INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO"

Transcrição

1 DA-C13-523/N EV 2007 INSTALAÇÕES AT E T. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Armários de reagrupamento de cabos Características Elaboração: GTRPT Homologação: conforme despacho do CA de Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição Energia, S.A. DNT Direcção de Normalização e Tecnologia Av. Urbano Duarte, Coimbra Tel.: ax: Divulgação: EDP Distribuição Energia, S.A. GBCI Gabinete de Comunicação e Imagem Rua Camilo Castelo Branco, Lisboa Tel.: ax:

2 DA-C13-523/N EV 2007 ÍNDICE 1 OBJECTO DOCUENTOS NORATIVOS ARÁRIOS DE REAGRUPAENTO DE CABOS Electrificação dos armários de reagrupamento de cabos CARACTERÍSTICAS DE ABRICO E EDIDAS DE PROTECÇÃO DOS ARC A INSTALAR NO PEA Dimensões dos ARC ICHAS Localização e funções Codificação... 9 DNT - Direcção de Normalização e Tecnologia Pág. 2/9

3 DA-C13-523/N EV OBJECTO Este documento tem por finalidade definir as características e disposições de fabrico dos Armários de Reagrupamento de Cabos (ARC) a instalar no Parque Exterior de Aparelhagem (PEA) das subestações. 2 DOCUENTOS NORATIVOS Os documentos normativos EDP e as normas IEC a que se faz referência neste documento são os seguintes: DRE-C13-510/N - INSTALAÇÕES AT E T. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO. Tecnologias de electrificação Regras de execução. D00-C13-500/N - INSTALAÇÕES AT E T. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO. Referenciação Generalidades. 3 ARÁRIOS DE REAGRUPAENTO DE CABOS Os armários de reagrupamentos de cabos estarão associados aos seguintes equipamentos: Transformadores de Corrente (A1 TC); Transformador (es) de Tensão (A2 TT, A2 TT BI e A2 TT BII); Transformador de Potência (A3 TP); Tomada de BT (A4 BT); Transformador de serviços auxiliares (A5 TSA). A distribuição dos armários de reagrupamento de cabos por painel deve obedecer ao estipulado no quadro seguinte: Painel Linha/Transformador de Potência AT/T Tipo de armários de reagrupamento de cabos A1 TC A2 TT A2 TT BI A2 TT BII A3 TP A4 BT A5 TSA Linha AT Transformador de Potência AT/T Potencial de Barras AT Seccionamento de Barras AT O armário A4 BT destinado às tomadas monofásicas e trifásicas de baixa tensão deve ser instalado na estrutura suporte do barramento exterior de T do transformador de potência I, de acordo com o plano referente à planta geral da subestação. O armário A5 TSA deve ser colocado o mais próximo possível do transformador de serviços auxiliares de forma a minimizar a secção de cabo não protegida. 3.1 Electrificação dos armários de reagrupamento de cabos Os armários de reagrupamento de cabos devem ser electrificados de acordo com os esquemas de princípio tipo desenvolvidos e com o disposto nos documentos DRE-C13-510/N e D00-C13-500/N, respectivamente Réguas de Bornes, Condutores de BT e Tecnologia de Electrificação e Referenciação. DNT - Direcção de Normalização e Tecnologia Pág. 3/9

4 DA-C13-523/N EV 2007 Todos os armários de reagrupamento de cabos devem ser electrificados com o equipamento constante da seguinte tabela: Equipamento Disjuntor monopolar de protecção do secundário dos TT Disjuntores tripolares de protecção dos secundários dos TT Tipo de armários de reagrupamento de cabos A1 TC A2 TT A2 TT BI A2 TT BII A3 TP A4 BT A5 TSA * * * Resistência anti-ressonante * * Resistência de aquecimento * * * * * * * Termóstato * * * * * * * Lâmpada fluorescente * * * * * * * icro interruptor de porta * * * * * * * Tomada trifásica e monofásica * Tomadas e fichas extraíveis * Bornes * * * * * Bornes de 35 mm 2 * * Interruptor com corte visível Descarregadores de sobretensão BT, com sinalização Tripolar 125 A Tripolar 160 A De fase e neutro Terminal de terra * * * * * * * A alimentação dos circuitos de aquecimento e iluminação dos armários de reagrupamento e comandos de aparelhagem é assegurada através de um circuito em anel por painel. A distribuição pelos diversos painéis é feita com base no A4BT que recebe alimentação directamente do A901 SACA. A ligação entre os A3 TP e os armários de comando do transformador de potência AT/T deve ser efectuada por intermédio de 6 fichas extraíveis normalizadas de forma a garantir uma ligação rápida, sendo cada uma das fichas destinadas aos seguintes circuitos: icha 1 Alimentação dos ventiladores; icha 2 Sinalizações do transformador de potência; icha 3 Alimentação, Comando e Sinalizações do comutador em carga; icha 4 Indicação BCD da posição do comutador em carga; icha 5 Indicação BCD da posição do comutador em carga 1) ; icha 6 Coroa de contactos do comutador em carga. 1) icha opcional. DNT - Direcção de Normalização e Tecnologia Pág. 4/9

5 DA-C13-523/N EV CARACTERÍSTICAS DE ABRICO E EDIDAS DE PROTECÇÃO DOS ARC A INSTALAR NO PEA Estes armários devem obedecer às seguintes características: Dimensionados de modo a permitirem um bom acesso ao equipamento neles instalado e a fácil realização das ligações; Previstos para montagem no exterior; Grau de protecção mínimo IP 55; Armário em poliéster prensado; Porta com dobradiças e fechadura com manípulo não amovível e sem chave; Entradas e saídas de cabos pela parte inferior do armário, executadas por intermédio de bucins de diâmetro apropriado aos respectivos cabos; Barra de cobre para ligação à terra das bainhas metálicas dos cabos; Terminal de terra que assegure a ligação das peça metálicas à rede de terras. 4.1 Dimensões dos ARC As caixas devem ter dimensões não inferiores às indicadas no quadro seguinte: A1 TC A2 TT A2 TT BI e BII A3 TP A4 BT A5 TSA 500x500x x500x x500x x750x x500x x750x300 5 ICHAS 5.1 Localização e funções ICHAS DE ALIENTAÇÃO DOS VENTILADORES Armário icha Borne unção A3 TP 1 1 Alimentação dos Ventiladores ase R A3 TP 1 2 Alimentação dos Ventiladores ase S A3 TP 1 3 Alimentação dos Ventiladores ase T A3 TP 1 4 Alimentação dos Ventiladores N A3 TP 1 5 Aquecimento / Iluminação ase A3 TP 1 6 Aquecimento / Iluminação N A3 TP 1 7 Polaridade Vcc A3 TP 1 8 Ventiladores em archa A3 TP 1 9 Disparo Disjuntor BT dos Ventiladores A3 TP 1 10 Reserva DNT - Direcção de Normalização e Tecnologia Pág. 5/9

6 DA-C13-523/N EV 2007 ICHAS DE SINALIZAÇÕES DO TRANORADOR DE POTÊNCIA Armário icha Borne unção A3 TP 2 1 Polaridade Vcc A3 TP 2 2 Polaridade Vcc A3 TP 2 3 Disparo Buchholz A3 TP 2 4 Alarme Buchholz A3 TP 2 5 Disparo Temperatura do óleo A3 TP 2 6 Alarme Temperatura do óleo A3 TP 2 7 Disparo Imagem Térmica A3 TP 2 8 Alarme Imagem Térmica A3 TP 2 9 Disparo de Válvula de Sobrepressão A3 TP 2 10 Disparo Buchholz da Câmara de Comutação A3 TP 2 11 Nível máx. do óleo do TP A3 TP 2 12 Nível máx. do óleo no conservador do TP A3 TP 2 13 Nível baixo do óleo do TP A3 TP 2 14 Nível baixo do óleo no conservador do TP A3 TP 2 15 Reserva A3 TP 2 16 Reserva ICHAS DE COANDO E SINALIZAÇÕES DO COUTADOR E CARGA Armário icha Borne unção A3 TP 3 1 Alimentação do Regulador Polaridade Vcc A3 TP 3 2 Alimentação do Regulador Polaridade Vcc A3 TP 3 3 Alimentação do Regulador ase R A3 TP 3 4 Alimentação do Regulador ase S A3 TP 3 5 Alimentação do Regulador ase T A3 TP 3 6 Alimentação do Regulador N A3 TP 3 7 Aquecimento / Iluminação A3 TP 3 8 Aquecimento / Iluminação A3 TP 3 9 alta Tensão Armário Regulador A3 TP 3 10 Reserva A3 TP 3 11 Comum às Ordens A3 TP 3 12 Comando Aumentar Tomada A3 TP 3 13 Comando Diminuir Tomada A3 TP 3 14 Regulador Bloqueado (Avaria) A3 TP 3 15 Regulador em uncionamento A3 TP 3 16 im de Curso do Regulador DNT - Direcção de Normalização e Tecnologia Pág. 6/9

7 DA-C13-523/N EV 2007 ICHAS DE INDICAÇÃO BCD DA POSIÇÃO DO COUTADOR E CARGA Armário icha Borne unção A3 TP 4 1 Tomadas BCD A3 TP 4 2 Tomadas BCD (20) A3 TP 4 3 Tomadas BCD (21) A3 TP 4 4 Tomadas BCD (22) A3 TP 4 5 Tomadas BCD (23) A3 TP 4 6 Tomadas BCD (20) (2º dígito) A3 TP 4 7 Tomadas BCD (21) (2º dígito) A3 TP 4 8 Reserva A3 TP 4 9 Reserva A3 TP 4 10 Reserva ICHAS DE INDICAÇÃO BCD DA POSIÇÃO DO COUTADOR E CARGA 2) Armário icha Borne unção A3 TP 5 1 Tomadas BCD A3 TP 5 2 Tomadas BCD (20) A3 TP 5 3 Tomadas BCD (21) A3 TP 5 4 Tomadas BCD (22) A3 TP 5 5 Tomadas BCD (23) A3 TP 5 6 Tomadas BCD (20) (2º dígito) A3 TP 5 7 Tomadas BCD (21) (2º dígito) A3 TP 5 8 Reserva A3 TP 5 9 Reserva A3 TP 5 10 Reserva 2) icha opcional. DNT - Direcção de Normalização e Tecnologia Pág. 7/9

8 DA-C13-523/N EV 2007 ICHAS DE COROA DE CONTACTOS DO COUTADOR E CARGA Armário icha Borne unção A3 TP 6 1 Polaridade + 110Vcc A3 TP 6 2 Posição 1 A3 TP 6 3 Posição 2 A3 TP 6 4 Posição 3 A3 TP 6 5 Posição 4 A3 TP 6 6 Posição 5 A3 TP 6 7 Posição 6 A3 TP 6 8 Posição 7 A3 TP 6 9 Posição 8 A3 TP 6 10 Posição 9 A3 TP 6 11 Posição 10 A3 TP 6 12 Posição 11 A3 TP 6 13 Posição 12 A3 TP 6 14 Posição 13 A3 TP 6 15 Posição 14 A3 TP 6 16 Posição 15 A3 TP 6 17 Posição 16 A3 TP 6 18 Posição 17 A3 TP 6 19 Posição 18 A3 TP 6 20 Posição 19 A3 TP 6 21 Posição 20 A3 TP 6 22 Posição 21 A3 TP 6 23 Posição 22 A3 TP 6 24 Posição 23 DNT - Direcção de Normalização e Tecnologia Pág. 8/9

9 DA-C13-523/N EV Codificação DNT - Direcção de Normalização e Tecnologia Pág. 9/9

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Sistemas de iluminação, tomadas interiores, extracção de fumos, ar condicionado, centrais de intrusão e incêndio Regras de execução Elaboração: GTRPT Homologação:

Leia mais

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Armários de comando e controlo Características Elaboração: GTRPT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição

Leia mais

TRANSFORMADORES DE MEDIDA

TRANSFORMADORES DE MEDIDA TRANSFORMADORES DE MEDIDA Transformadores de tensão MT e de 60 kv Características e ensaios Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 2ª. Substitui a edição de Outubro

Leia mais

OUTRAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

OUTRAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS OUTRAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Documento complementar ao Guia de medição, leitura e disponibilização de dados Regras relativas à instalação, manutenção e verificação de equipamentos de medição, cabos e outros

Leia mais

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Estruturas metálicas Características Elaboração: GTRPT Homologado: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição Energia, S.A.

Leia mais

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Função de automatismo: regulação de tensão Especificação funcional Elaboração: INTS, ICTS, ISTS, DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13

Leia mais

A CERTIEL EM 2012. Redes particulares de distribuição de energia elétrica e iluminação exterior. Urgeiriça, 13 de Abril. Jornadas CERTIEL 2012 P 1

A CERTIEL EM 2012. Redes particulares de distribuição de energia elétrica e iluminação exterior. Urgeiriça, 13 de Abril. Jornadas CERTIEL 2012 P 1 A CERTIEL EM 2012 Redes particulares de distribuição de energia elétrica e iluminação exterior Urgeiriça, 13 de Abril CERTIEL 2012 P 1 CERTIEL 2012 P 3 Condomínios fechados Uniformização de critérios Melhores

Leia mais

Transformadores secos encapsulados. Trihal

Transformadores secos encapsulados. Trihal Transformadores secos encapsulados tipo é um transformador trifásico do tipo seco com bobinagens encapsuladas e moldadas no vazio numa resina époxy contendo uma carga activa. É esta carga activa, composta

Leia mais

Relé Auxiliar RCA 116

Relé Auxiliar RCA 116 Relé Auxiliar RCA 116 Aplicação, Estrutura e Funcionamento. Aplicação O Relé Auxiliar RCA 116 é especialmente apropriado para uso em instalações de comando manual, controles automáticos e supervisão. O

Leia mais

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry.

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry. SIRIUS SENTRON SIVACON Catálogo LV 90 2009 Baixa Tensão Corte, protecção e comando Answers for industry. Interruptores de corte em carga, sistemas de barramentos SENTRON 8US Introdução Apresentação geral

Leia mais

Esquemas. & diagramas. caderno 3

Esquemas. & diagramas. caderno 3 Esquemas & diagramas caderno 3 Regimes de neutro Norma IEC 60364 A norma IEC 60364 é a norma padrão internacional definida pelo International Electrotechnical Commission relativamente a instalações eléctricas

Leia mais

Interruptores Seccionadores SDW Correntes Nominais de 40 a 70 A Versões bipolar, tripolar e tetrapolar

Interruptores Seccionadores SDW Correntes Nominais de 40 a 70 A Versões bipolar, tripolar e tetrapolar Minidisjuntores MBW Correntes nominais de 2 a 70 A Curvas de disparo B e C Versões monopolar, bipolar, tripolar e tetrapolar Interruptores Diferenciais Residuais DRs RBW Sensibilidade de ou 0mA Correntes

Leia mais

INSTALAÇÕES AT E MT. Postos de transformação pré-fabricados (prontos a instalar) DMA-C13-912/N NOV 2011. Características e ensaios

INSTALAÇÕES AT E MT. Postos de transformação pré-fabricados (prontos a instalar) DMA-C13-912/N NOV 2011. Características e ensaios INSTALAÇÕES AT E MT Postos de transformação pré-fabricados (prontos a instalar) Características e ensaios Elaboração: DTI Homologação: conforme despacho do CA de 2011-11-02 Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição

Leia mais

CONDUTORES ISOLADOS E SEUS ACESSÓRIOS PARA REDES

CONDUTORES ISOLADOS E SEUS ACESSÓRIOS PARA REDES CONDUTORES ISOLADOS E SEUS ACESSÓRIOS PARA REDES Cabos ignífugos de baixa tensão Características e ensaios Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-01-11 Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição

Leia mais

GESTRA. GESTRA Steam Systems. NRR 2-2e. Manual de Instruções 818464-00 Regulador de nível NRR 2-2e

GESTRA. GESTRA Steam Systems. NRR 2-2e. Manual de Instruções 818464-00 Regulador de nível NRR 2-2e GESTRA GESTRA Steam Systems Manual de Instruções 818464-00 Regulador de nível Dimensões Fig. 2 Fig. 1 Tampa transparente Rede (ver placa de características) Equipado com R m Regulador de esvaziamento Prefer

Leia mais

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada ventilação Tempérys caixa de insuflação com revestimento duplo e bateria de aquecimento eléctrico Pack Tempérys caixa de insuflação + caixa de extracção com revestimento duplo, sistema de comando e de

Leia mais

Sunny String Monitor - Cabinet

Sunny String Monitor - Cabinet Sunny String Monitor - Cabinet Dados Técnicos O Sunny String Monitor-Cabinet, ou SSM-C na sua forma abreviada, da SMA monitoriza, de forma pormenorizada, o seu gerador fotovoltaico, de acordo com os padrões

Leia mais

CABINES METÁLICAS PRÉ-FABRICADAS DESTINADAS À MEDIÇÃO,PROTEÇÃO E TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA

CABINES METÁLICAS PRÉ-FABRICADAS DESTINADAS À MEDIÇÃO,PROTEÇÃO E TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA CABINES METÁLICAS PRÉ-FABRICADAS DESTINADAS À MEDIÇÃO,PROTEÇÃO E TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA ROMAGNOLE Produtos Elétricos S.A. 1 2 ROMAGNOLE Produtos Elétricos S.A. A energia é o núcleo dos acontecimentos,

Leia mais

T-530. Características. Características técnicas TELE ALARME MICROPROCESSADO. Aplicação

T-530. Características. Características técnicas TELE ALARME MICROPROCESSADO. Aplicação 12 T-530 TELE ALARME MICROPROCESSADO Aplicação Equipamento desenvolvido a fim de realizar automaticamente discagens telefônicas para aviso de alarme. Podendo ser implementado praticamente à todos os sistema

Leia mais

Soluções DataCenter Servidores

Soluções DataCenter Servidores Apresentação A gama de armários para DataCenter Olirack foi concebida para a instalação de equipamentos de telecomunicações e informáticos. Os espaços DataCenter são projectados para serem extremamente

Leia mais

NOVIDADES 2013 ZEMBE E+S

NOVIDADES 2013 ZEMBE E+S fo.z em be.in NOVIDADES 2013 NOVIDADES 2013 CAIXA PORTINHOLA P100 S/ EQUIPAMENTO +32450 CX PORTINHOLA P100 VZ N/Q INT 250x375x200 Portinhola P100 vazia e não qualificada. CAIXA PORTINHOLA 2xP100 +32522

Leia mais

PROJETO DE UMA INSTALAÇÃO DE UTILIZAÇÃO

PROJETO DE UMA INSTALAÇÃO DE UTILIZAÇÃO PROJETO DE UMA INSTALAÇÃO DE UTILIZAÇÃO (RESUMO) Instalações tipo C são instalações abastecidas a partir da rede pública de baixa tensão. Estas instalações são certificadas pela Certiel Associação Certificadora

Leia mais

CRITERIOS DE PROJETOS PARA SUBESTAÇÕES

CRITERIOS DE PROJETOS PARA SUBESTAÇÕES CRITERIOS DE PROJETOS PARA SUBESTAÇÕES 1 Objeto Estes critérios se destinam a orientar terceiros que venham elaborar projetos elétricos de subestações de 36, 69 e 138 kv para a CELESC Distribuição S.A.

Leia mais

VIESMANN VITOSOLIC. Dados técnicos VITOSOLIC 100 VITOSOLIC 200. Controlador para sistemas de energia solar

VIESMANN VITOSOLIC. Dados técnicos VITOSOLIC 100 VITOSOLIC 200. Controlador para sistemas de energia solar VIESMANN VITOSOLIC Controlador para sistemas de energia solar Nº de referência e preços: ver lista de preços VITOSOLIC 100 Controlador electrónico por diferença de temperatura Para sistemas com produção

Leia mais

PARA LOCAIS PROFISSIONAIS Novos quadros XL³ 125

PARA LOCAIS PROFISSIONAIS Novos quadros XL³ 125 PARA LOCAIS PROFISSIONAIS Novos quadros XL³ 15 1 3 XL³ 15 ATÉ 15 A DE 1 A 4 FILAS DE 18 MÓDULOS Calha extraível sem ferramenta: cablagem facilitada CABLAGEM FACILITADA EXTRAINDO AS CALHAS As novas funcionalidades

Leia mais

Obs.: O processo irá se repetir enquanto durar o disparo do alarme.

Obs.: O processo irá se repetir enquanto durar o disparo do alarme. pág. 9 DISCADOR T-430 Aplicação: Equipamento desenvolvido a fim de realizar automaticamente discagens telefônicas para aviso de alarme. Podendo ser implementado praticamente à todos os sistema de alarme.

Leia mais

CLASSES DE ISOLAMENTO EM QUADROS ELÉTRICOS

CLASSES DE ISOLAMENTO EM QUADROS ELÉTRICOS COMISSÃO TÉCNICA DE NORMALIZAÇÃO ELETROTÉCNICA - CTE 64 Instalações Elétricas em Edifícios CLASSES DE ISOLAMENTO EM QUADROS ELÉTRICOS Respostas a perguntas frequentes Dezembro 2012 Índice de perguntas

Leia mais

Acti 9. A eficiência que você merece

Acti 9. A eficiência que você merece Acti 9 A eficiência que você merece Acti 9, a eficiência que você merece Apresentação Acti 9, Eficiente Acti 9, Seguro Acti 9, Simples & inteligente Conclusão 2 40 Anos de experiência e atenção aos nossos

Leia mais

Soluções DataCenter Secções

Soluções DataCenter Secções Apresentação A gama de armários para DataCenter Olirack foi concebida para a instalação de equipamentos de telecomunicações e informáticos. Os espaços DataCenter são projectados para serem extremamente

Leia mais

Protecção contra sobretensões. Descarregadores de sobretensões

Protecção contra sobretensões. Descarregadores de sobretensões Protecção contra Descarregadores Protecção contra As podem muitas vezes causar danos irreparáveis nas instalações eléctricas, bem como, nos equipamentos eléctricos e electrónicos. Os descarregadores são

Leia mais

FICHA TÉCNICA RAIN WATER CONTROL RWC 303

FICHA TÉCNICA RAIN WATER CONTROL RWC 303 FICHA TÉCNICA RAIN WATER CONTROL RWC 303 Quadro eléctrico desenvolvido e produzido pela empresa L.N. Águas, Lda., propriedade da mesma, não sendo permitida a sua utilização e reprodução sem autorização

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS Ensino Secundário ANO LECTIVO 0/0 Disciplina: Praticas Oficinais 0.º Ano Turma C Total de Aulas Previstas (45 min) 00 º Período SET / 7 DEZ 78 º Período 0 JAN / 4 MAR 58 º Período 04 ABR / 4 JUN 4. Unidade

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR 20150831

TERMO DE REFERÊNCIA TR 20150831 TERMO DE REFERÊNCIA TR 20150831 1. DA JUSTIFICATIVA: Dispensa de licitação, via cotação eletrônica, nos termos do decreto estadual Nº 28.397, de 21 de setembro de 2006 para atender SC 014306 UN BBA 2.

Leia mais

ENGENHARIA E PROJETOS ELÉTRICOS LTDA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO

ENGENHARIA E PROJETOS ELÉTRICOS LTDA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO OBRA: SUBESTAÇÃO 500KVA PROPRIETÁRIO: TRT TRIBUNAL REGIONALDO TRABALHO 12ºREGIÃO RESPONSÁVEL TÉCNICO: ENG. EMERSON CESAR PADOIN PADOIN ENGENHARIA E PROJETOS LTDA MEMORIAL

Leia mais

INTRODUÇÃO AOS PRODUTOS KEWTECH

INTRODUÇÃO AOS PRODUTOS KEWTECH INTRODUÇÃO AOS PRODUTOS KEWTECH COMPROVADOR SIMPLIFICADO DE TERRAS EM FORMATO DE PEN KEW 4300 INTRODUÇÃO AOS PRODUTOS KEW O KEW 4300 é um comprovador de resistência da terra, que pode ser usado quando

Leia mais

Mini-Disjuntores. GE Industrial Solutions. GE imagination at work. Aplicações comerciais e industriais Norma IEC (0,5-125A) GE Consumer & Industrial

Mini-Disjuntores. GE Industrial Solutions. GE imagination at work. Aplicações comerciais e industriais Norma IEC (0,5-125A) GE Consumer & Industrial GE Consumer & Industrial GE Industrial Solutions Produzidos no Brasil Séries G5 e G0 MiniDisjuntores Aplicações comerciais e industriais Norma IEC (0,5 A) GE imagination at work 2 1 Parte externa, termoplástica

Leia mais

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva Com a linha Geafol, obteve-se um transformador com excelentes características elétricas, mecânicas e térmicas que, adicionalmente, ainda é ecológico. São produzidos sob certificação DQS, ISO 9001 e ISO

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2 INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2 MANUAL ITED 1ª EDIÇÃO Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 10 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS APLICADOS...3

Leia mais

ISEL. Subestação de Alto Mira. Relatório de Visita de Estudo. 27 Maio 2005. Secção de Sistemas de Energia

ISEL. Subestação de Alto Mira. Relatório de Visita de Estudo. 27 Maio 2005. Secção de Sistemas de Energia ISEL INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA E AUTOMAÇÃO Relatório de Visita de Estudo 27 Maio 2005 Secção de Sistemas de Energia Junho 2005 Índice 1. Enquadramento

Leia mais

Sistema de monitorização. Termómetro de Resistência Pt100. CPKN, CPKNO, CPKN-CHs HPK, HPK-L MegaCPK RPH. Instruções de funcionamento adicionais

Sistema de monitorização. Termómetro de Resistência Pt100. CPKN, CPKNO, CPKN-CHs HPK, HPK-L MegaCPK RPH. Instruções de funcionamento adicionais Sistema de monitorização Termómetro de Resistência Pt100 CPKN, CPKNO, CPKN-CHs HPK, HPK-L MegaCPK RPH Instruções de funcionamento adicionais Ficha técnica Instruções de funcionamento adicionais Termómetro

Leia mais

Contadores de energia

Contadores de energia módulo Permitem a medição de energia em redes monofásicas, fazendo a leitura directa até A. Existe uma versão com saída impulsional. A grande vantagem destes produtos é a sua reduzida dimensão, de apenas

Leia mais

Proteção Diferencial

Proteção Diferencial GE Consumer & Industrial GE Energy Management Industrial Solutions Proteção Diferencial DR - Interruptor Diferencial Residual DDR - Disjuntor com Proteção Diferencial DOC (Diff-o-Click) - Blocos Diferenciais

Leia mais

GE Energy Industrial Solutions. Série MT. Novos Analisadores de Rede. GE imagination at work

GE Energy Industrial Solutions. Série MT. Novos Analisadores de Rede. GE imagination at work GE Energy Industrial Solutions Série MT Novos Analisadores de Rede Compacto Inteligente Versátil GE imagination at work Analisadores de Rede Novos Analisadores de Rede Devido ao aumento do custo de produção

Leia mais

GEAFOL - Transformadores a seco de 75 a 25.000 kva. Transformadores encapsulados em resina. Power Transmission and Distribution

GEAFOL - Transformadores a seco de 75 a 25.000 kva. Transformadores encapsulados em resina. Power Transmission and Distribution GEAFOL - Transformadores a seco de 5 a 5.000 kva Transformadores encapsulados em resina Power Transmission and Distribution Aplicações e Características Transformadores a seco Geafol de 5 a 5.000 kva Confiabilidade

Leia mais

WattStation Carregador de Veículos Elétricos

WattStation Carregador de Veículos Elétricos GE Industrial Solutions WattStation Carregador de Veículos Elétricos GE imagination at work Design WattStation A segunda coisa mais interessante na sua garagem Por que não escolher um carregador com uma

Leia mais

Módulo de Alimentação de Controlo do Motor LQSE-4M-D Controlador de Motor CA 4 saídas. Unidade do. Painel de parede seetouch QSR.

Módulo de Alimentação de Controlo do Motor LQSE-4M-D Controlador de Motor CA 4 saídas. Unidade do. Painel de parede seetouch QSR. LUTRON Módulo de de Controlo do Motor Controlador de Motor CA 4 saídas Módulo de de Controlo do Motor O módulo de alimentação de controlo do motor consiste numa interface que disponibiliza a integração

Leia mais

FDS229-R, FDS229-A Luzes intermitentes do receptor acústico de alarmes

FDS229-R, FDS229-A Luzes intermitentes do receptor acústico de alarmes FDS229-R, FDS229-A Luzes intermitentes do receptor acústico de alarmes Para o bus do detector endereçável automático C-NET Cerberus PRO Luzes intermitentes do receptor acústico de alarmes com 11 tonalidades

Leia mais

Introdução: O que é uma Subestação? Definição NBR 5460 / 1992

Introdução: O que é uma Subestação? Definição NBR 5460 / 1992 Subestações Introdução: O que é uma Subestação? Definição NBR 5460 / 1992 Parte de um sistema de potência, concentrada em um dado local, compreendendo primordialmente as extremidades de linhas de transmissão

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Indicador Microprocessado - IT-IND-2S-LC INFORMAÇÕES DO PRODUTO. Versão: 1.xx / Rev. 03

MANUAL DE INSTRUÇÕES Indicador Microprocessado - IT-IND-2S-LC INFORMAÇÕES DO PRODUTO. Versão: 1.xx / Rev. 03 1 Introdução: Os indicadores possuem uma entrada analógica configurável por software, que permite a conexão de diverstos tipos de sensores de temperatura e outras grandezas elétricas sem a necessidade

Leia mais

PRS 9. Instruções de funcionamento 810549-00 Programador PRS 9

PRS 9. Instruções de funcionamento 810549-00 Programador PRS 9 PRS 9 Instruções de funcionamento 810549-00 Programador PRS 9 1 Dimensões/Componentes 128.5 169 30.01 (6TE) Fig. 1 A B C D E I H G J F MAX 70 C Fig. 2 MAX 95 % 2 Legenda A B C D E F G H I J Selector S1

Leia mais

Mini-Disjuntores. MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 - Casa Verde - São Paulo - SP - CEP:02512.02

Mini-Disjuntores. MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 - Casa Verde - São Paulo - SP - CEP:02512.02 GE Consumer & Industrial GE Energy Management Industrial Solutions MSA CONTROL () 397 comercial@msacontrol.com.br Produzidos no Brasil s GE30/G5/G0 MiniDisjuntores Norma IEC (0,5 A) MSA CONTROL Indústria

Leia mais

CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T

CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T Introdução Obrigado por ter escolhido nosso CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T. Para garantir o uso correto e eficiente do TRM-270T, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA A INSTALAÇÃO DE QUADROS ELÉCTRICOS

RECOMENDAÇÕES PARA A INSTALAÇÃO DE QUADROS ELÉCTRICOS Objectivo Esta nota técnica apresenta algumas recomendações para a instalação de quadros eléctricos desde a saída dos quadros eléctricos das instalações dos quadristas até á sua instalação em obra. Manuseamento

Leia mais

José Matias, Ludgero Leote, Automatismos industriais - Comando e regulação, Didáctica Editora

José Matias, Ludgero Leote, Automatismos industriais - Comando e regulação, Didáctica Editora AUTOMAÇÃO (M323) CAPÍTULO III Sistemas Eléctricos 2013/2014 Bibliografia José Matias, Ludgero Leote, Automatismos industriais - Comando e regulação, Didáctica Editora Dores Costa, Fé de Pinho, Comando

Leia mais

SEDE: ESTRADA MUNICIPAL 533 * BISCAIA - ALGERUZ * 2950-051 PALMELA - PORTUGAL TEL.: +351 21 233 27 55 / 6 / 7 / 8 FAX: +351 21 233 27 46 SITE:

SEDE: ESTRADA MUNICIPAL 533 * BISCAIA - ALGERUZ * 2950-051 PALMELA - PORTUGAL TEL.: +351 21 233 27 55 / 6 / 7 / 8 FAX: +351 21 233 27 46 SITE: SEDE: ESTRADA MUNICIPAL 533 * BISCAIA - ALGERUZ * 295-51 PALMELA - PORTUGAL TEL.: +351 21 233 27 55 / 6 / 7 / 8 FAX: +351 21 233 27 46 SITE: www.salemoemerca.pt - email: geral@salemoemerca.pt MATRICULADA

Leia mais

TRANSFORMADORES PARA MEDIÇÃO E PROTEÇÃO ELÉTRICA TP, TC E CONJUNTOS DE MEDIÇÃO. TRANSFORMADORES DE FORÇA A SECO DE BAIXA TENSÃO.

TRANSFORMADORES PARA MEDIÇÃO E PROTEÇÃO ELÉTRICA TP, TC E CONJUNTOS DE MEDIÇÃO. TRANSFORMADORES DE FORÇA A SECO DE BAIXA TENSÃO. TRNSFORMDORES PR MEDIÇÃO E PROTEÇÃO ELÉTRIC TP, TC E CONJUNTOS DE MEDIÇÃO. TRNSFORMDORES DE FORÇ SECO DE BIX TENSÃO. MIS LT TECNOLOGI EM TRNSFORMDORES Brasformer Produtos Elétricos Ltda. teve início em

Leia mais

GE Energy Management Industrial Solutions. Analisadores de energia MT Plus. Compacto, Inteligente e Flexível. GE imagination at work

GE Energy Management Industrial Solutions. Analisadores de energia MT Plus. Compacto, Inteligente e Flexível. GE imagination at work GE Energy Management Industrial Solutions Analisadores de energia MT Plus Compacto, Inteligente e Flexível GE imagination at work Analisadores de energia MT Plus Tabela de Parâmetros 5 MTDIN 6 Analisador

Leia mais

CONDIÇÕES A OBSERVAR PARA O ESTEBELECIMENTO DE POSTO DE TRANSFORMACÃO PRIVATIVO

CONDIÇÕES A OBSERVAR PARA O ESTEBELECIMENTO DE POSTO DE TRANSFORMACÃO PRIVATIVO CONDIÇÕES A OBSERVAR PARA O ESTEBELECIMENTO DE POSTO DE TRANSFORMACÃO PRIVATIVO 1 CONDIÇÕES PRÉVIAS Antes de iniciar qualquer trabalho de montagem, ou antes de adquirir um posto de transformação (PT),

Leia mais

Disjuntores-Motor BDM-G. Dados Técnicos Características Gerais. Posições das teclas

Disjuntores-Motor BDM-G. Dados Técnicos Características Gerais. Posições das teclas Disjuntores-Motor BDM-G Generalidade: O disjuntor-motor BDM-G,Tripolar, são termomagnéticos compactos e limitadores de corrente. Ideal para o comando e a proteção dos motores. Possuem alta capacidade de

Leia mais

TransPocket 1500 /1500 RC /1500 TIG. Eléctrodos revestidos & TIG DC

TransPocket 1500 /1500 RC /1500 TIG. Eléctrodos revestidos & TIG DC TransPocket 1500 /1500 RC /1500 TIG Eléctrodos revestidos & TIG DC A partir de agora a inteligência é o critério GENERALIDADES Inteligência Ressonante O novo critério em soldadura Imagine que está a conduzir

Leia mais

SIMBOX XF. Design Segurança Fácil instalação. Quadros de distribuição de energia. A melhor opção em quadros de distribuição de energia.

SIMBOX XF. Design Segurança Fácil instalação. Quadros de distribuição de energia. A melhor opção em quadros de distribuição de energia. Fabricado no Brasil SIMBOX XF Quadros de distribuição de energia A melhor opção em quadros de distribuição de energia. Design Segurança Fácil instalação www.siemens.com.br/simboxxf SIMBOX XF Por fora muito

Leia mais

ME30 infobox basic. ME30 infobox basic. Opções para infobox basic. Operação e visualização LED / Backlight Alarme ou indicação de estado

ME30 infobox basic. ME30 infobox basic. Opções para infobox basic. Operação e visualização LED / Backlight Alarme ou indicação de estado Opções para infobox basic Opção Disponível para a variante conectores com todas as variantes parafusos backlight ao invés de LED até 6 alarmes para todas as variantes de alimentação (vermelho/verde) c/

Leia mais

Catalogo Técnico. Disjuntor Motor BDM-NG

Catalogo Técnico. Disjuntor Motor BDM-NG Catalogo Técnico Disjuntor Motor BDM-NG Disjuntores-Motor BDM-NG Generalidade: O disjuntor-motor BDM-NG,Tripolar, são termomagnéticos compactos e limitadores de corrente. Ideal para o comando e a proteção

Leia mais

GE Industrial Solutions. Disjuntores Industriais Norma IEC. TEDi / THEDi. GE imagination at work. GE Consumer & Industrial

GE Industrial Solutions. Disjuntores Industriais Norma IEC. TEDi / THEDi. GE imagination at work. GE Consumer & Industrial GE Consumer & Industrial GE Industrial Solutions Disjuntores Industriais Norma IEC TEDi / THEDi GE imagination at work 2 TEDi e THEDi Características técnicas do produto NBR IEC 609472 TIPO Nº de pólos

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Botoeira / Acionador Manual Resetável - Acionamento Direto de Gás, Controle de Acesso em Áreas Sujeitas a Presença de Gáses, Combate e Alarme de Gás Código: AFAM5 O Acionador Manual / Botoeira Convencional

Leia mais

Documento complementar ao Guia de Medição, Leitura e Disponibilização de Dados

Documento complementar ao Guia de Medição, Leitura e Disponibilização de Dados Documento complementar ao Guia de Medição, Leitura e Disponibilização de Dados DC2 Regras e esquemas de ligações de equipamentos de medição e contagem em pontos de ligação à RNT Data de Publicação: Abril

Leia mais

COMANDOS ELÉCTRICOS. Prof. (mm) Peso (kg)

COMANDOS ELÉCTRICOS. Prof. (mm) Peso (kg) COMANDOS ELÉCTRICOS VARIADORES ELECTRÓNICOS ALVIAIR Variador electrónico de tensão monofásico 20V - 50Hz. Caixa PVC,. Intensidades: A - 5A - 9A. Alimentação monofásica 20V de uma electroválvula de gás

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO: Técnico de Instalações Elétricas DISCIPLINA: Práticas Oficinais N.º TOTAL DE MÓDULOS: 5 PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013 N.º 1 18 Higiene e Segurança no Trabalho Organização

Leia mais

Relé de proteção do diferencial 865

Relé de proteção do diferencial 865 Relé de proteção do diferencial 865 Para a proteção do diferencial de motores, transformadores e geradores Boletim 865, Série A Guia de especificações Sumário Página de descrição da seção 1.0 Características

Leia mais

ANALISADOR DE QUALIDADE DE ENERGIA MODELO PQM-701 CLASSE A SEGUNDO NORMA 6100-4-30

ANALISADOR DE QUALIDADE DE ENERGIA MODELO PQM-701 CLASSE A SEGUNDO NORMA 6100-4-30 ANALISADOR DE QUALIDADE DE ENERGIA MODELO PQM-701 CLASSE A SEGUNDO NORMA 6100-4-30 Suporte redes do tipo: Monofásico; Bifásico, com neutro comum; Trifásico com ligação estrela com e sem neutro Trifásico

Leia mais

Produtos de Média Tensão. Is-limiter Limitador de corrente extra rápido

Produtos de Média Tensão. Is-limiter Limitador de corrente extra rápido Produtos de Média Tensão Is-limiter Limitador de corrente extra rápido Is-limiter O limitador de corrente extra rápido reduz os custos das instalações resolve problemas de curto-circuito em instalações

Leia mais

Instrumentação Industrial e Medidas Eléctricas - IPT - DEE Carlos Ferreira

Instrumentação Industrial e Medidas Eléctricas - IPT - DEE Carlos Ferreira Sensores Amedição das grandezas físicas é uma necessidade. Para essa função são utilizados sensores estes convertem a grandeza a medir noutra. No caso da instrumentação a variável de saída é normalmente

Leia mais

Instalações Eléctricas: Um Mandamento e Muitas Questões J. Neves dos Santos FEUP 2004 (Revisto em Fevereiro 2006)

Instalações Eléctricas: Um Mandamento e Muitas Questões J. Neves dos Santos FEUP 2004 (Revisto em Fevereiro 2006) Instalações Eléctricas: Um Mandamento e Muitas Questões J. Neves dos Santos FEUP 2004 (Revisto em Fevereiro 2006) O Mandamento nº 1 das Instalações Eléctricas Não Usarás (1 ) sem Protegeres (2) (1)...

Leia mais

Série 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial

Série 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial Identifica a pressão diferencial requerida para atuar em filtros com pó Boa interferência de imunidade tal como na Diretiva EMC Usando operação dot matrix

Leia mais

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE Página 1 de 10 Manual Técnico Transformadores de potência Revisão 5 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO...2 2 RECEBIMENTO...2 3 INSTALAÇÃO...3 3.1 Local de instalação...3 3.2 Ligações...3 3.3 Proteções...7 4 MANUTENÇÃO...9

Leia mais

Eberhardt Comércio e Assist. Técnica. Ltda.

Eberhardt Comércio e Assist. Técnica. Ltda. Rua das Cerejeiras, 80 Ressacada CEP 88307-330 Itajaí SC Fone/Fax: (47) 3349 6850 Email: vendas@ecr-sc.com.br Guia de instalação, operação e manutenção do sistema de monitoramento de poços ECR. Cuidados

Leia mais

Excitatriz Estática GRT7-TH2 GRT7-TH2E GRT7-TH2/T

Excitatriz Estática GRT7-TH2 GRT7-TH2E GRT7-TH2/T GRAMEYER Equipamentos Eletrônicos Ltda / GRAMEYER Service Ltda ME. R. Mal. Castelo Branco, 2477 Schroeder SC Brasil 89275-000 e-mail: seriados@grameyer.com.br - www.grameyer.com.br Fones: 55 (047) 3374-6300

Leia mais

A Empresa Led Light for You.

A Empresa Led Light for You. A Empresa A Arquiled foi fundada em 2005, impulsionada pelo desenvolvimento de soluções técnicas para o Casino Lisboa. Desenvolvemos soluções de iluminação baseada na tecnologia SSL, a qual incorporamos

Leia mais

PAINEL ELÉTRICO PARA FRITAR E GRELHAR

PAINEL ELÉTRICO PARA FRITAR E GRELHAR PAINEL ELÉTRICO PARA FRITAR E GRELHAR Mod. BE62TLL, BE62TRR, Mod. FTE-40B, FTE-40B/2 OFTE 40B 115.008 BE62TLC, BE63TLL, BE63TLR, Mod. FTE-60B, FTE-60B/2 OFTE 60B 115.009 BE63TLC, BE65TLL, BE65TMC Mod.

Leia mais

Interruptores de paragem de emergência de accionamento por cabo e interruptores de accionamento por cabo Programa de fabricação

Interruptores de paragem de emergência de accionamento por cabo e interruptores de accionamento por cabo Programa de fabricação Interruptores de paragem de emergência de accionamento por cabo e interruptores de accionamento por cabo Programa de fabricação Aplicação e formato Interruptores de paragem de e interruptores Aplicação

Leia mais

Soluções modulares para proteção elétrica Minidisjuntores, interruptores diferenciais, blocos diferenciais e minidisjuntores diferenciais

Soluções modulares para proteção elétrica Minidisjuntores, interruptores diferenciais, blocos diferenciais e minidisjuntores diferenciais Produtos de Baixa Tensão Soluções modulares para proteção elétrica Minidisjuntores, interruptores diferenciais, blocos diferenciais e minidisjuntores diferenciais Soluções para aplicações residenciais

Leia mais

CONJUNTOS CONFIGURÁVEIS XL3 IEC 60439 / IEC 61439 GUIA ESPECIALISTA MUNDIAL EM INFRAESTRUTURAS ELÉTRICAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO PARA EDIFÍCIOS

CONJUNTOS CONFIGURÁVEIS XL3 IEC 60439 / IEC 61439 GUIA ESPECIALISTA MUNDIAL EM INFRAESTRUTURAS ELÉTRICAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO PARA EDIFÍCIOS CONJUNTOS CONFIGURÁVEIS XL3 GUIA IEC 60439 / IEC 61439 ESPECIALISTA MUNDIAL EM INFRAESTRUTURAS ELÉTRICAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO PARA EDIFÍCIOS Conjuntos configuráveis XL 3 Guia de alterações da norma

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Revisão Data Descrição Executado por A0 16/02/01 Emissão Inicial Elisangela Queiroz A1 16/04/04 Emissão Inicial Danilo Padula

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Revisão Data Descrição Executado por A0 16/02/01 Emissão Inicial Elisangela Queiroz A1 16/04/04 Emissão Inicial Danilo Padula Modelo: 48T150-0512/02 Código: 30.23.0039.0.8 Pág.: 1/7 CONTROLE DE REVISÃO Revisão Data Descrição Executado por A0 16/02/01 Emissão Inicial Elisangela Queiroz A1 16/04/04 Emissão Inicial Danilo Padula

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI GERAÇÃO 3.1 Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 8 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE índice...2 1. Introdução...3 2. Documentos normativos aplicados...3

Leia mais

WWW.QUITERIOS.PT FECHADURAS BARRAMENTOS REFORÇO PARA CAIXAS ACESSÓRIOS PARA FIBRA ÓPTICA PRATELEIRAS CHASSI PARA ATE ACESSÓRIOS PARA COAXIAL

WWW.QUITERIOS.PT FECHADURAS BARRAMENTOS REFORÇO PARA CAIXAS ACESSÓRIOS PARA FIBRA ÓPTICA PRATELEIRAS CHASSI PARA ATE ACESSÓRIOS PARA COAXIAL ACESSÓRIOS 90 91 91 92 92 94 94 95 95 FECHADURAS BARRAMENTOS REFORÇO PARA CAIXAS ACESSÓRIOS PARA FIBRA ÓPTICA PRATELEIRAS CHASSI PARA ATE ACESSÓRIOS PARA COAXIAL ACESSÓRIOS PARA PAR DE COBRE FERRAMENTAS

Leia mais

POWERTRANS ELETRÔNICA INDUSTRIAL Manual Técnico de Instalação e Operação POWERBLOCK MASTER MONOFÁSICO

POWERTRANS ELETRÔNICA INDUSTRIAL Manual Técnico de Instalação e Operação POWERBLOCK MASTER MONOFÁSICO POWERTRANS Eletrônica Industrial Ltda. Rua Ribeiro do Amaral, 83 Ipiranga SP - Fone/Fax: (11) 2063-9001 E-mail: powertrans@powertrans.com.br Site: www.powertrans.com.br Manual Técnico de Instalação e Operação

Leia mais

DRX caixa moldada Uma linha compacta, versátil e de alto desempenho

DRX caixa moldada Uma linha compacta, versátil e de alto desempenho [ PROTEÇÃO E COMANDO ] Produtos e sistemas DRX caixa moldada Uma linha compacta, versátil e de alto desempenho 1 VANTAGENS Permite a montagem frontal de acessórios elétricos por encaixe simples Fácil conexão

Leia mais

Disjuntores em Caixa Moldada. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Disjuntores em Caixa Moldada. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Disjuntores em Caixa Moldada Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Sumário Disjuntores em Caixa Moldada... Características Gerais... Disparadores...6 Acessórios... Instalação...6

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO SISTEMA DE INCÊNDIO MENVIER MF9300 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO PRETRÓNICA 1 CONTEÚDO Painel de Controlo e Indicadores Pag. 3 Operação do Painel Pag. 4 Geral Modo Normal Modo Programação Ligação

Leia mais

- Estabelecer os planos de trabalhos, recolhendo os elementos de estudo necessários aplicando as prescrições de segurança em vigor;

- Estabelecer os planos de trabalhos, recolhendo os elementos de estudo necessários aplicando as prescrições de segurança em vigor; REDES 1 CARACTERIZAÇÃO RESUMIDA 1.1 Objectivos No final do curso os formandos deverão ser capazes de: - Conhecer e aplicar as Condições de Execução de Trabalhos, processos operatórios e fichas técnicas

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS. Instalações para Iluminação e Aparelhos Eletrodomésticos

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS. Instalações para Iluminação e Aparelhos Eletrodomésticos INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Instalações para Iluminação e Aparelhos Eletrodomésticos ABNT NBR 5410: 2004 Determinação das características gerais Na concepção de uma instalação elétrica, devem ser determinadas

Leia mais

ErP. A eficiência do futuro disponível agora: novo Lowara Ecocirc compatível com a Directiva ErP de 2015. Lowara Ecocirc

ErP. A eficiência do futuro disponível agora: novo Lowara Ecocirc compatível com a Directiva ErP de 2015. Lowara Ecocirc ErP r e a d y 2015 A eficiência do futuro disponível agora: novo Lowara Ecocirc compatível com a Directiva ErP de 2015 Lowara Ecocirc O inovador circulador de alto rendimento para o aquecimento doméstico

Leia mais

SAFETYMAX CLASSE II DE ISOLAMENTO ITED 1ª EDIÇÃO ATI / ATE / TIPO C / CEMU ITED 2ª EDIÇÃO ATI / ATE / PASSAGEM / CEMU ATI_RACK + CATI

SAFETYMAX CLASSE II DE ISOLAMENTO ITED 1ª EDIÇÃO ATI / ATE / TIPO C / CEMU ITED 2ª EDIÇÃO ATI / ATE / PASSAGEM / CEMU ATI_RACK + CATI SAFETYMAX 08 CLASSE II DE ISOLAMENTO ITED 1ª EDIÇÃO 22 ATI / ATE / TIPO C / CEMU ITED 2ª EDIÇÃO 26 ATI / ATE / PASSAGEM / CEMU ATI_RACK + CATI 30 ITED 1ª E 2ª EDIÇÃO RAQUITED 34 BASTIDOR ITED 1ª E 2ª EDIÇÃO

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 79/2014 COMPRASNET

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 79/2014 COMPRASNET COTAÇÃO ELETRÔNICA: 79/2014 COMPRASNET Especificação Técnica 1. Objeto Aquisição de 1 (um) NOBREAK DE POTÊNCIA 5 kva Obs.: Os atributos técnicos abaixo relacionados são de atendimento obrigatório. A nomenclatura

Leia mais

Índice. 1 Sistema DaisaTest. 1. Porquê instalar um Sistema DaisaTest? 2. Funções de um Sistema DaisaTest. 3. Elementos de um Sistema DaisaTest

Índice. 1 Sistema DaisaTest. 1. Porquê instalar um Sistema DaisaTest? 2. Funções de um Sistema DaisaTest. 3. Elementos de um Sistema DaisaTest 1 Sistema DaisaTest Índice 1. Porquê instalar um Sistema DaisaTest? 2. Funções de um Sistema DaisaTest 3. Elementos de um Sistema DaisaTest 3.1 Instalação e guia para a cablagem 3.2 Luminárias de emergência

Leia mais

Proteção de Sistemas Elétricos Disjuntores, DR e DPS. Júlio Bortolini Engenheiro Eletricista Soprano Eletrometalúrgica e Hid. Ltda

Proteção de Sistemas Elétricos Disjuntores, DR e DPS. Júlio Bortolini Engenheiro Eletricista Soprano Eletrometalúrgica e Hid. Ltda Proteção de Sistemas Elétricos Disjuntores, DR e DPS Júlio Bortolini Engenheiro Eletricista Soprano Eletrometalúrgica e Hid. Ltda DISJUNTORES Definição Disjuntor Disjuntor: dispositivo de seccionamento

Leia mais

Missão & Visão. Missão. Visão

Missão & Visão. Missão. Visão Missão & Visão Missão -- Prestação de Serviços, com elevados padrões de diferenciação, associados a Sistemas de Protecção, Comando e Controlo (SPCC) de Sistemas de Energia Eléctrica de Muito Alta Tensão

Leia mais

Armários Redes Estruturadas 2010

Armários Redes Estruturadas 2010 Zona Industrial de Aveiro Apartado 846 Lote 30-A 3801-801 AVEIRO Telefs.: 234 315 744-234 316 197 Fax.: 234 315 838 e-mail: teleflex@teleflex.pt www.teleflex.pt Armários Redes Estruturadas 2010 Qualidade

Leia mais

SION Disjuntor a Vácuo para as mais diferentes Aplicações

SION Disjuntor a Vácuo para as mais diferentes Aplicações SION Disjuntor a Vácuo para as mais diferentes Aplicações Siemens Média Tensão Schutzvermerk / Copyright-Vermerk Siemens AG 2012 Índice 1. Dados técnicos 2. Portfolio 3. Características do Produto 4. Detalhes

Leia mais

Manual 04/2003. Sistema de accionamento para instalações descentralizadas Interfaces e distribuidores de bus de campo PROFIBUS P R O F I B U S

Manual 04/2003. Sistema de accionamento para instalações descentralizadas Interfaces e distribuidores de bus de campo PROFIBUS P R O F I B U S Sistema de accionamento para instalações descentralizadas Interfaces e distribuidores de bus de campo PROFIBUS Edição 04/2003 P R O F I PROCESS FIELD BUS B U S Manual 10564543 / PT SEW-EURODRIVE Índice

Leia mais