ÉTICA E GENÉTICA. Págs. 2 e 3 Págs. 4 e5 Págs. 6 e 7 Pág. 8. Editorial

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÉTICA E GENÉTICA. Págs. 2 e 3 Págs. 4 e5 Págs. 6 e 7 Pág. 8. Editorial"

Transcrição

1 INFORMATIVO DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO CEARÁ - Nº JULHO/AGOSTO DE 2014 Editorial ÉTICA E GENÉTICA Há alguns meses, a atriz Angelina Jolie anunciou que se submetera a uma mastectomia bilateral após descobrir que tinha uma mutação no gene BRCA1, condição que implica em previsível aumento do risco de desenvolvimento de câncer de mama, até mesmo pelo fato de que a famosa estrela apresentava um histórico familiar com relato de que, além de sua mãe, a tia e a avó maternas teriam morrido com câncer de mama. No caso, a partir da anamnese e de um diagnóstico genético, uma intervenção médica ocorreu com o objetivo de prevenir futura doença. Um dos grandes anseios humanos sempre foi conseguir visualizar o futuro, tentando antecipar e, se possível, evitar acontecimentos funestos, enfermidades, pragas e outros males. Os resultados precários de tal tentativa sempre estiveram entre as causas geradoras de grande carga de ansiedade em homens e mulheres. Pelo menos até agora, não há como garantir saúde, vida longa, paz e prosperidade. Caminhos diversos foram e continuam sendo trilhados pelos humanos com o intuito de alcançar alguma serenidade e segurança. Na história da humanidade, conviveram frequentemente os rituais místicos em busca da proteção divina, com esforços pela aquisição de conhecimento. Na perspectiva científica, descobrir meios de assegurar saúde e longevidade foi tarefa a que se dedicaram muitos dos homens de ciência. Mas também ocupou ficcionistas e escritores de talento. Assim é que, em Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley imagina uma sociedade futura em que, em laboratórios, a geração de pessoas se daria por meio de um processo em que medidas seriam previamente adotadas para excluir futuras doenças. Algo como uma vacinação antes do nascimento. Atento, porém, às possibilidades de erro, uma peculiaridade inafastável da condição humana, o autor registra que a distração de um funcionário do laboratório, enganando-se na administração da substância que evitaria a doença do sono, acabou resultando no surgimento e morte, tempos depois, de um paciente com Assim, é necessário que a sociedade esteja preparada para usufruir os reais benefícios que a genética vem conquistando para a saúde, sem aceitar, contudo, que o conhecimento adquirido seja utilizado para discriminar pessoas e agredir direitos. tripanossomíase, o primeiro caso em cinqüenta anos... O fato é que o diagnóstico genético vem despertando crescente interesse como ferramenta apta a identificar possibilidades mórbidas futuras, propiciando a análise da conveniência ou não da adoção de determinadas medidas terapêuticas, sejam cirúrgicas ou de outra ordem. Pode, no entanto, suscitar outras conseqüências. É possível que o diagnóstico genético se preste à discriminação por parte de empregadores ou de planos de saúde. Imaginemos que o empregador exija, dentro dos requisitos para admissão ao emprego, que o candidato se submeta a um rastreamento para genes relacionados com câncer. A informação genética sobre o indivíduo passaria a fazer parte do curriculum vitae? Tornaria mais caro o plano de saúde? Poderia ser utilizada pela operadora de planos de saúde como argumento para rejeitar ou excluir usuários? O Código de Ética Médica diz, em seu Princípio Fundamental I, que a Medicina é uma profissão a serviço da saúde do ser humano e da coletividade e será exercida sem discriminação de nenhuma natureza. Por sua vez, a UNESCO proclama, através da Declaração Universal sobre o Genoma Humano e os Direitos Humanos, que a todo indivíduo é devido respeito à sua dignidade e aos seus direitos, independentemente de suas características genéticas (artigo 2); e que nenhum indivíduo deve ser submetido a discriminação com base em suas características genéticas, que vise violar ou que tenha como efeito a violação de direitos humanos, de liberdades fundamentais e da dignidade humana (artigo 6). Assim, é necessário que a sociedade esteja preparada para usufruir os reais benefícios que a genética vem conquistando para a saúde, sem aceitar, contudo, que o conhecimento adquirido seja utilizado para discriminar pessoas e agredir direitos. Dr. Ivan de Araújo Moura Fé Presidente do CREMEC Jurídico/Pareceres/Ementas 2014 Jurídico/Legislação Aviso aos Especialistas Eleição/Conselheiro Federal Eleição Comissão Eleitoral Artigo: Clima de Eleições Fechando a Edição: julho/agosto Atividades Conselhais Págs. 2 e 3 Págs. 4 e5 Págs. 6 e 7 Pág. 8 PARA USO DOS CORREIOS MUDOU-SE DESCONHECIDO RECUSADO ENDEREÇO INSUFICIENTE NÃO EXISTE O NÚMERO INDICADO REINTEGRADO AO SERVIÇO POSTAL EM / / FALECIDO AUSENTE NÃO PROCURADO INFORMAÇÃO ESCRITA PELO PORTEIRO OU SINDICO

2 2 Jornal Conselho JURÍDICO/PARECERES/EMENTAS 2014 PARECER CREMEC N.º 04/2014 Assunto: Saúde do Trabalhador da Administração Pública Federal. Parecerista: Câmara Técnica de Medicina do Trabalho Ementa: Saúde do trabalhador na Administração Pública Federal. Legislação específica do Ministério do Trabalho e Emprego. Norma Regulamentadora NR-7, PCMSO e os parâmetros mínimos e diretrizes gerais a serem observados na política de controle médico de saúde ocupacional. Programa de Proteção de Riscos Ambientais (PPRA) realizado por profissional qualificado. Autores: Dr. Carlos Henrique Vieira de Pontes Medeiros e Dr. Áttila Nogueira Queiroz. PARECER CREMEC N.º 05/2014 Assunto: Conduta do médico plantonista de obstetrícia em hospital de nível secundário. Parecerista: Conselheiro José Málbio Oliveira Rolim. Ementa: Plantão de médico em hospital de obstetrícia, sem contar com auxiliar. Código de Ética Médica, Princípios Fundamentais II e III, Direitos dos Médicos, inciso III, e artigos 1º, 2º, 9º e 19. Resoluções CFM 1490/1998 e 1451/1995. Responsabilidade da Direção Técnico/Clínica da instituição. PARECER CREMEC N.º 06/2014 Assunto: Responsabilidade Médica Parecerista: *Câmara Técnica de Auditoria do CREMEC Ementa: O ato médico é responsabilidade inerente à profissão médica. A responsabilidade médica permanece individual para com o doente em quaisquer tipos de organizações de assistência médica. A responsabilidade do médico, quando em trabalho individual, ou em equipe, é ética, administrativa, penal e civil. PARECER CREMEC N.º 07/2014 Assunto: Realização de Exame solicitado pelo Paciente e Auditoria Médica Parecerista: *Câmara Técnica de Auditoria Ementa: A responsabilidade médica é sempre pessoal e não pode ser presumida. A definição acerca do caráter ético ou antiético de uma prática médica ocorre após procedimento administrativo do CRM, com Sindicância e / ou Processo Ético-Profissional. No processo de tomada de decisões profissionais, de acordo com seus ditames de consciência e as previsões legais, o médico aceitará as escolhas de seus pacientes, relativas aos procedimentos diagnósticos e terapêuticos por eles expressos, desde que adequadas ao caso e cientificamente reconhecidas. Do ponto de vista ético, o médico, na função de auditor, se obriga a manter o sigilo profissional, devendo, sempre que necessário, comunicar a quem de direito e por escrito, suas observações, conclusões e recomendações. PARECER CREMEC N.º 08/2014 Assunto: Ética da Relação entre Hospitais e Operadoras de Planos de Saúde. Parecerista: *Câmara Técnica de Auditoria Ementa: Nenhuma disposição estatutária ou regimental de hospital ou de instituição, pública ou privada, limitará a escolha, pelo médico, dos meios cientificamente reconhecidos a serem praticados para o estabelecimento do diagnóstico e da execução do tratamento, salvo quando em benefício do paciente. A responsabilidade médica é sempre pessoal e não pode ser presumida. Ao Diretor Técnico compete assegurar condições adequadas de trabalho e os meios imprescindíveis ao exercício de uma boa prática médica, zelando, ao mesmo tempo, pelo fiel cumprimento dos princípios éticos. É admitida a adoção de diretrizes ou protocolos médicos somente quando estes forem elaborados pelas sociedades brasileiras de especialidades, em conjunto com a Associação Médica Brasileira. É vedado ao médico quando na função de auditor ou de perito, autorizar, vetar, bem como modificar procedimentos propedêuticos ou terapêuticos instituídos, salvo, no último caso, em situações de urgência, emergência ou iminente perigo de morte do paciente, comunicando, por escrito, o fato ao médico assistente. Poderá o médico na função de auditor solicitar por escrito, ao médico assistente, os esclarecimentos necessários ao exercício de suas atividades. PARECER CREMEC N.º 09/2014 Assunto: Ética da Relação entre Hospitais e Operadoras de Planos de Saúde. Parecerista: *Câmara Técnica de Auditoria Ementa: Nenhuma disposição estatutária ou regimental de hospital ou de instituição, pública ou privada, limitará a escolha, pelo médico, dos meios cientificamente reconhecidos a serem praticados para o estabelecimento do diagnóstico e da execução do tratamento, salvo quando em benefício do paciente. A responsabilidade médica é sempre pessoal e não pode ser presumida. Ao Diretor Técnico compete assegurar condições adequadas de trabalho e os meios imprescindíveis ao exercício de uma boa prática médica, zelando, ao mesmo tempo, pelo fiel cumprimento dos princípios éticos. É admitida a adoção de diretrizes ou protocolos médicos somente quando estes forem elaborados pelas sociedades brasileiras de especialidades, em conjunto com a Associação Médica Brasileira. É vedado ao médico quando na função de auditor ou de perito, autorizar, vetar, bem como modificar procedimentos propedêuticos ou terapêuticos instituídos, salvo, no último caso, em situações de urgência, emergência ou iminente perigo de morte do paciente, comunicando, por escrito, o fato ao médico assistente. Poderá o médico na função de auditor solicitar por escrito, ao médico assistente, os esclarecimentos necessários ao exercício de suas atividades. PARECER CREMEC Nº 10/2014 Assunto: Segredo Médico e remessa de laudos de exames para Operadora de planos de saúde. Relator: Dr. Ivan de Araújo Moura Fé Ementa: o segredo médico é princípio cardeal da profissão médica. A revelação do segredo é exceção, nos termos do Código de Ética Médica, artigo 73. *Câmara Técnica de Auditoria -Dr. Alberto Farias Filho -Dra. Lilian Alves Amorim Beltrão -Dr. José Carlos Albuquerque

3 Jornal Conselho 3 JURÍDICO/LEGISLAÇÃO AVISO AOS ESPECIALISTAS Caro colega, Não é recente a percepção da necessidade de divulgação, nos meios próprios, da atividade médica. Tal fato tem ensejado a difusão de informações por diversas formas, a exemplo da televisão, rádio, jornal impresso, internet, além dos tradicionais receituários e carimbos profissionais, sem olvidar, a publicidade paga com oferta de serviços em outdoor, busdoor, revistas e fachadas de hospitais, consultórios e instituições de saúde. Em face desta realidade, os membros da Comissão de Divulgação de Assuntos Médicos (CODAME) do Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará (CREMEC) lembram que tal prática deverá sempre ser alicerçada nos princípios bioéticos que norteiam a Medicina. De fato, as normas aplicáveis a esta situação estão materializadas, principalmente, no Código de Ética Médica (Capítulo XIII) e na Resolução CFM 1974/2011. Considerando o exposto e o número crescente de situações envolvendo publicidade médica que chegam à apreciação do CREMEC, destacam-se dois temas de interesse dos médicos especialistas, com o intuito de bem divulgar seus serviços: a) Registro de Qualificação de Especialista (RQE): consiste em um número que o médico recebe ao registrar sua especialidade no Conselho de Medicina. A exemplo do número de inscrição no CRM, tão comumente inserido em carimbos e outros meios de divulgação, que garante ser aquele profissional graduado em Medicina, o número do RQE é garantia que aquele médico é um especialista. Antes da Resolução CFM 1974/2011, não havia um número que registrasse, com o mesmo cuidado do registro do graduado, aquele que se tornara pósgraduado lato sensu, é dizer, especialista, conforme a lista de especialidades reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). O RQE foi criado para sanar esta omissão. Assim, desde 2012 (ano de vigência da mencionada resolução), o médico, para se anunciar como especialista, efetuará o registro de seu documento da especialidade junto ao Conselho Regional de Medicina. Ao fazê-lo, receberá uma nova numeração, o RQE, que o identifica como especialista e deverá ser utilizada em qualquer meio publicitário (incluindo carimbos, receituários, consultórios, rádio, jornal e qualquer outro meio de divulgação) como já era praxis quanto ao número de inscrição do CRM. Agora, ao médico especialista, serão necessários dois números para sua identificação: número do CRM e número do RQE. O primeiro garante ser aquele profissional, um médico e o segundo informa tratar-se de um especialista. Estes números são tão necessários que comete infração ética quem não os inclui ao se anunciar como médico especialista. O objetivo de tal medida se alicerça na proteção à sociedade, que tem a garantia de assistência por um especialista, além de, na prática, tornar-se uma proteção à associação de especialidade do médico, que dispõe de uma garantia que somente especialistas podem se apresentar como tal, por meio do RQE. Convém destacar que, mesmo médicos que há vários anos registraram-se como especialistas dispõem, desde 2011, do RQE (para verificação, basta consultar o site do CFM no link Busca por médico ). A título de exemplo, vejamos a situação do médico especialista, registrado no CREMEC como tal, em Medicina Legal e Perícias Médicas. Nesta situação, em seu carimbo profissional ou qualquer outro meio de divulgação deverá constar: Dr. Fulano. Médico Legista. CREMEC Y. RQE X; b) Diretor Técnico: todo estabelecimento de saúde deverá dispor de um diretor técnico médico, registrado como tal no CRM. Na publicidade institucional, é dizer, de hospitais, clínicas, centros de diagnóstico, dentre outras, deverá constar o nome e número de inscrição, no CREMEC, deste diretor. Além disso, esta informação deverá ser facilmente verificada na fachada do local de atendimento, folders informativos e propagandas em jornais, rádios e demais meios de comunicação de massa. Tal se faz necessário, uma vez que qualquer demanda que envolva serviços prestados pela instituição, esta deverá se manifestar por meio de seu diretor técnico, já identificado. In fine, exortamos os presidentes das associações de especialidades médicas que divulguem tal necessidade de inserção do número do RQE como forma de proteção à sociedade e aos especialistas vinculados à instituição, tornando-a mais forte, ética e merecedora de elevado respeito. Ratifica-se, ainda, a atuação da CODAME para eventuais consultas realizadas por qualquer profissional da Medicina e previamente a divulgação de peça publicitária em qualquer mídia, a fim de informar da adequação ou não aos ditames ético-normativos. Atenciosamente, Cons. José Roosevelt Norões Luna Coordenador da CODAME-CE Cons. Renato Evando Moreira Filho Membro da CODAME-CE CONSELHEIROS Alberto Farias Filho Ana Lúcia Araújo Nocrato Carlos Leite de Macêdo Filho Cláudio Gleidiston Lima da Silva Erico Antonio Gomes de Arruda Flávio Lúcio Pontes Ibiapina Francisco Alequy de Vasconcellos Filho Francisco de Assis Almeida Cabral Francisco Dias de Paiva Francisco Flávio Leitão de Carvalho Filho Gentil Claudino de Galiza Neto Helly Pinheiro Ellery Inês Tavares Vale e Melo João Nelson Lisboa de Melo José Ajax Nogueira Queiroz José Albertino Souza José Carlos Figueiredo Martins José Fernandes Dantas José Huygens Parente Garcia José Málbio Oliveira Rolim José Roosevelt Norões Luna Maria Neodan Tavares Rodrigues Marly Beserra de Castro Siqueira Régia Maria do S. Vidal do Patrocínio Régis Moreira Conrado Renato Evando Moreira Filho Ricardo Maria Nobre Othon Sidou Roberto Wagner Bezerra de Araújo Roger Murilo Ribeiro Soares Stela Norma Benevides Castelo Sylvio Ideburque Leal Filho Tânia de Araújo Barboza Valéria Góes Ferreira Pinheiro DIRETORIA Ivan de Araújo Moura Fé Helvécio Neves Feitosa Lino Antonio Cavalcanti Holanda Fernando Queiroz Monte Lúcio Flávio Gonzaga Silva Rafael Dias Marques Nogueira Regina Lúcia Portela Diniz REPRESENTANTES DO CREMEC NO INTERIOR DO ESTADO SECCIONAL DA ZONA NORTE Arthur Guimarães Filho Francisco Carlos Nogueira Arcanjo Francisco José Fontenele de Azevedo Francisco José Mont Alverne Silva José Ricardo Cunha Neves Raimundo Tadeu Dias Xerez End.: Rua Oriano Mendes Centro CEP: Sobral - Ceará SECCIONAL DO CARIRI Cláudio Gleidiston Lima da Silva Geraldo Welilvan Lucena Landim João Ananias Machado Filho João Bosco Soares Sampaio José Flávio Pinheiro Vieira José Marcos Alves Nunes End.: Rua da Conceição - 536, Sala 309 Ed. Shopping Alvorada - Centro Fone: Cep.: Juazeiro do Norte - Ceará SECCIONAL CENTRO SUL Antonio Nogueira Vieira Ariosto Bezerra Vale Leila Guedes Machado Jorge Félix Madrigal Azcuy Francisco Gildivan Oliveira Barreto Givaldo Arraes End.: Rua Professor João Coelho, 66 - Sl. 28 Cep: Iguatu/Ceará LIMOEIRO DO NORTE Efetivo: Dr. Michayllon Franklin Bezerra Suplente: Dr. Ricardo Hélio Chaves Maia CANINDÉ Efetivo: Dr. Francisco Thadeu Lima Chaves Suplente: Dr. Antônio Valdeci Gomes Freire ARACATI Efetivo: Dr. Francisco Frota Pinto Júnior Suplente: Dr. Abelardo Cavalcante Porto CRATEÚS Efetivo: Dr. José Wellington Rodrigues Suplente: Dr. Antônio Newton Soares Timbó QUIXADÁ Efetivo: Dr. Maximiliano Ludemann Suplente: Dr. Marcos Antônio de Oliveira ITAPIPOCA Efetivo: Dr. Francisco Deoclécio Pinheiro Suplente: Dr. Nilton Pinheiro Guerra TAUÁ Efetivo: Dr. João Antônio da Luz Suplente: Waltersá Coelho Lima COMISSÃO EDITORIAL Dalgimar Beserra de Menezes Fátima Sampaio CREMEC: Rua Floriano Peixoto, José Bonifácio CEP: Telefone: (85) Fax: (85) Jornalista responsável: Fred Miranda Projeto Gráfico: Wiron Editoração Eletrônica: Júlio Amadeu Impressão: Tiprogresso

4 4 Jornal Conselho Eleições 2014 de conselh ao Conselho Federal de M Os médicos inscritos no Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará compareceram à sede da entidade, no ú dicina - Gestão Processo eleitoral acontecido em todas as unidades da federação; em todos os Conselhos Region eleição e flagrantes fotográficos do acontecimento. Flagrante da votação na sede do CREMEC Os candidatos: Lúcio Flávio Gonzaga Silva e José Albertino Souza Brito Júnior e João Adolfo (coordenação da eleição) Servidores do CREMEC nos trabalhos de infraestrutura Suporte administrativo Fred Jorge (tesouraria) e Fátima Sampaio (superintendência)

5 Jornal Conselho 5 eiros efetivo e suplente, edicina - gestão ltimo dia 25 de agosto, para a votação e processo de eleição de conselheiro efetivo e suplente, ao Conselho Federal de Meais de Medicina, com a obrigatoriedade do voto, na forma da Resolução CFM nº 1896/2009. Abaixo os números finais da Números finais da eleição: havia médicos aptos a votar, 1.810, do interior, votaram Desses, não sufragaram os nomes dos dois candidatos, Lúcio Flávio Gonzaga Silva e José Albertino Souza, votando branco ou nulo. Ao fim e ao cabo, 81,4% dos votos foram lançados para Lúcio e Albertino. Da esq. para dir.: Edilson Lucas de Moraes, João Adolfo de Carvalho Nogueira e Delano Gurgel Silveira (comissão eleitoral) O presidente Ivan, vota Mesários do processo eleitoral do CREMEC José Lindemberg da Costa Lima Filho, Suzana Glória Correia Mota, Roberta Mendes Napoleão, Veuksw de Lemos Sampaio, Rodrigo Freitas Costa, Igor Bantim Barbosa, Leyla Silveira, Fatima Maria Almeida, Francisco William Viana Lima, Maria do Socorro Almeida Peres, Caio Calixto Diógenes Pinheiro, Maria Dione Mota Rola, José Evaldo Silva, Katia Maria Rocha G. Silva, Samara Bonavides Miranda, Antonio Daniel Simão, Talita Viana de Oliveira, Alysson Sales Melo, Paulo de Tarso Campos Ferreira, Davi Aragão Alves da Costa, Raimundo Lustosa Cabral Filho, Silvio Melo Torres, Lívia Farias Barbosa, Juliana Cynara Santos Lima, Nyvia Maria Barroso Portela, Jaqueline Freire Soares, Silvania Maria Cavalcante Sales, Carlos Rander de Macedo Feitosa, Francisco Alan Barbosa Leal e José Glaucio Alves Fernandes Filho. Comissão Eleitoral e mesários

6 6 Jornal Conselho ELEIÇÃO COMISSÃO ELEITORAL A portaria número 11/2014, de vinte e três de abril do ano corrente, nomeou a Comissão Eleitoral que coordenará a eleição de conselheiros efetivo e suplente ao Conselho Federal de Medicina - Gestão 2014/2019; são eles: João Adolfo de Carvalho Nogueira, Presidente, Delano Gurgel Silveira, Primeiro Secretário e Edilson Lucas de Morais, Segundo Secretário JOÃO ADOLFO DE CARVALHO NOGUEIRA, CREMEC 1269, Presidente. Nascido em 10 de abril de 1939, em Fortaleza - CE; formado em Medicina pela Universidade Federal do Ceará, em dezembro de 1970; inscrito no Conselho em 28/12/1970; residente em Fortaleza; Anestesiologista, com título registrado no CREMEC, em 17/04/1984, sob o n 632 RQE. Participou da Comissão Eleitoral das Eleições para o CREMEC do ano de 2003 (Presidente), 2008 (Presidente) 2013 (Presidente) e da Comissão Eleitoral das Eleições para delegado eleitor junto ao Conselho Federal, no ano de 2004 (Presidente) e 2009 (Presidente); pratica Anestesiologia no Hospital SOS, na Clínica Omnimagem e no Hospital Albert Sabin. DELANO GURGEL SILVEIRA, CREMEC 7199, 1 secretário. Nascido em 11 de novembro de 1971, em Fortaleza CE; formado em Medicina pela Universidade Federal do Ceará, em dezembro de 1998; inscrito no Conselho em 06/01/1999; residente em Fortaleza. Participou da Comissão Eleitoral das Eleições para o CREMEC do ano de 2008 e 2013 e da Comissão Eleitoral das Eleições para delegado eleitor junto ao Conselho Federal, no ano de 2009; pratica Cirurgia Geral; preceptor de residência de Cirurgia na Santa Casa da Misericordia de Fortaleza-CE e do Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara. EDILSON LUCAS DE MORAIS, CREMEC 1229, 2 secretário. Nascido em 21 de maio de 1940, em Sousa PB; formado em Medicina pela Universidade Federal do Ceará, em dezembro de 1970; inscrito no Conselho em 21/12/1970; residente em Fortaleza; com títulos de especialista registrados no CREMEC em Clínica Médica, sob o n 2383 RQE e em Medicina do Trabalho, sob o n 592 RQE. Participou anteriormente da Comissão Eleitoral para o pleito de 2008 e 2013 e da Comissão Eleitoral das Eleições para delegado eleitor junto ao Conselho Federal, no ano de 2009; do corpo clínico do Instituto Dr. José Frota e da Rede Ferroviaria Federal S.A; atualmente pratica Clínica Médica e Medicina do Trabalho. *Pesquisa: Reginaldo Mota Abreu Jr., Fatima Sampaio, Dioniso Lajes; arquivos CREMEC AVISO IMPORTANTE: emissão de documento por meio eletrônico. O Conselho Regional de Medicina do Ceará informa que os seguintes documentos estão disponíveis no site do CREMEC (www.cremec.org.br): 1- Emissão de segunda via de boleto de anuidade; 2- Certidão de quitação de pessoa física e jurídica.

7 Jornal Conselho 7 Artigo CLIMA DE ELEIÇÕES Dalgimar B. de Menezes Cheguei à sede do CREMEC com o pensamento na manhã do dia 24 de agosto de 1954, há 60 anos, quando o professor José Martinho Leal, diretor da Escola Normal Rural Joaquim Magalhães, de Itapipoca, nos pôs nos corredores, todos nós, meninos, em ordem unida, e compungido, ordenou que fôssemos pra casa, pois, luto oficial e feriado, acabara de desaparecer o presidente Getúlio Vargas; usou o verbo desaparecer, que se me grudou no cérebro para sempre nesse dia, um dos mais esquisitos da minha vida. Aí pensei, os que vieram votar hoje, em maioria, nem nascidos eram ainda. Extraordinário clima de festa, o prédio do CREMEC, mais uma vez ocupado, em menos de ano e meio. Primeiramente vieram, no começo de 2013, os do movimento pro-life, ledores daquela cartilha tenebrosa Malleus Maleficarum, dos dominicos Heinrich Kraemer e James Sprenger, de que possuo pelos menos três edições. Depois, em Setembro, o MST, há quase um ano, visando pressionar a autarquia, para que registrasse logo-logo-logo, como o peru na quinta/sexta feira da paixão, sei lá, ou do Natal, os médicos alienígenas do Programa Mais Médicos, sem revalidação de diploma, ou outros ritos oficiais. Fiz-me presente, aos dois eventos. Hoje, de novo, beleza! Fui reencontrando amigos, ex-alunos, de que me sinto honrado, os demais, pensando nos meus 52 anos de medicina, contando 6 de estudante. Nisso, ao ver piquetes de campanha política, de candidatos, que a autarquia não deu acesso, por ilegal, lembrei-me do quarto de boi que o grande mestre da política de Saint Mary Mead, Dr. Antônio Perilo de Sousa Teixeira, mandava pra mamãe (91/92 anos) cozinhar visando os eleitores, e que era pasto para todos os subalimentados da circunvizinhança, nos dias de eleição. Coisa ilegal, muito próxima de Vilas dos Confins e do Chapadão do Bugre. A vida é curta. Dentre as mais de mil pessoas reencontradas, rejubilei-me de fazer somente quatro ou cinco falsos reconhecimentos, constristado, e de poder evitar alguns, para meu gáudio. Outros não pude. Não pude evitar aquela aristocrática senhora, que me usou como saco de pancada, mal sabendo que nem conselheiro sou; veio pregar democracia, verberando que isso não é democracia, como conceber democracia, com voto obrigatório? Era verdade, quase irrompo em pranto, não por ela, mas me lembrando do meu amigo Oziel Souza Lima, com quem reiteradas vezes discuti esse assunto; ambos estávamos certos, embora por vieses diferentes. Na verdade, estivemos do mesmo lado, nessa questão. Ele dizia, eleição obrigatória, com multa para o não votante, de chapa única, tem legalidade, mas fica aquém da legitimidade; é batismo e crisma ao mesmo tempo. Porém, tanto ele como eu éramos pobres homens da Póvoa do Varzim, não éramos fidalgos. Nem crucificávamos inocentes. Outros que evitei: os sábios, o que sabe de tudo, outro que sabe de tudo-tudo e delira no tudo/todo que sabe. Um deles, veio brigar para votar, brigou, na tônica de novo de que isso não era democracia... Não votou, não podia votar, devia anuidades. Mas brigou. Mais importante, foi a tirada de humor negro de uma funcionária; no que um determinado amigo perguntou por mim, informou-o, tristonha, que eu havia morrido, desaparecido, como o Getulinho, que, mais interessante ainda, como eu já fora enterrado, o que perguntava não mais poderia fazer discurso fúnebre. Aliás, a partir do meu sertão o que menino quer saber, mexerico quer fazer. Nisso, constata-se a verdade que denunciou, outro dia, um que me chamou de mentiroso na imprensa, escondido por pseudônimo paranoide, tipo sou um gênio, a eleição para conselheiro federal, foi divulgada largamente, nos meios de comunicação, mas com flagrantes equívocos. Por exemplo, muitos chegaram ao CREMEC sem saber o significado do pleito, ou seja, eleição pra quê? De quem? Quem são os candidatos? Ou como pseudointelectuais quase-ciceronianos: que país é este? Segue um arremate: havia médicos aptos a votar, 1.810, do interior, votaram Desses, não sufragaram os nomes dos dois candidatos, Lúcio Flávio Gonzaga Silva e José Albertino Souza, votando branco ou nulo. Ao fim e ao cabo, 81,4% dos votos foram lançados para Lúcio e Albertino. Nota de Falecimento Dr. João Barbosa Pires de Paula Pessoa, nascido em Sobral, no dia 22 de setembro de 1929, falecido em Fortaleza, no dia 30 de junho de Conselheiro Efetivo do Conselho Regional de Medicina entre 01 de outubro de 1978 e 30 de setembro de Grande médico, grande professor, grande mestre e grande conselheiro. Condolências do Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará à família enlutada.

8 8 Jornal Conselho FECHANDO A EDIÇÃO - JULHO/AGOSTO DE 2014 ATIVIDADES CONSELHAIS 41ª REUNIÃO O conselheiro presidente Ivan de Araújo Moura Fé representou o Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará na Quadragésima Primeira Reunião dos Presidentes dos CRMs e a Diretoria do Conselho Federal de Medicina. A atividade, na cidade de Florianópolis, ocorreu no auditório do Conselho de Medicina de Santa Catarina, em 18 de julho de CERIMÔNIA DO MÉDICO O vice-presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará, Helvécio Neves Feitosa representou o CREMEC na Cerimônia do Médico, promoção da Comissão de Formatura do Curso de Medicina da Universidade de Fortaleza, UNIFOR. Teatro Via Sul, em 23 de julho de ª REUNIÃO O conselheiro Ivan de Araújo Moura Fé, presidente do Conselho Regional de Medicina do Ceará - CREMEC -, representou a entidade na Quadragésima Segunda Reunião dos Presidentes dos CRMs com a Diretoria do Conselho Federal de Medicina. Auditório do Conselho de Medicina do Estado de São Paulo - CREMESP, 06 de agosto do ano corrente. SOLENIDADE DE POSSE A conselheira Maria Neodan Tavares Rodrigues representou o Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará na Solenidade de Posse da Comissão de Ética Médica do Hospital Regional da Unimed. A atividade aconteceu no auditório do Hospital, em 13 de agosto de 2014 CONVENÇÃO A conselheira Regina Lúcia Portela Diniz representou o Conselho Regional de Medicina do Ceará na Abertura da XXVI Convenção das UNIMEDs, Hotel Gran Marquise, 20 de agosto do corrente ano.

PARECER CREMEC N.º 06/2014 14/03/2014

PARECER CREMEC N.º 06/2014 14/03/2014 PARECER CREMEC N.º 06/2014 14/03/2014 PROCESSO-CONSULTA PROTOCOLO CREMEC Nº 6566/08 ASSUNTO: RESPONSABILIDADE MÉDICA PARECERISTA: CÂMARA TÉCNICA DE AUDITORIA DO CREMEC EMENTA O ato médico é responsabilidade

Leia mais

V CONGRESSO CIENTÍFICO E ÉTICO DO CREMEC SECCIONAL DO CARIRI 12, 13 e 14 de agosto de 2010 JUAZEIRO DO NORTE/CEARÁ

V CONGRESSO CIENTÍFICO E ÉTICO DO CREMEC SECCIONAL DO CARIRI 12, 13 e 14 de agosto de 2010 JUAZEIRO DO NORTE/CEARÁ V CONGRESSO CIENTÍFICO E ÉTICO DO CREMEC SECCIONAL DO CARIRI 12, 13 e 14 de agosto de 2010 JUAZEIRO DO NORTE/CEARÁ 12 DE AGOSTO DE 2010- QUINTA FEIRA 10h 12h - Mesa-Redonda: CICLO DE VIDA SAÚDE DO IDOSO

Leia mais

lii CONGRESSO ÉTICO E CIENTÍFICO DA SECCIONAL DA ZONA NORTE DO CREMEC

lii CONGRESSO ÉTICO E CIENTÍFICO DA SECCIONAL DA ZONA NORTE DO CREMEC lii CONGRESSO ÉTICO E CIENTÍFICO DA SECCIONAL DA ZONA NORTE DO CREMEC SOBRAL/CEARÁ MÓDULO DE GINECOLOGIA /OBSTETRÍCIA E PEDIATRIA 14 DE AGOSTO DE 2008 08h30 às 10h30 Mesa-Redonda: Como me Conduzir I Presidente:

Leia mais

PARA USO DOS CORREIOS. Impresso Especial FALECIDO AUSENTE NÃO PROCURADO INFORMAÇÃO ESCRITA PELO PORTEIRO OU SINDICO

PARA USO DOS CORREIOS. Impresso Especial FALECIDO AUSENTE NÃO PROCURADO INFORMAÇÃO ESCRITA PELO PORTEIRO OU SINDICO Impresso Especial 9912258304/2010-DR/CE CREMEC É claro que estamos falando de um processo trabalhoso, árduo, que deve estar sujeito a frequentes reavaliações. E se é assim, que dizer da atenção a ser dispensada

Leia mais

PROGRAMA MAIS MÉDICOS

PROGRAMA MAIS MÉDICOS INFORMATIVO DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO CEARÁ - Nº 101 - SETEMBRO/OUTUBRO DE 2013 Editorial PROGRAMA MAIS MÉDICOS Poucas vezes os médicos brasileiros se sentiram tão atingidos como nos

Leia mais

ASSISTÊNCIA AO PARTO

ASSISTÊNCIA AO PARTO INFORMATIVO DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO CEARÁ - Nº - MAR/ABR DE 5 Editorial ASSISTÊNCIA AO PARTO No I Encontro Nacional dos Conselhos de Medicina de 5, realizado em Belo Horizonte (MG),

Leia mais

I - PROCESSOS EM PAUTA

I - PROCESSOS EM PAUTA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ Des. ADEMAR MENDES BEZERRA - Presidente Desª. MARIA IRACEMA MARTINS DO VALE - Vice-Presidente Dr. FRANCISCO LUCIANO LIMA RODRIGUES Juiz de Direito

Leia mais

Relação de Candidatos Classificados INGLÊS TURMA A

Relação de Candidatos Classificados INGLÊS TURMA A Relação de Candidatos Classificados INGLÊS TURMA A 1 LUCIO GONÇALVES BRASIL NETO 2 BRUNA RENATA ROCHA FERNANDES 3 BARBARA ALEXANDRA COSTA GOMES 4 DAVI GOMES DE ALBUQUERQUE 5 FERNANDA MOREIRA LIMA 6 FILIPE

Leia mais

Foi na sede do Centro Médico Cearense,

Foi na sede do Centro Médico Cearense, Impresso Especial 2015/2005-DR/CE CREMEC INFORMATIVO DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO CEARÁ - Nº 76 - JULHO/AGOSTO DE 2009 Editorial CREMEC: 50 ANOS Foi na sede do Centro Médico Cearense,

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA RIBEIRO 5 ALEXANDRE FERREIRA DE MENEZES 6 ADALBERTO GOMES DA SILVA

Leia mais

SERVIDORES DO CCA. Alberto Luis da Silva Pinto Cargo: Assistente em Administração e-mail: alspinto@ufpi.edu.br Setor: Secretaria Administrativa

SERVIDORES DO CCA. Alberto Luis da Silva Pinto Cargo: Assistente em Administração e-mail: alspinto@ufpi.edu.br Setor: Secretaria Administrativa SERVIDORES DO CCA Alberto Luis da Silva Pinto e-mail: alspinto@ufpi.edu.br Setor: Secretaria Administrativa Amilton Gonçalves da Silva Cargo: Auxiliar Operacional Aminthas Floriano Filho Cargo: Técnico

Leia mais

PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA 2015 CLASSIFICAÇÃO GERAL POR CURSO

PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA 2015 CLASSIFICAÇÃO GERAL POR CURSO Inscrição GILBRAN COSTA GUIMARÃES 003020851100087 662,64 Cirurgia Geral 1 * MARCELA SILVA VIEIRA 003027851100098 655,49 Cirurgia Geral 2 * GUTENBERG DINIZ BORBOREMA 003021851100096 619,4 Cirurgia Geral

Leia mais

PRONTUÁRIO ELETRÔNICO

PRONTUÁRIO ELETRÔNICO INFORMATIVO DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO CEARÁ - Nº 108 - NOV/DEZ DE 2014 Editorial Doutor, o senhor ainda é do tempo da fichinha? Este foi o comentário, feito com ar de espanto e desagrado

Leia mais

ANALISTA DE INFORMÁTICA / SISTEMAS

ANALISTA DE INFORMÁTICA / SISTEMAS EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA - EMPREL ANALISTA DE INFORMÁTICA / SISTEMAS ALEXANDRE CANTINHO SALSA JUNIOR 900861 30º 60,00 ANA CECILIA VITAL DE ANDRADE, 901526 14º 67,00 ANDRE LUIZ DE OLIVEIRA LOPES

Leia mais

- ELEIÇÕES 2014 - REPRESENTAÇÕES DO JUIZADO AUXLIAR (RES. TSE nº 23.398/2013)

- ELEIÇÕES 2014 - REPRESENTAÇÕES DO JUIZADO AUXLIAR (RES. TSE nº 23.398/2013) PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ Desª. MARIA IRACEMA MARTINS DO VALE - Presidente Des. ANTÔNIO ABELARDO BENEVIDES MORAES - Vice-Presidente e Corregedor Dr. CID MARCONI GURGEL DE SOUZA

Leia mais

Relação dos Médicos (Nome, endereço do Consultório, Especialidade e CRM)

Relação dos Médicos (Nome, endereço do Consultório, Especialidade e CRM) COOPERATIVA DOS MÉDICOS CIRURGIÕES CARDIOVASCULARES E TORÁCICOS DO CEARÁ Relação dos Médicos (Nome, endereço do Consultório, Especialidade e CRM) Dr. Acrisio Sales Valente End: Rua Monsenhor Bruno, 620

Leia mais

Cancerologia Cirúrgica - 3 anos

Cancerologia Cirúrgica - 3 anos Cancerologia Cirúrgica - 3 anos IGOR FERREIRA PACHECO 801465 3º 60,079 SERGIO DA SILVA PEREIRA 803209 4º 58,241 UPE - UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO KERGINALDO JÁCOME DA COSTA FILHO 801616 5º 52,368 JERÔNIMO

Leia mais

PARECER CREMEC Nº 10/2014

PARECER CREMEC Nº 10/2014 1 PARECER CREMEC Nº 10/2014 14/04/2014 Processo Consulta Protocolo CREMEC 2860/2014 ASSUNTO: Segredo Médico e remessa de laudos de exames para Operadora de planos de saúde. RELATOR: Dr. Ivan de Araújo

Leia mais

RESULTADO FINAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2013, DE 25 DE MARÇO DE 2013.

RESULTADO FINAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2013, DE 25 DE MARÇO DE 2013. RESULTADO FINAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2013, DE 25 DE MARÇO DE 2013. A Prefeitura Municipal de São Luís, com interveniência da Secretaria Municipal de Saúde-SEMUS, e por intermédio do Hospital

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA HOSPITAL OPHIR LOYOLA PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA MEDICA 2013 RESULTADO FINAL

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA HOSPITAL OPHIR LOYOLA PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA MEDICA 2013 RESULTADO FINAL GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA HOSPITAL OPHIR LOYOLA PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA MEDICA 2013 RESULTADO FINAL O Hospital Ophir Loyola HOL através da Diretoria de Ensino

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014 5º1 1 ANA CATARINA R FREITAS SIM 2 BEATRIZ SOARES RIBEIRO SIM 3 DIOGO ANTÓNIO A PEREIRA SIM 4 MÁRCIO RAFAEL R SANTOS SIM 5 MARCO ANTÓNIO B OLIVEIRA SIM 6 NÁDIA ARAÚJO GONÇALVES SIM 7 SUNNY KATHARINA G

Leia mais

Maternidade Escola Januário Cicco

Maternidade Escola Januário Cicco Maternidade Escola Januário Cicco Nº13, 22 de dezembro de 2014 EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES EBSERH MATERNIDADE ESCOLA JANUÁRIO CICCO-MEJC Av. Nilo Peçanha, 259-Petrópolis CEP: 59.012-300

Leia mais

Em recente reunião de término de uma turma do Programa de Residência de Clínica

Em recente reunião de término de uma turma do Programa de Residência de Clínica Impresso Especial 9912258304/2010-DR/CE CREMEC INFORMATIVO DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO CEARÁ - Nº 85 - JANEIRO/FEVEREIRO DE 2011 Editorial Em recente reunião de término de uma turma do

Leia mais

INFORMATIVO DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO CEARÁ - Nº 112 - JUL/AGO DE 2015

INFORMATIVO DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO CEARÁ - Nº 112 - JUL/AGO DE 2015 INFORMATIVO DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO CEARÁ - Nº 112 - JUL/AGO DE 2015 Editorial CRIANÇAS DESAPARECIDAS Nos últimos meses, o Conselho Federal de Medicina (CFM) vem incentivando o engajamento

Leia mais

Processo seletivo - Programa Aprendiz CSN - Maio 2015 Selecionados - curso Mecânica Próxima etapa: Dinâmica de Grupo e Entrevista

Processo seletivo - Programa Aprendiz CSN - Maio 2015 Selecionados - curso Mecânica Próxima etapa: Dinâmica de Grupo e Entrevista ABRAHAO JUNIOR DE SOUZA PEREIRA ALAN SILVA DE ASSIS ALEXANDRE DE SOUZA PEREIRA FILHO ALYSSON DA COSTA ESTEVES ANA CLARA SILVA CABRAL ANDRE DA SILVA VIEIRA JUNIOR ANDRE LUIZ DE OLIVEIRA DOMINGOS ARTHUR

Leia mais

ALCATEIA ACAGRUP 2014 - SIERRA NORTE - MADRID - ESPANHA PARTICIPANTES: 26 60% INCIDÊNCIA NO GRUPO 20%

ALCATEIA ACAGRUP 2014 - SIERRA NORTE - MADRID - ESPANHA PARTICIPANTES: 26 60% INCIDÊNCIA NO GRUPO 20% ALCATEIA Sec NIN NOME NIN NOME Lob 1215050143005 Alice Neto Santos Nascimento 1215050143015 Afonso da Fonseca Machado Lob 1215050143010 Amélia Maria Mesquita Aleixo Alves 1115050143010 Afonso Jesus Dias

Leia mais

Inscrição Nome Opção de Curso Status. 000000005133 RAQUEL REZENDE DANTAS EDUCACAO FISICA Aprovado

Inscrição Nome Opção de Curso Status. 000000005133 RAQUEL REZENDE DANTAS EDUCACAO FISICA Aprovado Processo Seletivo 2016/1 000000005133 RAQUEL REZENDE DANTAS EDUCACAO FISICA Aprovado 000000004960 VALERIA DIAS MIRANDA EDUCACAO FISICA Aprovado 000000005764 BRUNNO DE PAULA SILVA BARBOSA EDUCACAO FISICA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, DE NÍVEL MÉDIO E DE NÍVEL FUNDAMENTAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, DE NÍVEL MÉDIO E DE NÍVEL FUNDAMENTAL PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, DE NÍVEL MÉDIO E DE NÍVEL FUNDAMENTAL EDITAL N.º 11 PMRB, DE 1.º DE OUTUBRO DE 2007 O PREFEITO

Leia mais

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28 LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600 Horário 28 Graduação Profissional Nº Candidato Nome 24,508 4716699811 Vanda Isabel do Vale Silva Almeida 24,203 8219102942 Cristina Maria da

Leia mais

CHAPA 1: VANGUARDA SINDICAL NORTE MINEIRA

CHAPA 1: VANGUARDA SINDICAL NORTE MINEIRA CHAPA 1: VANGUARDA SINDICAL NORTE MINEIRA 09ª SEÇÃO REGIONAL SINDICAL DE MONTES CLAROS ENMERSON MOTA ROCHA Investigador Nível II - 20 anos de Polícia Sociólogo, Pós-graduado em Educação, Pós-graduado em

Leia mais

PROCESSO DE INGRESSO - 2012 3 REMANEJAMENTO EXTRA. SSA 3ª Fase - 2012

PROCESSO DE INGRESSO - 2012 3 REMANEJAMENTO EXTRA. SSA 3ª Fase - 2012 330 - ENGENHARIA CIVIL - Bacharelado 1ª ENTRADA N - Noite 1005450100565149 GABRIELLA KATARINE SILVA NETO REMANEJADO 58,318 UNIVERSAL 4971019955975653 GUILHERME MARINHO DE ASSIS FERNANDES ANGE MATRICULADO

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GEOPOLÍTICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS

ESPECIALIZAÇÃO EM GEOPOLÍTICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL PROPI Nº 06/2015 RESULTADO FINAL O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí - IFPI, através da Pró- Reitoria de Pesquisa e Inovação, torna público o RESULTADO FINAL do processo

Leia mais

Av. Nicanor Barreto, 4381 Bairro: Vale Quem Tem Teresina-PI DIREITO - SISTEMAS DE INFORMAÇÃO VESTIBULAR 2014/01 14/12/2013 CLASSIFICADOS

Av. Nicanor Barreto, 4381 Bairro: Vale Quem Tem Teresina-PI DIREITO - SISTEMAS DE INFORMAÇÃO VESTIBULAR 2014/01 14/12/2013 CLASSIFICADOS VESTIBULAR 2014/01 14/12/2013 CLASSIFICADOS DIREITO / VESPERTINO INSCRIÇÃO NOME SITUAÇÃO/APROVADO 14138090 MARIA DO SOCORRO JULLYA BARBOSA DE MACEDO 1ª OPÇÃO 14138089 MARIA JULIANA ANDRESSA BARBOSA DE

Leia mais

LOCAL: Auditório CEAM- O candidato deve pegar um transporte alternativo e pedir ao motorista que o deixe no CEAM que fica logo após o Porto Itaguaí

LOCAL: Auditório CEAM- O candidato deve pegar um transporte alternativo e pedir ao motorista que o deixe no CEAM que fica logo após o Porto Itaguaí DINÂMICA DE GRUPO DIA: 11/08/2008 CARGO: APRENDIZ I - Operação Portuária 1. Aline Aparecida Ramos Muniz 2. Carla Cristina Gonçalves Silva 3. Carolina de Sousa 4. Douglas Leite Cardoso 5. Erick Rodrigo

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRO GONCALVES COMISSÃO ORGANIZADORA DO TESTE SELETIVO Local das Provas - Candidatos (A-Z)

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRO GONCALVES COMISSÃO ORGANIZADORA DO TESTE SELETIVO Local das Provas - Candidatos (A-Z) ADELICE PEREIRA DE ANDRADE 8/00 PROF DE HAB HISTORIA ADILENE PEREIRA DE ANDRADE 8/00 PROF DE HAB MATEMATICA ALBAMARA DE OLIVEIRA E SOUSA /00 PROF DE EDUC INFANTIL ALDEIDE FERREIRA LIMA /00 PROF POLIVALENCIA

Leia mais

PARECER CREMEC N.º 07/2014 14/03/2014

PARECER CREMEC N.º 07/2014 14/03/2014 PARECER CREMEC N.º 07/2014 14/03/2014 PROCESSO-CONSULTA PROTOCOLO CREMEC Nº 8569/08 ASSUNTO: REALIZAÇÃO DE EXAME SOLICITADO PELO PACIENTE E AUDITORIA MÉDICA PARECERISTA: CÂMARA TÉCNICA DE AUDITORIA EMENTA:

Leia mais

PARECER CREMEC Nº 01/2011 21/01/2011

PARECER CREMEC Nº 01/2011 21/01/2011 PARECER CREMEC Nº 01/2011 21/01/2011 PROCESSO-CONSULTA - Protocolos CREMEC Nºs 8433/10 e 9612/10 INTERESSADO Sra. Teonia Ferreira de Castro Gerência administrativa da CliniCamed Dra Adoneide Crispim da

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ GOVERNO MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

ESTADO DO CEARÁ GOVERNO MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 004/2015 O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE convoca os candidatos aprovados no CONCURSO PÚBLICO promovido pela PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE (conforme

Leia mais

Lista dos Aprovados - Ensino do Inglês

Lista dos Aprovados - Ensino do Inglês Lista dos Aprovados - Ensino do Inglês Nº de Oferta Ordem Pontuação Nome do Docente 2216 1 100 Cidália Maria Faria Mendes de Sousa 2216 2 100 Mariana Borges Dias Moreira 2216 3 100 Marta Raquel Cardoso

Leia mais

Tema: Perícia Médica do Instituto Nacional do Seguro Social

Tema: Perícia Médica do Instituto Nacional do Seguro Social Novo Código de Ética Médico e Saúde do Trabalhador Tema: Perícia Médica do Instituto Nacional do Seguro Social Realização: DIESAT Apoio: Fundacentro São Paulo, 22 jun 2010 Os dilemas, os sensos, os consensos,

Leia mais

SERVIÇO CIVIL OBRIGATÓRIO

SERVIÇO CIVIL OBRIGATÓRIO INFORMATIVO DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO CEARÁ - Nº 100 - JULHO/AGOSTO DE 2013 Editorial SERVIÇO CIVIL OBRIGATÓRIO Não é recente o desejo do governo federal de instituir alguma forma de

Leia mais

RESULTADO DO EXAME NACIONAL DE ACESSO - 2012

RESULTADO DO EXAME NACIONAL DE ACESSO - 2012 1. Candidatos da Rede Publica Classificados e aptos a solicitar matrícula prévia no período de 13/02/2012 à 17/02/2012. 2012-PROFMAT-526.0006-0 ALECIO SOARES SILVA Classificado 2012-PROFMAT-526.0175-9

Leia mais

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA CLASSIFICAÇÕES DO SEGUNDO TESTE E DA AVALIAÇÃO CONTINUA Classificações Classificação Final Alex Santos Teixeira 13 13 Alexandre Prata da Cruz 10 11 Aleydita Barreto

Leia mais

BOLETIM ELETRÔNICO DE SERVIÇOS

BOLETIM ELETRÔNICO DE SERVIÇOS BOLETIM ELETRÔNICO DE SERVIÇOS Campus Floriano Teresina (PI), 31 de outubro de 2014. PORTARIA Nº001/2014, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2014. Designar os servidores Lázaro Miranda Carvalho, Professor do Ensino

Leia mais

1/7. Curso Técnico de Manutenção e Suporte em Informática Turma 2009. Pólo: Barra do Corda. Aldair Silva Campos Nascimento - 20092ETECINF5568

1/7. Curso Técnico de Manutenção e Suporte em Informática Turma 2009. Pólo: Barra do Corda. Aldair Silva Campos Nascimento - 20092ETECINF5568 Pólo: Barra do Corda Aldair Silva Campos Nascimento - 20092ETECINF5568 Alex Araujo de Sousa - 20092ETECINF5452 André Brasil da Silva - 20092ETECINF5258 André Carvalho Araujo - 20092ETECINF4286 Antonio

Leia mais

I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA

I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA 1. OBJETIVO Fomentar o conhecimento científico e investir no crescimento técnico científico da Fisioterapia sob o tema Segurança e Qualidade na Assistência Fisioterapêutica.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL REDA 001/2013 CANDIDATOS APROVADOS POR ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO 678.244.125-04 806.514.025-49 668.468.

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL REDA 001/2013 CANDIDATOS APROVADOS POR ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO 678.244.125-04 806.514.025-49 668.468. CARGO Área de Atuação Nº CPF NOME DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL REDA 001/2013 CANDIDATOS APROVADOS POR ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO 678.244.125-04 BÁRBARA CRISTINA DOS CORREIA Nota Final

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES

RELATÓRIO DE ATIVIDADES RELATÓRIO DE ATIVIDADES COMISSÃO DE PRÉ SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA ADMISSÃO POR TRANSFERÊNCIA E COMO GRADUADOS AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIDADE DESCENTRALIZADA DE IGUATU UDI 2009.2 A Comissão designada

Leia mais

Dia 28 de maio de 2015 Apresentação Pôster do SINAPI Hall do Centro de Convenções do Cariri 8:00H às 09:45H

Dia 28 de maio de 2015 Apresentação Pôster do SINAPI Hall do Centro de Convenções do Cariri 8:00H às 09:45H Área do Conhecimento: Ciências Agrárias Dia 28 de maio de 2015 Hall do Centro de Convenções do Cariri 8:00H às 09:45H 19 POTENCIAL GERMINATIVO DE DIFERENTES GENÓTIPOS DE PIMENTA Lynda Bezerra de Oliveira

Leia mais

COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO ESTADUAL CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO - CONED DADOS DO(A) COORDENADOR(A)

COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO ESTADUAL CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO - CONED DADOS DO(A) COORDENADOR(A) COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO ESTADUAL CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO - CONED NOME: JOÃO BATISTA RODRIGUES DOS SANTOS DADOS DO(A) COORDENADOR(A) CARGO/FUNÇÃO: Assessor Político INSTITUIÇÃO: Secretaria Estadual

Leia mais

LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE

LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE Nome da Escola : Agrupamento de Escolas de Almancil, Loulé Horário n.º: 27-18 horas 2013-10-09 Grupo de Recrutamento: 420 - Geografia LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE Ordenação Graduação

Leia mais

Rafael Castelo Guedes Martins Pró-Reitor Adjunto de Extensão e Cultura. Silvio Roberto Fernandes de Araújo Coordenador Geral do EPOCA 2013

Rafael Castelo Guedes Martins Pró-Reitor Adjunto de Extensão e Cultura. Silvio Roberto Fernandes de Araújo Coordenador Geral do EPOCA 2013 Certificamos que Ademar França de Sousa Neto participou do minicurso Introdução a Bancos de Dados NO SQL: Conceitos, Ferramentas e Aplicações, na VI Escola Potiguar de Computação e suas Aplicações EPOCA

Leia mais

Resultados da Candidatura a Alojamento

Resultados da Candidatura a Alojamento Resultados da Candidatura a Alojamento Unidade Orgânica: Serviços de Acção Social RESIDÊNCIA: 02 - ESE ANO LECTIVO: 2015/2016 2ª Fase - Resultados Definitivos >>> EDUCAÇÃO BÁSICA 14711 Ana Catarina Mendes

Leia mais

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS)

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS) Sala B5 KFS ALEXANDRE DE ALMEIDA SILVA ALEXANDRE HENRIQUE DA ROCHA OLIVEIRA ALEXANDRE MIGUEL DE ALMEIDA PEREIRA ALEXANDRE SILVA FIGUEIREDO ANA CATARINA GOMES MOREIRA ANA CATARINA MARQUES GOMES ANA MARGARIDA

Leia mais

Resultado dos Processos Seletivos do Sescoop-RJ 2010

Resultado dos Processos Seletivos do Sescoop-RJ 2010 Resultado dos Processos Seletivos do Sescoop-RJ 2010 1ª Etapa: Análise Curricular INSTRUÇÕES GERAIS PARA TODOS OS CANDIDATOS a) O candidato deverá chegar ao local com uma hora de antecedência do i nício

Leia mais

Melhores Coordenadores

Melhores Coordenadores Melhores Coordenadores entre 201 a 400 alunos MÉDIA GERAL = 7,1 CURSO DE PETRÓLEO E GÁS Prof. Francisco Wendell Bezerra Lopes Melhores Coordenadores entre 401 a 700 alunos MÉDIA GERAL = 7,0 CURSO DE ARQUITETURA

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA - COREME

ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA - COREME PREZADOS CANDIDATOS INFORMES IMPORTANTES 1. Serão admitidos os candidatos classificados de acordo com o número de vagas oferecidas por PROGRAMA, os quais deverão ASSINAR o Contrato Padrão de Matrícula,

Leia mais

PARECER CREMEC Nº 18/2010 10/04/2010

PARECER CREMEC Nº 18/2010 10/04/2010 PARECER CREMEC Nº 18/2010 10/04/2010 PROTOCOLO 5688/09 E 0178/10 INTERESSADO: DR.ROBERTO AMAURI SILVA ASSUNTO: ESPECIALIZAÇÃO EM MEDICINA DO TRABALHO PARECERISTA: Dra. Patrícia Maria de Castro Teixeira

Leia mais

AL MACEIO JATIUCA CLÍNICA GERAL JOANNA MANOELA CASTELO BRANCO EVARISTO PAIVA

AL MACEIO JATIUCA CLÍNICA GERAL JOANNA MANOELA CASTELO BRANCO EVARISTO PAIVA Profissionais Amil Dental - Rede Credenciada www.amildentalplanos.com.br UF CIDADE BAIRRO ESPECIALIDADE NOME DO CREDENCIADO AL ARAPIRACA CENTRO CLÍNICA GERAL LILIANE ALVES DE SOUSA AL ARAPIRACA CENTRO

Leia mais

LISTA DOS TRABALHOS APROVADOS COMUNICAÇÃO ORAL Nº AUTOR(ES) TÍTULO DO TRABALHO GRUPO PET/INSTITUIÇÃO

LISTA DOS TRABALHOS APROVADOS COMUNICAÇÃO ORAL Nº AUTOR(ES) TÍTULO DO TRABALHO GRUPO PET/INSTITUIÇÃO [Digite texto] LISTA DOS TRABALHOS APROVADOS COMUNICAÇÃO ORAL Nº AUTOR(ES) TÍTULO DO TRABALHO GRUPO PET/INSTITUIÇÃO 1. Herica Monicely dos Santos Souza Maria Helena de Araújo Santos Robson Gomes da Silva

Leia mais

Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática

Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática Gabinete/Cargo Nome Extensão E-mail Diretor Luiz Felipe Rocha de Faria 1450 lef@isep.ipp.pt Sub-diretor(es) António Constantino Lopes 1462 acm@isep.ipp.pt

Leia mais

CAMPUS: MINISTRO PETRONIO PORTELLA - TERESINA HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

CAMPUS: MINISTRO PETRONIO PORTELLA - TERESINA HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES EDITAL 02/2014/PIBID-UFPI, de 14 de fevereiro de 2014. SELEÇÃO DE SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO CAMPUS: MINISTRO PETRONIO PORTELLA - TERESINA HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

Leia mais

Anotações de aula Aline Portelinha 2015

Anotações de aula Aline Portelinha 2015 Anotações de aula Aline Portelinha 2015 Aula 10 CONSELHOS DE MEDICINA Conselhos de Medicina O que são Constituem, em seu conjunto, uma autarquia federal, cada um deles dotado de autonomia administrativa

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 RESULTADO FASE ELIMINATÓRIA - ENTREVISTA CURSO ÁREA NOMES NOTA DA

EDITAL Nº 01/2015 RESULTADO FASE ELIMINATÓRIA - ENTREVISTA CURSO ÁREA NOMES NOTA DA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA DE ENFERMAGEM DE NATAL PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO EDITAL Nº 01/2015 RESULTADO FASE ELIMINATÓRIA -

Leia mais

EDUCAÇÃO MÉDICA CONTINUADA SANTA CASA DE SÃO JOAQUIM DA BARRA Delegacia Regional de Ribeirão Preto

EDUCAÇÃO MÉDICA CONTINUADA SANTA CASA DE SÃO JOAQUIM DA BARRA Delegacia Regional de Ribeirão Preto 13 DE JUNHO 2013 EDUCAÇÃO MÉDICA CONTINUADA SANTA CASA DE SÃO JOAQUIM DA BARRA Delegacia Regional de Ribeirão Preto Lavinio Nilton Camarim Conselheiro do Cremesp Lei Federal 9.656/98 Lei dos Planos de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE -COREMU PROGRAMA DE RESIDÊNCIA EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE EM MEDICINA VETERINÁRIA Edital nº: 03/2015 PROPPG/UFERSA

Leia mais

RESULTADO PRELIMINAR DA AVALIAÇÃO CURRICULAR

RESULTADO PRELIMINAR DA AVALIAÇÃO CURRICULAR RESULTADO PRELIMINAR DA AVALIAÇÃO CURRICULAR O RECEBIMENTO DE RECURSO AO RESULTADO DA AVALIAÇÃO CURRICULAR SERÁ NO DIA 05 DE MARÇO DE 2012 CONUPE/IAUPE - Av. Agamenom Magalhães S/N, Bairro Santo Amaro,

Leia mais

ELEIÇÕES, MÉDICOS ESTRANGEIROS E REVALIDA

ELEIÇÕES, MÉDICOS ESTRANGEIROS E REVALIDA INFORMATIVO DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO CEARÁ - Nº 99 - MAIO/JUNHO DE 2013 Editorial ELEIÇÕES, MÉDICOS ESTRANGEIROS E REVALIDA Em todo o Brasil, ocorrerão eleições para os Conselhos de

Leia mais

SELEÇÃO PARA O DOUTORADO EM EPIDEMIOLOGIA EM SAÚDE PÚBLICA ENSP/FIOCRUZ 2011

SELEÇÃO PARA O DOUTORADO EM EPIDEMIOLOGIA EM SAÚDE PÚBLICA ENSP/FIOCRUZ 2011 SELEÇÃO PARA O DOUTORADO EM EPIDEMIOLOGIA EM SAÚDE PÚBLICA 29665-462010 Ana Carolina Carioca da Costa SALA 403 29608-462010 Ana Cristina Marques Martins SALA 403 29522-462010 Israel Souza SALA 403 29671-462010

Leia mais

ANEXO I DO OBJETO. 3) Os profissionais contratados deverão providenciar o cadastramento junto ao corpo clínico da CONTRATANTE, como membros efetivos;

ANEXO I DO OBJETO. 3) Os profissionais contratados deverão providenciar o cadastramento junto ao corpo clínico da CONTRATANTE, como membros efetivos; ANEXO I DO OBJETO Descrição da PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EM NEUROCIRURGIA E NEUROLOGIA AOS PACIENTES DO HOSPITAL, PRONTO SOCORRO ADULTO, PRONTO SOCORRO INFANTIL E AMBULATÓRIO, compreendendo as seguintes funções:

Leia mais

NORMAS COMPLEMENTARES AO EDITAL PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS À RESIDÊNCIA (R1) EM MEDICINA VETERINÁRIA 2012

NORMAS COMPLEMENTARES AO EDITAL PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS À RESIDÊNCIA (R1) EM MEDICINA VETERINÁRIA 2012 I. Da Definição NORMAS COMPLEMENTARES AO EDITAL PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS À RESIDÊNCIA (R1) EM MEDICINA VETERINÁRIA 2012 A Residência em Medicina Veterinária (RMV) é definida como sendo um intensivo programa

Leia mais

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016 13948 5 A 2.º Ciclo do Ensino Básico Ana Gabriela Pedro Fernandes Escola Básica n.º 2 de São Pedro do Sul 13933 5 A 2.º Ciclo do Ensino Básico Ana Júlia Capela Pinto Escola Básica n.º 2 de São Pedro do

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE CENTRO DE EDUCAÇÃO CED PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PPGE

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE CENTRO DE EDUCAÇÃO CED PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PPGE Linha A: Formação, Didática e Trabalho Docente Núcleo 1: Didática, Saberes Docentes e Práticas Pedagógicas - Maria Socorro Lucena Lima - Jacques Therrien - Maria Marina Dias Cavalcante Local: Sala do Prof.

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA SECRETARIA JUDICIÁRIA ESCALA DO PLANTÃO JUDICIÁRIO DO 1.º GRAU COMARCAS INTERIOR

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA SECRETARIA JUDICIÁRIA ESCALA DO PLANTÃO JUDICIÁRIO DO 1.º GRAU COMARCAS INTERIOR ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA SECRETARIA JUDICIÁRIA ESCALA DO PLANTÃO JUDICIÁRIO DO 1.º GRAU COMARCAS INTERIOR 1º NÚCLEO REGIONAL 4ª VARA DE JUAZEIRO DO NORTE JUIZ PLANTONISTA: CHISTIANNE

Leia mais

RESULTADO EDITAL 05/2010 - PROGRAMA DE BOLSAS DE APOIO TÉCNICO

RESULTADO EDITAL 05/2010 - PROGRAMA DE BOLSAS DE APOIO TÉCNICO RESULTADO EDITAL 05/2010 - PROGRAMA DE S DE APOIO TÉCNICO O lançamento do Edital 05/2010 teve por objetivo prover pessoal técnico especializado para o desempenho de tarefas de apoio à pesquisa, atendendo

Leia mais

PARECER CREMEC Nº 07/2011 26/02/2011

PARECER CREMEC Nº 07/2011 26/02/2011 PARECER CREMEC Nº 07/2011 26/02/2011 PROCESSO-CONSULTA - Protocolo CREMEC nº 9287/10 INTERESSADO Dr. Franklin Veríssimo Oliveira CREMEC 10920 ASSUNTO Responsabilidade de médico plantonista e do chefe de

Leia mais

CURSO: 42 - TERESINA - GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

CURSO: 42 - TERESINA - GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CURSO: 42 - TERESINA - GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS INSC NOME DOC. IDENT. NASCIMENTO MAT HIS L. POR L. EST REDA ESCORE COLOC SITUAÇÃO 83771 DENIS DE ALENCAR CARVALHO 5035176-1 22/12/1988 14 20 16 13 20 1463,76

Leia mais

Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência

Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência Número Nome Nota Obs 10780 ALEXANDRE JOSÉ SIMÕES SILVA 15 11007 ALEXANDRE REIS MARTINS 7,7 11243 Álvaro Luis Cortez Fortunato 11,55

Leia mais

GABINETE DO PREFEITO

GABINETE DO PREFEITO ATO DE CONVOCAÇÃO 01/2014 PARA EXAME MÉDICO ADMISSIONAL DE CARGO PÚBLICO O PREFEITO MUNICIPAL DE IPUEIRAS, Estado do Ceará, Raimundo Nonato de Oliveira, no uso de suas atribuições legais e de acordo com

Leia mais

1 ÍNDICE AGRICULTURA FAMILIAR E SUSTENTABILIDADE - Tecnólogo - Pólo de Jales AGRICULTURA FAMILIAR E SUSTENTABILIDADE - Tecnólogo - Pólo de Palmas 03 05 2 406 EAD 10 AGRICULTURA FAMILIAR E SUSTENTABILIDADE

Leia mais

Secretaria de Agricultura Meio Ambiente Recursos Hídricos e Pesca

Secretaria de Agricultura Meio Ambiente Recursos Hídricos e Pesca O SECRETÁRIO DE AGRICULTURA, MEIO AMBIENTE, RECURSOS HÍDROS E PESCA, VINÍCIUS SILVA GUIMARÃES, observando a previsão do Art. 37, IX da Constituição Federativa do Brasil, que prevê a contratação temporária

Leia mais

LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS. Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110. Ano Letivo - 2014/2015

LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS. Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110. Ano Letivo - 2014/2015 LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110 Ano Letivo - 2014/2015 CANDIDATOS ADMITIDOS: Nº Candidato NOME OSERVAÇÕES 1367130034 Alexandra

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CONCURSO PÚBLICO EDITAL N 002/2007-CONVOCAÇÃO 1ª CONVOCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CONCURSO PÚBLICO EDITAL N 002/2007-CONVOCAÇÃO 1ª CONVOCAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CONCURSO PÚBLICO EDITAL N 002/2007-CONVOCAÇÃO 1ª CONVOCAÇÃO A PREFEITA DO MUNÍCIPIO DE LAURO DE FREITAS, Estado da Bahia, no uso de

Leia mais

COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO ESTADUAL CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO - CONED DADOS DO(A) COORDENADOR(A)

COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO ESTADUAL CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO - CONED DADOS DO(A) COORDENADOR(A) COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO ESTADUAL CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO - CONED DADOS DO(A) COORDENADOR(A) NOME: CARMENSITA MATOS BRAGA PASSOS CARGO/FUNÇÃO: Professor 3º grau/coordenadora da Formação Pedagógica

Leia mais

Técnicos Especializados

Técnicos Especializados Nome da Escola : Data final da candidatura : Disciplina Projeto: Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano, Porto Nº Escola : 153000 2015-09-03 Nº Horário : 75 Escola de Referência para a Educação Bilingue

Leia mais

Memorando Circular nº 34/2015/GAB/IFG/ANÁPOLIS

Memorando Circular nº 34/2015/GAB/IFG/ANÁPOLIS Memorando Circular nº 34/2015/GAB/IFG/ANÁPOLIS Anápolis, 16 de novembro de 2015 À Comunidade do Câmpus Anápolis. Assunto: Composição do Colegiado de Áreas Acadêmicas. 1. Considerando a Portaria nº 1.264,

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR - 2014

CONCURSO VESTIBULAR - 2014 FIP - FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS Data - 5/8/2014 COMPROV - COMISSÃO DE PROCESSOS VESTIBULARES PAG - 1 RELACÃO DOS CANDIDATOS CLASSIFICADOS E APROVADOS MEDICINA - ORDEM POSIÇAÕ ORDEM INSCRIÇÃO NOME

Leia mais

ANÚNCIOS PROFISSIONAIS É OBRIGATÓRIO INCLUIR O NÚMERO DO CRM EM ANÚNCIOS

ANÚNCIOS PROFISSIONAIS É OBRIGATÓRIO INCLUIR O NÚMERO DO CRM EM ANÚNCIOS Destaques do Novo Código de Ética Médica 14/04/2010 ABANDONO DE PACIENTE O MÉDICO NÃO PODE ABANDONAR O PACIENTE É vedado ao médico abandonar paciente sob seus cuidados. ( Cap. 5, art. 36) 1º Ocorrendo

Leia mais

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre Jorge Costelha Seabra 2 18,2 110402182 Ana Catarina Linhares

Leia mais

RESULTADO PRELIMINAR DO PROCESSO ELEITORAL COMISSÕES CAMPUS ELEITORAIS DE CAMPUS CAMPUS

RESULTADO PRELIMINAR DO PROCESSO ELEITORAL COMISSÕES CAMPUS ELEITORAIS DE CAMPUS CAMPUS RESULTADO PARA FINAL COMPOSIÇÃO DO PROCESSO DAS COMISSÕES ELEITORAL ELEITORAIS PARA COMPOSIÇÃO DE DAS COMISSÕES ELEITORAIS DE LÁBREA Discentes 1º ANTÔNIO CLEBER DE SOUZA ARAÚJO 2º FABIO TEIXEIRA LIMA 3º

Leia mais

LOTAÇÃO 2015/2. Curso: EDUCAÇÃO FÍSICA Campus Bloco Disciplina Carga Horária Sociologia da Educação 60 04/01 09/01/16 Antônio Francisco Barros

LOTAÇÃO 2015/2. Curso: EDUCAÇÃO FÍSICA Campus Bloco Disciplina Carga Horária Sociologia da Educação 60 04/01 09/01/16 Antônio Francisco Barros LOTAÇÃO 2015/2 Campus Bloco Disciplina Carga Período Antônio Francisco Barros Evolução da Educação Física 60 11/01 16/01/16 Renata Batista dos Santos Pinheiro ÁGUA BRANCA Crescimento e Desenvolvimento

Leia mais

Curso Breve de Inglês Jurídico Calendário das Sessões

Curso Breve de Inglês Jurídico Calendário das Sessões Calendário das Sessões Mês Dia Sala Grupo 1 Janeiro 16, 17, 23, 24, 30 31 Fevereiro 6,7 Grupo 2 Fevereiro 27,28 Março 5,6,12,13,19,20 Grupo 3 Abril 9,10,16,17,23,24 Maio 7,8 Grupo 4 Maio 14,15,21,22,28,29

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL Nº 06/15/PROEN TRANSFERÊNCIA INTERINSTITUCIONAL (EXTERNA) E ADMISSÃO DE GRADUADOS 2015.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL Nº 06/15/PROEN TRANSFERÊNCIA INTERINSTITUCIONAL (EXTERNA) E ADMISSÃO DE GRADUADOS 2015. UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL Nº 06/15/PROEN TRANSFERÊNCIA INTERINSTITUCIONAL (EXTERNA) E ADMISSÃO DE GRADUADOS 2015.2 RESULTADO FINAL A Pró-Reitoria de Ensino divulga o

Leia mais

TEMA: PROJETO INTEGRADOR 2011.2 SISTEMA MICROCONTROLADO DE PROTEÇÃO E ACESSO VEICULAR CURSO: ELETRÔNICA MÓDULO 3 - MANHÃ

TEMA: PROJETO INTEGRADOR 2011.2 SISTEMA MICROCONTROLADO DE PROTEÇÃO E ACESSO VEICULAR CURSO: ELETRÔNICA MÓDULO 3 - MANHÃ : Alexandre Barros de Araújo Jarbas Lucena da Silva Oziel Aires de Queiroz Thiago Pereira da Silva Romário Medeiros Araujo SISTEMA MICROCONTROLADO DE PROTEÇÃO E ACESSO VEICULAR MÓDULO 3 - MANHÃ Edvanilson

Leia mais

1772 FACULDADE NORDESTE

1772 FACULDADE NORDESTE Ministério da Educação Programa Universidade para Todos - ProUni Listagem de Candidatos Pré-Selecionados em Segunda Chamada - Processo 1º semestre de 2014-1ª Etapa Instituição de Ensino Superior: 1772

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO SRCA SEÇÃO DE EXPEDIÇÃO E REGISTRO DE DIPLOMAS SERD

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO SRCA SEÇÃO DE EXPEDIÇÃO E REGISTRO DE DIPLOMAS SERD Lote nº 005/2015 25/06/2015 Os egressos dos Cursos de Pós-Graduação da Univasf indicados nesta lista podem retirar os diplomas para os Cursos de Mestrado e Doutorado (stricto sensu) e/ou certificados para

Leia mais

LOCAIS DE PROVA E INFORMAÇÕES GERAIS

LOCAIS DE PROVA E INFORMAÇÕES GERAIS Processo Seletivo do Programa de Pós-graduação em Engenharia Sanitária 2015 Mestrado em Engenharia Sanitária LOCAIS DE PROVA E INFORMAÇÕES GERAIS Comunicamos que a prova escrita do Processo Seletivo do

Leia mais