FATORES DE QUALIDADE OPERACIONALIZADOS PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÂO DA UFRRJ NA MODALIDADE EAD, NA PERCEPÇÂO DOS ESTUDANTES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FATORES DE QUALIDADE OPERACIONALIZADOS PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÂO DA UFRRJ NA MODALIDADE EAD, NA PERCEPÇÂO DOS ESTUDANTES"

Transcrição

1 ISSN FATORES DE QUALIDADE OPERACIONALIZADOS PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÂO DA UFRRJ NA MODALIDADE EAD, NA PERCEPÇÂO DOS ESTUDANTES Gezany da Silva M.Leite (UAB/UFRRJ) Tania Regina Frota V. Dias (UAB/UFRRJ) Silvestre P. de Souza Neto (UAB/UFRRJ) Resumo RESUMO A disseminação da Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) possibilitou uma verdadeira revolução na educação, na informação e na ampliação da Educação a distância (EAD) na primeira década do Século XXI. Hoje, este ensino multiidimensional necessita de uma estrutura de ensino (incluindo mídias e profissionais), além de pedagogia voltada para um novo momento do ensino e aprendizado. A opinião de seus usuários torna-se fundamental para se adequar o oferecimento do serviço às suas necessidades. Assim, o objetivo deste artigo é identificar a importância dos fatores de qualidade operacionalizados através do modelo utilizado pelo consórcio CEDERJ no oferecimento do Curso de Administração do ponto de vista dos alunos (usuários). O Consórcio CEDERJ e a Universidade Aberta do Brasil (UAB), através de universidades públicas sediadas no Rio de Janeiro, surgiu com o propósito de oferecer ensino superior a distância de qualidade. Na metodologia qualitativa, optou-se por utilizar o Método de Análise de Conteúdo com análise categorial, visando melhor entender a importância dos pontos positivos (fatores de qualidade) na percepção dos alunos do curso. Foram encontrados 18 fatores de qualidade operacionalizados sob os quais os estudantes expressam suas expectativas. Em sua percepção, não possibilitar uma maior integração entre os colegas de curso de pólos diferentes e a falta de clareza para os discentes quanto à integração entre coordenação das disciplinas, curso e Pólo são os aspectos mais prejudiciais à boa Coordenação acadêmica do curso.

2 Palavras-chaves: Educação à Distância, Tecnologia de Informação e Comunicação e Fatores de Qualidade. 2

3 1. Introdução O crescimento e a disseminação da Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) possibilitaram uma verdadeira revolução na educação, informação e a ampliação da Educação à distância (EAD). Hoje, esse ensino multidimensional necessita de uma estrutura de ensino (incluindo mídias e profissionais), além de pedagogia voltada para um novo momento do ensino e aprendizado. Conforme citado por Lévy (1999), Com o crescimento do Ciberespaço observa-se um movimento internacional de jovens ávidos para experimentar, coletivamente, formas de comunicação diferentes daquelas que as mídias clássicas nos propõem. Outro ponto a destacar é que está se vivendo a abertura de um novo espaço de comunicação, e cabe apenas a nós explorar as potencialidades mais positivas deste espaço nos planos econômicos, político, cultural e humano. Além disso, a EAD facilita a aquisição de conhecimento não só voltado para os jovens, também inclui estudantes e profissionais com experiência de mercado e consegue ultrapassar as barreiras geográficas para a oferta de ensino público gratuito e de qualidade (modelo CEDERJ). O Consórcio CEDERJ e a Universidade Aberta do Brasil (UAB), através de universidades federais, estaduais e municipais e institutos de educação tecnológica, surgiu com o propósito de oferecer em todos os estados, ensino superior a distância de qualidade, de acordo com os critérios por ela estabelecidos. A proposta educacional do consórcio CEDERJ, destacando-se o curso de Administração se insere num projeto de sociedade participativa e democrática. Sendo assim, os ambientes virtuais e as mídias de comunicação podem contribuir significativamente para um novo paradigma de construção e disseminação do conhecimento. Neste contexto, o objetivo deste artigo é identificar a importância dos fatores de qualidade operacionalizados através do modelo utilizado pelo consórcio CEDERJ no oferecimento do Curso de Administração do ponto de vista dos alunos (usuários). 2. A estrutura do ensino a distância no Rio de Janeiro Com a assinatura do convênio que criou o Consórcio CEDERJ (Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro), celebrado entre o Estado do Rio de Janeiro, através da SECT Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e as universidades públicas sediadas no Estado, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro 3

4 (UENF), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), iniciou-se formalmente o desenvolvimento do ensino a distância (público) no Estado do Rio de Janeiro em 26 de janeiro de Logo a seguir foi criada a Fundação CECIERJ, fruto da união do Consórcio CEDERJ com a autarquia CECIERJ, que já existia desde O objetivo do Consórcio CEDERJ é oferecer cursos de graduação, extensão e pós-graduação, em consonância com os artigos 43 e 44 da LDB. Vale destacar que o aluno é diplomado por uma das universidades consorciadas, de acordo com o curso que ele escolhe e com o pólo onde está matriculado. Os projetos pedagógicos dos cursos e conteúdo do material impresso são responsabilidade das universidades, além da avaliação dos alunos. Os professores das universidades consorciadas são coordenadores dos cursos, das disciplinas e conteudistas do material didático. A Fundação CECIERJ produz o material didático e faz a gestão do sistema de ensino a distância, tanto como interlocutor do Consórcio CEDERJ como gerenciando as ferramentas do ensino a distância, como a plataforma e os tutores em todos os pólos O sistema de ingresso nos cursos de graduação O ingresso nos cursos é realizado por meio de dois editais publicados no início e no meio do ano para o vestibular. O primeiro vestibular foi oferecido em novembro de 2001, com 160 vagas para Licenciatura em Matemática, igualmente distribuídas em quatro pólos. O curso de Administração teve o seu primeiro vestibular no ano de O modelo de EaD aplicado pelo consórcio CEDERJ A Fundação CECIERJ/Consórcio CEDERJ visa oferecer educação à distância no âmbito do Estado do Rio de Janeiro. A metodologia aplicada está baseada no tripé formado por material didático, pólos e universidades. Inicialmente, os primeiros cursos a serem oferecidos eram voltados para a formação de professores para atuar na Educação Básica, no ensino de Química, Física, Matemática e Pedagogia para séries iniciais. O sistema de ensino empregado pela Fundação CECIERJ classificada como semipresencial, porque o aluno deverá seguir as aulas, fazer os exercícios e interagir com os tutores e com os colegas pela internet, e também comparecer ao pólo em algumas oportunidades, como a aula inaugural, as práticas nos laboratórios (quando for o caso) e as avaliações presenciais. 4

5 Atualmente, a população tem a oportunidade de freqüentar cursos superiores de qualidade, organizados pelas universidades públicas sediadas na totalidade do Estado (em termos de microrregiões) e assim, o aluno que residir em um município deslocado dos grandes centros, não terá mais um impedimento para que ele freqüente esse curso, pois não precisará se afastar de sua residência. A qualidade do curso a distância está baseada na visão em que o aluno é o centro do processo educativo e assim, a interação entre professores, tutores e alunos, que atualmente é facilitada pelo uso das TIC s (Tecnologias de Informação e Comunicação), contribuindo para a disseminação do ensino superior através da modalidade à distância A estrutura de pólos Figura 1 - Mapa do estado com os pólos distribuídos em sua extensão. Os 34 polos estão distribuídos nas 18 microrregiões. Fonte: Fundação CECIERJ Os pólos são compostos de laboratórios, bibliotecas, salas de aula, sala de informática, salas de tutoria e outras áreas físicas de apoio suporte ao aluno. Os pólos estão distribuídos pelo interior do estado, embora existam alguns na Região Metropolitana. Existe uma parceria entre a prefeitura do município que o acolhe a Fundação CECIERJ. Na maioria das vezes, a prefeitura disponibiliza o prédio e o pessoal administrativo, enquanto a Fundação CECIERJ fornece os insumos para seu funcionamento: computadores, material para laboratório e outros, além do pagamento dos recursos humanos. Cada pólo tem associado a si um conjunto de cursos a serem oferecidos; diante disso, toda a infra-estrutura do pólo está vinculada aos cursos, especialmente quanto aos laboratórios onde são realizadas as aulas práticas. O aluno deve comparecer ao pólo para desenvolver atividades presenciais, aulas práticas e avaliações 5

6 presenciais (AP). Atualmente há 34 pólos espalhados no Estado do Rio de Janeiro alcançando 18 micro-regiões do Estado, conforme destacado na Figura Produção do material didático com vistas à EaD O corpo docente das universidades consorciadas produz o material didático impresso. O professor, chamado de conteudista, prepara o texto que passa para a equipe de produção de material didático e desenho instrucional para adaptá-lo à metodologia a distância. A criação desse material não segue a estrutura de um livro-texto, mas sim a forma de como é passada as aulas, onde os comentários e sugestões de outras leituras são atividades complementares. A equipe do desenho instrucional molda a estrutura para que, sem perder o conteúdo, haja adequada apresentação visual do texto, sendo mais palatável. O material didático é complementado pelas aulas web, que são elaboradas a partir do material impresso O sistema de tutoria A tutoria consiste em uma rede de apoio ao aluno, onde um sistema de comunicação que permite ao estudante resolver suas dúvidas referentes a material didático e a aspectos relativos à orientação de aprendizagem como um todo, a fim de promover a articulação entre o estudante, o professor e o tutor. Como uma parte relevante de alunos não está familiarizada com o sistema de ensino a distância, nem com o uso das TIC s, o sistema de tutoria aplicado no Consórcio CEDERJ possui duas vertentes: atuação presencial e atendimento a distância. Na tutoria presencial, os tutores atendem nos pólos, enquanto o atendimento a distância se dá com a utilização de duas ferramentas: a internet, acessando a plataforma com sua senha e login pessoal ou através do telefone, com ligação gratuita (0800). A tutoria a distância oferece suporte para os dias em que o aluno não pode ir ao pólo e também nas tarefas com maior uso da plataforma como fóruns, chats e atividades online. Ela se dá através da linha gratuita, via fax e através da plataforma, chat, onde os alunos podem colocar as dúvidas que são respondidas no intervalo máximo de 24h. A tutoria presencial está presente em todos os cursos até o quarto período. A partir daí, o aluno tem disponível apenas a tutoria à distância, onde cada tutor despende aproximadamente duas horas respondendo a questões relativas a exercícios, atividades de laboratório, entre outras. Ela também é obrigatória nas disciplinas de práticas laboratoriais, assim, todas as aulas práticas são realizadas com auxílio de tutores A estrutura dos cursos e o sistema de avaliação 6

7 Os cursos de bacharelados são projetados para serem concluídos em 8 a 10 semestres. A estrutura dos cursos é dividida em ciclo introdutório, ciclo básico e ciclo profissional. No que concerne ao curso de Administração, os alunos deverão desenvolver um estágio supervisionado e efetuar a defesa da sua monografia de conclusão de curso para efetuar a conclusão do curso. Como premissa básica, o consórcio segue o mesmo rigor dos cursos presenciais oferecidos pelas universidades consorciadas, inclusive nas avaliações. Assim, o sistema de avaliação aplicado é dividido em avaliações presenciais (AP s) e avaliações a distância (AD s). As AD s são formadas por um conjunto de questões teóricas e exercícios que o aluno resolve em casa ou online (na plataforma), aliado ao relatório das aulas práticas desenvolvidas nos pólos. Representam 20% da nota final na disciplina, a AD é acessada através da plataforma, onde são disponibilizados também os gabaritos e notas posteriormente. No entanto, as avaliações presenciais (AP s) são responsáveis por 80% da nota final da disciplina e são realizadas nos pólos A plataforma e seus recursos A Plataforma empregada nos cursos do Consórcio CEDERJ foi desenvolvida pela Fundação Cecierj e permite a integração entre as partes envolvidas no processo de ensinoaprendizagem, contemplando também a interatividade entre o estudante, tutores e coordenadores e responsáveis pelo sistema de gerenciamento acadêmico e administrativo. Por meio da plataforma, o aluno tem acesso também ao material didático impresso, cronograma, atividades, sala de conferência, sala de tutoria, aulas web, fóruns, avaliações e gabaritos, quadro de avisos, guia da disciplina, material complementar e outros. O acesso é privativo dos alunos matriculados, dos docentes e gestores, através de senha e login O curso de Bacharel em Administração Neste trabalho, o objeto de estudo é a Graduação no Curso de Administração de Empresas, ofertado pelo Consórcio CEDERJ, que teve início em janeiro de 2006 e a conclusão da primeira turma em dezembro de O curso traz consigo a demanda de mercado e a relevância do papel do administrador nas instituições públicas e privadas. O curso de Administração foi regulamentado pela UAB através do Decreto nº 5.800, de 08 de junho de 2006, disponibilizando 80 mil vagas para o ano de 2007 em cursos de graduação, especialização e aperfeiçoamento na modalidade de educação à distância. Inicialmente a oferta de cursos estava distribuída por 47 IFES (instituições federais de ensino superior) que 7

8 colaboram com a UAB, presentes em 297 municípios, sendo 36 universidades e 10 CEFET s, mais a Fiocruz, com proposta de oferecer dois cursos especializados em muitos municípios brasileiros, em No projeto político-pedagógico desse curso define que 80% das aulas são virtuais e os 20% restantes presenciais, com avaliações rígidas tanto em ambiente virtual como sob a forma presencial (provas), exigindo dos alunos forte dedicação ao cumprimento das exigências de aprendizagem dos conteúdos, materiais e tarefas, de forma disciplinada. As primeiras turmas dos cursos a distância eram formadas, em sua maioria, por adultos que estavam afastados há pelo menos cinco anos das salas de aulas; conseqüentemente, eram pessoas que trabalhavam e enxergavam na metodologia a distância a possibilidade de retomar os estudos sem comprometer sua rotina. Mais recentemente observou-se que jovens egressos recentemente do ensino médio formam um contingente considerável do alunado. O perfil do aluno dos cursos a distância oferecidos pela Fundação Cecierj mostra que eles moram próximo aos pólos (menos de 1km), a renda familiar está entre um e seis salários mínimos e são trabalhadores responsáveis pelo sustento da família. A porcentagem de alunos que não trabalham corresponde àqueles jovens recém-saídos do ensino médio. Desde a abertura das primeiras vagas, o número de pólos cresceu de quatro para 34, indicando um crescimento bastante expressivo ao longo de sete anos, mas que ainda não atingiu o regime estacionário. O ano de 2003 foi o que apresentou maior taxa de crescimento. Atualmente o estado está completamente coberto pelos pólos do Consórcio CEDERJ, considerando suas microrregiões. O número de cursos também vem crescendo; novos cursos estão previstos para o próximo ano e para Metodologia Para a classificação da pesquisa, toma-se como base a taxionomia apresentada por Vergara (2009), que a qualifica em relação a dois aspectos: quanto aos fins e quanto aos meios. Quanto aos fins, a pesquisa foi exploratória e descritiva. Exploratória porque, não se verificou a existência de estudos que abordem a percepção dos alunos quanto aos aspectos positivos e negativos de um curso de graduação em administração a distancia do ponto de vista pelo qual a pesquisa tem intenção de abordá-lo. Segundo Mattar (2001), a pesquisa exploratória é útil, quando visa prover o pesquisador de maior conhecimento sobre o tema de pesquisa. Descritiva, visto que, o objetivo foi descrever percepções, expectativas e 8

9 depoimentos dos alunos ao operacionalizar fatores de qualidade contemplando aspectos favoráveis e desfavoráveis a seu julgamento. Desta forma, segundo Gil (2002), houve o estabelecimento de relações entre as variáveis, envolvendo a utilização de técnicas padronizadas de coleta de dados como questionário e observação sistemática. Quanto aos meios, a pesquisa de campo e de estudo de caso. Para este estudo foi considerada uma população de cerca de 200 alunos regularmente matriculados na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro pelo Consorcio CEDERJ e uma amostra de 324 alunos inscritos no Curso de Graduação em Administração oferecido na modalidade à distância. A metodologia empregada foi a de promover a avaliação do curso através de instrumento próprio disponibilizado na plataforma de ensino/aprendizagem, um questionário com duas perguntas abertas durante um período determinado. Desta forma foi utilizado um banco de dados do registro acadêmico de uma avaliação dos alunos do curso de administração no período de final ano de Esta pesquisa se caracteriza como por oportunidade e não probabilística. Para este estudo pesquisa qualitativa é a mais adequada, por enfatizar a exploração do assunto num universo de verificação e análise do fenômeno, possibilitando maior conhecimento sobre o tema, envolvendo a obtenção de dados descritivos sobre pessoas, lugares, processos interativos, por contato direto do pesquisador com a situação desejada, no intuito de compreender os fenômenos segundo a perspectiva dos participantes da situação em estudo (GODOY, 1995). O tratamento de dados deu-se através do Método de Análise de Conteúdo com análise categorial, visando melhor entender a importância dos pontos positivos (fatores de qualidade) na percepção dos alunos do curso. Este permite estudar motivações, opiniões, atitudes, valores, crenças e tendências. O processo se dá através de transcrição dos relatos dos entrevistados, codificação dos conteúdos e interpretação de seus significados (BARDIN, 1977). A Análise Categorial foi desenvolvida tendo como unidade de registro o Tema. A investigação do Tema ou Análise Temática, [...] consiste em descobrir os núcleos de sentido que compõe a comunicação e cuja presença, ou frequência de aparição pode significar alguma coisa para o objetivo analítico escolhido (BARDIN, 1977, p.105). Após sucessivas análises das respostas dadas pelos alunos foram gerados 855 itens que foram agrupados em categorias. Os mesmos foram entendidos como 442 pontos positivos e 413 pontos negativos e que foram alocados como Fatores de Qualidade e Aspectos Prejudiciais respectivamente (Anexo 1). A base de construção e análise foram os critérios de 9

10 qualidade segundo o consórcio CEDERJ, da UAB, do INEP e demais órgãos de avaliação do ensino superior no Brasil. 4. Análise dos Resultados Tendo como objetivo a análise da importância dos fatores de qualidade operacionalizados quanto à qualidade em educação à distância na percepção dos alunos, várias etapas foram necessárias: a) identificar os fatores de qualidade do ponto de vista dos alunos do curso de graduação em administração à distância; b) identificar os aspectos prejudiciais do ponto de vista dos alunos do curso de graduação em administração à distância; c) Estabelecer uma contraposição entre os fatores de qualidade e os aspectos prejudiciais; d) Operacionalizar os fatores de qualidade; e) analisar a importância dos fatores de qualidade operacionalizados. 4.1 Identificar os Fatores de Qualidade do Ponto de Vista dos Alunos do Curso de Graduação em Administração à Distância Na identificação dos pontos positivos (fatores de qualidade) propôs-se a questão aberta: Em sua opinião, quais são os pontos positivos do curso de graduação em administração a distancia do CEDERJ/UFRRJ? Como resultado, através da análise de conteúdo das respostas consideradas à questão, o mesmo permitiu formular três grandes conjuntos com 20 categorias para os fatores de qualidade, (Anexo 1). O conjunto de categorias relacionadas ao CEDERJ, formado por três subconjuntos: a) Características e Modalidades Flexibilidade (Tempo e Lugar), Inclusão Social, Desenvolvimento profissional do discente, Projeto inovador, Desenvolvimento pessoal do discente; b) Acesso do aluno a tecnologia - Acesso à plataforma, Facilidade na aquisição de material didático, Comunicação através do telefone c) Convênio CEDERJ/UFRRJ - Credibilidade do curso, Coordenação do convênio com o curso de administração e Sistema de avaliação do discente. O conjunto de categorias relacionadas ao Curso de Administração da UFRRJ, também formada por três subconjuntos: a) Material didático - Qualidade do conteúdo do material didático; b) Corpo docente - Coordenador de disciplina, Tutores presenciais e Tutores a distância; e c) Coordenação Operacional Acadêmica Bom atendimento da secretária, Boa coordenação de tutoria e Boa coordenação acadêmica do curso. 10

11 O conjunto relacionado aos Pólos formado pela Coordenação nos Pólos - Bom atendimento da diretoria e secretaria e Infraestrutura para o bom funcionamento do Pólo (Biblioteca, laboratório de informática, secretaria). A Tabela 1 a seguir mostra esta distribuição. Tabela 1: Fatores de Qualidade CEDERJ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO P Ó L O S CATEGORIAS ESPECÍFICAS (F) (Fr) Características e Modalidade do Ensino a Distância 01 Ter facilidade e poder adequar à metodologia as necessidades dos alunos ,42 (Flexibilidade de Tempo e Lugar - Modelo EAD) 02 Universalização do ensino superior. (Possibilidade de formação 57 12,90 universitária aos desfavorecidos de tempo, excluídos, marginalizados e comunidades carentes. (Inclusão Social - Custo/Benefício do convênio). 03 Qualidade da formação. Aprendizagem à distância se adequando a minha 40 9,05 realidade de vida, possibilitando o meu aprendizado. (desenvolvimento profissional do discente) 04 Projeto inovador (Políticas e Diretrizes) 34 7,69 05 Desenvolver o autodidatismo, disciplina e raciocínio do discente 11 2,49 (desenvolvimento pessoal do discente) ,55 Acesso do Aluno a Tecnologia (TIC Tecnologia de informação e Comunicação 06 Capilaridade das instituições - Interação funcional (Acesso as informações na plataforma) 42 9,50 07 Facilidade na aquisição de material didático (download) (Aquisição de material na plataforma) 22 4,98 08 Ter comunicação através dos 0800 (Comunicação pelo telefone) 01 0, ,71 Convênio CEDERJ/ UFRRJ 09 Instituição séria e acreditada (Credibilidade do Convênio) 39 8,82 10 Manutenção e Engrandecimento do Curso de Administração (Coordenação 01 0,23 do convênio CEDERJ/UFRRJ) 11 Boa proposta do sistema de avaliação do discente. (avaliação do discente) 01 0, , ,54 Material Didático 12 Apostilas maravilhosas (qualidade do conteúdo do material didático) 48 10, ,86 Corpo Docente 13 Ter uma boa equipe de funcionários, composta por docentes 08 1,80 (Coordenadores de disciplina) 14 Tutores que vestem a camisa (Tutores presenciais) 08 1,80 15 Bom relacionamento dos alunos com os tutores (Tutores a distancia) 02 0, ,06 Coordenação Operacional Acadêmica 16 Bom atendimento da secretária ( secretaria do curso) 14 3,16 17 Boa coordenação de tutorias (coordenador de tutoria) 04 0,90 18 Boa coordenação acadêmica do curso (Coordenador acadêmico do Curso) 03 0, , ,66 Coordenação nos Pólos 11

12 19 Bom atendimento da Diretoria e Secretaria quanto a qualidade de serviços 17 3,85 prestados ao aluno no Pólo. 20 Ter Infraestrutura adequada para o bom funcionamento do Pólo 13 2,95 (Biblioteca, laboratório de informática, secretaria) 30 6, ,00 Fonte: dados da pesquisa Análise: Pela análise da tabela 1 se observou que 73,54% de freqüência relativa representam fatores de qualidade relacionados ao CEDERJ; 24,42%, fatores de qualidade relacionados ao Curso de Administração da UFRRJ; e, 6,80%, fatores de qualidade relacionados aos Pólos. Observou-se que a categoria (01), Flexibilidade (tempo e lugar) dentro do subconjunto, Características e Modalidades do curso, relacionado ao CEDERJ, obteve a maior freqüência relativa, 17,42% em relação às demais categorias, bem como, é a maior freqüência relativa de todas as categorias relacionadas aos Fatores de Qualidade. Segundo as percepções dos alunos: É uma oportunidade louvável. A maior importância é a facilidade e a adequação da metodologia as minhas necessidades, permitindo que eu estude, mesmo não tendo tempo. Dentro desse subconjunto também se observou a segunda maior freqüência, a categoria (02) Inclusão social, 12,90%, que na percepção de uma grande parte dos alunos significa: Universalização do ensino superior. A terceira maior frequência, a categoria (12) Qualidade do conteúdo do material didático, 10,86%, relacionada ao Curso de Administração, subconjunto Material didático. Na percepção dos alunos: Possui um material didático bem dinâmico e resumido, para melhor aprendizagem que me permite um estudo sem nenhum tipo de acompanhamento por tutor. Observou-se ainda que a maioria das categorias com freqüências relativas altas estão relacionadas ao conjunto CEDERJ, como: as categorias (06) Acesso às informações na Plataforma com 9,50%, o que na percepção dos alunos significa: Capilaridade das instituições de ensino superior. (Interação funcional) ; (04) Desenvolvimento profissional do discente, Qualidade da formação [...] grande utilidade para o profissional no momento atual do mercado de trabalho, 9,05% de frequência; (08) Instituição séria e Acreditada, 8,82% de frequência: Composto por universidades públicas de referência com altíssima qualidade. (04) Políticas e Diretrizes, Projeto inovador, 7,69% de freqüência relativa. As demais categorias também são consideradas importantes, visto que foram citadas pelos alunos: categoria (05) Desenvolvimento pessoal do discente, É uma proposta ótima que 12

13 valoriza, antes de tudo, o autodidatismo, a disciplina e o raciocínio ; (07) Facilidade de aquisição de material didático, Boa qualidade do download do material impresso ; (08) Comunicação através do telefone, 0800 para tutoria ; (10) Coordenação do convênio com o curso de administração, Os coordenadores do CEDERJ estão de parabéns pela manutenção e engrandecimento do curso ; (11) Sistema de avaliação do discente, O sistema de avaliação também é uma ótima proposta ; (13) Coordenador de disciplina, Considero que o diferencial desta instituição está na equipe de funcionários, composta por docentes ; (14) Tutores presenciais, Tutores presenciais que vestem a camisa (nos auxiliam e são interessados) ; (15) Tutores a distância, Excelente relacionamento dos tutores ; (16) Bom atendimento da secretaria do curso de administração, Cronograma bem feito de fácil seguimento das datas; AD s e AP's cumpridos, notas e histórico on-line ; (17) Boa coordenação de tutoria, Muito organizado com disponibilização de tutores em horários /locais diferenciados ; (18) Boa coordenação acadêmica do curso O trabalho realizado pelo coordenador do curso, sua preocupação com os alunos, sempre aberto para esclarecimentos ; (19) Bom atendimento da diretoria e secretaria do Pólo, Direção do Pólo e da secretária são dedicados e prestativos. (20) Infraestrutura de qualidade, Infraestrutura para o bom funcionamento do Pólo 4.2 Identificar os Aspectos Prejudiciais do Ponto de Vista dos Alunos no Curso de Graduação do Curso de Administração à Distância Na identificação dos pontos negativos (aspectos prejudiciais) propôs-se a questão aberta: Em sua opinião, quais são os pontos negativos do curso de graduação em administração a distancia do CEDERJ? Como resultado, através da análise de conteúdo das respostas consideradas à questão, o mesmo permitiu formular três grandes conjuntos com 18 categorias para os aspectos prejudiciais, (Anexo 1). O conjunto de categorias relacionadas ao CEDERJ, formado por três subconjuntos: a) Características e Modalidades do Curso - Políticas e Diretrizes, Inclusão Social, Flexibilidade (Tempo e Lugar), Dificuldade do desenvolvimento pessoal do discente; b) Acesso do aluno a tecnologia Falta de acesso as informações na plataforma, Dificuldade de acesso a tutoria por telefone; c) Convênio CEDERJ/UFRRJ - Problemas na coordenação do convênio com o curso de administração, Sistema de avaliação do discente e Credibilidade do curso. O conjunto de categorias relacionadas ao Curso de Graduação em Administração da UFRRJ também com três subconjuntos: a) Material didático - Falta de qualidade do conteúdo 13

14 do material didático; b) Corpo docente - Coordenador de disciplina, Tutores a distância, Tutores presenciais; c) Coordenação Operacional Acadêmica - Coordenação do curso, Secretária do Curso e Coordenação de Tutoria. O conjunto relacionado aos Pólos - Falta de estrutura para o funcionamento, principalmente nos pólos, as escolas estão péssimas. (auditório, biblioteca, laboratório de informática,...), A secretaria do pólo é muito ruim quanto ao aspecto qualidade dos serviços prestados. A Tabela 2 a seguir mostra esta distribuição. Tabela 2: Aspectos Prejudiciais CEDERJ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 01 CATEGORIAS ESPECÍFICAS (F) (Fr) Características e Modalidade do Curso Poderia haver uma maior conversação entre as universidades e o consórcio, agilizando processos ligados ao alunado. (Políticas e Diretrizes) ,90 02 Falta de contato humano além dos Pólos Regionais. (Inclusão Social). 13 3,14 03 Não ter flexibilidade para montar os nossos horários de estudos e conciliarmos outras atividades, assim como rotina de viagens. (Tempo/Lugar) 04 0,97 04 Dificuldade do aprendizado, por parte de quem não frequenta as tutorias presenciais. Bons desafios (desenvolvimento pessoal do discente autodidata) 04 0, ,98 Acesso do Aluno a Tecnologia 05 Falta de acessibilidade e falhas na comunicação com os alunos. (Acesso) 24 5,81 06 Dificuldade de acesso a tutoria por telefone (comunicação pelo 0800) 02 0, ,30 Convênio CEDERJ/UFRRJ 07 Problemas de logística, inflexibilidade do calendário (coordenação do convênio com o curso de administração). 40 9,69 08 Sistema para revisão de prova pouco funcional (Sist. de avaliação do discente) 10 2,42 09 Preconceito quanto à educação a distancia. (Credibilidade do convênio) 05 1, , ,60 Material Didático 10 Falta de qualidade do conteúdo do material didático e demora na confecção do 26 6,30 material didático 26 6,30 Corpo Docente 11 Ausência de canal direto com os coordenadores. (Coord. de disciplina) 38 9,20 12 Não monitorar o estudante por telefone, s efetivando uma cobrança mais eficaz e ao mesmo tempo motivando-o. (Tutores a distancia) 24 5,81 13 Deveria dar mais apoio a quem depende de tutoria presencial. Não há incentivo para grupos de estudo (Tutores presenciais) 15 3, ,64 Coordenação Operacional Acadêmica Não possibilitar uma maior integração entre os alunos de pólos diferentes. 14 Faltam palestras, atividades presenciais que acrescentem mais conhecimento ao aluno, estágios, empresa Junior. Falta clareza para os alunos e integração ,60 entre coordenação das disciplinas, curso e Pólo. (Coordenação do curso) 15 Redução da qualidade a partir do crescimento da demanda principalmente em referencia à disponibilidade de material didático e lançamento de notas. 20 4,84 14

15 PÓLOS (Secretaria do curso) 16 Problemas no horário de tutoria da distância e comunicação ruim: pela sala de tutoria demora muito e por nenhum tutor ou coordenador responde. 15 3,63 (Coordenação de tutorias) , ,01 Coordenação nos Pólos 17 Falta de estrutura para o funcionamento, principalmente nos polos, as escolas estão péssimas. (auditório, biblioteca, laboratório de informática,...). 09 2,18 18 A secretaria do pólo é muito ruim quanto ao aspecto qualidade dos serviços prestados. 05 1, ,39 Fonte: dados da pesquisa Análise ,00 Pela análise da tabela 2 se observou que 61,01% de freqüência relativa representam aspectos prejudiciais ligados ao Curso de Administração da UFRRJ; 35,60%, aspectos prejudiciais ligados ao CEDERJ e, apenas 3,39% dos aspectos prejudiciais ligados aos Pólos. Observou-se que a categoria (14), Coordenação do Curso, no subconjunto, Coordenação Operacional Acadêmica, está relacionado ao Curso de Administração e obteve a maior freqüência relativa, 27,60% em relação às demais categorias, bem como, a maior freqüência relativa de todas as categorias relacionadas aos Aspectos Prejudiciais. Na percepção de grande parte dos alunos, Não possibilitar uma maior integração entre os alunos de pólos diferentes, Faltam palestras, atividades presenciais que acrescentem mais conhecimento ao aluno, estágios, empresa Junior. Falta clareza para os alunos e integração entre coordenação das disciplinas, curso e Pólo são aspectos que prejudicam o curso. O segundo maior aspecto prejudicial está ligado à categoria (01) Políticas e Diretrizes, 10,90% de freqüência relativa, relacionada ao CEDERJ na modalidade, Características e Modalidades do Curso, na percepção dos alunos, Poderia haver uma maior conversação entre as universidades e o consórcio, agilizando processos ligados ao alunado são aspectos prejudiciais. Outros aspectos prejudiciais estão relacionados ao CEDERJ, no subconjunto Convênio CEDERJ/UFRRJ, a categoria (07) Coordenação do convênio com o curso de administração com 9,69% representa a terceira maior freqüência relativa. Os alunos entendem que: A falta de Logística em relação à distribuição de material didático e a Inflexibilidade do calendário, principalmente o de provas são aspectos prejudiciais a esta categoria. 15

16 Outro aspecto prejudicial que merece destaque: Material didático incompatível com o nível de conhecimento exigido nas avaliações (AD s e AP s) Ausência de canal direto com os coordenadores representa na percepção dos alunos aspecto prejudiciais a categoria: (11) Coordenador de Disciplina relacionada ao Curso de Administração UFRRJ, subconjunto Corpo Docente, com 9,20% de freqüência relativa. Os demais aspectos prejudiciais também são considerados importantes, visto que os mesmos foram citados pelos alunos e estão descritos como categorias na Tabela Contraposição entre os Fatores de qualidade e os Aspectos prejudiciais. Com a finalidade de operacionalizar os fatores de qualidades na percepção dos alunos do curso de administração à distância e para uma melhor compreensão desses fatores procedeu-se a uma contraposição dos mesmos com os aspectos que podem prejudicar o seu gerenciamento. Optou-se pela criação de dois artifícios, ambos, aspectos prejudiciais: Falta de contatos para ingresso no mercado de trabalho contrapondo a categoria Desenvolvimento profissionais do discente; Dificuldade na aquisição de material didático disponível na internet (problemas com o download) contrapondo Facilidade na aquisição de material didático (Plataforma). O Quadro 1 a seguir mostra essa contraposição. Quadro 1: Contraposição entre Fatores de Qualidade e Aspectos Prejudiciais incluindo os artifícios CEDERJ Fatores de Qualidade (pontos positivos) Ter facilidade e poder adequar à metodologia as necessidades dos alunos. Universalização do ensino superior. (Possibilidade de formação universitária aos desfavorecidos de tempo, excluídos, marginalizados e comunidades carentes) Qualidade da formação do discente. Aprendizagem à distância possibilitando o meu aprendizado. Projeto inovador. Desenvolver o autodidatismo, disciplina e raciocínio do discente. CATEGORIAS ESPECÍFICAS Aspectos Prejudiciais (pontos negativos) Características e Modalidade do Curso Não ter flexibilidade para montar os nossos horários de estudos e conciliarmos outras atividades, assim como rotina de viagens Falta de contato humano além dos Pólos Regionais. Falta de contatos para ingresso no mercado de trabalho. Haver uma maior conversação entre as universidades e o consórcio, agilizando processos ligados ao alunado. Dificuldade do aprendizado, por parte de quem não frequenta as tutorias presenciais. Bons desafios. Acesso do Aluno a Tecnologia 16

17 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Capilaridade das instituições - Interação funcional Facilidade na aquisição de material didático (download) Ter comunicação através do telefone Falta de acessibilidade e falhas na comunicação com os alunos Dificuldade na aquisição de material didático disponível na internet (problemas com o download) Dificuldade de acesso a tutoria por telefone (comunicação pelos 0800) Convênio CEDERJ/UFRRJ Instituição séria e acreditada Preconceito quanto à educação a distancia. Manutenção e Engrandecimento do Problemas de logística, inflexibilidade do calendário, Curso de Administração problemas com material didático Boa proposta do sistema de avaliação Sistema para revisão de prova pouco funcional do discente. Apostilas maravilhosas Ter uma boa equipe de funcionários, composta por docentes. Tutores que vestem a camisa. Bom relacionamento dos alunos com os tutores a distância Bom atendimento da secretária Boa coordenação de tutorias Boa coordenação acadêmica do curso Bom atendimento da Diretoria e Secretaria quanto a qualidade de serviços prestados ao aluno no Pólo. Ter Infraestrutura adequada para o bom funcionamento do Pólo (Biblioteca, laboratório de informática, secretaria) Fonte: dados da pesquisa PÓLOS Material Didático Falta de qualidade do conteúdo do material didático e demora na confecção do mesmo. Corpo Docente Ausência de canal direto com os coordenadores. Deveria dar mais apoio a quem depende de tutoria presencial. Não há incentivo para grupos de estudo Não monitorar o estudante por telefone, s efetivando uma cobrança mais eficaz e ao mesmo tempo motivando-o. Coordenação Operacional Acadêmica Redução da qualidade a partir do crescimento da demanda principalmente em referencia à disponibilidade de material didático e lançamento de notas. Problemas no horário de tutoria da distância e comunicação ruim: pela sala de tutoria demora muito e por nenhum tutor ou coordenador responde. Não possibilitar uma maior integração entre os alunos de pólos diferentes. Faltam palestras, atividades presenciais que acrescentem mais conhecimento ao aluno, estágios, empresa Junior. Falta clareza para os alunos e integração entre coordenação das disciplinas, curso e Pólo. Coordenação no Polo A secretaria do pólo é muito ruim quanto ao aspecto da qualidade dos serviços prestados. Falta de estrutura para o funcionamento, principalmente nos pólos, as escolas estão péssimas. (auditório, biblioteca, laboratório de informática,...). 4.4 Operacionalização dos Fatores de Qualidade do Curso de Graduação em Administração a Distância sob o Ponto de Vista dos Alunos. Com a contraposição dos aspectos prejudiciais aos fatores de qualidade (Quadro 1) foi possível generalizar os fatores de qualidade. Estes foram estudados em associação com os 17

18 aspectos prejudiciais, visando contemplar ambos, na elaboração dos fatores de qualidade operacionalizados tendo como base o Anexo 1. O Quadro 2 a seguir mostra esta operacionalização. Quadro 2 - Operacionalização dos fatores de qualidade CEDERJ/UFRRJ/PÓLOS Metodologia adequada às necessidades dos alunos. (Flexibilidade de tempo e lugar) Dar maior flexibilidade para os alunos montarem os seus horários de estudo mesmo não tendo tempo e, possibilitar que os mesmos possam conciliar outras atividades, assim como rotina de viagens. Universalização do ensino superior (Inclusão Social) Possibilitar a formação universitária aos desfavorecidos de tempo, excluídos, marginalizados e comunidades carentes. Qualidade da formação (Desenvolvimento profissional do discente) Desenvolver a aprendizagem à distância se adequando a minha realidade de vida, possibilitando o meu aprendizado e ingresso no mercado do trabalho. Projeto inovador (Políticas e Diretrizes) Projeto inovador é a modalidade de ensino a distância, motivadora e enriquecedora que amplia a possibilidade das pessoas terem acesso a um ensino de qualidade em universidades publicas ao desenvolver uma maior conversação entre as universidades e o consórcio, agilizando processos ligados ao alunado. Bons desafios (Desenvolvimento pessoal do discente) Possibilita a aprendizagem no tempo e no espaço possível para os alunos, ao condicioná-los a pesquisarem e investigarem o conhecimento com disciplina galgando vôos mais altos. Capilaridade das instituições - Interação funcional Ter facilidade do aprendizado através das informações disponibilizadas na plataforma, tais como: fóruns, aulas na web, sala de conferência, de podcast de aulas e não somente as apostilas, mesmo sendo a maioria delas, muito bem feitas. Comunicação através do (0800) Possibilitar o (0800) para tutoria minimizando a dificuldade no acesso pelo aluno a tutoria à distância. Facilidade de Aquisição de Material Didático na Plataforma (Download) Ter boa qualidade de download do material didático na plataforma evitando a demora na colocação de materiais de estudo. Instituição séria e acreditada (Credibilidade do Convênio) Ser uma Instituição séria e acreditada na condução dos cursos ao estabelecer o convênio com universidades públicas de referência com altíssima qualidade, bem como o interesse em ajudar o aluno. Manutenção e Engrandecimento do Curso de Administração (Coordenação do convênio CEDERJ/UFRRJ) Ter boa organização do convênio ao manter e engrandecer o curso, bem como, evitar problemas de logística, inflexibilidade do calendário e demora na disponibilização de material didático. Boa Proposta do Sistema de Avaliação do Discente Ter um sistema de avaliação de forma que possibilite ao aluno a ter uma segunda chamada e uma revisão de prova funcional quando trabalha. Apostilas Maravilhosas (Qualidade do conteúdo do material didático) Ter material didático excelente, de ótima qualidade, principalmente as apostilas maravilhosas em relação ao conteúdo evitando a demora na confecção dos mesmos. Boa equipe de docentes (Coordenador de Disciplina) Permitir aos alunos ter uma maior dinâmica e interação com o curso, bem como, incentivá-los às pesquisas na maioria das ADs e ter seriedade nas avaliações presenciais disponibilizando clareza nos critérios das avaliações das APs 18

19 Vestir a camisa Ter tutores presenciais que vestem a camisa, mostrando-se interessado ao dar mais apoio a quem depende das tutorias e auxiliando na busca da construção do conhecimento ao incentivar grupos de estudos. Bom relacionamento do Tutor a distância com os alunos do Curso Estimular um excelente relacionamento dos tutores com os alunos, tendo presteza nas respostas e perguntas feitas através da plataforma e por telefone. Bom atendimento da secretaria do Curso de Administração Boa qualidade na prestação de serviço ao disponibilizar cronogramas, ADs e APs cumpridos, notas e histórico on-line. Boa coordenação de tutoria Ter organização com disponibilização de tutores em horários e locais diferenciados evitando problemas de comunicação entre os alunos e o curso. Boa Coordenação Acadêmica do Curso de Administração Possibilitar maior integração entre os alunos de pólos diferentes ao desenvolver encontros e outras atividades. Organizar o trabalho, tendo preocupação com a conscientização e orientação dos alunos para que os mesmos se adaptem ao ritmo de disciplina, bem como, estarem abertos para esclarecimentos quanto às reclamações relacionadas à rotina: de lançamento de notas, dúvidas sobre notas, falta de materiais didáticos, melhor confecção do cronograma quanto ao seguimento das datas. Bom atendimento no Pólo pela Diretoria e Secretaria Ter boa qualidade de serviços prestados pela direção e secretaria no Pólo. Boa Infraestrutura do Pólo Ter infraestrutura de qualidade: bons laboratórios de informática; biblioteca excelente, boa secretaria, para que haja um bom funcionamento do Pólo. Fonte: dados da pesquisa 4.5 Identificar a importância dos Fatores de Qualidade Operacionalizados do ponto de vista dos alunos do Curso de Graduação em Administração a Distância da UFRRJ numa abordagem qualitativa Para atingir esse objetivo foram necessárias duas etapas de tratamento de dados: a) A construção da Tabela 3, Contraposição entre os Fatores de Qualidade Operacionalizados, Fatores de Qualidade e Aspectos Prejudiciais e das freqüências absolutas e relativas pertinentes aos Fatores de Qualidade e aos Aspectos Prejudiciais, permitindo calcular a freqüência absoluta resultante e a freqüência resultante relativa de cada um dos fatores de qualidade operacionalizados, ao se equivaler a cem por cento do total das frequências de ambos; Tabela 3: Freqüências Absolutas e Relativas dos Fatores de Qualidade e Aspectos Prejudiciais Fat. Qualidade Operacionaliza- Dos Fatores de Qualidade F Fr Aspectos Prejudiciais F Fr F(*) Res Fr (*) Resul tante 19

20 Metodologia adequada [...] Universalização do ensino superior Qualidade da formação Projeto inovador Bons desafios Interação funcional Comunicação através (0800) Facilidade de Mat. Didat. (Download) Instituição séria e acreditada Manutenção e Engr C. Adm. Boa Proposta Sist. Avaliaç. discente Apostilas Maravilhosas Boa equipe comp. docentes Vestir a camisa Bom relacion. com os alunos Bom atendimento da secretaria Boa coordenação tutoria distância Boa Coord. Acadêmica Bom atend. no Pólo Metodologia adequada Uni. Ensino superior Qualidade da formação Projeto inovador Autodidata Disciplina Interação funcional Comunicação (0800) Fac. de M.D. (Download) Instit. séria e acreditada Manut.Engra. Curso Adm. Boa Prop. S.A. discente Qualid. Cont. mat. didático Boa equipe comp. docentes Tutores que veste camisa Bom relacionamentos alunos Bom atendim. da secretária Boa coord. de tutorias Boa coord. acadêmica 77 9, , , , , , , ,57 Bom atend. Diret. e Secr. 17 1,99 Não flexibilidade estudos e outros Falta de cont. hum. além Pólos Regio. Falta de conts p/ merc. trabalho. Maior conversação convênio Dific. aprendizado discente Falta acessibilidade comunicação alunos Comunicação telefone Dific. aquisição mat. did.internet 39 4,56 Preconceito quanto à educação a distancia 01 0,12 Prob. de logística, inflexib. calendário Sistema revisão de 01 0,12 prova pouco funcional 48 5,61 Falta qual. Cont./ demora na conf. 08 0,94 Ausência de canal direto coordenadores Deveria dar mais 08 0,94 apoio quem depende de tutoria presencial. Não monitorar o 02 0,23 estudante cobrança eficaz motivando-o 14 1,64 Redução qualidade crescimen. demanda 04 0,46 Problemas horário comunicação ruim Não possib. maior 03 0,35 integração alunos de pólos diferent/outros Muito ruim aspecto qualidade serviços 04 0, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,57 Boa Infraestrutura Pólo Boa infraestrutura 13 1,52 Falta Infraestrutura para func. do polo 09 1, , , , ,00 b) (*) Resultados globais por adição de Fatores de Qualidade e Aspectos Prejudiciais. b) Identificação da importância dos fatores de qualidade operacionalizados (Tabela 04), a qual foi construída a partir do Quadro 2 e da Tabela 3 20

21 Tabela 4 Importância dos Fatores de Qualidade Operacionalizados (Abordagem Qualitativa) FATORES DE QUALIDADE OPERACIONALIZADOS Boa Coordenação Acadêmica do Curso de Administração (Coordenação acadêmica do curso) Metodologia adequada às necessidades dos alunos. (Flexibilidade de tempo e lugar) Projeto inovador (Políticas e Diretrizes) Apostilas Maravilhosas (Qualidade do conteúdo do material didático) Universalização do ensino superior (Inclusão Social) Capilaridade das instituições - Interação funcional (Acesso às informações na Plataforma) Boa equipe de docentes (Coordenador de Disciplina) Instituição séria e acreditada (Credibilidade do Convênio). Manutenção e Engrandecimento do Curso de Administração (Coordenação do convênio CEDERJ/UFRRJ) Qualidade da formação (Desenvolvimento profissional do discente) Bom atendimento da secretaria do Curso de Administração (Secretaria do Curso) Bom relacionamento do Tutor à distância com os alunos do Curso (Tutor à distância) Vestir a camisa (Tutor presencial) Facilidade de Aquisição de Material Didático na Plataforma (Download) (Aquisição de material na plataforma) Bom atendimento no Polo (Atendimento Diretoria e Secretaria) Boa Infraestrutura do Polo (Infraestrutura do Pólo) Boa coordenação de tutoria (Coordenação de Tutoria) Bons desafios (Desenvolvimento pessoal do discente) Boa Proposta do Sistema de Avaliação do Discente (Sistema de avaliação do discente) Comunicação através do (0800) (Comunicação pelo Telefone) Frequência Resultante (*) Frequência Resultante Relativa (*) , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,00 (*) Resultados globais por adição de Fatores de Qualidade e Aspectos Prejudiciais Análise: Os oito primeiros fatores de qualidade operacionalizados pesam aproximadamente 67,48% no julgamento da qualidade quanto à percepção dos alunos, indicando serem os mais 21

22 importantes para o gerenciamento e avaliação da qualidade de um curso de administração a distância. Dentre eles: Boa Coordenação Acadêmica do Curso de Administração foi considerado o fator de qualidade operacionalizado mais importante, uma vez que obteve 13,69% da frequência resultante relativa. A pesquisa conduzida mostrou que possibilitar maior integração entre os alunos de pólos diferentes ao desenvolver encontros e outras atividades. Organizar o trabalho, tendo preocupação com a conscientização e orientação dos alunos para que os mesmos se adaptem ao ritmo de disciplina, bem como, estarem abertos para esclarecimentos quanto às reclamações relacionadas à rotina: de lançamento de notas, dúvidas sobre notas, falta de materiais didáticos, melhor confecção do cronograma quanto ao seguimento das datas e muito importante para o gerenciamento e avaliação da qualidade ao conduzir um curso de administração a distância. Os demais fatores de qualidade operacionalizados foram: Metodologia adequada às necessidades dos alunos 9,46%; Projeto inovador, 9,25%; Apostilas Maravilhosas, 8,65; Universalização do ensino superior, 8,19%; Capilaridade das instituições - Interação funcional, 7,71%; Boa equipe de docentes, 5,39%; Instituição séria e acreditada, 5,14%. Os demais fatores de qualidade operacionalizados também são considerados importantes, pois foram citados pelos alunos e representam 35,52% do total. 5. Conclusão Esta pesquisa procurou identificar e operacionalizar fatores de qualidade que contemplem tanto os aspectos que favoreçam o julgamento da qualidade, quanto que o prejudiquem. A partir desta análise dos resultados observou-se que do ponto de vista dos alunos do curso de graduação em administração a distância existem 18 fatores de qualidade operacionalizados e que os mesmos expressam as suas expectativas. Na percepção dos alunos: não possibilitar uma maior integração entre os colegas de curso de pólos diferentes e a falta de clareza para os alunos quanto a integração entre coordenação das disciplinas, curso e Pólo são os aspectos mais prejudiciais a boa Coordenação acadêmica do curso. É preciso aumentar a quantidade de atividades presenciais, uma vez que o curso é semipresencial, que acrescentem mais conhecimento aos alunos, os estágios e a criação da empresa Junior. Outros pontos a serem considerados como aspectos prejudiciais na percepção dos alunos do curso são: poderia haver uma maior conversação entre as universidades e o consórcio, agilizando processos ligados ao alunado; desenvolver uma melhor logística em 22

FATORES DE QUALIDADE: PONTOS POSITIVOS DO EMPREGO DA TECNOLOGIA EAD NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DO CONSÓRCIO CEDERJ - UFRRJ

FATORES DE QUALIDADE: PONTOS POSITIVOS DO EMPREGO DA TECNOLOGIA EAD NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DO CONSÓRCIO CEDERJ - UFRRJ FATORES DE QUALIDADE: PONTOS POSITIVOS DO EMPREGO DA TECNOLOGIA EAD NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DO CONSÓRCIO CEDERJ - UFRRJ Rio de Janeiro, RJ, 02/05/2010 Silvestre Prado de Souza Neto UFRRJ silvestrenet0@uol.com.br

Leia mais

Encontro de alunos EaD e presencial da UFRRJ. A educação a distancia no Consórcio CEDERJ: Alguns dados

Encontro de alunos EaD e presencial da UFRRJ. A educação a distancia no Consórcio CEDERJ: Alguns dados Encontro de alunos EaD e presencial da UFRRJ A educação a distancia no Consórcio CEDERJ: Alguns dados Masako Oya Masuda Vice-Presidente de Educação a Distância O que é o Consórcio CEDERJ? Consórcio das

Leia mais

Educação a Distância, problemas e desafios. Carlos Bielschowsky. Presidente da Fundação Cecierj / Consórcio Cederj

Educação a Distância, problemas e desafios. Carlos Bielschowsky. Presidente da Fundação Cecierj / Consórcio Cederj Educação a Distância, problemas e desafios Carlos Bielschowsky Presidente da Fundação Cecierj / Consórcio Cederj Educação Superior a Distância no Brasil No exterior vem sendo amplamente utilizada a décadas,

Leia mais

Ações do Governo do Estado do Rio de Janeiro com Educação a Distância. Carlos Bielschowsky Presidente da Fundação Cecierj / Consórcio Cederj

Ações do Governo do Estado do Rio de Janeiro com Educação a Distância. Carlos Bielschowsky Presidente da Fundação Cecierj / Consórcio Cederj Ações do Governo do Estado do Rio de Janeiro com Educação a Distância Carlos Bielschowsky Presidente da Fundação Cecierj / Consórcio Cederj 100 mil alunos EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS 1. Graduação do

Leia mais

Consórcio das universidades públicas

Consórcio das universidades públicas GRADUAÇÃO Consórcio das universidades públicas UERJ UNIRIO UENF UFRJ UFF UFRRJ CEFET/ RJ O corpo docente pertence às universidades consorciadas. É dele a responsabilidade do preparo do projeto político

Leia mais

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL Pelotas RS Maio 2010 Letícia Marques Vargas IFSul le.mvargas@gmail.com Gabriela

Leia mais

EAD na Graduação-UFRJ

EAD na Graduação-UFRJ Universidade Federal do Rio de Janeiro EAD na Graduação-UFRJ Belkis Valdman Pró Reitora de Graduação Caetano Moraes Coordenador UFRJ - UAB Dalva Kato Técnica de Assuntos Educacionais EAD 1 Cursos de Graduação

Leia mais

EaD como estratégia de capacitação

EaD como estratégia de capacitação EaD como estratégia de capacitação A EaD no processo Ensino Aprendizagem O desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação (tics) deu novo impulso a EaD, colocando-a em evidência na última

Leia mais

Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista:

Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista: Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista: A metodista é credenciada pelo MEC para o oferecimento de cursos a distância? Sim. A Universidade Metodista de São Paulo recebeu o credenciamento do

Leia mais

CONSÓRCIO DAS SEIS UNIVERSIDADES PÚBLICAS E O GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ONDE TODA A COMPETÊNCIA ACADÊMICA EMANA DAS UNIVERSIDADES:

CONSÓRCIO DAS SEIS UNIVERSIDADES PÚBLICAS E O GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ONDE TODA A COMPETÊNCIA ACADÊMICA EMANA DAS UNIVERSIDADES: LICENCIATURAS A DISTÂNCIA A EXPERIÊNCIA DO CEDERJ- Celso Costa -UFF 1 O que é o Consórcio CEDERJ? CONSÓRCIO DAS SEIS UNIVERSIDADES PÚBLICAS E O GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ONDE TODA A COMPETÊNCIA

Leia mais

profunda. São questões que nortearam a pesquisa: Como o aluno se percebe no processo de interatividade do curso? Como se dá o acesso ao conhecimento?

profunda. São questões que nortearam a pesquisa: Como o aluno se percebe no processo de interatividade do curso? Como se dá o acesso ao conhecimento? EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA: A CULTURA (DE) ORGANIZADORA DO REAL THOMAZ, Sueli Barbosa UNIRIO BITTENCOURT, Cristiane UNIRIO GT-11: Política de Educação Superior I Introdução Este texto é parte integrante

Leia mais

2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD.

2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD. 2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD. Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer a opinião

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTOAVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 2014/01 a 2014/02 APRESENTAÇÃO O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior

Leia mais

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF)

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) Maio de 2007 Maria Rachel Barbosa Fundação Trompovsky (Apoio ao NEAD CENTRAN) rachel@centran.eb.br Vanessa Maria

Leia mais

FORMAÇÃO SÓLIDA E BENEFÍCIOS PARA VOCÊ

FORMAÇÃO SÓLIDA E BENEFÍCIOS PARA VOCÊ A FUNCEX E O ENSINO A DISTÂNCIA Milhões de pessoas aderiram ao Ensino a Distância no Brasil, e a Funcex, acompanhando esta tendência, desenvolveu sua plataforma de ensino para disponibilizar os treinamentos

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR 1. Como são os cursos ofertados pela plataforma freire e quais os benefícios para os professores que forem selecionados? O professor sem formação poderá estudar nos

Leia mais

DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização

DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização 2.1 - GRADUAÇÃO 2.1.1. Descrição do Ensino de Graduação na UESC Cursos: 26 cursos regulares

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos- FUPAC 1

Fundação Presidente Antônio Carlos- FUPAC 1 Fundação Presidente Antônio Carlos- FUPAC 1 Sumário Apresentação As Vantagens Dessa Moderna Sistemática do Ensino O Papel do Aluno Professor Tutor Avaliação da Aprendizagem Acesso ao Dúvidas e Suporte

Leia mais

SIC 56/07. Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007.

SIC 56/07. Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007. SIC 56/07 Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007. 1. DIRETRIZES PARA A ELABORAÇÃO, PELO INEP, DOS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA O CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR E SEUS PÓLOS DE APOIO

Leia mais

As potencialidades da Educação a Distância na escolarização e profissionalização da pessoa com deficiência no País

As potencialidades da Educação a Distância na escolarização e profissionalização da pessoa com deficiência no País Audiência Pública As potencialidades da Educação a Distância na escolarização e profissionalização da pessoa com deficiência no País Carlos Bielschowsky Secretário de Educação a Distância Dados globais

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA A DISTÂNCIA DA UFF: UMA EXPERIÊNCIA COM ÊXITO. Kátia L. Dal Bello 1 Mauro de A. Santos 2 Regina C. M.

CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA A DISTÂNCIA DA UFF: UMA EXPERIÊNCIA COM ÊXITO. Kátia L. Dal Bello 1 Mauro de A. Santos 2 Regina C. M. CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA A DISTÂNCIA DA UFF: UMA EXPERIÊNCIA COM ÊXITO. Kátia L. Dal Bello 1 Mauro de A. Santos 2 Regina C. M. Bragança 3 Coordenação do curso de Licenciatura em Matemática a

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2014/01 a 2014/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Análise dos resultados

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIADA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIADA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIADA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2013/01 a 2013/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Diagnóstico geral

Leia mais

Revisitando os Desafios da Web: Como Avaliar Alunos Online

Revisitando os Desafios da Web: Como Avaliar Alunos Online Revisitando os Desafios da Web: Como Avaliar Alunos Online Neide Santos neide@ime.uerj.br 2º Seminário de Pesquisa em EAD Experiências e reflexões sobre as relações entre o ensino presencial e a distância

Leia mais

softwares que cumprem a função de mediar o ensino a distância veiculado através da internet ou espaço virtual. PEREIRA (2007)

softwares que cumprem a função de mediar o ensino a distância veiculado através da internet ou espaço virtual. PEREIRA (2007) 1 Introdução Em todo mundo, a Educação a Distância (EAD) passa por um processo evolutivo principalmente após a criação da internet. Os recursos tecnológicos oferecidos pela web permitem a EAD ferramentas

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ORIENTAÇÕES PARA OS ESTUDOS EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Caro (a) Acadêmico (a), Seja bem-vindo (a) às disciplinas ofertadas na modalidade a distância.

Leia mais

GUIA DO PÓS-GRADUANDO ON-LINE

GUIA DO PÓS-GRADUANDO ON-LINE GUIA DO PÓS-GRADUANDO ON-LINE UNIASSELVI-PÓS Programa de Pós-Graduação APRESENTAÇÃO Seja bem-vindo ao programa de pós-graduação UNIASSELVI-PÓS! Aqui você encontra, de forma simples e ágil, todas as orientações

Leia mais

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça 1 O Instituto COPPEAD: O Instituto COPPEAD oferece o curso de especialização

Leia mais

Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras TIC Educação

Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras TIC Educação Pesquisa TIC Educação 2010 Coletiva de Imprensa Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras TIC Educação São Paulo, 09 de Agosto de 2011 CGI.br Comitê Gestor

Leia mais

ANÁLISE DESCRITIVA DO POLO PRESENCIAL DA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL EM ITAPEVI/SP

ANÁLISE DESCRITIVA DO POLO PRESENCIAL DA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL EM ITAPEVI/SP CONGRESSO INTERNACIONAL INTERDISCIPLINAR EM SOCIAIS E HUMANIDADES Niterói RJ: ANINTER-SH/ PPGSD-UFF, 03 a 06 de Setembro de 2012, ISSN 2316-266X ANÁLISE DESCRITIVA DO POLO PRESENCIAL DA UNIVERSIDADE ABERTA

Leia mais

Concepções e qualidade da Educação Superior a Distância : a experiência da Universidade Aberta do Brasil- UAB.

Concepções e qualidade da Educação Superior a Distância : a experiência da Universidade Aberta do Brasil- UAB. Concepções e qualidade da Educação Superior a Distância : a experiência da Universidade Aberta do Brasil- UAB. Profa. Dra. Nara Maria Pimentel Diretora de Ensino de Graduação da UnB Presidente do Fórum

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos- FUPAC 1

Fundação Presidente Antônio Carlos- FUPAC 1 Fundação Presidente Antônio Carlos- FUPAC 1 Sumário Apresentação Ambiente Virtual As Vantagens Dessa Moderna Sistemática do Ensino O Papel do Aluno Professor Tutor Avaliação da Aprendizagem Acesso ao Ambiente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC FACULDADE DE MEDICINA - FAMED NÚCLEO DE TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM SAÚDE NUTEDS/FAMED/UFC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC FACULDADE DE MEDICINA - FAMED NÚCLEO DE TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM SAÚDE NUTEDS/FAMED/UFC UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC FACULDADE DE MEDICINA - FAMED NÚCLEO DE TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM SAÚDE NUTEDS/FAMED/UFC CHAMADA PÚBLICA PARA CURSO DE FORMAÇÃO DE TUTORES PARA EaD ONLINE

Leia mais

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Faculdade Educacional da Lapa 1 FAEL RESULTADOS - AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 O referido informativo apresenta uma súmula dos resultados da autoavaliação institucional, realizada no ano de 2012, seguindo

Leia mais

EDITAL Nº 077/ 2014 EDITAL DE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS EJA NA DIVERSIDADE

EDITAL Nº 077/ 2014 EDITAL DE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS EJA NA DIVERSIDADE EDITAL Nº 077/ 2014 EDITAL DE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS EJA NA DIVERSIDADE A Universidade Federal do Paraná (UFPR), por meio do, da

Leia mais

POLÍTICA DE ENSINO DA FISMA

POLÍTICA DE ENSINO DA FISMA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ME FACULDADE INTEGRADA DE SANTA MARIA PRELIMINARES POLÍTICA DE ENSINO DA FISMA Santa Maria, RS Junho - 2010 1 SUMÁRIO 1. POLÍTICA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO... 1 2. POLÍTICAS DE ENSINO

Leia mais

NEAD NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO

NEAD NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO FACHA.EDU.BR/EAD NEAD NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO RIO DE JANEIRO, AGOSTO DE 2015 EAD - Manual do Aluno SUMÁRIO 1. CARTA AO ALUNO 2. METODOLOGIA EAD 3. COORDENAÇÃO 4. SALAS VIRTUAIS 5.

Leia mais

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DE FORTALECIMENTOS DOS CONSELHOS ESCOLARES PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Leia mais

Qual a principal diferença entre o Enem tradicional e o novo Enem?

Qual a principal diferença entre o Enem tradicional e o novo Enem? SAIBA TUDO SOBRE O ENEM 2009 Qual a principal diferença entre o Enem tradicional e o novo Enem? Até 2008, o Enem era uma prova clássica com 63 questões interdisciplinares, sem articulação direta com os

Leia mais

A PRESENTAÇÃO SUMÁRIO

A PRESENTAÇÃO SUMÁRIO SUMÁRIO Apresentação Como ter sucesso na educação à distância A postura do aluno online Critérios de Avaliação da aprendizagem do aluno Como acessar a plataforma Perguntas freqüentes A PRESENTAÇÃO O Manual

Leia mais

Alcance e flexibilidade nem sempre oferecidos pelo ensino presencial.

Alcance e flexibilidade nem sempre oferecidos pelo ensino presencial. Alcance e flexibilidade nem sempre oferecidos pelo ensino presencial. Nos programas e cursos da Educação a Distância da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (EAD/ ENSP), a formação dos profissionais

Leia mais

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Rene Baltazar Introdução Serão abordados, neste trabalho, significados e características de Professor Pesquisador e as conseqüências,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online SAÚDE COLETIVA COM ENFOQUE NO GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Regulamentação de Pós-Graduação Lato-Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para

Leia mais

A EXPANSÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL: A QUALIDADE DA OFERTA A DISTÂNCIA DO CURSO DE PEDAGOGIA A PARTIR DA LDB DE 1996

A EXPANSÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL: A QUALIDADE DA OFERTA A DISTÂNCIA DO CURSO DE PEDAGOGIA A PARTIR DA LDB DE 1996 A EXPANSÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL: A QUALIDADE DA OFERTA A DISTÂNCIA DO CURSO DE PEDAGOGIA A PARTIR DA LDB DE 1996 RESUMO Aila Catori Gurgel Rocha 1 Rosana de Sousa Pereira Lopes 2 O problema proposto

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2014/01 a 2014/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Análise

Leia mais

Caro(a) aluno(a), Estaremos juntos nesta caminhada. Coordenação NEO

Caro(a) aluno(a), Estaremos juntos nesta caminhada. Coordenação NEO Caro(a) aluno(a), seja bem-vindo às Disciplinas Online da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Bom Despacho e Faculdade de Educação de Bom Despacho. Em pleno século 21, na era digital, não poderíamos

Leia mais

RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008

RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008 CONSUC Parecer 12/2008 Aprovado em 02/12/2008 RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008 Cria o Núcleo de Educação a Distância (NEAD) e aprova seu Regimento Interno O DIRETOR GERAL DA FACULDADE DAS AMÉRICAS,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO INCLUSIVA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIAS NA GESTÃO DA EAD: NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA(UFSM) E NA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL(UAB).

RELATO DE EXPERIÊNCIAS NA GESTÃO DA EAD: NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA(UFSM) E NA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL(UAB). RELATO DE EXPERIÊNCIAS NA GESTÃO DA EAD: NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA(UFSM) E NA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL(UAB). Profa. Dra. Maria Medianeira Padoin 1 RESUMO: Relato e análise de experiências

Leia mais

12. POLÍTICA DE EaD A Educação a Distância do IFPE EaD, ao longo dos anos, vem desenvolvendo ações que propiciam mediação didático-pedagógica nos

12. POLÍTICA DE EaD A Educação a Distância do IFPE EaD, ao longo dos anos, vem desenvolvendo ações que propiciam mediação didático-pedagógica nos 12. POLÍTICA DE EaD 12. POLÍTICA DE EaD A Educação a Distância do IFPE EaD, ao longo dos anos, vem desenvolvendo ações que propiciam mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE QUÍMICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do Dimensão 2 As políticas para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, as bolsas de

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL UNIDADE SANTO AMARO São Paulo, fevereiro de 2012 NOSSA MISSÃO Proporcionar acesso a um ensino de qualidade para diferentes segmentos da população, criando vínculos fortes e duradouros

Leia mais

Técnicas, Legislação e Operação de Sistemas de Educação a Distância (EAD) Módulo/Disciplina Tecnologia Educacional em EAD

Técnicas, Legislação e Operação de Sistemas de Educação a Distância (EAD) Módulo/Disciplina Tecnologia Educacional em EAD 1 Curso Técnicas, Legislação e Operação de Sistemas de Educação a Distância (EAD) Módulo/Disciplina Tecnologia Educacional em EAD Unidade I Material Instrucional - Texto 1. Introdução Qualquer que seja

Leia mais

MANUAL - DISCIPLINA SEMIPRESENCIAL SUMÁRIO

MANUAL - DISCIPLINA SEMIPRESENCIAL SUMÁRIO MANUAL - DISCIPLINA SEMIPRESENCIAL SUMÁRIO APRESENTAÇÃO AMBIENTE VIRTUAL AS VANTAGENS DESSA MODERNA SISTEMÁTICA DO ENSINO SÃO: O PAPEL DO ALUNO PROFESSOR TUTOR AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM ACESSO AO AMBIENTE

Leia mais

Disseminadores de Educação Fiscal. Regulamento do Curso. Escola de Administração Fazendária ESAF

Disseminadores de Educação Fiscal. Regulamento do Curso. Escola de Administração Fazendária ESAF Disseminadores de Educação Fiscal Regulamento do Curso Escola de Administração Fazendária ESAF REGULAMENTO CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS DO CURSO Art. 1º A Escola de Administração Fazendária ESAF

Leia mais

Prof. Dr. Carlos Rinaldi Cuiabá, UFMT, 2014

Prof. Dr. Carlos Rinaldi Cuiabá, UFMT, 2014 Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) na UFMT Prof. Dr. Carlos Rinaldi Cuiabá, UFMT, 2014 Hoje, no Brasil, são inúmeras as Instituições de Ensino credenciadas para oferecer cursos na modalidade de

Leia mais

Ednei Nunes de Oliveira - Candidato a Diretor. Por uma EaD focada no aluno e na qualidade com inovação: crescer com justiça e humanização.

Ednei Nunes de Oliveira - Candidato a Diretor. Por uma EaD focada no aluno e na qualidade com inovação: crescer com justiça e humanização. PROGRAMA DE TRABALHO PARA O QUADRIÊNIO 2015-2019 DOS CANDIDATOS À DIREÇÃO DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS Ednei Nunes de Oliveira - Candidato a Diretor

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

Educação a Distância na UFPR

Educação a Distância na UFPR 1ª JORNADA PARANAENSE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, NA EDUCAÇÃO BÁSICA Educação a Distância na UFPR Profa Dra Glaucia da Silva Brito glaucia@ufpr.br - Núcleo de Educação a Distância da Universidade Federal

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep

Leia mais

FAQ Estude Sem Dúvidas

FAQ Estude Sem Dúvidas FAQ Estude Sem Dúvidas Núcleo de Educação a Distância Faculdade Flamingo São Paulo Atualizado em: Outubro/2015 2 Estude sem dúvidas FAQ para os alunos de Pedagogia Presencial Caros alunos e alunas do curso

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA- EAD 2014.1

ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA- EAD 2014.1 NÚMERO DE VAGAS: 50 ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA- EAD 2014.1 PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Abril de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA A educação em todos os níveis - desde o ensino fundamental

Leia mais

MANUAL DO ALUNO GRADUAÇÃO MODALIDADE SEMIPRESENCIAL

MANUAL DO ALUNO GRADUAÇÃO MODALIDADE SEMIPRESENCIAL MANUAL DO ALUNO GRADUAÇÃO MODALIDADE SEMIPRESENCIAL Prezado(a) aluno(a); Este material que você está começando a ler trata-se do manual do aluno, referente às disciplinas que serão ministradas através

Leia mais

Belém PA, Maio 2012. Categoria: Pesquisa e Avaliação. Setor Educacional: Educação Universitária. Macro: Sistemas e Instituições de EAD

Belém PA, Maio 2012. Categoria: Pesquisa e Avaliação. Setor Educacional: Educação Universitária. Macro: Sistemas e Instituições de EAD 1 A QUALIDADE DOS CURSOS SUPERIORES A DISTÂNCIA: CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS E BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UAB Belém PA, Maio 2012 Categoria: Pesquisa e Avaliação

Leia mais

2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação

2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação 2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE ENSINO EAD

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE ENSINO EAD RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE ENSINO EAD 2º SEMESTRE 2014 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO GERENCIAL DA AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE

Leia mais

I-VALIDADE DA SELEÇÃO Este processo de seleção terá validade de 2 anos, a partir da divulgação dos resultados conforme item VI.

I-VALIDADE DA SELEÇÃO Este processo de seleção terá validade de 2 anos, a partir da divulgação dos resultados conforme item VI. SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA FUNDAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Edital DAC-CECIERJ Nº 06 /2012 SELEÇÃO PÚBLICA DESTINADA À CONCESSÃO

Leia mais

DESENHO PEDAGÓGICO PARA A EDUCAÇÃO MULTIPROFISSIONAL NO CURSO A DISTÂNCIA DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA DA UNA-SUS/UNIFESP

DESENHO PEDAGÓGICO PARA A EDUCAÇÃO MULTIPROFISSIONAL NO CURSO A DISTÂNCIA DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA DA UNA-SUS/UNIFESP DESENHO PEDAGÓGICO PARA A EDUCAÇÃO MULTIPROFISSIONAL NO CURSO A DISTÂNCIA DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA DA UNA-SUS/UNIFESP São Paulo - SP - maio 2011 Rita Maria Lino Tarcia, Universidade Federal

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE MATEMÁTICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS São Paulo SP Maio 2012 Setor Educacional Educação Corporativa Classificação das Áreas

Leia mais

O ENSINO A DISTÂNCIA EM GEOGRAFIA NA UNIMONTES: UM ESTUDO DE CASO

O ENSINO A DISTÂNCIA EM GEOGRAFIA NA UNIMONTES: UM ESTUDO DE CASO O ENSINO A DISTÂNCIA EM GEOGRAFIA NA UNIMONTES: UM ESTUDO DE CASO BARROS, Joselita Ferreira Batista 1 ; NEVES, Lisa Vany Figueiredo Ribeiro 2 1 Especialista em Geografia, Ensino e Meio Ambiente e em Educação

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

ASPECTOS QUALITATIVOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: O CASO DO CURSO DE PEDAGOGIA EaD DA UFSM

ASPECTOS QUALITATIVOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: O CASO DO CURSO DE PEDAGOGIA EaD DA UFSM ASPECTOS QUALITATIVOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: O CASO DO CURSO DE PEDAGOGIA EaD DA UFSM AVINIO, Carina de S.¹; ENDERLE, Mariana G.²; VISENTINI, Lucas³. 1 Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ELABORAÇÃO DE MATERIAL, TUTORIA E AMBIENTES VIRTUAIS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento

Leia mais

ANEXO I. Plano de Trabalho

ANEXO I. Plano de Trabalho ANEXO I Plano de Trabalho As Propostas Técnicas para a implementação do Curso de Especialização de Saúde da Família e do Curso de Especialização em Gestão da Atenção Básica apresentadas pelas instituições

Leia mais

Sistema de Educação a Distância Publica no Brasil UAB- Universidade Aberta do Brasil. Fernando Jose Spanhol, Dr

Sistema de Educação a Distância Publica no Brasil UAB- Universidade Aberta do Brasil. Fernando Jose Spanhol, Dr Sistema de Educação a Distância Publica no Brasil UAB- Universidade Aberta do Brasil Fernando Jose Spanhol, Dr www.egc.ufsc.br www.led.ufsc.br O Sistema UAB Denominação representativa genérica para a rede

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 15 DE JUNHO DE 2010

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 15 DE JUNHO DE 2010 CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 15 DE JUNHO DE 2010 Institui Diretrizes Operacionais para a Educação de Jovens e Adultos nos aspectos relativos à duração dos

Leia mais

FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM SERVIÇO E A DISTÂNCIA: O CASO VEREDAS BRANCO,

FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM SERVIÇO E A DISTÂNCIA: O CASO VEREDAS BRANCO, FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM SERVIÇO E A DISTÂNCIA: O CASO VEREDAS BRANCO, Juliana Cordeiro Soares Branco CEFET MG Juliana.b@ig.com.br OLIVEIRA, Maria Rita Neto Sales CEFET MG mariarita2@dppg.cefetmg.br

Leia mais

Planejamento CPA Metropolitana 2013

Planejamento CPA Metropolitana 2013 Planejamento CPA Metropolitana 2013 1 Planejamento CPA Metropolitana Ano 2013 Denominada Comissão Própria de Avaliação, a CPA foi criada pela Legislação de Ensino Superior do MEC pela Lei 10.861 de 10

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online SUPERVISÃO E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

A FUNDAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FUNDAÇÃO CECIERJ/CONSÓRCIO CEDERJ

A FUNDAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FUNDAÇÃO CECIERJ/CONSÓRCIO CEDERJ SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO FUNDAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Edital DAC-CECIERJ Nº 03/2015 SELEÇÃO PÚBLICA DESTINADA À

Leia mais

REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional

REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS Projeto de Lei nº 8.035, de 2010 PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional O PNE é formado por: 10 diretrizes; 20 metas com estratégias

Leia mais

Centros Juvenis de Ciência e Cultura Documento-Base

Centros Juvenis de Ciência e Cultura Documento-Base Documento-Base 1. Contexto Garantir educação de qualidade é um dos grandes desafios deste início de século para a Bahia e para o Brasil. No ensino médio, a Bahia tem encontrado dificuldades para avançar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB SELEÇÃO DE TUTORES EDITAL N. 03/2007

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB SELEÇÃO DE TUTORES EDITAL N. 03/2007 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB SELEÇÃO DE TUTORES EDITAL N. 03/2007 A UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (UFSM), em parceria com os estados e municípios

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENFERMAGEM GINECOLÓGICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

CONSELHO UNIVERSITÁRIO

CONSELHO UNIVERSITÁRIO P R O P O S T A D E P A R E C E R CONSELHO UNIVERSITÁRIO PROCESS0 Nº: 007/2014 ASSUNTO: Proposta de texto Construção de Políticas e Práticas de Educação a Distância a ser incluído no Plano de Desenvolvimento

Leia mais

Programa de Extensão Núcleo de Desenvolvimento Lingüístico: primeiras experiências Concepção

Programa de Extensão Núcleo de Desenvolvimento Lingüístico: primeiras experiências Concepção Programa de Extensão Núcleo de Desenvolvimento Lingüístico: primeiras experiências Marcello de Oliveira Pinto (UERJ) Márcia Magarinos (UERJ) Marina Dias O presente trabalho tem como objetivo apresentar

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2013/01 a 2013/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Diagnóstico geral

Leia mais

USO DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA REDE PÚBLICA: A EXPERIÊNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

USO DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA REDE PÚBLICA: A EXPERIÊNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS. USO DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA REDE PÚBLICA: A EXPERIÊNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS. Elaine Jesus Alves UFT elainealves@uft.edu.br Introdução

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Produção de um documentário amador por turmas de ensino médio e EJA, (ensino de jovens e adultos) com o uso do Windows Movie Maker

Produção de um documentário amador por turmas de ensino médio e EJA, (ensino de jovens e adultos) com o uso do Windows Movie Maker Produção de um documentário amador por turmas de ensino médio e EJA, (ensino de jovens e adultos) com o uso do Windows Movie Maker Adriana Oliveira Bernardes UENF (Universidade Estadual do Norte Fluminense

Leia mais

XVII SEMINÁRIO NACIONAL DE ENSINO DA MEDICINA VETERINÁRIA. 13 a 15 de agosto de 2008 Brasília - DF

XVII SEMINÁRIO NACIONAL DE ENSINO DA MEDICINA VETERINÁRIA. 13 a 15 de agosto de 2008 Brasília - DF XVII SEMINÁRIO NACIONAL DE ENSINO DA MEDICINA VETERINÁRIA 13 a 15 de agosto de 2008 Brasília - DF MODELOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EaD Informática como ferramenta pedagógica no ensino da Medicina Veterinária

Leia mais

Diretrizes Acadêmicas para os Cursos de Graduação

Diretrizes Acadêmicas para os Cursos de Graduação Diretrizes Acadêmicas para os Cursos de Graduação Diretrizes Acadêmicas para os Cursos de Graduação Os cursos oferecidos pela instituição de Ensino Superior IES devem ter seus projetos pedagógicos construídos

Leia mais

PROJETO 7. 1. Identificação do projeto

PROJETO 7. 1. Identificação do projeto PROJETO 7 1. Identificação do projeto Título:Cinema, vídeo e tridimensionalidade: o AVA-AV na integração do ensino presencial e a distância. Responsável:Dra. Ana Zeferina Ferreira Maio Vínculo institucional:professora

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Cursos de Graduação EAD - UNINASSAU Perguntas e Respostas - Comunicação Interna

Cursos de Graduação EAD - UNINASSAU Perguntas e Respostas - Comunicação Interna Cursos de Graduação EAD - UNINASSAU Perguntas e Respostas - Comunicação Interna INFORMAÇÕES GERAIS 1. Sobre os Cursos EAD da UNINASSAU Celebramos mais um momento de conquistas, a UNINASSAU a partir deste

Leia mais