Organizações. Reconhecidas pelo Prêmio

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Organizações. Reconhecidas pelo Prêmio"

Transcrição

1

2

3 Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Organizações Reconhecidas pelo Prêmio Paran aranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Nível II 500 pontos Gerência de Filial do FGTS de Curitiba Troféu Spaipa Prata S/A Indústria Brasileira de Bebidas 2013 Processos Gestão (Maringá) Inteligente Destaque Consultoria Critério 7 - Placa Caixa Econômica Federal (Curitiba) Livre Prata Empresarial Ltda (Curitiba) SICOOB Cooperativa Admissão de da Poupança Região de e Crédito de Troféu Essencis Bronze Agronomia Conselho METROPOLITANO do Regional Paraná de Engenharia (Maringá) CREA/PR e Soluções Ambientais S.A. (Curitiba) Estratégias Cinq Technologies e - Planos Destaque Ltda Critério -(Curitiba) 2 - Placa (Curitiba) Bronze Destaque Critério 2 - Estratégias e Planos (Curitiba) Sofhar DB1 Informática Gestão Ltda &(Maringá) Tecnologia S.A. Finalista Frango Seva Ltda (Pato Branco) Alimentos Lightsweet Ltda Indústria (Marialva) e Comércio de TECPAR Instituto Curitiba) de Tecnologia do Paraná - Finalista Pelissari Informática S.A. -(Curitiba) Troféu Nível II 500 pontos Destaque Conhecimento Critério 5 - Informações e Paraná Diamante 2012 Clientes Companhia (Araucária) Ultragaz - Destaque S/A - Critério Mercado 3 Placa Nível I 250 pontos Consultoria Adecon Ouro Reconhecimento da - UEM Empresa (Maringá) Júnior de no Volvo PNQ 2012 Caminhões do MPC pela (Curitiba) premiação - Manual de Instruções para Candidatura MIC

4 Troféu Ltda Gestão Ouro Instituto (Curitiba) Inteligente Consultoria Empresarial Economia Superior do Mercosul de Administração - ISAE/FGV e Troféu (Curitiba) Prata Accion Ltda (Maringá)- Destaque Critério Troféu 2 - Estratégias Bronze e Planos Critério DB1 Instituto Informática 6 de Pessoas Tecnologia Ltda (Maringá) do - Paraná Destaque - Bebidas TECPAR (Curitiba) Processos Spaipa (Maringá) S/A Indústria - Destaque Brasileira Critério de 7 Faixa Nível I 250 pontos Ouro Clientes Ltda Sanex (Curitiba) Comércio - Destaque e Indústria Critério Veterinária TecnoSpeed Tecnologia da Informação 3 - Faixa Ltda (Maringá) Gemalto Prata do Brasil Cartões e Terminais Faixa Ltda Bronze (Pinhais) Agronomia Destaque Conselho do Regional Paraná - Crea de Engenharia PR (Curitiba) Conhecimento Critério 5 - Informações e Livre SICOOB Cooperativa Admissão METROPOLITANO de da Poupança Região de e Crédito Maringá de - Maxical Ltda (Almirante Tamandaré) Prêmio Paranaense Finalista Pietrobon & Cia Ltda (Guarapuava) da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 (Arapongas) RPSAVI Indústria de Softwares Ltda Secretaria (Pinhais) Municipal de Finanças Troféu Nível II 500 pontos Paraná Companhia Ouro Ultragaz S/A Mercado 2011 Prefeitura Refinaria (Araucária) Presidente Municipal de Getúlio Curitiba Vargas (Curitiba) Troféu REPAR (Araucária) Accion Bronze Ltda (Maringá) Diploma DB1 Informática (Maringá) Ltda Gestão (Curitiba) de Inteligente Finalista Consultoria Empresarial Placa Nível I 250 pontos Megasult Cinq CRG Technologies Informática Ltda e Serviços (Curitiba) Ltda em Hoperações (Francisco Consultoria Beltrão) e Assessoria Economia Saneamento Ltda (Curitiba) (Curitiba) Instituto Superior Do Mercosul de Administração ISAE/FGV e Assistência Pelissari Pró Saúde Informática Social Associação e Hospitalar S/A (Curitiba) Beneficente Hospital de Movimento Paraná Competitivo - MPC

5 Ltda (Curitiba) Comércio e Indústria Veterinária Troféu Prêmio Paranaense Sofhar Gestão da Qualidade & em Gestão Tecnologia PPrQG S/A Companhia Ciclo 2014 (Curitiba) (Araucária) Prata - Ultragaz Destaque S/A Critério - Mercado 3 - Clientes Paraná Placa Masisa do Brasil (Ponta Grossa) Nível Troféu Masisa II Ouro 500 do pontos (Curitiba) ALL América Latina Logística S.A Brasil Ltda (Ponta Grossa) Bebidas Spaipa (Curitiba) S/A Indústria Brasileira de 2010 Troféu Paraná Companhia Prata (Araucária) Ultragaz S/A Mercado Diploma Nível I 250 pontos Troféu Renova Bronze (Curitiba) Fbits Lavanderia & Toalheiro Ltda Accion Desenvolvimento de Software Nível (Araucária) DB1 Informática Ltda (Maringá) Ltda (Maringá) Placa I 250 pontos Destaque DB1 Sanepar Informática Critério Unidade 1 - Liderança Ltda Regional (Maringá) (Francisco- Nível Troféu Spaipa II Bronze 500 S/A pontos Indústria Brasileira de Bebidas 2008 Diploma Beltrão) - Destaque Critério 4 Sociedade Diploma (Curitiba) Accion Ltda (Maringá) Empresa Cinq Technologies Ltda (Curitiba) Telégrafos (Revenda Brasileira Curitiba) de Correios e Nível II 500 pontos Certificado Nível I 250 pontos Troféu Volvo Ouro: Nadar Caminhões (Curitiba) - Destaque Reconhecimento 2009 PNQ 2009 do MPC pela premiação FMN Fitness Aquático (Londrina)- Critério Engenharia 7 Critério Processos 6 -(Curitiba) Pessoas - Destaque Municipal Sanex de Araucária (Araucária) Manual de Instruções para Candidatura MIC

6 Nível Troféu II Prata 500 pontos 2007 Placa Robert Bosch Ltda (Curitiba) Masisa do Brasil (Ponta Grossa) Diploma Cartrom Embalagens Ltda (Curitiba) Spaipa (Curitiba) S/A Indústria Brasileira de Bebidas Certificado Nível I 250 pontos Satech (Curitiba) Sistemas - Destaque de Critério Telecomunicações 1 - Liderança Nível Troféu Refinaria II Ouro 500 pontos 2006 Embafort (Araucária) Embalagem Presidente Industrial Vargas (Curitiba) REPAR Troféu Cartrom Prata Prêmio Paranaense da Qualidade Unidade em Gestão Regional PPrQG Ciclo (Ponta 2014 Troféu Grossa) Bronze Sanepar - Unidade Regional (Campo Nível Mourão) Diploma I 250 pontos Sanepar Unidade Regional (Londrina) Diploma Cartrom Sanepar Categoria Embalagens Unidade Prata Ltda Regional (Curitiba) (Ponta 2005 Diploma Grossa) Embafort Categoria Bronze (Curitiba) Embalagem Industrial Sanepar Embalagens Ltda (Curitiba) Movimento Paraná Competitivo - MPC

7 Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Sumário Movimento Paraná Competitivo - MPC Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão - PPrQG... 9 Benefícios da Participação no PPrQG... 9 Fluxograma Cronograma Ciclo Categorias e Reconhecimento Condições para Elegibilidade Restrições Gerais a Elegibilidade Unidades da Organização Elegíveis Procedimento para Participação no PPrQG Inscrição Taxas de Inscrição no PPrQG Candidatura Relatório de Gestão RG Planilha de Resultados Processo de Avaliação e Reconhecimento Processo de Avaliação Reconhecimento Formulário de Elegibilidade para o PPrQG Código de Ética Manual de Instruções para Candidatura MIC

8 Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 O brasileiro Movimento Paraná promoção Competitivo da qualidade, - MPC produtividade foi instituído com e competitividade. o objetivo de apoiar Iniciado o esforço Movimento Paraná Competitivo - MPC Movimento tem como finalidade Brasil Competitivo básica coordenar MBC, e parceria promover da ações iniciativa estruturantes privada de entidades conteúdo públicas, inovador pelo na economia No área Paraná, de e o essa qualidade padrão missão de e está produtividade. da sob sociedade a responsabilidade Assim, brasileira. contribui do Instituto para elevar Brasileiro a competitividade da Qualidade da Produtividade implementa ações - IBQP em busca que, em da vantagem parceria competitiva várias das entidades empresas públicas paranaenses e privadas, e e melhoria O que Movimento da qualidade Paraná Competitivo e produtividade é uma do rede setor formada público. sociedade compartilham informações e experiências. Atua por principalmente organizações na públicas mobilização e privadas Suas ações paranaense são integradas, em sistemáticas, relacionadas descentralizadas à qualidade, produtividade e estão principalmente e competitividade. dirigidas às organizações gestão, micro, pequenas paranaenses e médias que demonstrarem empresas. Além esforços disso, relevantes atua no voltados reconhecimento a excelência das Brasil Prêmio seja através de Competitividade do Prêmio Paranaense para Micro de e Qualidade Pequenas Empresas. em Gestão - PPrQG ou do MPE na Mobilizar, empresarial, Missão: Paraná. capacitar contribuindo e reconhecer para a as competitividade organizações, e promovendo o desenvolvimento a excelência sustentável da gestão Visão: do Rogger Consolidar-se Fernanda Informações Técnicas: como o principal movimento em prol da excelência da gestão das organizações Gestão - André PPrQG Hoshiguti Paulino Grandizoli - Coordenador - Coordenadora Executivo do do Movimento Prêmio Paranaense Paraná Competitivo da Qualidade em paranaenses, até Movimento Paraná Competitivo - MPC

9 Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão O continuará para Prêmio perseguindo Paranaense os da desafios Qualidade preconizados em Gestão na primeira PPrQG, edição, nesta ou sua seja, décima edição, - PPrQG tornar tornar o Estado as organizações Paraná mais paranaenses competitivo em níveis de Classe nacional Mundial, e internacional. e por o consequência de contribuir A com II estrutura a Excelência), PPrQG para contempla as empresas dois que níveis, estão sendo iniciando o Nível o seu I (250 sistema pontos de gestão; Compromisso O (500 PPrQG pontos utiliza-se Rumo de à metodologia Excelência), desenvolvida para as organizações pela Fundação em estágio Nacional mais avançado. da Qualidade e Nível FNQ, o estabelecimento que permite diagnosticar de planos o de estágio melhoria atual contínua desenvolvimento para aprimorar gerencial, o possibilitando desempenho organizacional. O desempenho Prêmio Paranaense organizacional da Qualidade pela implantação em Gestão do Modelo PPrQG de pretende Excelência induzir da Gestão a melhoria - MEG do efetivos também direcionados sob a forma ao de bom premiação, desempenho daquelas de sua organizações gestão, e cujas que práticas demonstrem e padrões esforços de, trabalho e demais produtividade resultem partes dos interessadas. em produtos racionalidade e serviços, do processo maior satisfação produtivo, dos melhoria clientes, dos da níveis força de qualidade trabalho Os benefícios Benefícios Contribuição conferidos às Organizações são: da Participação no PPrQG desenvolvimento para regional a melhoria e de contínua todo Estado; desempenho da Organização, refletindo no Participação experiências de entre outras uma Organizações; atividades rede voluntária do MPC, de relacionadas cooperação com que a melhoria permite da a gestão; troca de Manual de Instruções para Candidatura MIC 9

10 Recebimento Acesso Gestão - a PPrQG; instrumentos de informações que possibilitem sobre o MPC obter e o Prêmio diagnósticos Paranaense do modelo da Qualidade gerencial em da Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Participação Recebimento organização; Examinadores em eventos Relatório para divulgar de Avaliação suas práticas (RA), bem elaborado sucedidas; de melhoria do gestão PPrQG da Organização (trabalho voluntário), reconhecida; para subsidiar a elaboração pela Banca do plano de Maior Possibilidade através visibilidade das formas do fortalecimento para de reconhecimento a sociedade imagem das do boas PPrQG; institucional práticas da de Organização, gestão da Organização, dos Incentivo reconhecimentos a Organização conferidos a participar pelo do PPrQG; Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ). em função Fluxograma 10 Movimento Paraná Competitivo - MPC

11 Planejamento Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Lançamento janeiro, fevereiro e março Cronograma Ciclo 2014 Inscrição 08 (Curitiba) 10 (Maringá) abril Workshop e Elegibilidade 08 de abril a 05 Envio RG para Elaboração do Relatório de Gestão - RG Nível I e II 13 (Curitiba) 15 (Maringá) até 25 de de junho maio Capacitação Curso do Modelo dos de Excelência da Gestão - MEG 29 de maio 24 (Maringá) (Curitiba) e (Maringá) de junho (Curitiba) Atualização junho Treinamento dos Sênior Examinadores de julho Avaliação Comitê Técnico Individual do RG 28 de julho a 2510 de de agosto julho Preparação Ajustes da Pontuação e Consenso 26 de agosto a 14 de setembro Entrega do Relatório e Visita às de Empresas Avaliação - RA 15 de setembro a de outubro Banca Comitê Técnico 19 Cerimônia de Juízes 20 novembro Reunião Premiação 11 de Observação: Legenda: de Envio alterá-las do de Relatório Aprendizado sem As datas aviso de previstas prévio. Avaliação A no realização cronograma - RA às das empresas para capacitações o ciclo 2014 e workshops não são fixas. estará A sujeita coordenação a um número do PPrQG mínimo se reserva de inscritos. dezembro o direito Atividades da Coordenação Atividades da Candidata Atividades da Banca Examinadora Manual de Instruções para Candidatura MIC 11

12 Instrumento de Avaliação Pontuação Máxima Formas de Reconhecimento Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Categorias e Reconhecimento Placa Bronze Prata Bronze Ouro Troféu Troféu Diamante Prata Ouro poderá Excelência. Nota: conceder Além das certificado categorias para de reconhecimento as candidatas com acima, destaque relacionadas, em determinado a Banca Critério de Juízes de Nível I 250 Finalista Nível II 500 Finalista 12 Movimento Paraná Competitivo - MPC

13 Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Paraná, condições. atenderem qualquer os requisitos natureza de elegibilidade ou ramo de nas atividade, Organizações deverão estabelecidas atender às no Estado seguintes do Con ondições para Elegibilidade Empresas limitadas Grandes, ou privadas com outras de formas capital legais misto, de nacionais organização, ou estrangeiras, instaladas no capital Estado aberto do Paraná; ou não, Cooperativas, educacionais médias, pequenas e microempresas; indústrias e organizações prestadoras de serviços, incluídas as das áreas fundações e da saúde; Organizações e organizações que integram que a integram administração a administração pública indireta: pública direta; empresas, autarquias e Unidades Somente do 3º setor; 01/Janeiro/2012; da Organização (ver condições na p. 14); Empresas são elegíveis organizações com data de constituição ou criação anterior a Nível I 250 participantes pontos Compromisso pela primeira com vez, a Excelência. obrigatoriamente, deverão se inscrever no são A restrição elegíveis pode as seguintes significar Organizações a Inelegibilidade ou Unidades Organização Autônomas: ou da Unidade Autônoma. Não Restrições Gerais a Elegibilidade Que tenham suas principais funções desenvolvidas em sede fora do Paraná; Organizações se caracterizam como associações religiosas ou político-partidárias; natureza não possam ser avaliadas em todos oito Critérios Excelência da FNQ; defesa que, no ano de participação no PPrQG, tenham restrições de qualquer Organizações do junto consumidor; a instituições públicas federais, estaduais, municipais e/ou a órgãos de elegibilidade; que deixem de atender a qualquer item inserido nas condições básicas de Manual de Instruções para Candidatura MIC 13

14 Organizações deverão reconhecimento, aguardar que para foram o se período vencedoras candidatar mínimo novamente do maior de 2 nível ao (dois) prêmio. de reconhecimento anos, considerando do PPrQG. o ano Essas do Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão Ciclo 2014 Para seguintes participação diretrizes: no PPrQG, as Unidades Autônomas devem observar e atender às Unidades da Organização Elegíveis a) Elegibilidade operacional, possam divisão se caracterizar ou outras denominações como uma subsidiária, similares; unidade de negócio ou unidade ou ao possam órgão público caracterizar ao qual seu pertençam atendimento ou estejam a um público vinculadas; externo à própria organização, Qualidade Que possam - FNQ; ser avaliadas em todos os oitos Critérios da Fundação Nacional da Organização, Contabilidade, não sejam tais consideradas como: Recursos de assessoramento Humanos, ou Marketing, de apoio para Engenharia, outras Unidades Finanças, da Que não possuam Compras, CNPJ Serviços próprio, Jurídicos, poderão etc; apresentar o CNPJ da organização a que b) pertencem, Restrições desde à Elegibilidade que sejam atendidas todas as condições previstas neste Manual. esteja Que sejam candidatando unidades cuja ao PPrQG organização no mesmo a qual ciclo; pertençam (ou são controladas) também permanente; Não apresentação possuam estrutura de toda temporária documentação e/ou fiscal que e exerçam estatutária, atividades dentro do de prazo natureza estipulado. não varejo, do Nota: bancos No caso ou de restaurantes), um conjunto serão parcial avaliadas de unidades somente de as uma unidades rede (como instaladas hotéis, no lojas Estado de tomar Paraná. decisões Para de as acordo situações com não critérios previstas próprios nestas condizentes instruções, com cabe o Código a Coordenação Ética. do MPC 14 Movimento Paraná Competitivo - MPC

15 Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Procedimento para Participação no PPrQG Para apresentado representante inscreverem em anexo as Candidatas (p. 25) neste deverão MIC, entregar devidamente o Formulário preenchido de Elegibilidade, e assinado que pelo é Inscrição documentação: legal, juntamente com o recibo do depósito da taxa de inscrição e a seguinte Comprovante a condição de de unidade, Inscrição se aplicável; e Situação Cadastral (CNPJ) e Documento que comprova Negativa de do Débito Fundo de do Garantia INSS; por Tempo de Serviço (FGTS); União; Conjunta de Débitos Débitos de Relativos Tributos aos Estaduais; Tributos Federais e a Dívida Ativa da O Certidão Negativa de Tributos Municipais. Comitê MPC Técnico, se reserva que o serão direito pré-requisitos de solicitar para as certidões um possível atualizadas reconhecimento. previamente à etapa do No participantes item 10 do do Formulário, workshop, condição as Candidatas esta obrigatória deverão às indicar Candidatas o nome iniciantes. de 1 (um) até 2 (dois) No Prazos IBQP: de Rua entrega Dr. Correa da documentação Coelho, 741 de - Jardim elegibilidade: via as 18h Correios. do dia 05 de maio de 2014, data também Botânico considerada Curitiba/PR válida no CEP: caso de postagem até Manual de Instruções para Candidatura MIC 15

16 Porte da Organização Prêmio Paranaense da Qualidade Investimento em Gestão (R$) PPrQG Ciclo 2014 Taxas de Inscrição no PPrQG 2014 tais Nota: A FT (Força de Trabalho) é formada pessoas com diferentes tipos de vínculo, Candidatas como: funcionários, sócios, empregados temporários, terceirizados, estagiários e outros. Workshop de Elaboração Cursos do Relatório Investimento (R$) Carga Horária de Gestão RG (Aberto) inscrição Incluso (duas na taxa vagas de Workshop de Elaboração do Relatório empresa) por horas Modelo de de Gestão Excelência In Company da Gestão R$ 5.000,00 até 20 pessoas por turma horas MEG R$ 400,00 8 horas Examinadores Modelo de Excelência Cursos MEG da Gestão Investimento R$ 400,00 (R$) Carga Horária Capacitação Atualização de Examinadores de Examinadores Novos* Gratuito Treinamento Sênior Gratuito examinadores (somente para horas Obs.: *Para participar da Capacitação de Examinadores convidados) Novos é obrigatória a 8 realização horas Curso do Modelo de Excelência da Gestão MEG. do Pequenas Médias Grandes (FT (FT a 499 pessoas) 4.800,00 Micro (FT (FT até 2019 a pessoas) pessoas) 2.400, ,00 600,00 16 Movimento Paraná Competitivo - MPC

17 do Nota: depositado O valor na referente conta-corrente à taxa Nº inscrição , no Banco prêmio do Brasil e de participação Agência , nos cursos em nome Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 ser IBQP, enviada com para identificação do depositante. Uma cópia do comprovante de depósito deve Em haverá caso devolução não entrega dos valores do Relatório pagos. de Gestão RG ou de desistência dos cursos não A candidatura é formalizada pelo envio ou entrega do Relatório de Gestão RG e Planilha Candidatura os Resultados ao MPC. Estes serão elaborados pela Candidata observando-se os critérios e de As procedimentos Excelência Organizações da Gestão estabelecidos candidatas MEG, ao neste da Nível Fundação MIC, I (250 bem Nacional pontos) como a da devem estrutura Qualidade utilizar e os conceitos como FNQ. referência do Modelo Critérios Já Compromisso as candidatas com ao a Nível Excelência II (500 6ª pontos) Edição publicada devem utilizar pela FNQ os Critérios em 15 de Rumo abril de os Excelência Deverão ser (500 entregues pontos) 66ª (seis) Edição cópias publicada do referido pela FNQ Relatório, em 15 sendo de abril 5 de (cinco) para a Banca a Avaliadora Após a premiação, e 1 (uma) as para cópias arquivo utilizadas do MPC pela e Banca 1 (uma) Examinadora cópia da Planilha serão destruídas. Resultados. Prazos de entrega do Relatório de Gestão RG: postagem No até IBQP: as 18h Rua do Dr. dia Correa 25 de Coelho, junho de , - Jardim data Botânico também considerada Curitiba/PR válida CEP: no A via Correios; caso de Sendo candidata desclassificada será informada no caso de de sua não elegibilidade cumprimento ou das não condições pela coordenação previstas no do MIC. prêmio. Manual de Instruções para Candidatura MIC 17

18 Diretrizes Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Relatório O para Elaborar o Perfil da Organização de Gestão RG candidatas. produtos Perfil é uma Evidencia apresentação aspectos geral relevantes da organização processo e deve transformação ser apresentado de por insumos todas em as mercados-alvo. Deve de valor agregado, por meio dos recursos disponíveis, para atender principais bem propiciar elementos uma do visão seu global negócio da ou organização atividade organizacional, em seus mercados, suas particularidades, destacando os sobre histórico como relacionamento da as busca de seu excelência; da ramo organização de atuação com e suas seus partes principais interessadas desafios. e Inclui uma descrição Marcadores Para Diretrizes redação para das Redação Práticas dos de Processos Gestão Gerenciais organização as atende, de forma mais completa solicitadas possível, nos Critérios informando: 1 a 7 descreva Como Como a Quais Os responsáveis; as Práticas de Gestão utilizadas e seus Padrões de Trabalho, incluindo os trabalho); métodos utilizados para o Controle (verificação do cumprimento dos padrões de requisitos, Abrangência abrangidas (áreas, pelo processos, produtos gerencial e/ou em questão); pelas partes interessadas, conforme O mesma Continuidade está sendo (periodicidade utilizada); de aplicação das práticas de gestão e desde quando a A Aprendizado Integração das (aperfeiçoamento práticas demonstrando das práticas coerência informar e as inter-relacionamento melhorias implementadas); com as Respostas estratégias, objetivos, outras práticas e envolvimento e colaboração entre as áreas; consistente, com portanto informações serão consideradas, insuficientes impedem para efeito que de o Examinador pontuação, faça como uma enfoque avaliação não sistemático, isto é, sua pontuação será zero; 18 Movimento Paraná Competitivo - MPC

19 Diretrizes Com relação para à redação Redação dos dos Resultados Resultados Organizacionais Organizacionais - Critério 8: Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 pertinentes. Deverá ser feita Entretanto, a apresentação para permitir clara a dos análise dados da históricos tendência, e os será referenciais considerado comparativos Os de no mínimo três (03) ciclos ou períodos de tempo. o histórico devendo resultados devem, preferencialmente, ser apresentados sob a forma de gráficos o seta sistema conter de indicadores os resultados apresentados principais no Critério indicadores 2), com da eixos, organização unidades (coerência e de tempo, com desempenho indicação indicador). melhor Estas resultado informações (para permitir devem melhor demonstrar entendimento a relevância, e avaliação do e Quando favorável, nível atual os motivados dados resultados; históricos por fatores de um externos período à analisado organização não apresentarem - do contexto tendência setorial, Composição governamental do RG ou internacional - deverá constar justificativa da ocorrência. O volume extraviados: RG deve para ser facilitar composto o manuseio de tópicos, e prevenir conforme que a os ordem documentos abaixo, e e encadernado formulários não em um sejam só Segunda Primeira capa capa especificando em branco, Estrutura o sem nome identificação do e RG o nível da da Candidata Organização Perfil Sumário da Organização (índice) (I ou II) Glossário de expressões Respostas aos especiais Marcadores Organograma Terceira capa e de siglas em dos branco itens utilizadas dos Critérios no texto do Relatório anexados Nota: As outros capas documentos em branco ao garantem RG. o sigilo da Candidata. Também não devem ser Manual de Instruções para Candidatura MIC 19

20 Formatação Todas do RG Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 portuguesa. As 6 (seis) vias RG, formulários e anexos devem ser escritos em língua identificação pontos respostas e aos sequência Marcadores caderno dos Itens Critérios dos Compromisso Critérios devem com manter a Excelência a mesma (250 FNQ Item 1 em e Marcador Nível 15 de I) abril ou a Rumo de dos 2011, critérios a Excelência Por Rumo exemplo: (500 a Excelência ; 1.1.a pontos para Nível indicar II) 6ª a resposta Edição publicada ao Critério pela 1, em O relatório RG deve deve ser ser organizado digitado / em impresso forma de em relatório, duas colunas, descrevendo em fonte as respectivas nº 10, letra tipo práticas. Arial O As papel branco de formato A4 (ABNT). Devem ser usados a frente e o verso das folhas; e figuras tabelas, figuras e gráficos devem ser elaborados em fonte n.º 6 ou 8, sendo que Os propósito, devem ter legenda referenciada; rodapés; desenhos, referenciando-se gráficos, tabelas ao Marcador, e fluxogramas Item e devem Critério ser a que identificados dizem respeito, mediante nos seus Não páginas deve ser utilizada a logomarca nos cabeçalhos e rodapés e nem a marca d água nas As superior internas do RG; A configurações e inferior = 1,5 folha cm; A4 devem ter as margens laterais = 1,5 cm; e a margem por tamanho digitação uma linha. deve O ser espaçamento em coluna entre dupla parágrafos com espaçamento adotados entre para colunas antes e = depois 0,8 cm, = 2,0pt. dividido O maiúsculas. da somente O fonte tamanho para primeiras da o título fonte letras para do Critério das o título palavras. é nº Item 12, O tamanho é negritado, nº 11, negritado, texto com as Marcador sendo letras em é nº negritadas 10, sem para negrito. dar destaque. Todas numerações dos Critérios, Itens e Marcadores devem ser 20 Movimento Paraná Competitivo - MPC

21 A Limite quantidade de Páginas de do Relatório para de as Gestão respostas aos Itens dos Critérios deve ser de no máximo Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 de aos Embora 60 Marcadores (sessenta) páginas, dos Itens incluindo dos Critérios figuras, devem gráficos ter e tabelas. numeração As páginas sequencial com as e respostas entre as não respostas obrigatório, dos para oito facilitar Critérios. a consulta Os separadores é recomendável não deverão a utilização conter de separadores imagens contínua. logomarcas não serão considerados da Organização, na contagem e desde de que páginas. não contenham informações sobre os Critérios, ou Também separadoras. organograma. não O serão Perfil contadas Organização no limite de é limitado páginas: a o 6 Perfil, (seis) o páginas, Glossário incluindo e páginas Notas: O manuseio Não RG não deve ser encadernado em pasta volumosa ou em capa dura, pois dificultam o folhetos do documento pelos Examinadores nas diversas etapas do processo; Qualquer devem ou outras ser enviados, formas de como informação anexos, diferentes cópias das CDs especificadas de áudio ou nestas vídeo, instruções; catálogos, portanto, Não dentro anexo acrescentado limite de páginas ao previsto; RG será considerado como parte do mesmo e, e pois Rumo serão devem a Excelência desconsiderados ser copiados e/ou textos do pelos Caso do Examinadores; caderno para Estudo de Critérios apresentado Compromisso nos cursos com de a capacitação, Excelência Será de Planilha disponibilidado de Resultados, no Workshop que deverá Elaboração ser entregue do junto Relatório com de o Relatório Gestão de RG Gestão um modelo RG. apresentados Nesta candidata planilha para no deverá o Critério controle constar 8 de do sua Relatório o nome gestão. de de Estes todos Gestão indicadores os indicadores - RG, conforme também relevantes as devem Diretrizes utilizados ser para pela Redação Resultados Organizacionais (p. 19). Manual de Instruções para Candidatura MIC 21

22 Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Processo de Avaliação e Recon econhecimento Seleção O Processo Comitê das Técnico Candidatas Classificadas para Visita de Avaliação atuação Resultados na área da qualidade, PPrQG composto produtividade por voluntários, e competitividade, perfil fará técnico uma e análise destacada para etapa de apresentados visita prêmio. por cada As candidatas para não classificadas a seleção das serão empresas encaminhadas classificadas para dos as PFs por Bancas uma e Oportunidades Banca Técnicas Examinadora, que para farão Melhoria o voluntária, Relatório OMs. de Já Avaliação as até candidatas 5 (cinco) RA, classificadas contendo membros os sem Pontos serão conflitos avaliadas Fortes de interesse, Etapa I - Análise designados Crítica pelo Individual MPC de acordo com as seguintes etapas: banca produzirão O Relatório constituída Gestão por 1 (um) - RG Examinador será analisado Sênior individualmente e no mínimo 2 (dois) pelos Examinadores, examinadores que da adotada estabelecidas pelo comentários no PPrQG. código para de A ética. cada designação requisito dos e itens examinadores dos critérios, utilizando considerará a metodologia as regras Etapa É II Ajustes de pontuação e Consenso coordenação e realizada uma do PPrQG, reunião na de qual consenso os comentários entre e o pontuações examinador individuais sênior e são equipe, discutidos sob subsidiar reconsiderados, a elaboração sendo RA selecionados pelo examinador e aprimorados Sênior e definir os melhores a pontuação comentários de consenso. para 22 Movimento Paraná Competitivo - MPC

23 Etapa III Preparação e Visita Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo candidatas coordenação para do verificação PPrQG agendará de possíveis a visita conflitos e informará de interesse. o nome As visitas dos examinadores têm duração de às A conjunto (um) coordenação dia. do PPrQG enviará com antecedência a agenda de visita elaborada em identificados Por com pela o examinador banca; sênior de acordo com os Pontos de Verificação PV em ocasião da visita, as informações do RG serão validadas pela Banca Examinadora processos, negociada entrevista esclarecendo com a alta dúvidas direção inerentes e com representantes à análise, conforme de áreas agenda responsáveis previamente pelos Todas entre a coordenação do prêmio candidata. complementação lacuna as informações da avaliação solicitadas pela gestão Banca e a sua Examinadora não disponibilização deverão ser será fornecidas considerada para Após examinador a no visita, respectivo os Examinadores requisito impactando farão o Relatório na pontuação. de Avaliação - RA, consolidado pelo coordenação Banca Juízes. sênior do PPrQG com para a pontuação análise do de Comitê consenso, Técnico que e depois subsídio é à enviado deliberação para da a Nota: Em caso de unidade autônoma, por ocasião da visita, será necessária a presença Etapa do representante IV Análise da pelo organização. Comitê Técnico e Banca de Juízes A este MEG Banca procedimento, de Juízes faz com a base análise na dos pontuação relatórios de consolidados consenso pós pelo visita Comitê e considerando Técnico. Após organizações e o RG, os juízes homologam resultados das candidatas, definindo as o seu julgamento que definitivo, serão reconhecidas sem caber recurso no ciclo. ou apelação. A banca de juízes será soberana, sendo profissionais senioridade Nota: O objetivo e acadêmicos das etapas de organizações I, II e III é de fornecer renomada à Banca competência, de Juízes, com composta idoneidade por o reconhecimento. no conhecimento de gestão organizacional, elementos para a deliberação sobre e Manual de Instruções para Candidatura MIC 23

24 O reconhecimento ento das Organizações tem como objetivos: Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Reconhecimento Reconhecer sintonizado Disseminar com as os Organizações oito Critérios que Excelência demonstrarem estabelecidos possuir pela um FNQ; modelo de gestão MEG. e estimular a cultura de gestão baseada no Modelo de Excelência de Gestão Divulgação Servir como instrumento adicional de estímulo à adesão outras Organizações. Os nomes das das Organizações vencedoras Reconhecidas homologados pela Banca de Juízes serão divulgados logo Solenidade após a reunião. de Reconhecimento Os certificados, placas e troféus serão entregues por autoridades e líderes empresariais Divulgação do Estado das Práticas Paraná e/ou de Gestão de representantes de outros programas estaduais. Os Organizações organizações eventos específicos reconhecidas, têm como o principal intuito objetivo estimular apresentar a participação o depoimento outras das Esses parcerias eventos nos são próximos abertos ciclos; à sociedade, podendo ser realizados por patrocínios, Caso qualquer e outras modalidades de apoio. a premiação as mídia, Organizações conquistada deverão premiadas citar, e o ciclo obrigatoriamente, a que desejem a mesma realizar a se Organização refere. qualquer ou tipo unidade de divulgação, reconhecida, em 24 Movimento Paraná Competitivo - MPC

25 Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo Modalidade de Inscrição Formulário de Elegibilidade para o PPrQG 2. Nome Candidata CNPJ: da Candidata (Organização ou Unidade Inscrição Denominação Estadual ou Oficial): Endereço Comercial: Municipal: 3. Bairro/ Data Distrito: de constituição/criação Cidade: da Candidata CEP: UF: 4. Dia Executivo / Mês / Ano: ou dirigente responsável Nº pela do candidata documento legal de criação: Nome: Cargo: Endereço: Bairro/ Telefone Distrito: Comercial: ( ) Cidade: Ramal: CEP: UF: 5. Caracterização Coml: Pessoal: A Candidata tem fins lucrativos? ( ) Nível I 250 Pontos ( ) Nível II 500 Pontos Fax: ( ) Celular: ( ) ( ) Sim ( ) Não PPrQG Manual de Instruções para Candidatura MIC 25

26 6. Nº Quantidade Porte Colaboradores da Candidata de Instalações: / Servidores: Outros: Total da Força de Trabalho: Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Receita ( ) Menor Maior Bruta que ou Operacional igual 3,6 a a milhões Global (Anual)(em Reais): ( ) Maior Superior que a milhões a 3,6 milhões 7. Ramo econômica) Ramo de de Atividade Atividade: da Candidata data (assinale o ramo Atividade de atividade Econômica: e descreva a atividade Indústria Comércio ( ) Serviços Administração 3º Setor Pública a) Razão 8. Nome Identificação da Organização de Unidade à qual da Organização a Unidade pertence (somente ou unidade) Endereço Social: está diretamente CNPJ: vinculada: Bairro Executivo / Distrito Cidade CEP Número Cargo / dirigente responsável pela Organização UF b) Total Outras da força Unidades de trabalho da Organização na Organização fornecem produtos ou serviços similares? c) por Informar outras o Unidades solicitado da em mesma b, e se Organização. for o caso, os principais serviços de apoio executados ( ) Sim (explicar brevemente em c ) ( ) Não 26 Movimento Paraná Competitivo - MPC

27 9. Nome: Cargo: Representante para Contato Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Endereço: Bairro/ Telefone Distrito: Comercial: () Cidade: Ramal: CEP: UF: 10. Participantes Coml: do Workshop de Elaboração do Relatório Pessoal: Nome: Cargo: de Gestão RG Telefone Coml: Comercial: () Ramal: Nome: Pessoal: Cargo: Telefone Coml: Comercial: () Ramal: Pessoal: participação RG. Nota: São das disponibilizadas empresas iniciantes 2 (duas) no vagas Workshop isentas de para Elaboração cada candidata. do Relatório É obrigatória de Gestão a - Fax: ( ) Celular: ( ) Manual de Instruções para Candidatura MIC 27

28 Concordamos Banca 11. Aceitação Examinadora dos que Termos o do Relatório Prêmio e Condições da Paranaense Gestão RG da seja Qualidade analisado em Gestão criticamente - PPrQG. por membros da Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 sermos Concordamos visitados, reconhecidos, e aceitamos concordamos concordamos todos em os termos facilitar em divulgar contidos uma avaliação amplamente no presente aberta nosso Manual e imparcial. modelo Instruções No de caso gestão. para de Candidatura ao PPrQG 12. Determinação da elegibilidade (para o uso do MPC) () Não Elegível: Assinatura Notas: do Coordenador do MPC: Data: Comprovante Anexas ao Formulário de Elegibilidade devem ser apresentadas: condição de unidade, de Inscrição se aplicável; e Situação Cadastral (CNPJ) e Documento que comprova a de Débito do INSS; do Fundo de Garantia por Tempo Serviço (FGTS); Certidão Conjunta Negativa de de Débitos Tributos de Relativos Municipais. Tributos aos Estaduais; Tributos Federais e a Dívida Ativa da União; No Prazos IBQP: de Rua entrega Dr. da Correa documentação Coelho, 741 de - elegibilidade: Jardim Botânico Curitiba/PR CEP: postagem até as 18h via do Correios. dia 05 de maio de 2014, data também considerada válida no caso de Assinatura: Local: Data: () Elegível Ramo de Atividade: Porte: 28 Movimento Paraná Competitivo - MPC

29 Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 As Declaração de Princípios voluntários, pessoas permanentes que integram ou o temporários, quadro de com colaboradores qualquer tipo do de MPC, vínculo, como empregados ou Código em qualquer de Ética da elevados organização, se comprometem a conduzir suas atribuições e responsabilidades nível contribuindo padrões para o profissionais, aumento do prestígio considerando e ética, credibilidade honestidade, do Prêmio dignidade Paranaense e sigilo, em Qualidade desses padrões em Gestão incluem-se - PPrQG as regras perante abaixo todas discriminadas: as partes interessadas. o alcance da Regras É rigorosamente de Conduta vedado a todos os colaboradores res no exercício de suas atividades no MPC: natureza Aceitar relacionam ou que receber, representem direta ou valor, indiretamente, provenientes cortesia de pessoas ou vantagens físicas pessoais ou jurídicas de qualquer Comunicar-se, com o MPC; que se passando apresentar-se ou executar qualquer atividade em nome do MPC, ou para tenha tal, e a quando impressão autorizado, de estar apresentar-se agindo dessa apenas forma, sem na função estar devidamente específica para autorizado Agir sido designado; a qual interlocutores Deixar de de forma zelar que pela indigna, possam, correta indecorosa, aplicação alguma forma, antiprofissional desse Código associar e sua e omitir-se sem imagem zelo, em à consultar do junto MPC; ao ou público informar e É rigorosamente a Comissão de vedado Supervisão aos membros do MPC sobre da Banca possíveis Examinadora: ocorrências de violação. Aceitar honorários, comissão ou atenções pessoais que representem valor, de Oferecer Candidatas integridade do atuais, processo que de possam premiação; de alguma maneira, gerar suspeitas quanto à organizações serviços de consultoria ou qualquer tipo de assessoramento para todas as após o ciclo de candidata premiação; ao prêmio ou que tenha avaliado, por pelo menos dois anos Manual de Instruções para Candidatura MIC 29

30 Usar Utilizar como informações ou reproduzir, de obter privilegiadas vantagens em benefício decorrentes pessoais próprio, ou do de para processo oferecer fins comerciais serviços de avaliação profissionais; ou de ou recebimento de julgamento, de Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Comunicar-se vantagens publicações, diretas ou indiretas, sem prévia autorização, quaisquer materiais ou esclarecimentos total com sobre ou parcialmente, o Candidatas Instrumento de propriedade solicitando de Avaliação, do MPC; documentação, o planejamento informações da visita ou Usar quaisquer outros assuntos relativos ao processo de premiação, sem autorização prévia identificação do MPC; qualquer a logomarca do Prêmio Paranaense da Qualidade Gestão ou do MPC, como Examinadora, de sua condição de examinador ou juiz; e informar ou mencionar, para os finalidade, a titulação de funções exercidas ou em exercício na Banca certificado respectivos de sem participação. anos ter de participado designação A condição efetivamente e, no de caso membro de ciclos avaliação da Banca anteriores, das Examinadora Candidatas, sem ter recebido sem deve citar ser o Regras informada como Examinador <ano>, Examinador Sênior <ano>, Juiz <ano>. É rigorosamente de Confidencialidade Divulgar, vedado a todos os colaboradores no exercício de suas atividades no MPC: obtida Revelar, discutir ou utilizar, para qualquer finalidade não autorizada, qualquer informação conhecimento, no âmbito do MPC; atuais para pessoas não indicadas pelo MPC, informações sobre as quais tenha Os que possam identificar organizações candidatas de ciclos anteriores, objetivo membros e futuros, de manter da cuja Banca candidatura a Examinadora confidencialidade não se tenha obrigam de se todas tornada a tomar as pública informações as seguintes oficialmente; precauções, obtidas durante com o julgamento, as informações recebidas durante o processo de avaliação e examinadores relativas às Candidatas atuais ou de ciclos anteriores, evitando discutilas ate mesmo e colegas com de familiares, profissão, exceto pessoas quanto de esta seu troca relacionamento, de informações outros fizer parte qualquer Não reproduzir processo outro documento ou de divulgar avaliação utilizado as ou informações julgamento; no processo do de Instrumento avaliação ou de de Avaliação julgamento ou das de 30 Movimento Paraná Competitivo - MPC processo de avaliação: Salvaguardar

31 julgamento, Candidatas; sua seja e não condição durante revelar de as a consultor atividades outros ou membros sua de participação treinamento, da Banca na de Examinadora preparação avaliação de ou uma de às Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão PPrQG Ciclo 2014 Regras sobre Candidata Conflito ao de Prêmio Interesses Paranaense Qualidade em Gestão PPrQG. É rigorosamente Aceitar vedado aos membros da Banca Examinadora: processo interesses, a do designação PPrQG, se para houver participar ou puder da parecer avaliação haver de uma qualquer organização situação candidata, de conflito de no impeditivos em de uma vista avaliação de fatores independente objetivos e subjetivos ou imparcial. que Os possam fatores ser objetivos ou parecer previstos ser nela por interessadas ou tido, e com de organizações a organização concorrentes, ou pessoas da relacionamento organização, de relevante outras partes de primeiro razões pessoais grau ou pessoas ou profissionais, próximas; ou indiretos quando isso ocorrer, via parentes direto, comerciais de E estabelecer com ou organizações influenciar o estabelecimento, candidatas ciclo direta atual ou e indiretamente, de dois ciclos de anteriores relações avaliação premiação, para o ou PPrQG mesmo tenha suas tido controladoras qualquer tipo ou atuação. coligadas, em cujo processo de Os avaliados até casos pelo omissos Comitê e de Técnico, inobservância que delibera às regras sobre ações e princípios ou sanções aqui estabelecidos cabíveis, sendo serão atividades. a deliberação da Comissão a pessoa permanecerá afastada de suas atribuições e/ou que são: Manter Manual de Instruções para Candidatura MIC 31

32

Perguntas Frequentes do Prêmio Catarinense de Excelência

Perguntas Frequentes do Prêmio Catarinense de Excelência Perguntas Frequentes do Prêmio Catarinense de Excelência O que é o Modelo de Excelência da Gestão (MEG) e quais são seus objetivos? O Modelo de Excelência da Gestão reflete a experiência, o conhecimento

Leia mais

SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. PRESERVAÇÃO DE SIGILO... 4 3. COMPROMISSO DAS PREFEITURAS... 4 4. CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO NO PRÊMIO...

SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. PRESERVAÇÃO DE SIGILO... 4 3. COMPROMISSO DAS PREFEITURAS... 4 4. CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO NO PRÊMIO... SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 3 1.1 Objetivos... 3 2. PRESERVAÇÃO DE SIGILO... 4 3. COMPROMISSO DAS PREFEITURAS... 4 4. CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO NO PRÊMIO... 5 5. SISTEMA DE PONTUAÇÃO... 5 6. RECONHECIMENTO...

Leia mais

REGULAMENTO Prêmio IEL de Estágio 2014

REGULAMENTO Prêmio IEL de Estágio 2014 REGULAMENTO Prêmio IEL de Estágio 2014 Curitiba, Fevereiro de 2014 Sumário 1. O PRÊMIO... 3 2. OBJETIVOS... 4 3. CATEGORIAS DE PREMIAÇÃO... 5 4. ETAPAS DE AVALIAÇÃO... 5 5. PREMIAÇÃO... 5 6. PARTICIPAÇÃO/INSCRIÇÃO...

Leia mais

POP - Prêmio Opinião Pública

POP - Prêmio Opinião Pública POP - Prêmio Opinião Pública O Prêmio Nacional de Opinião Pública foi criado pelo Conrerp 2ª Região - SP/PR em 1979, tendo sua primeira edição oficial no ano de 1980. Nestes 25 anos, o POP já contemplou

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone:

Leia mais

REGULAMENTO. 1º - Serão aceitos projetos inovadores desenvolvidos em 2009 e 2010, e que já estejam no mercado por um período mínimo de 6 meses.

REGULAMENTO. 1º - Serão aceitos projetos inovadores desenvolvidos em 2009 e 2010, e que já estejam no mercado por um período mínimo de 6 meses. REGULAMENTO APRESENTAÇÃO Art. 1º O Prêmio de Nacional de Inovação na Indústria, promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Movimento Brasil Competitivo (MBC), com o apoio da Financiadora

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CENTRO DE DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS INOVADORAS CDTI/UNITINS SELEÇÃO DE EMPRESAS EDITAL Nº 007, 13/08/2009.

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CENTRO DE DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS INOVADORAS CDTI/UNITINS SELEÇÃO DE EMPRESAS EDITAL Nº 007, 13/08/2009. 1 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CENTRO DE DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS INOVADORAS CDTI/UNITINS SELEÇÃO DE EMPRESAS EDITAL Nº 007, 13/08/2009. A Fundação Universidade do Tocantins UNITINS torna público

Leia mais

12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015

12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015 12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO A ABRH-ES (Associação Brasileira de Recursos Humanos Seccional Espírito Santo) é integrante do Sistema Nacional ABRH e configura-se como instituição

Leia mais

O Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas é dirigido às empresas que se enquadrem nas seguintes características:

O Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas é dirigido às empresas que se enquadrem nas seguintes características: Regulamento MPE Brasil - 2015 Artigo 1º - Objetivo O MPE Brasil - Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas se constitui no reconhecimento estadual e nacional às micro e pequenas empresas

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone: 55

Leia mais

REGULAMENTO - 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 - Categoria Micro e Pequena Empresa

REGULAMENTO - 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 - Categoria Micro e Pequena Empresa REGULAMENTO - 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 - Categoria Micro e Pequena Empresa Resumo do Prêmio O Prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC 2015 Categoria MPE Homenageia as Micro e Pequenas Empresas catarinenses

Leia mais

1º PRÊMIO ENFIL DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIA AMBIENTAL REGULAMENTO 2012 DOS OBJETIVOS

1º PRÊMIO ENFIL DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIA AMBIENTAL REGULAMENTO 2012 DOS OBJETIVOS 1º PRÊMIO ENFIL DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIA AMBIENTAL REGULAMENTO 2012 DOS OBJETIVOS Artigo 1º - O Prêmio Enfil de Inovação em Tecnologia Ambiental irá contemplar o autor e o orientador da melhor Dissertação

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

Edital Instituto Sabin - 01/2015

Edital Instituto Sabin - 01/2015 Edital Instituto Sabin - 01/2015 Seleção pública de iniciativas empreendedoras socioambientais inovadoras para parceria com o Instituto Sabin O Instituto Sabin, torna público o presente Edital e convoca

Leia mais

Prêmio da Excelência em Gestão de Goiás - PEGG

Prêmio da Excelência em Gestão de Goiás - PEGG Prêmio da Excelência em Gestão de Goiás - PEGG 1º Edição 2013/2014 Manual de Candidatura - 2013 Realização: Apoio Técnico: Parceiros: 1 SUMÁRIO 1 O Prêmio 4 1.1- Benefícios à Candidata ao PEGG 4 1.2- Benefícios

Leia mais

PROGRAMA BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Primeira edição do Prêmio "Publicações em língua estrangeira de Arte Contemporânea"

PROGRAMA BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Primeira edição do Prêmio Publicações em língua estrangeira de Arte Contemporânea PROGRAMA BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Primeira edição do Prêmio "Publicações em língua estrangeira de Arte Contemporânea" EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA PREÂMBULO A Fundação Bienal de São Paulo convoca interessados

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PESQUISA, INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 04/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PESQUISA, INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 04/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PESQUISA, INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 04/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

Modalidade Franqueado

Modalidade Franqueado PRÊMIO o cumprimento ABF DESTAQUE de todos os critérios FRANCHISING deste Categoria regulamento, selecionando Sustentabilidade os melhores trabalhos. Modalidade Franqueado REGULAMENTO Objetivos O Prêmio

Leia mais

critérios para indicação referem-se à abrangência e qualidade do trabalho, sua permanência, amplitude e articulação das ações.

critérios para indicação referem-se à abrangência e qualidade do trabalho, sua permanência, amplitude e articulação das ações. Art. 1º O Prêmio VIVALEITURA foi criado por meio da Portaria Interministerial nº 214, de 23 de novembro de 2005, publicado no D.O.U. de 28.11.2005, do Ministério da Cultura e do Ministério da Educação.

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 002 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

Manual JUIZ DE FORA - 2014

Manual JUIZ DE FORA - 2014 SELO DE RESPONSABILIDADE SOCIOEDUCATIVA PARA O TRÂNSITO 2014 2014 2014 SELO DE RESPONSABILIDADE SOCIOEDUCATIVA PARA O TRÂNSITO BRONZE SELO DE RESPONSABILIDADE SOCIOEDUCATIVA PARA O TRÂNSITO Manual JUIZ

Leia mais

PRÊMIO MELHOR EMPRESA PARA SE TRABALHAR NO ESPÍRITO SANTO. Regulamento

PRÊMIO MELHOR EMPRESA PARA SE TRABALHAR NO ESPÍRITO SANTO. Regulamento Regulamento A ABRH-ES (Associação Brasileira de Recursos Humanos - Seccional Espírito Santo) é integrante do Sistema Nacional ABRH e configura-se como instituição não governamental que dissemina conhecimento

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA O Desafio Criativos da Escola é um concurso promovido pelo Instituto Alana com sede na Rua Fradique Coutinho, 50, 11 o. andar, Bairro Pinheiros São Paulo/SP, CEP

Leia mais

CONCEITOS ADOTADOS INOVAÇÃO

CONCEITOS ADOTADOS INOVAÇÃO CONCEITOS ADOTADOS INOVAÇÃO Uma inovação é a implementação de um produto (bem ou serviço) novo ou significativamente melhorado, ou um processo, ou um novo método de marketing, ou um novo método organizacional

Leia mais

REGULAMENTO. Modalidade Gestão de Pessoas Categoria Empresa

REGULAMENTO. Modalidade Gestão de Pessoas Categoria Empresa A. Objetivo O Prêmio Ser Humano ABRH Amazonas, premia casos relacionados à Gestão de Pessoas, implantados, preferencialmente desenvolvidos por equipes, no âmbito da organização, seja ela de qualquer ramo

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP:

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP: PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP: A oportunidade de se tornar um facilitador de aprendizagem e/ou consultor para o sucesso das micro e pequenas empresas APRESENTAÇÃO Esta cartilha

Leia mais

Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos

Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos PROCESSO SELETIVO 2011 Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos REGULAMENTO Prezado Gestor, Criado em 2006, o Instituto HSBC Solidariedade é responsável por gerenciar

Leia mais

Edital Permanente Incubaero

Edital Permanente Incubaero Edital Permanente Incubaero A Incubaero torna pública a abertura permanente de inscrições para candidatos ao ingresso, como incubados, em seu quadro de empresas e ou de pré-projetos de base tecnológica.

Leia mais

EDITAL PRÊMIO CRA-RS DE ADMINISTRAÇÃO Edição 2013 MODALIDADES: Artigo Acadêmico, Livro e Empresa Cidadã.

EDITAL PRÊMIO CRA-RS DE ADMINISTRAÇÃO Edição 2013 MODALIDADES: Artigo Acadêmico, Livro e Empresa Cidadã. EDITAL PRÊMIO CRA-RS DE ADMINISTRAÇÃO Edição 2013 MODALIDADES: Artigo Acadêmico, Livro e Empresa Cidadã. O Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul, tendo em vista o disposto na Resolução

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O Premiação para associações comunitárias, empreendedores sociais, institutos de pesquisa, micro e pequenas empresas, ONGs e universidades sobre Iniciativas Inovadoras em Sustentabilidade R E G U L A M E

Leia mais

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2º semestre 2014

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2º semestre 2014 Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2º semestre 2014 Sobre a FNQ História Criada em 1991, por um grupo de representantes dos setores público e privado, a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ)

Leia mais

REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013. 1ª edição

REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013. 1ª edição REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013 1ª edição 1 DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO 1.1 O Sinduscon Premium Etapa Litoral Norte 1ª edição instituído pelo SINDUSCON RS, Sindicato das Indústrias

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS INICIATIVAS EDUCACIONAIS DA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS INICIATIVAS EDUCACIONAIS DA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS INICIATIVAS EDUCACIONAIS DA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL Projeto BRA 06/024 - PREMEF 1 I. INTRODUÇÃO A missão do Tesouro Nacional é

Leia mais

Prêmio Socioambiental CHICO MENDES. PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE

Prêmio Socioambiental CHICO MENDES. PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE Prêmio Socioambiental CHICO MENDES PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE REGULAMENTO 1 DO PROMOTOR E OBJETIVOS 1.1 - A realização da

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5)

REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5) REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5) 1. PARTICIPAÇÃO 1.1 Os trabalhos acadêmicos inscritos deverão ter sido implementados nos últimos 02 anos e os autores deverão ser portadores de diplomas de

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 008 2014. OBJETO: Credenciamento de Examinadores

ATO CONVOCATÓRIO 008 2014. OBJETO: Credenciamento de Examinadores ATO CONVOCATÓRIO 008 2014 OBJETO: Credenciamento de Examinadores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de

Leia mais

II PRÊMIO OCB/MS DE JORNALISMO

II PRÊMIO OCB/MS DE JORNALISMO O II PRÊMIO OCB/MS DE JORNALISMO é um programa institucional desenvolvido pelo Sistema OCB-SESCOOP/MS - Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado no Mato Grosso do Sul e Serviço Nacional

Leia mais

II Edição do Prêmio IPEN de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL

II Edição do Prêmio IPEN de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL II Edição do Prêmio IPEN de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL 1. Objetivos 2. Participantes 3. Temas 4. Inscrição 5. Julgamento 6. Critérios de Avaliação 7. Premiação e Divulgação 8. Direitos e Obrigações

Leia mais

REGULAMENTO 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015

REGULAMENTO 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 REGULAMENTO 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 Resumo do Prêmio O Prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC 2015 vai homenagear as empresas catarinenses que fazem da responsabilidade social o seu melhor exemplo,

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

MOSTRA DE PROJETOS 2015. Iniciativas Sociais que contribuem para o desenvolvimento local. REGULAMENTO Anexos I e II

MOSTRA DE PROJETOS 2015. Iniciativas Sociais que contribuem para o desenvolvimento local. REGULAMENTO Anexos I e II MOSTRA DE PROJETOS 2015 Iniciativas Sociais que contribuem para o desenvolvimento local REGULAMENTO Anexos I e II O Sesi Paraná, por meio do programa Sesi Indústria e Sociedade e do Movimento Nós Podemos

Leia mais

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00 FICHA DE ADESÃO Por esta Ficha de adesão, solicito meu ingresso como associado da ABRIMPE ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE INCENTIVO E MELHORIA EM PROJETOS EMPRESARIAIS, EMPREENDEDORISMO E EDUCACIONAL, comprometendo-me

Leia mais

2º PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO. Regulamento

2º PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO. Regulamento 2º PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO Regulamento 1. OBJETIVO: O PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO é uma iniciativa do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias,

Leia mais

EDITAL PROGRAMA AMBIENTA NOVELIS PELA SUSTENTABILIDADE 5ª Edição 2014-2015

EDITAL PROGRAMA AMBIENTA NOVELIS PELA SUSTENTABILIDADE 5ª Edição 2014-2015 EDITAL PROGRAMA AMBIENTA NOVELIS PELA SUSTENTABILIDADE 5ª Edição 2014-2015 A Novelis, líder global em laminados e reciclagem de alumínio, está presente em 11 países com 26 instalações operacionais e conta

Leia mais

REGULAMENTO DO 19º PRÊMIO PARANÁ DE ECONOMIA

REGULAMENTO DO 19º PRÊMIO PARANÁ DE ECONOMIA 1 REGULAMENTO DO 19º PRÊMIO PARANÁ DE ECONOMIA I - DO OBJETIVO Artigo 1º - O Prêmio Paraná de Economia é instituído pelo Conselho Regional de Economia 6ª Região Paraná (CORECON-PR), em duas categorias:

Leia mais

EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE

EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE O Presidente da Fundação Nacional de Artes - Funarte, no uso das atribuições que lhe confere o inciso V artigo 14 do Estatuto aprovado pelo

Leia mais

REGULAMENTO PPQG 2015

REGULAMENTO PPQG 2015 0 GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Lei nº 11.594, de 8 de dezembro de 2003 Dispõe sobre a instituição do prêmio que especifica. O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Faço saber que a Assembléia Legislativa

Leia mais

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB TERMO ADITIVO AO EDITAL nº 02/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS ALTERAÇÃO DE DATAS E FORMA DE APRESENTAÇÃO DE PROJETOS Apoio: Brasília, 28 de agosto de 2013.

Leia mais

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO Objetivo: O Prêmio FINEP de Inovação foi criado para reconhecer e divulgar esforços inovadores realizados por empresas, Instituições Científicas e Tecnológicas - ICTs e inventores

Leia mais

MANUAL DO ORIENTADOR

MANUAL DO ORIENTADOR PRÊMIO CATARINENSE DE EXCELÊNCIA 2013 MANUAL DO ORIENTADOR Florianópolis SC Elaborado por: Alice Carneiro de Castro Consultora Técnica do PCE 2013 Aprovação: Michele Gabriel Gerente Executiva do MCE Fontes:

Leia mais

PRÊMIO IEL/CE- MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO/2013 REGULAMENTO

PRÊMIO IEL/CE- MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO/2013 REGULAMENTO PRÊMIO IEL/CE- MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO/2013 REGULAMENTO 2013 Prêmio IEL/CE- Melhores Práticas de Estágio 2013 1 de 16 Sumário 1. O PRÊMIO...2 2. OBJETIVOS...3 3. CATEGORIAS DA PREMIAÇÃO...3 4. FASES

Leia mais

1º PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO. Regulamento

1º PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO. Regulamento 1º PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO Regulamento 1. OBJETIVO: O PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO é uma iniciativa do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias,

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO

EDITAL DE CREDENCIAMENTO EDITAL DE CREDENCIAMENTO 01 Convênio ATN/ME- 11533-BR Cooperação Técnica Não- Reembolsável. Desenvolvimento de Metodologia para Implantação de Microfranquias 02 Identificação do Edital de Credenciamento

Leia mais

Programa de Bolsas de Estágio Pós-Doutoral no Exterior para Docentes

Programa de Bolsas de Estágio Pós-Doutoral no Exterior para Docentes CHAMADA PÚBLICA 17/2015 Programa de Bolsas de Estágio Pós-Doutoral no Exterior para Docentes (Acordo Capes/FA) A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Paraná

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Coordenador do Curso de Administração Prof. Marcos Eduardo dos Santos Supervisor de Estágio do Curso Prof. Marcos Eduardo dos Santos JUIZ DE

Leia mais

Regulamento da 8ª Edição do Programa Desafio Brasil

Regulamento da 8ª Edição do Programa Desafio Brasil Regulamento da 8ª Edição do Programa Desafio Brasil 1. SOBRE O PROGRAMA: Desafio Brasil é um programa de âmbito nacional voltado para capacitação de empreendedores. Tem por objetivo estimular a criação

Leia mais

Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC. Processo de Seleção de Empresas. EDITAL nº 2/2015

Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC. Processo de Seleção de Empresas. EDITAL nº 2/2015 Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC Processo de Seleção de Empresas EDITAL nº 2/2015 Brasília, 20 de Novembro de 2015 Apresentação É com satisfação que a Projetos Consultoria Integrada,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 1ª REGIÃO DISTRITO FEDERAL - GOIÁS - MATO GROSSO - TOCANTINS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 1ª REGIÃO DISTRITO FEDERAL - GOIÁS - MATO GROSSO - TOCANTINS IV PRÊMIO CIENTÍFICO HELENA FEIJÓ 2011 REGULAMENTO CAPÍTULO I DA INSTITUIÇÃO DO PRÊMIO SEÇÃO I DOS OBJETIVOS Art. 1º O IV PRÊMIO CIENTÍFICO HELENA FEIJÓ, promovido pelo Conselho Regional de Nutricionistas

Leia mais

R E G U L A M E N T O 2016

R E G U L A M E N T O 2016 R E G U L A M E N T O 2016 www.asmaiseticasdobrasil.org.br Iniciativa e Realização www.eticanosnegocios.org.br R E G U L A M E N T O INICIATIVA E REALIZAÇÃO A iniciativa e realização desta iniciativa é

Leia mais

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE Av. Barbacena, 472 8º andar Barro Preto CEP: 30190-130 Belo Horizonte/MG Tel.: 3253.4917 E-mail: renata.gontijo@cemigsaude.org.br Portal Corporativo: www.cemigsaude.org.br

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA TERMOS DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. PROJETO IDF SAÚDE Nº 07/2014 2. TÍTULO Consultoria individual especializada em Tecnologia da Informação - TI 3. ENQUADRAMENTO DOS TERMOS DE REFERÊNCIA

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE RECURSOS HUMANOS ABRH NACIONAL CÓDIGO DE CONDUTA

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE RECURSOS HUMANOS ABRH NACIONAL CÓDIGO DE CONDUTA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE RECURSOS HUMANOS ABRH NACIONAL CÓDIGO DE CONDUTA Somos uma entidade essencialmente associativa, sem fins lucrativos, que dissemina o conhecimento do mundo do trabalho para desenvolver

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS e 2) ESTUDANTES

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS e 2) ESTUDANTES PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS e 2) ESTUDANTES MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIA: EMPRESAS PRIVADAS E

Leia mais

B2. Os cases poderão ser de autoria individual ou em coautoria, porém será entregue apenas um troféu por case vencedor.

B2. Os cases poderão ser de autoria individual ou em coautoria, porém será entregue apenas um troféu por case vencedor. PRÊMIO SER HUMANO PAULO FREIRE 2014 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / PROFISSIONAL A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Paulo Freire Modalidade Gestão de Pessoas / Profissional premia casos de caráter técnico

Leia mais

Incubadora de C,T&I de Limeira Edital Permanente

Incubadora de C,T&I de Limeira Edital Permanente A Incubadora de Ciência, Tecnologia & Inovação de Limeira torna pública a abertura do Edital Permanente para as inscrições de candidatos, como empresas ou pré-projetos de base tecnológica, à incubação.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS CENTRO UNIVERSITÁRIO FEDERAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS CENTRO UNIVERSITÁRIO FEDERAL REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE QUÍMICA DA Efoa/Ceufe Resolução Nº 007/2005 pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) O presente regulamento foi elaborado tendo

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA Ministério das Relações Exteriores Comitê Nacional de Organização Rio+20 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA EDITAL Nº 011/2011 CONTRATAÇÃO

Leia mais

Manual de instruções para o desenvolvimento do Caderno de Evidências Book

Manual de instruções para o desenvolvimento do Caderno de Evidências Book Manual de instruções para o desenvolvimento do Caderno de Evidências Book O Caderno de Evidências (Book) acompanhará o questionário da empresa na pesquisa. É importante lembrar que o envio desse material,

Leia mais

Manual de Instruções para Candidatura Prêmio Qualidade Espírito Santo - Ciclo 2014

Manual de Instruções para Candidatura Prêmio Qualidade Espírito Santo - Ciclo 2014 2014 Ciclo 2014 Pág. 1/20 Sumário 1 - APRESENTAÇÃO Introdução... 03 Benefícios com a participação no PQES... 04 Objetivo... 04 Cronograma 2014... 04 Como participar... 05 2 - CONDIÇÕES PARA ELEGIBILIDADE

Leia mais

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 001/2015

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 001/2015 PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 001/2015 Abertura de prazo para solicitação de serviços pelas entidades cadastradas no Projeto Serviços e Cidadania e sediadas em Curitiba e Região Metropolitana O

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015.

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015. REV.: 03 Pág.: 1 de 6 A Manaus Ambiental torna público que estão abertas as inscrições para a seleção de Instituições e Projetos Sociais para o 14º Dia do Voluntariado. A empresa realizará o processo de

Leia mais

REGULAMENTO CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2012 CATEGORIA ESTUDANTE

REGULAMENTO CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2012 CATEGORIA ESTUDANTE REGULAMENTO CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2012 CATEGORIA ESTUDANTE ARTIGO I DEFINIÇÃO E NATUREZA O Prêmio Cidadania, categoria Estudante, premia trabalhos de caráter técnico ou científico, referente a implementação

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA EDITAL 072/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSORES AVALIADORES DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA - LATO

Leia mais

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade).

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). Coordenação Sindicato dos Centros de Formação de Condutores

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 001 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014 PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014 Abertura de prazo para solicitação de serviços pelas entidades cadastradas no Projeto Serviços e Cidadania e sediadas em Curitiba e Região Metropolitana O

Leia mais

3. Cronograma. Encaminhamento da solicitação de apoio, formatada conforme Roteiro de elaboração de projetos estabelecido no Anexo I.

3. Cronograma. Encaminhamento da solicitação de apoio, formatada conforme Roteiro de elaboração de projetos estabelecido no Anexo I. PROPOSTA DE EDITAL O Instituto de Compromisso com o Desenvolvimento Humano, fundado aos 09 (nove) dias do mês de Maio de 2007, tendo como objetivo promover o desenvolvimento humano em diversos âmbitos,

Leia mais

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL RESPONSABILIDADE SOCIAL- TERCEIRO SETOR

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL RESPONSABILIDADE SOCIAL- TERCEIRO SETOR Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH-PB - Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social / Organização do Terceiro Setor tem o objetivo de reconhecer e premiar projetos desenvolvidos

Leia mais

REGULAMENTO DOS PRÊMIOS MÉRITO EM SERVIÇOS DA SEGURANÇA PRIVADA NACIONAL E BENEMÉRITO DA SEGURANÇA PRIVADA NACIONAL E ESTADUAL

REGULAMENTO DOS PRÊMIOS MÉRITO EM SERVIÇOS DA SEGURANÇA PRIVADA NACIONAL E BENEMÉRITO DA SEGURANÇA PRIVADA NACIONAL E ESTADUAL REGULAMENTO DOS PRÊMIOS MÉRITO EM SERVIÇOS DA SEGURANÇA PRIVADA NACIONAL E BENEMÉRITO DA SEGURANÇA PRIVADA NACIONAL E ESTADUAL DELIBERAÇÃO A Diretoria Executiva da Federação Nacional das Empresas de Segurança

Leia mais

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS - ORGANIZAÇÃO

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS - ORGANIZAÇÃO Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH PB - Modalidade Gestão de Pessoas - Profissional, premia casos de caráter técnico ou organizacional, relacionados à projetos implantados pelo profissional,

Leia mais

Ano de vigência 2012/2013. Juiz de Fora - 2011. Comissão Municipal de Segurança e Educação no Trânsito

Ano de vigência 2012/2013. Juiz de Fora - 2011. Comissão Municipal de Segurança e Educação no Trânsito Ano de vigência 2012/2013 Juiz de Fora - 2011 Comissão Municipal de Segurança e Educação no Trânsito 1- INTRODUÇÃO A COMSET (Comissão Municipal de Educação e Segurança no Trânsito) tem como principal atribuição

Leia mais

Pré-curso SAG 2015 1

Pré-curso SAG 2015 1 Pré-curso SAG 2015 1 Objetivo do Pré-Curso PREPARAR o participante para o curso de Agentes do SAG, segundo os Critérios do Sistema de Avaliação da Gestão do PGQP. 2 APRESENTAÇÃO O Programa Gaúcho da Qualidade

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO PRESIDÊNCIA ASSESSORIA DE MARKETING GESTÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO PRESIDÊNCIA ASSESSORIA DE MARKETING GESTÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO PRESIDÊNCIA ASSESSORIA DE MARKETING GESTÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Primeiro Concurso de Desenho, Poesia e Redação da DESO: Por uma cultura de Saneamento Ambiental

Leia mais

Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2

Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Índice Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Prefácio --------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS TERMO DE ADESÃO Leia com atenção: Ao aceitar o presente termo de adesão no site de cadastro - o que representa sua assinatura eletrônica, ou seja, tem a mesma validade jurídica de uma assinatura num documento

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Junho, 2006 Anglo American Brasil

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Junho, 2006 Anglo American Brasil MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS Junho, 2006 Anglo American Brasil 1. Responsabilidade Social na Anglo American Brasil e objetivos deste Manual Já em 1917, o Sr. Ernest Oppenheimer, fundador

Leia mais

SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 029/2014 PROGRAMA IPEA PESQUISA SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL

SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 029/2014 PROGRAMA IPEA PESQUISA SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 029/2014 PROGRAMA IPEA PESQUISA SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL Contrato de Empréstimo de Cooperação Técnica nº 1841/OC-BR Projeto: Programa

Leia mais

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2014

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2014 Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2014 Sobre a FNQ História Criada em 1991, por um grupo de representantes dos setores público e privado, a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) procura

Leia mais

A Federação das Unimeds do Estado de São Paulo (Fesp), no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Estatuto Social, resolve:

A Federação das Unimeds do Estado de São Paulo (Fesp), no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Estatuto Social, resolve: 32º PRÊMIO CASOS DE SUCESSO - REGULAMENTO 1) CONSIDERAÇÕES GERAIS A Federação das Unimeds do Estado de São Paulo (Fesp), no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Estatuto Social, resolve: 1.1

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA XI PRÊMIO SER HUMANO AS MELHORES PRÁTICAS EM GESTÃO DE PESSOAS ABRH- MG MODALIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA BELO HORIZONTE, DEZEMBRO DE 2011. MODALIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA REGULAMENTO

Leia mais

SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO

SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO 1. Objetivos da Diplomação e Premiação A diplomação SINEPE-ES em Ação é uma iniciativa do Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado do Espírito Santo SINEPE/ES,

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos que contribuam para o empoderamento das mulheres

Leia mais

REGULAMENTO DA SELEÇÃO DE EMPRESAS PARTICIPANTES DO EU EMPRESÁRIO SEBRAE 2013

REGULAMENTO DA SELEÇÃO DE EMPRESAS PARTICIPANTES DO EU EMPRESÁRIO SEBRAE 2013 REGULAMENTO DA SELEÇÃO DE EMPRESAS PARTICIPANTES DO EU EMPRESÁRIO SEBRAE 2013 1. Objeto e prazo da seleção de empresas 1.1. O presente Regulamento tem por objeto a seleção de micro, pequenas empresas e

Leia mais

Programa de Bolsas de Mestrado e Doutorado

Programa de Bolsas de Mestrado e Doutorado Chamada Pública 11/2014 Programa de Bolsas de Mestrado e Doutorado Acordo CAPES/FA A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná (FA) em parceria com a Coordenação

Leia mais

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social REGULAMENTO 10º Prêmio de Responsabilidade Social I DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO II DAS CATEGORIAS III DAS INSCRIÇÕES IV DOS PROJETOS V DO JULGAMENTO VI DAS DATAS VII DA COORDENAÇÃO I DA INSTITUIÇÃO DA

Leia mais

SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO NA MODALIDADE ASSOCIADA

SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO NA MODALIDADE ASSOCIADA SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO NA MODALIDADE ASSOCIADA EDITAL 04/2009 IDÉIA FLUXO CONTÍNUO INCUBADORA MULTI-SETORIAL DE BASE TECNOLÓGICA E INOVAÇÃO Novembro de 2009. PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO 1. APRESENTAÇÃO. alternativa de autoemprego e geração de renda para sobreviver.

REGULAMENTO CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO 1. APRESENTAÇÃO. alternativa de autoemprego e geração de renda para sobreviver. CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO PROJETO DE INCENTIVO AO PEQUENO NEGÓCIO 7ª EDIÇÃO, 2015 Realização: SEBRAE/SC e RICTV Record REGULAMENTO 1. APRESENTAÇÃO O concurso MEU SONHO MEU NEGÓCIO é um projeto realizado

Leia mais

PUBLICADO NO ÓRGÃO OFICIAL DO MUNICÍPIO Nº 2030 DE 10/02/2014 DECRETO N. 240/2014

PUBLICADO NO ÓRGÃO OFICIAL DO MUNICÍPIO Nº 2030 DE 10/02/2014 DECRETO N. 240/2014 PUBLICADO NO ÓRGÃO OFICIAL DO MUNICÍPIO Nº 2030 DE 10/02/2014 DECRETO N. 240/2014 Regulamenta a Lei Complementar n 975/2013 que dispõe sobre a criação do Programa ISS Tecnológico, que institui benefícios

Leia mais

INCUBADORA RINETEC. Regulamento da Chamada para ingresso de idéias inovadoras na incubadora RINETEC. Edital 001 2014

INCUBADORA RINETEC. Regulamento da Chamada para ingresso de idéias inovadoras na incubadora RINETEC. Edital 001 2014 INCUBADORA RINETEC Regulamento da Chamada para ingresso de idéias inovadoras na incubadora RINETEC Edital 001 2014 1. APRESENTAÇÃO 1.1 Este edital estabelece formas, condições e critérios para que a Associação

Leia mais