CIRURGIA NA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CIRURGIA NA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA"

Transcrição

1 Núcleo de Mastologia Hospital Sírio-Libanês Laboratório de Anatomia Médico-Círúrgica (LIM 02) Faculdade de Medicina da USP CIRURGIA NA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA Up to date Alfredo Carlos S.D. Barros São Paulo, 5/11/2011

2 CLINICAL CASE A.M.S., 40 years-old Married, 2 children Fammily history Mother: BC at 47 years Sister: BC at 38 years She wants BC prevention. What is your best choice at this momment? a) Mg, US, MRI b) Genetic testing c) Tamoxifen d) Prophylatic surgery

3 Breast Cancer Risk in Relation to Amount of Tissue Removed during Breast Reduction Operations in Sweden Case-control study cases of reductive mammaplasty Evolution Breast cancer cases: 161 Control without breast cancer: 483 Brinton e col. Cancer 2001; 91: Removed tissue (two breasts) g OR 95% CI < 800 1, < ,45 0,3 0, < ,40 0,2 0, ,24 0,1 0,5

4 SURGERY FOR BREAST CANCER RISK REDUCTION Ablation of part of the mammary glandular tissue aiming to reduce the amount of ducto-lobular units (CIC cells) susceptible to neoplasic transformation. Cells ablation Risk reduction

5 NOMENCLATURE Mammary adenectomy Subcutaneous mastectomy Adenomastectomy Total skin sparing mastectomy Conservative mastectomy Niplle-sparing mastectomy

6 FORMS OF SURGERY TO REDUCE BREAST CANCER RISK Mastectomy Skin-sparing mastectomy Adenectomy

7 MASTECTOMIA PROFILÁTICA EM MULHERS DE ALTO RISCO RESUÇÃO DE RISCO Autor População Casuística Média de follow-up (anos) Redução de risco (%) Hartmann e col História familiar ,5 Meijers Heijboer e col Mutação de BRCA Rebbeck e col Mutação de BRCA ,4 98,1

8 ADENECTOMIA MAMÁRIA PROFILÁTICA POSSÍVEIS INDICAÇÕES Síndrome hereditária pro heredograma Suscetibilidade genética comprovada CONTRA-INDICAÇÕES Cancerofobia Hiperplasia atípica NLIS Mama densa

9 Profilatic mastectomy in BRCA1 and BRCA2 mutation carries Netherlands Cancer Institute Kaas et al. Ann 2010; 251: casos assintomáticos Mutação BRCA BRCA Adenectomia mamária após EF Mg US e RM normais RESULTADOS 1. Peça cirúrgica CDI ,7% CDIS % 2. Follow-up médio de 6,1 anos Casos de Ca esperados BRCA1...12,4 BRCA2...2,8 Casos observados ZERO

10 Bilateral prophylatic mastectomy in Swedish women at high risk of breast cancer: a National Survey Sweden high-risk women 8 hospitals Risk model: BOADICEA Anver et al. Ann Surg 2011; 253: Follow-up: 6.6 years BRCA1-2 mutation: 58% Median age: 40 years RESULTS Expected cases 12 Observed cases 0 Occult cancers in the specimen 8 4 IDC 4 CDIS

11 The role of sentinel node biopsy in women undergoing prophylatic mastectomy Meta-analysis Zhoo WB et al Can J Surg 2011; 54: studies 1343 prophylatic mastectomies 21 occult invasive cancers (1.7%) 23 positive sentinel nodes (1.9%) SN biopsy is not suitable for all patients

12

13 INADEQUATE SURGERIES

14

15 ADENECTOMIA PROFILÁTICA RESULTADOS ESTÉTICOS Pré-operatório Pós-operatório 13 meses Prótese anatômica 315 perfil alto

16 NIPPLE-SPARING MASTECTOMY FOR BREAST CANCER AND RISK REDUCTION: ONCOLOGIC OR TECHNICAL PROBLEM? AVALIAÇÃO ESTÉTICA PELA PACIENTE Número de procedimentos: 192 Número de pacientes: 117 Follow-up médio: 24,6 meses Sacchini V, Pinotti JA, Barros ACSD et al. J Am Coll Surg 2006; 2003: Adenectomia terapêutica (n = 65) Adenectomia profilática (n = 49) Nota n % n % n %

17

18 Bilateral prophylatic mastectomy in women with inherited risk of breast cancer Prevalence of pain, discomfort, impact on sexuality, quality of life and feelings of regret two years after surgery Karolinska Institute N = 59 ( ) Gahm et al. Breast 2010; 19:462-9 Mean follow-up: 29 months RESULTS (%) Light pain 69 Mild discomfort 71 Reduced sexual sensations 85 Sex negative impact 75 Disagreement and regret 1.8

19 Contralateral prophylatic mastectomy in associated with a survival advantage in high-risk women with a personal history of breast cancer Estudo caso-controle Mayo Clinic 385 casos (E I-II) cirurgia bilateral Boughey et al. Ann Surg Oncol 2010;17: controles cirurgia unilateral História familiar (1º e 2º grau) Follow-up mediano: 17,3 anos Cirurgia bilateral RESULTADOS Ca de mama oposta sobrevida 10 anos n (%) (%) 2 0,5 83 Controle 31 9,1 74

20 Population-based study on contralateral prophylatic mastectomy and survival outcomes of breast cancer patients SEER data-base (EUA) Mastectomia unilateral Mastectomia profilática do outro lado Bedrosian et al. J Natl Cancer Inst 2010;102:401-9 RESULTADOS Sobrevida em 5 anos (%) Cirurgia bilateral 88,5 Cirurgia unilateral 83,7

21 Population-based study on contralateral prophylatic mastectomy and survival outcomes of breast cancer patients SEER data-base (EUA) Mastectomia unilateral Mastectomia profilática do outro lado % Bedrosian et al. J Natl Cancer Inst 2010;102: MC Não-MC Anos. % MC Não-MC Anos

22 TAKE HOME ADENECTOMIA MAMÁRIA PROFILÁTICA Deve ser explicada e considerada para mulheres de alto risco hereditário para câncer de mama. Não deve ser indicada para lesões marcadoras de risco, cancerofobia ou mamas densas. Resultados estéticos bons são obtidos em 80-90% dos casos. Pode ser indicada na mama oposta em casos selecionados.

Recomendações para pacientes com câncer de mama com mutação dos genes BRCA 1 ou 2

Recomendações para pacientes com câncer de mama com mutação dos genes BRCA 1 ou 2 Recomendações para pacientes com câncer de mama com mutação dos genes BRCA 1 ou 2 Rafael Kaliks Oncologia Hospital Albert Einstein Diretor Científico Instituto Oncoguia rkaliks@gmail.com Risco hereditário:

Leia mais

Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Avaliação genética e tratamentos preventivos

Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Avaliação genética e tratamentos preventivos Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Avaliação genética e tratamentos preventivos Simône Noronha Hospital São José São Paulo - Brasil Índice: Radioterapia no câncer de mama hereditário (Revisão) Perfil

Leia mais

DR.PRIMO PICCOLI CANCEROLOGIA CIRÚRGICA.

DR.PRIMO PICCOLI CANCEROLOGIA CIRÚRGICA. Genetic Risk Assessments in Individuals at High Risk for Inherited Breast Cancer in the Breast Oncology Care Setting DR.PRIMO PICCOLI CANCEROLOGIA CIRÚRGICA. CÂNCER DE MAMA HEREDITÁRIO CONHECER O RISCO

Leia mais

Como tratar o câncer de mama na paciente com mutação genética? Prof. Dr. Giuliano Duarte

Como tratar o câncer de mama na paciente com mutação genética? Prof. Dr. Giuliano Duarte Como tratar o câncer de mama na paciente com mutação genética? Prof. Dr. Giuliano Duarte Quem é a paciente com mutação BRCA1/2? Ansiedade Penetrância dos genes BRCA1 e BRCA 2 até os 70 anos Meta-análise

Leia mais

Paciente de Alto Risco

Paciente de Alto Risco Paciente de Alto Risco Novas Fronteiras do Bloqueio Estrogênico na Prevenção do Câncer de Mama Não há conflitos de interesse. Nunca recebi qualquer forma de pagamento ou auxílio financeiro de entidade

Leia mais

Declaro não haver nenhum conflito de interesse.

Declaro não haver nenhum conflito de interesse. Declaro não haver nenhum conflito de interesse. Faculdade de Medicina do ABC Disciplina de Ginecologia Serviço do Prof. Dr. César Eduardo Fernandes Setor de Mastologia IVO CARELLI FILHO Maior dilema da

Leia mais

OCÂNCER DE MAMA ÉANEOPLASIA MAIS PREVA-

OCÂNCER DE MAMA ÉANEOPLASIA MAIS PREVA- mama Mastectomia redutora de risco Divulgação Maurício Magalhães Costa * Mestre e doutor em ginecologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); especialização em oncologia ginecológica pelo

Leia mais

Caso Clínico para Site SBM

Caso Clínico para Site SBM Caso Clínico para Site SBM 18/03/13 Primeira consulta Paciente 35 anos Feminino Parda Casada Brasileira Natural de Pacatuba-CE Queixa Principal: Nódulo doloroso em MAMA DIREITA há 2 meses. Refere Ultrasonografia

Leia mais

RM MAMÁRIA: quando indicar?

RM MAMÁRIA: quando indicar? RM MAMÁRIA: quando indicar? Lucio De Carli Serviço de Diagnóstico por Imagem da Mama Hospital Mãe de Deus SSMD Porto Alegre/RS e-mail: luciodc@terra.com.br RM MAMÁRIA - indicações - Incoerência EF x MG

Leia mais

Síndrome do câncer de mama e ovário hereditário: reflexões e desafios

Síndrome do câncer de mama e ovário hereditário: reflexões e desafios Síndrome do câncer de mama e ovário hereditário: reflexões e desafios Hereditary Breast and Ovarian Cancer Syndrome: reflections and challenges Leônidas Noronha Silva 1 1. Mastologista, membro da Sociedade

Leia mais

Numeração Única: 0112.14.001131-6 TEMA: TAMOXIFENO NO TRATAMENTO ADJUVANTE DO CANCER DE MAMA

Numeração Única: 0112.14.001131-6 TEMA: TAMOXIFENO NO TRATAMENTO ADJUVANTE DO CANCER DE MAMA NT 38/2013 Solicitante: Dra. Renata Abranches Perdigão do JESP da Fazenda Pública de Campo Belo Data: 22/02/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Numeração Única: 0112.14.001131-6 TEMA: TAMOXIFENO

Leia mais

O Que solicitar no estadiamento estádio por estádio. Maria de Fátima Dias Gaui CETHO

O Que solicitar no estadiamento estádio por estádio. Maria de Fátima Dias Gaui CETHO O Que solicitar no estadiamento estádio por estádio Maria de Fátima Dias Gaui CETHO Introdução Objetivo: Definir a extensão da doença: Estadiamento TNM (American Joint Committee on Cancer ). 1- Avaliação

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA RASTREIO DO CÂNCER DE MAMA SBI - SOCIETY OF BREAST IMAGING ACR - AMERICAN COLLEGE OF RADIOLOGY

RECOMENDAÇÕES PARA RASTREIO DO CÂNCER DE MAMA SBI - SOCIETY OF BREAST IMAGING ACR - AMERICAN COLLEGE OF RADIOLOGY RECOMENDAÇÕES PARA RASTREIO DO CÂNCER DE MAMA SBI - SOCIETY OF BREAST IMAGING ACR - AMERICAN COLLEGE OF RADIOLOGY RECOMENDAÇÕES PARA RASTREIO DO CÂNCER DE MAMA METODOLOGIA RANDOMIZED CONTROLED TRIAL =

Leia mais

TOMOSSÍNTESE MAMÁRIA CASOS CLÍNICOS

TOMOSSÍNTESE MAMÁRIA CASOS CLÍNICOS TOMOSSÍNTESE MAMÁRIA CASOS CLÍNICOS SELMA DI PACE BAUAB Radiologista da Mama Imagem São José do Rio Preto - SP CASO 1 55 anos. Assintomática TOMOSSÍNTESE LESÃO EPITELIAL ESCLEROSANTE (Cicatriz Radial)

Leia mais

Avaliação da aplicabilidade do modelo de Gail como preditor de risco de câncer de mama em mulheres baianas

Avaliação da aplicabilidade do modelo de Gail como preditor de risco de câncer de mama em mulheres baianas DOI: 10.5327/Z201500010002RBM ARTIGO ORIGINAL Avaliação da aplicabilidade do modelo de Gail como preditor de risco de câncer de mama em mulheres baianas Evaluation of the applicability of Gail model as

Leia mais

ABORDAGEM CIRÚRGICA DO CÂNCER DE MAMA EM ESTÁDIO PRECOCE

ABORDAGEM CIRÚRGICA DO CÂNCER DE MAMA EM ESTÁDIO PRECOCE ABORDAGEM CIRÚRGICA DO CÂNCER DE MAMA EM ESTÁDIO PRECOCE IV JORNADA PAULISTA DE MASTOLOGIA Carlos Alberto Ruiz Assistente Doutor do Serviço de Mastologia - HCFMUSP Diretor Hospital e Maternidade de Vila

Leia mais

Estratégias de Quimioprevenção do Câncer de Mama. José Roberto Filassi 27/11/2009

Estratégias de Quimioprevenção do Câncer de Mama. José Roberto Filassi 27/11/2009 Estratégias de Quimioprevenção do Câncer de Mama José Roberto Filassi 27/11/2009 RECEPTOR DE ESTRÓGENO: INTERAÇÃO COM O ESTRADIOL Hormonioterapia no Câncer de Mama Bloquear o Receptor de Estrogenio Bloquear

Leia mais

Dra Adriana de Freitas Torres

Dra Adriana de Freitas Torres Dra Adriana de Freitas Torres 2020 15 milhões de novos casos 12 milhões de mortes 2002 10 milhões de casos novos 6 milhões de mortes Mundo cerca 1 milhão de novos casos de CM Fonte: União Internacional

Leia mais

IMAGEM CORPORAL DE PACIENTES SUBMETIDAS À MASTECTOMIA

IMAGEM CORPORAL DE PACIENTES SUBMETIDAS À MASTECTOMIA IMAGEM CORPORAL DE PACIENTES SUBMETIDAS À MASTECTOMIA ANA CAROLINA NORONHA CAMPOS; DANIELA FRASCESCATO VEIGA; SILVÂNIA DE CÁSSIA VIEIRA ARCHANGELO, YARA JULIANO Hospital das Clínicas Samuel Libânio - Universidade

Leia mais

NOVO CONSENSO BRASILEIRO DE RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA POR MÉTODOS DE IMAGEM DR. HEVERTON AMORIM

NOVO CONSENSO BRASILEIRO DE RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA POR MÉTODOS DE IMAGEM DR. HEVERTON AMORIM NOVO CONSENSO BRASILEIRO DE RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA POR MÉTODOS DE IMAGEM DR. HEVERTON AMORIM Qual é a situação do câncer de mama? Pode ser prevenido? Como prevenir? Qual o papel da mamografia?

Leia mais

NOVAS RECOMENDAÇÕES PARA O RASTREAMENTO DA MAMA SIMONE ELIAS MARTINELLI

NOVAS RECOMENDAÇÕES PARA O RASTREAMENTO DA MAMA SIMONE ELIAS MARTINELLI NOVAS RECOMENDAÇÕES PARA O RASTREAMENTO DA MAMA SIMONE ELIAS MARTINELLI SCREENING FOR BREAST CANCER: U.S. PREVENTIVE SERVICES TASK FORCE RECOMMENDATION STATEMENT MAMOGRAFIA BIENAL ENTRE 50 E 74 ANOS (GRAU

Leia mais

TRH E CÂNCER DE MAMA FONTE:

TRH E CÂNCER DE MAMA FONTE: VALÉRIA COUTINHO FONTE: SINTOMAS (precoces) ACHADOS FÍSICOS (Intermediárias) DOENÇAS (Tardias) Fogacho Insônia Irritabilidade Distúrbio do humor Atrofia vaginal Incontinência urinária Atrofia da pele Osteoporose

Leia mais

RASTREAMENTO EM CÂNCER CRITÉRIOS EPIDEMIOLÓGICOS E IMPLICAÇÕES

RASTREAMENTO EM CÂNCER CRITÉRIOS EPIDEMIOLÓGICOS E IMPLICAÇÕES RASTREAMENTO EM CÂNCER CRITÉRIOS EPIDEMIOLÓGICOS E IMPLICAÇÕES RASTREAMENTO (SCREENING) Identificação presuntiva de doença em indivíduos assintomáticos, por teste/exame clínico de aplicação rápida Objetivo:

Leia mais

AVALIAÇÃO DE MORBIDADES E ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA: ANÁLISE RETROSPECTIVA DE 2008 A 2012

AVALIAÇÃO DE MORBIDADES E ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA: ANÁLISE RETROSPECTIVA DE 2008 A 2012 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UnB FACULDADE DE CEILÂNDIA-FCE CURSO DE FISIOTERAPIA DEBORAH COSTA TEIXEIRA PELUCIO SILVA AVALIAÇÃO DE MORBIDADES E ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA: ANÁLISE

Leia mais

DETECÇÃO, DIAGNÓSTICO E ESTADIAMENTO DO CÂNCER DE MAMA

DETECÇÃO, DIAGNÓSTICO E ESTADIAMENTO DO CÂNCER DE MAMA RESSONÂNCIA NUCLEAR MAGNÉTICA DAS MAMAS DETECÇÃO, DIAGNÓSTICO E ESTADIAMENTO DO CÂNCER DE MAMA A crescente experiência com a Ressonância Nuclear Magnética (RNM) vem trazendo dúvidas pertinentes quanto

Leia mais

A Importância na Identificação dos Fatores de Risco para Prevenção do Câncer de Mama

A Importância na Identificação dos Fatores de Risco para Prevenção do Câncer de Mama A Importância na Identificação dos Fatores de Risco para Prevenção do Câncer de Mama Felipe A. de A. Souza Universidade Severino Sombra,Acd. de medicina faandrades@hotmail.com Juliana L. Fernandes Universidade

Leia mais

Parecer do Grupo de Avaliação de Tecnologias em Saúde GATS 25/07

Parecer do Grupo de Avaliação de Tecnologias em Saúde GATS 25/07 Parecer do Grupo de Avaliação de Tecnologias em Saúde GATS 25/07 Tema: Linfonodo sentinela no câncer de mama I Data: 27/09/2007 II Grupo de Estudo: Izabel Cristina Alves Mendonça; Célia Maria da Silva;

Leia mais

Estado da arte: QT adjuvante para tumor Her-2 negativo

Estado da arte: QT adjuvante para tumor Her-2 negativo Estado da arte: QT adjuvante para tumor Her-2 negativo Ingrid A. Mayer, M.D., M.S.C.I. Professora Assistente Diretora, Pesquisa Clínica Programa de Câncer de Mama Vanderbilt-Ingram Cancer Center Nashville,

Leia mais

Null polymorphism of GSTM1 gene in susceptibility of Breast Cancer: Evidence based on Meta-analysis

Null polymorphism of GSTM1 gene in susceptibility of Breast Cancer: Evidence based on Meta-analysis Null polymorphism of GSTM1 gene in susceptibility of Breast Cancer: Evidence based on Meta-analysis Authors: Daiane de Oliveira Cunha, Paula Lailla Freitas Ribeiro, Xisto Sena Passos, Cesar Augusto Sam

Leia mais

VaIN II II e III há indicação para tratamentos não- excisionais?

VaIN II II e III há indicação para tratamentos não- excisionais? Trocando Idéias XIV - 2009 VaIN II II e III há indicação para tratamentos não- excisionais? Walquíria Quida Salles Pereira Primo Doutorado e Mestrado UnB Professora da Pós-graduação UnB Unidade de Ginecologia

Leia mais

COMO SEGUIR AS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA? Dr. José Luiz B. Bevilacqua

COMO SEGUIR AS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA? Dr. José Luiz B. Bevilacqua COMO SEGUIR AS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA? Dr. José Luiz B. Bevilacqua DECLARAÇÃO DE CONFLITOS DE INTERESSE Nenhum conflito de interesse COMO SEGUIR AS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA? Como fazer o acompanhamento

Leia mais

Marília Ávila Acioly 1 ; Maria do Carmo Carvalho de Abreu e Lima 2

Marília Ávila Acioly 1 ; Maria do Carmo Carvalho de Abreu e Lima 2 ESTUDO CLÍNICO-PATOLÓGICO E IMUNOHISTOQUÍMICO DO CÂNCER DE MAMA EM MULHERES JOVENS DIAGNOSTICADAS E TRATADAS NO HOSPITAL DE CÂNCER DE PERNAMBUCO NO PERÍODO DE 1996 A 2006. Marília Ávila Acioly 1 ; Maria

Leia mais

Frequência de Realização do Autoexame das Mamas e Mamografia na Detecção de Nódulos em Mulheres de Baixa Renda na População Sul Fluminense

Frequência de Realização do Autoexame das Mamas e Mamografia na Detecção de Nódulos em Mulheres de Baixa Renda na População Sul Fluminense Frequência de Realização do Autoexame das Mamas e Mamografia na Detecção de Nódulos em Mulheres de Baixa Renda na População Sul Fluminense Bartira de Godoy Maranhão Santos, Simone Carrijo Santos, Ana Taíse

Leia mais

Identification and screening of women with

Identification and screening of women with IDENTIFICAÇÃO ARTIGO REVISÃO E ACOMPANHAMENTO DE... Artico et al. Identificação e acompanhamento de mulheres com risco aumentado para câncer de mama Identification and screening of women with increased

Leia mais

MESA REDONDA CONVENCIONAL: UM ESPORTE, UM GESTO, UMA LESÃO

MESA REDONDA CONVENCIONAL: UM ESPORTE, UM GESTO, UMA LESÃO MESA REDONDA CONVENCIONAL: UM ESPORTE, UM GESTO, UMA LESÃO FUTEBOL, DRIBLE, LESÃO DO LCA O RETORNO Dr. Lúcio S. Ernlund, MSc Coordenador Médico Coritiba Football Club Instituto de Joelho e Ombro Curitiba

Leia mais

ATUALIZA ASSOCIAÇÃO CULTURAL ENFERMAGEM EM EMERGÊNCIA ÍRIA CRUZ PIMENTEL

ATUALIZA ASSOCIAÇÃO CULTURAL ENFERMAGEM EM EMERGÊNCIA ÍRIA CRUZ PIMENTEL ATUALIZA ASSOCIAÇÃO CULTURAL ENFERMAGEM EM EMERGÊNCIA ÍRIA CRUZ PIMENTEL RELAÇÃO DA ETNIA COM A HIPERTENSÃO ARTERIAL EM PACIENTES RESGISTRADOS NO PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE HIPERTENSOS E DIABÉTICOS

Leia mais

Numeração Única: 112.13.008257-4 TEMA: TAMOXIFENO NO TRATAMENTO ADJUVANTE DO CANCER DE MAMA

Numeração Única: 112.13.008257-4 TEMA: TAMOXIFENO NO TRATAMENTO ADJUVANTE DO CANCER DE MAMA NT 209/2013 Solicitante: Dra. Renata Abranches Perdigão do JESP da Fazenda Pública de Campo Belo Data: 01/11/2013 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Numeração Única: 112.13.008257-4 TEMA: TAMOXIFENO

Leia mais

Resumo O rastreamento mamográfico aumentou o número de pacientes em estádios

Resumo O rastreamento mamográfico aumentou o número de pacientes em estádios REVISÃO Indicações da cirurgia conservadora no câncer de mama Indications for conservative surgery in breast cancer Luiz Henrique Gebrim 1 Jorge Y. Shida 2 André Mattar 3 Marcelo Madeira 4 Palavras-chave

Leia mais

CARCINOMA DUCTAL IN SITU GUILHERME NOVITA SERVIÇO O DE MASTOLOGIA DISCIPLINA DE GINECOLOGIA - HCFMUSP

CARCINOMA DUCTAL IN SITU GUILHERME NOVITA SERVIÇO O DE MASTOLOGIA DISCIPLINA DE GINECOLOGIA - HCFMUSP CARCINOMA DUCTAL IN SITU GUILHERME NOVITA SERVIÇO O DE MASTOLOGIA DISCIPLINA DE GINECOLOGIA - HCFMUSP DEFINIÇÃO Mokbel et Cutulli, Lancet Oncol,, 2006; 7: 756-65 65 TIPOS DE CDIS Gaps > 2 cm Baixo grau

Leia mais

Dr. Felipe José Fernández Coimbra Depto. De Cirurgia Abdominal - Cirurgia Oncológica

Dr. Felipe José Fernández Coimbra Depto. De Cirurgia Abdominal - Cirurgia Oncológica Dr. Felipe José Fernández Coimbra Depto. De Cirurgia Abdominal - Cirurgia Oncológica Duodenopancreatectomia Howard JM, 1968 Morbimortalidade pancreatectomia Fhurman GM, et al. Ann. Surg. 1996. Leach SD,

Leia mais

Tratamento Conservador do Cancro da Mama

Tratamento Conservador do Cancro da Mama Hospital Prof. Doutor Fernando da Fonseca Sessão Clínica Serviço de Ginecologia Diretora de Departamento: Dra. Antónia Nazaré Diretor de Serviço: Dr. Silva Pereira Tratamento Conservador do Cancro da Mama

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 MARCELA BENEVENTE [1], LUCIANA MOURA CAMPOS PARDINI [2], ADRIANA CAMARGO FERRASI [1,3], MARIA INES DE MOURA CAMPOS PARDINI [3], ALINE FARIA GALVANI [3], JOSE JOAQUIM TITTON RANZANI [2] 1. Instituto de

Leia mais

Trocando Idéias XVII 29 de agosto de 2012

Trocando Idéias XVII 29 de agosto de 2012 Trocando Idéias XVII 29 de agosto de 2012 Infecção extragenital por HPV Câncer Oral Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Flávia de Miranda Corrêa Divisão de Epidemiologia Coordenação Geral de

Leia mais

8 e 9 de agosto Hotel Unique

8 e 9 de agosto Hotel Unique PROGRAMA 8 e 9 de agosto Hotel Unique Organizadores Alfredo Carlos S. D. Barros Comissão científica Felipe Eduardo M. Andrade Max Mano Ricardo Marques Heloísa Carvalho Andrade Vera Aguillar Marcelo M.

Leia mais

MANEJO DA PACIENTE DE ALTO RISCO. Cláudia Studart Leal

MANEJO DA PACIENTE DE ALTO RISCO. Cláudia Studart Leal MANEJO DA PACIENTE DE ALTO Cláudia Studart Leal Câncer de mama Aspectos conceituais Câncer de mama esporádico Câncer de mama familiar CYP1A1,Glutatião S-Transferase, NAT 2 Câncer de mama hereditário AVALIAÇÃO

Leia mais

HISTÓRIA NATURAL DOS TIPOS RAROS DE CÂNCER DE MAMA

HISTÓRIA NATURAL DOS TIPOS RAROS DE CÂNCER DE MAMA HISTÓRIA NATURAL DOS TIPOS RAROS DE CÂNCER DE MAMA Carcinomas Profª. Dra. Maria do Carmo Assunção Carcinoma tipo basal Grau 3 CK14 & CK5 = Positivo P63 pode ser positivo (mioepitelial) Triplo negativo

Leia mais

Radioterapia Hipofracionada no Câncer de Mama Pode Ser Utilizada em Todas as Pacientes? Eduardo Martella

Radioterapia Hipofracionada no Câncer de Mama Pode Ser Utilizada em Todas as Pacientes? Eduardo Martella Radioterapia Hipofracionada no Câncer de Mama Pode Ser Utilizada em Todas as Pacientes? Eduardo Martella NÃO Fatores de Risco para RL Fator prognóstico Efeito Suporte Comentário Idade Jovens RL Múltiplos

Leia mais

Reconstrução de mama: Qual o tempo ideal? Dr. Fabrício P. Brenelli

Reconstrução de mama: Qual o tempo ideal? Dr. Fabrício P. Brenelli Reconstrução de mama: Qual o tempo ideal? Dr. Fabrício P. Brenelli Qual o tempo ideal? A mama Símbolo de feminilidade Símbolo de maternidade Imagem corporal, auto-estima, sexualidade Impacto em toda a

Leia mais

Alexandre de Lima Farah

Alexandre de Lima Farah Alexandre de Lima Farah Declaração de conflito de interesse Não recebi qualquer forma de pagamento ou auxílio financeiro de entidade pública ou privada para pesquisa ou desenvolvimento de método diagnóstico

Leia mais

CENAP CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CURSO TÉCNICO EM RADIOLOGIA DANIELE MÜLLER BISINELA ANÁLISE DA EFICÁCIA DO RASTREAMENTO MAMOGRÁFICO

CENAP CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CURSO TÉCNICO EM RADIOLOGIA DANIELE MÜLLER BISINELA ANÁLISE DA EFICÁCIA DO RASTREAMENTO MAMOGRÁFICO CENAP CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CURSO TÉCNICO EM RADIOLOGIA DANIELE MÜLLER BISINELA ANÁLISE DA EFICÁCIA DO RASTREAMENTO MAMOGRÁFICO CASCAVEL 2010 2 DANIELE MÜLLER BISINELA ANÁLISE DA EFICÁCIA DO

Leia mais

Conduta no endometrioma na mulher que quer engravidar. Dr. Iúri Telles

Conduta no endometrioma na mulher que quer engravidar. Dr. Iúri Telles Conduta no endometrioma na mulher que quer engravidar Endometrioma em pacientes com prole definida Se dor: Laparoscopia com excisão completa da cápsula Se não tem dor: conduta expectante ativa USTV e CA125

Leia mais

TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO NO SEMINOMA E NÃO SEMINOMA DE ESTÁGIO I DE ALTO RISCO Daniel Fernandes Saragiotto

TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO NO SEMINOMA E NÃO SEMINOMA DE ESTÁGIO I DE ALTO RISCO Daniel Fernandes Saragiotto TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO NO SEMINOMA E NÃO SEMINOMA DE ESTÁGIO I DE ALTO RISCO Daniel Fernandes Saragiotto Médico Assistente do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) FMUSP Médico Titular

Leia mais

É possível omitir Radioterapia adjuvante em mulheres idosas com Receptor Hormonal positivo?

É possível omitir Radioterapia adjuvante em mulheres idosas com Receptor Hormonal positivo? É possível omitir Radioterapia adjuvante em mulheres idosas com Receptor Hormonal positivo? Rosangela Correa Villar Radioterapia Beneficência Portuguesa- Hospital São Jose FMUSP villardias@uol.com.br INTRODUÇÃO

Leia mais

RASTREIO DO CANCRO DO COLO DO ÚTERO E VACINAÇÃO CONTRA O HPV. Pedro Vieira Baptista

RASTREIO DO CANCRO DO COLO DO ÚTERO E VACINAÇÃO CONTRA O HPV. Pedro Vieira Baptista 2012 Norte 24 de Outubro Quinta-feira RASTREIO DO CANCRO DO COLO DO ÚTERO E VACINAÇÃO CONTRA O HPV Pedro Vieira Baptista Para começar... Referência a condilomatose anogenital por autores gregos e romanos.

Leia mais

Os Mais Importantes Estudos de Quimioterapia Neo-adjuvante. O que ha de novo?

Os Mais Importantes Estudos de Quimioterapia Neo-adjuvante. O que ha de novo? Os Mais Importantes Estudos de Quimioterapia Neo-adjuvante O que ha de novo? Carlos H. Barrios Professor, PUCRS School of Medicine Director, Oncology Research Center, Hospital São Lucas Director, Instituto

Leia mais

HPV. Câncer do Colo do Útero Verrugas Genitais. G u i a d e P ediatria

HPV. Câncer do Colo do Útero Verrugas Genitais. G u i a d e P ediatria HPV Câncer do Colo do Útero Verrugas Genitais G u i a d e P ediatria Você tenta fazer tudo que é possível para proteger sua filha, para garantir que tudo dê certo hoje e amanhã. Ela confia em você. Essa

Leia mais

4 Encontro de Enfermagem Ginecológica do Estado do Rio de Janeiro

4 Encontro de Enfermagem Ginecológica do Estado do Rio de Janeiro 4 Encontro de Enfermagem Ginecológica do Estado do Rio de Janeiro Afecções Oncológicas nas Mamas Enfª Giselle G. Borges Epidemiologia (BRASIL, 2012) Anatomia da mama (estruturas) Linfonodos Fisiologia

Leia mais

Reunião GETH. Abril.2014

Reunião GETH. Abril.2014 Reunião GETH Abril.2014 Caso 1 Dr Sérgio Mancini Nicolau Caso I: Sexo feminino, 40 anos, casada, administradora História da Doença Atual: 2013 - Paciente sem queixas específicas, conta que irmã teve diagnóstico

Leia mais

Tumores hereditários da mama

Tumores hereditários da mama 32 Tumores hereditários da mama Margarida Figueiredo Dias 1. INTRODUÇÃO O cancro da mama é, ainda, a principal causa de morte por cancro no sexo feminino nos países mais industrializados e áreas geográficas

Leia mais

Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer de mama Tratamento Adjuvante: Hormonioterapia. José Bines Instituto Nacional de Câncer

Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer de mama Tratamento Adjuvante: Hormonioterapia. José Bines Instituto Nacional de Câncer Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer de mama Tratamento Adjuvante: Hormonioterapia José Bines Instituto Nacional de Câncer Índice Podemos selecionar pacientes para não receber tratamento adjuvante?

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 HIPERPLASIA MAMÁRIA FELINA: CASOS ATENDIDOS NO HOSPITAL VETERINÁRIO DE UBERABA DE 2005 A 1015 DEBORAH VIEIRA DE SOUSA ROSIM 1, ENDRIGO GABELLINI LEONEL ALVES 1, IAN MARTIN 1 ; LARYSSA COSTA REZENDE 1

Leia mais

Breast Cancer. Breast Tissue

Breast Cancer. Breast Tissue Breast Cancer Cancer cells are abnormal cells. Cancer cells grow and divide more quickly than healthy cells. Some cancer cells may form growths called tumors. All tumors increase in size, but some tumors

Leia mais

Influência do peso corporal no tratamento adjuvante do câncer de mama

Influência do peso corporal no tratamento adjuvante do câncer de mama Influência do peso corporal no tratamento adjuvante do câncer de mama Declaro não haver conflito de interesse Dra Maria Cecília Monteiro Dela Vega Médica Oncologista Clínica- CEBROM e Hospital Araujo Jorge

Leia mais

Mecanismos de resistência ao tratamento hormonal. José Bines Instituto Nacional de Câncer

Mecanismos de resistência ao tratamento hormonal. José Bines Instituto Nacional de Câncer Mecanismos de resistência ao tratamento hormonal José Bines Instituto Nacional de Câncer Declaração de conflito de interesses Sem conflito de interesses Opinião pessoal que pode não refletir necessariamente

Leia mais

PAPERPET. Caio Mayrink Maio/2011

PAPERPET. Caio Mayrink Maio/2011 PAPERPET Caio Mayrink Maio/2011 RAD51 G135C POLYMORPHISM IS ASSOCIATED WITH BREAST CANCER SUSCEPTIBILITY: A META-ANALYSIS INVOLVING 22,399 SUBJECTS Haiming Sun, Jing Bai, Feng Chen, Yan Jin, Yang Yu, Lianhong

Leia mais

residência mastologia

residência mastologia residência RESIDÊNCIA Médica em mastologia CADERNO DO CURSO Reprodução autorizada pelo autor somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino, não sendo autorizada sua reprodução para quaisquer

Leia mais

Autoria: Sociedade Brasileira de Mastologia Sociedade Brasileira de Cancerologia

Autoria: Sociedade Brasileira de Mastologia Sociedade Brasileira de Cancerologia Autoria: Sociedade Brasileira de Mastologia Sociedade Brasileira de Cancerologia Elaboração Final: 31 de janeiro de 2011 Participantes: Gebrim LH, Elias S, Millen E, Silva BB, Sousa JA, Menke CH, Chagas

Leia mais

CÂNCER DE MAMA. O controle das mamas de seis em seis meses, com exames clínicos, é também muito importante.

CÂNCER DE MAMA. O controle das mamas de seis em seis meses, com exames clínicos, é também muito importante. CÂNCER DE MAMA Dr. José Bél Mastologista/Ginecologista - CRM 1558 Associação Médico Espírita de Santa Catarina AME/SC QUANDO PEDIR EXAMES DE PREVENÇÃO Anualmente, a mulher, após ter atingindo os 35 ou

Leia mais

Câncer de mama diagnóstico precoce mamografia. Vinicius Milani Budel

Câncer de mama diagnóstico precoce mamografia. Vinicius Milani Budel Câncer de mama diagnóstico precoce mamografia Vinicius Milani Budel câncer de mama Sebastiano del Piombo 1520 Florença O martírio de Santa Agatha INCIDÊNCIA NO BRASIL: 52.680 NOVOS CASOS/ANO MORTALIDADE

Leia mais

Caracterização dos doentes toxicodependentes observados pela equipa de Psiquiatria de Ligação - análise comparativa dos anos de 1997 e 2004

Caracterização dos doentes toxicodependentes observados pela equipa de Psiquiatria de Ligação - análise comparativa dos anos de 1997 e 2004 Caracterização dos doentes toxicodependentes observados pela equipa de Psiquiatria de Ligação - análise comparativa dos anos de 1997 e 2004 Joana Alexandre *, Alice Luís ** Resumo Analisaram-se as características

Leia mais

A pesquisa clínica no combate ao câncer de mama. Proporcionando o futuro do tratamento do câncer de mama para as pacientes de hoje

A pesquisa clínica no combate ao câncer de mama. Proporcionando o futuro do tratamento do câncer de mama para as pacientes de hoje A pesquisa clínica no combate ao câncer de mama Proporcionando o futuro do tratamento do câncer de mama para as pacientes de hoje Câncer de Mama no Brasil Antropofagia, de Tarsila do Amaral, 1929 2 DADOS

Leia mais

SIMPÓSIO. Mastectomia profilática: reflexões bioéticas. Unitermos: câncer de mama, qualidade de vida, bioética, autonomia. Selma Silva Araújo

SIMPÓSIO. Mastectomia profilática: reflexões bioéticas. Unitermos: câncer de mama, qualidade de vida, bioética, autonomia. Selma Silva Araújo SIMPÓSIO Mastectomia profilática: reflexões bioéticas Selma Silva Araújo Antônio Carlos Rodrigues da Cunha Volnei Garrafa A mastectomia profilática é uma cirurgia que retira as mamas para minimizar o risco

Leia mais

História natural de carcinoma lobular x ductal

História natural de carcinoma lobular x ductal Filomena Marino Carvalho filomena@usp.br História natural de carcinoma lobular x ductal 1 Classificaçãohistológicados tumores de mama Carcinoma invasivo de tipo não especial (ductal invasivo) Subtipos

Leia mais

Lesões Intraepiteliais de Alto Grau: Diagnóstico, conduta e seguimento.

Lesões Intraepiteliais de Alto Grau: Diagnóstico, conduta e seguimento. Lesões Intraepiteliais de Alto Grau: Diagnóstico, conduta e seguimento. ABG-Cap RJ II Colpovix Vitória ES 16 e 17 de outubro de 2009 Fábio Russomano Linha de cuidado para prevenção do câncer do colo do

Leia mais

TOMOSSINTESE MAMÁRIA DIGITAL. Qual a diferença para a mamografia 2 D?

TOMOSSINTESE MAMÁRIA DIGITAL. Qual a diferença para a mamografia 2 D? TOMOSSINTESE MAMÁRIA DIGITAL O que é? Qual a diferença para a mamografia 2 D? Quais são suas indicações? TOMOSSINTESE EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DA MAMOGRAFIA Maior detalhe da estrutura mamária Grande promessa

Leia mais

Mastoplastia de aumento via axilar: avaliação da técnica subfascial

Mastoplastia de aumento via axilar: avaliação da técnica subfascial ARTIGO ORIGINAL Mastoplastia de aumento Vendramin Franco via axilar: T FS et avaliação al. et al. da técnica subfascial Mastoplastia de aumento via axilar: avaliação da técnica subfascial Mammaplasty of

Leia mais

CAMPANHA PELA INCLUSÃO DA ANÁLISE MOLECULAR DO GENE RET EM PACIENTES COM CARCINOMA MEDULAR E SEUS FAMILIARES PELO SUS.

CAMPANHA PELA INCLUSÃO DA ANÁLISE MOLECULAR DO GENE RET EM PACIENTES COM CARCINOMA MEDULAR E SEUS FAMILIARES PELO SUS. Laura S. W ard CAMPANHA PELA INCLUSÃO DA ANÁLISE MOLECULAR DO GENE RET EM PACIENTES COM CARCINOMA MEDULAR E SEUS FAMILIARES PELO SUS. Nódulos da Tiróide e o Carcinoma Medular Nódulos da tiróide são um

Leia mais

Diretrizes Assistenciais

Diretrizes Assistenciais Diretrizes Assistenciais Protocolo de tratamento adjuvante e neoadjuvante do câncer de mama Versão eletrônica atualizada em Fevereiro 2009 Tratamento sistêmico adjuvante A seleção de tratamento sistêmico

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS DISTÚRBIOS TIREOIDIANOS EM USUÁRIOS DE UM LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS

CLASSIFICAÇÃO DOS DISTÚRBIOS TIREOIDIANOS EM USUÁRIOS DE UM LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS CLASSIFICAÇÃO DOS DISTÚRBIOS TIREOIDIANOS EM USUÁRIOS DE UM LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS Kamila Karoliny Ramos de Lima 1, Josimar dos Santos Medeiros 2. Resumo Entre as principais doenças de evolução

Leia mais

Núcleo Mama Porto Alegre (NMPOA) Estudo longitudinal de rastreamento e atenção organizada no diagnóstico e tratamento do câncer de mama

Núcleo Mama Porto Alegre (NMPOA) Estudo longitudinal de rastreamento e atenção organizada no diagnóstico e tratamento do câncer de mama Núcleo Mama Porto Alegre (NMPOA) Estudo longitudinal de rastreamento e atenção organizada no diagnóstico e tratamento do câncer de mama 2004 Projeto Núcleo Mama Porto Alegre Estudo com parceria entre Hospital

Leia mais

ESTUDO RETROSPECTIVO DAS NEOPLASIAS CANINAS DIAGNOSTICADAS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO PERÍODO DE 2009 A 2010

ESTUDO RETROSPECTIVO DAS NEOPLASIAS CANINAS DIAGNOSTICADAS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO PERÍODO DE 2009 A 2010 1 ESTUDO RETROSPECTIVO DAS NEOPLASIAS CANINAS DIAGNOSTICADAS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO PERÍODO DE 2009 A 2010 CAIO FERNANDO GIMENEZ 1, TATIANE MORENO FERRARIAS 1, EDUARDO FERNANDES BONDAN 1 1 Universidade

Leia mais

1ª Edição do curso de formação em patologia e cirurgia mamária. Programa detalhado

1ª Edição do curso de formação em patologia e cirurgia mamária. Programa detalhado 15.6.2012 MÓDULO 1 - Mama normal; Patologia benigna; Patologia prémaligna; Estratégias de diminuição do risco de Cancro da Mama. 1 1 Introdução ao Programa de Formação 9:00 9:15 1 2 Embriologia, Anatomia

Leia mais

vulva 0,9% ovário 5,1%

vulva 0,9% ovário 5,1% endométrio 12,3% ovário 5,1% vulva 0,9% colo uterino 13,3% câncer de mama 68,4% Maior incidência nas mulheres acima de 60 anos ( 75% ) Em 90% das mulheres o primeiro sintoma é o sangramento vaginal pós-menopausa

Leia mais

Reconstrução mamária imediata com expansor de tecido: estudo retrospectivo

Reconstrução mamária imediata com expansor de tecido: estudo retrospectivo ARTIGO ORIGINAL A aponeurose Reconstrução epicraniana mamária no Franco segundo imediata T et tempo com al. expansor da reconstrução de tecido de orelha Reconstrução mamária imediata com expansor de tecido:

Leia mais

13. CONEX Pôster Resumo Expandido 1 O PROJETO DE EXTENSÃO CEDTEC COMO GERADOR DE FERRAMENTAS PARA A PESQUISA EM CÂNCER DE MAMA

13. CONEX Pôster Resumo Expandido 1 O PROJETO DE EXTENSÃO CEDTEC COMO GERADOR DE FERRAMENTAS PARA A PESQUISA EM CÂNCER DE MAMA 13. CONEX Pôster Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE (X ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

Qualidade de vida após tratamento cirúrgico da assimetria mamária primária

Qualidade de vida após tratamento cirúrgico da assimetria mamária primária ARTIGO ORIGINAL Qualidade de vida após tratamento cirúrgico da assimetria mamária primária Quality of life after surgical treatment of primary breast asymmetry ANA LÚCIA A. L. DA SILVA 1 MÁRCIA A. M. S.

Leia mais

Victor Silvano Resende. Estabilidade da margem gengival após cirurgia para recuperação do espaço biológico - avaliação clínica

Victor Silvano Resende. Estabilidade da margem gengival após cirurgia para recuperação do espaço biológico - avaliação clínica Victor Silvano Resende Estabilidade da margem gengival após cirurgia para recuperação do espaço biológico - avaliação clínica Brasília 2014 Victor Silvano Resende Estabilidade da margem gengival após cirurgia

Leia mais

O que fazem os grupos científicos para o controle e tratamento do câncer de mama no Brasil? SBM

O que fazem os grupos científicos para o controle e tratamento do câncer de mama no Brasil? SBM O que fazem os grupos científicos para o controle e tratamento do câncer de mama no Brasil? SBM Ruffo de Freitas Júnior Presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia Sociedade Brasileira de Mastologia

Leia mais

Projeto Amazona: Desfechos Clínicos de Pacientes Públicos e Privados

Projeto Amazona: Desfechos Clínicos de Pacientes Públicos e Privados Projeto Amazona: Desfechos Clínicos de Pacientes Públicos e Privados Pedro E. R. Liedke Grupo Brasileiro de Estudos do Câncer de Mama; Serviço de Oncologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre; Instituto

Leia mais

RECONSTRUÇÃO MAMÁRIA IMEDIATA APÓS CIRURGIA CONSERVADORA DO CÂNCER DE MAMA

RECONSTRUÇÃO MAMÁRIA IMEDIATA APÓS CIRURGIA CONSERVADORA DO CÂNCER DE MAMA RTIGO ORIGINL lmeida Júnior GL et al. REONSTRUÇÃO MMÁRI IMEIT PÓS IRURGI ONSERVOR O ÂNER E MM Immediate reconstruction after conservative surgery of breast cancer GENÊS LOPES E LMEI JÚNIOR 1, JEFFERSON

Leia mais

CÂnCER DE EnDOMéTRIO. Estados anovulatórios (ex: Síndrome dos ovários policísticos) Hiperadrenocortisolismo

CÂnCER DE EnDOMéTRIO. Estados anovulatórios (ex: Síndrome dos ovários policísticos) Hiperadrenocortisolismo CAPÍTULO 3 CÂnCER DE EnDOMéTRIO O Câncer de endométrio, nos Estados Unidos, é o câncer pélvico feminino mais comum. No Brasil, o câncer de corpo de útero perde em número de casos apenas para o câncer de

Leia mais

Glanulectomia total no Cancro do Pénis Controlo oncológico e qualidade de vida

Glanulectomia total no Cancro do Pénis Controlo oncológico e qualidade de vida Acta Urológica 2008, 25; : 49-53 Artigos Originais 49 Glanulectomia total no Cancro do Pénis Controlo oncológico e qualidade de vida Bruno Graça, Eduardo Carrasquinho, Pedro Bargão, Manuel Ferreira Coelho,

Leia mais

Revista Portuguesa de. irurgia. II Série N. 27 Dezembro 2013. Órgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Cirurgia ISSN 1646-6918

Revista Portuguesa de. irurgia. II Série N. 27 Dezembro 2013. Órgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Cirurgia ISSN 1646-6918 Revista Portuguesa de irurgia II Série N. 27 Dezembro 2013 ISSN 1646-6918 Órgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Cirurgia CADERNO ESPECIAL Editorial Joaquim Abreu de Sousa Serviço de Oncologia Cirúrgica.

Leia mais

Revisão da anatomia e definição dos volumes de tratamento: Câncer de estômago. Mariana Morsch Beier R2 Radioterapia - Hospital Santa Rita

Revisão da anatomia e definição dos volumes de tratamento: Câncer de estômago. Mariana Morsch Beier R2 Radioterapia - Hospital Santa Rita Revisão da anatomia e definição dos volumes de tratamento: Câncer de estômago. Mariana Morsch Beier R2 Radioterapia - Hospital Santa Rita EPIDEMIOLOGIA A estimativa do biênio 2012-2013 para o Brasil é

Leia mais

XVI CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOLOGIA PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PRELIMINAR

XVI CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOLOGIA PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PRELIMINAR CURSO PRÉ- DIA 19/10/2011 (QUARTA-FEIRA) AUDITÓRIO LAGO AZUL 08:00-18:00 - CURSO PRÉ-: CIRURGIA ONCOPLÁSTICA COM APOIO DA AMERICAN SOCIETY OF BREAST DISEASES - ASBD (PATROCÍNIO: MENTOR) 08:00-08:30 - IMPORTÂNCIA

Leia mais

CÂNCER DE MAMA PREVENÇÃO TRATAMENTO - CURA Novas estratégias. Rossano Araújo

CÂNCER DE MAMA PREVENÇÃO TRATAMENTO - CURA Novas estratégias. Rossano Araújo CÂNCER DE MAMA PREVENÇÃO TRATAMENTO - CURA Novas estratégias Rossano Araújo Papiro do Edwin Smith (Egito, 3.000-2.500 A.C.) Papiro Edwin Smith (Egito, 3000 2500 A.C.) Tumores Protuberantes da Mama Se você

Leia mais

Quimioprofilaxia. Renata Cangussú

Quimioprofilaxia. Renata Cangussú Quimioprofilaxia Renata Cangussú Câncer de Mama Nas últimas décadas ocorreu um aumento expressivo da incidência e mortalidade do câncer de mama em todo mundo. Esse aumento pode ser atribuído a interação

Leia mais

Resumo O objetivo deste estudo foi apresentar o panorama do câncer de mama

Resumo O objetivo deste estudo foi apresentar o panorama do câncer de mama REVISÃO A história natural do câncer de mama na paciente jovem: revisão de literatura The natural history of breast cancer in the young patient: literature revision Leonardo Faria Ferreira 1 Luciana Alt

Leia mais

FÓRUM Câncer de Mama. Políticas Públicas: Tratamento e Apoio Dra. Nadiane Lemos SSM-DAS/SES-RS

FÓRUM Câncer de Mama. Políticas Públicas: Tratamento e Apoio Dra. Nadiane Lemos SSM-DAS/SES-RS FÓRUM Câncer de Mama Políticas Públicas: Tratamento e Apoio Dra. Nadiane Lemos SSM-DAS/SES-RS Análise Situacional Marcadores das ações em saúde envolvendo a saúde da mulher na atual gestão: Pré-natal -

Leia mais

RETINOBLASTOMA: EPIDEMIOLOGIA E SOBREVIDA EM SERGIPE

RETINOBLASTOMA: EPIDEMIOLOGIA E SOBREVIDA EM SERGIPE SAÚDE E AMBIENTE ISSN IMPRESSO 2316-3313 ISSN ELETRÔNICO 2316-3798 RETINOBLASTOMA: EPIDEMIOLOGIA E SOBREVIDA EM SERGIPE Eldon Bezerra da Silva Junior 1 Resumo O Objetivo é descrever a epidemiologia e a

Leia mais