Norma de qualidade do café entra em vigor

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Norma de qualidade do café entra em vigor"

Transcrição

1 n.º 052 Fevereiro/ 20 Norma de qualidade do café entra em vigor Consumidores terão à disposição produto de melhor qualidade, que passará pela fiscalização dos técnicos do Ministério da Agricultura Para garantir a qualidade do café brasileiro oferecido aos consumidores entrou em vigor no última dia 23 de fevereiro, o Padrão Oficial de Classificação do Café Torrado em Grão e Torrado e Moído. A partir de agora, fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento vão colher amostras do produto nos pontos de venda e analisar duas questões: a presença de matérias estranhas e impurezas (se houve adição de outro produto ao café) e o percentual de umidade (teor de água). Essa norma permitirá que o consumidor brasileiro tenha à sua disposição um café absolutamente puro, o que atende ao principal requisito de qualidade do produto. A ação é de interesse de toda a cadeia produtiva, principalmente dos produtores, enfatiza o secretário de Produção e Agroenergia, Manoel Bertone. Após análise de microscopia, será considerado café dentro do padrão de qualidade aquele que apresentar percentual máximo de % de impurezas, como cascas, paus e restos de folha do cafeeiro. Já o percentual máximo admitido de matérias estranhas (sementes de milho, açaí e fragmentos metálicos do moinho do café), será de 0,%. Além disso, o produto deve ter, no máximo, 5% de umidade. Em caso de irregularidades, o industrial será notificado e terá três dias para contestar o resultado apresentado pelo Ministério da Agricultura. Denominamos de solicitação de perícia. Um representante técnico da indústria realiza ou acompanha in loco uma nova análise na amostra de contraprova para saber se realmente o produto não está de acordo com as normas de qualidade, informa o coordenador-geral de Qualidade Vegetal do Ministério da Agricultura, Fábio Fernandes. Se as distorções em relação à norma legal forem confirmadas, será lavrado auto de infração e aberto processo administrativo. As penalidades poderão ser advertência, suspensão da comercialização, apreensão ou multa. Os valores variam de R$ 2 mil a 5 mil, por lote. De acordo com a situação, a multa poderá ser acrescida de um percentual do valor comercial da mercadoria.

2 Além dos testes de impureza e umidade, a análise sensorial avaliará a fragrância do pó, o aroma, a acidez, o sabor e a qualidade da bebida. A exigência desse teste foi prorrogada por dois anos, por meio da Instrução Normativa n 6, publicada nesta quarta-feira, 23 de fevereiro, no Diário Oficial da União (DOU). Após esse prazo, o produto passará a ser classificado em três denominações: Café Padrão Único, Café Fora do Tipo e Café Desclassificado. Para ser caracterizado como Café Padrão Único, o produto deverá apresentar no máximo 5% de umidade e % de impurezas. O café que apresentar resultados acima desses limites será denominado produto Fora do Tipo, e não poderá ser comercializado. Nesse caso, as indústrias terão de reprocessá-lo e enquadrá-lo dentro dos limites do Café Padrão Único. O produto que apresentar mal estado de conservação, odor e aparência impróprios, além de percentual de matérias estranhas, sedimentos e impurezas igual ou superior a,3% será desclassificado. Nessa condição, o café terá a venda proibida e caberá ao Ministério da Agricultura autorizar a utilização do produto para outros fins que não seja a alimentação humana. Saiba mais O Padrão Oficial de Classificação do Café Torrado em Grão e do Café Torrado e Moído foi estabelecido na Instrução Normativa n 6, publicada no dia 25 de maio de 200. Na ocasião, determinou-se o prazo de 270 dias para a norma entrar em vigor. Trata-se de uma norma inédita no mundo, construída durante três anos, por representantes do governo, instituições de pesquisa, produtores, indústria e empresas privadas. A iniciativa serve como exemplo de política pública de valorização do café e de defesa dos consumidores. Todos os produtos vegetais destinados diretamente à alimentação humana, importados ou relacionados à compra e venda do poder público devem ser classificados seguindo o padrão oficial do Ministério da Agricultura. A medida foi determinada pela Lei 9.972/2000. Hoje, 69 produtos estão padronizados. Entre eles, abacaxi, algodão, arroz, amendoim, farelo de soja, maçã, milho, pêra, tomate e trigo. A ABIC já está distribuindo aos seus associados as instruções necessárias e também disponibilizando em seu site, informativos, orientações e um Guia Prático sobre a Instrução Normativa n.º 6. Reuniões locais em conjunto com os Sindicatos também poderão ser realizadas a fins de esclarecimentos sobre o assunto, bastando que estes a demandem para a ABIC. Acesse o nosso site e confira todo o material sobre a IN 6:

3 Programas ABIC Seguem os dados atualizados dos programas de certificação da ABIC: Empresas associadas: 457 Marcas autorizadas ao uso do Selo de Pureza: 094 Empresas certificadas: 87 Marcas certificadas: 428 Empresas em andamento: 2 Marcas em andamento: 28 Empresas certificadas: 5 Marcas certificadas: 4 Empresas em andamento: 7 Cafeterias certificadas: 50 Empresas em andamento: 2 Programa de Qualidade do Café Novas Certificações Empresa Produto Categoria Ind. e Com. de Café Gema de Minas Ltda. ( Gema de Minas Tradicional TM Tradicional Gema de Minas Extra-Forte TM Tradicional A ABIC parabeniza as empresas acima pela busca da excelência na qualidade de seus produtos. Coletas dos Programas Selo de Pureza e Qualidade No mês de janeiro a ABIC realizou 50 coletas para os programas de Pureza e Qualidade. 2 Ao lado você encontrará os números e os estados os quais foram realizadas as coletas

4 Decisão do Comitê Permanente de Qualidade (Empresas associadas com impurezas) Não houve penalidade entre os associados no último período. Marcas novas autorizadas ao uso do Selo de Pureza ABIC Empresas CAFÉ BARONESA LTDA () TORREF. NOIVACOLINENSES LTDA (SP) VILAGE PREMIUM IND. E COM. LTDA () TORREF. PAIVA E DELION LTDA (SP) NOVO MILENIO TORREF. E MOAG. DE CAFÉ LTDA () CAFÉ CHAPADÃO LTDA Marcas Monte Santo Motta São João Baiita Café Elzo Córrego das Pedras Do São Francisco Excelência Empresas Não Associadas com Impurezas / Misturas Abaixo, transcrevemos as principais adulterações com suas respectivas marcas e locais de coleta. Essas marcas estarão destacadas em amarelo na tabela a seguir: Merecem destaques as seguintes adulterações: - Café São Vicente do Grama (Jequiri / ) 20,42% Milho Dados da Coleta: Coletado no estabelecimento HENEIDA MEDEIROS DE SOUZA MACHADO-ME. em 07/2/200 End.: AV: GOVERNADOR VALADARES, 207 RAUL SOARES / - Café São Paulo (Limoeiro / PE),50% Milho + 3,3% Cascas e Paus Dados da Coleta: Coletado no estabelecimento SUPERMERCADO CABENSE LTDA. em 05/2/200 End.: AV: GETULIO VERGAS, 398 CABO / PE - Café Mineirinho (Matipo / ) 0,97% Cascas e Paus Dados da Coleta: Coletado no estabelecimento IRMAOS GARDINGO COM. E DISTRIBUIDORA LTDA em 07/2/200. End.: AV. SAO JOAO, 06 MATIPO /

5 UF Cidade Empresa Endereço Marca Impureza Data Coleta CAPUTIRA CAPUTIRA ESPERA FELIZ JEQUIRI MACHADO MANHUACU MANHUACU IND. E COM. PEREIRA BARBOSA TRAV. PRINCESA ISABEL, LTDA. 20 TATAO 3,92% CASCAS E PAUS 7/2/200 CAFE REBECA IND. E COM.,92% CASCAS E PAUS + LTDA ROD. NICO VELOSO, KM MANHUAÇU 3,66 % MILHO 7/2/200 HNPH MORAIS COM E IND. DE ROD. ESTRADA PARAISO, TORREF. DE CAFE LTDA. S/N MA KM 7 COA-VAP 2,6% CASCAS E PAUS 7/2/200 TORREF. DE CAFÉ SILVA MENDES LTDA SITIO AVENTUREIRO SAO VICENTE DO GRAMA 20,42% MILHO 7/2/200 PALMEIRA COFFEE COMERCIO DE CAFE LTDA AV. PLINIO DA SILVA DIAS ZE MENINO,99% CASCAS E PAUS 9/2/200 PRIMICIAS PRODUTOS ALIMENTICIOS LTDA CRG COQUEIRO RURAL PRIMICIA,8% CASCAS E PAUS 7/2/200,62% CASCAS E PAUS + PRESENÇA DE PELEGRINI COMERCIO DE CAFE SEMENTE DE AÇAI E LTDA R: MANOEL MARTINS, 23 CASEIRO MINEIRO MILHO 7/2/200 MATIPO MOREIRA E PESSOA LTDA FAZENDA TAQUARAL MINEIRINHO 0,97% CASCAS E PAUS 7/2/200 MONTE BELO CAFE COAS LTDA - ME LOC. TIJUCO TIJUCO,67% CASCAS E PAUS 8/2/200 CAFE GOLINHO DO BRASIL MURIAE LTDA FAZENDA CACHOEIRA, S/N GOLINHO,79% CASCAS E PAUS 8/2/200 ARLINDO JOSE DE VILAS BOAS NATERCIA PEREIRA RODOVIA 458, KM 6 NOVO SABOR 2,09% CASCAS E PAUS 9/2/200 PAULO JOSE MENDES GARCIA- ESTRADA NOVA RESENDE, NOVA RESENDE ME KM 8 CAFUNDO 2,8% CASCAS E PAUS /2/200 POUSO ALEGRE CAFE SHANGRI-LA LTDA. RUA ARI ROSA, 200 MAIS SABOR 6,96% CASCAS E PAUS 9/2/200 RIO CASCA DISTRIB. 4 K LTDA. RODOVIA BR KM 33, S/Nº VENDA NOVA 2,24% CASCAS E PAUS 3/2/200 SAO GONCALO DO SAPUCAI EUNICE MARIA GIUGNI VIEIRA PRAÇA EUGENIO HORTA, 00 MINAS FORTE 6,05% CASCAS E PAUS 7/2/200 STA. RITA DE MINAS PAULO CESAR DA SILVA - ME CORREGO JEQUITIBA ALTO CAPARAO 2,79% CASCAS E PAUS 7/2/200 PA ABAETETUBA F. ARISTIDES DE AGUIAR RODOVIA SANTAREM- CUIABA, KM 7 OURO DO TAPAJOS,9% CASCAS E PAUS 29//200 PA ANANINDEUA MACOSVI IND. E COM. LTDA TV. ITACARAI, 2 DIARIO 8,% CASCAS E PAUS 7/2/200 PA ANANINDEUA MACOSVI IND. E COM. LTDA TV. ITACARAI, 2 SAO CRISTOVAO 5,85% CASCAS E PAUS 7/2/200 PA ANANINDEUA CAFE REAL LTDA.-ME ROD. BR 36 KM 05 TRAV. IPACARAI, 2 - A REAL 8,52% CASCAS E PAUS 7/2/200 SAO MIGUEL DO CAFE DUNOSSO AGRO. IND. PA GUAMA LTDA. AV. TANCREDO NEVES, 576DUNOSSO 2,4% CASCAS E PAUS 7/2/200 MARINA CARNEIRO LEAO R: DR. JOSE CORDEIRO, 3,3% CASCAS E PAUS + PE LIMOEIRO OITICICA-ME 62-A SAO PAULO,50% MILHO 5/2/200 PR APUCARANA ALBATROZ ALIMENTOS LTDA. AV. GOV. ROBERTO DA SILVEIRA, 449 CASEIRO 6,98% CASCAS E PAUS 27/0/200 PR JOAQUIM TAVORA FERREIRA & GARCIA LTDA RUA RUI BARBOSA, 50 CREBEL 2,04% CASCAS E PAUS 27/0/200 PR LONDRINA R.O. COM. E TORREF. DE CAFE LTDA. R. DA RECICLAGEM, 353 DO CAMPO 8,29 % CASCAS E PAUS 27/0/200 PR NOVA FATIMA FATCAFE - TORREF. E MOAG. DE CAFE LTDA. RUA E, S/NR. OLICAFE 4,86% CASCAS E PAUS 27/0/200 RJ NOVA FRIBURGO QUILOMBO IND. E COM. DE CAFE LTDA. AV. ANTONIO MARIO DE AZEVEDO, ROD. N.FRIB.-TERESOPOLIS PALMARES,63% CASCAS E PAUS 0/2/200 RJ TRES RIOS CEREAIS BRAMIL LTDA. ESTR. DO PASSATEMPO, 07 SAVANA,7% CASCAS E PAUS 9/2/200 MARCA S HOMÔNIMAS PURA S UF Cidade Empresa Marca BOM JESUS DO GALHO BENEFICIADORA CAFE DO PORTO LTDA - ME NOVO SABOR SANTA BARBARA DO LESTE RICARDO S. MAIA CAPARAO JEQUIRI TORREF. DE CAFE BOM JESUS LTDA. SAO CRISTOVAO PR STO. ANTONIO DA PLATINA FLORAO ALIMENTOS LTDA SÃO PAULO Este é um informativo de uso EXCLUSIVO INTERNO da Associação Brasileira da Indústria de Café para todos os seus associados, produzido a partir das decisões do CPQ Comitê Permanente de Qualidade relativas ao monitoramento permanente das empresas Associadas e Não Associadas. ABIC: Telefone: (2) FAX: (2)

REGULAMENTO TÉCNICO DO CAFÉ

REGULAMENTO TÉCNICO DO CAFÉ n.º 047 Agosto - 2010 REGULAMENTO TÉCNICO DO CAFÉ Instrução Normativa n.º 16/2010 A partir de fevereiro de 2011 entrará em vigor a Instrução Normativa n.º 16/2010 do Ministério da Agricultura, Pecuária

Leia mais

RELAÇÃO DOS ADQUIRENTES AVISO VENDA ARROZ Nº 355/2006

RELAÇÃO DOS ADQUIRENTES AVISO VENDA ARROZ Nº 355/2006 CÓDIGO DO LOTE CÓD. BOLSA RELAÇÃO DOS ADQUIRENTES AVISO VENDA ARROZ Nº 355/2006 CÓD. BOLETO ADQUIRENTE QUANT. CNPJ/CPF ENDEREÇO CIDADE UF 1 33 11035 CEREALISTA MEDEIROS LTDA 248734 02481364000247 RITA

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Defesa Agropecuária

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Defesa Agropecuária Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Defesa Agropecuária Brasília / DF 2010 2010 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Todos os direitos reservados. Permitida

Leia mais

Fev / 2011. Guia Prático. Para a Instrução Normativa Nº 16. Como se preparar para a norma

Fev / 2011. Guia Prático. Para a Instrução Normativa Nº 16. Como se preparar para a norma Fev / 2011 Guia Prático Para a Instrução Normativa Nº 16 Como se preparar para a norma I NDICE 1. Apresentação...03 2. Resumo dos requisitos da Instrução Normativa Nº 16...04 3. Controle de impureza...05

Leia mais

IN 16 - Indústrias de Café devem encaminhar laudos de análises de suas marcas ao MAPA

IN 16 - Indústrias de Café devem encaminhar laudos de análises de suas marcas ao MAPA n.º 057 Out e Nov/ 2011 IN 16 - Indústrias de Café devem encaminhar laudos de análises de suas marcas ao MAPA Como é de seu conhecimento, em fevereiro deste ano, entrou em vigor a Instrução Normativa n.º

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O R E G U L A M E N T O ARTIGO 1 O 10º Concurso Nacional ABIC de Qualidade do Café e a 10ª Edição Especial dos Melhores Cafés do Brasil, instituídos pela ABIC, têm como objetivo incentivar a produção de

Leia mais

AVISO DE VENDA DE ARROZ EM CASCA - Nº 185/08

AVISO DE VENDA DE ARROZ EM CASCA - Nº 185/08 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO - MAPA COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO - CONAB DIRETORIA DE GESTÃO DE ESTOQUES - DIGES SUPERINTENDÊNCIA DE OPERAÇÕES - SUOPE GERÊNCIA DE COMERCIALIZAÇÃO

Leia mais

ABIC premia os Melhores do PQC 2010

ABIC premia os Melhores do PQC 2010 n.º 049 Novembro/ 2010 ABIC premia os Melhores do PQC 2010 Pelo quinto ano consecutivo, a ABIC divulgou durante o Encafé a tão esperada relação das empresas inseridas no seleto grupo dos Melhores da Qualidade.

Leia mais

Número PE011/2015. Fornecedor. Pregão. Item Descrição do Material UF Quantidade Preço Unitário Preço Total Marca / Modelo Prazo Entrega

Número PE011/2015. Fornecedor. Pregão. Item Descrição do Material UF Quantidade Preço Unitário Preço Total Marca / Modelo Prazo Entrega Folha 1 1 CESTA, basica, de alimentos, composta de 13 produtos, sendo: Un 360,00-2 Kg de ACUCAR cristalizado, sacarose de cana-de-acucar, na cor branca. Embalagem em polietileno, contendo dados de identificacao

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO (VBP) AGROPECUÁRIO Julho/2015 R$ milhões VBP PRINCIPAIS PRODUTOS AGRÍCOLAS LAVOURAS

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO - INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 16, DE 24 DE MAIO DE 2010

GABINETE DO MINISTRO - INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 16, DE 24 DE MAIO DE 2010 GABINETE DO MINISTRO - INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 16, DE 24 DE MAIO DE 2010 O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87, parágrafo único,

Leia mais

DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ

DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ Planejamento Boa Gestão Consciência Política Sustent bilidade Participação

Leia mais

Círculo do Café de Qualidade - CCQ Passo a Passo

Círculo do Café de Qualidade - CCQ Passo a Passo 1. O que é? O Círculo do Café de Qualidade é uma evolução em relação ao PQC ABIC, lançado em 2004, e está inserido dentro das diretrizes da ABIC de aumento do consumo interno de café no Brasil, visando

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marilene Ramos Vice-Presidente

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL DEPARTAMENTO DE ACOMPANHAMENTO DO FUNDEF PRESIDENTES DOS CONSELHOS ESTADUAIS DO FUNDEF

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL DEPARTAMENTO DE ACOMPANHAMENTO DO FUNDEF PRESIDENTES DOS CONSELHOS ESTADUAIS DO FUNDEF 1. AC 2. AM JONATHAS SANTOS ALMEIDA DE CARVALHO HERALDO LUCAS MELO (068) 922-3257 / 226-4656 / 226-3939 Fax (068) 223-6421 jsantos@tre/ac.gov.br Rua Manoel Cesário, 100 Bairro Capoeira 69.000-000 Rio Branco

Leia mais

Ficha Simplificada de Empresas Aplicadoras AEROVERDE AVIAÇÃO AGRÍCOLA LTDA AEROVERDE AVIAÇÃO AGRÍCOLA LTDA RODOVIA BR 101, KM 176, S/Nº

Ficha Simplificada de Empresas Aplicadoras AEROVERDE AVIAÇÃO AGRÍCOLA LTDA AEROVERDE AVIAÇÃO AGRÍCOLA LTDA RODOVIA BR 101, KM 176, S/Nº GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA, ABASTECIMENTO, AQUICULTURA E PESCA DEPARTAMENTO DE DEFESA SANITÁRIA E INSPEÇÃO VEGETAL - DDSIV Ficha Simplificada de Empresas Aplicadoras

Leia mais

AVISO DE VENDA DE ARROZ EM CASCA Nº 168/2014

AVISO DE VENDA DE ARROZ EM CASCA Nº 168/2014 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO Conab DIRETORIA DE OPERAÇÕES E ABASTECIMENTO Dirab SUPERINTENDÊNCIA DE OPERAÇÕES COMERCIAIS Suope GERÊNCIA DE

Leia mais

Número PE064/2014. Fornecedor. Pregão. Unidade Requisitante UNIVERSIDADE DO SUDOESTE DA BAHIA - CAMPUS VITORIA DA C

Número PE064/2014. Fornecedor. Pregão. Unidade Requisitante UNIVERSIDADE DO SUDOESTE DA BAHIA - CAMPUS VITORIA DA C Folha 1 1 CESTA, basica, de alimentos, composta de 13 produtos, sendo: Un 700,00-2 Kg de ACUCAR cristalizado, sacarose de cana-de-acucar, na cor branca. Embalagem em polietileno, contendo dados de identificacao

Leia mais

Viveiro Florestal de São Romão: Avenida Doutor Paulo Ivo Martins Cardoso, 242 Renascer

Viveiro Florestal de São Romão: Avenida Doutor Paulo Ivo Martins Cardoso, 242 Renascer VIVEIROS FLORESTAIS DO INSTITUTO ESTADUAL DE FLORESTAS Viveiro Florestal de Capelinha: BR 120 Jardim Aeroporto CEP: 39.680.000 (38) 35313920 Viveiro Florestal de Gouveia: Rodovia BR 259 Km 447 São Lucas

Leia mais

Portaria nº 795 de 15/12/93 D. O. U. 29/12/93 NORMA DE IDENTIDADE, QUALIDADE, EMBALAGEM, MARCAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO FARELO DE SOJA

Portaria nº 795 de 15/12/93 D. O. U. 29/12/93 NORMA DE IDENTIDADE, QUALIDADE, EMBALAGEM, MARCAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO FARELO DE SOJA Portaria nº 795 de 15/12/93 D. O. U. 29/12/93 NORMA DE IDENTIDADE, QUALIDADE, EMBALAGEM, MARCAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO FARELO DE SOJA 01. OBJETIVO: Esta norma tem por objetivo definir as características de

Leia mais

ASPECTOS LEGAIS DA PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE SEMENTES E MUDAS

ASPECTOS LEGAIS DA PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE SEMENTES E MUDAS ASPECTOS LEGAIS DA PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE SEMENTES E MUDAS CURSO SOBRE PROTEÇÃO E REGISTRO DE CULTIVARES 27 A 28 DE MAIO 2010 LONDRINA-PR SAMIRA OMAR MOHAMAD EL TASSA COLODEL FISCAL

Leia mais

CONSUMIDOR. Onde foi produzido Rastreado Light / Diet Menos Sal / 0% Trans Livre de Transgênicos Segurança alimentar. Tendências: Como foi produzido

CONSUMIDOR. Onde foi produzido Rastreado Light / Diet Menos Sal / 0% Trans Livre de Transgênicos Segurança alimentar. Tendências: Como foi produzido Tendências: Como foi produzido CONSUMIDOR Onde foi produzido Rastreado Light / Diet Menos Sal / 0% Trans Livre de Transgênicos Segurança alimentar Carne Não Transgênica Milhões Tons. 80,0 75,0 70,0 65,0

Leia mais

TABELA DAS PROMOTORIAS COM ATRIBUIÇÃO EM EDUCAÇÃO atualizada em jul/2015

TABELA DAS PROMOTORIAS COM ATRIBUIÇÃO EM EDUCAÇÃO atualizada em jul/2015 TABELA DAS PROMOTORIAS COM ATRIBUIÇÃO EM EDUCAÇÃO atualizada em jul/2015 s Centro Regional de Apoio Administrativo Institucional MUNICÍPIOS Promotorias de Justiça ÚNICAS, CÍVEIS e de Proteção à INFÂNCIA

Leia mais

SISTEMA DE PRODUÇÃO DE SEMENTES SILVIO MOURE CICERO. 1. Introdução

SISTEMA DE PRODUÇÃO DE SEMENTES SILVIO MOURE CICERO. 1. Introdução 1 SISTEMA DE PRODUÇÃO DE SEMENTES SILVIO MOURE CICERO 1. Introdução A Lei n 10.711, sancionada em 05/08/2003 e regulamentada pelo Decreto n 5.153 de 23 de julho de 2004, instituiu o Sistema Nacional de

Leia mais

AVISO DE VENDA DE FEIJÃO COMUM CORES Nº 107/10

AVISO DE VENDA DE FEIJÃO COMUM CORES Nº 107/10 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO Conab DIRETORIA DE OPERAÇÕES E ABASTECIMENTO Dirab SUPERINTENDÊNCIA DE OPERAÇÕES COMERCIAIS Suope GERÊNCIA DE

Leia mais

INSTITUTO AGRONÔMICO DE PERNAMBUCO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO CLIPPING ELETRÔNICO

INSTITUTO AGRONÔMICO DE PERNAMBUCO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO CLIPPING ELETRÔNICO INSTITUTO AGRONÔMICO DE PERNAMBUCO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO CLIPPING ELETRÔNICO De 30 de janeiro de 2014 Simpósio Riquezas e Problemas do Semiárido chega ao fim Na próxima sexta-feira, dia 31, chega ao

Leia mais

PRONATEC PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO

PRONATEC PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO Guia Campus Iguatu PRONATEC PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO Para mais informações ligue Campus Iguatu (88) 3582 1000 Acesse www.pronatec.ifce.edu.br Quem somos O Instituto Federal

Leia mais

naiara.fernandes@amencocereal.com.br Nº do Processo 21052.016426/2006-43 Validade do Cadastro 08/03/2017

naiara.fernandes@amencocereal.com.br Nº do Processo 21052.016426/2006-43 Validade do Cadastro 08/03/2017 1. AMENCO AGROINDUSTRIAL LTDA (AMENCO) CNPJ 002.183.774/0001-20 Secadora, Armazenadora e Exportadora de AMENDOIM Av. Otávio Tulim, nº 7, Complemento 8 CEP: 17.603-821 Responsável Técnico Naiara da Silveira

Leia mais

INFORME TÉCNICO N. 54/2013 TEOR DE SÓDIO NOS ALIMENTOS PROCESSADOS

INFORME TÉCNICO N. 54/2013 TEOR DE SÓDIO NOS ALIMENTOS PROCESSADOS INFORME TÉCNICO N. 54/2013 TEOR DE SÓDIO NOS ALIMENTOS PROCESSADOS 1.Introdução Em 13 de dezembro de 2011 o Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) assinaram termo de

Leia mais

ANEXO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº XX, DE XX DE XXXX DE 2012 O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso da atribuição que lhe

ANEXO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº XX, DE XX DE XXXX DE 2012 O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso da atribuição que lhe ANEXO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº XX, DE XX DE XXXX DE 2012 O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso da atribuição que lhe confere o Art. 87. parágrafo único, inciso II, da Constituição,

Leia mais

AVIO BATALHA DE BRITTO

AVIO BATALHA DE BRITTO Visas Capitais 2 ARACAJÚ SE Atualizado em 23/07/13 AVIO BATALHA DE BRITTO Coordenador de Vigilância Sanitária Municipal de Aracajú Rua Sergipe, nº 1310 - Bairro Siqueira Campos Aracaju SE CEP: 49075-540

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA PORTARIA Nº 362, DE 21 DE OUTUBRO DE 2009

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA PORTARIA Nº 362, DE 21 DE OUTUBRO DE 2009 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA PORTARIA Nº 362, DE 21 DE OUTUBRO DE 2009 O SECRETÁRIO DE DEFESA AGROPECUÁRIA, DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA

Leia mais

RESOLUÇÃO-ANVISA Nº 263, DE 22 DE SETEMBRO DE 2005

RESOLUÇÃO-ANVISA Nº 263, DE 22 DE SETEMBRO DE 2005 Resolução nº 263/2005 23/09/2005 RESOLUÇÃO-ANVISA Nº 263, DE 22 DE SETEMBRO DE 2005 DOU 23.09.2005 A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso da atribuição que lhe confere

Leia mais

AVISO DE VENDA DE ARROZ EM CASCA Nº 228/2013

AVISO DE VENDA DE ARROZ EM CASCA Nº 228/2013 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO Conab DIRETORIA DE OPERAÇÕES E ABASTECIMENTO Dirab SUPERINTENDÊNCIA DE OPERAÇÕES COMERCIAIS Suope GERÊNCIA DE

Leia mais

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA Módulo introdutório de dos Orientadores de Estudo 3100104 ABRE CAMPO MUNICIPAL 3100203 ACAIACA MUNICIPAL 3100302 ALEM PARAIBA MUNICIPAL 3100401 ALFREDO VASCONCELOS MUNICIPAL 3100500 ALTO CAPARAO MUNICIPAL

Leia mais

Agência Nacional de Vigilância Sanitária - www.anvisa.gov.br

Agência Nacional de Vigilância Sanitária - www.anvisa.gov.br Page 1 of 5 Destaques do governo FAÇA SUA BUSCA AQUI INÍCIO A AGÊNCIA SALA DE IMPRENSA SERVIÇOS ALERTAS E INFORMES LEGISLAÇÃO EDUCAÇÃO E CONHECIMENTO CIDADÃO PROFISSIONAL DE SAÚDE SETOR REGULADO TAMANHO

Leia mais

BELÉM PA PONTO E VIRGULA COMÉRCIO LTDA RUA CONSELHEIRO FURTADO, 2731 SÃO BRAZ CEP: 66035-350 BELÉM / PA BELO HORIZONTE

BELÉM PA PONTO E VIRGULA COMÉRCIO LTDA RUA CONSELHEIRO FURTADO, 2731 SÃO BRAZ CEP: 66035-350 BELÉM / PA BELO HORIZONTE BELÉM PA PONTO E VIRGULA COMÉRCIO LTDA RUA CONSELHEIRO FURTADO, 2731 SÃO BRAZ CEP: 66035-350 BELÉM / PA BELO HORIZONTE LIVRARIA DEL REY EDITORA LTDA AV DO CONTORNO, 4355 SÃO LUCAS (31)3284.3284 CNPJ:20.476.073/0007-57

Leia mais

DIRETORIA DO COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA DO ENTORNO DA REPRESA DE TRÊS MARIAS

DIRETORIA DO COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA DO ENTORNO DA REPRESA DE TRÊS MARIAS Rua: Pernambuco, 212 Centro Três Marias MG CEP: 39.205-000 E-mail: comitecbhsf4@comlago.org.br RELAÇÃO DOS MEMBROS ELEITOS PARA COMPOSIÇÃO DO CBH SF4 DIA 06/07/2007 DIRETORIA DO COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA

Leia mais

Movimentações da rede referenciada

Movimentações da rede referenciada Confira as movimentações ocorridas na rede SulAmérica Saúde. Para pesquisar o produto e plano do prestador substituto, acesse a rede atualizada clicando aqui. Substituições ADRIANA PINTO DA SILVA ADRIANA

Leia mais

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO. 12 MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.indd 12-1 CAPA 1 30.10.09 16:08:10 Data (M/D/A): 10/30/09 Contato: (61) 3344-8502 Formato (F): 200x200 mm Formato (A): 400x200 mm Data (M/D/A): 10/30/09 Ministério

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA. Art. 3º Informar que as críticas e sugestões a respeito da proposta de texto deverão ser encaminhadas para os seguintes endereços:

CONSULTA PÚBLICA. Art. 3º Informar que as críticas e sugestões a respeito da proposta de texto deverão ser encaminhadas para os seguintes endereços: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial- Inmetro Portaria n.º 031, de 24 de fevereiro de 2006. CONSULTA PÚBLICA

Leia mais

CADASTRO DE EXPORTADORES DE CASTANHA DO BRASIL

CADASTRO DE EXPORTADORES DE CASTANHA DO BRASIL 1. ECONUT CNPJ 12.048.420/0001-27 Beneficiadora/Processadora de CASTANHA DO BRASIL Rodovia AM-10 Km 215 Bairro ITACOATIARA/AM CEP: Responsável Técnico Gabriel Teixeira de Paula Neto - CREA 14.902D Correspondência

Leia mais

Anvisa proíbe 20 lotes de Suplementos Proteicos para Atletas. 28 de fevereiro de 2014

Anvisa proíbe 20 lotes de Suplementos Proteicos para Atletas. 28 de fevereiro de 2014 Anvisa proíbe 20 lotes de s Proteicos para Atletas 28 de fevereiro de 2014 A Anvisa, junto com o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS), avaliou 25 marcas de s Proteicos para Atletas, diante de

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI N o 6.036, DE 2013 Dispõe sobre a restrição do uso de agentes aromatizantes ou flavorizantes em bebidas alcoólicas e da outras providências. Autora:

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA,

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA, LEI Nº 12.128, de 15 de janeiro de 2002 Procedência - Governamental Natureza PL 509/01 DO- 16.826 DE 16/01/02 * Revoga Leis: 11.403/00; 11.463/00; e 11.700/01 * Ver Lei Federal 8.974/95 Fonte ALESC/Div.Documentação

Leia mais

ACADEMIA DO CAFÉ Rua Grão Pará, n.º 1.024, Bairro Funcionários Belo Horizonte - MG CEP 30150-341

ACADEMIA DO CAFÉ Rua Grão Pará, n.º 1.024, Bairro Funcionários Belo Horizonte - MG CEP 30150-341 A Semana Internacional do Café institui a RODADA DE NEGÓCIOS & COFFEE OF THE YEAR 2014, que serão realizados durante a Semana Internacional de Café - 9º Espaço Café Brasil, no período de 15 a 18 de setembro

Leia mais

Rainforest Alliance Certified TM

Rainforest Alliance Certified TM Secretaría de la Red de Agricultura Sostenible Rainforest Alliance P. O. Box 1129 1 San José Costa Rica standards@sanstandards.org Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Certificação

Leia mais

Mecanismos de controle para a Garantia da Qualidade Orgânica

Mecanismos de controle para a Garantia da Qualidade Orgânica Mecanismos de controle para a Garantia da Qualidade Orgânica Experiência do Brasil e proposta de uso para IG/DO 2º Taller Regional TCP/RLA/3211 Calidad de los alimentos vinculada al origen y las tradiciones

Leia mais

b) preparado contendo laranja (fruta) e banana (fruta) corresponde a um ingrediente característico;

b) preparado contendo laranja (fruta) e banana (fruta) corresponde a um ingrediente característico; MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO GABINETE DO MINISTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 17, DE 19 DE JUNHO DE 2013 O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso da atribuição

Leia mais

Rainforest Alliance Certified TM

Rainforest Alliance Certified TM Secretaría de la Red de Agricultura Sostenible Rainforest Alliance P. O. Box 11029 1000 San José Costa Rica standards@sanstandards.org Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Anual

Leia mais

Segurança e Qualidade dos Alimentos Rastreabilidade

Segurança e Qualidade dos Alimentos Rastreabilidade Segurança e Qualidade dos Alimentos Rastreabilidade Segurança e Qualidade dos Alimentos Lei 12.593/12 institui o PPA 2012-2015 Programa 2028 Defesa Agropecuária Objetivo 0570 Assegurar a qualidade dos

Leia mais

Ficha Simplificada de Empresas Aplicadoras AEROVERDE AVIAÇÃO AGRÍCOLA LTDA AEROVERDE AVIAÇÃO AGRÍCOLA LTDA RODOVIA BR 101, KM 176, S/Nº

Ficha Simplificada de Empresas Aplicadoras AEROVERDE AVIAÇÃO AGRÍCOLA LTDA AEROVERDE AVIAÇÃO AGRÍCOLA LTDA RODOVIA BR 101, KM 176, S/Nº GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA, ABASTECIMENTO, AQUICULTURA E PESCA DEPARTAMENTO DE DEFESA SANITÁRIA E INSPEÇÃO VEGETAL - DDSIV Ficha Simplificada de Empresas Aplicadoras

Leia mais

DESLIGAMENTO PROGRAMADO

DESLIGAMENTO PROGRAMADO DESLIGAMENTO PROGRAMADO A AMPLA avisa aos seus clientes a interrupção temporária do fornecimento de energia ocasionada pela necessidade de execução de serviços de manutenção/obras nos seguintes horários

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 07, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2011

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 07, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2011 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 07, DE 18 DE FEVEREIRO

Leia mais

REGULAMENTO DOS CONCURSOS DE QUALIDADE: CUP OF EXCELLENCE NATURAL LATE HARVEST

REGULAMENTO DOS CONCURSOS DE QUALIDADE: CUP OF EXCELLENCE NATURAL LATE HARVEST PROJETO CAFES ESPECIAIS BRASILEIROS REGULAMENTO DOS CONCURSOS DE QUALIDADE: CUP OF EXCELLENCE EARLY HARVEST e CUP OF EXCELLENCE NATURAL LATE HARVEST Artigo 1 O concurso Cup of Excellence Early Harvest

Leia mais

PORTARIA GM Nº 1.278, DE 25 DE JUNHO DE 2008

PORTARIA GM Nº 1.278, DE 25 DE JUNHO DE 2008 PORTARIA GM Nº 1.278, DE 25 DE JUNHO DE 2008 Redefine os limites financeiros destinados ao custeio da Nefrologia (TRS), dos Estados, Distrito Federal e Municípios. O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso

Leia mais

Já sabe como funciona hoje a governança ambiental pública e privada?

Já sabe como funciona hoje a governança ambiental pública e privada? CONVITE Caro (a) jornalista, Você conhece a fundo o novo Código Florestal, uma das leis mais importantes do Brasil, visto que o País é uma das principais potências agrícolas do mundo e preserva 63% da

Leia mais

Assembléia Legislativa do Estado do Paraná Centro Legislativo Presidente Aníbal Khury Comissão de Constituição e Justiça

Assembléia Legislativa do Estado do Paraná Centro Legislativo Presidente Aníbal Khury Comissão de Constituição e Justiça SUBSTITUTIVO GERAL AO PROJETO DE LEI 307/2003. SÚMULA: Veda o cultivo, a manipulação, a importação, a industrialização e a comercialização de Organismos Geneticamente Modificados (OGMs) no Estado do Paraná,

Leia mais

PROJETO DE INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº, DE DE DE 2009

PROJETO DE INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº, DE DE DE 2009 PROJETO DE INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº, DE DE DE 2009 O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87, parágrafo único, inciso II, da Constituição,

Leia mais

Rainforest Alliance Certified TM

Rainforest Alliance Certified TM Secretaría de la Red de Agricultura Sostenible Rainforest Alliance P. O. Box 11029 1000 San José Costa Rica standards@sanstandards.org Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Anual

Leia mais

DOU de 30/07/2015 (nº 144, Seção 1, pág. 73) DENATRAN - Departamento Nacional de Trânsito PORTARIA Nº 95, DE 28 DE JULHO DE 2015

DOU de 30/07/2015 (nº 144, Seção 1, pág. 73) DENATRAN - Departamento Nacional de Trânsito PORTARIA Nº 95, DE 28 DE JULHO DE 2015 DOU de 30/07/2015 (nº 144, Seção 1, pág. 73) DENATRAN - Departamento Nacional de Trânsito PORTARIA Nº 95, DE 28 DE JULHO DE 2015 Estabelece regras e padronização de documentos para arrecadação de multas

Leia mais

AVISO DE VENDA DE ARROZ EM CASCA Nº 229/2013

AVISO DE VENDA DE ARROZ EM CASCA Nº 229/2013 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO Conab DIRETORIA DE OPERAÇÕES E ABASTECIMENTO Dirab SUPERINTENDÊNCIA DE OPERAÇÕES COMERCIAIS Suope GERÊNCIA DE

Leia mais

POUSADA PERPETUO SOCORRO POUSADA SANTA CLARA POUSADA PAI ETERNO POUSADA SANTUÁRIO NOVO POUSADA MARINA TORRANO POUSADA ÁGAPE

POUSADA PERPETUO SOCORRO POUSADA SANTA CLARA POUSADA PAI ETERNO POUSADA SANTUÁRIO NOVO POUSADA MARINA TORRANO POUSADA ÁGAPE 39 POUSADA PERPETUO SOCORRO Responsável: Luiz e Rosa Endereço: Av. Constantino Xavier, n.87 - Setor Ana Rosa - (Frente a Via Sacra) Fone: (62) 3506 4139/(62) 8597 0027/ (62) 9122 5427 Site: www.pousadaperpetuosocorro.com.br

Leia mais

1. Resumo. Norma de Qualidade Recomendável e Boas Práticas de Fabricação de Cafés Torrados em Grão e Cafés Torrados e Moídos

1. Resumo. Norma de Qualidade Recomendável e Boas Práticas de Fabricação de Cafés Torrados em Grão e Cafés Torrados e Moídos Página 1 de 8 1. Resumo Esta norma estabelece requisitos técnicos para a concessão do Símbolo da Qualidade ABIC do Programa da Qualidade do Café ABIC (PQC). Ela foi elaborada pela equipe técnica da ABIC

Leia mais

Farinha de Rocha no Enriquecimento Alimentar de Galinhas Poedeiras

Farinha de Rocha no Enriquecimento Alimentar de Galinhas Poedeiras CADERNO DE BOAS PRÁTICAS DE ATER NA AGRICULTURA FAMILIAR E NA REFORMA AGRÁRIA Farinha de Rocha no Enriquecimento Alimentar de Galinhas Poedeiras CATEGORIA: ATER E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL (a. sistemas

Leia mais

PORTARIA MMA Nº 445, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2014

PORTARIA MMA Nº 445, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2014 PORTARIA MMA Nº 445, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2014 A MINISTRA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE, no uso de suas atribuições, e tendo em vista o disposto na Lei nº 10.683, de 28 de maio de 2003, nos Decretos no 6.101,

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITI DO TOCANTINS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITI DO TOCANTINS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA CHAMADA PÚBLICA N.º- 01/2015, PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR COM DISPENSA DE LICITAÇÃO, LEI N.º 11.947, DE 16/06/2009, RESOLUÇÃO N.º 38 DO FNDE,

Leia mais

Ministério Público do Rio de Janeiro Av. Marechal Câmara, 370 Centro CEP 20020-080 (em frente ao Protocolo)

Ministério Público do Rio de Janeiro Av. Marechal Câmara, 370 Centro CEP 20020-080 (em frente ao Protocolo) Pontos de coleta Rio de Janeiro Clube Naval Av. Rio Branco, 180 Centro Rio de Janeiro Primeira Igreja Batista do Recreio Rua Helena Manela, 101, Recreio, Rio de Janeiro Superintendência Regional da Receita

Leia mais

Regularidade Fiscal Ipiranga (Matriz e Filiais)

Regularidade Fiscal Ipiranga (Matriz e Filiais) Regularidade Fiscal Ipiranga (Matriz e Filiais) Regularidade Fiscal Ipiranga (Matriz) https://www.sifge.caixa.gov.br/empresa/crf/crf/fgecfsimprimirpapel.asp?varpes... Página 1 de 1 05/02/2013 Certificado

Leia mais

Instrução Normativa MAPA 64/2009 (D.O.U. 17/12/2009)

Instrução Normativa MAPA 64/2009 (D.O.U. 17/12/2009) Page 1 of 10 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento BINAGRI - SISLEGIS Instrução Normativa MAPA 64/2009 (D.O.U. 17/12/2009) MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO GABINETE DO

Leia mais

FETTROMINAS FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES EM TRANSPORTES RODOVIÁRIOS NO ESTADO DE MINAS GERAIS Presidente: Antônio da Costa Miranda Site:

FETTROMINAS FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES EM TRANSPORTES RODOVIÁRIOS NO ESTADO DE MINAS GERAIS Presidente: Antônio da Costa Miranda Site: FETTROMINAS FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES EM TRANSPORTES RODOVIÁRIOS NO ESTADO DE MINAS GERAIS Presidente: Antônio da Costa Miranda Site: www.fettrominas.com.br E-mail: fettrominas@fettrominas.com.br Endereço:

Leia mais

RESOLUÇÃO RDC N 7, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2011

RESOLUÇÃO RDC N 7, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2011 RESOLUÇÃO RDC N 7, DE 18 DE FEVEREIRO DE 11 Legislações ANVISA Ter, 22 de Fevereiro de 11 RESOLUÇÃO RDC N 7, DE 18 DE FEVEREIRO DE 11 Dispõe sobre limites máximos tolerados (LMT) para micotoxinas em alimentos.

Leia mais

ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO

ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO DEPENDÊNCIA: TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - 3A REGIAO MG - SECRETARIA DE MATERIAL E PATRIMONIO - (MG) LICITAÇÃO: (Ano: 2008/ TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - 3A REGIAO MG

Leia mais

Mistura de Grãos Integral PA0551. Arroz para Risoto Crocante PA0550. Mistura de Grãos para Receitas com Frutos do Mar PA0553

Mistura de Grãos Integral PA0551. Arroz para Risoto Crocante PA0550. Mistura de Grãos para Receitas com Frutos do Mar PA0553 CATÁLOGO DE PRODUTOS 2015 para Risoto Crocante PA0550 Integral PA0551 para Receitas com Frutos do Mar PA0553 para Receitas do Mediterrâneo PA0555 Selvagem PA0542 Premium para Risotos PA0543 Koshihikari

Leia mais

Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal SIPOV. Helena Pan Rugeri Engª Agrº Fiscal Federal Agropecuário

Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal SIPOV. Helena Pan Rugeri Engª Agrº Fiscal Federal Agropecuário Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal SIPOV Helena Pan Rugeri Engª Agrº Fiscal Federal Agropecuário DEFESA AGROPECUÁRIA Áreas de atuação: 1 - INSUMOS: sementes, fertilizantes, agrotóxicos,

Leia mais

Escolas Agrotécnicas Federais

Escolas Agrotécnicas Federais Escolas Agrotécnicas Federais AL Escola Agrotécnica Federal de Satuba R. 17 de Agosto, s/nº - Zona Rural Satuba - AL CEP: 57120-000 Telefone: (82) 266-1141 / 266-1142 Fax: (82) 266-1142 R. 250 E-mail /

Leia mais

Portaria nº. 64. De 11 de Janeiro de 2005

Portaria nº. 64. De 11 de Janeiro de 2005 Portaria nº. 64. De 11 de Janeiro de 2005 O Ministro da Educação, usando da competência que lhe foi delegada pelo Decreto nº. 3.860, de 09 de julho de 2001, alterado pelo Despacho nº. 2.516/2004, da Secretaria

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS NÚCLEO DE SELEÇÃO. PROCESSO SELETIVO 2008/1 1ª Fase - Prova de Conhecimentos Gerais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS NÚCLEO DE SELEÇÃO. PROCESSO SELETIVO 2008/1 1ª Fase - Prova de Conhecimentos Gerais s dos Locais de Realização da Prova Anápolis FACULDADE LATINO AMERICANA Av. Universitária, n. 683-Centro - Anápolis-GO Caldas Novas UEG-UNID. UNIV. DE CALDAS NOVAS Rua B 08, Qd. 18, s/n-parque das Brisas

Leia mais

AVISO DE VENDA DE CAFÉ EM GRÃOS Nº 088/11

AVISO DE VENDA DE CAFÉ EM GRÃOS Nº 088/11 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO Conab DIRETORIA DE OPERAÇÕES E ABASTECIMENTO Dirab SUPERINTENDÊNCIA DE OPERAÇÕES COMERCIAIS Suope GERÊNCIA DE

Leia mais

RESOLUÇÃO DE DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº. 273, DE 22 DE SETEMBRO DE 2005.

RESOLUÇÃO DE DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº. 273, DE 22 DE SETEMBRO DE 2005. RESOLUÇÃO DE DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº. 273, DE 22 DE SETEMBRO DE 2005. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso da atribuição que lhe confere o art. 11 inciso IV do

Leia mais

Incentivar o Etanol e o Biodiesel. (Promessa 13 da planilha 1) Entendimento:

Incentivar o Etanol e o Biodiesel. (Promessa 13 da planilha 1) Entendimento: Incentivar o Etanol e o Biodiesel (Promessa 13 da planilha 1) Entendimento: O governo adota medidas econômicas de forma a ampliar relativamente o emprego dos dois combustíveis. O termo ampliar relativamente

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE GERÊNCIA DE SAÚDE MENTAL

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE GERÊNCIA DE SAÚDE MENTAL GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE GERÊNCIA DE SAÚDE MENTAL RELAÇÃO DOS HOSPITAIS PSIQUIÁTRICOS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REGIÃO CENTRO SUL Três Rios Clínica de Repouso

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO DO CAFÉ

REGULAMENTO TÉCNICO DO CAFÉ n.º 046 Julho - 2010 REGULAMENTO TÉCNICO DO CAFÉ Instrução Normativa n.º 16/2010 Com a publicação da nova Instrução Normativa do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento MAPA no último dia 24

Leia mais

Data: 24/11/2012 Assunto:

Data: 24/11/2012 Assunto: Veículo: Rede Lajeado Data: 24/11/2012 Assunto: Pesquisa e indústria incrementam consumo do café pelos brasileiros http://www.redelajeado.com.br/2012/11/24/pesquisa-e-industria-de-cafe-incrementam-consumo-doproduto-pelos-brasileiros/

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA CONJUNTA SDA/SDC/ANVISA/IBAMA Nº 1, DE 24 DE MAIO DE 2011.

INSTRUÇÃO NORMATIVA CONJUNTA SDA/SDC/ANVISA/IBAMA Nº 1, DE 24 DE MAIO DE 2011. INSTRUÇÃO NORMATIVA CONJUNTA SDA/SDC/ANVISA/IBAMA Nº 1, DE 24 DE MAIO DE 2011. O SECRETÁRIO DE DEFESA AGROPECUÁRIA DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO - MAPA, o SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Resolução RDC nº 273, de 22 de setembro de 2005

Resolução RDC nº 273, de 22 de setembro de 2005 Resolução RDC nº 273, de 22 de setembro de 2005 Aprova o "REGULAMENTO TÉCNICO PARA MISTURAS PARA O PREPARO DE ALIMENTOS E ALIMENTOS PRONTOS PARA O CONSUMO". D.O.U. - Diário Oficial da União; Poder Executivo,

Leia mais

Bahia. R$ 230 Rua Monte Conselho, 555 Rio Vermelho, Salvador - BA Tel.: (71) 2103 2233 Incluso no pacote: Café da manhã e estacionamento

Bahia. R$ 230 Rua Monte Conselho, 555 Rio Vermelho, Salvador - BA Tel.: (71) 2103 2233 Incluso no pacote: Café da manhã e estacionamento Bahia Bahia Salvador Golden Tulip Rio Vermelho R$ 230 Rua Monte Conselho, 555 Rio Vermelho, Salvador - BA Tel.: (71) 2103 2233 DBL Tulip Inn Centro de Convenções R$ 220 DBL R. Dr. Augusto Lopes Pontes,

Leia mais

Guia de serviços em TELÊMACO BORBA

Guia de serviços em TELÊMACO BORBA Guia de serviços em TELÊMACO BORBA Hotel Apollo 27 quartos Av. Chanceler Horácio Laffer, 1111 - Centro (42) 3273-2390 Hotel Imperatriz 38 quartos Av. Horácio Klabin, 719 - Centro (42) 3272-0398 Hotel Itália

Leia mais

Av. Deputado Álvaro Sales, 745 - Bairro Rua Nova,

Av. Deputado Álvaro Sales, 745 - Bairro Rua Nova, LOTE 5 - GOVERNADOR VALADARES Av. Deputado Álvaro Sales, 745 - Bairro Rua Nova, Regina Célia Coutinho Nogueira 1 AIMORÉS 257 300 (33) 3267-1386 485 Pereira 2 ALMENARA 230 525 Rua Lívio Fróes Otoni, 96

Leia mais

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Organização Internacional do Café - OIC Londres, 21 de setembro de 2010. O Sistema Agroindustrial do Café no Brasil - Overview 1 Cafés

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA O DIA 27 DE AGOSTO DE 2014

PROGRAMAÇÃO PARA O DIA 27 DE AGOSTO DE 2014 PROGRAMAÇÃO PARA O DIA 27 DE AGOSTO DE 2014 Para que você possa se programar com antecedência e maior segurança, a ENERGISA informa que necessitará interromper o fornecimento de energia para realizar manutenção

Leia mais

1º Sorteio. 2º Sorteio

1º Sorteio. 2º Sorteio RELAÇÃO DOS PREMIADOS DA SEMANA Data:23/08/2015 - Extração: 21 - Numero CG: 15414.901220/2013-91 1º Sorteio 5 Mil Reais Título: 77.694 Distribuidor: Leivas - (35) 8701-6650 Lavras Shopping - Jorge Jamil

Leia mais

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE ALIMENTOS OUTUBRO DE 2015 PRODUTOS INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NO BRASIL 2012 EXPORTAÇÕES US$ 43 Bilhões (23%) 23% Ásia 22% União Europeia FATURAMENTO

Leia mais

IV - somente tiverem registro de importação em data anterior a 12 de agosto de 1997.

IV - somente tiverem registro de importação em data anterior a 12 de agosto de 1997. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO GABINETE DO MINISTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 6, DE 16 DE MAIO DE 2005 O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso da atribuição

Leia mais

CONTROLE HIGIÊNICO- SANITÁRIO DE PRODUTOS VEGETAIS

CONTROLE HIGIÊNICO- SANITÁRIO DE PRODUTOS VEGETAIS Secretaria de Defesa Agropecuária Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal CONTROLE HIGIÊNICO- SANITÁRIO DE PRODUTOS VEGETAIS Brasília/DF, 26 de novembro de 2010 LUZIA M. SOUZA FFA(ENGª AGRª,

Leia mais

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação Endereços das Secretarias Estaduais de Educação ACRE MARIA CORRÊA DA SILVA Secretária de Estado da Educação do Acre Rua Rio Grande do Sul, 1907- Aeroporto Velho CEP: 69903-420 - Rio Branco - AC Fone: (68)

Leia mais

RELAÇÃO INDÚSTRIAS ERVATEIRAS NO ESTADO DO PARANÁ

RELAÇÃO INDÚSTRIAS ERVATEIRAS NO ESTADO DO PARANÁ RELAÇÃO INDÚSTRIAS ERVATEIRAS NO ESTADO DO PARANÁ Antonio Olinto INDÚSTRIA ERVATEIRA ANTONIO OLINTO LTDA Fantasia: Erva Mate Crioula Endereço: Rodovia do Xisto Km 117, s/n - Água Amarela Fone: (42) 3532

Leia mais

AQUISIÇÃO DO GOVERNO FEDERAL -AGF

AQUISIÇÃO DO GOVERNO FEDERAL -AGF AQUISIÇÃO DO GOVERNO FEDERAL -AGF O QUE É A AGF? É a aquisição direta de produto constante da pauta da Política de Garantia de Preço Mínimo pelo Governo Federal. QUANDO É REALIZADA? Quando o preço de mercado

Leia mais

naiara.fernandes@amencocereal.com.br Nº do Processo 21052.016426/2006-43 Validade do Cadastro 08/03/2017

naiara.fernandes@amencocereal.com.br Nº do Processo 21052.016426/2006-43 Validade do Cadastro 08/03/2017 1. AMENCO AGROINDUSTRIAL LTDA (AMENCO) 002.183.774/0001-20 Secadora, Armazenadora e Exportadora de AMENDOIM Endereço Av. Otávio Tulim, nº 7, Complemento 8 CEP: 17.603-821 Responsável Técnico Naiara da

Leia mais