COMANDO DA AERONÁUTICA DIRETORIA DE INTENDÊNCIA SUBDIRETORIA DE ENCARGOS ESPECIAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMANDO DA AERONÁUTICA DIRETORIA DE INTENDÊNCIA SUBDIRETORIA DE ENCARGOS ESPECIAIS"

Transcrição

1 COMANDO DA AERONÁUTICA DIRETORIA DE INTENDÊNCIA SUBDIRETORIA DE ENCARGOS ESPECIAIS DATAS EMISSÃO EFETIVAÇÃO NPA Nº 009 A /EE1/ /06 / 2005 / /2005 DISTRIBUIÇÃO - E EE1, EE2, EE3, EE4, EETEC EESEC e EECI ASSUNTO ANEXOS PROGRAMA - PIS / PASEP 1 - FICHA PADRÃO 2 - FORMULÁRIO DE INCLUSÃO E ALTERAÇÃO 3 - EXTRATO DO MANUAL PASEP (SAQUE DO PRINCIPAL) 4 - DECLARAÇÃO SAQUE DO PRINCIPAL 5 - DECLARAÇÃO MOTIVO FALECIMENTO 6 - FORMULÁRIO P/RESSARCIMENTO 1 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 FINALIDADE A presente NPA tem por finalidade estabelecer normas e procedimentos e controlar as atividades relacionadas ao Programa PIS/PASEP. 1.2 OBJETIVO O objetivo desta NPA é padronizar os procedimentos rotineiros inerentes ao Programa PIS/PASEP 1.3 ÂMBITO A presente NPA é aplicável no âmbito da DIRINT. 1.4 ABREVIATURAS E SIGLAS PIS Programa de Integração Social. PASEP Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público SDEE Subdiretoria de Encargos Especiais. RAIS Relação Anual de Informações Sociais. EE1 Divisão de Encargos Assistenciais FOPAG Forma de pagamento NPA Norma Padrão de Ação 1.5 DEFINIÇÕES PASEP Programa Social instituído em 1970, por meio da Lei Complementar nº 8, como forma de proporcionar aos servidores públicos civis e militares a participação na receita das entidades integrantes.

2 SUBDIRETORIA DE ENCARGOS ESPECIAIS Continuação da NPA n.º 009 A / EE1 / 2005, da SDEE Fl. 2 de 4 PIS Programa Social instituído em 1970 por meio da Lei Complementar nº 7, buscando incrementar a poupança individual do trabalhador com vistas a uma melhor distribuição da renda nacional. ABONO SALARIAL É o valor pago aos participantes cadastrados, há pelo menos cinco anos, que tenham recebido do empregador contribuinte no ano-base, remuneração média mensal igual ou inferior a dois salários mínimos vigentes, durante os meses desse ano e que tenham trabalhado no mínimo 30 dias no período, desde que corretamente informados na Relação Anual de Informações Sociais RAIS. Anualmente é divulgado o cronograma de pagamento do abono salarial. O abono salarial corresponde a um salário mínimo vigente à época em que o saque for efetuado pelo participante à disposição. RENDIMENTOS São os juros de 3% (três por cento) ao ano, mais o Resultado Líquido Adicional RLA das aplicações, em percentual variável, calculados sobre o saldo atualizado das Quotas existentes na conta individual do trabalhador, creditados anualmente. SAQUE DO PRINCIPAL É o saque do saldo da conta do participante composto pelos créditos a título de participação nos exercícios financeiros de 1971 a 1988, pela atualização monetária e pelos rendimentos não sacados. SISTEMA FOPAG Convênio firmado com o Banco do Brasil S/A, que consiste no pagamento do abono salarial e dos rendimentos aos participantes mediante crédito direto em contracheque. RAIS É o instrumento pelo qual todo empregador deve fornecer às entidades governamentais da área social um relatório com as informações solicitadas referentes a cada um de seus empregados, com quem manteve relação de emprego durante qualquer período do ano-base. PARTICIPANTE São todos os militares e servidores civis cadastrados no Fundo de Participação PIS/PASEP. FUNDO DE PARTICIPAÇÃO PIS/PASEP é a unificação dos fundos constituídos com os recursos do PIS e do PASEP, aprovado pela Lei Complementar 26/75, regulamentada pelo Decreto nº , de FICHA-PADRÃO documento que deverá ser preenchido sempre que houver o ingresso do servidor civil ou incorporação de militar e que o acompanhará durante toda a sua vida funcional.

3 SUBDIRETORIA DE ENCARGOS ESPECIAIS Continuação da NPA n.º 009 A / EE1 / 2005, da SDEE Fl. 3 de LEGISLAÇÃO Lei Complementar nº8, de Decreto nº71.618, de Lei Complementar nº 26, de Decreto-Lei nº.2.052, de Decreto-Lei nº 2.445, de , da Secretaria da Receita Federal Artigo 239 da Constituição da República, promulgada em Manual do PASEP IMA , de DISPOSIÇÕES GERAIS 2.1 O encarregado pelo Setor PIS/PASEP da DIRINT - SDEE, deverá atuar em consonância com os responsáveis pela atividade nas OM do COMAER, a fim de orientá-los quanto aos procedimentos. 3 DISPOSIÇÕES ESPECÍFICAS 3.1 ATRIBUIÇÕES DO SETOR PIS/PASEP Fazer consultas ao Banco do Brasil S/A e Caixa Econômica Federal para regularização de conta referente ao Programa PIS/PASEP Orientar os encarregados do Setor PIS / PASEP que comparecerem na SDEE, para sanarem suas dúvidas Receber, processar e elaborar correspondências (ofícios, rádios, etc.) às Organizações Militares Orientar os responsáveis pelas atividades do Setor PIS/PASEP das OM quanto aos procedimentos inerentes ao cadastramento. De acordo com a ICA , o participante deverá ser cadastrado quando de seu ingresso no COMAER. Em se tratando de militares, os mesmos deverão ser cadastrados pela OM em que se apresentaram Providenciar o cadastramento de servidores civis e militares que não se encontrem inscritos no Programa, observando o seguinte procedimento: I Incluir os dados cadastrais do servidor civil ou militar no sistema de cadastro do PASEP, na página da SDPP, no ícone aplicativos selecionando a opção PASEP. II - Após a inclusão do servidor no Programa PIS/PASEP, o Banco do Brasil enviará um arquivo de retorno (via tele-transmissão) com o número de inscrição do PASEP e emitirá os cartões de inscrição alusivos ao mesmo, que serão encaminhados à SDEE para remessa às OM, elos do Sistema. III O setor do PASEP separa os cartões por OM e os encaminha através de ofício às unidades para que o responsável pelo setor entregue os mesmos aos participantes, inclusive os transferidos;

4 SUBDIRETORIA DE ENCARGOS ESPECIAIS Continuação da NPA n.º 009 A / EE1 / 2005, da SDEE Fl. 4 de 4 IV caso aconteçam incorreções no cadastro do participante, o encarregado do Setor da OM deverá adotar providências para regularizar a situação, preenchendo o formulário (anexo 2) para que o Banco do Brasil S/A processe as informações; V após a distribuição dos cartões de inscrição do participante, o número de inscrição deverá ser informado ao Setor de Finanças da OM para que seja providenciada a inclusão do mesmo no contracheque. OBS: Havendo necessidade de prioridade para cadastramento de participante, o mesmo poderá ser feito através do formulário (anexo 2) O procedimento para ressarcimento dos servidores civis e dos militares é feito pelo Banco do Brasil SA. Para isto, é necessário o preenchimento do formulário (anexo 6) e posterior remessa ao mesmo O Banco do Brasil processará e emitirá a guia para recolhimento e futuro crédito, dos valores atualizados, nas inscrições dos participantes Quando for detectado que um participante possui uma ou mais inscrição no PASEP, é necessário que seja providenciada a unificação da inscrição, fazendo coincidir os dados cadastrais. O Sistema fará a unificação automaticamente O Setor deverá elaborar a Declaração de Saque do Principal para os militares ou servidores civis que estão sendo transferidos para a reserva remunerada ou se aposentando (anexo4) ou aos dependentes do participante falecido (anexo 5). 4 DISPOSIÇÕES FINAIS 4.1 A presente NPA substitui e revoga a NPA 09/EE1, de 27 Abr A presente NPA entra em vigor na data da publicação de sua efetivação em Boletim Interno da Diretoria de Intendência. 4.2 Os casos omissos serão resolvidos pelo Diretor de Intendência, assessorado pelo Subdiretor de Encargos Especiais. Aprovo: JOSÉ TOCANTINS DE LARA JÚNIOR Cel Int Chefe da Divisão de Encargos Assistenciais (Publicada no Boletim Interno da DIRINT nº, de de 2005). Brig Int - JORGE LUIZ MICHELIN Subdiretor da SDEE

5 Anexo 1 Ficha Padrão (1) NOME (2) PASEP Nº (3)DATA DE NASCIMENTO / / (4)NAC (5) NAT (6)CPF (7)Nº.TÍTULO DE ELEITOR (8)Nº.CTPS (9)SÉRIE (10)UF (11)DATA EMISSÃO / / (12)ANO 1º EMPREGO (13)DATA INGRESSO S.P.F (14) SEXO (15)NOME DA MÃE (16)NOME DO PAI (17)IDENTIDADE Nº (18) ÓRGÃO EMISSOR (19) UF (20)DATAEMISSÃO / / (21)ENDEREÇO COMPLETO (22)CEP (23)DEPENDENTES OBS: LOCAL E DATA ASSINATURA DO PARTICIPANTE

6 Preenchimento do Anexo 1 CAMPO 1 Preencher com o nome completo do militar ou servidor civil, sem abreviaturas. CAMPO 2 Preencher com o número do PASEP. Caso não tenha deixar em branco CAMPO 3 Preencher com a data de nascimento. Ex.: DD /MM /AAAA CAMPO 4 Preencher com a nacionalidade. Ex.: BRASILEIRA CAMPO 5 Preencher com a naturalidade (cidade onde nasceu) CAMPO 6 Preencher com o número do CPF ( 11 posições) CAMPO 7 Preencher com o número do título de eleitor CAMPO 8,9, 10 Preencher com o número, série e unidade da Federação da Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS CAMPO 11 Preencher com a data da emissão da CTPS ( DD MM AAAA) CAMPO 12 Preencher com o ano do 1º emprego (AAAA) CAMPO 13 Preencher com a data do ingresso no SPC ( DD MM AAAA) CAMPO 14 Preencher com o F para feminino e M para masculino CAMPO 15 Preencher com o nome completo da mãe do militar ou servidor civil, sem abreviaturas CAMPO 16 Preencher com o nome completo do pai do militar ou servidor civil, sem abreviaturas CAMPO 17 Preencher com o número da identidade do militar ou do servidor civil CAMPO 18 Preencher com o nome do órgão que emitiu a identidade CAMPO 19 Preencher com a Unidade da Federação que emitiu a identidade CAMPO 20 Preencher com a data da emissão da identidade (DD MM AAAA) CAMPO 21 Preencher com o endereço completo do militar ou do servidor civil CAMPO 22 Preencher com o número do CEP CAMPO 23 Preencher com o nome, data de nascimento e grau de parentesco dos dependentes.

7 Anexo 2 BANCO DO BRASIL PASEP Inclusão e alteração de dados do participante Inclusão Alteração INCLUSÃO Preencher todos os campos exceto o campo número de inscrição ALTERAÇÃO Preencher o campo número de inscrição e os campos a alterar Nº de inscrição do participante Nome do participante Nome do participante (continuação) Data de nascimento CPF _ Nome da mãe Nome da mãe (cont.) Nome do pai Nome do pai (cont.) Sexo M Masculino Nacionalidade F - Feminino Naturalidade UF nº do título eleitor nº do documento de identidade Órgão emissor UF Data de emissão Nº da CTPS Nº de série da CTPS UF Data de emissão da CTPS Ano 1º emprego CGC do empregador Endereço (Rua, Av. Praça, etc) Endereço (continuação) Número Complemento (Bloco, Sala, Apartamento, etc) Bairro ou Distrito Município CEP Local e data UF Carimbo do CGC do empregador Assinatura do participante

8 Anexo 3 MOTIVO DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA Aposentadoria Participantes vinculados ao INSS Carta-comunicado emitida pela DATAPREV, concedendo um dos seguintes benefícios: - aposentadoria por tempo de serviço, por idade, especial e invalidez: - renda mensal vitalícia ou pecúlio. Participantes não vinculados ao INSS: Declaração emitida pelo empregador; ou Original e cópia da página do Diário Oficial que publicou o ato oncessório. Falecimento a) certidão de óbito; b) certidão de dependentes habilitados à pensão por morte, emitida pelo INSS ou pelo órgão encarregado do processamento do benefício, na forma da legislação própria, na qual constem o nome completo, a data do nascimento e o grau de parentesco ou relação de dependência de cada um dos interessados com o falecido; ou c) alvará judicial designando os beneficiários do saque nos casos em que, não havendo dependentes, o saque for devido a sucessores ou a menor de 18 anos. Portador de vírus HIV (AIDS) Laudo pericial/médico fornecido: - Lei nº 7.670/88 - pelo INSS - por outros institutos oficiais de assistência e previdência; ou - por serviços de assistência médica mantidos pelos empregados. Neoplasia maligna (CÂNCER) a) atestado médico com prazo de validade de 30 dias, no qual conste o diagnóstico expresso da doença, estágio atual da doença e do paciente, CID de C00 a C97 e D00 a D12, menção à Resolução nº 1 de , do Conselho Diretor do Fundo de Participação PIS/PASEP e carimbo que identifique o nome e o CRM do médico; b) cópia do exame histopatológico que comprove o diagnóstico; c) comprovantes de dependência: - cônjuge: certidão de casamento - filho: certidão de nascimento; - pais, companheiro, filho inválido maior de 21 anos, irmão menor de 21 anos ou inválido, pessoa designada menor de 21 anos ou maior de 60 anos anotação na CTPS ou declaração fornecida pela Previdência Social; - equiparado a filho: cópia da certidão judicial de guarda, tutela ou curatela e, se enteado, certidão de casamento do titular da conta e certidão de nascimento do dependente que comprove o vínculo com o enteado; - os admitidos no regulamento do Imposto de Renda: cópia da última declaração. Reforma ou transferência para a - Declaração emitida pelo empregador; ou Reserva remunerada - original e cópia da página do Diário Oficial que publicou o Ato concessório. Amparo social ao idoso, espécie - Certidão emitida pelo INSS concedendo o benefício. Nº 88 Lei nº 8.742/93 Amparo assistencial a portadores - Certidão emitida pelo INSS concedendo o benefício. De deficiência, espécie nº 87 - Lei nº 8.742/93

9 Anexo 4 COMANDO DA AERONÁUTICA NOME DA ORGANIZAÇÃO MILITAR D E C L A R A Ç Ã O Declaro para fins de saque das cotas depositadas em seu nome, no PASEP, que o, filho de e de, inscrito no Programa sob o código, portador da carteira de identidade n.º, expedida por este Comando, foi (APOSENTADO ou TRANSFERIDO PARA RESERVA REMUNERADA), conforme PORTARIA ou DECRETO de, publicado no D.O. nº de / /. Rio de Janeiro, de de. (CARIMBO DA OM) Responsável PIS/PASEP Diretor, Comandante ou Chefe da OM

10 Anexo 5 COMANDO DA AERONÁUTICA NOME DA ORGANIZAÇÃO MILITAR D E C L A R A Ç Ã O Declaro para fins de saque das cotas depositadas em nome do servidor, inscrito no Programa sob o número, portador da carteira de identidade n.º, expedida por este Comando, que o mesmo faleceu em, conforme certidão de óbito n.º, da Circunscrição, Zona Freguesia, fls,livro, constando em sua declaração de beneficiários: (esposa) nascida em / / e (filho) nascido em / /. (CARIMBO DA OM) Rio de Janeiro, de de. Responsável PIS/PASEP Diretor, Comandante ou Chefe da OM

11 Anexo 6 BANCO DO BRASIL PASEP Pedido de ressarcimento de distribuição Entidade CNPJ Inscrição do participante Ano 1º emprego Data de nascimento Solicitamos a esse Banco que seja efetuado o cálculo do ressarcimento de cotas dos participantes abaixo, nos termos do Artigo 31 do Decreto Lei nº 2.303, de Nome do participante Nome da mãe Anos de distribuição Informe o ano seguinte ao efetivamente trabalhado, preenchendo obrigatoriamente todos os campos S Sim N - Não S Sim N - Não S Sim N - Não S Sim N Não S Sim N - Não S Sim N - Não S Sim N - Não S Sim N - Não S Sim N Não S Sim N - Não S Sim N - Não S Sim N - Não S Sim N - Não S Sim N Não S Sim N - Não S Sim N - Não S Sim N - Não S Sim N Não Carimbo com o CNPJ da entidade Assinatura da entidade Mod Out/02 ssisbb BB Responde csf

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PASEP - PROGRAMA DE FORMAÇÃO DO PATRIMÔNIO DO SERVIDOR PÚBLICO

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PASEP - PROGRAMA DE FORMAÇÃO DO PATRIMÔNIO DO SERVIDOR PÚBLICO PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PASEP - PROGRAMA DE FORMAÇÃO DO PATRIMÔNIO DO SERVIDOR PÚBLICO 1 CONCEITO O Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público - PASEP foi criado pelo Governo Federal

Leia mais

PASEP. Conceito. São participantes do PASEP todos os servidores em atividade, civis e militares, cadastrados no Programa.

PASEP. Conceito. São participantes do PASEP todos os servidores em atividade, civis e militares, cadastrados no Programa. PASEP Conceito O Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público PASEP é um programa criado pelo Governo Federal em 1970 para propiciar aos servidores públicos civis e militares a participação na

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA CAIXA DE FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO DA AERONÁUTICA GABINETE ADMINISTRATIVO DATAS NS Nº 038G/DE/2014 10/09/2014 10/09/2014 GERAL

COMANDO DA AERONÁUTICA CAIXA DE FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO DA AERONÁUTICA GABINETE ADMINISTRATIVO DATAS NS Nº 038G/DE/2014 10/09/2014 10/09/2014 GERAL COMANDO DA AERONÁUTICA CAIXA DE FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO DA AERONÁUTICA GABINETE ADMINISTRATIVO DATAS EMISSÃO EFETIVAÇÃO DISTRIBUIÇÃO NS Nº 038G/DE/2014 10/09/2014 10/09/2014 GERAL ASSUNTO ANEXOS 1 DISPOSIÇÕES

Leia mais

Solicitação de Pensão Previdenciária por morte do(a) Associado(a);

Solicitação de Pensão Previdenciária por morte do(a) Associado(a); Solicitação de Pensão Previdenciária por morte do(a) Associado(a); Quem são os dependentes: Cônjuge, companheiro(a), filhos menores de 21 anos, não emancipados ou inválidos e filhos até 24 anos cursando

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 731, DE 11 DE JUNHO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº 731, DE 11 DE JUNHO DE 2014 RESOLUÇÃO Nº 731, DE 11 DE JUNHO DE 2014 Disciplina o pagamento do Abono Salarial referente ao exercício de 2014/2015. O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador - CODEFAT, no uso das atribuições

Leia mais

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro;

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro; Prezado Beneficiário, Para melhor apoiá-lo neste momento, encaminhamos abaixo todos os formulários e documentos necessários, bem como a orientação de como realizar o envio desses documentos. Procedimentos

Leia mais

Desejo requerer o Benefício de Prestação Continuada na(s) seguinte(s) opção(ões):

Desejo requerer o Benefício de Prestação Continuada na(s) seguinte(s) opção(ões): Nome do(a) Participante DADOS DO(A) PARTICIPANTE Matrícula Data de Nascimento CPF Telefone ( ) Conta bancária para recebimento do benefício Nº da Agência Código de Operação Nº da Conta - DV Endereço do(a)

Leia mais

1/7. Prof. Wilson Roberto

1/7. Prof. Wilson Roberto 1/7 5. Contrato individual de trabalho: Contribuição Sindical, INSS, Salário-família, IRRF trabalho assalariado, PIS/PASEP, e CAGED Contribuição Sindical A contribuição sindical está prevista nos artigos

Leia mais

ANEXO CONSELHO DELIBERATIVO DO FUNDO DE AMPARO AO TRABALHADOR RESOLUÇÃO Nº 736, DE 8 DE OUTUBRO DE 2014 Torna obrigatório aos empregadores o uso do

ANEXO CONSELHO DELIBERATIVO DO FUNDO DE AMPARO AO TRABALHADOR RESOLUÇÃO Nº 736, DE 8 DE OUTUBRO DE 2014 Torna obrigatório aos empregadores o uso do ANEXO CONSELHO DELIBERATIVO DO FUNDO DE AMPARO AO TRABALHADOR RESOLUÇÃO Nº 736, DE 8 DE OUTUBRO DE 2014 Torna obrigatório aos empregadores o uso do aplicativo Empregador Web no Portal Mais Emprego para

Leia mais

Art.3º O Recadastramento deverá ser feito na sede do IPASBO, situada à Avenida Maria Clara de Jesus nº 295 Centro.

Art.3º O Recadastramento deverá ser feito na sede do IPASBO, situada à Avenida Maria Clara de Jesus nº 295 Centro. PORTARIA Nº 03, DE 29 DE MAIO DE 2015. Estabelece normas e procedimentos para o recadastramento previdenciário dos servidores ativos, aposentados e pensionistas vinculados ao Regime Próprio de Previdência

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL DF / INSS

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL DF / INSS ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL DF / INSS Logo: 459 Cód. Entidade: 1581 Atualização:03.08.2015 Vigência: 03.08.2015 Classificação da Informação: INTERNA

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS ACEITOS PARA FINS COMPROBATÓRIOS I. DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO UM)

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS ACEITOS PARA FINS COMPROBATÓRIOS I. DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO UM) PARA ALUNOS EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIOECONÔMICA No ato da apresentação dos documentos comprobatórios obrigatórios deverão ser apresentados os originais e cópias dos mesmos OU cópias autenticadas

Leia mais

Guia de Direitos do Paciente Oncológico

Guia de Direitos do Paciente Oncológico Guia de Direitos do Paciente Oncológico 1 Apresentação Apesar de garantidos pela legislação brasileira, muitos pacientes com câncer e outras doenças incapacitantes simplesmente não utilizam ou desconhecem

Leia mais

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo:

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo: LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

CIRCULAR CEF Nº 506, DE 01 DE FEVEREIRO DE 2010 DOU 02.02.2010

CIRCULAR CEF Nº 506, DE 01 DE FEVEREIRO DE 2010 DOU 02.02.2010 CEF - Circular nº 506/2010 2/2/2010 CIRCULAR CEF Nº 506, DE 01 DE FEVEREIRO DE 2010 DOU 02.02.2010 Dispõe sobre condições e procedimentos operacionais para a formalização do Termo de Habilitação aos créditos

Leia mais

ORIENTAÇÕES. - Serão exigidos os mesmos documentos para as duas modalidades: BOLSA PERMANÊNCIA E RESIDÊNCIA UNIVERSITÁRIA.

ORIENTAÇÕES. - Serão exigidos os mesmos documentos para as duas modalidades: BOLSA PERMANÊNCIA E RESIDÊNCIA UNIVERSITÁRIA. ORIENTAÇÕES - Serão exigidos os mesmos documentos para as duas modalidades: BOLSA PERMANÊNCIA E RESIDÊNCIA UNIVERSITÁRIA. - A inscrição será on line no endereço www.pae.univasf.edu.br através do preenchimento

Leia mais

EDITAL VESTIBULAR SOCIAL 2015.2

EDITAL VESTIBULAR SOCIAL 2015.2 UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL VESTIBULAR SOCIAL 2015.2 O Reitor do UNIABEU - Centro Universitário torna pública a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Social, para o 2º semestre de 2015,

Leia mais

REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS DO INSTITUTO CULTURAL BRASIL ESTADOS BELO HORIZONTE

REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS DO INSTITUTO CULTURAL BRASIL ESTADOS BELO HORIZONTE REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS DO INSTITUTO CULTURAL BRASIL ESTADOS BELO HORIZONTE MODALIDADE DE BOLSAS: CURSOS BÁSICO E INTERMEDIÁRIO NA MODALIDADE REGULAR ART 1º - DAS

Leia mais

UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL CONCURSOS DE BOLSAS 2016.1

UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL CONCURSOS DE BOLSAS 2016.1 UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL CONCURSOS DE BOLSAS 2016.1 O Reitor do UNIABEU - Centro Universitário torna pública a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Social, para o 1º semestre de 2016,

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL DE GOV. VALADARES Departamento de Benefícios

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL DE GOV. VALADARES Departamento de Benefícios DIREITOS PREVIDENCIÁRIOS DO SERVIDOR PÚBLICO O RPPS é estabelecido por lei elaborada em cada um dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal, e se destina exclusivamente aos servidores públicos titulares

Leia mais

ANEXO I. FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO para estudantes inscritos em um ou mais programas da Assistência Estudantil PROENS

ANEXO I. FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO para estudantes inscritos em um ou mais programas da Assistência Estudantil PROENS ANEXO I FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO para estudantes inscritos em um ou mais programas da Assistência Estudantil PROENS ( ) Fiz inscrição para o Programa de Bolsas de Inclusão Social - PBIS Edital 003/2014

Leia mais

3) RELAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA DE TODOS OS MEMBROS DA FAMÍLIA:

3) RELAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA DE TODOS OS MEMBROS DA FAMÍLIA: 1) DA CONCESSÃO: a) Para a CONCESSÃO da Bolsa de Estudo Social será considerado como grupo familiar, além do próprio candidato, o conjunto de pessoas residindo na mesma moradia do candidato; b) O candidato

Leia mais

Quadro comparativo da Medida Provisória nº 665, de 30 de dezembro de 2014

Quadro comparativo da Medida Provisória nº 665, de 30 de dezembro de 2014 Quadro comparativo da 1 Lei nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 Art. 3º Terá direito à percepção do segurodesemprego o trabalhador dispensado sem justa causa que comprove: I - ter recebido salários de pessoa

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS PARA OS CANDIDATOS A ASSISTÊNCIA SOCIAL EDUCACIONAL (BOLSA DE ESTUDO) 2013.2

LISTA DE DOCUMENTOS PARA OS CANDIDATOS A ASSISTÊNCIA SOCIAL EDUCACIONAL (BOLSA DE ESTUDO) 2013.2 LISTA DE DOCUMENTOS PARA OS CANDIDATOS A ASSISTÊNCIA SOCIAL EDUCACIONAL (BOLSA DE ESTUDO) 2013.2 Documentos Pessoais e do Grupo Familiar: ( )Uma foto atual 3x4 do aluno; ( )Cópia do comprovante de residência

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Informe

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Informe Informe Conforme previsto no Edital nº 03, 10 de abril de 2015 http://www.sm.ifes.edu.br/site/arquivo/diversos/editais/2015/ed-pae-2015-03.pdf, a Direção-Geral do campus São Mateus do Instituto Federal

Leia mais

EDITAL Nº 06/2012 DISPÕE SOBRE O PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE ESTUDO NA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO COMERCIAL E MARKETING ESIC.

EDITAL Nº 06/2012 DISPÕE SOBRE O PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE ESTUDO NA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO COMERCIAL E MARKETING ESIC. EDITAL Nº 06/2012 DISPÕE SOBRE O PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE ESTUDO NA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO COMERCIAL E MARKETING ESIC. A Escola Superior de Gestão Comercial e Marketing ESIC, mantido pela Associação

Leia mais

CONDIÇÕES DE SAQUE PARA FGTS

CONDIÇÕES DE SAQUE PARA FGTS CONDIÇÕES DE SAQUE PARA FGTS O trabalhador pode sacar os recursos de sua conta vinculada nas situações abaixo. Veja como comprovar para ter direito ao saque: DEMISSÃO SEM JUSTA CAUSA Documento de identificação

Leia mais

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE No ato de entrega dos documentos o candidato deve apresentar os originais e as cópias para conferência. 1.Documentos Diversos a) Cópia de documento de identificação (ou certidão de nascimento, quando menor

Leia mais

EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015

EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015 EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015 A Diretoria de Colégios da ABEU Colégios, no uso de suas atribuições, torna público o Edital para o Processo de Concessão de Bolsas Sociais destinadas a estudantes regularmente

Leia mais

PROVIMENTO Nº 031/2015 GR

PROVIMENTO Nº 031/2015 GR PROVIMENTO Nº 031/2015 GR O REITOR EM EXERCÍCIO DA UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI URCA, no uso das atribuições que lhe confere o Art. 15, inciso XIII do Estatuto desta Universidade, aprovado pelo Decreto

Leia mais

DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA

DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA A Ficha Socioeconômica deve ser preenchida, sem rasuras, assinada pelo (a) candidato(a) ou pelo(a) pai, mãe e/ou responsável legal e, apresentada

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PROUNI - 1º SEMESTRE 2015

PROCESSO SELETIVO PROUNI - 1º SEMESTRE 2015 PROCESSO SELETIVO PROUNI - 1º SEMESTRE 2015 O candidato deve providenciar a lista de documentos abaixo e fazer a entrega na Central de Atendimento ao Estudante (CAE), no dia e horário agendados. Deve ser

Leia mais

RDT - Retificação de Dados do Trabalhador FGTS Grau de sigilo

RDT - Retificação de Dados do Trabalhador FGTS Grau de sigilo RDT - Retificação de Dados do Trabalhador FGTS Grau de sigilo Orientações de preenchimento são obtidas no "Manual de Orientações, Retificação de Dados, Transferência de Contas Vinculadas e Devolução de

Leia mais

III - DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA DO GRUPO FAMILIAR

III - DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA DO GRUPO FAMILIAR III - DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA DO GRUPO FAMILIAR Art. 19 Na entrevista com a Assistente Social devem ser apresentados os documentos do grupo familiar no qual o candidato encontra-se inserido, incluindo

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS SERVIÇO SOCIAL (Verificar em qual situação se enquadra e apresentar os documentos conforme especificado).

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS SERVIÇO SOCIAL (Verificar em qual situação se enquadra e apresentar os documentos conforme especificado). Sociedade dos Irmãos da Congregação de Santa Cruz COLÉGIO NOTRE DAME DE CAMPINAS Rua Egberto Ferreira de Arruda Camargo nº 151 Bairro Notre Dame Campinas - SP INFORMAÇÕES IMPORTANTES: Os documentos relacionados,

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 07/2014

RESOLUÇÃO N. 07/2014 RESOLUÇÃO N. 07/2014 Estabelece regras para o Programa de Assistência Educacional em Cursos de Graduação, da Faculdade Palotina. Art. 1º. O Programa de Assistência Educacional da Faculdade Palotina, será

Leia mais

JUSTI ÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO RECIFE

JUSTI ÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO RECIFE JUSTI ÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO RECIFE EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA A SELEÇÃO DE ESTÁGIO REMUNERADO PARA ESTUDANTES DE NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO DESTINADOS

Leia mais

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO DE TÉCNICO (A) / TECNÓLOGO (A) EM RADIOLOGIA 3 fotos coloridas 3x4 para documento; Cópia da cédula de Identidade (RG); Cópia da cédula do CPF; Cópia do Título de Eleitor;

Leia mais

Colaboração: Antonieta do Carmo Pereira Carlos Eduardo Teixeira Moura

Colaboração: Antonieta do Carmo Pereira Carlos Eduardo Teixeira Moura 1 COORDENADORIA GERAL DO SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS COORDENADORIA DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Coordenação Geral: Eliane Bastos Martins Realização: Maria do Carmo Santana Colaboração: Antonieta

Leia mais

Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio.

Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio. Prezado (a) cliente: Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio. Procedimentos para envio dos documentos de

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS P/ HABILITAÇÃO À PENSÃO E AUX. RECLUSÃO (CÓPIA E ORIGINAL)

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS P/ HABILITAÇÃO À PENSÃO E AUX. RECLUSÃO (CÓPIA E ORIGINAL) RELAÇÃO DE DOCUMENTOS P/ HABILITAÇÃO À PENSÃO E AUX. RECLUSÃO (CÓPIA E ORIGINAL) 1 VIÚVA (O) E FILHOS MENORES DE 18 ANOS: ( ) Requerimento do IPERN preenchido e assinado na presença do atendente; ( ) Certidão

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/DIR/2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/DIR/2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/DIR/2011 ESTABELECE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA O PAGAMENTO DE SERVIÇOS PRESTADOS POR PESSOA FÍSICA, EM CARÁTER EVENTUAL, POR MEIO DE RECIBO DE PAGAMENTO A CONTRIBUINTE INDIVIDUAL

Leia mais

ANEXO 2 - LISTA DE DOCUMENTOS

ANEXO 2 - LISTA DE DOCUMENTOS ANEXO 2 - LISTA DE DOCUMENTOS 1. DOCUMENTOS ESSENCIAIS: ( ) Declaração de matrícula 1.2 Documentos de identificação do estudante: ( ) RG ou documento oficial com foto. ( ) CPF 1.3 Documentação civil: (

Leia mais

REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO 2013

REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO 2013 REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO 2013 CAPÍTULO I - FINALIDADE Art. 1º. O Programa de Bolsa de Estudo Doação, instituído pela Fundação Dom Aguirre, Entidade Mantenedora do Colégio Dom Aguirre, tem como objetivo

Leia mais

Orientações sobre Benefícios do INSS

Orientações sobre Benefícios do INSS Orientações sobre Benefícios do INSS A PREFEITURA DE GUARULHOS MANTÉM UM CONVÊNIO COM O INSS AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL DE GUARULHOS PARA REQUERIMENTO DOS SEGUINTES BENEFÍCIOS: AUXÍLIO DOENÇA PREVIDENCIÁRIO,

Leia mais

EDITAL Nº 50, DE 14 DE MARÇO DE 2013. EDITAL DE REINGRESSO E INGRESSO PARA PORTADOR DE DIPLOMA

EDITAL Nº 50, DE 14 DE MARÇO DE 2013. EDITAL DE REINGRESSO E INGRESSO PARA PORTADOR DE DIPLOMA EDITAL Nº 50, DE 14 DE MARÇO DE 2013. EDITAL DE REINGRESSO E INGRESSO PARA PORTADOR DE DIPLOMA A Reitora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha - IF- Farroupilha, no uso de

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2015/2

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2015/2 FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 Fone:

Leia mais

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor,

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, RESOLUÇÃO SMF Nº 2.771, DE 29 DE ABRIL DE 2013. [Publicada no D. O. Rio de 30.04.2013] * Estabelece procedimentos a serem adotados para a entrega de prêmios aos tomadores de serviços pessoas naturais titulares

Leia mais

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro;

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro; Prezado Beneficiário, Para melhor apoiá-lo neste momento, encaminhamos abaixo todos os formulários e documentos necessários, bem como a orientação de como realizar o envio desses documentos. Procedimentos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015 Seleção Pública de bolsistas do Programa de Apoio ao Ingressante PAI para

Leia mais

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro;

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro; Prezado Beneficiário, Para melhor apoiá-lo neste momento, encaminhamos abaixo todos os formulários e documentos necessários, bem como a orientação de como realizar o envio desses documentos. Procedimentos

Leia mais

EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015.2 2ª SELEÇÃO PARA ALUNOS DE RENOVAÇÃO

EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015.2 2ª SELEÇÃO PARA ALUNOS DE RENOVAÇÃO EDITAL DE BOLSA SOCIAL 2015.2 2ª SELEÇÃO PARA ALUNOS DE RENOVAÇÃO O Reitor no uso de suas atribuições, torna público o Edital para o Processo de Concessão de Bolsas Sociais. O Programa de Bolsas Sociais

Leia mais

Anexo III - Requisição de Documentos

Anexo III - Requisição de Documentos Anexo III - Requisição de Documentos I - Identificação Documentos de identificação do candidato/aluno e dos membros de seu grupo familiar: 1. Documento de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança

Leia mais

Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio.

Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio. Prezado (a) cliente: Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio. Procedimentos para envio dos documentos de

Leia mais

DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CONCESSÃO DE BOLSA SOCIAL

DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CONCESSÃO DE BOLSA SOCIAL DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CONCESSÃO DE BOLSA SOCIAL O responsável legal pelo educando deverá apresentar os documentos abaixo relacionados; de todo os membros do grupo familiar onde o aluno esta inserido,

Leia mais

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ORIENTAÇÕES SOBRE A ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL Apresentação A Prefeitura Municipal de Goiânia realizará a atualização cadastral dos Servidores

Leia mais

Direitos do paciente com câncer

Direitos do paciente com câncer Direitos do paciente com câncer Saque do FGTS O trabalhador com câncer pode realizar o saque do FGTS na fase sintomática da doença, o trabalhador cadastrado no FGTS que tiver neoplasia maligna (câncer)

Leia mais

Análise Social para redução de mensalidade 2015

Análise Social para redução de mensalidade 2015 Análise Social para redução de mensalidade 2015 ORIENTAÇÕES GERAIS 1. Das disposições preliminares 1.1 As bolsas de estudo serão concedidas a alunos selecionados pela Comissão de Bolsas. 1.2 A seleção

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA RENOVAÇÃO DE BOLSA PARA GRUPO FAMILIAR (TODOS RESIDENTES COM O CANDIDATO)

DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA RENOVAÇÃO DE BOLSA PARA GRUPO FAMILIAR (TODOS RESIDENTES COM O CANDIDATO) DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA RENOVAÇÃO DE BOLSA PARA GRUPO FAMILIAR (TODOS RESIDENTES COM O CANDIDATO) - Requerimento de bolsa feito pelo site ( Via da Instituição) + Protocolo preenchido e assinado; - RG

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC -

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC - ORIENTAÇÕES: a) Apresentar cópia simples dos documentos de todos os membros do grupo familiar (pessoas que vivem na mesma casa,

Leia mais

ACE - ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO FGG - FACULDADE GUILHERME GUIMBALA

ACE - ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO FGG - FACULDADE GUILHERME GUIMBALA EDITAL Nº 03/2011 EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA BOLSA DE ESTUDO 2011 REMATRÍCULA E INGRESSANTES A Faculdade Guilherme Guimbala, FGG, torna público o presente Edital para os alunos matriculados nos Cursos de

Leia mais

Documentação. O coordenador do ProUni deverá solicitar, salvo em caso de dúvida, somente um dos seguintes comprovantes de identificação:

Documentação. O coordenador do ProUni deverá solicitar, salvo em caso de dúvida, somente um dos seguintes comprovantes de identificação: Documentação Documentação que deve ser apresentada pelo candidato e membros do grupo familiar, quando for o caso, na Fase de Comprovação de Informações documento de identificação próprio e dos demais membros

Leia mais

ANEXO II Programa Mais Professores FUSVE-USS 2016 Documentos Necessários para Requerimento de Bolsa de Estudos

ANEXO II Programa Mais Professores FUSVE-USS 2016 Documentos Necessários para Requerimento de Bolsa de Estudos ANEXO II Programa Mais Professores FUSVE-USS 2016 Documentos Necessários para Requerimento de Bolsa de Estudos Os estudantes ou responsáveis legais obrigam-se a efetuar a entrega dos seguintes documentos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE EDITAL N 005/2013. PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATACÃO TEMPORÁRIA DE TÉCNICOS EM RADIOLOGIA

Leia mais

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data da sua publicação. LUIZ CARLOS DE ALMEIDA CAPELLA Subsecretário de Gestão de Recursos Humanos

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data da sua publicação. LUIZ CARLOS DE ALMEIDA CAPELLA Subsecretário de Gestão de Recursos Humanos PORTARIA SUBRE/SEPLAG Nº. 012, DE 26 DE MAIO DE 2008. DO 29/05/2008 APROVA AS ROTINAS-PADRÃO REFERENTES À VACÂNCIA E BENEFÍCIOS DO PLANO DE SEGURIDADE SOCIAL DO SERVIDOR, NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO ESTADUAL,

Leia mais

Direitos do paciente com câncer

Direitos do paciente com câncer Direitos do paciente com câncer Sumário Introdução...4 Nosso Serviço Social...7 Amparo Assistencial ao Idoso e ao Deficiente...7 Aposentadoria por Invalidez...9 Auxílio-Doença...9 Isenção de ICMS na Compra

Leia mais

AVISO DE SINISTRO MORTE NATURAL - CÔNJUGE INCLUSÃO FACULTATIVA

AVISO DE SINISTRO MORTE NATURAL - CÔNJUGE INCLUSÃO FACULTATIVA AVISO DE SINISTRO MORTE NATURAL - CÔNJUGE INCLUSÃO FACULTATIVA A liquidação do sinistro começa com o AVISO DO SINISTRO à Seguradora. No caso de Evento(s) que possa(m) acarretar responsabilidade à Sociedade

Leia mais

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O SEGURO DESEMPREGO

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O SEGURO DESEMPREGO INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O SEGURO DESEMPREGO Benefício temporário concedido ao trabalhador desempregado dispensado sem justa causa é composto por 3 a 5 parcelas mensais, pagas em dinheiro, de valores

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA Após realizar o pré-cadastro no Sistema PBP, (permanencia.gov.mec.br) o estudante deve fazer o seguinte: 1. Imprimir, assinar o Termo de Compromisso,

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex D E P A COLÉGIO MILITAR DE JUIZ DE FORA

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex D E P A COLÉGIO MILITAR DE JUIZ DE FORA MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex D E P A COLÉGIO MILITAR DE JUIZ DE FORA EDITAL Nº 01 / 2015 PARA ISENÇÃO DA QUOTA MENSAL ESCOLAR PARA ALUNOS CARENTES O Comandante e Diretor de Ensino

Leia mais

2.1. Serão distribuídas 15 vagas, válidas para o 1º semestre letivo de 2014, conforme o quadro abaixo:

2.1. Serão distribuídas 15 vagas, válidas para o 1º semestre letivo de 2014, conforme o quadro abaixo: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS CAMPUS ARAGUATINS Pov. Santa Tereza, Km 05 Zona Rural Cep. 77950.000-Araguatins-TO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Castelo Av. Nossa Senhora da Penha, 103 Centro Cep: 29360 000 Castelo/ES Tel.: +55 28 3542 2124 8526

Prefeitura Municipal de Castelo Av. Nossa Senhora da Penha, 103 Centro Cep: 29360 000 Castelo/ES Tel.: +55 28 3542 2124 8526 DECRETO Nº 13.492 DE 25 DE SETEMBRO DE 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 017/2014, DISPÕE SOBRE OS PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO NA PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTELO / ES, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

RESOLUÇÃO SARE Nº 3.076 DE 31 DE JULHO DE 2006

RESOLUÇÃO SARE Nº 3.076 DE 31 DE JULHO DE 2006 RESOLUÇÃO SARE Nº 3.076 DE 31 DE JULHO DE 2006 DISPÕE SOBRE O CONTROLE DE PAGAMENTO, APROVA A ROTINA- PADRÃO PARA O PROCESSAMENTO DOS PEDIDOS DE ENCERRAMENTO DE FOLHA DOS SERVIDORES INATIVOS DO PODER EXECUTIVO

Leia mais

SEGURO-DESEMPREGO - NOVOS VALORES - MARÇO/2011. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 09/03/2011.

SEGURO-DESEMPREGO - NOVOS VALORES - MARÇO/2011. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 09/03/2011. SEGURO-DESEMPREGO - NOVOS VALORES - MARÇO/2011 Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 09/03/2011. Sumário: 1 - Introdução 2 - Requisitos 3 - Comprovação 4 - Parcelas 4.1 - Parcelas Adicionais

Leia mais

NORMA CORPORATIVA DEPARTAMENTO PESSOAL

NORMA CORPORATIVA DEPARTAMENTO PESSOAL 1. OBJETIVO Estabelecer a sistemática para rotinas de Departamento Pessoal. 2. DEFINIÇÕES TRCT: Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho. DP: Departamento Pessoal; DP Central: Departamento Pessoal de

Leia mais

FIES Fundo de Financiamento ao Estudante ORIENTAÇÕES E PASSO A PASSO Para solicitar o financiamento, o estudante deverá se inscrever pelo sistema informatizado do FIES no endereço eletrônico: http://sisfiesportal.mec.gov.br

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CRONOGRAMA DE MATRÍCULA ENSINO TÉCNICO 2016/1

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CRONOGRAMA DE MATRÍCULA ENSINO TÉCNICO 2016/1 CRONOGRAMA DE MATRÍCULA ENSINO TÉCNICO 2016/1 TODOS OS CANDIDATOS DEVERÃO PREENCHER E IMPRIMIR O FORMULÁRIO DE PRÉ-MATRÍCULA QUE ESTARÁ DISPONÍVEL NO SITE www.copeve.cefetmg.br DO DIA 15 DE DEZEMBRO DE

Leia mais

ProUni FADERGS. Documentos para Comprovação de Informações

ProUni FADERGS. Documentos para Comprovação de Informações ProUni FADERGS Documentos para Comprovação de Informações Os candidatos Pré-Selecionados deverão apresentar a FADERGS, para comprovação de informações, cópia simples acompanhada da via original dos seguintes

Leia mais

EDITAL 01/2013. 1.3.1. Somente estudantes maiores de 18 anos poderão ocupar os alojamentos.

EDITAL 01/2013. 1.3.1. Somente estudantes maiores de 18 anos poderão ocupar os alojamentos. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS SETOR DE RESIDÊNCIA ESTUDANTIL BR 465, km 7, Seropédica, RJ. Tel.: (21) 2681-4687 EDITAL 01/2013

Leia mais

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA CONTRAÇÃO (INSTRUÇÕES AO CANDIDATO)

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA CONTRAÇÃO (INSTRUÇÕES AO CANDIDATO) DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA CONTRAÇÃO (INSTRUÇÕES AO CANDIDATO) 1 Passo: Quando convocado, o interessado deverá providenciar os seguintes exames abaixo: 1. Hemograma Completo; 2. Dosagem de Colesterol;

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ EDITAL Nº 001/2015, DE 05 DE MAIO DE 2015 CAMPUS AVANÇADO DIRCEU ARCOVERDE/IFPI Dispõe processo seletivo de candidatos para ingresso nos cursos de formação inicial e continuada (FIC) em Cadista para a

Leia mais

EDITAL-Processo Seletivo para Concessão de Bolsa de Estudo-2016

EDITAL-Processo Seletivo para Concessão de Bolsa de Estudo-2016 A Santa Casa de Misericórdia do Recife, mantenedora do Educandário São Joaquim situado no Povoado Frei Caneca, S/N - Zona Rural Jaqueira/PE, no uso de suas atribuições previstas no Estatuto Social, em

Leia mais

ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR

ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR DEFINIÇÃO DOCUMENTAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERGUNTAS FREQUENTES DEFINIÇÃO É um benefício concedido ao servidor, ativo ou inativo,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO DIREÇÃO DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS E ESTUDANTIS DACE REITORIA EDITAL DO AUXÍLIO-MORADIA 2014.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO DIREÇÃO DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS E ESTUDANTIS DACE REITORIA EDITAL DO AUXÍLIO-MORADIA 2014. UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO DIREÇÃO DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS E ESTUDANTIS DACE REITORIA EDITAL DO AUXÍLIO-MORADIA 2014.2 Chamada para seleção de estudantes de graduação, candidatos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL PROEC

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL PROEC Edital Nº 003/ 2014 - PAE- /UEMS A Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários, no uso de suas atribuições legais, torna público para conhecimento da comunidade acadêmica UEMS o Edital Nº

Leia mais

Edital de Seleção para o Programa de Assistência Estudantil PAE CAP -2016. Edital 1

Edital de Seleção para o Programa de Assistência Estudantil PAE CAP -2016. Edital 1 Edital 1 Seleção de Bolsa de Estudos conforme Lei Federal n.º 12.101, de 27 de Novembro de 2009 O Colégio de Aplicação Dr. Paulo Gissoni, mantido pelo Centro Educacional de Realengo, no uso de suas competências

Leia mais

Prezado(a) cliente: Caso tenha alguma dúvida, entre em contato com a Central Itau Resolve:

Prezado(a) cliente: Caso tenha alguma dúvida, entre em contato com a Central Itau Resolve: Prezado(a) cliente: Para nós é importante oferecer a você o apoio necessário neste momento. E,para melhor atendêlo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários. Procedimentos para envio

Leia mais

EDITAL - BOLSA DE ESTUDO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR

EDITAL - BOLSA DE ESTUDO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR EDITAL - BOLSA DE ESTUDO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR Inscrições disponíveis no site da Prefeitura Municipal de Joinville Entrega de formulário preenchido e documentação exigida: Servidores Lotados nas demais

Leia mais

SAÚDE CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL

SAÚDE CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL 1PLANOS DE SAÚDE CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL CARTA DE SERVIÇOS A Carta de Serviços é uma ferramenta de gestão criada pelo Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização GesPública.

Leia mais

DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROCESSO SELETIVO PROUNI. 1 - Documentos de Escolaridade do Candidato (exclusivo para o candidato):

DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROCESSO SELETIVO PROUNI. 1 - Documentos de Escolaridade do Candidato (exclusivo para o candidato): Atenção Candidato! DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROCESSO SELETIVO PROUNI Na Fase de Comprovação você deverá apresentar cópia, acompanhada dos documentos originais abaixo solicitados. Para

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO NÃO RESTITUÍVEL (BOLSA FILANTRÓPICA)

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO NÃO RESTITUÍVEL (BOLSA FILANTRÓPICA) RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO NÃO RESTITUÍVEL (BOLSA FILANTRÓPICA) 1. INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 Será concedida a Bolsa Filantrópica com base nos critérios básicos consignados nos

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA COMANDO GERAL DO PESSOAL DIRETORIA DE INTENDÊNCIA SUBDIRETORIA DE ENCARGOS ESPECIAIS

COMANDO DA AERONÁUTICA COMANDO GERAL DO PESSOAL DIRETORIA DE INTENDÊNCIA SUBDIRETORIA DE ENCARGOS ESPECIAIS COMANDO DA AERONÁUTICA COMANDO GERAL DO PESSOAL DIRETORIA DE INTENDÊNCIA SUBDIRETORIA DE ENCARGOS ESPECIAIS ORIENTAÇÃO NORMATIVA SDEE N. 001/ 2005, de 31 de agosto de 2005 ASSUNTO: DESCENTRALIZAÇÃO DOS

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA COHAB-ARAUCÁRIA Nº 03, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA COHAB-ARAUCÁRIA Nº 03, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA COHAB-ARAUCÁRIA Nº 03, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014. Súmula: Estabelece normas e procedimentos para a realização de inscrição dos mutuários, relaciona os documentos necessários a instruir

Leia mais

3 Benefícios. 3.1 Plano de Saúde

3 Benefícios. 3.1 Plano de Saúde 3 Benefícios O Processo de Benefícios atua como agente visando minimizar as situações problemas existentes na relação homem-trabalho, através de orientações e esclarecimentos aos empregados sobre os benefícios

Leia mais

Coordenação Geral: Eliane Bastos Martins. Realização: José Hamilton Maldonado

Coordenação Geral: Eliane Bastos Martins. Realização: José Hamilton Maldonado 1 COORDENADORIA GERAL DO SUBSISTEMA DE RECURSOS HUMANOS COORDENADORIA DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Coordenação Geral: Eliane Bastos Martins Realização: José Hamilton Maldonado Colaboração: Alexandre

Leia mais

Atenção Inscrito - Leia com atenção.

Atenção Inscrito - Leia com atenção. Atenção Inscrito - Leia com atenção. A não entrega da documentação comprobatória correta pode comprometer na sua desclassificação. Será necessário somente aquela documentação que comprove os dados informados

Leia mais

Trabalhador avulso, segurado especial e segurado empregado, à exceção do doméstico pensão por acidente do trabalho

Trabalhador avulso, segurado especial e segurado empregado, à exceção do doméstico pensão por acidente do trabalho Previdência social Benefícios Documentação específica, por categoria Pensão por acidente do trabalho trabalhador avulso, segurado especial e segurado empregado, à exceção do doméstico Esposo(a) ou companheiro

Leia mais