ENTREVISTA: O executivo Freddy Alves Vaquero detalha qual a estratégia da IBM para a nova era da plataforma POWER7

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENTREVISTA: O executivo Freddy Alves Vaquero detalha qual a estratégia da IBM para a nova era da plataforma POWER7"

Transcrição

1 ENTREVISTA: O executivo Freddy Alves Vaquero detalha qual a estratégia da IBM para a nova era da plataforma POWER7 Ano 3 Edição 09 Julho Agosto Setembro 2010 Distribuição Gratuita Nova linha POWER7 IBM lança servidores com até 256-core processadores, consolidando em um único equipamento até máquinas virtuais Distribuição de energia e TI verde baseadas em Power: Cemar elege tecnologia da IBM para dar suporte à sua expansão Beta teste do AIX 7 já está disponível para download

2

3 EDITORIAL UMA NOVA ERA Comemoramos com esta edição, o início do terceiro ano de distribuição da Power Channel. Com uma média de downloads por edição, podemos dizer que a publicação está consolidada entre os profissionais de TI e formadores de opinião. Sempre com muita novidade e assuntos de relevância para clientes que buscam uma infraestrutura moderna, eficiente e muito segura. Nada melhor do que comemorar este aniversário, trazendo mais novidades para o mercado. E fomos brindados com o lançamento de um verdadeiro Monster Server: o Power System 795, o novo topo de linha da plataforma, baseado nos processadores POWER7. Os números são para lá de impressionantes: 256 cores processadores, 1024 threads simultâneos, até 8TB de memória e até máquinas virtuais. Um verdadeiro atropelamento sobre qualquer concorrência. Ao mesmo tempo, a IBM informa ao mercado um novo recorde de Benchmark, através de um cluster com três servidores IBM Power 780, com 8 processadores e 64- core cada um, apresentando um throughput tpmc, com banco de dados DB Essa performance é 35% melhor do que o melhor resultado publicado da Oracle; 2,7 vezes maior performance por core, relação preço/performance 41% melhor e consumo de energia menor 35% por TPC. Para completar, trazemos também informações sobre os novos modelos de entrada Power 710 Express, o lançamento do novo AIX 7 e detalhes do Active Memory Expansion (AME), uma tecnologia exclusiva dos servidores Power Systems, que apresenta um grande benefício para o ERP SAP. Com tantas boas notícias sobre a plataforma Power, convidamos para a entrevista desta edição, Freddy Alves Vaquero, o executivo da Unidade de Negócios Power Servers para a IBM América Latina. Freddy faz uma análise dos benefícios desses novos anúncios para os clientes Power, bem como, do alinhamento da plataforma com a área de Software da IBM e de estratégias macro, como o Smart Planet. Explica também, como mudou o modelo de negócios das empresas e como Power encontra-se à frente das demais plataformas para servir a infraestrutura desse novo modelo. Completamos com as primeiras informações sobre o recém anunciado IBM Smart Analitics Systems, na sessão Tecnologias e Tendências um appliance baseado na estratégia da IBM de Business Analytics Optimization. Esse equipamento, desenvolvido para facilitar a análise de informações em tempo real, visa agilizar as melhores tomadas de decisões, diminuir as perdas de recursos e otimizar os negócios dos clientes. Iniciamos a era de massivo poder de processamento paralelo. Tenham uma ótima leitura. Redação Power Channel EXPEDIENTE REDAÇÃO: Rua Azevedo Macedo, 20-7 Andar - Vila Mariana São Paulo SP Tel. (11) COORDENAÇÃO GERAL: Power Channel JORNALISTA RESPONSÁVEL: Cristiane Bottini - MTB Nº DIRETOR DE ARTE: João Marcos Batista COLABORADORES DESTA EDIÇÃO: Beatriz Woiler Rauscher, Catarina Anderáos, Dominic Alexandre de Souza, Felipe Ost Scherer e Maximiliano Carlomagno COMERCIAL: Orlando Fogaça e Valdeci Junior A REVISTA POWER CHANNEL é uma publicação trimestral destinada aos CIOs ligados aos produtos de hardware e software. Esta revista é distribuída gratuitamente a todos os parceiros e demais pessoas com interesse no seu conteúdo. O conteúdo das matérias assinadas são de responsabilidade de seus respectivos autores e não correspondem, necessariamente, à opinião desta revista e nem de seus editores. PARA CONTATOS, por favor acesse os meios apresentados acima. Faça o DOWNLOAD das matérias apresentadas nesta revista através do site

4 ÍNDICE CAPA IBM POWER 795 MONSTER SERVER A nova máquina faz parte do lançamento mundial da fabricante da linha de servidores baseados no processador POWER7, que usa o recurso AME para otimizar a memória RAM CURTAS Confira as novidades do mercado e a coluna Nerdvana TECNOLOGIAS E TENDÊNCIAS Novo Appliance Smart Analitics, dados mais 16 9 inteligentes 11 ENTREVISTA A NOVA ERA DA LINHA POWER Freddy Alves Vaquero, Executivo da Unidade de Negócios Power Servers para a IBM América Latina, explica qual a estratégia da companhia, que passa a oferecer servidores com 256 cores PARCEIROS AÇÃO INFORMÁTICA Viação Garcia usa POWER para trafegar na estrada da virtualização INGRAM MICRO Usina Alta Mogiana bate recorde de produção com POWER GESTÃO SOLUÇÕES DE NEGÓCIOS PRODUTOS Dez desafios para profissionalizar a TI 22 POWER garante à CEMAR atendimento de qualidade e TI Verde Express tem menor preço e maior confiabilidade 30 A arte de liderar 24 Indústria química Miracema-Nuodex escolhe POWER para rodar SAP 28 AIX 7 já tem beta teste para download 31 ESPECIAL OPINIÃO Caminhões Trucks: fortes como os monster servers POWER7 32 A competição moderna 34 4 Power Channel Julho Agosto Setembro 2010

5 Foto: DIVULGAÇÃO POWER7 MARCA UMA NOVA ERA PARA A IBM A Big Blue acaba de anunciar mundialmente cinco novos modelos de servidores da linha Power Systems, complementando o portfolio de servidores baseados nos processadores POWER7. A linha apresenta agora modelos que visam atender desde clientes de pequeno porte até o segmento Enterprise, de 4 a 256-cores processadores e com capacidade para consolidar até mil máquinas virtuais em apenas um único servidor físico. Em entrevista exclusiva à Power Channel, Freddy Alves Vaquero, Executivo da Unidade de Negócios Power Servers para a IBM América Latina, explica qual o posicionamento para esses servidores com alto poder de processamento paralelo. ENTREVISTA FREDDY ALVES VAQUERO Power Channel: Os novos servidores POWER7, anunciados em 17 de agosto, são um marco para a plataforma? Freddy Alves: Sem dúvida alguma! Esse anúncio traça novas perspectivas para a plataforma Power, bem como novas possibilidades e estratégias para o mercado de TI em geral. Verificamos que nos mercados emergentes (os BRICs) e na Ásia existe muita demanda e oportunidade de negócios para servidores com a alta confiabilidade e poder de processamento, como o Power, mas a baixo custo de aquisição. A nova linha de entrada da família Power, apresenta modelos com alto poder de processamento, escalabilidade e a confiabilidade da arquitetura Power, mas com preços extremamente agressivos. No outro extremo, falamos de grandes data centers e corporações, onde estratégias como Cloud Computing, a explosão de armazenamento de dados, com a necessidade de recursos para processamento dos mesmos, requeria máquinas com um poder de consolidação e processamento inimagináveis até bem pouco tempo. Nesse segmento, tivemos um salto enorme, onde nossa máquina POWER6, topo de linha, chegava a até 64 core e 256 máquinas virtuais, passando com o POWER7 795 a até 256 core e máquinas virtuais, atingindo índices de Benchmark incomparáveis no momento. PC: Essa era uma demanda identificada também pelo canal Power? Freddy Alves: Além de estarmos sempre analisando o mercado e as tendências, havia uma solicitação dos parceiros de negócios, principalmente dos ISVs (desenvolvedores de soluções), de uma alternativa com a confiabilidade e poder de processamento de um Power, com preço acessível às pequenas e médias empresas. Muitos apontavam que servidores Power Julho Agosto Setembro 2010 Power Channel 5

6 reduzem radicalmente a necessidade de suporte aos seus clientes, mas que optavam por uma solução x86 em função de custo e conhecimento. Agora será possível às empresas de qualquer porte e necessidade contar com toda a segurança e confiabilidade dos servidores Power e, o principal, a um preço muito acessível. Por exemplo, um cliente que tem entre 30 e 40 funcionários que precisa de uma máquina para rodar seu ERP (que anteriormente optava por correr riscos, devido ao custo, implementando-o em um ambiente x86) pode adquirir um servidor do nível da plataforma POWER7 e com toda a integração dos softwares IBM. E caso optem pelos benefícios de redução de custos e maior eficiência de um ambiente virtualizado, os servidores low-entry apresentam a escalabilidade e os mesmos recursos de virtualização que os clientes de grande porte já contavam na plataforma. No caso dos modelos Enterprise, notamos que os números em TI estão para lá de assombrosos, o que requer maior inteligência de operação e recursos de processamento do que até então. Estamos falando da ordem de 6 TB de informação circulando pela internet a cada segundo e uma previsão de cresimento de armazenamento e manuseio de dados de 10 vezes no período entre 2007 a Isso requer servidores altamente escaláveis, virtualizados e softwares de gerenciamento com elevado grau de monitoração e automatização, atendendo estratégias como Cloud Computing e Smart Planet. PC: A estratégia da IBM inclui alguma facilidade para que o cliente de pequeno porte adquira Power? Freddy Alves: Existe a opção de financiamento Rapid Financing, do Banco IBM, que possibilita leasing PC: A linha de servidores IBM POWER7 é a base para qualquer cliente que busca a infraestrutura ideal para uma futura Cloud Computing? Freddy Alves: Hoje já percebemos uma grande movimentação para uma Cloud privada dentro das empresas de grande porte e grandes data centers. Criar uma Cloud com servidores Power e Softwares IBM Tivoli para monitoração e provisionamento tem se mostrado de 70% a 90% mais barato do que alternativas x86 ou Clouds públicas. Os grandes diferenciais que o POWER7 traz como base para Cloud são a capacidade de operar com até 90% de utilização, altíssimo grau de virtualização, automatizacom taxas competitivas pré e pósfixadas pelo CDI. Esses contratos podem ser fechados a partir de R$ 15 mil e, no final do contrato, o cliente pode optar em ficar definitivamente com as máquinas ou as retorna à IBM. Como parte da estratégia, a IBM está dando apoio à nossa rede de canais e revendas, com foco na expansão regional que prevê o crescimento da IBM fora das capitais do eixo Rio-São Paulo que, segundo a IDC, são regiões que representam 54% do mercado potencial de TI. Para atender o pequeno porte, também estamos captando novos parceiros e ISVs localizados no Sul e Nordeste, regiões em que existe potencial para a plataforma Power e que muitos de nossos atuais canais não atuam. Além disso, estamos investindo pesadamente na capacitação técnica e de vendas, com treinamentos locais e foco no mercado que a revenda irá atuar. PC: Como se posiciona o novo 795 frente ao Superdome HP e outros servidores de grande porte? Freddy Alves: Faz parte da história da IBM o compromisso com a plataforma e, principalmente, com os clientes que nela investem. A Agora será possível às empresas de qualquer porte e necessidade contar com toda a segurança e confiabilidade dos servidores Power e, o principal, com preço muito acessível demonstração disso é o investimento em um servidor que se apresenta em sua 7º geração, sempre trazendo inovações para a indústria de TI, porque isso é um compromisso da IBM. Esse respeito ao cliente e a certeza de continuidade a IBM vem mostrando geração após geração da linha Power. Uma Power tem capacidade e escalabilidade entre quatro e cinco vezes mais que os servidores dos concorrentes, além da enorme capacidade de consolidação, que reduz a complexidade de qualquer tipo de operação e dispensa ter uma enorme equipe de profissionais apenas para gerenciar servidores. Esses profissionais agora podem se concentrar em ações mais estratégicas. Outros diferenciais da Power são a capacidade on demand, que permite atender de imediato demandas inesperadas ou sazonais, a movimentação dinâmica e automática de cargas de processamento e de memória (dois recursos que não são oferecidos pelos concorrentes), alto grau de virtualização e extrema capacidade de monitoramento e gerenciamento, propiciados pelos Softwares IBM. 6 Power Channel Julho Agosto Setembro 2010

7 Foto: DIVULGAÇÃO ção de alocação de recursos e, consequentemente, redução de custo com espaço físico, energia e gerenciamento, escalabilidade e crescimento de memória e processadores On Demand. Além da confiabilidade incomparável da arquitetura e, finalmente, uma grande integração com softwares IBM de monitoramento e gerenciamento, que permite ambientes computacionais não suportados por arquitetura Unix ou x86 concorrentes. Nossa tecnologia também permite que seja feita a contabilidade do que foi usado em cada área, de forma que o gestor de TI possa distribuir o custo da tecnologia por áreas de negócios. Ou se for um provedor de Cloud em Data Center, essa contabilidade será feita por cliente, de acordo com o uso da capacidade e recursos em diferentes dias e períodos. Na estimativa da IDC, a receita de vendas de servidores para cloud computing pública Uma Power tem capacidade e escalabilidade entre quatro e cinco vezes mais que os servidores dos concorrentes, além da enorme capacidade de consolidação, que reduz a complexidade de qualquer tipo de operação e dispensa ter uma enorme equipe de profissionais apenas para gerenciar servidores atingirá mundialmente US$ 718 milhões em E a receita de venda de servidores para computação para Cloud privada também cresce e será em torno de US$ 5,7 bilhões, no mesmo período. Outra pesquisa recente da consultoria revelou que 44% das empresas já consideram adotar uma nuvem privada. PC: Como os novos modelos se alinham com a estratégia da IBM de Smart Planet? Freddy Alves: A IBM tem alertado que precisamos operar de forma mais inteligente e produtiva nos mais diversos setores da economia e aspectos profissioanais e pessoais. Mundialmente, a quantidade de dispositivos e aparelhos conectados à internet é maior do que o número de pessoas efetivamente usando tudo isso. E é normal, porque a forma de entregar os dados está se transformando e se tornando cada Foto: DIVULGAÇÃO vez mais conectada. Portanto, precisamos ter meios mais eficientes de aproveitar tudo isso. Precisamos ter serviços cada vez mais integrados e eficientes que permitam melhorar a qualidade de vida e de trabalho ou será impossivel a vida urbana em alguns anos. A IBM tem se preocupado em buscar soluções para isso, com sua estratégia Smart Planet, que engloba todos os produtos e serviços de seu desenvolvimento. E Power é totalmente alinhado à essa estratégia. Um bom exemplo é a área de geração e distribuição de energia, que já utiliza medidores de leitura remota que transmitem os dados de cada usuário várias vezes durante o dia. Isso gera relatórios e permite a análise dos padrões de consumo, permitindo o redimensionamento da distribuição e inclusive uma tarifação inteligente e diferenciada por horário, público, etc.. Nesses projetos, as geradoras não precisam mais fazer investimentos constantemente em infraestrutura, porque dispõem de recursos de adequação de capacidade conforme a carga exigida, oferecidos pela plataforma Power. Outro exemplo, são os serviços médicos com a informatização dos prontuários que, digitalmente, podem ser acessados remotamente. Outro exemplo é uma empresa pequena que oferece produtos lácteos, que poder ter um enorme diferencial competitivo ao fazer a análise de consumo dos seus produtos pelos clientes e regiões no sistema delivery. Com essa estatística em mãos, pode repor antecipadamente cada item, sem ter de aguardar a entrada de pedidos e atender seus clientes de forma mais rápida e inteligente. Seja para a geradora de energia ou para o entregador de produtos lácteos, a plataforma Power é a ideal, porque os modelos de negócios estão mudando Julho Agosto Setembro 2010 Power Channel 7

8 ENTREVISTA FREDDY ALVES VAQUERO Isso é irreversível e Power está à frente com recursos para esse novo modelo. PC: Qual é o grau de sintonia entre os produtos de software da IBM e os servidores Power? Que novidades virão dessa iniciativa? Freddy Alves: O POWER7 foi concebido no mesmo laboratório de software da IBM justamente para que houvesse uma sinergia entre os técnicos e que esse hardware pudesse tirar o máximo proveito dos produtos da linha de software IBM e vice-versa, com o Software IBM utilizando com eficiência o massivo poder de processamento dos processadores POWER7. E essa iniciativa foi muito bem-sucedida. Por exemplo, com o P7 o Websphere tem performance até 73% maior do que na arquitetura x86, enquanto o Domino, em torno de 50% mais. Outros lançamentos importantes A IBM tem se preocupado e busca soluções através de sua estratégia Smart Planet, que engloba todos os produtos e serviços de seu desenvolvimento e Power é totalmente alinhado à essa estratégia também foram feitos em 17 de agosto com novas soluções que usam o POWER7. Como o IBM Rational Power Appliance, criado para que o desenvolvedor gerencie o ciclo de vida de criação dos códigos e docu- mentação, que vem pronto para o cliente conectar na rede e usar, sem a necessidade de qualquer customização ou ajuste, independentemente do que já tem em seu ambiente. Com a vantagem de se basear em servidores Power Express com AIX. Cenário bastante diferente do que ocorre quando o cliente adquire um appliance da concorrência para esse fim e depois descobre que tem de comprar software e fazer a configuração para que tudo funcione. Em adicional, anunciamos outro Appliance, o Cloud Bourst, que vem com um sistema de gerenciamento específico para Cloud e o IBM Smart Analytics System, uma plataforma integrada que proporciona amplas funcionalidades de análises e armazenamento de dados, que apresenta como diferencial uma extrema capacidade de integração e otimização em um ambiente de Data Center. IBM ROMPE BARREIRA DE 10 MILHÕES DE TRANSAÇÕES POR MINUTO COM A COMBINAÇÃO POWER E DB2 A combinação do IBM POWER7, Storage IBM e o software de banco de dados IBM DB2 supera a concorrência em desempenho e apresenta menor custo de aquisição e manutenção. Ao romper a barreira dos 10 milhões de transações por minuto, usando a referência de desempenho TPC padrão do setor, a solução IBM supera com facilidade todos os resultados alcançados pelos concorrentes, como HP e Oracle. Com esse desempenho, a linha IBM Power conquista o maior resultado de referência TPC-C (processamento de transações) jamais obtido no setor, usando a configuração Power Systems com DB2, atingindo tpmc. ESSE RESULTADO DA IBM APRESENTA OS SEGUINTES AVANÇOS REVOLUCIONÁRIOS: Performance da solução 2,5 vezes maior do que o melhor resultado publicado da HP; 69% mais performance por core e 2,1 vezes melhor relação preço/desempenho; Performance 35% melhor do que o melhor resultado publicado da Oracle; 2,7 vezes maior performance por core, relação preço/performance 41% melhor e consumo de energia menor 35% por TPC. Acesse a íntegra em 8 Power Channel Julho Agosto Setembro 2010

9 Fotos: DIVULGAÇÃO CURTAS IBM INVESTE EM SOLUÇÃO PARA COMPRESSÃO DE DADOS NOVOS SERVIDORES POWER7 MADE IN BRAZIL A Flextronics já está fabricando os novos modelos de servidores POWER7 no Brasil. Os equipamentos que estão sendo produzidos no país são os servidores 750, 770, 780 e o novíssimo 795 (veja os detalhes na pág 14). A fabricação local faz parte da estratégia da IBM em ganhar agilidade na entrega da nova linha de servidores POWER7. Decisão certeira que vem sendo adotada pela fornecedora desde as versões anteriores dessa plataforma e que resultou na liderança da IBM no mercado de servidores baseados em sistema operacional Unix no primeiro semestre deste ano, segundo a IDC. Dados divulgados pelo instituto de pesquisa, revelam que nesse segmento a IBM detém 76,8% de market share no Brasil. Diretores da linha POWER da IBM e a equipe da Flextronics comemoram a entrega do primeiro lote dos novos servidores POWER7 (no destaque) Está previsto para ser finalizado neste semestre o acordo entre a IBM e a Storwise, que complementará o portfólio de soluções para armazenamento de dados da Big Blue. A aquisição da fornecedora de tecnologias para compressão de dados Storwise foi confirmada no final de julho. A estratégia será incorporar essa tecnologia aos sistemas NAS (Network Attached Storage) da IBM, para atender a enorme demanda das empresas por soluções que os ajudem lidar com o crescente volume de dados, tornando-os disponíveis para análise estratégica. MICROSOFT NEGA CORREÇÃO DO BUG DO ATALHO PARA O WINDOWS XP SP2 No primeiro dia útil de agosto, a fornecedora publicou um pacth de emergência para o bug do atalho do Windows, que vem sendo explorado há semanas por invasores. A vulnerabilidade afeta todas as versões a partir do Windows 2000, incluindo XP, Vista e Windows 7. Mas para surpresa (e desespero) dos usuários do Windows XP SP2, a Microsoft informou que não haverá atualizações de segurança para o XP SP2. Aos usuários dessa versão, a Microsoft recomenda a atualização para o XP SP3 ou Windows 7. Desde 13 de julho último, a Microsoft aposentou o XP SP2 e o Windows 2000, que saíram da fase final de suporte estendido. Isso significa que não haverão mais atualizações de segurança ou de qualquer outra natureza para essas versões, seja via atualização automática ou via mecanismos de atualizações corporativas como o Windows Server Update Service. COMPLEXIDADE FISCAL Um levantamento realizado pelas prestadoras brasileiras de serviços na área fiscal mostra o grau de complexidade enfrentado pelas empresas atualmente no país: Atualmente são 76 tributos entre impostos diretos e indiretos, taxas, contribuições e outras espécies tributárias; Mais de 170 obrigações acessórias, variáveis por tributo, empresa, atividade, entre outras; São mais de 100 tipos de documentos fiscais com carga tributária que incidem sobre a produção, consumo, renda e o patrimônio. Julho Agosto Setembro 2010 Power Channel 9

10 NERDVANA - O cantinho do técnico Dicas e truques técnicos por RUDNEI RESENDE DE OLIVEIRA CONHECENDO O BENCHMARK AL CONSUMIRÁ, ATÉ 2015, CERCA DE US$ 450 BI EM INFRAESTRUTURA Acaba de ser divulgado o Relatório Latinoamericano de Infraestrutura 2015, da consultoria CG/LA Infrastructure, que estabelece a projeção do mercado de infraestrutura na região para os próximos cinco anos. A estimativa é de que serão investidos em toda a América Latina mais de US$ 450 bilhões em infraestrutura entre 2011 e O relatório indica que, enquanto países como Brasil, Chile e Colômbia registram um aumento nos investimentos, em outro grupo (onde estão Argentina e Venezuela), os níveis são muito baixos. O Chile continua liderando toda a região, com um investimento próximo de 6% do PIB em infraestrutura, totalizando US$ 42 bilhões até 2015 o que significa um aumento média de 15,7% ao ano em investimentos. Entretanto, com o advento dos Jogos Olímpicos e da Copa do Mundo, a expectativa é de que o Brasil se destaque na região, investindo US$ 229 bilhões nos próximos cinco anos, com um aumento de 18% ao ano. Por outro lado, a projeção é de que na Argentina o aumento chegará a apenas 2% ao ano, somando investimentos de US$ 17,9 bilhões no período. Já a Venezuela é o único país na região sem perspectiva alguma de aumento nos investimentos em infraestrutura, que deve ser de apenas US$ 10,6 bilhões para a geração de eletricidade, água e transportes. De acordo com o site Wikipédia, benchmark é "o ato de executar um programa de computador, um conjunto de programas ou outras operações, a fim de avaliar a performance relativa de um objeto, normalmente executando uma série de testes padrões e ensaios nele". A palavra também é muito usada na área da Tecnologia da Informação como um substantivo, para descrever vários tipos de medidas padronizadas e publicadas por algumas organizações, como, por exemplo, SPEC (Standard Performance Evaluation Corporation) e TPC (Transaction Processing Performance Council), as mais conhecidas. O objetivo desse artigo, é reforçar que os benchmarks existentes devem ser utilizados de acordo com as aplicações que estão sendo avaliadas e comparadas entre diferentes modelos de hardwares. Um dos benchmarks mais usados é o TPC-C, publicado pelo TPC, e criado com o objetivo de avaliar a performance e a escalabilidade de sistemas OLTP, medindo a taxa de transferência (throughput) de transações de negócios por minuto, muito comum para Banco de Dados de consultas e atualizações. Outro bastante usado é o TPC-H, que simula um ambiente de Data Warehouse, sincronizado com bancos de dados de produção online. Geralmente utilizado para BD com características OLAP. O TPC-H foi criado em quatro categorias para Data Warehouses de 100 gigabytes (GB), 300 GB, 1 terabyte (TB) e 3 TB. E a escolha do tamanho de base do benchmark também é importante para uma comparação correta entre diferentes modelos de hardware. Outros benchmarks bastante comuns são o SPECint e o SPECfp, ambos publicados pela organização Standard Performance Evaluation Corporation (SPEC). Eles têm como objetivo avaliar exclusivamente o poder de processamento e cache dos processadores. Mas não são efetivos para a avaliação de aplicações como Banco de Dados, por exemplo. É importante que clientes utilizem o benchmark correto de acordo com a aplicação que está sendo avaliada e comparada para rodar em determinado hardware, para que a escolha do equipamento seja feita adequadamente. Também é importante citar o SAPS (SAP Application Performance Standard) para avaliar aplicações SAP e sua performance em determinado hardware. Atualmente esse benchmark é bastante utilizado para comparativos e aquisições de novos hardwares para rodar essa plataforma, principalmente para avaliar a performance de diferentes fornecedores e bancos de dados, porque permite avaliar, além da performance de processadores, toda a parte relacionada ao IO de um servidor. É comum, ainda, empresas renovarem o hardwares por novos equipamentos tecnologicamente mais avançados e, nesse caso, os benchmarks também podem ajudar. Para comparativos de hardware com processadores IBM RISC (atualmente com processadores POWER na geração 7), o rperf é um excelente benchmark para o cliente que pretende mudar, por exemplo, de um servidor com processador POWER4, 5 ou 6 para máquinas equipadas com chips POWER7. Já no comparativo entre equipamentos de diferentes marcas e modelos, existem benchmarks proprietários que podem ser adquiridos por empresas, como o Ideas International, que ajudam o cliente a comparar a performance entre servidores de fabricantes como IBM, HP e SUN.

11 TECNOLOGIAS E TENDÊNCIAS IBM anuncia a solução Smart Analytics O objetivo é transformar a informação para uma utilização mais inteligente POR BEATRIZ WOILER RAUSCHER Todas as indústrias estão olhando como a área de Tecnologia de Informação pode ajudar a organização e melhorar a produtividade de uma forma mais inteligente, além de contribuir com o crescimento e o fortalecimento dos objetivos dos negócios. Baseado nessas necessidades, a IBM oferece a estratégia de Business Analytics Optimization como chave para ajudar seus clientes a encontrar as soluções para a produtividade e crescimento em seus negócios, facilitando as análises das informações em tempo real para agilizar as melhores tomadas de decisões, diminuindo, assim, perdas de recursos e otimizando os ganhos. A IBM está fazendo um investimento de bilhões de dólares em pesquisa e desenvolvimento em software, sistemas e recursos humanos para ajudar seus clientes nesse tema da transformação da informação. Hoje existem sete Centros de Soluções Analíticas ao redor do mundo, com mais de consultores e mais de 10 anos de experiência com serviços em modelos matemáticos e analíticos. Um bom começo para definir a estratégia de transformação das informações nas indústrias são as soluções IBM Smart Analytics, que são multiindústrias, independentemente do tamanho da empresa, as quais integram software, hardware e serviços. Tudo idealizado para que a implementação seja reduzida em tempo, risco e complexidade, podendo trazer rapidamente os benefícios para as organizações que as contratam. A solução IBM Smart Analytics é caracterizada por ser um appliance (conjunto integrado) diferenciado no mercado, porque atende o cliente de ponta a ponta, incluindo hardware, software, aplicação e serviços com um único ponto de suporte. BEATRIZ WOILER RAUSCHER Responsável na IBM por vendas de sistemas para soluções de indústrias IBM SMART ANALYTICS SYSTEMS Optimizado profundamente por especialistas da IBM Crescimento flexível para atender as alterações nas necessidades de negócio DO QUE É COMPOSTO? Software Analíticos ü ücubing Services ü Capacidades de Business Intelligence Text Analytics & Data Mining Data Warehouse Poderoso üplataforma de Warehousing üsofisticado Gerenciamento de Carga de Trabalho Automação do Sistema ü Hardware & Serviços ü ü Plataforma de Servidores Capacidade de Armazenamento Constr., Implementação, Health Check & Serviços de Suporte Premium ü Fonte: IBM SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS E DIFERENCIAIS DOS COMPETIDORES SÃO: Redução na complexidade de seus componentes, caso fossem contratados isoladamente. Nessa solução seus componentes são entregues integrados e prontos para uso, que também já estarão pré-testados e otimizados; Todos os softwares são pré-instalados e otimizados, incluindo o produto Infosphere Warehouse, para que o appliance tenha alto desempenho; Escalabilidade modular para atender o crescimento necessário; Ponto único de contato para suporte a dúvidas e solução de problemas; Tecnologia baseada em padrões abertos do mercado e que possam ser reutilizados; Soluções desenvolvidas através das melhores práticas IBM e de mercado; Soluções disponíveis nas plataformas Intel, RISC e Mainframe; Vários casos e referências implementados, utilizando-se todos os benefícios e segurança da plataforma POWER. Julho Agosto Setembro 2010 Power Channel 11

12 PARCEIROS Ação Informática Viação Garcia trafegando na estrada da virtualização Foto: DIVULGAÇÃO Companhia ganhou velocidade e otimizou o gerenciamento ao adotar um ambiente virtualizado para missão crítica em IBM Power e Storage DS5100 DA REDAÇÃO MARCOS KLEIN, responsável pela TI da Viação Garcia Empresa da região de Londrina (PR), pioneira no transporte de passageiros rodoviários, atuando também no transporte de cargas e encomendas, a Viação Garcia tinha como desafio aderir à uma solução inovadora que lhe permitisse estar um passo à frente na busca por maior eficiência e redução de custos. Diante desse cenário, que incluia aumentar a eficiência no gerenciamento do ambiente de Tecnologia da Informação e a contínua busca por TCO, com apoio da revenda IBM AMM Paraná e da Ação Informática, a empresa passou a analisar os diferenciais de um ambiente virtualizado na plataforma IBM Power, comparando com outras alternativas x86. O core da estratégia da Viação Garcia é agregar alta disponibilidade e segurança à tecnologia da informação, para garantir o funcionamento adequado dos principais aplicativos de negócio da empresa, mantendo-o sempre em produtividade. Foto: GOOGLE 12 Power Channel Julho Agosto Setembro 2010

13 Por meio de servidores Power como infraestrutura para o aplicativo de venda de passagens, Marcos Klein, responsável pela TI da Viação Garcia, explica que o principal critério para a definição da infraestrutura na empresa tem sido: a disponibilidade e confiabilidade dos serviços de venda de passagens que sempre fizeram (e fazem) grande diferença em nosso negócio. Por isso, somos clientes IBM, tendo iniciado essa parceria há mais de dez anos, quando adotamos servidores AS/400. A maior confiabilidade dos servidores Power, quando comparados à tecnologia x86, foi critério decisivo para a escolha. Virtualização para nós era uma necessidade e não um modismo. Nosso desafio era adotar um modelo mais eficiente para aplicações de missão crítica, o que requer uma infraestrutura diferenciada em termos de segurança e disponibilidade afirma Klein. O executivo adotou como estratégia a virtualização de servidores em uma Power modelo 520 Express 4-core POWER6, com máquinas virtuais IBM i e Linux, conectadas a um Storage DS5100. O resultado foi imediato, com ganho em performance e uma substancial simplificação nas tarefas de gerenciamento de TI. Na Power520 Express reside hoje o sistema de venda de passagens SRVP, os módulos administrativo e financeiro do ERP, a folha de pagamento e o sistema corporativo, que é a base para o transporte de cargas, tráfego da frota e o controle de escala. Nosso negócio é de missão crítica e não pode ter paradas, portanto, precisamos ter uma infraestrutura robusta, flexível e de alta escalabilidade, comenta Klein. Ele afirma, como benefícios imediatos, obtidos com a consolidação dos servidores na máquina Power, a redução significativa no gasto com energia elétrica e na administração da TI, a qual se tornou mais simples e eficiente. Além disso, o ganho de performance, que permitiu também a expansão do processamento nas filiais. Essa agilidade é fundamental para os negócios, porque na nova máquina rodam quatro bases distintas, que são fundamentais. A idéia agora é migrar todas as aplicações para acessarmos um único banco de dados DB2. Nosso plano é que essa extensão do projeto ocorra até o próximo ano. Para se ter uma idéia, temos um volume de, aproximadamente, 400GB divididos em quatro instâncias no DB2. A plataforma Power nos atende plenamente, permitindo que a TI da Viação Garcia consiga manter sua base tecnologica atualizada, com redução de custos e um eficiente gerenciamento dentro das melhores práticas. Assim, conseguimos o melhor pelo menor custo, finaliza Klein. Foto: GOOGLE VIAÇÃO GARCIA Aos 76 anos, a Viação Garcia tem sua sede em Londrina (PR), a terceira cidade do Sul do Brasil. A história das duas está intimamente ligada porque, à medida que o município crescia, a empresa se modernizava para atender às necessidades da população. Por quatro anos consecutivos 2003, 2004, 2005 e 2006 a empresa ficou em primeiro lugar em uma pesquisa que mede o nível de satisfação de passageiros de empresas de ônibus de todo o país. Recentemente, a classificação da Viação Garcia foi acima do esperado, no Grupo 1, que reúne as empresas de grande porte (passageiro/km superior a 150 milhões). O levantamento é realizado anualmente pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), órgão ligado ao Ministério dos Transportes. AMM PARANÁ Com profissionais atuando há mais de 20 anos no mercado de TI, a AMM Paraná é uma provedora de soluções especializada em infraestrutura de Tecnologia da Informação, realizando projetos, consultoria e serviços profissionais com tecnologia IBM. Por meio de uma equipe altamente capacitada e qualificada para fornecer aos clientes as mais criativas, transparentes e eficazes soluções de TI para um mercado cada vez mais competitivo. Devido à sinergia com seus colaboradores e parceiros, a empresa é full outsourcing e está capacidade em identificar a real necessidade de seus clientes, oferecendo as melhores soluções. Aliando tecnologia, experiência e capacidade administrativa, a AMM Paraná procura prover a seus clientes um suporte transparente do ambiente de TI, liberando-os para se dedicar ao seu core business e atingir seus objetivos. Entre suas especializações estão: Outsourcing de suporte no ambiente Power System, VMware e Linux. AÇÃO INFORMÁTICA Fundada em 1987, a AÇÃO Informática se destaca como um dos principais distribuidores VAD de fabricantes como IBM, Oracle, VMware, EMC, Extreme, Dlink, SonicWall, RedHat, Novell e outros. Os benefícios e diferenciais da AÇÃO são integrantes do AÇÃO Partner Program. Conheça mais: Tel. (11) Julho Agosto Setembro 2010 Power Channel 13

14 PARCEIROS Usina Alta Mogiana bate recorde de produção com o uso de POWER Empresa realiza virada tecnológica com a solução IBM para obter sustentabilidade, segurança e performance, vitais para sua estrátégia DA REDAÇÃO Foto: DIVULGAÇÃO Foto: DIVULGAÇÃO PAULO SÉRGIO DOS SANTOS, Gerente de TI da Usina Ingram Micro Localizada em São Joaquim da Barra, interior de São Paulo, a Usina Alta Mogiana vem crescendo e diversificando seus negócios desde sua fundação, há quase 30 anos. A prova de sua solidez é ser hoje a maior produtora de soja da região, fornecendo mais de 150 mil sacas/ano do produto às indústrias esmagadoras. Este ano também deve ultrapassar a moagem de seis milhões de toneladas de cana-de-açúcar, marca atingida por poucas usinas. Com um faturamento de R$ 550,5 milhões em 2009, a usina escolheu a plataforma POWER, da IBM, para sustentar o expressivo crescimento de dados e rodar o coração de seus aplicativos de negócios. Comparado a 2008, tivemos um aumento superior a 500% no volume de nosso banco de dados nos últimos cinco anos, o que nos levou a procurar uma solução que proporcionasse escalabilidade e, ao mesmo tempo, poder de processamento aliado à muita confiabilidade para sustentar os negócios, diz Paulo Sérgio dos Santos, gerente de TI da usina. Segundo o executivo, atualmente o departamento de TI é visto como parte integrante e fundamental para a organização, e não mais como um sistema de apoio. O desenvolvimento de tecnologias que permitem gerar negócios cada vez mais ágeis (e em tempo real) se tornou prioridade A principal contribuição da TI é criar soluções que permitam aumento contínuo nos resultados comerciais focados no negócio, muitas vezes colocando a organização à frente da concorrência, afirma Santos. Desenvolvido internamente, o SIGAM (Sistema Integrado de Gestão Alta Mogiana) é vital para a organização porque é onde se encontram todos os módulos administrativos: contas a pagar, a receber, faturamento, comercial, suprimentos (compras e controle de estoque), livro fiscal, folha de pagamento, RH, medicina e segurança do trabalho, jurídico, controle agrícola e de parcerias, produtividade e demais módulos de apoio. Resolvemos dar essa virada tecnológica com a solução POWER para oferecer sustentabilidade, confiança, segurança e performance, diz o gerente. Hoje a base de dados do SIGAM está em mais de 500 Gigabytes. Na implantação do projeto POWER, a Usina Alta Mogiana iniciou com o Servidor 14 Power Channel Julho Agosto Setembro 2010

15 Foto: DIVULGAÇÃO Blade Power JS23, que permite upgrade futuro dobrando sua capacidade de processamento e memória, sem a necessidade de reinstalação ou adequação de softwares. A estabilidade, segurança do sistema operacional AIX e o roadmap de produtos que a IBM apresenta são os principais benefícios da tecnologia. Entendemos que o RISC começa onde as demais tecnologias terminam, elogia Santos. O banco de dados que roda no ambiente POWER é Oracle. O fornecimento de uma linha completa de soluções, que vai desde storage até servidores RISC baseados em Blade, foi um dos principais fatores na escolha da IBM como parceira tecnológica da usina. Isso facilita a implantação e o gerenciamento, porque todos os equipamentos envolvidos na solução são do mesmo fabricante, diz o gerente de TI. A solução é composta por dois racks em sites diferentes, para redundância, com servidores em ambos, no modelo ativo-ativo em 100% das aplicações. Ligações entre os racks utilizam anel de fibra óptica gigabit ethernet, sendo quatro fibras de cada lado, com o total de oito links. Os dois racks estão separados por 2 Km, contendo cada um: Um Storage DS5100 com 20 TB em dois enclosures. Um que armazena todas as informações do cliente e outro que replica 100% dos dados (site backup). Replicação síncrona. Um servidor Blade Power JS23 Power6 4.5Ghz com 32GB de RAM, rodando AIX 6.1 com Oracle 11G coração do sistema rodando o Banco de Dados Oracle em um cluster RAC ativo-ativo. Segundo Santos, um dos diferenciais da IBM, além de toda a qualidade dos seus equipamentos e tecnologia adotada, é o atendimento e o envolvimento dos parceiros: Betta Informática e Ingram Micro. A atuação da Betta Informática foi total, do inicio ao fim do projeto, com profissionais especialistas nos produtos. Em um negócio dinâmico como o nosso, não podemos ficar sem atendimento emergencial quando necessário e o pós-venda tem sido excelente, afirma o executivo. USINA ALTA MOGIANA 4Atua desde 1983 como destilaria de álcool hidratado automotivo. Em 1994, foi transformada em usina açucareira e conta hoje com uma moderna fábrica de açúcar e álcool. 4Empregando colaboradores, tem como principais produtos o açúcar cristal, etanol anidro, etanol hidratado, energia elétrica a partir do bagaço da cana, além da soja em grão. BETTA INFORMÁTICA 4Está no mercado desde 1989, com unidades de negócios na região de Franca, Ribeirão Preto e São Paulo. 4Suas principais especializações são soluções em software de missão crítica com integração e desenvolvimento de sistemas modulares, complementares ou substitutos, com o legado tecnológico do cliente. 4Seu conhecimento abrange: linguagens de programação, desenvolvimento de sistemas e regras de negócio, com ênfase nos segmentos de grande e médio porte de agroindústria (usinas de açúcar e álcool e cooperativas), manufatura, saúde e varejo. 4Recursos on demand (insourcing e outsourcing de projetos, líderes técnicos e desenvolvedores), centro de monitoramento remoto, virtualização de infraestrutura, instalação de hardware IBM e sistemas operacionais, tecnologia corporativa de hardware IBM (BladeCenters e Storages) e soluções de software Oracle e Powerlogic também fazem parte do portfólio. 4www.bettainformatica.com.br INGRAM MICRO INC. 4Líder mundial em vendas, marketing e logística para o setor de tecnologia e uma das empresas mais admiradas do mundo, segundo o ranking da revista Fortune, a Ingram Micro Inc. e suas subsidiárias atuam em, aproximadamente, 150 países, distribuindo produtos de mais de 1300 fabricantes para mais de 180 mil revendas em todo o mundo. 4Com sede em Santa Ana, Califórnia, e a única distribuidora global de TI com operações na Ásia. A Ingram Micro Inc. registrou, em 2009, um resultado de US$ 29,52 bilhões em vendas globais. 4Líder também no Brasil, tem sede em Barueri-SP e conta com mais de 250 associados no país, trabalhando com uma rede composta por 10 mil revendas e distribuindo mais de 15 mil produtos de mais de 50 fabricantes Acer, AMD, AOC, APC, Brother, CA, Canon, Canon/Elgin, Check Point, Cis, Cisco, Corel, Elite Group, EMC2, Enermax Imports, Epson, Fujitsu, Gerbo, Genius, HP, IBM, Iomega, Itautec, Juniper, Kingston, Lenovo, Lexmark, LG, Linksys, Logitech, McAfee, Microsoft, Motorola, MSI, Naxus, OKI, Oracle, Palm, Panda, Philips, Proview, Red Hat, Samsung, SAP, Sonicwall, Sony, Sun, Symantec, TecnoWorld, TrendMicro, Urmet, Daruma, V7, Xerox e Zebra. 4Mais informações estão disponíveis no site ou pelo telefone (11)

16 CAPA MONSTER SERVER IMPÕE NOVOS LIMITES DE PERFORMANCE PARA A TI Nova máquina pode ser expandida até 256 cores processadores com massivo processamento paralelo, atingindo até 1024 threads simultâneos DA REDAÇÃO Em sequência ao lançamento dos servidores modelo POWER7, a IBM anunciou em 17 de agosto 2010 o novo servidor Power System 795. O topo de linha da plataforma, sucessor do Power 595, com fabricação nacional e apresentando números impressionantes em escalabilidade e peformance, que o caracterizam como o maior servidor Unix/Linux do mercado. RAIO-X DO POWER 795 O IBM Power System 795 chega a quatro vezes o número de core do antecessor Power 595 (256 no 795 versus 64 no 595), apresentando aproximadamente cinco vezes a capacidade máxima de processamento. Esse anúncio significa um expressivo crescimento frente ao servidor Power 595, lançado em Não se trata de um crescimento sobre um modelo lançado há oito ou dez anos, em apenas dois anos houve esse enorme avanço, o que o torna ainda mais impressionante, afirma Antonio Carlos Navarro, Gerente de Produto IBM e Especialista em TI Montado em um rack de 24 polegadas, o desenho básico do Power 795 muito se assemelha ao do modelo 595. Existem os books processadores, contendo processadores e memórias, formando um conjunto único SMP com massivo poder de processamento paralelo. A grande diferença, entretanto, está no chip processador. Enquanto a 595 era baseada em dual-core POWER6, o Power 795 possui versões usando os processadores POWER7 com 6-core 3.72 GHz, chegando a um máximo de 192-core. Além de versões com os processadores POWER7 com 8-core 4 GHz, chegando à capacidade de 256-core em 32 sockets. 16 Power Channel Julho Agosto Setembro 2010

17 Outro destaque é a escalabilidade de 32GB a 8TB de memória principal e escalabilidade horizontal com suporte a 32 slots 12X PCIe, permitindo ampla expansão para adaptadores Fiber Channel para storage externo e adaptadores de rede. A configuração TurboCore permite chavear um servidor 796 com 256-core ativos a 4GHz, para uma configuração com a metade desse número de core ativos, ou seja, 128-core, mas a um clock de 4.25GHz e (o mais importante) com o dobro de cache L3 e memória principal dedicada por core. Em linhas gerais, o processador do 795 em modo TurboCore apresenta 1,4 vezes mais performance por core do que os processadores de uma 595 POWER6 5GHz e cerca de 2,0 vezes mais performance, por core, do que os processadores de uma 595 POWER5+. No modo MaxCore, o 795 4GHz chega a 1,27 vezes mais performance, por core, comparado ao 595 POWER6 5GHz. Essa grande performance por core, capacidade massiva de processamento paralelo, aliada à grande escalabilidade do modelo a 256-core, permite atingir níveis superiores a cinco vezes a capacidade total de processamento de uma 595 POWER6. A indiscutível confiabilidade dos servidores IBM Power, com alto grau de investimento no desenvolvimento de uma arquitetura voltada ao RAS (e inspirada na segurança dos mainframes IBM) oferecem a confiabilidade para aplicações de missão crítica, reduzindo indisponibilidade e com excelentes ferramentas de monitoração que são a base para a criação de uma Cloud privada. O MERCADO PARA A POWER 795 A IBM reforçou a sua posição no segmento de servidores com o lançamento dos novos modelos baseados em seus processadores Power7, incluindo um servidor monstro capaz de ser expandido a 256 cores, 1024 instruções simultâneas e 8TB em memória. O Power 795 é o maior servidor Unix construído até hoje, sendo indicado para que as empresas possam gerenciar os volumes de dados crescentes, em tempo real, operando bases de dados de grande escala. Também atinge alto grau de virtualização e eficiência operacional, consolidando múltiplas aplicações Unix, Linux ou IBM i em um só servidor, através do software de virtualização da IBM PowerVM. Esse cenário permitirá aos clientes não apenas mais eficiência, mas também reduzir drasticamente o custo da infraestrutura de TI, com licenciamento de software, espaço físico e consumo de energia elétrica. Por exemplo, um cliente com um servidor 595 POWER6 5-GHz, 64- core, com performance relativa total rperf de * pode fazer uma troca por um modelo 795 POWER7 com 64-core ativos em modo TurboCore de 4.25 GHz, chegando a uma capacidade rperf de 777*, obtendo 40% mais performance, porém, consumindo até 35% menos energia em função do menor consumo de eletricidade da linha POWER7. Isso se traduz em aumento na capacidade por core por watt consumido, permitindo maior nível de consolidação e crescimento, com uma importante redução de custo. Serão oferecidos upgrades dos modelos 595 POWER6 5 GHz e 4.2 GHz para a linha de servidores Power 795. Por meio de comparativos de Benchmark, estima-se, por exemplo, que um HP Superdome Integrity 128-core com 50% de utilização possa ser consolidado em um único book 32-core do IBM Power 795, a 80% de utilização, reduzindo em até 75% o número de core a serem licenciados com software e diminuindo o consumo de energia em mais de 65%. (*) Dados obtidos em systems/power/hardware/795/perfdata.html CONCLUSÃO A IBM, com o lançamento dos servidores IBM Power 795, eleva a capacidade de performance em servidores a níveis incomparáveis e inigualáveis no mercado atual de TI, definindo com a linha POWER7 um novo conceito em massivo processamento paralelo e capacidade de consolidação da infraestrutura de TI. Essa performance massiva, tempo de resposta e a incrível escalabilidade atingida com os servidores Power 795, permitirão aos clientes obter muito mais performance para suas aplicações, associada a uma incomparável redução de custos com infraestrutura. Modelo 595 POWER6 5-GHz, 64-core rperf performance relativa total rperf de Substituir por 795 POWER7 com 64-core ativos em modo TurboCore de 4.25 GHz rperf capacidade passa para rperf de 777 Resultados - 40% mais performance - 35% menos consumo de energia Julho Agosto Setembro 2010 Power Channel 17

18 CAPA Otimize o uso de memória real em ambientes SAP Recurso AME dos servidores POWER7 permite levar a otimização da memória RAM a níveis incomparáveis no mercado de TI POR ANTONIO CARLOS NAVARRO POWER CHANNEL Todo servidor tem uma quantidade limitada de memória RAM (Random Access Memory) que impacta diretamente a performance dos aplicativos em execução. Por exemplo, a indisponibilidade de memória RAM pode limitar que um servidor com processadores de 8-core não possa fazer uso efetivo de mais do que 30% dessa capacidade de CPU. Por isso, a quantidade de memória RAM é um dos pontos principais em qualquer dimensionamento de servidores. E uma preocupação maior ainda, quando falamos em ambiente virtualizado, onde temos vários aplicativos em processamento simultâneo. Dessa forma, otimizar e automatizar a disponibilidade de memória RAM é fundamental para redução falamos em ambiente virtualizado, onde temos vários aplicativos em processamento simultâneo. Dessa forma, otimizar e automatizar a disponibilidade de memória RAM é fundamental para redução de custos, evitando o superdimensionamento de memória, onde o cliente acaba pagando pelo que não usa, para manter um nível de resposta adequado para todos os serviços que rodam no servidor. Inovando sempre, a IBM trouxe para a linha de servidores Power, os conceitos de Active Memory Expansion (AME) e Active Memory Sharing (AMS), que permitem atingir níveis 18 Power Channel Julho Agosto Setembro 2010

19 de automação e otimização de memória RAM ímpar na indústria de TI. Na Edição 8 da Power Channel foi publicada uma matéria sobre o Active Memory Expansion (AME), uma tecnologia inovadora lançada com o POWER7, que permite que a capacidade efetiva de memória seja até 100% maior que o máximo de memória física real disponível. Essa nova funcionalidade dos servidores já estava homologada pela SAP quando o POWER7 foi anunciado, conforme o SAP Notes , graças ao IBM SAP International Competence Center, em Walldorf, Alemanha. Vamos agora apresentar alguns benefícios práticos da utilização dessa tecnologia em ambiente de ERP SAP. AME SUPORTA AMBIENTES COM FALTA DE MEMÓRIA RAM Um estudo da IBM utilizou o SAP ERP em um servidor Power, em uma configuração tal que chegou a 60% de utilização de CPU, sem uso do recurso AME. Esse estudo simulou vários usuários realizando transações simultâneas com o ERP. A partir daí, gradativamente diminuiu-se a memória RAM e paralelamente ativou-se a com-pressão de memória RAM, obtendo os resultados apresentados na tabela acima (Tabela da Expansão de Memória Ativa). Nessa análise, é possível verificar que houve redução da memória RAM em cerca de 52%, com 111% de compressão de memória, porém, mantendo a performance relativa do servidor, com uma taxa de uso da CPU de 75%. Ou seja, a compressão de memória AME pode ajudar a manter a qualidade e o tempo de resposta dos serviços em execução em situações onde, normalmente, haveria degradação de performance por falta de memória real. AME SUPORTA AUMENTO DA CARGA DE TRABALHO SEM ALTERAÇÃO DE MEMÓRIA RAM A segunda parte do estudo consistiu em aumentar o número de usuários e comparar os resultados de tempo de resposta e peformance com e sem a utilização do AME. Os gráficos abaixo sintetizam os resultados. O primeiro mostra o número de transações por segundo (TPS) versus o aumento da carga de trabalho (maior quantidade de usuários), enquanto o segundo gráfico apresenta a equivalente utilização de CPU no servidor. A constatação é PERFORMANCE DA EXPANSÃO DE MEMÓRIA ATIVA Memória GB Expansão de Memória 0% 12% 27% 46% 73% 111% 171% Performance Relativa Utilização CPU % TPS CPU % 180,0 160,0 140,0 120,0 100,0 80,0 THROUGHPUT de que sem o AME ativo, a partir de usuários, verifica-se uma alta paginação por falta de memória disponível, embora esteja com apenas 50% de uso da CPU. Com o AME ativo, no entanto, compensa-se a falta de memória com a compressão e, assim, suporta o aumento da quantidade de usuários (de para nesse estudo) sem perda da qualidade do serviço e tempo de resposta. Situação ideal para monentos de pico de uso ou aumento inesperado de usuários (onde as empresas normalmente vivenciam degradação da performance), em que o AME endereça de forma automática. heavy OS paging 60, Users 100,0 80,0 60,0 40,0 20,0 AME on CPU UTILIZATION AME off 0, Users AVG pi AME off AME on AME off page-ins per sec Fonte: IBM Julho Agosto Setembro 2010 Power Channel 19

20 CAPA AME SUPORTA AUMENTO EM AMBIENTE VIRTUALIZADO Finalmente, a terceira parte desse estudo procurou retratar o uso do AME em um ambiente com múltiplas máquinas virtuais rodando ambientes SAP. Em um único servidor fisico com 48GB total de memória RAM, com a configuração ao lado: MEMÓRIA TOTAL (GB) VM (LPAR) Nº core Sem AME Com AME Utilização DB server + Apl Server Ap Server Ap Server Ap Server* Fonte: IBM (*) VM 4 desligada na condição sem AME em função de 48GB de memória total Veja que sem o AME ativo, apenas três máquinas virtuais foram criadas, visando suportar o total de memória disponível - 48GB. Com o AME ativo, a memória real em cada VM foi reduzida, permitindo adicionar uma quarta VM como Ap. Server e mantendo o mesmo total de 48GB de memória RAM. Já nos gráficos abaixo verificamos que ao atingir 50% de utilização de CPU, com usuários, temos alta paginação de memória na condição de recurso AME desativado. Mas, por outro lado, com o AME ativo, suporta-se o aumento da carga de trabalho (maior quantidade de usuários), elevando o número de TPS até o limite de 90% de uso da CPU, valor normalmente suportado pela arquitetura Power. Sem o uso do AME, o servidor apresentou uma média de 400 paginações por segundo por LPAR, com picos de paginações por segundo, níveis que não permitem o uso com tempo de resposta utilizável. Com o AME ativo, acionamos uma quarta VM como servidor de aplicações que suportou tranquilamente a carga até usuários, com uma memória expandida a 65GB, ou seja, apenas 35% de compressão. TPS SERVER THROUGHPUT CPU % heavy OS paging SERVER UTILIZATION 400 heavy OS paging Users AME on AME off Users AME off AME on Fonte: IBM CONCLUSÃO Nesta matéria apresentamos três situações típicas de problemas de performance em ambiente SAP ERP, devido à quantidade de memória RAM, e solucionados através do uso do AME. Resumidamente: 1. Servidor com baixa performance por falta de memória real; 2. Picos de uso ou aumento da carga de utilização impossibilitado por falta de memória real, mesmo com CPU disponível para tal; 3. Ambiente particionado, necessitando de uma nova VM para aumento de carga de trabalho. Em todas as situações o uso do AME permitiu manter-se uma qualidade de serviços com tempo de resposta adequado para os usuários, resolvendo rapidamente o problema de dimensionamento de memória RAM. Isso permite aos clientes suportarem crescimento imediato, com a implementação de novos módulos e criação de novas máquinas virtuais em situações que os impossibilitariam, devido à baixa disponibilidade de memória real do servidor, mesmo com CPU disponível. Com a utilização conjunta do Active Memory Sharing Pool (AMS) vide matéria na Power Channel Edição 4, também através do site atinge-se um alto grau de utilização e automatização de memória no ambiente Power. ANTONIO CARLOS NAVARRO Gerente de Produto IBM e Especialista em TI Matéria baseada em estudo da IBM, disponível na íntegra em ftp://ftp.software.ibm.com/common/ssi/sa/wh/n/pow03038usen/pow03038usen.pdf 20 Power Channel Julho Agosto Setembro 2010

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

ESPECIALISTA EM SOLUÇÕES ECONÔMICAS DE TI WWW.HARDLINK.COM.BR

ESPECIALISTA EM SOLUÇÕES ECONÔMICAS DE TI WWW.HARDLINK.COM.BR WWW.HARDLINK.COM.BR ESPECIALISTA EM SOLUÇÕES ECONÔMICAS DE TI A EMPRESA A Hardlink foi fundada em 2003 com o objetivo de comercializar produtos IBM descontinuados. Devido a crescente procura pelo mercado,

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

Aquisição planejada do negócio de servidores x86 combinará fortalezas da IBM e da Lenovo para maximizar valor para clientes.

Aquisição planejada do negócio de servidores x86 combinará fortalezas da IBM e da Lenovo para maximizar valor para clientes. Aquisição planejada do negócio de servidores x86 combinará fortalezas da IBM e da Lenovo para maximizar valor para clientes Abril de 2014 Conteúdo Resumo Executivo 3 Introdução 3 IBM recebe alta pontuação

Leia mais

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic CUSTOMER SUCCESS STORY Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços de TI Companhia: Globalweb Outsourcing Empregados: 600 EMPRESA A Globalweb

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

ERP. Agenda ERP. Enterprise Resource Planning. Origem Funcionalidades Integração Projeto Caso de Sucesso Projeto ERP em Números

ERP. Agenda ERP. Enterprise Resource Planning. Origem Funcionalidades Integração Projeto Caso de Sucesso Projeto ERP em Números ERP Enterprise Resource Planning 1 Agenda Origem Funcionalidades Integração Projeto Caso de Sucesso Projeto ERP em Números ERP Com o avanço da TI as empresas passaram a utilizar sistemas computacionais

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

CASO DE SUCESSO. Processando Grandes Metas. A Microware atendeu nossas expectativas MICROWARE

CASO DE SUCESSO. Processando Grandes Metas. A Microware atendeu nossas expectativas MICROWARE CASO DE SUCESSO MICROWARE CLIENTE: FD DO BRASIL PROCESSAMENTO DE DADOS - FIRST DATA SEGMENTO: Tecnologia da Informação e Telecomunicação. Processando Grandes Metas Para tornar o Brasil um de seus destinos

Leia mais

Fabricante Reduz os Custos, Melhora o Serviço e Dinamiza o Gerenciamento com a Virtualização

Fabricante Reduz os Custos, Melhora o Serviço e Dinamiza o Gerenciamento com a Virtualização Virtualização Microsoft: Da Estação de Trabalho ao Data Center Estudo de Caso de Solução de Cliente Fabricante Reduz os Custos, Melhora o Serviço e Dinamiza o Gerenciamento com a Virtualização Visão Geral

Leia mais

Sucesu RS A Tecnologia a Favor da Inovação. Serviços de Cloud Computing para operações de missão crítica

Sucesu RS A Tecnologia a Favor da Inovação. Serviços de Cloud Computing para operações de missão crítica Sucesu RS A Tecnologia a Favor da Inovação Serviços de Cloud Computing para operações de missão crítica Fernando Bittar Diretor de Novos Negócios ITM IT Management Contexto do Mercado de Cloud Computing

Leia mais

Gerenciamento de Mainframe de Última Geração - resumo

Gerenciamento de Mainframe de Última Geração - resumo DOCUMENTO DE ESTRATÉGIA Gerenciamento de Mainframe de Última Geração Gerenciamento de Mainframe de Última Geração - resumo Mainframe como tendência principal para o direcionamento de produtos de TI empresariais

Leia mais

Soluções Corporativas Microsoft SQL Server e SAP:

Soluções Corporativas Microsoft SQL Server e SAP: SAP INSIGHT Soluções Corporativas Microsoft SQL Server e SAP: UMA VANTAGEM COMPETITIVA Conteúdo Notas Executivas 1 Excelente Custo de Propriedade 2 Desempenho de Preço está Conduzindo Adoção de Mercado

Leia mais

Sistemas IBM Flex & PureFlex

Sistemas IBM Flex & PureFlex Eduardo (Edu) Pacini Líder Plataforma PureFlex Brasil IBM Systems & Technology Group Sistemas IBM Flex & PureFlex A Tecnologia está liderando as mudanças que impactam os negócios 1 Fatores de impacto:

Leia mais

Orientado a valor com TI

Orientado a valor com TI Orientado a valor com TI Estudo sobre TCO da SAP: nuvem gerenciada por parceiro da SAP REALTECH Consulting GmbH Matthias Schmitt 13.02.2015 2 Conteúdo Sumário executivo Detalhes sobre economia obtida com

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia P ORTFÓ FÓLIO Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia versão 1.1 ÍNDICE 1. A EMPRESA... 3 2. BI (BUSINESS INTELLIGENCE)... 5 3. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS... 6 3.1. PRODUTOS

Leia mais

O Valor do Licenciamento do SQL Server 2012 Versus Oracle Database

O Valor do Licenciamento do SQL Server 2012 Versus Oracle Database White Paper Publicado em: Janeiro de 2012 Aplica-se ao: SQL Server 2012 O Valor do Licenciamento do SQL Server 2012 Versus Oracle Database Resumo: As mudanças no produto e no licenciamento da Microsoft

Leia mais

Continuidade de Negócio de TI O Sucesso da sua empresa também depende disso. Qual é sua necessidade...

Continuidade de Negócio de TI O Sucesso da sua empresa também depende disso. Qual é sua necessidade... Continuidade de Negócio de TI O Sucesso da sua empresa também depende disso. Qual é sua necessidade... Reduzir custo de TI; Identificar lentidões no ambiente de TI Identificar problemas de performance

Leia mais

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Obtenha soluções em nuvem comprovadas para as suas prioridades mais urgentes Destaques da solução Saiba sobre os benefícios mais comuns de implementações

Leia mais

Guia de vendas Windows Server 2012 R2

Guia de vendas Windows Server 2012 R2 Guia de vendas Windows Server 2012 R2 Por que Windows Server 2012 R2? O que é um servidor? Mais do que um computador que gerencia programas ou sistemas de uma empresa, o papel de um servidor é fazer com

Leia mais

CASO DE SUCESSO MICROWARE

CASO DE SUCESSO MICROWARE CASO DE SUCESSO MICROWARE CLIENTE: Ortobom SEGMENTO: Indústria MAIOR INTEGRAÇÃO E FLUXO DE DADOS GARANTE RESULTADOS ÁREA DE ATUAÇÃO: Datacenter DEMANDA: A empresa buscava maior comunicação e integração

Leia mais

Perguntas frequentes dos vendedores sobre preços e licenciamento do SQL Server 2012

Perguntas frequentes dos vendedores sobre preços e licenciamento do SQL Server 2012 Perguntas frequentes dos vendedores sobre preços e licenciamento do SQL Server 2012 Publicado: 3 de Novembro de 2011 Direitos autorais Este documento foi desenvolvido antes da fabricação do produto, portanto

Leia mais

Utilizando clusters em aplicações de bancos de dados para reduzir os custos de TI Introdução Arquitetura tradicional vs. Arquitetura em grade

Utilizando clusters em aplicações de bancos de dados para reduzir os custos de TI Introdução Arquitetura tradicional vs. Arquitetura em grade Janeiro de 2010 Utilizando clusters em aplicações de bancos de dados para reduzir os custos de TI Reorganizando para obter eficiência, desempenho e alta disponibilidade Introdução O clustering é a nova

Leia mais

W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç ã o p a r a s u p o r t a r a p l i c a ç õ e s c r í t i c a s

W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç ã o p a r a s u p o r t a r a p l i c a ç õ e s c r í t i c a s Av Eng. Luiz Carlos Berrini 1645, 8 andar, 04571-000 Brooklin Novo, São Paulo SP Brazil. Tel: 55 11 5508-3400 Fax: 55 11 5508 3444 W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SOFTWARE PANORAMA E TENDÊNCIAS

MERCADO BRASILEIRO DE SOFTWARE PANORAMA E TENDÊNCIAS MERCADO BRASILEIRO DE SOFTWARE PANORAMA E TENDÊNCIAS 2009 Introdução Resumo Executivo Apesar das turbulências que marcaram o ano de 2008, com grandes variações nos indicadores econômicos internacionais,

Leia mais

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT A importância da inovação em fornecedores de sistemas, serviços e soluções para criar ofertas holísticas Julho de 2014 Adaptado de Suporte a ambientes de datacenter: aplicando

Leia mais

ARQUITETURA TRADICIONAL

ARQUITETURA TRADICIONAL INTRODUÇÃO Atualmente no universo corporativo, a necessidade constante de gestores de tomar decisões cruciais para os bons negócios das empresas, faz da informação seu bem mais precioso. Nos dias de hoje,

Leia mais

Veritas Storage Foundation da Symantec

Veritas Storage Foundation da Symantec Veritas Storage Foundation da Symantec Gerenciamento de armazenamento heterogêneo on-line O Veritas Storage Foundation oferece uma solução completa para o gerenciamento de armazenamento heterogêneo on-line.

Leia mais

AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3

AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3 AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3 PRINCÍPIOS BÁSICOS DE MISSÃO CRÍTICA Avançado Armazenamento híbrido com níveis de serviço com desempenho otimizado por flash em escala para cargas de trabalho

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE III: Infraestrutura de Tecnologia da Informação Atualmente, a infraestrutura de TI é composta por cinco elementos principais: hardware, software,

Leia mais

C a s o d e S u c e s s o T e c n o l o g i a e s e r v i ç o s d a H P t r a n s f o r m a n d o a i n f r a e s t r u t u r a d e T I d a T A M

C a s o d e S u c e s s o T e c n o l o g i a e s e r v i ç o s d a H P t r a n s f o r m a n d o a i n f r a e s t r u t u r a d e T I d a T A M Av Eng. Luiz Carlos Berrini 1645, 8 andar, 04571-000 Brooklin Novo, São Paulo SP Brazil. Tel: 55 11 5508-3400 Fax: 55 11 5508 3444 S P E C I A L S T U D Y C a s o d e S u c e s s o T e c n o l o g i a

Leia mais

BladeCenter Foundation da IBM versus Sistema de Computação Unificada da Cisco: Uma Discussão de Preço e Valor

BladeCenter Foundation da IBM versus Sistema de Computação Unificada da Cisco: Uma Discussão de Preço e Valor Consultoria BladeCenter Foundation da IBM versus Sistema de Computação Unificada da Cisco: Uma Discussão de Preço e Valor Resumo Executivo Conforme viajamos pelo mundo, muitas vezes encontramos um tipo

Leia mais

A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos

A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos Denis Alcides Rezende Do processamento de dados a TI Na década de 1960, o tema tecnológico que rondava as organizações era o processamento de

Leia mais

Coca-Cola Bottling Co. Consolidated maximiza a lucratividade

Coca-Cola Bottling Co. Consolidated maximiza a lucratividade Coca-Cola Bottling Co. Consolidated maximiza a lucratividade Fornecendo insights mais profundos sobre a demanda dos clientes quatro vezes mais rápido com a Solução IBM FlashSystem Visão geral A necessidade

Leia mais

CA Automation Suite for Data Centers

CA Automation Suite for Data Centers FOLHA DE PRODUTOS: CA Automation Suite for Data Centers CA Automation Suite for Data Centers agility made possible "A tecnologia ultrapassou a capacidade de gerenciamento manual em todas as grandes empresas

Leia mais

Sistema IBM PureApplication

Sistema IBM PureApplication Sistema IBM PureApplication Sistema IBM PureApplication Sistemas de plataforma de aplicativos com conhecimento integrado 2 Sistema IBM PureApplication A TI está vindo para o centro estratégico dos negócios

Leia mais

Serviços IBM de Resiliência:

Serviços IBM de Resiliência: Serviços IBM de Resiliência: Sempre disponível, em um mundo sempre conectado Como chegamos até aqui? Dois profissionais de TI estão sofrendo com interrupções de negócios frequentes, os problemas estão

Leia mais

IBM Software. Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011

IBM Software. Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011 IBM Software Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011 2 Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Destaques Amplie os serviços de negócios

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM GRID COM BANCO DE DADOS ORACLE 10g

COMPUTAÇÃO EM GRID COM BANCO DE DADOS ORACLE 10g COMPUTAÇÃO EM GRID COM BANCO DE DADOS ORACLE 10g Daniel Murara Barcia Especialista em Sistemas de Informação Universidade Federal do Rio Grande do Sul daniel@guaiba.ulbra.tche.br Resumo. Esse artigo aborda

Leia mais

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house ERP: Pacote Pronto versus Solução in house Introdução Com a disseminação da utilidade e dos ganhos em se informatizar e integrar os diversos departamentos de uma empresa com o uso de um ERP, algumas empresas

Leia mais

EXECUTIVE. Virtualização eficiência sob medida

EXECUTIVE. Virtualização eficiência sob medida EXECUTIVE briefing guia executivo para decisões estratégicas Virtualização eficiência sob medida Alta capacidade de processamento em espaço reduzido a custos menores. O conceito reúne todas essas vantagens

Leia mais

Relatório de Pesquisa

Relatório de Pesquisa Relatório de Pesquisa A Vantagem da Virtualização de Mainframe: Como Economizar Milhões de Dólares Utilizando um IBM System z como um Servidor em Nuvem Linux Sumário Executivo Os executivos de TI (Tecnologia

Leia mais

Symantec Backup Exec.cloud

Symantec Backup Exec.cloud Proteção automática, contínua e segura que faz o backup dos dados na nuvem ou usando uma abordagem híbrida, combinando backups na nuvem e no local. Data Sheet: Symantec.cloud Somente 2% das PMEs têm confiança

Leia mais

Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual?

Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual? RESUMO DO PARCEIRO: CA VIRTUAL FOUNDATION SUITE Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual? O CA Virtual Foundation Suite permite

Leia mais

Symantec Backup Exec 2014 V-Ray Edition

Symantec Backup Exec 2014 V-Ray Edition Visão geral O Symantec Backup Exec 2014 V-Ray Edition destina-se a clientes que possuem sistemas total ou parcialmente virtualizados, ou seja, que moveram os servidores de arquivos, servidores de impressão,

Leia mais

Cisco UCS Mini: solução avançada com recursos corporativos

Cisco UCS Mini: solução avançada com recursos corporativos Resumo da solução Cisco UCS Mini: solução avançada com recursos corporativos Você deseja uma solução de computação unificada para a sua empresa de médio ou pequeno porte ou para o padrão avançado do seu

Leia mais

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One.

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Neste tópico, responderemos à pergunta: O que é o Business One? Definiremos o SAP Business One e discutiremos as opções e as plataformas disponíveis para executar

Leia mais

NUVEM NO DNA COM A. pág. 8 NASCIDO PARA NUVEM. FUTURO Sistema operacional vai além da virtualização convencional dos recursos dos servidores

NUVEM NO DNA COM A. pág. 8 NASCIDO PARA NUVEM. FUTURO Sistema operacional vai além da virtualização convencional dos recursos dos servidores NASCIDO PARA NUVEM. INFORME PUBLICITÁRIO Windows Server 2012 março de 2013 COM A NUVEM NO DNA WINDOWS SERVER 2012 É A RESPOSTA DA MICROSOFT PARA O NOVO CENÁRIO DOS DATACENTERS pág. 4 FUTURO Sistema operacional

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO DO PARCEIRO Soluções de garantia do serviço da CA Technologies você está ajudando seus clientes a desenvolver soluções de gerenciamento da TI para garantir a qualidade do serviço e a

Leia mais

MBA EM BUSINESS INTELLIGENCE

MBA EM BUSINESS INTELLIGENCE MBA EM BUSINESS INTELLIGENCE Como a sua empresa estrutura informações estratégicas? Como as decisões são tomadas? São considerados, dados, informações e tendências, de macroambientes? O quanto você conhece

Leia mais

R E S U M O E X E C U T I V O P R O G R A M A V E L O C I T Y S O L U T I O N P R O V I D E R. Janeiro 2011

R E S U M O E X E C U T I V O P R O G R A M A V E L O C I T Y S O L U T I O N P R O V I D E R. Janeiro 2011 Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.: +1 508-872-8200 Fax: +1 508-935-4015 www.idc.com W H I T E P A P E R D i r e c i o n a d o o C r e s c i m e n t o e E n t r e g a n d o V a l

Leia mais

as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las

as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Setembro de 2012 as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las agility made possible sumário resumo executivo 3 efetivo do servidor: 3 difícil e piorando

Leia mais

O Processo de Migração do Datacenter NET Novembro, 2014

O Processo de Migração do Datacenter NET Novembro, 2014 I D C C A S E S T U D Y O Processo de Migração do Datacenter NET Novembro, 2014 Renato Rosa, Brazil Research and Consulting Senior Analyst, IDC Brazil Patrocinado por HP Este estudo da IDC apresenta o

Leia mais

Melhorando o desempenho do data center por meio da virtualização de bancos de dados SQL Server

Melhorando o desempenho do data center por meio da virtualização de bancos de dados SQL Server Melhorando o desempenho do data center por meio da virtualização de bancos de dados SQL Server Conteúdo Resumo.........................................................1 O papel do SQL Server em pequenas

Leia mais

Faça mais com menos. Descubra o gerenciamento de dados descomplicado usando o IBM Informix

Faça mais com menos. Descubra o gerenciamento de dados descomplicado usando o IBM Informix Faça mais com menos Descubra o gerenciamento de dados descomplicado usando o IBM Informix Índice 2 Descomplicado Concentre seus recursos no crescimento, e não na administração. 1 Ágil Amplie seus negócios

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL. Produto: Cloud Server Pro. www.locaweb.com.br 1

PROPOSTA COMERCIAL. Produto: Cloud Server Pro. www.locaweb.com.br 1 PROPOSTA COMERCIAL Produto: Cloud Server Pro www.locaweb.com.br 1 Sumário SOBRE A LOCAWEB 3 INFRAESTRUTURA DO DATA CENTER 4 SOLUÇÕES PROPOSTAS 5 BENEFÍCIOS DO CLOUD SERVER PRO LOCAWEB 6 SISTEMAS OPERACIONAIS

Leia mais

A consolidação de servidores traz uma séria de vantagens, como por exemplo:

A consolidação de servidores traz uma séria de vantagens, como por exemplo: INFRAESTRUTURA Para que as empresas alcancem os seus objetivos de negócio, torna-se cada vez mais preponderante o papel da área de tecnologia da informação (TI). Desempenho e disponibilidade são importantes

Leia mais

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV DATA CENTER VIRTUAL - DCV Em entrevista, Pietro Delai, Gerente de Pesquisa e Consultoria da IDC Brasil relata os principais avanços

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Prof. M.Sc. Diego Fernandes Emiliano Silva diego.femiliano@gmail.com Agenda Infraestrutura de TI Infraestrutura de TI: hardware Infraestrutura de TI: software Administração dos recursos

Leia mais

A Itautec continuará direcionando esforços no lançamento de produtos inovadores, e no crescimento das operações no mercado externo.

A Itautec continuará direcionando esforços no lançamento de produtos inovadores, e no crescimento das operações no mercado externo. NEGÓCIOS : : Operações Internacionais : : Soluções e Automações : : Informática : : Serviços A Itautec continuará direcionando esforços no lançamento de produtos inovadores, e no crescimento das operações

Leia mais

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO.

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. OneIT A gente trabalha para o seu crescimento. Rua Bento Barbosa, n 155, Chácara Santo

Leia mais

agility made possible

agility made possible case RESUMO DA SOLUÇÃO CA Migration for SAP Application on Vblock Platforms posso planejar a capacidade e o desempenho dos meus aplicativos SAP de forma eficaz nas Plataformas de Infraestrutura Vblock?

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Somos uma empresa especializada em desenvolver e implementar soluções de alto impacto na gestão e competitividade empresarial. Nossa missão é agregar valor aos negócios de nossos

Leia mais

Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage

Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage Tendências, desenvolvimentos e dicas para tornar o seu ambiente de storage mais eficiente Smart decisions are built on Storage é muito mais do que

Leia mais

Appliances SQL Server Implemente em Dias, Não em Meses

Appliances SQL Server Implemente em Dias, Não em Meses Appliances SQL Server Implemente em Dias, Não em Meses Você achou que não poderia encontrar uma solução de baixo risco rapidamente, mas você pode. A Microsoft oferece um portfolio de appliances testados

Leia mais

Soluções Inteligentes para regulamentações e negócios em aplicações SAP

Soluções Inteligentes para regulamentações e negócios em aplicações SAP Soluções Inteligentes para regulamentações e negócios em aplicações SAP Uma nova visão no Gerenciamento da Aplicação INDICE 1. A Union IT... 3 2. A importância de gerenciar dinamicamente infra-estrutura,

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS TM RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS A visão da computação em nuvem por Aad van Schetsen, vicepresidente da Compuware Uniface, que mostra por que

Leia mais

Suporte de alto nível, equipe atualizada e a qualidade dos equipamentos HP.

Suporte de alto nível, equipe atualizada e a qualidade dos equipamentos HP. Suporte de alto nível, equipe atualizada e a qualidade dos equipamentos HP. Av. Paulo VI, 1.922 Perdizes São Paulo - SP Tel.: (11) 3875.1000 www.mpesolucoes.com.br POR QUE CONTRATAR OS SERVIÇOS DA MPE

Leia mais

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles FAMÍLIA EMC VPLEX Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles GARANTINDO DISPONIBILIDADE CONTÍNUA E MOBILIDADE DE DADOS PARA APLICATIVOS ESSENCIAIS A infraestrutura de armazenamento

Leia mais

Utilização do SGBD PostgreSQL no Metrô São Paulo

Utilização do SGBD PostgreSQL no Metrô São Paulo Utilização do SGBD PostgreSQL no Metrô São Paulo Versão 2 Novembro /2006 1 Elaborado por: Gerência de Informática e Tecnologia da Informação Gustavo Celso de Queiroz Mazzariol - gqueiroz@metrosp.com.br

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos

RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos como posso assegurar uma experiência excepcional para o usuário final com aplicativos

Leia mais

Licenciamento de estações de trabalho Windows para Ambientes VDI

Licenciamento de estações de trabalho Windows para Ambientes VDI Microsoft VDI e Windows VDA Perguntas Frequentes Licenciamento de estações de trabalho Windows para Ambientes VDI Como a Microsoft licencia o Windows das estações de trabalho em ambientes virtuais? A Microsoft

Leia mais

IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso

IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso Uma única plataforma BPM que oferece total visibilidade e gerenciamento de seus processos de negócios 2 IBM Business Process Manager Simples

Leia mais

PostgreSQL em Ambiente Financeiro de Alta Criticidade Data: 24 de outubro de 2009

PostgreSQL em Ambiente Financeiro de Alta Criticidade Data: 24 de outubro de 2009 PostgreSQL em Ambiente Financeiro de Alta Criticidade Data: 24 de outubro de 2009 Flavio Henrique Araque Gurgel http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/deed.pt Slide 2 Suporte nível 2, 24/7 Configurações,

Leia mais

Universidade Utiliza Virtualização para Criar Data Center Com Melhor Custo-Benefício e Desempenho

Universidade Utiliza Virtualização para Criar Data Center Com Melhor Custo-Benefício e Desempenho Virtualização Microsoft: Data Center a Estação de Trabalho Estudo de Caso de Solução para Cliente Universidade Utiliza Virtualização para Criar Data Center Com Melhor Custo-Benefício e Desempenho Visão

Leia mais

ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial

ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial Prof. Pedro Luiz de O. Costa Bisneto 14/09/2003 Sumário Introdução... 2 Enterprise Resourse Planning... 2 Business Inteligence... 3 Vantagens

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras. A Tecnologia da Informação no contexto Organizacional. Tecnologia. Tecnologia. Tecnologia 29/07/2009

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras. A Tecnologia da Informação no contexto Organizacional. Tecnologia. Tecnologia. Tecnologia 29/07/2009 Núcleo de Pós Graduação Pitágoras A Tecnologia da Informação no contexto Organizacional MBA Gestão em TI Disciplina: Administração de Suporte e Automação Professor: Fernando Zaidan Agosto - 2009 Tecnologia

Leia mais

GRUPO ALLMAQ IT SOLUTIONS

GRUPO ALLMAQ IT SOLUTIONS GRUPO ALLMAQ IT SOLUTIONS O Grupo ALLMAQ IT Solutions é uma empresa voltada à soluções corporativas na área da Tecnologia da Informação. Oferecemos soluções inovadoras, conciliando infraestrutura, software

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação Gestão da Tecnologia da Informação A TCI BPO Com atuação em todo o Brasil, a TCI oferece excelência na prestação dos serviços em BPO - Business Process Outsourcing, levando aos seus clientes as melhores

Leia mais

Soluções de Infraestrutura de Rede para Instituições Financeiras. no trabalho

Soluções de Infraestrutura de Rede para Instituições Financeiras. no trabalho Soluções de Infraestrutura de Rede para Instituições Financeiras no trabalho Desafios da Infraestrutura de Rede para o setor Financeiro As instituições financeiras são ambientes mais exigentes do normal

Leia mais

Virtualização de desktop da NComputing

Virtualização de desktop da NComputing Virtualização de desktop da NComputing Resumo Todos nos acostumamos ao modelo PC, que permite que cada usuário tenha a sua própria CPU, disco rígido e memória para executar seus aplicativos. Mas os computadores

Leia mais

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 Sua Infra na Nuvem Quem somos A Under é uma empresa de tecnologia e infraestrutura para internet, fundada em 2002. Figuramos entre as maiores empresas

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

você está gerenciando servidores virtuais e físicos como parte da infraestrutura básica?

você está gerenciando servidores virtuais e físicos como parte da infraestrutura básica? RESUMO DA SOLUÇÃO Gerenciamento da infraestrutura da CA você está gerenciando servidores virtuais e físicos como parte da infraestrutura básica? agility made possible O Gerenciamento da infraestrutura

Leia mais

CASO DE SUCESSO MICROWARE

CASO DE SUCESSO MICROWARE CASO DE SUCESSO MICROWARE CLIENTE: Jequiti Cosméticos SEGMENTO: Indústria JEQUITI INVESTE EM ESTRUTURA PRÓPRIA PARA GARANTIR MAIOR PROCESSAMENTO DE DADOS ÁREA DE ATUAÇÃO: Datacenter DEMANDA: Uma estrutura

Leia mais

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Aviso de Isenção de Responsabilidade e Direitos Autorais As informações contidas neste documento representam a visão atual da Microsoft

Leia mais

Agregando valor com Business Service Innovation

Agregando valor com Business Service Innovation Agregando valor com Business Service Innovation A TI é enorme. Existem tantos bits no universo digital quanto estrelas em nosso universo físico. é arriscada. Dois terços dos projetos de TI estão em risco,

Leia mais

Cisco Intelligent Automation for Cloud

Cisco Intelligent Automation for Cloud Dados técnicos do produto Cisco Intelligent Automation for Cloud Os primeiros a adotarem serviços com base em nuvem buscavam uma economia de custo maior que a virtualização e abstração de servidores podiam

Leia mais

Com a Informatica, a Vale potencializa as relações de parceria

Com a Informatica, a Vale potencializa as relações de parceria Caso de Sucesso Com a Informatica, a Vale potencializa as relações de parceria As inovações na forma como integramos e gerenciamos a relação com parceiros estão ajudando a reduzir o custo dos relacionamentos

Leia mais

2Avalie novos modelos de investimento. Otimize a estrutura de tecnologia disponível

2Avalie novos modelos de investimento. Otimize a estrutura de tecnologia disponível Crise? Como sua empresa lida com os desafios? Essa é a questão que está no ar em função das mudanças no cenário econômico mundial. A resposta a essa pergunta pode determinar quais serão as companhias mais

Leia mais

A economia em nuvem da AWS em comparação com o da infraestrutura de TI proprietária

A economia em nuvem da AWS em comparação com o da infraestrutura de TI proprietária A economia em nuvem da AWS em comparação com o da infraestrutura de TI proprietária Publicação: 7 de dezembro de 2009 A Amazon Web Services (AWS) oferece a empresas de todos os tamanhos serviços de rede

Leia mais

IBM WebSphere Business Monitor

IBM WebSphere Business Monitor Obtenha visibilidade em tempo real do desempenho dos processos de negócios IBM WebSphere Business Monitor Fornece aos usuários de negócios uma visão abrangente e em tempo real do desempenho dos processos

Leia mais

Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP

Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP Phil Maynard UNIDADE DE SOLUÇÕES DE GERENCIAMENTO DE DADOS PARA O CLIENTE FEVEREIRO DE 2012 Introdução Em todos os lugares, o volume de

Leia mais

Symantec Backup Exec 2012

Symantec Backup Exec 2012 Melhor Backup para todos Data Sheet: Backup e recuperação após desastres Visão geral O é um produto integrado que protege ambientes físicos e virtuais, simplifica o backup e a recuperação após desastres

Leia mais