GUSTAVO FILIPE BARBOSA GARCIA TERCEIRIZAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GUSTAVO FILIPE BARBOSA GARCIA TERCEIRIZAÇÃO"

Transcrição

1 GUSTAVO FILIPE BARBOSA GARCIA TERCEIRIZAÇÃO Trabalho temporário Cooperativas de trabalho Conforme a Lei /2017 2ª edição 2017

2 CAPÍTULO 1 TERCEIRIZAÇÃO E INTERMEDIAÇÃO DE MÃO DE OBRA 1.1 CONCEITO E DISTINÇÃO A terceirização pode ser entendida como a transferência de certas atividades da empresa tomadora (ou contratante) a empresas prestadoras de serviços especializados. A terceirização, como se pode notar, envolve uma relação trilateral entre o empregado, a empresa prestadora de serviço (empregador) e a empresa tomadora (contratante dos serviços). Entre a empresa tomadora (contratante) e a prestadora de serviço é firmado um contrato de natureza civil ou empresarial (contrato de prestação de serviços). Diversamente, entre a empresa prestadora de serviço e o empregado é firmado o contrato de trabalho. O vínculo de emprego, assim, existe entre o empregado e a empresa prestadora de serviço, mas aquele presta o serviço à empresa tomadora (contratante). 13

3 TERCEIRIZAÇÃO Gustavo Filipe Barbosa Garcia A terceirização não se confunde com a intermediação de mão de obra, a qual, em regra, é vedada pelo sistema jurídico, uma vez que o trabalho não pode ser tratado como mercadoria, o que seria contrário ao seu valor social e à dignidade da pessoa humana 1. Nesse sentido, conforme a Súmula 331, item I, do TST: I - A contratação de trabalhadores por empresa interposta é ilegal, formando-se o vínculo diretamente com o tomador dos serviços, salvo no caso de trabalho temporário (Lei nº 6.019, de ). Ainda assim, também apresenta conotação trilateral o trabalho temporário, em que a empresa tomadora contrata a empresa de trabalho temporário para que sejam fornecidos trabalhadores temporários, pelo prazo e nas hipóteses excepcionalmente admitidas pelo sistema jurídico 2. A rigor, a terceirização se distingue do trabalho temporário, pois enquanto aquela diz respeito à prestação de determinados serviços por empresa especializada, neste há o fornecimento de mão de obra à tomadora por meio de empresa interposta (ou seja, pela empresa de trabalho temporário) Cf. GARCIA, Gustavo Filipe Barbosa. Curso de direito do trabalho. 11. ed. Rio de Janeiro: Forense, p Cf. CAVALCANTE JUNIOR, Ophir. A terceirização das relações laborais. São Paulo: LTr, p Cf. JOÃO, Paulo Sergio. O que muda com o projeto de lei sobre trabalho temporário e terceirização. Consultor Jurídico, 24 de março de 2017: Terceirização pressupõe especialização nos serviços e autonomia na sua execução. A diferença fundamental 14

4 Cap. 1 TERCEIRIZAÇÃO E INTERMEDIAÇÃO DE MÃO DE OBRA 1.2 ÂMBITO INTERNACIONAL A análise da terceirização, em especial quanto à sua licitude, aos seus limites e aos seus efeitos, está intimamente relacionada com o valor social do trabalho, que não pode ser tratado como mercadoria, sob pena de afronta à dignidade da pessoa humana. Nesse enfoque, no âmbito da doutrina social da Igreja, merece referência a Encíclica Mater et Magistra, de João XXIII, do ano de 1961, ao assim prever: 18. Dizem respeito, primeiramente, ao trabalho que deve ser considerado, em teoria e na prática, não mercadoria, mas um modo de expressão direta da pessoa humana. Para a grande maioria dos homens, o trabalho é a única fonte dos meios de subsistência. Por isso, a sua remuneração não pode deixar-se à mercê do jogo automático das leis do mercado; pelo contrário, deve ser estabelecida segundo as normas da justiça e da equidade, que, em caso contrário, ficariam profundamente lesadas, ainda mesmo que o contrato de trabalho fosse livremente ajustado por ambas as partes (destaquei) 4. entre o regime jurídico do trabalho temporário e a prestação de serviços é que no primeiro caso há cessão de mão de obra e, no segundo, o objeto é a prestação de serviços especializados a cargo e responsabilidade da empresa prestadora. Disponível em: - -muda-pl-trabalho-temporario-terceirizacao>. Acesso em: 07 abr Disponível em: <https://w2.vatican.va/content/john-xxiii/pt/encyclicals/documents/hf_j-xxiii_enc_ _mater.html>. Acesso em: 07 abr

5 TERCEIRIZAÇÃO Gustavo Filipe Barbosa Garcia Na mesma linha, na esfera da Organização Internacional do Trabalho, criada em 1919, destaca-se a seguinte previsão de sua Constituição e Anexo (Declaração de Filadélfia, referente aos fins e objetivos da Organização, de 1944): A Conferência reafirma os princípios fundamentais sobre os quais repousa a Organização, principalmente os seguintes: a) o trabalho não é uma mercadoria (destaquei) 5. Em razão desse mandamento universal, proíbe-se, em regra, a intermediação de mão de obra, na qual a empresa intermediária apenas fornece trabalhador à empresa tomadora. Como mencionado anteriormente, essa prática não se confunde com a terceirização, em que certas atividades são transferidas pelo contratante a empresas prestadoras de serviços determinados e específicos, permitindo que aquele se dedique aos principais aspectos de seu objetivo social Disponível em: <http://www.oitbrasil.org.br/sites/default/files/topic/decent_ work/doc/constituicao_oit_538.pdf>. Acesso em: 07 abr Cf. MANNRICH, Nelson. A modernização do contrato de trabalho. São Paulo: LTr, p. 117: Quando se fala em atividade econômica, não há vinculação, necessariamente, à ideia de lucro, mas de produção de bens e serviços. Daí a necessidade de a empresa contratada possuir certa especialidade, uma atividade - no contrato social, há indícios de mera intermediação ilegal ou tiva. A ilegalidade não decorre diretamente de expressa vedação 16

6 Cap. 1 TERCEIRIZAÇÃO E INTERMEDIAÇÃO DE MÃO DE OBRA 1.3 PARÂMETROS CONSTITUCIONAIS A Constituição Federal de 1988, ao tratar dos princípios fundamentais, dispõe que a República Federativa do Brasil constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos: a soberania; a cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; o pluralismo político (art. 1º). No âmbito dos direitos fundamentais de natureza social, o art. 7º da Constituição Federal de 1988 arrola os direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de assegurar outros direitos que visem à melhoria de sua condição social. Observa-se, assim, o reconhecimento do princípio da proteção, inerente ao Direito do Trabalho, notadamente quanto à prevalência da norma mais favorável ao empregado 7. Portanto, a correta interpretação do sistema jurídico indica que a relação de emprego, a qual é disciplinada pelo Direito do Trabalho, merece ênfase e recebe prioridade constitucional, por ser o vínculo que efetivamente garante os direitos trabalhistas, legal, mas, indiretamente, do nosso sistema jurídico, seja do con- obra, seja do conceito de empregado (art. 3º da CLT), devendo- -se considerar, também, o art. 9º, da CLT. 7. Cf. RODRIGUEZ, Américo Plá. Princípios de direito do trabalho. Tradução e revisão técnica: Wagner D. Giglio. Tradução das atualizações: Edilson Alkmim Cunha. 3. ed. São Paulo: LTr, p

7 TERCEIRIZAÇÃO Gustavo Filipe Barbosa Garcia permitindo a redistribuição de renda e que se alcance a justiça social. A garantia da relação de emprego é essencial para que o modo de produção capitalista observe os limites necessários à preservação da dignidade da pessoa humana nas relações de trabalho. Dessa forma, apesar da existência de outras modalidades de relações de trabalho (como o autônomo, o eventual, o voluntário e o estagiário), o vínculo de emprego é apto a conferir, em termos globais, à coletividade de trabalhadores o tratamento jurídico necessário à concretização dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil, previstos no art. 3º da Constituição Federal de 1988, quais sejam: construir uma sociedade livre, justa e solidária; garantir o desenvolvimento nacional; erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais; promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação. Frise-se ainda que a ordem econômica, fundada na valorização do trabalho humano e na livre iniciativa, tem por fim assegurar a todos existência digna, conforme os ditames da justiça social (art. 170 da Constituição Federal de 1988). Do mesmo modo, a ordem social tem como base o primado do trabalho, e como objetivo o bem-estar e a justiça social (art. 193 da Constituição da República). Logo, a terceirização de serviços, embora fundada na livre iniciativa, objetivando alcançar mais eficiência, produtividade, redução de custos e 18

8 Cap. 1 TERCEIRIZAÇÃO E INTERMEDIAÇÃO DE MÃO DE OBRA competitividade à empresa 8, não pode ser admitida em contrariedade ao valor do trabalho, à dignidade humana e à justiça social. Isso justifica a previsão no sistema jurídico de certos limites quanto à terceirização, bem como de exigências quanto a essa modalidade de prestação de serviços a terceiros. 8. Cf. MARTINS, Sergio Pinto. A terceirização e o direito do trabalho. 3. ed. São Paulo: Malheiros, p. 22: O objetivo principal da terceirização não é apenas a redução de custos, mas empresa. Esta pretende com a terceirização a transformação de tamento do processo produtivo, com a transferência de numerário para aplicação em tecnologia ou no seu desenvolvimento, e também em novos produtos. 19

9

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL DIREITO CONSTITUCIONAL 01. Considere as seguintes normas constitucionais: I. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional Direito Constitucional Aula 03 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

Cooperativas Sociais. Marcelo Mauad Assessor jurídico da UNISOL/Brasil Professor Universitário Autor do livro: Cooperativas de Trabalho Editora LTr

Cooperativas Sociais. Marcelo Mauad Assessor jurídico da UNISOL/Brasil Professor Universitário Autor do livro: Cooperativas de Trabalho Editora LTr Cooperativas Sociais Marcelo Mauad Assessor jurídico da UNISOL/Brasil Professor Universitário Autor do livro: Cooperativas de Trabalho Editora LTr Ressalva inicial Não se pretende substituir o imprescindível

Leia mais

Prof. Dr. Vander Ferreira de Andrade

Prof. Dr. Vander Ferreira de Andrade Prof. Dr. Vander Ferreira de Andrade Organização Estatal Vedação aos entes federativos: I - estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles

Leia mais

TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS. Autor: Sidnei Di Bacco/Advogado da União

TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS. Autor: Sidnei Di Bacco/Advogado da União TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS Autor: Sidnei Di Bacco/Advogado da União LEI 8.666/1993 Art. 71. O contratado é responsável pelos encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais resultantes da execução

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA TERCEIRIZAÇÃO PARA A INDÚSTRIA QUÍMICA

A IMPORTÂNCIA DA TERCEIRIZAÇÃO PARA A INDÚSTRIA QUÍMICA A IMPORTÂNCIA DA TERCEIRIZAÇÃO PARA A INDÚSTRIA QUÍMICA A IMPORTÂNCIA DA INDÚSTRIA QUÍMICA PARA O BRASIL A indústria química é um dos mais importantes e dinâmicos setores da economia brasileira, representando

Leia mais

Terceirização comparada. Brasil e outros países.

Terceirização comparada. Brasil e outros países. Terceirização comparada Brasil e outros países. O que é terceirização? A terceirização é a forma de gestão do processo produtivo da empresa que contrata de outra serviços específicos, realizados com organização

Leia mais

Indicações de bibliográficas: CLT. Leis e artigos importantes: OJ até 421 SÚMULAS TST até 444

Indicações de bibliográficas: CLT. Leis e artigos importantes: OJ até 421 SÚMULAS TST até 444 CURSO: OAB X EXAME - NOITE DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO PROFESSOR: JULIANA MONTEIRO AULA 01 BLOCO: 01- MATÉRIA: INTRODUÇÃO (LEI TRABALHISTA NO TEMPO E ESPAÇO, FONTES, EMPREGADO). Indicações de bibliográficas:

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO

DIREITO DO TRABALHO PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO DIREITO DO TRABALHO PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO Atualizado em 13/01/2016 PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO PRINCÍPIO PROTETOR Nas relações empregatícios sempre existe o conflito entre o detentor

Leia mais

OS PROBLEMAS DE FINANCIAMENTO DA SAÚDE

OS PROBLEMAS DE FINANCIAMENTO DA SAÚDE OS PROBLEMAS DE FINANCIAMENTO DA SAÚDE Medidas cabíveis para a subsistência e melhoria do atendimento AMPASA Brasília agosto de 2016 ALGUNS DESSES PROBLEMAS Emenda Constitucional nº 29, de 2000 Lei Complementar

Leia mais

Noções de Estado. Organização da Federação e Poderes do Estado

Noções de Estado. Organização da Federação e Poderes do Estado Noções de Estado Noções de Estado Organização da Federação e Poderes do Estado Estado É a sociedade política e juridicamente organizada, dotada de soberania, dentro de um território, sob um governo, para

Leia mais

A visão da OIT sobre o Trabalho Decente

A visão da OIT sobre o Trabalho Decente Boletim Econômico Edição nº 61 maio de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico A visão da OIT sobre o Trabalho Decente 1 1. CONCEITO DE TRABALHO DECENTE O conceito de Trabalho

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo I Teoria da Constituição...1

SUMÁRIO. Capítulo I Teoria da Constituição...1 SUMÁRIO Capítulo I Teoria da Constituição...1 1. Constituição...1 1.1 Conceito...1 1.2. Classificação das Constituições...1 1.3. Interpretação das Normas Constitucionais...3 1.4. Preâmbulo Constitucional...5

Leia mais

O papel do médico autônomo e o médico empregado (CLT) no SUS. Claudia Bezerra Batista Neves advogada do Sindimed/BA

O papel do médico autônomo e o médico empregado (CLT) no SUS. Claudia Bezerra Batista Neves advogada do Sindimed/BA O papel do médico autônomo e o médico empregado (CLT) no SUS Claudia Bezerra Batista Neves advogada do Sindimed/BA Sistema Único de Saúde SUS Institucionalização Constitucionalizada ( art. 197 a 200, CF)

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Sujeitos do contrato de trabalho / empregador. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Sujeitos do contrato de trabalho / empregador. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Sujeitos do contrato de trabalho / empregador Prof. Hermes Cramacon Avulso Trabalhador portuário - Lei 12.815/2013. Trabalhador não portuário - Lei 12.023/2009. Conceito: Aquele que

Leia mais

A REGULAÇÃO COMO DIREITO FUNDAMENTAL E O PRINCÍPIO DA

A REGULAÇÃO COMO DIREITO FUNDAMENTAL E O PRINCÍPIO DA 1 / N A REGULAÇÃO COMO DIREITO FUNDAMENTAL E O PRINCÍPIO DA VEDAÇÃO DO RETROCESSO Liliane Sonsol Gondim Bacharela em Direito, Especialista em Direito Constitucional e em Direito Ambiental, Universidade

Leia mais

1. INTRODUÇÃO Adam Smith Londres: divisão de tarefas resultou numa especialização do trabalho, com sensível ganho de velocidade na produção e r

1. INTRODUÇÃO Adam Smith Londres: divisão de tarefas resultou numa especialização do trabalho, com sensível ganho de velocidade na produção e r RELAÇÕES COMERCIAIS ENTRE TOMADORES E PRESTADORES DE SERVIÇOS Osvaldo R. Fernandes Engenheiro Florestal Ibaiti Florestal Nov/08 1. INTRODUÇÃO 1776 - Adam Smith Londres: divisão de tarefas resultou numa

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2012/01 DISCIPLINA: DIREITO DO II PROFESSOR: FRANCISCA JEANE PEREIRA DA SILVA MARTINS TURMAS: 8

Leia mais

Professor: Rogerio Neiva Contatos: -Blog:

Professor: Rogerio Neiva Contatos: -Blog: Professor: Rogerio Neiva Contatos: -rogerio@tuctor.com -Twitter: @rogerioneiva -Blog: www.concursospublicos.pro.br Princípios e fontes do direito do trabalho. Renúncia e transação. = Evolução das relações

Leia mais

IUS RESUMOS. Contrato de Trabalho. Organizado por: Samille Lima Alves

IUS RESUMOS. Contrato de Trabalho. Organizado por: Samille Lima Alves de Trabalho Organizado por: Samille Lima Alves SUMÁRIO I. CONTRATO DE TRABALHO... 3 1. Caracterizando o contrato de trabalho... 3 1.1 Conceito e características... 3 1.2 Elementos essenciais do contrato

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS (ARTS 1 AO 4)

DIREITO CONSTITUCIONAL PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS (ARTS 1 AO 4) DIREITO CONSTITUCIONAL PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS (ARTS 1 AO 4) Atualizado até 13/10/2015 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS (ARTS. 1º AO 4º DA CF88): Todo princípio fundamental é constitucional, mas nem todo princípio

Leia mais

1. Fontes Materiais do Direito do Trabalho:

1. Fontes Materiais do Direito do Trabalho: 1 DIREITO DO TRABALHO PONTO 1: Fontes Materiais do Direito do Trabalho PONTO 2: Fontes Formais do Direito do Trabalho PONTO 3: Princípios 1. Fontes Materiais do Direito do Trabalho: Na idade média começaram

Leia mais

Terceirização e Trabalho Temporário

Terceirização e Trabalho Temporário Terceirização e Trabalho Temporário Lei 13.429, de 31/03/2017 que promove alterações na Lei 6019 que disciplina as relações de trabalho na empresa de trabalho temporário, na empresa de prestação de serviços

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Fontes e princípios do Direito do Trabalho Prof. Hermes Cramacon 1. Fontes materiais - norma ainda não positivada. Momento pré-jurídico. Correntes de pensamento econômico, jurídico,

Leia mais

COOPERATIVAS DE CRÉDITO NO ORDENAMENTO JURÍDICO VIGENTE 33º SEMINÁRIO NACIONAL DE ASSUNTOS JURÍDICOS - ABDE SALVADOR - BAHIA OUTUBRO 2013

COOPERATIVAS DE CRÉDITO NO ORDENAMENTO JURÍDICO VIGENTE 33º SEMINÁRIO NACIONAL DE ASSUNTOS JURÍDICOS - ABDE SALVADOR - BAHIA OUTUBRO 2013 COOPERATIVAS DE CRÉDITO NO ORDENAMENTO JURÍDICO VIGENTE 33º SEMINÁRIO NACIONAL DE ASSUNTOS JURÍDICOS - ABDE SALVADOR - BAHIA OUTUBRO 2013 AGENDA 01 ORIENTAÇÃO CONSTITUCIONAL 02 CONCEITOS E PRINCÍPIOS COOPERATIVOS

Leia mais

FONTES DO DIREITO DIREITO DO TRABALHO FONTES FORMAIS DO DIREITO DO TRABALHO FONTES FORMAIS DO DIREITO DO TRABALHO 2

FONTES DO DIREITO DIREITO DO TRABALHO FONTES FORMAIS DO DIREITO DO TRABALHO FONTES FORMAIS DO DIREITO DO TRABALHO 2 FONTES DO DIREITO Fontes materiais referem-se aos fatores sociais, econômicos, políticos, filosóficos e históricos que deram origem ao Direito, DIREITO DO TRABALHO influenciando na criação das normas jurídicas;

Leia mais

Audiência Pública CDH do Senado Federal iniciativa do Senador Paulo Paim Brasília, 5 de outubro de 2015

Audiência Pública CDH do Senado Federal iniciativa do Senador Paulo Paim Brasília, 5 de outubro de 2015 Audiência Pública CDH do Senado Federal iniciativa do Senador Paulo Paim Brasília, 5 de outubro de 2015 O negociado sobre o legislado, que rasga a CLT e arrasa o sistema de proteção dos direitos trabalhistas:

Leia mais

LEGALE CURSO DE EXECUÇÃO TRABALHISTA. Sujeito Passivo / Grupo de Empresas / Sucessão

LEGALE CURSO DE EXECUÇÃO TRABALHISTA. Sujeito Passivo / Grupo de Empresas / Sucessão LEGALE CURSO DE EXECUÇÃO TRABALHISTA Sujeito Passivo / Grupo de Empresas / Sucessão Professor: Rogério Martir Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidad Del Museo Social Argentino, Advogado

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2014

PROJETO DE LEI Nº, DE 2014 PROJETO DE LEI Nº, DE 2014 (Do Sr. Arthur Oliveira Maia) Dispõe sobre os contratos de prestação de serviços médicos especializados por pessoas de natureza jurídica de direito privado, na área da medicina

Leia mais

Rodada #1 Direito Constitucional

Rodada #1 Direito Constitucional Rodada #1 Direito Constitucional Professor Frederico Dias Assuntos da Rodada NOÇÕES DE DIREITO PÚBLICO: Princípios fundamentais. (Art. 1º ao 4º da CRFB). Direitos e garantias fundamentais. Direitos e deveres

Leia mais

Prof. Murillo Sapia Gutier

Prof. Murillo Sapia Gutier Prof. Murillo Sapia Gutier www.murillogutier.com.br A necessidade do Estado: Resguardo dos Direitos Fundamentais; Função do Direito Civil Codificado: uniformizar a normatização de institutos fundamentais

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Prof. Ricardo Torques. fb.com/direitoshumanosparaconcursos. periscope.tv/rstorques.

DIREITOS HUMANOS. Prof. Ricardo Torques. fb.com/direitoshumanosparaconcursos. periscope.tv/rstorques. DIREITOS HUMANOS Prof. Ricardo Torques fb.com/direitoshumanosparaconcursos periscope.tv/rstorques rst.estrategia@gmail.com Teoria Geral dos Direitos Humanos Características, Eficácia e Classificação de

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011 DISCIPLINA: DIREITO DO II PROFESSOR: MARCELLO MANCILHA TURMA: 3º ANO INTEGRAL UNIDADES CONTEÚDOS

Leia mais

TEMA 3 TRABALHO DESIGUAL? NOVAS FORMAS DE DESIGUALDADE E A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO

TEMA 3 TRABALHO DESIGUAL? NOVAS FORMAS DE DESIGUALDADE E A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO TEMA 3 TRABALHO DESIGUAL? NOVAS FORMAS DE DESIGUALDADE E A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO O TRABALHO DIGNO, A JUSTIÇA SOCIAL E O FUTURO DO TRABALHO OIT: MISSÃO Desenvolve o seu trabalho no âmbito da redução da

Leia mais

LIMITES DE GASTOS COM PESSOAL. Autor: Sidnei Di Bacco/Advogado

LIMITES DE GASTOS COM PESSOAL. Autor: Sidnei Di Bacco/Advogado LIMITES DE GASTOS COM PESSOAL Autor: Sidnei Di Bacco/Advogado LEGISLAÇÃO BÁSICA Constituição Federal: art. 169 LC 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal): Art. 19, inciso III: DP total município = 60%

Leia mais

-Cultura Geral + Jurídica: Sites Migalhas. Consultor Jurídico. AASP. STF STJ.

-Cultura Geral + Jurídica: Sites Migalhas. Consultor Jurídico. AASP. STF STJ. Teoria Geral do Direito Tributário Aula I 14/02/17 Professor: Luiz Fernando F. Rezende -Plano de aula -Dicas de estudo -Legislação: CRFB+CTN -Doutrina -Cultura Geral + Jurídica: Sites Migalhas. Consultor

Leia mais

A situação da Seguridade Social no Brasil

A situação da Seguridade Social no Brasil A situação da Seguridade Social no Brasil Audiência Pública Comissão de Seguridade Social e Família CSSF Câmara dos Deputados, 16/08/2011 Álvaro Sólon de França Presidente do Conselho Executivo da ANFIP

Leia mais

Direitos fundamentais propriedade. João Miguel da Luz Rivero Fundamento constitucional

Direitos fundamentais propriedade. João Miguel da Luz Rivero Fundamento constitucional Direitos fundamentais propriedade João Miguel da Luz Rivero jmlrivero@gmail.com Fundamento constitucional O regime jurídico da propriedade tem seu fundamento na Constituição. Esta garante o direito de

Leia mais

São Paulo, 27 de Março de 2008.

São Paulo, 27 de Março de 2008. Verificação do Cumprimento das Obrigações Trabalhistas e Previdenciárias na contratação de empresas terceirizadas São Paulo, 27 de Março de 2008. 1 Contatos Marcelo Natale Fernando Azar (11) 5186-1014

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 682/XII

PROJETO DE LEI Nº 682/XII PROJETO DE LEI Nº 682/XII Procede à primeira alteração da Lei nº 14/2008, de 12 de março, que proíbe e sanciona a discriminação em função do sexo no acesso a bens e serviços e seu fornecimento Exposição

Leia mais

DEPARTAMENTO JURÍDICO TRABALHISTA BOLETIM 093/2014

DEPARTAMENTO JURÍDICO TRABALHISTA BOLETIM 093/2014 DEPARTAMENTO JURÍDICO TRABALHISTA ADM 207/2014-14/11/2014 BOLETIM 093/2014 Trabalho temporário tem novas normas de fiscalização definidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) Por meio da norma em

Leia mais

Rodada #1 Direito Constitucional

Rodada #1 Direito Constitucional Rodada #1 Direito Constitucional Professor Frederico Dias Assuntos da Rodada DIREITO CONSTITUCIONAL: 1. Constituição: conceito, origens, conteúdo, estrutura e classificação. Supremacia da Constituição.

Leia mais

A retenção previdenciária em face das recentes mudanças legais na contratação de serviço: MEI, empresas, desoneração e contribuintes individuais

A retenção previdenciária em face das recentes mudanças legais na contratação de serviço: MEI, empresas, desoneração e contribuintes individuais com Alexandre Matias Silva A retenção previdenciária em face das recentes mudanças legais na contratação de serviço: MEI, empresas, desoneração e contribuintes individuais Das 09h às 11h - Sede do Sindcont-SP

Leia mais

PRINCÍPIOS! FUNDAMENTAIS! (ART. 1º AO 4º CF)!

PRINCÍPIOS! FUNDAMENTAIS! (ART. 1º AO 4º CF)! PRINCÍPIOS! FUNDAMENTAIS! (ART. 1º AO 4º CF)! PRINCÍPIO*! Começo! IDÉIA DE! Base! Origem! Prof. Luis Alberto! prof.luisalberto@gmail.com! ALICERCE DA REPÚBLICA FEDERATIVA! DO BRASIL! *São considerados

Leia mais

FONTE. Fontes materiais DIREITO DO TRABALHO 24/02/2016 FONTES E PRINCÍPIOS MATERIAL

FONTE. Fontes materiais DIREITO DO TRABALHO 24/02/2016 FONTES E PRINCÍPIOS MATERIAL FONTES E PRINCÍPIOS DIREITO DO TRABALHO Msc. Roseniura Santos CLT - Art. 8º - As autoridades administrativas e a Justiça do Trabalho, na falta de disposições legais ou contratuais, decidirão, conforme

Leia mais

O que é terceirização?

O que é terceirização? TERCEIRIZAÇÃO A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (8) o projeto de lei 4330/2004, que regulamenta contratos de terceirização no mercado de trabalho. Agora, o projeto será encaminhado diretamente

Leia mais

A CF propugna, de forma específica, a integração econômica, política, social e cultural do Brasil com os povos da América Latina

A CF propugna, de forma específica, a integração econômica, política, social e cultural do Brasil com os povos da América Latina 01 Q369445 Direito Constitucional Princípios Fundamentais da República Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: SUFRAMAProva: Agente Administrativo BETA Acerca da classificação das constituições e dos princípios

Leia mais

2.6 Relações de Trabalho

2.6 Relações de Trabalho Por que Relações de Trabalho? No Brasil, o sistema legal e institucional que rege o mercado de trabalho é defasado, rígido e juridicamente inseguro, o que compromete a competitividade das empresas e o

Leia mais

55ameaças. aos seus direitos em tramitação no Congresso Nacional

55ameaças. aos seus direitos em tramitação no Congresso Nacional 55ameaças aos seus direitos em tramitação no Congresso Nacional A assessoria do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) realizou um levantamento das principais matérias tramitando no

Leia mais

O conceito de Trabalho Decente

O conceito de Trabalho Decente O Trabalho Decente O conceito de Trabalho Decente Atualmente a metade dos trabalhadores de todo o mundo (1,4 bilhão de pessoas) vive com menos de 2 dólares ao dia e portanto, é pobre quase 20% é extremamente

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

RESPONSABILIDADE CIVIL DO EMPREGADOR NO ACIDENTE DE TRABALHO. LANA REZENDE DOS SANTOS FACULDADE ALFREDO NASSER

RESPONSABILIDADE CIVIL DO EMPREGADOR NO ACIDENTE DE TRABALHO. LANA REZENDE DOS SANTOS FACULDADE ALFREDO NASSER RESPONSABILIDADE CIVIL DO EMPREGADOR NO ACIDENTE DE TRABALHO LANA REZENDE DOS SANTOS FACULDADE ALFREDO NASSER lanarezende27@gmail.com ANA CELUTA F. TAVEIRA Faculdade Alfredo Nasser Mestre em Direito e

Leia mais

CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES

CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES Um desafio para a igualdade numa perspectiva de gênero Ituporanga 30/04/04 Conferência Espaço de participação popular para: Conferir o que tem sido feito

Leia mais

CONSTITUIÇÃO FEDERAL E MEIO AMBIENTE

CONSTITUIÇÃO FEDERAL E MEIO AMBIENTE CONSTITUIÇÃO FEDERAL E MEIO AMBIENTE 1. INTRODUÇÃO 1.1. A Constituição Federal, promulgada em 05 de outubro de 1988, foi o primeiro texto constitucional brasileiro a mencionar a palavra meio ambiente.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE 1ª INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO MARANHÃO 5ª VARA =============================================== D E C I S Ã O

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE 1ª INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO MARANHÃO 5ª VARA =============================================== D E C I S Ã O Processo nº 32921-53.2010.4.01.3700 Classe: 32921-53.2010.4.01.3700 Autor: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Réu: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL D E C I S Ã O Trata-se de apreciação de liminar, em sede de ação civil

Leia mais

IUS RESUMOS. Teoria Geral dos Direitos Fundamentais Parte III. Organizado por: Elaine Cristina Ferreira Gomes

IUS RESUMOS. Teoria Geral dos Direitos Fundamentais Parte III. Organizado por: Elaine Cristina Ferreira Gomes Teoria Geral dos Direitos Fundamentais Parte III Organizado por: Elaine Cristina Ferreira Gomes SUMÁRIO I. TEORIA GERAL DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS - PARTE III... 4 1. A Constituição de 1988 e os direitos

Leia mais

POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO DA DIVERSIDADE E NÃO DISCRIMINAÇÃO

POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO DA DIVERSIDADE E NÃO DISCRIMINAÇÃO POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO DA DIVERSIDADE E NÃO DISCRIMINAÇÃO A Petrol Industrial S/A está entre aquelas empresas que estão preocupadas com as questões trabalhistas, procurando adotar os Princípios de Direito

Leia mais

Dicas de Direito Constitucional

Dicas de Direito Constitucional Dicas de Direito Constitucional Olá Concursando, Hoje vamos estudar um pouco de Direito Constitucional, passando pela Teoria do Direito Constitucional e abarcando também o art. 1º da Constituição Federal

Leia mais

MANUAL DE DIRETRIZES NACIONAIS PARA EXECUÇÃ ÇÃO O DE MANDADOS JUDICIAIS DE MANUTENÇÃ

MANUAL DE DIRETRIZES NACIONAIS PARA EXECUÇÃ ÇÃO O DE MANDADOS JUDICIAIS DE MANUTENÇÃ MANUAL DE DIRETRIZES NACIONAIS PARA EXECUÇÃ O DE MANDADOS JUDICIAIS DE MANUTENÇÃ O E REINTEGRAÇÃ DE POSSE COLETIVA. MANUAL DE DIRETRIZES NACIONAIS PARA EXECUÇÃ O DE MANDADOS JUDICIAIS DE MANUTENÇÃ O E

Leia mais

Evolução da Disciplina. Direito Constitucional CONTEXTUALIZAÇÃO INSTRUMENTALIZAÇÃO

Evolução da Disciplina. Direito Constitucional CONTEXTUALIZAÇÃO INSTRUMENTALIZAÇÃO Evolução da Disciplina Direito Constitucional Aula 1: Evolução histórica das constituições brasileiras Aula 2: Princípios fundamentais Aula 3: Direitos e garantias fundamentais Prof. Silvano Alves Alcantara

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 7.082, DE 2014 (Do Sr. Rogério Carvalho)

PROJETO DE LEI N.º 7.082, DE 2014 (Do Sr. Rogério Carvalho) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 7.082, DE 2014 (Do Sr. Rogério Carvalho) Altera a Lei nº 12.852, de 5 de agosto de 2013 (Estatuto da Juventude), para instituir o Direito ao Empreendedorismo do

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA C R A

AUDIÊNCIA PÚBLICA C R A AUDIÊNCIA PÚBLICA C R A Cristiano Barreto Zaranza Chefe da Assessoria Jurídica Fev. 2010 Alteração da Lei 5.889/73 Regulamentou o trabalho rural Principais objetivos: - Dar dinamismo ao setor primário

Leia mais

Título: Os limites dos poderes do empregador perante seus empregados face às novas tecnologias

Título: Os limites dos poderes do empregador perante seus empregados face às novas tecnologias RESUMO Área: Direito do Trabalho Título: Os limites dos poderes do empregador perante seus empregados face às novas tecnologias Autor: Adriano Roque Pires Orientadora: Profª. Eliana dos Santos Alves Nogueira

Leia mais

Simulado TRT Direito do Trabalho Simulado Konrad Mota

Simulado TRT Direito do Trabalho Simulado Konrad Mota Simulado TRT Direito do Trabalho Simulado Konrad Mota 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 01. (Analista/TRT-24/2011-FCC) Maria, estudante de direito, está discutindo

Leia mais

NACIONAL DE TRABALHO DECENTE - PNTD

NACIONAL DE TRABALHO DECENTE - PNTD SEMINÁRIO SINDICAL SOBRE O PLANO NACIONAL DE TRABALHO DECENTE - PNTD Paulo Sergio Muçouçah Coordenador dos Programas de Trabalho Decente e Empregos Verdes Escritório da OIT no Brasil Roteiro da apresentação

Leia mais

Direito do Trabalho. Fontes e Princípios do Direito do Trabalho. Professor Pedro Kuhn.

Direito do Trabalho. Fontes e Princípios do Direito do Trabalho. Professor Pedro Kuhn. Direito do Trabalho Fontes e Princípios do Direito do Trabalho Professor Pedro Kuhn www.acasadoconcurseiro.com.br Direito do Trabalho CONCEITO, FONTES E PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO CONCEITO DO DIREITO

Leia mais

Natureza Jurídica. Características. Gerações.

Natureza Jurídica. Características. Gerações. Natureza Jurídica. Características. Gerações. Direitos humanos estão relacionados com a importância da própria pessoa humana. A pessoa humana, que é o bem mais valioso da humanidade, estará acima de qualquer

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO EMENTA DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO DISCIPLINA: Teoria Geral do Direito do Trabalho CARGA-HORÁRIA: 10 horas EMENTA: Estudo sobre a introdução ao direito do trabalho, analisando

Leia mais

Maximiliano Nagl Garcez ALAL - Associação Latino-Americana de Advogados Laboralistas Consultor jurídico da Contracs

Maximiliano Nagl Garcez ALAL - Associação Latino-Americana de Advogados Laboralistas Consultor jurídico da Contracs Comissão de Direitos Humanos e Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal Brasília, 4 de novembro de 2015 PLC 133/2015 Salão-parceiro, sinônimo de precarização, terceirização e fraude ao sistema de

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Remuneração e salário. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Remuneração e salário. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Remuneração e salário Prof. Hermes Cramacon Remuneração Consiste na somatória da contraprestação paga diretamente pelo empregador, seja em pecúnia, seja em utilidades, com a quantia

Leia mais

IGF: ENTRE JUSTIÇA E EFICIÊNCIA. CHARLES WILLIAM McNAUGHTON

IGF: ENTRE JUSTIÇA E EFICIÊNCIA. CHARLES WILLIAM McNAUGHTON IGF: ENTRE JUSTIÇA E EFICIÊNCIA CHARLES WILLIAM McNAUGHTON IGF E PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS PRINCÍPIO DA ISONOMIA X PRINCÍPIO DA EFICIÊNCIA IGUALDADE Justiça Social Art. 3º Constituem objetivos fundamentais

Leia mais

Pessoa com Necessidades Especiais Portaria MTE nº 2020/10. Regulamentação da Atividade PL 4330/04. Objeto. Objeto

Pessoa com Necessidades Especiais Portaria MTE nº 2020/10. Regulamentação da Atividade PL 4330/04. Objeto. Objeto ASSUNTOS PENDENTES Regulamentação da Atividade PL 4330/04 Pessoa com Necessidades Especiais Portaria MTE nº 2020/10 Responsabilidade solidária entre o tomador e o prestador de serviços no cumprimento das

Leia mais

CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988

CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988 CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988 Art. 207. As universidades gozam de autonomia didático-científica, administrativa e de gestão financeira e patrimonial, e obedecerão ao princípio de indissociabilidade entre

Leia mais

2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE PARANAGUÁ/PR

2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE PARANAGUÁ/PR Destinatários: a) Prefeito Municipal de Paranaguá Sr. Edison de Oliveira Kersten b) Coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social Sra. Jussara Ferreira das Neves c) Secretária

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Sindical A AUTONOMIA PRIVADA COLETIVA NA JUSTIÇA DO TRABALHO. Guilherme Brandão Advogado

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Sindical A AUTONOMIA PRIVADA COLETIVA NA JUSTIÇA DO TRABALHO. Guilherme Brandão Advogado TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Sindical A AUTONOMIA PRIVADA COLETIVA NA JUSTIÇA DO TRABALHO Guilherme Brandão Advogado A autonomia privada coletiva complementa o princípio da liberdade sindical. É a manifestação

Leia mais

RESPOSTA À SOLICITAÇÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO Nº 014/ PROCESSO Nº 086/2015.

RESPOSTA À SOLICITAÇÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO Nº 014/ PROCESSO Nº 086/2015. RESPOSTA À SOLICITAÇÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO Nº 014/2015 - PROCESSO Nº 086/2015. 1. Trata-se de pedido de impugnação ao Edital do Pregão Presencial nº 014/2015, que tem por objeto a contratação

Leia mais

Conjunto de regras entre o que é certo e errado; um modelo ou padrão que define o comportamento das pessoas.

Conjunto de regras entre o que é certo e errado; um modelo ou padrão que define o comportamento das pessoas. disciplina FUNDAMENTOS DE GESTÃO TERCEIRIZAÇÃO Paradigmas - Definições Conjunto de regras entre o que é certo e errado; um modelo ou padrão que define o comportamento das pessoas. Velhos Paradigmas: burocracia,

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2015 1. INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 PROFESSOR: Iara Marthos Águila 1.2 DEPARTAMENTO: Direito Privado 1.3 DISCIPLINA: Direito do Trabalho 1.4 SÉRIE: 5º. Ano TURMAS:

Leia mais

Conteúdos sobre segurança e saúde no trabalho Organismos e instituições

Conteúdos sobre segurança e saúde no trabalho Organismos e instituições ISHST - Instituto para a Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Criado em 2004, pelo Decreto-lei n.º 171, de 17 de Julho, o Instituto para a Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho (ISHST), I. P., é o organismo

Leia mais

PONTO 1: Fontes do Direito do Trabalho PONTO 2: Princípios 1. FONTES DO DIREITO DO TRABALHO. b.1) HETERÔNOMAS dispostas pelo legislador.

PONTO 1: Fontes do Direito do Trabalho PONTO 2: Princípios 1. FONTES DO DIREITO DO TRABALHO. b.1) HETERÔNOMAS dispostas pelo legislador. 1 DIREITO DO TRABALHO PONTO 1: Fontes do Direito do Trabalho PONTO 2: Princípios 1. FONTES DO a) MATERIAIS OU INFORMAIS São as fontes históricas. b) FORMAIS Há documentos. b.1) HETERÔNOMAS dispostas pelo

Leia mais

REFORMA TRABALHISTA. Reunião UGT

REFORMA TRABALHISTA. Reunião UGT REFORMA TRABALHISTA Reunião UGT Aumento da multa pelo não registro de trabalhadores: CLT PL 6787/2016 O valor da multa administrativa para as empresas que não registram seus empregados é de um salário

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito Individual do Trabalho

Leia mais

Participação nos Lucros e Resultados Lei10.101/2000. João Roberto Liébana Costa

Participação nos Lucros e Resultados Lei10.101/2000. João Roberto Liébana Costa Participação nos Lucros e Resultados Lei10.101/2000 João Roberto Liébana Costa jcosta@viseu.com.br Constituição Federal, de 1988. CONCEITOS Art. 7º São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além

Leia mais

Renovação de Reconhecimento CEE/GP 266/06 de 13 de julho de D.O.E. 14/07/2006 Autarquia Municipal

Renovação de Reconhecimento CEE/GP 266/06 de 13 de julho de D.O.E. 14/07/2006 Autarquia Municipal DE DIREITO DO TRABALHO E PREVIDÊNCIA SOCIAL 2013 EMENTA PROCESSO DO TRABALHO: Noções gerais. Análise de casos hipotéticos (direito material e processual). Prática Trabalhista. Estudo e redação de peças

Leia mais

LEGALE - PÓS GRADUAÇÃO DIREITO DO TRABALHO. Prática: Terceirização/ Grupo de Empresas / Sucessão. Professor: Dr. Rogério Martir

LEGALE - PÓS GRADUAÇÃO DIREITO DO TRABALHO. Prática: Terceirização/ Grupo de Empresas / Sucessão. Professor: Dr. Rogério Martir LEGALE - PÓS GRADUAÇÃO DIREITO DO TRABALHO Prática: Terceirização/ Grupo de Empresas / Sucessão Professor: Dr. Rogério Martir Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidad Del Museo Social

Leia mais

Rodada #1 Direito Constitucional

Rodada #1 Direito Constitucional Rodada #1 Direito Constitucional Professor Frederico Dias Assuntos da Rodada DIREITO CONSTITUCIONAL: 1. Teoria geral do Estado. 2. Os poderes do Estado e as respectivas funções. 3.Teoria geral da Constituição:

Leia mais

O CONGRESSO NACIONAL decreta:

O CONGRESSO NACIONAL decreta: REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 4.302-E DE 1998 Altera dispositivos da Lei nº 6.019, de 3 de janeiro de 1974, que dispõe sobre o trabalho temporário nas empresas urbanas e dá outras providências; e dispõe

Leia mais

Políticas de trabalho e emprego

Políticas de trabalho e emprego Políticas de trabalho e emprego IAEUGT 18/10/2012 Políticas de trabalho e emprego 1 Pleno emprego O pleno emprego é uma aspiração de todas as sociedades e governos, mas o seu alcance envolve muitas contradições

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 3ª Turma GMAAB/pc/ct/dao

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 3ª Turma GMAAB/pc/ct/dao A C Ó R D Ã O 3ª Turma GMAAB/pc/ct/dao RECURSO DE REVISTA. VÍNCULO DE EMPREGO. FAXINEIRA. DUAS VEZES POR SEMANA. ÂMBITO COMERCIAL. Deve ser mantido o vínculo de emprego, nos termos do art. 3º da CLT. Embora

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 TÍTULO IV DA ORGANIZAÇÃO DOS PODERES CAPÍTULO IV DAS FUNÇÕES ESSENCIAIS À JUSTIÇA Seção I Do Ministério Público Art. 127. O Ministério Público é instituição

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2014/01 DISCIPLINA: DO II PROFESSOR: FRANCISCA JEANE PEREIRA DA SILVA MARTINS TURMA: 8º DM / EN

Leia mais

Desenvolvimento, Trabalho Decente e Igualdade Racial

Desenvolvimento, Trabalho Decente e Igualdade Racial Desenvolvimento, Trabalho Decente e Igualdade Racial Lais Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Brasília, julho de 2012 Esquema da Apresentação 1. Trabalho decente e estratégia de desenvolvimento

Leia mais

O Princípio da Dignidade da Pessoa Humana como Fundamento Jurídico para Bioética

O Princípio da Dignidade da Pessoa Humana como Fundamento Jurídico para Bioética Seção Especial - Em Poucas Palavras O Princípio da Dignidade da Pessoa Humana como Fundamento Jurídico para Bioética LAURA AFFONSO DA COSTA LEVY Advogada, Especialista em Direito de Família e Sucessões

Leia mais

- Compreender a aplicação e interpretação das normas de Direito do Trabalho;

- Compreender a aplicação e interpretação das normas de Direito do Trabalho; 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 4 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO I NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Introdução ao Direito do Trabalho.

Leia mais

Em suma, o Projeto de Lei trata dos seguintes assuntos:

Em suma, o Projeto de Lei trata dos seguintes assuntos: INFORME N 01/2017 Projeto de Lei n. 6787/2016, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho CLT e a Lei n. 6.019/74, para dispor sobre eleições de representantes dos trabalhadores no local de trabalho

Leia mais

INTERVENÇÃO DIREITO CONSTITUCIONAL II. Profª Marianne Rios Martins

INTERVENÇÃO DIREITO CONSTITUCIONAL II. Profª Marianne Rios Martins INTERVENÇÃO DIREITO CONSTITUCIONAL II Profª Marianne Rios Martins INTERVENÇÃO Situação excepcional, que suprime temporariamente, a autonomia dos entes federados. Art. 34 a 36 da Constituição Federal (

Leia mais

ESTATUTO DO SINDICATO DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS TÉCNICOS EM MEIO AMBIENTE DO ESTADO DO PARANÁ SINDITTEMA-PR

ESTATUTO DO SINDICATO DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS TÉCNICOS EM MEIO AMBIENTE DO ESTADO DO PARANÁ SINDITTEMA-PR ESTATUTO DO SINDICATO DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS TÉCNICOS EM MEIO AMBIENTE DO ESTADO DO PARANÁ SINDITTEMA-PR TÍTULO I DA INSTITUIÇÃO, PRERROGATIVAS, DIREITOS E DEVERES DOS ASSOCIADOS Capítulo I

Leia mais

A decência do trabalho nosso de cada dia

A decência do trabalho nosso de cada dia TRABALHO DECENTE PRA GENTE! A decência do trabalho nosso de cada dia Não faltam leis, índices, indicadores que protegem e direcionam ao identificarem os problemas que afetam os trabalhadores, no Brasil.

Leia mais

JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE

JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE (1) Introdução e Preâmbulo do tema Artigo 1º, III, CF a República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se

Leia mais

Da Equiparação Salarial

Da Equiparação Salarial BuscaLegis.ccj.ufsc.br Da Equiparação Salarial Adriano Martins Pinheiro Bacharelando em Direito Articulista e colaborador de diversos sites e jornais locais. Atuante em Escritório de Advocacia em São Paulo

Leia mais