Ensaio de Cultivares em Rede de Soja Safra 2014/2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ensaio de Cultivares em Rede de Soja Safra 2014/2015"

Transcrição

1

2 Ensaio de Cultivares em Rede de Soja Safra 2014/2015 REALIZAÇÃO: Apoio

3 A Fundação Pró-Sementes 1999 Constituída por 39 Produtores de sementes do estado do Rio Grande do Sul e APASSUL Associados nos estados do RS, SC, PR e SP. Matriz: Passo Fundo/RS Filial: Campo Mourão/PR Escritório: Rondonópolis/MT

4 UNIDADES DE NEGÓCIOS Pesquisa Certificação de Produtos Comercial Capacitação Profissional Certificação de Sementes Licenciamento de Cultivares Certificação de Qualidade Fisiológica Promoção e Desenvolvimento

5 Projeto Soja Condução de Ensaio próprios Prestação de serviços a terceiros: Ensaios de VCU. Ensaios de Densidades. Ensaios de Épocas de Semeadura. Ensaios de Cultivares em Rede (2008) RS Apoio do Sistema FARSUL - 15 ambientes SC, Pr, SP e MS - 15 ambientes (até 2014/2015) REALIZAÇÃO: Apoio

6 Ensaio de Cultivares em Rede Objetivos Avaliar o desempenho agronômico das cultivares de soja indicadas no Zoneamento Agrícola de cada estado que apresentem expressão comercial; Disponibilizar em tempo hábil as informações geradas para a Assistência Técnica e produtores, a fim de auxiliar na tomada de decisão sobre que cultivar(es) indicar ou plantar.

7 Uniformidade da Área Mapa de Produção de Soja 2014/2015

8 Drenagem

9 Drenagem

10 Caminhão Roll On Roll Off

11 Semeadora Pneumática

12 Colheitadeira de Parcelas

13 Densidade e Emergência Uniforme

14 Área Experimental

15 Manutenção dos Ensaios Controle de Invasoras Controle de Pragas

16 Avaliações Rendimento Ciclo (dias) Altura de Planta Acamamento kg.haˉ¹ sacos.haˉ¹ Emerg.-Floração Emerg.-Maturação cm

17 Dias de Campo

18 Dias de Campo

19 Avaliações na Pré-colheita

20 Maturação

21 Colheita

22 Colheita

23 Colheitadeiras de Parcelas Condução Ensaios com delineamento estatístico em Blocos ao acaso com 3 repetições Unidade Experimental Dimensões: 5 linhas de 4 m de comprimento; espaçamento entre linhas de 0,45 m Área útil: 3 linhas de 4,0 m ( 5,4 m² )

24 Colheitadeiras de Parcelas Unidade Experimental de Soja Três linhas úteis

25 Colheita Mecanizada de Parcelas

26 Colheita

27 Colheita

28 Recepção dos Ensaios Secagem - Secador horizontal Determinação da umidade

29 Análise dos Ensaios

30 Armazenagem das Amostras

31 Macrorregiões Sojícolas do Brasil Terceira Aproximação

32 Regiões do Rio Grande do Sul

33 Rede Experimental - MR 1 Pr Itapeva SP Pato Branco Guarapuava SC Campos Novos S. Augusto(2) Passo Fundo(2) Não-Me-Toque S. L. Gonzaga Cruz Alta Vacaria REALIZAÇÃO: Realização RS Cachoeira do Sul São Gabriel D. Pedrito(2) Bagé (3) Patrocínio

34 Rede Experimental - MR 2 Sidrolândia SP MS Maracaju Cianorte Cruzália Nova Fátima S. C. do Rio Pardo Naviraí Campo Mourão (2) Palotina Pr Cascavel Pr

35 Planejamento

36 Cultivares de Soja do Grupo I - GM 5.0 a 5.9 Nº Cultivar GM Obtentor Nº Cultivar GM Obtentor 1 AMS TIBAGI RR 5.0 Bayer S.A. 17 BMX TURBO RR 5.8 GDM Genética do Brasil 2 FPS IGUAÇU RR 5.0 Bayer S.A. 18 FPS ATALANTA IPRO 5.8 GDM Genética do Brasil 3 FPS PARANAPANEMA RR5.6 Bayer S.A. 19 FPS JÚPITER RR 5.9 GDM Genética do Brasil 4 FPS SOLIMÕES RR 5.7 Bayer S.A. 20 GMX GURI RR 5.4 GMAX 5 TEC 6029IPRO 5.7 Bayer S.A. 21 IGRA 545TR 5.0 Granbras Sementes Ltda 6 TEC 5833IPRO 5.8 Bayer S.A. 22 M5892IPRO 5.8 MONSOY Ltda 7 TEC 5718IPRO 5.9 Bayer S.A. 23 M5917IPRO 5.9 MONSOY Ltda 8 TEC 5936IPRO 5.9 Bayer S.A. 24 M5947IPRO 5.9 MONSOY Ltda 9 CD 2590IPRO 5.9 COODETEC 25 NS 5445 IPRO 5.6 Nidera Sementes Ltda 10 95Y DuPont do Brasil S.A. 26 NS 6006 IPRO 5.8 Nidera Sementes Ltda 11 95Y DuPont do Brasil S.A. 27 SYN1157 RR 5.7 Syngenta Seeds Ltda 12 95R DuPont do Brasil S.A. 28 SYN1257 RR 5.7 Syngenta Seeds Ltda 13 BMX ELITE IPRO 5.5 GDM Genética do Brasil 29 SYN IPRO 5.8 Syngenta Seeds Ltda 14 BMX ATIVA RR 5.6 GDM Genética do Brasil 30 VTOP RR 5.9 Syngenta Seeds Ltda RSF IPRO 5.8 GDM Genética do Brasil 31 TMG2158IPRO 5.8 TMG 16 BMX ALVO RR 5.8 GDM Genética do Brasil 32 TMG7161RR 5.9 TMG

37 Cultivares de Soja do Grupo II - GM 6.1 a 8.2 Nº Cultivar GM Obtentor Nº Cultivar GM Obtentor 1 BS 2601RR 6.0 Bayer S.A. 23 BMX POTENCIA RR 6.7 GDM Genética do Brasil 2 TECIRGA 6070RR 6.3 Bayer S.A. 24 BMX VALENTE RR 6.7 GDM Genética do Brasil 3 TEC 6702IPRO 6.4 Bayer S.A. 25 FPS ANTARES RR 6.8 GDM Genética do Brasil 4 CD 2609RR 6.0 COODETEC 26 IGRA 645TR 6.0 Granbras Sementes Ltda 5 CD 2611IPRO 6.1 COODETEC 27 RA Granbras Sementes Ltda 6 CD 2620IPRO 6.2 COODETEC 28 IGRA 745TR 7.0 Granbras Sementes Ltda 7 CD 202IPRO 6.4 COODETEC 29 IGRA Granbras Sementes Ltda 8 CD 2644IPRO 6.4 COODETEC 30 M6210IPRO 6.2 MONSOY Ltda 9 CD 2655RR 6.5 COODETEC 31 M6410IPRO 6.4 MONSOY Ltda 10 CD 2720IPRO 6.8 COODETEC 32 NS 5959 IPRO 6.0 Nidera Sementes Ltda 11 CD 2694IPRO 6.9 COODETEC 33 NA 5909 RG 6.2 Nidera Sementes Ltda 12 CD 2728IPRO 7.2 COODETEC 34 NS Nidera Sementes Ltda 13 CD 2730IPRO 7.3 COODETEC 35 NS6700IPRO 7.0 Nidera Sementes Ltda 14 CD 2737RR 7.3 COODETEC 36 VMAX RR 6.2 Syngenta Seeds Ltda RSF IPRO 6.0 GDM Genética do Brasil 37 SYN1163 RR 6.3 Syngenta Seeds Ltda 16 FPS URANO RR 6.2 GDM Genética do Brasil 38 TMG 7060 IPRO 6.0 TMG RSF IPRO 6.3 GDM Genética do Brasil 39 TMG 7062 IPRO 6.2 TMG 18 BMX TORNADO RR 6.3 GDM Genética do Brasil 40 TMG 7262RR 6.2 TMG 19 BMX VANGUARDA IPRO 6.3 GDM Genética do Brasil 41 TMG7363RR 6.3 TMG 20 FPS NETUNO RR 6.3 GDM Genética do Brasil 42 TMG1264RR 6.4 TMG 21 FPS SOLAR IPRO 6.3 GDM Genética do Brasil 43 TMG 1266RR 6.6 TMG 22 BMX PONTA IPRO 6.6 GDM Genética do Brasil 44 TMG 1067 RR 6.7 TMG

38 Percentagem de Cultivares Testadas / Obtentor 46% Cultivares Intacta

39 Localização dos Ensaios e Cooperadores Município UF MR Cooperador Município UF MR Cooperador Bagé RS 101 Gedeão S. Pereira Itapeva SP 103 Fazenda Pouso Alto Cachoeira do Sul RS 101 Érico Strobel Campo Mourão PR 201 Faculdade Integrado Dom Pedrito RS 101 Agropec. Wolf Pato Branco PR 102 Julinho Tonus São Gabriel RS 101 Ivo Muller Cascavel PR 201 Nero Paganini Cruz Alta RS 102 Sementes Aurora Nova Fátima PR 201 Mecano Fabril Não-Me-Toque RS 102 Cotrijal Palotina PR 201 Sadi Nardino Passo Fundo RS 102 Osvaldo Gomes Cruzália SP 201 Walter Elitt Santo Augusto RS 102 ASP Sementes Naviraí MS 202 Gervasio Kamitani São Luiz Gonzaga RS 102 Sementes Umbú Cianorte PR 202 Edgar Brazolotto Vacaria RS 103 Chapada Grãos S. C. do Rio Pardo SP 203 Rogerio Ferrari Campos Novos SC 102 Copercampos Maracajú MS 204 Fundação MS Guarapuava PR 103 Faz. Gleba Cachoeira Sidrolândia MS 204 Carlos Straliotto

40 Rede Experimental - MR 1 Pr Itapeva SP Pato Branco Guarapuava SC Campos Novos S. Augusto(2) Passo Fundo(2) Não-Me-Toque S. L. Gonzaga Cruz Alta Vacaria REALIZAÇÃO: Realização RS Cachoeira do Sul São Gabriel D. Pedrito(2) Bagé (3) Patrocínio

41 Rede Experimental - MR 2 Sidrolândia SP MS Maracaju Cianorte Nova Fátima Cruzália S. C. do Rio Pardo Pr Naviraí Palotina Cascavel Campo Mourão (2) Pr

42 Exemplo: Visualização dos Resultados Class. Cultivar Município XX 1º Cultivar A 87 2º Cultivar B 85 3º Cultivar C 83 4º Cultivar D 82 5º Cultivar E 81 6º Cultivar F 80 7º Cultivar G 79 8º Cultivar H 76 9º Cultivar I 73 Melhores cultivares Cultivares Muito Bons Bons Cultivares

43 Resultados Microrregião Sojícola 101 Áreas de coxilha

44 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede - MR 101 Área de coxilha Class. Cultivar GM Bagé, RS 1ª época 1 TEC 5936IPRO TEC 6702IPRO M5947IPRO FPS ATALANTA IPRO RSF IPRO FPS JÚPITER RR TMG 7262RR NA 5909 RG BMX PONTA IPRO BMX VANGUARDA IPRO

45 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede - MR 101 Área de coxilha Class. Cultivar GM Bagé Semeadura tardia 1 BMX TURBO RR BMX PONTA IPRO BMX VALENTE RR Y FPS JÚPITER RR BMX ATIVA RR CD 2609RR R NA 5909 RG FPS SOLAR IPRO

46 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede - MR 101 Área de coxilha Class. Cultivar GM Cachoeira do Sul 1 TMG 1266RR TEC 6029IPRO TMG 7262RR FPS SOLAR IPRO TEC 5833IPRO BMX TURBO RR CD 2694IPRO BMX PONTA IPRO BMX VALENTE RR R

47 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede - MR 101 Área de coxilha Class. Cultivar GM Dom Pedrito coxilha 1 TMG 7262RR M5947IPRO FPS SOLAR IPRO BMX PONTA IPRO BMX TORNADO RR BMX VALENTE RR VTOP RR SYN1163 RR TMG 7060 IPRO NA 5909 RG

48 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede - MR 101 Área de coxilha Class. Cultivar GM São Gabriel coxilha 1 CD 2609RR BMX VANGUARDA IPRO FPS SOLAR IPRO TEC 5936IPRO NS 5959 IPRO FPS ATALANTA IPRO TMG 7060 IPRO TMG 7262RR M5947IPRO TEC 6029IPRO

49 Consolidado Ensaio de Cultivares em Rede - MR 101 Área de coxilha Class. Cultivar GM Bagé, RS Bagé, RS Cach. do Sul D. Pedrito S. Gabriel 1ª época 2ª época 1 BMX PONTA IPRO BMX TURBO RR FPS SOLAR IPRO TEC 6029IPRO TEC 5936IPRO TEC 5833IPRO BMX VALENTE RR FPS JÚPITER RR TMG 1266RR NA 5909 RG

50 Resultados Microrregião Sojícola 101 Áreas de várzea

51 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede - MR 101 Área de várzea Class. Cultivar GM Bagé, RS Várzea 1 TEC 6702IPRO TEC 5833IPRO RSF IPRO VTOP RR TMG 7062 IPRO BMX VALENTE RR VMAX RR SYN1163 RR TEC 5936IPRO BMX PONTA IPRO

52 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede - MR 101 Área de várzea Class. Cultivar GM Dom Pedrito Várzea 1 95R CD 2620IPRO TEC 5833IPRO TECIRGA 6070RR SYN1163 RR CD 2737RR NA 5909 RG TEC 5936IPRO CD 2694IPRO Y

53 Consolidado Ensaio de Cultivares em Rede - MR 101 Área de várzea Class. Cultivar GM Bagé, RS Várzea 1 TEC 5833IPRO CD 2620IPRO SYN1163 RR TEC 5936IPRO TECIRGA 6070RR CD 2737RR TMG 7062 IPRO VTOP RR M5947IPRO CD 2694IPRO Dom Pedrito Várzea

54 Resultados Microrregião Sojícola 102 Itapeva Pato Branco Guarapuava Campos Novos S. Augusto(2) Passo Fundo(2) Não-Me-Toque S. L. Gonzaga Cruz Alta Vacaria Cachoeira do Sul São Gabriel D. Pedrito(2) Bagé (3)

55 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 102 Class. Cultivar GM Cruz Alta 1 M5892IPRO TMG 7062 IPRO BMX VANGUARDA IPRO BMX TURBO RR TMG 7262RR FPS JÚPITER RR NA 5909 RG RSF IPRO TEC 5833IPRO RSF IPRO

56 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 102 Class. Cultivar GM Não-Me-Toque RSF IPRO RSF IPRO NS 5959 IPRO M5947IPRO BMX VANGUARDA IPRO M5892IPRO NS 6006 IPRO BMX ELITE IPRO FPS JÚPITER RR NS

57 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 102 Class. Cultivar GM Passo Fundo 1ª época 1 NS RSF IPRO TMG 7062 IPRO BMX ALVO RR TEC 5936IPRO BMX VANGUARDA IPRO NS 5959 IPRO FPS SOLIMÕES RR BMX ELITE IPRO M5947IPRO

58 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 102 Class. Cultivar GM Passo Fundo 2ª época 1 CD 2609RR BMX ELITE IPRO NS TMG 7262RR RSF IPRO NS 6006 IPRO FPS SOLIMÕES RR BMX VANGUARDA IPRO GMX GURI RR NS 5959 IPRO

59 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 102 Class. Cultivar GM Santo Augusto RSF IPRO BMX ATIVA RR FPS SOLAR IPRO M5892IPRO TMG 7262RR BMX VANGUARDA IPRO NS 5959 IPRO BMX ALVO RR SYN1163 RR FPS ATALANTA IPRO

60 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 102 Class. Cultivar GM S. L. Gonzaga 1 TMG 7262RR TEC 6702IPRO TMG 7062 IPRO BMX VANGUARDA IPRO VTOP RR TEC 5718IPRO FPS JÚPITER RR TEC 5936IPRO BMX ATIVA RR FPS ATALANTA IPRO

61 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 102 Class. Cultivar GM Campos Novos 1 TMG 7062 IPRO TMG 7262RR M5892IPRO TEC 6702IPRO BMX TURBO RR RSF IPRO TMG2158IPRO TEC 5936IPRO FPS ATALANTA IPRO R

62 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 102 Class. Cultivar GM Pato Branco 1 TMG 7062 IPRO M5947IPRO BMX VANGUARDA IPRO NS 6006 IPRO TEC 5833IPRO RSF IPRO TMG 7262RR NA 5909 RG NS RSF IPRO

63 Consolidado Ensaio de Cultivares em Rede MR 102 Class. Cultivar GM Cruz Alta NM.Toque P. Fundo P. Fundo S. Augusto S.L.Gonz. C. Novos P. Branco 1ª época 2ª época 1 TMG 7062 IPRO RSF IPRO BMX VANGUARDA IPRO M5947IPRO NS RSF IPRO FPS JÚPITER RR NS 6006 IPRO TEC 5936IPRO NA 5909 RG

64 Resultados Microrregião Sojícola 103 Itapeva Pato Branco Guarapuava Campos Novos S. Augusto(2) Passo Fundo(2) Não-Me-Toque S. L. Gonzaga Cruz Alta Vacaria Cachoeira do Sul São Gabriel D. Pedrito(2) Bagé (3)

65 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 103 Class. Cultivar GM Vacaria 1 BMX TURBO RR RSF IPRO M5892IPRO CD 2655RR BMX ATIVA RR M5917IPRO M5947IPRO BMX VANGUARDA IPRO TMG 7062 IPRO TMG 7262RR

66 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 103 Class. Cultivar GM Guarapuava 1 TMG 7262RR CD 2590IPRO TMG 7062 IPRO FPS ATALANTA IPRO CD 2609RR NS6700IPRO RSF IPRO CD 2611IPRO NS 5959 IPRO Y

67 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 103 Class. Cultivar GM Itapeva, SP 1 M5917IPRO M6410IPRO M5947IPRO BMX VANGUARDA IPRO CD 2655RR RSF IPRO FPS SOLAR IPRO NS 5959 IPRO TMG1264RR NS6700IPRO

68 Consolidado Ensaio de Cultivares em Rede MR 103 Class. Cultivar GM Vacaria, RS 1 M5917IPRO CD 2655RR BMX VANGUARDA IPRO BMX TURBO RR RSF IPRO RSF IPRO FPS SOLAR IPRO NS 5959 IPRO CD 2590IPRO TMG 7062 IPRO Guarapuava, PR Itapeva, SP

69 Macrorregião Sojícola 2 Sidrolândia SP Maracaju MS Cianorte Cruzália S. C. do Rio Pardo Naviraí Campo Mourão (3) Palotina Pr Cascavel Pr

70 Resultados Microrregião Sojícola 201 MS Pr Sidrolândia Maracaju Cruzália Cianorte S. C. do Rio Pardo Naviraí Campo Mourão (3) Palotina Cascavel SP Pr

71 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 201 Class. Cultivar GM C. Mourão, PR 1ª época 1 TEC 6029IPRO TEC 5833IPRO TEC 5936IPRO BMX POTENCIA RR RSF IPRO M5947IPRO TMG 7062 IPRO M5917IPRO RSF IPRO FPS ATALANTA IPRO

72 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 201 Class. Cultivar GM C. Mourão, PR 2ª época 1 95R BMX VANGUARDA IPRO TEC 5936IPRO RSF IPRO TEC 5833IPRO M6410IPRO TMG 7062 IPRO RSF IPRO NS 5959 IPRO NS

73 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 201 Class. Cultivar GM Cascavel, PR 1 BMX VANGUARDA IPRO M5917IPRO BMX TURBO RR TMG 7062 IPRO NS 5959 IPRO M5947IPRO TEC 5936IPRO RSF IPRO RSF IPRO NA 5909 RG

74 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 201 Class. Cultivar GM N. Fátima, PR 1 M6210IPRO TMG2158IPRO RSF IPRO BMX VANGUARDA IPRO TMG 1266RR NS NS 5959 IPRO NS6700IPRO M6410IPRO BMX TORNADO RR

75 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 201 Class. Cultivar GM Palotina, PR 1 M5947IPRO TEC 6029IPRO RSF IPRO M5917IPRO NS 5959 IPRO CD 2644IPRO RSF IPRO RSF IPRO NA 5909 RG NS 6006 IPRO

76 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 201 Class. Cultivar GM Cruzália, SP RSF IPRO BMX VANGUARDA IPRO RSF IPRO RSF IPRO FPS SOLAR IPRO BMX POTENCIA RR SYN1163 RR NA 5909 RG SYN1257 RR FPS JÚPITER RR

77 Consolidado Ensaio de Cultivares em Rede MR 201 Class. Cultivar GM C. Mourão C. Mourão Cascavel N. Fátima Palotina Cruzália 1ª época 2ª época 1 BMX VANGUARDA IPRO RSF IPRO M5947IPRO RSF IPRO RSF IPRO TEC 5936IPRO NS 5959 IPRO NA 5909 RG TMG 7062 IPRO TEC 6029IPRO

78 Resultados Microrregião Sojícola 202 MS Pr Sidrolândia Maracaju Cruzália Cianorte S. C. do Rio Pardo Naviraí Campo Mourão (3) Palotina Cascavel SP Pr

79 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 202 Class. Cultivar GM Cianorte, PR 1 TEC 6702IPRO CD 2720IPRO TMG 7062 IPRO TMG 7060 IPRO BMX PONTA IPRO TEC 5833IPRO NS6700IPRO TEC 6029IPRO TEC 5936IPRO M6410IPRO

80 Resultados Microrregião Sojícola 203 MS Pr Sidrolândia Maracaju Cruzália Cianorte S. C. do Rio Pardo Naviraí Campo Mourão (3) Palotina Cascavel SP Pr

81 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 203 Class. Cultivar GM S. Cruz do Rio Pardo, SP 1 SYN1163 RR VMAX RR CD 2655RR CD 2620IPRO NS6700IPRO TEC 6702IPRO M5947IPRO TMG2158IPRO TEC 5936IPRO CD 2644IPRO

82 Resultados Microrregião Sojícola 204 MS Pr Sidrolândia Maracaju Cruzália Cianorte S. C. do Rio Pardo Naviraí Campo Mourão (3) Palotina Cascavel SP Pr

83 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 204 Class. Cultivar GM Maracaju, MS 1 M5947IPRO RSF IPRO M6410IPRO BMX POTENCIA RR CD 2728IPRO BMX PONTA IPRO FPS NETUNO RR BMX VALENTE RR TMG 7060 IPRO FPS ATALANTA IPRO

84 Resultado Ensaio de Cultivares em Rede MR 204 Class. Cultivar GM Sidrolândia, MS 1 BMX TORNADO RR M6210IPRO TMG 7062 IPRO TEC 6702IPRO BMX VANGUARDA IPRO TMG7363RR CD 2655RR FPS ATALANTA IPRO FPS NETUNO RR TMG 7060 IPRO

85 Consolidado Ensaio de Cultivares em Rede MR 204 Class. Cultivar GM Maracaju, MS 1 TMG 7062 IPRO M6210IPRO BMX TORNADO RR BMX VANGUARDA IPRO M5947IPRO M6410IPRO TEC 6702IPRO RSF IPRO FPS NETUNO RR FPS ATALANTA IPRO Sidrolândia, MS

86 Ensaio de Cultivares em Rede de Soja Safrinha Santo Augusto, RS Class. Cultivar GM Rendimento Obtentor 1º TMG 7262RR TMG 2º IGRA 545TR Granbras 3º BMX POTENCIA RR GDM Genética do Brasil Ltda 4º NA 5909 RG Nidera Sementes Ltda 5º FPS SOLAR IPRO GDM Genética do Brasil Ltda 6º FPS NETUNO RR GDM Genética do Brasil Ltda 7º FPS SOLIMÕES RR BAYER S.A. 8º FPS ANTARES RR GDM Genética do Brasil Ltda 9º FPS JÚPITER RR GDM Genética do Brasil Ltda 10º FPS ATALANTA IPRO GDM Genética do Brasil Ltda

87 Ensaio de Cultivares em Rede de Soja Safrinha Campo Mourão, PR Class. Cultivar GM Rendimento Obtentor 1º FPS ATALANTA IPRO GDM Genética do Brasil Ltda 2º BMX POTENCIA RR GDM Genética do Brasil Ltda 3º FPS ANTARES RR GDM Genética do Brasil Ltda 4º NA 5909 RG Nidera Sementes Ltda 5º FPS SOLAR IPRO GDM Genética do Brasil Ltda 6º IGRA Granbras 7º FPS NETUNO RR GDM Genética do Brasil Ltda 8º FPS SOLIMÕES RR BAYER S.A. 9º TMG 7262RR TMG 10º AMS TIBAGI RR BAYER S.A.

88 Rendimento, Amplitude de Rendimentos, Rendimento Mín. Rendimento Máx. Diferença ( $ )

89 UTILIDADE DO ECR Cultivar mais produtiva Cultivar menos produtiva = = 34 Diferença = 34 Se considerarmos somente a metade = 17 de vantagem 17 X R$ 70,00 = R$ 1.190,00 / ha de vantagem Retorno financeiro adicional de R$ 1.190,00/hectare

90 A simples escolha da cultivar a ser utilizada pode representar um ganho financeiro expressivo. Isto te interessa?

91 Divulgação dos Dados do ECR 2014/2015 Relatório ECR 2014/2015 Site Julho 2015 RESULTADOS DE

92 Muito Obrigado! Eng. Agr. Victor Sommer Gestor de Cultivos de Verão

93

CULTIVARES DE SOJA I N D I C A D A S P A R A

CULTIVARES DE SOJA I N D I C A D A S P A R A D E S E M P E N H O D E CULTIVARES DE SOJA I N D I C A D A S P A R A O R I O G R A N D E D O S U L Julho, 2013 RESULTADOS DE 2012 2013 Rendimento e características agronômicas das cultivares, indicadas

Leia mais

RESULTADOS DE DESEMPENHO DAS CULTIVARES DE SOJA INDICADAS PARA SC, PR, SP e MS. Julho, 2010

RESULTADOS DE DESEMPENHO DAS CULTIVARES DE SOJA INDICADAS PARA SC, PR, SP e MS. Julho, 2010 DESEMPENHO DAS CULTIVARES DE SOJA INDICADAS PARA SC, PR, SP e MS Julho, 2010 RESULTADOS DE 2009 2010 Rendimento e características agronômicas das cultivares, indicadas pelo zoneamento agrícola, em ensaios

Leia mais

Avaliação de Cultivares de Soja Safra 14/15 e Recomendações para Safra 15/16 Assistências Técnicas Conveniadas

Avaliação de Cultivares de Soja Safra 14/15 e Recomendações para Safra 15/16 Assistências Técnicas Conveniadas Avaliação de Cultivares de Soja Safra 14/15 e Recomendações para Safra 15/16 Assistências Técnicas Conveniadas Equipe Fitotecnia Soja Eng. Agr. Carlos Pitol Pesquisador Téc.Agr. Elton José Erbes Adm.Rural/Téc.Agr.

Leia mais

Desempenho de Cultivares de Soja Transgênica (Intacta e Rr1) na Macrorregião Sojícola 1, Avaliadas na Safra 2013/14 ela Rede Soja Sul de Pesquisa

Desempenho de Cultivares de Soja Transgênica (Intacta e Rr1) na Macrorregião Sojícola 1, Avaliadas na Safra 2013/14 ela Rede Soja Sul de Pesquisa 07 Desempenho de Cultivares de Soja Transgênica (Intacta e Rr) na Macrorregião Sojícola, Avaliadas na Safra 203/4 ela Rede Soja Sul de Pesquisa Paulo Fernando Bertagnolli Mércio Luiz Strieder Francisco

Leia mais

Avaliação de Cultivares de Soja Safra 15/16 e Sugestões para Safra 16/17

Avaliação de Cultivares de Soja Safra 15/16 e Sugestões para Safra 16/17 Avaliação de Cultivares de Soja Safra 15/16 e Sugestões para Safra 16/17 Equipe Fitotecnia Soja Eng. Agr. Carlos Pitol Pesquisador Téc.Agr. Elton José Erbes Adm.Rural/Téc.Agr. Thiago da Silva Romeiro Eng.Agr

Leia mais

PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SEMENTES DE SOJA NO RIO GRANDE DO SUL

PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SEMENTES DE SOJA NO RIO GRANDE DO SUL PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SEMENTES DE SOJA NO RIO GRANDE DO SUL PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SEMENTES DE SOJA NO RS, Safras 2008/2009 a 2012/2013 1 Antonio Eduardo Loureiro da Silva Presidente CSM/RS

Leia mais

C EA E 3 1 4 27 2 84 8 /D / -RS R 23 2 92 9 -MS) P

C EA E 3 1 4 27 2 84 8 /D / -RS R 23 2 92 9 -MS) P Avaliação das Cultivares de Soja Safra 2013/14 e Posicionamento para Safra 2014/15. Carlos Pitol 1 Elton José Erbes 2 Thiago da Silva Romeiro 3 1 Eng Agrº (CREA 42784/D-RS Visto 2392-MS) Pesquisador da

Leia mais

Conte com a Pampa para uma colheita de sucesso na próxima safra!

Conte com a Pampa para uma colheita de sucesso na próxima safra! GUIA DE CULTIVARES A semente é a base do sucesso de uma lavoura. Sua qualidade é essencial para os bons resultados de cada safra, garantindo maior produtividade, competitividade e o lucro do produtor.

Leia mais

10 AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA

10 AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA 10 AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA CONVENCIONAL (SOJA LIVRE) EM LUCAS DO RIO VERDE, MT O objetivo deste experimento foi avaliar o potencial produtivo de cultivares de soja convencionais (Soja Livre) em

Leia mais

PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SEMENTES DE SOJA NO RIO GRANDE DO SUL

PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SEMENTES DE SOJA NO RIO GRANDE DO SUL PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SEMENTES DE SOJA NO RIO GRANDE DO SUL PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SEMENTES DE SOJA NO RS, Safras 2005/2006 a 2011/2012 1 Antonio Eduardo Loureiro da Silva Presidente CSM/RS

Leia mais

Resultados da Avaliação de Cultivares de Milho IAC/APTA/CATI/Empresas Safra de Verão 2013/14. Aildson Pereira Duarte Programa Milho IAC/APTA

Resultados da Avaliação de Cultivares de Milho IAC/APTA/CATI/Empresas Safra de Verão 2013/14. Aildson Pereira Duarte Programa Milho IAC/APTA REUNIÃO TÉCNICA SOBRE A CULTURA DO MILHO CAMPINAS - Junho 2014 Resultados da Avaliação de Cultivares de Milho IAC/APTA/CATI/Empresas Safra de Verão 2013/14 Aildson Pereira Duarte Programa Milho IAC/APTA

Leia mais

PORTFÓLIO DE VARIEDADES

PORTFÓLIO DE VARIEDADES PORTFÓLIO DE VARIEDADES SOJA ABRIL, 2015 SEEDCORP.COM.BR VARIEDADES SEEDCORP RR IPRO EXCLUSIVIDADES SEEDCORP RR IPRO NA 5909 RG Nidera Precocidade: possibilidade de segunda safra; Máxima estabilidade em

Leia mais

E-mail:waldir.dias@embrapa.br

E-mail:waldir.dias@embrapa.br NEMATOIDE DE CISTO DA SOJA (NCS) (Heterodera glycines): IDENTIFICAÇÃO E MANEJO Waldir Pereira Dias Embrapa Soja, Cx. Postal 231, 86001-970- Londrina, PR E-mail:waldir.dias@embrapa.br Tel.: (43) 3371-6276

Leia mais

MILHO TRANSCÊNICO: CADA VEZ MAIS PRESE

MILHO TRANSCÊNICO: CADA VEZ MAIS PRESE MILHO TRANSCÊNICO: CADA VEZ MAIS PRESE A Fundação Pró-Sementes aponta que um dos grandes problemas encontrados nos arrozais é a forte atuação de plantas invasoras, que são de difícil controle, prejudicando

Leia mais

ENSAIO ESTADUAL DE CULTIVARES DE TRIGO 2014

ENSAIO ESTADUAL DE CULTIVARES DE TRIGO 2014 ENSAIO ESTADUAL DE CULTIVARES DE TRIGO 2014 Rogério Ferreira Aires 1, Sérgio Dias Lannes 1, Ricardo Lima de Castro 2, Eduardo Caierão 2, Márcio Só e Silva 2, Sydney Kavalco 3, Roberto Carbonera 4, Carlos

Leia mais

COMPARAÇÃO DE DIFERENTES FONTES DE CÁLCIO EM SOJA

COMPARAÇÃO DE DIFERENTES FONTES DE CÁLCIO EM SOJA COMPARAÇÃO DE DIFERENTES FONTES DE CÁLCIO EM SOJA 1 INSTITUIÇÃO REALIZADORA SEEDS Serviço Especial em Diagnose de Sementes Ltda CNPJ 91.356.055/0001-94 Endereço: Rua João de Césaro, 255 - Sala 06 - Bairro

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA PORTARIA Nº 64, DE 8 DE JULHO DE 2013

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA PORTARIA Nº 64, DE 8 DE JULHO DE 2013 TEMÁRIO: 1 Portaria nº 64, de 8 de julho de 2013. Publicação: D.O.U. do dia 11/07/13 - Seção 1. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA PORTARIA Nº 64, DE 8

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO 2015/16

BOLETIM TÉCNICO 2015/16 1 02 AVALIAÇÃO DE CULTIVAR TECNOLOGIA RR2 (Intacta Objetivo Avaliar diferentes cultivares de soja com tecnologia RR2 (Intacta RR2 PRO) em duas épocas de semeadura em Lucas do Rio Verde MT. BOLETIM TÉCNICO

Leia mais

Márcio Santos Diretor Estratégia & Produtos Brasilia/DF, 08/08/2013

Márcio Santos Diretor Estratégia & Produtos Brasilia/DF, 08/08/2013 Márcio Santos Diretor Estratégia & Produtos Brasilia/DF, 08/08/2013 A Evolução do Mercado de Soja no Brasil Avanços da genética, mais e melhores opções de insumos (sementes, máquinas, fertilizantes e defensivos)

Leia mais

RESULTADOS DE 2009 CULTIVARES DE TRIGO INDICADAS PARA O PARANÁ E SÃO PAULO. Fevereiro, 2010

RESULTADOS DE 2009 CULTIVARES DE TRIGO INDICADAS PARA O PARANÁ E SÃO PAULO. Fevereiro, 2010 DESEMPENHO DE CULTIVARES DE TRIGO INDICADAS PARA O PARANÁ E SÃO PAULO Fevereiro, 2010 RESULTADOS DE 2009 Rendimento e características agronômicas das cultivares, indicadas pelo zoneamento agrícola, em

Leia mais

Genética Embrapa: INOVAÇÃO E SUPERIORIDADE NO CAMPO

Genética Embrapa: INOVAÇÃO E SUPERIORIDADE NO CAMPO Genética Embrapa: INOVAÇÃO E SUPERIORIDADE NO CAMPO Foz do Iguaçu PR 20/06/2017 Engº Agrº Ralf Udo Dengler Engº Agrº Milton Dalbosco Fundação Meridional Novos patamares de produtividade! Destaques do Melhoramento

Leia mais

Base de dados. Assessoría Agrícola. Produtores do grupo de. Área Total de Soja: has.

Base de dados. Assessoría Agrícola. Produtores do grupo de. Área Total de Soja: has. Eng. Agr. Tilio Lucas 30 de Junho 2015 Base de dados Produtores do grupo de Assessoría Agrícola Área Total de Soja: 7514.93 has. Produtividade do Grupo Grupo Agrícola Área total (ha) Produtividade Sc/ha

Leia mais

Ensaio de Cultivares em Rede de Trigo Safra 2016/2016

Ensaio de Cultivares em Rede de Trigo Safra 2016/2016 Ensaio de Cultivares em Rede de Trigo Safra 2016/2016 1. O Ensaio de cultivares em Rede - ECR Dentre os experimentos conduzidos pela Unidade de Pesquisa & Desenvolvimento destaca-se o Ensaio de Cultivares

Leia mais

QUEM SOMOS MISSÃO WORKSHOP O QUE FAZEMOS A INDÚSTRIA DE SEMENTES NO BRASIL. Associação Brasileira de Sementes e Mudas

QUEM SOMOS MISSÃO WORKSHOP O QUE FAZEMOS A INDÚSTRIA DE SEMENTES NO BRASIL. Associação Brasileira de Sementes e Mudas Associação Brasileira de Sementes e Mudas WORKSHOP AMOSTRAGEM, TESTES E ESTATÍSTICA SEMENTES, PLANTAS E GRÃOS Associação Brasileira de Sementes e Mudas A INDÚSTRIA DE SEMENTES NO BRASIL ILSI International

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE APOIO RURAL E COOPERATIVISMO SERVIÇO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE CULTIVARES ANEXO VIII

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE APOIO RURAL E COOPERATIVISMO SERVIÇO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE CULTIVARES ANEXO VIII MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE APOIO RURAL E COOPERATIVISMO SERVIÇO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE CULTIVARES ANEXO VIII REQUISITOS MÍNIMOS PARA DETERMINAÇÃO DO VALOR DE CULTIVO

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO. ENSAIO DE COMPETIÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA (Glycine Max) NA REGIÃO DO VALE DO ARAGUAIA, SAFRA 2014/2015, EM QUERÊNCIA - MT

RELATÓRIO TÉCNICO. ENSAIO DE COMPETIÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA (Glycine Max) NA REGIÃO DO VALE DO ARAGUAIA, SAFRA 2014/2015, EM QUERÊNCIA - MT RELATÓRIO TÉCNICO ENSAIO DE COMPETIÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA (Glycine Max) NA REGIÃO DO VALE DO ARAGUAIA, SAFRA 2014/2015, EM QUERÊNCIA - MT Executora: RURAL TÉCNICA EXPERIMENTOS AGRONÔMICOS LTDA Av. Norte,

Leia mais

DENSIDADE DE SEMEADURA DE CULTIVARES DE MAMONA EM PELOTAS, RS 1

DENSIDADE DE SEMEADURA DE CULTIVARES DE MAMONA EM PELOTAS, RS 1 DENSIDADE DE SEMEADURA DE CULTIVARES DE MAMONA EM PELOTAS, RS 1 Sérgio Delmar dos Anjos e Silva 1, Rogério Ferreira Aires 2, João Guilherme Casagrande Junior 3, Claudia Fernanda Lemons e Silva 4 1 Embrapa

Leia mais

08 POTENCIAL PRODUTIVO DE CULTIVARES DE SOJA

08 POTENCIAL PRODUTIVO DE CULTIVARES DE SOJA 08 POTENCIAL PRODUTIVO DE CULTIVARES DE SOJA COM TECNOLOGIA INTACTA RR2 PRO EM DUAS ÉPOCAS DE SEMEADURA O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial produtivo de cultivares de soja disponíveis comercialmente

Leia mais

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE UMA SEMEADORA-ADUBADORA DE PLANTIO DIRETO NA CULTURA DA SOJA

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE UMA SEMEADORA-ADUBADORA DE PLANTIO DIRETO NA CULTURA DA SOJA AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE UMA SEMEADORA-ADUBADORA DE PLANTIO DIRETO NA CULTURA DA SOJA Jorge Ricardo Moura 3 ; Elton Fialho dos Reis 1,4 ; João Paulo Arantes Rodrigues da Cunha 2,4 ; 1 Pesquisador Orientador

Leia mais

Referências Bibliográficas

Referências Bibliográficas Considerações Finais Todos os tratamentos testados apresentaram teores foliares de N inferiores ao recomendado para a cultura da soja. As aplicações isoladas de BIOMOL (0,3 L/ha), KALIBRE (1,5 L/ha) e

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO SAFRA 2014/15

BOLETIM TÉCNICO SAFRA 2014/15 1 10 EFEITO DE DOSES E FONTES DE ENXOFRE NA CULTURA DA SOJA Objetivo Avaliar o efeito de diferentes doses e fontes de enxofre na cultura da soja em Lucas do Rio Verde-MT na Safra 2014/15. BOLETIM TÉCNICO

Leia mais

Soja Mais Produtiva e Tolerante a Seca

Soja Mais Produtiva e Tolerante a Seca 02 Soja Mais Produtiva e a Seca 1 Carlos Pitol A soja é reconhecida como uma cultura tolerante à seca, em comparação a outras culturas de verão. Somado ao aspecto econômico, esta é uma das razões porque

Leia mais

POPULAçÃO DE PLANTAS DE SOJA NO SISTEMA DE SEMEADURA DIRETA PARA O CENTRO-SUL DO ESTADO DO PARANÁ

POPULAçÃO DE PLANTAS DE SOJA NO SISTEMA DE SEMEADURA DIRETA PARA O CENTRO-SUL DO ESTADO DO PARANÁ /,-----------. (c;) EM.PRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECuARIA EMBRAPA ~ Vinculada ao M'nisté,io da Ag,iculMa ~., CENTRO NACIONAL DE PESQUISA DE SOJA - CNPSo Rodovia Carlos João Slrass (Londrina/Warta)

Leia mais

TREINAMENTO DE RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

TREINAMENTO DE RESPONSÁVEIS TÉCNICOS Rafain Palace Hotel & Convention Center Foz do Iguaçu / PR 27/06 a 01/07/2011 Dia 27/06/2011 PROGRAMA 08:00 às 12:00 INSCRIÇÕES: TREINAMENTO + CICLO TREINAMENTO DE RESPONSÁVEIS TÉCNICOS 13:30 às 14:00

Leia mais

RELATÓRIO FINAL. AVALIAÇÃO DO PRODUTO CELLERON-SEEDS e CELLERON-FOLHA NA CULTURA DO MILHO CULTIVADO EM SEGUNDA SAFRA

RELATÓRIO FINAL. AVALIAÇÃO DO PRODUTO CELLERON-SEEDS e CELLERON-FOLHA NA CULTURA DO MILHO CULTIVADO EM SEGUNDA SAFRA RELATÓRIO FINAL AVALIAÇÃO DO PRODUTO CELLERON-SEEDS e CELLERON-FOLHA NA CULTURA DO MILHO CULTIVADO EM SEGUNDA SAFRA Empresa solicitante: FOLLY FERTIL Técnicos responsáveis: Fabio Kempim Pittelkow¹ Rodrigo

Leia mais

Culturas. A Cultura do Milho. Nome A Cultura do Milho Produto Informação Tecnológica Data Outubro de 2000 Preço - Linha Culturas Resenha

Culturas. A Cultura do Milho. Nome A Cultura do Milho Produto Informação Tecnológica Data Outubro de 2000 Preço - Linha Culturas Resenha 1 de 5 10/16/aaaa 11:24 Culturas A Cultura do Milho Nome A Cultura do Milho Produto Informação Tecnológica Data Outubro de 2000 Preço - Linha Culturas Resenha Informações resumidas sobre a cultura do milho

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 44, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2016

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 44, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2016 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 44, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2016 Art. 1º - ESTABELECE as normas de produção e os padrões de identidade e qualidade de sementes de espécies forrageiras de clima temperado 1º - Os padrões

Leia mais

Comunicados fevereiro

Comunicados fevereiro Comunicados fevereiro 1. Bayer S.A. Comunica plantio da LPMA de algodão GM, referente ao processo 01200.001201/2014-44 em Sapezal/MT. Data de protocolo 02/02/2015; 2. Bayer S.A. Comunica plantio da LPMA

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Centro Nacional de Pesquisa de Trigo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Centro Nacional de Pesquisa de Trigo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. ISSN 1516-5582 Setembro, 2012 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Centro Nacional de Pesquisa de Trigo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Documentos 107 Indicações Técnicas para

Leia mais

NOTA CIENTÍFICA DESEMPENHO DE CULTIVARES DE SOJA EM FUNÇÃO DO TAMANHO DAS SEMENTES 1

NOTA CIENTÍFICA DESEMPENHO DE CULTIVARES DE SOJA EM FUNÇÃO DO TAMANHO DAS SEMENTES 1 288 NOTA CIENTÍFICA DESEMPENHO DE CULTIVARES DE SOJA EM FUNÇÃO DO TAMANHO DAS SEMENTES 1 VITOR ARLINDO CAMOZZATO 2, SILMAR TEICHERT PESKE 3, JEAN CARLO POSSENTI 4, ANGÉLICA SIGNOR MENDES 5 Resumo - A cultura

Leia mais

MANUAL DE VENDAS SEGURO COLHEITA GARANTIDA

MANUAL DE VENDAS SEGURO COLHEITA GARANTIDA MANUAL DE VENDAS SEGURO COLHEITA GARANTIDA 1 Finalidade O setor Agropecuário é, e sempre foi, fundamental para a economia Brasileira, porém está sujeito aos riscos de produção por intempéries da Natureza

Leia mais

CULTIVARES DE SOJA RECOMENDADAS PARA O OESTE DA BAHIA

CULTIVARES DE SOJA RECOMENDADAS PARA O OESTE DA BAHIA Foto: Fabiano Bastos WORKSHOP DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE PESQUISAS CULTIVARES DE SOJA RECOMENDADAS PARA O OESTE DA BAHIA André Ferreira Pereira Sebastião Pedro da Silva Neto Pesquisadores Embrapa Cerrados

Leia mais

FORMULÁRIO PARA CADASTRO DE PROJETO DE PESQUISA E EXTENSÃO

FORMULÁRIO PARA CADASTRO DE PROJETO DE PESQUISA E EXTENSÃO Protocolo nº005 /2012 FORMULÁRIO PARA CADASTRO DE PROJETO DE PESQUISA E EXTENSÃO 1. Instruções 1 Deverá ser entregue 1 (uma) cópia impressa e 1 (uma) cópia via e-mail (na extensão.doc), encaminhados para

Leia mais

CULTIVARES DE SOJA LICENCIADAS SAFRA SUL 2013/2014. niderasementes.com.br

CULTIVARES DE SOJA LICENCIADAS SAFRA SUL 2013/2014. niderasementes.com.br CULTIVARES DE SOJA LICENCIADAS SAFRA SUL 3/4 niderasementes.com.br Parceria que rende mais. NS4823 A mais precoce do mercado. Resistência ao acamamento. Ótima arquitetura de plantas. Marrom Ereta, porte

Leia mais

Custo de Produção da Cultura da Soja Safra 2011/2012

Custo de Produção da Cultura da Soja Safra 2011/2012 11 Custo de Produção da Cultura da Soja Safra 2011/2012 Dirceu Luiz Broch Roney Simões Pedroso 1 2 11.1. Introdução Os sistemas de produção da atividade agropecuária cada vez mais requerem um grau de conhecimento

Leia mais

Conheça as novas possibilidades do agronegócio

Conheça as novas possibilidades do agronegócio Marciliano Gaspre Líder em Marketing e Vendas (62) 9814 2205 marciliano@guaia.com.br contato@guaia.com.br www.guaia.com.br (62) 3332 1385 Av. Dom Bosco, 916, 1º andar, Sala 03, Bairro Pedrinhas, Silvânia

Leia mais

Resultados de Experimentação e Campos Demonstrativos de Milho Safra 2010/2011

Resultados de Experimentação e Campos Demonstrativos de Milho Safra 2010/2011 3 Resultados de Experimentação e Campos Demonstrativos de Milho Safra 200/20 André Luis F. Lourenção 3.. Introdução Analisando o oitavo levantamento da Conab (20), observase que a área semeada com milho

Leia mais

EFEITO ALELOPÁTICO DE CANOLA (Brassica napus) NO DESENVOLVIMENTO. PRODUÇÃO FINAL DE SOJA (Glycine max) E PRODUÇÃO FINAL DE SOJA (Glycine max)

EFEITO ALELOPÁTICO DE CANOLA (Brassica napus) NO DESENVOLVIMENTO. PRODUÇÃO FINAL DE SOJA (Glycine max) E PRODUÇÃO FINAL DE SOJA (Glycine max) EFEITO ALELOPÁTICO DE CANOLA (Brassica napus) NO DESENVOLVIMENTO E PRODUÇÃO FINAL DE SOJA (Glycine max) Autor(es): Apresentador: Rodrigo Ciotti Orientador: Revisor 1: Revisor 2: Instituição: MOTTA, Marcelo;

Leia mais

AVALIAÇÃO DE VARIEDADES DE ALGODÃO HERBÁCEO EM ESPAÇAMENTO ESTREITO COM CLORETO DE MEPIQUAT RESUMO

AVALIAÇÃO DE VARIEDADES DE ALGODÃO HERBÁCEO EM ESPAÇAMENTO ESTREITO COM CLORETO DE MEPIQUAT RESUMO AVALIAÇÃO DE VARIEDADES DE ALGODÃO HERBÁCEO EM ESPAÇAMENTO ESTREITO COM CLORETO DE MEPIQUAT Antonio César Bolonhezi (1), Edivaldo André Gomes (2) (1)UNESP-Ilha Solteira(SP) E-mail: bolonha@agr.feis.unesp.br.

Leia mais

Efeito da colhedora, velocidade e ponto de coleta na qualidade física de sementes de milho

Efeito da colhedora, velocidade e ponto de coleta na qualidade física de sementes de milho Efeito da colhedora, velocidade e ponto de coleta na qualidade física de sementes de milho 1 Delineide Pereira Gomes, 2 Érika S. M. Koshikumo, 3 Leandra Matos Barrozo, 4 Breno Marques S. e Silva e 5 Rouverson

Leia mais

Relatório de pesquisa agrícola

Relatório de pesquisa agrícola Relatório de pesquisa agrícola Título: Competição de fungicidas no manejo de doenças da soja. Objetivo: Avaliar o desempenho dos fungicidas comerciais no manejo de doenças na cultura da soja na safra 2013/14.

Leia mais

PRODUÇÃO DE SEMENTES DE SOJA NO BRASIL: NOVOS DESAFIOS E PERSPECTIVAS SÉRGIO PAULO COELHO

PRODUÇÃO DE SEMENTES DE SOJA NO BRASIL: NOVOS DESAFIOS E PERSPECTIVAS SÉRGIO PAULO COELHO PRODUÇÃO DE SEMENTES DE SOJA NO BRASIL: NOVOS DESAFIOS E PERSPECTIVAS SÉRGIO PAULO COELHO PROMOVER O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A COMPETIVIDADE DO AGRONEGÓCIO EM BENEFÍCIO DA SOCIEDADE BRASILEIRA LEGISLAÇÃO

Leia mais

Dionísio Brunetta Manoel Carlos Bassoi Pedro Luiz Scheeren Luís César V. Tavares Claudinei Andreoli Sérgio Roberto Dotto

Dionísio Brunetta Manoel Carlos Bassoi Pedro Luiz Scheeren Luís César V. Tavares Claudinei Andreoli Sérgio Roberto Dotto Desenvolvimento de linhagens e de cultivares de trigo de ciclo precoce e médio, das classes Pão e Melhorador, adaptadas à Região Centro-Sul Subtropical (Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul) Dionísio

Leia mais

Acompanhamento da Safra 2012/13 no MS

Acompanhamento da Safra 2012/13 no MS Acompanhamento da Safra 2012/13 no MS Circular Técnico nº 20 No acompanhamento da cultura do milho 2ª safra de Mato Grosso do Sul foram visitadas 52 propriedades entre os dias 22 e 25 de abril de 2013

Leia mais

INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NO CULTIVO DA CANOLA NO BRASIL E IMPACTOS NO CUSTO DE PRODUÇÃO E NA RENTABILIDADE.

INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NO CULTIVO DA CANOLA NO BRASIL E IMPACTOS NO CUSTO DE PRODUÇÃO E NA RENTABILIDADE. INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NO CULTIVO DA CANOLA NO BRASIL E IMPACTOS NO CUSTO DE PRODUÇÃO E NA RENTABILIDADE. Cláudia De Mori 1 ; Gilberto Omar Tomm 1 ; Paulo Ernani Peres Ferreira 1 ; Vladirene MacedoVieira

Leia mais

PROGRAMA FITOSSANITÁRIO DO MS BALANÇO GERAL SAFRA 2012/2013 RELATÓRIO SEMANAL DE 23 A 30 DE SETEMBRO DE 2013.

PROGRAMA FITOSSANITÁRIO DO MS BALANÇO GERAL SAFRA 2012/2013 RELATÓRIO SEMANAL DE 23 A 30 DE SETEMBRO DE 2013. ANO II / Nº56 PROGRAMA FITOSSANITÁRIO DO MS BALANÇO GERAL SAFRA 2012/2013 RELATÓRIO SEMANAL DE 23 A 30 DE SETEMBRO DE 2013. Uma safra inteira se passou desde o início dos trabalhos do Programa Fitossanitário

Leia mais

Custo de Produção do Milho Safrinha 2012

Custo de Produção do Milho Safrinha 2012 09 Custo de Produção do Milho Safrinha 2012 1 Carlos DirceuPitol Luiz2 Broch1 Dirceu Luiz Broch Roney Simões Pedroso2 9.1. Introdução Os sistemas de produção da atividade agropecuária cada vez requerem

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO 2015/16

BOLETIM TÉCNICO 2015/16 1 04 EFEITO DE DIFERENTES POPULAÇÕES DE PLANTA SOJA Objetivo Avaliar a produtividade e atributos agronômicos de três cultivares de soja com hábitos de crescimento distintos em dois espaçamentos entre linhas

Leia mais

SUMARIZAÇÃO DOS ENSAIOS COOPERATIVOS DE CONTROLE QUÍMICO DE MOFO BRANCO SAFRA Hotel Sumatra 04 de julho de 2016, Londrina, PR

SUMARIZAÇÃO DOS ENSAIOS COOPERATIVOS DE CONTROLE QUÍMICO DE MOFO BRANCO SAFRA Hotel Sumatra 04 de julho de 2016, Londrina, PR SUMARIZAÇÃO DOS ENSAIOS COOPERATIVOS DE CONTROLE QUÍMICO DE MOFO BRANCO SAFRA 2015-16 Hotel Sumatra 04 de julho de 2016, Londrina, PR Mofo CQ 2016 Situação de incidência de mofo-branco nos ensaios cooperativos

Leia mais

Canola. Brasília, Setembro de 2010.

Canola. Brasília, Setembro de 2010. Canola Brasília, Setembro de 2010. Canola: A canola ocupa o terceiro lugar entre as oleogionosas cultivadas no mundo. A internação no Brasil ocorreu em 1974 procedente do México, país criador da canola.

Leia mais

MARKETING & COMUNICAÇÃO

MARKETING & COMUNICAÇÃO MARKETING & COMUNICAÇÃO Planejamento Estratégico Potencializando a comunicação. Fabrícia Andrade Publicitária & Gestora do Agronegócio Planejamento. A importância. Marketing e Comunicação. ESTRATÉGICO

Leia mais

CONSELHO PERMANENTE DE AGROMETEOROLOGIA APLICADA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

CONSELHO PERMANENTE DE AGROMETEOROLOGIA APLICADA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO PERMANENTE DE AGROMETEOROLOGIA APLICADA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prognósticos e recomendações para o período Maio/junho/julho de 2014 Boletim de Informações nº

Leia mais

Acompanhamento de Safra Soja-2016/2017

Acompanhamento de Safra Soja-2016/2017 Acompanhamento de Safra Soja-2016/2017 Entre os dias 03 e 06 de outubro foram visitadas propriedades, nos principais municípios produtores do estado, para o início do acompanhamento de pré-plantio da Soja

Leia mais

CALAGEM, GESSAGEM E AO MANEJO DA ADUBAÇÃO (SAFRAS 2011 E

CALAGEM, GESSAGEM E AO MANEJO DA ADUBAÇÃO (SAFRAS 2011 E RESPOSTA DE MILHO SAFRINHA CONSORCIADO COM Brachiaria ruziziensis À CALAGEM, GESSAGEM E AO MANEJO DA ADUBAÇÃO (SAFRAS 2011 E 2012) Carlos Hissao Kurihara, Bruno Patrício Tsujigushi (2), João Vitor de Souza

Leia mais

CARACTERÍSTICAS AGROMORFOLÓGICAS DE VARIEDADES DE SOJA INDICADAS PARA CULTIVO NO RIO GRANDE DO SUL, SAFRA 2011/2012

CARACTERÍSTICAS AGROMORFOLÓGICAS DE VARIEDADES DE SOJA INDICADAS PARA CULTIVO NO RIO GRANDE DO SUL, SAFRA 2011/2012 CARACTERÍSTICAS AGROMORFOLÓGICAS DE VARIEDADES DE SOJA INDICADAS PARA CULTIVO NO RIO GRANDE DO SUL, SAFRA 2011/2012 STEFANELLO, Fernando 1. Tagliapietra & BONETTI, Luiz Pedro 2 Palavras-chave: Descritores

Leia mais

Guia de Produtos 2014. Região Sul

Guia de Produtos 2014. Região Sul Guia de Produtos 2014 Sul Eleita em 2013 a melhor empresa brasileira de sementes * *Revista Globo Rural Supervisores regionais Índice Mato Grosso do Sul Nicolas Alves Cornacioni (67) 8118 6043 nicolas.cornacioni@coodetec.com.br

Leia mais

Feira Internacional de tecnologia e negócios. 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS

Feira Internacional de tecnologia e negócios. 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS EXPODIRETO 2012 Feira Internacional de tecnologia e negócios 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS EXPODIRETO 2012 Feira Internacional de tecnologia e negócios Você é nosso convidado para participar

Leia mais

Gestão da logística e perdas no transporte do tomate

Gestão da logística e perdas no transporte do tomate Gestão da logística e perdas no transporte do tomate Augusto Hauber Gameiro Grupo de Pesquisa e Extensão em Logística Agroindustrial (ESALQ-LOG) ESALQ/USP Goiânia, 28 de novembro de 2014 Agenda Considerações

Leia mais

Comunicado Técnico 94

Comunicado Técnico 94 Comunicado Técnico 94 ISSN 0101-5605 Novembro, 2004 Sete Lagoas, MG Avaliação de Cultivares de Milho e Sorgo para Produção de Forragem Antônio Carlos Viana 1 Marco Aurélio Noce 2 As silagens de milho e

Leia mais

Práticas Agronômicas que Interferem na Produção de Silagem de Milho

Práticas Agronômicas que Interferem na Produção de Silagem de Milho Práticas Agronômicas que Interferem na Produção de Silagem de Milho Engº Agrº Robson F. de Paula Coordenador Técnico Regional Robson.depaula@pioneer.com Silagem de qualidade começa no campo! E no momento

Leia mais

Resultados de Experimentação e Campos Demonstrativos de Trigo 2012

Resultados de Experimentação e Campos Demonstrativos de Trigo 2012 09 Resultados de Experimentação e Campos Demonstrativos de Trigo 01 Introdução A falta de uma política de incentivo à triticultura nacional, a altura da importância que o produto tem para o Brasil e que

Leia mais

As matérias-primas do biodiesel em 2020. Manoel Teixeira Souza Júnior, Ph.D. Chefe Geral da Embrapa Agroenergia

As matérias-primas do biodiesel em 2020. Manoel Teixeira Souza Júnior, Ph.D. Chefe Geral da Embrapa Agroenergia As matérias-primas do biodiesel em 2020 Manoel Teixeira Souza Júnior, Ph.D. Chefe Geral da Embrapa Agroenergia As matérias-primas do biodiesel em 2020 Produção mundial de óleo das principais oleaginosas

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO. Avaliação do comportamento de CULTIVARES DE SOJA semeadas em 2 épocas na região Parecis de Mato Grosso.

RELATÓRIO TÉCNICO. Avaliação do comportamento de CULTIVARES DE SOJA semeadas em 2 épocas na região Parecis de Mato Grosso. RELATÓRIO TÉCNICO Avaliação do comportamento de CULTIVARES DE SOJA semeadas em 2 épocas na região Parecis de Mato Grosso. Executora: P.A. Av. Nilo Torres, n 913 W, Parque Leblon, Tangará da Serra-MT CEP:

Leia mais

Política Nacional de Plantas Medicinais e Medicamentos Fitoterápicos Dr. Euclides Lara Cardozo Junior 3 ENIFarMed São Paulo, Setembro de 2009 Abrangência Contemplar diferentes interesses Prever ações em

Leia mais

ISSN 1679-043X Janeiro, 2009

ISSN 1679-043X Janeiro, 2009 ISSN 1679-043X Janeiro, 2009 ISSN 1679-043X Janeiro, 2009 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Agropecuária Oeste Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 98 Cultivares de Soja

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO. Avaliação do comportamento de HÍBRIDOS DE MILHO semeados em 3 épocas na região Parecis de Mato Grosso.

RELATÓRIO TÉCNICO. Avaliação do comportamento de HÍBRIDOS DE MILHO semeados em 3 épocas na região Parecis de Mato Grosso. RELATÓRIO TÉCNICO Avaliação do comportamento de HÍBRIDOS DE MILHO semeados em 3 épocas na região Parecis de Mato Grosso. Executora: P.A. Av. Nilo Torres, n 913 W, Parque Leblon, Tangará da Serra-MT CEP:

Leia mais

Localização. O Centro Nacional de Pesquisa de Trigo está localizado em Passo Fundo, estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

Localização. O Centro Nacional de Pesquisa de Trigo está localizado em Passo Fundo, estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Localização Peru Chile Bolívia Paraguai Uruguai Argentina Passo Fundo, RS O Centro Nacional de Pesquisa de Trigo está localizado em Passo Fundo, estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Embrapa Trigo Rodovia

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FISIOLOGICA DAS SEMENTES NA PRODUTIVIDADE DA CULTURA DA SOJA. Material e Métodos. Sementes (Brasil, 2009.

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FISIOLOGICA DAS SEMENTES NA PRODUTIVIDADE DA CULTURA DA SOJA. Material e Métodos. Sementes (Brasil, 2009. 1 02 AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FISIOLOGICA DAS SEMENTES NA PRODUTIVIDADE DA CULTURA Objetivo Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do vigor de sementes de soja na produtividade BOLETIM Material

Leia mais

SEMENTES Cenário Atual e Desafios para o Futuro. Eng. Agr. Ivan Paghi Diretor Técnico Abrange

SEMENTES Cenário Atual e Desafios para o Futuro. Eng. Agr. Ivan Paghi Diretor Técnico Abrange SEMENTES Cenário Atual e Desafios para o Futuro Eng. Agr. Ivan Paghi Diretor Técnico Abrange Eng. Agr. Ivan Paghi Diretor Técnico AGREGANDO VALOR À SOJA E MILHO CIA S ASSOCIADAS Produtores Rurais - NGMO

Leia mais

A PESQUISA EM MELHORAMENTO DE SOJA PARA O OESTE DA BAHIA

A PESQUISA EM MELHORAMENTO DE SOJA PARA O OESTE DA BAHIA A PESQUISA EM MELHORAMENTO DE SOJA PARA O OESTE DA BAHIA Histórico do Programa 1975 a 1996 100% convencional 1996 a 2005 convencional e RR1 2005 a 2008 RR1, convencional e cultivance 2008 a 2014 RR1, Intacta,

Leia mais

Ensaios de variedades de cevada dística para malte na região do Vale do Tejo

Ensaios de variedades de cevada dística para malte na região do Vale do Tejo Ensaios de variedades de cevada dística para malte na região do Vale do Tejo Congresso UIIPS 8-98 9 Fevereiro 2012 Escola Superior Agrária ria de Santarém Artur José Guerra Amaral Índice Introdução Objectivos

Leia mais

ANÁLISE CONJUNTA DO ENSAIO REGIONAL E BRASILEIRO DE LINHAGENS DE AVEIA BRANCA CONDUZIDO NO ANO DE 2012

ANÁLISE CONJUNTA DO ENSAIO REGIONAL E BRASILEIRO DE LINHAGENS DE AVEIA BRANCA CONDUZIDO NO ANO DE 2012 ANÁLISE CONJUNTA DO ENSAIO REGIONAL E BRASILEIRO DE LINHAGENS DE AVEIA BRANCA CONDUZIDO NO ANO DE 2012 Marcelo T. Pacheco 1 ; Luiz C. Federizzi 1 ; Nadia C. Lângaro 2 ; Antonio C. de Oliveira 3 ; José

Leia mais

Portaria 131/ /07/2014

Portaria 131/ /07/2014 /7/14 Sistem Integrdo de Legislção Ministério d Agricultur, Pecuári e Abstecimento BINAGRI - SISLEGIS Portri 1/14 24/07/14 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA

Leia mais

GESTÃO DA PROPRIEDADE COMO EMPRESA RURAL E VIABILIDADE REAL DAS ATIVIDADES AGRÍCOLAS CASO PROPRIEDADE MONTE BELO (PEROBAL - PR)

GESTÃO DA PROPRIEDADE COMO EMPRESA RURAL E VIABILIDADE REAL DAS ATIVIDADES AGRÍCOLAS CASO PROPRIEDADE MONTE BELO (PEROBAL - PR) ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 GESTÃO DA PROPRIEDADE COMO EMPRESA RURAL E VIABILIDADE REAL DAS ATIVIDADES AGRÍCOLAS CASO PROPRIEDADE

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - CURSO DE AGRONOMIA (DIURNO)

MATRIZ CURRICULAR - CURSO DE AGRONOMIA (DIURNO) MATRIZ CURRICULAR - CURSO DE AGRONOMIA (DIURNO) Ingressantes a partir de 2015 1º SEMESTRE HORAS 2º SEMESTRE HORAS Introdução à Engenharia Agronômica 60 Metodologia Científica 60 Álgebra Linear 60 Desenho

Leia mais

Milho + investimento mínimo, máximo retorno. Aildson Pereira Duarte e Isabella Clerici de Maria

Milho + investimento mínimo, máximo retorno. Aildson Pereira Duarte e Isabella Clerici de Maria Milho + brachiaria: investimento mínimo, máximo retorno Aildson Pereira Duarte e Isabella Clerici de Maria Pesquisadores do Instituto Agronômico (IAC), de Campinas, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Leia mais

Resultados de Pesquisa dos Ensaios de Melhoramento de Soja Safra 2008/09

Resultados de Pesquisa dos Ensaios de Melhoramento de Soja Safra 2008/09 Resultados de Pesquisa dos Ensaios de Melhoramento de Soja Safra 2008/09 Alberto Francisco Boldt; Engenheiro agrônomo, pesquisador do Instituto Mato-Grossense do Algodão IMAmt; Caixa Postal: 149, CEP 78.850-000;

Leia mais

Manejos da Cobertura do Solo e da Adubação Nitrogenada na Cultura do Milho para Silagem em Sistema de Integração Lavoura Pecuária

Manejos da Cobertura do Solo e da Adubação Nitrogenada na Cultura do Milho para Silagem em Sistema de Integração Lavoura Pecuária XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012 Manejos da Cobertura do Solo e da Adubação Nitrogenada na Cultura do Milho para Silagem em Sistema de Integração

Leia mais

PRODUTIVIDADE DO CONSÓRCIO MILHO-BRAQUIÁRIA EM INTEGRAÇÃO COM PECUÁRIA E FLORESTA DE EUCALIPTO

PRODUTIVIDADE DO CONSÓRCIO MILHO-BRAQUIÁRIA EM INTEGRAÇÃO COM PECUÁRIA E FLORESTA DE EUCALIPTO PRODUTIVIDADE DO CONSÓRCIO MILHO-BRAQUIÁRIA EM INTEGRAÇÃO COM PECUÁRIA E FLORESTA DE EUCALIPTO Valdecir Batista Alves (1), Gessí Ceccon (2), Júlio Cesar Salton (3), Antonio Luiz Neto Neto (4), Leonardo

Leia mais

05 AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DOS PRINCIPAIS

05 AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DOS PRINCIPAIS 05 AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DOS PRINCIPAIS FUNGICIDAS PARA O CONTROLE DE DOENÇAS NA CULTURA DA SOJA EM DUAS EPOCAS DE SEMEADURA OBJETIVO Este trabalho tem como objetivo avaliar a eficiência dos principais

Leia mais

Circular. Técnica COMPETIÇÃO DE GENÓTIPOS DE AVEIA BRANCA E AVEIA PRETA EM ARAXÁ, MG.

Circular. Técnica COMPETIÇÃO DE GENÓTIPOS DE AVEIA BRANCA E AVEIA PRETA EM ARAXÁ, MG. 12 Circular Técnica Arejacy Antônio Sobral Silva 1 Paulo de Tarso Veloso Menezes Brando 2 Nayara Aparecida da Silva 2 Emanuely Torres Melo 2 1 Professor do Uniaraxá arejacysilva@uniaraxa.edu.br 2 Graduando

Leia mais

Na mesma reunião foram realizadas as seguintes considerações que envolvem a Helicoverpa armigera:

Na mesma reunião foram realizadas as seguintes considerações que envolvem a Helicoverpa armigera: NOTA DE ESCLARECIMENTO - DTE/FAEP 19/11/13 A EMBRAPA e a ADAPAR com apoio do Sistema FAEP/SENAR estão realizando o Projeto de Monitoramento e identificação da Helicoverpa armigera Paraná safra 2013/2014.

Leia mais

AS NORMAS DE BIOSSEGURANÇA E A FISCALIZAÇÃO DE OGM NO ÂMBITO DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA

AS NORMAS DE BIOSSEGURANÇA E A FISCALIZAÇÃO DE OGM NO ÂMBITO DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA AS NORMAS DE BIOSSEGURANÇA E A FISCALIZAÇÃO DE OGM NO ÂMBITO DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA ADAILTON TOMÁZ DA SILVA, Eng. Agr. M.Sc FISCAL FEDERAL AGROPECUÁRIO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA DFA/MG MEMBRO DA

Leia mais

IV Congresso Brasileiro de Mamona e I Simpósio Internacional de Oleaginosas Energéticas, João Pessoa, PB 2010 Página 1578

IV Congresso Brasileiro de Mamona e I Simpósio Internacional de Oleaginosas Energéticas, João Pessoa, PB 2010 Página 1578 Página 1578 AVALIAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE GENÓTIPOS DE MAMONA PARA BAIXAS ALTITUDES NO MARANHÃO Hamilton Jesus Santos Almeida 1 ; Carlos Marcelo da Silva Vasconcelos 2 ; Alan Jorge Rodrigues Marinho 3

Leia mais

ENSAIO COMPARATIVO DE CULTIVARES DE SOJA EM ÁREA DE SEQUEIRO, GUAÍRA-SP. SAFRA 2015/16

ENSAIO COMPARATIVO DE CULTIVARES DE SOJA EM ÁREA DE SEQUEIRO, GUAÍRA-SP. SAFRA 2015/16 ENSAIO COMPARATIVO DE CULTIVARES DE SOJA EM ÁREA DE SEQUEIRO, GUAÍRA-SP. SAFRA 2015/16 COMPARATIVE STUDY AMONG DIFFERENT SOYBEAN CULTIVARS AT CONVENTIONAL TIME IN GUAÍRA, SP. 2015/16 CROP Ivana Marino

Leia mais

Avaliação de variedades sintéticas de milho em três ambientes do Rio Grande do Sul. Introdução

Avaliação de variedades sintéticas de milho em três ambientes do Rio Grande do Sul. Introdução Avaliação de variedades sintéticas de milho em três ambientes do Rio Grande do Sul Machado, J.R. de A. 1 ; Guimarães, L.J.M. 2 ; Guimarães, P.E.O. 2 ; Emygdio, B.M. 3 Introdução As variedades sintéticas

Leia mais

PANORAMA DA CAFEICULTURA ARÁBICA NO PARANÁ. Armando Androcioli Filho Iapar Londrina, Pr.

PANORAMA DA CAFEICULTURA ARÁBICA NO PARANÁ. Armando Androcioli Filho Iapar Londrina, Pr. PANORAMA DA CAFEICULTURA ARÁBICA NO PARANÁ Armando Androcioli Filho Iapar Londrina, Pr. VIII Curso de Atualização Manejo Tecnológico da Lavoura Cafeeira Varginha, MG 13 a 15 de julho de 2010 ZONEAMENTO

Leia mais

PLANTIO DIRETO NA REGIÃO CENTRO SUL DO PARANÁ: SITUAÇÃO ATUAL, PROBLEMAS E PERSPECTIVAS

PLANTIO DIRETO NA REGIÃO CENTRO SUL DO PARANÁ: SITUAÇÃO ATUAL, PROBLEMAS E PERSPECTIVAS PLANTIO DIRETO NA REGIÃO CENTRO SUL DO PARANÁ: SITUAÇÃO ATUAL, PROBLEMAS E PERSPECTIVAS Lutécia Beatriz Canalli Eng. Agr., MSc Solos, Dra em Agronomia - Produção Vegetal Sistemas de produção sustentáveis

Leia mais