Prova Final de Língua Portuguesa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prova Final de Língua Portuguesa"

Transcrição

1 PROVA FINAL DO 3.º CICLO DO ENsINO BÁsICO Decreto-Lei n.º 6/001, de 18 de janeiro Prova Final de Língua Portuguesa 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova 91/1.ª Chamada 13 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância: 30 minutos. 01 Escreve, de forma legível, a numeração dos grupos e dos itens, bem como as respetivas respostas. Todas as respostas devem ser registadas na folha de respostas. pontos. Para responderes aos itens de ordenação, escreve, na folha de respostas: o número do item; Para responderes aos itens de escolha múltipla, escreve, na folha de respostas: o número do item; o número do item; A ortografia dos textos e de outros documentos segue o Acordo Ortográfico de Prova 91/1.ª Ch. Página 1/ 13

2 GRUPO I PARTE A no dicionário tem um destino à vista: ser palavra-defunta. O dicionário pode ser visto, assim, Ou podemos então mudar radicalmente de ponto de vista: o dicionário, com os seus milhares mais essencial e mínimo: sim, não, comida, bebida, etc. Poderíamos assim, com a linguagem, expressar as necessidades do organismo mas certamente não as do espírito. coisas se afundam, deixam de ser vistas à superfície, desaparecem da vista. A passagem do Dotados, então, de um espírito de nadador-salvador, abrimos ao acaso o dicionário e conhecidas dos nossos clássicos). Passemos pela letra M. Ao acaso, e rapidamente. Gonçalo M. Tavares, Visão, de setembro de 011 Prova 91/1.ª Ch. Página / 13

3 1. (A) a (G) correspondem a ideias-chave do texto de Gonçalo M. Tavares. (E). (A) O vocabulário reduzir-se-ia bastante, caso os dicionários e os livros desaparecessem e nos limitássemos à comunicação elementar. (B) (C) letra M do dicionário. (D) (E) O dicionário pode ser entendido como uma antecâmara da morte: uma palavra ali encerrada durante (F) A consulta de um dicionário, com espírito de nadador-salvador, permite recuperar palavras mais ou menos raras, algumas usadas em obras clássicas. (G)..1. a (A) (B) alternativa. (C) explicação. (D).. (A) suposição irrealista. (B) dúvida fundamentada. (C) condição razoável. (D) previsão aproximada. Prova 91/1.ª Ch. Página 3/ 13

4 .3. (A) resistem ao desgaste da passagem do tempo. (B) (C) (D) deixam de ser lembradas com o passar do tempo..4. inadequadamente (A) (B) (C) (D) 3. falsa, de acordo com o sentido do texto. (A) (B) (C) (D) Prova 91/1.ª Ch. Página 4/ 13

5 Página em branco - Prova 91/1.ª Ch. Página 5/ 13

6 PARTE B Nota prévia O narrador, Frei Pantaleão, caminha pela zona ribeirinha de Lisboa. A ação decorre vários anos após a partida da armada de Vasco da Gama para a Índia e restauro de embarcações. [ ] a faina, ver uma nau, toda garrida, deslizar pela primeira vez na rampa do estaleiro e entrar 1 mesteirais a nau e bebendo vinho em sua honra. Aconteceu um dia estar presente à largada de uma 3 4, no pátio em baixo, o bispo 5 dos braços de tal modo era tamanha a incerteza do desfecho destes empreendimentos. Para muitos era um pranteado 7 regresso, um magoado Fernando Campos, A Casa do Pó,.ª ed., Lisboa, DIFEL, 1987 VOCABULÁRIO E NOTAS 1 chapinava chapinhava. mesteirais 3 baluarte de Belém 4 chanfradas recortadas; entalhadas. 5 desarreigar afastar bruscamente. aquiescência aceitação. 7 pranteado choroso; desolado. Prova 91/1.ª Ch. Página 6/ 13

7 Explicita o contraste estabelecido no último período do texto (linhas 7 a 9) e transcreve duas expressões 7. aspetos incoerentes com o conteúdo do texto da Parte B. Caminhei por entre os grupos de pessoas, ao longo da margem, avistando ainda a armada, que ultrapassava de Belém, em frente ao Tejo. textuais. 8. Existem semelhanças e diferenças entre a descrição dos acontecimentos na praia do Restelo, no texto da Parte B, e o episódio «Despedidas em Belém», de Os Lusíadas. Defende este comentário, indicando uma semelhança e uma diferença entre os dois textos. Prova 91/1.ª Ch. Página 7/ 13

8 PARTE C Auto da Barca do Inferno e do Auto da Índia, de Gil Vicente. Responde, de forma completa e bem estruturada, apenas a um dos itens, 9.A. ou 9.B. Excerto do Auto da Barca do Inferno 1 5 Sapateiro Diabo Sapateiro Mandaram-me vir assi. 10 Diabo Sapateiro Diabo Sapateiro Pera a terra dos danados 1. Não cures de mais linguagem, Renegaria eu da festa, e da barca e da barcagem. 1 condenados. Renunciaria Diabo Como poderá isso ser, Tu morreste excomungado, esperavas de viver, calaste dez mil enganos. Tu roubaste, bem trinta anos, o povo com teu mister 3. 3 Gil Vicente, Copilaçam de Todalas Obras de Gil Vicente, vol. I, ed. de Maria Leonor Carvalhão Buescu, Lisboa, IN-CM, A. linhas fundamentais de leitura do excerto da peça Auto da Barca do Inferno. O teu texto deve incluir uma parte introdutória, uma parte de desenvolvimento e uma parte de conclusão. Prova 91/1.ª Ch. Página 8/ 13

9 Caso respondas ao item 9.A., não respondas ao item 9.B. Excerto do Auto da Índia 1 5 ama moça ama moça meu namorado perdido. 1 do sombreiro Mas antes era escudeiro. não suspirava o coitado senão por algum dinheiro. 1 vadio ama moça ama moça LemoS ama LemoS ama 3 Lemos vos visitará. 3 com certeza. 0 LemoS ama LemoS Vosso cativo 4 5 Mas sois minha imperadora. 4 prisioneiro; apaixonado. 5 cortesia. Gil Vicente, Copilaçam de Todalas Obras de Gil Vicente, vol. II, ed. de Maria Leonor Carvalhão Buescu, Lisboa, IN-CM, B. linhas fundamentais de leitura do excerto da peça Auto da Índia. O teu texto deve incluir uma parte introdutória, uma parte de desenvolvimento e uma parte de conclusão. Observações relativas ao item 9: 1. Para efeitos de contagem, considera-se uma palavra. Relativamente ao desvio dos limites de extensão indicados um mínimo de 70 e um máximo de 10 palavras, há Prova 91/1.ª Ch. Página 9/ 13

10 GRUPO II 1.. Escreve as letras e os números correspondentes. Utiliza cada letra e cada número apenas uma vez. COLUNA A (a) O novo dicionário agradou muito aos alunos. (b) Muitas pessoas consideram útil a consulta de diferentes gramáticas. (c) interessante. (d) por todos os professores. (e) Desapareceram vários dicionários antigos. COLUNA B (1) complemento agente da passiva () complemento direto (3) complemento indireto (4) predicado (5) predicativo do complemento direto (6) (7) (8) vocativo 3. Consultaremos um dicionário eletrónico. Faz apenas as alterações necessárias. 4. tenha trazido o dicionário. Prova 91/1.ª Ch. Página 10/ 13

11 e 5.. correta (A) (B) (C) (D) 5.. (A) (B) (C) (D) Prova 91/1.ª Ch. Página 11/ 13

12 GRUPO III nossa capacidade de comunicar. O teu texto deve ter um mínimo de 180 e um máximo de 40 palavras. Não assines o teu texto. Observações relativas ao Grupo III: 1. Para efeitos de contagem, considera-se uma palavra. Relativamente ao desvio dos limites de extensão indicados um mínimo de 180 e um máximo de 40 palavras, há FIM Prova 91/1.ª Ch. Página 1/ 13

13 COTAÇÕES GRUPO I pontos pontos..... pontos pontos pontos pontos pontos pontos pontos pontos (A. ou B.) pontos 50 pontos GRUPO II pontos pontos pontos pontos pontos pontos 0 pontos GRUPO III pontos 30 pontos TOTAL pontos Prova 91/1.ª Ch. Página 13/ 13

14 PROVA FINAL DO 3.º CICLO DO ENsINO BÁsICO Decreto-Lei n.º 6/001, de 18 de janeiro Prova Final de Língua Portuguesa 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova 91/1.ª Chamada Critérios de Classificação 1 Páginas 01 COTAÇÕES GRUPO I pontos pontos..... pontos pontos pontos pontos pontos pontos pontos pontos pontos 9. (A. ou B.) pontos GRUPO II pontos pontos pontos pontos pontos pontos GRUPO III pontos 50 pontos 0 pontos 30 pontos TOTAL pontos Prova 91/1.ª Ch. Página C/1/ 1

15 CriTériOS GErAiS de CLASSifiCAÇãO itens de SELEÇãO Prova 91/1.ª Ch. Página C// 1

16 itens de COnSTrUÇãO (pontos) A B 1 3 ou + ou 3 4 ou + 4 nota 1 nota Prova 91/1.ª Ch. Página C/3/ 1

17 (C) ou Prova 91/1.ª Ch. Página C/4/ 1

18 itens n.º CriTériOS ESPECÍfiCOS de CLASSifiCAÇãO GRUPO I LEiTUrA E ESCriTA descritores COTAÇãO (E) (d) (A) (G) (f) (C) (B) (d) (A) (G) (f) (C) (B) (B) (A) (d) (C) (d) Cenário de resposta * Vide Prova 91/1.ª Ch. Página C/5/ 1

19 itens n.º descritores COTAÇãO Cenário de resposta Cenário de resposta * Vide Prova 91/1.ª Ch. Página C/6/ 1

20 itens n.º descritores COTAÇãO Cenário de resposta Cenário de resposta Os Lusíadas 3 * Vide Prova 91/1.ª Ch. Página C/7/ 1

21 itens n.º descritores COTAÇãO 9. (A. ou B.) A. B. A. B. A. B. A. B. A. B (Continua na página seguinte) * Vide Prova 91/1.ª Ch. Página C/8/ 1

22 (Continuação) Cenários de resposta 9.A. Auto da Barca do Inferno 9.B. Auto da Índia nota nota (pontos) 1 Prova 91/1.ª Ch. Página C/9/ 1

23 itens n.º GRUPO II funcionamento da LÍnGUA descritores COTAÇãO O dicionário terá sido consultado pelos alunos? (a) (3) (b) (5) (c) (6) Consultá-lo-emos (d) (B). Prova 91/1.ª Ch. Página C/10/ 1

24 GRUPO III ESCriTA POnTUAÇãO descrição dos níveis de desempenho PArÂmETrOS A B E n Í V E L i n T E E n Í V E L i n T E E OU r r C A C A L A r L A r (Continua na página seguinte) Prova 91/1.ª Ch. Página C/11/ 1

25 (Continuação) POnTUAÇãO descrição dos níveis de desempenho PArÂmETrOS D E n Í V E L i n T E r C A L A r n Í V E L i n T E r C A L A r nota 1 nota (pontos) 1 nota 3 Prova 91/1.ª Ch. Página C/1/ 1

Prova Final de Língua Portuguesa

Prova Final de Língua Portuguesa PROVA FINAL DO 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Decreto-Lei n.º 6/200, de 8 de janeiro Prova Final de Língua Portuguesa 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova 9/2.ª Chamada 3 Páginas Duração da Prova: 90 minutos.

Leia mais

As suas principais obras

As suas principais obras Cena do Fidalgo Gil Vicente nasceu na cidade de Guimarães em 1466. É considerado o primeiro grande dramaturgo português, além de poeta. Enquanto homem de teatro, parece ter também desempenhado as tarefas

Leia mais

Direção Geral de Estabelecimentos Escolares - DSRN AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO 150915

Direção Geral de Estabelecimentos Escolares - DSRN AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO 150915 Direção Geral de Estabelecimentos Escolares - DSRN AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO 150915 INFORMAÇÃO - PROVA FINAL DE CICLO A NÍVEL DE ESCOLA PORTUGUÊS Prova 51 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Ano letivo de 2012/2013

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Ano letivo de 2012/2013 ESCOLAS COM ENSINO BÁSICO DA AP10 Agrupamentos de Escolas: Carcavelos, Ibn Mucana, Parede, S. João Estoril Escola Salesiana de Manique INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Francês nível 3 (16)

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE S. PEDRO DA COVA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE S. PEDRO DA COVA ESCOLA SECUNDÁRIA DE S. PEDRO DA COVA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE GEOGRAFIA PROVA 18/ 2015 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Prova Escrita de Português

Prova Escrita de Português PROVA FINAL DE CICLO A NÍVEL DE ESCOLA Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Português 9.º Ano de Escolaridade Prova 81 / 1.ª Fase 8 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância:

Leia mais

Português Abril 2015

Português Abril 2015 Direção Geral de Estabelecimentos Escolares AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO - 150915 Informação Prova Final de ciclo a nível de escola Português Abril 2015 Prova 81/ 2015 3.º Ciclo do Ensino

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS DO ESTREITO DE CÂMARA DE LOBOS Ano Letivo 2014/2015

ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS DO ESTREITO DE CÂMARA DE LOBOS Ano Letivo 2014/2015 ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS DO ESTREITO DE CÂMARA DE LOBOS Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE AVALIAÇÃO EXTRAORDINÁRIA DA DISCIPLINA DE LÍNGUA ESTRANGEIRA I - INGLÊS Componente de Formação:

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA

INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA 4.º ANO DE ESCOLARIDADE / PORTUGUÊS INTRODUÇÃO O presente documento divulga informação relativa à prova final a nível

Leia mais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais Índice de aulas Tipologias textuais Texto narrativo em prosa Ação Personagens Narrador Espaço Tempo Modalidades do discurso A consequência dos semáforos, de António Lobo Antunes História sem palavras,

Leia mais

COTAÇÕES GRUPO I. 1... 8 pontos 2... 8 pontos 3... 8 pontos 4... 8 pontos 5... 10 pontos 6... 10 pontos GRUPO II

COTAÇÕES GRUPO I. 1... 8 pontos 2... 8 pontos 3... 8 pontos 4... 8 pontos 5... 10 pontos 6... 10 pontos GRUPO II Teste Intermédio de Geologia Teste Intermédio Geologia Duração do Teste: 90 minutos 0.0.009 11.º ou 1.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/004, de 6 de Março COTAÇÕES GRUPO I.... 8 pontos.... 8 pontos

Leia mais

(Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

(Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Escola Básica 2.º e 3.º Ciclos Roque Gameiro INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova Escrita + oral 2014/201 2º Ciclo do Ensino Básico INGLÊS CÓD. 06 (Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho)

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. ANTÓNIO FERREIRA GOMES INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS 2º CICLO ANO 2015

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. ANTÓNIO FERREIRA GOMES INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS 2º CICLO ANO 2015 AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS D. ANTÓNIO FERREIRA GOMES INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS 2º CICLO ANO 2015 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da

Leia mais

Informação - Prova final de Português

Informação - Prova final de Português Informação - Prova final de Português Necessidades Educativas Especiais de Carácter Permanente 3.º Ciclo do Ensino Básico 2014 9 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

COTAÇÕES. 2... 88 pontos 2.1... 16 pontos 2.2. 2.2.1... 16 pontos 2.2.2... 24 pontos 2.3. 3... 24 pontos. 4... 16 pontos

COTAÇÕES. 2... 88 pontos 2.1... 16 pontos 2.2. 2.2.1... 16 pontos 2.2.2... 24 pontos 2.3. 3... 24 pontos. 4... 16 pontos Teste Intermédio Física e Química A Teste Intermédio Física e Química A Duração do Teste: 90 minutos 16.01.2008 11.º ou 12.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março COTAÇÕES 1....

Leia mais

PORTUGUÊS 3º ANO abril de 2014

PORTUGUÊS 3º ANO abril de 2014 MATRIZ DA PROVA DE AVALIAÇÃO INTERNA PORTUGUÊS 3º ANO abril de 2014 5 Páginas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar informação relativa à prova de avaliação interna

Leia mais

(Vem um Onzeneiro, e pergunta ao Arrais do Inferno, dizendo:)

(Vem um Onzeneiro, e pergunta ao Arrais do Inferno, dizendo:) Língua Portuguesa 9 º ano EBI da Charneca de Caparica FICHA DE AVALIAÇÃO FORMATIVA Nome: N.º: Turma: Data: / / Enc. Educação: Apreciação: Professor: Competências a avaliar: compreensão e expressão escritas;

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade. INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade. INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA) INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico I. INTRODUÇÃO

Leia mais

Prova Final de Língua Portuguesa

Prova Final de Língua Portuguesa PROVA FINAL DO 3.º CICLO do Ensino BÁSICO Decreto-Lei n.º 6/200, de 8 de janeiro Prova Final de Língua Portuguesa 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova 9/2.ª Chamada 3 Páginas Duração da Prova: 90 minutos.

Leia mais

Teste. Português ARLA MARQUES INÊS SILVA PORTUGUÊS. 9.º ANO Letras & Companhia 9

Teste. Português ARLA MARQUES INÊS SILVA PORTUGUÊS. 9.º ANO Letras & Companhia 9 Teste Português CARLA MARQUES C ARLA MARQUES INÊS SILVA PORTUGUÊS 9.º ANO Letras & Companhia 9 Escola: Ano letivo: Nome: Turma: Data: 1 Lê o texto seguinte. GRUPO I PARTE A 5 10 15 20 25 Continuamos esmagados

Leia mais

COTAÇÕES GRUPO I. 1... 8 pontos 2... 8 pontos 3... 10 pontos. 48 pontos. 5... 10 pontos GRUPO II. 1... 8 pontos 2... 8 pontos 3...

COTAÇÕES GRUPO I. 1... 8 pontos 2... 8 pontos 3... 10 pontos. 48 pontos. 5... 10 pontos GRUPO II. 1... 8 pontos 2... 8 pontos 3... Teste Intermédio de Biologia e Geologia Teste Intermédio Biologia e Geologia Duração do Teste: 90 minutos 28.05.2009 10.º ou 11.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março COTAÇÕES GRUPO

Leia mais

INGLÊS Cont. Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO. 11º Ano de Escolaridade. Prova 367 2015. Pág. 1 de 5. 1. Objeto de avaliação

INGLÊS Cont. Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO. 11º Ano de Escolaridade. Prova 367 2015. Pág. 1 de 5. 1. Objeto de avaliação Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA A À FREQUÊNCIA INGLÊS Cont. Prova 367 2015 11º Ano de Escolaridade Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova a que esta

Leia mais

Prova Escrita de Língua Portuguesa

Prova Escrita de Língua Portuguesa EXAME NACIONAL DO ENSINO BÁSICO Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro Prova Escrita de Língua Portuguesa 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova 22/2.ª Chamada 13 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância:

Leia mais

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Acesso aos mestrados profissionalizantes) 2.ª chamada

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Acesso aos mestrados profissionalizantes) 2.ª chamada INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE LISBOA 2015 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Acesso aos mestrados profissionalizantes) 2.ª chamada CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO I. Leitura (80 )

Leia mais

2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALMANCIL (145142) Prova de equivalência à frequência de Inglês (Prova escrita e oral) 1.ª e 2.ª Fases 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) As informações

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Ano letivo 2014/2015 Ensino Secundário - 1ª e 2ª Fase Disciplina de ESPANHOL (INICIAÇÃO BIENAL) - 375 Informação Prova de Equivalência à Frequência 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases PROVA 358 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Formação Específica Anual 12.º Ano (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Provas Escrita e Oral Cursos Científico-

Leia mais

1ª/2ª Fase. As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do programa da disciplina.

1ª/2ª Fase. As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do programa da disciplina. Agrupamento de Escolas de Barrancos INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO INGLÊS abril de 2015 Prova 21 2015 1ª/2ª Fase 3.º Ciclo do Ensino Básico Tipo de Prova: Escrita + Oral

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS PROVA 16 / 2015 9 º ANO 3 º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova final a nível de escola,

Leia mais

Prova Escrita de Português

Prova Escrita de Português Exame Nacional do Ensino Secundário Decreto-Lei n.º 286/89, de 29 de agosto programas novos e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Prova Escrita de Português Alunos com deficiência auditiva de grau

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS LE I (2 anos) 2015

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS LE I (2 anos) 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS LE I (2 anos) 2015 Prova 06 / 2015 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Este documento vai ser divulgado na escola-sede do Agrupamento e na página eletrónica: www.aepjm.pt/joomla

Este documento vai ser divulgado na escola-sede do Agrupamento e na página eletrónica: www.aepjm.pt/joomla Agrupamento de Escolas Pedro Jacques de Magalhães INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 2014 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga a informação relativa à prova de Equivalência

Leia mais

INFORMAÇÃO- EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012

INFORMAÇÃO- EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PINHEIRO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA INFORMAÇÃO- EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar

Leia mais

Ano Letivo 2014/2015. Introdução INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS. 1ª e 2ª Fase. Prova 16 2015

Ano Letivo 2014/2015. Introdução INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS. 1ª e 2ª Fase. Prova 16 2015 Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 1ª e 2ª Fase Prova 16 2015 9ºAno/3.º Ciclo do Ensino Básico Prova Escrita/Oral Introdução O presente documento visa divulgar as

Leia mais

Prova Escrita de Língua Portuguesa

Prova Escrita de Língua Portuguesa Exame Nacional do Ensino BÁSICO Decreto-Lei n.º 6/200, de 8 de Janeiro Prova Escrita de Língua Portuguesa 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova 22/Época Especial 3 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância:

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Disciplina Francês Tipo de Prova Escrita e oral Ano letivo 2014/2015 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova de

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Ano Letivo 2012/2013 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Disciplina: ECONOMIA C Prova/Código: 312 Ano(s) de Escolaridade: 12º Ano 1. Introdução A prova

Leia mais

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco!

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco! Paixão do Povo de Cristo x Paixão de Cristo Texto Base: provérbios 24.10 na Linguagem de Hoje: Quem é fraco numa crise, é realmente fraco. Na Bíblia A Mensagem : Quem Desiste num momento de crise é porque

Leia mais

PROVA 367. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases

PROVA 367. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases PROVA 367 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS- continuação 10.º e 11.º Anos (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Provas Escrita e Oral Cursos Científico-

Leia mais

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO ANO LETIVO: 2014/2015 1 ª /

Leia mais

Prova Escrita de Português Língua Não Materna

Prova Escrita de Português Língua Não Materna EXAME NACIONAL DO ENSINO BÁSICO E DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova 28 739 /1.ª Chamada 1.ª Fase / 2008 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março A PREENCHER PELO ESTUDANTE

Leia mais

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA [INGLÊS]

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA [INGLÊS] INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS ANO DE ESCOLARIDADE: 10º E 11º ANOS ANO LETIVO: 2012 2013 TIPO DE PROVA: DURAÇÃO: CÓDIGO DA PROVA: MATERIAL NECESSÁRIO/PERMITIDO: ESCRITA 90 MINUTOS

Leia mais

SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E CULTURA DIRECÇÃO REGIONAL DA EDUCAÇÃO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DA POVOAÇÃO

SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E CULTURA DIRECÇÃO REGIONAL DA EDUCAÇÃO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DA POVOAÇÃO SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E CULTURA DIRECÇÃO REGIONAL DA EDUCAÇÃO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DA POVOAÇÃO Ensino Básico 3º CICLO 2013/2014 Informação prova de equivalência à frequência de

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº1 DE SERPA INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE 3.º CICLO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº1 DE SERPA INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE 3.º CICLO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº DE SERPA INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE 3.º CICLO Ano Letivo de 204/205 Modalidade da Prova: Escrita Disciplina: INGLÊS (Língua Estrangeira I) Duração: 90

Leia mais

Escola Superior de Enfermagem Dr. José Timóteo Montalvão Machado

Escola Superior de Enfermagem Dr. José Timóteo Montalvão Machado MATRIZ PARA PROVA DE INGRESSO ESPECIFICA (BIOLOGIA) PARA OS TITULARES DE DIPLOMA DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLOGIA E DIPLOMA DE TÉCNICO SUPERIOR PROFISSIONAL (DEC.LEI N.º 113/2014 DE 16 DE JULHO) Este documento

Leia mais

Planificação de Língua Portuguesa 9º ano

Planificação de Língua Portuguesa 9º ano Ano letivo: 2012/2013 Planificação de Língua Portuguesa 9º ano Competências gerais Competências específicas Conteúdos temáticos Conhecimento explícito Estratégias / Atividades Material Avaliação Tempo

Leia mais

Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Informação-Prova de Equivalência à Frequência Informação-Prova de Equivalência à Frequência ENSINO SECUNDÁRIO PROVA ESCRITA E ORAL Prova de Equivalência à Frequência de Espanhol, 11º ano (Iniciação) Prova 375 (ter como referência quadro III do Desp.Norm.5/2013)

Leia mais

Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Israel Costa 1

Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Israel Costa 1 Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Israel Costa 1 Refletindo Sua glória, em meio a ventos contrários. Entretanto, o barco já estava longe, a muitos estádios da terra, açoitado pelas ondas;

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Informação Prova de Equivalência à Frequência INGLÊS Abril 2015 2ºCiclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Prova 06/2015 Tipo de Prova: Escrita e Oral Duração: 90 minutos + 15 minutos

Leia mais

Geografia COTAÇÕES GRUPO I GRUPO II GRUPO III GRUPO IV. Teste Intermédio de Geografia. Teste Intermédio. Duração do Teste: 90 minutos 27.02.

Geografia COTAÇÕES GRUPO I GRUPO II GRUPO III GRUPO IV. Teste Intermédio de Geografia. Teste Intermédio. Duração do Teste: 90 minutos 27.02. Teste Intermédio de Geografia Teste Intermédio Geografia Duração do Teste: 90 minutos 7.0.03 9.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 6/00, de 8 de janeiro COTAÇÕES GRUPO I.... 4 pontos.... 4 pontos 3....

Leia mais

2014 Caderno 1: 60 minutos. Tolerância: 20 minutos.

2014 Caderno 1: 60 minutos. Tolerância: 20 minutos. Rubrica dos Professores Vigilantes PROVA FINAL DO 1.º CICLO DO Ensino Básico Português/Prova 31/1ª Fase/2014 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ESTUDANTE Nome completo Documento de

Leia mais

Espanhol (Prova Escrita + Oral)

Espanhol (Prova Escrita + Oral) Informação-Prova de Equivalência à Frequência Espanhol (Prova Escrita + Oral) Prova 15 2015 9º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 90 minutos (escrita) 15 minutos (oral) O presente documento visa divulgar

Leia mais

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS PEF 367 PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS TIPO DE PROVA DURAÇÃO Teórico/prática 90 Minutos (escrita) +25 Minutos (oral) X Escrita Com tolerância de 30 minutos X Oral X Sem tolerância 11º ANO

Leia mais

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova:

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: Informação sobre Prova de Equivalência à Frequência de Inglês Data: 10 de abril de 2013 Prova nº 21 2013 3º Ciclo do Ensino Básico Despacho Normativo n.º 24-A/2012 Agrupamento de Escolas de Vallis Longus-Valongo

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA ANO LETIVO 2014/2015

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA ANO LETIVO 2014/2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCANENA ANO LETIVO 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 6º Ano Abril de 2015 Prova 06* 2015 Inglês Prova escrita (Decreto-Lei 3/2008, de 7 de janeiro)

Leia mais

DISCIPLINA: Biologia CÓDIGO DA PROVA: 302

DISCIPLINA: Biologia CÓDIGO DA PROVA: 302 DISCIPLINA: Biologia CÓDIGO DA PROVA: 302 CICLO: Secundário ANO DE ESCOLARIDADE: 12º 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino

Leia mais

Prova Final/Prova de Exame Nacional de Português Língua Não Materna (B1)

Prova Final/Prova de Exame Nacional de Português Língua Não Materna (B1) PROVA FINAL DO 2.º E do 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO E EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO PLNM (B1) Prova 64 94/1.ª Chamada/2012 PLNM (B1) Prova 839/1.ª Fase/2012 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro,

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês Informação-Prova de Equivalência à Frequência Prova Escrita de Inglês Prova 21 2015 9.º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 90 minutos 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS DO 2º CICLO

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS DO 2º CICLO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS-2ºCICLO (PROVA ESCRITA) 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico de Inglês,

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Final de Matemática. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 62/2.ª Fase. Critérios de Classificação.

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Final de Matemática. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 62/2.ª Fase. Critérios de Classificação. Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 62/2.ª Fase Critérios de Classificação 9 Páginas 2015 Prova 62/2.ª F. CC Página 1/ 9 CRITÉRIOS GERAIS

Leia mais

Prova Escrita de Biologia e Geologia

Prova Escrita de Biologia e Geologia EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Biologia e Geologia 11.º/ 12.º anos de Escolaridade Prova 702/1.ª Fase 9 Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 2015 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

Versão 1. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Versão 1. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Português Versão 1 Teste Intermédio Português Versão 1 Duração do Teste: 90 minutos 27.02.2012 12.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Na folha de respostas,

Leia mais

Prova Escrita de Matemática B

Prova Escrita de Matemática B EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/004, de 6 de Março Prova Escrita de Matemática B 11.º/1.º Anos de Escolaridade Prova 735/.ª Fase 1 Páginas Duração da Prova: 150 minutos. Tolerância:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS ESCOLA BÁSICA 2/3 MARTIM DE FREITAS 2015/2016. Conteúdos

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS ESCOLA BÁSICA 2/3 MARTIM DE FREITAS 2015/2016. Conteúdos Português/ Planificação anual 9º ano, de acordo com as metas: conteúdos essenciais a trabalhar com os alunos. Domínios de Referência Conteúdos 1º Período ( 65 aulas) Compreensão do oral: texto jornalístico;

Leia mais

Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30 minutos. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30 minutos. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Português 12.º Ano de Escolaridade Prova 639/2.ª Fase 8 Páginas Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30

Leia mais

Prova Escrita de Economia A

Prova Escrita de Economia A Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Economia A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 19/01, de 5 de julho Prova 71/.ª Fase Critérios de Classificação 1 Páginas 014 Prova 71/.ª

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós Informação-Prova de Equivalência à Frequência Prova de Equivalência à Frequência de Inglês (Escrita + Oral) Prova Código 06-2015 2º Ciclo do Ensino Básico - 6ºano de escolaridade 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: INGLÊS (LE I) Prova Oral e Prova Escrita

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: INGLÊS (LE I) Prova Oral e Prova Escrita Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: INGLÊS (LE I) Prova Oral e Prova Escrita 2º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo de 2011/12 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

1. Conhecimento e compreensão de dados, conceitos, modelos e teorias; 3. Mobilização e utilização de dados, conceitos, modelos e teorias;

1. Conhecimento e compreensão de dados, conceitos, modelos e teorias; 3. Mobilização e utilização de dados, conceitos, modelos e teorias; INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA BIOLOGIA Março de 2015 Prova 302 2015 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

ANEXO 2 PLANIFICAÇÃO DE UNIDADE DIDÁTICA OS LUSIADAS

ANEXO 2 PLANIFICAÇÃO DE UNIDADE DIDÁTICA OS LUSIADAS ANEXO 2 PLANIFICAÇÃO DE UNIDADE DIDÁTICA OS LUSIADAS Agrupamento de Escolas da Zona Urbana de Viseu Escola Básica Grão Vasco Departamento Curricular de Línguas - Grupo de Português Ano Letivo 2012/ 2013

Leia mais

Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Informação-Prova de Equivalência à Frequência Informação-Prova de Equivalência à Frequência 2º Ciclo do Ensino Básico Prova de Equivalência à Frequência de Língua Estrangeira I Inglês Escrita e Oral Prova 06/ 2013 Despacho normativo nº 5/ 2013, de

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 1. Introdução O presente documento visa, conforme previsto no Despacho Normativo n.º 5/2013, de 8 de abril, divulgar as características da prova de equivalência

Leia mais

AUTO DA BARCA DO INFERNO GIL VICENTE

AUTO DA BARCA DO INFERNO GIL VICENTE AUTO DA BARCA DO INFERNO GIL VICENTE Para se compreender o Auto da Barca do Inferno deve-se ter em mente que essa obra foi escrita em um período da história que corresponde à transição da Idade média

Leia mais

Prova Escrita de Biologia e Geologia

Prova Escrita de Biologia e Geologia EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Biologia e Geologia 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 19/2012, de de julho Prova 702/Época Especial Critérios de Classificação 10 Páginas

Leia mais

Nome: nº Data: 7º ano Profa.:Juliana Sanches

Nome: nº Data: 7º ano Profa.:Juliana Sanches 1 Nome: nº Data: 7º ano Profa.:Juliana Sanches Conteúdo: - Predicação Verbal; - Modo e Tempo Verbal; - Vozes Verbais. Trabalho para Recuperação 01. Leia a tira. a) Na oração Queria mandar um alô para o

Leia mais

Equipa de Animação Pedagógica Mosteiro dos Jerónimos e Torre de Belém

Equipa de Animação Pedagógica Mosteiro dos Jerónimos e Torre de Belém Visita com Atelier -Animais do Mundo Era uma vez um rei chamado Manuel I que gostava de animais... Vamos através da história deste Mosteiro, conhecer os animais que no séc. XVI chegavam a Lisboa vindos

Leia mais

Prova Escrita de Economia A

Prova Escrita de Economia A EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Prova Escrita de Economia A 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 712/Época Especial 15 Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

Prova Final de Língua Portuguesa

Prova Final de Língua Portuguesa PROVA FINAL DO 3.º CICLO do Ensino BÁSICO Decreto-Lei n.º 6/200, de 8 de janeiro Prova Final de Língua Portuguesa 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova 9/.ª Chamada 3 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância:

Leia mais

Prova Escrita de Francês

Prova Escrita de Francês Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Francês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova 17/1.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

Colégio Internato dos Carvalhos

Colégio Internato dos Carvalhos Grupo Disciplinar de Línguas Românicas aøväxé wé XÇá ÇÉ fxvâçwöü É Matriz do Teste Intermédio de Português do 12.º ano Ano letivo 2014-2015 Objeto de avaliação INFORMAÇÃO-TESTE de Português 12.º ano (a

Leia mais

(Nos termos do Despacho Normativo 6-A/2015, de 5 de março)

(Nos termos do Despacho Normativo 6-A/2015, de 5 de março) Código: 345921 Escola Básica e Secundária de Melgaço Sede do Agrupamento de Escolas de Melgaço INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 10 E 11º ANOS DE ESCOLARIDADE INGLÊS (Nos termos do Despacho

Leia mais

Prova Final/Prova de Exame Nacional de Português Língua Não Materna (A2)

Prova Final/Prova de Exame Nacional de Português Língua Não Materna (A2) PROVA FINAL DO 2.º E do 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO E EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO PLNM (A2) Prova 63 93/2.ª Chamada/2013 PLNM (A2) Prova 739/2.ª Fase/2013 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 7/200, de 26 de março Prova Escrita de Inglês.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 0/1.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

Leiamos o Texto Sagrado:

Leiamos o Texto Sagrado: Um encontro com Jesus Mateus 14.22-32 Pr. Fernando Fernandes (PIB em Penápolis) Cristo em Casa Glicério, 27/08/2009 Leiamos o Texto Sagrado: Logo em seguida, Jesus insistiu com os discípulos para que entrassem

Leia mais

AS NOSSAS EMBARCAÇÕES

AS NOSSAS EMBARCAÇÕES Trabalho de Projecto AS NOSSAS EMBARCAÇÕES Disciplinas intervenientes: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, História e Geografia de Portugal, Educação Visual e Tecnológica. Tópicos que podem ser tratados

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Samora Correia Informação - Prova de Exame de Equivalência à Frequência de INGLÊS I Data: abril 2015

Agrupamento de Escolas de Samora Correia Informação - Prova de Exame de Equivalência à Frequência de INGLÊS I Data: abril 2015 Agrupamento de Escolas de Samora Correia Informação - Prova de Exame de Equivalência à Frequência de INGLÊS I Data: abril 2015 2ºCiclo - 6º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

Leia mais

INGLÊS PROVA ESCRITA. 1. Introdução. 2. Objeto de avaliação. A) Competências COLÉGIO LICEAL DE SANTA MARIA DE LAMAS

INGLÊS PROVA ESCRITA. 1. Introdução. 2. Objeto de avaliação. A) Competências COLÉGIO LICEAL DE SANTA MARIA DE LAMAS Matriz da Prova de Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Básico de COLÉGIO LICEAL DE SANTA MARIA DE LAMAS Prova de Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Básico de: Prova 21 2015 9º Ano de

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Básico Informação Prova de Equivalência à Frequência INGLÊS (LE I) Prova escrita e oral Prova 21 2015 do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame

Leia mais

Prova Escrita + Oral de Inglês

Prova Escrita + Oral de Inglês Informação-Prova de Equivalência à Frequência Prova Escrita + Oral de Inglês Prova 367 2015 11º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 90 minutos (sem tolerância); Oral: 25 minutos Decreto-Lei n.º 139/2012,

Leia mais

Conta-me Histórias. Lê atentamente o texto que se segue.

Conta-me Histórias. Lê atentamente o texto que se segue. Prova de Língua Portuguesa 5.º Ano de escolaridade Ano letivo 2013 / 2014-1.ª Chamada Ano lectivo 2012 / 2013 Lê atentamente o texto que se segue. Conta-me Histórias Quando eu era pequena, os campos estavam

Leia mais

português língua não materna (a2) Dezembro de 2013

português língua não materna (a2) Dezembro de 2013 Informação prova final / Exame Final Nacional português língua não materna (a2) Dezembro de 2013 Prova 63/93/739 2014 6.º Ano, 9.º Ano ou 12.º Ano de Escolaridade O presente documento divulga as características

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Inglês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova 0/2.ª Fase Critérios de Classificação 8 Páginas

Leia mais

1.º CEB. Clara Amorim

1.º CEB. Clara Amorim 1.º CEB Metas Curriculares de Português Documento de referência para o ensino e a aprendizagem e para a avaliação interna e externa, de progressiva utilização obrigatória. Contém os conteúdos do programa

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS 2015 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

TRADUÇÃO DO FORAL DO CONDE D. HENRIQUE

TRADUÇÃO DO FORAL DO CONDE D. HENRIQUE Foral de Guimarães Tradução Aires Augusto do Nascimento Revista de Guimarães, n.º 106, 1996, pp. 35-41 TRADUÇÃO DO FORAL DO CONDE D. HENRIQUE Observação preliminar: A tradução do foral de Guimarães pretende

Leia mais

Prova Final de Matemática

Prova Final de Matemática PROVA FINAL DO 2.º CICLO do Ensino BÁSICO Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Prova 62/1.ª Chamada Critérios de Classificação 8 Páginas 2012 COTAÇÕES

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Ciências Naturais Código da Prova: 10/2015 9º Ano de Escolaridade

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Ciências Naturais Código da Prova: 10/2015 9º Ano de Escolaridade Disciplina Ciências Naturais Código 10 2014/2015 Informação - Prova de Equivalência à Frequência Ciências Naturais Código da Prova: 10/2015 9º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho,

Leia mais

Toda bíblia é comunicação

Toda bíblia é comunicação Toda bíblia é comunicação Toda bíblia é comunicação de um Deus amor, de um Deus irmão. É feliz quem crê na revelação, quem tem Deus no coração. Jesus Cristo é a palavra, pura imagem de Deus Pai. Ele é

Leia mais