Revisão C++ - Parte 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Revisão C++ - Parte 1"

Transcrição

1 Revisão C++ - Parte 1 Prof. Gustavo Leitão Campus Natal Central Disciplina Programação para Ambiente de Redes 5/3/2010

2 Objetivo da Aula 5/3/2010

3 5/3/2010 OBJETIVO DA AULA Revisar os principais comandos e a estrutura básica de programas em C/C++

4 HISTÓRIA DA LINGUAGEM C Surgiu no início dos anos 70 Criada inicialmente para o UNIX Criadores: Dennis Ritchie (direita) Kenneth Thompson (esquerda) Baseada na Linguagem B Versão inicial bastante simples

5 HISTÓRIA DA LINGUAGEM C Ampla popularização nos anos 80 Muitas arquiteturas e compiladores Problemas com a incompatibilidade Padronização de 82 a 89 (C ANSI) Até hoje existem problemas entre os diversos compiladores e sistemas operacionais

6 TIPOS São as formas que utilizamos para representar dados C possui 5 tipos básicos: char, int, float, double e void 4 modificadores básicos: signed, unsigned, long e short Os 4 podem ser aplicados ao int long pode ser aplicado ao double signed e unsigned aplicados ao char

7 OPERADORES ARITMÉTICOS Operador Ação + Soma - Subtração ou troca de sinal * Multiplicação / Divisão % Resto da divisão inteira ++ Incremento -- Decremento

8 OPERADORES RELACIONAIS Operador Relação > Maior que >= Maior que ou igual a < Menor que <= Menor que ou igual a == Igual a!= Diferente de

9 OPERADORES LÓGICOS Operador Função && AND OR! NOT

10 OPERADORES LÓGICOS BIT A BIT Operador Ação & AND Lógico OR Lógico ^ XOR (OR exclusivo) ~ NOT >> Shift Rigth << Shift Left

11 ESTRUTURA DE UM PROGRAMA Um programa em C++ é constituído por: Várias funções, das quais uma obrigatoriamente tem que se chamar main.

12 CONTROLADORES DE FLUXO C/C++ possui 6 controladores de fluxo básicos: if?: switch for while do-while

13 IF if (condição) { declaração } if (condição) { declaração1 } else { declaração2 } if (condição1) { declaração1 } else if (condição2) { declaração2 } else { declaração3 } Exemplo: int a = 2; if (2) { a = 4; } else if (0) { a = 0; } if (a) { a = -a; }

14 ?: condição? expressão1 : exepressão2; Equivalente a: if (condição) { expressão1 } else { expressão2 } Exemplo: int a = 9, b = -4, c; b = (a > b)? a : b; c = (a > b)? b : a;

15 SWITCH Sintaxe: Exemplo: switch (variável) { case (constante1): declaração1; break; // O break é opcional case (constanten): declaraçãon; break; // O break é opcional default: declaraçãodefault; } switch (a) { case (1): break; case (2): //... break; default: //... } //...

16 FOR for (comando; condição; comando) { } declaração; Exemplo: int i; int a = 0; for (i = 0; i < 100; i++) { a = a + 14; }

17 WHILE E DO-WHILE while (condição) { declaração; } Executa a declaração zero ou mais vezes do { declaração; } while (condição); Executa a declaração pelo menos uma vez, já que a verificação da condição é feita apenas no final de cada iteração do loop Exemplo: int i = 0; int a = 0; while (i < 100) { a = a + 14; i++; } int i = 0; int a = 0; do { a = a + 14; i++; } while (i < 0);

18 BREAK, CONTINUE E GOTO O break é usado para interromper o switch ou um loop Exemplo: while (1) { a = a + 14; i++; if (i > 99) { break; } }

19 CONTINUE O continue é usado para fazer um loop pular para a próxima iteração Exemplo: while (1) { i++; if (i % 2 == 0) { continue; } a = a + 14; }

20 VETORES São Matrizes com uma única dimensão Declaração tipo nome[tamanho]; Exemplo: int array1[3]; Representação:???

21 VETORES (ARRAY) Vetores podem ser inicializados na sua declaração: int array2[4]={-1,20,3}; int array3[]={1,0,3}; ?

22 INICIALIZAÇÃO Podemos ter vetores de qualquer tipo: char array1[4] = { A, B, C }; float array2[] = { 10.0, 5.4, 6.33 }; double array3[] = { -0.2, 4.3, 3.14 }; unsigned int array4[10];

23 ACESSANDO UM VETOR int array[3] = { 1, 2, 3 }; array[1] = -5; array[0] = array[0] + 2; Inicialização Resultado: 3-5 3

24 EXERCÍCIOS Questão 1: Faça uma aplicação em C++ que imprimi na tela a mensagem: Programar para Ambientes de Redes vai ser muito Bom. Questão 2: Faça uma aplicação em C++ que ler dois números inteiros e diz qual dos dois é maior. Questão 3: Faça uma aplicação que ler infinitos números inteiros. A cada leitura deve informar se o número é par ou impar. Caso o usuário digite -1, o programa deve exibir uma mensagem de finalização. Questão 4: Faça uma aplicação que dado um número compute o seu fatorial. Questão 5: Faça uma aplicação que dado um número representado em um byte (unsigned char) mostre sua representação binária. Questão 6: Faça uma aplicação que declare uma variável do tipo short int com o número Em seguida incremente uma unidade nesta variável. O que ocorre? Solucione tal problema e justifique. Questão 7: Faça uma aplicação que armazene 10 números inteiros em um array e depois compute o maior elemento. Desafio: Dado duas variáveis inteiras fazer a troca de valores, ou seja, se A=100 e B=200 resulte em: A=200 e B=100, sem utilizar uma variável auxiliar. Dica utilize o operador binário XOR (^).

Resumo da Introdução de Prática de Programação com C. A Linguagem C

Resumo da Introdução de Prática de Programação com C. A Linguagem C Resumo da Introdução de Prática de Programação com C A Linguagem C O C nasceu na década de 70. Seu inventor, Dennis Ritchie, implementou-o pela primeira vez usando um DEC PDP-11 rodando o sistema operacional

Leia mais

Universidade da Beira Interior Cursos: Matemática /Informática e Ensino da Informática

Universidade da Beira Interior Cursos: Matemática /Informática e Ensino da Informática Folha 1-1 Introdução à Linguagem de Programação JAVA 1 Usando o editor do ambiente de desenvolvimento JBUILDER pretende-se construir e executar o programa abaixo. class Primeiro { public static void main(string[]

Leia mais

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS João Gabriel Ganem Barbosa Sumário Motivação História Linha do Tempo Divisão Conceitos Paradigmas Geração Tipos de Dados Operadores Estruturada vs

Leia mais

Aula 1. // exemplo1.cpp /* Incluímos a biblioteca C++ padrão de entrada e saída */ #include <iostream>

Aula 1. // exemplo1.cpp /* Incluímos a biblioteca C++ padrão de entrada e saída */ #include <iostream> Aula 1 C é uma linguagem de programação estruturada desenvolvida por Dennis Ritchie nos laboratórios Bell entre 1969 e 1972; Algumas características: É case-sensitive, ou seja, o compilador difere letras

Leia mais

Sistemas Microcontrolados

Sistemas Microcontrolados Sistemas Microcontrolados Aula 4: Programação em C para PIC Marco Jose da Silva mdasilva@utfpr.edu.br Compiladores C para PICs C18 HI-TECH CCS IAR MikroC http://www.microchip.com/ http://www.htsoft.com/

Leia mais

MC102 Algoritmos e programação de computadores Aula 3: Variáveis

MC102 Algoritmos e programação de computadores Aula 3: Variáveis MC102 Algoritmos e programação de computadores Aula 3: Variáveis Variáveis Variáveis são locais onde armazenamos valores na memória. Toda variável é caracterizada por um nome, que a identifica em um programa,

Leia mais

José Romildo Malaquias 2011-1

José Romildo Malaquias 2011-1 Programação de Computadores I Aula 08 Programação: Estruturas de Repetição José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/58 Motivação Como imprimir os três

Leia mais

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel Programação de Computadores - I Profª Beatriz Profº Israel As 52 Palavras Reservadas O que são palavras reservadas São palavras que já existem na linguagem Java, e tem sua função já definida. NÃO podem

Leia mais

Algoritmos e Programação Estruturada

Algoritmos e Programação Estruturada Algoritmos e Programação Estruturada Virgínia M. Cardoso Linguagem C Criada por Dennis M. Ritchie e Ken Thompson no Laboratório Bell em 1972. A Linguagem C foi baseada na Linguagem B criada por Thompson.

Leia mais

Apostila de Introdução à Linguagem C

Apostila de Introdução à Linguagem C Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Engenharia e Arquitetura Programa de Educação Tutorial Apostila de Introdução à Linguagem C Por Marcela Rocha Tortureli de Sá Bolsista do grupo PETCivil

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia

Universidade Federal de Uberlândia Universidade Federal de Uberlândia Programação Orientada a Objetos I Introdução a Java Sintaxe básica OO Prof. Fabiano Azevedo Dorça Em Java, cada classe dá origem a um arquivo.java contendo o código fonte.

Leia mais

Capítulo 2: Introdução à Linguagem C

Capítulo 2: Introdução à Linguagem C Capítulo 2: Introdução à Linguagem C INF1005 Programação 1 Pontifícia Universidade Católica Departamento de Informática Programa Programa é um algoritmo escrito em uma linguagem de programação. No nosso

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. A Linguagem C

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. A Linguagem C Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação A Linguagem C Prof. Renato Pimentel 1 Programação Quando queremos criar ou desenvolver um software para realizar determinado tipo de processamento

Leia mais

Linguagem de Programação C

Linguagem de Programação C Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Computação Linguagem de Programação C Prof. Ricardo Pezzuol Jacobi rjacobi@cic.unb.br Variáveis vari veis em um programa C est o associadas a posi es

Leia mais

Utilizem a classe Aula.java da aula passada:

Utilizem a classe Aula.java da aula passada: Introdução à Java Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br Programação Orientada a Objetos Código Exemplo da Aula Utilizem a classe Aula.java da aula passada: public class Aula { public static void main(string[]

Leia mais

ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO PARA COMPUTADORES

ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO PARA COMPUTADORES 1 Disciplina: ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO PARA COMPUTADORES Faculdade de Engenharia de Computação Práticas de Laboratório 1- Cronograma Previsto (este cronograma pode sofrer alterações em decorrência de ajustes

Leia mais

1. Introdução. 2. Compiladores 3. A Linguagem C do CCS Bibliografia. Teresina - 2011. 1.1. C vs Assembly

1. Introdução. 2. Compiladores 3. A Linguagem C do CCS Bibliografia. Teresina - 2011. 1.1. C vs Assembly Universidade Federal do Piauí Centro de Tecnologia Departamento de Engenharia Elétrica Linguagem C Prof. Marcos Zurita zurita@ufpi.edu.br www.ufpi.br/zurita Teresina - 2011 1. Introdução 1.1. C vs Assembly

Leia mais

Curso de C: uma breve introdução

Curso de C: uma breve introdução V Semana de Engenharia Elétrica - UFBA Licença de uso e distribuição Todo o material aqui disponível pode, posteriormente, ser utilizado sobre os termos da: Creative Commons License:

Leia mais

INF 1005 Programação I

INF 1005 Programação I INF 1005 Programação I Aula 03 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Estrutura de um Programa C Inclusão de bibliotecas auxiliares: #include Definição de constantes:

Leia mais

Curso básico de Linguagem C. Desenvolvido por Ricardo Lüders

Curso básico de Linguagem C. Desenvolvido por Ricardo Lüders Curso básico de Linguagem C Desenvolvido por Ricardo Lüders Introdução Introdução > Sobre o curso Sobre o curso O curso será apresentado em 5 (cinco) encontros, totalizando 20 (vinte) horas/aula. Apresentará

Leia mais

Estruturas (Registros)

Estruturas (Registros) Estruturas (Registros) Agrupa conjunto de tipos de dados distintos sob um único nome string string inteiro inteiro inteiro float float Cadastro Pessoal Nome Endereço Telefone Idade Data de Nascimento Peso

Leia mais

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this.

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Aula 2 Objetivos Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Encapsulamento, data hiding é um conceito bastante importante em orientação a objetos. É utilizado para restringir o acesso

Leia mais

Introdução à Programação em Linguagem C

Introdução à Programação em Linguagem C Material Complementar EA869 (Prof. Von Zuben DCA/FEEC/Unicamp) 1 1. Enfoque Introdução à Programação em Linguagem C Será tratada aqui a linguagem C tradicional, sendo que existem outras variantes tais

Leia mais

LINGUAGEM C: DESCOMPLICADA. Prof. André R. Backes

LINGUAGEM C: DESCOMPLICADA. Prof. André R. Backes LINGUAGEM C: DESCOMPLICADA Prof. André R. Backes 1 COMANDOS DE CONTROLE CONDICIONAL Os programas escritos até o momento são programas sequeciais: um comando é executado após o outro, do começo ao fim do

Leia mais

Os objetivos indicados aplicam-se a duas linguagens de programação: C e PHP

Os objetivos indicados aplicam-se a duas linguagens de programação: C e PHP AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTA COMBA DÃO CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS 2012-2015 PROGRAMAÇÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MÓDULO 2 Mecanismos de Controlo de

Leia mais

Linguagem de Programação em C

Linguagem de Programação em C Linguagem de Programação em C Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@recife.ifpe.edu.br http://alsm.cc O que fazer com essa apresentação 2 Introdução Por que programar? Quando o homem necessita do auxilio

Leia mais

Introdução a C Tipos de Dados Variáveis Operadores

Introdução a C Tipos de Dados Variáveis Operadores Introdução a C Tipos de Dados Variáveis Operadores INF1005 Programação I Prof. Hélio Lopes lopes@inf.puc-rio.br sala 408 RDC 1 introdução a C tópicos ciclo de desenvolvimento sistemas numéricos tipos de

Leia mais

Curso de Linguagem C UFMG. Universidade Federal de Minas Gerais

Curso de Linguagem C UFMG. Universidade Federal de Minas Gerais Curso de Linguagem C UFMG Universidade Federal de Minas Gerais Esta apostila foi elaborada com o conteúdo do site do Curso de Linguagem C da UFMG ( site - http://www.ead.eee.ufmg.br/cursos/c/). Esta versão.doc

Leia mais

Curso de Linguagem C UFMG. Universidade Federal de Minas Gerais

Curso de Linguagem C UFMG. Universidade Federal de Minas Gerais Curso de Linguagem C UFMG Universidade Federal de Minas Gerais 1 Esta apostila foi elaborada com o conteúdo do site do Curso de Linguagem C da UFMG ( site - http://www.ead.eee.ufmg.br/cursos/c/). Esta

Leia mais

JAVA. Introdução. Marcio de Carvalho Victorino. Page 1 1/40 2/40

JAVA. Introdução. Marcio de Carvalho Victorino. Page 1 1/40 2/40 JAVA Marcio de Carvalho Victorino 1/40 Introdução 2/40 Page 1 Programação OO Elementos do modelo OO: Abstração: é o processo de abstrair as características essenciais de um objeto real. O conjunto de características

Leia mais

Programas simples em C

Programas simples em C Programas simples em C Problema 1. Escreve um programa em C que dados dois inteiros indique se são iguais ou qual o maior. Utilizar a construção em 5 etapas... quais? 1. Perceber o problema 2. Ideia da

Leia mais

Python Condicionais e Loops. Introdução à Programação SI1

Python Condicionais e Loops. Introdução à Programação SI1 Python Condicionais e Loops Introdução à Programação SI1 Conteúdo Comando de Decisão Comandos de Repetição Exercícios 13/06/2013 2 Condicional Controle de fluxo É muito comum em um programa que certos

Leia mais

2. OPERADORES... 6 3. ALGORITMOS, FLUXOGRAMAS E PROGRAMAS... 8 4. FUNÇÕES... 10

2. OPERADORES... 6 3. ALGORITMOS, FLUXOGRAMAS E PROGRAMAS... 8 4. FUNÇÕES... 10 1. TIPOS DE DADOS... 3 1.1 DEFINIÇÃO DE DADOS... 3 1.2 - DEFINIÇÃO DE VARIÁVEIS... 3 1.3 - VARIÁVEIS EM C... 3 1.3.1. NOME DAS VARIÁVEIS... 3 1.3.2 - TIPOS BÁSICOS... 3 1.3.3 DECLARAÇÃO DE VARIÁVEIS...

Leia mais

Componentes da linguagem C++

Componentes da linguagem C++ Componentes da linguagem C++ C++ é uma linguagem de programação orientada a objetos (OO) que oferece suporte às características OO, além de permitir você realizar outras tarefas, similarmente a outras

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C. Introdução a. Material cedido pela Profa. Judith Kelner do Centro de Informática da UFPE

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C. Introdução a. Material cedido pela Profa. Judith Kelner do Centro de Informática da UFPE 1 Introdução a LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C Material cedido pela Profa. Judith Kelner do Centro de Informática da UFPE 2 HISTÓRICO 5 CARACTERÍSTICAS 6 CRÍTICAS 7 PROGRAMA EM C 8 TIPOS DE ARQUIVOS FONTES

Leia mais

Curso de Programação em C

Curso de Programação em C Curso de Programação em C INTRODUÇÃO Vamos, neste curso, aprender os conceitos básicos da linguagem de programação C a qual tem se tornado cada dia mais popular, devido à sua versatilidade e ao seu poder.

Leia mais

Programação em Arduino

Programação em Arduino Programação em Arduino Módulo Básico Material produzido para o projeto Oficina de Robótica por: Anderson Luiz Fernandes Perez Renan Rocha Darós Contatos: Universidade Federal de Santa Catarina - anderson.perez

Leia mais

APOSTILA DO CURSO LINGUAGEM C. Prof. Erico Fagundes Anicet Lisboa, M. Sc. erico@ericolisboa.eng.br

APOSTILA DO CURSO LINGUAGEM C. Prof. Erico Fagundes Anicet Lisboa, M. Sc. erico@ericolisboa.eng.br APOSTILA DO CURSO LINGUAGEM C Prof. Erico Fagundes Anicet Lisboa, M. Sc. erico@ericolisboa.eng.br Versão digital disponível na internet http://www.ericolisboa.eng.br RIO DE JANEIRO, RJ - BRASIL NOVEMBRO

Leia mais

Apresentar os conceitos básicos e as estruturas de linguagem relacionadas à tomada de decisão ofertadas pela linguagem C, tais como:

Apresentar os conceitos básicos e as estruturas de linguagem relacionadas à tomada de decisão ofertadas pela linguagem C, tais como: Cláudio C. Rodrigues Faculdade da Computação - UFU LINGUAGEM C - 02: ESTRUTURA DE SELEÇÃO CONDICIONAL Faculdade da Computação - UFU 1 Objetivo Apresentar os conceitos básicos e as estruturas de linguagem

Leia mais

Linguagem de Programação Introdução a Linguagem Java

Linguagem de Programação Introdução a Linguagem Java Linguagem de Programação Introdução a Linguagem Java Rafael Silva Guimarães Instituto Federal do Espírito Santo Campus Cachoeiro de Itapemirim Definição A linguagem Java foi desenvolvida pela Sun Microsystems,

Leia mais

Conceitos Básicos de C

Conceitos Básicos de C Conceitos Básicos de C Bibliografia Problem Solving & Program design in C, Jeri R. Hanly e Elliot B. Kpffman, 3 a edição Data Structures and Algorithm Analysis in C, Mark Allen Weiss, 2 a edição, Addison-Wesley,

Leia mais

Introdução a PHP (Estruturas de Controle)

Introdução a PHP (Estruturas de Controle) Desenvolvimento Web III Introdução a PHP () Prof. Mauro Lopes 1-31 13 Objetivos Nesta aula iremos trazer ainda alguns conceitos básicos da programação com a Linguagem PHP. Iremos trabalhar conceitos das

Leia mais

Laboratório de Programação. Prof. Oscar Luiz Monteiro de Farias fariasol@gmail.com

Laboratório de Programação. Prof. Oscar Luiz Monteiro de Farias fariasol@gmail.com Laboratório de Programação Prof. Oscar Luiz Monteiro de Farias fariasol@gmail.com Ementa: Equivalente ao sumário do livro: The C Programming Language, Second edition. Autores: Brian W. Kernighan, Dennis

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 02 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++

INFORMÁTICA APLICADA AULA 02 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 02 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ Profª ª Danielle Casillo COMPILADORES Toda linguagem de programação

Leia mais

Curso de Linguagem C UFMG. Universidade Federal de Minas Gerais

Curso de Linguagem C UFMG. Universidade Federal de Minas Gerais Curso de Linguagem C UFMG Universidade Federal de Minas Gerais 1 Esta apostila foi elaborada com o conteúdo do site do Curso de Linguagem C da UFMG ( site - http://www.ead.eee.ufmg.br/cursos/c/). Esta

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais. Apostila: Curso de Linguagem C / UFMG

Universidade Federal de Minas Gerais. Apostila: Curso de Linguagem C / UFMG Universidade Federal de Minas Gerais Apostila: Curso de Linguagem C / UFMG Curso dirigido pelo Pr. Renato Cardoso Mesquita Outubro de 1998 Pág. 1 Curso de Linguagem C - CPDEE / UFMG Sumário INTRODUÇÃO

Leia mais

JAVA NETBEANS PGOO Prof. Daniela Pires Conteúdo

JAVA NETBEANS PGOO Prof. Daniela Pires Conteúdo Conteúdo Estruturas de repetição (loops, laços)... 2 WHILE (enquanto)... 2 DO... WHILE (faça... enquanto)... 2 FOR... 3 FOREACH... 4 EXERCICIO LOOP FOR... 4 Novo Projeto... 5 Controles SWING... 10 1 Estruturas

Leia mais

Linguagem C: Estruturas de Controle. Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Linguagem C: Estruturas de Controle. Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Linguagem C: Estruturas de Controle Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Sumário Estrutura de Controle e de Fluxo Comandos de Seleção: O comando if; Ifs Aninhados; A escada if-else-if; A expressão condicional;

Leia mais

Edwar Saliba Júnior. Dicas, Comandos e Exemplos Comparativos entre Linguagem Algorítmica e Linguagem C / C++

Edwar Saliba Júnior. Dicas, Comandos e Exemplos Comparativos entre Linguagem Algorítmica e Linguagem C / C++ Edwar Saliba Júnior Dicas, Comandos e Exemplos Comparativos entre Linguagem Algorítmica e Linguagem C / C++ Belo Horizonte 2009 Sumário 1 Nota:... 2 2 Comandos e Palavras Reservadas:... 3 3 Dicas... 4

Leia mais

2 Orientação a objetos na prática

2 Orientação a objetos na prática 2 Orientação a objetos na prática Aula 04 Sumário Capítulo 1 Introdução e conceitos básicos 1.4 Orientação a Objetos 1.4.1 Classe 1.4.2 Objetos 1.4.3 Métodos e atributos 1.4.4 Encapsulamento 1.4.5 Métodos

Leia mais

Conjuntos de Bits. Para compreender a conversão, veja o seguinte exemplo. O número 4 em binário vale

Conjuntos de Bits. Para compreender a conversão, veja o seguinte exemplo. O número 4 em binário vale Universidade Federal de Santa Maria Departamento de Eletrônica e Computação Prof. Cesar Tadeu Pozzer Disciplina: Estruturas de Dados pozzer@inf.ufsm.br 07/12/2011 Conjuntos de Bits 1. Representação Binária

Leia mais

Apostila de Estruturas de Dados

Apostila de Estruturas de Dados Apostila de Estruturas de Dados Profs. Waldemar Celes e José Lucas Rangel PUC-RIO - Curso de Engenharia - 2002 Apresentação A disciplina de Estruturas de Dados (ED) está sendo ministrada em sua nova versão

Leia mais

Edwar Saliba Júnior. Dicas, Comandos e Exemplos Comparativos entre Linguagem Algorítmica e Linguagem C

Edwar Saliba Júnior. Dicas, Comandos e Exemplos Comparativos entre Linguagem Algorítmica e Linguagem C Edwar Saliba Júnior Dicas, Comandos e Exemplos Comparativos entre Linguagem Algorítmica e Linguagem C Belo Horizonte 2010 Sumário 1 Nota:... 2 2 Comandos e Palavras Reservadas:... 3 3 Dicas... 4 3.1 Strings

Leia mais

Relevância e Motivação. Programação Orientada a Objetos Utilizando Java. Qualidade do Software. Objetivos. Cancelamentos.

Relevância e Motivação. Programação Orientada a Objetos Utilizando Java. Qualidade do Software. Objetivos. Cancelamentos. Programação Orientada a Objetos Utilizando Java Pedro de Alcântara dos Santos Neto e-mail: pasn@ufpi.edu.br Home Page: http:// www.ufpi.br/pasn Relevância e Motivação Técnicas a serem utilizadas na prática

Leia mais

SENAC Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial Curso de Programação em C. Linguagem C

SENAC Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial Curso de Programação em C. Linguagem C SENAC Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial Curso de Programação em C Linguagem C Florianópolis 2003 Linguagem C Marcelo Buscioli Tenório Curso de Programação em C SENAC 2 1 PREFÁCIO... 5 Histórico...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CURSO: Ciência da Computação DATA: / / 2013 PERÍODO: 4 o. PROFESSOR: Andrey DISCIPLINA: Técnicas Alternativas de Programação AULA: 02 APRESENTAÇÃO: Apresentação; conceitos básicos da linguagem java; estrutura

Leia mais

Exercício 1. Tabela 1: Cadastro de usuários, senhas e privilégios (exemplo). Login Senha Privilégio Armamento

Exercício 1. Tabela 1: Cadastro de usuários, senhas e privilégios (exemplo). Login Senha Privilégio Armamento 1/5 Exercício 1 Um sistema de segurança militar, usado num submarino nuclear, controla o acesso de usuários a três subsistemas (armamento, navegação e comunicações) através da digitação do login do usuário

Leia mais

Visual Basic e Java. À primeira vista o Java é completamente diferente do Visual Basic. Realmente as duas linguagens pertencem a mundos distintos.

Visual Basic e Java. À primeira vista o Java é completamente diferente do Visual Basic. Realmente as duas linguagens pertencem a mundos distintos. Visual Basic e Java À primeira vista o Java é completamente diferente do Visual Basic. Realmente as duas linguagens pertencem a mundos distintos. No entanto, elas compartilham uma série de funcionalidades.

Leia mais

Noções sobre Objetos e Classes

Noções sobre Objetos e Classes Noções sobre Objetos e Classes Prof. Marcelo Cohen 1. Elementos de programação Revisão de programação variáveis, tipos de dados expressões e operadores cadeias de caracteres escopo de variáveis Revisão

Leia mais

JavaScript 2.0X 1.0 3.0X 1.1 4.0 4.05 1.2 4.06 4.61 1.3 5.0 1.4 6.0 1.5

JavaScript 2.0X 1.0 3.0X 1.1 4.0 4.05 1.2 4.06 4.61 1.3 5.0 1.4 6.0 1.5 JavaScript Diego R. Frank, Leonardo Seibt FIT Faculdades de Informática de Taquara Fundação Educacional Encosta Inferior do Nordeste Av. Oscar Martins Rangel, 4500 Taquara RS Brasil difrank@terra.com.br,

Leia mais

UFMG. Curso de Linguagem C. Universidade Federal de Minas Gerais

UFMG. Curso de Linguagem C. Universidade Federal de Minas Gerais Curso de Linguagem C UFMG Universidade Federal de Minas Gerais 1 Curso de Linguagem C 1 UFMG.. 1 Universidade Federal de Minas Gerais 1 Aula 1 - INTRODUÇÃO.. 5 AULA 2 - Primeiros Passos.. 5 O C é "Case

Leia mais

JAVA. Fabrício de Sousa fabbricio7@yahoo.com.br

JAVA. Fabrício de Sousa fabbricio7@yahoo.com.br JAVA Fabrício de Sousa fabbricio7@yahoo.com.br Agenda 2 Características Ambientes de Desenvolvimento Sintaxe Comentários Tipos de dados primitivos Caracteres especiais Variáveis Operadores Aritméticos

Leia mais

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 09 Introdução à Java Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Java: Sintaxe; Tipos de Dados; Variáveis; Impressão de Dados.

Leia mais

PHP. Hypertext Pre-Processor

PHP. Hypertext Pre-Processor PHP Hypertext Pre-Processor O que é o PHP? Uma linguagem de scripting é uma linguagem cujo código não tem de ser compilado para ser executado! O código escrito é interpretado em tempo de execução para

Leia mais

Introdução ao Javascript. Parte 2 Prof. Victor Hugo Lopes

Introdução ao Javascript. Parte 2 Prof. Victor Hugo Lopes Introdução ao Javascript Parte 2 Prof. Victor Hugo Lopes agenda Estruturas de comandos Modularização A primeira estrutura de comando da linguagem é baseada na noção da estrutura sequencial, no estilo top-down:

Leia mais

Algoritmos em Javascript

Algoritmos em Javascript Algoritmos em Javascript Sumário Algoritmos 1 O que é um programa? 1 Entrada e Saída de Dados 3 Programando 4 O que é necessário para programar 4 em JavaScript? Variáveis 5 Tipos de Variáveis 6 Arrays

Leia mais

Técnicas de Programação II

Técnicas de Programação II Técnicas de Programação II Aula 01 Introdução à Linguagem Java Edirlei Soares de Lima Paradigmas de Programação Um paradigma de programação consiste na filosofia adotada na

Leia mais

Parte I. Conhecendo A Linguagem C

Parte I. Conhecendo A Linguagem C 1 Parte I Conhecendo A Linguagem C 3 1 CONCEITOS BÁSICOS DA LINGUAGEM C Antes mesmo de falarmos em linguagem C, gostaria de apresentar-lhes o Juan, um passarinho bem simpático que tem por objetivo chamar

Leia mais

Programando em C# Orientado a Objetos. By: Maromo

Programando em C# Orientado a Objetos. By: Maromo Programando em C# Orientado a Objetos By: Maromo Agenda Módulo 1 Plataforma.Net. Linguagem de Programação C#. Tipos primitivos, comandos de controle. Exercícios de Fixação. Introdução O modelo de programação

Leia mais

Módulo 4. Instruções for, while e do/while. Algoritmos e Estruturas de Dados I C++ (Rone Ilídio)

Módulo 4. Instruções for, while e do/while. Algoritmos e Estruturas de Dados I C++ (Rone Ilídio) Módulo 4 Instruções for, while e do/while Algoritmos e Estruturas de Dados I C++ (Rone Ilídio) Estrutura de repetição for Repete uma seqüência de comando O número de vezes que ocorrerá a repetição é controlado

Leia mais

Keeper of Knowledge. Capítulo 1 Conceitos Básicos do Java

Keeper of Knowledge. Capítulo 1 Conceitos Básicos do Java Capítulo 1 Conceitos Básicos do Java INTRODUÇÃO O objectivo deste tutorial é ensinar as regras básicas de programação em Java e facilitar a aprendizagem dos capítulos que se seguem. Qualquer dúvida sobre

Leia mais

Estruturas%de%seleção%

Estruturas%de%seleção% Estruturas'de'seleção' 93% Execução'condicional' Etapa'em'um'programa'onde'uma'condição'é'avaliada'e,'dependendo'do' resultado,'diferentes'ações'podem'ser'realizadas.' 94% Condicional'simples' Uma'ou'mais'ações'serão'executadas'se,'

Leia mais

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA 1) Qual será o valor da string c, caso o programa rode com a seguinte linha de comando? > java Teste um dois tres public class Teste { public static void main(string[] args) { String a = args[0]; String

Leia mais

Sintaxe Básica de Java Parte 1

Sintaxe Básica de Java Parte 1 Sintaxe Básica de Java Parte 1 Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marcioubeno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Estrutura de Programa Um programa

Leia mais

Equivale a um conjunto de if 's encadeados, porém mais estruturado.

Equivale a um conjunto de if 's encadeados, porém mais estruturado. Switch (Case) Equivale a um conjunto de if 's encadeados, porém mais estruturado. switch(expressao_ordinal) ordinal_1: bloco1; ordinal_2: bloco2; default: diretiva_default; Exemplo - switch public class

Leia mais

Fundamentos de Programação

Fundamentos de Programação Fundamentos de Programação ESCOLA Fundamentos de Programação 1 Escola Alcides Maya - Primeiro Módulo 2 Sumário Fundamentos de Programação 1 Fundamentos de Programação 1 Introdução... 4 2 Introdução à Linguagem

Leia mais

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM PHP CESAR BEZERRA TEIXEIRA,MSC

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM PHP CESAR BEZERRA TEIXEIRA,MSC INTRODUÇÃO À LINGUAGEM PHP CESAR BEZERRA TEIXEIRA,MSC O presente texto não tem a pretensão de ser uma referência na linguagem PHP, a intenção é apresentar uma breve introdução a esta tecnologia e despertar

Leia mais

BC0501 Linguagens de Programação

BC0501 Linguagens de Programação BC0501 Linguagens de Programação Aula Prática: 03 Assunto: Comandos de Seleção 1. Introdução Um comando de seleção define uma condição em um programa, que permite que grupos de comandos sejam executados

Leia mais

Linguagens de programação

Linguagens de programação Prof. André Backes Linguagens de programação Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve ser descrito em termos de 1 s ou 0 s

Leia mais

Introdução à linguagem

Introdução à linguagem A Tecnologia Java 1 Introdução à linguagem Origens do JAVA Projecto Green, programação para a electrónica de Consumo (Dezembro 1990): Pouca memória disponível Processadores fracos Arquitecturas muito diferentes

Leia mais

Aritmética e Álgebra COM10615-Tópicos Especiais em Programação I edmar.kampke@ufes.br

Aritmética e Álgebra COM10615-Tópicos Especiais em Programação I edmar.kampke@ufes.br Aritmética e Álgebra COM10615-Tópicos Especiais em Programação I edmar.kampke@ufes.br Introdução Forte relação entre Matemática e Computação Aritmética e Álgebra são as partes mais elementares da matemática

Leia mais

Analise o código abaixo:

Analise o código abaixo: Recursão - introdução Analise o código abaixo: 1 # include 2 # include 3 int Fatorial ( int x) 4 int k, s =1; for (k =0;k

Leia mais

Comandos de repetição For (inicialização; condição de execução; incremento/decremento) { //Código }

Comandos de repetição For (inicialização; condição de execução; incremento/decremento) { //Código } Este documento tem o objetivo de demonstrar os comandos e sintaxes básicas da linguagem Java. 1. Alguns passos para criar programas em Java As primeiras coisas que devem ser abordadas para começar a desenvolver

Leia mais

Capítulo 6. Operadores. Rui Rossi dos Santos Programação de Computadores em Java Editora NovaTerra

Capítulo 6. Operadores. Rui Rossi dos Santos Programação de Computadores em Java Editora NovaTerra Capítulo 6 Operadores Objetivos do Capítulo Apresentar os diversos operadores disponíveis no Java. Indicar a forma de uso dos operadores aritméticos para a realização de operações matemáticas fundamentais.

Leia mais

C para microcontroladores

C para microcontroladores Copyright 2007 Hans Jörg Schneebeli C para microcontroladores Hans Jörg Schneebeli Objetivo O objetivo é mostrar como se pode programar dispositivos, como microcontroladores, com restrições severas de

Leia mais

Trabalho de Formatura

Trabalho de Formatura UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO Campus de Ilha solteira Trabalho de Formatura Apostila da Linguagem de Programação C++ Autor: Enrique Camargo Trevelin Orientador: Carlos Antônio

Leia mais

ESTRUTURA CONDICIONAL

ESTRUTURA CONDICIONAL AULA 6 ESTRUTURA CONDICIONAL 130 Tem como objetivo executar um conjunto de comandos caso uma condição lógica seja atendida. Quando a resposta lógica for falsa, nada será executado. Sintaxe Se CONDIÇÃO

Leia mais

2 echo "PHP e outros.";

2 echo PHP e outros.; PHP (Hypertext Preprocessor) Antes de qualquer coisa, precisamos entender o que é o PHP: O PHP(Hypertext Preprocessor) é uma linguagem interpretada gratuita, usada originalmente apenas para o desenvolvimento

Leia mais

LP II Estrutura de Dados. Introdução e Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br

LP II Estrutura de Dados. Introdução e Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br LP II Estrutura de Dados Introdução e Linguagem C Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Considerações Gerais Introdução a Linguagem C Variáveis e C Tipos de

Leia mais

ALGORITMOS E ESTRUTURAS DE DADOS Terceiro Trabalho Prático Recursividade e Pilhas

ALGORITMOS E ESTRUTURAS DE DADOS Terceiro Trabalho Prático Recursividade e Pilhas Universidade Federal de Ouro Preto Instituto de Ciências Exatas e Biológicas Departamento de Computação ALGORITMOS E ESTRUTURAS DE DADOS Terceiro Trabalho Prático Recursividade e Pilhas Luiz Henrique Santos

Leia mais

Java 1 visão geral. Vitor Vaz da Silva

Java 1 visão geral. Vitor Vaz da Silva Java 1 visão geral Vitor Vaz da Silva Introdução 1991 Um grupo de projectistas da Sun Green Team tenta criar uma nova geração de computadores portáteis inteligentes e com grande capacidade de comunicação.

Leia mais

Internet e Programação Web

Internet e Programação Web COLÉGIO ESTADUAL PEDRO MACEDO Ensino Profissionalizante Internet e Programação Web 3 Técnico Prof. Cesar 2014 1 SUMÁRIO Criar sites dinâmicos em PHP --------------------------------------------------------

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Introdução à Programação Carga horária total: 60 Carga horária teórica: 0 Carga horária prática: 60 Código da Disciplina: CCMP0041 Período de oferta: 2010.2 Turma: CA

Leia mais

MINI-CURSO DE C# (CSHARP)

MINI-CURSO DE C# (CSHARP) MINI-CURSO DE C# (CSHARP) Introdução a.net C# (CSharp) é uma linguagem de programação orientada a objetos desenvolvida pela Microsoft como parte da plataforma.net(lê-se DOTNET). A sua sintaxe orientada

Leia mais

Introdução à Programação Bacharelado em Sistemas de Informação 3ª Lista de Exercícios - Solução Procedimentos e Funções

Introdução à Programação Bacharelado em Sistemas de Informação 3ª Lista de Exercícios - Solução Procedimentos e Funções Nome Nota Seção 1: Procedimentos e funções 1. Faça uma função que receba um número inteiro e positivo N como parâmetro e retorne a soma dos N números inteiros existentes entre o número 1 e esse número.

Leia mais

Apostila Básica de Lógica e Programação para Game Maker por Giosepe Luiz 1

Apostila Básica de Lógica e Programação para Game Maker por Giosepe Luiz 1 Apostila Básica de Lógica e Programação para Game Maker por Giosepe Luiz 1 Sumário 1. Introdução a Lógica... 03 2. Verdadeiro e Falso... 03 3. Conectivo E e OU... 03 4. Negação... 04 5. Introdução a Programação...

Leia mais

Conteúdo. Linguagem Estática x Dinâmica O que é PHP? Configurando o Ambiente do PHP Sintaxe

Conteúdo. Linguagem Estática x Dinâmica O que é PHP? Configurando o Ambiente do PHP Sintaxe Unidade IV Introdução à Linguagem PHP Parte 1 Professor Fabiano de Paula Soldati fpsoldati@yahoo.com.br http://br.groups.yahoo.com/group/professorsoldati/ Conteúdo Linguagem Estática x Dinâmica O que é

Leia mais