Introdução INTRODUÇÃO AO SWEBOK. Origens do corpo de conhecimentos da Engenharia de Software: Introdução a Computação e Engenharia de Software

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução INTRODUÇÃO AO SWEBOK. Origens do corpo de conhecimentos da Engenharia de Software: Introdução a Computação e Engenharia de Software"

Transcrição

1 INTRODUÇÃO AO SWEBOK Introdução a Computação e Engenharia de Software Profa. Cynthia Pinheiro Introdução Origens do corpo de conhecimentos da Engenharia de Software: Engenharia da Computação Ciência da Computação Administração Matemática Gestão de Projetos Gestão de Qualidade Ergonomia de Software Engenharia de Sistemas 1

2 Introdução Conceitos fundamentais de Engenharia de Software: Abstração Métodos e notações de Análise e Design Prototipação de Interface com usuário Modularidade e Arquitetura Ciclo de vida e Processo de software Reuso Métricas Suporte automatizado SWEBOK Guia SWEBOK: Significa: Guide to the Software Engineering Body of Knowledge. O Guia cobre o conhecimento de Engenharia de Software necessário, mas não suficiente ao Engenheiro de Software. Não foca em assuntos específicos: por exemplo, linguagens de programação, bancos de dados relacionais e redes. E sim no conhecimento essencial que suporte a seleção da tecnologia apropriada, no tempo e na circunstância apropriados. 2

3 SWEBOK O SWEBOK foi criado com os seguintes objetivos: Promover uma visão consistente da Engenharia de Software mundialmente. Esclarecer o lugar e definir uma fronteira da Engenharia de Software em relação a outras disciplinas. Caracterizar os conteúdos da disciplina de Engenharia de Software. Proporcionar acesso em forma de tópicos do conjunto de conhecimento na área de Engenharia de Software. Prover uma base para desenvolvimento de um currículo, para certificação de profissionais e licenciamento de materiais. SWEBOK Público-alvo do SWEBOK: Organizações públicas e privadas que necessitam de uma visão consistente sobre a Engenharia de Software para: Definição de requisitos de formação e treinamento, Classificar vagas, Desenvolver políticas de avaliação de desempenho, Especificar atividades de desenvolvimento de software etc. Engenheiros de Software 3

4 SWEBOK Público-alvo do SWEBOK: Autoridades responsáveis por elaborar políticas públicas. Sociedades profissionais e educadores para: Definição de regras de certificação, Políticas de acreditação para currículos acadêmicos e Orientações para a prática profissional. Estudantes de Engenharia de Software. SWEBOK Projeto SWEBOK (3 fases): 4

5 SWEBOK Principais áreas do Conhecimento: Requisitos de Software Projeto (Design) de Software Construção de Software Teste de Software Manutenção de Software Gerenciamento de Configuração de Software Gerenciamento de Engenharia de Software Processo de Engenharia de Software Modelos e Métodos de Engenharia de Software Qualidade de Software Requisitos de Software Trata da aquisição, análise, especificação e gestão de requisitos de software. Dividido em seis tarefas interativas: Engenharia de Requisitos Elicitação de requisitos Análise de Requisitos Especificação de requisitos Validação de requisitos Gestão de requisitos 5

6 Requisitos de Software Engenharia de Requisitos Processo de Requisitos Elicitação de requisitos Captura, descoberta, aquisição de requisitos Análise de Requisitos Detecção e resolução de conflitos, descoberta dos limites e interações do sistema com o ambiente. Especificação de requisitos Estrutura, qualidade e verificação dos documentos de requisitos Requisitos de Software Validação de requisitos Verificação de omissões, conflitos e ambiguidades Adequação às normas de qualidade. Gestão de requisitos Gestão de mudanças Manutenção da consistência com as fases posteriores. 6

7 Projeto de Software Transforma requisitos em uma descrição de solução sob o ponto de vista do software. Decomposição e organização em componentes, com descrição de interfaces entre estes componentes. Refina a descrição em um nível de detalhe adequado à construção do software. Projeto de Software Arquitetura de Software Estruturas e pontos de vista Estilos arquiteturais Padrões de design Famílias de programas e Frameworks Análise e avaliação de qualidade de design Atributos de qualidade, análise de qualidade Ferramentas de avaliação Métricas 7

8 Construção de Software Implementação de software funcional e completo através da codificação, auto validação e auto teste (teste unitário). Duas visões complementares: Estilos de construção de interfaces Linguístico, formal e visual Princípios de organização Redução de complexidade, antecipação à diversidade, estruturação para validação e uso de normas. Teste de Software Verificação dinâmica do comportamento de um programa através de uma sequência finita de casos de testes, adequadamente retirada de um domínio usualmente infinito de execuções. Técnicas de teste: Baseados na intuição, baseados em especificação, baseado em código, baseado em falhas, baseado no uso ou conforme a natureza da aplicação. 8

9 Manutenção de Software Totalidade das atividades requeridas para prover suporte custo-efetivo a um sistema de software, que pode ocorrer antes ou após a entrega do software. Após a entrega do software são feitas modificações com o objetivo de corrigir falhas, melhorar seu desempenho ou adaptá-lo a um ambiente modificado. Antes da entrega do software são feitas atividades de planejamento. Manutenção de Software Atividades de Manutenção de Software Implementação do processo de manutenção Análise do problema e modificações Implementação da Modificação Revisão e aceitação da manutenção Migração ou Descontinuação 9

10 Gerência de Configuração de Software Processo de suporte ao ciclo de vida do software que beneficia: a gestão de projetos, as atividades de desenvolvimento e manutenção, atividades de garantia e consumidores e usuários do produto final. Gerência da Engenharia de Software Gerencia projetos de desenvolvimento de software Aplicação de atividades de gestão: Planejamento, Coordenação, Medição, Monitoramento, Controle e divulgação Objetivo: garantir que o desenvolvimento e manutenção de software seja sistemática, disciplinada e quantificada. 10

11 Processo de Engenharia de Software Define, implementa, mede, gerencia, modifica e aperfeiçoa o processo de desenvolvimento de software. Processo de Engenharia de Software Processo é disciplina Individual Grupal Organizacional Abordagens Qualidade de processo Estrutura de processo Automação de processo 11

12 Modelos e Métodos de Eng. de Software Ferramentas Automatizam as tarefas do processo de Engenharia de Software Ambientes de desenvolvimento de software Ferramentas computadorizadas que auxiliam ao processo de desenvolvimento de software. Automatizam tarefas repetitivas e bem definidas Modelos e Métodos de Eng. de Software Impõem estrutura sobre a atividade de desenvolvimento e manutenção de software com o objetivo de torná-la sistemática e mais propensa ao sucesso. Componentes de um Método: Notação + vocabulário Lista de atividades e procedimentos para realizá-las Guias para avaliar o produto e o processo. 12

13 Modelos e Métodos de Eng. de Software Exemplo: RUP Qualidade de Software Conjunto de atividades relacionadas com garantia de qualidade de software, entre estas as atividades de verificação e validação. Tópicos: Fundamentos de qualidade de software Processos de gerenciamento de software Considerações práticas 13

14 Definição do 2º Trabalho Equipes: até 4 integrantes (10 equipes) Características: Parte escrita vale no máximo 5 pontos Apresentação do trabalho Duração: de 15 a 20 minutos Vale no máximo 5 pontos 2ª nota: (2º trabalho + 2ª prova + 3ª prova) /3 Definição do 2º Trabalho Tema do trabalho: Conhecendo o SWEBOK Cada equipe deverá detalhar sobre uma das áreas do SWEBOK: A. Requisitos de Software B. Projeto (Design) de Software C. Construção de Software D. Teste de Software E. Manutenção de Software F. Gerenciamento de Configuração de Software G. Gerenciamento de Engenharia de Software H. Processo de Engenharia de Software I. Modelos e Métodos de Engenharia de Software J. Qualidade de Software 14

15 Definição do 2º Trabalho Atribuição do tema: Através de sorteio. Conteúdo do trabalho escrito: Resumo dos principais pontos referentes à área de conhecimento sorteada. Buscar referências no SWEBOK e em outras bibliografias. Apresentação: Será apresentado o conteúdo do trabalho escrito. Datas das Apresentações: 12/07 e 14/07 5 equipes por dia. Considerações sobre o Trabalho A nota da parte escrita (5 pontos) será atribuída ao grupo, mas a nota da apresentação (5 pontos) é individual, ou seja, todos devem apresentar. Quanto mais completo for o trabalho, maior a nota. Tentar usar todo o tempo disponível para a apresentação (15 a 20 minutos). No dia da apresentação, o projetor estará disponível para as equipes, mas cada equipe deverá levar seu próprio computador para que possam passar a apresentação. 15

16 Bibliografia Esta aula foi retirada dos seguintes livros/apostilas: SWEBOK Software Engineering Body of Knowledge; Versão 3.0, 2014; IEEE. 16

As 10 Áreas da Engenharia de Software, Conforme o SWEBOK. Jorge H C Fernandes 2004

As 10 Áreas da Engenharia de Software, Conforme o SWEBOK. Jorge H C Fernandes 2004 As 10 Áreas da Engenharia de Software, Conforme o SWEBOK Jorge H C Fernandes 2004 Indicações de que a engenharia de software está se tornando uma atividade de engenharia (SWEBOK) Cursos de graduação em

Leia mais

IntroduçãoaoGuia SWEBOK. Ernani Lopes Isensee 2014

IntroduçãoaoGuia SWEBOK. Ernani Lopes Isensee 2014 IntroduçãoaoGuia SWEBOK Ernani Lopes Isensee 2014 Conhecendo o SWEBOK Guide to the Software Engineering Body of Knowledge IEEE Institute of Electrical and Electronic Engineers Conhecendo o SWEBOK O guia

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0021 - OPERACAO

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000184 - SISTEMAS DE INFORMACAO Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000407 - REDES DE COMPUTADORES Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000654 - TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior Area Profissional: COMUNICACAO Area de Atuacao: EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Guide to the SWEBOK (Guide to the Software Engineering Body of Knowledge) IEEE Computer Society Professor José Eduardo A. de O. Teixeira - Slide 1 IEEE Institute of Eletric and Eletronic

Leia mais

Desempenho e Segurança em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

Desempenho e Segurança em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Desempenho e Segurança em Sistemas de Informação Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Desempenho e Segurança em Sistemas de Informação Aula 5 Áreas da Engenharia de

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO

ENGENHARIA DE SOFTWARE PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 002312 - ENGENHARIA DE SOFTWARE Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

Introdução Engenharia de Software

Introdução Engenharia de Software Introdução Engenharia de Software Auxiliadora Freire Fonte: Engenharia de Software 8º Edição / Ian Sommerville 2007 Slide 1 EMENTA Parte 1 Conceitos de Engenharia de Software. Processo de desenvolvimento

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000053 - ENGENHARIA DA COMPUTACAO Nivel: Superior Area Profissional: INFORMATICA Area de Atuacao: BANCO DE DADOS/INFORMATICA Planejar, administrar,

Leia mais

TECNICO EM INFORMATICA PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO

TECNICO EM INFORMATICA PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 500446 - TECNICO EM INFORMATICA Nivel: Tecnico Area Profissional: 0042 - COMERCIO-TEC Area de Atuacao: 0440 - BANCO DADOS/COMERCIO-TEC

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO PARA CERTIFICAÇÃO

CURSO PREPARATÓRIO PARA CERTIFICAÇÃO Cnteúd prgramátic CURSO PREPARATÓRIO PARA CERTIFICAÇÃO Este é cnteúd prgramátic d curs preparatóri n nv prgrama CDO-0001 para a certificaçã CmpTIA CDIA+. CONCEITUAL ECM Apresentaçã ds cnceits envlvids

Leia mais

Desenvolvimento de Sistemas Orientados a Objetos com UML UP/RUP: Projeto

Desenvolvimento de Sistemas Orientados a Objetos com UML UP/RUP: Projeto Desenvolvimento de Sistemas Orientados a Objetos com UML UP/RUP: Projeto Engenharia de Software I Informática 2009 Profa. Dra. Itana Gimenes RUP: Artefatos de projeto Modelo de Projeto: Use-Case Realization-projeto

Leia mais

Metodologia e Gerenciamento do Projeto na Fábrica de Software

Metodologia e Gerenciamento do Projeto na Fábrica de Software .:: Universidade Estadual de Maringá Bacharelado em Informática Eng. de Software III :. Sistema de Gerenciamento de Eventos - Equipe 09 EPSI Event Programming System Interface Metodologia e Gerenciamento

Leia mais

SWEBOK. Guide to the Software Engineering Body Of Knowledge. Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE

SWEBOK. Guide to the Software Engineering Body Of Knowledge. Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE SWEBOK Guide to the Engineering Body Of Knowledge Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE 1 Iniciativa do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers) Computer Society. (www.ieee.org)

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 27 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 27-26/07/2006 1 Ementa Processos de desenvolvimento de software Estratégias e técnicas de teste de software Métricas para software

Leia mais

I. Dados Identificadores Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

I. Dados Identificadores Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas I. Dados Identificadores Curso Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina Engenharia de Software Professor Eduardo Jesus Coppola Período Noturno Módulo Técnicas de Desenvolvimento de

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Prestar assistencia tecnica no conserto e reparo de equipamentos eletronicos, domesticos, microprocessadores e microcontrolados.

Prestar assistencia tecnica no conserto e reparo de equipamentos eletronicos, domesticos, microprocessadores e microcontrolados. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 500702 - ELETROTECNICA - MOD. Nivel: Tecnico Area Profissional: 0047 - ELETRICA-ELETRONICA-TEC Area de Atuacao: 0349 - ASSIST.TEC./ELETR.-TEC

Leia mais

Gerência de Configuração em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização

Gerência de Configuração em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização Gerência de Configuração em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização Sávio Figueiredo, Gleison Santos, Ana Regina Rocha COPPE UFRJ {savio, gleison, darocha}@cos.ufrj.br SBQS 2004

Leia mais

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS PLANILHA DE PACTUAÇÃO DAS - TCG Data da Validação: 31/03/2010 Data da Homologação: 12/04/2010 Revisão Nº:001 Pedido de Revisão: 30/03/2010 Portaria: 2.846 Data da Publicação: 25/11/2008 Estado: ESPIRITO

Leia mais

Métricas de Software. Sistemas de Informação

Métricas de Software. Sistemas de Informação Métricas de Software Sistemas de Informação Objetivos Entender porque medição é importante para avaliação e garantia da qualidade de software Entender as abordagens principais de métricas e como elas são

Leia mais

METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - SETI Versão 1.0 MANAUS-AM (2010) MDS Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0122 - RELACIONAMENTO CLIENTE/COM. Planejar

Leia mais

Arquitetura de Software. Silvia Regina Vergilio

Arquitetura de Software. Silvia Regina Vergilio Arquitetura de Software Silvia Regina Vergilio Atividades de Projeto Projeto Geral ou Preliminar: fase que traduz a especificação do sistema em termos da arquitetura de dados e de módulos. Descreve a organização

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º AD431- ADMINISTRAÇÃO CONTEMPORÂNEA OBRIG 60 0 60 4.0 Fórmula: AD001 AD001- INTRODUCAO A ADMINISTRACAO FUNDAMENTOS TEÓRICOS. DESIGN ORGANIZACIONAL - ESTRUTURA ORGANIZACIONAIS E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS.

Leia mais

MC302A Modelagem de Sistemas com UML. Prof. Fernando Vanini vanini@ic.unicamp.br

MC302A Modelagem de Sistemas com UML. Prof. Fernando Vanini vanini@ic.unicamp.br MC302A Modelagem de Sistemas com UML Prof. Fernando Vanini vanini@ic.unicamp.br Modelamento de Sistemas e Orientação a Objetos O paradigma de Orientação a Objetos oferece um conjunto de características

Leia mais

Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr.

Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr. Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr. Novatec Sumário Agradecimentos... 17 Sobre o autor... 18 Prefácio... 19 Capítulo 1 Desenvolvimento de software para o valor de negócios... 20 1.1 Qualidade

Leia mais

Políticas de Qualidade em TI

Políticas de Qualidade em TI Políticas de Qualidade em TI Prof. www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Aula 03 CMMI Capability Maturity Model Integration Parte II Agenda sumária dos Processos em suas categorias e níveis de maturidade

Leia mais

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Análise dos Requisitos de Software

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Análise dos Requisitos de Software Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE Análise dos Requisitos de Software Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Roteiro Introdução Tipos de requisitos Atividades Princípios da

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Introdução à Engenharia de Software

Introdução à Engenharia de Software Introdução à Engenharia de Software Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Imagem Clássica Objetivo da aula Depois desta aula você terá uma visão sobre o que é a engenharia

Leia mais

PDS - DATASUS. Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS

PDS - DATASUS. Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS PDS - DATASUS Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS Coordenação Geral de Arquitetura e Engenharia Tecnológica Coordenação de Padronização e Qualidade de Software Gerência de Padrões e Software

Leia mais

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1.

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1. ARCO - Associação Recreativa dos Correios Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Versão Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor Página

Leia mais

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto?

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto? Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. Objetivos da aula 1) Dizer o que é gerenciamento de projetos e a sua importância; 2) Identificar os grupos de processos do gerenciamento de projetos

Leia mais

Requisitos de Software. Teresa Maciel DEINFO/UFRPE

Requisitos de Software. Teresa Maciel DEINFO/UFRPE Requisitos de Software Teresa Maciel DEINFO/UFRPE 1 Requisito de Software Características que o produto de software deverá apresentar para atender às necessidades e expectativas do cliente. 2 Requisito

Leia mais

FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA

FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA 1ª ETAPA - MATUTINO ENEC00035 COMPUTACAO APLICADA 2 2 01 G11 ENEC00035 COMPUTACAO APLICADA 2 2 01 G12 P 01-02 ENEC00050 LABORATORIO DE PROGRAMACAO 4 4 01 G11 P 01-02 ENEC00050 LABORATORIO DE PROGRAMACAO

Leia mais

Políticas de Qualidade em TI

Políticas de Qualidade em TI Políticas de Qualidade em TI Prof. www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Aula 04 ISOs / IEC 12207 15504 9001 9126 25000 Agenda Descrição sumária da ISOs afetas ao nosso curso de qualidade ISO/IEC 12207 ISO/IEC

Leia mais

Design de Software e Projeto Arquitetural de Software. Prof. Edison A M Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti.br

Design de Software e Projeto Arquitetural de Software. Prof. Edison A M Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti.br Design de Software e Projeto Arquitetural de Software Prof. Edison A M Morais http://www.edison.eti.br prof@edison.eti.br Agenda 1. Contexto da Arquitetura e Projeto de Software 2. Definição de Arquitetura

Leia mais

Engenharia de Software Análise de Requisitos. Márcio Daniel Puntel marcio.puntel@ulbra.edu.br

Engenharia de Software Análise de Requisitos. Márcio Daniel Puntel marcio.puntel@ulbra.edu.br 1 Engenharia de Software Análise de Requisitos Márcio Daniel Puntel marcio.puntel@ulbra.edu.br 2 Projeto Inicial Objetivo: Fazer um programa que leia as notas (1 e 2), calcule e mostre a média de um aluno

Leia mais

Unified Process. Sueleni Mendez Batista. Orientadora: Dra. Elisa Hatsue Moriya Huzita

Unified Process. Sueleni Mendez Batista. Orientadora: Dra. Elisa Hatsue Moriya Huzita Unified Process Sueleni Mendez Batista Orientadora: Dra. Elisa Hatsue Moriya Huzita Processo de Desenvolvimento de Software 8O processo de desenvolvimento de software é um conjunto de atividades e resultados

Leia mais

Um Processo de Engenharia de Domínio com foco no Projeto Arquitetural Baseado em Componentes

Um Processo de Engenharia de Domínio com foco no Projeto Arquitetural Baseado em Componentes Um Processo de Engenharia de Domínio com foco no Projeto Arquitetural Baseado em Componentes Ana Paula Blois 1, 2, Karin Becker 2, Cláudia Werner 1 1 COPPE/UFRJ, Universidade Federal do Rio de Janeiro,

Leia mais

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior Area Profissional: 0004 - BIBLIOTECA Area de Atuacao: 0042 - ACERVO/BIBLIOTECA Analisar e processar

Leia mais

Gestão Estratégica da Informação

Gestão Estratégica da Informação Gestão Estratégica da Informação Fabio Perez Marzullo IEEE Body of Knowledge on Services Computing Sponsored by Technical Committee on Services Computing, IEEE Computer Society Conteúdo Introdução A gestão

Leia mais

Definição e Implantação de Modelo de Maturidade em Testes. Fone/Fax: +55 11 3384.4113 - www.qualiti.com - info@qualiti.com

Definição e Implantação de Modelo de Maturidade em Testes. Fone/Fax: +55 11 3384.4113 - www.qualiti.com - info@qualiti.com Definição e Implantação de Modelo de Maturidade em Testes Objetivo e Produto Objetivo Melhorar a medição de qualidade dos códigos antes de promovê-los para produção. Produto Modelo de Maturidade em Testes,

Leia mais

Professor: Curso: Disciplina:

Professor: Curso: Disciplina: Professor: Curso: Disciplina: Esp. Marcos Morais de Sousa Sistemas de informação Engenharia de Software I 3º semestre Métricas de Produtos para Software Prof. Esp. Marcos Morais de Sousa E-mail: marcosmoraisdesousa@gmail.com

Leia mais

Qualidade, Qualidade de Software e Garantia da Qualidade de Software São as Mesmas Coisas?

Qualidade, Qualidade de Software e Garantia da Qualidade de Software São as Mesmas Coisas? Qualidade, Qualidade de Software e Garantia da Qualidade de Software São as Mesmas Coisas? Fábio Martinho. obtido [on-line] na URL http://www.testexpert.com.br/?q=node/669, em 11/03/2008. Segundo a NBR

Leia mais

Engenharia de Software Introdução. Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1

Engenharia de Software Introdução. Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1 Engenharia de Software Introdução Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1 Tópicos Apresentação da Disciplina A importância do Software Software Aplicações de Software Paradigmas

Leia mais

Explorando o cenário das Metodologias de Engenharia de Software Orientado a Agentes

Explorando o cenário das Metodologias de Engenharia de Software Orientado a Agentes 136 Explorando o cenário das Metodologias de Engenharia de Software Orientado a Agentes Eduardo Augusto Ferreira da Silva 1, Heder Dorneles Soares 1, Rafael Sampaio Rocha Machado 1 1 Instituto de Computação

Leia mais

Essencial ao Desenvolvimento de Software

Essencial ao Desenvolvimento de Software Documento de Requisitos Essencial ao Desenvolvimento de Software De que se trata o artigo? Apresenta o documento de requisitos de software, destacando-o como um dos principais documentos pertinentes ao

Leia mais

Palavras-chave: Desenvolvimento Baseado em Componentes (DBC), Transformação de Software, framework e ObjectPascal.

Palavras-chave: Desenvolvimento Baseado em Componentes (DBC), Transformação de Software, framework e ObjectPascal. Construção e Reutilização de de Software do Domínio de Cardiologia João L C Moraes, Daniel Lucrédio, Adriano A Bossonaro, Dr Rubens Tofano, Prof Dr Antonio F Prado DC/UFSCar - Departamento de Computação

Leia mais

TELECOMMUNICATIONS AND IT NETWORK ENGINEERING

TELECOMMUNICATIONS AND IT NETWORK ENGINEERING TELECOMMUNICATIONS AND IT NETWORK ENGINEERING Advanced Diploma Program - Certificate IV in Information Technology - Networking - Diploma of Information Technology Networking - Advanced Diploma of Telecommunications

Leia mais

FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO BPM CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL

FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO BPM CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO BPM CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL UMAPARCERIA ENTRE AABPMP E AAEP CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL A Associação Internacional de Profissionais de Business Process

Leia mais

Requisitos para ferramentas de registro de defeitos de software

Requisitos para ferramentas de registro de defeitos de software Requisitos para ferramentas de registro de defeitos de software Alessandro Liebmam Departamento de Ciência da Computação Instituto de Ciências Exatas Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) CEP: 31270-010

Leia mais

Tópicos em Engenharia de Software (Optativa III) AULA 2. Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com (81 )9801-6619

Tópicos em Engenharia de Software (Optativa III) AULA 2. Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com (81 )9801-6619 Tópicos em Engenharia de Software (Optativa III) AULA 2 Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com (81 )9801-6619 Engenharia de Software Objetivo da aula Depois desta aula você terá uma revisão sobre o

Leia mais

Programa do Módulo 2. Processo Unificado: Visão Geral

Programa do Módulo 2. Processo Unificado: Visão Geral 9.1 Programa do Módulo 2 Orientação a Objetos Conceitos Básicos Análise Orientada a Objetos (UML) O Processo Unificado (RUP) Processo Unificado: Visão Geral 9.2 Encaixa-se na definição geral de processo:

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Introdução. AULA 2 A Organização empresarial e a gestão de projetos. Tema relevante em diversas áreas

Introdução. AULA 2 A Organização empresarial e a gestão de projetos. Tema relevante em diversas áreas Universidade do Sagrado Coração Introdução a Gestão de Projetos Paulo Cesar Chagas Rodrigues AULA 2 A Organização empresarial e a gestão de projetos Iniciação 30/set/2008 Engenharia de Produto 2 2 Introdução

Leia mais

TECNICO EM SEGURANCA DO TRABALHO. "(s15h " " PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO"

TECNICO EM SEGURANCA DO TRABALHO. (s15h   PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 500560 - TECNICO EM SEGURANCA DO TRABALHO Nivel: Tecnico Area Profissional: 0044 - CONSTRUCAO CIVIL-TEC Area de Atuacao: 0395 - SEG.TRABALHO/CONSTR.CIVIL-TEC

Leia mais

Gerenciamento de Qualidade

Gerenciamento de Qualidade UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E ESTATÍSTICA Gerenciamento de Qualidade Engenharia de Software 2o. Semestre de

Leia mais

Histórico da Orientação a Objetos Ciclo de vida de Desenvolvimento de SW

Histórico da Orientação a Objetos Ciclo de vida de Desenvolvimento de SW Histórico da Orientação a Objetos Ciclo de vida de Desenvolvimento de SW Baseado nos materiais dos profs: Prof.: Edilberto M. Silva http://www.edilms.eti.br Edna Canedo Marcio de Carvalho Victorino Brasília-DF,

Leia mais

Requisitos de Software. Requisitos para um sistema de software

Requisitos de Software. Requisitos para um sistema de software Requisitos de Software Requisito condição necessária para a obtenção de certo objetivo ou para o preenchimento de certo fim. Requisitos para um sistema de software descrição das funções e restrições que

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software (1) Gestão de Projetos (1) Definição e evolução. (2) Processo de Software (2) Processos de software. (3) Projeto de Interface Homem- Máquina (4) SW-CMM/CMMI (3) Gestão de projetos.

Leia mais

versão 2.0 do BABOK Cover this area with a picture related to your presentation. It can

versão 2.0 do BABOK Cover this area with a picture related to your presentation. It can Uma visão geral da versão 2.0 do BABOK Cover this area with a picture related to your presentation. It can be humorous. Make sure you look at the Notes Pages for more information about how to use the template.

Leia mais

Por Sérgio Crespo Email: screspo@id.uff.br http://www.professores.uff.br/screspo Twitter: @screspo

Por Sérgio Crespo Email: screspo@id.uff.br http://www.professores.uff.br/screspo Twitter: @screspo Por Sérgio Crespo Email: screspo@id.uff.br http://www.professores.uff.br/screspo Twitter: @screspo Objetivos Esta disciplina tem por objetivo estudar a teoria que envolve a criação de arquiteturas de software,

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO Departamento: Disciplina: Pré-Requisitos: I D E N T I F I C A Ç Ã O Sistemas de Informação Engenharia de Software Aplicada (ESA) Engenharia de Software (ES) CH: 7 Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação

Leia mais

Modelo de Referência para Avaliação da CERTICS

Modelo de Referência para Avaliação da CERTICS CTI RENATO ARCHER Relatório Técnico CTI TRT0084113 Modelo de Referência para Avaliação da CERTICS Documento de Detalhamento Versão 1.1 Este documento apresenta o detalhamento do Modelo de Referência para

Leia mais

Engenharia de Software: Metodologias e Contextualização. Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira vqv.com.br / j.edu@vqv.com.br

Engenharia de Software: Metodologias e Contextualização. Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira vqv.com.br / j.edu@vqv.com.br Engenharia de Software: Metodologias e Contextualização Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira vqv.com.br / j.edu@vqv.com.br Conceitos iniciais Informática: Ciência que tem como objetivo o tratamento da

Leia mais

Unified Modeling Language UML - Notações

Unified Modeling Language UML - Notações Unified Modeling Language UML - Notações Prof. Ms. Elvio Gilberto da Silva elvio@fmr.edu.br UML Ponto de Vista É gerada com propósito geral de uma linguagem de modelagem visual usada para especificar,

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br

ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br - MÓDULO 3 - MODELAGEM DE SISTEMAS ORIENTADA A OBJETOS COM UML 1. INTRODUÇÃO A partir de 1980, diversos métodos de desenvolvimento de sistemas surgiram para apoiar o paradigma orientado a objetos com uma

Leia mais

Manutenção de Software

Manutenção de Software Tema da Aula Manutenção de Prof. Cristiano R R Portella portella@widesoft.com.br Manutenção de 9 Durante as fases de desenvolvimento, defeitos podem ser inadvertidamente gerados. A revisão (testes) pode

Leia mais

A Importância da Disciplina de Análise & Design para uma Aplicação. Ivan Zilotti Alencar 01/06/2006 ialencar@gmail.com

A Importância da Disciplina de Análise & Design para uma Aplicação. Ivan Zilotti Alencar 01/06/2006 ialencar@gmail.com A Importância da Disciplina de Análise & Design para uma Aplicação Ivan Zilotti Alencar 01/06/2006 ialencar@gmail.com Apresentações Sua empresa/instituição Seu papel Sua experiência Em requisitos Processo

Leia mais

Representando Características Autonômicas nos Processos de Negócio

Representando Características Autonômicas nos Processos de Negócio Representando Características Autonômicas nos Processos de Negócio Karolyne Oliveira, Tarcísio Pereira, Emanuel Santos, Jaelson Castro Universidade Federal de Pernambuco UFPE, Recife, PE 50 740-560, Brazil

Leia mais

Metodologia de Desenvolvimento de Software (MDS) do DNIT

Metodologia de Desenvolvimento de Software (MDS) do DNIT Versão 1.02 Metodologia de Desenvolvimento de Software (MDS) do DNIT Projeto: FUB/DNIT Emissão: 08/06/2015 Arquivo: MDS DNIT v1.02 20150701a - revisado e formatado (2).doc 1/86 FICHA TÉCNICA Grupo de Trabalho

Leia mais

O Impacto da Qualidade no Gerenciamento de Projetos

O Impacto da Qualidade no Gerenciamento de Projetos Livraria Virtual PMI 2009 Project Management Institute O Impacto da Qualidade no Gerenciamento de Projetos Por Shobhit Shrotriya Resumo Toda organização enfrenta a difícil tarefa de executar projetos que

Leia mais

Uma Arquitetura de Processos para ISO 9001:2000 e SW- CMM Nível 3

Uma Arquitetura de Processos para ISO 9001:2000 e SW- CMM Nível 3 Uma Arquitetura de Processos para ISO 9001:2000 e SW- CMM Nível 3 Carlo Giovano Pires, Fabiana Marinho, Gabriela Telles, Márcia Sampaio Instituto Atlântico, Rua Chico Lemos, 946, 60822-780, Fortaleza -

Leia mais

UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco Manutenção de Software

UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco Manutenção de Software UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco Manutenção de Software Prof. Ricardo A. Ramos Ciclo de Vida de Software 2 Manutenção de Software Alterações efetuadas no software depois de sua liberação.

Leia mais

Requisitos de Ferramentas de Gerenciamento de Configuração

Requisitos de Ferramentas de Gerenciamento de Configuração Requisitos de Ferramentas de Gerenciamento de Configuração Viviane Nogueira Pinto de Oliveira 1 1Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais Av. Antônio Carlos, 6627 CEP

Leia mais

Eduardo Bezerra. Editora Campus/Elsevier

Eduardo Bezerra. Editora Campus/Elsevier Princípios de Análise e Projeto de Sistemas com UML 2ª edição Eduardo Bezerra Editora Campus/Elsevier Capítulo 11 Arquitetura do sistema Nada que é visto, é visto de uma vez e por completo. --EUCLIDES

Leia mais

Linha de Produto de Software

Linha de Produto de Software Linha de Produto de Software Jair C Leite DIMAp/UFRN O que é linha de produto de software? Técnica de produção baseada em outras engenharias fábricas que desenvolvem uma mesma família de produtos com partes

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE DESENVOLVIMENTO EM CAMADAS

ENGENHARIA DE SOFTWARE DESENVOLVIMENTO EM CAMADAS ENGENHARIA DE SOFTWARE DESENVOLVIMENTO EM CAMADAS Uma estrutura para um projeto arquitetural de software pode ser elaborada usando camadas e partições. Uma camada é um subsistema que adiciona valor a subsistemas

Leia mais

Introdução ao OpenUP (Open Unified Process)

Introdução ao OpenUP (Open Unified Process) Introdução ao OpenUP (Open Unified Process) Diferentes projetos têm diferentes necessidades de processos. Fatores típicos ditam as necessidades de um processo mais formal ou ágil, como o tamanho da equipe

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Engenharia de Software Código da Matriz Curricular: 105P1NB

Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Engenharia de Software Código da Matriz Curricular: 105P1NB Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Engenharia de Software Código da Matriz Curricular: 105P1NB Plano de Disciplina Ano Letivo: 2013-1 º Semestre Dados da Disciplina Código Disc. Nome

Leia mais

Práticas de IHC versus Processos de Engenharia de Software: Uma Análise para Adoção

Práticas de IHC versus Processos de Engenharia de Software: Uma Análise para Adoção Práticas de IHC versus Processos de Engenharia de Software: Uma Análise para Adoção Joyce Cristina Souza Bastos 1, Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira 1 1 Faculdade de Computação - Instituto de Ciências Exatas

Leia mais

Requisitos Não Funcionais

Requisitos Não Funcionais Requisitos Não Funcionais Critérios para análise arquitetural Antonio Mendes da Silva Filho antoniom.silvafilho@gmail.com Professor e consultor em área de tecnologia da informação e comunicação com mais

Leia mais

O Processo. Engenharia de Software: Definição. Engenharia de Software: Definição. Engenharia de Software: Definição. Engenharia de Software

O Processo. Engenharia de Software: Definição. Engenharia de Software: Definição. Engenharia de Software: Definição. Engenharia de Software O Produto e o Processo O Processo : Definição Fritz Bauer - 1969 O estabelecimento e uso de sólidos princípios de engenharia para que se possa obter economicamente um software que seja confiável e que

Leia mais

Professor: Disciplina:

Professor: Disciplina: Professor: Curso: Disciplina: Marcos Morais de Sousa marcosmoraisdesousa@gmail.com marcosmoraisdesousa.blogspot.com Sistemas de informação Engenharia de Software II Gerenciamento de Qualidade CMMI e MPS.BR

Leia mais

UML 2.0 - Modelo Casos de Uso

UML 2.0 - Modelo Casos de Uso UML 2.0 - Modelo Casos de Uso Márcia Ito ito@mind-tech.com.br Julho/2004 Pensamento Inicial Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele

Leia mais

Software Architecture Recovery based on Dynamic Analysis. Aline Vasconcelos Cláudia Werner

Software Architecture Recovery based on Dynamic Analysis. Aline Vasconcelos Cláudia Werner Software Architecture Recovery based on Dynamic Analysis Aline Vasconcelos Cláudia Werner Agenda Contexto e Motivações Trabalhos Relacionados Processo Proposto Estudo de Caso Conclusões Contexto Engenharia

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0113 - REL.PUBLICAS/COMUNICACAO

Leia mais

Documento de Arquitetura

Documento de Arquitetura Documento de Arquitetura A2MEPonto - SISTEMA DE PONTO ELETRÔNICO A2MEPonto - SISTEMA DE PONTO ELETRÔNICO #1 Pág. 1 de 11 HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autor 28/10/2010 1 Elaboração do documento

Leia mais

PRIMAVERA PORTFOLIO MANAGEMENT DA ORACLE

PRIMAVERA PORTFOLIO MANAGEMENT DA ORACLE PRIMAVERA PORTFOLIO MANAGEMENT DA ORACLE RECURSOS GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO Entrega valor por meio de uma abordagem de estratégia em primeiro lugar para selecionar o conjunto ideal de investimentos Aproveita

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI Jaraguá do Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI Jaraguá do Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Faculdade de Tecnlgia SENAI Flrianóplis e Faculdade de Tecnlgia SENAI Jaraguá d Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduaçã Lat Sensu MBA em Gestã de Prjets A Faculdade de Tecnlgia SENAI/SC em Flrianóplis

Leia mais

Engenharia de Software Processo de Desenvolvimento de Software

Engenharia de Software Processo de Desenvolvimento de Software Engenharia de Software Processo de Desenvolvimento de Software Prof. Edison A. M. Morais prof@edison.eti.br http://www.edison.eti.br Objetivo (1/1) Conceituar PROCESSO E CICLO DE VIDA, identificar e conceituar

Leia mais

ENG1000 Introdução à Engenharia

ENG1000 Introdução à Engenharia ENG1000 Introdução à Engenharia Aula 01 Processo de Desenvolvimento de Software Edirlei Soares de Lima Processo de Software O processo de software consiste em um conjunto estruturado

Leia mais

Engenharia de Software. Análise Essencial

Engenharia de Software. Análise Essencial Engenharia de Software Análise Essencial 1 Evolução dos métodos de análise de sistemas Métodos Análise Tradicional Análise Estruturada Abordagens Funcional Funcional Dados Ferramentas Textos fluxuogramas

Leia mais

Para cada fase consideramos. Tempo para um projeto típico Tempo para um projeto Complexo. Arquitetura do Processo Unificado. A meta a ser atingida

Para cada fase consideramos. Tempo para um projeto típico Tempo para um projeto Complexo. Arquitetura do Processo Unificado. A meta a ser atingida Arquitetura do Processo Unificado Tempo para um projeto típico Tempo para um projeto Complexo O tempo gasto nas fases iniciais aumentam Para cada fase consideramos A meta a ser atingida Workflows a executar

Leia mais