SECRETARIA DE SAÚDE SECRETARIA EXECUTIVA DE VIGILÂNCIA À SAÚDE GERÊNCIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SECRETARIA DE SAÚDE SECRETARIA EXECUTIVA DE VIGILÂNCIA À SAÚDE GERÊNCIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA"

Transcrição

1 SECRETARIA DE SAÚDE SECRETARIA EXECUTIVA DE VIGILÂNCIA À SAÚDE GERÊNCIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA Ano 1 Período de referência: 01/01/2014 a 31/12/2014 Data de Emissão: 21/12/2015 Boletim Epidemiológico ACIDENTES DE TRÂNSITO ATENDIDOS PELO SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA SAMU RECIFE 2014 Os acidentes de trânsito são considerados um importante evento em saúde pública no mundo e no Brasil, tendo como consequência feridos e mortos. O que representa na mortalidade. Estudos realizados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), demonstram uma forte tendência ao crescimento desses acidentes, devido a rápida urbanização, a deficiência de infraestrutura urbana, a uma legislação frágil e a utilização cada vez maior do transporte automotivo particular em alguns países (referência). As informações apresentadas nesta edição referem-se aos registros no ano de 2014, por causas externas atendimentos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência do Recife (SAMU-192), que é um programa do governo federal, implantado em municípios brasileiros, cujo objetivo é chegar precocemente à vítima após ter ocorrido um agravo à sua saúde que possa levar a sofrimento, sequelas ou até mesmo à morte. Os registros fornecidos pelo SAMU Recife foram corrigidos, recodificados e validados para realização das análises descritivas, com um recorte para os acidentes de trânsito. Foram excluídos das análises os registros de outros acidentes não especificados (NE) (297), que poderiam incluir outros tipos de atendimento. No ano de 2014, ocorreram atendimentos geral, sendo (26%) por causas externas, tendo uma média mensal de aproximadamente 532 atendimentos. Dentre estes, (67,0%) corresponderam aos acidentes de trânsito (AT), com uma média de 356 atendimentos/mês (Tabela 1).

2 Tabela 1. Atendimento do SAMU por causas externas. Recife, 2014 Descrição n % Acidentes de Trânsito (AT) Outros eventos Quedas Violências Outros acidentes NE* Intoxicação exógena Total *Não especificado Fonte: SESAU Recife/SAMU/SEVS A maior proporção desses acidentes ocorreram nos meses de maio, dezembro, setembro e outubro, respectivamente. Estes meses concentraram 40% dos casos atendidos pelo SAMU, no período analisado (Figura 1). Figura 1 : Proporção mensal de casos de acidentes de trânsito atendidos pelo SAMU. Recife 2014 % 15,0 13,0 11,0 9,0 7,0 5,0 3,0 1,0 8,3 10,7 10,0 8,3 8,6 9,1 9,7 10,1 8,1 7,2 5,8 4,1 Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Fonte : SESAU /SAMU/SEVS Recife Dentre os AT, os acidentes de moto permanecem com a maior frequência, seguido dos acidentes de trânsito não especificados (NE). Nestes, podem estar incluídos os acidentes com veículo moto, o que pode aumentar ainda mais a proporção de AT no Recife (Figura2). Em relação a faixa etária, os jovens e adultos jovens entre 20 a 29 anos foram o grupo mais acometido nos AT, seguido do grupo entre 30 e 39anos. Observa-se também a elevada frequência de adolescentes envolvidos em AT (Figura 3). O sexo masculino predomina nesses acidentes. A razão de sexo observada é de quatro vítimas do sexo masculino para cada uma vítima do sexo feminino (Figura 3). O mesmo padrão em relação ao sexo e faixa etária foi observado ao se especificar os acidentes de moto e atropelamentos (Figuras 4 e 5).

3 Faixa etária Figura 2 :Acidentes de trânsito atendidos pelo SAMU - Recife, 2014 N Moto Acid. Trânsito NE Atropelamento Bicicleta Carro ônibus % 45,7 34,1 14,3 3,4 2,4 0,1 N ,0 40,0 35,0 30,0 25,0 % 20,0 15,0 10,0 5,0 0,0 Fonte SESAU /SAMU/SEVS Recife % N Figura 3: Número de vítimas de acidentes de trânsito atendidos pelo SAMU, por faixa etária e sexo. Recife 2014 NI* 6o e a 40-49a 30-39a 20-29a 10-19a 1-9a >1a Fem Mas *NI Não informado Fonte : SESAU /SAMU/SEVS Recife

4 ocorreu no período da manhã (39%) e tarde Outro fator avaliado, refere-se à frequência dos acidentes nos diferentes turnos do dia. Grande parte dos acidentes, (36%), o que pode ser justificado pelo período de maior intensidade de atividades no trânsito da cidade (Figura 6).

5 Fonte: Sesau Recife/SAMU/SEVS A posição (ranking) das unidades da rede de saúde receptoras dos casos, estão descritas na tabela 2. A maioria dos atendimentos de AT ocorreu nas unidades da rede pública, destacando-se as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da Caxangá, Imbiribeira e da Torre, seguido do Hospital da Restauração (HR), representando 66% dos casos de AT atendidos pelo SAMU no ano de 2014 (Tabela 2). Considerando a geografia das ocorrências dos acidentes de trânsito na cidade, a região sudoeste da cidade (DS 5) deteve o maior número de AT (17,3%), seguida da região centro (DS 1) e oeste (DS 4) do Recife (Figura 7). Após a validação do banco, foi possível determinar o ranking de cada tipo de acidente segundo distritos sanitários (DS) e bairros. Destacam-se os bairros de Boa Viagem, Afogados e Ibura, porque estes repetem-se no ranking dos diferentes tipos de acidentes (Tabelas 4 e 5). Mostrando os bairros por DS, destacam-se no DS 1- Santo Amaro; DS 2-Água Fria; DS 3-Casa Amarela; DS 4-Caxanga; DS 5- Afogados; DS 6-Boa Viagem; DS 7-Macaxeira e DS 8-Ibura (Tabelas 3, 4 e 5).

6 N acidentes de Trânsito Porporção pordistrito Tabela 2. Posição (Ranking) das unidades receptoras dos acidentes de Trânsito atendidos pelo SAMU -Recife 2014 Primeiro n Segundo n Terceiro n UPA UPA da Caxangá 680 UPA Imbiribeira 567 UPA Torrões 521 Policlínicas Municipais P. Amaury Coutinho 167 P. Agmenon Magalhães 2 P. Arnaldo Marques 2 Hospital Rede Pública HR 403 HGV 151 HOF 60 Hospital Rede Privada Hapvida 98 H. Unimed 95 H. Esperança 71 Figura 7 - Número e proporção de acidentes de trânsito atendidos pelo SAMU por ocorrência nos Distritos Sanitários. Recife, DS 5 DS 1 DS 4 DS 6 DS 2 DS 3 DS 7 DS 8 N % 17,60 16,96 16,60 12,51 11,37 11,35 7,35 6,07 20,00 15,00 10,00 5,00 0,00 Tabela 3: Posição (Ranking) por Distrito Sanitário. SAMU, Recife 2014 Acidentes registrados Primeiro n Segundo n Terceiro n Total de Acidentes DS DS DS Acidente de Moto DS DS DS Acidente de Trânsito NE DS DS DS Atropelamento DS 4, DS DS DS 6 81 Acidente Bicicleta DS 4 29 DS 1 27 DS 5 23 Acidente Carro DS 5 21 DS 1 19 Ds 6 12

7 Tabela 4: Posição (Ranking) dos Bairros do Recife, Acidentes registrados Primeiro n Segundo n Terceiro n Total de Acidentes Boa Viagem 214 Ibura 187 Afogados 167 Acidente de Moto Boa Viagem 97 Afogados, Boa Vista 77 São José 76 Acidente de Trânsito NE Boa Viagem 76 Afogados 57 Ibura 56 Atropelamento Ibura 41 Afogados, Boa Viagem 28 Santo Amaro 27 Acidente Bicicleta Boa Vista, Ibura 10 Boa Viagem, Santo Amaro 8 Madalena 7 Acidente Carro Ibura 7 Casa Amarela, Santo Amaro 5 Boa Viagem 4 Tabela 5: Posição (Ranking) dos Bairros em cada DS. SAMU Recife, 2014 DS Primeiro n Segundo n Terceiro n DS 1 Santo Amaro 160 Boa Vista 159 São José 143 DS 2 Água Fria 109 Arruda 63 Campo Grande 57 DS 3 Casa Amarela 127 Derby 85 Casa Forte 45 DS 4 Caxanga 112 Iputinga 99 Cordeiro 88 DS 5 Afogados 167 J. São Paulo 129 Areias 63 DS 6 Boa Viagem 214 Imbiribeira 149 Pina 63 DS 7 Macaxeira 72 Nova Descoberta 71 Guabiraba 49 DS 8 Ibura 187 Jordão 60 Cohab Considerações Toda a população dever ser alvo das medidas de educação e fiscalização, contudo condutores e pedestres do sexo masculino na faixa etária entre 20 e 39 anos, devem ser o grupo priorizado para campanhas educativas. Os dados registrados pelo SAMU demonstraram a relevância dos acidentes com motocicleta na cidade do Recife no ano de As motos tem sido um meio de transporte popular nos municípios brasileiros e suas principais vítimas também são jovens

8 do sexo masculino. Os condutores de motocicletas possuem o risco sete vezes maior de morte, quatro vezes maior de lesão corporal e duas vezes maior de atropelar um pedestre, quando comparados aos automobilistas. Além da possibilidade da perda de vidas e os ferimentos graves ou que possam trazer incapacidade, o custo dos acidentes envolvendo motociclistas foi estimado em R$ 5,3 bilhões entre 1998 e 2006 (Bacchieri G & Barros AJD,2011) 1. Quanto as regiões da cidade com maior frequência de AT, a região sudoeste da cidade (DS 5), a região centro (DS 1) e oeste (DS 4) do Recife assim como bairros de Boa Viagem, Ibura, Afogados, Boa Vista e São José necessitam de um olhar diferenciado, de um estudo específico para verificar onde ocorrem a maior parte desses acidentes nessas regiões, para melhor ordenamento, fiscalização e educação no trânsito. As análises demonstram que é importante implementar o trabalho preventivo referente a direção defensiva e equipamentos de proteção entre a população masculina de jovens e adultos jovens, principalmente os que são condutores de 1 Bacchieri G, Barros AJD. Acidentes de trânsito no Brasil de 1998 a 2010: muitas mudanças e poucos resultados. Rev Saúde Pública 2011; 45(5): motocicletas, uma vez que as medidas adotadas pelas políticas públicas, ainda não conseguiram impedir a elevada frequência dos Acidentes de Trânsito. Expediente Prefeito: Geraldo Júlio Secretário de Saúde: Jailson de Barros Correia Secretária Executiva de Vigilância a Saúde: Cristiane Penaforte Gerência de Vigilância Epidemiologia: Natalia Barros Divisão de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde: Claudia Castro Elaboração: Divisão de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde Elaboração: Terezinha de Almeida Aquino e Denise S.C. Oliveira Scripnic Gerente do SAMU: Leonardo Gomes Banco de Dados: SAMU Recife Editoração Eletrônica Endereço para correspondência:

9 Secretaria Executiva de Vigilância à Saúde Gerência de Vigilância Epidemiológica

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

RELATÓRIO DE MONITORAMENTO DO CONTRATO DE GESTÃO

RELATÓRIO DE MONITORAMENTO DO CONTRATO DE GESTÃO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO SECRETARIA EXECUTIVA DE ATENÇÃO À SAÚDE DIRETORIA DE MODERNIZAÇÃO E MONITORAMENTO DA ASSISTÊNCIA Á SAÚDE UPA ENGENHO VELHO RELATÓRIO

Leia mais

RECALL SMITHS LISTA DOS PRODUTOS ENVOLVIDOS, IMPORTADOS AO BRASIL PELA CIRÚRGICA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS VENDIDOS E EM ESTOQUE

RECALL SMITHS LISTA DOS PRODUTOS ENVOLVIDOS, IMPORTADOS AO BRASIL PELA CIRÚRGICA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS VENDIDOS E EM ESTOQUE DOCUMENTO 2 LISTA DOS PRODUTOS ENVOLVIDOS, IMPORTADOS AO BRASIL PELA CIRÚRGICA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS VENDIDOS E EM ESTOQUE 100.105.025 644425 10 10 fev/05 fev/10 9660 10/10/2005 13/10/2005

Leia mais

200 180 Indice (abr/2004=100) 160 140 120 100 80 dez/97 jun/98 dez/98 jun/99 dez/99 jun/00 dez/00 jun/01 dez/01 jun/02 dez/02 jun/03 dez/03 jun/04 dez/04 jun/05 dez/05 jun/06 dez/06 jun/07 dez/07 Faturamento

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO SECRETARIA EXECUTIVA DE ATENÇÃO À SAÚDE UPA CARUARU RELATÓRIO DE EXECUÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO SECRETARIA EXECUTIVA DE ATENÇÃO À SAÚDE UPA CARUARU RELATÓRIO DE EXECUÇÃO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO UPA CARUARU RELATÓRIO DE EXECUÇÃO 1º TRIMESTRE DO 4º ANO DO CONTRATO DE GESTÃO Período de outubro à dezembro de 2013 fevereiro

Leia mais

EXPLICAÇÕES DA SEÇÃO B 1 B

EXPLICAÇÕES DA SEÇÃO B 1 B EXPLICAÇÕES DA SEÇÃO B 1 B Os instantes do nascer, passagem meridiana e ocaso dos planetas ( exceto Plutão ), Sol e Lua são apresentados para seis cidades brasileiras : Longitude ( W ) Latitude ( S ) o

Leia mais

Projetos para redução da morbimortalidade por acidentes de trânsito em Belo Horizonte : Vida no Trânsito e TCC BH/BA/Montevideo

Projetos para redução da morbimortalidade por acidentes de trânsito em Belo Horizonte : Vida no Trânsito e TCC BH/BA/Montevideo Projetos para redução da morbimortalidade por acidentes de trânsito em Belo Horizonte : Vida no Trânsito e TCC BH/BA/Montevideo O Município de Belo Horizonte População de Belo Horizonte 2.375.444 hab.

Leia mais

Indenizações Pagas Quantidades

Indenizações Pagas Quantidades Natureza da Indenização Jan a Dez 2012 % Jan a Dez 2013 % Jan a Dez 2013 x Jan a Dez 2012 Morte 60.752 1 54.767 9% - Invalidez Permanente 352.495 69% 444.206 70% 2 Despesas Médicas (DAMS) 94.668 19% 134.872

Leia mais

Modelo de Gestão e Gestão por Resultados

Modelo de Gestão e Gestão por Resultados Modelo de Gestão e Gestão por Resultados A operacionalização do processo de Planejamento Estratégico para as Organizações Públicas seja em nível Central ou Setorial é iterativa, devendo ser conduzida

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MODALIDADE A DISTÂNCIA CRONOGRAMA ACADÊMICO 2011 MBA EM ADMINISTRAÇÃO E MARKETING TURMAS 2011

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MODALIDADE A DISTÂNCIA CRONOGRAMA ACADÊMICO 2011 MBA EM ADMINISTRAÇÃO E MARKETING TURMAS 2011 2 3 4 5 6 7 8 9 0 2 3 4 5 6 7 8 9 20 22 Aula Data Evento 7/0 a 22/0 Período para solicitação de provas de 2ª chamada 23 24 25 26 27 28 29 26/jan Entrada de novos alunos + AVA (OFERTA JANEIRO 20) 30 3 3/0

Leia mais

Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências Diagnóstico do Problema em Santa Catarina

Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências Diagnóstico do Problema em Santa Catarina Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências Diagnóstico do Problema em Santa Catarina Heloisa Côrtes Gallotti Peixoto Introdução Os acidentes e violências passaram a figurar, no início da década

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Nr 01

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Nr 01 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Nr 01 CONTROLE DE ESTOQUES 1. Uma loja de departamentos pretende aproveitar o feriado de 01 de Janeiro para realizar o inventário anual de seu estoque, que possui 1.679.434 unidades

Leia mais

INSTITUTO DiárioData Associados. Resultados Gerais da Segunda Pesquisa Pré-Eleitoral Em Recife

INSTITUTO DiárioData Associados. Resultados Gerais da Segunda Pesquisa Pré-Eleitoral Em Recife Centro-Oeste INSTITUTO DiárioData Associados Resultados Gerais da Segunda Pesquisa Pré-Eleitoral Em Recife Nº DE REGISTRO DA PESQUISA: PE-00135/2012 PESQUISA FEITA COM A CONSULTORIA TÉCNICA DA EMPRESA

Leia mais

De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012.

De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012. De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012. Os casos de Invalidez Permanente representaram a maioria das indenizações pagas

Leia mais

1 - O QUE DIZ A LEI SECA

1 - O QUE DIZ A LEI SECA INFORMATIVO - N - O QUE DIZ A ANO LEI FEDERAL Nº.7/8. - Fixou tolerância zero à combinação álcool e volante. O motorista flagrado com qualquer quantidade de álcool no organismo é punido. - A lei tornou

Leia mais

Nome do Condomínio. Demonstrativo Financeiro

Nome do Condomínio. Demonstrativo Financeiro Mês: Janeiro 1.5 - Mês: Fevereiro 1.5 - Mês: Março 1.5 - Mês: Abril 1.5 - Mês: Maio 1.5 - Mês: Junho 1.5 - Mês: Julho 1.5 - Mês: Agosto 1.5 - Mês: Setembro 1.5 - Mês: Outubro 1.5 - Mês: Novembro 1.5 -

Leia mais

Rua Antônia Lara de Resende, 325 Centro CEP: 36.350-000 Fone: (0xx32) 3376.1438/ 2151 Fax: (0xx32) 3376.1503 pmstsaude@portalvertentes.com.

Rua Antônia Lara de Resende, 325 Centro CEP: 36.350-000 Fone: (0xx32) 3376.1438/ 2151 Fax: (0xx32) 3376.1503 pmstsaude@portalvertentes.com. - SECRETARIA DE SAÚDE - SÃO TIAGO MINAS GERAIS PROGRAMA DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E INCENTIVO À ATIVIDADE FÍSICA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE 04 A 19 ANOS 1 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E INCENTIVO À ATIVIDADE

Leia mais

ANO de 2013. Sinistralidade Rodoviária. Observatório de Segurança Rodoviária 23-06-2014. Relatório - Anual

ANO de 2013. Sinistralidade Rodoviária. Observatório de Segurança Rodoviária 23-06-2014. Relatório - Anual ANO de Sinistralidade Rodoviária Observatório de Segurança Rodoviária -- ÍNDICE DEFINIÇÕES... EVOLUÇÃO GLOBAL.... Acidentes com : /... ACIDENTES E VÍTIMAS........... Acidentes Acidentes Acidentes Acidentes

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego. Abril 2011

Pesquisa Mensal de Emprego. Abril 2011 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa Mensal de Emprego Abril 2011 1 1 Rio de Janeiro, 26/05/2011 Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro O Janeiro

Leia mais

Secretaria Municipal de Saúde Boletim Epidemiológico Mortalidade por Acidente de Transporte Terrestre (ATT)

Secretaria Municipal de Saúde Boletim Epidemiológico Mortalidade por Acidente de Transporte Terrestre (ATT) 1. EDITORIAL Esse boletim epidemiológico é uma produção da Coordenação de Análise Epidemiológica (CAE) da Secretaria Municipal de Saúde de Maceió (SMS) e objetiva analisar trimestralmente a situação epidemiológica

Leia mais

taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Abril 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Abril 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Abril 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Nelson

Leia mais

Distribuição dos pacientes vítimas de Acidente de Trânsito, segundo faixa etária na ocasião do acidente 20,0 16,6 19,4 11,3

Distribuição dos pacientes vítimas de Acidente de Trânsito, segundo faixa etária na ocasião do acidente 20,0 16,6 19,4 11,3 Os Acidentes de Trânsito foram responsáveis por um total de 799 internações nos hospitais SARAH-Brasília, SARAH-Salvador, SARAH-Belo Horizonte e SARAH-São Luís no período de 01/01/2009 a 30/06/2009, correspondendo

Leia mais

taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Junho 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Junho 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Junho 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Nelson

Leia mais

Indenizações Pagas Quantidades

Indenizações Pagas Quantidades Natureza da Indenização Jan a Dez 2011 % Jan a Dez 2012 % Jan a Dez 2012 x Jan a Dez 2011 Morte 58.134 16% 60.752 12% 5% Invalidez Permanente 239.738 65% 352.495 69% 47% Despesas Médicas (DAMS) 68.484

Leia mais

Notas sobre a divulgação do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) JUNHO/2010

Notas sobre a divulgação do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) JUNHO/2010 Notas sobre a divulgação do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) JUNHO/2010 Dados divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego para junho de 2010 confirmam a recuperação do emprego

Leia mais

INQUÉRITO ÀS ASSOCIAÇÕES DAS BANDAS FILARMÓNICAS

INQUÉRITO ÀS ASSOCIAÇÕES DAS BANDAS FILARMÓNICAS INQUÉRITO ÀS ASSOCIAÇÕES DAS BANDAS FILARMÓNICAS IDENTIFICAÇÃO DA BANDA FILARMÓNICA E DA ASSOCIAÇÃO Identificação da Banda: Endereço: Localidade: Concelho: - C. Postal: Distrito: Telefone: Telemóvel: Fax:

Leia mais

ÍNDICE DE ACIDENTES NO PERÍMETRO URBANO DE CÁCERES

ÍNDICE DE ACIDENTES NO PERÍMETRO URBANO DE CÁCERES ÍNDICE DE ACIDENTES NO PERÍMETRO URBANO DE CÁCERES Rodrigo Barretto Vila 1 RESUMO Glaidson de Souza Pezavento Tatiani Nascimento Santos Miriam Nascimento Santos Ashley da Silva Costa 2 Com a finalidade

Leia mais

ANÁLISE DA MORTE VIOLENTA SEGUNDO RAÇA /COR

ANÁLISE DA MORTE VIOLENTA SEGUNDO RAÇA /COR 8 ANÁLISE DA MORTE VIOLENTA SEGUNDO RAÇA /COR Secretaria de Vigilância em Saúde/MS 435 ANÁLISE DA MORTE VIOLENTA SEGUNDO RAÇA/COR MORTALIDADE POR CAUSAS EXTERNAS Evolução da mortalidade por causas externas

Leia mais

ÍNDICE DEFINIÇÕES... 3 VÍTIMAS EM 2010... 4. 1. Vítimas por mês... 4. 2. Vítimas segundo a localização e o tipo de via... 5

ÍNDICE DEFINIÇÕES... 3 VÍTIMAS EM 2010... 4. 1. Vítimas por mês... 4. 2. Vítimas segundo a localização e o tipo de via... 5 Distrito de LISBOA 2010 ÍNDICE DEFINIÇÕES... 3 VÍTIMAS EM 2010... 4 1. Vítimas por mês... 4 2. Vítimas segundo a localização e o tipo de via... 5 3. Vítimas segundo a natureza do acidente... 6 4. Vítimas

Leia mais

Acidente de moto com morte cresceu 123% no primeiro semestre do ano 20 Julho 2012 Posted in Amazonas

Acidente de moto com morte cresceu 123% no primeiro semestre do ano 20 Julho 2012 Posted in Amazonas www.amazonasnoticias.com.br Coluna: Acidente de moto com morte cresceu 123% no primeiro semestre do ano ( ) Press-release da assessoria de imprensa (X) Iniciativa do próprio veículo de comunicação Acidente

Leia mais

Google Adwords. Campanha Placontec Relatório 08/2012 08/2013

Google Adwords. Campanha Placontec Relatório 08/2012 08/2013 Google Adwords Campanha Placontec Relatório 08/2012 08/2013 COZINHA PROFISSIONAL COZINHA INDUSTRIAL RESTAURANTES A nova campanha Adwords da Placontec foi pensada de acordo com os segmentos: Planejamento,

Leia mais

Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo

Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo Nota Técnica 232 2014 Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo Max Ernani Borges De Paula Banco de dados de vítimas dos acidentes de trânsito fatais A Companhia de Engenharia de Tráfego realiza

Leia mais

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Recife. Dezembro de 2012

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Recife. Dezembro de 2012 CodeP0 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede de Recife Dezembro de 2012 Recife: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s Referência Nov/12, Distribuição dos investimentos por

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego Dezembro 2005

Pesquisa Mensal de Emprego Dezembro 2005 Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Dezembro 2005 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro de Estado do Planejamento, Orçamento

Leia mais

As perspectivas de longo prazo do seguro de automóvel. Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Novembro/2013

As perspectivas de longo prazo do seguro de automóvel. Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Novembro/2013 As perspectivas de longo prazo do seguro de automóvel Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Novembro/2013 Sumário: 1) Alguns Números do Mercado de Seguros no Brasil 2) Oportunidades e Desafios do

Leia mais

Calendário Pós-graduação 2014 - MBA em Gestão de Projetos

Calendário Pós-graduação 2014 - MBA em Gestão de Projetos Calendário Pós-graduação 2014 - MBA em Gestão de Projetos Disciplina Data Início Data fim Atividade acadêmica ENTRADA 1 10/03/2014 20/12/2014 17/03/2014 24/03/2014 Análise de Cenários Econômicos (Disciplina

Leia mais

AGENDA. Por que e Como? Idiomas na ABRE SEÇÃO 1 SEÇÃO 2. Mercado de Idiomas no Brasil. Red Balloon Overview SEÇÃO 3. Wise Up I You Move Overview

AGENDA. Por que e Como? Idiomas na ABRE SEÇÃO 1 SEÇÃO 2. Mercado de Idiomas no Brasil. Red Balloon Overview SEÇÃO 3. Wise Up I You Move Overview IDIOMAS AGENDA SEÇÃO 1 SEÇÃO 2 SEÇÃO 3 SEÇÃO 4 SEÇÃO 5 SEÇÃO 6 SEÇÃO 7 Por que e Como? Idiomas na ABRE Mercado de Idiomas no Brasil Red Balloon Overview Wise Up I You Move Overview Indicadores Financeiros

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS. Observatório de Recursos Humanos em Saúde SETEMBRO / 2015

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS. Observatório de Recursos Humanos em Saúde SETEMBRO / 2015 1 SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS Indicadores de Recursos Humanos- SES/SP Observatório de Recursos Humanos em Saúde SETEMBRO / 2015 Equipe Técnica: Adriana R. L. Carro -

Leia mais

Coletiva de Imprensa. 9 de abril de 2015, São Paulo - SP

Coletiva de Imprensa. 9 de abril de 2015, São Paulo - SP Coletiva de Imprensa 9 de abril de 2015, São Paulo - SP I. Eventos e Ações do Setor de Duas Rodas I. Eventos e Ações do Setor de Duas Rodas Estudo Bicicletas (Rosenberg Associados) MotoCheck-Up Teresina

Leia mais

Apresentação -PRAVALER www.creditouniversitario.com.br

Apresentação -PRAVALER www.creditouniversitario.com.br Apresentação -PRAVALER Setembro/ 2011 Filme PRAVALER - Produto Crédito Universitário PRAVALER O Crédito Universitário PRAVALER Fundado em 2006, O PRAVALER é hoje o maior programa de crédito universitário

Leia mais

Sistema PED. Divulgação dos dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego PED segundo a Classificação CNAE domiciliar versão 2.0.

Sistema PED. Divulgação dos dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego PED segundo a Classificação CNAE domiciliar versão 2.0. Sistema PED Maio 2012 Divulgação dos dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego PED segundo a Classificação CNAE domiciliar versão 2.0 SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL Governador do

Leia mais

ORIENTADORES DE TRÂNSITO PROJETO OPERAÇÃO DE TRÁFEGO

ORIENTADORES DE TRÂNSITO PROJETO OPERAÇÃO DE TRÁFEGO Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) ORIENTADORES DE TRÂNSITO PROJETO OPERAÇÃO DE TRÁFEGO Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife (SEMOC) Implantação 11 de dezembro,

Leia mais

LEITE : PAGAMENTO POR QUALIDADE

LEITE : PAGAMENTO POR QUALIDADE LEITE : PAGAMENTO POR QUALIDADE A EXPERIÊNCIA DO POOL LEITE ABC Arnaldo Bandeira Mestrado em Produção Animal - UFSM Mestrado em Administração de Empresas - ESADE Pós Graduação em Agribusiness - FAE MBA

Leia mais

Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Canoas (GGI-M) GT Tecnologias Aplicadas

Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Canoas (GGI-M) GT Tecnologias Aplicadas Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Canoas (GGI-M) GT Tecnologias Aplicadas Capacitação, subsídios e sistematização dos registros da Sala Integrada de Monitoramento - SIM Equipe Observatório Eduardo

Leia mais

Expectativa de vida do brasileiro cresce mais de três anos na última década

Expectativa de vida do brasileiro cresce mais de três anos na última década 1 FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO PROFESSOR BAHIA TEXTO DE CULTURA GERAL FONTE: UOL COTIDIANO 24/09/2008 Expectativa de vida do brasileiro cresce mais de três anos na última década Fabiana Uchinaka Do UOL Notícias

Leia mais

LEYA BIKES CARTA- CONVITE LICITAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSULTORIA

LEYA BIKES CARTA- CONVITE LICITAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSULTORIA LEYA BIKES CARTA- CONVITE LICITAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSULTORIA 1. OBJETO 1.1. A LEYA BIKES S.A realizará licitação para a prestação dos serviços de Consultoria em Comunicação, levando em conta

Leia mais

Boletim Econômico e do Setor Portuário. Sumário

Boletim Econômico e do Setor Portuário. Sumário Boletim Econômico e do Setor Portuário Junho de 2014 Sumário Indicadores da Economia Nacional... 2 O Produto Interno Bruto PIB no primeiro trimestre de 2014... 2 Os Índices de Inflação... 3 O Mercado de

Leia mais

1ª. Reunião de Análise Estratégica - 2012. Núcleo de Gestão Estratégica. Manaus, 05 de março de 2012

1ª. Reunião de Análise Estratégica - 2012. Núcleo de Gestão Estratégica. Manaus, 05 de março de 2012 1ª. Reunião de Análise Estratégica - 2012 Núcleo de Gestão Estratégica Manaus, 05 de março de 2012 Objetivos Divulgar os resultados da Metas Nacionais de 2011 e apresentar os desafios para 2012. Calendário

Leia mais

SUMÁRIO. Localidades da pesquisa, amostra e entrevistas realizadas por Área de Planejamento AP s 2. Caracterização do entrevistado sem carteira 04

SUMÁRIO. Localidades da pesquisa, amostra e entrevistas realizadas por Área de Planejamento AP s 2. Caracterização do entrevistado sem carteira 04 Pesquisa de Opinião Pública sobre as Campanhas Educativas para o Trânsito & da I m a g e m I n s t i t u c i o n a l da CET- RIO Relatório de Pesquisa 2008 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 03 PRINCIPAIS RESULTADOS

Leia mais

Diretoria de Pesquisas Coordenação de Índices de Preços - COINP. Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor SNIPC.

Diretoria de Pesquisas Coordenação de Índices de Preços - COINP. Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor SNIPC. Diretoria de Pesquisas Coordenação de Índices de Preços - COINP Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor SNIPC setembro 2012 Data 05/10/2012 IPCA IPCA setembro 0,57 % agosto 0,41 % IPCA - Série

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro Março de 2015 PEIC Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atrasos Não Terão Condições de Pagar mar/14 61,0% 20,8%

Leia mais

Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco - ADAGRO

Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco - ADAGRO Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco - ADAGRO 11 ENFISA: Encontro de Fiscalização e Seminário sobre Agrotóxicos Etapa Regional Nordeste Petrolina, Abril de 2013 Cronograma de Metas

Leia mais

MODELO DE PROJETO SOCIAL. Telefone: Fax: E-mail da entidade: Nome do Responsável: Função/Cargo: E-mail do responsável:

MODELO DE PROJETO SOCIAL. Telefone: Fax: E-mail da entidade: Nome do Responsável: Função/Cargo: E-mail do responsável: MODELO DE PROJETO SOCIAL 1 IDENTIFICAÇÃO 1.1.Dados de Identificação do(s) Proponente(s) Proponente: (órgão ou entidade gestor do Projeto / Organização: Endereço : Nome CNPJ Telefone: Fax: E-mail da entidade:

Leia mais

LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO LAI. Lei Federal nº 12.527/11 - Lei Distrital nº 4.990/12

LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO LAI. Lei Federal nº 12.527/11 - Lei Distrital nº 4.990/12 LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO LAI Lei Federal nº 12.527/11 - Lei Distrital nº 4.990/12 RELATÓRIO MENSAL AGOSTO/2014 APRESENTAÇÃO Os dados utilizados na elaboração deste relatório correspondem ao período de

Leia mais

CAMPEONATO LIGA DE BASQUETE FEMININO 2014/2015 TURNO

CAMPEONATO LIGA DE BASQUETE FEMININO 2014/2015 TURNO Nº DATA DIA HORA BRASILIA 1 29/nov sab 10:00 2 30/nov dom 11:00 3 03/dez qua 20:00 4 06/dez sab 11:00 5 08/dez seg 20:00 6 13/dez sab 14:00 7 13/dez sab 18:00 8 15/dez seg 20:00 9 15/dez seg 20:00 10 15/dez

Leia mais

GESTÃO DE EMPRESAS PARCEIRAS NA CELPA

GESTÃO DE EMPRESAS PARCEIRAS NA CELPA XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil GESTÃO DE EMPRESAS PARCEIRAS NA CELPA Severo Ferreira Sampaio Gelson Nunes Felfili

Leia mais

Pós-Graduação em Formação de Gerentes Pós-Graduação em Gestão de Pessoas. COMUNICADO Nº 06, de 11 de abril de 2014

Pós-Graduação em Formação de Gerentes Pós-Graduação em Gestão de Pessoas. COMUNICADO Nº 06, de 11 de abril de 2014 Estado de Goiás Secretaria de Gestão e Planejamento Superintendência da Escola de Governo Henrique Santillo Pós-Graduação em Formação de Gerentes Pós-Graduação em Gestão de Pessoas COMUNICADO Nº 06, de

Leia mais

Transporte Urbano sobre Trilhos Fonte: Concessionárias

Transporte Urbano sobre Trilhos Fonte: Concessionárias Transporte Urbano sobre Trilhos Fonte: Concessionárias Os números consideram os passageiros transportados, incluindo as transferências entre linhas. JANEIRO 01/10 01/11 % Acumulado no ano até Jan % Metrô-SP

Leia mais

ÍNDICE UNIFAFIBE DO CUSTO DA CESTA BÁSICA DE BEBEDOURO BOLETIM ANUAL 2011 Destaques:

ÍNDICE UNIFAFIBE DO CUSTO DA CESTA BÁSICA DE BEBEDOURO BOLETIM ANUAL 2011 Destaques: 1 ÍNDICE UNIFAFIBE DO CUSTO DA CESTA BÁSICA DE BEBEDOURO BOLETIM ANUAL Destaques: Inflação anual da cesta básica de Bebedouro é de 5,12%, aumento de R$ 23,56. Aumento da cesta foi puxado por alimentos.

Leia mais

IPCA setembro 2014 Data 08/10/2014

IPCA setembro 2014 Data 08/10/2014 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Índices de Preços - COINP Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor SNIPC IPCA setembro 2014 Data 08/10/2014 IPCA Setembro 0,57 % Agosto 0,25 % IPCA Regiões

Leia mais

LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO LAI. Lei Federal nº 12.527/11 - Lei Distrital nº 4.990/12

LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO LAI. Lei Federal nº 12.527/11 - Lei Distrital nº 4.990/12 LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO LAI Lei Federal nº 12.527/11 - Lei Distrital nº 4.990/12 RELATÓRIO CONSOLIDADO ABRIL/2013 a NOVEMBRO/2014 APRESENTAÇÃO Os dados utilizados na elaboração deste relatório correspondem

Leia mais

A Empresa Brasil Mídia Móvel mídia exclusivas compartilhadas ações promocionais

A Empresa Brasil Mídia Móvel mídia exclusivas compartilhadas ações promocionais A Empresa A Brasil Mídia Móvel é uma empresa formada por profissionais com mais de 20 anos de atuação no mercado de out of home e marketing promocional. A modalidade, já consagrada nos Estados Unidos e

Leia mais

Instituto de desenvolvimento educacional de Angola IDEIA SECRETARIA ACADÊMICA

Instituto de desenvolvimento educacional de Angola IDEIA SECRETARIA ACADÊMICA Instituto de desenvolvimento educacional de Angola IDEIA SECRETARIA ACADÊMICA Curso de Especialização MBA Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação ANO MÊS CRONOGRAMA Dia Data Disciplina ch seg 07/09/15

Leia mais

Plano de Metas para uma Porto Alegre mais Sustentável.

Plano de Metas para uma Porto Alegre mais Sustentável. Plano de Metas para uma Porto Alegre mais Sustentável. EXPEDIENTE Realização: Prefeitura Municipal de Porto Alegre (PMPA) José Fortunati - Prefeito Secretaria Municipal de Governança Local (SMGL) Cezar

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 04/2014

RESOLUÇÃO Nº 04/2014 RESOLUÇÃO Nº 04/2014 Determina os procedimentos para registro institucional e valores da contribuição anual para o ano de. Considerando: 1. Que a União dos Escoteiros do Brasil (UEB), fundada em 4 de novembro

Leia mais

Seminário de Políticas para o trânsito Seguro de Motos Saúde, Processo de Habilitação e Questões Socioeducativas

Seminário de Políticas para o trânsito Seguro de Motos Saúde, Processo de Habilitação e Questões Socioeducativas Seminário de Políticas para o trânsito Seguro de Motos Saúde, Processo de Habilitação e Questões Socioeducativas Marta Maria Alves da Silva CGDANT/DASIS/SVS/MS Brasília/DF, 13 de setembro de 2012 2009:

Leia mais

Série 108 Relatório de Acompanhamento do CRI 31-jan-15

Série 108 Relatório de Acompanhamento do CRI 31-jan-15 31-jan-15 a - Saldo atual dos CRI Seniors (37.502.102,11) c - Saldo devedor total da carteira, encargos e valores a processar 37.502.133,30 f - Excedente / (Falta) 1.034,16 28-fev-15 a - Saldo atual dos

Leia mais

ÍNDICE. Foto: João Borges. 2 Hospital Universitário Cajuru - 100% SUS

ÍNDICE. Foto: João Borges. 2 Hospital Universitário Cajuru - 100% SUS ÍNDICE Apresentação...03 Hospital Universitário Cajuru...04 Estrutura...04 Especialidades Atendidas...05 Diferenças entre atendimento de urgência, emergência e eletivo...06 Protocolo de Atendimento...07

Leia mais

Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras. Boletim Anual 2.013

Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras. Boletim Anual 2.013 Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras Boletim Anual 2.013 N O T A Ressaltamos que os dados divulgados pelo BACEN, são sempre informados como preliminares nos últimos três meses e,

Leia mais

1 IDENTIFICAÇÃO 2 INTRODUÇÃO

1 IDENTIFICAÇÃO 2 INTRODUÇÃO 1 IDENTIFICAÇÃO Título: PROJETO SOCIAL ABRIGO CRISTÃO Data de realização: às terças e quintas-feiras Local de realização: dependência da Igreja de Ariquemes Horário: das 17:30 às 18:30 às terças e quintas-feiras

Leia mais

Audiência Pública. Câmara dos Deputados. Comissão de Defesa do Consumidor

Audiência Pública. Câmara dos Deputados. Comissão de Defesa do Consumidor Audiência Pública Câmara dos Deputados Comissão de Defesa do Consumidor Agenda Central de Atendimento - Índices NII e Nextel Brasil Qualidade Técnica Conclusão Central de Atendimento Própria Serviço não

Leia mais

RECEBIMENTOS EM ATRASO

RECEBIMENTOS EM ATRASO Página: 1 RECEBIMENTOS EM ATRASO Recibo Unidade: Histórico Valor Total 14107481 46645165 46543815 46653454 46322894 46334708 46653377 46657430 46512906 46652358 46652273 46649795 46415955 46645056 46640429

Leia mais

1.200 1.000. Nº de precatórios protocolados. Jan. Fev. Mar. Abr. Mai. Jun. Jul. Ago. Set. Out. Nov. Dez.

1.200 1.000. Nº de precatórios protocolados. Jan. Fev. Mar. Abr. Mai. Jun. Jul. Ago. Set. Out. Nov. Dez. 1.200 Nº de precatórios protocolados 1.000 800 600 400 200 0 Jan. Fev. Mar. Abr. Mai. Jun. Jul. Ago. Set. Out. Nov. Dez. 1997 1998 1999 2000 2001 6.000 5.000 Nº de Precatórios 4.000 3.000 2.000 1.000 0

Leia mais

Extrato de Unidade. Período de 01/01/1901 até 22/06/2015 2542 COND.JULHO/2007(50%) 162,00 4073 FUNDO DE RESERVA 18,00 2542 COND.

Extrato de Unidade. Período de 01/01/1901 até 22/06/2015 2542 COND.JULHO/2007(50%) 162,00 4073 FUNDO DE RESERVA 18,00 2542 COND. 13975867 20/07/2007 033508 13991044 02/08/2007 034027 13998459 02/09/2007 034534 14014148 20/09/2007 034969 14031362 08/10/2007 035487 14049982 02/11/2007 036071 14065498 02/12/2007 036420 14083661 02/01/2008

Leia mais

Relatório do Administrador aos Cotistas do Fundo BB Renda Corporativa Fundo de Investimento Imobiliário FII (CNPJ no. 12.681.

Relatório do Administrador aos Cotistas do Fundo BB Renda Corporativa Fundo de Investimento Imobiliário FII (CNPJ no. 12.681. Relatório do Administrador aos Cotistas do Fundo BB Renda Corporativa Fundo de Investimento Imobiliário FII (CNPJ no. 12.681.340/0001-04) Mês Base: Junho / 2012 O Fundo O BB Renda Corporativa FII realizou

Leia mais

Política governamental e propostas para combate do déficit habitacional As Contribuições da CAIXA

Política governamental e propostas para combate do déficit habitacional As Contribuições da CAIXA Política governamental e propostas para combate do déficit habitacional As Contribuições da CAIXA 1 Conferência Internacional de Crédito Imobiliário do Banco Central do Brasil Experiência Internacional

Leia mais

CRIANÇA SEGURA Safe Kids Brasil

CRIANÇA SEGURA Safe Kids Brasil CRIANÇA SEGURA Safe Kids Brasil Palestra Criança Segura no Carro II Seminário DENATRAN de Educação e Segurança no Trânsito Brasília, 23 de novembro de 2010. CRIANÇA SEGURA Organização sem fins lucrativos

Leia mais

Plano de Formação Promovida - 2009

Plano de Formação Promovida - 2009 * da e de RH à Não se aplica 39 19-01-2009 16-02-2009 2ª, 4ª e 6ª 09:30/12:30 Jan-09 à * Não se aplica 39 19-01-2009 16-02-2009 2ª, 4ª e 6ª 19:00/22:00 à Não se aplica 39 26-01-2009 20-02-2009 2ª, 4ª e

Leia mais

Comunicação e colaboração na execução do Plano Estratégico

Comunicação e colaboração na execução do Plano Estratégico Comunicação e colaboração na execução do Plano Estratégico Apresentação A Secretaria de Planejamento e Gestão Estratégica SEPG apoia a Presidência nas demandas relativas ao planejamento institucional,

Leia mais

Dados de Crédito agosto

Dados de Crédito agosto 29/09/09 Dados de Crédito agosto O Banco Central divulgou relatório de política monetária e crédito referente ao mês de agosto. O crédito com recursos livres teve aumento real de 6, nos últimos 12 meses.

Leia mais

A Experiência da Educação Corporativa no Estado de Pernambuco

A Experiência da Educação Corporativa no Estado de Pernambuco O Desafio das Universidades Corporativas no desenvolvimento de pessoas: Utopia ou requer criatividade? A Experiência da Educação Corporativa no Estado de Pernambuco 12 de Setembro/ 2007 N o 1976 Ano 30

Leia mais

Declaro ter recebido o calendário de provas (2ª chamada) referente ao 1º bimestre de 2012, estando ciente das datas e horários de tais avaliações.

Declaro ter recebido o calendário de provas (2ª chamada) referente ao 1º bimestre de 2012, estando ciente das datas e horários de tais avaliações. ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO Literatura Infantil Literatura Infantil Estudos Sociais Estudos Sociais horários horários ENSINO FUNDAMENTAL 2º A 5º ANOS ENSINO FUNDAMENTAL 2º A 5º

Leia mais

CARRO COM DIREÇÃO AUTONÔMA E COMUNICAÇÃO COM O SISTEMA DE TRÂNSITO: ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO

CARRO COM DIREÇÃO AUTONÔMA E COMUNICAÇÃO COM O SISTEMA DE TRÂNSITO: ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA - DAELT ENGENHARIA INDUSTRIAL ELÉTRICA ÊNFASE EM AUTOMAÇÃO MARIO FREITAS JUNIOR CARRO COM DIREÇÃO AUTONÔMA E COMUNICAÇÃO COM

Leia mais

O MAIOR E MELHOR PORTAL DO NORTE/NORDESTE

O MAIOR E MELHOR PORTAL DO NORTE/NORDESTE O MAIOR E MELHOR PORTAL DO NORTE/NORDESTE w w w. j c o n l i n e. c o m. b r O JC Online é o mais completo e visitado portal de notícias e entretenimento do Norte / Nordeste. Pico de 82 milhões de page

Leia mais

SINCOR-SP 2015 JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

GESTÃO DE ESTOQUES EXERCÍCIOS

GESTÃO DE ESTOQUES EXERCÍCIOS GESTÃO DE ESTOQUES EXERCÍCIOS GIRO DE ESTOQUE GIRO DE ESTOQUE Indica quantas vezes o estoque é utilizado em determinado período. ROTATIVIDADE/GIRO = ((CONSUMO) / (ESTOQUE MÉDIO)) Ex01 - Um pequeno especialista

Leia mais

SÍFILIS: CONTEXTO ATUAL E ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO

SÍFILIS: CONTEXTO ATUAL E ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO DIA NACIONAL DE COMBATE A SÍFILIS 2014 BAHIA - 9ª Edição Ministério Público do Estado da Bahia, 06 de novembro de 2014 SÍFILIS: CONTEXTO ATUAL E ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO Roberto Fontes Hospital Geral

Leia mais

SOROCABA - DADOS ESTATÍSTICOS SOBRE ACIDENTES DE TRÂNSITO

SOROCABA - DADOS ESTATÍSTICOS SOBRE ACIDENTES DE TRÂNSITO 1 / 10 APRESENTAÇÃO INTRODUÇÃO Segundo dados apurados através do Censo - IBGE, Sorocaba possuia uma população de 586.311 habitantes no ano de 2010, com uma taxa de crescimento vegetativo de aproximadamente

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego - Ano de 2014 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 23/01/15

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego - Ano de 2014 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 23/01/15 INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego - Ano de 2014 - Brasil Subseção Dieese Força Sindical Elaboração: 23/01/15 Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged),

Leia mais

Mais casamentos e maior diversidade de casais no Estado de São Paulo

Mais casamentos e maior diversidade de casais no Estado de São Paulo Resenha de Estatísticas Vitais do Estado de São Paulo Ano 15 n o 2 Abril 2015 Mais casamentos e maior diversidade de casais no Estado de São Paulo Rosa Maria Vieira de Freitas Mestre em Saúde Pública e

Leia mais

Contabilidade - Liceu 70.078.891 2º AO 3º 6(M-T) POCO DA PANELA Contabilidade - Liceu 70.079.442 1º AO 4º 4(M) MADALENA Contabilidade - Liceu

Contabilidade - Liceu 70.078.891 2º AO 3º 6(M-T) POCO DA PANELA Contabilidade - Liceu 70.079.442 1º AO 4º 4(M) MADALENA Contabilidade - Liceu Contabilidade - Liceu 70.078.891 2º AO 3º 6(M-T) POCO DA PANELA Contabilidade - Liceu 70.079.442 1º AO 4º 4(M) MADALENA Contabilidade - Liceu 70.079.636 2º AO 3º 4(M) MADALENA Administração 70.078.594

Leia mais

Setor de Motocicletas

Setor de Motocicletas Setor de Motocicletas Produção anual: 1,6 milhões de unidades 5º maior produtor mundial Frota Nacional*: 20,7milhões (26% do total) Empregos gerados no segmento de motocicletas Diretos: 20 mil (fabricantes)

Leia mais

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos POPULAÇÃO BRASILEIRA Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos Desde a colonização do Brasil o povoamento se concentrou no litoral do país. No início do século XXI, a população brasileira ainda

Leia mais

SABESP - Unidade de Negócio Leste - ML

SABESP - Unidade de Negócio Leste - ML SABESP - Unidade de Negócio Leste - ML Sabesp a Partir de 1995 Reestruturação dos processos críticos para reduzir: Satisfação do cliente e qualidade de vida Aumento da qualidade dos serviços Custo Tempo

Leia mais

Modelo de Implantação da CIPA

Modelo de Implantação da CIPA PROCEDIMENTOS PARA ELEIÇÃO É de responsabilidade do empregador convocar eleições para escolha dos representantes dos empregados na CIPA, no prazo mínimo de 60 dias antes do término do mandato em curso.

Leia mais

Projeto de gestão em serviços de urgência e emergência

Projeto de gestão em serviços de urgência e emergência Projeto de gestão em serviços de urgência e emergência Composição do Financiamento do Setor Saúde - estimativa para 2006 MEDICAMENTOS 16% FEDERAL 25% DESEMBOLSO DIRETO 10% ESTADUAL 11% PLANOS E SEGUROS

Leia mais

II-149 TRATAMENTO CONJUNTO DO LIQUIDO LIXIVIADO DE ATERRO SANITÁRIO E ESGOTO DOMESTICO NO PROCESSO DE LODOS ATIVADOS CONVENCIONAL

II-149 TRATAMENTO CONJUNTO DO LIQUIDO LIXIVIADO DE ATERRO SANITÁRIO E ESGOTO DOMESTICO NO PROCESSO DE LODOS ATIVADOS CONVENCIONAL II-149 TRATAMENTO CONJUNTO DO LIQUIDO LIXIVIADO DE ATERRO SANITÁRIO E ESGOTO DOMESTICO NO PROCESSO DE LODOS ATIVADOS CONVENCIONAL Ernane Vitor Marques (1) Especialista em Engenharia Sanitária e Meio Ambiente

Leia mais

EFEITOS DA POPULAÇÃO ECONOMICAMENTE ATIVA SOBRE A TAXA DE DESEMPREGO

EFEITOS DA POPULAÇÃO ECONOMICAMENTE ATIVA SOBRE A TAXA DE DESEMPREGO NOTA TÉCNICA EFEITOS DA POPULAÇÃO ECONOMICAMENTE ATIVA SOBRE A TAXA DE DESEMPREGO Maria Andréia Parente Lameiras* 1 INTRODUÇÃO Ao longo da última década, o mercado de trabalho no Brasil vem apresentando

Leia mais

COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 14/06/2011

COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 14/06/2011 COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 14/06/2011 AEROPORTOS DA COPA 13 Aeroportos 31 Intervenções R$ 5,79 bilhões Manaus TPS Fortaleza TPS São Gonçalo do Amarante Pista Recife Torre Cuiabá TPS Brasília TPS

Leia mais

Apresentação para COSEMES-CIB 21.11.2014

Apresentação para COSEMES-CIB 21.11.2014 TRÂNSITO EM PAZ Apresentação para COSEMES-CIB 21.11.2014 Lineu Ferreira Jucá, graduado medicina UFC-1977 Residência e Especialista Angiologia e Cir. Vascular-1980 Especialista em Medicina do Trabalho UGF-1980

Leia mais