RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO"

Transcrição

1 RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Introdução Na atual situação do mercado, onde a busca por profissionais cada vez mais qualificados tem se tornado frequente, a necessidade do ensino superior se faz cada vez mais presente. Mas é importante destacar que, para o mercado, o conhecimento teórico por si só não é um diferencial na escolha de gestores, uma vez que é preciso associar os conteúdos vistos em sala, com as práticas no mercado de trabalho. Além disso, como abordado pelo Cederj (2013), o estágio também pode funcionar como uma confirmação da escolha profissional do estudante, tendo um papel importante na definição do caminho que ele deseja percorrer, pois, uma vez que ele não se identifique com as atividades desempenhadas por profissionais de sua área, ele pode escolher uma nova carreira. Essa experiência também traz a possibilidade de fazer networking e de aprender a lidar com diferentes pessoas, sejam elas o gestor responsável pela equipe ou os colegas de trabalho. Bem como, de observar e analisar diferentes culturas organizacionais, identificando problemas e ajudando a empresa a superá-los. Após observações prévias, foi constatado que na empresa concedente de estágio existe uma alta rotatividade de funcionários, ou seja, novos colaboradores são demitidos e contratados em menos de um ano. Para Chiavenato (2010), a alta rotatividade não é uma causa, mas sim o efeito de diversas variáveis externas e internas, como dificuldades financeiras da empresa, novas oportunidades para o funcionário, cultura interna que não valoriza o bem-estar individual dos que ali trabalham, entre outros. Araújo e Garcia (2009) afirmam que a alta rotatividade ou turnover deve ser encarada como um sinônimo de perda de produtividade e lucratividade, como também prejudica a cultura da organização e o clima interno. Dessa maneira, enquanto a empresa não encontra uma solução para turnover, é preciso que exista uma maneira de otimizar o treinamento dos novos funcionários, buscando a eficiência, mas sem perder a eficácia. Missaglia (2013) discorre sobre a forma como cada funcionário desenvolve uma maneira própria de realizar suas tarefas e, quando se desligam da empresa, levam consigo as particularidades das mesmas. É nesse contexto que o relatório de estágio II irá abordar uma característica primordial nas organizações que desejam otimizar seus

2 processos: a utilização de fluxogramas, sendo estes "a representação gráfica da sequencia de uma tarefa, sistema ou rotina de trabalho, identificando os procedimentos e correlacionando-os com as unidades organizacionais/setores que os executam" (TACHIZAWA E SCACIO, 2006, p. 214). Na definição de Missaglia (2013), "O fluxo de um processo tem o objetivo de mostrar, graficamente e com clareza, o caminho da informação dentro do departamento e interdepartamental". Os fluxogramas, portanto, são a maneira de facilitar o acesso aos processos internos por todos os membros de uma equipe, bem como para os novos membros. Assim, o presente relatório buscou responder se é possível minimizar as consequências da alta rotatividade através da elaboração de fluxogramas para a representação dos processos internos da empresa. Seu objetivo geral foi analisar os processos internos da organização em questão, percebendo se os fluxogramas ajudam a minimizar as consequências da alta rotatividade de funcionários; e como objetivos específicos têm-se Observação do ambiente interno, a compreensão da participação de cada funcionário para o êxito das atividades diárias, a averiguar da existência, ou não, de maneiras diferentes de realizar um mesmo processo e a elaborar fluxogramas dos processos internos. Apresentação da empresa Atuando no segmento de representação comercial, a empresa X faz o papel de representação de diversas agências espalhadas pelo país, ou seja, quando uma delas está interessada em divulgar em um jornal de Fortaleza, a organização faz a intermediação entre as partes interessadas, assumindo a responsabilidade pela emissão notas, envio do material que será veiculado, entre outros. Quando solicitada, a empresa também participa do processo criação das campanhas que serão veiculadas. Metodologia A atividade de estágio supervisionado requer atenção da empresa cedente, do docente e, principalmente, do discente envolvido nesse processo. Para que o relatório fosse concluído com satisfação, foram necessárias 300 horas (220 horas no estágio e 80

3 horas de orientação), no período de 3 de Junho de 2013 a 3 de Setembro de 2013, de trabalho diretamente voltado para o estágio. Como característica deste trabalho, têm-se a pesquisa exploratória, que Hair et al. (2003) comentam a seguir: A pesquisa exploratória é particularmente útil quando o responsável pelas decisões dispõe de muito poucas informações. Dito de outro modo, os planos exploratórios são para o pesquisador que não sabe muito! São orientados para a descoberta. Assim, são planos que não têm a intenção de testar hipóteses específicas de pesquisa (HAIR et al, 2003, p. 84). Geralmente, ela está presente nos tópicos de revisão de literatura ou fundamentação teórica, onde os autores apresentam teorias que dão suporte ao que será trabalhado em suas publicações. Ciribelli (2003, p.54) também define esse tipo de pesquisa, afirmando que "a pesquisa exploratória é o primeiro passo de qualquer trabalho científico. É também denominada pesquisa bibliográfica. Proporciona maiores informações sobre o tema que o pesquisador pretende abordar". Assim, foi utilizada a pesquisa bibliográfica em livros (ARAÚJO, CHIAVENATO, SCOTT, TACHIZAWA) e materiais disponíveis na internet (CEDERJ, MISSAGLIA, ROSSI). Além do supracitado, para os fins desta pesquisa, também se fez uso de questionários quantitativos, abordando diversos aspectos da utilização e não utilização de fluxogramas, segundo Gil (2012), essa abordagem significa apresentar em números as opiniões para assim classificá-las, e aplicado nos funcionários da empresa, de acordo com os dados: População total: 6. Entrevistados: 6 Divisão em dois grupos com 3 membros cada um. Foi proposto, aleatoriamente, que um dos grupos teria o auxilio dos fluxogramas para realizar as diferentes atividades diárias da empresa; e o outro teria apenas o auxilio do funcionário responsável pela função. Os resultados dos questionários serão apresentados através de análise escrita e gráficos. Abaixo, a divisão dos grupos e atividades.

4 Quadro 1 - Divisão dos questionários Tipo Questionário 1 Questionário 2 Entrevistados 3 3 Proposta: Com o auxilio de fluxogramas Sem auxilio de fluxogramas Atividades propostas: Reserva de material, Autorizações no Sistema e Faturamento no Sistema Fonte: Autor do relatório Reserva de material, Autorizações no Sistema e Faturamento no Sistema Outro fator que deve ser mencionado é o caráter Pesquisador Participante que o discente desenvolveu durante o processo de estágio, já que todas as situações foram vivenciadas. GIL (2012, p. 14) afirma que a pesquisa participante, assim como a pesquisa-ação, caracteriza-se pela interação entre pesquisadores e membros das situações investigadas. Ainda sobre pesquisa participante, Fonseca (2002, p. 34) diz que essa modalidade "rompe com o paradigma de não envolvimento do pesquisador com o objeto da pesquisa, despertando fortes reações do positivismo". É importante salientar que o relatório está em andamento, ou seja, os dados obtidos através das pesquisas qualitativas e da observação ainda estão sendo analisados. Considerações Finais Em qualquer que seja a empresa, e independente do setor, a literatura converge para a ideia de que a alta rotatividade ou turnover prejudica bastante o alcance dos objetivos de uma organização. Nos três meses de observação, e como pesquisar participante, o discente participou de todas as atividades relativas ao setor comercial e financeiro, suprindo toda e qualquer necessidade que a empresa poderia ter nos referidos setores. Dessa maneira, ficou evidente que se houvesse um manual ou fluxogramas dos processos diários, o tempo de execução das atividades seria bem reduzido e o capital humano necessário para ensinar, poderia estar desempenhando suas próprias funções. Quanto aos

5 questionários, ainda não é possível fazer assertivas ou comprovar qualquer pressuposto, uma vez que os dados ainda estão sendo analisados. De maneira geral, a atividade de estágio supervisionado permite que o aluno faça a associação dos conteúdos vistos em sala com a prática real das organizações e, por estar inserido no meio acadêmico, torna-se mais fácil para o estagiário identificar e procurar soluções para processos que estão em defasagem ou para situações que poderiam melhorar o desempenho da empresa. Referências ARAÚJO, Luis César G.; GARCIA, Adriana Amadeu. Gestão de Pessoas: estratégias e integração organizacional. 2. ed. São Paulo: Atlas, CEDERJ. A importância do estágio para sua carreira. Disponível em:< 52:a-importancia-do-estagio-para-sua-carreira&catid=1:noticias&Itemid=7>. Acesso em: 13 Jun CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de Pessoas. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, CIRIBELLI, Marilda Corrêa. Como elaborar uma dissertação de mestrado através da pesquisa científica. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2003 FONSECA, João José Saraiva. Apostila de metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UFCE, GIL, Antonio Carlos. Como classificar as pesquisas? Disponível em:< Acesso em 18 Ago HAIR, Arthur Jr et al. Fundamentos de métodos de pesquisa em Administração. Porto Alegre: Artmed, MISSAGLIA, Juliana Como reter o conhecimento da sua empresa em tempos de elevado turnover empresarial?. Disponível em:< -turnover-empresarial>. Acesso em: 19 de Jun. TACHIZAWA, Takeshy; SCAICO, Oswaldo. Organização Flexível: qualidade na gestão de processos. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL, UMA FERRAMENTA NAS EMPRESAS ATUAIS.

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL, UMA FERRAMENTA NAS EMPRESAS ATUAIS. TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL, UMA FERRAMENTA NAS EMPRESAS ATUAIS. Paula Almeida Ribeiro Leite 1 Tereza Cristina Carneiro Lott 2 Resumo O presente artigo apresenta os conhecimentos teóricos

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior Area Profissional: COMUNICACAO Area de Atuacao: EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000654 - TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0021 - OPERACAO

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000407 - REDES DE COMPUTADORES Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000184 - SISTEMAS DE INFORMACAO Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0113 - REL.PUBLICAS/COMUNICACAO

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior Area Profissional: ECONOMIA Area de Atuacao: GESTAO FINANCEIRA/ECONOMIA Administrar os

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS NO AMBIENTE ORGANIZACIONAL: Um Estudo de Caso Sobre o Processo de Transição da Faculdade UNIVERDE Para Faculdade LA SALLE

GESTÃO DE PESSOAS NO AMBIENTE ORGANIZACIONAL: Um Estudo de Caso Sobre o Processo de Transição da Faculdade UNIVERDE Para Faculdade LA SALLE 0 GESTÃO DE PESSOAS NO AMBIENTE ORGANIZACIONAL: Um Estudo de Caso Sobre o Processo de Transição da Faculdade UNIVERDE Para Faculdade LA SALLE Nelci Janielle de Oliveira 1 Marisa Claudia Jacometo Durante

Leia mais

CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS

CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS Cesar Aparecido Silva 1 Patrícia Santos Fonseca 1 Samira Gama Silva 2 RESUMO O presente artigo trata da importância do capital

Leia mais

Reconhecer as ferramentas de sistemas de informação e seu uso na gestão empresarial;

Reconhecer as ferramentas de sistemas de informação e seu uso na gestão empresarial; CURSO: ADMINISTRAÇÃO SEMESTRE: 5 DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO DE CARGA HORARIA: 80 HORAS / AULAS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ementári: Nções de sistemas de infrmaçã e seus cmpnentes, seus tips e principais aplicações

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

PLANO DE CURSO. Administração de benefícios e planos de carreira. Pesquisa de clima e cultura organizacional

PLANO DE CURSO. Administração de benefícios e planos de carreira. Pesquisa de clima e cultura organizacional PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Administração Disciplina: Administração de Recursos Humanos II Professor: Salomão David Vergne Cardoso e-mail: vergne07@gmail.com Código:

Leia mais

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior Area Profissional: 0004 - BIBLIOTECA Area de Atuacao: 0042 - ACERVO/BIBLIOTECA Analisar e processar

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO

ENGENHARIA DE SOFTWARE PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 002312 - ENGENHARIA DE SOFTWARE Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

Perfil acadêmico. Livros de sua autoria. Principais obras disponíveis:

Perfil acadêmico. Livros de sua autoria. Principais obras disponíveis: Idalberto Chiavenato nascido em 1936 no interior do estado de São Paulo, é autor brasileiro na área de administração de empresas e de recursos humanos tendo seus livros utilizados por administradores no

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC Assistente de Planejamento e Controle de Produção

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC Assistente de Planejamento e Controle de Produção MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

MARKETING: UMA FERRAMENTA DA ADMINISTRAÇÃO APLICADA EM UMA ESCOLA DE INFORMÁTICA DE PEQUENO PORTE

MARKETING: UMA FERRAMENTA DA ADMINISTRAÇÃO APLICADA EM UMA ESCOLA DE INFORMÁTICA DE PEQUENO PORTE Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 118 MARKETING: UMA FERRAMENTA DA ADMINISTRAÇÃO APLICADA EM UMA ESCOLA DE INFORMÁTICA DE PEQUENO PORTE Diogo Xavier

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão em Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico em Vendas PROEJA FORMA/GRAU:( x )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES 202 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ALGUNS COMENTÁRIOS ANTES DE INICIAR O PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO: a) Os blocos a seguir visam obter as impressões do ENTREVISTADO quanto aos processos de gestão da Policarbonatos,

Leia mais

TECNICO EM SEGURANCA DO TRABALHO. "(s15h " " PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO"

TECNICO EM SEGURANCA DO TRABALHO. (s15h   PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 500560 - TECNICO EM SEGURANCA DO TRABALHO Nivel: Tecnico Area Profissional: 0044 - CONSTRUCAO CIVIL-TEC Area de Atuacao: 0395 - SEG.TRABALHO/CONSTR.CIVIL-TEC

Leia mais

POTENCIALIDADES E DESAFIOS DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL: UM ESTUDO DE CASO

POTENCIALIDADES E DESAFIOS DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL: UM ESTUDO DE CASO 1 POTENCIALIDADES E DESAFIOS DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL: UM ESTUDO DE CASO Sete Lagoas MG Abril - 2014 BUENOS AIRES, Myrtes. UNIFEMM myrtes@unifemm.edu.br RAPOSO, Kariny Cristina de. UNIFEMM kariny.raposo@unifemm.edu.br

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino EIXO TECNOLÓGICO: Turismo, hospitalidade e Lazer CURSO: Tecnologia em Gestão de Turismo FORMA/GRAU: ( ) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Qualificação: sem certificação técnica

Plano de Trabalho Docente 2013. Qualificação: sem certificação técnica Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO E.E.ESTERINA PLACCO Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: Técnica de Nível

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO NAS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NA CIDADE DE ARARAS

A IMPORTÂNCIA DO TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO NAS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NA CIDADE DE ARARAS V. 6, n. 1, 2012 A IMPORTÂNCIA DO TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO NAS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NA CIDADE DE ARARAS Caroline Mazon Gomes Carlos 1 Sebastião Bazon 2 Wdson de Oliveira 3 Resumo O estudo apresentado

Leia mais

FACULDADES SPEI Curso de Administração MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DAS FACULDADES SPEI

FACULDADES SPEI Curso de Administração MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DAS FACULDADES SPEI FACULDADES SPEI Curso de Administração MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DAS FACULDADES SPEI CURITIBA 2009 Manual de Estágios Matriz Curricular 2009 2 1. APRESENTAÇÃO Este manual

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0122 - RELACIONAMENTO CLIENTE/COM. Planejar

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DOS RELATÓRIOS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DOS RELATÓRIOS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DOS RELATÓRIOS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO SET / 2013. INTRODUÇÃO O presente documento visa proporcionar ao aluno inscrito no Estágio Supervisionado do Curso

Leia mais

PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA NOME: SISTEMAS E MÉTODOS ADMINISTRATIVOS

PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA NOME: SISTEMAS E MÉTODOS ADMINISTRATIVOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO DECANATO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS E REGISTRO GERAL DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA CÓDIGO: IH

Leia mais

Mérito Desenvolvimento Imobiliário I FII. Fundo de Investimento Imobiliário

Mérito Desenvolvimento Imobiliário I FII. Fundo de Investimento Imobiliário 03 09 10 11 13 15 16 18 20 22 24 26 27 29 31 02 1. 03 1. 04 1. 05 1. 06 1. 07 1. 08 2. ¹ ¹ ¹ 09 3. 10 4. 11 4. 12 5. ¹ ² ³ 13 5. x MIL ago.2013 ago.2014 ago.2015 ¹ ³ ² ¹ 14 6. 15 6. ² 16 6. B C D E F A

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TECNOLOGIA DE GESTÃO EM ADMINISTRAÇÃO Código: ADM-151 Pré-requisito: Teoria da Administração

Leia mais

Relatório de Resultado Pesquisa de Clima Organizacional

Relatório de Resultado Pesquisa de Clima Organizacional CONSIDERAÇÕES INICIAIS Este relatório apresenta os resultados da de 2013 em contraste com os dados levantados em 2012. ASSUNTOS ABORDADOS Motivação Identifica os setores dos colaboradores que responderam

Leia mais

PLANO DE CARREIRA: UM ESTUDO SOBRE AS EXPECTATIVAS DE CRESCIMENTO PROFISSIONAL EM DUAS EMPRESAS EM PRESIDENTE PRUDENTE

PLANO DE CARREIRA: UM ESTUDO SOBRE AS EXPECTATIVAS DE CRESCIMENTO PROFISSIONAL EM DUAS EMPRESAS EM PRESIDENTE PRUDENTE 191 PLANO DE CARREIRA: UM ESTUDO SOBRE AS EXPECTATIVAS DE CRESCIMENTO PROFISSIONAL EM DUAS EMPRESAS EM PRESIDENTE PRUDENTE RIBEIRO, Aicha 1 FERNANDES, Lílian Barros 2 RAMALHO, Gabriel Pimentel 3 MAGALHÃES

Leia mais

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho IBMEC Jr. Consultoria A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho O mercado de trabalho que nos espera não é o mesmo dos nossos pais... ... ele mudou! As mudanças Certeza Incerteza Real Virtual

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: AUXILIAR ADMINISTRATIVO Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIO Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO Qualificação:

Leia mais

Manual de instruções para o desenvolvimento do Caderno de Evidências Book

Manual de instruções para o desenvolvimento do Caderno de Evidências Book Manual de instruções para o desenvolvimento do Caderno de Evidências Book O Caderno de Evidências (Book) acompanhará o questionário da empresa na pesquisa. É importante lembrar que o envio desse material,

Leia mais

A ROTATIVIDADE DE PESSOAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAPORA

A ROTATIVIDADE DE PESSOAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAPORA A ROTATIVIDADE DE PESSOAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAPORA Jorge Sakamae 1 Thiago Gasparetti 2 Victor Vinicius Biazon 3 RESUMO: Neste trabalho apresentamos qual índice de rotatividade na Prefeitura Municipal

Leia mais

ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional

ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional Carlos Henrique Cangussu Discente do 3º ano do curso de Administração FITL/AEMS Marcelo da Silva Silvestre Discente do 3º ano do

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TECNOLOGIA DE GESTÃO EM ADMINISTRAÇÃO Código: ADM-151 Pré-requisito: - Período Letivo: 2013.1

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO FEEDBACK NO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO REALIZADO NAS ORGANIZAÇÕES DA ZONA DA MATA MINEIRA RESUMO

A IMPORTÂNCIA DO FEEDBACK NO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO REALIZADO NAS ORGANIZAÇÕES DA ZONA DA MATA MINEIRA RESUMO 1 A IMPORTÂNCIA DO FEEDBACK NO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO REALIZADO NAS ORGANIZAÇÕES DA ZONA DA MATA MINEIRA Daniel de Souza Ferreira 1 RESUMO Ferreira, Daniel de Souza. A Impostância do Feedback

Leia mais

O Mural como Estratégia de Comunicação Interna 1

O Mural como Estratégia de Comunicação Interna 1 O Mural como Estratégia de Comunicação Interna 1 Nayara Letícia PACHECO 2 Monithelle Silva CARDOSO 3 Anna Clara Sousa SANTOS 4 Juliana Alves TRAVASSO 5 Daiana STASIAK 6 Universidade Federal de Goiás (UFG),

Leia mais

GESTÃO DO CRÉDITO: AVALIAÇÃO DO RISCO, E ANÁLISE PARA TOMADA DE DECISÃO DE CRÉDITO

GESTÃO DO CRÉDITO: AVALIAÇÃO DO RISCO, E ANÁLISE PARA TOMADA DE DECISÃO DE CRÉDITO Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 109 GESTÃO DO CRÉDITO: AVALIAÇÃO DO RISCO, E ANÁLISE PARA TOMADA DE DECISÃO DE CRÉDITO Claudinei Higino da Silva,

Leia mais

Unidade II. Unidade II

Unidade II. Unidade II Unidade II 6 PLANO DE NEGÓCIOS (PN): UMA VISÃO GERAL - O QUE É E PARA QUE SERVE? Plano de negócios (do inglês business plan), também chamado plano empresarial, é um documento que especifica, em linguagem

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Dr. Francisco Nogueira de Lima Código: 059 Município: Casa Branca Eixo Tecnológico: Saúde, Ambiente e Segurança Habilitação Profissional: Técnico em Segurança

Leia mais

LÍDERES DO SECULO XXI RESUMO

LÍDERES DO SECULO XXI RESUMO 1 LÍDERES DO SECULO XXI André Oliveira Angela Brasil (Docente Esp. das Faculdades Integradas de Três Lagoas-AEMS) Flávio Lopes Halex Mercante Kleber Alcantara Thiago Souza RESUMO A liderança é um processo

Leia mais

PROPOSTA DE ROTEIRO PARA OS SEMINARIOS PREPARATORIOS DO CAU TRANSICAO, IMPLANTACAO E FUNCIONAMENTO

PROPOSTA DE ROTEIRO PARA OS SEMINARIOS PREPARATORIOS DO CAU TRANSICAO, IMPLANTACAO E FUNCIONAMENTO 1 PROPOSTA DE ROTEIRO PARA OS SEMINARIOS PREPARATORIOS DO CAU TRANSICAO, IMPLANTACAO E FUNCIONAMENTO O Colégio Brasileiro de Arquitetos CBA, após apreciação e aprovação deste documento no dia 1 de junho

Leia mais

Comunicação estratégica como diferencial competitivo para as organizações Um estudo sob a ótica de Administradores e Relações Públicas

Comunicação estratégica como diferencial competitivo para as organizações Um estudo sob a ótica de Administradores e Relações Públicas Comunicação estratégica como diferencial competitivo para as organizações Um estudo sob a ótica de Administradores e Relações Públicas Ana Carolina Trindade e-mail: carolinatrindade93@hotmail.com Karen

Leia mais

Análise e Melhoria de Processos Metodologia MASP. Módulo4 Aplicação das Etapas Finais da MASP

Análise e Melhoria de Processos Metodologia MASP. Módulo4 Aplicação das Etapas Finais da MASP Análise e Melhoria de Processos Metodologia MASP Módulo4 Aplicação das Etapas Finais da MASP Brasília 2015 Fundação Escola Nacional de Administração Pública Presidente Gleisson Rubin Diretor de Desenvolvimento

Leia mais

Ilmara de Jesus Oliveira 1, Cleide Ane Barbosa da Cruz 2

Ilmara de Jesus Oliveira 1, Cleide Ane Barbosa da Cruz 2 A IMPORTÂNCIA DA APLICAÇÃO DO TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES Ilmara de Jesus Oliveira 1, Cleide Ane Barbosa da Cruz 2. O presente artigo apresenta os conhecimentos teóricos acerca da importância

Leia mais

CURSO ENGENHARIA ELÉTRICA Reconhecido pela Portaria MEC nº 651 de 10.12.13, DOU de 11.12.13 PLANO DE CURSO

CURSO ENGENHARIA ELÉTRICA Reconhecido pela Portaria MEC nº 651 de 10.12.13, DOU de 11.12.13 PLANO DE CURSO CURSO ENGENHARIA ELÉTRICA Reconhecido pela Portaria MEC nº 651 de 10.12.13, DOU de 11.12.13 Componente Curricular: Tecnologia de Gestão em Administração Código: ENGP - 550 Pré-requisito: ------- Período

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DO ESPORTE NA ESCOLA POR MEIO DE UM ESTUDO DE CASO

CONSIDERAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DO ESPORTE NA ESCOLA POR MEIO DE UM ESTUDO DE CASO CONSIDERAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DO ESPORTE NA ESCOLA POR MEIO DE UM ESTUDO DE CASO FINCK, Silvia Christina Madrid (UEPG) 1 TAQUES, Marcelo José (UEPG) 2 Considerações iniciais Sabemos

Leia mais

A MOTIVAÇÃO COMO FORMA DE RETER TALENTOS NAS ORGANIZAÇÕES

A MOTIVAÇÃO COMO FORMA DE RETER TALENTOS NAS ORGANIZAÇÕES A MOTIVAÇÃO COMO FORMA DE RETER TALENTOS NAS ORGANIZAÇÕES Introdução Autor(a): Ana Carolina Marinho Ferreira Coautor(es): Rosana de Fátima Oliveira Pedrosa Email: kcaroll25@yahoo.com.br Indubitavelmente,

Leia mais

P L A N O D E C U R S O

P L A N O D E C U R S O CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11. Componente Curricular: TECNOLOGIA DE GESTÃO EM ADMINISTRAÇÃO Código: CTB-150 CH Total: 60 horas

Leia mais

LUIZ HENRIQUE SCHIRMER 20800803 ESTRATÉGIA DE MARKETING UM ESTUDO SOBRE A AGÊNCIA DE PUBLICIDADE FORFAN

LUIZ HENRIQUE SCHIRMER 20800803 ESTRATÉGIA DE MARKETING UM ESTUDO SOBRE A AGÊNCIA DE PUBLICIDADE FORFAN Centro Universitário de Brasília - UniCEUB Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas FATECS LUIZ HENRIQUE SCHIRMER 20800803 ESTRATÉGIA DE MARKETING UM ESTUDO SOBRE A AGÊNCIA DE PUBLICIDADE FORFAN

Leia mais

FAMO- FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES. COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA de Gestão de Pessoas

FAMO- FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES. COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA de Gestão de Pessoas FAMO- FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA de Gestão de Pessoas 1. Nome do Curso e Área do Conhecimento Programa de Pós- Graduação Lato

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

REFLETINDO A EAD: ALGUMAS INFORMAÇÕES APRESENTADAS NA WEB E NO COTIDIANO

REFLETINDO A EAD: ALGUMAS INFORMAÇÕES APRESENTADAS NA WEB E NO COTIDIANO REFLETINDO A EAD: ALGUMAS INFORMAÇÕES APRESENTADAS NA WEB E NO COTIDIANO Goiânia-GO, 04-2014 Lorrane de Lima Primo Pontifícia Universidade Católica de Goiás lorraneprimo@gmail.com Márcia Maria de Melo

Leia mais

Gerenciamento de Resultados Exercício 2007 GCO. Roteiro de apresentação. 1. Semáforo. 2. Gráfico. 3. Relatório das 3 Gerações. 4.

Gerenciamento de Resultados Exercício 2007 GCO. Roteiro de apresentação. 1. Semáforo. 2. Gráfico. 3. Relatório das 3 Gerações. 4. Roteiro de apresentação 1. Semáforo 2. Gráfico 3. Relatório das 3 Gerações 4. Fatos Relevantes Meta/Item de Controle Meta JAN FEV MAR ABR MAIO JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ METAS DE MELHORIA (PTO) Meta1

Leia mais

CADERNO DE LINHAS DE ESTUDOS E PESQUISAS. Guaratinguetá/SP - 2013

CADERNO DE LINHAS DE ESTUDOS E PESQUISAS. Guaratinguetá/SP - 2013 CADERNO DE LINHAS DE ESTUDOS E PESQUISAS Guaratinguetá/SP - 2013 APRESENTAÇÃO A Fatec Guaratinguetá apresenta o novo Caderno de Linhas de Estudos e Pesquisas. Com a reestruturação e ampliação dos cursos

Leia mais

top talk: Choque de Gerações?

top talk: Choque de Gerações? top talk: Choque de Gerações? top talk: Choque de Gerações? Sumário Apresentação O perfil da população respondente Metodologia Nossas descobertas Dados da pesquisa Categoria 1 Empresa, Trabalho e Carreira

Leia mais

PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS INTEGRADAS ÀS ESTRATÉGIAS ORGANIZACIONAIS

PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS INTEGRADAS ÀS ESTRATÉGIAS ORGANIZACIONAIS PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS INTEGRADAS ÀS ESTRATÉGIAS ORGANIZACIONAIS Marino, Reynaldo Discente do Curso de Psicologia da Faculdade de Ciências da Saúde - FASU/ACEG GARÇA/SP-

Leia mais

Gestão de pessoas por competência. Roniberto Morato do Amaral

Gestão de pessoas por competência. Roniberto Morato do Amaral Gestão de pessoas por competência Roniberto Morato do Amaral Objetivo: curso Abordagem das competências Gestão de pessoas Iniciativas Aprendizagem Mapeamento de competências Objetivo: seu! Qual é o seu

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIOS

REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIOS REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIOS Dispõe sobre os estágios realizados pelos discentes do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais - IFMG, em cumprimento da Lei nº 11.788, de 25 de setembro

Leia mais

Etec de São Sebastião 188

Etec de São Sebastião 188 2012 ETEC de São Sebastião - SÃO SEBASTIÃO Observatório Escolar Análise do Resultado Bloco I - Gestão Pedagógica 2009: 43,94% 2010: 59,3% 2011: 78,57% Os resultados obtidos demonstram que o trabalho desenvolvido

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000053 - ENGENHARIA DA COMPUTACAO Nivel: Superior Area Profissional: INFORMATICA Area de Atuacao: BANCO DE DADOS/INFORMATICA Planejar, administrar,

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: São José do Rio Pardo Código: 150 Município: São José do Rio Pardo Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Administração

Leia mais

INSERÇÃO PROFISSIONAL DO PSICÓLOGO EM ORGANIZAÇÕES E NO TRABALHO 30h/a

INSERÇÃO PROFISSIONAL DO PSICÓLOGO EM ORGANIZAÇÕES E NO TRABALHO 30h/a PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO EMENTAS E BIBLIOGRAFIAS INSERÇÃO PROFISSIONAL DO PSICÓLOGO EM ORGANIZAÇÕES E NO TRABALHO 30h/a EMENTA: Visão clássica da psicologia organizacional: história e desdobramentos.

Leia mais

Treinamento e desenvolvimento: Uma visão do tema nas empresas de recrutamento e seleção. juliomaria@ifsp.gov.br. kanaanhe@gmail.

Treinamento e desenvolvimento: Uma visão do tema nas empresas de recrutamento e seleção. juliomaria@ifsp.gov.br. kanaanhe@gmail. Sistemas Produtivos e Desenvolvimento Profissional: Desafios e Perspectivas Treinamento e desenvolvimento: Uma visão do tema nas empresas de recrutamento e seleção. Júlio Maria de Souza Centro Paula Souza

Leia mais

FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA

FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA 1ª ETAPA - MATUTINO ENEC00035 COMPUTACAO APLICADA 2 2 01 G11 ENEC00035 COMPUTACAO APLICADA 2 2 01 G12 P 01-02 ENEC00050 LABORATORIO DE PROGRAMACAO 4 4 01 G11 P 01-02 ENEC00050 LABORATORIO DE PROGRAMACAO

Leia mais

TREINAMENTO COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA O CRESCIMENTO ORGANIZACIONAL.

TREINAMENTO COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA O CRESCIMENTO ORGANIZACIONAL. TREINAMENTO COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA O CRESCIMENTO ORGANIZACIONAL. André Murilo de Souza Cavalcante Resumo: Este artigo estuda as etapas do treinamento e suas características, Desta maneira, o

Leia mais

CAPITULO I. Disposicoes gerais

CAPITULO I. Disposicoes gerais enquadram 0 Regulamento Municipal do Banco Local de Voluntariado de Lagoa As bases do enquadramento juridico do voluntariado, bem como, os principios que trabalho de voluntario constam na Lei n." 71198,

Leia mais

Legenda da Guia de Tratamento Odontológico

Legenda da Guia de Tratamento Odontológico Legenda da Guia de Tratament Odntlógic Term Registr NS Nº da n prestadr Num. d Camp na Númer da principal 3 Data da autrizaçã Senha senha 1 2 4 5 6 Nme d camp na Registr NS Númer da n prestadr Númer da

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO LÍDER NO ALCANCE DOS RESULTADOS ORGANIZACIONAIS: Análise em uma empresa de grande porte na cidade de Três Lagoas/MS.

A INFLUÊNCIA DO LÍDER NO ALCANCE DOS RESULTADOS ORGANIZACIONAIS: Análise em uma empresa de grande porte na cidade de Três Lagoas/MS. A INFLUÊNCIA DO LÍDER NO ALCANCE DOS RESULTADOS ORGANIZACIONAIS: Análise em uma empresa de grande porte na cidade de Três Lagoas/MS. Elisângela de Aguiar Alcalde Docente Ma. das Faculdades Integradas de

Leia mais

FORMAÇÃO SÓLIDA E BENEFÍCIOS PARA VOCÊ

FORMAÇÃO SÓLIDA E BENEFÍCIOS PARA VOCÊ A FUNCEX E O ENSINO A DISTÂNCIA Milhões de pessoas aderiram ao Ensino a Distância no Brasil, e a Funcex, acompanhando esta tendência, desenvolveu sua plataforma de ensino para disponibilizar os treinamentos

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Manual de Operacionalização do PIP

Manual de Operacionalização do PIP Manual de Operacionalização do PIP Projeto Integrador de Pesquisa INTRODUÇÃO Este material foi elaborado com o propósito de auxiliar no desenvolvimento das atividades relacionadas ao Projeto Integrador

Leia mais

PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL: um relato de experiência de dois estagiários de psicologia

PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL: um relato de experiência de dois estagiários de psicologia PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL: um relato de experiência de dois estagiários de psicologia MESQUITA NETO, Rui 1 DIAS, Vanessa Aparecida 2 NUNES, Ruth Vieira 3 RESUMO A organização depende das pessoas para atingir

Leia mais

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS PLANILHA DE PACTUAÇÃO DAS - TCG Data da Validação: 31/03/2010 Data da Homologação: 12/04/2010 Revisão Nº:001 Pedido de Revisão: 30/03/2010 Portaria: 2.846 Data da Publicação: 25/11/2008 Estado: ESPIRITO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Habilitação Profissional: Técnica de Nível

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO PROJETO DE PESQUISA-ETENSÃO MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO MUNICÍPIO DE

Leia mais

O PERFIL DO ALUNO DO PROEJA NO CEFET-RN E NA EEN/UFRN

O PERFIL DO ALUNO DO PROEJA NO CEFET-RN E NA EEN/UFRN O PERFIL DO ALUNO DO PROEJA NO CEFET-RN E NA EEN/UFRN Cristiane Borges Angelo NUPED/CEFET-UFRN cristiane@cefetrn.br Dante Henrique Moura CEFET-RN; NUPED/CEFET-RN dante@cefetrn.br Cleide Oliveira Gomes

Leia mais

GESTÃO DE MÉTRICAS. Sistema de Gestão de Métricas

GESTÃO DE MÉTRICAS. Sistema de Gestão de Métricas GESTÃO DE MÉTRICAS 2010 Sistema de Gestão de Métricas SUMÁRIO Sumá rio Introduçá o 1 Processos de Nego cios 2 Instáláçá o 3 Operáçá o 4 Mánutençá o 29 Informáço es de contáto 41 INTRODUÇÃO Introduçá o

Leia mais

Fabiana BAGDONAS.. 2 João Paulo MARTIN 3 Myllena DE PONTES 4 Cintia dos Reis Barreto 5 Universidade Potiguar UnP, Natal/RN

Fabiana BAGDONAS.. 2 João Paulo MARTIN 3 Myllena DE PONTES 4 Cintia dos Reis Barreto 5 Universidade Potiguar UnP, Natal/RN Plano de Comunicação: Uma proposta de implantação de um setor de Comunicação na Cirne Motos Natal/RN 1 Fabiana BAGDONAS.. 2 João Paulo MARTIN 3 Myllena DE PONTES 4 Cintia dos Reis Barreto 5 Universidade

Leia mais

FAIN 72 HORAS/AULA 04 HORAS/AULA ADMINISTRAÇÃO 2007.1 2º

FAIN 72 HORAS/AULA 04 HORAS/AULA ADMINISTRAÇÃO 2007.1 2º CURSO: ADMINISTRAÇÃO AUTORIZAÇÃO 1399 PORT. MEC, D.O.U. 09/07/2001 DADOS SOBRE COMPONENTE CURRICULAR CÓDIGO: ADM-151 NOME: TECNOLOGIAS DE GESTÃO EM ADMINISTRAÇÃO PROFESSOR: MARCUS VINICIUS CARVALHO FAGUNDES

Leia mais

PLANO DE REMUNERAÇÃO VARIÁVEL - PRV

PLANO DE REMUNERAÇÃO VARIÁVEL - PRV 1 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PLANO DE REMUNERAÇÃO VARIÁVEL - PRV 1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO DE PESSOAS 1.1 Histórico da Prática Eficaz A Nova Escola tem aplicado a Meritocracia como um recurso na Gestão de

Leia mais

TOPICO 9 FUNÇÕES MATEMÁTICAS E SUAS REPRESENTAÇÕES

TOPICO 9 FUNÇÕES MATEMÁTICAS E SUAS REPRESENTAÇÕES TOPICO 9 FUNÇÕES MATEMÁTICAS E SUAS REPRESENTAÇÕES Observe a tabela com valores Reais de x e y (ou seja, infinitos valores) x... 3 2 1 0 1 2 3 4... y... 6 4 2 0 2 4 6 8... Por meio da tabela acima, observa-se

Leia mais

Iniciar com qualidade

Iniciar com qualidade Iniciar com qualidade Depois de ver as dicas da Diretora Nacional Executiva de Vendas Independente Glória Mayfield lembre se de compartilhar com suas Consultoras que na Mary Kay elas nunca começam sozinhas.

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013

Plano de Trabalho Docente 2013 Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios. Habilitação Profissional: Habilitação Profissional Técnica de Nível

Leia mais

OS CONHECIMENTOS DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA A ESCOLA HOJE

OS CONHECIMENTOS DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA A ESCOLA HOJE OS CONHECIMENTOS DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA A ESCOLA HOJE KOGUT, Maria Cristina - PUCPR Cristina.k@pucpr.br SOUZA, Franciely Prudente de Oliveira - PUCPR franciely.oliveira@pucpr.br TREVISOL,

Leia mais

CBA. Gestão de Negócios PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Gestão de Negócios

CBA. Gestão de Negócios PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Gestão de Negócios CBA Gestão de Negócios Gestão de Negócios O curso desenvolve a capacidade de compreender, de forma ampla e sistêmica, a interação entre as diversas áreas funcionais de uma empresa, além dos aspectos externos

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 88-CEPE/UNICENTRO, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2011. Aprova o Curso de Especialização em MBA Gestão Estratégica de Pessoas, modalidade regular, a ser ministrado no Campus Santa Cruz, da UNICENTRO.

Leia mais

Faculdade Pitágoras de Uberlândia. Administração

Faculdade Pitágoras de Uberlândia. Administração Faculdade Pitágoras de Uberlândia Apostila de Administração Prof. Walteno Martins Parreira Júnior www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2014 SUMÁRIO 1 O PLANO DE NEGÓCIOS...2 1.1 SUMÁRIO EXECUTIVO...5

Leia mais

GESTÃO ESCOLAR E MUDANÇA ORGANIZACIONAL DA ESCOLA: ANÁLISES PRELIMINARES DE UMA PESQUISA

GESTÃO ESCOLAR E MUDANÇA ORGANIZACIONAL DA ESCOLA: ANÁLISES PRELIMINARES DE UMA PESQUISA GESTÃO ESCOLAR E MUDANÇA ORGANIZACIONAL DA ESCOLA: ANÁLISES PRELIMINARES DE UMA PESQUISA TRES, Janialy Alves Araújo - FAFIRE janialy21@hotmail.com Resumo Este texto apresenta análises preliminares de uma

Leia mais

COMO ACONTECE O PROCESSO DE ENSINO EM TREINAMENTOS E DESENVOLVIMENTOS OFERECIDOS PELAS ORGANIZAÇÕES AOS SEUS COLABORADORES.

COMO ACONTECE O PROCESSO DE ENSINO EM TREINAMENTOS E DESENVOLVIMENTOS OFERECIDOS PELAS ORGANIZAÇÕES AOS SEUS COLABORADORES. COMO ACONTECE O PROCESSO DE ENSINO EM TREINAMENTOS E DESENVOLVIMENTOS OFERECIDOS PELAS ORGANIZAÇÕES AOS SEUS COLABORADORES. Glauciene Izaltina Tassi 1 Edilaine Vangula 2 RESUMO Inúmeras são as mudanças

Leia mais

GESTÃO DO SISTEMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO

GESTÃO DO SISTEMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO GESTÃO DO SISTEMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO Cleide Aparecida Carvalho Rodrigues UFG cleideacr@gmail.com Resumo: A Universidade Federal de Goiás (UFG)

Leia mais

ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS

ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS Patrícia de Oliveira 1 Angélica Patrícia de Souza 2 Roginéia de Araújo Paula 3 RESUMO Buscou-se apresentar neste artigo, os principais pontos das estratégias empresarias e quais

Leia mais

Autor(a): CAROLINA BARBOSA MONTENEGRO 1. Resumo. Abstract

Autor(a): CAROLINA BARBOSA MONTENEGRO 1. Resumo. Abstract Da Teoria à Prática: Projeto Pré-Consultores, Um Estudo Sobre a Perspectiva de Prática Profissional na Formação Acadêmica From Theory to Practice: Pre-Project Consultants, A Study about the Professional

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais