Material de Apoio Profs. Simone Belfort e Ana Paula Alvares

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Material de Apoio Profs. Simone Belfort e Ana Paula Alvares"

Transcrição

1 Material sobre o artigo 651 CLT - COMPETÊNCIA TRT 1ª Região - Analista Judiciária 2003 (FEC) 16. Relativamente à competência territorial (Ratione Loci) está INCORRETO dizer que: A) a ação trabalhista, seja de iniciativa do empregado, seja do empregador, deve ser proposta, em regra, na Vara do Trabalho da localidade onde o empregado presta serviços, ainda que tenha sido contratado noutro local ou no estrangeiro; B) na eventualidade de o empregado ser admitido numa localidade (onde necessariamente o empregador desenvolva atividades) para prestar serviços em outra, poderá ele optar por uma ou outra, ou seja, propor a ação no local da contratação, ou no local da prestação de serviços; C) regramento especial voltado para o agente ou viajante comercial determina que este somente pode reclamar perante a Vara do Trabalho da localidade em que a empresa possua agência ou filial; D) no Direito do Trabalho inexiste o chamado foro de eleição ou contratual, assim chamado aquele que as partes, livremente, escolhem para a propositura das ações oriundas de direitos e obrigações; E) a incompetência de foro (ratione loci) é relativa e, por isso, deve, necessariamente, ser arguida pela parte interessada, sob pena de prorrogação de competência territorial. TRT 1ª Região - Analista Judiciária 2004 (FEC) 33. Um empregado foi contratado em Minas Gerais por uma de agência de turismo brasileira, para prestar serviços de guia turístico a estrangeiros que queriam conhecer o Rio de Janeiro. A Vara do Trabalho competente para julgar possível reclamação trabalhista a ser proposta pelo empregado é a do local onde: A) se encontrava o empregador B) ocorreu o litígio entre as partes C) prestou serviços ao empregador D) foi registrado o contrato de trabalho E) está situada a matriz da firma empregadora TRT - 9ª Região - Analista Judiciário 2004 (FCC) 32. Uma empresa sediada em Curitiba e com filial em Londrina contrata um técnico em São Paulo para trabalhar em Vitória. Havendo rescisão e pretendendo o empregado ajuizar reclamação trabalhista, o local competente para o ajuizado da ação será A) o foro de eleição das partes B) Vitória C) São Paulo ou Vitória D) Curitiba ou São Paulo E) Curitiba ou Vitória TRT - 9ª Região - Execução de Mandados 2004 (FCC) 31. Na reclamação trabalhista proposta por bancário, a competência é definida A) pelo local da sede do Banco empregador B) pelo local da prestação de serviços C) pelo local de escolha do reclamante D) pelo foro de eleição das partes E) por prevenção 1

2 TRT -2ª Região - Execução de Mandados 2004 (FCC) 43. Uma empresa sediada em São Paulo contrata um engenheiro no Rio de Janeiro, onde mantém escritório, para trabalhar em Manaus. Havendo rescisão e pretendendo o empregado ajuizar reclamação trabalhista, o foro competente para o ajuizamento da ação será o de A) São Paulo ou Rio de Janeiro. B) São Paulo ou Manaus. C) São Paulo ou Brasília. D) Manaus ou Brasília. E) Rio de Janeiro ou Manaus. TRT - 8ª Região - Execução de Mandados (FCC) 49. A competência das Varas do Trabalho é determinada pela localidade A) onde o empregado, reclamante ou reclamado, residir com ânimo definitivo, independentemente do local de sua contratação. B) onde o empregado, reclamante ou reclamado, foi contratado, ainda que venha a prestar serviços noutro local ou no estrangeiro. C) onde o empregado, reclamante ou reclamado, prestar serviços ao empregador, ainda que tenha sido contratado noutro local ou no estrangeiro. D) onde está localizada a sede da empresa, ainda que o empregado preste serviços noutro local ou no estrangeiro. E) onde o empregado e empregador estipularem no contrato de trabalho. TRT - 11ª Região - Técnico Judiciário 2005 (FCC) 54. A competência das Varas do Trabalho é determinada pelo local (A) em que o empregado foi contratado. (B) em que reside o empregado. (C) em que está a matriz da empresa. (D) da prestação de serviços. (E) mais conveniente ao trabalhador. TRT - 11ª Região - Analista Judiciário 2005 (FCC) 53. Empregado admitido no Rio de Janeiro, por empresa cuja matriz está estabelecida em São Paulo, após seis meses de trabalho no Rio de Janeiro foi transferido para Manaus, onde trabalhou por um curto período ficando responsável, também, pela regional de Boa Vista. Pretendendo ajuizar reclamação trabalhista, o foro competente será A) São Paulo ou Rio de Janeiro. B) São Paulo ou Manaus. C) São Paulo ou Boa Vista. D) Manaus ou Brasília. E) Manaus ou Rio de Janeiro. TRT - 13ª Região - Analista Judiciário 2005 (FCC) 52. O empregado agente viajante que preste seus serviços a empresa sediada na capital de São Paulo, mas que atenda a todas as cidades do interior do Estado, subordinando-se à filial de Jundiaí, terá sua 2

3 reclamatória trabalhista apreciada, segundo o artigo 651 2º da CLT pela Vara A) do domicílio do trabalhador. B) do domicílio do empregador. C) de Jundiaí. D) de Campinas ou de São Paulo. E) de Jundiaí ou de Campinas. TRT - 13ª Região - Execução de Mandados 2005 (FCC) 52. O empregado contratado em João Pessoa, para prestar serviços em Sergipe, a empregador que promova atividades fora do local do trabalho, poderá apresentar sua reclamação trabalhista A) apenas em João Pessoa. B) apenas em Sergipe C) em qualquer das Varas do Trabalho da 13ª Região, de preferência a que fique mais próxima de seu domicílio. D) apenas na Vara do Trabalho da sede da empresa. E) em João Pessoa ou em Sergipe. TRT 3ª Região - Analista Judiciário 2005 (FCC) 49. Define a competência, na reclamação trabalhista ajuizada por bancário, A) o local em que o empregado foi contratado. B) o local onde se situa a sede do banco empregador. C) o local da prestação dos serviços. D) a vontade do reclamante E) o foro de eleição do contrato de trabalho. TRT 16ª Região - Técnico Judiciário 2005 (CESPE) 71. Um empregado residente em Vitória ES, embora tenha trabalhado para uma empresa durante todo o período do vínculo empregatício na cidade do Rio de Janeiro RJ, deve reclamar direitos devidos pelo empregador em questão em uma vara de Vitória, pois, em decorrência do princípio da proteção ao hipossuficiente, a reclamação deve ser ajuizada no local de residência do empregado, ainda que tenha trabalhado ou sido contratado em outro local TRT 6ª Região - Analista Judiciário / Execução de Mandados 2006 (FCC) 34. É competente para conhecer e julgar reclamações trabalhista ajuizada por empregado, que tem domicílio em Caruaru e foi contratado em Recife, tendo prestado serviços em Cabo de Santo Agostinho para instituição bancária, cuja matriz esta em São Paulo, a Vara do Trabalho de: A) Cabo de Santo Agostinho ou Caruaru. B) Cabo de Santo Agostinho ou São Paulo. C) Recife, apenas. D) Recife ou São Paulo. E) Cabo de Santo Agostinho, apenas 3

4 TRT 20ª Região - Analista Judiciário 2006 (FCC) 52. De acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho, em regra, a competência das Varas do Trabalho é determinada pela localidade onde A) o empregado, reclamante ou reclamado, foi contratado para prestar serviços, exceto se foi contratado no estrangeiro. B) está sediada a empresa empregadora ou o domicílio do empregador quando este for pessoa física. C) o empregado, reclamante ou reclamado, prestar serviços ao empregador, ainda que tenha sido contratado noutro local ou no estrangeiro. D) o empregado, reclamante ou reclamado, foi contratado para prestar serviços, inclusive se foi contratado no estrangeiro. E) está a filial mais próxima da empresa empregadora ou o domicílio do empregador quando este for pessoa física. TRT 24ª Região - Execução de Mandados 2006 (FCC) 50. Isis foi contratada na sede da Empresa empregadora em Campo Grande, para prestar serviços em São Paulo. Posteriormente, foi transferida definitivamente para Goiânia, quando foi dispensada. Considerando que Isis possui residência em Belo Horizonte será competente para conhecer de reclamação trabalhista a(s) Vara(s) do Trabalho da cidade de (questão 46 da prova de Analista Judiciário) A) São Paulo B) Campo Grande C) Goiânia D) Belo Horizonte E) Campo Grande ou Belo Horizonte TRT 9ª Região - Analista Judiciário 2007 (FCC) 38. Nas reclamações trabalhistas, a competência dos juízes do trabalho se define, em regra, pela coincidência da circunscrição judiciária da respectiva vara do trabalho com a localidade onde o empregado tenha prestado seus serviços, ainda que contratado em outro local ou no estrangeiro.contudo, o juiz do trabalho que não tenha competência territorial pode processar e julgar a causa, se não for oposta exceção de incompetência territorial. TRT 19ª Região Técnico Judiciário 2008 (FCC) 44. Márcio laborava para a empresa XWZ na função de auxiliar administrativo, tendo sido dispensado sem justa causa. A empresa empregadora não efetuou corretamente o pagamento das verbas rescisórias, Márcio pretende ingressar com a respectiva reclamação trabalhista. Dessa forma, considerando que Márcio foi dispensado quando laborava em União dos Palmares; que a matriz da empresa XWZ fica na cidade de Maceió; que Márcio foi contratado na filial da empresa em Atalaia e que exerceu suas atividades em Arapiraca nos 2 primeiros anos de sua contratação, de acordo com a CLT, Márcio deverá ingressar com a reclamatória em (A) Atalaia ou Maceió. (B) União dos Palmares. (C) Maceió. (D) Atalaia. (E) União dos Palmares, Maceió ou Arapiraca. 4

5 TRT 19ª Região - Analista Judiciário 2008 (FCC) 47. De acordo com a CLT, com relação à competência em razão do lugar, não estando o empregado viajante comercial subordinado a agência ou filial, mas à matriz da empresa empregadora será competente para apreciar reclamação trabalhista a Vara (A) onde está localizada a matriz ou qualquer uma das agências ou filiais da empresa. (B) do local da última prestação de serviços realizada pelo reclamante. (C) do domicílio do reclamante, apenas. (D) do local da primeira prestação de serviços realizada pelo reclamante. (E) do domicílio do empregado ou localidade mais próxima. TRT 7ª Região - Analista Judiciário (FCC) 56. Joana e Joaquim estudavam em Londres, quando foram contratados pela empresa multinacional D para laborarem em Salvador. Posteriormente, ambos os empregados foram promovidos e passaram a laborar em Fortaleza, local onde foram dispensados sem justa causa. Considerando que, a matriz da empresa empregadora no Brasil é na cidade de Belo Horizonte; que Joana e Joaquim foram contratados pela filial da empresa empregadora em Londres; que Joana é residente e domiciliada em São Paulo; e que Joaquim é residente e domiciliado no Rio de Janeiro. De acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho, em regra, será competente para apreciar a demanda trabalhista proposta por Joana e Joaquim (A) a Vara do Trabalho de Salvador. (B) o órgão competente na cidade de Londres Inglaterra. (C) as Varas do Trabalho de São Paulo e Rio de Janeiro, respectivamente. (D) a Vara do Trabalho de Fortaleza. (E) a Vara do Trabalho de Belo Horizonte. TRT 11ª Região Analista - Área Administrativa (FCC) 53. O trabalhador firmou contrato de trabalho com a empresa no município Alfa para prestar serviços no município Beta. A empresa possui sua sede e domicílio no município Gama. Após ser dispensado o trabalhador, que reside no município Delta, resolve ajuizar ação reclamatória trabalhista para receber seus haveres rescisórios. Neste caso, de acordo com a CLT, deverá ajuizar a reclamatória no município (A) Alfa porque foi o local onde da celebração do contrato. (B) Delta porque é o domicílio do trabalhador reclamante. (C) Gama porque é o domicílio da empresa reclamada. (D) Alfa ou Delta porque o trabalhador poderá optar pelo local da celebração do contrato ou pelo seu domicílio. (E) Beta porque foi o local da prestação dos serviços. Gabaritos: 16 C 33 C 32 C 31 B 43 E 49 C 54 D 53 E 52 C 5

6 52 E 49 C 71 E 34 E 52 C 50 C 38 C 44 B 47 E 56 D 53 E O disposto no artigo 651 3º deve ser interpretado em sintonia com a regra inserida no caput do artigo 651, ou seja, se há ou não limites para a opção que foi dada ao empregado. A hipótese contida no parágrafo é aplicável aos casos em que o empregador desenvolva seus trabalhos em locais incertos, eventuais ou transitórios. Nesse sentindo, Valentin Carrion afirma que a opção do empregado só pode ser entendida nas raras hipóteses em que o empregador desenvolve seu trabalho em locais incertos, eventuais ou transitórios, como é o caso das atividades circenses, artísticas, feiras, exposições, promoções etc. É importante salientar que a questão não é pacífica na doutrina. Para vários autores a regra é aplicável para todo e qualquer empregador quando possua empregados que prestem serviços em locais diversos dos quais é contratado. Amauri Mascaro Nascimento discorre: Mas há que se entender, por empresas que promovam atividades fora do lugar do contrato de trabalho, aquelas que mantêm um empregado transferido, uma vez que por fora da celebração do contrato é preciso entender o local inicial da prestação de serviços e não apenas o local onde o serviço foi ajustado. Assim, empregado transferido para outra localidade pode mover a ação não só perante a Junta da localidade onde está servindo, mas, também, naquela de onde provém e na qual trabalhava antes da transferência. No mesmo sentido Wagner Giglio: A segunda exceção diz respeito a empregadores que realizem atividades fora do local onde são firmados os contratos de trabalho, como acontece com as empresas especializadas em auditorias, instalação de caldeiras, reflorestamento etc. Tais atividades exigem que o empregado se desloque para prestar serviços no local onde são requeridos, por vezes ali permanecendo durante bastante tempo. Prestigiando, ainda uma vez, a facilidade de acesso do empregado às Cortes Trabalhistas, o artigo 651 3º, da Consolidação permite ao empregado, a sua escolha, apresentar reclamações no foro da celebração do contrato ou no da prestação dos respectivos serviços. E a jurisprudência vem entendendo nessa disposição de forma abrangente, ampliando os casos em que o empregado pode propor ação em juízo diverso daquele que seria competente em razão do lugar da prestação dos serviços. 6

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3 DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Ponto 1 Pedro ingressou com reclamação trabalhista contra o estado de São Paulo para ver reconhecido o vínculo de emprego entre ambos, ainda que não tenha havido prévia

Leia mais

Reclamação trabalhista I: petição inicial

Reclamação trabalhista I: petição inicial Reclamação trabalhista I: petição inicial Denominação Daniele Sehli* A petição inicial ordinária na Justiça do Trabalho, consoante artigo 840 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), recebe a denominação

Leia mais

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO 1 1) O DIREITO MATERIAL DE PAGAMENTO POR CONSIGNAÇÃO a) Significado da palavra consignação b) A consignação como forma de extinção da obrigação c) A mora accipiendi 2 c)

Leia mais

Comentários: (Gabarito Letra E). A questão abordou apenas os artigos 770 e 775 da CLT.

Comentários: (Gabarito Letra E). A questão abordou apenas os artigos 770 e 775 da CLT. Olá pessoal! Na aula de hoje comentarei a prova de Processo do Trabalho de Técnico Judiciário do TRT/Campinas que foi aplicada este ano, cuja banca organizadora foi a Fundação Carlos Chagas (FCC). Direito

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Você foi procurado pelo Banco Dinheiro Bom S/A, em razão de ação trabalhista nº XX, distribuída para a 99ª VT de Belém/PA, ajuizada pela ex-funcionária Paula, que

Leia mais

A expressão contrato individual de trabalho tem o mesmo significado das expressões contrato de trabalho e contrato de emprego.

A expressão contrato individual de trabalho tem o mesmo significado das expressões contrato de trabalho e contrato de emprego. 1 Aula 02 1 Contrato individual de trabalho A expressão contrato individual de trabalho tem o mesmo significado das expressões contrato de trabalho e contrato de emprego. 1.1 Conceito O art. 442, caput,

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Nos autos da reclamação trabalhista 1234, movida por Gilson Reis em face da sociedade empresária Transporte Rápido Ltda., em trâmite perante a 15ª Vara do Trabalho

Leia mais

R 25ª AULA = MODELOS 01 ACORDO PARA COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO COLETIVO:

R 25ª AULA = MODELOS 01 ACORDO PARA COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO COLETIVO: R 25ª AULA = MODELOS 01 ACORDO PARA COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO COLETIVO: Pelo presente instrumento, xxxxx (qualificar), com sede nesta Cidade, na Rua xxxxx nº xxxxx, Cep nº xxxxx Bairro xxxxx,

Leia mais

Procedimentos Especiais No Processo do Trabalho. Por Luiz Cesar K. Ayub luiz@ayubeanzzulin.com.br

Procedimentos Especiais No Processo do Trabalho. Por Luiz Cesar K. Ayub luiz@ayubeanzzulin.com.br Procedimentos Especiais No Processo do Trabalho Por Luiz Cesar K. Ayub luiz@ayubeanzzulin.com.br Consignação em Pagamento: A ação de consignação, na Justiça do Trabalho, é substitutiva ao pagamento, para

Leia mais

29/02/2012 CORREÇÃO SIMULADO CONTESTAÇÃO (OAB/RJ COM ADAPTAÇÕES)

29/02/2012 CORREÇÃO SIMULADO CONTESTAÇÃO (OAB/RJ COM ADAPTAÇÕES) Direito do Trabalho Aula 17 2ª Fase Maria Inês Gerardo CORREÇÃO SIMULADO CONTESTAÇÃO Augusto Giuliano e Rui Santoro, devidamente qualificados na inicial, ajuízam em 10/02/2012 uma ação trabalhista em face

Leia mais

1- CONTRATO DE TRABALHO

1- CONTRATO DE TRABALHO 1- CONTRATO DE TRABALHO 1.1 - ANOTAÇÕES NA CARTEIRA DE TRABALHO Quando o empregado é admitido - mesmo em contrato de experiência -, a empresa tem obrigatoriamente que fazer as anotações na carteira de

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Analista de Correios / Administrador AC / Rio Branco 123 1 123,00 Analista de Correios / Técnico em Comunicação Social Atuação: Jornalismo AC / Rio Branco 27 1 27,00 Médico do Trabalho Formação: Medicina

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Controle de Ponto do Trabalhador terceirizado

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Controle de Ponto do Trabalhador terceirizado Controle de Ponto do Trabalhador terceirizado 13/11/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO POR PERÍODO INDETERMINADO DE ESTRANGEIRO PROFISSIONAL NÃO TÉCNICO / ESPECIALISTA

CONTRATO DE TRABALHO POR PERÍODO INDETERMINADO DE ESTRANGEIRO PROFISSIONAL NÃO TÉCNICO / ESPECIALISTA Avenida Paulista 2006, 16º andar 01312-200 São Paulo, SP Brasil Telefone: (+55 11) 32 97 31 21 Fax: (+55 11) 32 97 31 17 Cabinet Chantereaux 22, Place du Général Catroux 75017 Paris FRANCE téléphone: (+33)

Leia mais

003 SAÚDE DA FAMÍLIA COM SAÚDE BUCAL - MOD II

003 SAÚDE DA FAMÍLIA COM SAÚDE BUCAL - MOD II PORTARIA PORTARIA PORTARIA 82 ISSN 677-7042 003 SAÚDE DA FAMÍLIA COM SAÚDE BUCAL - MOD II 5726-AUXILIAR DE ENFERMAGEM DO PSF ou 0729-TECNICO DE ENFERMAGEM DO PSF

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR Tomi Lee Gando, brasileiro, casado, técnico eletricista, portador de CTPS n. 01010, série 010, inscrito no PIS sob o n. 010.010.010-10

Leia mais

Gabarito: Letra C. Esta questão não foi abordada no Programa do TRT/RJ.

Gabarito: Letra C. Esta questão não foi abordada no Programa do TRT/RJ. Olá, amigos leitores e alunos! Alguns alunos informaram-me de que as provas de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho do Concurso de Técnico Judiciário (Técnico Judiciário - Cargo D04 Tipo 001) do

Leia mais

PROVIMENTO GP-CR Nº 03/2012

PROVIMENTO GP-CR Nº 03/2012 PROVIMENTO GP-CR Nº 03/2012 Altera o Provimento GP-CR 01/2009, que dispõe sobre o pagamento de honorários periciais nos casos de justiça gratuita e dá outras providências. A PRESIDÊNCIA E A CORREGEDORIA

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB PADRÃO DE RESPOSTAS PEÇA PROFISSIONAL Contratado pela empresa Clínica das Amendoeiras, em razão de uma reclamação trabalhista proposta em 12.12.2012 pela empregada Jussara Péclis (número 1146-63.2012.5.18.0002,

Leia mais

PRÁTICA TRABALHISTA Prof. Leone Pereira e Profa. Renata Orsi

PRÁTICA TRABALHISTA Prof. Leone Pereira e Profa. Renata Orsi Prof. Leone Pereira e Profa. Renata Orsi RECLAMAÇÃO TRABALHISTA Gustavo Mendes foi contratado, em 12/07/2006, pelo Hospital Saúde Perfeita LTDA. para exercer a função de auxiliar de enfermagem, com salário

Leia mais

OAB/SP 136.º EXAME DE ORDEM/2008 PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL. Direito do Trabalho PEÇA PROFISSIONAL PONTO 1

OAB/SP 136.º EXAME DE ORDEM/2008 PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL. Direito do Trabalho PEÇA PROFISSIONAL PONTO 1 OAB/SP 136.º EXAME DE ORDEM/2008 PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL Direito do Trabalho PEÇA PROFISSIONAL PONTO 1 O secretário de relações do trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego, com atuação em Brasília

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO CFC N.º 1.166/09 Dispõe sobre o Registro Cadastral das Organizações Contábeis. regimentais, O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e RESOLVE: CAPÍTULO I

Leia mais

Como é do conhecimento de V.S.ª o Recolhimento da Contribuição Sindical de todas as Instituições Financeiras enquadradas neste Sindicato, a saber:

Como é do conhecimento de V.S.ª o Recolhimento da Contribuição Sindical de todas as Instituições Financeiras enquadradas neste Sindicato, a saber: São Paulo, 06 de janeiro de 2015 Às Empresas com atividades econômicas enquadradas no âmbito do Sindicato das Sociedades de Crédito, Financiamento e Investimento do Estado de São Paulo. Ref.: Contribuição

Leia mais

Tabela 11 - Capacidade total de hóspedes, por tipos de estabelecimentos, segundo os Municípios das Capitais - 2011

Tabela 11 - Capacidade total de hóspedes, por tipos de estabelecimentos, segundo os Municípios das Capitais - 2011 segundo os - 2011 Total Suítes Apartamentos Quartos (continua) Chalés Total 554 227 92 908 442 600 15 526 3 193 Porto Velho 5 028 293 4 569 104 62 Rio Branco 2 832 30 2 779 23 - Manaus 14 212 1 349 12

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIV EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIV EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Síntese da entrevista realizada com Heitor Samuel Santos, brasileiro, solteiro, desempregado, filho de Isaura Santos, portador da identidade 559, CPF 202, residente

Leia mais

GABARITO 6ª PERÍODO PEÇA PRÁTICA PROVA SIMULADA OAB

GABARITO 6ª PERÍODO PEÇA PRÁTICA PROVA SIMULADA OAB GABARITO 6ª PERÍODO PEÇA PRÁTICA PROVA SIMULADA OAB Alexandre de Morais celebrou com a Seguradora Garantido Ltda., um contrato padrão de Plano de Saúde denominado "Seguro Para Sua Saúde", pelo qual teria

Leia mais

Conselho da Justiça Federal

Conselho da Justiça Federal RESOLUÇÃO Nº 440, DE 30 DE MAIO DE 2005 Dispõe sobre o pagamento de honorários de advogados dativos, peritos, tradutores e intérpretes, em casos de assistência judiciária gratuita e disciplina os procedimentos

Leia mais

PONTO 1: Execução Trabalhista. Fase de Liquidação de Sentença Trabalhista é uma fase preparatória da execução trabalhista art. 879 da CLT.

PONTO 1: Execução Trabalhista. Fase de Liquidação de Sentença Trabalhista é uma fase preparatória da execução trabalhista art. 879 da CLT. 1 DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PONTO 1: Execução Trabalhista 1. EXECUÇÃO TRABALHISTA: ART. 876 ART. 892 da CLT Fase de Liquidação de Sentença Trabalhista é uma fase preparatória da execução trabalhista

Leia mais

Contribuição Sindical Patronal

Contribuição Sindical Patronal Contribuição Sindical Patronal Aspectos Legais O recolhimento da contribuição sindical é obrigatório conforme se verifica nos artigos 578, 579 e 580 da Consolidação das Leis do Trabalho: TÍTULO V - DA

Leia mais

Resumo Aula-tema 02: Fontes, princípios, renúncia e transação do Direito do Trabalho.

Resumo Aula-tema 02: Fontes, princípios, renúncia e transação do Direito do Trabalho. Resumo Aula-tema 02: Fontes, princípios, renúncia e transação do Direito do Trabalho. O propósito dessa aula é reconhecer quais os lugares de onde se originam os direitos trabalhistas, onde procurá-los

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 5.120-C, DE 2001. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 5.120-C, DE 2001. O CONGRESSO NACIONAL decreta: COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 5.120-C, DE 2001 Dispõe sobre as atividades das Agências de Turismo. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º Esta Lei dispõe

Leia mais

JI WrIlei. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

JI WrIlei. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ).,, JI WrIlei ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO n 041.2007.001993-4/001 RELATOR: Eduardo José de Carvalho Soares

Leia mais

Gerenciamento de Resíduos Sólidos nos Terminais Rodoviários

Gerenciamento de Resíduos Sólidos nos Terminais Rodoviários Gerenciamento de Resíduos Sólidos nos Terminais Rodoviários Julho/2010 A SOCICAM Empresa brasileira de tecnologia e serviços voltados para sistemas de integração de transportes. Fundada em 1972, responde

Leia mais

[Nota: os instrumentos de alteração contratual devem conter o número de registro da sociedade no CNPJ e o número de inscrição da sociedade na OAB/ES]

[Nota: os instrumentos de alteração contratual devem conter o número de registro da sociedade no CNPJ e o número de inscrição da sociedade na OAB/ES] ... ª ALTERAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DO CONTRATO SOCIAL DA SOCIEDADE DE ADVOGADOS...(nome da Sociedade)... [Nota: os instrumentos de alteração contratual devem conter o número de registro da sociedade no CNPJ

Leia mais

Art. 22 NCPC. Compete, ainda, à autoridade judiciária brasileira processar e julgar as ações:

Art. 22 NCPC. Compete, ainda, à autoridade judiciária brasileira processar e julgar as ações: 1. Jurisdição internacional concorrente Art. 22 NCPC. Compete, ainda, à autoridade judiciária brasileira processar e julgar as ações: I de alimentos, quando: a) o credor tiver domicílio ou residência no

Leia mais

Acesso ao Tribunal Constitucional: Possibilidade de ações movidas por estrangeiros

Acesso ao Tribunal Constitucional: Possibilidade de ações movidas por estrangeiros Acesso ao Tribunal Constitucional: Possibilidade de ações movidas por estrangeiros Os direitos fundamentais previstos na Constituição brasileira de 1988 são igualmente garantidos aos brasileiros e aos

Leia mais

Prática Jurídica 1. Verônica Duarte Empresarial Karen - Trabalhista

Prática Jurídica 1. Verônica Duarte Empresarial Karen - Trabalhista Prática Jurídica 1 Verônica Duarte Empresarial Karen - Trabalhista 17/02 Quanto à bibliografia, a professora recomenda apenas o Curso de direito processual do trabalho de Carlos Henrique Bezerra Leite.

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO CFC N.º 1.390/12 Dispõe sobre o Registro Cadastral das Organizações Contábeis. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLVE: CAPÍTULO I

Leia mais

Ações Coletivas 7ª e 8ª horas extras Banco do Brasil

Ações Coletivas 7ª e 8ª horas extras Banco do Brasil Ações Coletivas 7ª e 8ª horas extras Banco do Brasil I. Introdução Com a implementação do novo Plano de Funções imposto pela diretoria do BB, em janeiro, surgiu uma grande demanda por informações sobre

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE TRABALHO TEMPORÁRIO

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE TRABALHO TEMPORÁRIO PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE TRABALHO TEMPORÁRIO 1. A empresa prestadora de serviços de trabalho temporário pode ter mais de uma atividade econômica? Sim. Desde que a atividade de locação de mão-de-obra

Leia mais

Como é do conhecimento de V.S.ª o Recolhimento da Contribuição Sindical de todas as Instituições Financeiras enquadradas neste Sindicato, a saber:

Como é do conhecimento de V.S.ª o Recolhimento da Contribuição Sindical de todas as Instituições Financeiras enquadradas neste Sindicato, a saber: São Paulo, 11 de janeiro de 2012 Às Empresas com atividades econômicas enquadradas no âmbito do Sindicato das Sociedades de Crédito, Financiamento e Investimento do Estado de São Paulo. Ref.: Contribuição

Leia mais

LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011

LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011 LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011 "AUTORIZA ASSINATURA DE CONVÊNIO E CONCEDE CONTRIBUIÇÃO CORRENTE ESPECIAL À ASSOCIAÇÃO DESENVOLVIMENTO DAS BANDEIRINHAS & DETERMINA OUTRAS PROVIDÊNCIAS" A Câmara Municipal

Leia mais

MINISTÉRIO DO ESPORTE

MINISTÉRIO DO ESPORTE MATRIZ DE RESPONSABILIDADES QUE ENTRE SI CELEBRAM OS ENTES FEDERATIVOS ABAIXO NOMINADOS COM O OBJETIVO DE VIABILIZAR A EXECUÇÃO DAS AÇÕES GOVERNAMENTAIS NECESSÁRIAS À REALIZAÇÃO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-156300-95.2009.5.01.0074. A C Ó R D Ã O (4.ª Turma) GMMAC/r4/asd/eo/h/j

PROCESSO Nº TST-RR-156300-95.2009.5.01.0074. A C Ó R D Ã O (4.ª Turma) GMMAC/r4/asd/eo/h/j A C Ó R D Ã O (4.ª Turma) GMMAC/r4/asd/eo/h/j RECURSO DE REVISTA. DISPENSA POR JUSTA CAUSA. QUITAÇÃO DE VERBAS RESCISÓRIAS. PRAZO. ART. 477, 6.º, ALÍNEA B, DA CLT. AFASTAMENTO DA MULTA. De acordo com o

Leia mais

TERCEIRA ALTERAÇÃO CONTRATUAL DA SOCIEDADE: AVANTI EVENTOS LTDA CNPJ/MF N.º 05.565.240/0001-57 NIRE 412.0497127-0 folha 1 de 6

TERCEIRA ALTERAÇÃO CONTRATUAL DA SOCIEDADE: AVANTI EVENTOS LTDA CNPJ/MF N.º 05.565.240/0001-57 NIRE 412.0497127-0 folha 1 de 6 folha 1 de 6 Os abaixo identificados e qualificados: 1) MARILIA SANTOS MAIA, brasileira, viúva, empresária, inscrita no CPF/MF sob n o 605.877.769-00, portadora da carteira de identidade RG nº. 874.820-0

Leia mais

O Contrato basicamente estipula prioridade no atendimento de suas necessidades de atendimento e cobre os seguintes ítens:

O Contrato basicamente estipula prioridade no atendimento de suas necessidades de atendimento e cobre os seguintes ítens: Descrição do Serviço A Manutenção Preventiva de Equipamentos e Software Básico é um serviço que evita ao máximo que os nossos clientes venham a ter contratempos e problemas com os equipamentos e com o

Leia mais

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF 032/2014 - PGM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica

Leia mais

O empregado caminhando na empresa, cai e se machuca vai pedir uma indenização na justiça do trabalho. (empregado x empregador);

O empregado caminhando na empresa, cai e se machuca vai pedir uma indenização na justiça do trabalho. (empregado x empregador); Turma e Ano: Flex B (2014) Matéria / Aula: Processo do Trabalho / Aula 04 Professor: Leandro Antunes Conteúdo: Procedimento Sumário, Procedimento Sumaríssimo. A competência para julgar acidente de trabalho:

Leia mais

CIRCULAR CEF Nº 506, DE 01 DE FEVEREIRO DE 2010 DOU 02.02.2010

CIRCULAR CEF Nº 506, DE 01 DE FEVEREIRO DE 2010 DOU 02.02.2010 CEF - Circular nº 506/2010 2/2/2010 CIRCULAR CEF Nº 506, DE 01 DE FEVEREIRO DE 2010 DOU 02.02.2010 Dispõe sobre condições e procedimentos operacionais para a formalização do Termo de Habilitação aos créditos

Leia mais

Aula Toque de Mestre

Aula Toque de Mestre Aula Toque de Mestre Trabalho Noturno Conceito: Antes de conceituar o trabalho noturno, é importante falar do aspecto desgastante que este tipo de trabalho provoca ao empregado. Sob o ponto de vista biológico,

Leia mais

NÚCLEO PREPARATÓRIO DE EXAME DE ORDEM

NÚCLEO PREPARATÓRIO DE EXAME DE ORDEM ENDEREÇAMENTO E QUALIFICAÇÃO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA... VARA DO TRABALHO DE... A, estado civil..., profissão..., portador do RG nº..., inscrito no CPF nº..., portador da CTPS..., série...,

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO TRT 2ª REGIÃO 2008 ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA JUDICIÁRIA PARTE I

CONCURSO PÚBLICO TRT 2ª REGIÃO 2008 ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA JUDICIÁRIA PARTE I CONCURSO PÚBLICO TRT 2ª REGIÃO 2008 ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA JUDICIÁRIA PARTE I No dia 16 de novembro de 2008, 94.808 candidatos prestaram o concorrido concurso público para os cargos de analista judiciário

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03, DE 1º DE SETEMBRO DE 1997. Art. 1º Baixar as seguintes instruções a serem observadas pela Fiscalização do Trabalho.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03, DE 1º DE SETEMBRO DE 1997. Art. 1º Baixar as seguintes instruções a serem observadas pela Fiscalização do Trabalho. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03, DE 1º DE SETEMBRO DE 1997 Dispõe sobre a fiscalização do trabalho nas empresas de prestação de serviços a terceiros e empresas de trabalho temporário. O MINISTRO DE ESTADO DE

Leia mais

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO.

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO. EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO...., brasileiro, casado, médico, portador da Cédula de Identidade RG nº... - SSP/SP, inscrito no CPF/MF sob nº... com

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC N.º 1.371/11 Dispõe sobre o Registro das Entidades Empresariais de Contabilidade. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLVE: CAPÍTULO

Leia mais

PLANO DE ENSINO PRÁTICA TRABALHISTA Prof. Fabrício Gonçalves Zipperer

PLANO DE ENSINO PRÁTICA TRABALHISTA Prof. Fabrício Gonçalves Zipperer PLANO DE ENSINO PRÁTICA TRABALHISTA Prof. Fabrício Gonçalves Zipperer Estágio Supervisionado II 80 horas/aula 1. Organização da Justiça do Trabalho: 1.1. Composição e funcionamento do TST; 1.2. Composição

Leia mais

PREVIDÊNCIA SIMULADO 02

PREVIDÊNCIA SIMULADO 02 PREVIDÊNCIA SIMULADO 02 Nas questões de 01 a 10, marque a alternativa correta: 01) I. Os beneficiários da previdência social subdividem se em dependentes e segurados. Já os segurados, podem ser obrigatórios

Leia mais

PROJETO DE LEI DA CUT PARA A REGULAMENTAÇÃO DA TERCEIRIZAÇÃO NAS EMPRESAS PRIVADAS E DE ECONOMIA MISTA

PROJETO DE LEI DA CUT PARA A REGULAMENTAÇÃO DA TERCEIRIZAÇÃO NAS EMPRESAS PRIVADAS E DE ECONOMIA MISTA PROJETO DE LEI DA CUT PARA A REGULAMENTAÇÃO DA TERCEIRIZAÇÃO NAS EMPRESAS PRIVADAS E DE ECONOMIA MISTA O texto que se segue foi elaborado pela CUT, por meio do GT Terceirização, coordenado pela Secretaria

Leia mais

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 EQUIPE TÉCNICA DO IPETURIS Coordenação: Mariana Nery Pesquisadores: César Melo Tamiris Martins Viviane Silva Suporte: Gerson

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO. Empregado Preso

CONTRATO DE TRABALHO. Empregado Preso CONTRATO DE TRABALHO Empregado Preso Muitas dúvidas surgem quando o empregador toma conhecimento que seu empregado encontra-se preso. As dúvidas mais comuns são no sentido de como ficará o contrato de

Leia mais

EXMO. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DO TRABALHO DE

EXMO. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DO TRABALHO DE EXMO. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DO TRABALHO DE José, nacionalidade, estado civil, profissão, RG, CPF, CTPS, PIS, residente e domiciliado na, vem, respeitosamente, perante V. Exa., por meio de seu advogado,

Leia mais

CONTRATO SOCIAL DA SOCIEDADE DE ADVOGADOS

CONTRATO SOCIAL DA SOCIEDADE DE ADVOGADOS CONTRATO SOCIAL DA SOCIEDADE DE ADVOGADOS -------------------------------- [Nota: os instrumentos de alteração contratual devem contem o número de registro da sociedade no CNPJ e o número de inscrição

Leia mais

ACORDO PARA FLEXIBILIZAÇÃO DE JORNADA DE TRABALHO E FÉRIAS COLETIVAS

ACORDO PARA FLEXIBILIZAÇÃO DE JORNADA DE TRABALHO E FÉRIAS COLETIVAS ACORDO PARA FLEXIBILIZAÇÃO DE JORNADA DE TRABALHO E FÉRIAS COLETIVAS Na melhor forma de direito, pelo presente instrumento de conciliação que entre si celebram, de um lado a pessoa jurídica de direito

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº. 006/2013

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº. 006/2013 CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº. 006/2013 PROCESSO ADMNISTRATIVO Nº. 117/2013 Dispensa de Licitação Art. 24, II, da Lei 8.666/93 Pelo presente instrumento que entre si celebram CÂMARA MUNICIPAL DE ALFREDO CHAVES,

Leia mais

Mediador - Extrato Instrumento Coletivo CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013

Mediador - Extrato Instrumento Coletivo CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 Página 1 de 7 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PE001101/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 04/09/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR046128/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46213.015603/2012-53

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Aula 01 Aula 01 DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Prof. Kelly Amorim www.concurseiro24horas.com.br AULA INAUGURAL Este curso é protegido por direitos autorais (copyright), nos termos da Lei n.º 9.610/1998,

Leia mais

CRIMES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - ATUALIZAÇÕES

CRIMES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - ATUALIZAÇÕES CRIMES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - ATUALIZAÇÕES - Evasão de divisas e lavagem de capitais as alterações da Lei 12.683/12 - Investigação de crimes financeiros - Cooperação jurídica internacional

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA O CARGO DE TÉCNICO BANCÁRIO NOVO CARREIRA ADMINISTRATIVA

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA O CARGO DE TÉCNICO BANCÁRIO NOVO CARREIRA ADMINISTRATIVA Técnico Bancário Novo AC Cruzeiro do Sul 1618 CR* Técnico Bancário Novo AC Rio Branco 6648 CR * Técnico Bancário Novo AC Sena Madureira 1065 CR* Técnico Bancário Novo AL Maceió 22524 CR * Técnico Bancário

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES. Parágrafo único. Para efeito do disposto nesta Resolução, considera-se:

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES. Parágrafo único. Para efeito do disposto nesta Resolução, considera-se: RESOLUÇÃO CFC N.º 1.390/12 Dispõe sobre o Registro Cadastral das Organizações Contábeis. regimentais, O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e RESOLVE: CAPÍTULO I

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Rômulo Delgado Silva, brasileiro, viúvo, empresário, portador da identidade 113, CPF 114, residente e domiciliado na Avenida Brás Montes, casa 72 Boa Vista Roraima

Leia mais

MODELO DE MINUTA CONTRATO SOCIAL DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS (RAZÃO SOCIAL ADOTADA)

MODELO DE MINUTA CONTRATO SOCIAL DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS (RAZÃO SOCIAL ADOTADA) MODELO DE MINUTA CONTRATO SOCIAL DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS (RAZÃO SOCIAL ADOTADA) Pelo presente instrumento particular de constituição de sociedade de advogados comparecem as partes a seguir denominadas:

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SRT00004/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 05/02/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR016537/2008 NÚMERO DO PROCESSO: 46000.030806/2008 99 DATA DO

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: DF000311/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 13/05/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR020828/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46206.007783/2013-70

Leia mais

PORTARIA-CONJUNTA Nº 280/2013

PORTARIA-CONJUNTA Nº 280/2013 Publicação: 08/04/13 DJE: 05/04/13 PORTARIA-CONJUNTA Nº 280/2013 Dispõe sobre serviço voluntário no âmbito do Poder Judiciário do Estado de Minas Gerais, para atendimento de demandas afetas à Copa das

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça CONFLITO DE COMPETÊNCIA Nº 87.156 - RJ (2007/0145923-6) RELATOR : MINISTRO SIDNEI BENETI AUTOR : EVANDRO DA SILVA ADVOGADO : CARLOS LIMA CASTRO RÉU : SAINT GOBAIN CANALIZAÇÃO S/A ADVOGADO : HISASHI KATAOKA

Leia mais

OAB/RN RELATÓRIO DE APROVADOS NA PROVA OBJETIVA POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR

OAB/RN RELATÓRIO DE APROVADOS NA PROVA OBJETIVA POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR OAB/RN RELATÓRIO DE APROVADOS NA PROVA OBJETIVA POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR Tabela 01 - Aprovados Prova Objetiva - Exame de Ordem 2009.3, Natal/RN, 2009. UF MUNICÍPIO DA IES IES INSCRITOS PRESENTES

Leia mais

Juiz do Trabalho TRT 11ª Região/2007. Direito do Trabalho:

Juiz do Trabalho TRT 11ª Região/2007. Direito do Trabalho: Olá pessoal, Vamos treinar para a prova do TRT/Paraná, que será no dia 25 de Julho. Selecionei algumas questões da prova de Juiz do Trabalho, organizada pela FCC em 2007, para comentar hoje! Juiz do Trabalho

Leia mais

DISPOSIÇÕES GERAIS APLICAÇÃO DO INSTRUMENTO COLETIVO

DISPOSIÇÕES GERAIS APLICAÇÃO DO INSTRUMENTO COLETIVO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PE001155/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 29/10/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061115/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46213.019465/2013-62 DATA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 010/2005-CAD/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 010/2005-CAD/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 010/2005-CAD/UNICENTRO Celebra Termo de Convênio nº 019/2005 firmado entre a UNICENTRO e Fundação Araucária. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber que o

Leia mais

ESTATUTO PESSOAL REGRAS SOBRE CASAMENTO ESTRANGEIRO

ESTATUTO PESSOAL REGRAS SOBRE CASAMENTO ESTRANGEIRO CONCURSO MANAUSPREV LINDB (AULA 2) Estatuto pessoal Aplicação da lei no espaço: casamento sucessão bens obrigações Prof. Caupolican ESTATUTO PESSOAL (DL 4657/42) Art. 7º A lei do país em que for domiciliada

Leia mais

Seleção Territorial Enfrentamento a Violência contra Juventude Negra Classificação 2010

Seleção Territorial Enfrentamento a Violência contra Juventude Negra Classificação 2010 Posição Nome do Município Estado Região RM, RIDE ou Aglomeração Urbana 1 Salvador BA Nordeste RM Salvador 2 Maceió AL Nordeste RM Maceió 3 Rio de Janeiro RJ Sudeste RM Rio de Janeiro 4 Manaus AM Norte

Leia mais

TRT/SP: prova de Direito do Trabalho comentada

TRT/SP: prova de Direito do Trabalho comentada Olá pessoal! Na aula de hoje comentarei a prova de Direito do Trabalho para o cargo de Técnico Judiciário do TRT/SP e na próxima aula comentarei a prova de Processo do Trabalho, ambas elaboradas pela Fundação

Leia mais

LABORATÓRIO 3. VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO LABORATÓRIO 3 PROFA. Maria Eugênia Conde @mageconde.

LABORATÓRIO 3. VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO LABORATÓRIO 3 PROFA. Maria Eugênia Conde @mageconde. Caso Prático Emerson Lima propôs reclamação trabalhista, pelo rito ordinário, em face de Rancho dos Quitutes, alegando que trabalhava como atendente em uma loja de conveniência localizada em um posto de

Leia mais

Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia. Regiões de Influência das Cidades

Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia. Regiões de Influência das Cidades Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia Regiões de Influência das Cidades 2007 Objetivos Gerais Hierarquizar os centros urbanos Delimitar as regiões de influência associadas aos centros urbanos

Leia mais

CAUTELAR - AUTOS N. 60792-6/2006

CAUTELAR - AUTOS N. 60792-6/2006 voltar Circunscrição :1 - BRASILIA Processo :2006.01.1.099422-4 Vara : 203 - TERCEIRA VARA CIVEL S E N T E N Ç A CAUTELAR - AUTOS N. 60792-6/2006 CS CONSULTORIA E PARTICIPAÇÕES LTDA ajuizou cautelar de

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA DREI Nº 7, DE 5 DE DEZEMBRO DE 2013

INSTRUÇÃO NORMATIVA DREI Nº 7, DE 5 DE DEZEMBRO DE 2013 Presidência da República Secretaria da Micro e Pequena Empresa Secretaria de Racionalização e Simplificação Departamento de Registro Empresarial e Integração INSTRUÇÃO NORMATIVA DREI Nº 7, DE 5 DE DEZEMBRO

Leia mais

Questões Fundamentadas do Regimento Interno do TRT 5ª Região Art. 1º ao 72. Concurso 2013

Questões Fundamentadas do Regimento Interno do TRT 5ª Região Art. 1º ao 72. Concurso 2013 Para adquirir a apostila 160 Questões Fundamentadas Do Regimento Interno do TRT Bahia 5ª Região - Art. 1º ao 72 acesse o site www.odiferencialconcursos.com.br S U M Á R I O Apresentação...3 Questões...4

Leia mais

Justiça do Trabalho: Organização e Competência Territorial da Justiça do Trabalho

Justiça do Trabalho: Organização e Competência Territorial da Justiça do Trabalho Justiça do Trabalho: Organização e Competência Territorial da Justiça do Trabalho ALMIR LOURENÇO FERREIRA Docente UNIPAC Araguari MG Especialista - Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO ATRAVÉS DE BANCO DE HORAS

ACORDO COLETIVO DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO ATRAVÉS DE BANCO DE HORAS ACORDO COLETIVO DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO ATRAVÉS DE BANCO DE HORAS Pelo presente termo de Acordo Coletivo de Trabalho, e de acordo com a convenção Coletiva de Trabalho conforme cláusulas específicas celebraram

Leia mais

NELSON WILIANS ADVOGADOS ASSOCIADOS

NELSON WILIANS ADVOGADOS ASSOCIADOS www.nwadv.com.br NELSON WILIANS ADVOGADOS ASSOCIADOS CNPJ UF Cidade CNPJ SP São Paulo 03.584.647/0001-04 PR Londrina 03.584.647/0002-87 RJ Rio de Janeiro 03.584.647/0003-68 DF Brasília 03.584.647/0004-49

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB EXAME DE ORDEM

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB EXAME DE ORDEM DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO CÓDIGO: C007 QUESTÃO PRÁTICO-PROFISSIONAL QUESTÃO C007036 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Petição Inicial Reclamação Trabalhista Síntese da entrevista realizada com Heitor Samuel

Leia mais

www.brunoklippel.com.br QUESTÕES COMENTADAS DE DIREITO DO TRABALHO PARTE 1 PRINCÍPIOS.

www.brunoklippel.com.br QUESTÕES COMENTADAS DE DIREITO DO TRABALHO PARTE 1 PRINCÍPIOS. www.brunoklippel.com.br QUESTÕES COMENTADAS DE DIREITO DO TRABALHO PARTE 1 PRINCÍPIOS. 1. MEUS CURSOS NO ESTRATÉGIA CONCURSOS: Estão disponíveis no site do Estratégia Concursos (www.estrategiaconcursos.com.br),

Leia mais

Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada

Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada 1400008703 BELEM PA 339 1400008703 BELO HORIZONTE MG 2.034 1400008703 BRASILIA DF 1.356 1400008703 CONGONHAS MG 54 1400008703 CUIABA MT 678 1400008703 GOIANIA GO

Leia mais

ÓRGÃO: JUSTIÇA FEDERAL

ÓRGÃO: JUSTIÇA FEDERAL ÓRGÃO: JUSTIÇA FEDERAL Programa: 0569 - PRESTAÇÃO JURISDICIONAL NA JUSTIÇA FEDERAL Objetivo: Garantir pleno exercício do direito por meio da prestação dos serviços jurisdicionais, observando o disposto

Leia mais

Dispõe sobre a aplicação do regime aduaneiro especial de exportação temporária.

Dispõe sobre a aplicação do regime aduaneiro especial de exportação temporária. BRASIL Instrução Normativa SRF nº 319, de 4 de abril de 2003 DOU de 7.4.2003 Dispõe sobre a aplicação do regime aduaneiro especial de exportação temporária. Alterada pela IN SRF nº 522, de 10 de março

Leia mais

A A CIRCULAÇÃO D O CD OU E-MAIL. receber por e-mail. UTORAIS

A A CIRCULAÇÃO D O CD OU E-MAIL. receber por e-mail. UTORAIS ROTEIRO DO CURSO ROTINAS TRABALHISTAS A A CIRCULAÇÃO O Curso de Rotinas Trabalhistas é composto de 7 módulos que serão remetidos aos cursandos de 15 em 15 dias. AUTORA VERA HELENA PALMA Advogada trabalhista,

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação 2007/1 ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais

A Associação é uma Instituição de Solidariedade Social sem fins lucrativos e durará por tempo indeterminado.

A Associação é uma Instituição de Solidariedade Social sem fins lucrativos e durará por tempo indeterminado. ESTATUTOS DA ASSOCIAÇÃO DIABÉTICO FEIRA Artigo 1º A associação denomina-se ASSOCIAÇÃO DIABÉTICO FEIRA, com sede no Hospital de São Sebastião, EPE,, concelho de Santa Maria da Feira, podendo ser transferida

Leia mais

Modelos de Garantia Contratual

Modelos de Garantia Contratual Modelos de Garantia Contratual CONDIÇÕES MÍNIMAS PARA CONTRATOS DE SEGUROS E PRESTAÇÃO DE GARANTIAS Termos e Condições Mínimas do Seguro-Garantia 1 Tomador 1.1 Concessionária 2 Segurado 2.1 COMPANHIA ESPÍRITO

Leia mais

PROVIMENTO N 001/2003 CGJ

PROVIMENTO N 001/2003 CGJ PROVIMENTO N 001/2003 CGJ Estabelece normas de serviço acerca dos Procedimentos de Registro de Nascimento, Casamento e Óbito de Brasileiros ocorridos em País Estrangeiro, bem como o traslado das certidões

Leia mais