Em Foco CCENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES. Jornal do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região, Setembro de ano XII - nº 05

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Em Foco CCENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES. Jornal do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região, Setembro de 2012 - ano XII - nº 05"

Transcrição

1 R Em Foco UT BRASIL CCENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES CUT Jornal do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região, Setembro de ano XII - nº 05

2 Em Foco 02 setembro/2012 Greve surte efeito Chega de truques! greve nacional dos bancários mais uma vez surtiu efeito. Em nove dias de Aintensa mobilização foram fechadas aproximadamente agências e centros administrativos de bancos públicos e privados nos 26 Estados e no Distrito Federal. No ano passado, foram necessários 21 dias de greve para que fosse arrancado 1,5% de aumento real. Neste ano, com uma paralisação ainda mais forte e unitária em todo o país, em oito dias os bancários conquistaram 2% de ganho real nos salários e 2,95% no piso, além de outros avanços importantes nos setores econômicos, sociais e políticos. Ou seja, no ano em que completamos 20 anos de convenção coletiva, esta é uma realidade que comprova a força de mobilização da nossa categoria, que em um período menor de tempo conseguiu arrancar dos bancos uma proposta melhor que a do ano passado. A proposta apresentada, dentro da atual conjuntura, foi considerada positiva pelo movimento sindical, uma vez que os bancários garantem aumento real pelo nono ano consecutivo e nova valorização do piso, dando mais um passo firme na recomposição do poder de compra dos salários, aumento dos vales refeição e cesta alimentação acima do reajuste salarial, diante do impacto maior dos alimentos na inflação. Portanto, avaliamos nossa campanha como vitoriosa. O desafio agora é aprimorá-la. Ressaltamos a importância da Convenção Coletiva de Trabalho dos bancários, a única categoria de trabalhadores no Brasil que possui um acordo nacional com os mesmos direitos em todo o país. Em Foco Informativo do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região Rua Venâncio Neiva, 187-1º andar - Centro Campina Grande - PB - Cep: Fone: (83) Fax: (83) Site: Presidente: Rostand Lucena Diretor de Imprensa: João Roncalli Diretor de Comunicação: Normaluce Lopes Jornalista responsável: Simone Duarte (DRT-PB 1179/00) Redação: Fernanda Figueirêdo (DRT-PB 3150) / Simone Duarte (DRT-PB 1179/00) Projeto Gráfico / Editoração: Simone Duarte / (83) / Fotos: Arquivo Sindicato / Tiragem: 1100 / Gráfica: Agenda o fim de mais uma Campanha Nacional é extremamente necessário que façamos uma Areflexão sobre alguns fatos registrados durante a última greve. Desprezando a capacidade de mobilização e organização da categoria e desrespeitando os colegas grevistas e o movimento sindical, alguns comissionados fizeram verdadeiros truques para furar o movimento paredista. São caraduras que não têm a devida coragem de comparecer as assembléias deliberativas e, de cara limpa, perante os colegas de trabalho, manifestar-se contrários ao movimento dos trabalhadores. Preferem trair a categoria às escondidas. Qual o limite da subserviência? Vale à pena perder a decência por uma ascensão profissional ou pela manutenção de um cargo ou comissão? É deplorável ver trabalhadores durante um momento ímpar da categoria fazendo contorcionismo para mostrar serviço ao chefe e que estão do lado da empresa. Não é uma questão de lado, trata-se de consciência de classe. Durante a greve o que se viu foi funcionário no ponto, sem, no entanto estar na agência na qual é lotado. Foi funcionário levando notebook que tem acesso ao sistema do banco e trabalhando fora da unidade. Foi agência fechada ao público, porém com os funcionários trabalhando internamente e ainda contando com funcionário de outra agência. Foi gerente querendo quebrar o movimento e usando a expressão na minha agência. Desde quando gerente possui agência? Enganaram a quem? Ao Sindicato? Ao colega de trabalho? Tenho certeza que não. Talvez tenham enganado a si mesmo. Que gosto tem saber que não contribuiu em nada nas conquistas obtidas pela categoria? Conquistas que refletem diretamente no bolso do fura-greve e em sua trajetória profissional. Como é encarar o colega ao lado após a greve? Como contar isso futuramente? São bancários que foram beneficiados, através da luta dos outros, com uma nova vitória em Campanha Nacional. Apesar dos óbices, conseguimos manter a política de reajuste acima da inflação, aumento no piso, reajuste maior na cesta alimentação e no tíquete refeição, aumento de 10% na parcela fixa da PLR e avanços nas específicas dos bancos públicos, além de avanços em cláusulas sociais. Para que se tenha noção, a mobilização via Campanha Nacional Unificada, desde 2004, garantiu aos trabalhadores aumento real acumulado de 16,22% para os salários e 35,57% no piso. Sei que é difícil, mas trabalho com aferro para que os fura-greve tomem consciência da importância da participação de todos numa Campanha Unificada, mudem a postura e engrossem nossas fileiras em Chega de truques. Rostand Siva Lucena Presidente do Sindicato dos Bancários editorial / artigo

3 setembro/2012 greve dos bancários teve grande repercussão na mídia Alocal e ajudou na divulgação da Campanha Nacional deste ano. Os Diretores do Sindicato ocuparam espaço importante nos principais veículos de comunicação de Campina Grande, esclarecendo a sociedade sobre a importância da luta da categoria em busca de melhores condições de trabalho e de atendimento. Em Foco 03 Greve da categoria ganha destaque na imprensa campanha Bancários recebem apoio de outras entidades sindicais urante a greve, entidades sindicais do Brasil e do mundo manifestaram Dapoio à nossa categoria. Em Campina Grande não foi diferente. Lideranças sindicais da Central Única dos Trabalhadores na Paraíba (CUT-PB), Sindicato da Saúde Privada do Agreste da Borborema (Seessa-AB) e Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (STIUPB) participaram ativamente dos piquetes e das atividades do movimento. Todos estiveram unidos junto aos bancários com o intuito de apoiar e dar força ao movimento grevista da categoria. No quarto dia da greve, a sexta-feira, dia 21, bancários e trabalhadores da Empresa Brasileira dos Correios e Telégrafos (ECT) realizaram ato público conjunto no centro da cidade, aglomerando sindicalistas, representações das mais diversas entidades, além de simpatizantes da causa. A primeira parte do ato ocorreu em frente à agência centro do Bradesco e um segundo momento aconteceu na frontaria do Correio. Nosso objetivo de somar forças e demonstrar a unidade da classe trabalhadora a t e n d e u à s e x p e c t a t i v a s ressaltou Rostand Lucena, presidente do Seeb-CGR.

4 campanha 04 Em Foco setembro/2012 Justiça nega interditos a bancos s bancos continuam com a Na ação do Itaú, o juiz Paulo Nunes mais uma vez que o banco lançou mão prática de tentar cercear o de Oliveira, da 3ª Vara do Trabalho de do assédio moral como forma de d i r e i t o d e g r e v e d o s Campina Grande, indeferiu o pedido persuadir os bancários. Otrabalhadores via justiça. de liminar de interdito proibitório Resultado: os oficiais de justiça Durante a mobilização, três interditos afirmando em sua decisão que o banco que visitaram os referidos bancos não proibitórios foram ajuizados por bancos autor não produz qualquer prova que encontraram absolutamente nenhuma privados junto à Justiça do Trabalho da fundamente seu pedido de concessão irregularidade do movimento grevista, 13ª Região. No entanto, sem respaldo, se de tutela antecipada pretendido. pelo contrário, só comprovaram a u t i l i z a r a m d e f o t o s t i r a d a s Além dos interditos, mais uma vez tranquilidade nas agências. sorrateiramente da fachada das entidades os bancos contrataram cartório para A propriedade dos bancos nunca é financeiras e não lograram êxito. forjar provas contra o movimento ameaçada durante as greves dos Os bancos alegaram que o grevista, a exemplo também de fotos bancários. Os trabalhadores são sindicato utilizava instrumentos tiradas com má fé para distorcer os respaldados pela Constituição e os ilegais de pressão, de forma a fatos. bancos têm de respeitar esse direito e promover de maneira forçada o Não satisfeitos com esses registros, apresentar propostas nas negociações fechamento das agências. O que não eles coagiram seus funcionários a que atendam as reivindicações da ocorreu, uma vez que as fotos, por si assinar documento, em cartório, categoria, afirma o presidente do só, não justificavam as denúncias. contra o Sindicato, o que demonstra Sindicato, Rostand Lucena. Unidade da greve garante conquistas acordo com a Fenaban garante alimentação e refeição (2,95% de ganho aumento real nos salários, pisos, real), além de 10% na parcela fixa da verbas e nas parcelas fixas da Participação nos Lucros e Resultados OPLR e da parcela adicional. Após nove (PLR). Já nos bancos públicos, Banco do dias de greve nacional, os bancários Brasil, Caixa Econômica e BNB, além conquistaram 7,5% de reajuste salarial dos avanços econômicos, os bancários (2,02% de ganho real) e 8,5% de reajuste conquistaram pontos importantes da no piso da categoria e nos vales pauta específica.

5 setembro/2012 Confira a seguir o que foi aprovado: Em Foco 05 campanha

6 campanha 06 Em Foco setembro/2012 Confira a seguir o que foi aprovado:

7 campanha setembro/2012 Em Foco 07 Confira a seguir o que foi aprovado:

8 campanha 08 Em Foco setembro/2012 Confira a seguir o que foi aprovado: Propostas do BNB

BANCÁRIOS. Uma História marcada por lutas e conquistas

BANCÁRIOS. Uma História marcada por lutas e conquistas BANCÁRIOS Uma História marcada por lutas e conquistas 1 932 18/04/1932 1ª Greve dos Bancários Iniciada em Santos, formada por funcionários do Banco Banespa que reivindicavam melhorias salariais e das condições

Leia mais

Vale-cultura R$ mensais. mensais. Gestores ficam proibidos de enviar torpedos aos celulares dos bancários

Vale-cultura R$ mensais. mensais. Gestores ficam proibidos de enviar torpedos aos celulares dos bancários CGR CUT R BRASIL Bancários CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES Jornal do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região - - 2013 Quanto o bancário deve receber referente as diferenças salariais e nos vales

Leia mais

Filiado à FETEC-SP/CONTRAF/CUT

Filiado à FETEC-SP/CONTRAF/CUT Filiado à FETEC-SP/CONTRAF/CUT Con ra os avanços conquistados na greve: Reajuste: Reajuste: 8,0% (1,82% 8,0% de (1,82% aumento de aumento real). real). Pisos: Reajuste Pisos: Reajuste de 8,5% de (ganho

Leia mais

III Reunión, Lima, octubre 2010 A AUTOREFORMA SINDICAL E A HISTÓRIA DOS BANCÁRIOS DA CUT BRASIL. William Mendes,

III Reunión, Lima, octubre 2010 A AUTOREFORMA SINDICAL E A HISTÓRIA DOS BANCÁRIOS DA CUT BRASIL. William Mendes, III Reunión, Lima, octubre 2010 A AUTOREFORMA SINDICAL E A HISTÓRIA DOS BANCÁRIOS DA CUT BRASIL William Mendes, Secretário de Formação da CONTRAFCUT-CUT 1. INTRODUÇÃO No final dos anos setenta e início

Leia mais

CAMPANHA SALARIAL 2008 INDICADORES BANCOS PÚBLICOS

CAMPANHA SALARIAL 2008 INDICADORES BANCOS PÚBLICOS CAMPANHA SALARIAL 2008 A PRESENTE CONSULTA EXPRESSA O SENTIMENTO DA BASE DOS BANCOS PÚBLICOS E PRIVADOS PARA CAMPANHA SALARIAL 2008. O MATERIAL COLETADO FOI ENCAMINHADO PELOS BANCÁRIOS ORA PELA ENTREGA

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L A B R I L D E 1 9 9 9

S I N O P S E S I N D I C A L A B R I L D E 1 9 9 9 S I N O P S E S I N D I C A L A B R I L D E 1 9 9 9 BANCÁRIOS. A Confederação Nacional dos Bancários da CUT está em tratativas negociais com a Federação Nacional dos Bancos - FENABAN de modo a obter uma

Leia mais

PRÍNCIPE E ADVOGADOS ASSOCIADOS

PRÍNCIPE E ADVOGADOS ASSOCIADOS PRÍNCIPE E ADVOGADOS ASSOCIADOS Registro OAB 2561 S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 1 0 BANCÁRIOS. Em decorrência da unificação do Unibanco ao Banco Itaú, até fevereiro de 2012, a totalidade

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 0

S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 0 S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 0 BANCÁRIOS. Com data-base em 1º de setembro, A Federação Nacional dos Bancos FENABAN objetivando a renovação da convenção coletiva de trabalho ofereceu

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L J U N H O D E 2 0 0 8

S I N O P S E S I N D I C A L J U N H O D E 2 0 0 8 S I N O P S E S I N D I C A L J U N H O D E 2 0 0 8 ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. MUDANÇA DA BASE DE CÁLCULO. Doravante as empresas deverão estar atentas à questão envolvendo o pagamento do adicional de

Leia mais

1 de 5 16/11/2011 08:20

1 de 5 16/11/2011 08:20 1 de 5 16/11/2011 08:20 Nome E-mail OK Quarta-Feira, 16 de Novembro de 2011 Palavra chave 2 de 5 16/11/2011 08:20 Home Artigos Biblioteca Revista Notícias Informativo Galeria de Fotos Humor Livro de Visitas

Leia mais

Notícias Bancárias Nº 892 - OUTUBRO 2015

Notícias Bancárias Nº 892 - OUTUBRO 2015 Notícias Bancárias Nº 892 - OUTUBRO 2015 1 2 Nº 892 - OUTUBRO 2015 Notícias Bancárias Itaú: avanços no reajuste do PCR e Bolsa-Educação O banco Itaú apresentou uma nova proposta de reajuste para a Participação

Leia mais

Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial

Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal do Estado de Mato Grosso BOLETIM SEMANAL De 20 a 24 de outubro de 2014 Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial O diretor do SINDIJUFE-MT Pedro

Leia mais

A Negociação Sindical em Tempos de Pleno Emprego

A Negociação Sindical em Tempos de Pleno Emprego A Negociação Sindical em Tempos de Pleno Emprego Flávio Obino Filho www.obinoadvogados.com.br fof@obinoadvogados.com.br Papel do Facilitador Contextualizar a discussão, coordenar e incentivar o debate

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 6 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001702/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 21/05/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR014964/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.006002/2013-41

Leia mais

Começa a negociação nacional do teleatendimento P. 2

Começa a negociação nacional do teleatendimento P. 2 ANO II Nº 24 - NOVEMBRO 2012 Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações de Pernambuco Começa a negociação nacional do teleatendimento P. 2 Acordo da Nextel é aprovado pelos trabalhadores P. 2 TIM:

Leia mais

Rodada de negociação na educação básica é transferida

Rodada de negociação na educação básica é transferida Edição 10 Março de 2012 Professores do Sesi/Senai têm assembleia com falta abonada em 16/3 (sexta-feira) às 10 horas no SINPRO-SANTOS localizado na Av. Ana Costa, 145 Santos, SP. A falta abonada para comparecimento

Leia mais

Vitória! Mesmo com conjuntura difícil, vigilantes arrancam vitória em sua Campanha Salarial 2015

Vitória! Mesmo com conjuntura difícil, vigilantes arrancam vitória em sua Campanha Salarial 2015 Janeiro de 2015 Ano XVIII Nº 424 Vitória! Mesmo com conjuntura difícil, vigilantes arrancam vitória em sua Campanha Salarial 2015 Em um ano que começou com uma conjuntura muito difícil, os vigilantes podem

Leia mais

Encontro Nacional ISONOMIA. Conquistando uma só Caixa para todos os empregados

Encontro Nacional ISONOMIA. Conquistando uma só Caixa para todos os empregados 3º o Encontro Nacional de ISONOMIA Conquistando uma só Caixa para todos os empregados ATS e licença-prêmio já! ISONOMIA, UMA LUTA DE TODOS A isonomia de direitos e benefícios entre todos os trabalhadores

Leia mais

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO A CUT e as centrais sindicais negociaram com o governo

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO que entre si firmam, de um lado, a Empresa de Pesquisa Energética - EPE, doravante denominada Empresa, e, de outro, o Sindicato dos Trabalhadores

Leia mais

TERMO ADITIVO Á CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

TERMO ADITIVO Á CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO TERMO ADITIVO Á CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 1 Entre as partes, de um lado o SINDICATO DOS EMPREGADOS VENDEDORES E VIAJANTES DO COMÉRCIO, PROPAGANDISTAS, PROPAGANDISTAS VENDEDORES E VENDEDORES DE PRODUTOS

Leia mais

PDE não é discutido com Servidores da Educação

PDE não é discutido com Servidores da Educação EDITORIAL PDE não é discutido com Servidores da Educação O Governo lançou seu novo Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) com muito alarde na mídia, falando sobre os milhões que vai gastar para a melhoria

Leia mais

C L I P P I N G DATA: 04.11.2015

C L I P P I N G DATA: 04.11.2015 C L I P P I N G DATA: 04.11.2015 DESTAQUE SINDESP/DF participa do Sicomércio 2015 no Rio de Janeiro Durante três dias, líderes da representação sindical dos empresários do comércio e serviços de todo o

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO. PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS - PLR EXERCÍCIOS 2014 e 2015

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO. PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS - PLR EXERCÍCIOS 2014 e 2015 1 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS - PLR EXERCÍCIOS 2014 e 2015 Pelo presente instrumento particular, de um lado: VALE S/A, inscrita no CNPJ (MF) sob o n.º 33.592.510/0001-54,

Leia mais

Clipping Nacional. Educação

Clipping Nacional. Educação Clipping Nacional de Educação Sexta-feira, 22 de Agosto de 2014 Capitare Assessoria de Imprensa SHN, Quadra 2 Bloco F Edifício Executive Tower - Brasília Telefones: (61) 3547-3060 (61) 3522-6090 www.capitare.com.br

Leia mais

Clientes apoiam greve dos bancários e cobram melhoria dos serviços - FETRACONSPAR

Clientes apoiam greve dos bancários e cobram melhoria dos serviços - FETRACONSPAR No terceiro dia da greve dos bancários, 8.527 agências do país aderiram ao movimento, 1.223 a mais que na véspera, segundo balanço divulgado no fim da tarde de hoje (20) pela Confederação Nacional dos

Leia mais

Notícias Bancárias Nº 761 - JUNHO 2012

Notícias Bancárias Nº 761 - JUNHO 2012 Notícias Bancárias Nº 761 - JUNHO 2012 1 2 Nº 761 - JUNHO 2012 Notícias Bancárias BRADESCO Trabalhadores mobilizados buscam negociações Atividade em Diadema fez parte das mobilizações que aconteceram no

Leia mais

CONCURSO PARA JUIZ DO TRABALHO 2012

CONCURSO PARA JUIZ DO TRABALHO 2012 CONCURSO PARA JUIZ DO TRABALHO 2012 SEGUNDA ETAPA PROVA DISCURSIVA As questões que serão abordadas nesta prova foram elaboradas com base no que consta do item 10.1 do Edital do Concurso A primeira parte,

Leia mais

Notícias Bancárias Nº 820 - NOVEMBRO 2013

Notícias Bancárias Nº 820 - NOVEMBRO 2013 Notícias Bancárias Nº 820 - NOVEMBRO 2013 1 2 Nº 820 - NOVEMBRO 2013 Notícias Bancárias Notícias Bancárias Nº 820 - NOVEMBRO 2013 Sindicato está sempre presente nas conquistas dos trabalhadores bancários

Leia mais

EXCELENTíSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DE JUSTiÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

EXCELENTíSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DE JUSTiÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO mn Comarca de São Paulo - Capital- sob n" 17.996 nos termos da Lei n" 6.015 de 31 de Confederativo da Representação Sindical do Servidor Púbuco Civil na Categoria de "Auxiliar EXCELENTíSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL

Leia mais

RESOLUÇÕES DO V ENCONTRO NACIONAL DO RAMO DA CONSTRUÇÃO E DO MOBILIÁRIO DA CTB

RESOLUÇÕES DO V ENCONTRO NACIONAL DO RAMO DA CONSTRUÇÃO E DO MOBILIÁRIO DA CTB RESOLUÇÕES DO V ENCONTRO NACIONAL DO RAMO DA CONSTRUÇÃO E DO MOBILIÁRIO DA CTB O Encontro Nacional do Ramo da Construção e do Mobiliário da CTB, este ano em sua 5ª edição, realizado nos dias 28 e 29 de

Leia mais

1- CONTRATO DE TRABALHO

1- CONTRATO DE TRABALHO 1- CONTRATO DE TRABALHO 1.1 - ANOTAÇÕES NA CARTEIRA DE TRABALHO Quando o empregado é admitido - mesmo em contrato de experiência -, a empresa tem obrigatoriamente que fazer as anotações na carteira de

Leia mais

CONTRAPROPOSTA DAS ENTIDADES

CONTRAPROPOSTA DAS ENTIDADES CONTRAPROPOSTA DAS ENTIDADES APRESENTAÇÃO Este documento contém uma contraproposta das entidades apresentada ao Banco da Amazônia com o objetivo de encontrar uma solução negociada para fechamento do Acordo

Leia mais

Vamos à luta, sabendo porque estamos lutando

Vamos à luta, sabendo porque estamos lutando Vamos à luta, sabendo porque estamos lutando Vivemos um período de crises do sistema capitalista onde a única saída para estes senhores donos do capital é privatizar as nossas vidas. Nessa sede em transformar

Leia mais

Supermercado Comper. Greve do Supermercado Comper

Supermercado Comper. Greve do Supermercado Comper Logotipo convertido em curvas XX X X X XX X Logotipo com fonte Abadi MT Condensed Extra Bold Greve dos Supermercados X X XX X Sindicato dos Empregados no Comércio de Florianópolis Fundado em 10 de janeiro

Leia mais

Fonte: Sepe/RJ, Dieese e IBGE Elaboração: Dieese - Subseção Sepe/RJ

Fonte: Sepe/RJ, Dieese e IBGE Elaboração: Dieese - Subseção Sepe/RJ Em praticamente todos os segmentos da sociedade, fala-se muito da importância da educação pública para o desenvolvimento de um povo, e no município do Rio de Janeiro não é diferente. Nas diversas instâncias

Leia mais

SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA, PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA, PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA ESCLARECIMENTOS SOBRE A CONTRA-PROPOSTA APRESENTADA PELA SETEC/MEC NO DIA 18/09/2015. Companheiros (as) do Sinasefe em todo o Brasil, a última Plena de nosso sindicato votou algumas importantes resoluções:

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SEMANA DE 29 DE OUTUBRO A 1º DE NOVEMBRO Um dos destaques desta semana é a reportagem do UOL sobre o recuo de 1% na produção industrial brasileira, entre setembro

Leia mais

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES- EDUCAÇÃO BÁSICA E ESCOLA TÉCNICAS 2014/2015

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES- EDUCAÇÃO BÁSICA E ESCOLA TÉCNICAS 2014/2015 PAUTA DE REIVINDICAÇÕES- EDUCAÇÃO BÁSICA E ESCOLA TÉCNICAS 2014/2015 1 - Manutenção de todas as cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho 2014/2015, celebrados entre Sinproep-DF e Sinepe-DF com os seguintes

Leia mais

Prestação de Contas 2013

Prestação de Contas 2013 Jornal do Sindicato dos Petroleiros do Espírito Santo Março 2014 Nº 1039 Prestação de Contas 2013 A direção Mobilização: União e Lutas assumiu a gestão no final de outubro de 2013, enfrentando uma situação

Leia mais

PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS

PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS Data: 14/11/2014 Local: Sede da Fenasps Estados presentes: MG- SP- PR- RS- ES- SC- RN- CE e Oposição da BA e do DF. Nº de participantes: 65 Delegados e 10 Observadores

Leia mais

CONSTRUIMOS A PROPOSTA FINAL E AGORA QUEM DECIDE É VOCÊ!

CONSTRUIMOS A PROPOSTA FINAL E AGORA QUEM DECIDE É VOCÊ! N Ú M E R O 169 DIÁRIO DE INFORMAÇÕES TECNICAS 2 9 d e J u n h o d e 2 0 1 1 Informativo Técnico Canal de Notícias dos Técnicos Industriais CONSTRUIMOS A PROPOSTA FINAL E AGORA QUEM DECIDE É VOCÊ! Na sétima

Leia mais

DO BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S. A

DO BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S. A MINUTA ESPECÍFICA DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S. A 2006/2007. I INTRODUÇÃO Os signatários, por este instrumento coletivo de trabalho, de um lado os legítimos representantes do Banco

Leia mais

BB propõe avanços aos caixas, contratações e combate ao assédio moral

BB propõe avanços aos caixas, contratações e combate ao assédio moral Proposta do Banco do Brasil BB propõe avanços aos caixas, contratações e combate ao assédio moral REAJUSTE COM AUMENTO REAL - O piso e demais verbas salariais serão reajustados em 8% (aumento real de 1,84%).

Leia mais

CARTILHA COM AS TABELAS SALARIAIS DO PCCTAE ACORDO 2012

CARTILHA COM AS TABELAS SALARIAIS DO PCCTAE ACORDO 2012 www.assufrgs.org.br Greve 2012 - Edição Especial - Agosto Associação dos Servidores da UFRGS, UFCSPA e IFRS - Campus Porto Alegre CARTILHA COM AS TABELAS SALARIAIS DO PCCTAE ACORDO 2012 Associação dos

Leia mais

CARTILHA DE MOBILIZAÇÃO E GREVE

CARTILHA DE MOBILIZAÇÃO E GREVE CARTILHA DE MOBILIZAÇÃO E GREVE ESPECIAL GREVE Este documento contém todas as orientações básicas que um servidor em greve inclusive em estágio probatório deve saber para não ser prejudicado em nenhuma

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Origem: Interessado(s) 1: Interessado(s) 2: Assunto(s): PRT 17ª Região Justiça Global Vale S/A Igualdade de Oportunidades e Discriminação nas Relações de Trabalho 06.03.02. 06.03.04. RECURSO ADMINISTRATIVO.

Leia mais

A TERCEIRIZAÇÃO NOS BANCOS 5

A TERCEIRIZAÇÃO NOS BANCOS 5 A TERCEIRIZAÇÃO NOS BANCOS 5 Como a maioria das empresas, os bancos terceirizam para cortar custos fixos e preservar suas elevadíssimas margens de lucro e rentabilidade. O lucro líquido dos maiores bancos

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR003213/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 30/07/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR041150/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.009124/2014-70 DATA

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Página 1 de 5 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000882/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/06/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028482/2011 NÚMERO DO PROCESSO:

Leia mais

PREÂMBULO DAS DISPOSIÇÕES LEGAIS

PREÂMBULO DAS DISPOSIÇÕES LEGAIS Acordo Coletivo de Trabalho, de âmbito nacional, celebrado entre o BANCO DO BRASIL S.A. e a CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES DO RAMO FINANCEIRO CONTRAFI, as FEDERAÇÕES e os SINDICATOS DOS EMPREGADOS

Leia mais

s bandeiras de luta do movimento sindical atual, eu significado e importância para os trabalhadore

s bandeiras de luta do movimento sindical atual, eu significado e importância para os trabalhadore s bandeiras de luta do movimento sindical atual, eu significado e importância para os trabalhadore 40 HORAS SEMANAIS SEM REDUÇÃO SALARIAL A luta pela redução da jornada acontece desde os primórdios do

Leia mais

RESUMO DA CONVENÇÃO COLETIVA DO TRABALHO 2014/2015.

RESUMO DA CONVENÇÃO COLETIVA DO TRABALHO 2014/2015. RESUMO DA CONVENÇÃO COLETIVA DO TRABALHO 2014/2015. Cláusula primeira REAJUSTE SALARIAL As empresas concederão a todos os empregados integrantes da categoria profissional representada, que perceberem salário

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org. Mundo Sindical SÃO PAULO (SP): TRABALHADORES DO TELEATENDIMENTO COMPÕEM PAUTA DE REIVINDICAÇÕES Os trabalhadores do setor de teleatendimento compuseram a Pauta de Reivindicações para a Convenção Coletiva

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 SINDICATO DOS EMPREGADOS VENDORES E VIAJANTES DO COMÉRCIO, PROPAGANDISTAS, PRPOAGANDISTAS-VENDEDORES E VENDEDORES DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS NO ESTADO DE MINAS GERAIS,

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2016

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2016 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2016 SIND DOS EMP VEN E VIAJ DO C P P V E VEN DE P FAR DO DF, CNPJ n. 00.449.181/0001-38, neste ato representado(a) por seu Presidente, Sr(a). MARIA APARECIDA ALVES

Leia mais

Nº 66 Maio de 2013 Balanço das Greves em 2012

Nº 66 Maio de 2013 Balanço das Greves em 2012 Nº 66 Maio de 2013 Balanço das Greves em 2012 Balanço das Greves em 2012 Com este estudo, o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos DIEESE apresenta um panorama das greves ocorridas

Leia mais

Cuida das relações coletivas de trabalho, onde os interesses cuidados são os de um grupo social. São instituições do direito coletivo do trabalho:

Cuida das relações coletivas de trabalho, onde os interesses cuidados são os de um grupo social. São instituições do direito coletivo do trabalho: Legislação Social Profª Mestre Ideli Raimundo Di Tizio p 38 DIREITO COLETIVO DO TRABALHO Cuida das relações coletivas de trabalho, onde os interesses cuidados são os de um grupo social. São instituições

Leia mais

Bancários do Ceará aprovam acordos com BB, Caixa e Bancos Privados. Greve continua no BNB

Bancários do Ceará aprovam acordos com BB, Caixa e Bancos Privados. Greve continua no BNB www.bancariosce.org.br Informativo do Sindicato dos Bancários do Ceará Edição nº 1354 7 a 11 de outubro de 2014 Bancários do Ceará aprovam acordos com BB, Caixa e Bancos Privados. Greve continua no BNB

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 6

S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 6 S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 6 ALIMENTAÇÃO. Com data-base em 1º de setembro, o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Alimentação (Setor de Derivados de Milho e Soja), representando

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2017 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR067405/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 13/10/2015 ÀS 16:29 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.016733/2015 14 DATA DO PROTOCOLO: 16/10/2015 SINDICATO

Leia mais

Comunicado para Trabalhadores em Entidades Beneficentes, filantrópicas, religiosas e Creches

Comunicado para Trabalhadores em Entidades Beneficentes, filantrópicas, religiosas e Creches 2013 Comunicado para Trabalhadores em Entidades Beneficentes, filantrópicas, religiosas e Creches Sindicato SETH São José do Rio Preto O Sindicato dos Empregados em Turismo e Hospitalidade de São José

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 1997 / 1998

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 1997 / 1998 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 1997 / 1998 A presente cópia foi registrada e arquivada na DRT/DF sob o n.º: 46206.006203/97-55 em 01/07/97 Sindicato Nacional dos Trabalhadores em Empresas Prestadoras de

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 3

S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 3 S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 3 ÁGUA E ESGOTO. Com data-base em, os 18 mil empregados da empresa de Abastecimento de Água de São Paulo, após 2 dias de paralisação, renovaram o acordo

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP006206/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 03/07/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR030901/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.002831/2012-98 DATA DO

Leia mais

INSTRUMENTOS DE TRATAMENTO DE CONFLITOS DAS RELAÇÕES DE TRABALHO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FEDERAL

INSTRUMENTOS DE TRATAMENTO DE CONFLITOS DAS RELAÇÕES DE TRABALHO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FEDERAL Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasília/DF 4, 5 e 6 de junho de 2012 INSTRUMENTOS DE TRATAMENTO DE CONFLITOS DAS RELAÇÕES DE TRABALHO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FEDERAL Marcela Tapajós e Silva Painel

Leia mais

Saúde do Bancário. Guia de direitos

Saúde do Bancário. Guia de direitos Saúde do Bancário Guia de direitos 1 Expediente: Publicação do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região. Presidente: Jeferson Boava. Diretora de Imprensa: Maria Aparecida da Silva. Jornalista: Jairo

Leia mais

PROCESSO Nº TST-ES-5702-48.2013.5.00.0000

PROCESSO Nº TST-ES-5702-48.2013.5.00.0000 Requerente : SINCAMESP SINDICATO DO COMÉRCIO ATACADISTA DE DROGAS, MEDICAMENTOS, CORRELATOS, PERFUMARIAS, COSMÉTICOS E ARTIGOS DE TOUCADOR NO ESTADO DE SAO PAULO Advogada : Dra. Maria Aparecida Pellegrina

Leia mais

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 PAUTA DE REIVINDICAÇÃO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 CLÁUSULA PRIMEIRA - VIGÊNCIA E DATA-BASE As partes fixam a vigência da presente Convenção Coletiva de Trabalho no período de 1º de maio de

Leia mais

Quanto aos itens da pauta setorial, o MEC informou o que segue:

Quanto aos itens da pauta setorial, o MEC informou o que segue: Brasília, 7 de setembro de 2015 Reunião com Ministério da Educação (MEC) e com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) realizada dia 04/09/2015 e Contraproposta da FASUBRA ao Governo Na

Leia mais

CLÁUSULA 08 AUXÍLIO TRANSPORTE A Compagas concederá para todos os empregados o valor de R$ 300,00 a título de auxilio transporte.

CLÁUSULA 08 AUXÍLIO TRANSPORTE A Compagas concederá para todos os empregados o valor de R$ 300,00 a título de auxilio transporte. PAUTA UNIFICADA DE REIVINDICAÇÃO PARA FINS DE CELEBRAÇÃO DO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 DOS EMPREGADOS DA COMPANHIA PARANAENSE DE GÁS COMPAGAS CLÁUSULA 01 - VIGÊNCIA E ABRANGÊNCIA O presente

Leia mais

Caro colega. Gustavo Moreno Frias Diretor de Saúde

Caro colega. Gustavo Moreno Frias Diretor de Saúde Caro colega Nesta Cartilha estão as principais perguntas sobre LER, CAT e Direitos, que os bancários fazem seja por telefone ou contato direto no local de trabalho. É um verdadeiro guia rápido e contou

Leia mais

Minuta específica de reivindicações dos empregados do Banco Bradesco

Minuta específica de reivindicações dos empregados do Banco Bradesco Minuta específica de reivindicações dos empregados do Banco Bradesco 1. Emprego O Banco deverá instituir medidas que visem aumentar o número de empregados, adequando o seu quadro funcional a praça e ao

Leia mais

à exceção fixação do piso salarial

à exceção fixação do piso salarial Tem-se que, ultimada a data base correspondente à categoria profissional dos trabalhadores no comércio hoteleiro e similares no Município do Rio de Janeiro, em 01/10/2009, iniciaram-se as negociações coletivas

Leia mais

http://www3.mte.gov.br/internet/mediador/relatorios/imprimiricxml.asp?nrrequeri...

http://www3.mte.gov.br/internet/mediador/relatorios/imprimiricxml.asp?nrrequeri... Page 1 of 9 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP003860/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/04/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR072431/2012 NÚMERO DO PROCESSO:

Leia mais

Campanha Salarial 2015

Campanha Salarial 2015 Ano XXXI - Nº 11 - Governador Valadares-MG - Edição Especial - SET de 2015 Campanha Salarial 2015 Mesa de negociações entre banqueiros e bancários A primeira reunião entre banqueiros e bancários ocorreu

Leia mais

PROPOSTA DE PAUTA ESPECÍFICA PARA O BRB - CAMPANHA SALARIAL 2012/2013

PROPOSTA DE PAUTA ESPECÍFICA PARA O BRB - CAMPANHA SALARIAL 2012/2013 PROPOSTA DE PAUTA ESPECÍFICA PARA O BRB - CAMPANHA SALARIAL 2012/2013 CLAÚSULAS GERAIS 1) Prorrogação do acordo 2011/2012, até que seja assinado novo acordo coletivo. 2) Renovação das cláusulas que não

Leia mais

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO PESSOAL DA CS BRASIL DATA-BASE 01.07.2011 VIGÊNCIA 01.07.2011 A 30.06.2012

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO PESSOAL DA CS BRASIL DATA-BASE 01.07.2011 VIGÊNCIA 01.07.2011 A 30.06.2012 PAUTA DE REIVINDICAÇÃO PESSOAL DA CS BRASIL DATA-BASE 01.07.2011 VIGÊNCIA 01.07.2011 A 30.06.2012 CLÁUSULA 1ª - VIGÊNCIA E DATA-BASE As partes fixam a vigência do presente Acordo Coletivo de Trabalho no

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR029334/2013 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46261.003131/2012-11

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO PROCESSO PGT/CCR/PP/Nº 10355/2013 ORIGEM: PRT 1ª REGIÃO PROCURADOR OFICIANTE: DR. JOÃO CARLOS TEIXEIRA INTERESSADO 1: UNIÃO FEDERAL INTERESSADO 2: ARPOADOR DE HOTÉIS E TURISMO LTDA. SINDICATO DOS TRABALHADORES

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PB000347/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 13/07/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR024205/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46224.003104/2012-94 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL Página 1 de 5 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC001779/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 27/07/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR043262/2015 NÚMERO DO PROCESSO:

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO SUSCITANTE: SINDICATO DOS PSICÓLOGOS NO ESTADO DE SÃO PAULO - SINPSI-SP, Entidade Sindical Profissional, com registro no MTb sob nº012.228.026.60-5 e inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

CARTILHA TRABALHADOR DIREITO DE GREVE. Como romper o cerco? uma realização da:

CARTILHA TRABALHADOR DIREITO DE GREVE. Como romper o cerco? uma realização da: CARTILHA DO TRABALHADOR DIREITO DE GREVE Como romper o cerco? uma realização da: O que é DIREITO DE GREVE? 05 O que diz a Constituição Brasileira sobre o DIREITO DE GREVE? Como surgiu o DIREITO DE GREVE?

Leia mais

2014 termina com luta e 2015 começa com luta contra atrasos de pagamento e quebra de promessas do GDF

2014 termina com luta e 2015 começa com luta contra atrasos de pagamento e quebra de promessas do GDF Março/2015 2014 termina com luta e 2015 começa com luta contra atrasos de pagamento e quebra de promessas do GDF Não queremos saber de quem é a culpa e sim que o GDF pague o que nos deve e diante de tantas

Leia mais

RELATÓRIO N.º 3/2015

RELATÓRIO N.º 3/2015 RELATÓRIO N.º 3/2015 Relatório n.º 3/2015. Relator: Vicente de Paulo da Silva Sousa. Condição: Delegado escolhido em Assembleia Geral. Motivo: Participar da Reunião Ampliada da Federação Nacional dos Trabalhadores

Leia mais

DISPOSIÇÕES GERAIS APLICAÇÃO DO INSTRUMENTO COLETIVO

DISPOSIÇÕES GERAIS APLICAÇÃO DO INSTRUMENTO COLETIVO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PE001155/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 29/10/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061115/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46213.019465/2013-62 DATA

Leia mais

De sindicalização, tendo como foco principal a juventude trabalhadora; Pela inclusão da Filosofia e da Sociologia no currículo do ensino básico;

De sindicalização, tendo como foco principal a juventude trabalhadora; Pela inclusão da Filosofia e da Sociologia no currículo do ensino básico; PLANO DE LUTAS DA CUT/SP CALENDÁRIO DE ATOS PÚBLICOS 24/05 Ato em Brasília pela estabilidade do serviço público. Dia Nacional de lutas em defesa do funcionário público admitido em caráter temporário. Estabilidade

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO000792/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 15/10/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR050907/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46208.011100/2015-21 DATA

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC001219/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR031663/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46303.000596/2015 29 DATA

Leia mais

ATA DE REUNIÃO DATAPREV e FENADADOS DATA-BASE 2007/2008 5 a. Reunião de Negociação. 5ª reunião dataprev 1/5

ATA DE REUNIÃO DATAPREV e FENADADOS DATA-BASE 2007/2008 5 a. Reunião de Negociação. 5ª reunião dataprev 1/5 5 a. Reunião de Negociação Data: Local: 23/06/08 - das 10:30 às 17 horas. Sede da Empresa - Brasília Representação da DATAPREV Márcio Luís Tavares Adriano CGRT Glinaldo Martins Oliveira DEPE Alba Valéria

Leia mais

PORTARIA Nº 21, DE 23 DE AGOSTO DE 2011

PORTARIA Nº 21, DE 23 DE AGOSTO DE 2011 PORTARIA Nº 21, DE 23 DE AGOSTO DE 2011 Estabelece a organização e funcionamento das Secretarias Sindicais SESIN e Delegados Sindicais nas Unidades Federadas. O PRESIDENTE DO SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG001633/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 30/04/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR017942/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.001682/2013-16 DATA DO

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 6

S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 6 S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 6 ALIMENTAÇÃO. Com data-base em 1º de maio, a Federação dos Trabalhadores na Indústria de Alimentação do Estado de São Paulo, representando 56 mil trabalhadores

Leia mais

QUE GOVERNO DOS TRABALHADORES É ESSE?

QUE GOVERNO DOS TRABALHADORES É ESSE? Editorial QUE GOVERNO DOS TRABALHADORES É ESSE? Com a AMEAÇA DO CORTE DO PONTO, o Governo Dilma, novamente na figura do Secretário Eliezer A VIDA É DURA Pacheco, resolveu se posicionar mais à direita que

Leia mais

CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO

CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO HQ se lga! i CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO Defender a CONSTITUINTE é um erro! Erro, por que? A direita vai aproveitar uma Constituinte

Leia mais