valorizar a história da capoeira *Analisar a exploração da Mata Atlântica *Compreender a administração

Leia mais

6 - INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA INGLESA

6 - INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA INGLESA 6 - INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA INGLESA Antecedentes históricos Inglaterra durante os séculos XVI e XVII Disputas religiosas (anglicanos x puritanos) e cercamentos de terras (enclosures) Motivaram as minorias

Leia mais

Painel de Esportes. México 1 / 6. Perfil sociodemográfico Real delivery Painel IR % Total painelistas: ,0% Sexo Homem 15.

Painel de Esportes. México 1 / 6. Perfil sociodemográfico Real delivery Painel IR % Total painelistas: ,0% Sexo Homem 15. 1 / 6 Painel de Esportes México Características Tamanho painel (ISO): 101.427 Pessoas perfiladas (ISO): 21.449 Taxa de resposta estimada (ISO): 32% Atualizado: 15/12/2014 Tamanho (ISO): o número de participantes

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DISCIPLINAS 1º PERÍODO Biologia 30 10 40 horas coletivos/ basquete individuais/ atletismo Fundamentos sócioantropológicos Anatomia Humana 40 40 80 horas

Leia mais

CALENDÁRIO OFICIAL - SEME JANEIRO 2 a 25 XLII Copa São Paulo de Futebol Junior Sede Capital 9 a 30 Ônibus Brincalhão e/ou Tenda do Brincar 9 a

CALENDÁRIO OFICIAL - SEME JANEIRO 2 a 25 XLII Copa São Paulo de Futebol Junior Sede Capital 9 a 30 Ônibus Brincalhão e/ou Tenda do Brincar 9 a CALENDÁRIO OFICIAL - SEME - 2011 JANEIRO 2 a 25 XLII Copa São Paulo de Futebol Junior Sede Capital 9 a 30 Ônibus Brincalhão e/ou Tenda do Brincar 9 a 30 Super Férias no Clube Escola (de 3ªs feiras a domingo)

Leia mais

Ciclo do ouro Material para acompanhamento de aulas, Professor Luiz Marcello de Almeida Pereira

Ciclo do ouro Material para acompanhamento de aulas, Professor Luiz Marcello de Almeida Pereira Ciclo do ouro Material para acompanhamento de aulas, Professor Luiz Marcello de Almeida Pereira Formato ABNT, para citação desta apostila em trabalhos acadêmicos: PEREIRA, L. M. A. Ciclo do ouro. Curso

Leia mais

FLUXOGRAMA CURRICULAR PEDAGOGIA LICENCIATURA PLENA

FLUXOGRAMA CURRICULAR PEDAGOGIA LICENCIATURA PLENA FLUXOGRAMA CURRICULAR PEDAGOGIA LICENCIATURA PLENA Período Código Disciplina Pré-requisito C/H - Teórica C/H - Prática C/H - Total Créditos 1º LE1.01 Análise e Produção Textual em Língua Portuguesa - 04-04

Leia mais

EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD

EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD CANOAS, JULHO DE 2015 DISCIPLINA PRÉ-HISTÓRIA Código: 103500 EMENTA: Estudo da trajetória e do comportamento do Homem desde a sua origem até o surgimento do Estado.

Leia mais

PRIMÓRDIOS DA COLONIZAÇÃO

PRIMÓRDIOS DA COLONIZAÇÃO Prof. Alexandre Goicochea PRIMÓRDIOS DA COLONIZAÇÃO PRÉ-COLONIAL:1500-1530 Prof. Alexandre Goicochea CARACTERIZAÇÃO Período Pré-colonial período da viagem de Cabral até 1530; Nas primeiras décadas de colonização,

Leia mais

PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA 2012

PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA 2012 PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA 2012 PREMISSAS 1. Base estatística + projeção por departamento, consolidando nos centros de resultado; 2. Taxa de Câmbio futura definida pelo Banco Central; 3. IPCA para dissídio

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATÓRIO PATRIMONIAL E DE ATIVIDADES PERÍODO: 01/04/2016 à 31/03/2017

PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATÓRIO PATRIMONIAL E DE ATIVIDADES PERÍODO: 01/04/2016 à 31/03/2017 PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATÓRIO PATRIMONIAL E DE ATIVIDADES PERÍODO: 01/04/2016 à 31/03/2017 RELATÓRIOS CONTÁBEIS E FINANCEIROS CONTAS DO MARINGÁ CLUBE Relatório da Auditoria Senior Resumo Financeiro Balancete

Leia mais

CASA BRASIL A VITRINE DO BRASIL NOS JOGOS OLÍMPICOS E PARALÍMPICOS RIO 2016

CASA BRASIL A VITRINE DO BRASIL NOS JOGOS OLÍMPICOS E PARALÍMPICOS RIO 2016 CASA BRASIL A VITRINE DO BRASIL NOS JOGOS OLÍMPICOS E PARALÍMPICOS RIO 2016 CONCEITO Espaço de promoção do país, referência do Governo Federal durante a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio

Leia mais

CEU TRÊS LAGOS

CEU TRÊS LAGOS O CEU estará fechado no dia 19 e 20 de setembro para dedetização, manutenção e revisão de equipamentos conforme 6.570/14 CEU TRÊS LAGOS smeceutreslagos@prefeitura.sp.gov.br Estrada do Barro Branco, s/nº

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 06 O GOVERNO-GERAL

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 06 O GOVERNO-GERAL HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 06 O GOVERNO-GERAL Como pode cair no enem O sistema de capitanias hereditárias, criado no Brasil em 1534, refletia a transição do feudalismo para o capitalismo, na medida em

Leia mais

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro)

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro) Planejamento das Aulas de História 2016 7º ano (Prof. Leandro) Fevereiro Aula Programada (As Monarquias Absolutistas) Páginas Tarefa 1 A Formação do Estado Moderno 10 e 11 Mapa Mental 3 Teorias em defesa

Leia mais

GABARITO DO CADERNO DE ALUNO PARA O PROFESSOR

GABARITO DO CADERNO DE ALUNO PARA O PROFESSOR GABARITO DO CADERNO DE ALUNO PARA O PROFESSOR Prezado Professor O Caderno do Aluno é mais um instrumento para servir de apoio ao seu trabalho e ao aprendizado do aluno. Elaborado a partir do Caderno do

Leia mais

Centros de Iniciação ao Esporte

Centros de Iniciação ao Esporte MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE DE ALTO RENDIMENTO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA DE ESPORTE Centros de Iniciação ao Esporte Alexandre Fernandes Ono Coordenador Geral do Departamento

Leia mais

Critério para escolha dos Melhores do Ano Jogos Escolares de Minas Gerais

Critério para escolha dos Melhores do Ano Jogos Escolares de Minas Gerais Critério para escolha dos Melhores do Ano Jogos Escolares de Minas Gerais Apresentação Critérios para escolha dos melhores do ano, em cada modalidade, módulo e naipe, será de acordo com o Regulamento Geral

Leia mais

Ricardo Georges Affonso Miguel

Ricardo Georges Affonso Miguel Atleta mirim: Natureza jurídica da sua condição e a contribuição para o futebol. Ricardo Georges Affonso Miguel ricardo.miguel@trt1.jus.br O problema. A dificuldade econômica das famílias tem sido a principal

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 11 A UNIÃO IBÉRICA (1580)

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 11 A UNIÃO IBÉRICA (1580) HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 11 A UNIÃO IBÉRICA (1580) Como pode cair no enem (FUVEST) Sobre a presença francesa na Baía de Guanabara (1557-60), podemos dizer que foi: a) apoiada por armadores franceses

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PRISE - 2ª ETAPA EIXOS TEMÁTICOS: I MUNDOS DO TRABALHO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PRISE - 2ª ETAPA EIXOS TEMÁTICOS: I MUNDOS DO TRABALHO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PRISE - 2ª ETAPA EIXOS TEMÁTICOS: I MUNDOS DO TRABALHO Competências - Identificar e analisar as relações de trabalho compulsório em organizações sociais, culturais

Leia mais

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressão e Educação Físico Motora. Introdução

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressão e Educação Físico Motora. Introdução s de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressão e Educação Físico Motora A definição de s de Aprendizagem na Área Curricular de Educação Física tem como base os seguintes instrumentos legais: Programas Nacionais

Leia mais

Tabela de Jogos da Ginchamp 2017

Tabela de Jogos da Ginchamp 2017 Tabela de Jogos da Ginchamp 2017 Equipes: Equipe 1 (E1); Equipe 2 (E2); Equipe 3 (E3); Equipe 4 (E4) e Equipe 5 (E5). Tabela de Jogos de Mini Voleibol Quadra sintética 13h30 13h42 1 E1 x E2 Quadra sintética

Leia mais

COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE MARIA

COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE MARIA > PARTICIPANTES: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental 1ª a 2ª Séries do Ensino Médio > COMISSÃO ORGANIZADORA: Departamento de Educação Física > SUB TEMA: Olimpíada no Brasil > OBJETIVOS: Promover a integração

Leia mais

LÍNGUA. Produção textual. diminutivo) Ortografia Uso do. dicionário. ou pedido) Uso dos porquês. - Sinais: > (é. - Classe dos.

LÍNGUA. Produção textual. diminutivo) Ortografia Uso do. dicionário. ou pedido) Uso dos porquês. - Sinais: > (é. - Classe dos. CONTEÚDOS PREVISTOS PARA O PRIMEIRO TRIMESTRE/2016 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL LÍNGUA PORTUGUESA Leitura e interpretação de textos Produção textual Pontuação e entonação Morfologia: substantivo (próprio,

Leia mais

Unidade IV As grandes navegações como consequência do Renascimento na Europa. Aula 15.1 Conteúdo: Europeus na Amazônia.

Unidade IV As grandes navegações como consequência do Renascimento na Europa. Aula 15.1 Conteúdo: Europeus na Amazônia. Unidade IV As grandes navegações como consequência do Renascimento na Europa. Aula 15.1 Conteúdo: Europeus na Amazônia. Habilidade: Compreender o contexto em que o europeu chegou em nossa região, identificando

Leia mais

Survey & Insights Sports Engaged A chegada das Olimpíadas e do espírito esportivo Edição 22 ano 7. Kantar IBOPE Media

Survey & Insights Sports Engaged A chegada das Olimpíadas e do espírito esportivo Edição 22 ano 7. Kantar IBOPE Media Survey & Insights Sports Engaged A chegada das Olimpíadas e do espírito esportivo Edição 22 ano 7 Kantar IBOPE Media Sports Engaged A chegada das Olimpíadas e do espírito esportivo Finalmente chegou o

Leia mais

1º ANO HISTÓRIA SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DE CURITIBA DEPARTAMENTO DE ENSINO FUNDAMENTAL GERÊNCIA DE CURRÍCULO

1º ANO HISTÓRIA SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DE CURITIBA DEPARTAMENTO DE ENSINO FUNDAMENTAL GERÊNCIA DE CURRÍCULO 1º ANO 1. Reconhecer a si e ao outro nas relações que se estabelecem nos diferentes grupos sociais com os quais convive, percebendo as diferenças individuais. SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DE CURITIBA

Leia mais

Mais benefícios para seus funcionários

Mais benefícios para seus funcionários Mais benefícios para seus funcionários ORIGEM DO DIA DO DESAFIO O Dia do Desafio foi criado no Canadá e é difundido mundialmente pela The Association For International Sport for All (TAFISA), entidade

Leia mais

História. divulgação. Comparativos curriculares. Material de. A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado do Paraná.

História. divulgação. Comparativos curriculares. Material de. A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado do Paraná. Comparativos curriculares SM História Ensino médio Material de divulgação de Edições SM A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado do Paraná Apresentação Professor, Devido à inexistência

Leia mais

Domínios Estrangeiros e Economia Colonial. Alan

Domínios Estrangeiros e Economia Colonial. Alan Domínios Estrangeiros e Economia Colonial Alan A França Antártica Passo inicial: expedição de Nicolas Durand de Villegaignon Chegaram à baía da Guanabara (RJ), em 1555 Junto de 290 colonos, aliaram-se

Leia mais

LUTA CONTRA A DOPAGEM - DADOS ESTATÍSTICOS CONSELHO NACIONAL ANTIDOPAGEM

LUTA CONTRA A DOPAGEM - DADOS ESTATÍSTICOS CONSELHO NACIONAL ANTIDOPAGEM LUTA CONTRA A DOPAGEM - DADOS ESTATÍSTICOS 2006 - CONSELHO NACIONAL ANTIDOPAGEM Conselho Nacional AntiDopagem NÚMERO DE AMOSTRAS RECOLHIDAS DE 1976 A 2006 ANO 2006 2004 2002 2000 1998 1996 1994 1992 1990

Leia mais

Ano Lectivo 2012/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2012/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação. AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2012/2013 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período Panorâmica geral dos séculos XII e XIII. Observação directa Diálogo

Leia mais

CLIPAGEM IMPRESSO. Cliente: Colégio Santa Emília HAIM FERREIRA/FOLHA PE

CLIPAGEM IMPRESSO. Cliente: Colégio Santa Emília HAIM FERREIRA/FOLHA PE HAIM FERREIRA/FOLHA PE Visando fortalecer ainda mais o desporto olímpico em Pernambuco, o Colégio Santa Emília firmou uma importante parceria com a Federação Pernambucana de Basquete e a Confederação Brasileira

Leia mais

Unidade 2: Cultura e história das populações indígenas no Brasil

Unidade 2: Cultura e história das populações indígenas no Brasil Unidade 2: Cultura e história das populações indígenas no Brasil Darcy Ribeiro e sua teoria sobre os índios no Brasil e o processo civilizatório. O projeto pombalino no século XVIII, a imposição da língua

Leia mais

15/11/2016. Atividade contra a resistência (água); Aula coletiva Geralmente utiliza música; Materiais para aumentar a resistência;

15/11/2016. Atividade contra a resistência (água); Aula coletiva Geralmente utiliza música; Materiais para aumentar a resistência; Atividade contra a resistência (água); Aula coletiva Geralmente utiliza música; Materiais para aumentar a resistência; 1 Sobre a aula: Circuito Coreografada Localizada por articulação Alternada por seguimento

Leia mais

CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CP/ECEME/07 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar os fatos históricos, ocorridos durante as crises política, econômica e militar portuguesa/européia

Leia mais

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Cláudia Regina Costa Pacheco Elomar Tambara Resenha do livro: VEIGA, Cynthia Greive. História da Educação. 1. ed. São Paulo: Ática, 2007. 328 p. A primeira edição do livro "História

Leia mais

Disciplina: Língua Portuguesa Data da realização: 13/06/2016

Disciplina: Língua Portuguesa Data da realização: 13/06/2016 Ficha da semana 4º ano A e B. Instruções: 1. Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte. 2. As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA Introdução à Educação Física A disciplina visa abordar a história da Educação Física, os principais conceitos e definições no

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE

FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE EDILTON JUNIOR SILVA JOÃO PEDRO MARQUES JULIANA NÓBREGA JATOBÁ JOGOS OLÍMPICOS 2016 Patrocínio e Lei de Incentivo ao Esporte Orientadora: Profª. Drª. Rosângela M.

Leia mais

Bem-vindo ao FHS. Quem somos nós? O que é diferente na escola? Envolver-se

Bem-vindo ao FHS. Quem somos nós? O que é diferente na escola? Envolver-se Bem-vindo ao FHS Quem somos nós? O que é diferente na escola? Envolver-se Quem somos nós? 2,079 estudantes nas classes 9-12 participar FHS. Branco - 67% Hispânica - 18% Africano-Americano - 7% Asiática

Leia mais

DATA: /12/2014 ETAPA: Anual VALOR: 20,0 pts. NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 7º ANO/E.F. TURMA: NOME COMPLETO:

DATA: /12/2014 ETAPA: Anual VALOR: 20,0 pts. NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 7º ANO/E.F. TURMA: NOME COMPLETO: DISCIPLINA: História PROFESSORES: Leonardo, Renata e Paula. DATA: /12/2014 ETAPA: Anual VALOR: 20,0 pts. NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 7º ANO/E.F. TURMA: NOME COMPLETO: Nº: Caro Aluno

Leia mais

Currículo do Curso de Educação Física

Currículo do Curso de Educação Física Currículo do Curso de Bacharelado ATUAÇÃO A formação do Bacharel em concentra-se na área não- escolar e tem o objetivo de formar um profissional nos princípios da flexibilidade curricular, capaz de acompanhar

Leia mais

Data: 19 e 20 de março 2016 CURITIBA/PR

Data: 19 e 20 de março 2016 CURITIBA/PR Data: 19 e 20 de março 2016 CURITIBA/PR Versão 1.0 20/01/2016 1 REGULAMENTO GERAL 1 FINALIDADE E OBJETIVOS Tem como objetivo o congraçamento, integração e lazer entre os sócios titulares, cônjuges e seus

Leia mais

ATIVIDADES E CURSOS EXTRACURRICULARES

ATIVIDADES E CURSOS EXTRACURRICULARES ATIVIDADES E CURSOS EXTRACURRICULARES Esta é mais uma prestação de serviços a que a escola se propõe, não havendo obrigatoriedade do aluno frequentar qualquer atividade. Os cursos têm horários previamente

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 01. EDUCAÇÃO, COMUNICAÇÃO E MÍDIA Educação e comunicação como práticas culturais. Mídias como expressão simbólica das diferenças culturais. A tecnologia como cultura e potencializadora

Leia mais

HORÁRIO GRUPO A - FUTEBOL

HORÁRIO GRUPO A - FUTEBOL GRUPO A - FUTEBOL FUTEBOL DANÇA PATINAGEM PATINAGEM TORNEIOS 10h30-11h30 GINCANA AULA DE NUTRIÇÃO QUINTA DAS XADREZ DESAFIO CSJB FUTEBOL TORNEIOS CONCHAS 11h45-12h45 NATAÇÃO NATAÇÃO FUTEBOL FUTEBOL TORNEIOS

Leia mais

Fundamentos do TE 27/11/2012

Fundamentos do TE 27/11/2012 Unidade I Fundamentos do Esportivo Conceito de Conceito de Esportivo Processo Conceito de É um processo pelo qual se submete alguém à busca de melhoria de alguma coisa. Visa a melhoria pois envolve diversas

Leia mais

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES DO IMÓVEL MEMORIAL DESCRITIVO PARA ESTABELECIMENTO DE ENSINO DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UFJF-GV

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES DO IMÓVEL MEMORIAL DESCRITIVO PARA ESTABELECIMENTO DE ENSINO DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UFJF-GV ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES DO IMÓVEL MEMORIAL DESCRITIVO PARA ESTABELECIMENTO DE ENSINO DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UFJF-GV 1. Introdução A Universidade Federal de Juiz de Fora, Campus

Leia mais

Atividades de Ocupação de Tempos Livres 2013

Atividades de Ocupação de Tempos Livres 2013 Definitivos (Atualização em 13/6/13) de Ocupação de Tempos Livres 2013 Externato Marista de Lisboa Programa 1: Educação Pré-Escolar (3 aos 5 anos) 1 a 12 de julho 8.00 RECEÇÃO 13.30 de 13.30 ALMOÇO 14.00

Leia mais

REGULAMENTO GERAL I - DO OBJETIVO. Art. 1. São objetivos dos XXI CIRCUITO DOM BOSCO previstos neste Regulamento:

REGULAMENTO GERAL I - DO OBJETIVO. Art. 1. São objetivos dos XXI CIRCUITO DOM BOSCO previstos neste Regulamento: REGULAMENTO GERAL I - DO OBJETIVO Art. 1. São objetivos dos XXI CIRCUITO DOM BOSCO - 2014 previstos neste Regulamento: Promover o desporto educacional, através de jogos que envolvam varias modalidades

Leia mais

CARGO: GARI. Questões de Língua Portuguesa

CARGO: GARI. Questões de Língua Portuguesa Questões de Língua Portuguesa Leia o texto abaixo e responda às questões: Os Jogos Olímpicos tiveram sua origem na Grécia Antiga, aproximadamente 2.500 anos a.c., e o principal motivo desse evento era

Leia mais

Jogos Olímpicos Rio 2016 GUIA DE INGRESSOS Março 2015

Jogos Olímpicos Rio 2016 GUIA DE INGRESSOS Março 2015 Jogos Olímpicos Rio 016 GUIA DE INGRESSOS Março 015 instalações olímpicas por região 6 N 1 9 7 8 10 Baía de Guanabara 11 Deodoro 14 15 13 18 Parque Estadual da Pedra Branca Parque Nacional da Tijuca Copacabana

Leia mais

CALENDÁRIO OFICIAL DE PROVAS

CALENDÁRIO OFICIAL DE PROVAS CALENDÁRIO OFICIAL DE PROVAS Actualizado 21/07/2010 2010 2011 1. PROVAS NACIONAIS 2010/11 CAMPEONATOS NACIONAIS UNIVERSITÁRIOS CNU s NACIONAL / NCS modalidade zona/região prova data org. local local inscr.

Leia mais

CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO EMENTAS º PERÍODO CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO EMENTAS - 2016.2 2º PERÍODO DISCIPLINA: BIOQUÍMICA CELULAR Componentes responsáveis pelo funcionamento bioquímico dos seres vivos, em especial o ser humano, manifestos

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO Nº 001/2012 CALENDÁRIO DOS JOGOS

ORDEM DE SERVIÇO Nº 001/2012 CALENDÁRIO DOS JOGOS GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA JUVENTUDE, ESPORTE E LAZER. GERÊNCIA EXECUTIVA DO DESPORTO FÍSICO JOGOS ESCOLARES E PARAESCOLARES DA PARAÍBA - 2012 ORDEM DE SERVIÇO Nº 001/2012 CALENDÁRIO

Leia mais

PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, 08 / 04/ 2016 PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES DISCIPLINA: GEOGRAFIA SÉRIE:8º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Leia mais

OPapeldoesportenaescola; Porque somente os Esportes Coletivos são trabalhados na escola; Como trabalhar os esportes individuais na escola;

OPapeldoesportenaescola; Porque somente os Esportes Coletivos são trabalhados na escola; Como trabalhar os esportes individuais na escola; OPapeldoesportenaescola; Porque somente os Esportes Coletivos são trabalhados na escola; Como trabalhar os esportes individuais na escola; Introdução ao Atletismo; 1 PCN Parâmetro Curricular Nacional A

Leia mais

ESPORTE PARA O DESENVOLVIMENTO HUMANO

ESPORTE PARA O DESENVOLVIMENTO HUMANO ESPORTE PARA O DESENVOLVIMENTO HUMANO O esporte é uma via privilegiada para o desenvolvimento humano. Por meio do esporte, as crianças e jovens têm oportunidade de desenvolver valores, atitudes e competências

Leia mais

Pontos para Concurso Público para Docente do Magistério Superior Edital 01/2009

Pontos para Concurso Público para Docente do Magistério Superior Edital 01/2009 Desporto Coletivo 1. Origem e evolução do Desporto Coletivo no Brasil: histórico e tendências atuais 2. Processos pedagógicos de iniciação do Desporto Coletivo no contexto escolar 3. A utilização de equipamentos

Leia mais

Intercâmbio Acadêmico para a China Beijing Language and Culture University (BLCU)

Intercâmbio Acadêmico para a China Beijing Language and Culture University (BLCU) Intercâmbio Acadêmico para a China Beijing Language and Culture University (BLCU) http://www.blcu.edu.cn BLCU BLCU A Beijing Language and Culture University (BLCU) foi fundada em 1962 e originalmente foi

Leia mais

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: História II Curso: Técnico do Nível Médio Integrado em Mineração Série/Período: 2ª série Carga Horária: 2 a/s - 80h/a 67h/r

Leia mais

Diversidade esportiva

Diversidade esportiva Diversidade esportiva O futebol é o esporte mais praticado no país. No Brasil nasceram o futsal, o futebol de areia e o futebol society. Outro esporte nascido no país é a capoeira, esta, remete ao período

Leia mais

Natação Principais Resultados da Base: No Estadual Junior, o clube conquistou um total de 8 ouros, 6 pratas e 5 bronzes.

Natação Principais Resultados da Base: No Estadual Junior, o clube conquistou um total de 8 ouros, 6 pratas e 5 bronzes. Resultados 2014 Natação 2014 Principais Resultados da Base: No Estadual Junior, o clube conquistou um total de 8 ouros, 6 pratas e 5 bronzes. Francisco Lobo nos jogos escolares conquistou 2 medalhas de

Leia mais

I Encontro de Gestão da Informação e do Conhecimento em Acervos Esportivos na Cidade de São Paulo

I Encontro de Gestão da Informação e do Conhecimento em Acervos Esportivos na Cidade de São Paulo I Encontro de Gestão da Informação e do Conhecimento em Acervos Esportivos na Cidade de São Paulo Esporte e Informação a Serviço da Educação Índice 1. O Comitê Olímpico Brasileiro 2. Departamento Cultural

Leia mais

Fundamentos da Biofísica Termodinâmica

Fundamentos da Biofísica Termodinâmica Fundamentos da Biofísica Termodinâmica Kelser de Souza Kock http://biofisicaunisul.blogspot.com.br/ Introdução Estudo dos processos em que há transformação de energia e o comportamento dos corpos nessas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO SOLENIDADE DE ABERTURA

PROGRAMAÇÃO SOLENIDADE DE ABERTURA Data: 31.08.2012 (sexta-feira) Local: Colégio 7 de Setembro - Sede: EBS Solenidade de Abertura Horário: 18h30min Ginásio Escolha da Rainha da Olimpíada Horário: A seguir Competição de Ginástica Aeróbica

Leia mais

GUIA DE AULAS - HISTÓRIA SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR

GUIA DE AULAS - HISTÓRIA SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR GUIA DE AULAS - HISTÓRIA SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR Olá, Professor! Assim como você, a Geekie também quer ajudar os alunos a atingir todo seu potencial e a realizar seus sonhos. Por isso, oferecemos

Leia mais

BRASIL COLÔNIA ( )

BRASIL COLÔNIA ( ) 2 - REVOLTAS EMANCIPACIONISTAS: Século XVIII (final) e XIX (início). Objetivo: separação de Portugal (independência). Nacionalistas. Influenciadas pelo iluminismo, independência dos EUA e Revolução Francesa.

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO Introdução à Educação Física Apresentação e contextualização da Educação Física e da cultura universitária em geral; Discussão

Leia mais

Metodologia e Prática de Ensino de Ciências Sociais

Metodologia e Prática de Ensino de Ciências Sociais Metodologia e Prática de Ensino de Ciências Sociais Apresentação Professor: Edmilson Nazareno Brito Bate-Papo Sexta-Feira Turma manhã 12h às 12h e 30min. Turma noite 18h às 18h e 30 min. A aula de hoje

Leia mais

CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA

CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA 2004-2007 (Projeto de Lei nº 41/2005-CN) PARECER DA COMISSÃO SUBSTITUTIVO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD - Coordenação de Processos Seletivos COPESE www.ufvjm.edu.br - copese@ufvjm.edu.br UNIVERSIDADE

Leia mais

UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI- URCA Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - CCBS Departamento de Educação Física - DEF. Atividades Pesq/Ext/Adm.

UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI- URCA Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - CCBS Departamento de Educação Física - DEF. Atividades Pesq/Ext/Adm. UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI- URCA Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - CCBS Departamento de Educação Física - DEF 1 Licenciatura em Educação Física - CDS 20.2 PROFESSORES EFETIVOS Nº Professor

Leia mais

VIII JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA

VIII JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA VIII JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA REGULAMENTO GERAL 1 DA FINALIDADE Art. 1º - Os VIII JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA, competição oficial da ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS (AMB), têm como objetivo

Leia mais

Jogos Olímpicos Vôlei. Jelena Bozovic, Ana Carolina Russo, Fernanda Verde, Carolina Bellato, Noemi da Silva, Rafaela Murbach

Jogos Olímpicos Vôlei. Jelena Bozovic, Ana Carolina Russo, Fernanda Verde, Carolina Bellato, Noemi da Silva, Rafaela Murbach Jogos Olímpicos Vôlei Jelena Bozovic, Ana Carolina Russo, Fernanda Verde, Carolina Bellato, Noemi da Silva, Rafaela Murbach O que são os Jogos Olímpicos? Jogos Olímpicos é o nome dado a um evento que reúne

Leia mais

QUADRO DE HORÁRIOS QUA QUI SEX SÁB. Power Strech - Power Strech - Power Strech. Alongamento Box Circuit Alongamento Box Circuit

QUADRO DE HORÁRIOS QUA QUI SEX SÁB. Power Strech - Power Strech - Power Strech. Alongamento Box Circuit Alongamento Box Circuit BARRA QUA QUI SE Power Strech Power Strech Power Strech Box Circuit Box Circuit Box Circuit 11:00 Mix Dance Dança do Ventre Mix Dance Dança do Ventre Mix Dance 12:00 SALÃO ll 15:00 Abdominal Aerodance

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE VAGAS

ANEXO I QUADRO DE VAGAS ANEXO I QUADRO DE VAGAS CARGO 2.1. Coornação Geral 2.2. Coornação Setorial 2.3. Coornação Núcleo LOTAÇÃO /MUNICÍPIO VAGAS GERAIS VAGAS PARA PORTADORE S DE DEFICIÊNCIA TOTAL DE VAGAS ESCOLARIDA DE EXIGIDA

Leia mais

Calendário Escolar 2017

Calendário Escolar 2017 Calendário Escolar 2017 Janeiro 1 Todos Feriado: Confraternização Universal 2 a 6 EM Período de inscrições para PPE e Matrícula Especial Secretaria 2 a 31 EI Projeto Brincando nas Férias 26/1 a 10/2 Fevereiro

Leia mais

REGULAMENTO GERAL. 3 - É permitida a reunião de associações da mesma região para participação dos Jogos.

REGULAMENTO GERAL. 3 - É permitida a reunião de associações da mesma região para participação dos Jogos. 1 DA FINALIDADE V JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA DE 26 A 30 DE MAIO DE 2010 Foz do Iguaçu PR REGULAMENTO GERAL Art. 1º - Os JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA, competição oficial da ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER DE RIO BRANCO

SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER DE RIO BRANCO SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER DE RIO BRANCO PROGRAMAS E PROJETOS PROPOSTAS DE AÇÕES PROGRAMA RIO BRANCO OLÍMPICO PROJETO PARCERIAS visa realizar parcerias com os agentes e/ou entidades que realizam

Leia mais