Baltic Air Policing Estado-Maior General das Forças Armadas Força Aérea Portuguesa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Baltic Air Policing Estado-Maior General das Forças Armadas Força Aérea Portuguesa"

Transcrição

1 Baltic Air Policing Estado-Maior General das Forças Armadas Força Aérea Portuguesa Bloco 36: 01 de setembro 31 de dezembro de 2014 Šiauliai, Lituânia Press Kit Este Press Kit é elaborado de acordo com a Diretiva n.º 033/CEMGFA/2010

2 Enquadramento O NATO Integrated Air and Missile Defence System (NATINAMDS) assenta, em tempo de paz, no empenhamento das capacidades de Defesa Aérea de cada Estado membro, no Air Policing e proteção do respetivo espaço aéreo. Caso tal não seja possível, o estabelecimento de acordos específicos, no seio da Aliança, providenciará essas capacidades. A entrada dos países bálticos (Estónia, Letónia e Lituânia) e da Eslovénia para a NATO, em Março de 2004, implicou a necessidade de garantir a sua defesa coletiva, similar à dos outros Estados membros. Nesse sentido, e de forma a suprir as respetivas lacunas no âmbito do Air Policing (AP), foi elaborado pelo SACEUR em 25 de fevereiro de 2004 um Concept of Operations (CONOPS) for an Interim Air Policing Solution e que assenta nas contribuições dos países membros, em regime de rotatividade. Recentemente, a 25 de abril de 2014, foi implementada a SACEUR Strategic Directive for the Implementation of Immediate Assurance Measures IAM, que visa preencher e reforçar, entre outras, as capacidades de Air Policing, em consequência do agravamento da crise da Ucrânia. Assim, assistiu-se a um reforço do contingente NATO atribuído à missão de AP na região em causa, cabendo a Portugal a responsabilidade adicional de executar a missão como Lead Nation dos restantes países presentes no Teatro de Operações (TO). Antecedentes Portugal participou já na missão de Air Policing dos Bálticos em A participação de Portugal, na missão em causa, foi aprovada pelo Conselho Superior de Defesa Nacional (CSDN), de março de 2014, para o período previsto entre 01 de Setembro a 31 de dezembro de 14 (bloco #36), e que será constituída por até 6 (seis) aeronaves F-16M e até 70 elementos, a destacar para a Base Aérea de Siauliai (Lituânia). A preparação da participação de Portugal nesta missão incluiu a visita preparatória à Base Aérea de Siauliai - em maio de de um contingente de militares da Força Aérea, e uma reunião de coordenação - em julho de realizada no CAOC de Uedem, para, entre outros, preparar o processo de Handover/Takeover. Resultante do ponto anterior e do trabalho de coordenação entre a FA e o EMGFA foi publicada, em 21JUL14, a DIROP Nº31/CEMGFA/14 AIR POLICING NOS PAÍSES BÁLTICOS, a enquadrar superiormente a preparação e execução desta missão. 2

3 Comandante do Destacamento O Tenente-Coronel Piloto-Aviador João Paulo Pires nasceu em 1971, em São Tomé e Príncipe. Efetuou os estudos secundários em Bragança e, em 1989, ingressou na Academia da Força Aérea, onde concluiu a licenciatura em Ciências Militares Aeronáuticas em Iniciou o tirocínio de pilotagem em 1993, na Base Aérea Nº 11, tendo sido brevetado como piloto aviador em julho de Em 1995 concluiu o curso de Pilotagem Avançada em Aviões de Combate na aeronave Alpha-Jet, tendo sido colocado na Esquadra 201, Base Aérea Nº 5, em novembro do mesmo ano. Em 2004 transitou para o Núcleo de F-16MLU e em novembro de 2005 para a Esquadra 301. Frequentou vários cursos inerentes à especialidade e para o desempenho de funções destacando-se o Curso Básico de Comando e Curso Geral de Guerra Aérea, o Curso de Aperfeiçoamento Oficiais Guerra Eletrónica, o Mission Tape Generator Course, o Tactical Leadership Program, o Weapons Instructor Meeting e o International Flight Safety Officers Course. Ao nível da NATO frequentou, entre outros, o Weaponeering and Targeting Course, Staff Officer Planning Course, Operations Evaluator Course e?????. De 1996 a 2009 participou em várias operações e exercícios conjuntos e combinados, dentro e fora do país, destacando-se as operações Deliberate Forge (Bósnia- Herzegovina) e Allied Force (Kosovo), o Air Policing na Lituânia, o NATO Air Meet, Red Flag, Clean Hunter, Strong Resolve, Sírio, LinkedSeas, Eolo, Polygone, TTP, Dapex, Lusíada, EEAW, Cold Response, Real Warm e Real Thaw. No mesmo período desempenhou várias funções ao nível das Unidades Aéreas e Unidade, nomeadamente Chefe das secções de Guerra Eletrónica, Planeamento Operacional, Uniformização e Avaliação, Tiro e Táticas, Oficial de Operações e Chefe do Gabinete de Prevenção de Acidentes, de 2006 a Foi coordenador e investigador da Comissão de Investigação de Acidentes BA5, entre 2006 e 2008 e Investigador da Comissão Central de Investigação de Acidentes da Força Aérea (COCINV) de 2008 a Participou no OPACESS e avaliações táticas efetuadas pela NATO à Esquadra 201 e F- 16M, em 2003 como participante e, em 2011, como avaliador. Foi responsável pela aceitação operacional e implementação do simulador do F-16MLU. O Tenente-Coronel João Pires tem cerca de 2500 horas de voo, das quais mais de 2000 em F-16. Nas aeronaves F-16 e F16M obteve várias qualificações operacionais, 3

4 destacando-se as de Comandante de Parelha, Esquadrilha e Esquadra em Voo, Piloto Instrutor e de Experiências. Em 2009 foi nomeado para o cargo Staff Officer Planningand Performance, no Quartel- General dos AWACS, onde permaneceu até julho de Foi promovido ao atual posto em outubro de 2009 e desempenha as funções de Comandante do Grupo Operacional 51 desde agosto de No decorrer da sua carreira o Tenente-Coronel João Pires foi distinguido com vários Louvores e Condecorações, de onde se destacam a Ordem Militar de Avis, grau de Cavaleiro, as Medalhas de Mérito Militar de 2ª e 3ª Classes, Medalha de Mérito Aeronáutico de 2ª Classe e Medalha da Cruz de S. Jorge. Militares Nesta missão estarão no TO até 70 (setenta) militares da Força Aérea Portuguesa, com 220 militares nomeados no total, dos quais 19 são do sexo feminino (8,64%) e 201 do sexo masculino (91,36%). Capacidades da Força Nacional Destacada (FND) A Força Aérea prepara, apronta, destaca, emprega e sustenta um Destacamento Aéreo - com seis aeronaves F-16 e 70 militares - a projetar para a Lituânia, a fim de efetuar Air Policing nos Países Bálticos, no período definido, com o intuito de preservar a integridade do espaço aéreo europeu da NATO, e no quadro dos compromissos assumidos por Portugal. Adicionalmente, e sem comprometer a missão primária, poderá desenvolver atividade aérea no âmbito do treino operacional. Duração e Gestão da Missão A missão terá a duração de quatro meses, decorrendo desde o dia 01 de setembro até ao dia 31 de dezembro de Estão previstas quatro rotações de pessoal, sendo que em três dessas rotações será usado uma aeronave C-27 da Força Aérea Lituana e na outra uma aeronave C-130 da Força Aérea Portuguesa Portuguesa. A primeira rotação ocorre nos dias 25 e 26 de setembro de 2014 usando o C-27. A segunda rotação ocorre dia 20 de outubro de 2014, usando o C-130. A terceira rotação ocorre dias 13 e 14 de novembro de 2014, usando o C-27. A quarta e última rotação ocorre nos dias 8, 9 e 10 de dezembro de 2014, usando o C-27. 4

5 Existe a possibilidade de terem de ser efetuadas rotações adicionais às já referidas. Nestes casos, poderão ser usados voos comerciais, a aeronave Falcon 50 da Força Aérea Portuguesa ou outra aeronave. Deverá ser usado o meio considerado mais apropriado tendo em conta as datas, número de pessoal, disponibilidade e preço. Local de Instalação no Teatro de Operações A generalidade da missão decorrerá na Base Aérea de Šiauliai, na Lituânia. A atividade de Centro de Relato e Controlo (CRC) decorrerá nas instalações militares de Karmelava, também na Lituânia. Oficial de Relações Públicas O Oficial de Relações Públicas da FND, internacionalmente designado como Public Affairs Officer (PAO), será numa primeira fase o Alferes Ricardo Quintela, da Força Aérea Portuguesa. Pode ser contactado através dos endereços eletrónicos e Ainda não está definida uma via telefónica de contacto, mas esta será comunicada quando o Oficial iniciar funções no TO. Este Oficial está colocado nas Relações Públicas da Força Aérea, que também podem ser contactadas para o efeito. 5

Novembro 2010 Professor de Geopolítica do Instituto de Estudos Superiores Militares

Novembro 2010 Professor de Geopolítica do Instituto de Estudos Superiores Militares Curriculum Vitae Informação pessoal Nome(s) próprio(s) / Apelido(s) Jaime Carlos do Vale Ferreira da Silva Morada(s) Rua das Palmeiras, n.º 249, 2.º B, 2775-347 Parede (Portugal) Telefone(s) 214664714

Leia mais

CAPÍTULO III. Estado -Maior Conjunto Artigo 8.º

CAPÍTULO III. Estado -Maior Conjunto Artigo 8.º CAPÍTULO III Estado -Maior Conjunto Artigo 8.º Missão e atribuições 1. O Estado -Maior Conjunto (EMC) tem por missão assegurar o planeamento e o apoio necessários à decisão do CEMGFA. 2. O EMC prossegue,

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL

MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL Decreto Lei n.º 142/2015 de 31 de julho O Decreto Lei n.º 296/2009, de 14 de outubro, procedeu à alteração da estrutura do regime remuneratório aplicável aos militares dos

Leia mais

Nasceu em Janeiro de 1953 em Lisboa e é licenciado em Ciências Militares - Aeronáutica pela Academia Militar (1976).

Nasceu em Janeiro de 1953 em Lisboa e é licenciado em Ciências Militares - Aeronáutica pela Academia Militar (1976). Força Aérea: Tenente-General António Carlos Mimoso e Carvalho Nomeado para o STJ a 12 de Setembro de 2014 Nasceu em Janeiro de 1953 em Lisboa e é licenciado em Ciências Militares - Aeronáutica pela Academia

Leia mais

Currículos. 1. Membros do Conselho de Administração. 1.1. Administradores Executivos. 1.1.1. Presidente CA Luís Filipe Ottolini Coimbra

Currículos. 1. Membros do Conselho de Administração. 1.1. Administradores Executivos. 1.1.1. Presidente CA Luís Filipe Ottolini Coimbra Currículos 1. Membros do Conselho de Administração 1.1. Administradores Executivos 1.1.1. Presidente CA Luís Filipe Ottolini Coimbra Ano de Nascimento: 1944 - Licenciatura em Engenharia Aeronáutica e Mecânica

Leia mais

4590 208 Paços de Ferreira

4590 208 Paços de Ferreira C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome DIAS, DANIELLA ALEXANDRA AMARAL SOUSA Morada RUA DA ALDEIA, N.º 108, Figueiró, 4590 208 Paços de Ferreira Telefone 933290482 Fax Correio electrónico

Leia mais

Piloto Aviador (PILAV)

Piloto Aviador (PILAV) Academia da Força Aérea Mestrado em Ciências Militares Aeronáuticas na especialidade Piloto Aviador (PILAV) PILAV 1ºAno, 1ºSemestre Álgebra Linear MAT Semestral 168 48 32 0 0 0 0 0 6,0 Cálculo Diferencial

Leia mais

Newsletter Nº 37 ABRIL ESTÁGIO DE LIDERANÇA PARA PEQUENOS GRUPOS

Newsletter Nº 37 ABRIL ESTÁGIO DE LIDERANÇA PARA PEQUENOS GRUPOS E S C O L A D E S E R V I Ç O D E S A Ú D E M I L I T A R Newsletter Nº 37 ABRIL ESTÁGIO DE LIDERANÇA PARA PEQUENOS GRUPOS Decorreu na Escola de Sargentos do Exército (ESE) de 30 de março a 02 de abril

Leia mais

VII - tenha a seleção e o relacionamento dos militares designados para a matrícula a cargo do DGP, ouvido o CIE; e

VII - tenha a seleção e o relacionamento dos militares designados para a matrícula a cargo do DGP, ouvido o CIE; e VII - tenha a seleção e o relacionamento dos militares designados para a matrícula a cargo do DGP, ouvido o CIE; e VIII - tenha a orientação técnico-pedagógica do DECEx. Art. 3º Determinar que a presente

Leia mais

OFICIAIS PILOTO DE AVIAÇÃO COMERCIAL (M/F)

OFICIAIS PILOTO DE AVIAÇÃO COMERCIAL (M/F) REFª 0310/TA/OV OFICIAIS PILOTO DE AVIAÇÃO COMERCIAL (M/F) REQUISITOS MÍNIMOS DE CANDIDATURA: - Idade mínima de 21 anos máxima de 40 anos (inclusive); - Licença de Piloto Comercial de Avião, com qualificações

Leia mais

PROGRAMA MOSA MAINTENANCE OPERATIONS SAFETY AUDIT (PROGRAMA DE OBSERVAÇÕES DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO)

PROGRAMA MOSA MAINTENANCE OPERATIONS SAFETY AUDIT (PROGRAMA DE OBSERVAÇÕES DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO) PROGRAMA MOSA MAINTENANCE OPERATIONS SAFETY AUDIT (PROGRAMA DE OBSERVAÇÕES DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO) - - - - - - - - - - Anais do 4º Simpósio de Segurança de Voo (SSV 2011) Direitos Reservados - Página

Leia mais

25 JUNHO 2014 NÃO CLASSIFICADO

25 JUNHO 2014 NÃO CLASSIFICADO 25 JUNHO 2014 COMANDANTE DO TACP António Trigger Farinha Capitão FAC/JTAC OBJETIVO Dar a conhecer as capacidades do TACP da Força Aérea, e o seu emprego no controlo de fogos Superfície/Superfície integrados

Leia mais

CIAAN completa 61 anos

CIAAN completa 61 anos CIAAN completa 61 anos Por Guilherme Wiltgen Com o surgimento da nova Aviação Naval, na década de 50, seria necessário criar um curso para a formação de Aviadores Navais, para que pilotassem as aeronaves

Leia mais

ESTATUTO DO ANIMADOR SOCIOCULTURAL

ESTATUTO DO ANIMADOR SOCIOCULTURAL ESTATUTO DO ANIMADOR SOCIOCULTURAL PREÂMBULO A Animação Sociocultural é o conjunto de práticas desenvolvidas a partir do conhecimento de uma determinada realidade, que visa estimular os indivíduos, para

Leia mais

Regulamento de Atribuição do Título de Especialista Escola Superior de Educação João de Deus. na ESE João de Deus

Regulamento de Atribuição do Título de Especialista Escola Superior de Educação João de Deus. na ESE João de Deus Escola Superior de Educação João de Deus de Atribuição do Título de Especialista Escola Superior de Educação João de Deus na ESE João de Deus O Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior, aprovado

Leia mais

NORMAS INTERNAS DE PROTEÇÃO DA PARENTALIDADE ESPECÍFICAS DOS MILITARES DO EXÉRCITO

NORMAS INTERNAS DE PROTEÇÃO DA PARENTALIDADE ESPECÍFICAS DOS MILITARES DO EXÉRCITO NORMAS INTERNAS DE PROTEÇÃO DA PARENTALIDADE ESPECÍFICAS DOS MILITARES DO EXÉRCITO Com a entrada em vigor da Lei n.º 23/2012 que procede à terceira alteração ao Código de Trabalho, aprovado pela Lei 7/2009,

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO MINISTRO

MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO MINISTRO MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA N o 916/MD, DE 13 DE JUNHO DE 2008. Aprova a Diretriz para a Difusão e Implementação do Direito Internacional dos Conflitos Armados (DICA) nas

Leia mais

ANEXO C DESPACHO DO ALMIRANTE CHEFE DO ESTADO-MAIOR DA ARMADA, N.º 38/13, DE 7 DE NOVEMBRO: ATRIBUIÇÃO DO GRAU DE MESTRE A OFICIAIS DOS CURSOS DA ESCOLA NAVAL A adequação do Processo de Bolonha às antigas

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 2. CARACTERIZAÇÃO DO ASSUNTO

1. INTRODUÇÃO 2. CARACTERIZAÇÃO DO ASSUNTO CADERNO FICHA 9. PRÉ-SUPRESSÃO 9.5. EXERCÍCIOS E TREINOS O presente documento constitui uma Ficha que é parte integrante de um Caderno temático, de âmbito mais alargado, não podendo, por isso, ser interpretado

Leia mais

Anexo I CRITÉRIOS A APLICAR NA REALIZAÇÃO DE AVALIAÇÃO POR PONDERAÇÃO CURRICULAR CARREIRA DE TÉCNICO SUPERIOR

Anexo I CRITÉRIOS A APLICAR NA REALIZAÇÃO DE AVALIAÇÃO POR PONDERAÇÃO CURRICULAR CARREIRA DE TÉCNICO SUPERIOR Anexo I CRITÉRIOS A APLICAR NA REALIZAÇÃO DE AVALIAÇÃO POR PONDERAÇÃO CURRICULAR CARREIRA DE TÉCNICO SUPERIOR. Relativamente aos anos de 20-204, na avaliação de desempenho dos trabalhadores por ponderação

Leia mais

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Instituto Nacional de Aviação Civil, I.P. Regulamento n.º /2010

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Instituto Nacional de Aviação Civil, I.P. Regulamento n.º /2010 MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Instituto Nacional de Aviação Civil, I.P. Regulamento n.º /2010 Define o Perfil do Administrador Responsável (Accountable Manager) e as Habilitações

Leia mais

MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE Projeto de Formação de Professores do Ensino Básico Seleção de Agentes de Cooperação (Língua Portuguesa)

MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE Projeto de Formação de Professores do Ensino Básico Seleção de Agentes de Cooperação (Língua Portuguesa) MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE Projeto de Formação de Professores do Ensino Básico Seleção de Agentes de Cooperação (Língua Portuguesa) (DÍLI / TIMOR LESTE) Posto Condições Datas para receção de candidaturas

Leia mais

estratégicos e de segurança na África Subsariana e no Atlântico Sul As respostas adequadas e o papel das Tropas Comandos

estratégicos e de segurança na África Subsariana e no Atlântico Sul As respostas adequadas e o papel das Tropas Comandos INTERVENÇÃO DE SEXA O GENERAL CEMGFA Por ocasião do 40º Aniversário da Associação de Comandos durante o encerramento do Seminário subordinado ao tema: Os novos desafios estratégicos e de segurança na África

Leia mais

Preparação e Resposta à Doença por Vírus Ébola Avaliações Externas

Preparação e Resposta à Doença por Vírus Ébola Avaliações Externas Preparação e Resposta à Doença por Vírus Ébola Avaliações Externas European Centre for Disease Prevention and Control (ECDC) Global Health Security Agenda (GHSA) Enquadramento A Plataforma de Resposta

Leia mais

Serviço Público Inteligente

Serviço Público Inteligente Serviço Público Inteligente Sistemas de BI, decidir com base em informação de qualidade 15 de maio de 2013 Auditório B, Reitoria UNL Patrocínio Prata Patrocinadores Globais APDSI CALM António Gameiro Marques

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA ENSINO ICA 37-358 CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO DE SEGURANÇA DE VÔO MÓDULO - PREVENÇÃO 2009 MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E

Leia mais

Aviso de Abertura do Concurso para Atribuição de Bolsas Individuais de Doutoramento, de Doutoramento em Empresas e de Pós- Doutoramento 2015

Aviso de Abertura do Concurso para Atribuição de Bolsas Individuais de Doutoramento, de Doutoramento em Empresas e de Pós- Doutoramento 2015 Aviso de Abertura do Concurso para Atribuição de Bolsas Individuais de Doutoramento, de Doutoramento em Empresas e de Pós- Doutoramento 2015 Nos termos do Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação

Leia mais

Regulamento da AFA/ESTMA (Portaria n.º 11/91, de 04JAN, Rectificada pela Declaração de Rectificação n.º 47/91)

Regulamento da AFA/ESTMA (Portaria n.º 11/91, de 04JAN, Rectificada pela Declaração de Rectificação n.º 47/91) No seguimento do artigo 7.º do Decreto-Lei n.º 48/86, de 13 de Março, que definiu o quadro legal regulador da inserção dos estabelecimentos militares de ensino superior no sistema universitário português,

Leia mais

COMUNICADO FINAL. XXIXª Comissão Bilateral Permanente Washington 5 de Maio de 2011

COMUNICADO FINAL. XXIXª Comissão Bilateral Permanente Washington 5 de Maio de 2011 COMUNICADO FINAL XXIXª Comissão Bilateral Permanente Washington 5 de Maio de 2011 Na 29ª reunião da Comissão Bilateral Permanente Portugal-EUA, que se realizou em Washington, a 5 de Maio de 2011, Portugal

Leia mais

Logística Uma nova fórmula para o Exército CONCEITOS ESTRUTURANTES DA CIÊNCIA LOGÍSTICA

Logística Uma nova fórmula para o Exército CONCEITOS ESTRUTURANTES DA CIÊNCIA LOGÍSTICA Logística Uma nova fórmula para o Exército CONCEITOS ESTRUTURANTES DA CIÊNCIA LOGÍSTICA A Logística, ciência de origem militar que despontou das necessidades de preparação, movimentação e colocação de

Leia mais

Newsletter Julho/Agosto/Setembro 2010

Newsletter Julho/Agosto/Setembro 2010 Newsletter Julho/Agosto/Setembro 2010 CEMGFA 54ª Reunião dos EstadosMaiores Peninsulares Agenda: Notícias Outubro 2010 Afeganistão Rotação OMLT(s) FND/ISAF - Cerimónia de Transferência de Autoridade Novembro

Leia mais

PLANO PARA A IGUALDADE DE GÉNERO DO EXÉRCITO

PLANO PARA A IGUALDADE DE GÉNERO DO EXÉRCITO PLANO PARA A IGUALDADE DE GÉNERO DO EXÉRCITO PARA O ANO DE 2014 2 1. ENQUADRAMENTO a. O princípio da igualdade é um princípio fundamental da Constituição da República Portuguesa, em que no seu Artigo 13º

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 18 de maio de 2016. Série. Número 89

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 18 de maio de 2016. Série. Número 89 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 18 de maio de 2016 Série Sumário SECRETARIAS REGIONAIS DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EDUCAÇÃO Portaria n.º 211/2016 Primeira alteração

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS EDITAL PROPEG Nº 003/2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE

Leia mais

PROC. Nº 6203/07 PLL Nº 183/07 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

PROC. Nº 6203/07 PLL Nº 183/07 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Irani Flôres de Siqueira nasceu em Montenegro/RS, em 11 de fevereiro de 1936, filho de Mozart Noronha de Siqueira e de Cassilda Flôres de Siqueira. É casado com Lourdes Beatriz Pereira

Leia mais

SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL. RESOLUÇÃO No- 316, DE 9 DE MAIO DE 2014

SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL. RESOLUÇÃO No- 316, DE 9 DE MAIO DE 2014 SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL RESOLUÇÃO No- 316, DE 9 DE MAIO DE 2014 Dispõe sobre o Regime Especial da Copa do Mundo FIFA 2014 e dá outras providências. A DIRETORIA DA

Leia mais

Artigo 2.º (Definições) Para efeitos da aplicação do SIADAP no seio da UC, entende-se por: a) «Dirigente máximo do serviço», o reitor.

Artigo 2.º (Definições) Para efeitos da aplicação do SIADAP no seio da UC, entende-se por: a) «Dirigente máximo do serviço», o reitor. 1 Nos termos do disposto no n.º 3 do artigo 110.º do RJIES, a aprovação do presente regulamento, elaborado ao abrigo do estatuído no artigo 3.º da Lei n.º 66-B/2007, de 28 de Dezembro, é precedida da sua

Leia mais

MAPA DE PESSOAL PARA O ANO DE 2012

MAPA DE PESSOAL PARA O ANO DE 2012 GABINETE DE APOIO E RELAÇÕES EXTERNAS As constantes do artigo 10.º do Regulamento Orgânico dos Serviços Municipais e Anexo V, aprovado em reunião ordinária da Câmara Municipal de 28 de Fevereiro de 2011.

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

CURRICULUM VITAE JORGE MANUEL DIAS SEQUEIRA. Junho de 2013. Página 1 de 6

CURRICULUM VITAE JORGE MANUEL DIAS SEQUEIRA. Junho de 2013. Página 1 de 6 CURRICULUM VITAE JORGE MANUEL DIAS SEQUEIRA Junho de 2013 Página 1 de 6 Página 2 de 6 1. IDENTIFICAÇÃO Nome Jorge Manuel Dias Sequeira Data de nascimento 27 de Dezembro de 1966 Morada Rua Dom Jorge da

Leia mais

Regimento de Guarnição N.º1

Regimento de Guarnição N.º1 NEWSLETTER Edição N.º 06/ 2015 Lápide existente no Corpo da Guarda, junto à porta principal do Castelo de S. João Baptista (do governo do Mestre de Campo Manuel de Sousa Pacheco, governador do castelo

Leia mais

NATURALIDADE: Cubal Angola DATA DE NASCIMENTO: 27.02.1961. ESTADO CIVIL: Casado

NATURALIDADE: Cubal Angola DATA DE NASCIMENTO: 27.02.1961. ESTADO CIVIL: Casado NOME: José António van der Kellen NATURALIDADE: Cubal Angola DATA DE NASCIMENTO: 27.02.1961 ESTADO CIVIL: Casado MORADA PROFISSIONAL: Direcção Regional de Lisboa, Vale do Tejo e Alentejo Av. António Augusto

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência. Despacho n.º

Ministério da Educação e Ciência. Despacho n.º Ministério da Educação e Ciência Gabinetes dos Secretários de Estado do Ensino e da Administração Escolar e do Ensino Básico e Secundário Despacho n.º De acordo com o estabelecido na Portaria n.º 135-A/2013,

Leia mais

SEMINÁRIO MODELOS DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DAS CAPACIDADES DE DEFESA: DESAFIOS E OPORTUNIDADES. Instituto da Defesa Nacional, 29 de março de 2012

SEMINÁRIO MODELOS DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DAS CAPACIDADES DE DEFESA: DESAFIOS E OPORTUNIDADES. Instituto da Defesa Nacional, 29 de março de 2012 SEMINÁRIO MODELOS DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DAS CAPACIDADES DE DEFESA: DESAFIOS E OPORTUNIDADES Instituto da Defesa Nacional, 29 de março de 2012 CONCLUSÕES 1. A Europa está atualmente confrontada com um

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 1.247/MD, DE 2 DE SETEMBRO DE 2008

MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 1.247/MD, DE 2 DE SETEMBRO DE 2008 MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 1.247/MD, DE 2 DE SETEMBRO DE 2008 Disciplina a ocupação de cargos e funções militares, a concessão da Gratificação de Exercício em Cargo

Leia mais

5356 Diário da República, 2.ª série N.º 44 4 de março de 2015

5356 Diário da República, 2.ª série N.º 44 4 de março de 2015 5356 Diário da República, 2.ª série N.º 44 4 de março de 2015 Posto Arma/Serviço NIM Nome Data Reforma TCor SGE 03373079 Domingos Alberto Preto Neto...................................... 21-12-2014 Maj

Leia mais

Ministério dos Transportes

Ministério dos Transportes Ministério dos Transportes Instituto Nacional de Aviação Civil INAVIC Normativo Técnico 14 Qualificações do Pessoal Aeronáutico Página 1/29 Índice Parte A: Generalidades..4 14.001 Aplicabilidade 4 14.003

Leia mais

Reitoria. É revogado o Despacho RT-34/2014, de 2 junho. Universidade do Minho, 5 de dezembro de 2014. O Reitor. António M. Cunha. despacho RT-55/2014

Reitoria. É revogado o Despacho RT-34/2014, de 2 junho. Universidade do Minho, 5 de dezembro de 2014. O Reitor. António M. Cunha. despacho RT-55/2014 Reitoria despacho RT-55/2014 A Universidade do Minho tem vindo a atrair um número crescente de estudantes estrangeiros, que hoje representam um importante contingente da sua comunidade estudantil. Com

Leia mais

PLANO DE MELHORIA CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DO PORTO

PLANO DE MELHORIA CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DO PORTO PLANO DE MELHORIA DO 2015-2017 Conservatório de Música do Porto, 30 de outubro de 2015 1. Introdução... 3 2. Relatório de Avaliação Externa... 5 Pontos Fortes... 5 Áreas de Melhoria... 6 3. Áreas Prioritárias...

Leia mais

Ministério dos Transportes

Ministério dos Transportes Ministério dos Transportes Instituto Nacional de Aviação Civil INAVIC Normativo Técnico15 Limites dos Tempos de Serviço do Pessoal Aeronáutico Página 1/9 Índice Parte A: Generalidades.. 3 15.001 Aplicabilidade...3

Leia mais

CARTA DE AUDITORIA INTERNA GABINETE DE AUDITORIA INTERNA (GAI)

CARTA DE AUDITORIA INTERNA GABINETE DE AUDITORIA INTERNA (GAI) CARTA DE AUDITORIA INTERNA GABINETE DE AUDITORIA INTERNA (GAI) «Para um serviço de excelência» 2015 1. OBJETIVO Pelo Despacho n.º 9/2014, de 21 de novembro, do Diretor-Geral da Administração da Justiça

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA

COMANDO DA AERONÁUTICA COMANDO DA AERONÁUTICA CERIMONIAL ICA 900-1 CERIMONIAL MILITAR DO COMANDO DA AERONÁUTICA 17 DEZ 2002 COMANDO DA AERONÁUTICA GABINETE DO COMANDANTE DA AERONÁUTICA CERIMONIAL ICA 900-1 CERIMONIAL MILITAR

Leia mais

Bolsa de Inovação da Secção Regional de Lisboa DA ORDEM DOS FARMACÊUTICOS REGRAS DE ATRIBUIÇÃO

Bolsa de Inovação da Secção Regional de Lisboa DA ORDEM DOS FARMACÊUTICOS REGRAS DE ATRIBUIÇÃO A Direcção da Secção Regional de Lisboa da Ordem dos Farmacêuticos, reunida em sessão de 18 de Julho de 2012, deliberou instituir uma Bolsa, destinada a apoiar projectos de investigação e projectos profissionais

Leia mais

6444 Diário da República, 1.ª série N.º 179 15 de Setembro de 2009

6444 Diário da República, 1.ª série N.º 179 15 de Setembro de 2009 6444 Diário da República, 1.ª série N.º 179 15 de Setembro de 2009 ANEXO Cargos de comando, direcção ou chefia de oficial general Almirante 1. Vice -almirante 7. Contra -almirante 15. Decreto-Lei n.º 234/2009

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ACRE POLÍCIA MILITAR DIRETORIA DE ENSINO E INSTRUÇÃO EDITAL Nº 001 / PMAC / DEI/ 2015 1º CURSO DE SWAT OPERATIONS / PMAC/ CPO-I

GOVERNO DO ESTADO DO ACRE POLÍCIA MILITAR DIRETORIA DE ENSINO E INSTRUÇÃO EDITAL Nº 001 / PMAC / DEI/ 2015 1º CURSO DE SWAT OPERATIONS / PMAC/ CPO-I GOVERNO DO ESTADO DO ACRE POLÍCIA MILITAR DIRETORIA DE ENSINO E INSTRUÇÃO EDITAL Nº 001 / PMAC / DEI/ 2015 1º CURSO DE SWAT OPERATIONS / PMAC/ CPO-I O Comandante Geral da PMAC, no uso de suas atribuições

Leia mais

A FORÇA AÉREA NA MISSÃO DE POLICIAMEN TO AÉREO NA ISLÂNDIA ICELAND AIR POLICING 2012 (IAP2012)

A FORÇA AÉREA NA MISSÃO DE POLICIAMEN TO AÉREO NA ISLÂNDIA ICELAND AIR POLICING 2012 (IAP2012) A FORÇA AÉREA NA MISSÃO DE POLICIAMEN TO AÉREO NA ISLÂNDIA ICELAND AIR POLICING 2012 (IAP2012) Texto Major TODCI António Caixeiro Fotos FAP/IAP2012 Da chegada do Advanced Team e instalação da Força Nacional

Leia mais

O Presidente da República visitou o Hospital das Forças Armadas

O Presidente da República visitou o Hospital das Forças Armadas Crónicas Militares Nacionais Coronel Nuno Miguel Pascoal Dias Pereira da Silva A Força Aérea no apoio à população Em 2015, a Força Aérea realizou 406 missões de transporte aeromédico (488 doentes e mais

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto REGULAMENTO. Trabalho Voluntário Prestado por Docentes Aposentados

Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto REGULAMENTO. Trabalho Voluntário Prestado por Docentes Aposentados Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto REGULAMENTO Trabalho Voluntário Prestado por Docentes Aposentados Janeiro 2012 Introdução Desde há vários anos a esta parte que existia a possibilidade de uma

Leia mais

Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável-SEMAD

Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável-SEMAD Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável-SEMAD Diretoria de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais e Eventos Críticos DPIFE Palestrante: JARBAS JORGE DE ALCÂNTARA Téc.

Leia mais

REGULAMENTO FORMAÇÃO EM CONTEXTO TRABALHO

REGULAMENTO FORMAÇÃO EM CONTEXTO TRABALHO REGULAMENTO FORMAÇÃO EM CONTEXTO TRABALHO FORMAÇÃO EM CONTEXTO DE TRABALHO REGULAMENTO Artigo 1º Âmbito 1. A Formação em Contexto de Trabalho (FCT) faz parte integrante do Plano Curricular de qualquer

Leia mais

EDITAL Nº19/2015, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO 2015/1 - REOPÇÃO DE CURSOS SUPERIORES

EDITAL Nº19/2015, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO 2015/1 - REOPÇÃO DE CURSOS SUPERIORES Serviço Público Federal Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Sertão EDITAL Nº19/2015,

Leia mais

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DURAÇÃO / COMPONENTE / DIPLOMA CURSO DE FORMAÇÃO AVANÇADA I Edição 2014 30 Horas lectivas / Teórica / Curso de Formação Avançada COORDENAÇÃO Coordenação Científica Prof.

Leia mais

Ministério dos Transportes

Ministério dos Transportes Ministério dos Transportes Instituto Nacional de Aviação Civil INAVIC Normativo Técnico 16 Requisitos para o Despacho de Voo Página 1/11 Índice Parte A: Generalidades..3 16.001 Aplicações.3 16.003 Definições..3

Leia mais

Voar sobre cidade...

Voar sobre cidade... Voar sobre cidade... ...e quando precisamos? Ee q -Quais desses serviços você quer abrir mão? -Polícia -Bombeiro -Tv/rádio/trânsito - roubo veículos - transporte público - transporte privado... e quando

Leia mais

S. R. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR

S. R. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Regulamento de Formação Avançada e Qualificação de Recursos Humanos da Direção-Geral do Ensino Superior (Aprovado por despacho, de 15 de junho de 2012, do Presidente do Conselho Diretivo da Fundação para

Leia mais

Requisitos para o Despacho de Voo

Requisitos para o Despacho de Voo Normativo Técnico 16 Requisitos para o Despacho de Voo PARTE A: GENERALIDADES... 3 16.001 APLICAÇÕES... 3 16.003 DEFINIÇÕES... 3 16.005 SIGLAS/ACRÓNIMOS... 3 PARTE B: CONTROLO OPERACIONAL... 4 16.010 CONTROLO

Leia mais

C I R C U L A R D E I N F O R M A Ç Ã O A E R O N Á U T I C A PORTUGAL

C I R C U L A R D E I N F O R M A Ç Ã O A E R O N Á U T I C A PORTUGAL C I R C U L A R D E I N F O R M A Ç Ã O A E R O N Á U T I C A PORTUGAL INFORMAÇÃO AERONÁUTICA Aeroporto da Portela / 1749-034 Lisboa Telefone.: 21 842 35 02 / Fax: 21 841 06 12 E-mail: ais@inac.pt Telex:

Leia mais

CURRICULUM VITÆ MAJOR-GENERAL ANTÓNIO XAVIER LOBATO DE FARIA MENEZES Data de Referência: 25/01/2010

CURRICULUM VITÆ MAJOR-GENERAL ANTÓNIO XAVIER LOBATO DE FARIA MENEZES Data de Referência: 25/01/2010 CURRICULUM VITÆ MAJOR-GENERAL ANTÓNIO XAVIER LOBATO DE FARIA MENEZES Data de Referência: 25/01/2010 - ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO - Data de Nascimento 25/01/1960 - Naturalidade Pangim, Índia - Estado Civil

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE CONGRESSOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

REGULAMENTO DO CENTRO DE CONGRESSOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA REGULAMENTO DO CENTRO DE CONGRESSOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Aprovado pelo Presidente do ISEL a NOTA INTRODUTÓRIA Criado a 19 de Setembro de 2006 e tendo iniciado as suas funções a

Leia mais

Curso de Especialização

Curso de Especialização Curso de Especialização em GESTÃO AUTÁRQUICA OBJETIVO O Curso de Especialização em Gestão Autárquica visa proporcionar uma formação avançada no domínio do planeamento estratégico, da estruturação e desenvolvimento

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DE SANTA CATARINA 5ª REGIÃO DE POLÍCIA MILITAR 14º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR

POLÍCIA MILITAR DE SANTA CATARINA 5ª REGIÃO DE POLÍCIA MILITAR 14º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR POLÍCIA MILITAR DE SANTA CATARINA 5ª REGIÃO DE POLÍCIA MILITAR 14º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR Maslow e as necessidades humanas: A preocupação com a segurança. Qualificando a palavra segurança : Conceito

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL SUBDEPARTAMENTO DE SERVIÇOS AÉREOS DIVISÃO DE FISCALIZAÇÃO

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL SUBDEPARTAMENTO DE SERVIÇOS AÉREOS DIVISÃO DE FISCALIZAÇÃO REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL SUBDEPARTAMENTO DE SERVIÇOS AÉREOS DIVISÃO DE FISCALIZAÇÃO INSTRUÇÃO DE AVIAÇÃO CIVIL IAC 200-1001 PLANO DE ASSISTÊNCIA

Leia mais

Nº: 5745 terça feira, 05 de maio de 2015 COMISSÃO DIRETORA. ATO DA COMISSÃO DIRETORA N O 5, de 2015

Nº: 5745 terça feira, 05 de maio de 2015 COMISSÃO DIRETORA. ATO DA COMISSÃO DIRETORA N O 5, de 2015 30/06/2015 Boletim Administrativo Eletrônico de Pessoal Nº: 5745 terça feira, 05 de maio de 2015 COMISSÃO DIRETORA ATO DA COMISSÃO DIRETORA N O 5, de 2015 Revisa e altera os objetivos estratégicos do plano

Leia mais

REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL DE CONTAS E PELO AUDITOR EXTERNO DOS CTT-CORREIOS DE PORTUGAL, S.A. I.

REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL DE CONTAS E PELO AUDITOR EXTERNO DOS CTT-CORREIOS DE PORTUGAL, S.A. I. REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL DE CONTAS E PELO AUDITOR EXTERNO DOS CTT-CORREIOS DE PORTUGAL, S.A. I. Âmbito e Objetivo A Comissão de Auditoria ( CAUD ) no exercício das

Leia mais

Sandra Maria Fevereiro Marnoto Licenciada em Gestão (1994) e Mestre em Finanças (2001) pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto e é

Sandra Maria Fevereiro Marnoto Licenciada em Gestão (1994) e Mestre em Finanças (2001) pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto e é Célio Alberto Alves Sousa Licenciado em Relações Internacionais, Ramo Ciências Económicas e Políticas, pela Universidade do Minho (1994), pós graduado em Gestão Empresarial (1998) e doutorado em Management

Leia mais

Relatório Workshop Internacional Implementar e Operacionalizar a Política Comum de Segurança e Defesa

Relatório Workshop Internacional Implementar e Operacionalizar a Política Comum de Segurança e Defesa P a g e 1 Relatório Workshop Internacional Implementar e Operacionalizar a Política Comum de Segurança e Defesa O Instituto da Defesa Nacional promoveu no dia 6 de Dezembro um Workshop Internacional subordinado

Leia mais

MAPA DE PESSOAL UNIDADE ORGANICA CÂMARA POLICIA MUNICIPAL

MAPA DE PESSOAL UNIDADE ORGANICA CÂMARA POLICIA MUNICIPAL Nº POSTOS DE TRABALHO A PREENCHER PREENCHIDOS POR VINCULO DE EMPREGO TERMO CÂMARA POLICIA MUNICIPAL DIRETOR DE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE POLICIA MUNICIPAL Policia Municipal Licenciatura Define os objetivos

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR FORMAÇÃO SGS ACADEMY LOCAL: LISBOA, PORTO E FUNCHAL GRUPO SGS PORTUGAL O Grupo SGS Société Générale de Surveillance S.A é a maior

Leia mais

REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAÇÃO CIVIL RBAC nº 133 EMENDA nº 00

REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAÇÃO CIVIL RBAC nº 133 EMENDA nº 00 REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAÇÃO CIVIL RBAC nº 133 EMENDA nº 00 Título: OPERAÇÃO DE AERONAVES DE ASAS ROTATIVAS COM CARGAS EXTERNAS Aprovação: Resolução ANAC nº 174, de 9 de novembro de 2010, publicada

Leia mais

Qualificações do Pessoal Aeronáutico

Qualificações do Pessoal Aeronáutico Normativo Técnico 14 Qualificações do Pessoal Aeronáutico PARTE A: GENERALIDADES... 4 14.001 APLICABILIDADE... 4 14.003 DEFINIÇÕES... 4 14.005 SIGLAS/ACRÓNIMOS... 4 PARTE B: QUALIFICAÇÕES DO PESSOAL AERONÁUTICO...

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO. entre COMITÉ OLÍMPICO DE PORTUGAL E A FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO. entre COMITÉ OLÍMPICO DE PORTUGAL E A FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA Comité Olímpico de Portugal Faculdade de Motricidade Humana PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO entre COMITÉ OLÍMPICO DE PORTUGAL E A FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA 1 Considerando que: PROTOCOLO

Leia mais

MEMORANDO. O presente memorando tem por objeto o enquadramento legal da eventual criação de uma carreira

MEMORANDO. O presente memorando tem por objeto o enquadramento legal da eventual criação de uma carreira MEMORANDO ASSUNTO: Carreira profissional dos Inspetores Sanitários I OBJETO DO MEMORANDO O presente memorando tem por objeto o enquadramento legal da eventual criação de uma carreira profissional de Médico

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 1173/MD, DE 06 DE SETEMBRO DE 2006.

MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 1173/MD, DE 06 DE SETEMBRO DE 2006. MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 1173/MD, DE 06 DE SETEMBRO DE 2006. Aprova a Política de Assistência Social das Forças Armadas. O MINISTRO DE ESTADO DA DEFESA, no uso das

Leia mais

Realização. Apoio. Patrocínio

Realização. Apoio. Patrocínio Realização Apoio Patrocínio Seminário Internacional de VANT 2010 VANT Quem Opera? Cel Av R1 Alexandre Lessa Destaques das Palestras da Conferência Anual de Treinamento e Simulação em VANT em Londres,

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 19 de outubro de 2015. Série. Número 189

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 19 de outubro de 2015. Série. Número 189 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 19 de outubro de 2015 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DA ECONOMIA, TURISMO E CULTURA Despacho n.º 445/2015 Designa, em regime de substituição,

Leia mais

ENAC: National Civil Aviation School e ESCT: Toulouse Business School

ENAC: National Civil Aviation School e ESCT: Toulouse Business School Programa CNPq/Institut Aéronautique et Spatial - IAS Processo de Inscrição 2005 Especialização no âmbito do Convênio de cooperação entre o CNPq e o IAS - Institut Aéronautique et Spatial, com o objetivo

Leia mais

Origem do SCO O SCO é baseado no ICS, desenvolvido nos EUA durante as décadas de 70/80, inicialmente para coordenar a resposta a incêndios florestais.

Origem do SCO O SCO é baseado no ICS, desenvolvido nos EUA durante as décadas de 70/80, inicialmente para coordenar a resposta a incêndios florestais. APRESENTAÇÃO DO SCO Conceito de SCO O Sistema de Comando em Operações é uma ferramenta gerencial para planejar, organizar, dirigir e controlar as operações de resposta em situações críticas, fornecendo

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado da Casa Civil SUBSECRETARIA MILITAR

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado da Casa Civil SUBSECRETARIA MILITAR TERMO DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE SEGURO AERONÁUTICO JUSTIFICATIVA O presente Termo de Referência tem por objetivo estabelecer os requisitos e especificações técnicas para a contratação de Seguro

Leia mais

IME/ITA/AFA/ EFOMM/EN

IME/ITA/AFA/ EFOMM/EN IME/ITA/AFA/ EFOMM/EN IME/ITA/AFA/EFOMM/EN Por que algumas pessoas realizam seus sonhos e outras não? Essa pergunta, aparentemente simples, sempre nos despertou interesse. Passamos boa parte de nossas

Leia mais

ANEXO 7 FORMAÇÃO PROFISSIONAL

ANEXO 7 FORMAÇÃO PROFISSIONAL ANEXO 7 FORMAÇÃO PROFISSIONAL A profissionalização dos membros da Organização, enquanto factor determinante da sua eficácia na prevenção e no combate aos incêndios florestais, requer a criação de um programa

Leia mais

MARINHA DO BRASIL SECRETARIA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DA MARINHA. SecCTM CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO

MARINHA DO BRASIL SECRETARIA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DA MARINHA. SecCTM CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO BRASÍLIA 2015 0 PREFÁCIO Por definição, a Carta de Serviços ao Cidadão é o documento no qual o órgão ou a entidade pública estabelece o compromisso de observar padrões de qualidade,

Leia mais

13ª REUNIÃO DOS CHEFES DE ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS DOS PAÍSES MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP)

13ª REUNIÃO DOS CHEFES DE ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS DOS PAÍSES MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) 13ª REUNIÃO DOS CHEFES DE ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS DOS PAÍSES MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) DECLARAÇÃO FINAL (MAPUTO, 20 e 21 de Abril de 2011) Em conformidade

Leia mais

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada.

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. Anexo A Estrutura de intervenção As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. 1. Plano de ação para o período 2016

Leia mais

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE PONTE DE LIMA SERVIÇO DE VOLUNTARIADO. Índice

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE PONTE DE LIMA SERVIÇO DE VOLUNTARIADO. Índice REGULAMENTO INTERNO Índice Preâmbulo...... 3 Artigo 1º - Âmbito de aplicação........ 3 Artigo 2º - Definição......... 3 Artigo 3º - Princípios enquadradores do voluntariado...... 4 Artigo 4º - Perfil do

Leia mais

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Relatório Resumo Junho de 2012 Índice 1. Objectivo... 3 2. Enquadramento... 3 3. Trabalho realizado... 3 4. Dados síntese da Licenciatura

Leia mais

PRESENÇA FEMININA DAS FORÇAS ARMADAS

PRESENÇA FEMININA DAS FORÇAS ARMADAS PRESENÇA FEMININA DAS FORÇAS ARMADAS AS MARCO ANTONIO DAMASCENO VIEIRA Consultor Legislativo da Área XVII Defesa Nacional, Segurança Pública Forças Armadas DEZEMBRO/2001 2 2001 Câmara dos Deputados. Todos

Leia mais

MECANISMO DE APOIO À ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO

MECANISMO DE APOIO À ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO MECANISMO DE APOIO À ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO Na sequência dos trabalhos desenvolvidos pelo Fórum para a Cooperação, implementado em 2008, e reconhecendo o papel que

Leia mais

REGULAMENTO. Objetivos Estratégicos do Concurso SITESTAR.PT:

REGULAMENTO. Objetivos Estratégicos do Concurso SITESTAR.PT: REGULAMENTO O Concurso SITESTAR.PT desafia os jovens portugueses, empreendedores e criativos a desenvolver websites e blogs originais com conteúdos em português e sob o domínio.pt. Os espaços digitais

Leia mais

~:~de Maio 2015 15h00

~:~de Maio 2015 15h00 PROGRAMA DA 17ª REUNIÃO DE CHEFES DE ESTADO-MAIOR GENERAL DA COMUNIDADE DOS PAfSES DE LfNGUA PORTUGUESA (CPLP) LUANDA, 6 a 8 DE MAIO DE 201.5 DATA e HORA 01 ACTIVIDADES 02 RESPONSÁVEL 03 Dias 4 e 5 de

Leia mais

Entrevista com o Comandante do NDM 'Bahia' (G 40)

Entrevista com o Comandante do NDM 'Bahia' (G 40) Entrevista com o Comandante do NDM 'Bahia' (G 40) Luiz Padilha, editor do Defesa Aérea & Naval com o CMG Luis Felipe Monteiro Serrão O Capitão-de-Mar-e- Guerra Luis Felipe Monteiro Serrão, é o comandante

Leia mais