FIGURA 9.5 Definir tipo de rede

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FIGURA 9.5 Definir tipo de rede"

Transcrição

1 FIREWALLS 289 A grande maioria das firewalls comerciais, assim como as que vamos ver a seguir, por predefinição, bloqueia todas as portas de entrada, de maneira que se quisermos facilitar o acesso ao nosso computador ou parte da nossa rede, a partir da Internet, temos de o configurar, bem como saber que porta ou portas usa a aplicação a que queremos dar acesso CONFIGURAR A FIREWALL DO WINDOWS 8 Ao ligarmo-nos pela primeira vez a uma rede no Windows 8, é-nos colocada a seguinte questão: Quer ativar a partilha entre PCs e ligar a dispositivos nesta rede? Esta questão tem duas respostas possíveis (Figura 9.5): Não, não ativar partilha ou ligar a dispositivos. Para redes em locais públicos; Sim, ativar partilha e ligar a dispositivos. Para redes domésticas ou de trabalho. FIGURA 9.5 Definir tipo de rede A opção selecionada vai determinar a configuração inicial da firewall do Windows. A primeira opção, pensada para ligações em locais públicos como aeroportos, cafés, etc., impede que o computador esteja visível para outros computadores protegendo-o assim de qualquer tentativa de intrusão. A segunda opção deve ser selecionada somente quando queremos ligar a uma rede confiável, seja ela doméstica ou de trabalho; nesta opção a deteção de rede é ativada por defeito. Com a ativação da descoberta de rede é possível ao computador detetar outros computadores na mesma rede assim como ser visto

2 290 REDES DE COMPUTADORES nessa mesma rede. Caso o computador esteja inserido numa rede com domínio, não é possível alterar o tipo de local de rede, já que isso só pode ser feito pelo administrador do domínio CONFIGURAÇÃO Vamos então iniciar a configuração da firewall do Windows 8. Na pesquisa do Windows vamos escrever firewall e selecionar Definições (Figura 9.6). FIGURA 9.6 Pesquisar por firewall No lado esquerdo do ecrã vão surgir as várias opções possíveis, vamos escolher Firewall do Windows (Figura 9.7). Não vamos falar das outras opções porque serão tratadas ao longo desta explicação acerca da firewall do Windows. FIGURA 9.7 Aceder à firewall do Windows Isto fará abrir a página de definições da firewall do Windows onde podemos proceder a todas as configurações respeitantes à firewall da nossa máquina. Comecemos por analisar a informação fornecida por este ecrã. No lado esquerdo temos um menu com várias opções que nos permitem ativar ou desativar a firewall, alterar as definições de notificação da firewall ou aceder às

3 FIREWALLS 291 definições avançadas; à direita do menu temos informações sobre o estado atual da firewall para redes privadas e para redes públicas (Figura 9.8). FIGURA 9.8 Firewall do Windows Vamos agora ver em detalhe as opções oferecidas pela firewall do Windows. Analisando a figura podemos observar que neste caso em particular temos duas redes privadas e uma rede pública ativa, a firewall encontra-se ligada tanto para as redes privadas como para a pública, que bloqueia todas as ligações a aplicações que não estejam na lista de aplicações permitidas e notifica o utilizador sempre que a firewall bloquear uma nova aplicação. Estas são as definições por defeito em qualquer computador que use a firewall do Windows 8. Vamos analisar as várias opções de configuração da firewall. Comecemos pela opção Permitir que uma aplicação ou funcionalidade passe pela firewall do Windows. Ao selecionar esta opção abre uma nova janela onde podemos permitir, ou não, que determinada aplicação passe pela firewall (Figura 9.9). Para isso, basta selecionar a caixa de verificação à esquerda da aplicação a que pretendemos permitir o acesso, de seguida selecionar os tipos de rede em que a comunicação é permitida, e no final premir o botão OK. No entanto, a aplicação que queremos acrescentar à tabela de exceções pode não estar incluída na lista apresentada e, nesse caso, podemos acrescentá-la premindo o botão Permitir outra aplicação; isso fará abrir uma nova janela denominada Adicionar

4 294 REDES DE COMPUTADORES DEFINIÇÕES AVANÇADAS A opção Definições avançadas do painel esquerdo transporta-nos para a janela Firewall do Windows com Segurança Avançada (Figura 9.12). Esta firewall é executada dentro do próprio computador e fornece segurança local contra ataques de rede que possam ter origem dentro da própria rede ou organização e ataques vindos do exterior que possam ter atravessado as defesas de uma firewall de perímetro. Esta firewall foi pensada para ambientes empresariais e com necessidades de segurança mais apertadas, no caso de um computador doméstico ou mesmo de uma rede doméstica, a firewall básica do Windows é perfeitamente capaz de dar conta do recado. FIGURA 9.12 Firewall do Windows com Segurança Avançada Entre as vantagens da firewall do Windows com Segurança Avançada salientam-se três: Redução do risco de ataques à segurança da rede reduz a superfície de ataque a um computador reduzindo simultaneamente a probabilidade de um ataque bem-sucedido. Quando utilizada no Windows Server 2012, usa uma das características do sistema operativo, o NAP (Network Access Protection), assegura que os computadores clientes obedecem às políticas que definem as características e configurações de máquinas que se podem ligar à rede;

5 FIREWALLS 295 Salvaguarda de dados sensíveis, através da integração com IPsec, força a que a comunicação de rede seja sujeita a autenticação, ajudando assim à proteção e confidencialidade dos dados; Aumenta o valor do investimento atual como é uma firewall incorporada no sistema operativo e integrada no Active Directory, Domain Services e políticas de grupo, não necessita de hardware ou software adicionais, bastando só por si para uma proteção eficaz do sistema. Se observarmos a Figura 9.12 podemos ver que a firewall do Windows 8 apresenta três perfis diferentes, de modo que podemos aplicar diferentes regras para redes privadas e para redes públicas: Perfil de domínio usado somente caso o computador esteja inserido num domínio; Perfil privado usado caso o computador esteja ligado a uma rede de trabalho ou mesmo a uma rede caseira; Perfil público usado caso o computador esteja ligado a uma rede pública, isto é, um aeroporto, centro comercial, ponto de acesso sem fios, ligação direta à Internet, etc. Como já foi referido anteriormente, sempre que nos ligamos a uma nova rede é-nos colocada a questão se a rede é pública ou privada, o que irá indicar à firewall do Windows qual o perfil a ser utilizado. Um só computador pode utilizar múltiplos perfis dependendo da situação em que se encontre. Tomemos como exemplo um portátil. Quando ligado na empresa, cuja rede está controlada por um domínio, usa o perfil de domínio. Ao fim do dia, numa passagem pelo centro comercial, liga-se à rede pública do centro e o perfil usado será o público. Ao chegar a casa, liga-se à rede de casa e o perfil usado passará a ser o privado. Vamos agora ver como configurar os perfis da firewall. Comecemos por premir a opção Propriedades da Firewall do Windows, na janela Firewall do Windows com propriedades avançadas. A janela de propriedades da firewall do Windows tem um separador para cada um dos perfis e um quarto separador correspondente às definições de IPsec (Figura 9.13). Por predefinição o Windows bloqueia as ligações de entrada e permite as ligações de saída para qualquer um dos perfis; no entanto, nesta janela pode alterar essa definições, isto é, podemos, para um determinado perfil, por

6 SCANS DE REDE CONFIGURAR UM SCAN À REDE Para configurar um scan a uma rede, escolhemos a opção Scans e selecionamos New Scan. É-nos apresentada a janela da Figura FIGURA Criação de um novo scan Aqui, podemos atribuir um nome ao scan, se queremos que seja executado neste momento, o tipo de política e se pretendemos executar o scan a um equipamento de rede específico, a um intervalo de IP ou a toda a rede. Neste caso, vamos efetuar um scan interno a toda a rede, como mostra a Figura FIGURA Atribuição dos dados ao scan Para começar o scan, basta selecionar a opção Create Scan e aguardar que o mesmo termine, como mostra a Figura Dependendo do número de equipamentos de rede que temos ligados à nossa rede, este processo pode demorar minutos ou horas. A barra com a indicação Running pode ficar nos 0% durante algum tempo.

7 328 REDES DE COMPUTADORES FIGURA Atribuição dos dados ao scan RESULTADOS DO SCAN Após o término da operação anterior, podemos ver os resultados do scan na opção Listing Results, como mostra a Figura FIGURA Resultado do scan Ao selecionarmos o resultado, somos reencaminhados para a imagem seguinte (Figura 10.7), onde podemos ver os hosts que foram verificados e respetivas vulnerabilidades. FIGURA Resultado do scan (hosts) Vamos selecionar o host com o IP e verificar quais as vulnerabilidades encontradas e respetiva solução (Figura 10.8). Como são muitas, vamos analisar as mais importantes, ou seja, as que estão assinaladas com as etiquetas critical e high, pois são estas as que necessitam de resolução imediata.

8 330 REDES DE COMPUTADORES Neste caso, a vulnerabilidade é simples de resolver, bastando instalar uma atualização do sistema operativo, mais especificamente a atualização ou posterior. Se pretendermos saber mais informação sobre a vulnerabilidade em análise, basta ler a restante informação apresentada e clicar nos links apresentados (Figura 10.10). FIGURA Informação detalhada sobre uma das vulnerabilidades

9 SCANS DE REDE ARMITAGE Este programa (Figura 10.16) é mais agressivo, pois permite detetar as falhas na rede e explorá-las. Em conjunto com o Metasploit, pesquisa quais os exploits existentes para tirar partido das falhas, sendo assim uma ótima ferramenta para quem pretende proteger a rede ou para quem pretende atacá-la. FIGURA O Armitage Tal como o Nessus, o Armitage, após ter feito um scan à rede, mostra-nos os hosts detetados e respetivos IP, qual o sistema operativo em utilização, os serviços e as portas abertas sujeitas a ataque. No canto superior esquerdo da Figura 10.16, existe uma lista de exploits que podem ser utilizados em ataques. Na barra de ferramentas do Armitage (Figura 10.17) temos opções como a Hosts, onde definimos o tipo de scan que vamos efetuar, ou a Attacks, que permite identificar todos os tipos de ataques disponíveis. FIGURA Barra de ferramentas do Armitage

10 334 REDES DE COMPUTADORES Para compreender melhor o funcionamento deste programa, vamos efetuar uma pesquisa à rede e que tipo de pesquisas podemos efetuar CONFIGURAR UM SCAN À REDE Para efetuarmos um scan à rede, selecionamos a opção Hosts (Figura 10.18) e escolhemos qual a ferramenta que pretendemos (Nmap Scan ou MSF Scans). O Nmap é um programa de scan que pode ser utilizado, em modo consola no Linux, de forma independente do Armitage. Neste caso, é parte integrante do programa que estamos a analisar. FIGURA A opção Hosts do Armitage Dentro da opção Nmap Scan (Figura 10.19) temos várias opções já definidas, como efetuar um scan intensivo, rápido, com deteção de portas, entre outras. Vamos selecionar a opção Intensive Scan, all TCP ports. FIGURA Tipos de scan disponíveis Desta forma, o Armitage, com o Nmap, vai pesquisar todos os equipamentos da rede, quais os serviços e portas que estão abertas e que são alvo de ataques. De seguida, é necessário introduzir ou um IP de determinado host de rede, ou todo o segmento de rede. Como mostra a Figura 10.20, vamos efetuar um scan a toda a rede , sem nos esquecermos da máscara de sub-rede, /24.

ZSRest e ZSPos Multiposto

ZSRest e ZSPos Multiposto ZSRest e ZSPos Multiposto 1 2 Este manual serve para o ajudar na configuração multiposto do ZSRest e ZSPos. Após a Instalação do ZSRest e ZSPos, é necessário configurar uma porta estática no SQL Server.

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011 Manual Avançado Instalação em Rede v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Hardware... 3 b) Servidor:... 3 c) Rede:... 3 d) Pontos de Venda... 4 4. SQL Server... 5 e) Configurar porta estática:... 5 5.

Leia mais

O endereço IP (v4) é um número de 32 bits com 4 conjuntos de 8 bits (4x8=32). A estes conjuntos de 4 bits dá-se o nome de octeto.

O endereço IP (v4) é um número de 32 bits com 4 conjuntos de 8 bits (4x8=32). A estes conjuntos de 4 bits dá-se o nome de octeto. Endereçamento IP Para que uma rede funcione, é necessário que os terminais dessa rede tenham uma forma de se identificar de forma única. Da mesma forma, a interligação de várias redes só pode existir se

Leia mais

Internet sem fios minedu (primeira vez) Windows Vista

Internet sem fios minedu (primeira vez) Windows Vista Agrupamento de Escolas Lima-de-Faria Equipa PTE 2015/2016 CONFIGURAÇÕES DE ACESSO À REDE MINEDU Internet sem fios minedu (primeira vez) Windows Vista 1. Verificar se o computador está atualizado com o

Leia mais

Configuração e Partilha de Pastas / ICS

Configuração e Partilha de Pastas / ICS Configuração e Partilha de Pastas / ICS 1. Comunicação entre 2 máquinas. 1.1 Windows Xp Clicar no símbolo de rede no canto inferior direito. 1.2 Ligação área Local No separador Geral Clicar em propriedades.

Leia mais

Pesquisa e organização de informação

Pesquisa e organização de informação Pesquisa e organização de informação Capítulo 3 A capacidade e a variedade de dispositivos de armazenamento que qualquer computador atual possui, tornam a pesquisa de informação um desafio cada vez maior

Leia mais

Firewalls. Prática de Laboratório. Maxwell Anderson INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA

Firewalls. Prática de Laboratório. Maxwell Anderson INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA Firewalls Prática de Laboratório Maxwell Anderson INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA Sumário Firewall do Windows... 2 O que é um firewall?... 2 Ativar ou desativar o Firewall

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DO ACESSO REMOTO PARA HS-DHXX93 E HS-DHXX96

CONFIGURAÇÃO DO ACESSO REMOTO PARA HS-DHXX93 E HS-DHXX96 CONFIGURAÇÃO DO ACESSO REMOTO PARA HS-DHXX93 E HS-DHXX96 1 CONFIGURAR PARÂMETROS DE REDE DO DVR Para maior fiabilidade do acesso remoto é recomendado que o DVR esteja configurado com IP fixo (também pode

Leia mais

Colégio Sinodal Progresso Curso Técnico Informática TI06. Ferramenta Nassus. Ismael Dullius Machado. Gerência de rede Cristiano Forte

Colégio Sinodal Progresso Curso Técnico Informática TI06. Ferramenta Nassus. Ismael Dullius Machado. Gerência de rede Cristiano Forte Colégio Sinodal Progresso Curso Técnico Informática TI06 Ferramenta Nassus Ismael Dullius Machado Gerência de rede Cristiano Forte 05/11/2013 Introdução Nessus é um programa de verificação de falhas/vulnerabilidades

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA LIGAÇÃO À REDE WIRELESS minedu SISTEMA OPERATIVO WINDOWS XP

INSTRUÇÕES PARA LIGAÇÃO À REDE WIRELESS minedu SISTEMA OPERATIVO WINDOWS XP INSTRUÇÕES PARA LIGAÇÃO À REDE WIRELESS minedu SISTEMA OPERATIVO WINDOWS XP Para utilizar a rede Wireless minedu no seu computador portátil proceda da seguinte forma: Certifique-se que o módulo de rádio-frequência

Leia mais

Conceptronic C100BRS4H Guia de Instalação Rápida. Parabéns pela compra do seu Router de Banda Larga com 4 portas da Conceptronic.

Conceptronic C100BRS4H Guia de Instalação Rápida. Parabéns pela compra do seu Router de Banda Larga com 4 portas da Conceptronic. Conceptronic C100BRS4H Guia de Instalação Rápida Parabéns pela compra do seu Router de Banda Larga com 4 portas da Conceptronic. O seguinte Guia de Instalação de Hardware explica-lhe passo-a-passo como

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Para criar um grupo doméstico e compartilhar arquivos é necessário que tenhamos pelo menos dois computadores ligados entre si (em

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES FORMULÁRIOS ELETRÓNICOS. Versão 1.1

PERGUNTAS FREQUENTES FORMULÁRIOS ELETRÓNICOS. Versão 1.1 PERGUNTAS FREQUENTES FORMULÁRIOS ELETRÓNICOS Versão 1.1 04 de setembro de 2013 ÍNDICE FORMULÁRIOS ELETRÓNICOS 1 1 Quais os requisitos dos Formulários Eletrónicos? 3 1.1. SOFTWARE 3 1.2. HARDWARE 3 1.3.

Leia mais

Guia de consulta rápida DVR HD

Guia de consulta rápida DVR HD Guia de consulta rápida DVR HD Primeira parte: Operações Básicas... 2 1. Instalação básica... 2 2. Arranque... 2 3. Desligar... 2 4. Iniciar sessão... 2 5. Pré- visualização... 3 6. Configuração da gravação...

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Monitor de Publicidade. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Monitor de Publicidade. v2011 Manual Avançado Monitor de Publicidade v2011 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. HARDWARE... 3 1 4. DEFINIÇÃO... 4 b) Definição dos monitores... 4 c) Definições ZSRest... 4 d) Aspecto Monitor... 5 i. Sim 5

Leia mais

Configuração eduroam Windows 7 (Autenticação PEAP)

Configuração eduroam Windows 7 (Autenticação PEAP) Campus de Gualtar 4710-057 Braga P Serviços de Comunicações Configuração eduroam Windows 7 (Autenticação PEAP) Antes de iniciar a instalação, deve-se certificar que os seguintes serviços estão activos:

Leia mais

Guia de configuração para acesso à rede sem fios EDUROAM. Windows 8

Guia de configuração para acesso à rede sem fios EDUROAM. Windows 8 Guia de configuração para acesso à rede sem fios EDUROAM Windows 8 Introdução Este guia de configuração fornece instruções para alunos, docentes e funcionários ligarem os seus computadores e dispositivos

Leia mais

Utilizar o Cisco UC 320W com o Windows Small Business Server

Utilizar o Cisco UC 320W com o Windows Small Business Server Utilizar o Cisco UC 320W com o Windows Small Business Server Esta nota de aplicação explica como implementar o Cisco UC 320W num ambiente do Windows Small Business Server. Índice Este documento inclui

Leia mais

Configuração para Windows XP

Configuração para Windows XP Configuração para Windows XP O exemplo de configuração representa os passos necessários para a configuração do método de autenticação 802.1x/EAP-PEAP para o sistema operativo Windows XP (versão Português/Inglês),

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES OBRIGADO por ter adquirido a aplicação ClickFree Backup. Estas instruções foram reunidas para o ajudar a utilizar o produto, mas de um modo geral esperamos que

Leia mais

Como Se Ligar à Nova Rede Sem Fios rede minedu Instruções Passo a Passo PARA O SISTEMA OPERATIVO Windows XP

Como Se Ligar à Nova Rede Sem Fios rede minedu Instruções Passo a Passo PARA O SISTEMA OPERATIVO Windows XP Como Se Ligar à Nova Rede Sem Fios rede minedu Instruções Passo a Passo PARA O SISTEMA OPERATIVO Windows XP APENAS PARA CONFIGURAÇÃO DOS PORTÁTEIS PESSOAIS DE CADA UM. OS PCS DA ESCOLA SERÃO CONFIGURADOS

Leia mais

Guia de instalação do Player Displr Windows 7, 8.1 e 10

Guia de instalação do Player Displr Windows 7, 8.1 e 10 Guia de instalação do Player Displr Windows 7, 8.1 e 10 Versão 1.0 www.displr.com Índice 1- Requisitos mínimos do sistema... 3 2- Preparação da instalação... 3 3- Assistente de instalação... 4 3.1 Bem-vindo

Leia mais

Guia Rápido. Versão 9.0. Mover a perícia - não as pessoas

Guia Rápido. Versão 9.0. Mover a perícia - não as pessoas Guia Rápido Versão 9.0 Mover a perícia - não as pessoas Copyright 2006 Danware Data A/S. Partes utilizadas sob licença de terceiros. Todos os direitos reservados. Revisão do documento: 2006080 Por favor,

Leia mais

Tutorial de configuração de rede wireless ISPGayaRadius

Tutorial de configuração de rede wireless ISPGayaRadius Tutorial de configuração de rede wireless ISPGayaRadius 1 Índice Como configurar a rede wireless do ISPGayaRadius no Windows XP?...3 Como configurar a rede wireless do ISPGayaRadius no Windows Vista ou

Leia mais

www.bca-europe.com A Maior Empresa de Leilões e Remarketing Automóvel em Portugal e na Europa

www.bca-europe.com A Maior Empresa de Leilões e Remarketing Automóvel em Portugal e na Europa Configure o seu servidor de email para receber as informações BCA Seguem as instruções para configuração nos servidores de email mais comuns: - WindowsLive Mail - Hotmail - MSN - Yahoo - Gmail - Outlook

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE A EQUIPA DO PTE 2009/2010 Índice 1. Entrar na plataforma Moodle 3 2. Editar o Perfil 3 3. Configurar disciplina 4 3.1. Alterar definições 4 3.2. Inscrever alunos

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23 Realizado por: Fábio Rebeca Nº6 Iuri Santos Nº8 Telmo Santos Nº23 1 Tutorial de instalação e partilha de ficheiros no Ubuntu Índice Índice... 1 Introdução... 2 Material que iremos utilizar... 3 Instalação

Leia mais

Compartilhando arquivos no Windows XP

Compartilhando arquivos no Windows XP Compartilhando arquivos no Windows XP Para criar um grupo doméstico e compartilhar arquivos é necessário que tenhamos pelo menos dois computadores ligados entre si (em rede) por meio de cabo direto, hub,

Leia mais

TeamWork. Manual do Utilizador. Para Windows Vista

TeamWork. Manual do Utilizador. Para Windows Vista TeamWork Manual do Utilizador Para Windows Vista V3.2_Vista Fevereiro 2008 ÍNDICE TeamWork Para que serve... 3 TeamWork Como instalar e configurar... 4 TeamWork Como utilizar... 4 Apoio para instalação

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO do aremoto

MANUAL DE OPERAÇÃO do aremoto MANUAL DE OPERAÇÃO do aremoto V1.00 UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA Outubro 30, 2004 www.imsi.pt Código #MOaR01 EMPRESA Código Documento MOAR01 Sobre a utilização do programa de assistência remota Versão Elaborado

Leia mais

Guia de Rede MediCap USB300

Guia de Rede MediCap USB300 Guia de Rede MediCap USB300 Aplica-se às versões de firmware 110701 e mais recentes 1 Introdução... 2 Instruções Preliminares... 2 Como Configurar o Acesso Através da Rede ao Disco Rígido do USB300...

Leia mais

FileZilla Server. O FileZilla Server é um ótimo servidor FTP, conta com diversas funções e fácil instalação e configuração.

FileZilla Server. O FileZilla Server é um ótimo servidor FTP, conta com diversas funções e fácil instalação e configuração. FileZilla Server Já apresentei um tutorial sobre o FileZilla, um cliente FTP com versões para vários sistemas operacionais, agora vou falar sobre o FileZilla Server, um programa que transforma seu computador

Leia mais

Dell SupportAssist para PCs e Tablets Guia do utilizador

Dell SupportAssist para PCs e Tablets Guia do utilizador Dell SupportAssist para PCs e Tablets Guia do utilizador Notas, avisos e advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes para melhor utilizar o computador. AVISO: Um AVISO indica potenciais

Leia mais

U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares ===== Manual de Rede Interna ===== Manual. Rede Interna

U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares ===== Manual de Rede Interna ===== Manual. Rede Interna 1 Manual Rede Interna 01 COLOCANDO O COMPUTADOR EM REDE 2 01.01 Entenda como funciona o processo de conexão em rede do sistema U3: a) SERVIDOR DE DADOS é o computador da sua rede interna que será designado

Leia mais

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter Powerline Adapter Note! Não expor o Powerline Adapter a temperaturas extremas. Não deixar o dispositivo sob a luz solar directa ou próximo a elementos aquecidos. Não usar o Powerline Adapter em ambientes

Leia mais

Data de Aplicação. Instalação e Configuração do IIS Internet Information Services

Data de Aplicação. Instalação e Configuração do IIS Internet Information Services FICHA TÉCNICA Exercício nº 2 NOME DO EXERCÍCIO DESTINATÁRIOS Duração Pré Requisitos Recursos / Equipamentos Orientações Pedagógicas Instalação e Configuração do IIS Internet Information Services 90 minutos

Leia mais

Primeiros Passos com o Windows 10

Primeiros Passos com o Windows 10 Primeiros Passos com o Windows 10 Completou com sucesso a atualização para o Windows 10 e agora pode usar todas as funcionalidades do novo sistema operativo. Queremos dar-lhe uma breve orientação para

Leia mais

Como Se Ligar À Nova Rede Sem Fios rede minedu Instruções Passo A Passo APENAS PARA CONFIGURAÇÃO DOS PORTÁTEIS PESSOAIS DE CADA UM.

Como Se Ligar À Nova Rede Sem Fios rede minedu Instruções Passo A Passo APENAS PARA CONFIGURAÇÃO DOS PORTÁTEIS PESSOAIS DE CADA UM. Como Se Ligar À Nova Rede Sem Fios rede minedu Instruções Passo A Passo APENAS PARA CONFIGURAÇÃO DOS PORTÁTEIS PESSOAIS DE CADA UM. OS PCS DA ESCOLA SERÃO CONFIGURADOS APENAS PELOS PROFESSORES DE INFORMÁTICA

Leia mais

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23 Realizado por: Fábio Rebeca Nº6 Iuri Santos Nº8 Telmo Santos Nº23 1 Tutorial de instalação e partilha de ficheiros na Caixa Mágica Índice Índice... 1 Introdução... 2 Material que iremos utilizar... 3 Instalação

Leia mais

Lista da embalagem: Procedimento de instalação: abaixo. Nota: Alguns modelos não possuem uma antena separada.

Lista da embalagem: Procedimento de instalação: abaixo. Nota: Alguns modelos não possuem uma antena separada. DENVER IPC-1020 DENVER IPC-1030 Lista da embalagem: Câmara IP Suporte de montagem Antena Adaptador de Alimentação CD Cabo de LAN Manual de instalação Parafusos Nota: Alguns modelos não possuem uma antena

Leia mais

TeamWork. Manual do Utilizador. Para Windows XP

TeamWork. Manual do Utilizador. Para Windows XP TeamWork Manual do Utilizador Para Windows XP V3.2_XP Fevereiro 2008 ÍNDICE TeamWork Para que serve... 3 TeamWork Como instalar e configurar... 4 TeamWork Como utilizar... 4 Apoio para instalação e configuração.

Leia mais

LIGAÇÃO à rede sem fios minedu Instruções para Window XP

LIGAÇÃO à rede sem fios minedu Instruções para Window XP LIGAÇÃO à rede sem fios minedu Instruções para Window XP (Para Windows Vista os Passos são semelhantes) Para usar a nova rede é necessário configurar uma nova ligação de rede no computador. Credenciais

Leia mais

Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões

Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões Regras de exclusão são grupos de condições que o Kaspersky Endpoint Security utiliza para omitir um objeto durante uma varredura (scan)

Leia mais

Manual de procedimentos para ligação à rede sem fios minedu

Manual de procedimentos para ligação à rede sem fios minedu 1 - Configuração no Windows Vista Exemplo de configuração de 802.1x com Certificados de Servidor para o Windows Vista. Antes de iniciar os passos de configuração, verifique se tem a placa Wireless ligada,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS Usando um firewall para ajudar a proteger o computador A conexão à Internet pode representar um perigo para o usuário de computador desatento. Um firewall ajuda a proteger o computador impedindo que usuários

Leia mais

Relatório de Instalação do Windows 2003 Server

Relatório de Instalação do Windows 2003 Server Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Relatório de Instalação do Windows 2003 Server Instalação do Windows 2003 Server quarta-feira, 3 de dezembro de 2013 Índice Introdução...

Leia mais

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor 20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor Manual do Utilizador Professor... 1 1. Conhecer o 20 Escola Digital... 4 2. Autenticação... 6 2.1. Criar um registo na LeYa Educação... 6 2.2. Aceder ao

Leia mais

Apresentação de REDES DE COMUNICAÇÃO

Apresentação de REDES DE COMUNICAÇÃO Apresentação de REDES DE COMUNICAÇÃO Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos MÓDULO VIII Serviços de Redes Duração: 20 tempos Conteúdos (1) 2 Caraterizar, instalar

Leia mais

Manual do PDFCreator Versão 1

Manual do PDFCreator Versão 1 Manual do PDFCreator Versão 1 O PDFCreator é um software livre que permite criar documentos em formato PDF a partir outras aplicações. Centro de Formação de Penalva e Azurara www.cfpa.pt 2006 Índice Índice...

Leia mais

ETI/Domo. Português. www.bpt.it. ETI-Domo Config 24810180 PT 29-07-14

ETI/Domo. Português. www.bpt.it. ETI-Domo Config 24810180 PT 29-07-14 ETI/Domo 24810180 www.bpt.it PT Português ETI-Domo Config 24810180 PT 29-07-14 Configuração do PC Antes de realizar a configuração de todo o sistema, é necessário configurar o PC para que esteja pronto

Leia mais

SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2

SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2 SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Montando Redes Ponto-a-Ponto... 3 1.2.1 Parte lógica... 3 1.2.2 Escolhendo o sistema operacional... 3 1.2.3 Instalação

Leia mais

SERVIDOR DE IMPRESSORA USB 2.0

SERVIDOR DE IMPRESSORA USB 2.0 SERVIDOR DE IMPRESSORA USB 2.0 Manual de Instalação Rápida DN-13006-1 Antes de iniciar, deve preparar os seguintes itens: Um PC com Windows com CD de configuração do servidor da impressora Uma impressora

Leia mais

Esta fase só se configura uma única vez.

Esta fase só se configura uma única vez. Fase 0 Esta fase só se configura uma única vez. É necessário iniciar o serviço de configuração automática com fios para tal devem ser realizados os seguintes passos: No VISTA Começar por carregar em Painel

Leia mais

DNP. PartyPrint ver. 1.5 UE. Arranque Rápido. 2014 Dai Nippon Printing Co., Ltd. Revisão.1.0.0

DNP. PartyPrint ver. 1.5 UE. Arranque Rápido. 2014 Dai Nippon Printing Co., Ltd. Revisão.1.0.0 DNP PartyPrint ver. 1.5 UE Arranque Rápido 2014 Dai Nippon Printing Co., Ltd. Revisão.1.0.0 Sobre o Party Print O sistema Party Print é composto por vários programas que são instalados no seu computador

Leia mais

AULA 06 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS

AULA 06 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS AULA 06 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS O Windows XP fornece contas de usuários de grupos (das quais os usuários podem ser membros). As contas de usuários são projetadas para indivíduos. As contas de grupos são projetadas

Leia mais

Implantação de um Controlador de Domínio Adicional Windows Server 2008 R2

Implantação de um Controlador de Domínio Adicional Windows Server 2008 R2 Implantação de um Controlador de Domínio Adicional Windows Server 2008 R2 Finalidade: Um controlador de domínio adicional garante a continuidade dos serviços de autenticação em caso de falhas em um ou

Leia mais

USB 2.0 SERVIDOR ETHERNET DA IMPRESSORA

USB 2.0 SERVIDOR ETHERNET DA IMPRESSORA USB 2.0 SERVIDOR ETHERNET DA IMPRESSORA DN-13014-3 DN-13003-1 Manual de Instalação Rápida DN-13014-3 & DN-13003-1 Antes de iniciar, deve preparar os seguintes itens: Computador Windows 2000/XP/2003/Vista/7

Leia mais

Utilização do Sistema de Impressão da UBI

Utilização do Sistema de Impressão da UBI Utilização do Sistema de Impressão da UBI UTILIZADORES COM SISTEMA OPERATIVO WINDOWS E CONTA @UBI.PT Para utilizar o novo sistema de impressão disponibilizado pela UBI é necessário ter saldo positivo na

Leia mais

Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS

Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos MÓDULO V Configuração Avançada de Sistemas Operativos Servidores Duração: 42 tempos Conteúdos

Leia mais

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Use esta lista de verificação para ter certeza de que você está aproveitando todas as formas oferecidas pelo Windows para ajudar a manter o seu

Leia mais

UNIVERSIDADE DOS AÇORES. Configuração Wi- Fi Eduroam. Manuais

UNIVERSIDADE DOS AÇORES. Configuração Wi- Fi Eduroam. Manuais UNIVERSIDADE DOS AÇORES Configuração Wi- Fi Eduroam Manuais Serviço de Tecnologias de Informação e Comunicação 2015 Índice ALUNOS... 2 Android... 2 IOS... 5 Mac OS... 8 Windows 7... 12 Windows 8... 17

Leia mais

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter Powerline Adapter Note! Não expor o Powerline Adapter a temperaturas extremas. Não deixar o dispositivo sob a luz solar directa ou próximo a elementos aquecidos. Não usar o Powerline Adapter em ambientes

Leia mais

Configuração do Servidor DHCP no Windows Server 2003

Configuração do Servidor DHCP no Windows Server 2003 Configuração do Servidor DHCP no Windows Server 2003 Como instalar o Serviço DHCP Antes de poder configurar o serviço DHCP, é necessário instalá lo no servidor. O DHCP não é instalado por padrão durante

Leia mais

Instituto Superior Politécnico Gaya Escola Superior de Ciência e Tecnologia

Instituto Superior Politécnico Gaya Escola Superior de Ciência e Tecnologia Instituto Superior Politécnico Gaya Escola Superior de Ciência e Tecnologia Engenharia Informática Redes e Computadores 2006/2007 Levantamento e Inventariação de Rede Privada Rafael Esteves Alves Forno

Leia mais

How TO: Importar e-mails com PST Capture Tool

How TO: Importar e-mails com PST Capture Tool How TO: Importar e-mails com PST Capture Tool INTRODUÇÃO Em quase todas as organizações que conhecemos existem utilizadores que utilizam um ou mais arquivos de mail (PST). Quer seja em partilhas de rede,

Leia mais

Manual Passo a Passo do Microsoft Windows Server Update Services 3.0 SP2

Manual Passo a Passo do Microsoft Windows Server Update Services 3.0 SP2 Manual Passo a Passo do Microsoft Windows Server Update Services 3.0 SP2 Microsoft Corporation Autor: Anita Taylor Editor: Theresa Haynie Resumo Este manual fornece instruções detalhadas para instalar

Leia mais

Registo do antivírus avast!

Registo do antivírus avast! Registo do antivírus avast! Para iniciar o registo do avast! Antivirus é necessário fazer algumas alterações no programa de Controle Parental Parents Carefree de modo a podermos: 1. Criar um endereço de

Leia mais

604 wifi. Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual.

604 wifi. Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual. 604 wifi FUNÇÕES WIFI e Internet Suplemento ao Manual do Utilizador ARCHOS 504/604 Versão 1.2 Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual. Este manual contém informações

Leia mais

Ponto de acesso sem fios 802.11g DWL-G700AP. CD-ROM (que contém o Manual e a Garantia) Cabo Ethernet (CAT5 UTP) Adaptador de corrente CC 7.5V 1.

Ponto de acesso sem fios 802.11g DWL-G700AP. CD-ROM (que contém o Manual e a Garantia) Cabo Ethernet (CAT5 UTP) Adaptador de corrente CC 7.5V 1. Este produto pode ser configurado utilizando um web browser normal, p.ex., Internet Explorer 6 ou Netscape Navigator 7 e superior. DWL-G700AP Ponto de acesso sem fios 802.11g AirPlus TM da D-Link Antes

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

FIGURA 3.1 Transporte de dados através da tecnologia MIMO

FIGURA 3.1 Transporte de dados através da tecnologia MIMO COMUNICAÇÃO SEM FIOS 43 65 Mbps e os 600 Mbps, posicionando-se assim como a solução wireless para distribuição de conteúdos multimédia. Através do sistema MIMO (Multiple Input, Multiple Output), a área

Leia mais

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL... Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...4 Configurações iniciais...5 Arquivo sudoers no Sistema Operacional

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO SANTARÉM MINEDU

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO SANTARÉM MINEDU ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO SANTARÉM MINEDU Manual de configuração da rede sem fios 1 - Configuração do cliente para Windows Exemplo de configuração de 802.1x com Certificados de Servidor para

Leia mais

C9850 MFP / ES3640 MFP

C9850 MFP / ES3640 MFP Este equipamento permite os vários tipos de digitalização, sendo os mais habituais CIFS(SMB), FTP e digitalização para E-mail. Neste guia ajudamos na configuração de cada um deles individualmente, sendo

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Driver Genérico Somente Texto para a impressora DR700 ETHERNET

STK (Start Kit DARUMA) Driver Genérico Somente Texto para a impressora DR700 ETHERNET STK (Start Kit DARUMA) Driver Genérico Somente Texto para a impressora DR700 ETHERNET Neste STK mostraremos como instalar e configurar o driver Genérico Somente Texto com a impressora DR700 Ethernet, no

Leia mais

BIBLIOTECA ANACOM MANUAL DO UTILIZADOR

BIBLIOTECA ANACOM MANUAL DO UTILIZADOR BIBLIOTECA ANACOM MANUAL DO UTILIZADOR ÍNDICE Biblioteca ANACOM - Manual do utilizador... 2 Página de entrada... 3 Barra de menus da Biblioteca ANACOM... 3 Tipos de pesquisa... 3 Pesquisa simples... 3

Leia mais

COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO.

COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO. COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO. 1. Compartilhar a máquina servidor clicando com o botão direito do mouse em disco local e no menu de contexto não pção Propriedades.

Leia mais

Seu manual do usuário HP SLATE 10 HD 3500EF SILVER http://pt.yourpdfguides.com/dref/5512768

Seu manual do usuário HP SLATE 10 HD 3500EF SILVER http://pt.yourpdfguides.com/dref/5512768 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP SLATE 10 HD 3500EF SILVER. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Em um computador baseado no Windows, você pode compartilhar arquivos entre usuários remotos (outro computador). Os usuários remotos se conectam

Leia mais

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

Como criar um Utilizador no Windows

Como criar um Utilizador no Windows 2013-05-08 11:00:17 Olá, como estás? Hoje vamos falar de um assunto que te vai ajudar a organizar o teu computador, assim como o dos teus pais, se o utilizares para as tuas aventuras informáticas. Muitas

Leia mais

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL Documento: Tutorial Autor: Iuri Sonego Cardoso Data: 27/05/2005 E-mail: iuri@scripthome.cjb.net Home Page: http://www.scripthome.cjb.net ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

Leia mais

CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2

CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2 CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2 1. Antes de começar A tabela a seguir lista as informações que você precisa saber antes de configurar um servidor VPN de acesso remoto. Antes de

Leia mais

Internet Configuration Requirements. Configuração dos PCs. As Definições sob Windows XP

Internet Configuration Requirements. Configuração dos PCs. As Definições sob Windows XP Internet Configuration Requirements Para ligar seu Ponto de Acesso ao Gestor AP, será necessário configurar os seguintes parâmetros de configuração na definição TCP/IP do seu computador: Endereço IP Estático:

Leia mais

Telefone sem fios Manual de configuração Office

Telefone sem fios Manual de configuração Office Telefone sem fios Manual de configuração Office Índice Configurar o Office sem fios 5 Configurar o seu telefone sem fios 5 Configurar a base do telefone 5 Associar o telefone à base 8 Configurar uma conta

Leia mais

TABELA 2.1 Requisitos do Windows Server 2012 Standard

TABELA 2.1 Requisitos do Windows Server 2012 Standard 2INSTALAÇÃO DE UM SERVIDOR 2012 Feita a apresentação das funcionalidades do Windows Server 2012, eis que chega a hora mais desejada: a da implementação do servidor. No entanto, não é de todo recomendável

Leia mais

Placa de rede local sem fios Nokia C110/C111. Manual de Instalação

Placa de rede local sem fios Nokia C110/C111. Manual de Instalação Placa de rede local sem fios Nokia C110/C111 Manual de Instalação DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE A NOKIA MOBILE PHONES Ltd declara ser a única responsável pela conformidade dos produtos DTN-10 e DTN-11 com

Leia mais

SUAP MÓDULO PROTOCOLO SUAP MÓDULO PROTOCOLO MANUAL DO USUÁRIO

SUAP MÓDULO PROTOCOLO SUAP MÓDULO PROTOCOLO MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO Versão 1.0 2010 1 1. INTRODUÇÃO Administradores públicos defrontam-se diariamente com grandes dificuldades para fazer com que processos administrativos, documentos, pareceres e informações

Leia mais

Manual do Utilizador para o Serviço IM e Presence no Cisco Unified Communications Manager, Versão 9.0(1)

Manual do Utilizador para o Serviço IM e Presence no Cisco Unified Communications Manager, Versão 9.0(1) Manual do Utilizador para o Serviço IM e Presence no Cisco Unified Communications Manager, Versão 9.0(1) Primeira publicação: May 25, 2012 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive

Leia mais

Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas

Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Introdução: Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Prezados leitores, esta é a primeira parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo

Leia mais

Active Directory Windows 2000 Server

Active Directory Windows 2000 Server 1 Active Directory Windows 2000 Server Essa tela é exibida após a configuração e a ativação, onde é informado o nome do domínio, entre outras configurações não essenciais para nosso presente estudo. 2

Leia mais

LIGAÇÃO à nova rede sem fios REDE minedu. Instruções passo a passo

LIGAÇÃO à nova rede sem fios REDE minedu. Instruções passo a passo LIGAÇÃO à nova rede sem fios REDE minedu Instruções passo a passo PARA QUEM TEM SISTEMA OPERATIVO WINDOWS VISTA Para usar a nova rede é necessário configurar uma nova ligação de rede no computador. Antes

Leia mais

Controle Parental. Introdução

Controle Parental. Introdução Controle Parental Introdução O acesso das crianças à Internet suscita algumas preocupações aos pais e educadores/as. Contudo, tal como na vida real ou no uso de outros meios de comunicação, os adultos

Leia mais

First Step Linux. Instalação do VirtualBox Para instalar o software VirtualBox siga os seguintes passos :

First Step Linux. Instalação do VirtualBox Para instalar o software VirtualBox siga os seguintes passos : First Step LINUX First Step Linux Experimente o Linux É possível experimentar o Linux sem alterar o sistema operativo actual do seu computador. Com o software Virtual Box consegue criar um ambiente virtual

Leia mais

Migrar para o Access 2010

Migrar para o Access 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Access 2010 é muito diferente do Access 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as

Leia mais

INSTALANDO SQL SERVER 2008

INSTALANDO SQL SERVER 2008 VERSÃO 2 INSTALANDO SQL SERVER 2008 Pré-requisitos para instalação do SQL SERVER 2008 Antes de iniciar o instalador do SQL SERVER 2008 é necessário instalar os seguintes componentes: Microsoft Windows

Leia mais

Guia do Produto. McAfee epolicy Orchestrator Cloud 5.5.0

Guia do Produto. McAfee epolicy Orchestrator Cloud 5.5.0 Guia do Produto McAfee epolicy Orchestrator Cloud 5.5.0 COPYRIGHT Copyright 2015 McAfee, Inc., 2821 Mission College Boulevard, Santa Clara, CA 95054, 1.888.847.8766, www.intelsecurity.com TRADEMARK ATTRIBUTIONS

Leia mais

Manual. Honeypots e honeynets

Manual. Honeypots e honeynets Manual Honeypots e honeynets Honeypots No fundo um honeypot é uma ferramenta de estudos de segurança, onde sua função principal é colher informações do atacante. Consiste num elemento atraente para o invasor,

Leia mais