PROJETO BÁSICO DISUP/CODIN

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO BÁSICO DISUP/CODIN"

Transcrição

1 PROJETO BÁSICO Contratação de Empresa Especializada para o Fornecimento de Equipamentos Firewall, Software e Prestação de Serviço de Instalação para Modernização da Rede TERRACAP DISUP/CODIN

2 PROJETO BASICO PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS. OBJETO Aquisição de Equipamentos Firewall, software e prestação de serviços de migração, instalação e suporte técnico, objetivando a modernização da rede da Terracap, com garantia de 48 (quarenta e oito) meses, conforme especificações constantes do presente Projeto Básico e nos termos da planilha abaixo:. Ítem Descrição Qtd Atualização, suporte e garantia por 48 meses de equipamento Checkpoint UTM 070. (CPAP-SG076 (CPSB-TS-M) CPAP-SG076-HA (CPSB-TS-M-HA) CPAP-SG076-HA CPAP-SG076) Atualização, suporte e garantia por 48 meses de Console de Gerenciamento Checkpoint SMART-. (CPSB-UDIR-F CPAP-SM504) 3 Aquisição de sistema de Firewall Checkpoint Open Server, incluindo atualizações, suporte e garantia por 48 meses. 4 Instalação e Reconfiguração do ambiente de firewalls. 5 Transferência de conhecimento para 05 usuários.. DO OBJETIVO Garantir disponibilidade, integridade e confidencialidade dos serviços de TI através da aquisição de solução complementar de segurança para o ambiente atual e remanejamento do sistema atual na rede interna, aproveitando a infraestrutura de equipamentos e consoles atuais. 3. MIGRAÇÃO DO AMBIENTE ATUAL O ambiente atual está disposto conforme o diagrama abaixo:

3 O sistema atual será atualizado e reconfigurado pelo igual período de contrato, será utilizado apenas para acessos a intranet e extranet, viabilizando não apenas um aumento significativo na segurança do ambiente, como também viabilizará a implantação de um número maior de filtros e simplificará o serviço de administração do ambiente atual. Fazem parte do sistema atual e compõem os equipamentos a serem renovados e atualizados, o UTM 070 e o Smart- (console de gerenciamento). Atividades a serem desempenhadas no processo de migração de firewall: Documentação de regras atuais; Atualização dos Sistemas UTM 070 e Smart- Reconfiguração de switches e roteadores que possam impactar na migração dos sistemas; Transferência das regras do sistema atual para o sistema novo; Reconfiguração da console de gerenciamento; Reestruturação das regras de URL FILTER no sistema de internet, considerando o proxy atual em produção na Terracap (Optnet); O prazo para essa migração é de 30 dias corridos da assinatura do contrato. 4. GARANTIA TÉCNICA a. A contratada deverá disponibilizar números telefônicos ou sítio de internet para abertura de chamados para atendimento da garantia, tanto para software quanto para hardware. b. O período de Garantia Técnica deverá ser de 48 (quarenta e oito) meses para todos os produtos cotados e será contado a partir da data de aceite definitivo dos equipamento(s) e software(s) a ser emitido pelo Fiscal de Contrato; c. Durante o período de Garantia técnica deverá ser permitida a atualização dos softwares e do firmware de todos os equipamentos para as versões mais recentes, sem ônus adicional para a Terracap além daquele já cotado na proposta; d. Forma de Atendimento da Garantia: 3

4 i. O atendimento, para hardware, será do tipo on site mediante manutenção corretiva nas dependências da Terracap, realizado por profissionais especializados e deverá cobrir todo e qualquer defeito apresentado, incluindo a substituição de peças, componentes, ajustes, reparos e correções necessárias; ii. O atendimento deverá acontecer em dias úteis (de segunda-feira a sexta-feira), em horário comercial (8h às 8h); iii. O tempo para o atendimento inicial do chamado de hardware será de (duas) horas, após a abertura do chamado, e o prazo máximo para solução deverá ser o dia útil seguinte ao de abertura do chamado; iv. O atendimento deverá incluir troca de peças ou componentes mecânicos ou eletrônicos, sem que isso implique em ônus adicional para a Terracap além daquele já cotado na proposta; v. A substituição de peças e/ou componentes mecânicos ou eletrônicos de marcas e/ou modelos diferentes dos originais cotados pela Contratada, somente poderá ser efetuada mediante análise e autorização da Terracap; vi. Todas as peças e componentes mecânicos ou eletrônicos substituídos deverão apresentar padrões de qualidade e desempenho iguais ou superiores aos utilizados na fabricação do(s) equipamento(s), sendo sempre novos e de primeiro uso ; vii. O atendimento para os softwares será do tipo telefônico, em dias úteis (segundafeira a sexta-feira), em horário comercial (8h às 8h), com tempo de solução de 30 (trinta) dias corridos. Deverá ser realizado por profissionais especializados e deverá cobrir todo e qualquer defeito apresentado. viii. O tempo para o atendimento inicial de suporte a software do chamado de software será de (duas) horas, após a abertura do chamado, e o prazo máximo para solução deverá ser de 30 (trinta) dias corridos, contados da abertura do chamado. O Suporte deverá ser divido em níveis de prioridade; a. Nível 0: Tempo de resolução de horas a 4 (suporte telefônico com equipe técnica da revenda) b. Nível 0: Tempo de resolução de 4 horas a 6 (suporte presencial com equipe técnica da revenda) Demais solicitações e demandas como por exemplo, criação de Patches e Fixes deverão ser atendidas dentro do prazo máximo de 30 (trinta) dias. 5. PROPOSTA a. A Licitante deverá apresentar em sua Proposta: i. Documento contendo a especificação técnica detalhada do(s) produtos(s) cotado(s); ii. Atestado de capacidade técnica, expedido por pessoa jurídica de direito publico ou privado, que comprove que a licitante forneceu bens de natureza similar ao da presente licitação; iii. As licitantes que não forem fabricantes dos itens ofertados deverão apresentar declaração informando que a empresa está autorizada pelo fabricante a comercializar, instalar e prestar serviços de garantia a seus produtos; iv. A Licitante deverá comprovar que possui em seu quadro de funcionários, profissionais com certificação da solução de Firewall que serão responsáveis por avaliar e validar o projeto de implantação; v. Todas as características técnicas obrigatórias deverão ser do fabricante e comprovadas por meio de folders, ou catálogos, ou manuais, ou impressão de páginas do fabricante na Internet, os quais deverão ser entregues juntamente com a proposta; vi. Toda a Proposta Técnica deverá ter uma única numeração sequencial, desde a página inicial até a página final. A numeração deverá estar de forma visível no canto inferior / direito da página; 4

5 vii. Documento denominado Cotação de Preço (modelo constante do Anexo II deste Projeto Básico) onde deverá estar identificado o preço unitário e total do item, bem como o preço global do lote. 6. CRONOGRAMA DE EVENTOS a. A contratada deverá cumprir, obrigatoriamente, os principais eventos e prazos descritos na Tabela ; DATA EVENTO RESPONSÁVEL Dia A Publicação do extrato do contrato no Diário Oficial da União Terracap A + 45 dias Entrega de todos os equipamentos e software. Contratada Dia B Autorização da Terracap para instalação/configuração dos equipamentos Terracap B + 5 dias Conclusão da configuração de todos os equipamentos Contratada B + 0 dias Aceitação da Instalação Terracap Tabela - Cronograma de Eventos. b. Caso algum dos eventos da tabela seja antecipado, os eventos subsequentes serão automaticamente antecipados; c. Os eventos do Dia B dependerão de autorização para inicio das tarefas já que dependem de outras etapas realizadas pela contratante; d. A autorização para instalação poderá ser emitida para cada equipamento individualmente, sendo que cada autorização terá seu prazo diferenciado; e. A contagem será em dias corridos. 7. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS a. A contratada deverá providenciar a instalação física dos equipamentos, a qual deve ocorrer em, no máximo, 5 (quinze) dias corridos após a emissão da autorização para instalação/configuração, conforme tabela : Cronograma de Eventos; b. A contratada deverá providenciar cabos de força e demais cabos necessários para a instalação do(s) equipamentos nos racks indicados pela Terracap; c. A autorização para instalação poderá ser emitida para cada equipamento individualmente, sendo que cada autorização terá seu prazo diferenciado; d. A contratada deverá disponibilizar (um) técnico, certificado na solução para instalação do produto no Ambiente da Terracap ; e. A contagem será em dias corridos. 8. LOCAL E ENTREGA a. Os equipamentos deverão ser entregues em perfeito estado de funcionamento, sem marcas, amassados, arranhões ou outros problemas físicos; b. Todos os produtos fornecidos deverão ser novos, em linha de produção e de primeiro uso; a. Os equipamentos deverão ser entregues no endereço abaixo: b. TERRACAP - Companhia Imobiliária de Brasília. SAM Bloco "F" Ed. Sede, Brasília- DF. CEP c. Deverão ser entregues de acordo com as quantidades especificadas, em um prazo máximo de 45 (quarenta e cinco) dias corridos, desde que, o mesmo esteja disponível em estoque. A abertura de contagem será a partir da data de publicação do extrato do contrato no Diário Oficial da União; d. A entrega deverá ser previamente agendada no telefone (6) 334-7; e. Caso a data da entrega recaia em dia não útil, e não havendo solicitação da Administração para entregar nesse dia, a data limite para entregar o objeto ficará prorrogada para o primeiro dia útil seguinte; 5

6 f. Os equipamentos deverão atender, rigorosamente a todas as especificações técnicas mínimas exigidas, inclusive no tocante a marcas, modelos dos componentes e módulos internos e externos. 9. ACEITE a. Do aceite dos equipamentos e softwares: i. O Contratante realizará o aceite provisório do(s) equipamento(s) e do(s) software(s) no momento da entrega; ii. A equipe técnica da Terracap realizará inspeção técnica dos equipamentos para verificação da sua integridade física e aderência às especificações constantes do Edital; iii. Os equipamentos deverão ser entregues em perfeito estado de funcionamento, sem marcas, amassados, arranhões e/ou outros problemas físicos; iv. O(s) equipamento(s), acessório(s) e/ou componente(s) entregue(s) que apresentarem inconformidades, defeito por transporte e/ou por processo fabril, deverá(ão) ser substituído(s) pela Contratada, em um prazo de 5 (quinze) dias corridos, contados a partir da notificação pelo contratante; v. Após a inspeção técnica nos equipamentos e softwares e verificando que estes estão em perfeitas condições, a equipe técnica da Terracap deverá efetuar o aceite definitivo; vi. Todos os produtos fornecidos deverão ser novos, em linha de produção e de primeiro uso. b. Do aceite da instalação: i. Após a instalação a TERRACAP deve emitir o respectivo documento de aceite, no prazo máximo, de 5 (cinco) dias corridos. ii. No caso da não aprovação da instalação pela TERRACAP, a contratada deve apresentar as correções necessárias, no prazo máximo de 5 (quinze) dias corridos, contados a partir do final da instalação física do(s) respectivo(s) equipamento(s), sob pena de, após os prazos definidos, serem aplicadas as penalidades contratuais cabíveis. 0. PAGAMENTO a. O pagamento será realizado em duas etapas: i. O pagamento dos equipamentos e softwares somente poderá ser efetuado quando da entrega total de todos os produtos e ainda após a emissão do documento de Aceite a ser emitido pelo Fiscal de Contrato; ii. O pagamento do serviço de instalação será realizado após o aceite e atesto da nota fiscal pelo Executor de Contrato da Terracap.. QUADROS RESUMO a. Com base na quantidade, o quadro no Anexo II Detalhamento da Contratação - apresenta de forma detalhada os itens a serem fornecidos de acordo com as especificações deste Projeto Básico.. CONSIDERAÇÕES ADICIONAIS Devido à necessidade de integração dos sistemas administrativos, todos os equipamentos constantes do objeto deste Projeto Básico devem ser fornecidos pela mesma licitante. 3. VIGÊNCIA A Vigência do presente contrato é de 48 (quarenta e oito) meses, contados a partir da publicação, podendo ser renovado por iguais períodos sucessivos, observando o prazo máximo estabelecido na Lei 8.666/93. 6

7 4. VALORES PARA CONTRATAÇÃO Item Descrição Qtde Preço Unitário (R$) Preço Total (R$) Atualização, suporte e garantia por 48 meses de equipamento Checkpoint UTM 070. (CPAP-SG076 (CPSB-TS-M) CPAP-SG076-HA (CPSB-TS-M-HA) CPAP-SG076-HA CPAP-SG076) R$ ,00 R$ 0.700,00 Atualização, suporte e garantia por 48 meses de Console de Gerenciamento Checkpoint SMART-. R$ ,00 R$ ,00 (CPSB-UDIR-F CPAP-SM504) 3 Aquisição de sistema de Firewall Checkpoint Open Server, incluindo atualizações, suporte e garantia por 48 meses. R$ 7.95,00 R$ ,00 4 Instalação e Reconfiguração do ambiente de firewalls. 5 Transferência de conhecimento para 05 usuários. R$ 6.350,00 R$ 5.700,00 R$.550,00 R$.550,00 TOTAL R$ ,00 reais). O total estimado para contratação é de R$ ,00 (Quinhentos e dezessete mil e quinhentos 5. DO EXECUTOR A execução do objeto deste projeto básico será de responsabilidade da Coordenação de Informática/CODIN. 7

8 ANEXO I ESPECIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO. ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS EQUIPAMENTOS DEFINIDOS NO ÍTEM 3.. Firewall de Internet... Hardware dedicado tipo appliance com sistema operacional customizado para garantir segurança e melhor desempenho;... Cada appliance deverá possuir, no mínimo, 6 (seis) interfaces Ethernet Gbps (um Gigabit) e (duas) SFP de 0 Gbps..3. Os appliances descritos no item.. deverão possuir capacidade de operar de forma redundante (failover), com sincronização em tempo-real de configuração e de estados das conexões. Em caso de falha, não deverá haver perda das conexões já estabelecidas e a transição entre os equipamentos deverá acontecer de forma transparente para o usuário;..4. A funcionalidade de redundância (failover) deverá permitir ae operação nos modos Ativo- Ativo e Ativo-Passivo;..5. Os appliances deverão possuir interface de rede dedicada e separada da rede de produção, para operação de forma redundante, podendo ser utilizada uma das 0 (dez) interfaces definidas no ítem 4..;..6. Possuir, no mínimo, (uma) interface para conexão de console, podendo ser utilizada uma das 8 (oito) interfaces definidas no ítem 4..3;..7. Cada appliance deve possuir capacidade para suportar, no mínimo, (um milhão e duzentas mil) conexões TCP simultâneas;..8. Cada appliance deve garantir vazão mínima (throughput) de 7 Gbps (um gigabit);..9. Cada appliance deve garantir vazão mínima (throughput) de 800 Mbps (oitocentos megabits) em texto criptografado com AES;..0. Cada appliance deve possuir, no mínimo, 4 GB (um gigabytes) de memória RAM;... Cada appliance deve possuir 04 (um) hard disk de, no mínimo, 50 GB (duzentos e cinquenta gigabytes);... Deve ser totalmente gerenciável remotamente, através de rede local, sem a necessidade de instalação de mouse, teclado e monitor de vídeo;..3. Devem ser instalados em rack padrão 9 polegadas, acompanhados de todos os cabos e suportes (gavetas, braços e trilhos) necessários para a instalação do equipamento;..4. Tensão de entrada de 0/0V automática ou chaveada, com fonte redundante... Funcionalidades de Firewall:... Suportar funcionalidades de VPN e Firewall integrados no mesmo equipamento, permitindo o uso destas funcionalidades simultaneamente;... Possibilidade de implementação em modo transparente e gateway;..3. O sistema deve suportar roteamento dinâmico com, no mínimo, os seguintes protocolos OSPF, BGP e RIP v e v;..4. Implementar tecnologia Stateful Inspection que se baseia em análise granular de informações de estado de comunicação e aplicação para conceder o controle de acesso apropriado;..5. Oferecer controle de acesso com suporte a pelo menos 50 aplicações, serviços e protocolos pré-definidos; 8

9 ..6. Controlar as sessões de Telnet, FTP, UDP, TCP, HTTP, SMTP, SNMP e aplicações específicas através do seu número de porta TCP/UDP;..7. A licença do módulo de firewall deve permitir o número de conexões ilimitado;..8. Possibilitar a especificação de uma política de segurança orientada ao usuário, onde a filtragem de pacotes possa ser feita através da análise do endereço de origem, endereço destino, serviço (TCP, UDP, ICMP, etc.) e informações do usuário, por exemplo, conta e máquina do diretório LDAP;..9. Possibilitar o controle, bloqueio ou liberação, de aplicações da Web.0 e também aplicações cliente/servidor, independente da porta TCP ou UDP que a aplicação possa utilizar, mesmo que a aplicação tente tunelar seu tráfego através de portas conhecidas para outros protocolos;..0. O controle de aplicações que trata o item..9 deve possuir uma política de segurança própria orientada ao usuário, onde o controle possa ser feito através da análise do endereço de origem, endereço destino, e informações do usuário, por exemplo, conta e máquina do diretório LDAP;... Possibilitar a especificação de política por tempo, ou seja, permitir a definição de regras para um determinado horário ou período (dia, mês, ano, dia da semana e hora), por usuário;... Permitir que as regras sejam verificadas imediatamente antes da aplicação da política, verificando se tais regras estão consistentes e que nenhuma regra é redundante;..3. As regras deverão ser consistidas de objetos de rede baseadas no protocolo TCP/IP. Durante a criação da regra, tais objetos deverão ser associados automaticamente às suas interfaces de rede correspondentes, sem que haja necessidade do administrador ter de associar, na regra, qual é a interface de rede origem da conexão, nem a interface de rede destino da conexão;..4. Suportar Network Address Translation (NAT - e NAT -N) RFC30, de modo estático e dinâmico;..5. Suportar autenticação de usuários tanto para Firewall quanto para VPN s utilizando, no mínimo, os seguintes métodos: RADIUS, senha do sistema operacional, senha do próprio Firewall, diretório LDAP, certificados digitais e dispositivos biométricos;..6. Permitir a realização de backup da política instalada no equipamento. Todos os softwares necessários para o backup devem ser fornecidos pelo licitante junto com o equipamento;..7. Permitir que os backups sejam transferidos automaticamente para servidores externos com, no mínimo, os protocolos FTP e SCP;..8. Suportar leitura de certificados digitais através de LDAP;..9. Oferecer Filtragem inclusa, sem custo adicional, para eliminar controles ActiveX ou Applets Java, potencialmente perigosos para os usuários da web;..0. Suportar controle de aplicações multimídia, tais como voz sobre IP, áudio e vídeo streaming;... Possuir funcionalidade de detecção e bloqueio de, no mínimo, os seguintes tipos de ataques: IP Spoofing, SYN Flood, Port Scanning, ICMP Flood, ataques de força bruta contra IKE em VPNs, ataques Man-in-the-Middle para VPNs, Cross-Site Scripting;... Capacidade para realizar filtragens/inspeções dentro de portas TCP conhecidas (por exemplo, porta 80 http) buscando por aplicações potencialmente perigosas como PP ou Messengers mesmo quando se faça túneis desses simulando ser tráfego legítimo da porta (por exemplo: tráfego legítimo HTTP); 9

10 ..3. Capacidade de integração com órgãos de resposta a incidentes buscando lista de ranges de IP Maliciosos a serem bloqueados como medida pro ativa contra ataques;..4. Suportar topologias de cluster em alta disponibilidade e com balanceamento de tráfego entre dois ou mais Firewall s, de forma que se um dos membros ficar indisponível todas as conexões ativas serão direcionadas transparentemente para o membro ativo;..5. Capacidade para suportar a implantação de IPv6;..6. Suportar sincronização de horário por NTP...7. O Firewall deve trabalhar em sistema de Cluster ativo-ativo..3. Funcionalidades de VPN:.3.. Suportar esquemas de VPN site-to-site em topologias Full Meshed (cada gateway tem um link específico para os demais gateways) e Estrela (gateways satélites se comunicam somente com o gateway central);.3.. Suportar VPN IPSec client-to-site;.3.3. Suportar, no mínimo, os seguintes algoritmos de criptografia simétricos: AES56, AES8, 3DES;.3.4. O cliente de VPN deverá ter mecanismos de verificação de configurações desta estação (ex. AV ativo e atualizado), tendo uma política administrada centralizadamente pela mesma console de VPN;.3.5. Suportar leitura e verificação de CRL (certificate revocation list) através de, no mínimo, os seguintes protocolos: HTTP e LDAP;.3.6. Suporte a algoritmos de compressão de dados, tanto para as VPNs site-to-site como para as VPNs client-to-site, realizadas com os clientes próprios;.3.7. Suportar NAT-T (NAT Traversal Tunneling);.3.8. A VPN deve permitir, no mínimo, 3 Gbps de throughput;.3.9. O cliente de VPN deverá estar disponível para Windows XP, Windows Vista (3 bits) e Windows 7 (3 Bits);.4. Lâminas habilitadas Para os Sistemas a Serem Adquiridos:.4.. Mobile Access..4.. IPS.4.3. QoS e Advanced Networking. DA TRANSFERÊNCIA DE CONHECIMENTO.. A transferência de conhecimento deve ser realizada com uma carga horária de 40 horas, em infraestrutura da contratada, aonde serão abordadas todas as tecnologias checkpoint implantadas na Terracap... As 40 horas serão divididas em dois grupos: 0 horas para treinamento de laboratório e 0 horas para instrução teórica..3. As horas de laboratório serão realizadas, utilizando-se o próprio ambiente da Terracap como referência. 0

11 ANEXO II COTAÇÃO DE PREÇO Declaramos em atendimento ao previsto no item do edital TERRACAP n.º, o Preço Unitário e Total (item) e Preço Global do Lote, de acordo com o Objeto deste Projeto Básico. Os preços cotados são fixos, irreajustáveis e expressos em Real, estão inclusos todas as despesas referentes a impostos, taxas, fretes e outros. Item Descrição Qtde Preço Unitário (R$) Preço Total (R$) Atualização, suporte e garantia por 48 meses de equipamento Checkpoint UTM 070. (CPAP-SG076 (CPSB-TS-M) CPAP-SG076-HA (CPSB-TS-M-HA) CPAP-SG076-HA CPAP-SG076) Atualização, suporte e garantia por 48 meses de Console de Gerenciamento Checkpoint SMART-. (CPSB-UDIR-F CPAP-SM504) 3 Aquisição de sistema de Firewall Checkpoint Open Server, incluindo atualizações, suporte e garantia por 48 meses. 4 Instalação e Reconfiguração do ambiente de firewalls. 5 Transferência de conhecimento para 05 usuários. TOTAL Local e data Assinatura e carimbo (Representante Legal) Observação: Emitir em papel que identifique o Licitante.

12 ENCAMINHAMENTO E APROVAÇÃO À PRESI, Encaminhamos o presente Projeto Básico, objetivando aprovação da Contratação dos Produtos e Serviços, visto que estes são fundamentais para o desenvolvimento das atividades de TI na Companhia. Brasília, de setembro de 0. Clayton Carneiro de França Divisão de Suporte/DISUP Chefe Edson Ferreira Apoio Auxiliar Geraldo Rodrigues Soares Coordenação de Informática/CODIN Coordenador Aprovo o presente Projeto Básico, nos termos do Art. 7º, Parágrafo º da Lei 8666/93 e autorizo o prosseguimento da contratação, conforme solicitado pela Coordenação de Informática desta PRESI. Brasília, de de 0. Antônio Carlos Rebouças Lins Presidente

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO VIII Referente ao Edital de Pregão Presencial nº. 020/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Página 1 de 6 Página 1 de 6 1. OBJETO: 1.1. Constitui objeto deste pregão a AQUISIÇÃO DE SISTEMA FIREWALL, conforme

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS RETIFICADA

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS RETIFICADA ANEXO VIII Referente ao Edital de Pregão Presencial nº. 020/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS RETIFICADA Página 1 de 6 Página 1 de 6 OBJETO : Constitui objeto deste Pregão a Aquisição de Sistema Firewall, conforme

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. DIE GIE Documento1 1/12

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. DIE GIE Documento1 1/12 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA DIE GIE Documento1 1/12 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO / ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS / QUANTIDADE 1. OBJETO: 1.1 Aquisição de Firewalls Appliance (hardware dedicado) com throughput

Leia mais

NORMAS PARA O USO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO FIREWALL DE PERÍMETRO NO ÂMBITO DA REDE INFOVIA-MT

NORMAS PARA O USO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO FIREWALL DE PERÍMETRO NO ÂMBITO DA REDE INFOVIA-MT CONSELHO SUPERIOR DO SISTEMA ESTADUAL DE E TECNOLOGIA DA NORMAS PARA O USO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO FIREWALL DE PERÍMETRO NO ÂMBITO DA REDE INFOVIA-MT 1/10 CONSELHO SUPERIOR DO SISTEMA ESTADUAL DE E TECNOLOGIA

Leia mais

Perguntas e Respostas

Perguntas e Respostas Gerenciamento do Tráfego de Internet Edital de Licitação PREGÃO PRESENCIAL Nº 34/2010 Processo SAP nº 4180/2010 Perguntas e Respostas Página 1 /15 Pergunta n o 1: Os dispositivos de filtro de conteúdo

Leia mais

INTERNET Edital de Licitação. Anexo I Termo de Referência PREGÃO CONJUNTO Nº. 39/2007 PROCESSO N 14761/2007

INTERNET Edital de Licitação. Anexo I Termo de Referência PREGÃO CONJUNTO Nº. 39/2007 PROCESSO N 14761/2007 INTERNET Edital de Licitação Anexo I Termo de Referência PREGÃO CONJUNTO Nº. 39/2007 PROCESSO N 14761/2007 Anexo I - página 1 Índice 1. OBJETIVO... 3 2. VISÃO GERAL DO ESCOPO DO SERVIÇO... 3 3. ENDEREÇOS

Leia mais

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS FIREWALL (HARDWARE)

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS FIREWALL (HARDWARE) FIREWALL (HARDWARE) Firewall com VPN IPsec para conexão à redes remotas, tipo appliance. Não serão aceitas soluções baseadas em PCs de uso geral; Não serão permitidas soluções baseadas em sistemas operacionais

Leia mais

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação O ProApps Security O ProApps Security é um componente da suíte de Professional Appliance focada na segurança de sua empresa ou rede. A solução pode atuar como gateway e como solução IDS/IPS no ambiente.

Leia mais

Documento: Treinamentos pfsense Versão do documento: 2014. Treinamentos pfsense. Página 1 de 10

Documento: Treinamentos pfsense Versão do documento: 2014. Treinamentos pfsense. Página 1 de 10 Treinamentos pfsense Página 1 de 10 Definições, Acrônimos e Abreviações Abreviação / Sigla WAN LAN UTM pfsense BGP Descrição Wide Area Network - Rede de longa distância (interface de rede para links de

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. DIT/GIE Termo de Referência Firewall 1/23

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. DIT/GIE Termo de Referência Firewall 1/23 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA DIT/GIE Termo de Referência Firewall 1/23 TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO / ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS / QUANTIDADE 1. OBJETO: 1.1 Aquisição de Firewalls Appliance (hardware dedicado)

Leia mais

FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO SBS Quadra 02 Bloco F Edifício FNDE 4º andar CEP 70.070-929 DECISÃO DO PREGOEIRO

FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO SBS Quadra 02 Bloco F Edifício FNDE 4º andar CEP 70.070-929 DECISÃO DO PREGOEIRO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO SBS Quadra 02 Bloco F Edifício FNDE 4º andar CEP 70.070-929 Processo nº 23034.023838/2012-21 DECISÃO DO PREGOEIRO Ementa: Recurso interposto contra o Pregão

Leia mais

ANEXO I RELAÇÃO DOS ITENS DA LICITAÇÃO

ANEXO I RELAÇÃO DOS ITENS DA LICITAÇÃO Nr.: - PR Folha: 1/12 Item Quantidade 1 1,000 UN Sistema de Firewall DPI (Deep Packet Inspection) - características técnicas. Descrição Técnica "Em appliance, com no máximo 2U de altura, com bandeja ou

Leia mais

HP Router Advanced Implementation

HP Router Advanced Implementation HP Router Advanced Implementation Dados técnicos O HP Router Advanced Implementation tem como objetivo, baseado na entrevista para coleta de informações junto ao Cliente e na análise dos equipamentos existente,

Leia mais

Aker Security Solutions

Aker Security Solutions Portfólio de Soluções Cybernet Computadores e Sistemas Ltda Agenda Um pouco sobre a Aker Aker Security Suite Aker Firewall Aker Secure Mail Gateway Aker Web Gateway Aker Monitoring Service Sobre a empresa

Leia mais

Roteador de Perímetro DMZ Hosts de Segurança Gateway de Aplicativo

Roteador de Perímetro DMZ Hosts de Segurança Gateway de Aplicativo Roteador de Perímetro DMZ Hosts de Segurança Gateway de Aplicativo Conectando-se à Internet com Segurança Soluções mais simples. Sistemas de Segurança de Perímetro Zona Desmilitarizada (DMZ) Roteador de

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE Aquisição de Solução de Criptografia para Backbone da Rede da Dataprev ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE 1.1 Cada appliance deverá ser instalado em rack de 19 (dezenove) polegadas

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310 Especificação Técnica 1. A Solução de Fitoteca ofertada deverá ser composta por produtos de Hardware e Software obrigatoriamente em linha de produção do fabricante, não sendo aceito nenhum item fora de

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12 TERMO DE REFERÊNCIA I DEFINIÇÃO DO OBJETO O presente Projeto Básico tem por objeto a aquisição de equipamentos para implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE 1 Switch

Leia mais

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br Revisão Karine Peralta Agenda Revisão Evolução Conceitos Básicos Modelos de Comunicação Cliente/Servidor Peer-to-peer Arquitetura em Camadas Modelo OSI Modelo TCP/IP Equipamentos Evolução... 50 60 1969-70

Leia mais

HP Router Basic Implementation

HP Router Basic Implementation HP Router Basic Implementation Dados técnicos O HP Router Basic Implementation tem como objetivo, baseado na entrevista para coleta de informações junto a equipe designada pelo cliente, realizar a instalação

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROJETO BÁSICO

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROJETO BÁSICO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROJETO BÁSICO 1. OBJETIVO Atender a solicitação de aquisição de equipamentos adicionais necessários para o funcionamento do Kit de Identificação

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB 1 - DO OBJETO Constitui objeto da presente licitação a aquisição de: 1.1-08 (oito) LICENÇAS modalidade MICROSOFT OPEN, sendo: 01

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT Termo de Referência Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Termo de Referência Aquisição de Servidores Tipo 1A-1B para camada de Banco de Dados / Alta Disponibilidade RQ DEPI nº 11/2009

Leia mais

Firewalls. O que é um firewall?

Firewalls. O que é um firewall? Tópico 13 Firewall Ferramentas de defesa - Firewall. Princípios de projeto de firewall. Sistemas confiáveis. Critérios comuns para avaliação de segurança da tecnologia da informação. 2 Firewalls O que

Leia mais

FICHA TÉCNICA BRWall

FICHA TÉCNICA BRWall FICHA TÉCNICA BRWall BRWall 1030 BRWall 1540 BRWall 2040 BRWall 3060 1- Aplicação: Este produto aplica-se a sistemas de TI provendo a segurança necessária à rede de dados. Atua como firewall de perímetro

Leia mais

Segurança de Redes. Firewall. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br

Segurança de Redes. Firewall. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Segurança de Redes Firewall Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Introdução! O firewall é uma combinação de hardware e software que isola a rede local de uma organização da internet; Com ele é possível

Leia mais

SEGURANÇA E CONTROLE DE ACESSO

SEGURANÇA E CONTROLE DE ACESSO SEGURANÇA E CONTROLE DE ACESSO Produzido por: Professor Elber professorelber@gmail.com AULA 01 -FIREWALL - O QUE É FIREWALL? A palavra firewall tem estado cada vez mais comum no nosso cotidiano, ainda

Leia mais

Como proteger sua Rede com Firewall

Como proteger sua Rede com Firewall Como proteger sua Rede com Firewall pfsense *pfsense é uma marca registrada da Electric Sheep Fencing LLC. Apresentação Líder em Soluções Pfsense no Brasil A Vantage TI conta uma estrutura completa para

Leia mais

Como proteger sua Rede com Firewall

Como proteger sua Rede com Firewall *pfsense é uma marca registrada da Electric Sheep Fencing LLC. Como proteger sua Rede com Firewall Apresentação Líder em Soluções Pfsense no Brasil A Vantage TI conta uma estrutura completa para atender

Leia mais

www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 09 Firewall

www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 09 Firewall www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício O que é Firewall Um Firewall é um sistema para controlar o aceso às redes de computadores, desenvolvido para evitar acessos

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO BDMG-026/2015 ALTERAÇÕES

EDITAL DE PREGÃO BDMG-026/2015 ALTERAÇÕES EDITAL DE PREGÃO BDMG-026/2015 ALTERAÇÕES O BANCO DE DESENVOLVIMENTO DE MINAS GERAIS S.A. - BDMG torna público que foram empreendidas alterações no edital do PREGÃO BDMG-026/2015 cujo objeto é aquisição

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB 1 -DO OBJETO Constitui objeto da presente licitação a aquisição de 70 (setenta) licenças de software antivírus coorporativo para

Leia mais

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE)

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) Possuir capacidade instalada, livre para uso, de pelo menos 5.2 (cinco ponto dois) TB líquidos em discos SAS/FC de no máximo 600GB 15.000RPM utilizando RAID 5 (com no

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA EQUIPAMENTOS DE ACELERADORES WAN

APRESENTAÇÃO DE SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA EQUIPAMENTOS DE ACELERADORES WAN APRESENTAÇÃO DE SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA EQUIPAMENTOS DE ACELERADORES WAN Prezados Senhores, A Control Teleinformática Ltda. é uma empresa Grupo Mahvla, nacional, que foi criada para atender

Leia mais

LAUDO DE JULGAMENTO. PROCESSO Nº 46130.001479/2005-30 Concorrência nº 02/2006

LAUDO DE JULGAMENTO. PROCESSO Nº 46130.001479/2005-30 Concorrência nº 02/2006 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO-CEL LAUDO DE JULGAMENTO

Leia mais

Para/To: N o de páginas/n o of. pages: 06 De/From: Silvana Luz Simões Data/Date: 28 / 08/ 2007 Ref.: Solicitação de proposta ATT.:

Para/To: N o de páginas/n o of. pages: 06 De/From: Silvana Luz Simões Data/Date: 28 / 08/ 2007 Ref.: Solicitação de proposta ATT.: MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq DAD/CGADM/COINF/SERVIÇO DE LICITAÇÃO SELIC SEPN 507, Bloco B, Ed. Sede CNPq, Sala 211, CEP: 70.740-901,

Leia mais

Servidor, Proxy e Firewall. Professor Victor Sotero

Servidor, Proxy e Firewall. Professor Victor Sotero Servidor, Proxy e Firewall Professor Victor Sotero 1 Servidor: Conceito Um servidor é um sistema de computação centralizada que fornece serviços a uma rede de computadores; Os computadores que acessam

Leia mais

Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012

Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012 Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012 Apresentação Portfólio de Serviços e Produtos da WebMaster Soluções. Com ele colocamos à sua disposição a Tecnologia que podemos implementar em sua empresa.

Leia mais

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF REDES ESAF 01 - (ESAF - Auditor-Fiscal da Previdência Social - AFPS - 2002) Um protocolo é um conjunto de regras e convenções precisamente definidas que possibilitam a comunicação através de uma rede.

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROJETO BÁSICO

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROJETO BÁSICO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROJETO BÁSICO 1. OBJETIVO Substituir impressoras defasadas tecnologicamente ou sem condições de manutenção e ampliação da capacidade

Leia mais

CEP 2 100 99010-640 0 (XX) 54 3316 4500 0 (XX)

CEP 2 100 99010-640 0 (XX) 54 3316 4500 0 (XX) ANEXO 2 INFORMAÇÕES GERAIS VISTORIA 1. É obrigatória a visita ao hospital, para que a empresa faça uma vistoria prévia das condições, instalações, capacidade dos equipamentos, migração do software e da

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 1 DO OBJETO 1.1 - Fornecimento de solução avançada de backup desduplicado, com serviços de assistência técnica e capacitação, visando a integração

Leia mais

Segurança de Redes. Aula 3 Elementos de Segurança de Redes Prof. Fred Sauer, D.Sc. fsauer@gmail.com

Segurança de Redes. Aula 3 Elementos de Segurança de Redes Prof. Fred Sauer, D.Sc. fsauer@gmail.com Segurança de Redes Aula 3 Elementos de Segurança de Redes Prof. Fred Sauer, D.Sc. fsauer@gmail.com 1 Sumário Conceitos básicos de Segurança (proteção, contramedidas) Firewall Filtros de Pacotes Stateful

Leia mais

Faça a segurança completa dos e-mails que trafegam em sua rede.

Faça a segurança completa dos e-mails que trafegam em sua rede. Faça a segurança completa dos e-mails que trafegam em sua rede. O é uma plataforma completa. Trata-se de um sistema de gerência e proteção transparente para os servidores de e-mail, com uma excelente relação

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 003/2015

CONSULTA PÚBLICA Nº 003/2015 CONSULTA PÚBLICA Nº 003/2015 TI APPLICATION DELIVERY CONTROLLER ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE LICITAÇÃO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE LICITAÇÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2013 ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS FORMULADOS POR LICITANTES INTERESSADOS Questionamento

Leia mais

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch Fast Ethernet com as seguintes configurações mínimas: capacidade de operação em camada 2 do modelo OSI; 24 (vinte e quatro) portas

Leia mais

RESPOSTA QUESTIONAMENTOS

RESPOSTA QUESTIONAMENTOS RESPOSTA QUESTIONAMENTOS REF.: PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 02-2015 CONSULT JPC GERENCIAMENTO E TREINAMENTO LTDA ME, já devidamente qualificada nos autos do pregão acima, vem com o devido acatamento apresentar

Leia mais

Uma combinação de hardware e software que protege redes mediante a análise do tráfego de entrada e saída

Uma combinação de hardware e software que protege redes mediante a análise do tráfego de entrada e saída Sistemas de Firewall Luiz Henrique Barbosa luiz@oluiz.com Firewalls Um Firewall é um método de proteger hosts e redes conectados a outros computadores e redes contra ataques como: tentativas de obter acesso

Leia mais

Curso Firewall. Sobre o Curso de Firewall. Conteúdo do Curso

Curso Firewall. Sobre o Curso de Firewall. Conteúdo do Curso Curso Firewall Sobre o Curso de Firewall Este treinamento visa prover conhecimento sobre a ferramenta de Firewall nativa em qualquer distribuição Linux, o "iptables", através de filtros de pacotes. Este

Leia mais

APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SOLUÇÃO DE SEGURANÇA DE DADOS SECTTI EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 0008/2014

APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SOLUÇÃO DE SEGURANÇA DE DADOS SECTTI EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 0008/2014 APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SOLUÇÃO DE SEGURANÇA DE DADOS SECTTI EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 0008/2014 Brasília-DF, agosto de 2014 Ref.: Apresentação de Sistema

Leia mais

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Windows Server 2012 Virtualização Hyper-v Firewall Pfsense C o n t e ú d o d o c u r s o H a n d s - on 2 Sumário 1 Conteúdo Windows 2012... 3 2 Conteúdo Virtualização...

Leia mais

Características de Firewalls

Características de Firewalls Firewall Firewall é um sistema de proteção de redes internas contra acessos não autorizados originados de uma rede não confiável (Internet), ao mesmo tempo que permite o acesso controlado da rede interna

Leia mais

Aker Firewall UTM. Basic

Aker Firewall UTM. Basic Aker Firewall 6. Basic VERSÃO: /9/ Máxima proteção e segurança na conexão entre redes. O Aker Firewall é um sistema completo de segurança para o ambiente corporativo pois garante o controle total das informações

Leia mais

Winconnection 6. Internet Gateway

Winconnection 6. Internet Gateway Winconnection 6 Internet Gateway Descrição Geral O Winconnection 6 é um gateway de acesso à internet desenvolvido dentro da filosofia UTM (Unified Threat Management). Assim centraliza as configurações

Leia mais

Pedido de esclarecimentos Resposta NCT

Pedido de esclarecimentos Resposta NCT Pedido de esclarecimentos Resposta NCT Trata-se de pedido de esclarecimentos da Empresa NCT aos termos do Edital do Pregão Eletrônico nº 006/2014, cujo objeto é a contratação de empresa para fornecimento

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. O presente termo de referência, tem por objeto o registro de preços para futuras aquisições dos seguintes itens:

TERMO DE REFERÊNCIA. O presente termo de referência, tem por objeto o registro de preços para futuras aquisições dos seguintes itens: TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO: O presente termo de referência, tem por objeto o registro de preços para futuras aquisições dos seguintes itens: Módulo de expansão para sistema de armazenamento em disco

Leia mais

PLANILHA DE PROPOSTA

PLANILHA DE PROPOSTA 1 010335 FIREWALL SOLUCAO DE SEGURANCA DE REDE UN 1,00 R$ - R$ - COMPUTADORES Os proponentes poderão fornecer a solução em Alta disponibilidade da seguinte forma: TÓPICOS * Firewall * VPN IPSec / VPN SSL

Leia mais

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300.

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução s de armazenamento (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução de armazenamento do

Leia mais

ABRANGÊNCIA: atendimento a no mínimo 60% dos municípios 853 mineiros conforme padrões Anatel

ABRANGÊNCIA: atendimento a no mínimo 60% dos municípios 853 mineiros conforme padrões Anatel Comentários MINUTA TERMO DE REFERENCIA Lote 9A ABRANGÊNCIA: atendimento a no mínimo 60% dos municípios 853 mineiros conforme padrões Anatel Resposta: Fica mantido o texto da minuta do TR. 2.2 O provimento

Leia mais

Vantagens e Serviços

Vantagens e Serviços Official Partner O pfsense é uma distribuição personalizada do FreeBSD, livre e OpenSource, adaptada para uso como um firewall e roteador totalmente gerenciado via interface web. Além disso, ele inclui

Leia mais

Informações referentes ao processo n.º 23036.002388/2007-56

Informações referentes ao processo n.º 23036.002388/2007-56 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANISIO TEIXEIRA - INEP COORDENAÇÃO-GERAL DE LICITAÇÕES CONTRATOS E CONVÊNIOS Esplanada dos Ministérios, Bloco L, Anexo I 4º

Leia mais

ANEXO 5 AO CONTRATO DE INTERCONEXÃO DE REDES CLASSE V ENTRE SAMM E XXX NºXXX

ANEXO 5 AO CONTRATO DE INTERCONEXÃO DE REDES CLASSE V ENTRE SAMM E XXX NºXXX ANEXO 5 AO CONTRATO DE INTERCONEXÃO DE REDES CLASSE V ENTRE SAMM E XXX NºXXX PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS, PROCEDIMENTOS DE TESTES E PARÂMETROS DE QUALIDADE 1. PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS 1.1 As Partes observarão

Leia mais

Componentes de um sistema de firewall - I

Componentes de um sistema de firewall - I Componentes de um sistema de firewall - I O que são Firewalls? Os firewalls são sistemas de segurança que podem ser baseados em: um único elemento de hardware; um único elemento de software instalado num

Leia mais

DAS QUANTIDADES, ESPECIFICAÇÕES E GARANTIAS DOS EQUIPAMENTOS

DAS QUANTIDADES, ESPECIFICAÇÕES E GARANTIAS DOS EQUIPAMENTOS DAS QUANTIDADES, ESPECIFICAÇÕES E GARANTIAS DOS EQUIPAMENTOS 1. QUANTIDADES ITEM QTD GARANTIA DESTINAÇÃO EQUIPAMENTO DE SEGURANÇA MULTIFUNÇÃO TIPO 1 EQUIPAMENTO DE SEGURANÇA MULTIFUNÇÃO TIPO 2 EQUIPAMENTO

Leia mais

HP Network Core Implementation

HP Network Core Implementation HP Network Core Implementation Dados técnicos O serviço HP Network Core Implementation tem como objetivo, através de uma análise técnica no ambiente de rede local, realizar a implementação de uma proposta

Leia mais

AGENTE PROFISSIONAL - ANALISTA DE REDES

AGENTE PROFISSIONAL - ANALISTA DE REDES Página 1 CONHECIMENTO ESPECÍFICO 01. Suponha um usuário acessando a Internet por meio de um enlace de 256K bps. O tempo mínimo necessário para transferir um arquivo de 1M byte é da ordem de A) 4 segundos.

Leia mais

Professor(es): Fernando Pirkel. Descrição da(s) atividade(s):

Professor(es): Fernando Pirkel. Descrição da(s) atividade(s): Professor(es): Fernando Pirkel Descrição da(s) atividade(s): Definir as tecnologias de redes necessárias e adequadas para conexão e compartilhamento dos dados que fazem parte da automatização dos procedimentos

Leia mais

FIREWALL (HARDWARE) Módulo para Segurança e Filtragem Web

FIREWALL (HARDWARE) Módulo para Segurança e Filtragem Web FIREWALL (HARDWARE) Módulo para Segurança e Filtragem Web Modo de licenciamento por hardware. O Appliance deve operar com todas as funcionalidades durante todo o período de suporte. Após o término do período

Leia mais

1 de 5 Firewall-Proxy-V4 :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO ::

1 de 5 Firewall-Proxy-V4 :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO :: 1 de 5 Firewall-Proxy-V4 D O C U M E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L FIREWALL, PROXY, MSN :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO :: Se o foco do seu negócio não é tecnologia, instalar e manter por conta própria

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO

ATA DE REGISTRO DE PREÇO ÓRGÃO DETENTOR DA ATA: TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO MATO GROSSO Pregão Presencial N. 13/2015 Ata de Registro de Preço ÓRGÃO: Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso Pregão Presencial N. 13/2015

Leia mais

BELLA DONNA CENTRO DE ESTÉTICA Sistema de Gerenciamento de Serviços em Estética SisGSE. Documento de Projeto Lógico e Físico de Rede

BELLA DONNA CENTRO DE ESTÉTICA Sistema de Gerenciamento de Serviços em Estética SisGSE. Documento de Projeto Lógico e Físico de Rede BELLA DONNA CENTRO DE ESTÉTICA Sistema de Gerenciamento de Serviços em Estética SisGSE Documento de Projeto Lógico e Físico Histórico de revisões Versão Data Autor Descrição Localização 1.0 20/OUT/2010

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA TERMO DE REFERÊNCIA Registro de Preços para prestação de serviço de atualização de licenças de uso do produto Citrix Xenapp, aquisição de novas licenças, subscrição e suporte ao software Citrix e suporte

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 021/2012

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 021/2012 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 021/2012 1 DO OBJETO 1.1 Prestação de serviços visando à atualização tecnológica da infraestrutura de firewall para suportar a INFOVIA RJ 2.0, mantendo

Leia mais

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Windows 2003 Server Introdução Nessa Aula: É apresentada uma visão rápida e geral do Windows Server 2003. O Foco a partir da próxima aula, será no serviço de Diretórios

Leia mais

Governo do Estado do Acre Secretaria de Estado de Planejamento Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação DTIC

Governo do Estado do Acre Secretaria de Estado de Planejamento Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação DTIC Especificações de Referência Central Telefônica Código do Objeto TOIP00008 Descrição do Objeto Central Telefônica Data da Especificação de Referência Outubro de 2013 Validade da Especificação de Referência

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 008/2012

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 008/2012 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 008/2012 1 DO OBJETO 1.1 Prestação de serviços para implementação de uma solução avançada de Filtro de Conteúdo Web, de alto desempenho, em modo cluster,

Leia mais

Aker Firewall UTM. Enterprise

Aker Firewall UTM. Enterprise Aker Firewall 6. Enterprise Máxima proteção e segurança na conexão entre redes. VERSÃO: 7/3/2 O Aker Firewall é uma solução completa de segurança para o ambiente corporativo que garante o controle total

Leia mais

Possuímos modelos de Subscrição de Suporte ao Software Pfsense para que sua empresa fique tranquila e focada em seu negócio.

Possuímos modelos de Subscrição de Suporte ao Software Pfsense para que sua empresa fique tranquila e focada em seu negócio. O que é o PFSENSE? O pfsense é o principal software Open Source de segurança de redes no mundo. Esta solução é comercializada na forma de Aplliances (Hardware + Software pfsense). O Software pfsense inclui

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO Aquisição de Solução de Firewall para atender as necessidades da Sede da EBSERH, de acordo com as condições constantes deste Termo de Referência e seus respectivos Encartes.

Leia mais

CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES

CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES O sistema digital de radiocomunicação será constituído pelo Sítio Central, Centro de Despacho (COPOM) e Sítios de Repetição interligados

Leia mais

Roteadores de Serviços Integrados CISCO ISR G2

Roteadores de Serviços Integrados CISCO ISR G2 Roteadores de Serviços Integrados CISCO ISR G2 Visão geral sobre Desempenho Descrição do Conteúdo Os roteadores de serviços integrados de nova geração (ISR G2) proporcionam uma plataforma para serviços

Leia mais

** Distance Vector - Trabalha com a métrica de Salto(HOP),. O protocolo que implementa o Distance Vector é o RIP.!

** Distance Vector - Trabalha com a métrica de Salto(HOP),. O protocolo que implementa o Distance Vector é o RIP.! Laboratório wireshark Número de sequencia: syn syn ack ack Cisco Packet Tracer Roteador trabalha em dois modos de operação: - Modo Normal - símbolo > - Modo Root - símbolo # ##################################################################

Leia mais

Especificação de Referência Roteador Sem Fio (Wireless)

Especificação de Referência Roteador Sem Fio (Wireless) 1 Especificação de Referência Roteador Sem Fio (Wireless) Código do Objeto Descrição do Objeto Aplicação do Objeto Data da Especificação de Referência Validade da Especificação de Referência AC0000049

Leia mais

Falaremos um pouco das tecnologias e métodos utilizados pelas empresas e usuários domésticos para deixar a sua rede segura.

Falaremos um pouco das tecnologias e métodos utilizados pelas empresas e usuários domésticos para deixar a sua rede segura. Módulo 14 Segurança em redes Firewall, Criptografia e autenticação Falaremos um pouco das tecnologias e métodos utilizados pelas empresas e usuários domésticos para deixar a sua rede segura. 14.1 Sistemas

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 033/2015 Termo de Referência 1. OBJETO Renovação de licenças de Solução Corporativa do Antivírus Avast, com serviço de suporte técnico e atualização de versão, manutenção

Leia mais

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall (definições) Por que do nome firewall? Antigamente, quando as casas

Leia mais

Ministério da Justiça Conselho Administrativo de Defesa Econômica - CADE CONTRATO Nº 040/2012 PROCESSO N.º 08700.001700/2012-88

Ministério da Justiça Conselho Administrativo de Defesa Econômica - CADE CONTRATO Nº 040/2012 PROCESSO N.º 08700.001700/2012-88 CONTRATO Nº 040/2012 PROCESSO N.º 08700.001700/2012-88 CONTRATANTE: CONTRATADA: CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO ADMINISTRATIVO DE DEFESA ECONÔMICA - CADE E A EMPRESA GLOBAL IP TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS ((TEXTO)) Aos 15 (quinze) dias do mês de junho de dois mil e nove, às 14:00 hs, na sede da Empresa

Leia mais

Pós Graduação Tecnologia da Informação UNESP Firewall

Pós Graduação Tecnologia da Informação UNESP Firewall Pós Graduação Tecnologia da Informação UNESP Firewall Douglas Costa Fábio Pirani Fernando Watanabe Jefferson Inoue Firewall O que é? Para que serve? É um programa usado para filtrar e dar segurança em

Leia mais

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia.

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A EMPRESA A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A experiência da Future Technology nas diversas áreas de TI disponibiliza aos mercados público

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO A presente licitação tem como objeto a contratação de empresa, especializada e devidamente autorizada pela ANATEL - Agência Nacional de Telecomunicações, prestadora

Leia mais

Capítulo 6 - Protocolos e Roteamento

Capítulo 6 - Protocolos e Roteamento Capítulo 6 - Protocolos e Roteamento Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 53 Roteiro (1 / 2) O Que São Protocolos? O TCP/IP Protocolos de Aplicação Protocolos de Transporte Protocolos

Leia mais

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A PREGÃO PRESENCIAL N. 2010/169 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE ARMAZENAMENTO EXTERNO - STORAGE E TAPE LIBRARY. Ref.: Esclarecimentos A unidade de Tape Library será instalada em servidor dedicado a

Leia mais

Fortaleza Digital. Aker FIREWALL UTM. Sua empresa mais forte com uma solução completa de segurança digital.

Fortaleza Digital. Aker FIREWALL UTM. Sua empresa mais forte com uma solução completa de segurança digital. Aker FIREWALL UTM Fortaleza Digital Sua empresa mais forte com uma solução completa de segurança digital. Ideal para o ambiente corporativo, com o Aker Firewall UTM você tem o controle total das informações

Leia mais

Exercícios da Parte II: Segurança da Informação Walter Cunha PSI

Exercícios da Parte II: Segurança da Informação Walter Cunha PSI Exercícios da Parte II: Segurança da Informação Walter Cunha PSI 1. (CESGRANRIO/Analista BNDES 2008) NÃO é uma boa prática de uma política de segurança: (a). difundir o cuidado com a segurança. (b). definir

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES. Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) Redes de computadores. 1 Apresentação

REDE DE COMPUTADORES. Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) Redes de computadores. 1 Apresentação REDE DE COMPUTADORES Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) 1 Apresentação Conhecendo os alunos Conceitos básicos de redes O que é uma rede local Porque usar uma rede local 2 Como surgiram

Leia mais

Possuímos modelos de Subscrição de Suporte ao Software Pfsense para que sua empresa fique tranquila e focada em seu negócio.

Possuímos modelos de Subscrição de Suporte ao Software Pfsense para que sua empresa fique tranquila e focada em seu negócio. O que é o PFSENSE? O pfsense é o principal software Open Source de segurança de redes no mundo. Esta solução é comercializada na forma de Aplliances (Hardware + Software pfsense). O Software pfsense inclui

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 197, DE 12 DE JULHO DE

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 197, DE 12 DE JULHO DE INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 197, DE 12 DE JULHO DE 2011 A Presidenta do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais